Page 1

adpb ano 3 | nº17 - 07.2012 | R$ 2,00 www.adpb.com.br

E ainda nesta edição: O que diz o novo marco regulatório da radiodifusão brasileira Pág. 03 Caderno Especial Pág. 13

O pastor de 100 mil ove l has

Líder da Assembleia de Deus revela que seu intuito era ser médico e jamais pensava em ser o pastor de TODOS.

Foto: Saulo di Tarso

EXCLUSIVO

Nossos missionários no México e na Bolívia Págs. 17 e 18


Edição

João Pessoa 07.2012

17

Sumário 3. Atualidades 5. Pastoral 5. Francamente 6. Exclusivo 12. Visitas da SEMAD

13. Caderno especial 17. Bolívia 18. AD News 19. Projeto Charis

Rápida

AD na web: om.br www.adpb.c

ADPB.com.br já é o portal evangélico mais acessado da Paraíba

O portal da Assembleia de

Deus na Paraíba (www.adpb.com. br) surpreendeu as expectativas de seus idealizadores. No balanço de acessos durante o primeiro semestre de 2012, foi notável o crescimento recorde da página. No mês de Ja-

PARA CO N T R I BUI R CO M M ISS ÕE S

neiro constatamos 12.178 acessos; em Fevereiro (mês em que a nova versão entrou no ar) a página rece-

Banco do Brasil

beu 19.484 visitas únicas; em Março,

Ag. 0011-6 Cc. 230.168-7

de Maio houve 57.008 (uma média

39.871; em Abril, 32.764. Já no mês de 1.900 visitas por dia) e em Junho houve 35 mil. Gerando um total de

196.305 acessos seis meses.

em apenas


C

aro leitor, confesso que a edição da revista, que você tem em mãos, traz uma excelente proposta de conteúdo. Considero que seja, no mínimo, interessante. Pois quando soube que a matéria de capa seria com o meu pastor, ou melhor, o pastor de todos, logo aprovei a ideia. O pastor José Carlos de Lima abriu a porta de seu gabinete e nos concedeu uma entrevista que nos rendeu seis páginas desta edição. Assuntos sobre política, doutrina, desafios e projetos foram abordados e respondidos por nosso pastor, que está aniversariando neste mês, mas quem ganha o presente é você. Neste número, trouxemos quatro páginas de um caderno especial sobre a história e o desenvolvimento da Assembleia de Deus em Cabedelo, pastoreada atualmente pelo meu amigo, Pr. Marinaldo Soares. Além disso, você saberá quem são os verdadeiros prejudicados pelo novo marco regulatório da radiodifusão brasileira, caso seja aprovado. Nossos missionários Camila e Felipe nos trazem as novidades que Deus está proporcionando aos Seus servos nas igrejas mexicana e boliviana, respectivamente. O Charis, grupo de 50 pessoas que evangeliza a Paraíba com o apoio da SEMAD e do CEEM, também nos traz os resultados de suas viagens aos distritos e municípios paraibanos, durante o primeiro semestre de 2012. Por fim, é só partir para a leitura e compreender o trabalho de uma equipe, que trabalhou mais de 50 dias para lhe trazer o melhor conteúdo jornalístico de nossa igreja.

Pr. Eduardo Leandro Alves

secretário executivo de Missões

ATUALIDADES

Medida do Governo pode proibir aluguéis de horário de TV a evangélicos

A

Folha de São Paulo teve acesso a uma documentação do Ministério das Comunicações que trata de um pacote de novas medidas para a radiodifusão brasileira. O decreto que está em processo de elaboração foi batizado pelo setor de “novo marco regulatório da radiodifusão”. Esse decreto está causando polêmica por proibir, expressamente, o aluguel de canais e de horários à programação de rádio e TV. A lei atual não proíbe a prática de forma explícita, o que permitiu o aumento de programas religiosos e inclusive os de cunho comercial, nas últimas décadas. Segundo a Intervozes, organização que monitora a programação televisiva no país, poucas emissoras estão isentas dessa nova medida. Globo e SBT não alugam horário para terceiros. Em contrapartida, outras emissoras alugam seus espaços a pastores evangélicos que aparecerem na telinha todos os dias. Procurado pela Folha, o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, negou que esse seja o interesse do governo e explica que o novo documento tem como objetivo apenas atualizar as regras da radiodifusão que existem há mais de 50 anos.

Em um dos artigos a que a Folha teve acesso estava escrito: “é vedada a cessão ou arrendamento, total ou parcial, da outorga de serviço de radiodifusão”, mas o ministro Paulo Bernardo não reconhece esta proibição. Caso o decreto seja sancionado como está e aprovado em consulta pública, será obrigado que as emissoras comprem esses programas produzidos por terceiros, ao invés de receber pelo aluguel. Isso, é lógico, se a emissora tiver o interesse em continuar transmitindo tais programas. Essas medidas estão causando polêmicas no Congresso Nacional. A bancada evangélica, que conta com 66 dos 513 deputados federais e 3 dos 81 senadores, se pronunciou sobre o fato e disse que vai vetar a proposta do governo. Como as emissoras não poderiam mais alugar espaços, as igrejas precisariam de outorgas para ter suas próprias emissoras. Os católicos não seriam afetados, pois possuem programação nas TVs de sua propriedade, como a Rede Vida e a Tv Aparecida. Muitas igrejas evangélicas e ministérios televisivos ficariam fora do ar e teriam de optar por veicular seu material apenas pela internet, o que não é regulado pelo governo. Ramon Nascimento

Pr. José Carlos de Lima - Presidente da AD na Paraíba, Presidente da COMADEP / Pr. Eduardo Leandro Alves - Secretário Executivo de Missões / Pr. Moisés Carlôto - 1º secretário adjunto / Ev. Lindeberg Cardoso - 2º secretário adjunto / CEEM - Conselho de Evangelismo e Missões - Presidente: Pr. Cleudimar Lima - Secretário: Pr. Antônio Dias - Relator: Pr. Luiz Derço Santiago – Membros: Pr. José Carlos de Lima e Pr. Vargas. / ADPB EM REVISTA - Editor: Pr. Eduardo Leandro Alves -Redator: Ramon Nascimento - Revisão de textos: Raquel Monteiro - Projeto Gráfico: Jesiel Claudino - Diagramador: Ev. Lindeberg Cardoso - Colaboradores: Salismar Júnior e Daniel Nascimento - Fotos: Saulo di Tarso - Impressão: Gráfica Santa Marta / Assembleia de Deus - Av. Coelho Lisboa, 553 - Jaguaribe - CEP 58015-630 - João Pessoa-PB - Fone: (83) 2106-1465 / ADPB em Revista é o veículo de comunicação da igreja evangélica Assembleia de Deus na Paraíba, com publicação bimestral. Tiragem: 6.000 exemplares. / Todas as informações contidas podem ser utilizadas e reproduzidas, desde que seja citada a fonte.

igreja, reflexões e missões - ADPB | 3


Nossos Missionários

Bolívia: Cochabamba (SETEP) - Miss. Daniel Matoso e Miss. Maria Matoso E-mail: delimamatoso@yahoo.com.br - Miss. Flávia Cristina Azevedo - Secretária flaviamissionaria@yahoo.com.br - Miss. Marcelino - Diretor e Coordenador Pedagógico E-mail: marcel_tap7@hotmail.com - Miss. Eurivaldo Caisto e Miss. Rhebekka E-mail: eurivaldo.calixto@hotmail.com - Miss. Kleverson - (parceria com a AD Sapé) - Miss. Felipe Trajano - (parceria com a AD Guarabira) E-mail: miss.felipetrajano@hotmail.com - Alunos bolsistas: Nancy, Luiz Carlos, Brayan, Ariel, Erneston,Moises,Alicia, Saul, Daniel, Erika e Juan

E-mail: gildenynascimento@hotmail.com - Miss. Werner e Miss Viviane (Oxapampa) E-mail: missionariowernner@hotmail.com

La Paz - SEDE DO MINISTÉRIO - Miss. Elyvaldo Mendes e Miss. Sueli Mendes Presidente do Minsterio La Paz a las Naciones e Cood. Geral da Missão na Bolívia Email: elyvaldo_mendes@hotmail.com - Miss. Gutemberg Marinho - Em Parceria com a AD em Campina Grande Cooperadores - Miss. Mario Quispe - Miss. Fredy Tito C. Quispe e Miss. Deysi S. Quispe

México - Miss. Camila Almeida E-mail: milinhasas@hotmail.com

Santa Cruz de la Sierra - Miss. Adegildo Gonçalves e Miss. Jaqueline E-mail: pastoradegildo@hotmail.com Rio Mamoré - Miss. Jesus Mano e Roxanita E-mail: hemano.jesus@hotmail.com Peru: - Miss. Gildeny Basílio do Nascimento (Oxapampa)

Paraguai: - Miss. Joelson Loureço e Miss. Neves - Natalio E-mail: m-pb.joelson@hotmail.com Senegal: - Miss. Nelson Kleiton e Miss. Nivea Monteiro (parceria com a AD em Guarabira, PB) E-mail: missionariokleiton@hotmail.com Tradução de Bíblia - Miss Érica Viviane Cavalcante - Papua Nova Guiné E-mail: erikaviviane@hotmail.com

Divulgação - Miss. Daniel Ramos e Miss. Maria de Fátima - Miss. Alberto Freire e Miss. Juliana - Em processo de renovação do projeto E-mail: betoshalom@hotmail.com - Miss. Dineide A. L. Oliveira - Em processo de renovação do projeto E-mail: daloliveira_63@hotmail.com - Miss. Felipe - Concluiu o curso no SETEP - AD em Guarabira (em processo de envio) - Miss. Celimárcia - Concluiu o curso no SETEP - AD em Patos (em processo de envio) Localidades sustentadas no sertão da Paraíba: - Sítio São João – Matureia - Tataíra - Desterro - Sítio Pitombas – Tavares - Sítio Aparecida - Desterro - Sítio Palmeira – Imaculada - Lastro - Sítio Alagoinha - Água Branca - Vieirópoles

Avivamento e Renovação para a Igreja: a busca de uma mudança na Igreja Evangélica Brasileira Pastor Franklin Ferreira

- Bacharel em Teologia pela Escola Superior de Teologia da Universidade Mackenzie e Mestre em Teologia pelo Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil. Diretor e professor de teologia sistemática e história da igreja no Seminário Martin Brucer, em São José dos Campos, e consultor acadêmico de Edições Vida Nova. Entre seus livros: “Teologia Cristã”, “Gigantes da Fé” e “Agostinho de A a Z”.

Pastor Eduardo Leandro Alves Dra. Norma Braga - É doutora em literatura francesa pela UFRJ e mestranda em teologia filosófica pelo Centro Presbiteriano de Pós-Graduação Andrew Jumper. Autora do livro: “Cosmovisão Cristã”, pela Edições Vida Nova

- Bacharel em Teologia, Mes-

tre em Missiologia pelo Seminário Batista de Educação Cristã (SEC-Recife), Mestre em Teologia pela Faculdades EST (Escola Superior de Teologia, São Leopoldo, RS). Diretor do Centro de Estudos da Assembleia de Deus (CETAD-PB). Entre seus livros: “Que Evangelho é Esse?”, “Chamados para Servir”, “Salmos Missiológicos” e “O Deus da Bíblia”.

Local: Av. Primeiro de Maio, 239 – Jaguaribe, João Pessoa (Templo da AD - Sede do CETAD) Horário: 19h00min Data: 10, 11 e 12 de Outubro de 2012 Investimento: R$ 20,00. Inscrição: www.adpb.com.br/cetadpb Realização: CETAD-PB e Edições Vida Nova


Pastoral

Integridade

“Em tudo te dá por exemplo de boas obras; na doutrina mostra integridade, sobriedade, Linguagem sã e irrepreensível, para que o adversário se confunda, não tendo nenhum mal que dizer de nós” (Tito 2.7-8).

A

palavra O vocábulo “Integridade” vem do latim “Integrare” que significa “fazer inteiro, uno, total”. Por exemplo: integrais são números inteiros, integrar é combinar as partes em algo único, holístico, um total. Sendo assim, integridade tem a ver com totalidade, unicidade, indivisibilidade. Uma pessoa íntegra ou de integridade é a que é una, a mesma: O que ela diz é o mesmo que ela faz. O que ela é em público é a mesma em sua vida privada. As duas coisas são uma só e não duas. Neste caso, escrevendo a líderes, seja eles de igrejas, de departamentos, entre outros, sua liderança depende de sua integridade. Deve-se entender que os maiores problemas de caráter acontecem nas menores coisas. Quando o cristão começa sua jornada de guiar outras pessoas percebe-se tendo que encarar sentimentos, impulsos e limitações que nunca imaginou que enfrentaria quando chegasse a tal posição. Há uma relação direta entre ser um cristão e apontar o caminho (inclusive o Caminho da salvação, Jesus) para outras pessoas. Por isso nos referimos a cada cristão como um líder. Nem sempre as tentações se materializam como grandes desafios éticos, mas geralmente em pequenas coisas em seu dia a dia. O amadurecimento de um cristão começa quando ele aprende a lidar com suas pequenas fraquezas e também a compreender a fraqueza dos outros. Mesmo assim, devemos ter a

consciência que não se pode medir o nível de integridade de uma pessoa, pois essa é uma avaliação subjetiva. Contudo, podemos dizer que existe uma linha imaginária que a mede e que as pessoas, de maneira geral, veem esta linha e respondem a ela. Haja vista, esta linha ser uma medida que está presente na consciência das pessoas ao perceberem a distância entre fazer o que se fala e falar o que se faz. Um dos primeiros ataques do maligno a um cristão ou a qualquer líder é quanto à sua integridade, depois quanto à legitimidade de sua liderança. Quanto maior a integridade de um cristão mais ele pode fazer o que fala e falar o que faz. Muitas pessoas, quando em público, são afáveis e amorosas, mas em sua vida pessoal são vistas como algozes e impiedosos. Neste caso precisa-se reforçar a certeza que a vida cristã e o caráter cristão são uma só experiência que trás a marca de Cristo, nosso Senhor. Cultivemos em Deus a nossa integridade, ela proporciona poder às nossas palavras, força aos nossos planos e impactos às nossas ações. Devemos orar a Deus para que Ele, por meio da ação do seu Espírito Santo, nos ajude a nos mantermos íntegros em meio a um mundo corrompido, pois quando se estabelece a integridade muito pode ser feito. Encerro essa pastoral citando um ditado nigeriano que deve ser levado em consideração:

“O que você não quiser comer, não cheire”.

Pr. José Carlos de Lima

Presidente da COMADEP Presidente da AD na Paraíba

Francamente

O

novo marco regulatório de radiodifusão do Ministério das Comunicações quer proibir a venda de espaços para programas religiosos na TV e no rádio. Deveriam proibir também alguns programas policiais que se aproveitam da desgraça alheia de uma sociedade maculada pela violência urbana e quem diria... rural. Tais programas são de baixo nível cultural, apelativos, e não passam de registros de homicídios, assaltos e até chacinas, sempre motivados pelo tráfico de drogas. Acredito que a apelação ao sangue explícito não muda mentalidades, pelo contrário, atrofia. A mídia deveria mostrar também os jovens que estão na igreja, os que se envolvem em projetos culturais e comunitários. Estes, infelizmente, não têm visibilidade. Não sou nenhum ser de outra terra, que fecha os olhos para os problemas sociais contemporâneos, mas precisamos mudar a mentalidade atrofiada de pessoas que recebem, dia a dia, overdoses de informações que não passam de registros policiais, apenas. Francamente, precisamos de programas culturais e não de mais programas policiais, cada um mais apelativo do que o outro. Mas de quem é a culpa? Certa vez um diretor de TV me respondeu: “Fazer o quê? Se o povo gosta!”. Concordo com professores universitários, que dizem, em sala de aula “a mídia não educa ninguém, mas manipula a muitos”. Meu Deus... Somos manipulados!

Ramon Nascimento

Redator

igreja, reflexões e missões - ADPB | 5


Exclusivo

Ramon Nascimento

N

O pastor de 100 mil ovelhas Em revelações inéditas, o pastor presidente da Assembleia de Deus na Paraíba diz que seu intuito era ser médico e jamais pensava em ser o pastor de TODOS. 6 | ADPB - igreja, reflexões e missões

este mês, ele completa 61 anos de idade. Um homem que sonha, chora e comete erros como qualquer outro ser humano. Deus disse que ele seria o Pastor de Todos, e hoje, as estatísticas comprovam isso: a igreja que ele preside alcançou uma média de 100 mil pessoas em toda a Paraíba. Esse número pode ser explicado a partir de análises bem conservadoras, pois, segundo a Comadep (Convenção de Ministros da Assembleia de Deus na Paraíba), existem 160 campos da AD ligados à sede em João Pessoa. Nas páginas a seguir, você vai saber o que pensa um pastor, cuja profissão era encanador, mas o propósito de Deus o entregou ao ministério pastoral. No gabinete, esse pastor nos recebeu sem hesitar. O homem de poucas palavras nos concedeu uma entrevista exclusiva que durou mais de 1 hora. O suficiente para você entender o porquê desse líder não negociar com política, conservar a sã doutrina, ter sonhos, e, um dia, chegar a pensar e dizer que iria entregar tudo e procurar outro modo de vida. Esse homem é José Carlos de Lima, pastor presidente da Assembleia de Deus na Paraíba.


O Senhor disse que eu seria pastor de todos. E por não entender esse “de todos”, fiquei com dúvidas. Há 30 anos, não tinha a ideia que iríamos ter a Convenção aqui no Estado. E eu nunca tomei a liberdade de dizer para alguém que um dia ocuparia essa tão grande responsabilidade. Mas Deus, que sabe trabalhar de forma especial, me conduziu pelo caminho que Ele quis, e por vontade D’Ele hoje sou presidente da igreja e da Convenção.

Desafios O senhor lembra os desafios que enfrentou logo quando foi nomeado pastor presidente? O maior desafio que enfrentei foi a incompreensão. Porque como irmãos, a gente sente aquela falta do apoio e do reconhecimento da autoridade delegada por Deus. Mas Deus tem me dado sabedoria e prudência para reconhecer essas coisas. O senhor já pensou em desistir, alguma vez, de ser presidente?

Chamada Pastor, como foi o seu chamado para o ministério pastoral? Desde que entreguei a minha vida ao Senhor Jesus, eu pude perceber o plano que Deus tinha a realizar em mim. E à medida que eu fui desenvolvendo na vida espiritual, foi se tornando evidente uma chamada dentro de mim para servir ao Senhor na Sua obra. Relutei muito, porque o meu sonho era estudar para me formar em medicina, mas costumo dizer que diante dos desígnios de Deus, deve-se calar a nossa pobre mente. Deus é absoluto e sabe muito bem o que faz. E para presidência, como foi o processo? Depois de longos anos servindo ao Senhor no campo de missões e evangelização no interior do Estado, eu fui avisado por Deus que iria assumir a liderança da igreja de uma forma total.

A princípio as lutas foram muito grandes e um dia e me vi como se sozinho nesta peleja. Eu disse para Deus que eu ia entregar tudo e ia procurar um modo de vida e me render totalmente. Mas naquele dia, Deus me enviou uma equipe de pessoas de Recife que vieram ao

“Eu disse para

Deus que ia entregar tudo e ia procurar um modo de vida e me render totalmente”

nosso templo e por fim, subiram ao gabinete. Naquela oportunidade, Deus usou uma irmã que olhou para mim e disse: “por que tu disses-

te que iria entregar o trabalho? Fui eu quem te chamei. Ficarás aqui até o tempo que Eu quiser. Eu sou Jesus, o teu amigo!”. Isso foi muito marcante em minha vida. Logo após a saída daquela irmã, dobrei os meus joelhos, pedi perdão a Deus e disse a Ele que estava pronto a cumprir toda determinação que Ele já havia prescrito para mim. Foi na sua gestão que os Encontros de Casais e de Jovens com Cristo foram implantados na Assembleia de Deus? Sim! E para mim, foi um grande desafio moldar a igreja a esses trabalhos, que outras denominações já desenvolviam. Por muitos eu fui criticado e até ameaçado sobre o meu ministério... Ameaçado a perder o cargo? Não! Não de perder o cargo. Porque a quem Deus confia a responsabilidade, Ele cuida. Mas de desprezo e de incompreensão porque muitos diziam: ‘esse tipo de trabalho a AD não desenvolve’. Eu temi muito! Fiquei preocupado com a implantação do Encontro de Jovens e de Casais. Liderar não é fácil. É tanto que eu digo que liderar e administrar são duas ciências difíceis, porque é contrariar interesses. Mas, pela graça de Deus, a igreja já abraça com muito dinamismo este trabalho e ele tem tomado uma dimensão toda especial. Os retiros de carnavais, o senhor apóia? Eu não sou de acordo que a igreja se retire para um retiro, deixando a sua área de atuação. Promovemos estudos bíblicos para que a cidade fique mais aproximada de Deus e também uns dos outros, principalmente, nesses momentos que outras igrejas promovem retiros. Nunca participei de retiros.

Doutrina Sabemos que o pastor da igreja deve manter sempre o cuidado com a doutrina. Como o senhor tem tido esse cuidado? Desde que comecei a servir ao Senhor no interior da Paraíba, que me mantenho como um igreja, reflexões e missões - ADPB | 7


O pastor nos atendeu no gabinete num dia de muita chuva em João Pessoa/PB. Essa conversa aconteceu numa terça-feira, 19 de junho de 2012, a partir das 08h30min. A entrevista durou exatamente 1 hora e 10 minutos.

“O ministro tem que ter defensor dessa doutrina. Até porque nós fomos bem criados e ensinados. Eu tive a felicidade de ser pastoreado pelo saudoso pastor Antônio Petronilo dos Santos. Homem de vida ilibada e que deixou um legado todo especial para nós e para o líder que o substituiu, o pastor Antônio Fernandes das Chagas, que também nos ensinou de forma muito firme, no Evangelho. Qual a sua visão a respeito dos tão famosos usos e costumes da igreja? A doutrina, nós sabemos que é imutável, inegociável. Usos e costumes, dependendo de cada região, variam muito, mas graças a Deus que aqui no Nordeste, os pastores que presidem igrejas trabalham de forma coerente. Há alguns exageros, alguns que querem viver a vida a seu bel prazer, ao seu modo, esses daí tomam o destino que eles querem. Mas a igreja pela graça de Deus permanece firme.

Conservadorismo Muita gente o considera um pastor conservador-radical. O senhor também se considera? Não, eu não me vejo uma pessoa radical. Agora, conservador sim. Ensino a Palavra na simplicidade que é peculiar. E eu vejo em tudo Deus confirmando o Seu trabalho. 88| |semad-pb - igreja, reflexões e missões ADPB - igreja, reflexões e missões

um curso de educação teológica”

Quem nos visita fica admirado com o crescimento da igreja. Eles me perguntam o segredo e eu digo: ‘é apenas a ministração da

Palavra e o cuidado, o zelo doutrinário com o povo ’. Causam impactos os nossos cultos de segundas-feiras. São os cultos que a igreja lota e o povo vem para ouvir a Palavra de Deus. Isto é muito interessante e está se tornando um destaque em todo o Nordeste. Quem quiser ver uma igreja que se reúne para ouvir a Palavra, venha a João Pessoa. Mas tudo isto por misericórdia de Deus. Diferentemente de outras denominações, por que AD mantém uma rotatividade entre dirigentes e obreiros nos campos? Esse trabalho que nós fazemos de rotatividade faz parte do que está prescrito no nosso Estatuto. O estatuto social da igreja diz que os dirigentes das igrejas obedecerão a uma rotatividade, é o que chamamos de escala de culto. Qual o tempo máximo que um dirigente ou obreiro fica na congregação ou no campo? Isso depende muito dele. Alguns, por estar à frente de uma igreja, uma congregação de porte médio ou de porte mais elevado, se julga como se fosse um pastor e nós não trabalhamos aqui assim. Trabalhamos na responsabilidade de que estamos servindo ao Senhor humildemente.

Música Desde que o senhor assumiu a presidência, vários cantores renomados já visitaram algum templo da AD aqui na Paraíba, por exemplo, Lauriete, Elaine de Jesus, Marcelo Nascimento e outros. Esses cantores são sinônimos de casa cheia? Não é tanto motivo de casa cheia. É porque o nosso povo é muito apegado a valores especiais. A maioria desses cantores tem um grau de aproximação com o povo e o povo tem muito prazer em ouvi-los. Ter o que é de melhor é do povo assembleiano, em especial os nossos cantores. Pregadores de fora, quando vêm, e desviam um pouco da doutrina bíblica, não voltam mais? Nem sempre! Quando nós convidamos alguns companheiros, convidamos já conhecendo a sua forma de viver e servir. Quais os estilos musicais que o senhor gosta de ouvir em casa, no carro...? Pela minha forma de ser, eu sou muito tradicional, dentre eles, gosto de ouvir Oséias de Paula, que considero o príncipe dos cantores.


E algumas letras atuais? O senhor concorda? Não, concordo não. Mas o tempo e as coisas mudaram muito. O povo de hoje é um povo diferente de quando abracei a fé.

Política Finalmente, foi com recursos próprios que a igreja implantou o ar-condicionado no templo central? O ar-condicionado do nosso templo foi um presente do nosso amigo e pastor, Philemom Rodrigues. Ele havia conversado comigo, porque muito antes apareceu um cidadão que me ofereceu a implantação do ar, aqui na igreja. Ele me falou que Deus havia o mandado doar o ar-condicionado. Como se tratava de uma época política, eu tive a ousadia de dizer: ‘o senhor diga a Deus que eu não aceito ’. Porque a igreja de Deus não pode ser de maneira nenhuma presa à política. Eu tenho a igreja como coluna e firmeza da verdade; e não negocio com política. Política, à parte. Então, a ADPB não vai apoiar nenhum candidato nas eleições 2012? As coisas ainda têm que tomar o rumo correto. Tem muita água para passar por baixo da ponte e um pastor precisa ser muito ético e cuidadoso nessa parte. O seu filho, Pr. Isaac Venerando, era pré-candidato a vereador na capital. Mas desistiu. O senhor o influenciou? Eu apenas o aconselhei e disse que ia continuar orando. Nunca vi isso como o objetivo de Deus para ele. E nem para nenhum outro filho meu. Não sou contra a política. Reconheço que a política é a arte de administrar bem, mas aqueles que foram chamados ou vocacionados para tal “mister” ,que o façam. Agora, Isaac não. Eu agradeço a Deus porque foi o Senhor quem tirou da mente e do

“Liderar não é

fácil. É tanto que eu digo que liderar e administrar são duas ciências difíceis, porque é contrariar interesses” coração dele esse afã de ser candidato a vereador. Aqueles que Deus já tem levantado e aqueles que, possivelmente, se levantarão, darei o meu apoio. Farei a minha parte como sempre fiz. Sem me envolver com política. Porque o pastor, ministro, deve reconhecer que foi chamado para servir, cuidar do rebanho de Deus e não se envolver na área política.

te eu vou fazer o bacharel em teologia.

Consagrações Na última Escola Bíblica de Obreiros foram consagrados 840 obreiros. Isso representa a maior consagração da ADPB em 94 anos de história no Estado. Foi por conta da carência de pessoas na obra do Senhor? Julgo que também foi carência. Obreiros são poucos e foi o Senhor Jesus quem falou sobre isso. Tem muitos fazendo obra, mas eles não são realmente obreiros.

Mídia A rádio CPAD FM é uma concessão pública à igreja? Ela é uma concessão da CGADB, a qual tem como curador, o pastor José Wellingtton Bezerra da Costa. Isso foi uma concessão para as igrejas. E a única

Teologia A ADPB tem um centro de estudos teológicos. O senhor incentiva os obreiros a fazerem o curso de teologia ministerial? Não só incentivo, como também auxiliamos no pagamento para que estes façam o curso de educação teológica. O ministro tem que ter um curso de educação teológica. No mínimo, o básico. O senhor já concluiu seu curso de Teologia? Eu fiz o básico e o médio. Futuramen-

“A igreja não é minha. A minha própria alma também. Eu já a entreguei ao Senhor!”

igreja, reflexões e missões - semad-pb | 9


igreja no Nordeste que foi contemplada foi João Pessoa. O senhor está satisfeito com a programação local da rádio? Sim, estou satisfeito. A nossa rádio CPAD tem sido elogiada pelos programas que faz. Sempre há algumas coisas que é preciso controlar, porque há pessoas que exageram, não observando que essa rádio é Educativa e Evangélica. Então tem que ter todo cuidado possível para que as coisas não tomem rumo ignorado. O senhor também é cidadão. Precisa ficar informado. Onde o senhor busca informações? Eu gosto muito de ler bons livros, a revista Veja e o jornal diário.

“O

pastor deve reconh chamado para servir, cu nho de Deus e não se política” Missões

EBD

Os missionários estão sendo mantidos em 6 países pela ADPB. A igreja pretende enviar mais missionários?

Muitos alunos criticam a defasagem na estrutura da Escola Bíblica Dominical. O senhor ver um futuro promissor para a EBD?

O nosso objetivo é cumprir o que Deus me revelou há 30 anos quando eu nem sonhava assumir a presidência da instituição. Tenho sonhos de enviar mais missionários à África e à Holanda.

Olha, eu ignoro as pessoas que falam assim, porque esses que criticam, não participam. É fácil a gente criticar, porque língua não tem osso. Mas eles deveriam participar da EBD. E não participam. Pode observar que todo crítico não participa.

Projetos O centro de recuperação para dependentes químicos, no Conde, existe ou é apenas um projeto?

Quais os países que o senhor já visitou? Só visitei a Bolívia. Sou muito restrito a viagens para o exterior, haja vista, esse contexto de guerra, então, prefiro ficar no Brasil (risos).

10 | ADPB - igreja, reflexões e missões

Ele já existiu. Foi um dos planos elaborados por mim e pela diretoria. Mas não surtiu efeito com a pessoa que nós planejamos. Então eu dei de mão e não fiz mais. Sinta-se chamado e obedeça às normas da igreja. Do contrário eu não trabalharei dessa forma. Fiz o que pude. Mas infelizmente não logrou o resultado positivo. Lamento, lamento profundamente. Por sinal, na cidade de Patos, o Pr. José Paulo Carvalho está lutando por um empreendimento dessa natureza.


hecer que foi uidar do rebaenvolver com

Por que a ideia de fazer congressos setoriais?

Cite alguns projetos que estão em pauta e serão implantados de imediato.

Porque da maneira que os trabalhos vinham sendo desenvolvidos, tornavam-se muito repartidos e a gente já não podia atender a demanda de cada congregação. Nós temos 140 congregações, então é impossível dar assistência de forma simultânea.

Não gosto de prometer determinadas coisas e depois não realizar. E alguém dizer: ‘prometeu e não cumpriu’. Detesto isso. Eu acho que as coisas devem acontecer normalmente. Mas, um dos sonhos que tenho é de ter um abrigo para idosos. E por sinal já compramos o terreno satisfatório. Se Deus me permitir eu farei o Lar do Idoso da nossa igreja.

O portal ADPB noticiou que o templo central passará por reformas. Quando será isso? Estamos com a documentação em trâmite. A diretoria está cuidando dessa parte e logo que isso venha ser autorizado pelas leis do nosso Estado, estaremos entrando em ação. E sobre a criação de um colégio evangélico assembleiano. Isso é verdade? É um sonho a ser realizado. Mas somente Deus pode fazer, pois nossos recursos ainda são pequenos para tal envergadura.

Sucessão O senhor se preocupa com a sucessão presidencial? Não me preocupo. Eu oro para que Deus vá trabalhando em companheiros que possam amanhã dar continuidade a esta grande obra. Não me preocupo, porque a igreja não é minha. A Convenção que estou presidindo também não é minha. A minha própria alma não é minha. Eu já a entreguei ao Senhor.

Agradecimentos Só agradecer a Deus. E dizer que o desejo dos justos, Ele cumprirá. A minha esperança e confiança estão no Senhor. Rogamos orações da igreja de Deus e de todos os companheiros de Ministério e Convenção ao meu favor, para que Deus ensine a conduzir-me, prudentemente, na igreja de Deus e prosseguir até completar os meus dias, que Ele já agendou, e determinou. Ao Pr. José Carlos A equipe de reportagem da ADPB em revista parabeniza o Pr. José Carlos de Lima e deseja-lhe que o nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo continue abençoando sua vida, seu ministério e sua família. São os votos de cada um que contribuiu para a realização desta entrevista especial: Ramon Nascimento, Eduardo Leandro, Saulo di Tarso, Salismar Júnior, Raquel Monteiro e Lindeberg Cardoso.

igreja, reflexões e missões - ADPB | 11


As visitas da Semad-PB Por Eduardo Leandro, Rosenildo Maciel e Joabi Pereira

Em São José da Lagoa Tapada... aconteceu um grande evento evangelístico que impactou a cidade sertaneja, no dia 26 de maio. O missionário Rosenildo Maciel e o diácono Joabi Pereira participaram da programação e trouxeram boas notícias à respeito da igreja em São José da Lagoa Tapada, cujo líder é o Ev. Ronaldo Inácio. Eles participaram de uma distribuição de sopa no assentamento Sarapó, concederam entrevista a um programa de rádio e adoraram ao Senhor num grande culto de avivamento missionário.

Numa aldeia indígena Na noite de terça-feira, dia 15 de maio, o Pr. Eduardo Leandro, secretário de missões, visitou uma aldeia indígena na região de Marcação, município paraibano. A aldeia chama-se Camurupim e o convite para uma visita foi feito pelo pastor da igreja, o Ev. Francisco Sérgio, a fim de fechar uma parceria de trabalhos evangelísticos na comunidade. Na oportunidade, foram empossados os agentes de missões: Presbítero Vagner e o irmão Heleno.

Em Cupissura O secretário executivo de Missões da ADPB, Pr. Eduardo Leandro Alves, participou de um culto de missões na Assembleia de Deus em Cupissura, próximo a Alhandra. A visita aconteceu no dia 13 de maio. O pastor Samuel Mota, líder da AD local, agradeceu a visita e o apoio da Semad em todos os projetos missionários implantados pela igreja na região.

CCM em Pitimbu Mais de 30 pessoas estão cursando o Curso de Capacitação Missiológica, promovido pela Semad, em Pitimbu. Até o pastor José João, líder local, também faz o curso para incentivar outros membros da igreja. A Assembleia de Deus em Pitimbu também é parceira da Secretaria de Missões. 12 | semad-pb - igreja, reflexões e missões


adpb C AD E R N O E S PEC I A L

Enfim, inaugurada!


AD Cabedelo: Uma igreja que começou com 15 crentes

L

utas e grandes vitórias marcam a história da Assembleia de Deus em Cabedelo, município localizado na região metropolitana de João Pessoa, a 15 km da capital. Um dos pioneiros da realização da obra na cidade foi o irmão João Pereira, enviado pela igreja de João Pessoa. Irmão João vinha a pé da capital para Cabedelo, a fim de dirigir o culto e a Escola Bíblica Dominical (EBD). Ele sempre trazia a Bíblia, a Harpa Cristã, o jornal Mensageiro da Paz e a revista da EBD. Na época, a congregação era formada por quinze crentes. O primeiro crente da cidade, conforme contam os mais antigos, foi o irmão Dias Borges. O Círculo de Oração foi fundado em 1945, ano em que o mundo saía de uma 2ª Guerra Mundial, sendo a primeira dirigente a irmã Amélia. Depois vieram as irmãs Iraci, Nena e Izabel Domingos, atual dirigente. Em 1949, o então pastor-presidente da capital, João Batista da Silva, envia o primeiro pastor à Cabedelo. Era o pastor Manoel Cavalcanti. Logo que chegou, Pr. Cavalcanti encontrou um templo feito de taipa, localizado na rua Siqueira Campos, nº 07, que servia de zombaria para os moradores da cidade. Um novo edifício foi construído no local dando origem ao primeiro templo da AD, que foi inaugurado em 21 de abril de 1952. O Pr. Manoel Cavalcanti permaneceu à frente da igreja de 1949 até 1954. Depois dele, veio o pastor Misael Jacomo, que dirigiu até 1959, quando o Pr. Cavalcanti assumiu novamente. Em 1964, ano do início da ditadura militar no país, assume o Pr. Luiz Lira, permanecendo até 1969, quando toma posse o Pr. José Ferreira da Silva. Em 14 de setembro de 1974,

14 | ADPB - caderno especial

cujo presidente da ADPB era o Pr. Antônio Fernandes das Chagas, assumiu o ministério da igreja cabedelense o Pr. João Fernandes Praxedes. Ao chegar, ele encontrou o templo central e o da congregação de Poço em fase de conclusão. Foi então que teve início uma grande obra de expansão da Assembleia de Deus por todos os lados da cidade. O templo sede foi ampliado e novas congregações foram construídas em diversos bairros. A congregação de Poço, que o pastor Praxedes concluiu, foi inaugurada em 1975. Depois vieram as congregações de Jardim Brasília, em 1978, Jardim América, em 1983, Oceania VI, em 1985, Park Esperança, em 1995, Jardim Camboinha III, no ano 2000, Salinas de Ribamar, em 2003 e Jardim Manguinhos, também em 2003. Devido ao crescimento experimentado pela igreja nas últimas décadas, o templo da rua Siqueira Campos ficou pequeno, surgindo a necessidade de um

espaço maior. No entanto, o novo templo sede foi idealizado pelo Pr. Praxedes e a construção teve início em 2004. Na época, foi criado o projeto Conte Comigo para arrecadação de recursos visando à construção desse novo edifício. Com a morte do pastor, em 2006, a tarefa de dar continuidade à construção do templo coube ao Pr. Raimundo Lúcio Vidal Filho, que permaneceu à frente da igreja até 2009. Nesse período, o novo templo já passou a abrigar os cultos. Em 2009, o presidente da ADPB, José Carlos de Lima, envia a Cabedelo o Pr. Marinaldo Soares Lopes para assumir a liderança da igreja, o qual cumpriu o compromisso de concluir a obra e inaugurar, no mês de maio desse ano, o maior templo evangélico da cidade. Memória ADPB


Enfim, um grande templo inaugurado

O

ito anos de trabalho. Sete dias de celebração. Assim pode ser descrita a história da construção e conclusão do novo templo sede da Igreja Assembleia de Deus em Cabedelo, cuja festa de inauguração foi realizada no período de 16 a 22 de abril de 2012. Milhares de pessoas estiveram no templo durante os sete dias de festividades para louvar a Deus, todos juntos em um só sentimento agradecendo ao Senhor pela grande bênção concedida. Sob a liderança do pastor Marinaldo Soares Lopes, a igreja comemorou a conclusão da obra que proporciona espaço maior e mais comodidade a todos que frequentam o templo. Durante as celebrações, a manifestação do poder do Espírito Santo foi intensa e marcante, resultando em 33 vidas que se entregaram a Jesus, batismos no Espírito Santo e cura divina. A festa contou com a participação do pastor José Carlos de Lima, presidente da Convenção de Ministros da Assembleia de Deus na Paraíba (Comadep). Para uma confraternização de tamanha magnitude, uma programação especial foi preparada com cuidado, reunindo todos os departamentos da igreja, tendo como tema “O Deus dos céus nos fez prosperar”, baseado em Neemias 2.20. Durante a festa, foi comemorado o 2º aniversário da Banda e Orquestra Bereshit; os dois anos de louvor do conjunto Fonte de Elim e os 30 anos do coral jovem Beth Shalom. Também foram realizados os

Por Alexsander Carvalho congressos de senhoras, de missões e de evangelismo, do círculo de oração e dos jovens. A organização do evento ficou sob a coordenação da irmã Léa Santana Praxedes, que contou com o apoio de diversas equipes que se dedicaram de corpo e alma, durante vários meses, para que a celebração fosse a melhor possível e o nome do Senhor fosse glorificado. Os preletores da comemoração foram o Pr. Elson de Assis (São Paulo), Pr. Antônio Silva, Pr. Eduardo Leandro Alves (secretário executivo de Missões na PB), missionária Isabel Falcão, Tia Lúcia (departamento infantil) e Samira Santos (Rio Grande do Norte). Eliã Oliveira, Niquésia Santos e Leni Silva foram as cantoras convidadas. Também participaram o grupo de dirigentes do círculo de oração de Natal (RN), o coral jovem Beth Raphá e o coral Jardim das Nogueiras, ambos de João Pessoa. Segundo o pastor Marinaldo, este foi um momento histórico para a AD em Cabedelo. “Essa foi a concretização de um sonho que começou em 2004, com o saudoso pastor João Praxedes. Todos se uniram, abraçaram esta missão e puseram mãos à obra. O Deus dos céus nos fez prosperar e aquilo que havia no papel se tornou uma realidade. Glória a Deus!”, enfatizou.

Momento especial Centenas de pessoas se reuniram às portas do templo, na noite de 21 de abril, para acompanharem a solenidade de inauguração. A fita inaugural foi aberta pelo presbítero José das Neves e pela irmã Léa Santana Praxedes, filha do saudoso pastor João Fernandes Praxedes, idealizador do novo templo. O pastor Marinaldo Soares e família foram os primeiros a entrar no templo, sendo seguido pela igreja cantando “Assembleia de Deus vem comigo, ouvir a Pala-

O pastor da igreja, Marinaldo Soares, entrega placa ao pastor presidente da ADPB, José Carlos de Lima

Banda Sinfônica Bereshit e Orquestra

vra de Deus e terás a certeza contigo, que Jesus é o caminho dos céus” (Hino 144 da Harpa Cristã). Coube a pastor Marinaldo e à irmã Léa Praxedes o descerramento da placa inaugural. O dia da inauguração não foi escolhido por acaso, porque foi nesta exata data que o primeiro templo da AD em Cabedelo foi inaugurado, em 1952, construído pelos pioneiros da igreja na cidade, sob a liderança do pastor Manoel Cavalcanti. Para homenagear os pastores que passaram pela igreja, foram produzidas placas especiais que foram entregues aos familiares, reconhecendo a dedicação e empenho na obra, o qual resultou na expansão do Evangelho pelos quatro cantos da cidade portuária. Foram homenageados os pastores Manoel Cavalcanti, Mizael Jácome, Luiz Lira, José Ferreira da Silva, João Fernandes Praxedes e Raimundo Lúcio Vidal Filho. O pastor José Carlos de Lima e demais obreiros do campo, assim como o ministério da AD em Cabedelo, também ganharam comendas especiais.

Estrutura O templo dispõe de espaço para mais de 1.000 pessoas sentadas, quatro salas de aula onde funcionam as classes infantis e juvenis da Escola Bíblica Dominical (EBD) e também as aulas da escola de música, Ebenézer, que oferece ensino musical a crianças, jovens e adulcaderno especial - ADPB | 15


tos da igreja e da comunidade em geral. Dispõe ainda de biblioteca com livros cristãos para a edificação do povo de Deus, além da sala de novos convertidos, gabinete pastoral, refeitório e salas administrativas, com também um amplo estacionamento. Outro ponto de destaque é a Rádio difusora Oásis, cujo estúdio está instalado no segundo andar do novo templo. A rádio leva a Palavra de Deus e músicas cristãs aos bairros centrais do município, contribuindo para o trabalho de evangelização. Os assembleianos de Cabedelo estão felizes por fazer parte de uma geração que comemora 60 anos de história de uma igreja que nunca parou de anunciar: JESUS VEM! Nave do templo da AD Cabedelo

Mensagem do pastor

O ser humano – Uma engenharia divina Não sabeis vós que sois templo e morada do Espírito Santo e que o Espírito de Deus habita em vós?

O

s tentáculos sagrados, oriundos de uma inspiração proveniente do Soberano e Magnífico Deus, descrito por Moisés, apresentam, nos seus primeiros anais, que, Deus criou a obra mais aconchegante e como um toque final no mais fino e puro detalhe de uma criação exaustiva, criou o homem. Composto de três particularidades, ao que a teologia chama de “tricotomo” (corpo, alma e espírito), permitindo que cada um trilhe caminhos sem perder a harmonia em compor a coroa da criação. Entre as três partes, a mais visível é o corpo, formado por uma substância simples: o pó da terra. Feito à imagem de Deus, o corpo humano é considerado um território sagrado. Pois é nesse território que Deus habita. Isso nos faz entender que o corpo não é apenas formado por órgãos, vísceras, fluido. Ele também possui uma estrutura que vai além da matéria, e entendemos que é a realidade essencial da pessoa. Em suma, o ser humano encontra em si mesmo alguma coisa do fundamento do seu ser, mas também encontra 16 | ADPB - caderno especial

uma parte de si mesmo em Deus. Nós não somos apenas seres criados, o pedregulho e o lagarto também são, mas somos nascidos filhos Deus. “Porém deu o poder de se tornarem filhos de Deus, a todos aqueles que o temem” ( Jo. 1.12). Vejamos que prova de amor! além de sermos feitos sua imagem e semelhança, deu-nos o poder de tornarmos seus filhos. Deus e o ser humano são rima um do outro num único poema. De repente viver torna-se muito empolgante. Aliás, a Bíblia não se engana sobre isso e soube destacar essas particularidades. “De um modo terrível eu fui formado, maravilhosas são as tuas obras e a minha alma sabe muito bem.” ( Sl. 139.14) E ainda, “Eu te celebro de todo o meu coração [...] a ti cantarei louvores [...] e celebro o teu nome. Porque engrandecestes a tua palavra acima de todo o nome ( Sl 138 1-2). É como se, ao nos criar, Deus tivesse superado a si mesmo, pois superou o Seu nome. Portanto, devemos entender que cada um é uma exceção para Deus. Cada um é conivente com um grande segredo e com o grande plano de Deus. Pr. Marinaldo Soares


Relatório Missionário

v o s au m e n “O S e n h o r , m a is e m a is te b ê n ç ã o s s s obre vo ss o s obre vó s e b e n d it o s d o e d e S . s o lh fi z os céus e fe e u q r, o h S en o s 1 1 5 .1 4 . a te r r a .” S a lm

Uma satisfação que vem do México Por Camila Sefforah (missionária) Amados irmão s, sou grata ao obra missionár Senhor, por vo ia aqui no Méx cês fazerem ico. parte desta Comunico qu e no dia 1º de pessoas na no abril tivemos ssa igreja, m o privilégio de esmo com a batizar 11 Evangelho. En fo rt e re si tre eles, um stência dos m ca ex sa icanos ao l, qu e estavam ju além de casa ntos e já tinh r, foi batizado am na do s is filhos, ág uas. Também com coisas sa um jovem qu tânicas, após e o er ba a tismo, confes envolvido missionário ta sou-me que te mbém. Orem m um desejo por ele! de ser Este ano esta mos trabalha nd tivemos a opor o com a fam ília – projeto tunidade de m de Deus – e inistrar um cu para trabalha rso só para ca r com outros sa is e de . N prepará-los a ocasião, cons curso, um casa eguimos traz l de brasileiros er , pa ra que trabalha ministrar o bênção! no Peru há 18 anos. Foi uma grande Continuamos com o trabalho gião, o result de reforço es ado é visível: colar para cr melhor desem ianças da re penho em sala Fizemos uma de aula. vigília com os um café da m jovens da no ssa igreja e at anhã mission ário. E, graças é realizamos está desperta a De us , vejo que a ig ndo para cum re pr ja mexicana ir, im ed Cristo. iatamente, o Ide do Nosso Se nhor Jesus O México é um a grande sear gio de passar a, com poucos quatro dias no ceifeiros. Tive município de o privilédenominado Chiapas e co San Juan de nhecer um po Ch am ul a, voado, que é totalm Acreditem qu ente fechado e nem sequer ao po Ev de an mos dizer um gelho. sequer uma ig “Deus te aben reja evangélic çoe!”. Não há a. O único te visitado, pelo m plo que existe motivo de nã , é católico, o ter um padr e não é dar serviços de e. Esse templo só bruxarias. serve para ac omo No dia 31 de abril, data em México, fizem que se comem os uma grande ora o Dia das festa para elas Crianças no , como també Quero agrade m no Dia das cer a Assembl Mães. eia de Deus pa apoio dado, ao raibana, a Ka s parentes, am ir ós ig po os r e to in do o essa obra! tercessores. To dos têm cont ri bu íd o com Agradeço a De us por estar obra. E por se há 10 meses r prova da fid no México, fa elidade do Se zendo a Sua nhor.

M otivos de ora ç ã o : - Pela

construção do novo templo e provisão fin - Pelos Ministé anceira; rios da igreja e seu fortalec crianças, depa imento (homen rtamento de s, mulheres, Missões e louv jovens, - Por um acam or); pamento com cr ia nç as e jovens, julho; que teremos neste mês de - Por nossa 1ª Conferência M is sionária, em - Por saúde e agosto de 2012 capacitação po ; r toda a equi pe da Kairós no México. Com muito ca rinho e amor em Cristo Jesus!

igreja, reflexões e missões - ADPB | 17


A Colheita continua na Bolívia Por Felipe Trajano (missionário)

“O Senhor tem o seu caminho na tormenta e na tempestade, e as nuvens são o pó dos seus pés.” Naum 1.3b

Desde o dia 27 de Fevereiro deste ano, estamos trabalhando incessante-

mente para cumprir as responsabilidades e atender as necessidades da seara.

No mês de abril, iniciamos um programa de rádio chamado “Colomi para

Cristo”. Vale salientar que Colomi é uma cidade do departamento boliviano de Cochabamba.

Iniciamos um trabalho de evangelismo e trabalho infantil. E, para a

glória de Deus, estamos conquistando a confiança dos pais, que, em breve, serão alcançados também pelo Evangelho.

Algumas pessoas são discipuladas no próprio local de trabalho. Pois é um

processo para eles vir à igreja, pelo fato de que são sempre muito voltadas às atividades e aos interesses econômicos.

Também já iniciamos a implantação de núcleos de estudo do nosso curso

de missões. O primeiro núcleo foi aberto com o auxílio do Pr. Adegildo Queiroz e, em breve, abriremos o próximo.

Orem pelo projeto Samaria – Semeando avivamento. Este projeto visa à

capacitação dos irmãos bolivianos na obra de evangelismo.

Orem também para que as crianças continuem motivadas a vir à igreja,

para que mais vidas sejam alcançadas e para que Deus continue nos dando estratégias de trabalho.

AD News

Secretarias de Missões da AD lançam novo site

N

o 8º Fórum, que aconteceu entre os dias 07 a 10 de março em Aracaju (SE), os secretários executivos de Missões das Assembleias de Deus no Nordeste, decidiram reformular a página institucional do Fórum, na internet. A decisão foi aprovada por mais de 10 secretarias e tem como objetivo trazer ao público, os trabalhos missionários que cada secretaria está desenvolvendo. O site forumdemissoes.com.br entrou no ar no mês de maio. Na página, podem ser encontradas todas as fotos do 1º ao último Fórum. Além das Resoluções aprovadas, os contatos de cada secretaria, os artigos dos secretários e ainda, notícias do campo missionário. O próximo Fórum de Missões está previsto para acontecer na cidade de Campina Grande, entre os dias 1º a 4 de maio de 2013. E possivelmente, o site transmitirá todo o evento ao vivo.

Estão em João Pessoa, os missionários Eurivaldo e Rebecka. Ambos serviram ao Senhor, desde o ano passado, na base missionária em Cochabamba, Bolívia. Passarão um tempo na capital paraibana para renovação de projetos, aguardando a orientação de novos campos, se transcultural ou estadual, pela direção de nossa igreja. 18 | ADPB - igreja, reflexões e missões


P r o j e t o C h a r is

Missões

Os Despenseiros da Graça na evangelização da Paraíba

N

esta página, estamos trazendo os relatórios das visitas que fizemos no primeiro semestre de 2012, com o apoio da Secretaria de Missões da Assembleia de Deus na Paraíba (Semad-PB) e do Conselho de Evangelismo e Missões (CEEM). Nossos relatórios mostram a manifestação do poder sobrenatural do Espírito Santo nas vidas das mais diversas pessoas que encontramos em cada município, pronto a receberem o Evangelho Cristocêntrico.

CANAFÍSTOLA - 05 e 06 de Maio E por falar em Município, dessa vez, visitamos o distrito de Canafístola, em Araçagi, com população de 4.000 habitantes, mas apenas 03 crentes e uma igreja fechada. Chegamos no sábado de manhã e logo começamos a evangelizar porta a porta. Enfrentamos dificuldades, a ponto de sermos expulsos de algumas casas, por causa da idolatria no local, mas o Evangelho foi anunciado. À noite, foi realizada uma Cruzada Evangelística em frente à igreja, e, para honra e glória do Senhor, 11 vidas aceitaram a Cristo. No domingo, além de continuarmos a evangelização, começamos a investir no evangelismo infantil. No turno da tarde, realizamos um desfile, que contou com a presença do Pr. José Carlos de Lima, presidente da ADPB, que celebrou a cerimônia de reinauguração do templo. À noite, aconteceu o culto de encerramento com a presença de muitos novos convertidos. 74 pessoas foram alcançadas pelo Evangelho em Canafístola e mais de 40 crianças foram ensinadas acerca da Palavra de Deus.

SAN TA LU Z IA - 0 6 e 0 7 de A b ri l Após o dia todo de evangelismo, realizamos uma Cruzada Evangelística na Praça do Forró na noite de sexta-feira. No sábado pela manhã, o projeto foi deslocado para um lugar chamado “Monte” para evangelizar adultos e crianças. A tarde, a cidade parou, literalmente, para assistir ao desfile da igreja Assembleia de Deus. No culto de encerramento, 6 vidas aceitaram ao Senhor Jesus. Resultado geral do trabalho: 93 pessoas para Cristo e mais de 60 crianças ouviram a Palavra de Deus.

LO G R ADO U RO - 0 3 e 0 4 de Março Durante todo o sábado, realizamos o evangelismo pessoal. À noite, uma Cruzada Evangelística foi montada na rua principal da cidade. No domingo pela manhã, três equipes receberam missão a ser cumprida: Uma trabalhou no evangelismo infantil, outra evangelizou um povoado, e, a última trabalhou com os novos convertidos que aceitaram a Jesus no dia anterior. À tarde houve o desfile, onde anunciamos que “Salvação só existe em Jesus”. E, à noite, o culto de encerramento. Resultado do trabalho: 47 pessoas confessaram a Cristo como Senhor e Salvador e 50 crianças aprenderam sobre a Bíblia Sagrada.

RIAC H ÃO D O P O ÇO - 0 4 e 0 5 de Fevereiro O Evangelho foi divulgado pessoalmente durante o dia de sábado. À noite, houve uma Cruzada Evangelística no ginásio de uma escola. Às 7 horas da manhã do domingo, na reunião de oração e consagração, uma jovem foi batizada no Espírito Santo. Depois dividimos a equipe do projeto em três: evangelismo infantil, evangelização num povoado e outra no discipulado a novos convertidos. A cidade foi impactada com um desfile na tarde do domingo. No culto de encerramento, 5 crentes foram batizados no Espírito Santo. Resultado: 71 pessoas confessaram a Cristo como Salvador.

igreja, reflexões e missões - semad-pb | 19


Preletores : Pr. José Carlos de Lima - Presidente da AD na Paraíba e COMADEP Pr. Cleudimar Lima - Presidente do Conselho de Evangelismo e Missões da COMADEP Pr. Paulo Locatelli – Foi Missionário no Senegal e atualmente é responsável pelos Projetos do Centro Missionários Heróis de Deus de Campo Bom (RS) para África e Europa onde tem bases na República de Mali, Espanha, Portugal e um projeto na República do Niger.

Pr. Jackson Douglas – Secretário Executivo de Missões da Assembleia e Deus em São Luís, MA.

E muito mais: Feira de Missões, Testemunhos de Missionários, Cantores

ADPB em Revista  

Assembléia de Deus na Paraíba

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you