Page 1

XX 243 08/12/2012

Superintendência de Comunicação Integrada

CLIPPING Nesta edição: Clipping Geral Patrimônio Cultural

Destaques: PBH cria secretaria contra a corrupção - p. 02 A PEC 37/11 e o papel das polícias e do Ministério Público - p. 11 Patrimônio resgatado - p. 13


01

ESTADO DE MINAS – ONLINE – 08.12.2012

ANIMAIS

Sociedade na mira de juiz

Valquiria Lopes

Norte de BH, cancelaram o movimento depois de receAtivistas de Minas Gerais ber a sinalização do juiz de aguardam decisão da Justiça que ele se manifestará no dia sobre o parecer do Ministé- 10. rio Público que pede o afastamento da atual diretoria da O repúdio à direção da Sociedade Mineira Proteto- sociedade surgiu depois que ra de Animais (SMPA). De diversas denúncias mausacordo com a presidente do tratos, mortes, canibalismo e Movimento Mineiro pelos desvio de verbas. Os relatos Direitos dos Animais, Graça falam de superlotação, gaioLeal, o juiz da 1ª Vara Cível las enferrujadas e com fios de de Belo Horizonte, Jeferson eletricidade soltos, remédios Maria, se comprometeu a vencidos, material hospitalar analisar o pedido nesta se- entre fezes e urina de ratos, gunda-feira. animais doentes sem tratamento e com pouca ração. O documento, protocolado pela 12ª Vara Civil do As denúncias serão reuMinistério Público, em 18 nidas e levadas ao juiz, tamde outubro, pede a saída dos bém na segunda-feira, com atuais diretores e a nome- uma petição eletrônica com ação de um interventor na assinaturas de simpatizantes SMPA, que fará a transição do movimento. Cerca de 500 para a nova diretoria, que de- cães e gatos vivem na sede verá ser eleita por processo da sociedade, no Bairro Guatransparente, como prevê o rani. A direção da instituição estatuto da entidade. Organi- foi procurada ontem para rezadores de um protesto, mar- percutir as declarações dos cado para ontem em frente à ativistas, mas ninguém foi sede da entidade na Região encontrado.


02 ESTADO DE MINAS - mg - p. 08 - 08.12.2012


03 cont... ESTADO DE MINAS - mg - p. 08 - 08.12.2012


04 o tempo - mg - p. 03 - 08.12.2012


05 o tempo - mg - p. 06 - 08.12.2012


06 cont... o tempo - mg - p. 06 - 08.12.2012


07 ESTADO DE MINAS - mg - p. 08 - 08.12.2012


08 ESTADO DE MINAS - mg - p. 04 - 08.12.2012


09 o globo - rj - p. 03 - 08.12.2012


10 super notĂ­cia - bh - mg - p. 08 - 08.12.2012


11 o tempo - mg - p. 18 - 08.12.2012


12 ESTADO DE MINAS - mg - p. 06 - 08.12.2012


13 ESTADO DE MINAS - mg - p. 02 - 08.12.2012


14 07.12.2012

Comunidade define prioridades para salvaguardar o patrimônio cultural de Ouro Branco

Por Rafael Melo

Durante a realização do Seminário Patrimônio Cultural de Ouro Branco, da preservação ao abandono foram ministradas palestras para direcionar propostas e diretrizes, com a finalidade de salvaguardar o patrimônio histórico do Município que está em péssimo estado de conservação. O encontro foi aberto com a palestra “A comunidade e as ações preservacionistas”, proferida pelo jornalista Éverlan Stutz, pós-graduado em gestão do patrimônio cultural e organizador do evento. Para o especialista em patrimônio histórico, houve um retrocesso nas políticas públicas de preservação do patrimônio cultural da cidade. “A prefeitura não restaurou nenhum bem cultural durante oito anos, não abriu campo para o diálogo com a sociedade e impediu a participação popular no Conselho do Patrimônio Cultural”, relata Éverlan que elaborou e coordenou importantes obras de restauro na região como a restauração da Casa de Tiradentes e da Capela Nossa Senhora da Conceição, localizada em Gagé, Conselheiro Lafaiete. Logo após, o pesquisador Pedro Chaves proferiu a palestra “Ouro Branco, 337 anos de história, berço de Minas Gerais”, abordando curiosidades históricas e ambientais da cidade. “Devemos fazer algo para preservar nosso patrimônio cultural e natural. A sociedade também é responsável pela preservação”, enfatiza Pedro que mobilizou a comunidade para restaurar a Capela do Morro São Gabriel. Visita guiada às obras da Matriz de Santo Antônio Como parte da programação do seminário, foi realizada uma visita guiada às obras da Matriz de Santo Antônio que está sendo restaurada pela Associação Amigos da Cultura, com apoio do BNDES e da CEMIG através da Lei Federal de Incentivo à Cultura. De acordo com o pároco da Paróquia Santo Antônio Pe. Ilídio Pinto, a comunidade precisa entender que a restauração é um processo criterioso e que depende da aprovação do Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional). “É difícil fazer a co-

munidade entender essa burocracia toda, pois o que ela quer realmente é poder participar das celebrações na Matriz”, explica o pároco que propôs ações educativas sistemáticas para manter a comunidade bem informada sobre as obras de restauro, iniciadas em dezembro de 2009. O encontro culminou na elaboração de um documento, pautado a partir da Carta Patrimonial do Alto Paraopeba, que prevê a promoção de ações educativas voltadas para sensibilizar a sociedade, a iniciativa privada e o poder público diante da importância da preservação do patrimônio cultural do Município, que sofre com o abandono e com a falta de políticas públicas específicas de cultura. Associação Amigos da Cultura de Ouro Branco Rafael Melo Graduando em Jornalismo pela Universidade Federal de Ouro Preto - UFOP (31) 8542.4876

08 Dez 2012  

Clipping Geral e Espec. Eletrônico

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you