Issuu on Google+

EDIÇÃO DIGITAL | www.peninsulanet.com.br Ano IV - Nº 50 - Setembro de 2013


HA IR STUDIO

I

PROMOÇÃO TODOS OS DIAS 3ª e 4ª FEIRA PEDICURA + MANICURA GANHE 1 ESFOLIAÇÃO NOS PÉS 5ª FEIRA ESCOVA + TRATAMENTO MYTHIC OIL L’OREAL APENAS R$ 110,00 6ª FEIRA

PROMOÇÃO SÁBADO: SOU AMIGO DO PEITO,

SOU ESPAÇO CONTEMPORÂNEO! TRAGA UM NOVO CLIENTE E GANHE UM RITUAL DE NUTRIÇÃO KÉRASTASE

PROMOÇÃO 3 em 1 CORTE+ESCOVA+HIDRATAÇÃO REDKEN R$ 149,90

TINTURA + CORTE GANHE 1 HIDRATAÇÃO

Duplex no Bernini, com 267 m², vista espetacular da lagoa, 04 suítes com armários.

Ótimo apartamento no Península FIT, com 100 m², 2 quartos (1 suíte), varanda gourmet e 2 vagas de garagem.

Excelente oportunidade no Via Bella com 80 m² e 2 quartos. Sofisticação e beleza em cada detalhe.

O2 - Tels.: 3311-5438 / 2428-5026 / 3328-2864 Av. Paisagista José de Azevedo Neto, 200, bl. 09, lojas 112 e 113


12

17

22

28

Casa Cor

Seguranรงa

Primavera

Meio ambiente

16

Skate, perigo na pista

34

Encontro com os pais

40

Copa Amizade de Futebol

50

Horรกrios do transporte

32 Porta-Retrato


Editorial

Para isso, contamos com uma equipe de profissionais qualificados e também com a atuação dos Conselheiros, que também são moradores e prestam serviço voluntário na Associação. Sentimos a necessidade de contar mais para você, associado, de enumerar alguns trabalhos, de apresentar a nossa lida diária. Impossível registrar tudo apenas na Revista, mas nesta edição você vai encontrar um encarte especial, com um pouco do que é feito aqui. Mérito? Não. Nossa obrigação. Mas é muito bom dividir os resultados com todos, mostrar que há um time coeso, afinado, que executa as suas funções com afinco, determinação e que está pronto para novos desafios.

A

Tudo já foi feito? Também não. Mas há diretrizes, ordem e clareza na execução de cada tarefa. Há também o apoio da maioria dos associados, o que nos dá inspiração para seguir e saber que estamos no caminho certo.

Viver Península

o longo das 50 edições da Revista, mostramos um pouco do conceito Península: do projeto à chegada de novas famílias, dos esportes aos eventos, lazer, natureza, sustentabilidade, criamos um álbum onde registramos crianças, jovens e adultos. Amigos, pais e filhos, casais, irmãos. Jardins, trilhas, balsas, parques. O jeito de viver aqui – homem e meio ambiente em harmonia. Nos últimos dois anos, passamos também a mostrar como esta área de quase 800 mil metros quadrados, do tamanho do Leblon, é gerida. Como tudo isso é preservado, cuidado, administrado, protegido. Informamos sobre os trabalhos realizados, mostramos ao associado a ação da ASSAPE para manter tudo fun-

cionando e de acordo com as necessidades das famílias que aqui vivem. Uma área imensa, com uma população fixa de mais de 15 mil pessoas, além da flutuante – sete mil trabalhadores (como registro da Associação), sem nos esquecermos dos entregadores, operários e outros servidores. Um pequena cidade administrada com transparência e planejamento, que trabalha com uma logística operacional ampla para atender todas as demandas: infraestrutura, segurança, transporte, meio ambiente, esportes, eventos, cultura, enfim, todos os aspectos do bem viver Península.

www.peninsulanet.com.br | revistapeninsula@peninsulanet.com.br | (21) 3325-0342

Revista Península é uma publicação

8

(21) 3471-6799 www.idesigncom.com.br contato@idesigncom.com.br Av. Armando Lombardi, 800 – Sl. 238 Barra da Tijuca – Rio de Janeiro – RJ

Editora Responsável

Revisão

Tereza Dalmacio terezadalmacio@idesigncom.com.br

Tatiana Lopes

Diretora de Arte

Repórteres

Alessandra Costa

Cristiano Kubis, Guilherme Cosenza e Stephany Muzi

Design/Diagramação

Fotografia

Design

Caroline Coelho e Natália Moraes

Produção

Fabiane Motta

Rachel Sartori

Noele Fernandes e Raphael Verçosa

Diretor Comercial Victor Bakker

Comercial (21) 3471-6799 | 7898-7623 Alessandro Aquino aquino@idesigncom.com.br Bruno Faria bruno@idesigncom.com.br Renato Teixeira renato@idesigncom.com.br

O encarte é apenas uma forma de afirmar: fique tranquilo, o seu patrimônio é cuidado com muita responsabilidade e comprometimento. ASSAPE

9


Decoração

13

Patrícia Quentel, a criadora da Casa Cor Rio

Atualmente, a Casa Cor possui 24 franquias, sendo 19 nacionais. No Rio de Janeiro, a franquia já tem 874 ambientes decorados, 408 profissionais participantes e 842.000 visitantes em 26 anos de ação na arquitetura carioca. Os visitantes da mostra fazem parte de um público de alto consumo e de classe A/B, com idade entre 30 e 75 anos.

Patrícia Mayer, Mário Santos e Patrícia Quentel na apresentação do projeto na Península

A

Casa Cor

Península se destaca por ser o principal condomínio verde do Rio de Janeiro. São quase 800 mil metros quadrados, apenas 10% de área construída, natureza protegida, fauna e flora ricas, empreendimentos de alto padrão, no meio do bairro que mais cresce no Rio de Janeiro. Um oásis nesta cidade cosmopolita. Coroando essa parceria entre natureza e urbanismo, a Casa Cor, maior mostra de arquitetura das Américas, volta à Barra, para a Península, no Residencial FontVieille. Os projetos irão ocupar apartamentos de 300, 400 e 600 metros quadrados, reunindo 86 profissionais renomados. A abertura da 23ª Casa Cor será no próximo dia 10 de outubro, e a mostra segue até 18 de novembro. A criadora da Casa Cor Rio, Patrícia Quentel, revela que esse retorno já era desejado há muito tempo. Para ela, a Barra é lugar certo para a mostra, por ser a região que mais cresce na cidade e com potencial enorme para o mercado de construção e arquitetura. “É verdade que tanto eu como minha sócia, Patrícia Mayer, tínhamos esse sonho de voltar”, confessa.

12

Sobre a Península, ela ainda diz que é um sonho realizado por ser um lugar único na capital. Segundo Quentel, o motivo de escolher o condomínio é que a área representa um potencial de mercado diferenciado do maior momento do crescimento imobiliário do Rio de Janeiro. “A Península representa muito bem a Barra, é o primeiro bairro verde da cidade, e será muito bom realizar o evento aqui”. Responsável pela implantação do projeto, o arquiteto Mário Santos entende que é uma ótima oportunidade para os profissionais e fornecedores. Para Mário, a Barra da Tijuca é especial, e a mostra torna-se única por estar em um condomínio real, com apartamentos disponíveis para venda. “É diferente do que costumávamos fazer em galpões e casarões abandonados. Estamos bem engajados em perceber as tendências do ‘morar’ contemporâneo. A ideia é decorar e montar os apartamentos para a família tradicional e ‘recasada’ com filhos de outros casamentos. Como a região é sede de muitas empresas, outros temas para espaço serão os apartamentos para temporada e para executivos instalados na cidade”, explica.

Conselheiro do FontVieille e da Carvalho Hosken, Henrique Vianna afirma que a Casa Cor irá valorizar ainda mais a Península e promovê-la em projeção internacional. “Aqui já é o melhor lugar para se morar na cidade. Agora isso ficará ainda mais público”.

Representando a Carvalho Hosken, a Gerente de Marketing Yone Beraldo dá boas-vindas aos arquitetos que irão trabalhar nos apartamentos e afirma que a parceria com a Casa Cor Será um sucesso.

Mauricio Nóbrega é arquiteto da Casa Cor há 18 anos e participará do projeto na Península. Para ele, o FontVieille é um residencial diferenciado, principalmente pelo acervo de obras de arte nas áreas comuns do prédio.


Decoração

15

Gisele Paranto e Rafael Pessanha são responsáveis pela decoração da suíte de um dos apartamentos. Gisele explica que vai buscar integrar o lado interno e externo do espaço. Além disso, vai imprimir paz na decoração.

Moradora do Mandarim, Maria Luiza, que conhece bem a Casa Cor, adorou a ideia de receber na Península a tão famosa mostra de arquitetura. Para ela, a Península já é bastante conhecida e um ótimo lugar na Barra da Tijuca para um evento como esse.

Maria Ribeiro, também moradora do Mandarim, conta que o evento sempre aconteceu na Zona Sul, e é ótimo que ele possa acontecer na Barra da Tijuca agora, principalmente em um lugar tão bonito quanto a Península. Aprovada a escolha.

De 10 de outubro a 18 de novembro

14


ASSAPE EM AÇÃO ASSAPE ALERTA

!

Senhores pais, atenção aos seus filhos nas avenidas da Península. Nossa equipe de reportagem flagrou algumas crianças disputando a pista com os carros. O risco de acidente é grande. Outra observação é quanto à utilização de equipamento de segurança. As escolinhas e clubes de skate recomendam o uso de tênis, joelheiras, cotoveleiras, capacete e protetores de punho. Em alguns municípios brasileiros, há projetos para tornar o uso desses equipamentos obrigatório, devido à gravidade dos acidentes nas vias públicas. Fica o alerta.

16

SEGURANÇA Nas últimas edições da nossa revistas, falamos bastante sobre segurança. Hoje voltamos ao tema com informações importantes para todos os associados. Haverá mudanças no sistema, como já foi anunciado anteriormente. Acompanhe.

17


Como Coordenador de Segurança da Associação, gostaria de esclarecer que o projeto sofreu atraso de oito meses (de agosto de 2012 a março de 2013) por conta de ajustes na verba destinada anteriormente. Foi necessário ajustar a “rubrica segurança”. A economia gira em torno dos R$ 360 mil reais - que aprovada pelo Conselho Comunitário deveria ser gasto exclusivamente com o novo projeto. Hoje, com a verba disponível, informamos como se dará a implantação do novo sistema, que se divide em quatro fases. Informamos também que algumas ações já foram implantadas. 1a Fase: Criação de normas e procedimentos de entrada e saída, controle de tráfego e desdobramentos dentro das instalações da Península: • Criação de cartilha para divulgação aos moradores (feito) • Alteração de efetivo das portarias de pessoal contratado para funcionários próprios treinados para melhor atendimento e orientação aos usuários (em fase de implantação) • Aprovação de projeto de sinalização de tráfego junto à CET-Rio para a área interna e externa da Península (feito) • Aquisição e instalação de toda a sinalização de trânsito da área interna e externa da Península (feito)

• Solicitação à Polícia Militar do Rio de Janeiro para instalação de um posto fixo de viatura nos arredores da Península (posto externo temporário) • Solicitação à Prefeitura para instalação de um posto fixo da Guarda Municipal para ordenamento de estacionamento e trânsito interno, com o objetivo principal de coibir estacionamentos irregulares (aguardando posicionamento da entidade) 2a Fase: Plano de Contingência, com definições de funções de cada um participante do processo • Contratação de consultoria para projeto de segurança, com definição de contingente adequado e plano de ações preventivas (feito) • Redefinição de efetivo, novas tecnologias de vigilância e treinamento (estudo em fase de aprimoramento e implantação)

3a Fase: Adequação física e tecnológica das portarias, com implementação de sistema eletrônico de registros de tráfego. • Melhorias civis nas portarias 1 e 2 (feito) • Aquisição de novos computadores e equipamentos (feito) • Nova sinalização de trânsito interno, aprovada pela Prefeitura (feito) • Compra de novas cancelas e catracas (em fase de aquisição) • Fechamento das áreas externas junto às trilhas (Península x Gleba F) (feito) • Modernização do sistema de controle de acesso (redefinição de sistema a ser utilizado): sistema de TAG UHF adesivo (passe impresso) para maior agilidade na entrada e minimização dos problemas apresentados pelos controles atuais (em fase de contratação) 4a Fase: Implantação de sistema de monitoramento por câmeras e central de CFTV • Contratação de consultoria para projeto de CFTV (feito)

• Aquisição e instalação de sistema de gerenciamento inteligente de análise de imagens (reconhecimento de placas, estacionamento irregular, velocidade, situação suspeita, ausência de patrimônio, atos de vandalismo etc.) (em fase de análise financeira)

Claudio Moraes, Coordenador de Segurança (ASSAPE)

A sua opinião é muito importante A ASSAPE quer sempre encontrar a melhor forma de atender o associado. Por essa razão, será feito um referendo para verificar que parcela de nossa população gostaria de ver alterado o Estatuto para propiciar o transporte ponto a ponto – modalidade centro da cidade. Aguarde nossa visita em seu condomínio juntamente com nossos auditores externos – mais transparência e mais confiança para tudo e para todos. O material de divulgação contendo as atas, projetos e estudos sobre transporte será encaminhado a todos os proprietários associados, através de mídia digital (CD) e impresso, durante a coleta de dados. ASSAPE – ainda mais por você!

18

19


Com total transparência, esclarecemos que o projeto em questão abrange os limites da Península, a área interna. Quanto ao entorno, está sendo desenvolvida com os vizinhos (O2, Casa Shopping, Tok & Stok, Via Parque, BarraShopping, entre outros), com aval da Prefeitura e da Polícia Militar, uma ação conjunta para a segurança. Mas é uma operação que envolve muitos, que esbarra em burocracias e diretrizes diversas, o que torna o processo mais lento. Mas afirmamos que a Associação está atenta, firme nos seus propósitos e buscando mais segurança para a o entorno da Península. Assim, como Coordenador de Segurança e em nome de todos os Conselheiros da ASSAPE, solicito a compreensão e colaboração de cada morador nesta fase de mudança. A implantação do novo sistema pode gerar alguns problemas, inerentes ao trabalho. Mas é uma situação passageira e necessária para que a segurança seja ampliada a cada família que escolheu viver aqui. Não apenas como Coordenador, mas principalmente como morador, que também vive aqui com a sua família, tenho certeza de que os transtornos serão mínimos, tendo em vista o ganho que todos teremos.

20

21


Crescimento e preservação ambiental O Barra Week discute diversos assuntos: gastronomia, esporte, cultura, sustentabilidade, enfim, um leque de temas de interesse da Barra da Tijuca. A nossa equipe de reportagem acompanhou o dia dedicado ao meio ambiente, quando o saneamento básico foi pauta. Com o tema “Crescimento e Preservação Ambiental”, vários palestrantes expuseram a sua opinião: o Secretário de Estado do Meio Ambiente, Carlos Minc; o professor do Laboratório de Hidrologia da Coppe/UFRJ, Paulo Canedo; e o biólogo Mario Moscateli, mestre em Ecologia, professor de Gerenciamento de Ecossistemas e responsável técnico pelos projetos ambientais da Península. O tema central foi o saneamento básico da região: o que já foi feito, combate ao despejo clandestino e o trabalho necessário para a despoluição das lagoas. Também na pauta: os novos tratamentos de dragagem dos lagos e praias da Barra da Tijuca, os planos futuros para a área do Jardim Oceânico, que

22

ganhará a Linha 4 do metrô, e a importância de não interferir no hábitat natural dos animais. Segundo Moscatelli, o trabalho com fauna local requer uma ação de muita qualidade técnica e profissional. “Muitos animais são adaptáveis às infelizes mudanças que o homem faz na natureza, sem perda de biodiversidade. Mas sempre quando possível, não devemos interferir”. Outros dois problemas apontados pelo biólogo foram a falta de investimento sobre os recursos para a melhoria ambiental nos projetos de preservação e o interesse particular em embargar muitas obras. “Muitas áreas sofrem estudos antes de se começar alguma obra, justamente para não afetar a biodiversidade. Entretanto, muitas vezes os vizinhos resolvem atacar de alguma forma, pois não querem os transtornos de uma obra perto de suas casas, e usam o meio ambiente como desculpa”, ressaltou. “A fauna vem sofrendo de forma agressiva na região. A tilápia, uma das espécies de peixe mais resistentes, não está aguentando a poluição na Lagoa da Tijuca. Capivaras e jacarés estão sen-

do caçados pela população. Uma mistura de impunidade e prevaricação, ninguém está sendo punido. O passivo ambiental é enorme, mas ainda pode ser revertido”, concluiu. Vendo a explanação de Moscatelli, podemos dizer que a Península é um oásis na região. Tanto a fauna como a flora são monitoradas pela ASSAPE e pelos órgãos competentes. O trabalho é incansável, como temos registrado a cada edição da Revista. Muito do que é experimentando aqui tem servido de exemplo para outros condomínios, como mostraremos na reportagem seguinte.

Carlos Minc e Mario Moscatelli, no Barra Week

23


Projeto da Península em destaque A 5ª edição do Barra Sustentável, realizada no Hotel Sheraton, foi voltada para o crescimento sustentável da Zona Oeste. Entre os palestrantes, Lourdes Zunino e Gisela Santana, Diretoras do Instituto Inverde, Marcos Sant’Anna, Presidente do Instituto Terrazul, Paulo Senra, Gerente de Estratégia e Sustentabilidade da Light, Tiago Mohamed, Subprefeito da Barra da Tijuca e Jacarepaguá, entre outros. No evento, alguns projetos realizados na região, que servem como modelos inspiradores, foram apresentados. E a Península fez bonito. Apresentou o projeto da ASSAPE, desenvolvido pelo veterinário da Associação, Rafael Keim. O trabalho visa o bem-estar dos animais e a biodiversidade, mas também foca a saúde do homem. Rafael explicou que a ideia é identificar as doenças e tratar de acordo com as especificidades de cada animal. Segundo ele, antes é necessário fazer uma trilha epidemiológica. “É um projeto grande. É preciso fazer também um planejamento financeiro e humano, vacinar os profissionais, ter equipamento e realizar planejamentos estratégicos”, completa.

24

Frente a líderes comunitários, representantes militares e voluntários de ONGs, o veterinário ainda reiterou que essa vigilância contribui para a saúde pública da Península, mas outras organizações também podem fazer isso. Para ele, um projeto como esse abrange não só o condomínio, mas também a Barra, e até o país inteiro. “Mas para que seja completo e realmente dê resultados na região, tem que haver parcerias entre todos os condomínios. É uma ação em conjunto, e eu convido a todos para conversar, conhecer e participar desta nossa ideia”, disse Rafael.

Também esteve presente a Coordenadora de Meio Ambiente da ASSAPE, Marília Cavalcanti, que ainda informou que o projeto é bem amplo. “Reequilibra o ambiente, e, com isso, os animais nativos retornam ao hábitat natural”, completou.

Criado em 2009, o Barra Sustentável vem se consolidando como um importante fórum de debates sobre o crescimento saudável e sustentável da Barra da Tijuca e redondezas. Em 2013, o projeto destacou importantes iniciativas implantadas pela sociedade civil como exemplos que têm grande viabilidade de multiplicação.

25


Natureza

29

Não se pode dizer para a primavera: ‘tomara que chegue logo e dure bastante. Pode-se apenas dizer: ‘venha, me abençoe com sua esperança, e fique o máximo de tempo que puder’.” Paulo Coelho

A primavera se banqueteia...

A

Península é aquarela viva. Os tons e matizes que a natureza pincela nesta tela ganham força, energia e um deslumbramento. É a primavera.

Num rápido passeio pela Península, percebemos o desabrochar de tantas espécies. Não vamos nem comentar sobre o ecossistema dos manguezais, que nesta época do ano, torna-se um grande viveiro. A natureza desabrocha mansamente em comunhão com o universo. Há a vegetação nativa, diversas árvores frutíferas – são 26 espécies catalogadas, entre elas sapoti, pitanga, banana, jabuticaba, jambo, cajá. Um pomar distribuído entre dois grandes parques, com 45 mil m2 cada e mais cinco jardins temáticos.

28

A primavera se banqueteia... é farta, célula viva, bela. Muito bom viver numa grande cidade e ao mesmo ter a sensação de cidade do interior, tirando fruta do pé, comentam muitos moradores. E as descobertas não param por aí. É fácil também encontrar plantas de restinga, ornamentais ou exóticas. Há pau-brasil, aroeira-salsa, jacarandá-mimoso e tantas outras árvores. A Península é daqueles lugares que nos dão a sensação de que é possível existir uma relação de equilíbrio entre preservação ambiental e ocupação urbana. Assim, a hora é de observar, sentir o aroma e registrar tanta beleza num clique mágico.


Festa do

Dia das

Crianças da Península Brinquedos, recreação e muita alegria 13 de outubro | das 16h às 19h Green Park Espetáculo teatral às 17h30 Esperamos você e sua família!

30

31


Porta-Retrato

Uma imagem vale mais que mil palavras...

A célebre frase de Marshall McLuhan retrata bem esta seção. A nossa câmera flagrou cenas do cotidiano que falam por si só: emoção, carinho, o bem viver do morador da Península. Gente que acabou de chegar ao condomínio e se encanta com a sua própria escolha.

Claudia Urnikes, moradora do Gauguin, adora passear com o labrador Tommy e o yorkshire Joaquim. “Mudei de Santos para o Rio de Janeiro há cinco meses e estou amando o condomínio”, disse.

Moradora do Via Privilège, Paula de Almeida procura brincar todos os dias com seu filho, Rafael (1 ano). Para ele, os brinquedos da Península são bem legais.

Há oito meses morando na Península, Laira Vidal, mãe de Felipe (1 ano), está feliz com a escolha da nova morada. “Aproveito muito esta área livre com meu filho, é muito bom tanto espaço”. Maria Aparecida Scocca, moradora do Classic, é mais uma moradora que se encanta com a Península. “É tudo muito bom, e a área de lazer é sem comparação”, elogiou.

Moradores do Mandarim, Sandra e Jorge Carvaleiro deram uma pausa na caminhada para conversar com a nossa equipe: para o casal, viver na Península é escolher a paz, a tranquilidade e a beleza. “Aqui é uma ilha de sossego”, comentou Jorge.

Indio Rocha, morador do Saint Martin, comunga do sentimento do casal Cavaleiro. Para ele, que também adora caminhar, a beleza do condomínio é um estímulo importante para a prática da atividade. E acrescentou: “Aqui temos muita liberdade”.

32

33

Também há pouco tempo no condomínio, Ana Carla Escobar e os gêmeos Davi e Júlia mudaram de Salvador para o Rio de Janeiro e escolheram a Península. “Nossa adaptação está sendo fácil. É tranquilo se acostumar com um lugar lindo como este”, disse a moradora do Style.


designprecisão

Domingo no Parque

Pais, filhos e muitas brincadeiras

O mês de agosto é dedicado aos pais, e aqui na Península, promover um domingo cheio de brincadeira, em que pai vira criança e se diverte com os filhos, é esperado pelas famílias. E este ano não foi diferente. Mais uma vez, a ASSAPE promoveu um encontro leve e tranquilo para todos: “Domingo no Parque”, com direito a pula-pula, escalada, carrossel, recreação etc. E para a festa ser completa, o mágico Zannon colocou muita gente no seu show, impressionou com seus números e arrancou aplausos. Brincadeira de criança que muita gente grande aproveitou, e muito.

35

finger.ind.br

// você acorda mas continua vivendo num sonho.

CONHEÇA OS ALEMÃES QUE CHEGARAM AO RIO. VOCÊ VAI QUERER ELES tAMbÉM NA SUA CASA.

34

Norte Shopping - Av. Dom Hélder Câmara, 5080 loja 4203b | 21 3315.2789 tijuca - Rua Conde de bonfim, 86 A | 21 2204.1442 Rio Decor barra da tijuca - Av. das Américas, 2000 loja 33 | 21 2429.2329 breve no Recreio


Domingo no Parque

Nesse dia ensolarado, Luciana Leal levou o filho, Gabriel Oliveira, para aproveitar os brinquedos e atrações do “Domingo no Parque”. O clima de alegria entre os dois era tão grande que Gabriel colocou os óculos da mãe e arrancou gargalhadas dela. Ele, que faz natação, é bastante animado e liberou suas energias com muita diversão.

37

Este é um verdadeiro trio parada dura. Marcos Fonseca também esteve presente ao lado dos seus filhos, Guilherme e Arthur. A interação entre eles era bonita de se ver. O amor presente em cada sorriso. Para Marcos, o evento é tão bom que deveria acontecer por mais dias. Ele acrescentou que valoriza muito esses momentos em família, pois sua vida é bem corrida.

Roberto Mariano e seu filho, Gabriel, são bastante unidos. Prova disso é que o paizão acompanhou Gabriel em todos os brinquedos com o mesmo fôlego. “Não tem preço viver isso. A Península é maravilhosa porque contribui para o convívio familiar”, afirmou Roberto.

A moradora Juliana Rigotti convidou o casal de amigos, Romulo e Raquel Freitas, para trazer os filhos, Rodrigo e Rafael, para brincar no evento. A turma aproveitou cada minuto.

36

Criar um vínculo com a natureza é uma virtude que Roberto Patrory não dispensa para o seu filho, Arthur, e a sobrinha, Melissa. Foi isso que o encantou na Península. “O dia está maravilhoso. Estamos nos divertindo e entrando em forma ao mesmo tempo”, disse ele, com bom humor.

Guilherme na escalada.


Domingo no Parque

Carrossel.

Um dia de brincadeiras.

38

39

Recreação.

Mágico Zannon.


Esporte

Nossos atletas

Copa Amizade 2013: a Península entra em campo

A

Península bate um bolão, e no retrospecto: sete turmas, 170 alunos e 34 troféus. As equipes treinam muito e se preparam para cada competição com muita força é determinação. Assim, cinco equipes estão no meio da Copa Amizade de Futebol: Sub-7, Sub-9, Sub-11, Sub-13 e Sub-15. A primeira disputa foi com as equipes da Fla Barra, e o time da casa goleou em todos os jogos. Ainda há muitos jogos, e a final está marcada para 26 de outubro.

40

41

Na próxima edição, traremos a reportagem completa e a retrospectiva de todos os jogos. “Os bons resultados vêm de uma postura dos atletas de quererem a vitória, eles entraram com espírito de competição. Além disso, são três anos de trabalho com esses meninos, e uma das coisas que acredito que estimula os meninos é que em nosso time todos jogam, nosso banco é cheio porque não jogam apenas os melhores. Todos entram em campo para saber o que é competir”, afirmou o professor Denis.

RESULTADOS PRIMEIRA RODADA

SEGUNDA RODADA

CATEGORIA

EQUIPES

RESULTADO

SUB-7 SUB-9 (ANO 2004) SUB-9 (ANO 2005) SUB-11 SUB-13 SUB-15

PENÍNSULA x FLA BARRA PENÍNSULA x FLA BARRA PENÍNSULA x FLA BARRA PENÍNSULA x FLA BARRA PENÍNSULA x FLA BARRA PENÍNSULA x FLA BARRA

3x0 6x0 2x1 5x1 12 x 1 7x1

CATEGORIA

EQUIPES

RESULTADO

SUB-7 SUB-9 (ANO 2004) SUB-9 (ANO 2005) SUB-11 SUB-13 SUB-15

PENÍNSULA x LE PARK PENÍNSULA x LE PARK PENÍNSULA x LE PARK PENÍNSULA x LE PARK PENÍNSULA x NOVO LEBLON PENÍNSULA x ELDORADO

1x1 5x0 7x1 2x5

Os dois jogos da segunda rodada que não ocorreram foram remarcados. Na próxima edição, cobertura completa da competição.


Esporte

43

Golda Russo é moradora do Saint Martin e mãe de Daniel, o craque da categoria Sub-7, mais conhecido como Mosquitinho. Golda conta que o filho participa da escolinha na Península há quatro anos e é bastante incentivado por ela, que acredita que o esporte ensina muitas coisas. “É bom para que eles aprendam a ter espírito competitivo e saibam lidar com vitórias e derrotas”, afirmou.

Taise Tenório é mãe dos craques Henri (6 anos), que joga na categoria Sub-7, e Emerson (8 anos), da Sub-9. Moradora do Saint Bart, a mãe conta que os meninos são apaixonados por futebol. “A prática do esporte é uma boa maneira de eles se manterem saudáveis, além de permitir que façam novas amizades e manternham um bom relacionamento com outras crianças”, diz. Na foto: Taíse Tenório, Pedro Henrique e os pequenos Henri (com uniforme da Península) e Emerson (de branco).

Priscila e Nicola têm três filhos atletas: Valentino (14 anos), na categoria Sub-15, Lorenzo (8 anos), na Sub-9, e Gianluca (6 anos), na Sub-7. A mãe coruja conta que desde pequenos os três sempre foram fãs de futebol, e os pais sempre apoiaram e participaram da vida esportiva deles. “Nós os acompanhamos desde os treinos às competições, acho que é bom que eles tenham uma figura forte além dos pais, que é o treinador. Eles aprendem a respeitar, lidar com regras e ter disciplina. O esporte só agrega coisas boas”, concluiu.

42

Jairo Gaz é avô de Lucca, um dos craques da categoria Sub-7. O vovô coruja conta que sempre que pode assiste aos jogos do neto, que, segundo ele, é um craque em campo. Mas além do bom desempenho do neto, o que Jairo mais preza na participação do neto em campo é “a interação com outras crianças, que é algo muito importante. Além disso tem o lado de unir a família também, sempre nos reunimos para assistir aos jogos dele”.


Portal Peninsulanet No Portal, você terá uma gama de informações sobre transporte, segurança, esporte e o que é importante para quem vive aqui. Participe também da Rede Social on line para moradores. Acesse: www.peninsulanet.com.br


Esporte

47

Aulas De segunda a sexta, das 14h às 18h

Informações: 7872-3071

Tênis para todas as idades

O

s dois pequenos atletas Pedro e Lucas mostram muito bem que para o tênis não tem idade mesmo. Eles demonstram desenvoltura e uma alegria imensa. É uma grande brincadeira que pode virar coisa séria. Gustavo Kuerten começou mais velho que essa dupla, aos 6 anos, e tornou-se grande atleta, ídolo aqui e lá fora. Mas brincadeira e previsões à parte, praticar esporte é excelente para saúde, para o desenvolvimento das crianças, para formar cidadãos e, algumas vezes, revela grandes campeões. Em parceria com a ASSAPE, a Escolinha Quality – dos professores Wagner Lima, Marcelo Silva e Vanderlei Pacheco – promove aulas durante a semana. A turma Baby-tênis recebe crianças a partir dos 4 anos. Há ainda turmas do infanto-juvenil, jovens e adultos. Sobre as categorias, o professor Wagner Lima explica que “o tênis é um esporte dividido por nível técnico. Os níveis são definidos por meio de aulas experimentais. Sendo assim, não há divisão exata por idade”. Um dos benefícios do esporte é a capa-

46

cidade que ele tem de exercitar todas as partes do corpo, inclusive a parte mental. Para o corpo, prática do tênis confere mais força e capacidade física, maior controle muscular, ossos mais fortes (prevenindo assim a osteoporose), melhora muito a coordenação e ainda fortalece o coração. Já para o cérebro, acelera o tempo de resposta, oferece maior concentração, treina e disciplina o planejamento, controla o estresse, além de ser uma grande diversão.


Pratique Esporte

FUTEBOL

Segundas e quartas – manhã Horários: 8h30 às 9h15 – até 7 anos 9h15 às 10h15 – 8 a 11 anos Segundas e quartas – tarde Horários: 17h30 às 18h30 – 10 a 12 anos 18h30 às 19h30 – 13 anos em diante Terças e quintas – tarde Horários: 16h45 às 17h30 – até 7 anos 17h30h às 18h30 – 8 a 10 anos 18h30h às 19h30 – 11 a 14 anos

Sextas – noite Horários: 18h às 19h – até 9 anos 19h às 20h – 10 a 12 anos 20h às 21h – 13 anos em diante Professores e telefones: Elias – 7817-9890 Denis – 9319-8693

VÔLEI

Terças e quintas – tarde Horário: 17h30 às 19h30 Professor e telefone: Claudio – 6714-9888

TÊNIS (Escolinha) Segunda a sexta (Lagoon e Green Park) Horário: 14h às 18h

Professores e telefones: Wagner – 7872-3071 Pacheco – 8151-9675


Serviços | ASSAPE

51 H. A confecção de carteiras ou 2ª via de carteiras terá custo de 1% (um por cento) do salário mínimo vigente, o qual será cobrado no ato da entrega da carteira solicitada. I. Crianças de até 10 (dez) anos, devidamente acompanhadas pelos responsáveis possuidores de carteiras, poderão ter acesso ao transporte sem a respectiva carteira individual, devendo usar o colo do responsável quando não houver sobra de lugares. J. Não será permitido utilizar o transporte coletivo do condomínio sem portar a carteira de identificação, sob qualquer pretexto. K. Não é permitido viajar na cabine do motorista.

Transporte: horários e normas

Apenas é permitido o embarque nos transportes da Península com a apresentação do cartão de acesso emitido pela ASSAPE. O cartão é de uso pessoal e intransferível. Ônibus A. Para acesso ao transporte, os titulares terão direito a 2 (duas) carteiras por unidade. Parágrafo único – Necessidades adicionais deverão ser justificadas por escrito junto à Associação, que enviará para Coordenação de Transportes, que concederá parecer. B. Todo usuário deverá estar credenciado com a carteira individual de usuário de transporte, emitida e controlada pela Administração da ASSAPE, sendo ela exigida pelo condutor e/ou fiscal quando de seu embarque no veículo de transporte. C. Os titulares deverão manter seus cadastros de usuários de transporte atualizados na ASSAPE, devendo para tanto comparecer semestralmente

50

em período de 30 dias especialmente determinado para isso na sede da Associação para manutenção/atualização. D. Não havendo o comparecimento para atualização no período estabelecido, a condição de usuário de transporte será suspensa até que o cadastro seja atualizado. E. Não havendo atualização por dois períodos consecutivos, o cadastro será cancelado. F. Serão excluídas do sistema as carteiras que apresentarem sinais de fraude. G. As carteiras extraviadas podem ser substituídas, e nas novas emissões aparecerá claramente estampada a sua condição de 2ª via. A comunicação do extravio deve ser feita imediatamente ao fato ocorrido à ASSAPE.

L. Não é permitido colocar os pés sobre os bancos. M. Não é permitido ligar equipamentos sonoros dentro do transporte, sem utilizar dispositivo individual de escuta. N. Não é permitido perturbar os demais passageiros com brincadeiras, ruídos ou algazarras. O. Não é permitido forçar o motorista a parar em local não previsto. P. Não é permitido fumar no interior do transporte. Q. Não é permitido ingerir bebidas alcoólicas no interior do transporte. R. Não é permitido forçar o motorista a sair do itinerário normal.

Balsa A. Para acesso à balsa, os usuários deverão portar as carteiras individuais de usuário de transporte. B. Não é permitido, sob qualquer hipótese, o ingresso de pessoas sem a apresentação da carteira e acompanhantes de usuários, quer sejam parentes ou visitantes. C. Menor de 16 anos só pode utilizar a balsa acompanhando de uma pessoa maior de idade, devidamente credenciada. D. É obrigatório manter-se sentado durante a travessia.


Serviços | ASSAPE

Ônibus: grade de horário QUEBRA-MAR - de segunda a sexta: 6h | 7h15 | 9h | 10h45 | 12h30 | 14h | 15h30 | 17h | 19h | 21h | 22h. Sábado, domingo e feriado: 7h | 8h30 | 10h | 11h30 | 13h | 14h30 | 16h | 17h30 | 19h | 20h30 | 22h.

NADA SERÁ COMO ANTES

ITINERÁRIO: Península-Américas: Península > Leroy Merlin (Av. Ayrton Senna – depois do ponto dos ônibus urbanos) > CEG (ponto depois do colégio) > Av. das Américas (Patrimóvel). Américas-Península: New York City Center > Vivo > Terra Encantada > Península.

ANALAETCOM.

ITINERÁRIO: Península-Quebra-mar: Península > CEG (ponto depois do colégio) > Portal do Parque Infobarra > Rio Design > Novo Leblon > Mandala > Marapendi Shopping > Barra Square > Barra Business Center > Barra Garden > Guanabara (em frente ao Condomínio Riviera del Fiori) > Anglo-Americano > Land Rover > Comitê Olímpico Brasileiro > Viaduto (Academia KS) > Previdência > Parmê > Ponto da Igreja > Odeon (próximo ao Pinheiro Guimarães) > Retorno Quebra-Mar.

AMÉRICAS - de segunda a sexta: das 5h50 às 9h – CIRCULAR. 9h30 | 10h | 10h30 | 11h | 11h30 | 12h | 12h30 | 13h | 13h30 | 14h | 14h30 | 15h | 15h30. Das 16h às 19h – CIRCULAR. 19h15 | 19h45 | 20h15 | 20h45 | 21h15 | 21h45 | 22h | 22h30 |23h (saída da Patrimóvel). Sábado, domingo e feriado: 6h | 6h30 | 7h | 7h30 | 8h | 8h30 | 9h | 9h30 | 10h | 10h30 | 11h | 11h30 | 12h | 13h | 14h | 15h | 16h | 16h30 | 17h | 17h30 | 18h | 18h30 | 19h15 | 19h45 | 20h15 | 20h45 | 21h15 | 21h45 | 22h | 22h30 | 23h (saída da Patrimóvel).

NA PENÍNSULA Prepare-se. Os maiores talentos em arquitetura, decoração e paisagismo vão surpreender você.

DE 10/10 A 18/11, AV. DOS FLAMBOYANTS 500 – BARRA DA TIJUCA blog: acordacasa.com.br PATROCÍNIO MASTER

52

PATROCÍNIO NACIONAL

www.casacor.com.br

PATROCÍNIO LOCAL

/casacorrio

@casacorrio APOIO LOCAL

realização: 3plus CARTÃO OFICIAL

AGRADECIMENTO


Serviços | ASSAPE

Balsas: grade de horário

EMBARQUE PENÍNSULA PÍER 1 - NOVO

EMBARQUE PENÍNSULA PÍER 2 - ATUAL

RETORNO SHOPPING

RETORNO PÍER 2 ATUAL

RETORNO PÍER 1 NOVO

07:00

07:05

07:10

07:15

07:20

07:30

07:35

07:40

07:45

07:50

08:00

08:05

08:10

08:15

08:20

08:30

08:35

08:40

08:45

08:50

09:00

09:05

09:10

09:15

09:20

09:30

09:35

09:40

09:45

09:50

10:00

10:05

10:10

10:15

10:20

10:30

10:35

10:40

10:45

10:50

11:00

11:05

11:10

11:15

11:20

11:30

11:35

11:40

11:45

11:50

12:00

12:05

12:10

12:15

12:20

12:30

12:35

12:40

12:45

12:50

13:00

13:05

13:10

13:15

13:20

13:30

13:35

13:40

13:45

13:50

14:00

14:05

14:10

14:15

14:20

14:30

14:35

14:40

14:45

14:50

15:00

15:05

15:10

15:15

15:20

15:30

15:35

15:40

15:45

15:50

16:00

16:05

16:10

16:15

16:20

16:30

16:35

16:40

16:45

16:50

17:00

17:05

17:10

17:15

17:20

17:30

17:35

17:40

17:45

17:50

18:00

18:05

18:10

18:15

18:20

18:30

18:35

18:40

18:45

18:50

QUARTA – QUINTA – SEXTA – SÁBADO – DOMINGO – SEGUNDA Obs.: a apresentação da carteirinha é obrigatória para o embarque. ATRAVESSAR NO SINAL é fundamental para sua segurança.

54


delivery

51

Anuncie Aqui

3471-6799


Condições imbatíveis para revestimentos, cortinas e pisos, com exclusividade e qualidade, só pode ser ByFloor.

dcclube

AMBIENTE LEILA DIONISIOS

Detalhes que fazem a diferença

Entregas em prazo reduzido | Financiamento com Construcard e parcelamento direto na ByFloor

CasaShopping 3202-1014

Recreio 2437-1841

Botafogo 2275-9649

ByFloor.com.br /ByFloor.Decor


o

verรฃo

estรก chegando

LOJA CONCEITO CasaShopping Rio de Janeiro/RJ (21) 2108-8217 (21) 8559-0000

/trancarte

trancarte.com.br


Revista Península