Issuu on Google+

Edição 01 - DEZ / 2013

Publicação da ASPRA PM/BM


> DIRETORIA

*Presidente Sgt PM Marco Antônio Bahia Silva Vice-Presidente Sgt PM Israel Sanches Ventura *Diretor Financeiro Cb PM Dargisio Nunes de Assis Vice-Diretor Financeiro Subten PM Geraldo Marisguia Mendes *Diretor Administrativo Sgt BM Mauricio Rodrigues de Barros Vice-Diretor Diretor Sgt PM Webster Lourenço Silva *Diretor Jurídico Sgt PM Heder Martins de Oliveira Vice- Diretor Jurídico Sgt PM Karine Kellen L. de A. Foureaux *Diretor de Patrimônios e Obras Sgt PM Wellerson De Almeida Da Silva Vice-Diretor de Patrimônio e Obras Cb PM Hemerson Alves Costa *Diretor de Planejamento Sgt PM Matscelo Boaz Tarley Vice-Diretor de Planejamento Sgt PM Sergio Luiz Silva *Diretor de Promoções e Eventos Sgt PM Peter Patrick Oliveira Vice-Diretor de Promoções e Eventos Sgt PM David Martins Rodrigues

SUMÁRIO

4 5

REPRESENTATIVIDADE

7 9

REGIONAIS

CARGA HORÁRIA MILITAR

ASSISTÊNCIA JURÍDICA

13 16

LAZER

20

RÁDIO ASPRA

22

PARTICIPAÇÃO

EVENTOS

EXPEDIENTE Revista ASPRA MAIS Publicada pela Associação dos Praças Policiais e Bombeiros Militares de Minas Gerais Jornalistas Responsáveis Ana Paula Soares Raquel do Carmo Estagiários de Jornalismo Anderson Alves Nelson Martins Rúbia Costa

Edição e Diagramação Ícaro Silva Impressão Fumarc Tiragem 10.000 exemplares

TELEFONES ÚTEIS Sede Social

Unidades de Lazer

Geral: (31) 3235-2700

Vera Cruz / BH: (31) 3483-4520

Comunicação: (31) 3235-2725 / (31) 3241-3143

Venda Nova / BH: (31) 3456-1566

Departamento Jurídico: (31) 3235-2702 / 2708

Patos De Minas: (34) 3821-2725

Assistência Jurídica 24 Horas: (31) 7536-0268

Abaeté: (31) 3235-2700 (Reservas)

Departamento Financeiro: (31) 3235-2707 / 2712

Mucuri: (73) 3206-1617 Barbacena: (32) 3232-1800

Rua Álvares Maciel, 108 - B. Santa Efigênia CEP: 30.150-250 - Belo Horizonte Minas Gerais

Bom Despacho: (37) 3521-2776 Teófilo Otoni: (33) 3536-2877


EDITORIAL

Dezembro de 2013

Prezados associados, Dirigimos a vocês, quando já se aproxima um ano de nosso mandato. Temos duas convicções muito claras: uma é agradecer, a outra é que temos muitas expectativas e desafios para superá-los. Agradecemos a todos que confiaram na chapa Novo Tempo o seu voto e aos que não votaram, mas estão dando apoio necessário ao exercício da gestão. Agradecermos a toda equipe da diretoria, conselhos e diretorias regionais que tem cobrado e compreendido as dificuldades institucionais e contribuído para juntos entregarmos aos associados o que prometemos na campanha. Esse ano está sendo, particularmente, difícil. O processo eleitoral foi delicado, com falsas e absurdas acusações contra a nossa equipe e contra minha pessoa. Do ponto de vista financeiro, a realidade da Aspra era muito delicada. Com um déficit mensal de praticamente 100% das receitas e demandas reprimidas, ficou difícil atender as expectativas e necessidades dos associados, e, até mesmo dos diretores. O trabalho e apoio de todos nos permitiu gerar credibilidade e o número de associados está crescendo. Cada vez mais a Aspra se consolida como uma entidade que, de fato, respeita seus associados e trabalha por eles, sem perder a dimensão da defesa institucional da Policia Militar, Corpo de Bombeiros e IPSM. Mas temos dois temas extremamente importantes que nos preocupam e de-

vem ser priorizados. O primeiro é a proposta de regulamentação da Previdência e Assistência Social dos militares, conforme artigo 10 da lei complementar 125/2013. Não podemos ceder um milímetro sequer dos diretos que conquistamos para nossa aposentadoria e pensão, quais sejam, passagem para reserva aos trinta anos, paridade e integralidade salarial, entre ativos e inativos, recebimento dos proventos pelo caixa do tesouro, integralidade das pensões, manutenção da rede orgânica de saúde e o plano de saúde do IPSM. Reafirmamos nosso compromisso de lutar com todas as armas pela manutenção dessas conquistas, inclusive com articulação de interrupção da segurança para a Copa do Mundo. Com a mesma responsabilidade, estamos participando das discussões em torno da PEC 51/2013 e 102/2012. As duas propõem profundas mudanças na estrutura da segurança pública no Brasil, com reflexos profundos e diretos na vida dos policiais militares. Vamos lutar para preservar nossos direitos e implementar o ciclo completo de polícia, como pressuposto básico de buscar a efetividade das ações das polícias. Reafirmamos nosso compromisso de trabalhar com responsabilidade e pedimos aos associados que convençam um companheiro a associar-se à Aspra. Somos s segunda maior instituição em Minas em número de trabalhadores, perdendo apenas para a Secretaria de Saúde. Devemos então ser a segunda maior representação formal de trabalhadores. Pense nisso. Obrigado por caminhar conosco nesse Novo Tempo. Boa leitura! Espere pelas próximas edições! 3º SGT PM Marco Antonio Bahia Silva Presidente da ASPRA PM/BM

03


REPRESENTATIVIDADE

Dezembro de 2013

AMEAÇAS À PREVIDÊNCIA MILITAR Governo quer sucatear a previdência e o sistema de saúde dos militares

04

A Aspra, sempre atenta a qualquer ameaça que possa prejudicar a família militar, promoveu em julho deste ano o seminário “PENSADO A PREVIDÊNCIA DOS MILITARES: PRESERVAR NOSSOS DIREITOS E DEFENDER NOSSAS CONQUISTAS”. O evento contou com a participação de mais de 500 pessoas entre militares e pensionistas, apontou o risco de crise e/ou mesmo colapso no modelo previdenciário atual com graves conseqüências para os usuários identificando possíveis soluções que evitariam este caos. Atualmente, o IPSM (Instituto de Previdência dos Servidores Militares de Minas Gerais) é responsável pela gestão dos recursos e do sistema de saúde dos militares porém, tem sofrido ao longo dos anos uma sangria em seus cofres por decisões arbitrárias do Governo do Estado, que tem transferido ao órgão sua responsabilidade legal que é de garantir a assistência à saúde dos militares. Esta realidade, aliada à falta de efetivo da rede orgânica, diga-se de passagem, culpa do governo que não

prioriza o bem estar dos militares e seus familiares, permite concluir que o sistema de saúde dos militares corre sério risco de perder sua capacidade financeira. Em Minas, os principais parâmetros de direitos previdenciários estão consolidados na Lei Complementar 5.301/69, que contem o Estatuto dos Militares. A Aspra tem posicionamento claro e firme quanto à manutenção dos direitos conquistados: passagem para a reserva compulsoriamente aos 30 de serviço; recebimento dos proventos de inatividade diretamente do caixa do tesouro; integralidade e paridade salarial entre ativos e inativos; pensão integral para os pensionistas; fortalecimento da rede orgânica e gratuidade na rede conveniada. A Aspra está atenta aos rumores de ampliação do tempo de serviço para 35 anos e não aceita tal absurdo! Trinta anos de serviço operacional, administrando diariamente o stress do risco de morte imposto pela atividade, é mais do que suficiente para justificar o direito à


Dezembro de 2013

passagem para a reserva aos 30 anos de serviço. A Aspra luta com todas as forças na defesa dos direitos previdenciários, conquistados a dura pena, por

REPRESENTATIVIDADE lutas sangrentas até, de muitos de nossos companheiros.

CARGA HORÁRIA A Aspra se sente parte integrante desta construção Após 20 anos de lutas e reivindicações, foi aprovada a Resolução 4276 de 27 de setembro de 2013 que estabelece o direito a carga horária de 40 horas semanais de autoria do Deputado Sargento Rodrigues. Os militares eram os únicos servidores do Estado que não possuíam essa normatização legal. Após o fim da pena de prisão para punições disciplinares, essa conquista é o segundo mais importante tratado de cidadania e direitos humanos para os policiais militares de Minas Gerais. A Aspra se sente parte integrante desta construção. Primeiro, porque ainda no ano de 2000, apresentou um texto que se transformou na PEC53/2000, definindo o direito a carga horária. Ainda em junho desse ano, a entidade fez um estudo da Resolução 4251/2013 e o apresentou formalmente ao Comandante Geral. Até por representar o sentimento da maioria, praticamente todas as reivindicações, foram absorvidas pelo Comando, como a inclusão da Instrução tática no computo da carga horária, a flexibilização da autonomia da escala para os diversos níveis de comando e a adoção de uma escala que permitisse mais folgas nos finais de semana. A defesa da regulamentação da carga horária faz pensar em todas as circunstâncias da atuação policial militar,

05 levando em consideração a situação dos militares nos destacamentos; nos motoristas esperando pelo final da festa e comemorações, dos ajudantes e recepcionistas de comandantes que, a partir de agora, terão seus direitos preservados por força da regulamentação. A Aspra, sempre fiel ao seu principio de representar e defender os interesses e direitos de seus associados continuará alerta, buscando se posicionar junto ao Comando e Governo. Sua frente de batalha atual, no campo da representação de classe, é a defesa dos direitos previdenciários dos militares, bem como da pensão e assistência a saúde. O papel das entidades de classe foi fundamental para que esse anseio tornasse realidade. Somente Minas Gerais aboliu a pena restritiva de liberdade para punição disciplinar e adotou em lei, a carga horária de 40 horas semanais.


REPRESENTATIVIDADE

Dezembro de 2013

TRABALHO DE CONFIANÇA

06

O Subtenente Gonzaga acumulou uma vasta experiência, depois de 20 anos na diretoria da Aspra, sendo 12 deles como presidente. Mais do que isso, deu provas concretas de coerência e responsabilidade na representação de classe e defesa de nossas instituições e seus valores. Além disso, ele transita bem na Assembleia Legislativa, no Congresso Nacional, dialoga bem com a mídia e com as demais entidades representativas de nossa classe e é respeitado no Comando da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. Os associados da Aspra também o respeitam pela sua gestão que produziu um crescimento invejável no patrimônio da Aspra, consolidou a associação como entidade representativa e ampliou a prestação de serviço, principalmente de assistência jurídica. Seus conhecimentos e acúmulos na luta, o torna um assessor e consultor importante. No final do ano passado, o Gonzaga foi dura e covardemente injustiçado por uma carta anônima, que lhe atribuía a pratica de irregularidade na COOPEMG e de ter recebido propina para comprar o Clube de Venda Nova. Trabalho com o Gonzaga desde 2001, como diretor Administrativo e Jurídico. Posso afirmar que além do mesmo não ter recebido nenhuma propina, o imóvel é legalmente destinado ao funcio-

namento de clube, e valorizou mais de 4000%. Foi adquirido por R$2.980.000,00 e vale hoje R$15.000.000,00. Conheço o processo e a acusação que lhe foi feita na COOPEMG. Não há sequer denúncia de desvio de dinheiro, muito menos de benefício pessoal. Tudo que se fez contra o Gonzaga foi com o intuito deliberado de prejudicar sua eleição para vereador e a minha para presidente da Aspra, uma vez que o Gonzaga já havia declarado seu apoio ao nosso grupo e sua possível candidatura a deputado federal. Portanto, ação covarde de seus concorrentes. Se fosse para corrigir algum erro, não seria uma carta anônima. Seria uma denúncia formal. Na política é muito fácil derrubar alguém com mentiras e muito difícil defender com a verdade. Mas eu não poderia me acovardar e, por um dever de justiça, atesto que, por tudo que conheço do Gonzaga, sua vida e sua família, ele é honesto e nunca se beneficiou financeiramente dos recursos dos associados, seja na Aspra ou na COOPEMG. Por esses e outros atributos, o Gonzaga tem a confiança da Gestão Novo Tempo, que o convidou para coordenar a Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da ASPRA PM/BM, função que o mesmo está exercendo com muita competência. Continue na Luta Gonzaga. Você tem nossa confiança e respeito. 3º SGT PM Marco Antônio Bahia Silva Presidente da ASPRA PM/BM


REGIONAIS

Dezembro de 2013

ASPRA AMPLIA SUA ATUAÇÃO EM MG Representar ainda melhor os associados e oferecer mais benefícios para os policiais e bombeiros militares e demais profissionais de segurança pública. Esses são os objetivos da Aspra. Em cada edição apresentaremos as novas regionais que foram inauguradas na Gestão Novo Tempo. Agora, os associados contam com a representatividade Aspra mais perto de casa.

Ponte Nova

Lavras

07 A filha caçula da família Aspra, Regional Ponte Nova, foi inaugurada em julho. Além do escritório de advocacia, oferece ótimas opções de lazer com o Clube THERMAS AQUAPARK e o Hotel Guapiranga. O associado ainda pode desfrutar de uma rede de mais de 10 convênios com comércios locais, além da pescaria no Rio Ipiranga e a descida de botes nas corredeiras do Pontal.

Diretoria Diretor Regional – Sgt PM Carlos Henrique Sabino Vice-Diretor - Sgt PM Flávio Aparecido do S. Soares Secretário - Cb PM Marcus Vinicius Pimenta Tesoureiro - Subten PM Elias Rosa da Silva

A nova regional Lavras inaugurou sua sede com o escritório de advocacia e dois grandes convênios: • Hotel Fazenda Álamo, em Campo Belo: são 25% de desconto na diária e 50% de desconto a partir de dois dias. • Pousada Serra da Luz Luminárias, com 40% de desconto na diária e 10% no consumo e Pousada Roda Viva e Carrancas, com 20% na diária, exceto feriado.

Diretoria Diretor Regional: CB PM Alessandro César Candido Vice-Diretor: CB BM Roldão Valverde Araújo Secretário: SD PM Marcos Antônio de Souza Tesoureiro: Sgt PM Genivaldo Alves de Matos


REGIONAIS

Dezembro de 2013

Teófilo Otoni Inaugurada em julho, a Regional Teófilo Otoni, que possui 70 associados, conta com importantes convênios: > Automóvel Clube de Teófilo Otoni, considerado o melhor clube da cidade. Os associados podem desfrutar do clube sem nenhum acréscimo aos valores já pagos na mensalidade.

> Escritório Ághatos Advogacia & Associado, com objetivo de oferecer melhor assistência jurídica aos associados. O atendimento está sendo feito nas áreas civil, criminal e administrativa.

> Faculdade DOCTUM: Desconto de 40% para os associados nos cursos de Direito, Engenharia e Administração. Foto: Faculdade Doctum

> A Regional também oferece o convênio com o Nobre Palace Hotel, com acomodação diferenciada, além do Hotel em Mucuri.

Fotos: Nobre Palace Hotel

08

Diretoria Diretor: Cabo PM Fernando Morais de Azevedo Vice-Diretor: Sgt PM Edimilson Martins Duarte Secretário: Subtenente QPR Edimilson Ferreira de Barros Tesoureiro: Sgt PM Edgar Martins

CONFIRA OUTRAS REGIONAIS NAS PRÓXIMAS EDIÇÕES


Dezembro de 2013

ASSISTÊNCIA JURÍDICA

46 ANOS DE LUTAS E CONQUISTAS EM PROL DOS DIREITOS DOS ASSOCIADOS Em cada edição da Revista ASPRA MAIS, o associado conhecerá algumas ações de sucesso realizadas em todo o estado. Neste exemplar, a reintegração da filha de policial no IPSM, a conquista após 10 anos em defesa de um militar, e, a entrevista exclusiva com o advogado criminalista da Aspra, Leonardo Bandeira.

Vitórias Judiciais

Jurídico da Aspra reintegra filha de policial no IPSM

tou a interdição e manteve a filha do militar, provisoriamente, com a exigência de perícias administrativas anuais. “Os advogados da Aspra realizaram um excelente trabalho, em uma ação muito difícil. Passamos por momentos dolorosos e desejo que meus colegas de trabalho fiquem atentos, para que não vivam o mesmo problema”, disse o militar.

Aspra assume defesa de militar e vence ação

A assistência jurídica da Aspra conquistou uma grande vitória judicial em Belo Horizonte. A filha do policial C.A.S.R, portadora de uma doença mental incapacitante, havia sido excluída como dependente do Instituto de Previdência dos Militares de Minas Gerais (IPSM), após alcançar a maioridade. O militar procurou ajuda dos advogados da Aspra, que obtiveram a primeira vitória em uma ação judicial movida em 2012. Depois do processo, o IPSM acei-

A assistência jurídica da Aspra venceu uma ação judicial em setembro deste ano, em beneficio de um militar, morador da cidade de Janaúba, Norte de Minas. De acordo com o advogado da Aspra, Frederico Soares, foram 10 anos em defesa do militar. “Graças a Deus conseguimos mais essa vitória”, ressaltou o advogado. Em fevereiro de 2013, o CB PM E.F. foi denunciado por crime de homicídio após o falecimento de uma jovem que participava de um assalto em um posto de gasolina. O militar e mais dois colegas de trabalho foram acionados para deterem uma quadrilha que roubava vários estabelecimentos comerciais. Os

09


ASSISTÊNCIA JURÍDICA suspeitos foram vistos próximos ao posto de gasolina, mas ao perceberem a presença dos policiais fugiram para um lote vago. Durante a abordagem, os militares deram ordem de parada aos assaltantes que não acataram, obrigando o militar a efetuar dois disparos. A polícia militar considerou a ação le-

Dezembro de 2013

gal. De acordo com o advogado, o Ministério público pediu a condenação do militar, alegando imprudência em sua ação, mas o policial foi defendido sob a alegação de legítima defesa, obtendo assim sucesso no processo.

Advogado Destaque

Advogado Criminalista fala sobre atuação na Aspra

10

Leonardo Costa Bandeira, advogado criminalista da Aspra há oito anos, atua em processos estratégicos. Casos importantes e de grande repercussão como o da MG10, ocorrido há nove anos, onde seis policiais militares foram denunciados como autores de homicídio, estão sob comando do advogado. “Esse é um caso emblemático, muitos policiais envolvidos, mais de 70 testemunhas ouvidas, mas ainda sem julgamento. A expectativa é boa e tudo indi-

ca que o júri aconteça no próximo ano”, disse Leonardo Bandeira. Segundo Leonardo Bandeira, o trabalho feito pela Aspra se resume em dedicação, qualidade e preocupação com os associados. “Além de todos os benefícios oferecidos pela associação, mas falando especificamente da questão jurídica, ressalto a tranqüilidade que o associado tem. Primeiro pela qualidade dos profissionais e segundo pelo papel institucional, pois a Aspra se coloca


Dezembro de 2013

como defensora da própria polícia, protegendo o militar, que muitas das vezes se envolve em situação difícil e sozinho não tem a mesma força de quando procura a associação. A Aspra consegue mobilizar a sociedade e tem uma interlocução junto ao poder executivo, judiciário, Ministério Público e Poder Legislativo, isso representa uma força muito maior do que o

ASSISTÊNCIA JURÍDICA militar isoladamente. Posso afirmar que a Aspra oferece ao associado não só a defesa especifica do processo, mas também o respaldo institucional da credibilidade”, concluiu advogado.

Mini-Currículo de Leonardo Costa Bandeira Casado e pai de um menino, Leonardo Bandeira se tornou advogado da Aspra a convite do atual presidente Cabo Bahia. Além de advogado criminalista, é Mestre em Direito Penal pela UFMG, professor da PUC Minas; Conselheiro da OAB de Minas Gerais. Foi Presidente do Conselho Penitenciário entre 2007 e 2010. É autor de um livro e co-autor de dois. O escritório de advocacia Leonardo Bandeira – Sociedade de Advogados, conta atualmente com sete advogados.

ASSISTÊNCIA JURÍDICA EM NÚMEROS

É a Aspra trabalhando para garantir melhor assistência jurídica aos associados

11


ASSISTÊNCIA JURÍDICA

Novos Convênios Aspra inaugura mais 15 Escritórios de Advocacia

A Aspra abriu mais 15 escritórios de advocacia em todo estado e contratou mais 17 advogados. Os novos convênios estão nas cidades de Belo Horizonte, Betim, Lavras, Pouso Alegre, Patrocínio, Uberlândia, Barbacena, Diamantina, Montes Claros, Ubá, Teófilo Otoni, Iturama, Janaúba, Caratinga e Santa Luzia.

12

Dezembro de 2013

Agora, os associados que já contavam com assistência jurídica, passam a ter os escritórios mais perto de casa. O objetivo é facilitar o acesso, oferecendo mais qualidade e melhores serviços. Os escritórios atendem em todas as áreas: criminal, família, trabalhista, administrativa, tributária, entre outras. Para saber os telefones e endereços dos novos escritórios, ligue (31) 3235-2700 ou acesse o site:

www.aspra.org.br

MAIS UM BENEFÍCIO PARA O ASSOCIADO ASPRA Pensando em seus associados, a Aspra firmou uma parceria com o 1º Sargento PM Evando Aparecido que prestará assessoria gratuita para o associado que necessite de orientações na confecção de Sindicâncias, Inquérito Policial Militar entre outros procedimentos administrativos. O atendimento acontecerá todos os dias sendo três dias na Unidade de Lazer Venda Nova e dois no Clube Vera Cruz. O sargento Evando está lotado no 49º Batalhão de Polícia Militar e atua especificamente nesta área há mais de 20 anos.

Agende uma consultoria: (31) 32352700 / (31) 34561566 / (31) 34834520


LAZER

Dezembro de 2013

UNIDADES DE LAZER FAZEM HISTÓRIA Esporte cria laço de amizade entre associados Há 22 anos, a conhecida “Turma da Peteca” se reúne às quartas-feiras na Unidade Vera Cruz, região Leste de Belo Horizonte. O ex-presidente da Aspra, Sub Ten PM Walter Rodrigues Sete é um dos membros do grupo formado por 24 amigos, atualmente. “Começamos com um grupo pequeno, uma quadra pequena, simples, depois ganhamos nosso espaço no Vera Cruz”, contou Sete. A Turma da Peteca se organiza em um mini-campeonato, com as séries A e B, que classificam as melhores duplas. “Jogamos uniformizados nos torneios e agora nossa expectativa é organizar um campeonato externo, que integre os jogadores de outros clubes”, concluiu.

O grupo é formado por policiais militares reformados da ativa e civil. É a Aspra oferecendo à Turma da Peteca uma forma de se manter ativo e cultivar novas amizades!

Pesca e diversão em Abaeté Para os associados amantes da pescaria, a Unidade Abaeté oferece uma área de 150 mil/ m² às margens da Represa de Três Marias. Um ambiente familiar

com quadra de peteca, campo society, piscina, serviço de bar, restaurante e área de camping.

13


LAZER

Dezembro de 2013

HIDROGINÁSTICA DA MELHOR IDADE Lazer e saúde para os associados

14

A terceira idade ganhou seu espaço na Unidade Venda Nova da Aspra: a hidroginástica da Melhor Idade, que há um ano proporciona bem estar, saúde e lazer para os associados. A parceria entre a Instituição e a Associação Comunitária Católica Kairos trouxe as aulas para a unidade. Segundo Eunice Araújo de Fátima, coordenadora do projeto, o grupo existe há 20 anos e nos últimos meses, precisava de um novo espaço para a hidroginástica. “A Aspra concedeu o espaço e fomos muito bem acolhidos”, contou. Para a associada Margarida Teixeira Peixoto, que frequenta as aulas há três meses, uma das motivações são

as melhorias na saúde e as amizades conquistadas. “Gosto bastante das aulas. Na próxima semana, meu marido vai começar e está bastante animado”, contou Margarida. Para o associado que quiser conhecer o projeto, basta ir à unidade de lazer e fazer sua inscrição gratuitamente.

SAUNA: ESPAÇO PARA REENCONTROS “Corporativismo e amizades” fazem o 2º Ten QOR Elson Machado Horto ser o frenquentador mais fiel da Sauna mas-

culina, na Sede Social da Aspra. O militar que é sócio há 40 anos, foi diretor de relações públicas da associação em 1982, e, afirmou que a “associação faz parte de sua família”. “A sauna da Aspra é diferenciada primeiro pelo respeito e admiração que tenho pela instituição. Segundo por ser um local de reencontro com amigos”, disse Elson Machado.


Dezembro de 2013

LAZER

ASPRA E PINGO D’ÁGUA COUNTRY CLUBE Novo convênio beneficiará milhares de associados em Betim

A partir de agora, os associados da Aspra Betim e região podem desfrutar dos benefícios do Pingo D Água Country Club, a mais nova parceria que beneficia mais de 6 mil militares. Com uma área de 80 mil metros quadrados, o Clube Pingo D Água oferece diversos atrativos, como: quatro piscinas, toboágua, quatro campos de fute-

bol, duas quadras de petecas, duas de areia, áreas de churrasqueira, capela, playground e sauna masculina e feminina, além de academia ao ar livre, bar, restaurante e salão de festas. Venha você também fazer parte dessa família! Associe-se à Aspra.

15


EVENTOS

Dezembro de 2013

DIVERSÃO E PARTICIPAÇÃO A Aspra oferece aos associados momentos de diversão e reencontros. Além disso, a Gestão Novo Tempo participa de eventos que garantem maior representatividade. Aspra esteve presente na audiência pública na ALMG, para discutir a jornada de trabalho do militar

Nova diretoria da Associação dos Praças Policiais e Bombeiros Militares de Minas Gerais – Aspra PM/BM

16

Aspra firma novos convênios em Teófilo Otoni

Associados se divertem no Arraiá da Aspra na Unidade Vera Cruz Militares disputam final do Torneio Formatura do CEFS 2013

Centenário HPM


EVENTOS

Dezembro de 2013

Aspra presenteia o primeiro lugar do CEFS Bombeiro

A Aspra esteve presente no 1º Congresso Estadual de Direito Militar, em Passos, MG

Regional Santa Luzia da ASPRA apóia Torneio Sargento Itagório

ASPRA traz o artista Tony Rey em show beneficente

17

Sócios da Unidade Venda Nova desfrutam da mesa de café

Cerca de 400 pessoas estiveram presentes no Baile dos Namorados na Unidade Vera Cruz


EVENTOS

Dezembro de 2013

Noite animada com música sertaneja na Unidade Venda Nova

Excursão para Mucuri, Cabo Frio e Porto Seguro

Inauguração da Regional Ponte Nova

18

Dança de Salão para os associados

ASPRA BOL é Campeão Sub 16 da Copa Joga Craque

Associados se divertem na Quinta do Samba


TELEFONIA

Dezembro de 2013

MAIS BENEFÍCIOS PARA ASSOCIADOS A Aspra é a única entidade representativa de classe que possui as redes de telefonia OI, TIM e VIVO. Desde 1998, a associação trabalha para oferecer planos de telefonia que atendam os associados com mais benefício e menos custo. Já são mais de 5 mil linhas adquiridas.

Conheça as novidades de cada plano ASPRA TIM

Planos a partir de R$ 20,00 com aparelhos gratuitos. VANTAGENS: * Aparelhos gratuitos: Nokia Asha 205 Preto/Azul; Samsung Galaxy Pocket Plus DUOS; Samsung Galaxy Pocket Plus; * Custo zero para ligações do grupo ASPRA; * Ligações locais TIM para outras operadoras – R$0,09; * TIM para fixo – R$0,09; * TIM para TIM fora do grupo ASPRA – R$0,09.

ASPRA OI

Planos de R$ 29,90 com R$ 20,00 de crédito VANTAGENS: *Você fala a vontade de OI móvel para OI fixo (cumulativo); *Franquia de R$ 20,00 para falar com outras operadoras; *Ligações intra-grupo gratuitas; *Ligações para OI fora do Grupo ASPRA por R$ 0,20/min; *Ligações para outras operadoras R$ 0,67/min; *Ligações para fixo, custo zero.

A ASPRA disponibiliza o pacote OI BlackBerry BIS Absolute no valor de R$ 59,90. No mercado, sai a R$64,90.

ASPRA VIVO

A ASPRA oferece aos associados o 3G PLus Vivo Internet Móvel por apenas R$59,90 por mês. O super 3G Plus conta com até 3 megas de velocidade e um pacote de download de 3Gb

19


INFORMAÇÃO

Dezembro de 2013

MAIS INFORMAÇÃO PARA OS PRAÇAS A Rádio Aspra realizou no primeiro semestre de 2013 entrevista com temas variados A Rádio ASPRA inova e traz informação para toda a família militar. O associado encontra músicas de qualidade, notíDr. Afrânio fala sobre o trabalho da 1ª Dele-

cias, entrevistas, debates e participa ao vivo dos programas. Escute online: www.aspra.org.br Carga horária: uma conquista também da Aspra

gacia do Meio Ambiente

20

1º Sgt BM Jackson Félix da Silva fala sobre o CRCT-AIDS, trabalho desenvolvido pelo HPM

Moto resgate inova com atendimento Representates de entidades de classes

rápido e eficaz

e assessoria da PMMG falam sobre manifestações A importância da Rede de Vizinhos Protegidos


PARTICIPAÇÃO

Dezembro de 2013

ASPRA DEFENDE E REINVIDICA OS DIREITOS DOS MILITARES EM AUDIÊNCIAS PÚBLICAS Caos no COPOM

22

No dia 22 de outubro a Aspra participou de uma audiência que denunciava graves irregularidades no Centro Integrado de Comunicações Operacionais da Polícia Militar (COPOM). Fotografias mostrando equipamentos velhos, quebrados, iluminação péssima, fiação elétrica exposta, cadeiras e mesas remendadas, banheiros e vestiários destruídos foram apresentadas pela comissão. Sobre esta precariedade o Chefe do CICOP, Tenente Coronel PM Vinicius Veloso Lima, informou que ações para solucionar esta falta de estrutura estavam sendo tomadas. Porém, em virtude da mudança da Diretoria de Recursos Humanos da PM para o bairro Funcionários ocorreu um atraso na reestruturação da unidade. O Subtenente Luiz Gonzaga lembrou que a falta de efetivo é de total responsabilidade do executivo: “O objetivo desta audiência é provocar soluções e que estrategicamente o governo entenda e procure resolver esta situação causada por ele mesmo. A cada ano cerca

Não suportamos mais a pressão do dia a dia” Subten. Robson Marinho

de 1500 militares vão para reserva e o concurso aberto nem de longe poderá cobrir esta lacuna, mais uma vez digo que a ingerência do estado é o grande motivador deste caos que estamos vivendo na segurança pública. Tratamos aqui de problemas concretos, o trabalho policial militar não pode pagar por erros atuais ou mesmo anteriores. Acredito ser o pontapé inicial na busca por soluções efetivas”, finalizou.


Dezembro de 2013

PARTICIPAÇÃO

SARGENTO: ELO ENTRE O COMANDO, TROPA E SOCIEDADE

Com estas palavras o paraninfo do Curso Especial de Formação de Sargentos da Polícia Militar (CEFS), Coronel Sérgio Augusto Veloso Brasil, resumiu o sentimento de todos os policiais militares que se formaram na manhã do dia 5 de dezembro em Belo Horizonte. O CEFS é destinado aos cabos com mais de 10 anos de efetivo serviço na mesma graduação e tem o objetivo de habilitar os militares para comandarem grupos, frações e guarnições. O curso teve a duração de cinco meses divididos em presencial e à distância aconteceu simultaneamente em 19 cidades mineiras. São 2.431 novos sargentos que serão distribuídos em todo o estado de Minas Gerais. O primeiro colocado, 3º Sargento Alisson Ferreira Simplício, recebeu das mãos do presidente da Aspra, o 3º PM Sargento Marco Antônio Bahia, também um dos formandos, um notebook em reconhecimento a sua dedicação e persistência. O orador da turma o 3º Sargento Alexsander Vieira Souza relembrou as dificuldades superadas e os laços de

amizade que foram construídos. Foram também homenageadas algumas personalidades essenciais para a realização deste curso: o Chefe do Gabinete Militar do Governador e Coordenador Estadual de Defesa Civil, Coronel Luis Carlos Dias Martins, o Comandante da Academia de Polícia Militar, Coronel Sérgio Veloso Brasil, o Comandante de Escola de Formação e Aperfeiçoamento de Sargentos, Tenente Coronel Alexandre Costa Pinto e o Coordenador da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da Aspra o 2º Tenente QOR Luiz Gonzaga. O SGT PM Marco Antônio Bahia, presidente da Aspra, agradeceu emocionado aos colegas de curso, instrutores e comandantes pelo apoio e paciência. “Agradeço primeiramente a Deus e a minha família que me apoiaram incondicionalmente, aos companheiros da Aspra pela compreensão, aos colegas de curso, instrutores e ao comando. Uma nova jornada inicia-se e peço orientação a Deus para exercer esta nova função com eficácia e profissionalismo”, declarou.

23


IMPRESSO FECHADO PODE SER ABERTO PELA ECT

REGIONAIS DA ASPRA EM MG - Almenara

- Montes Claros

Diretor: SGT Wellington A. Oliveira

Diretor: SGT Evaldo Melgaço de Oliveira

- Araguari

- Muriaé

Diretor: SGT Roni Pinheiro

Diretor: SGT Gerson Rocha de Souza

- Araxá

- Paracatu

Diretor: SGT Élson Moreira Alves

Diretor: SGT Cláudio de Oliveira

- Barbacena

- Passos

Diretor: SGT Agnaldo José Rodrigues

Diretor: SGT Wanderley dos Santos

- Bom Despacho

- Patos de Minas

Diretor: SGT Geraldo Magela C. Gontijo

Diretor: SUBTEN Paulo Humberto de Medeiros

- Conselheiro Lafaiete

- Patrocínio

Diretor: SGT Henrique Aleixo de Filho

Diretor: SGT Herberth Santana Leal

- Curvelo

- Poços de Caldas

Diretor: CB Geraldo Eneas

Diretor: CB Wilson Junqueira Dias

- Diamantina

- Ponte Nova

Diretor: SGT André Christ Fernandes

Diretor: SGT Carlos Henrique Sabino

- Divinópolis

- Pouso Alegre

Diretor: SGT Paulo dos Santos

Diretor: SUBTEN Marco Antônio Moreira

- Ipatinga

- Teófilo Otoni

Diretor: SUBTEN Carlos Roberto de Souza

Diretor: CB Fernando Azevedo

- Itabira

- Santa Luzia

Diretor: SGT Arlem Robson Crispim

Diretor: SGT PM Alessandro G. Pereira

- Janaúba

- Uberaba

Diretor: SGT Clesius Geraldo F. Menezes

Diretor: SGT William Alberto de Souza

- Januária

- Ubá

Diretor: SUBTEN Carlos Alberto Sampaio

Diretor: SGT Silas Baptista de Oliveira

- Juiz de Fora

- Uberlândia

Diretor: SGT Devanir Pereira da Silva

Diretor: SGT Asteclides Ferreira da Silva

- Lavras

- Unaí

Diretor: CB Alessandro César Cândido

Diretor: CB Creonildo Garcia de Castro

- Manhuaçu Diretor: SGT Júlio César Araújo Honorato

REMENTENTE ASSOCIAÇÃO DOS PRAÇAS POLICIAIS E BOMBEIROS MILITARES DE MINAS GERAIS Rua Álvares Maciel, 108 - Bairro Santa Efigênia Belo Horizonte / MG - CEP: 30.150-250 Tel.: (31) 3235-2700 www.aspra.org.br


Revista Aspra Mais - Edição 01