Page 1

Página 24

Governo libera R$5 milhões de reais para obras de pavimentação em Fazenda Rio Grande O governador do Paraná Beto Richa assinou na última segunda-feira (13) convênio com a prefeitura de Fazenda Rio Grande que libera R$ 5 milhões, a fundo perdido, para obras de pavimentação asfáltica no município. Ainda foi liberado R$ 900 mil para implantação três de espaços esportivos na cidade, do programa “Meu Campinho”. Página 03

Greca anuncia renovação da frota do transporte coletivo

Paraná é o 3º Estado que mais recebe trabalhadores estrangeiros

Caixa começa a pagar abono do PIS para trabalhador nascido em novembro

Atlético tenta embalar sequência final de vitórias para afastar clima de “fim de feira”

Página 05

Página 07

Página 19

Página 24


02 OPINIÃO

17 a 23 de novembro de 2017

A Nova Economia

EDITORIAL

É sempre assim, no final tudo dá certo!!

Sérgio Dalgallo Por: Prof. César Graça

EXPEDIENTE

Os sinais de uma nova dinâmica de crescimento da nossa economia estão por todos os lados. O que antes era um ponto fraco agora se tornou num ponto forte, o petróleo. Até o passado recente fomos dependentes da importação do petróleo para manter a nossa economia funcionando. Agora já somos exportadores líquidos de petróleo. A conta petróleo já produz grandes superávits comerciais que devem se alargar nos próximos anos, com a subida do preço do petróleo nos mercados internacionais. Um dos resultados da crise que acabamos de passar foi a quase quebra da Petrobras. A política de importar derivados de petróleo e vendê-los abaixo do custo foi um dos motivos, não o único, a corrupção também estava presente em todas as suas operações. Hoje os preços dos combustíveis estão alinhados com os do mercado internacional. Essa nova política está provocando uma grande mudança na economia brasileira. A primeira é a mais evidente, os preços dos combustíveis estão aumentando. Ficou mais caro andar de carro. Na última década o petróleo sofreu grandes alterações de preço no mercado internacional, chegou a atingir picos de mais 150 dólares, e quedas até menos de 30 dólares. Hoje o preço médio oscila em torno de 60 dólares. Num cenário de médio prazo é possível que volte ao patamar de 100 dólares. O que fará que os preços dos combustíveis quase dobrem. Isso acarretará grandes impactos no nosso sistema de transporte. O primeiro será a redução dos automóveis no transporte urbano e a revalorização do transporte público, que foi deixado de lado nos últimos anos. A Região Metropolitana de Curitiba viveu uma redução no número de passagens nos últimos 20 anos. Hoje o sistema de transporte público está decadente e precário. Um aumento dos preços dos combustíveis vai levar rapidamente o sistema atual ao colapso, como já acontece com a cidade de São Paulo e do Rio de Janeiro. Outra consequência do aumento do petróleo será o aumento da produção de álcool. A rentabilidade das usinas vai aumentar muito, em consequência a expansão do plantio da cana-de-açúcar. Mas a produção de álcool a partir do milho também vai aumentar. No centro-oeste o preço do milho é muito baixo, o que viabiliza as usinas que produzem álcool exclusivamente com milho. Vão existir também usinas flex que vão produzir álcool a partir da cana e também do milho. O que deve aumentar muito a renda da produção agrícola. O aumento da produção de álcool deve diminuir a produção de açúcar, o que vai aumentar os preços internacionais. O Brasil só vai produzir açúcar quando valer a pena. Se o preço do açúcar cair abaixo da paridade do álcool, a produção será deslocada para o álcool. As receitas de exportação de álcool devem aumentar muito. É muito mais fácil exportar álcool do que soja ou milho. Os alcooldutos são caros para serem construídos, mas a sua rentabilidade é muito alta. Com grandes volumes de exportação eles se pagam rapidamente. Uma pequena mudança na política de preços de combustíveis produzirá um enorme movimento de aumento de produção de novas formas de energia e também de aumento da produção de petróleo. O que deve aumentar muito a riqueza produzida no Brasil. O que estava faltando era uma política que liberasse as forças da economia de mercado. O Brasil viveu mais de 30 anos de estagnação econômica por causa de ineficiência do governo de mentalidade esquerdista. A intervenção na economia era muito grande e o resultado foi um empobrecimento da nação. Depois do colapso do governo do PT ficou evidente os equívocos que os governos de esquerda estavam cometendo na economia. Uma mudança de política está produzindo uma grande reviravolta na economia, que muitos brasileiros ainda não conseguem acreditar. A transformação de patinho feio em cisne está transformando a nossa economia. A riqueza gerada vai ser muito grande. O grande desafio será na distribuição dessa riqueza.

O Jornal A SEMANA é impresso em papel certificado FSC ®, garantia de manejo florestal responsável, e com tinta ecológica elaborada com matérias primas bioderivadas e renovavéis pela Grafinorte S/A.

A SEMANA

Olá nobríssimos e amigos leitores de dez anos de caminhada. Acho que para aqueles que nos acompanham nestas mais de quinhentas edições ao longo destes anos já posso me dirigir como amigo. Pois bem, trago à baila na oportunidade algo que mais uma vez vai fazer abrasar o calo de quase todos que estiverem lendo esta nossa abençoada participação. Quanto ao meu calo, no que se refere a pauta de hoje, acredito que não, pois o que mais tenho feito nos últimos dias da minha história é me policiar e , automaticamente, consertar aquilo que me impedia de criticar esta caterva de ladrões chamados políticos que estão desossando a nossa nação!!! Não posso jamais me abster ao mundo dos pecadores, pois só por este motivo já estaria pecando. O que me refiro é ao mundo de erros que anela a anestesiada nação Tupiniquim, a qual não pode sequer assistir a um noticiário que esteja explicitando a vida podre de algum dos políticos brasileiros e criticá-lo, pois está compactuando com a corrupção que assola o nosso desossado, no entanto ainda muito rico e amado, o nosso querido Brasil Varonil, por estar recebendo sinal roubado em seu aparelho receptor. É com você mesmo nobríssimo de tantas semanas que eu estou falando, ou não tem nada de errado em sua ficha que o comprometa a ponto de você ter moral para atirar a primeira pedra??? Pergunta-me caro leitor

de o porquê em minhas participações tenho falado tanto a este respeito, de a forma errada que o hipnotizado povo brasileiro vive se o espelho que reflete dentro de sua casa, mesmo que seja através de um sinal de TV roubado, reflete corrupção em tudo que é parte. Sim podemos dizer até que está generalizada a tal corrupção em nosso País, para todo lugar que apontarmos. Até parece que o povo se sente obrigado em fazer parte da corrupção de um jeito ou de outro. Mas enfim, o que me refiro é que devemos começar consertando o nosso quintal, para posteriormente sairmos as ruas pedindo justiça, pedindo para que o Juiz Sergio Moro passe uma corrente e um cadeado gigante entorno do Congresso Nacional e jogue a chave fora!!! E quando insisto no assunto “caráter do nosso povo” é por mais uma vez estarmos nos aproximando de um ano eleitoreiro e mais uma vez tenho a certeza de que a cena de outras tantas eleições estará se repetindo. Os mesmos crápulas que estão roubando a nação brasileira colocarão suas caras nos santinhos, baterão na sua porta pedindo o seu voto e você votará. Isto mesmo sabendo que de uma maneira ou outra ele também faz parte da tramoia que arquitetaram para roubar os cofres da terra do Pau Brasil até o seu último centavo e sequer irem presos, ou pagarem pelos seus crimes. Sim, é com você mesmo, meu caro leitor, que estou falando!!! Antes de falar do erro do seu vizinho veja como está o seu quintal. Antes de falar do cisco do olho alheio,

tire a tora que está lhe impedindo de ver o quanto está praticando de coisas desonestas em cada volta do ponteiro do seu relógio. Sim, pisando no seu irmão que foi criado assim como você para dividir o mesmo ar que respira, bem como o mesmo sol que lhe aquece sem que tenha que pagar nada. Devemos sim ainda no tempo que nos resta fazermos uma reflexão de quão grande é a nossa culpa com relação a corrupção e outras tantas coisas erradas que assolam nosso País, para quantos ladrões fomos nós mesmos que a eles demos as chaves dos cofres públicos do glorioso Brasil Varonil, através do nosso precioso voto!!! E se você já chegou até aqui, eu o convido para entrarmos mais uma vez, assim como já o fizemos tantas outras vezes, no livro mais cobiçado e mais lido do mundo, a Santa Palavra de Deus, a Bíblia Sagrada, para avaliarmos um trecho que acredito ser impossível algum ser vivente chamado de humano, com alguns anos de vivência em sua cacunda, no dito popular, que não tenha ainda ouvido falar desta que eu considero uma das mais belas e comoventes passagens na trajetória de vida do Senhor Jesus, e que pode ser comparada a pauta de hoje, nesta nossa participação: “Alguns mestres da Lei e fariseus levaram a Jesus uma mulher que tinha sido apanhada em adultério e a obrigaram a ficar de pé no meio de todos. Eles disseram: -Mestre, esta mulher foi apanhada no ato de adultério. De acordo com a Lei que Moisés nos deu, as mulheres adúlteras devem

ser mortas a pedradas. Mas o senhor, o que é que diz sobre isso? Eles fizeram essa pergunta para conseguir uma prova contra Jesus, pois queriam acusá-lo. Mas Ele se abaixou e começou a escrever no chão com o dedo. Como eles continuaram a fazer a mesma pergunta, Jesus endireitou o corpo e disse a eles: - Quem de vocês estiver sem pecado, que seja o primeiro a atirar uma pedra nesta mulher! Depois curvou-se outra vez e continuou a escrever no chão. Quando ouviram isso, todos foram embora, um por um, começando pelos mais velhos. Ficaram só Jesus e a mulher, e ela continuou ali, de pé. Então Jesus endireitou o corpo e disse: Mulher, onde estão eles? Não ficou ninguém para condenar você? - Ninguém, senhor! - respondeu ela. Jesus disse: - Pois Eu também não condeno você. Vá e não peques mais!” (João 8: 3-11) Muito bem, enrole o seu exemplar deste periódico, coloque-o embaixo do braço e parta em busca do início do conserto daquilo que ficou comichando o seu interior após esta sua leitura. E se o texto nada lhes disse ok, siga em frente, pois deve estar assim como eu já a algum tempo tentando se consertar das coisas erradas, para que possamos tecer as nossas críticas em rodas de bate papo, em meio aos formadores de opinião, com todo direito de cidadão brasileiro. E lembrem-se de que no final até mesmo o que era para dar errado dará certo. Um beijo no coração de todos e viva o Senhor Jesus!!!

PREVISÃO DO TEMPO

Na sexta-feira o deslocamento de uma frente fria pelo Oceano, associado com áreas de instabilidade oriundas do Paraguai e Mato Grosso do Sul, instabiliza o tempo em todas as regiões do Paraná. No decorrer da madrugada chuvas de intensidade moderada a forte, acompanhadas de descargas elétricas e rajadas de vento, atingem as regiões oeste, sudoeste e sul do Estado. No decorrer da manhã e tarde avançam em direção as demais regiões. Não está descartada a ocorrência de temporais localizados e queda de granizo ao longo desta sexta-feira.

SEXTA

SÁBADO

DOMINGO

SEGUNDA

Parcialmente nublado com chuvas e trovoadas

Pancadas de chuva e trovoadas

Nebulosidade variável

Nublado

Máx.24ºC Mín. 18ºC

Máx.20ºC Mín. 14ºC

Máx.24ºC Mín. 14ºC

Máx.20ºC Mín. 43ºC

Jornal A Semana Ltda ME - CNPJ: 08.707.885/0001-75 Telefone: (41) 3627-1997 - jornal@asemananews.com.br Diretor: Sérgio Dalgallo - Jornalista Responsável: Dimas Rodrigues DRT 3023 PR Jurídico: Dra. Daniele Silvia de Oliveira - OAB-PR 44453 Diagramação: Tatiana Carla de Souza - Distribuição: Curitiba e Região Metropolitana

Os artigos assinados não expressam necessariamente a opinião do jornal, sendo de total responsabilidade de seus autores. O jornal não se responsabiliza pelo conteúdo publicitário dos anúncios veiculados.

www.asemananews.com.br Disse Jesus: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vai ao Pai senão por Mim”. (João 14:6)


A SEMANA

DESTAQUE 03

17 a 23 de novembro de 2017

Governo libera R$5 milhões de reais para obras de pavimentação em Fazenda Rio Grande O governador do Paraná Beto Richa assinou na última segunda-feira (13) convênio com a prefeitura de Fazenda Rio Grande que libera R$ 5 milhões, a fundo perdido, para obras de pavimentação asfáltica no município. Ainda foi liberado R$ 900 mil para implantação três de espaços esportivos na cidade, do programa “Meu Campinho”. “Temos uma grande parceria com a prefeitura de Fazenda Rio Grande, que apresenta bons projetos e me dá a oportu-

nidade de investir nessa cidade e melhorar cada vez mais a vida da população”, afirmou o governador. Richa lembrou que os investimentos feitos em todos os municípios do Estado são fruto do ajuste fiscal promovido pelo Paraná e ao programa Paraná Competitivo, que permitiu um histórico ciclo de industrialização no Estado. Segundo Richa, o Governo do Paraná projeta investir R$ 8,4 bilhões em 2018, valor 8% maior do que o previsto no orçamento

NOVOS RECURSOS Os novos recursos serão aplicados em obras nas ruas centrais da cidade, segundo informações da Prefeitura. O convênio é com a Secretaria de Estado da Infraestrutura e Logística, dentro do programa de apoia à melhoria e manutenção de estradas e ruas que são de responsabilidade das prefeituras. Governador Beto Richa também liberou R$ 900 mil para implantação três de espaços esportivos para a cidade de 2017, que é de R$ 7,8 da crise antes do Brasil”, bilhões. “O Paraná saiu destacou.

Mutirão da Cidadania do Tatuquara segue até sábado O Governo do Estado e a prefeitura de Curitiba realizam nesta semana a quarta edição do Mutirão da Cidadania, que desta vez acontece na Rua da Cidadania Tatuquara. O evento, que começou na última quinta-feira (16), oferta diferentes serviços aos cerca de 100 mil moradores dos bairros Campo de Santana, Caximba e Tatuquara. O mutirão segue até sábado (16) e o atendimento é gratuito. Os serviços do Estado são nas áreas da saú-

de, educação, segurança, trabalho, cultura e desenvolvimento social, além de atendimentos do Detran, Copel e da Sanepar. Haverá atividades culturais, de esporte e lazer. Diversos órgãos do Governo do Estado também vão esclarecer dúvidas sobre programas estaduais, como a devolução de parte dos impostos por meio do Nota Paraná e registro de famílias em iniciativas sociais. As primeiras edições do Mutirão da Cidadania foram no Bairro Novo (Sul

da capital); no Cajuru (Leste), na Cidade Industrial de Curitiba. Foram realizados 118 mil atendimentos. “As três edições anteriores foram um grande sucesso, que certamente será repetido na regional do Tatuquara”, disse o secretário para Assuntos Estratégicos, Edgar Bueno. Entre os serviços mais procurados pela população estão a emissão de carteira de identidade e de carteira de trabalho. Também são destaques os serviços da área de

saúde, como testes rápidos de HIV/Aids, hepatites virais e sífilis, aferição de pressão, teste de glicemia, além de orientações e cadastro de doação de medula óssea (Hemepar). AGENDA Mutirão da Cidadania Tatuquara Horário: Sexta-feira – das 9h às 18h. No sábado, das 9 às 17h. Local: Rua da Cidadania Tatuquara End.: Rua Olivardo Konoroski Bueno, s/n - bairro Tatuquara - em Curitiba.

ESPORTE Os outros R$ 900 mil liberados para o município serão aplicados para a construção de três campos poliesportivos do programa Meu Campinho. Tratam-se de espaços com grama sintética, iluminação e segurança para crianças e adolescentes praticarem esportes no contraturno escolar. O pro-

jeto prevê também uma academia ao ar livre para pessoas da terceira idade, e um parque infantil. HOMENAGEM Durante a solenidade, o governador recebeu do município de Fazenda Rio Grande uma placa em reconhecimento ao apoio e aos investimentos promovidos pelo governo do Estado no município. Nos últimos sete anos foram mais de R$ 100 milhões em investimentos em diversas áreas. PRESENÇAS Participaram do evento autoridades locais, como o presidente da Câmara Municipal dos Vereadores, Julinho do Pesque e o secretário de Obras e Meio Ambiente, Marcelo Pelanda.


04 ESPECIAL 10 ANOS

17 a 23 de novembro de 2017

A SEMANA

Aniversário de 10 anos do jornal A Semana: repercussão e agradecimento

O aniversário de 10 anos do Jornal A SEMANA já passou, mas a marcante data ainda continua sendo comentada por leitores e amigos. Muitos aproveitaram a distribuição do jornal para parabenizar a diretoria e colaborado-

res pela data e enviaram mensagens de congratulações nas redes sociais, por e-mail ou pessoalmente. Desde já, o nosso muito obrigado pelo carinho. A edição especial teve também uma distribuição es-

“Teve cliente que veio buscar e me disse que se fosse para pagar ela pagaria, porque é o melhor jornal. E isso mostra o quanto o jornal é lido em Fazenda Rio Grande e o quanto o pessoal gosta dele. Quando deixam aqui, rapidinho o pessoal leva e acaba. Impressionante! Parabéns ao jornal A Semana – James Vogel, proprietário da Boutique do Pão (antiga Pão Dourado) O jornal A Semana faz parte do cronograma de Fazenda Rio Grande. Toda sexta, infalível, o jornal chega e o pessoal quer ver a Coluna Social, a receita, o noticiário. Fico impressionado porque às vezes encontro com algum leitor e eles me abordam falando de que fizeram uma receita que leram no jornal. E isso mostra que A Semana é um patrimônio da cidade, é o mais lido e o mais lembrado. Quero parabenizar pelo aniversário de 10 anos! Fernando Zanini, diretor da Confeitaria Zanini

pecial. Em vez de sexta-feira, como os leitores já se acostumaram nesse período, o jornal foi distribuído na quintafeira, dia 09 de novembro, data em que o jornal foi para as ruas em 2007. Muitos se surpreenderam

com a circulação antecipada e em alguns pontos de distribuição, os proprietários dos comércios avisaram que guardariam exemplares para o dia seguinte, pois caso contrário, leitores habituados a levar para casa o jornal na

“Eu tenho 9 anos com a Academia e o jornal tem 10 anos. Conheci o Ademar (ex-colaborador do departamento comercial), que era quem me atendia. Era tão bonzinho e foi assim que conheci e comecei a divulgar a Academia Sculptor. O jornal é importante, porque as pessoas ficam informadas, com dicas de entretenimento e se atualizam do que acontece e o que tem na cidade. É um jornal sério que realmente é distribuído no comércio e em locais de grande circulação de pessoas. É uma forma de divulgação interessante. Parabéns pelo trabalho que é feito com responsabilidade e por todo esse tempo de atividade. Dani Bispo e as irmãs, Natielle e Suellen, da Academia Sculptor. “Eu testemunhei quando o jornal nasceu e depois cresceu e deu frutos. Nos ajudou muito na divulgação do nosso negócio e hoje é uma potência em termos de publicidade em Fazenda Rio Grande e região. Um jornal com ética, que tem credibilidade e é parceiro nesses 10 anos de história. Parabéns e que Deus os abençoe. Sucesso! Mailton Nonato, diretor da empresa Mailton Seguros

sexta-feira, poderiam ficar chateados por não encontrar o periódico que, segundo diversas pesquisas, é o mais lido em Fazenda Rio Grande. CONFIRA ALGUMAS MENSAGENS QUE NOS FORAM ENVIADAS:

A Semana Jornal que tem ilustrado e acompanhado de perto ininterruptamente o progresso de nossa Cidade. Vida longa e próspera para a equipe André Luiz – Saint Germain


A SEMANA

Após 4 anos de ônibus quebrados, Greca garante a renovação da frota O prefeito Rafael Greca e o presidente do Sindicato das Empresas de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana (Setransp), Maurício Gulin, assinaram nesta terça-feira, 14, termo de ajuste de interesse público para a renovação da frota de transporte coletivo do município e o reequilíbrio econômico e financeiro do contrato entre Prefeitura de Curitiba, Setransp e Urbs. “O ajuste do interesse público vai permitir a compra de novos veículos, acabar com uma odiosa disputa judicial que se arrasta desde 2013 e que impede a modernização do sistema de transporte há mais de quatro anos”, disse Greca, em evento no Salão Brasil, com a presença da comunidade, imprensa e empresários. NOVA FROTA Com o fim do questionamento judicial, serão adquiridos o mínimo de 150 novos ônibus por ano até 2020, num total de 450 veículos. Os primeiros 25 biarticulados novos entrarão em operação em março de 2018. O restante circulará ao longo do próximo ano, conforme cronograma da Urbs com os gestores dos consórcios. O termo de ajuste seguirá para avaliação e homologação da Justiça. “O termo de ajuste do interesse público põe fim a 23 ações judiciais de em-

RMC 05

17 a 23 de novembro de 2017

presas contra a Urbs, que tramitavam na Justiça desde 2013, sob a justificativa de desequilíbrio financeiro do contrato, o que impedia a renovação da frota”, disse Greca. “A ideia da Prefeitura é reequilibrar a relação com as empresas de ônibus porque a judicialização fez mal ou faz mal ao transporte, faz mal à cidade, não serve ao interesse público, maltrata o povo, deteriora o serviço e quase pôs Curitiba a perder”, completou. FUNDO DE URBANIZAÇÃO Segundo Greca, o sistema de transporte (de Curitiba) foi invejado por 250 cidades do mundo. “E nós vimos, de repente, esse sistema ser aqui, mal falado. Mas agora, conseguimos reequilibrar o Fundo de Urbanismo de Curitiba, que nos permite, agora, criar o equilíbrio financeiro para a renovação da frota”, disse. O compromisso da re-

novação gradual foi assumido dentro da realidade financeira suportada pelo Fundo de Urbanização de Curitiba (FUC) que recebe as receitas (passagens) do transporte e que remunera os pagamentos do sistema. Atualmente o FUC conta com saldo de R$ 42 milhões. O reequilibro do FUC começou no início da gestão do prefeito Rafael Greca. Em 16 de janeiro de 2017, o saldo do FUC era negativo (R$ 5.737.845,40). O reajuste da tarifa de ônibus, em 6 de fevereiro de 2017, foi necessário para esse reequilíbrio, tanto para renovar a frota, quanto para pagar em dia o serviço de operação do transporte coletivo e acabar com as paralisações constantes no sistema. PASSO PARA O FUTURO Para o presidente do Setransp, Maurício Gulin, o termo de ajuste foi o primeiro passo para tornar Curitiba, novamente, referência em transporte. “Curitiba foi copiada pelo mundo inteiro, como o próprio prefeito (Greca) comentou, mas as tratativas e o diálogo com os governos passados estiveram sempre fechadas. Agora, com a abertura do diálogo, com sinceridade e transparência, conversando, conseguimos criar um termo equilibrado para trazer Curitiba nova-

mente ao seu pedestal”, disse Gulin. Ainda segundo o dirigente, o documento assinado vai permitir a renovação gradual da frota e projetar o futuro da cidade em relação ao transporte coletivo. CONTRATOS EQUILIBRADOS “Temos muito a fazer, temos ideias, vamos buscar o equilíbrio financeiro nos contratos, mutuamente, não unilateralmente. Chegou o momento de não pensarmos no passado e nos voltarmos par ao futuro, pois isso aqui é um sistema único que funciona de três maneiras: poder público, privado e a população de Curitiba que não pode ficar refém de problemas judiciais”, destacou Maurício Gulin. FROTA OPERANTE Atualmente, a frota de Curitiba em circulação é de 1.282 ônibus (frota operante). Existe ainda a frota reserva, totalizando 1.637 veículos. Desde 2013 não há renovação de ônibus, o que provocou um acúmulo de veículos vencidos, que poderia chegar a 660 ônibus da frota operante em 2020. Com o termo de ajuste, o prefeito Rafael Greca estanca o sucateamento e garante a renovação de quase 70% desse total (660 ônibus), ao longo de sua gestão.

População de Curitiba agora pode usar aplicativo Saúde Já para agendamento a dentistas nos postos de saúde O Aplicativo Saúde Já Curitiba ganha, a partir desta segunda-feira (13/11), novas funções. O sistema, que desde abril é a porta de entrada nos 110 postos de saúde de Curitiba, agora também permite fazer o primeiro agendamento na Odontologia. Além disso, o aplicativo agora disponibiliza o cadastro de dependentes, tem inclusão de mensagem em Libras, entre outras atualizações. A aposentada Maria José Camilo da Costa, 67 anos, e sua filha, a operadora de caixa registradora Liliane Ventura da Silva, 49, gostaram das novidades. Liliane já tem o aplicativo no seu celular, mas ainda não completou o cadastro. Quando o fizer, já poderá fazer agendamentos online e seus dados serão confirmados quando for ao posto de saúde. Ao saber que poderá agendar no mesmo aparelho os seus atendimentos e os da mãe, se animou. “Acho ótimo. Meu filho já tinha usado o aplicativo e elogiou muito. E marcar as minhas vindas e as da minha mãe ao posto, vai nos

ajudar muito”, contou. As duas são vinculadas ao posto de saúde Ouvidor Pardinho e Maria José não utiliza muito o telefone celular. Para a consulta com a enfermeira, na tarde desta segunda-feira (13/11), havia agendado pessoalmente no posto pela manhã. “Agora, se posso vir direto para o atendimento, melhor. E também posso agendar dentista?”, animou-se. FACILIDADES As novas funcionalidades do Aplicativo Saúde Já Curitiba contribuem para acabar com a cultura de o usuário ir de madrugada para o posto de saúde. Ao marcar os atendimentos em um sistema moderno e sem custo, o cidadão marca sua ida ao posto em dias e horários mais adequados à sua rotina. “Com as novas atualizações ofertadas a partir de hoje no Aplicativo Saúde Já Curitiba, teremos ainda mais agilidade no agendamento, atendendo a população de maneira eficiente e sempre buscando ampliar o acesso aos serviços de saúde”, destaca a secretária municipal da Saúde, Marcia Huçulak.


06 RMC

17 a 23 de novembro de 2017

Pinhais traz respeito e valorização da diversidade como tema de Seminário

Encerra nessa sexta-feira (17) o VI Seminário Municipal da Diversidade, promovido pela Secretaria Municipal de Educação, a Universidade Tecnológica Federal do Paraná e o Fórum Permanente de Educação e Diversidade Étnico-Racial do Município de Pinhais. O objetivo da ação é debater a promoção, respeito e valorização da diversidade étnico-racial, religião e crenças colaborando para o enfrentamento da discriminação no âmbito escolar e social. Entre os participantes está o ator João Batista Acaiabe, o qual ficou conhecido por interpretar o “Tio Barnabé” do Sítio do Picapau Amarelo na Globo, e também o Tio Chico na novela Chiquititas da emissora SBT, ele representará a Escola de Arte Dramática de São Paulo e conduzirá a palestra “Contando e Encantando com a África”. Também será palestrante, como o tema “Uma Sociedade Democrática: a conquista do ideal dos direitos universais”, a professora Diva

Guimarães reconhecida por seu discurso emocionante durante a Flip, a Festa Literária Internacional de Paraty. Outra participação confirmada é do Dr. Francisco de Jesus Lima, promotor de justiça do Piauí do Núcleo de Promotores de Justiça de Defesa da Mulher Vítima de Violência Doméstica e Familiar, o qual falará sobre a Lei Maria da Penha e Direitos Coletivos. O encontro configura-se como um momento de convergência acadêmica e de mobilização dos profissionais da educação dos diferentes níveis e modalidades de ensino, bem como de representantes da sociedade civil. Nesta edição o tema será “A Diversidade como Potencialidade no Desenvolvimento de Sociedades Democráticas” e as discussões iniciadas nos anos anteriores terão continuidade, com ênfase nos direitos humanos enquanto direito universal, independentemente da cultura, credo, raça, gênero, sexualidade e condição econômica.

A SEMANA

Última Caminhada na Natureza de 2017 reuniu mais de 3 mil pessoas em São José dos Pinhais No domingo (12) a Prefeitura de São José dos Pinhais por meio da Secretaria de Indústria, Comércio e Turismo (Sictur) realizou a Caminhada Internacional na Natureza – Caminhos da Colônia Murici, sendo esta a última edição de Caminhadas de 2017. Com percurso de 11,2 km e de 5,7 km, opção de trajeto alternativo, o evento reuniu mais de 3 mil caminhantes, que usufruíram de trilhas nas propriedades rurais e estradas da região, onde a manhã ensolarada ajudou a compor belas paisagens da localidade. A Caminhada Internacional na Natureza – Caminhos da Colônia Murici, que assim como as demais durante o ano, tem também como seus objetivos fomentar os empreendimentos e turismo

rural dentro do município, contou com o apoio da Secretaria de Esporte e Lazer e da Secretaria de Segurança, por meio da Guarda Municipal. A acolhida aos caminhantes aconteceu no Salão da Igreja do Murici, como ponto de partida, credenciamento e coleta dos donativos de alimentos que são direcionados as entidades assistenciais. Essa última edição da Caminhada arrecadou 1,5 toneladas que foram des-

tinados para a Fonte da Misericórdia e Associação Padre João Ceconello. O secretário da pasta (Sictur), Giam Celli agradeceu a participação de todos e o trabalho realizado pela equipe da secretaria. “É sempre muito satisfatório realizar essas caminhadas, observamos o envolvimento dos participantes e o crescimento de empreendimentos e do número de buscas e visitas pelas áreas rurais de São José dos Pinhais”, finali-

zou Giam. Como de costume, os percursos tiveram seus pontos de carimbo nas propriedades rurais e em alguns empreendimentos, no intuito de os caminhantes conhecerem um pouco mais do município, seus atrativos quanto ao turismo rural, além dos produtos coloniais e bebidas. Os pontos de carimbo serviram também para que os participantes pudessem preenche suas carteirinhas, qual permite a participação em 10 circuitos diferentes de caminhadas. Os caminhantes, após completarem 10 caminhadas diferentes (podem ser do mesmo circuito, porém de anos diferentes), têm direito a receber um certificado de caminhante da Federação Internacional de Esportes Populares (IVV).

Programa Vida no Trânsito promove Blitz Integrada em São José dos Pinhais O Programa Vida no Trânsito de São José dos Pinhais realizou no último sábado (11) mais uma blitz integrada entre a Secretaria de Transporte e Trânsito e as forças policiais da Guarda Municipal de São José dos Pinhais, Defesa Civil e Polícia Militar do Paraná. Desta vez a ação foi realizada na Avenida Rui Barbosa, no cruzamento com a BR 277, sentido Bairro e sentido Centro. O objetivo foi fiscalizar o consumo de álcool e direção, no entanto, foram verificados vários outros itens como documentação e equipamentos de segurança veicular, tanto para motoris-

tas, quanto para motociclistas. Foram abordados ao total 107 motocicletas, 15 automóveis, totalizando 28 notificações de trânsito, 8 recolhimentos, dentre eles 6 motoci-

cletas e 2 veículos, além de 1 boletim de ocorrência. A equipe do Programa Vida no Trânsito informou que essas ações são importantes tanto para um trânsito mais se-

guro, onde os usuários tendem a respeitar mais as sinalizações, respeitar o outro e transitar com seu veículo de acordo com as normas legais, quanto para a integração e efetividade na fiscalização entre as forças policiais e os demais órgãos envolvidos. PROGRAMA VIDA NO TRÂNSITO Iniciado em 2013 em São José dos Pinhais, e lançado oficialmente no Brasil em junho de 2010, pelo Ministério da Saúde. O objetivo é planejar e executar projetos para a diminuição dos altos índices de mortes e lesões graves em acidentes de trânsito.


A SEMANA

Aluno da rede estadual é bronze na Olimpíada Brasileira de Química

O estudante Elizeu Daniel da Silva Junior (foto), 18 anos, do 4° ano do curso técnico em Química do Centro Estadual de Educação Profissional (Ceep) de Curitiba, no bairro Boqueirão, conquistou a medalha de bronze na Olimpíada Brasileira de Química (OBQ) edição 2017. Ele concorreu com 405 alunos da rede pública (estadual e federal) e particular, de todo o País, que chegaram à etapa nacional. A entrega da medalha será no dia 1° de dezembro na Universidade Tecnológica Federal do Paraná, em Curitiba. Elizeu ficou em terceiro lugar na modalidade B, que reúne alunos dos últimos anos do ensino técnico integrado. Essa foi a segunda vez que Elizeu participou da competição, realizada em agosto. O incentivo,

PARANÁ 07

17 a 23 de novembro de 2017

conta Elizeu, veio dos próprios professores e da qualidade do curso ofertado pelo Ceep. “O ensino técnico na escola é muito bom porque, além das disciplinas básicas do ensino médio, tem disciplinas e conteúdos específicos da área técnica mais aprofundados. Não fosse essa preparação talvez eu nem conseguisse fazer a prova”, disse. A preparação exigiu muito tempo e dedicação para aprofundamento dos conteúdos, já que as questões da etapa nacional foram de nível do ensino superior. Para isso, Elizeu dividiu a rotina de estudos em três momentos: pela manhã na escola e mais cinco horas à tarde, em casa, para aprofundamento e pesquisas, além de cursinho preparatório à noite.

Paraná é o 3º Estado que mais recebe trabalhadores estrangeiros

O Paraná é o terceiro Estado que mais acolhe imigrantes no País. Em 2016, trabalhavam 13.833 pessoas de outros países com carteira assinada no Estado, atrás apenas de Santa Catarina ( 14.348) e São Paulo (43.141). Os dados são de um levantamento realizado pelo Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico Social (Ipardes), com base nos dados da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) do Ministério do Trabalho. São haitianos, paraguaios, argentinos, portugueses, franceses, japoneses, dentre outros, que vêm trabalhar no Estado em empresas de comércio, nos serviços e na indústria. Desde 2010, o número de imigrantes no Estado aumentou 277%. Em 2010, o Estado tinha um contingente de 3.660 trabalhadores de outros países

atuando no mercado de trabalho formal. “Temos basicamente dois tipos de imigrantes. Os de países não desenvolvidos vêm tentar a vida aqui, em busca de emprego e condições melhores, como os haitianos. Já um outro grupo vem geralmente transferido de empresas de outros países ou estados. É o caso de engenheiros de montadoras, por exemplo,” diz Julio Suzuki Júnior, diretor- presidente do Ipardes. INDUSTRIAL De acordo com ele, o adensamento industrial, com a implantação de no-

vas fábricas de multinacionais, e a implantação de novas empresas trouxeram muitos estrangeiros para trabalhar no Paraná. O número de trabalhadores japoneses, por exemplo, passou de 121, em 2010, para 221 no ano passado. No mesmo período, o número de italianos passou de 89 para 149. Os espanhóis passaram de 56 para 114 e os chineses de 91 para 159 na mesma base de comparação. O número de argentinos passou de 412 para 694 no período. CURITIBA O contingente de hai-

tianos é o maior entre os imigrantes no Estado, com 4.847 pessoas. Em segundo lugar vem os paraguaios (3.674) e argentinos (695). O levantamento do Ipardes mostra que Curitiba é destino principal dos trabalhadores estrangeiros no Estado, com um total de 3.464 imigrantes em 2016. Em segundo lugar vem Cascavel, com 1.343, Foz do Iguaçu, com 1.270 e Maringá, com 762. Do total de imigrantes, 16% tem nível superior completo. SETORES Os setores em que há maior participação de trabalhadores de outras nacionalidades são a indústria da transformação (5.929), serviços (4.017) e comércio (2.446). Mas mesmo com o aumento dos últimos anos, a participação dos estrangeiros no mercado formal de trabalho do Paraná é pequena, de cerca de 0,5% do total.

Estado reduz custo de reparos nas escolas e ressocializa presos Escolas estaduais do Paraná contam com um reforço para garantir um ambiente ainda mais agradável para alunos e funcionários. É o programa Mãos Amigas, que utiliza a mão de obra de detentos do regime semiaberto para serviços de melhorias nas unidades. Desde o início do programa, em 2012, a economia para os cofres do Estado foi de R$ 3 milhões. Além de melhorar a estrutura e reduzir os custos com pintura, jardinagem, limpeza e pequenos reparos, o Mãos Amigas dá aos presos trabalho, renda e oportunidades de ressocialização. Segundo o coordenador do projeto, Nabor Bettega Júnior, um dos fatores que gera economia

é a redução da pena dos presos que participam do programa – a cada três dias de trabalho, o presidiário tem a pena reduzida em um dia. Nabor explica que o custo mensal de um preso em Curitiba e Região Metropolitana, segundo dados do Departamento Penitenciário do Paraná (Depen), é de R$ 2.824. Em

um período de três meses fica em torno de R$ 8.472 mil. “Se 20 presos reduzissem o tempo de permanência na penitenciária em três meses, o total economizado chegaria a R$ 169,4 mil”, destaca Bettega. MAIS ECONOMIA Desde o início do projeto, 687 escolas de 74 municípios do Paraná fo-

ram atendidas com o programa e também conseguiram reduzir custos. Uma delas é o Colégio Estadual Santa Felicidade, em Curitiba, que conta com 750 alunos nos turnos da manhã, tarde e noite. O diretor Luiz Carlos Bueno conta que de segunda a sexta-feira entre cinco e sete detentos fazem a pintura das salas de aula, refeitório, pátio, ginásio de esporte e outras dependências. “Gastamos 12 mil reais com tinta. Se tivéssemos que contratar a mão de obra, com certeza teríamos que desembolsar muito mais. Por isso, acho o projeto uma ótima estratégia para ajudar as escolas que constantemente precisam de pequenos reparos”.


08 POLÍTICA

17 a 23 de novembro de 2017

Deputado Francisco Buhrer agradece apoio do governo estadual pela liberação de R$ 5,9 milhões em investimentos para Fazenda Rio Grande Na última segunda-feira, o deputado estadual Francisco Buhrer esteve ao lado de mais de 50 lideranças religiosas, políticas, empresariais e secretários municipais de Fazenda Rio Grande, para agradecer o apoio que o governador Beto Richa tem dado ao município nestes últimos anos e assinar a liberação de mais recursos. “Durante o encontro assinamos a liberação de mais R$ 5 milhões em pavimentação e outros R$ 900 mil para construção de três mini-arenas no Município. Recursos arrecadados pelo

Estado, que serão aplicados em melhorias diretas para à população”, destacou o deputado Francisco Buhrer. ANIVERSÁRIO TIJUCAS Ainda nessa semana, o

deputado entre diversos compromissos, lembrou do aniversário do município de Tijucas do Sul que completou 66 anos no último dia 14 de novembro. Nascido no município, Buhrer

recordou sua infância e o orgulho por trabalhar pelo desenvolvimento da cidade. “Sinto muito orgulho de como essa terra cresceu e hoje, com mais de 14 mil habitantes, é lugar de gente feliz e abençoada. Lembro com muita saudade da minha infância, do tempo das brincadeira no rio da Várzea, das andanças de cavalo na região do Saltinho, e dos domingos de missa, na igreja Matriz. Fico muito feliz por ter as minhas raízes em Tijucas e poder trabalhar pelo desenvolvimento desse Município!”, saudou Buhrer.

Após PF enquadrar presidente da Assembleia do Rio, deputados apoiam investigações Os efeitos da Operação Cadeia Velha, deflagrada na última terça-feira (14) pela Polícia Federal (PF), repercutiram na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), mas os parlamentares evitaram críticas diretas aos colegas investigados. Um dos alvos da operação foi o presidente da Alerj, deputado Jorge Pic-

ciani (PMDB), levado coercitivamente para depor na PF e que teve um de seus filhos, Felipe Picciani, preso temporariamente. Com a ausência de Picciani e de mais dois deputados do PMDB levados coercitivamente pela PF para depor, Paulo Melo e Edson Albertassi, que pertencem à cúpula da base governista

na Alerj, aliados do governador Luiz Fernando Pezão evitaram o plenário da assembleia na tarde desta terça-feira. Apenas deputados de oposição fizeram discurso e, mesmo entre eles, o tom das falas foi de deixar para a Justiça as investigações, sem propor ações do próprio Legislativo contra os

três deputados investigados. “Mais uma vez é uma questão relacionada aos transportes. Nós temos brigado para reduzir o poder da Fetranspor [Federação das Empresas de Transporte do Rio de Janeiro]. Mas acho que nenhum de nós está acima da lei. As denúncias têm que ser apuradas e, se for o caso, é a Justiça quem vai julgar. Eu não adoto nenhuma postura de pré-julgar ninguém”, disse o deputado Gilberto Palmares (PT). Para o deputado Carlos Minc (sem partido), a denúncia é gravíssima e deve ser apurada. “Temos que aguardar para saber quais são os elementos do processo e de que forma a gente vai ter que se pronunciar. Não se pode fechar os olhos para isso. A gravidade é suprema”, disse.

A SEMANA

Michel Temer deve trocar 17 ministros, diz Romero Jucá

O líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), disse na última terça (14), pelo Twitter, que o pedido de demissão de Bruno Araújo do Ministério das Cidades acabou por “precipitar” o debate sobre a reforma ministerial dentro do governo. De acordo com Jucá, o presidente Michel Temer deverá trocar 17 dos 28 ministros. “A saída do ministro da Cidades precipita a discussão da reforma ministerial, tendo em vista que há ministério vago. Temer está avaliando e discutindo como vai fazer. Será uma reforma ampla, 17 ministérios vagos no prazo que o presidente determinar. Ele quem vai definir o ritmo”, publicou o senador em sua conta no Twitter. SAÍDA O ministro das Cidades, Bruno Araújo, entregou o cargo na segundafeira (13) ao presidente Michel Temer. Em carta entregue ao presidente, Araújo agradece a confiança durante seu período à frente da pasta e diz que não há mais apoio dentro do seu partido, o PSDB, para se manter no cargo. “Agradeço a confiança do meu partido, no qual exer-

ci toda a minha vida pública, e já não há mais nele apoio no tamanho que permita seguir essa tarefa”, afirmou. No documento, Araújo elenca algumas ações do ministério durante sua gestão e encerra com um elogio ao governo Temer. “Tenho a convicção, Sr. Presidente, que a serenidade da história vai reconhecer no seu governo resultados profundamente positivos para a sociedade brasileira. Receba minha exoneração e meus agradecimentos”, finalizou Araújo, na carta, cuja autenticidade foi confirmada por sua assessoria. Araújo é deputado federal pelo PSDB de Pernambuco e assumiu o ministério em maio do ano passado. Ele participou da criação de programas como o Avançar e o Cartão Reforma. BASTIDORES Nos bastidores, o comentário é que Araújo tenha decidido sair do governo em virtude de uma das correntes do PSDB, liderada pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso que apoia o desembarque do partido já de olho nas próximas eleições presidenciais no ano que vem.


A SEMANA

SÓ NEGÓCIOS 09

17 a 23 de novembro de 2017

ADVOCACIA

BARRACÃO INDUSTRIAL

COZINHA PLANEJADA

IMÓVEIS LOCAÇÃO

PANIFICADORA

SOM AUTOMOTIVO

AGROPECUÁRIA

BICICLETAS

CONSÓRCIO

IMÓVEIS VENDA

PNEU

EDITAIS

AUTO CENTER

CALHAS

DESPACHANTE

LAVANDERIA

PIZZARIA

PUBLICAÇÕES

AUTO ESCOLA

COLCHÕES

FUNDAÇÕES

MAT. DE CONSTRUÇÃO

SEGURO

AVISOS

AUTO PEÇAS

CONTABILIDADE

INJEÇÃO ELETRÔNICA

MÓVEIS

TURISMO

DIVERSOS

AUTOMÓVEIS


10 SÓ NEGÓCIOS

17 a 23 de novembro de 2017

A SEMANA


A SEMANA

17 a 23 de novembro de 2017

SÓ NEGÓCIOS 11


12 SÓ NEGÓCIOS

17 a 23 de novembro de 2017

A SEMANA

IMÓVEIS LOCAÇÃO - SALAS COMERCIAIS

AUTO ESCOLA

BICICLETAS

DESPACHANTE

Anuncie 3627-1997

SEGURO

AUTO PEÇAS

CONSÓRCIO

IMOBILIÁRIA

INFORMÁTICA

Anuncie 3627-1997

TURISMO


A SEMANA

17 a 23 de novembro de 2017

GERAL 13


14 DIVERSÃO

17 a 23 de novembro de 2017

REFLEXÃO Lutas que fortalecem O mundo não presta atenção em quem nunca passou por nada. O mundo não ouve quem não teve lutas e venceu. Um soldado que nunca esteve numa batalha, que mérito tem para ser condecorado? Paulo disse: … trago no meu corpo as marcas do Senhor Jesus. (Gálatas 6.17) A fé que Paulo tinha o curou das

feridas causadas pela tribulação, angústia, perseguição, fome, nudez, perigo e espada. (Romanos 8.35) Suas cicatrizes eram o testemunho de que, estando com o Senhor Jesus, tudo de ruim que sofremos é coisa passageira e, no final, venceremos tudo. Para quem se mantém na fé inteligente e perseverante, suas feridas de hoje serão suas cicatrizes (seus testemunhos) de amanhã!!!

PIADA Um jornalista está com estresse. Seu analista sugere que ele tire uns dias e vá se ocupar de coisas bem simples. Ele resolve então ir para uma fazenda trabalhar como peão. Como primeiro trabalho, o fazendeiro manda-lhe jogar esterco num campo, imaginando que o jornalista irá levar o dia inteiro. Uma hora depois ele volta para o fazendeiro dizendo que está terminado. O fazendeiro vai verificar e o serviço foi concluído eficientemente. Ele dá então outra tarefa: separar

batatas em três montes: o primeiro com as grandes, o segundo com as médias e o terceiro com as pequenas. De noite, o jornalista não aparece. O dia seguinte ele não vai almoçar. O fazendeiro vai saber o que aconteceu. O jornalista está na frente das batatas, com apenas três batatas separadas. - Não entendo! - espanta-se o fazendeiro - O senhor cuidou do esterco em uma hora e não consegue separar as batatas em três montes? É que... espalhar merda é comigo mesmo.

CURIOSIDADE

Horário de Verão: As crianças ficam mais na rua!!! Ok, o Halloween não é tão popular aqui no Brasil, mas mesmo assim, esse dado é curioso: o número crianças mortas por atropelamento é quatro vezes maior na noite de 31 de outubro. Para tentar diminuir essa estatística, uma lei aprovada em 2007, aumentava o tempo de duração do horário de verão nos Estados Unidos até o primeiro domingo de novembro. Com mais luz do sol, os motoristas enxergam melhor os monstrinhos sedentos por açúcar e tomam mais cuidado ao volante. No horário de Verão também é mais seguro andar nas ruas: Não preciso nem dizer que ladrões preferem atacar quando está escuro, né? Aquele Sol extra deixa a caminhada ou a volta do trabalho/escola bem mais segura.

A SEMANA

Receita da Semana Torta de Chocolate e Mousse de Maracujá Ingredientes: Torta de chocolate: 6 colheres de sopa de manteiga ou margarina (150g) 1 xícara de açúcar 3/4 de xícara de chocolate em pó 2 ovos 1/2 xícara de farinha de trigo sem fermento Mousse de maracujá: 1 lata de leite condensado (395g) 1 lata de creme de leite (200ml) 1 pacotinho de gelatina em pó sem sabor (12g) 1 xícara de suco de maracujá (puro) Para decorar: Polpa de maracujá Modo de preparo: Derreta a manteiga no micro-ondas, misture com o açúcar e o chocolate em pó. Adicione os ovos e bata bem.

Por último adicione a farinha e misture. Unte uma forma de 21cm de diâmetro de fundo removível, com manteiga e farinha, ou coloque papel manteiga. Coloque a massa da torta na forma e leve ao forno por 25 minutos à 180ºC. Retire do forno e deixe esfriar. Bata o leite condensado, o creme de leite e o suco de maracujá no liquidificador. Veja no rótulo da gelatina como hidratá-la corretamente. Hidrate a gelatina e derreta em banho-maria ou no micro-ondas. Coloque a gelatina derretida na mistura do liquidificador e bata um pouco só para misturar. Derrame o mousse na forma por cima da torta de chocolate. Leve para gelar no congelador por 30 minutos ou na geladeira por 2 horas. Decore com polpa de maracujá e sirva.


A SEMANA

SOCIAL 15

17 a 23 de novembro de 2017

Obrigado mais uma vez ao jornal A SEMANA, por me conceder este espaço para eu prestar minha humilde, no entanto, sincera homenagem ao grande amor da minha vida: Oh, Suellen meu amor, muitos Parabéns! Este seu aniversário tem um sabor especial, tem algo a mais, pois representa bem mais que o acrescentar de um ano em sua vida. Tudo isso porque um novo membro da família está chegando. Minha felicidade é enorme! Saber que nosso desejado neném está sendo gerado em seu ventre, isso enche meu orgulho como marido, como homem e agora também como pai. Desejo que não só este dia 17, mas também os demais dias da sua vida sejam repletos de beleza em todos os sentidos, porque você merece acima de qualquer outra coisa. Você tem sido uma esposa fantástica, está permanentemente atenta às necessidades de nossa união, passa o tempo em busca de novas coisas para alegrar o nosso lar. É por isso e por muito mais coisas que nosso amor é grande, é do tamanho daquilo que desejávamos para as nossas vidas... Obrigado por estar comigo. Feliz Aniversário! De quem muito te ama, Daniel A jovem Marciele no último dia 16 comemorou idade nova e recebe além dos mimos de sua família a homenagem especial do seu pai Acir do Carmo Ferreira, Colaborador do jornal A SEMANA. Parabéns e que Deus os abençoe de forma generosa!!!

Hoje é a vez de Valdir Amann, gerente do Restaurante Rodo Center 21, o maior e mais completo de Fazenda Rio Grande, prestar sua célebre homenagem a sua digníssima esposa Rosane que neste dia 19 estará completando mais um abençoado ano de sua existência. Que Deus os abençoe de forma magnânima. Sucesso!!!

A bela jovem Rhubyanara Wozhiak neste dia 17 comemora mais um ano de vida e recebe a mais que especial homenagem de seus colegas de trabalho do escritório Precisa Contabilidade. Parabéns e um beijo no coração de todos!!!

Não podemos deixar de prestar nossa mais que sincera homenagem a um dos grandes mestres do mundo da panificação, Fernando Zanini, que no último dia 15 parou tudo para comemorar mais um aniversário. Parabéns e que Deus o cultive entre nós por muitíssimos anos!!!

Queremos homenagear de forma afetuosa o nosso querido sobrinho Edson Morandi que neste dia 18 estará reunindo familiares e amigos para o ajudarem a apagar um punhado de velinhas em comemoração a mais um abençoado ano de sua existência. Parabéns e que Deus os abençoe de montão!!!


16 AGENDA CULTURAL

HORÓSCOPO

Áries A solidão poderá fazer parte dos seus dias. Contrarie esta tendência com todas as suas forças. Touro Alguns auxílios financeiros poderão trazer uma maior tranquilidade ao seu dia a dia. Gêmeos Procure uma maior aproximação da pessoa amada para concretizar os seus desejos de harmonia amorosa. Câncer Não adote uma postura distante, exponha ao seu parceiro todas as fantasias que pretende concretizar. Leão A sua vida social tenderá a misturar-se com importantes contatos profissionais. Virgem Esta semana a conjuntura fornece meios que desbloqueiam as situações e estão previstas grandes evoluções. Não perca tempo e atue rapidamente.

Libra Poderá ser exigida alguma movimentação em termos geográficos dentro do campo profissional. Escorpião Se está direta ou indiretamente ligado ao campo das artes terá uma semana produtiva e recompensadora. Sagitário A sua compreensão e generosidade farão com que seja apreciado e desejado de uma forma muito especial. Capricórnio Quaisquer mudanças devem ser ponderadas. Certifique-se se as mesmas são favoráveis. Aquário São possíveis alguns desentendimentos no que concerne à organização de trabalho se trabalha em família. Peixes A tristeza e a solidão poderão afastar-se do seu caminho graças aos bons amigos que o acompanham..

17 a 23 de novembro de 2017

A SEMANA

O Rei da Picanha no Shopping Castello em FRG, além de oferecer um delicioso cardápio com várias modalidades para se apreciar uma boa picanha, na sexta-feira oferece ainda mais: o chopp em dobro. Traga a sua família para se deliciar com tudo isso e ainda curtir uma boa música com Fabio Cesar. Você não pode ficar fora dessa!!!

ESTREIA CINEMA

Estreia esta semana nos cinemas Liga da Justiça Alimentado por sua fé restaurada na humanidade e inspirado pelo ato de altruísmo de Superman, Bruce Wayne busca a ajuda de sua nova aliada, Diana Prince, para encarar um inimigo ainda

maior. Juntos, Batman e Mulher-Maravilha trabalham rapidamente para encontrar e recrutar um time de metahumanos para encarar essa ameaça recém-desperta. Mas apesar da formação dessa li-

ga sem precedentes de heróis – Batman, Mulher-Maravilha, Aquaman, Ciborgue e Flash – talvez seja tarde demais para salvar o planeta de um ataque de proporções catastróficas.

PROGRAMAÇÃO DE CINEMA

Onde está Deus? Hannah e Jonas Bailey são considerados Pessoas do bem. Eles formam um casal feliz que vai a igreja e que está tentando ter um bebê. Como cristãos conservadores e devotos, eles também são defensores pró-vida. Enquanto Jonas está fora da cidade a negócios, Hannah vai com a sua amiga Jennifer a uma pequena festa de aniversário. Na manhã seguinte, Hannah acorda num quarto de hotel desorientada e confusa sobre os detalhes da noite anterior. A vida é imprevisível e às vezes coisas ruins acontecem a pessoas boas. Hannah e Jonas questionam Onde está o bem? Enquanto tentam driblar os percalços da vida que foram jogados em seus caminhos.

Cinemark Shopping São José D.P.A - Detetives do Prédio Azul (Nac) – sala 1 – 14:00 – 16:10 – 18:50 Thor: Ragnarok (Dub) – sala 1 – 21:30 Pai Em Dose Dupla 2 (Dub) – sala 1 – 21:30 Divórcio (Nac) – sala 2 – 14:20 – 19:20 Gosto se Discute (Nac) – sala 2 – 16:50 – 20:00 – 22:00 Polícia Federal - A Lei é Para Todos (Nac) – sala 2 – 21:50 Liga da Justiça 3D (Dub) – sala 3 – 12:00 – 14:40 – 17:20 – 20:10 – 23:00 – sala 5 – 12:30 – 15:20 – 18:10 – 21:00 Thor: Ragnarok 3D (Dub) – sala 4 – 12:30 – 15:20 - 18:10 – 21:00 Cinesystem – Shopping Curitiba A Menina Índigo – sala 1 – 13:40 – 15:45 – 17:50 As Aventuras do Capitão Cueca – O Filme (Dub) – sala 4 – 14:15 Como se Tornar o Pior Aluno da Escola (Nac) – sala 3 – 14:20 Depois Daquela Montanha (Leg) – sala 6 – 18:40 Gosto se Discute (Nac) – sala 2 – 14:35 – 16:25 Liga da Justiça – sala 3 – (Leg) 19:00 – (Dub) 21:30 Liga da Justiça 3D (Dub) – sala 5 – 14:00 – 16:40 – 19:20 – sala 6 – 16:10 – 21:00

Liga da Justiça 3D (Leg) – sala 5 – 22:00 Pai em Dose Dupla 2 (Dub) – sala 1 – 20:00 Polícia Federal - A Lei é Para Todos (Nac) – sala 3 – 16:35 Thor: Ragnarok (Dub) - sala 2 - 18:30 – sala 4 – 16:30 – 19:10 - 21:50 Thor: Ragnarok (Leg) - sala 2 – 21:10 Uma Razão Para Viver (Leg) – sala 1 – 22:00 – sala 6 – 13:40 Cinesystem – Shopping Total Big Pai, Big Filho (Dub) – sala 4 – 14:05 Como se Tornar o Pior Aluno da Escola (Nac) – sala 1 – 13:50 – 16:10 – sala 5 – 14:15 Liga da Justiça 3D (Dub) – sala 2 – 14:00 – 16:40 – 19:20 – sala 4 – 16:05 – 20:50 Liga da Justiça 3D (Leg) – sala 2 – 22:00 Liga da Justiça (Dub) – sala 5 – 19:00 – 21:30 Pai em Dose Dupla 2 (Dub) – sala 4 – 18:40 Thor: Ragnarok (Dub) - sala 1 – 18:30 – 21:10 – sala 3 – 13:40 – 16:20 – 19:10 – 21:50 Vazante (Mac) – sala 5 – 16:30


A SEMANA

Ortorexia nervosa: quando alimentação saudável faz mal à saúde De início, o movimento que prega o consumo de alimentos frescos e saudáveis parece um estilo de vida saudável e equilibrado, não é mesmo? Porém, com um olhar mais atento, pode-se perceber que alguns indivíduos que seguem essas novas linhas podem apresentar um desequilíbrio no pensamento e no comportamento. A Organização Mundial da Saúde define saúde como sendo “o estado de completo bem-estar físico, mental e social” e não apenas como ausência de doença. Essa definição é de grande valia para os problemas alimentares que vemos hoje, reflexos da sociedade ambivalente e dividida em polos em que vivemos. Hoje há uma divisão dos alimentos em proibidos versus permitidos, alimentos bons versus alimentos ruins, entre outras definições, o que pode influenciar o comportamento de pessoas que já possuem uma tendência ao comportamento obsessivo. O QUE É ORTOREXIA NERVOSA? A ortorexia nervosa é definida como um distúrbio alimentar caracterizado por uma dieta restritiva a alimentos puros, limpos, saudáveis, naturais, livres de agrotóxicos e quaisquer produtos químicos, onde grupos alimentares como grãos, açúcares, produtos de origem animal e geneticamente modificados são excluídos da alimentação. O termo ortorexia nervo-

SAÚDE 17

17 a 23 de novembro de 2017

sa foi criado em 1997 por Steven Bratman, médico americano que descreveu esse transtorno como sendo um novo comportamento alimentar transtornado. Apesar de a motivação ser diferente, tanto os anoréxicos como os ortoréxicos restringem demasiadamente sua alimentação. A diferença é que na ortorexia existe um viés “saudável” que acaba disfarçando e dificulta o diagnóstico da doença. O isolamento faz parte dos sintomas da ortorexia: os indivíduos passam grande parte do dia pensando e planejando sobre alimentação e sentem, em contrapartida, desprezo por aqueles que não conseguem seguir um padrão alimentar “perfeito”. Isso contribui para que essas pessoas fiquem cada vez mais isoladas a grupos de pessoas que também possuem características obsessivas e compulsivas por comida. Indivíduos com personalidade perfeccionista, rigidez, necessidade extrema de controle da vida e fortes crenças ligadas à comida, assim como profissionais da saúde co-

mo médicos, nutricionistas e outros, são mais vulneráveis ao transtorno. Uma vez que para manterse um estilo de vida “orgânico” precisa-se de um poder aquisitivo elevado, as classes menos favorecidas não conseguiriam manter este tipo de alimentação, ficando a ortorexia restrita as classes privilegiadas. Por fim, as mulheres são as mais vulneráveis, pois buscam incessantemente a dieta perfeita. COMO SABER SE TENHO? Hoje esse quadro não está descrito no Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-V), o diagnóstico ainda não é algo totalmente definido. No entanto, se formos pensar em como podemos diferenciar alguém com ortorexia nervosa de uma pessoa mais rigorosa com alimentação, o principal sintoma é a “obsessão compulsiva” que essas pessoas possuem em relação a alimentação: ela passa horas pensando no que irá comer, gasta muito tempo fazendo compras e planejando toda a alimentação, passa a se isolar pois se acha “mais preparada, disciplinada, controlada e supe-

rior” em relação aos que não seguem a mesma alimentação “pura”. Toda a rotina da pessoa é focada em “comer puro, limpo e saudável”. Nesse contexto, comer frituras e tomar sorvete são pontos fora de questão, pois certamente esses alimentos não passariam pela “seleção” dessas pessoas, a menos que o sorvete seja feito por eles com alimentos puros, como o de banana madura orgânica congelada batida com cacau 100% orgânico e fritas só se feito em óleo de coco ou outro da moda natureba, com batatas 100% orgânicas e sem ser geneticamente modificadas. As panelas não podem ser antiaderentes e não se usa plásticos para guardar os alimentos. Percebe a obsessão? COMO A ORTOREXIA NERVOSA É TRATADA? O tratamento deve ser feito por profissionais especializados uma vez que a ortorexia, assim como os demais transtornos alimentares, são doenças psiquiátricas. O melhor tratamento é o multidisciplinar, em que diversos profissionais da saúde devem acompanhar o tratamento. Esses pacientes precisam de acompanhamento altamente especializado devido as possíveis co-morbidades estarem presentes. A melhor prevenção é a mudança no comportamento alimentar, mudança na supervalorização da estética e do corpo perfeito. Fonte: www.minha vida.com.br

5 curiosidades sobre a visão Diversos mitos e verdades envolvendo a saúde dos olhos têm sido compartilhados ao longo de séculos. Conheça informações confiáveis sobre o que pode causar impacto na visão

1) Ler com pouca iluminação ambiente danifica a visão? A baixa iluminação não danifica a visão. No entanto, ela deixa os olhos cansados mais rapidamente. A melhor maneira de usar luz de leitura é posicionando-a na página, e não sobre o ombro. O ideal é ter uma lâmpada de mesa que aponte diretamente para o material de leitura. 2) Existem alimentos que impactam positivamente na saúde dos olhos? As cenouras, que contêm vitamina A, são realmente boas para os olhos. Mas frutas frescas e vegetais folhosos de coloração verde escuro, que contêm mais vitaminas antioxidantes, como C e E, são ainda melhores. Os antioxidantes podem até mesmo ajudar a proteger os olhos contra a catarata e a degeneração macular relacionada à idade. No entanto, não previnem problemas comuns de visão, como miopia ou hipermetropia. 3) Exercícios para os olhos contribuem para evitar o aparecimento de problemas como miopia e hipermetropia? Fazer exercícios com os olhos frequentemente, como movimentos rítmicos, não preserva a visão ou reduz a necessidade de usar óculos. A visão de cada pessoa sofre influência de vários fatores, incluindo

a forma do globo ocular e a saúde dos tecidos oculares, fatores que não podem ser significativamente alterados ao praticar exercícios para os olhos. 4) Quando diagnosticada a necessidade de usar óculos, caso a pessoa não queira usar, a visão pode ser ainda mais prejudicada? Independentemente de precisar usar óculos para enxergar melhor de longe ou de perto, a recomendação é usá-los ininterruptamente, pois nessas circunstâncias o fato de não usar óculos causa cansaço aos olhos. No entanto, ficar sem óculos não vai prejudicar a visão ou ocasionar alguma doença ocular. 5) Olhar para a tela do computador durante horas seguidas é prejudicial aos olhos? Olhar para a tela do computador o dia todo pode contribuir para a fadiga ocular. As pessoas que olham fixamente para a tela por longos períodos tendem a não piscar tão frequentemente como de costume, o que pode causar desconforto aos olhos. Para ajudar a evitar a fadiga ocular, é recomendável ajustar a iluminação o brilho da tela, descansar os olhos por alguns instantes a cada 20 minutos, e fazer um esforço consciente para piscar regularmente. Fonte: Portal Viver Bem


18 MEIO AMBIENTE

17 a 23 de novembro de 2017

O BICHO Édelis Martinazzo Dallagnol Médica Veterinária, M. Sc.

A SEMANA

Estudantes desenvolvem projeto para produção de energia eólica

Nova mortandade no mar? Se algo de inusitado aconteceu com a fauna marinha, não nos surpreende. Por quê?... Vamos analisar juntos - melhor, vamos divagar... Realmente, muita coisa inusitada vem acontecendo no mar e fora dele. O amigo se lembra dos 90 mil focos de incêndio no mês de setembro? Do maior recuo do mar, desde que o fenômeno passou ser observado pelos órgãos oficiais? Das constantes marés negativas? Está vendo a insistência das ressacas?... Viu que fora do mar também há coisas estranhas, como as geadas dos dias 11 a 13 de novembro, em Urupema e São Joaquim (SC)?... Fenômenos raros se têm verificado. Tantas praias destruídas (Armação, Palmas, Praia dos Ingleses, Ubatuba, Enseada, Praia Grande, etc.)!... Mencionamos o aumento de 7,9% dos gases do efeito estufa em 2016; previsões veiculadas pela mídia televisiva em 13 de novembro apontam aumento de 2,3% nas emissões de dióxido de carbono neste ano... Seria o começo de um desastre climático?... As calotas polares se estão derretendo. As ilhas de Tuvalu estão quase sendo “engolidas” pelo Pacífico... No sul do Brasil, temos hoje uma possível nova mortandade da fauna marinha. Para nos situarmos, convém lembrarmos que a primeira vez em que se falou em mortandade de peixes nem foi no mar, mas no interior do Paraná: rios Iguaçu, Chopim, etc., nos idos de 1954. Foi atribuída à varicela dos humanos (não entraremos no mérito). Depois, as notícias mais alarmantes vieram do mar - a maré vermelha, causada por alga microscópica de coloração avermelhada, extremamente tó-

xica. No Atlântico Sul, centenas, milhares de toneladas de peixes morreram, além de outros animais. Mariscos, ostras, berbigões, etc., foram contaminados e intoxicaram muitas centenas de pessoas. Há mais ou menos dois anos e meio, ocorreu nova mortandade da fauna marinha. em algumas regiões de berçário (baías de Antonina, Paranaguá, São Francisco do Sul, etc.), foram devastadores os efeitos da moléstia, peste ou contaminação. O poder público teria recolhido amostras para estudos... Qual teria sido a causa?... De início se culpou a maré vermelha; mas pouco depois se propagou que a causa era desconhecida. Recentemente, nos dias 11 e 12 últimos, foram vistos peixes mortos na baía da Babitonga (São Francisco do Sul, SC). Seria nova onda de mortandade?... Maré vermelha?... Vamos divagar. Em setembro e até meados de outubro, quase não choveu. A água dos diversos rios que deságuam na baía (Cubatão, Palmital, etc.) correu apenas pelo talvegue (parte mais profunda), exatamente onde o assoreamento pode ter concentrado lixos tóxicos das indústrias da região (siderúrgicas, curtumes, etc.). Esse lixo pode ter sido carreado para a baía, afugentando os peixes num primeiro momento (daí porque parou de haver peixes nos últimos 3 meses) e, na sequência, matando os peixes que não fugiram para mar aberto... Mas, seria isso mesmo?... E, está havendo uma nova mortandade?... Culpa de quem?... Qual a sua opinião, caro leitor?

Os estudantes Leandro Ribeiro Farias, 15 anos, e Esley Marcelo dos Santos Borges, 18 anos, do Colégio Estadual Professor Altair da Silva Leme, de Colombo (Região Metropolitana de Curitiba), desenvolveram entre os meses de março e outubro deste ano um projeto científico para produção de energia limpa por meio da captação do vento. A pesquisa ficou em segundo lugar na categoria ensino fundamental da II Feira de Ciências Junior PUC-PR. O projeto “Construção de um poste de luz movido a energia eólica: um novo modelo de energia alternativa” tem como objetivo reduzir o consumo e a conta de energia elétrica da escola e promover conceitos e hábitos sustentáveis no cotidiano escolar. “Sempre tive vontade

de participar de alguma feira de ciências para ajudar o planeta de alguma maneira. Esse projeto é muito importante porque, além de fomentar uma concepção de sustentabilidade, pode resultar em economia para a escola e sobrar mais dinheiro para investir em outras pesquisas”, disse Leandro. O projeto tem como proposta a instalação de um poste com uma hélice acoplada a baterias para produzir e distribuir a energia elétrica a partir da captação do vento. O movimento das hélices pelas massas de ar resulta na rotação dos motores. A rotação produz energia mecânica que é convertida em energia elétrica por um gerador. A proposta prevê ainda a instalação de lâmpadas de LED para reduzir o consumo de energia.

A pesquisa foi assessorada pela professora de Ciências Joseine Bernardes Inácio da Silva que destacou a importância social do projeto. “Garantir energia limpa sem prejudicar as futuras gerações é um dos principais desafios para o futuro e com ideias como essa podemos trabalhar a educação ambiental e construir uma escola e um planeta mais sustentável”, disse Joseine. O diretor João Thomaz Millek lembrou que o projeto também contribui para que os alunos aprendam na prática os conteúdos que são passados em sala de aula. “É uma maneira diferente para o aluno visualizar, aprender o conteúdo e desenvolver suas próprias competências e habilidades”, lembrou Millek.


A SEMANA

BRASIL 19

17 a 23 de novembro de 2017

Caixa começa a pagar abono do PIS para trabalhador nascido em novembro A Caixa Econômica Federal começa a pagar - a partir dessa sexta-feira (17) - o abono salarial do Programa de Integração Social (PIS) calendário 2017/2018, ano-base 2016, para os trabalhadores nascidos em novembro. Os valores variam de R$ 79 a R$ 937. O abono estará disponível para os inscritos há pelo menos cinco anos no PIS e que tenham trabalhado com carteira assinada por pelo menos 30 dias em 2016, com remuneração mensal média de até

dois salários mínimos. No total, os recursos liberados chegam a mais de R$ 1,2 bilhão para 1.778.726 pessoas. Para obter informações sobre

o valor a receber, o trabalhador pode acessar o site www.caixa.gov.br/PIS ou ligar para o telefone: 0800 726 0207. Quem tem conta na Caixa receberá o be-

nefício automaticamente a partir da última terçafeira (14). O trabalhador com o Cartão do Cidadão e senha cadastrada pode se dirigir a uma casa lotérica, um ponto de atendimento Caixa Aqui ou aos terminais de autoatendimento do banco. Quem não tem o cartão e não tenha recebido automaticamente em conta, o abono pode ser retirado em qualquer agência da Caixa, basta apresentar o documento de identificação.

Governo edita MP que muda pontos da reforma trabalhista

O governo federal editou Medida Provisória 808 na última terça-feira (14) para ajustar pontos da reforma trabalhista, que entrou em vigor neste sábado (11). Os ajustes faziam parte de um acordo firmado pelo presidente Michel Temer com os senadores para que acatassem o texto da reforma aprovado na Câmara dos Deputados. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, criticou o número de medidas provisórias (MPs) editadas pelo governo. Para ele, é inconstitucional fazer os ajustes na legislação trabalhista por meio de medida provisória e defendia um projeto de lei. A medida provisória entra em vigor imediatamente, sem necessidade de aval do Congresso Nacional. Mas precisa ser votada e aprovada pelos deputados e senadores, em 120 dias, ou perderá a validade. Algumas das mudanças previstas na MP se referem ao trabalho autôno-

mo, trabalho intermitente e exercício de atividades por gestantes em locais insalubres. VEJA ALGUNS PONTOS ALTERADOS PELA MP: Gestantes Gestantes serão afastadas do trabalho em locais com qualquer grau de insalubridade, excluído o pagamento de adicional de insalubridade. No caso de locais considerados de grau médio ou mínimo, ele poderá retornar somente se apresentar, voluntariamente, atestado de médico de confiança autorizando-a. Em grau máximo, fica impedida de exercer atividades nesses locais. Jornada de 12 por 36 horas Empregador e funcionários poderão estabele-

cer a jornada de 12 horas de trabalho com 36 horas de descanso apenas por meio de convenção coletiva ou acordo coletivo de trabalho. O acordo individual por escrito fica restrito aos profissionais e empresas do setor de saúde. Trabalho intermitente Estabelece o direito de aviso prévio para a modalidade de contratação. Danos morais Os valores para indenização serão calculados com base no limite dos benefícios da Previdência So-

cial, deixam de ser calculados pelo último salário contratual do ofendido. Ofensas à etnia, idade, nacionalidade, orientação sexual e gênero passam fazer parte da lista de danos que podem originar pedidos de indenizações extrapatrimoniais. Autônomo Proíbe o contrato de exclusividade; o autônomo poderá prestar serviços para diversos contratantes e poderá recusar a realização de atividades demandadas pelo contratante. Motorista, corretor de imóvel, representante comercial e outras categorias poderão ser contratados como autônomos. Representação A comissão de empregados não substitui a função dos sindicatos na defesa dos interesses da categoria.

Corpo de baleia encalhada atrai curiosidade de banhistas em praia do Rio

Os frequentadores da Praia do Arpoador, em Ipanema, na zona sul do Rio, foram surpreendidos esta segunda com uma baleia morta, encalhada, perto da área de arrebentação da praia. Eles acionaram o Corpo de Bombeiros, que deslocou uma equipe do Grupamento Marítimo de Copacabana (Gmar), que está no local fazendo o trabalho de prevenção, isolando a área. O Corpo de Bombeiros informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que já acionou o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) para que

mande pessoal especializado ao local. A assessoria não soube informar qual a espécie de baleia e se ela morreu ao ficar encalhada ou se já estava morta e foi levada para a área de arrebentação pela correnteza. A presença do corpo da baleia encalhada atraiu a curiosidade de banhistas que se concentraram no Posto 8 da orla da Praia de Ipanema. A Guarda Civil do Rio também ajudou no trabalho de isolamento. Os bombeiros aguardaram a chegada do pessoal do Ibama para saber como o animal morto será retirado da água.

PRF encontra 2,8 toneladas de maconha em fundo falso de caminhão no Paraná

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 2,8 toneladas de maconha na BR-163, em Marechal Cândido Rondon, na região oeste do Paraná. A droga estava em um fundo falso de um caminhão destinado ao transporte de frangos. A apreensão de 2,8 toneladas de maconha é a terceira maior feita este ano pela PRF no estado. Segundo a PRF, a maior foi registrada no município de Toledo, no dia 26 de julho, quando 4,3 toneladas de maconha foram apreendidas. A segunda maior ocorreu em Céu Azul, em 11 de agosto (4 toneladas). Além da droga, os agentes da PRF encontra-

ram uma metralhadora, 450 munições de diversos calibres e quatro frascos de anabolizantes. A ação ocorreu na última segunda-feira (13). O motorista, que foi preso em flagrante, disse que vinha de Caarapó, em Mato Grosso do Sul, e que entregaria a maconha, a arma, as munições e os anabolizantes em Sorocaba, no interior de São Paulo. Ele foi conduzido para a Delegacia da Polícia Federal em Guaíra, no Paraná. O motorista deverá responder pelos crimes de tráfico de drogas, tráfico internacional de arma de fogo e importação ilegal de medicamentos, segundo a PRF.


20 MUNDO

17 a 23 de novembro de 2017

COLUNA BÍBLICA

Descobertas ruínas da “fortaleza de Salomão”, mencionada na Bíblia Arqueólogos afirmam que achado corresponde ao local descrito em 1 Reis

Um grupo de arqueólogos cristãos descobriu os portões de uma das fortalezas do rei Salomão, durante escavações no Parque Tamar, sul de Israel. Paul Lagno, que faz parte da equipe, diz que indícios no local confirmam o relato bíblico. “A Bíblia diz que Salomão construiu uma fortaleza no deserto. Os arqueólogos têm certeza de que encontraram todas as características dos portões de uma delas. O local tem todas características de uma cidade fortificada. Eles acreditam que esta foi construída por Salomão”, assegurou Lagno ao site Breaking Israel News. Ele lembra que o texto de 1 Reis 9:18, fala sobre Salomão edificar um local no deserto chamado Tamar. “Além disso, os altares pagãos destruídos pelo rei Josias, conforme descrito em 1 Reis 13:3 também foram encontrados, exatamente fora dos portões”. A doutora Tali Erickson-Gini, arqueóloga da Autoridade de Antiguidades de Israel, que participou da descoberta, acredita que essa escavação descobriu as primeiras fortificações no sítio arqueológico do Parque Tamar, provavelmente erguidas no

período do Primeiro Templo. Ela, juntamente com o Dr. James Tabor e o Dr. Yoram Haimi, lideraram a equipe durante cinco dias. Na verdade, esses portões foram parcialmente descobertos em 1995, pelo Dr. Rudolph Cohen e o Dr. Yigal Israel. Mas eles não tinham fundos para terminar as escavações, por isso encheram o local com areia para ‘proteger’ sua descoberta que pretendiam retomar no futuro. Com esse novo trabalho, a equipe de arqueólogos atingiu a base dos portões, na chamada de “linha de deposição”. “Estamos trabal hando em partes muito antigas do local, que inclui um portão de quatro câmaras”, enfatiza Erickson-Gini. O Parque Bíblico de Tamar é um dos mais antigos sítios arqueológicos no sul de Israel e o único na região capaz de mostrar toda a história arqueológica do período abraamico (2000-1300 a.C.) até hoje. Localizado ao longo da Rota das Especiarias, a área teve uma enorme importância para o comércio mundial. Trata-se de uma notável parte da herança judaica da terra de Israel. A organização cristã Blossoming Rose é responsável pela administração do Parque bíblico de Tamar, fundado pelo Dr. DeWayne

Coxon em 1983. Paul Lagno trabalha com a organização desde 2010, com foco na exposição do Pavilhão do Tabernáculo. Seguindo o que acredita ser o mandamento bíblico de abençoar Israel, a Blossoming Rose investiu milhões de dólares na manutenção do sítio arqueológico desde sua fundação, proporcionando manutenção e segurança. Também ajuda a levar voluntários de todo o mundo para o local, que plantaram milhares de árvores atrás do parque. Foram os arqueólogos ligados ao governo de Israel que o batizaram de Tamar, por causa das várias passagens bíblicas que se referem à antiga cidade que estava ali. A esperança da Blossoming Rose é que ele seja reconhecido oficialmente como um parque nacional. Isso ajudaria na sua manutenção e atrairia um número grande de turistas de todo o mundo. Segundo Lagno, as novas descobertas ajudam a lançar luz sobre o Antigo Testamento, que é a base da religião judaica, bem como o fundamento de crenças cristãs. Fonte: www.noticias. gospelprime.com.br

A SEMANA

Fundador de uma das maiores empresas aéreas do mundo recebe nova condenação por homicídio

O Tribunal do Júri de Taguatinga, no Distrito Federal, condenou na madrugada de quarta-feira (15) o empresário Constantino de Oliveira (Nenê Constantino), de 86 anos, ex-dono da Gol Linhas Aéreas, a 13 anos de prisão. Ele foi considerado culpado pelo assassinato de Tarcísio Gomes Ferreira, um ex-funcionário seu, em 2001. Além de Nenê, que fundou a Gol Linhas Aéreas, foram condenados Vanderlei Batista Silva, de 76 anos (13 anos de prisão), e João Alcides de Miranda, de 69 anos (15 anos de prisão). Os três poderão recorrer em liberdade. Constantino, Batista Silva e Miranda foram conside-

rados culpados por arquitetar o assassinato de Ferreira, que participava de uma ocupação em um terreno da Aviação Pioneira, empresa da qual Constantino era dono, em Taguatinga. O crime ocorreu em um trailer em frente ao local. O executor dos disparos de arma de fogo que mataram Ferreira foi reconhecido como Adelino Lopes Folha Júnior, o “Juninho”, já

falecido. Na ocasião, ele atingiu também outra pessoa, José Amorim dos Reis, que não estava envolvido na disputa pelo terreno, no momento do crime, carregava seu filho de 2 anos no colo. Após mais de 28 horas de trabalho, em que sete testemunhas foram ouvidas, os jurados decidiram condenar os três réus por homicídio qualificado, por motivo torpe. Trata-se da segunda condenação de Nenê Constantino pelo Tribunal do Júri de Taguatinga. Em maio deste ano, ele recebeu a pena de 16 anos de prisão por outro homicídio motivado pela mesma disputa pelo terreno da Viação Pioneira.

Terremoto no Irã matou ao menos 335 pessoas

O terremoto de 7.3 graus de magnitude que atingiu, na noite de domingo (12), a fronteira entre o Irã e o Iraque matou ao menos 335 pessoas e deixou 3.950 feridas, segundo a agência iraniana de notícias Irna. Uma organização de ajuda humanitária iraniana diz que 70 mil pessoas precisam de abrigo. O epicentro do tremor foi localizado 32 km a sudoeste da cidade iraquiana de Halabja

(cerca de 300 km a noroeste de Bagdá), segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos. Os tremores foram sentidos na Turquia, em Israel e no Kuwait. O repórter da BBC Rami Ruhayem, que estava em Irbil, no Iraque, diz que os tremores duraram mais de um minuto. “Por alguns segundos não dava para identificar o que era, não tinha certeza se era um tre-

mor pequeno ou apenas minha imaginação”, disse. “Mas logo não havia mais dúvida, já que o prédio começou a balançar de um lado para o outro.” A ocorrência de terremotos no Irã é grande porque o território do país está sobre o encontro de duas placas tectônicas. Em 2003, um terremoto na cidade de Bam deixou mais de 30 mil mortos.

Cientistas do Brasil e da França fazem parceria em estudo de combate ao câncer

Cientistas brasileiros e franceses se uniram na pesquisa de tratamentos para alguns tipos de cânceres raros, a começar pelos sarcomas. A parceria foi firmada na semana passada, entre o Hospital A. C. Camargo Câncer Center, que oferece diagnóstico, tratamento, ensino e pesquisa no Brasil, e um dos mais respeitados centros europeus de pesquisa do câncer, o Institut Curie, fundação privada e sem fins lucrativos da França. A superintendente de pesquisa do A. C. Camargo, Vilma Martins, explica que sarcomas são tumores com 70 subtipos que afetam as

estruturas moles, que correspondem à metade do peso do corpo humano, como músculos, gordura, tendões e nervos periféricos. O paciente com sarcoma apresenta um pequeno nódulo indolor, chamado de lobinho, no local afetado. O nódulo cresce rápido e pode atingir grandes dimensões. “Sarcomas são relativamente raros e também são agressivos. Há poucas possibilidades terapêuticas”, esclarece a especialista. O tratamento envolve cirurgia para a retirada do tumor, radioterapia antes ou após a cirurgia e quimioterapia, usada

para diminuir a incidência de metástases. Em sarcomas de alto grau, são combinadas as três modalidades. No estudo, pacientes em tratamento nos centros de pesquisa servirão de amostra. Médicos, residentes e cientistas farão intercâmbio entre os dois países para a troca de informações. “Isso vai agregar pessoas também de outras áreas. Será promissor”, afirma a superintendente. Segundo ela, a parceria não tem prazo de término e existe a expectativa de que o combate a outros tipos de cânceres raros também sejam estudados.


A SEMANA

MOBILIDADE 21

17 a 23 de novembro de 2017

Gentileza: uma obrigação de todos tem seu dia de comemoração. Vamos refletir e praticar sempre? Pequenas atitudes que deveriam ser hábitos diários podem mudar uma situação para melhor Adamo Bazani Os principais dicionários classificam como gentileza a postura de amabilidade e respeito ao próximo, ou seja, atos que devem ser praticados por quem é gente. Entretanto, em muitas ocasiões, parece que estes atos estão cada vez mais raros, principalmente onde há aglomeração de pessoas, como em estádios, shows, transporte público e, acreditem, até mesmo em celebrações religiosas, por incrível que possa parecer. Mas você sabia que a gentileza, algo que deve ser um hábito diário, tem uma data especial para ser comemorada e debatida? É dia 13 de novembro – Dia Mundial da Gentileza. A data surgiu no Japão, em 1996, quando em Tóquio, grupos se reuniram para propagar as ideias de como melhorar os relacionamentos das pessoas, em especial em ambientes coletivos.

No transporte público, as queixas de falta de gentileza de todas as partes são recorrentes, seja por parte dos motoristas, cobradores, fiscais e sim, dos passageiros também. Situações que elevam o estresse, como metrô, trem e ônibus lotados, calor, frio, chuva, demora, atrasos, congestionamentos …. nada disso pode ser pretexto para falta de educação. O primeiro passo para agir com gentileza e gerar gentileza é ver a outra pessoa como gente: um ser humano que tem dores, cansaços, aflições, pressas, sonhos….tudo igualzinho a você. E pequenas atitudes podem mudar uma situação e melhorar seu deslocamento e das outras pessoas. Parece óbvio o que vai ser dito, mas, se é tão óbvio assim, por que nem todos praticam? Então, vale a pena relembrar: – Respeite os lugares de idosos, pessoas com de-

ficiência, gestantes, entre outros passageiros que têm este direito. – Se você, idoso, gestante e pessoa com deficiência, foi ajudado por algum passageiro, que cedeu o lugar, agradeça com sorriso e satisfação. Sim, é seu direito, mas o que custa ser gentil, retribuir e incentivar um gesto louvável? – Não use mochila nas costas ou qualquer outro volume que atrapalhe a circulação dentro do ônibus ou vagão (carro metroferroviário). – Sempre procure deixar as saídas do ônibus ou

vagão (carro metroferroviário) livres. Se não vai descer em um determinado ponto ou estação, não fique nas portas, se possível. – O ônibus demorou? O motorista parou longe do ponto? Não discuta. Exerça seu papel de cliente dos transportes: anote o número do ônibus, horário e linha e entre em contato com a empresa ou para a gerenciadora pública de transportes. Ah sim, e na hora de reclamar, seja por telefone, internet ou qualquer outro meio, seja educado também. E, preferencialmente, objetivo. Fale

do que ocorreu e pronto! – Diferenças físicas, raciais, sociais e de opção religiosa, sexual, entre outras, devem ser respeitadas. – Mantenha os ônibus, vagões, estações, terminais e pontos limpos. Ninguém é obrigado a suportar a sujeira dos outros. Procure levar um saquinho plástico no bolso, como as sacolinhas de supermercados, para jogar restos de alimentos, papéis de bala, chicletes e outras embalagens. – O transporte público é um ambiente coletivo, mas nem por isso, a individualidade deve ser deixada de lado. Assim, não toque nas outras pessoas sem necessidade, não ouça músicas ou programas de rádio sem o fone de ouvido e não fique encarando ninguém. – O motorista deve sempre responder caso o passageiro deseje “bom dia”, “boa tarde” e “boa noite”, respeitar o ritmo mais lento de idosos e de

pessoas com mobilidade reduzida, dar informações sempre que possível e dirigir com respeito e responsabilidade. O profissional de transporte deve entender que neste país de desemprego, ele só está empregado por causa desse passageiro, que é o seu cliente e seu patrão. O motorista de ônibus deve entender que não é um operador de veículo grande, mas é um atendente da população. Se serve para dirigir, mas não serve para atender, melhor mudar de profissão. As principais empresas de ônibus fazem treinamentos para seus profissionais atenderem melhor às pessoas, mas têm certas posturas de educação que nem precisa de treinamento para saber que são certas ou erradas. E para todos: educação e gentileza devem ser hábitos, cabem em qualquer lugar e, acima de tudo, é obrigação para quem vive em sociedade.


22 SEGURANÇA

17 a 23 de novembro de 2017

Número de mortes aumenta 24,7% em dez anos no Brasil O número de mortes registradas no Brasil entre 2006 e 2016 aumentou em 24,7%. Em 2006, foram contabilizadas 1.019.393 mortes e, no ano passado, 1.270.898. Houve redução expressiva da mortalidade até os 14 anos e aumento nas idades mais avançadas, em especial acima dos 50 anos, reflexo do envelhecimento populacional. Os dados constam da pesquisa Estatísticas do Registro Civil 2016 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada na última terça-feira (14). Em 1976, os óbitos de menores de 1 ano e de menores de 5 anos representavam 27,8% e 34,7% do total, respectivamente. Após 40 anos, os avanços nas condições de sa-

neamento básico, na distribuição de medicamentos e no aperfeiçoamento de vacinas e de outros meios de medicina preventiva permitiram que os óbitos dos menores de 1 ano ficassem em 2,4% e o de menores de 5 anos, em 2,9%. Há quatro décadas, as mortes de pessoas com mais de 65 anos correspondiam a 29,1% do total. A partir de 2006, mais da metade das mortes é proveniente da população com mais de 65 anos. No ano passado, esse percentual alcançou 58,5%. MORTALIDADE MASCULINA Em 2016, um homem de 20 anos tinha 11 vezes mais chance de não completar os 25 anos do

que uma mulher se a causa da morte fosse externa (homicídio, suicídio, acidentes de trânsito, afogamentos e quedas acidentais). O índice cresceu 141,3% nesse período de 40 anos – em 1976, este índice era de 4,6 vezes. Para os homens, o volume de óbitos aumenta significativamente para quem tem idade de 15 a 39 anos, em função das causas violentas que afetam com maior intensidade este contingente populacional. Se forem considerados somente os óbitos por causas naturais no grupo de 20 a 24 anos, um homem de 20 anos teria 2,2 vezes mais chance de não completar os 25 anos do que uma mulher na mesma idade.

A SEMANA

Polícia prende suspeito de roubo e receptação de mercadorias Um homem, de 40 anos, foi preso pela equipe policial da Delegacia de Furtos e Roubos de Cargas (DFRC), de Curitiba, suspeito de roubar cargas refrigeradas e fracionadas, além de receptar mercadorias de empresas terceirizadas dos correios. A prisão aconteceu na quinta-feira dia (09/11), o homem foi encontrado em sua residência, que fica no bairro Atuba, em Colombo. O suspeito estava sendo investigado há cerca de dois meses e foi preso em razão de um mandado de prisão expedido pelo roubo

de diversas mercadorias, que faziam parte de uma remessa de cargas fracionadas. De acordo com a polícia, o homem tinha passagens pela prática de receptação de mercadorias, roubo, furto e extorsão. Na casa dele, foram apreendidos produtos eletrônicos, cosméticos e chapas que são utilizadas para a realização de exames de radiografia. O delegado titular da DFRC, Ademair Junior afirmou que, o homem é suspeito de cometer três crimes de roubos de cargas, nos últimos oito meses. “Através das investigações foi possível

levantar que suspeito causou cerca de R$ 800 mil em prejuízo, sendo R$ 300 mil pelo roubo de cargas fracionadas e R$ 500 mil em cargas refrigeradas que são carnes, frango e queijos”, conclui o delegado. Após a prisão, o homem foi autuado pela prática de roubo e encaminhado para o setor de carceragem provisória da delegacia de furtos e roubos de cargas (DFRC), onde permanece à disposição da Justiça. Todos os produtos encontrados foram apreendidos e encaminhados à delegacia.

Operação policial apreende 25 máquinas caça-níqueis na Capital

Vinte e cinco máquinas caça-níqueis foram apreendidas no último dia 10 de novembro (sexta-feira), durante uma operação policial com o objetivo coibir jogos de azar. A ação foi desencadeada pela Polícia Civil, através 2º Distrito Policial (DP) da capital, na rua Almirante Gonçalves, no bairro Água Verde, em Curitiba. O local utilizado para a prática dos jogos clandestinos foi fechado. Três casas suspeitas, si-

tuadas na mesma rua, foram alvos da operação. Em um dos locais a equipe apreendeu 25 máquinas caça-níqueis. As investigações duraram cerca de 20 dias, depois que a polícia recebeu informações anônimas. Durante as buscas, o responsável pelo local fugiu pelos fundos do estabelecimento. Ele já foi identificado e deve assinar um Termo Circunstanciado (TC). Segundo investigações, os jogos clandestinos eram

agendados via rede social. O delegado-titular do 2º DP, Joaquim Antônio Figueira, destaca que todas as denúncias que chegam até a delegacia são minuciosamente apuradas. “Quem tiver mais informações sobre o caso deve entrar em contato com a unidade policial pelo telefone (41) 32133201”, o sigilo é absoluto, concluí. As máquinas caça-níqueis foram apreendidas e estão à disposição da Justiça.


A SEMANA

17 a 23 de novembro de 2017

GERAL 23


24 ESPORTE

17 a 23 de novembro de 2017

Paraná faz mais uma final pelo acesso contra o CRB O Paraná faz mais um jogo decisivo pelo tão sonhado retorno à Série A. O time encara no próximo sábado, o CRB, em Maceió e uma vitória aproxima e muito a equipe paranista de encerrar o calvário na Série B. Martírio, aliás que poderia ter sido diminuído drasticamente na noite da última terça-feira (14/11) diante do já rebaixado Santa Cruz, no estádio Arruda, no Recife. Contudo o empate sem gols com um desempenho fraco aumentou o sofrimento e as dúvidas de acesso da equipe. O Tricolor que pouco ameaçou o goleiro Júlio César e sofreu alguns sustos – que só não se transformaram em pesadelo real por causa de boas defesas de Richard – se manteve dentro do G-4 com 60 pontos e ainda depende das próprias forças para subir, porém viu os seguidores mais próximos se aproximarem perigosamente. Londrina e Oeste com 58 pontos continuam vivos na corrida por um lugar no G-4. “Hoje (terça, 14) não reproduzimos nosso melhor futebol, mas depende somente da gente. Temos que conscientizar que tem que jogar melhor com o

CRB”, disse o zagueiro e capitão do time, Eduardo Brock, reconhecendo a má jornada paranista. “Deixamos muito a desejar, mas depende da gente ainda e vamos melhorar para o próximo jogo”, emendou o goleiro Richard. O clima pré-jogo estava propício para a noite ser bem diferente para o time paranaense. Com três meses de salários atrasados, os jogadores do Santinha ameaçaram não entrar em campo horas antes, mas um acordo às pressas, removeu o elenco da ideia de entregar os pontos para o adversário. E não entregaram mesmo. O Paraná se mostrou ansioso durante a partida e as chances de gol, especialmente no primeiro tempo com finalizações de Róbson foram isoladas. As jogadas aéreas foram bem bloqueadas pela zaga coral. Mesmo com um homem a mais durante quase 30 minutos no segundo tempo, o Paraná não foi eficiente suficiente para matar o jogo. Para o técnico Matheus Costa, o time sentiu a pressão pela (obrigatória) conquista do resultado positivo. “Faltou equilíbrio mental”, sintetizou o treinador.

A SEMANA

Derrota para Ponte afastou Atlético-PR do sonho da Libertadores e aproximou do clima de “fim de feira” Daqui pra frente, o que vier é lucro. Sem correr grandes riscos de descenso e distante do G-7, o Atlético-PR vai entrar em campo nos três jogos que restam para terminar o Brasileiro sem a responsabilidade e pressão de conquistar uma meta concreta. A derrota de 2 a 1 para a Ponte Preta, ameaçada pelo rebaixamento, na última quartafeira (15/11), em Campinas jogou um balde de água fria nas pretensões do time colar nos adversários de cima da tabela que se qualificam para o principal torneio sulamericano na próxima temporada. Com 45 pontos, o Atlético ocupa a modesta 12ª posição, cinco atrás do Flamengo, em sétimo. Contudo, para que essa reta final não tenha ares de “fim de feira” em que a equipe tenha apenas o compromisso de cumprir tabela, o time atleticano

Atlético busca três vitórias nessa reta final “para ver o que dá”

torce para que o G-7 vire G-9. Isso pode ocorrer, caso Flamengo e Grêmio sejam campeões da Sulamericana e da Libertadores, respectivamente. Nesse caso, as chances de o Furacão disputar a Libertadores em 2017 aumenta consideravelmente. Se considerar a atual classificação, da 35ª rodada, o rubro-negro estaria apenas dois pontos distante do nono colocado, hoje o Atlético-MG, com 47 pontos. Após o jogo com a Ponte Preta, o técnico Fabiano Soares que lamentou novamente a falta de calma dos jogadores na

hora de concluir as jogadas, projetou que nos jogos que faltam, contra Vasco da Gama, Avaí e Palmeiras, a equipe precisa somar o maior número de pontos possíveis para ver o que pode ser alcançado. “Sei que temos que ganhar os três jogos e vamos tentar isso, acabar a temporada da melhor maneira possível”, destacou. O zagueiro Thiago Heleno aposta nos jogos em casa para o AtléticoPR conquistar bons resultados que mantenham a esperança de o time ficar entre os sete (ou nove) melhores da Série A ao

fim da temporada. “Enquanto tiver chance, vamos lutar. Sabemos que é difícil, mas a gente tem dois jogos em casa e podemos alcançar nosso objetivo”, afirmou o zagueiro. A delegação rubronegra retornou a Curitiba na manhã da última quinta-feira (16) e já iniciou a preparação para enfrentar o Vasco da Gama. O duelo acontece no domingo (19), às 19h, na Arena da Baixada. Depois o time viaja a Florianópolis para encarar o Avaí e fecha a competição com o Palmeiras, em Curitiba.

Edição 509  

De 17 a 23 de novembro de 2017

Edição 509  

De 17 a 23 de novembro de 2017

Advertisement