Page 6

06

PARANÁ

De 01 a 08 de abril de 2010

QUATRO BARRAS

SÃO JOSÉ DOS PINHAIS

Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente aprova orçamento

Meio Ambiente implanta ações educativas em SJP Fotos: PMSJP

Relatório de contas será apresentado a cada dois meses, atendendo o princípio da transparência

Atendendo à Instrução Normativa nº 36/2009, do Tribunal de Contas, a prefeitura de Quatro Barras apresentou o Relatório de Gestão dos Direitos da Criança e do Adolescente, referente aos meses de janeiro e fevereiro deste ano, ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. No documento, constam os investimentos e recursos aplicados especificamente em ações destinadas às crianças e adolescentes do município, nas áreas de Ação Social, Educação e Cultura, Esporte e Lazer.

Aprovação Após apreciação, o relatório foi aprovado em unanimidade pelos membros do conselho, durante encontro realizado na secretaria de Ação Social. A divulgação da aplicação dos recursos também cumpre o princípio da transparência, tornando claro como cada investi-

mento foi aplicado. De acordo com o prefeito Loreno Tolardo, o relatório também estará disponível no site da prefeitura, e poderá ser acessado no link Transparência Pública. “Queremos que a gestão seja participativa e também transparente. E nesse contexto, o conselho cumpre um papel de extrema importância: acompanhar não só a aplicação dos recursos, como ver na prática como esses programas são desenvolvidos, auxiliando com novas idéias e com participação ativa”, disse.

Prestação de contas foi aprovada por unanimidade, na segunda-feira (29)

Agência do Correio atende solicitação e amplia número de funcionários A partir desta semana, a Agência do Correio de Quatro Barras passa a contar com o quadro completo de funcionários. Atendendo ao pedido do prefeito Loreno Tolardo, e de reivindicações da câmara municipal, a agência

contratou mais três funcionários que vão reforçar o atendimento. A gerente da agência, Leocádia dos Santos, explica que diante do compromisso assumido com a prefeitura e com a câmara, o Correio buscou so-

luções para melhorar os serviços prestados. “Estamos buscando atender o maior número de ruas, e consequentemente, de pessoas. É um compromisso que assumimos e estamos cumprindo”, disse.

MANDIRITUBA

Agência do Trabalhador e Banco Social começam a se tornar realidade

Na tarde da [ultima terçafeira, o prefeito de Mandirituba Antonio Maciel Machado recebeu na prefeitura o Secretário Estadual do Trabalho, Emprego e Promoção Social Nelson Garcia para a inauguração do Banco Social e agência do trabalhador. A agência e o banco irão funcionar no mesmo espaço, na antiga sala do Cadastro Único (Bolsa Família) dentro do prédio da prefeitura. Com recursos do governo estadual, o espaço foi todo equipado para um melhor atendimento a população além de um automóvel para trabalhos externos. O responsável pela agência e pelo banco em Mandirituba será o secretário de gabinete Antônio Marcos Chupel, o

Didio, que em abril fará treinamento necessário para uma excelente execução dos programas. Estiveram presentes na inauguração, a primeira dama Joana Rita Claudino, a vice-prefeita Sandra Mara Zimmerman, vereadores, secretários e funcionários da prefeitura. A intenção é que ainda este semestre

os trabalhos tenham início. A Agência do trabalhador irá desenvolver em Mandirituba diversas funções, dentre elas a intermediação de mão-deobra e orientação profissional, habilitação do seguro-desemprego aos beneficiários e incentivos a qualificação social e profissional com certificação. Com isso muitos serviços que eram

requeridos em cidades como Fazenda Rio Grande e Curitiba poderão ser resolvidos aqui mesmo no município. A prefeitura esta estudando o melhor local para implantar a agência que receberá todo material e equipamentos necessários para seu funcionamento. Outra grande conquista é Banco Social que funciona como um programa de microcrédito que visa fomentar atividades autônomas e empreendedoras no município. Com oferta de financiamentos de até 10 mil reais a juros abaixo dos praticados no mercado, os pequenos e médios produtores, comerciantes e artesões, dentre outros, terão a oportunidade de dar uma alavancada em seus negócios.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente de São José dos Pinhais vem desenvolvendo diversas ações de cunho educativo voltadas à população. A preocupação é com relação às questões de preservação e conservação ambiental. Com isso, uma das principais ações realizadas pela Secretaria é o Mutirão do Lixo, um projeto que consiste no auxílio dos próprios cidadãos são-joseenses na limpeza das ruas onde moram. Edilaine Vieira da Silva, secretária municipal de Meio Ambiente, destaca a importância da participação da população na fiscalização para a redução do descarte de lixo. “Todas as semanas é recolhida uma quantidade considerável de lixo em diversos bairros de São José dos Pinhais”, destaca Edilaine. Até hoje foram realizados sete mutirões que envolvem mais de 15 toneladas de lixo, englobando os bairros: Cidade Jardim, Jardim Alegria, Rio Pequeno, Vila Iná, Antonio Moro e Vila Jurema. Os mutirões têm como objetivo amenizar a situação alarmante do lixo e conscientizar as pessoas do caos que o mundo está se transformando devido ao despejo desenfreado de lixo. A Transresíduos, empresa responsável pela coleta de lixo de São José dos Pinhais, calcula aproximadamente 70 toneladas de entulhos coletados nos sete mutirões e cerca de 25 toneladas de rejeitos (aqueles que não servem para reaproveitamento e causam grandes impactos ambientais e de saúde). Jardim Alegria O mutirão do Jardim Alegria, por exemplo, que teve como objetivos a limpeza do canal Água Limpa e de também mostrar à população que a Prefeitura de São José dos Pinhais precisa do apoio das pessoas quanto à fiscalização, mobilizou diversas lideranças do bairro para a ajuda na limpeza das ruas do local. “A população só irá reconhecer a importância do trabalho monitorado pela Secretaria de Meio Ambiente, a partir do momento, que passar a participar dos mutirões e vivenciar a situação caótica de despejo irregular de lixo”, diz Edilaine. Essa ação contou com a parceria da Secretaria Municipal de Viação e Obras e da Sanepar.

Edição 125  
Edição 125  

De 01 a 08 de abril de 2010