Page 1

W W W. A S E M A N A - A L . C O M . B R

RESOLUÇÃO DO TSE PODE MUDAR CENÁRIO DA DISPUTA EM ALAGOAS Maceió, segunda-feira, 05 a 11 de Março de 2012 l Ano II l Nº 95 l R$ 1,00

No Brasil, mais de 21 mil candidatos podem ser cortados; em Alagoas, preocupação movimenta bastidores políticos

PÁGINA 6 E 7

>>> POLÍTICA

Rosinha da Adefal assume coordenação do Fórum Alagoas Inclusiva

HOMENAGEM

PÁGINA 5

Eduardo Tavares tem gestão elogiada pelo Conselho Nacional dos Procuradores Gerais

PÁGINA 5

Nos pênaltis, Galo da Pajuçara conquista o título de campeão do primeiro

>>> CAMPEONATO ALAGOANO 2012

PÁGINA 14

>>> Deputada federal destaca importância de entidade

>>> MUNICÍPIOS

União dos Palmares: inauguração de obras depois das enchentes de 2010

PÁGINA 13

>>> SAÚDE

Mais de 90 cidades alagoanas presentes na Semana de Ação contra a obesidade

PÁGINA 8


2

T

Resistir por quê? - A educação nos espaços virtuais

HÉLDER ALVES DE SOUZA

*Especialista em Formação Docente para atuação em EAD

oda mudança gera resistências, e são vários os motivos que justificam. No ambiente de trabalho as mudanças são constantes e temos que aprender a conviver com elas, pois estas correm junto às estratégias políticas, sociais, econômicas e tecnológicas, que por sua vez alteram o comportamento, o modo de pensar, a cultura, os objetivos e sobretudo o humor de cada indivíduo. Quando paramos para avaliar os motivos da resistência às mudanças é fácil perceber que o fator principal é a falta de diálogo, o respeito pela opinião do grupo, introduzindo-as sem esclarecer os reais motivos e necessidades da mudança, o que e a quem elas afetarão, impondo de certa forma a aceita-las “porque a ordem veio de cima”. Não é que sejamos acomodados, viciados na rotina. Ninguém gosta da rotina, até mesmo aqueles que dizem gostar querem a continuidade, contanto que essa continuidade seja esperada, dando tempo de nos adaptar, modelar nossos objetivos, costumes e competências. E agora estamos aqui, em pleno século 21 rediscutindo a maturação educacional. E a bola da vez é a internet. Isso mesmo, não generalizo como sendo a tecnologia, os recursos tecnológicos nem mídias digitais, mas simplesmente a internet. A tecnologia já foi discutida, avaliada e adotada há muito tempo atrás com o uso do giz, do quadro negro, da editoração, retroprojetor e outros recursos. O X da questão agora está sendo o uso da web na educação. Em pesquisa recente, no Centro Educacional de Pesquisas Aplicadas – CEPA, onde o Governo do Estado concentra 11 escolas e vale dizer que trata-se de 11 unidades educacionais, encontrei 10 “laboratórios) com média de 15 computadores em cada um deles, inoperantes. Computadores que foram cedidos pelo Ministério da Educação para serem usados como recurso pedagógico para a inclusão digital. Justificativas de burocracias na instalação, contratação de empresa, reestruturação no ambiente ... são esses os motivos que justificam o mau uso do recurso público, o que considero uma depredação do patrimônio público e um descaso com o desenvolvimento social. Mas quando imagino a contratação da empresa, a reestruturação do ambiente e a instalação dos computadores ou seja, um laboratório de tecnologia da informação e comunicação no estado pleno para “educar”, qual será a desculpa? Naturalmente devemos esperar ouvir que o Professor não está preparado, ganha pouco para se qualificar, que vai sobrecarregá-lo demais com tantas atividades e até que isso não está dentro de suas competências, que deve ser um professor especializado a tomar conta dos laboratórios. Uma resistência por falta de esclarecimentos que o favorecem, por falta de interesse a buscar soluções e até por falta de cuidado com aqueles que o tem como “educador”. É hora de ouvir os alunos, perguntar o que eles querem, o que eles esperam da escola. Os livros e quadros estão sendo aos poucos confinados em um ambiente fechado e presos ao passado. Claro que a intenção não é abandonar os livros mas se o professor nega-se a conviver nesses espaços virtuais, aonde seus alunos se movimentam no dia-a-dia dificilmente vai conseguir desses alunos uma resposta aos livros. Devemos integrar o computador como sendo mais um recurso para o aprendizado, estabelecer regras no uso, orientar em todos os aspectos, passar a considerar esses ambientes concentrados na WEB como o novo mundo aonde nossos jovens interagem. Não justifica dizer que o salário não compensa. Está mais do que claro que o salário do professor não condiz com suas responsabilidades, com o seu valor enquanto sujeito formador de opiniões. Tendo a internet como recurso no ensino/aprendizagem todas as atividades docentes podem ser facilitadas, o aluno com apoio a criatividade, a formação crítica e a sociedade beneficiada. Nos próximos artigos teremos dicas de como utilizar os novos recursos na educação.

05 a 11 de Março de 2012

ELEIÇÕES POLÊMICAS

M

ais uma vez assistiremos eleições polêmicas em função das discussões judiciais. A resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) - que não "aceitará" candidatos que tiveram suas contas rejeitadas nas eleições passadas associadas aos critérios da Lei Ficha Limpa já faz com que alguns partidos se mobilizem em busca de alternativas. Medalhões da política alagoana também podem ficar de fora do processo eleitoral. Porém, quanto à resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ainda há dúvidas assim como há em relação aos fichassujas - com o bem ressalta o advogado especialista Marcelo Brabo, ao lembrar que a resolução aprovada pela Justiça Eleitoral no dia 2 de março ainda pode ser reformulada. O fato é que se permanecer assim como se encontra serão 21 mil candidatos que não poderão participar do pleito. Nos bastidores políticos, já se comenta que algum (ou alguns) partido (ou partidos) deve ingressar com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN) questionando a resolução, mas não deve mudar muita coisa quando chegar no Supremo Tribunal Federal (STF), apostam os especialistas. Sobre o tema, o A Semana traz uma reportagem que traz uma visão do advogado Marcelo Brabo em relação a resolução do TSE e trechos do artigo do procurador da República, Rodrigo Tenório, em relação à Lei Ficha Limpa. A discussão está apenas iniciando. Esta semana, por exemplo, os nomes dos que tiveram suas contas rejeitadas já devem ser revelados, o que causará mais

polêmicas e discussões e colocará os "especialistas" em montar xadrez eleitoral para pensarem nos próximos passos.

ESPERAREMOS! No mais, esta edição do A Semana marca o retorno em definitivo do jornal no ano de 2012. Como ressaltado nos editoriais passados, ainda haverá pequenos ajustes como o retorno da Coluna Semana Livre já na próxima semana, além de novas colaborações. A proposta - entretanto - ainda é a mesma: um jornal de cunho analítico no que diz respeito a cobertura dos fatos políticos, um caderno na área de Cidades, investindo em temáticas comportamentais, de interesse social e na área de Saúde; um setor de Cultura que traga uma matéria semanal com exposições, peças de teatro e produções locais de alta qualidade que enobreçam o nome do nosso Estado, além do tradicional menu cultural com dicas para a semana que se inicia logo após o jornal ir às bancas. O objetivo é a reafirmar uma parceria com o leitor que se iniciou no ano de 2010, quando em pouquíssimo tempo – graças ao empenho de nossa equipe e ao reconhecimento do leitor – o A Semana conquistou um espaço no mercado alagoano. Evidentemente que ainda temos muito a melhorar. A informação é um processo em eterna construção. O jornalismo é mutável e é sempre preciso estar atentos a tendências, sobretudo as novas tecnologias que pautam a comunicação social. Rua Dr. Antônio Pedro de Mendonça, 73 Jaraguá - Maceió / Alagoas - CEP: 57030-070 Redação e Comercial: (82) 3317-0213

LUIS FERNANDO C. ROCHA DIRETOR EXECUTIVO

e-mail: asemana-al@hotmail.com

LUIS VILAR

EDITOR-GERAL

LUCIANO ANDRESON DIAGRAMADOR

Os artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, não refletindo necessariamente a opinião deste semanário.


3

05 a 11 de Março de 2012

>>> SOCIAL

>>>Deputada destaca papel do Fórum na sociedade para ocupação de espaços importantes

ROSINHA É A NOVA COORDENADORA DO FÓRUM ALAGOAS INCLUSIVA

DA REDAÇÃO

Deputada destaca importância de entidade que foi criada em 2008 com foco social

A deputada federal Rosinha da Adefal (PTdoB) foi empossada como a nova coordenadora geral do Fórum Alagoas Inclusiva (biênio 2012-2014), na sexta-feira, dia 02 de março. Além da parlamentar também foram empossados os demais integrantes da coordenação geral e os coordenadores das comissões temáticas do Fórum. Na coordenação do Fórum, Rosinha trará a experiência dos trabalhos que tem desenvolvido como presidenta da Frente Parlamentar do Congresso Nacional em Defesa dos Direitos das Pes-

soas com Deficiência. “Tenho certeza que com nosso empenho esse fórum elevará nossas discussões para combater as desigualdades nas oportunidades de trabalho não só da pessoa com deficiência, mas de todo público mais vulnerável", destacou ainda parlamentar. A solenidade ocorrida na Casa da Indústria contou com a presença do Presidente do Conselho Nacional de Direitos das Pessoas com Deficiência (Conade), também Presidente da Organização Nacional dos Cegos do Brasil (ONCB) e da Associação de Cegos do Rio Grande do Sul, o Sr. Moisés Bauer que falou sobre a

importância e a força que o Fórum tem nas discussões de questões importantes na sociedade. A solenidade foi prestigiada por diversas autoridades e representantes de entidades, entre elas o deputado estadual Judson Cabral, o vereador Théo Fortes, a presidente do TRT 19ª Região, Vanda Lustosa, representantes das secretarias de Transporte e Trânsito, Sáude, Esporte e Lazer, da Mulher, Assistência Social e Educação, integrantes e presidentes de diversas entidades de pessoas com deficiência de municípios como Arapiraca, Cajueiro, Mari-

bondo, São Sebastião, União dos Palmares, São Miguel dos Campos, Piaçabuçu entre outras. Logo após a solenidade de posse, o presidente do Conade se reuniu com as entidades e fez um apanhado das atividades que o conselho nacional tem desenvolvido ao tempo em que fortaleceu o movimento para reestruturar o conselho municipal e estadual das pessoas com deficiência.

SOBRE O FÓRUM O Fórum Alagoas Inclusiva foi criado em dezembro de 2008, quando foi alçando a condição

de fórum o saudoso Núcleo de Combate às Desigualdades nas Oportunidades de Trabalho. O grupo, de formação espontânea, é integrado por representantes da sociedade civil organizada, sistema S, empresariado e órgãos públicos. Tem o objetivo principal de combater a discriminação nas oportunidades de trabalho, por motivos de raça, cor, sexo, idade, gênero, deficiência, condição social, ou qualquer outra condição que coloque o indivíduo em desvantagem social, por se acreditar ser o trabalho a porta de acesso aos demais direitos fundamentais.


4

05 a 11 de Março de 2012

ESCLARECIMENTOS SOBRE O AUMENTO DA TARIFA Muito se tem dito sem fundamentação técnica sobre o recente aumento de tarifa em Maceió. Sendo assim, cumpre-nos informar:

1. Nos últimos 19 (dezenove) meses a remuneração dos rodoviários, incluindo salários e benefícios, foi reajustada em 28%. Considerando que os custos de mão-de-obra representam aproximadamente metade do custo da tarifa, apenas este fato, se não tivesse havido aumento em nenhum outro item da planilha, já justificaria um reajuste da tarifa na ordem de, aproximadamente, 14%, número próximo ao da média da inflação do período. Entretanto, a tarifa de Maceió não sofreu nenhum reajuste no mesmo período. 2. Não bastasse isso, registraram-se, em igual período, aumentos expressivos nos preços das peças, combustível e dos pneus, além dos custos administrativos. 3. Outros fatores também contribuem para o aumento dos custos experimentados pelo setor, entre os quais: investimentos na renovação da frota; estrangulamento do trânsito da cidade, por falta de corredores exclusivos, o que implica em baixa utilização dos equipamentos e mão de obra empregados na operação; além da queda de passageiros pagantes que é resultante de diversos fatores: proliferação de transportes particulares, transportes piratas e aumento das gratuidades concedidas por leis e portarias. 4. A Tarifa técnica efetiva para o sistema seria na ordem de R$ 2,49, conforme aprovada pelo Conselho Municipal de Transportes Urbanos, para garantir o equilíbrio econômico financeiro do sistema. 5. A Tarifa atual de R$ 2,30 foi sugerida pelos técnicos da SMTT, e a sua discrepância para a tarifa técnica decorre de não levar em conta benefícios de Ajuda do Convênio Saúde e o reajuste no Vale Alimentação, negociados pelos rodoviários com mediação do Ministério Público do Trabalho, além da queda no número de passageiros pagantes. Vale ressaltar que a tarifa de R$ 2,30 corresponde a correção efetiva da tarifa anterior pelo INPC/IBGE. Estes são os fatos técnicos, compreensíveis para quem tem responsabilidades gerenciais dos seus negócios e para aqueles que não pretendem politizar uma questão que é basicamente técnica.


>>> RECONHECIMENTO

5

05 a 11 de Março de 2012

TAVARES RECEBE HOMENAGEM POR ATUAÇÃO NO MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL Presidente de Conselho dos Procuradores destaca "excelente trabalho" do alagoano

O procurador-geral de Justiça de Alagoas, Eduardo Tavares, foi homenageado na sexta-feira, dia 2, durante reunião ordinária do Conselho Nacional dos Procuradores Gerais (CNPG). Ele recebeu a comenda Colar do Mérito, a maior honraria do colegiado, pelo reconhecimento por sua atuação no Ministério Público Estadual. O ex-presidente da CNPG e procurador-geral de Justiça de São Paulo, Fernando Grella Vieira, também foi agraciado com a medalha. Membros do MP de todo o Brasil estiveram presentes na solenidade, realizada no Maceió Atlantic. Durante o evento, o presidente do CNPG, Cláudio Lopes destacou o trabalho que Tavares vem desenvolvendo no Estado. “Por unanimidade e aclamação, pelo excelente e excepcional trabalho que está sendo desenvolvido em Alagoas, que é reconhecido não só por nós, mas por toda sociedade de Alagoas,

ele é merecedor do Colar do Mérito”, elogiou o procuradorgeral do Rio de Janeiro. “Esse Colar é uma potencial honraria a todo nós. Isso é uma razão de muita alegria para mim porque é um reconhecimento. Mas quero destacar aqui também o trabalho da equipe de promotores, que fez a entidade crescente e participativa. O nosso MPE se pauta pela garantia e luta da defesa do homem da cidadania. Estou muito feliz por receber essa honraria”, declarou. Fernando Grella ficou emocionado ao receber a homenagem, já que se aproxima de deixar o cargo de PGJ em São Paulo. “Este é um dos momentos mais importantes da minha vida como agente ministerial. Ser reconhecido pelo Ministério Público como alguém que atuou em defesa da sociedade e do cidadão. Agora posso dizer que me sinto com meu dever cumprido. Vamos adiante para

que mais pessoas possam atuar e melhorar a qualidade de vida do nosso país", explanou.

DELIBERAÇÃO Foi deliberado que o CNPG atuará diretamente no Congresso Na-

aA reunião ordinária do Conselho Nacional dos Procuradores-Gerais (CNPG) reuniu em Alagoas os representantes do Ministério Público de todo o Brasil. O evento promove o intercâmbio entre os Ministérios Públicos de todo os estados do Brasil e da União, otimizando e unificando os seus trabalhos. Alagoas recebeu o evento em fevereiro de 2010 e agosto de 2011, tendo sido considerado um sucesso de participação. Em seguida, houve a abertura dos trabalhos, com a palavra do Presidente do Con-

selho, Procurador-Geral de Justiça do Rio, Cláudio Soares Lopes, que ressaltou a importância da integração entre os Ministérios Públicos de todos os Estados do Brasil e da União, como forma de fortalecer ainda mais o papel do MP como agente de transformação social. O encontro, que reúne Procuradores-Gerais de todos os Estados e da União, está sendo coordenado pelo Presidente do CNPG, e tem como anfitrião o Procurador-Geral de Justiça de Alagoas, Eduardo Tavares, “que ressaltou o cresci-

mento da instituição em todos os setores em que atua”. Ele será homenageado hoje pelo CNPG com o recebimento de uma medalha. O primeiro item da pauta da reunião tratou da questão do acompanhamento legislativo. Nesta etapa, Cláudio Lopes falou sobre a necessidade de manutenção da atuação conjunta entre CNPG e CONAMP no acompanhamento legislativo. “A desarticulação isolada trazia problemas nas estratégias e, a partir do momento que foi criado o comitê gestor, a força é

maior com várias associações unidas, porque os parlamentares tem a percepção da força do Ministério Público”, declarou Cláudio Lopes. Também foi mencionada uma reunião com os Promotores que participam da campanha nacional: “O que você tem a ver com a corrupção?. na ocasião, os Promotores também debateram questões levantadas pelo Grupo de Trabalho de Acompanhamento de Processos de Interesse do MP nos Tribunais Superiores. “Alagoas está recepcionando todos os Procu-

>>> Tavares recebe homenagem pelo trabalho feito no MP

cional para evitar que o Ministério Público seja tolhido da incubência de atuar na investigação criminal. Também foram discutidos, entre outros assuntos, a corrupção, atos de improbidade administrativa, a maior participação popular na fiscalização da coisa pública e a integração entre os poderes. A decisão de reivindicar a continuidade de investigação em crimes foi unânime entre os procuradores. Algumas estratégias para aproximar o MP da população também foram debatidas durante o encontro de dois dias. Tratam-se de experiências que estão dando certo pelo Brasil como a campanha de Pernambuco de combate ao crack ou a iniciativa do Piauí em atuar diretamente com uma campanha pela redução da violência no trânsito. “São boas campanhas que merecem divulgação e projeção”, explicou Claudio Soares. O próximo encontro do CNPG será realizado em Belo Horizonte (MG), no final do mês de março.

Reunião do CNPG tem presença de procuradores-gerais de todo o Brasil

radores do país pela terceira vez. Temos interagido, inclusive, com os demais poderes, de modo a fortalecer cada vez mais essa importante relação com todos os MPs do Brasil”, afirmou o Presidente do CNPG. Na pauta da reunião, também tem destaque o debate sobre a defesa das prerrogativas do CNPG, além de uma apresentação dos Conselheiros do CNMP e o lançamento do Plano Nacional de Comunicação e do regulamento do Prêmio de Jornalismo do CNPG.


6

>>> ELEIÇÕES 2012

05 a 11 de Março de 2012

DECISÃO DO TSE VAI ALTERAR O CENÁRIO DO POLÍTICO EM AL

Políticos que tiveram contas rejeitadas podem ficar de fora por conta de resolução do Tribunal

DA REDAÇÃO

A cada novo fato envolvendo a Lei Ficha Limpa ou os "filtros" para impedir "condenados" nas eleições de 2012, mais difícil fica a situação dos políticos que possuem condenação por colegiado em todo o país. Em Alagoas, não seria diferente. Conforme as informações de bastidores, vários partidos políticos já estudam o "plano B" para candidaturas e alianças no pleito de 2012. Há dúvidas, inclusive, em relação a pré-candidaturas à Prefeitura Municipal de Maceió, já que existem candidatos com condenação por colegiado. No campo da vereança, a preocupação é ainda maior, já que os que tiveram contas rejeitadas nas eleições de 2010 também será considerados "fichas sujas", conforme decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A decisão do TSE se deu no dia 1º de março. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Alagoas ainda não divulgou o balanço de quem teve suas contas rejeitadas, mas as pesquisas devem ser muitas nesta semana que se inicia. De acordo com a decisão do TSE, foi mudada uma interpretação que estabelecia como condição para o registro de candidaturas apenas a apresentação das contas, e não a necessidade de que tenham sido aprovadas. Em todo Brasil, a nova "regra" deve atingir mais de 21 mil políticos que tiveram suas contas rejeitadas e estão - por ora - impedidos de disputar cargo em 7 de outubro.

“Quem não tiver quitação eleitoral (conta aprovada), não terá o registro (da candidatura)”, resumiu o presidente do TSE, Ricardo Lewandowski. Essa nova restrição se soma à da Lei da Ficha Limpa, que impede a candidatura de condenados por órgãos colegiados e de políticos que renunciam para evitar processos de cassação, chancelada em fevereiro pelo STF. O novo impedimento consta de resolução aprovada pelo Tribunal Superior Eleitoral por 4 a 3. A decisão pode - em tese ser contestada no próprio TSE e no Supremo Tribunal Federal (STF), o que deve criar mais uma confusão no período eleitoral de 2012, a exemplo do que ocorreu em 2010, com a Ficha Lima. Já há movimentações por parte de partidos políticos ameaçados para que se ingresse com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN).

OPINIÃO O assunto polêmico ainda é tratado com cautela pelos próprios especialistas, como ocorre com o advogado Marcelo Brabo - reconhecido pela atuação na área do Direito Eleitoral. Brabo, em entrevista à imprensa, salientou que é preciso ter calma na análise da resolução do Tribunal Superior Eleitoral. Até o fechamento desta edição a decisão ainda não havia sido publicada, mas como coloca Brabo - já trazia a discussão para o meio jurídico alagoano. Brabo - que é conselheiro da Ordem dos Advogados do

>>>Advogado Marcelo Brabo destaca a importância da cautela, após decisão do TSE Brasil, seccional Alagoas salienta que antes de tudo é preciso aguardar a publicação da Resolução para entender as mudanças nas eleições municipais deste ano. Marcelo Brabo frisa: "o Tribunal Superior Eleitoral é um dinâmico. Mesmo depois de publicada, a resolução pode ser reformulada se um dos ministros se posicionar contrário a este critério de inelegibilidade. Além das condições da Ficha Limpa, a aprovação das candidaturas agora estarão condicionadas a resolução do TSE que estiver vigorando no ato da inscrição", concluiu.

De acordo com o advogado, a Justiça Eleitoral terá de enfrentar o aparente conflito da Resolução editada com os termos do artigo 11 da lei de número 9.504/97, que exige, apenas e tão somente, a prestação de contas para habilitar a candidatura. Outra alteração inserida na resolução foi proposta pelo ministro Marco Aurélio em relação ao artigo 54. A redação deste artigo, que antes previa que nenhum candidato poderia ser diplomado até que suas contas fossem julgadas, agora será idêntica ao artigo 29, parágrafo 2º, da Lei 9.504/97.

O dispositivo prevê que “a inobservância do prazo para encaminhamento das prestações de contas impede a diplomação dos eleitos, enquanto perdurar”. Essa alteração foi aprovada pela maioria formada pelos ministros Marco Aurélio, Marcelo Ribeiro, Carmen Lúcia, Nancy Andrighi e Ricardo Lewandowski. A alteração foi necessária para que os candidatos não sejam prejudicados pela possibilidade de as contas não serem analisadas antes da diplomação, o que é de responsabilidade dos tribunais e não dos candidatos.


7

05 a 11 de Março de 2012

Ainda é polêmico debate sobre a retroatividade da Ficha Limpa

Além da resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), outro ponto que ainda causa discussão no meio jurídico é o debate sobre a retroatividade da Lei Ficha Limpa (Lei Complementar 135/2010). O procurador Rodrigo Tenório destaca o assunto em sua

página pessoal. Ele salienta que " a resposta (quanto a retroatividade) só pode ser alcançada se analisarmos as normas constitucionais relativas à aplicação da lei no tempo". Tenório lembra que pela esfera penal, a Constituição

Federal restringe muitíssimo a aplicação retroativa da lei, quando destaca que não há crime sem lei anterior que defina, nem pena sem prévia cominação legal. "A lei penal não retroagirá, salvo para beneficiar o réu". Mas, ressalta que "tais dispositivos teriam im-

portância para nós se a inelegibilidade fosse pena. Não é". "Em seu art. 5º, XXXVI, a CF/88 assevera que “a lei não prejudicará o direito adquirido, o ato jurídico perfeito e a coisa julgada”. Vê-se que, ao contrário do que muita gente diz, o ordena-

FOTO: SANDRO LIMA

mento não fixou como absoluto o princípio da irretroatividade das leis. A nova lei pode tratar de condutas anteriores à sua vigência, desde que não contrarie o direito adquirido, a coisa julgada e o ato jurídico perfeito", defende.

"O que há é mero reflexo da eficácia imediata da lei, prevista no artigo 6º da LEi de Introdução ao Código Civil, pois a Lei Ficha Limpa estará sendo aplicada a registros de candidaturas posteriores à sua vigência. A norma fará incidir efeitos sobre fatos passados, possibilitando que esses sejam utilizados para se impedir a obtenção do registro para as eleições de 2012"

>>> Procurador Rodrigo Tenório faz reflexões sobre a Lei Ficha Limpa em seu site pessoal

Não é pena

Começo destacando que as inelegibilidades previstas na Lei Ficha Limpa só poderão obstar candidaturas a partir do exame do pedido de registro dessas na Justiça Eleitoral para as eleições de 2012, como já decidido pelo STF. Nos termos do art. 11, §10º, da Lei 9.504/97, “as condições de elegibilidade

e as causas de inelegibilidade devem ser aferidas no momento da formalização do pedido de registro da candidatura”. Quando tais pedidos forem feitos, Ministério Público, candidatos, coligações e partidos poderão oferecer as ações de impugnação de registro de candidatura(AIRCs),

previstas no art. 3º da LC 64/90. Mesmo que não sejam oferecidas as ações, a justiça eleitoral pode recusar-se a registrar candidato se detectar alguma inelegibilidade", complementa ainda. O procurador ainda ressalta que o exame das condições de elegibilidade da Lei Comple-

mentar 135 não se confunde com sua aplicação retroativa. "O que há é mero reflexo da eficácia imediata da lei, prevista no artigo 6º da LEi de Introdução ao Código Civil, pois a Lei Ficha Limpa estará sendo aplicada a registros de candidaturas posteriores à sua vigência. A norma fará incidir

efeitos sobre fatos passados, possibilitando que esses sejam utilizados para se impedir a obtenção do re-gistro para as eleições de 2012". As reflexões completas feitas pelo autor podem ser encontradas no site: http://www.rodrigotenorio.com.br/


8

>>> PREVENÇÃO

SEMANA DE AÇÃO CONTRA A OBESIDADE

Programa leva palestras e avaliações nutricionais às escolas do interior

A

05 a 11 de Março de 2012

partir desta segundafeira (5), 92 municípios alagoanos realizam a Semana Saúde na Escola, que visa mobilizar, até a sexta-feira (9), as comunidades escolares quanto à prevenção da obesidade. As cidades interessadas em participar tiveram que fazer a adesão junto ao Ministério da Saúde (MS) e receberam apoio financeiro adicional para a ação. A iniciativa contará com palestras, avaliações nutricionais e agendamento de visitas das famílias às Unidades Básicas de Saúde. Segundo a coordenadora do PSE, Aracy Lessa, a programação foi montada pelas administrações municipais. “Também serão realizadas atividades culturais e de teatro”, diz ela. O intuito é alertar os estudantes da rede pública da educação básica sobre a importância das boas condições de saúde para o desenvolvimento tanto na escola, como na formação da cidadania. O trabalho de promoção da saúde também pretende estimular a alimentação saudável, bem como práticas corporais e atividade física. A semana também terá participação da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), que, na próxima quinta-feira (8), estará na Escola Manoel de Barros, em Santa Luzia do Norte, para auxiliar na ação. A orien-

tação começa às 9h e será realizada por técnicos da Diretoria de Atenção Básica (DAB) do órgão. A coordenadora do PSE destaca que cada cidade escolheu uma unidade escolar para iniciar a ação. “A mobilização vai começar por essa escola selecionada pela administração para, então, ir sendo levada para as outras também. Além disso, os municípios também terão que escolher outros dois temas para trabalhar no ano letivo de 2012”, explica. Entre esses tópicos propostos estão a promoção de modos de vida saudáveis; a prevenção de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs/Aids) e de hepatites virais; os riscos e danos do uso de álcool, tabaco, crack e outras drogas e o combate ao bullying e à discriminação contra os homossexuais. Cada município terá que trabalhar dois temas ao longo do ano. A adesão à mobilização era voluntária e poderia ser realizada pela escola em parceria com a equipe de Saúde da Família. Para habilitar-se, os municípios e o Distrito Federal deveriam ter concluído o processo de pactuação das metas do Programa no Sistema Integrado de Monitoramento Execução e Controle do Ministério da Educação (Simec).

>>> A ação visa estimular a alimentação saudável, bem como práticas corporais e atividade física

Obesidade infantil Estatísticas apontam que a obesidade infantil é a que cresce mais rapidamente no

Brasil, em especial devido à mudança nos hábitos alimentares e à diminuição da

prática de atividades físicas. Em 20 anos, os casos de obesidade mais do que qua-

druplicaram entre crianças de 5 a 9 anos, chegando a 16,6% (meninos) e 11,8% (meninas). De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), uma em cada três crianças brasileiras dessa idade está com peso acima do recomen-

dado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). A Pesquisa de Orçamentos Familiares 2008-2009 do IBGE também aponta que os jovens de 10 a 19 anos com excesso de peso passaram de 3,7%, em 1970, para 21,7%, em 2009


>>>SANEAMENTO

05 a 11 de Março de 2012

9

TRÂNSITO NA DEPUTADO JOSÉ LAGES É ALTERADO Interdição começa nesta segunda e vai até a próxima sexta-feira (9)

O trânsito na esquina da Avenida Deputado José Lages com a rua José Júlio Sawer, da Ponta Verde, vai funcionar em meia pista na próxima semana para conserto de uma rede coletora de esgoto. Segundo a Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), a interdição começa às 8 horas de segunda-feira (5), e deve prolongar-se até sexta-feira (9), período em que o serviço deve ser realizado. Para orientar o trânsito, a empresa solicitou apoio da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT). Também pediu autorização à Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra) para

fazer a intervenção no asfalto. De acordo com o engenheiro Cid Carlos, da área de esgotos da Casal, no local do rompimento da rede, houve afundamento do leito asfáltico, porque a tubulação, além de ser antiga, era constituída de manilha cerâmica, um material pouco resistente. Segundo ele, não vai haver necessidade de desvio do trânsito, pois a Deputado José Lages e a José Júlio Sawer funcionarão em meia pista. “Evidentemente, haverá lentidão no tráfego, mas o apoio da SMTT vai facilitar o fluxo de veículos”, afirmou.


10

05 a 11 de Março de 2012

>>> VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

LEI MARIA DA PENHA PODE SER ESTENDIDA PARA NAMORADOS Projeto de lei da deputada Elcione Barbalho (PMDB-PA), será votado na próxima quarta-feira (07)

A Comissão de Consti tuição, Justiça e Cidadania (CCJ) vota na próxima quarta-feira (7), em reunião marcada para as 10h, projeto de lei (PLC 16/2011) que estabelece que o namoro configura relação íntima de afeto para fins de enquadramento na Lei Maria da Penha (Lei 11.340/2006). De acordo com a autora da proposta, deputada Elcione Barbalho (PMDB-PA), apesar de todo o esforço do Congresso Nacional em aprovar a Lei Maria da Penha e do marco que tal iniciativa representa para o país no combate à violência contra a mulher, a jurisprudência tem entendido que ela não pode ser aplicada em casos de agressão cometida por

namorado. O relator na CCJ, senador Magno Malta (PRES), apresentou voto pela aprovação do projeto. A seu ver, por uma tradição machista, muitas vezes as autoridades policiais subestimam as denúncias recebidas. Já no Judiciário, enquanto alguns juízes entendem que lei se aplica a todos os casos de violência contra a mulher, outros avaliam que ela só vale para relacionamentos estáveis. Magno Malta assinalou que a lei tem "destinatários certos". "O que busca a lei é proteger a mulher hipossuficiente na relação íntima de afeto, subjugada pelo seu ofensor, numa relação de dependência, seja econômica ou psíquica".

>>> Deputada Elcione Barbalho:a iniciativa representa um marco para combate à violência contra a mulher

>>> SENADO

Secretários de Segurança Pública participam de audiência pública em Brasília

A Subcomissão Permanente de Segurança Pública do Senado Federal promove na próxima quinta-feira (8), audiência pública para debater a revisão do Código Penal (Decreto-Lei 2.848/40). A reunião contará com a presença dos integrantes da Comissão de Juristas instituída pela Presidência do Senado de elaborar o anteprojeto do Código Penal e do Colegiado Nacional de Secretários de Segurança Pública (Consesp). Instalada em outubro do

ano passado e presidida pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Gilson Dipp, a comissão especial é composta por 16 juristas. O grupo tem até 25 de maio para elaborar o anteprojeto a ser apresentado ao Senado. Entre as propostas em discussão pela comissão especial estão o aumento do percentual da pena para que o preso tenha direito à progressão de regime (do atual um sexto para um terço ou até para metade da pena total); a unificação do

modelo de regime semiaberto em todo o país e a tipificação dos homicídios ocorridos no trânsito. Também está sendo analisada incorporação ao Código Penal dos crimes previdenciários e contra a ordem tributária. Já o Colegiado Nacional de Secretários de Segurança Pública (Consesp) elaborou documento com propostas para mudanças no Código Penal, entregue ao presidente do Senado, José Sarney, no início de fevereiro. Também pre-

sente na audiência pública da próxima quinta, o presidente da entidade, Wantuir Francisco, vai defender sugestões como tornar crime a participação em milícias, dificultar a progressão de pena, incluindo a exigência de exame criminológico para permitir o cumprimento da pena em regime semiaberto, e facilitar a internação compulsória de dependentes químicos. De acordo com o presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania

(CCJ), senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), os senadores querem analisar os problemas de segurança pública relacionados às atuais leis penais no país e buscar sugestões para contribuir com a elaboração do anteprojeto do novo Código Penal. Também serão ouvidas sugestões para outras iniciativas legislativas que possam ter origem no Senado Federal. A audiência pública terá início às 8h30, na sala 03 da Ala Alexandre Costa.


11

05 a 11 de Março de 2012

>>> ESTRÉIA

"BILLI PIG" RECUPERA CHANCHADA COM ESCRACHO

Estrelada por Selton Mello e Grazi Massafera, longa é uma homenagem as comédias que a Atlântida Cinematográfica produzia na década de 1950 >>> Marivalda (Grazi) uma aspirante a atriz casada com Wanderley (Selton), um vendedor de seguros fracassado

D

iretor de filmes densos e desafiadores ("Se Nada Mais Der Certo", "A Concepção", "Meu Mundo em Perigo"), José Eduardo Belmonte surpreendeu ao anunciar "Billi Pig", uma comédia com grande elenco, orçamento largo e humor fácil. Em cartaz em mais de 200 salas no país, desde a última sexta-feira (02), veremos se ele se saiu bem na transição e se Selton Mello vai continuar atraindo público, agora ao lado de Grazi Massafera. A trama é publicamente uma homenagem às chanchadas, as comédias que a Atlântida Cinematográfica produzia na década de 1950, com Grande Otelo, Oscarito, José Lewgoy e outros grandes nomes da dramaturgia brasileira. A idéia, no entanto, é subverter um pouco o gênero com o escracho, certa autocon-

sciência e um ingrediente fantástico, o porco do título, que, bem, fala. Grazi interpreta Marivalda Montenegro Duarte (atenção para o nome), aspirante a atriz casada com Wanderley (Selton), vendedor de seguros fracassado e impotente em Marechal Hermes, bairro pobre do Rio de Janeiro. Inocente e interiorana, Marivalda sonha com o glamour dos prêmios (ela se vê em Cannes e no Oscar) e da fama, estimulada por Billi, o porco de plástico com quem conversa. Depois de receber uma prensa do bicho (dublado pela própria atriz), Marivalda dá um ultimato no marido: ele tem uma semana para mudar de vida. Acuado, Wanderley vê no padre Roberval (Milton Gonçalves), que tem fama de milagreiro, a chance de tirar o pé da lama. O chefe do tráfico local,

apropriadamente chamado de Seu Boca (Otávio Müller), está desesperado depois que sua filha, Miss Sandy (Aimée Espinosa), entrou em coma após ser atingida durante um tiroteio no concurso Garota do Milho. De olho no dinheiro do bandido, Wanderley intermédia o "milagre" do padre para curar a menina. Só que Roberval, de milagreiro e padre não tem muita coisa. Ele tem lá suas ligações com além e aproveita para fazer apostas em jogos de futebol. Além disso, mantém um caso com a filha de dona Generosa (Preta Gil), a proprietária da funerária local. E aí a confusão da chanchada estaria de pé. "Billi Pig" tem seus acertos. Num papel que reflete seu próprio passado, Grazi é a melhor coisa do filme – sua presença cativa e enche a tela

de frescor. Aos 78 anos, Milton Gonçalves surpreende com uma hilária imitação de um negro norteamericano e os números musicais têm lá sua graça. Sim, o filme reproduz com toda indigência brasileira as performances hollywoodianas, com coreografia e tudo, reprocessadas pelo viés brega de "Menina do Subúrbio", na voz de Fernando Mendes, e no samba debochado "Batuque na Cozinha".

CONFIRA: O quê: Billi Pig (Nacional). Duração: 95 min. Direção: José Eduardo Belmonte. Quando: Em cartaz desde a última sextafeira (02). Censura: 12 anos.


12

MENU cultural ROBERTO MIRANDA - robertommiranda@gmail.com

05 a 11 de Março de 2012

>>> DIVERSOS

CIRCUITO UFAL DE ARTE E CULTURA O projeto é gratuito e consiste numa visita à Pinacoteca Universitária e ao Museu Théo Brandão, seguida de uma apresen-

tação artística e, após o término, bate-papo. O roteiro educativo inicia a partir do dia 6 de março e está programado para acontecer uma vez por semana, durante os meses

de março, abril e maio. A Ufal disponibilizará ônibus para as visitas e a seleção do público será realizada a partir de consulta e agendamento com as comunidades pouco assistidas de equipamentos culturais. As disputadas: quem será a Diana do pastoril? - Inspirada na cultura folclórica de Alagoas, a peça de comédia sobe aos palcos do Teatro Deodoro, no dia 6 de março, às 20h. Comandada pelos atores Régis de Souza, Pierre Pelegrine e Salles Tenório, o espetáculo custa R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia entrada) e já estão disponíveis na bilheteria do Teatro Deodoro.

INTERROMPIDOS Os integrantes

da antiga banda Coito Interrompido, agora com mais maturidade musical e nova formação, lançam o seu primeiro clipe, um Road Movie gravado no Sertão de Alagoas, e o EP Interrompidos no dia 10 de março, às 21h, no museu Théo Brandão. Os ingressos custarão R$ 8 mais 1 kg de alimento ou R$ 10. Mais informações: 91070108.

REGGAE NO TITIO O bar do Titio,

em Riacho Doce, receberá no dia 10 de março, a partir das 22h, o reggae das bandas Resistência, Reggae Essência e o DJ Nenê Roots. O bar fica na AL 101 Norte, após o mirante da Praia da Sereia. Os ingressos estarão à venda por R$ 15. Mais informações: 91208505.

MOSTRA SESI.DOC Até o dia 16 de março, estão abertas as inscrições para a seleção dos documentários produzidos em Alagoas que serão exibidos na abertura de cada sessão da mostra Sesi.doc, uma iniciativa do Serviço Social da Indústria com o apoio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult). O evento será realizado de 23 a 29 de abril. No total, serão selecionados seis filmes de até trinta minutos. Os interessados devem entregar, em um envelope, três cópias em DVD do filme, e uma folha com seguintes dados: nome do filme, tempo de duração, diretor, nome completo do responsável pela inscrição, endereço, e-mail e telefones de contato.


13

05 a 11 de Março de 2012

>>> INTERIOR

VIDA NOVA: UNIÃO RECEBE OBRAS DA RECONSTRUÇÃO Após enchentes, População conta com novos acessos, estrada e ponte

“Nasci e me criei aqui em União dos Palmares e nunca vi minha cidade tão bonita. Perdi tudo nas enchentes de 2010 e recebi minha nova casa em dezembro do ano passado. Para famílias como a minha, que perdeu tudo nessa tragédia, tanto a nova casa como a cidade reconstruída nos dão esperança e força para retomar nossas vidas”, afirma a dona de casa Maria Madalena Atalia, 54 anos, durante inauguração das obras da Reconstrução em seu município. Ao todo, foram dez obras viárias do Programa da Reconstrução entregues pelo Governo de Alagoas. Executadas pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER), órgão vinculado a Secretaria de Estado da Infraestrutura, as obras incluem dois acessos vicinais aos povoados Quilombola e Vale da Pelada, perfazendo 4 km; cinco vias urbanas em paralelepípedo e uma via em asfalto; a ponte Jatobá, medindo 55 m, e a ponte que faz divisa com São José da Laje. Durante seu discurso, o governador Teotonio Vilela Filho ressaltou a quantidade de empregos gerados pelas obras de infraestrutura em Alagoas. “Nosso Estado inteiro virou um canteiro de obras. São obras de saneamento, rodovias, casas, que trazem melhorias na infraestrutura das cidades, além de geração de emprego e renda para milhares de trabalhadores”, afirmou Teotonio.

>>> Vilela participa de inaugurações ao lado do prefeito Areski Freitas

O vice-governador de Alagoas e coordenador do Programa da Reconstrução, José Thomaz Nonô, destacou o empenho de todos para que essas obras ficassem prontas. “Foi muito trabalho e esforço de toda a equipe do governo estadual para que essas estradas estejam sendo entregues. Estamos numa luta contínua até a entrega de todas as obras do Programa

da Reconstrução”, disse Nonô. “A gente vê que a cidade cresce a cada dia depois que inauguramos obras como estas. São obras que melhoram a infraestrutura e a qualidade de vida de toda a população do município, além é claro de trazer a dignidade para dezenas de famílias que perderam tudo na enchente de 2010. União dos Palmares está de cara

nova, são investimentos do governo do Estado, do governo municipal e como reflexo de todo este trabalho, empresas geradoras de emprego estão se instalando em nossa cidade, o que cada vez mais confirma que estamos no caminho certo”, destaca o prefeito de União dos Palmares, Areski Freitas. O ex-governador Manoel Gomes de Barros relembrou

da tragédia que o município enfrentou há quase dois anos, quando ao lado de Téo Vilela e do prefeito Areski Freitas, cobrou uma atenção especial ao povo palmarino. “Vivemos momentos terríveis, vimos a aflição de nossa gente que tinha perdido tudo e graças a Deus e ao empenho deste governador e de sua equipe, hoje se inaugura mais uma obra. Téo o povo palmarino fica muito feliz, feliz com esta obra, feliz por sua parceria e pela sua vinda à nossa cidade”, disse Mano. Mano elogiou ainda o trabalho que o prefeito Areski Freitas tem feito em União dos Palmares, quando organizou e equilibrou as finanças públicas, a luta para fazer com que União esteja apta a receber recursos federais, quando o governo inaugura a cada mês importantes obras estruturantes como calçamento de bairros, reforma de praças, postos de saúde. “Então diante de tudo isso temos a certeza que esta parceria entre o governo municipal e estadual tem trazido melhores dias para nossa gente”, concluiu o ex-governador. A solenidade teve ainda a presença do secretário estadual de Infraestrutura, Marco Fireman, do diretor-geral do DER, Marcos Vital, secretários municipais, vereadores, entre outros.


14

>>> CAMPEONATO ALAGOANO

05 a 11 de Março de 2012

CRB VENCE O ASA NOS PÊNALTIS E CONQUISTA O PRIMEIRO TURNO Galo está garantido na final do Alagoano 2012, na Copa do Brasil e na Copa do Nordeste

PAULO VICTOR CORREIA tudonahora.uol.com.br

Na tarde deste domingo (4), CRB e ASA fizeram uma excelente partida no Estádio Rei Pelé, pela grande final do primeiro turno do Alagoano. O duelo teve transmissão ao vivo da TV Pajuçara, Rádios Pajuçara FM 103,7 Maceió e 101,9 Arapiraca e do portal Tudo na Hora. Com os dois times querendo a vitória para conquistar o turno, o primeiro tempo começou com o CRB dominando a partida, e o ASA tentava os contra-ataques. Foi desta forma que o time visitante marcou o primeiro, com Lúcio Maranhão, aos 32 minutos. ASA 1x0. Na etapa final, o jogo teve grandes emoções. O ASA recuou e tentou jogar ainda no contraataque. O CRB chegou ao empate com Geovani, aos 38 minutos, 1x1. O resultado levou a partida par a prorrogação. Logo aos 4 minutos da primeira parte, Audálio desempatou. ASA 2x1. Na segunda parte, Geovani marcou aos 2 minutos. CRB 2x2. Nos pênaltis, o CRB venceu por 4x2. O CRB é campeão do primeiro turno do Campeonato Alagoano. De quebra o Galo garantiu vaga na Copa do Brasil, Copa do Nordeste e final do Alagoano.

1º TEMPO O CRB começou dominando e tendo maior a posse de bola e conseguiu sua primeira oportunidade em pouco mais de 1 minuto de jogo. Maradona cobrou

falta e a zaga alvinegra desviou para escanteio. Na cobrança, Geovani tentou olímpico e por pouco a bola não entra. Aos 7 minutos, Rodrigo Dantas recebeu lançamento e tocou de peito para Maradona, que chutou prensado e o goleiro Tutti defendeu seu dificuldade. A primeira tentativa do ASA foi aos 10 minutos. Jorginho arriscou de fora da área e a bola foi por cima do gol. O Galo continuou melhor no jogo e dominando bem a partida, enquanto o Fantasma buscava encaixar contraataques, mas não oferecia tanto perigo ao gol de Cristiano. O alvinegro tentou novamente aos 20 minutos. Didira chutou de fora da área, mas a bola foi para fora. O time visitante melhorou na partida e ficou pressionando o CRB, mas ainda sem oferecer perigo. Por volta da metade da primeira etapa, o Regatas voltou a crescer e pressionava o ASA, que se defendia bem. Aos 30, Geovani soltou o pé de fora, a bola foi no meio do gol e Tutti defendeu. É GOL! Em contra-ataque, Lúcio Maranhão saiu da marcação regatiana, girou e tocou no canto. ASA 1 x 0, aos 32 minutos. O Galo quase chega ao empate com Ítalo, que recebeu lançamento de Geovani e cabeceou, mas Tutti fez uma boa defesa, aos 38 minutos. Aos 45 minutos, Maradona entou de longe, mas Tutti cortou para escanteio.

2º TEMPO Desesperado tentando a virada, o CRB buscava o gol em velocidade,

ALAGOAS24HORAS

>>> Torcida comparece e CRB conquista nos penaltis o primeiro turno mas errava o passe no setor ofensivo. As duas equipes também voltaram do intervalo cometendo muitas faltas. O Galo seguiu pressionando e o ASA tentava atacar ainda com contra-ataques. Aos 8 minutos, Jadilson cobrou falta e a bola passou por todo mundo, quicou no chão e Tutti saltou para colocar para fora. Aos 11 minutos, Didira bateu escanteio, a bola fez uma curva e tocou no travessão. Na sobra a zaga do CRB tirou para escanteio. O Galo quase chega ao empate com Elsinho. Aos 13 minutos ele recebeu lançamento e chutou cruzado, de frente para Tutti, mas para fora. Recuado, o alvinegro se defendia de todo jeito. O Galo atacava mas sem oferecer muito perigo ao goleiro do Fantasma. Aos 16 minutos, Geovani cobrou falta, mas a bola foi por cima do gol. Em nova oportunidade em cobrança de falta, Geovani arriscou direto aos 22 minutos, mas a bola foi par

fora. A partida prosseguiu sem muitos lances ofensivos. O ASA continuou recuado e buscando os contra-ataques, enquanto o CRB partia pelo meio e também pelas laterais, principalmente do lado esquerdo. O Galo cresceu e passou a tentar o gol, mas a defensiva do Fantasma conseguia tirar a bola de toda maneira. Antes de tentar a finalização, o time regatiano pecava no último passe e facilitava para o time alvinegro. É GOL! Em bonita jogada pelo meio, Geovani tocou de primeira, no ângulo, fazendo um belo gol. CRB 1 x 1, aos 38 minutos. O CRB partiu com tudo par cima do ASA, que se defendia muito bem. Aos 43 minutos, Aloísio Chulapa cabeceou no ângulo, e Tutti fez uma boa defesa. Aos 47 minutos, Elsinho tentou de fora da área, mas o chute foi fraco e par fora.

PRORROGAÇÃO No primeiro tempo da prorrogação, os dois times tiveram praticamente a mesma posse de bola. É GOL! Aos 4 minutos, Audálio recebeu livre e colocou entre as pernas do goleiro Cristiano. ASA 2x1. O ASA tentou novamente aos 10 minutos, com Cal, que chutou de fora da área, mas por cima do gol regatiano. A resposta do time da casa foi aos 12 minutos. Aloísio Pereira mandou de fora da área, para fora. No segunto tempo, o CRB partiu para cima. É GOL! Geovani bateu falta, Tutti se esticou todo e não conseguiu tirar. É gol do CRB, aos 2 minutos. CRB 2x2. O time da casa continuou pressionando, e o ASA se defendendo e ainda tentava o gol com contraataques. Aos 9 minutos, Elsinho cruzou e Rodrigo Dantas cabeceou. No meio do gol, Tutti defendeu.

PÊNALTIS O CRB foi para a primeira cobrança. Aloísio Pereira bateu e fez. CRB 1x0. Para o ASA, Lúcio Maranhão cobrou e Cristiano defendeu. Geovani mandou para o gol e marcou. CRB 2x0. Gabriel foi para o ASA e diminuiu. CRB 2x1. Rodrigão cobrou para o Galo e colocou para dentro. CRB 3x1. Fabiano cobrou e fez. CRB 3x2. Rodrigo Dantas chutou para o Regatas e marcou. CRB 4x2. Jorginho foi para a cobrança pelo ASA e mandou para fora. O CRB É CAMPEÃO DO PRIMEIRO TURNO!


05 a 11 de Março de 2012

15

>>> CAMPEONATO PAULISTA

GANSO BRILHA, ADRIANO DESAPARECE E SANTOS VIRA VICE-LÍDER >>> Ibson, meia do Santos, comemora gol marcado no segundo tempo do clássico contra o Corinthians, na Vila Belmiro

Craque entrou em campo com seu filho. Autor do gol da vitória, no entanto, foi Ibson. Corinthians segue líder DANILO LAVIERI E SAMIR CARVALHO

Do UOL, em Santos (SP)

No time em que Neymar geralmente é protagonista, foi a vez de Paulo Henrique Ganso ser o destaque. Com um passe perfeito para Ibson que terminou em uma boa conclusão por baixo das pernas de Júlio César, o meia foi decisivo na vitória do Santos em cima do mistão do Corinthians por 1 a 0. Adriano sumiu, Jorge Henrique só caiu, e o destaque corintiano ficou por conta de Alex, que buscou bastante o jogo, mas não conseguiu resolver sozinho. Do outro lado, Neymar correu bastante, foi acionado diversas vezes e conseguiu algumas chances de perigo, mas não impressionou como em outras oportunidades. O triunfo deu ao Santos a vice-liderança, com 27 pontos,

um a mais do que o Palmeiras, que, após empatar por 0 a 0 com o São Caetano, caiu para terceiro, mas torna-se o único invicto do campeonato. Já o Corinthians, perdeu a invencibilidade, mas segue na ponta, agora com dois pontos de vantagem em relação ao segundo. Na próxima rodada, o Tite encara o Guarani em casa. Antes, na quarta-feira, desafia o Nacional (PAR) pela segunda rodada da Libertadores. Já a equipe de Muricy Ramalho tem o Internacional pela frente, também na quartafeira, pela competição sulamericana. Depois, pelo Estadual, enfrenta o Mogi Mirim fora de casa. O clássico começou com marcação forte dos dois lados. A diferença pela parte do Santos é que Neymar buscava jogo, tentava driblas os adversários e, por vezes, achava espaços. Do outro lado, Adriano

ficava parado, não corria, só andava e não conseguia assustar Rafael. Aos 18 minutos, o jovem santista levantou a torcida pela primeira vez. Ele deu arrancada pela esquerda do campo, entrou na área e, com a bola colada no pé, deu um chute sem força, que passou à esquerda de Júlio César. A resposta corintiana veio alguns minutos depois, com chute de Alex. Ele dominou de fora da área e arriscou um chute forte. Rafael defendeu de peito e, no rebote, Adriano, em impedimento, tropeçou nas próprias pernas. Aos 35 minutos, a torcida do Santos chegou a comemorar gol de Durval após cobrança de falta de Neymar. O bandeirinha, no entanto, marcou impedimento. No lance seguinte, novamente o camisa 11 do Santos apareceu. Em nova arrancada pela

esquerda, ele deu chute de bico e buscou o canto esquerdo baixo de Júlio César. A bola passou perto da trave. A melhor chance corintiana foi em erro de saída de bola do goleiro santista aos 42 minutos. Jorge Henrique roubou a bola, mas se atrapalhou na hora de concluir e viu Durval roubar a bola. No segundo tempo, Adriano finalmente criou uma boa chance. Aos sete minutos, o atacante apareceu na entrada da pequena área e recebeu cruzamento de Jorge Henrique. Ele chutou de primeira, de chapa, e viu a bola passar à esquerda de Rafael, que só olhou. A resposta veio aos 11 minutos e foi certeira. Paulo Henrique Ganso deu um passe perfeito para Ibson, que esperou Júlio César sair e colocou embaixo das pernas do goleiro corintiano, abrindo o placar.

Logo depois de sofrer o gol, Tite decidiu mudar no time e tirou Willian para a entrada de Ramírez. Aos 22 minutos, o técnico cansou de dar chance a Adriano e fez nova mudança, colocando Élton à frente. Muricy respondeu com duas mudanças: Ibson e Borges deixaram o campo e entraram Elano e Alan Kardec. As mudanças e o placar adverso fizeram o Corinthians ir para cima do Santos. Aos 26 minutos, Ramírez fez ótima jogada, cruzou e Élton não empatou por centímetros. O Santos respondeu quatro minutos depois, com arracanda em contra-ataque que só não terminou em gol de Neymar pela boa participação de Júlio César. O resultado final do clássico foi mesmo o 1 a 0, que deixou o Palmeiras como único invicto do Paulistão.


16

05 a 11 de Março de 2012

TUDO QUE HÁ! ANA MONTEIRO

anamonteiro@maceio40graus.com.br

O QUEHÁ!

BEIJOS DA ANINHA!

CHEERS! Dragão e Fênix são os campeões do concurso de Bumba Meu Boi 2012.

CREME DE LÁ CREME SE FEZ PRESENTE! A socialite Lysette Lyra ofereceu, na belíssima house de sua neta, a Andréa Lyra Maranhão, (no Condomínio Aldebaran), um baile à fantasia, para comemorar os seu 88 anos de vida. A concorrida Festa foi prestigiada por colunáveis e colunistas, entre eles Romeu Loureiro, que estava perfeito.

O BOTICÁRIO E O DIA INTERNACIONAL DA MULHER! As mulheres precisam e querem ser celebradas. Por isso, para o Dia Internacional da Mulher, comemorado em 8 de março, O Boticário preparou campanha publicitária para anunciar os lançamentos para a data e reforçar o conceito da plataforma de comunicação, que leva a assinatura: “A vida é bonita. Mas pode ser linda”. Filme de TV e anúncios nas principais revistas do País, assinados pela AlmapBBDO, anunciam a coleção Fashion Collection – composta pela fragrância Linda Fashion, itens de maquiagem Make B., e esmalte. Informando:Fernanda Tognon

FIRTS CLASS!

CARNAVAL SOLIDÁRIO! A Secretária Municipal de Assistência Social, da cidade de Colônia Leopoldina, Eulália Moura, ainda recebe chuvas de elogios pelo Carnaval Solidário 2012 do município, que aconteceu no dia, (14) onde teve a participação de todos os projetos assistidos pela Secretaria. O evento foi marcado pelo resgate cultural das machinhas de carnaval e momentos de descontração. O carnaval da Secretaria Municipal de Assistência social reuniu as famílias que participam dos grupos de convivência formados por crianças e idosos, integrantes dos núcleos do PROJOVEM Adolescente e outros serviços oferecidos pelo órgão de assistência social. O objetivo do Carnaval Solidário é promover a integração comunitária, resgatando a magia do carnaval de marchinhas e, ao mesmo tempo, promover uma ação intensiva de prevenção e combate às drogas. Um exemplo para outros municípios. FIQUEI SABENDO! Que na última terça-feira, dia 28 de fevereiro, o prefeito de Colônia Leopoldina, Cássio Alexandre, presidiu a 1ª reunião administrativa de 2012. O encontro reuniu todos os secretários e responsáveis por setores da administração pública municipal, além da 1ª dama, Vanessa Costa.

DICAS E DELICIAS DA ANINHA!

SUSHI? É no Hashi Almoço delicioso que adorooo! Restaurante- Maria CastanhaRua da Praia-Centro Verão em grande estilo-Baru Bar e Restaurante-Barra Nova. BALAKUBAKOS !

>>> SUPER BEIJO DA ANINHA! Para médica Eleusa Farias

>>> CHEERS!Para minha amiga muuuuito querida, Gil Queiroga, esposa do empresário Verilson Torres, (Eletroluz). Aniversariante famosa da semana que passou

>>> UM NOVO CASAL SURGI EM NOSSA SEARA!Meu primogênito Filipe Monteiro e a executiva Waleska Sandes

>>> EM EVENTO FILANTROPICO ! O casal Manuilson Andrade e Eulália Moura, esbanjam simpatia para lentes do tudoqueha

>>> LINDOS E DESCOLADOS! Curtindo o carnaval de Piranhas a socialite e empresária Rose Carrel e o internacional André Fon

A SEMANA  

Nº 95 - 5 de março de 2012

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you