Page 1

A EXTENSテグ E CULTURA EM 2010


Reitoria Reitor Antônio Nazareno Guimarães Mendes Vice-Reitor José Roberto Soares Scolforo Chefe de Gabinete Élberis Pereira Botrel Pró Reitoria de Extensão e Pesquisa Pró Reitor de Extensão e Cultura Magno Antônio Patto Ramalho Pró-Reitor Adjunto de Extensão Wagner Pereira Reis Pró Reitor de Planejamento João Almir Oliveira Coordenador de Cultura Silvério José Coelho Coordenador de Cursos e Eventos Fátima Maria de Souza Moreira Coordenador da CODETS (Coordenadoria de Desenvolvimento Tecnológico e Social) Elias Rodrigues de Oliveira Coordenador de Estágios Wagner Pereira Reis Coordenador de Programas e Projetos Joel Yutaka Sugano Técnicos Administrativos Responsáveis Coordenadoria de Cursos e Eventos Kênia Rogéria Felipe Coordenadoria de Cultura Luciana Augusta do Nascimento Diretor do Museu Bi Moreira Gilvan Cassio Cardoso Coordenadoria de Estágios Helenice Torres Pereira Silva Secretaria Administrativa Ilza Aparecida Gualberto Loureiro Administrador Renzo Alhan Rabiço

A

universidade pública deve ser o reflexo da

sociedade em que ela está inserida. Nesse contexto, a extensão e a cultura são os elos que possibilitam a interação entre a universidade e a comunidade. Os avanços científicos têm sido medidos pelo número de artigos publicados em periódicos especializados. Contudo, a pesquisa só terá significado se gerar tecnologias, inovações ou informações que melhorem as condições de vida das pessoas que, por meio dos seus impostos, as financiam. Para isso é necessário que o conhecimento atinja os seus usuários. A extensão universitária é, assim, o complemento das atividades de pesquisa. Sem uma extensão bem articulada, o conhecimento científico gerado dificilmente será útil para a sociedade. De modo análogo, o ensino universitário só será pleno se os jovens receberem ensinamentos diretamente relacionados com o que irão precisar no futuro. Ele só será atualizado se a universidade estiver em constante contato com a comunidade. Novamente, a extensão é o meio para se identificar as informações indispensáveis para o ensino universitário plenamente integrado com os anseios dos jovens. A extensão e a cultura da UFLA, durante o ano de 2010, procuraram identificar e realizar ações que possibilitassem atingir plenamente esses objetivos. Como será possível avaliar por meio deste relatório, a UFLA realizou atividades com o envolvimento de docentes, de servidores técnico-administrativos e, especialmente, de discentes, procurando ampliar a interação com a comunidade e fornecer aos acadêmicos a oportunidade de demonstrar responsabilidade social e, ao mesmo tempo, aprimorar sua qualificação profissional. Estamos convictos de que muito foi realizado, mas que ainda há um enorme caminho a ser percorrido até que a comunidade universitária possa transferir todo o conhecimento adquirido para a sociedade.

Créditos Designer Thiago Almeida Martins Marques

PROEC Pró Reitoria de Extensão e Cultura


A Extens達o e Cultura em 2010 - UFLA

03


cursos D

urante o ano de 2010, foram realizados 146 cursos nas mais diferentes áreas do conhecimento, direcionados tanto ao público interno e como o externo à universidade. Esses cursos possibilitam a complementação curricular dos discentes e é uma ótima oportunidade para que a comunidade possa se especializar em algum tema de interesse.

04

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA


CURSOS REALIZADOS EM 2010

COORDENAÇÃO

ALIMENTOS FUNCIONAIS

MICHEL CARDOSO DE ANGELIS PEREIRA

AMOSTRADORES DE SEMENTES

MARIA LAENE MOREIRA DE CARVALHO

ANÁLISE COMPUTADORIZADA DE SÊMEN

JOÃO BOSCO BARRETO FILHO

ANÁLISE DE DADOS BIOLÓGICOS COM O SOFTWARE LIVRE R

CARLA RODRIGUES RIBAS

ANÁLISES DE EXPERIMENTO COM APLICATIVO R

ANTONIO CLAUDIO DAVIDE

ASPECTOS TÉCNICOS E LEGAIS QUE IMPLICAM NA PRODUÇÃO RURAL. (2)*

LUÍS ANTÔNIO COIMBRA BORGES

ATUALIZAÇÃO EM CONFINAMENTO E PASTAGENS

MARIO LUIZ CHIZZOTTI

AUTOCAD

PAULO CÉSARV HARDOIM

AUTOCAD

TOMÁS DE AQUINO FERREIRA

AUTOCAD

ANTONIO CARLOS NÉRI

AUTOCAD 3D: MODELAGEM DE SÓLIDOS E MAQUETES DIGITAIS

TOMÁS DE AQUINO FERREIRA

AVALIAÇÃO DO DESENVOLVIMENTO MOTOR

JULIANA BAYEUX DASCAL

BASES CONCEITUAIS E METODOLÓGICAS DA AGROECOLOGIA

LUIZ ANTONIO AUGUSTO GOMES

BIOESTATISTICA

ALESSANDRA ANGÉLICA DE PÁDUA BUENO

BIOLOGIA MOLECULAR APLICADA A REPRODUÇÃO ANIMAL

JOÃO BOSCO BARRETO FILHO

BIOLOGIA MOLECULAR APLICADAS AO ESTUDO DO METABOLISMO

LUCIANO JOSÉ PERIRA

BIOMECÂNICA DA POSTURA A ERGONOMIA APLICADA

GIANCARLA APARECIDA BOTELHO SANTOS

CAPACITAÇÃO EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PARA PROFESSORES

ANA PAULA PIOVESAN MELCHIORI

CAPACITAÇÃO/ATUALIZAÇÃO PARA OPERADORES DE MÁQUINAS FLORESTAIS

ANTONIO DONIZETTE DE OLIVEIRA

CAPACITAÇÃO: DINAMIZAÇÃO E ATUALIZAÇÃO VÂNIA NATAL DE OLIVEIRA EM BIBLIOTECA CAPACITAÇÃO: PROFISSIONAL EM MERCADOS DE CAPITAIS. (1)*

LUIZ GONZAGA DE CASTRO JR


CURSOS REALIZADOS EM 2010

COORDENAÇÃO

CAPACITAÇÃO: QUESTIONÁRIOS SOCIAIS

MGILMAR TAVARES

CAPACITAÇÃO: SERVIDORES DO SETOR DE TRANSPORTE

CARLOS EDUARDO SILVA VOLPATO

CAPACITAÇÃO: TUTORES

CAROLINA FARIA ALVARENGA

CAPACITAÇÃO EM VENDAS

WAGNER PEREIRA REIS

CHURRASQUEIRO

FLÁVIA MARIA DE OLIVEIRA BORGES SAAD

COLETA, AVALIAÇÃO R DILUIÇÃO DE SÊMEN EQUINO

FLAMARION TENÓRIO DE ALBURQUERQUE

COMPOSTAGEM PARA PRODUÇÃO SEM USO DE PRODUTOS QUÍMICOS

LUIZ ANTONIO AUGUSTO GOMES

COMUNICAÇÃO COMO BASE DO ATENDIMENTO EFICAZ

MAISA LIMA ESTEVAM

CONCEITUAÇÃO E APLICAÇÃO DO ZEE/MG EM MODO EaD. (2)*

LUÍS MARCELO TAVARES DE CARVALHO

CONHECIMENTOS PRÁTICO E TEÓRICO SOBRE A TÉCNICA PCR-DGGE

ROSANE FREITAS SCHWAN

CONTABILIDADE COOPERATIVISTA

JOSÉ ROBERTO PEREIRA

COREL DRAW X4

GERALDO CÉSAR DE OLIVEIRA

CRIANÇAS COM TRANSTORNO NO DESENVOLVIMENTO DA COORDENAÇÃO: IDENTIFICAÇÃO E INTERVENÇÃO

JULIANA BAYEUX DASCAL

DEFENSIVOS AGRÍCOLAS

JAIR CAMPOS DE MORAES

DESENHO DE PRIMERS PARA PCR

PATRÍCIA GOMES CARDOSO

DESIGN DE EMBALAGENS

JOÃO DE DEUS

DESIGN DE EMBALAGENS - COREL DRAW

JOÃO DE DEUS

DUPLICAÇÃO CROMOSSÔMICA DE MILHO

JOÃO CANDIDO DE SOUZA

ECONOMIA SOLIDÁRIA

JOSÉ ROBERTO PEREIRA

CAPACITAÇÃO: DINAMIZAÇÃO E ATUALIZAÇÃO VÂNIA NATAL DE OLIVEIRA EM BIBLIOTECA CAPACITAÇÃO: PROFISSIONAL EM MERCADOS

LUIZ GONZAGA DE CASTRO


CURSOS REALIZADOS EM 2010

COORDENAÇÃO

EDUCAÇÃO MATEMÁTICA

MARIA DA GLORIA DE BASTOS FREITAS MESQUITA

ELABORAÇÃO DE MAPAS

WAGNER PEREIRA REIS

ELABORAÇÃO DE MAPAS PARA A ADEQUAÇÃO DE PROPRIEDADES

WAGNER PEREIRA REIS

ENDNOTE

FLÁVIA MARIA AVELAR GONÇALVES

ENGENHARIA GENÉTICA DE FUNGOS FILAMENTOSOS E UTIULIZAÇÃO DE PROTEÍNAS FLURESCENTES

JOÃO CÂNDIDO DE SOUZA

EXAME GINECOLÓGICO E INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL EM EQUINOS

FLAMARION TENÓRIO DE ALBURQUERQUE

EXCEL

ANTONIO CARLOS NERI

EXCEL. (2)*

CARLOS EDUARDO SILVA VOLPATO

EXTENSÃO PROFISSIONAL NA ÁREA DE ENGENHARIA DE SOFTWARE NO ESTADO DE MINAS GERAIS - PROES

AHMED ALI ABDALLA ESMIN

FERRAMENTAS DE QUALIDADE TOTAL NA ATIVIDADE FLORESTAL

LUÍS ANTÔNIO COIMBRA BORGES

FISIOLOGIA VEGETAL

JOÃO PAULO RODRIGUES ALVES DELFINO

FORMAÇÃO DISCENTE: PROJETO TECENDO GÊNERO E DIVERSIDADE SEXUAL NOS CURRÍCULOS DA EDUCAÇÃO

CLÁUDIA MARIA RIBEIRO

FORMAÇÃO EM AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM

CAROLINA FARIA ALVARENGA

FORMAÇÃO EM TUTORIA. (2)*

CAROLINA FARIA ALVARENGA

FUNDAMENTOS E TÉCNICAS DE PRODUÇÃO DE SEMENTES E MUDAS DE ESPÉCIES FLORESTAIS E RECUPERAÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS. (3)*

ANTONIO CLAUDIO DAVIDE

GESTÃO DA INFORMAÇÃO NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

REGINALDO FERREIRA DE SOUZA

GESTÃO DA QUALIDADE NA INDÚSTRIA DE ALIMENTOS

EDUARDO VALÉRIO DE BARROS VILAS BOAS

GESTÃO DE ACORDOS, CONTRATOS E CONVÊNIOS

JOSÉ ROBERTO PEREIRA


CURSOS REALIZADOS EM 2010

COORDENAÇÃO

GESTÃO DE RESÍDUOS

JOSÉ ROBERTO PEREIRA

GPS

ELBERIS PEREIRA BOTREL

GPS (2)*

WAGNER PEREIRA REIS

HISTOLOGIA E ANATOMIA VEGETAL

JOÃO PAULO RODRIGUES ALVES DELFINO

HORTAFACIL

ROVILSON JOSÉ DE SOUZA

HORTICULTURA - PROJETO GALPÃO CIDADÃO (3)

ELIAS RODRIGUES DE OLIVEIRA

IMPLEMENTANDO O CTM NA PRÁTICA

ANTÔNIO MARIA PEREIRA DE RESENDE

INFORMÁTICA BÁSICA (2)*

GERALDO CÉSAR DE OLIVEIRA

INFORMÁTICA BÁSICA - PROJETO GALPÃO CIDADÃO (3)*

ELIAS RODRIGUES DE OLIVEIRA

INFORMÁTICA BÁSICA E INTERMEDIÁRIA APLICADA (3)*

REGINALDO FERREIRA DE SOUZA

INGLÊS INSTRUMENTAL

TÂNIA REGINA DE SOUZA ROMERO

INGLÊS TÉCNICO

FLÁVIA MARIA DE OLIVEIRA BORGES SAAD

INSEMINAÇÃO TRANCERCICAL EM OVINOS

JUAN OLALQUIAGA PEREZ

INSERÇÃO DE DADOS USUÁRIO CENTRO DE TRAINEE CIM. (4)*

LUIZ GONZAGA DE CASTRO JR

INSTITUINDO UM CTM

ANTÔNIO MARIA PEREIRA DE RESENDE

INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA (2)*

CLAUDIO FABIANO MOTTA TOLEDO

INTRODUÇÃO À VIROLOGIA VEGETAL E INDEXAÇÃO DE VIROSES

JOSÉ DA CRUZ MACHADO

INTRODUÇÃO AO CADASTRO TERRITORIAL MULTIFINALITÁRIO – CTM

ANTÔNIO MARIA PEREIRA DE RESENDE

JULGAMENTO DE BOVINOS

WAGNER PEREIRA REIS

LATEX

FLÁVIA MARIA AVELAR GONÇALVES

LATEX

ROBERTO ALVES BRAGA JÚNIOR

MANEJO GERAL DE CAPRINOS LEITEIROS

FLÁVIA MARIA DE OLIVEIRA BORGES SAAD

MANIPULAÇÃO DE ALIMENTOS

VITOR FERNANDO TERRA

MANUSEIO DO INFRARED GAS ANALYZER (IRGA) LI-COR LI-6400

JOÃO PAULO RODRIGUES ALVES DELFINO BARBOSA

MARKETING

JOÃO DE DEUS


CURSOS REALIZADOS EM 2010

COORDENAÇÃO

MOLECULAR BASIS OF BIOTECHNOLOGY

FATIMA M.S. MOREIRA

MONITORAMENTO E CONTROLE DE FORMIGAS CORTADEIRAS

RONALD ZANETTI

NOÇÕES BASICAS DE ESPANHOL

GERALDO CÉSAR DE OLIVEIRA

NOÇÕES BÁSICAS DE GEOPROCESSAMENTO COM TERRASIG, SPRING E GEOSNIC (3)*

ANTONIO MARIA PEREIRA DE RESENDE

NOÇÕES BÁSICAS DE GEOPROCESSAMENTO COM TERRAVIEW (3)

ANTONIO MARIA PEREIRA DE RESENDE

NOÇÕES BÁSICAS DE GEOPROCESSAMENTO E MODELAGEM DE DADOS EM GIS E CARTOGRAFIA (3)*

ANTONIO MARIA PEREIRA DE RESENDE

NOÇÕES DE HOMEOPATIA

FLÁVIA MARIA DE OLIVEIRA BORGES SAAD

O JOGO/BRINCADEIRA COMO OBJETO DE ESTUDO DA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR

FABIO PINTO GONÇALVES DOS REIS

ORATÓRIA

GERALDO CESAR DE OLIVEIRA

PEDOLOGIA E MEIO AMBIENTE

GERALDO CESAR DE OLIVEIRA

PORTUGUÊS INSTRUMENTAL

PAULO ROBERTO RIBEIRO

PÓS-COLHEITA E QUALIDADE DO CAFÉ

FLÁVIO MEIRA BORÉM

PRÁTICAS AMBIENTAIS APLICADAS À ECOLOGIA

DANIEL CARVALHO DE REZENDE

QUIMIOMETRIA APLICADA

FABIANA QUEIROZ

REGULAGEM DE IMPLEMENTOS

RUBENS JOSÉ GUIMARÃES

RELACIONAMENTO INTERPESSOAL

SORAYA COMADUCCI DA SILVA CARVALHO

RISCOS E BENEFÍCIOS DE PLANTAS E ERVAS MEDICINAIS, AROMÁTICAS E CONDIMENTARES

ELIAS RODRIGUES DE OLIVEIRA

SISTEMÁTICA E BIOLOGIA DE FORMIGAS

CARLA RIBAS

SOFTWARE BIONUMERICS

FATIMA MARIA DE SOUZA MOREIRA

STATISTICAL PACKAGE

RICARDO DE SOUZA SETTE

TAXONOMIA DE SCARABAEIDAE

JULIO NEIL CASSA LOUZADA


CURSOS REALIZADOS EM 2010

COORDENAÇÃO

TECENDO GÊNERO E DIVERSIDADE SEXUAL RÍCULOS DA EDUCAÇÃO INFANTIL

CLÁUDIA MARIA RIBEIRO

TÉCNICAS DE PREPARAÇÃO E ILUSTRAÇÃO EM ARTHROPODA

ALESSANDRA ANGELICA DE PADUA BUENO

TEORIA DA RELATIVIDADE NO NIVEL DO ENSINO MÉDIO

IRAZIET DA CUNHA CHARRET

TRANSFORMAÇÃO DE FUNGOS

JOSÉ DA CRUZ MACHADO

TREINAMENTO DE PROVADORES PARA TESTES SENSORIAIS (2)*

ANA CARLA MARQUES PINHEIRO

TREINAMENTO E IMPLANTAÇÃO DA METODOLOGIA ÁGIL SCRUM NO PROJETO SAGU

PAULO HENRIQUE DE SOUZA BERMEJO MARIA PEREIRA DE RESENDE

UM ENFOQUE SOBRE A GESTÃO DE CUSTOS

JOÃO DE DEUS

USO DA ÁGUA NA PERMACULTURA

HENRIQUE DO PRADO SAMSONAS

VERÃO

AMANDA CASTRO OLIVEIRA

* Quantidade de cursos realizados durante o ano.

10

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA


programa de estágios O

s estágios são fundamentais na consolidação da qualificação profissional dos discentes, pois

eles permitem que se exercitem, ou seja, coloquem-se em prática atividades que irão exercer no futuro. É uma atividade importante de extensão, pois os acadêmicos atuam divulgando a UFLA, ao mesmo tempo em que realizam atividades extracurriculares e prestam importantes serviços às instituições em que estão estagiando. A UFLA oferece estágios e seus acadêmicos também estagiam em outras instituições. O estágio é regido pela Lei Federal nº 11788/08 e pode ser obrigatório ou não obrigatório. Para a realização de estágios é celebrado um convênio com a empresa. Atualmente, a UFLA tem convênio de estágio com 952 instituições, tendo no ano de 2010, sido celebrados 112 novos convênios. A UFLA disponibiliza vagas de estágio semestralmente, de acordo com a solicitação dos departamentos. Em 2010, 32 estudantes estagiaram na UFLA e 701 estudantes estagiaram em diferentes instituições no país.

NÚMERO DE ESTAGIÁRIOS

EMPRESA Escolas Estaduais de Lavras

97

Escolas Municipais de Lavras

76

Instituto Presbiteriano Gammon

31

Universidades Federais

22

Colégio Nossa Senhora de Lourdes

21

Cooperativa Agrícola Alto Rio Grande Ltda

13

Centro Educacional da Criança

13

Embrapa

11

Associação dos Usuários do Núcleo de Desenvolvimento Educacional

10

IMA – Serviço Florestal Ltda

9

Laticínios Verde Campo Ltda

9

Instituto Agronômico de Campinas

8

Expresso Nepomuceno Ltda

8

Durcila Amelia R. de Carvalho – Jeito Caseiro

8

Luiz Onofre Salgado – Agroteste

8

Siriema Produtos Ambientais Ltda

8

Sexta Região da Polícia Militar de Minas Gerais (Colégio Tiradentes)

8

Lavras Tênis Clube

7

Emater

6

Cargill Agrícola

5

Rehagro Recursos Humanos no Agronegócio Ltda

5

Cooperativa de Tecnologia e Soluções Livres Ltda

5

Iharabrás S/A Indústrias Químicas

5

Tabela: Relação das instituições que mais forneceram estágios em 2010.

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA

11


eventos Em 2010, foram realizados, na UFLA, 413 eventos, com a participação de 14.886 pessoas. Esses eventos são promovidos por docentes, técnico-administrativos e núcleos de estudos com a participação dos discentes. Os temas foram os mais variados, tendo como público tanto membros da comunidade universitária como para não membros. Para os discentes, esses eventos têm algumas finalidades. Eles permitem a consolidação profissional em alguns temas aumentam a interação com os discentes de outros cursos e também com pessoas da comunidade.

Alguns desses dicentes ficam envolvidos na organização e adquirem experiência no planejamento e na condução de eventos técnicos científicos. Os eventos também são mais uma oportunidade de interação da universidade com a comunidade e uma das formas mais eficientes de extensão universitária, pois permitem atingir um público específico. A comunidade não acadêmica também se beneficia desses eventos, pois é uma oportunidade para se aperfeiçoar em determinados temas e se manter atualizada em varias áreas de atuação.

Merece destaque, entre os eventos, a Semana de Ciência, Tecnologia, Inovação e o Município, cujos objetivos são: ampliar o relacionamento entre a Universidade e os institutos de pesquisa com os municípios da região; debater os problemas da região, demonstrando como a ciência e a tecnologia podem contribuir para a sua solução; promover a interação pesquisadores/professores/estudantes de graduação e pós-graduação e a comunidade e incentivar o trabalho conjunto das universidades da região. Esse evento aconteceu juntamente com a Reunião Regional da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência e envolveu, além da UFLA, a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), a Universidade Federal de Viçosa (UFV), Universidade Federal de São João del Rei (UFSJ), Universidade Federal de Alfenas (Unifal) e Universidade Federal de Itajubá (Unifei). Foram realizados, simultaneamente, os seguintes eventos: XXIII Congresso de Iniciação Científica; o XIX Congresso de Pós-Graduação da UFLA, promovido pela Associação dos Pós-Graduandos; o V Congresso de Extensão (CONEX), o IV Simpósio de Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia e o 2º Encontro Sul-Mineiro sobre Arborização Urbana. Foram 2.148 participantes que tiveram a oportunidade de assistir a 88 minicursos e 45 conferências, palestras e mesas redondas. Adicionalmente, foram apresentados trabalhos científicos, sendo 125 no V CONEX, 1.104 no XXIII CIUFLA e 812 no Congresso de Pós-Graduação.

Tipo Colóquio Conferência Congresso Palestra Seminário Simpósio Visita Técnica Workshop Outros

12

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA

Quantidade

4 4 4 71 83 7 33 6 89

Nº de Envolvidos Não foram emitidos certificados

193 455 1.437 3.649 1.634 970 399 8.297


I AGRILEITE A realização do I Agrileite merece ser ressaltada porque o sul do estado de Minas Gerais é uma das principais regiões produtoras de leite do país. A estrutura de produção é muito diversificada, convivendo lado a lado produtores de leite que utilizam de todas as tecnologias e, no outro extremo, produtores de subsistência. Esses produtores não têm quase nenhum acesso à tecnologia e, em consequência, baixa produtividade. A realização da Feira de Difusão de Tecnologia do Agronegócio do Leite, ou I Agrileite, teve por objetivos melhorar a qualidade das pastagens, aumentar a produção de forragens, melhorar e otimizar a colheita e o armazenamento das forragens, melhorar o rebanho genético para a produção de leite, aprimorar a qualidade do leite produzido, tornar mais eficientes as instalações para ordenha e armazenamento, melhorar a renda e a qualidade de vida das famílias produtoras, diminuir o êxodo e promover a fixação do homem no campo, além de aprimorar o intercâmbio entre produtores e laticínios.

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA

13


Projetos de Extensão

A

UFLA tem um programa de bolsas de extensão destinado aos acadêmicos. Assim, para a maioria dos projetos registrados na PROEC foi concedida uma bolsa de extensão. Os projetos de extensão que foram conduzidos em 2010 estão listados a seguir:

14

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA


AVALIAÇÃO TÉCNICA DE PROCESSOS DE PRODUÇÃO DE CACHAÇA POR PRODUTORES NA REGIÃO DE LAVRAS/MG Coordenador: JOSÉ GUILHERME LEMBI FERREIRA ALVES Objetivo: avaliar as condições de produção de cachaça na região.

FOMENTO À CONSCIENTIZAÇÃO DOS CONSUMIDORES DE LAVRAS – MG PARA A IMPORTÂNCIA DA INSPEÇÃO SANITÁRIA DO LEITE E DERIVADOS Coordenador: CHRISTIANE MARIA BARCELLOS MAGALHÃES DA ROCHA Objetivo: melhorar a percepção da importância da inspeção sanitária do leite e derivados e traçar o perfil dos consumidores desses produtos.

CAPACITAÇÃO EM GEOPROCESSAMENTO DE TÉCNICOS DE PREFEITURAS, ABRANGENDO MESORREGIÕES DO CAMPO DAS VERTENTES, SUL/SUDOESTE DE MINAS E OESTE DE MINAS

ATIVIDADE FÍSICA PARA PORTADORES DE CÂNCER DA CASA DE APOIO LAR, ESPERANÇA E VIDA MATHEUS LOUREIRO TICLE Coordenador: SANDRO FERNANDES DA SILVA Objetivo: desenvolver programas de atividades físicas na casa de apoio aos portadores de câncer Lar, Esperança e Vida, em Lavras, buscando melhorar a qualidade de vida e a autoestima desses pacientes, além da socialização, por meio dos benefícios que a atividade física proporciona aos portadores de doenças crônicodegenerativas.

Coordenador: ANTÔNIO MARIA PEREIRA DE RESENDE Objetivo: capacitação de servidores das administrações municipais para a utilização de sistemas de informações geográficas empregando o software do Ministério das Cidades GeoSNIC/Terraview/Edit.

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA

15


A UNIVERSIDADE E A SOCIEDADE: O PROGRAMA BIC JÚNIOR DESENVOLVENDO ATIVIDADES ACADÊMICO-CIENTÍFICAS E CONTRIBUINDO PARA A FORMAÇÃO DO CIDADÃO Coordenador: PATRICIA VASCONCELOS ALMEIDA Objetivo: organizar banco de dados do Programa BIC Junior e realizar atividades que mostrem os trabalhos desenvolvidos pelo programa. A EXPERIMENTAÇÃO NO ENSINO DE QUÍMICA Coordenador: RITA DE CÁSSIA SUART Objetivo: executar atividades de caráter investigativo em escola (s) da rede pública de Lavras, MG, a fim de permitir a participação dos alunos do ensino médio no desenvolvimento e na manifestação de habilidades cognitivas e permitir que os professores tenham acesso a essa metodologia e a novas abordagens de ensino, podendo, assim, refletir sobre melhores condutas em sala de aula.

ÍNDICES DE PREÇOS RECEBIDOS (IPR) E DE PREÇOS PAGOS (IPP) PELOS PRODUTORES RURAIS NA REGIÃO SUL DE MINAS GERAIS Coordenador: RICARDO PEREIRA REIS Objetivo: operacionalizar e gerenciar bancos de dados de Índices de preços do setor agropecuário. Especificamente, (a) estimar os Índices de Preços Recebidos (IPR) e de Preços Pagos (IPP) pelos produtores rurais na região e divulgá-los mensalmente; (b) estabelecer um endereço eletrônico de informação permanente de preços e índices, disponível para todo o estado de Minas Gerais e (c) realizar análises comparativas desses índices de preços agrícolas entre si e destes GALPÃO CIDADÃO-INCLUSÃO DIGITAL com outros índices da economia regional. Coordenador: GERALDO CÉSAR DE OLIVEIRA Objetivo: promover a inclusão digital de jovens e adultos das comunidades carentes da cidade de Lavras, possibilitando-lhes novas e melhores oportunidades no mercado de trabalho.

16

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA


MINIMUSEU DE ROCHAS E MINERAIS Coordenador: GERALDO CÉSAR DE OLIVEIRA Objetivo: despertar o interesse dos alunos por meio do contato com os exemplares de rocha e minerais, introduzindo conhecimentos básicos em mineralogia.

REAPROVEITAMENTO DE RESÍDUOS DE SUÍNOS COMO BIOFERTILIZANTE NA CAFEICULTURA, COM VISTAS AO AUMENTO SUSTENTÁVEL DA PRODUTIVIDADE E M I T I G A Ç Ã O D A C O N TA M I N A Ç Ã O AMBIENTAL Coordenador: ALESSANDRO TORRES CAMPOS Objetivo: avaliar o potencial da utilização de dejeto líquido de suínos como biofertilizante para a cultura do café (Coffea arabica L.), com vistas ao fornecimento de nutrientes, minimizando o impacto ambiental degradador e difundir as técnicas e as metodologias para produtores do Vale do Jequitinhonha.

LEVANTAMENTO EPIDEMIOLÓGICO DE DOENÇAS REPRODUTIVAS NO REBANHO LEITEIRO DE PEQUENOS PRODUTORES NO MUNICÍPIO DE LAVRAS E REGIÃO Coordenador: JOÃO BOSCO BARRETO FILHO Objetivo: caracterizar epidemiologicamente o rebanho leiteiro dos agricultores familiares da região, mitigando o impacto causado pelas doenças dos animais, aumentando o lucro da propriedade.

SISTEMATIZANDO E AMPLIANDO AS AÇÕES DO PROJETO EDUCAÇÃO INCLUSIVA: TECENDO GÊNERO E DIVERSIDADE SEXUAL NAS REDES DE PROTEÇÃO Coordenador: CLÁUDIA MARIA RIBEIRO Objetivo: discutir as questões de gênero e da educação sexual nas escolas.

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA

17


ESTUDO EPIDEMIOLÓGICO DOS FATORES DE RISCO ASSOCIADOS À OCORRÊNCIA DE ANAPLASMOSE E BABESIOSE EM BOVINOS LEITEIROS NAS PEQUENAS E MÉDIAS PROPRIEDADES DA MICRORREGIÃO DE LAVRAS, MINAS GERAIS Coordenador: ANTÔNIO MARCOS GUIMARÃES Objetivo: determinar o papel da tristeza parasitária bovina (TPB) como fator limitante à criação de bezerros em pequenas e médias propriedades produtoras de leite localizadas na microrregião de Lavras, MG e determinar os principais fatores de risco associados à ocorrência de anaplasmose e babesiose nestes rebanhos.

SISTEMA AGROFLORESTAL COM BANANA E PALMITO Coordenador: ARNALDO PEREIRA VIEIRA Objetivo: estimular o aprendizado na área agroflorestal.

O JOGO DE NÃO JOGAR Coordenador: ELAINE DAS GRAÇAS FRADE Objetivo: estimular a criação de hábitos e comportamentos, baseados em estratégias inovadoras diversas, no tocante à educação ambiental junto à comunidade escolar do ensino fundamental da APA Coqueiral, em Coqueiral, MG.

18

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA

A LEITURA E A PRODUÇÃO DE TEXTO EM I N T E R A Ç Ã O C O M A S N O VA S TECNOLOGIAS Coordenador: SANDRO LUÍS DA SILVA Objetivo: analisar a familiaridade do professor de língua portuguesa com os recursos tecnológicos no processo de ensino-aprendizagem; a relação estabelecida entre teoria e prática no trabalho com leitura e produção textual a partir da utilização das novas tecnologias no espaço da sala de aula e a prontidão do professor para introduzir novos procedimentos metodológicos para o trabalho com a leitura e a produção textual.


ESCOLA DE ESPORTES UFLA - UNICIAÇÃO AOS JOGOS ESPORTIVOS COLETIVOS E ESCOLA DE INICIAÇÃO DESPORTIVA Coordenador: MARCELO DE CASTRO TEIXEIRA Objetivo: o desenvolvimento integral do aluno/atleta nos âmbitos físico, social, motor e cognitivo. AÇÃO JUVENTUDE RURAL. MOBILIZAÇÃO DE JOVENS RURAIS COMO REPLICADORES E MULTIPLICADORES DE ALTERNATIVAS QUE PROMOVAM DESENVOLVIMENTO L O C A L , AT R AV É S D E A C E S S O À INFORMAÇÃO E INTEGRAÇÃO COM A UNIVERSIDADE. Coordenador: GILMAR TAVARES Objetivo: Construir e divulgar conhecimentos em temas interdisciplinares de interesse dos filhos de agricultores/pecuaristas familiares participantes ou não de atividades extensionistas e/ou organizativas, através da criação de um canal de comunicação direta entre a universidade e as comunidades rurais do município de Carrancas (MG).

INTERAÇÃO HOMEM-ANIMAL E AS ZOONOSES, ESSAS DESCONHECIDAS Coordenador: IDAEL CHRISTIANO DE ALMEIDA SANTA ROSA Objetivo: difundir conhecimentos sobre interação homem-animal, guarda responsável e zoonoses. A UTILIZAÇÃO DE PLANTIO DIRETO NA COMUNIDADE DE LAVRAS, MG C A PA C I TA Ç Ã O D E A G R I C U LTO R E S FAMILIARES NO ASSENTAMENTO SANTO DIAS EM GUAPÉ, MG Coordenador: DANIEL MELO DE CASTRO Objetivo: difundir, por meio de cursos e oficinas, atividades relacionadas ao meio ambiente, à produção e às tecnologias sustentáveis para agricultores familiares do assentamento Santo Dias, em Guapé.

Coordenador: CARLOS EDUARDO SILVA VOLPATO Objetivo: informar à comunidade os benefícios e melhorias advindos do uso do sistema de plantio direto, assim como qualificar os produtores da região para a sua utilização adequada, ampliar a utilização desse sistema em nossa comunidade e promover o acompanhamento e a assistência a agricultores que optarem pelo uso do sistema de plantio direto.

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA

19


O USO DE SOFTWARE EDUCACIONAL NO ENSINO DE MATEMÁTICA NAS ESCOLAS PÚBLICAS Coordenador: MARIA DO CARMO PACHECO DE TOLEDO COSTA Objetivo: trabalhar conteúdos de matemática com alunos de escolas públicas, usando softwares educacionais de livre acesso.

DESENVOLVIMENTO DE ATIVIDADES E/OU MATERIAIS DIDÁTICOS PARA O ENSINO DE MATEMÁTICA Coordenador: JOSÉ ANTÔNIO ARAÚJO ANDRADE Objetivo: construir dispositivos pedagógicos para o ensino de Matemática que auxiliem no desenvolvimento de um trabalho docente de qualidade.

AT I V I D A D E S D E M AT E M Á T I C A E GEOMETRIA NO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO POR FERRAMENTAS COMPUTACIONAIS GRATUITAS Coordenador: AMANDA CASTRO DE OLIVEIRA Objetivo: capacitação dos estudantes de licenciatura em Matemática para utilizar alguns softwares livres de caráter educativo para que eles possam elaborar e executar atividades de ensino de Geometria e Matemática.

20

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA

A MAGIA DA FÍSICA E DO UNIVERSO Coordenador: JOSÉ ALBERTO CASTO NOGALES Objetivo: a magia da física e do universo planeja ser um espaço itinerante para atrair crianças e adultos ao pensamento científico, usando material de baixo custo e que pode ser reproduzido em casa e nas escolas.


PROJETO JORNAL RURAL- UFLA NA COMUNIDADE Coordenador: WELLINGTON PEREIRA ALENCAR DE CARVALHO Objetivo: difundir as informações pertinentes à agricultura na região de Lavras e, pelos princípios da extensão universitária, criar um vínculo dinâmico entre universidade e sociedade.

AVALIAÇÃO E DISPONIBILIZAÇÃO DE TECNOLOGIA SOBRE MANEJO DE COBERTURA EM CANTEIROS DE ALFACE Coordenador: LUIZ ANTONIO AUGUSTO GOMES Objetivo: verificar o interesse dos produtores de hortaliças, feirantes do mercado municipal de Lavras, na produção de hortaliças sem utilização de produtos químicos, e mostrar a viabilidade técnica e econômica desse modo de produção e apoiáIos nas ações necessárias para que essa transição possa ocorrer. NO MUNDO DOS INSETOS: UMA EXPERIÊNCIA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL N A S E S C O L A S M U N I C I PA I S D O MUNICÍCIPIO DE LAVRAS – MG

MONITORAMENTO DAS CONDIÇÕES DE ARMAZENAMENTO DE FRUTAS EM PROPRIEDADES RURAIS E EMPRESAS NA REGIÃO DE LAVRAS – MG

Coordenador: BRÍGIDA DE SOUZA Objetivo: conscientização da importância da conservação do ambiente, utilizando como pano de fundo o “Mundo dos Insetos”.

Coordenador: ALEXANDRE DE PAULA PERES Objetivo: monitorar as condições de armazenamento de frutas e empregar simulação via CFD em avaliações das falhas potenciais decorrentes do armazenamento incorreto dessas frutas, elegendo estudos de caso em propriedades rurais e empresas de pequeno porte da região.

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA

21


EDUCAÇÃO E CIDADANIA: QUALIDADE ALIMENTAR E AMBIENTAL Coordenador: FABIANA QUEIROZ FERRUA Objetivo: formar futuros cidadãos convictos dos seus direitos como consumidores e de sua responsabilidade ambiental, por meio da aquisição de conhecimentos sobre conservação, armazenamento, manipulação, higiene de alimentos e impacto das embalagens no meio ambiente.

APLICATIVO COMPUTACIONAL PARA CAIXA BANCÁRIO AUTOMÁTICO PREFERENCIAL Coordenador: TALES HEIMFARTH Objetivo: desenvolver aplicativo computacional que possa simular as principais operações utilizadas nos caixas automáticos, voltado especificamente para idosos com pouca habilidade no uso desses equipamentos.

DIAGNÓSTICO E CONTROLE DAS DOENÇAS DE BEZERROS EM SISTEMAS DE PRODUÇÃO DE BOVINOS DE LEITE DA REGIÃO DE LAVRAS, MG Coordenador: ADRIANA DE SOUZA COUTINHO Objetivo: auxiliar produtores, veterinários e técnicos que atuam no agronegócio do leite a obter diagnósticos precisos e precoces das doenças que acometem os bezerros e a implementar medidas terapêuticas e profiláticas eficazes para controlá-Ias.

22

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA

PROMOÇÃO NA SANIDADE BOVINA LEITEIRA NA APA COQUEIRAL, MG Coordenador: CHRISTIAN HIRSCH Objetivo: capacitar mão de obra rural para ações de melhoria do nível sanitário na bovinocultura de leite na AP A Coqueiral, MG, com ênfase em medidas preventivas e corretivas para a elevação da qualidade do leite produzido.


AVA L I A Ç Ã O D A P E R C E P Ç Ã O D O S C O N S U M I D O R E S D E L AV R A S , M G , RELACIONADA À QUALIDADE MICROBIOLÓGICA, NUTRICIONAL E DE SEGURANÇA ALIMENTAR DO OVO Coordenador: PRISCILLA ROCHELE BARRIOS Objetivo: avaliar as informações relacionadas à qualidade microbiológica, nutricional e de segurança alimentar dos consumidores de ovos no município.

CENTRO DE MONITORAMENTO E VIGILÂNCIA DA RESISTÊNCIA ANTIMICROBIANA EM BACTÉRIAS PATOGÊNICAS PARA O GADO DE LEITE C o o r d e n a d o r : R O B E R TA H I L S D O R F PICCOLI Objetivo: fortalecer a rede de diagnóstico e pesquisa das doenças de elevado impacto econômico para o agronegócio brasileiro.

APOIO NUTRICIONAL AOS PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS: UMA AÇÃO EXTENSIONISTA Coordenador: VÍTOR FERNANDO TERRA Objetivo: reeducação alimentar de portadores de necessidades especiais do município de Lavras e cidades circunvizinhas.

EQUOTERAPIA COMO PEDAGÓGICO

RECURSO

Coordenador: JACKSON ANTÔNIO BARBOSA Objetivo: estimulação pedagógica, no contexto da equitação, psicologia e educação, de portadores de necessidades especiais do município de Lavras e cidades circunvizinhas e qualificação de discentes do curso de licenciatura em Educação Física da UFLA para atuarem no desenvolvimento pedagógico de portadores de necessidades especiais, utilizando como principal ferramenta pedagógica a equoterapia (terapia com uso do cavalo).

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA

23


PARÂMETROS PEDOLÓGICOS DA ÁREA DO PROJETO PEQUENA PROPRIEDADE / PROEC – UFLA

IMPLANTAÇÃO DE FORMAS PARTICULARES DE SISTEMATIZAÇÃO DO COMÉRCIO DOS PRODUTOS AGROPECUÁRIOS DA AGRICULTURA FAMILIAR NO MUNICÍPIO DE CARRANCAS, MG Coordenador: GILMAR TAVARES Objetivo: capacitação de agricultores familiares para serem economicamente independentes, através do cooperativismo e autogestão.

Coordenador: VICENTE GUALBERTO Objetivo: efetuar, no campo e embasado em princípios pedológicos, a estratificação de ambientes presentes na área reservada à implementação do projeto, gerando informações importantes no tocante à identificação da adequabilidade de uso da terra em conformidade com práticas de manejo e efetuar coletas de amostras de materiais de solo para a devida caracterização, em laboratório, de parâmetros físicos, químicos e mineralógicos.

P L A N O D E P R E V E N Ç Ã O , M O N I T O R A M E N T O E C O M B AT E A I N C Ê N D I O S F L O R E S TA I S N A UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS Coordenador: JOSÉ ALDO ALVES PEREIRA Objetivo: implantar plano de prevenção, monitoramento e combate a incêndios florestais no campus da Ufla, podendo, assim, proteger suas áreas de vegetação nativa e plantada, sua fauna silvestre, áreas de pesquisas, administrativas, convivências e salas de aula.

ATIVIDADE FÍSICA E SAÚDE PARA IDOSOS Coordenador: PRISCILA CARNEIRO VALIM ROGATTO Objetivo: disponibilizar orientações sobre prevenção e promoção da saúde adequadas às pessoas com idade a partir de 60 anos.

24

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA


AS LEIS, ALGUNS LIMITES E POSSIBILIDADES: ATUAÇÃO JUNTO AO CONSELHO MUNICIPAL DE POLÍTICAS DE IGUALDADE RACIAL Coordenador: MARIA DE LOURDES SOUZA OLIVEIRA Objetivo: acompanhar as atividades do Fórum Permanente sobre Educação, Diversidade e Inclusão; realização de oficinas pedagógicas com educadores e crianças e adolescentes da rede pública envolvidos no Fórum e participar da coordenação de um seminário municipal para divulgação dos resultados das oficinas.

DISSEMINAÇÃO DE TÉCNICAS PARA CONTROLE DE SEGURANÇA E DA ERGONOMIA EM TRABALHOS DE MARCENARIAS EM LAVRAS, MG

C U R S O D E C A PA C I TA Ç Ã O E M TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO PARA PROFESSORES DO COLÉGIO TIRADENTES DA PMMG E DA 6ª REGIÃO DA POLÍCIA MILITAR DE MINAS GERAIS Coordenador: ANA PAULA PIOVESAN MELCHIORI Objetivo: estabelecer a formação continuada, semipresencial, de profissionais da educação, no que diz respeito à instrumentalização e à capacitação digital (técnico-computacional), para que os professores possuam meios de aplicar as tecnologias disponíveis para a produção de material didático-pedagógico.

Coordenador: JOSÉ REINALDO MOREIRA DA SILVA Objetivo: levantar a atual situação dos níveis de iluminância, de ruído e de poluição dos ambientes de trabalho das indústrias madeireiras; propor alterações viáveis para o pequeno industrial madeireiro e realizar treinamentos específicos a cada empresa visitada.

TECENDO GÊNERO E DIVERSIDADE SEXUAL NOS CURRÍCULOS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Coordenador: CLÁUDIA MARIA RIBEIRO Objetivo: contribuir para a discussão e a formulação de políticas públicas da relação entre formação de professoras e professores, infância e as temáticas de gênero e sexualidade; A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA

25


EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA À DISTÂNCIA Coordenador: ELIAS RODRIGUES DE OLIVEIRA Objetivo: responder consultas, feitas por cartas e e-mails encaminhados à UFLA, na busca de apoio técnico por agricultores e demais pessoas da comunidade externa à universidade.

O PROGRAMA BIC JÚNIOR DA UFLA: ARTICULAÇÃO ENTRE PESQUISA E EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA C o o r d e n a d o r : C A R O L I N A FA R I A ALVARENGA Objetivo: acompanhamento e avaliação do Programa, por meio da elaboração e análise de relatórios regulares dos/as bolsistas, professores/as-orientadores/as e representantes das escolas;

APOIO À ENTIDADE: FAZENDINHA SENHOR JESUS Coordenador: TARCÍSIO DE MORAES GONÇALVES Objetivo: promover mais opções de trabalho para os jovens da entidade, de forma a direcioná-los para atividades pelas quais tenham mais afinidade; Escriturações zootécnicas da propriedade, dando ênfase à análise financeira e também ao planejamento da propriedade. PRÁTICAS DE VIVÊNCIAS AGROECOLOGIA E EDUCAÇÃO

26

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA

EM

Coordenador: ROSANA VIEIRA RAMOS Objetivo: proporcionar vivências de troca e produção de saberes entre estudantes da UFLA, agricultores familiares do Assentamento Santo Dias/Guapé, MG e agricultores familiares de Poço Fundo, MG, estabelecendo relações educativas de dupla mão nas quais o aprender e o ensinar se dão em situações dialógicas.


GRUPO DE ESTUDOS E PESQUISAS TEORICAS CRÍTICAS E EDUCAÇÃO - UFLA Coordenador: LUCIANA AZEVEDO RODRIGUES Objetivo: discutir sobre educação na universidade federal, especialmente sobre os processos educativos cada vez mais envoltos nas malhas dos produtos da indústria cultural.

EMPREGO DA FARINHA DE RESÍDUOS DA FILETAGEM DE MATRINXÃ NA FABRICAÇÃO DE PÃO DE FORMA MODIFICADOS Coordenador: SABRINA CARVALHO BASTOS Objetivo: viabilizar a utilização dos resíduos gerados pela filetagem de matrinxã, na produção de uma farinha de pescado, com características físico-químicas adequadas, para que possam servir como ingrediente básico na formulação de pães de forma, com características nutricionais e sensoriais almejadas pelos consumidores.

CURSO DE FORMAÇÃO DE AGENTES DE AT E R E M M A N E J O E C O L Ó G I C O E CONSERVAÇÃO DOS SOLOS E DA ÁGUA "ASPECTOS TÉCNICOS E LEGAIS QUE IMPLICAM NA PRODUÇÃO RURAL E EM PRÁTICAS CONSERVACIONISTAS NAS PEQUENAS PROPRIEDADES RURAIS NO ESTADO DE MINAS GERAIS" Coordenador: LUÍS ANTONIO COIMBRA BORGES Objetivo: capacitar os técnicos da EmaterMG (por meio de um curso de capacitação de 88 horas) para o exercício de suas novas funções preconizado pela nova Lei Estadual de MG (Lei 18.365/09), que atribui à Emater a comprovação de APP de uso consolidado por meio de laudo técnico, enfocando, principalmente, os aspectos ambientais e garantindo o aumento da produção agrícola e a geração de emprego e renda no campo, sem ferir os preceitos legais. A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA

ASSESSORIA ORGANIZACIONAL NA COOPERATIVA AGRÍCOLA DO ALTO DO RIO GRANDE (CAARG) Coordenador: RICARDO DE SOUZA SETTE Objetivo: Profissionalizar a gestão da CAARG.

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA

27


" D U A S R O D A S E M U I TA S V I D A S " : LEVANTAMENTO E AÇÕES PARA MELHORIA DA SEGURANÇA NA CIRCULAÇÃO DE PESSOAS E VEÍCULOS PELAS VIAS URBANAS DE LAVRAS/MG

GINÁSTICA LABORAL NA UFLA

Coordenador: ELIAS RODRIGUES DE OLIVEIRA Objetivo: desenvolver ações junto a motociclistas, motoristas, ciclistas e pessoas em geral da cidade Lavras (MG), buscando maior segurança na circulação pelas vias urbanas da cidade e redução do número de acidentes de trânsito e suas gravidades.

Coordenador: PRISCILA CARNEIRO VALIM ROGATTO Objetivo: oferecer um programa de atividades físicas orientadas (ginástica laboral) e específica para os colaboradores que pertencem a cada um dos setores do prédio da reitoria da Ufla.

ASSISTENCIA TECNICA REPRODUTIVA A PEQUENOS REBANHOS LEITEIROS DO MUNICIPIO DE LAVRAS-MG Coordenador: FLAMARION TENORIO DE ALBUQUERQUE Objetivo: fornecer assistência técnica reprodutiva para pequenas propriedades produtoras de leite, atendendo a todo o processo produtivo e, principalmente, reprodutivo, buscando diminuir o intervalo de partos, as infecções uterinas e levar a um aumento da rentabilidade da atividade. EQUIPE DE COMPETIÇÃO DE GINÁSTICA AERÓBICA GAMMOM/UFLA Coordenador: LUIZ HENRIQUE REZENDE MACIEL Objetivo: desenvolver, em parceria com o Instituto Presbiteriano Gammon, os treinamentos de equipe de competição de ginástica aeróbica esportiva.

28

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA


PROPOSTAS DE REAPROVEITAMENTO ECONÔMICO E SOCIOAMBIENTAL DE MATERIAIS USUALMENTE DESCARTADOS NOS MEIOS RURAL E URBANO Coordenador: GILMAR TAVARES Objetivo: desenvolver uma filosofia criativa de reaproveitamento econômico de materiais usualmente descartados com consequências socioambientais.

PROJETO VOLEIBOL NAS ESCOLAS Coordenador: MARCELO DE CASTRO TEIXEIRA Objetivo: promover a integração da Universidade com a comunidade por meio de atividades esportivas, proporcionando aos jovens um momento de lazer e competitividade. Aos acadêmicos do curso de Educação Física, proporcionar a oportunidade de colocar em prática os conhecimentos adquiridos nas aulas da disciplina.

PROJETO VOLEIBOL NAS ESCOLAS Coordenador: MARCELO DE CASTRO TEIXEIRA Objetivo: promover a integração da Universidade com a comunidade por meio de atividades esportivas, proporcionando aos jovens um momento de lazer e competitividade. Aos acadêmicos do curso de Educação Física, proporcionar a oportunidade de colocar em prática os conhecimentos adquiridos nas aulas da disciplina. ASSISTÊNCIA TÉCNICA REPRODUTIVA AOS EQUÍDEOSCULTORES DO MUNICÍPIO DE LAVRAS E REGIÃO Coordenador: FLAMARION TENORIO DE ALBUQUERQUE Objetivo: fornecer assistência técnica na utilização de biotecnologias aplicadas à reprodução equina. A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA

29


PROGRAMA DE PREVENÇÃO E T R ATA M E N T O D A O B E S I D A D E E M POLICIAIS MILITARES E DEPENDENTES Coordenador: GIANCARLA APARECIDA BOTELHO SANTOS Objetivo: realizar intervenção multidisciplinar, visando mudanças de hábitos alimentares e de estilo de vida, com isso levando à redução de peso e à diminuição da prevalência de doenças cardiovasculares, metabólicas, respiratórias e ortopédicas. PROJETO UFLA - SAÚDE Coordenador: FERNANDO ROBERTO DE OLIVEIRA Objetivo: avaliar as variáveis da aptidão física, percepção de saúde, autopercepção corporal, nível de atividade física e qualidade de vida e analisar os efeitos de um período de prática de exercício físico regular. PROJETO MELHOR AMIGO

GINÁSTICA NA UFLA Coordenador: LUIZ HENRIQUE REZENDE MACIEL Objetivo: implementar na universidade atividades de ginástica artística masculina e feminina, ginástica rítmica, ginástica de trampolim, ginástica aeróbica, ginástica acrobática e ginástica para todos, em diferentes níveis, da iniciação ao alto rendimento e categorias, infantil, infantojuvenil, juvenil e adulta.

Coordenador: GABRIELA RODRIGUES SAMPAIO Objetivo: trabalhar pelo bem-estar animal e pela saúde pública de Lavras, prestando auxílio à Sociedade Lavrense de Proteção aos Animais (SLPA) que cuida de aproximadamente 400 cães capturados nas ruas do município de Lavras, MG, e aos animais pertencentes a proprietários de baixa renda do município.

PROJETO CONTROLE POPULACIONAL DE CANINOS E FELINOS POR MEIO DA ESTERILIZAÇÃO Coordenador: GABRIELA RODRIGUES SAMPAIO Objetivo: controle populacional de animais pertencentes à população de baixa renda do município de Lavras e daqueles mantidos pela Sociedade Lavrense de Proteção aos Animais, visando à redução no número de animais errantes, os quais representam risco potencial à saúde pública.

30

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA


PROJETOS CNPq

Implantação, pesquisa científica e monitoramento de tecnologias socioambientais por meio da extensão inovadora na agricultura familiar e da capacitação de agentes extensionistas orientados pela nova PNATER. Coordenador: Gilmar Tavares

Estruturação do Núcleo de Estudos Multidisciplinares em Agroecologia e Agricultura Familiar da Universidade Federal de Lavras Coordenador: Thiago Rodrigo de Paula Assis

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA

31


Aspectos técnicos e legais que implicam na produção rural e em práticas conservacionistas nas pequenas propriedades rurais no estado de Minas Gerais Coordenador: Luiz Antônio Coimbra Borges

Capacitação de agricultores familiares, inovação tecnológica e comercialização de hortifrutigranjeiros no Sul de Minas Gerais. Coordenador: Ricardo Pereira Reis Difusão de sementes melhoradas de milho e feijão Coordenador: Magno Antonio Patto Ramalho Horta Fácil: uma experiência inovadora no ensino, aprendizagem e intervenção em extensão rural para o planejamento da produção programada de hortaliças voltadas à agricultura familiar. Coordenador: Wilson Roberto Maluf Seleção, validação e difusão de cultivares de amoras e framboesas coloridas como alternativa de renda para a agroindústria familiar mineira. Coordenador: Rafael Pio Desenvolvimento, aprimoramento e aplicação de tecnologias apropriadas à agricultura familiar para a produção de sementes de hortaliças de qualidade em sistema orgânico, no sudoeste paulista. Coordenador: Rovilson José de Souza Formação de rede de troca de saberes sobre beneficiamento e comercialização da agroindústria doméstica da agricultura familiar do Alto Jequitinhonha. Coordenador: Áureo Eduardo M. Ribeiro

32

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA


PROJETOS DE

EXTENSÃO/PESQUISA “Desenvolvimento de trabalhos técnicos especializados de saneamento ambiental nos municípios da área de abrangência da Superintendência Regional de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável - SUPRAM Sul” Coordenador: Antônio Marciano da Silva Parceiros: FEAM/SEMAD-UFLA/FUNDECC

MINAS SEM LIXÕES Coordenador: Antônio Marciano da Silva Parceiros: FEAM/SEMAD- UFLA/FUNDECC

Revegetação da Mata Atlântica para desenvolver o programa de carbo-neutralização através de fixação de CO2 na Mata Atlântica, a ser implantado em área contígua ao distrito de Jeceaba , MG. Coordenador: José Roberto Soares Scolforo Parceiros: VALLOUREC & SUMITOMO TUBOS DO BRASIL Ltda-UFLA/FUNDECC

GESTÃO INTEGRADA DE RESÍDUOS SÓLIDOS DE ESTABELECIMENTOS GASTRONÔMICOS E DA CONSTRUÇÃO CIVIL Coordenador: Pedro Castro Neto

Produção de energia renovável e alimentos com técnicas agrícolas ambiental e socialmente sustentáveis. Coordenador: Rubens José Guimarães Parceiro: Ministério do Desenvolvimento Agrário.

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA

33


Os núcleos de estudos, uma inovação criada pela UFLA à quase vinte anos, têm algumas finalidades, entre elas: I) aglutinar profissionais/acadêmicos para a discussão de tema científico de interesse; II) desenvolver nos acadêmicos a habilidade para o trabalho em equipe; III) propor e executar eventos relacionados ao foco principal do núcleo; IV) complementar os conhecimentos científicos/tecnológicos em áreas de interesse dos estudantes.

34


Empresas Juniores A relação das empresas Juniores é apresentada na tabela abaixo. Essas empresas tem alguns objetivos, entre eles: I) desenvolver o espírito empreendedor dos acadêmicos; II) treinamento dos acadêmico no gerenciamento de uma empresa de tecnologia; III) possibilidade que a Universidade realiza a prestação de serviço a comunidade em diferentes áreas de atuação; IV) ampliar as habilidades dos acadêmicoso para atividades de trabalho em equipe.

35


qualificação profissional D

evido à elevada demanda da sociedade, os cursos de qualificação profissional têm

possibilitado que um grande número de pessoas tenha treinamento em uma área profissionalizante. Esses cursos têm duração de um semestre e são ministrados por bolsistas de extensão sob a supervisão de professores da universidade. Participam também das aulas, especialistas da área de outras empresas privadas e públicas.

Total de titulados em 2010: 369

Nota-se, na maioria dos participantes, um enorme interesse em se qualificar e receber o certificado de conclusão em uma universidade. Além disso, eleva a autoestima do cidadão que participa desses cursos e promove a inserção social desses indivíduos na sociedade.

36

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA


Os cursos ministrados no primeiro e segundo semestre de 2010 foram:

C U R S O D E C A PA C I TA Ç Ã O D E TELHADISTA Coordenador: JOSÉ REINALDO MOREIRA DA SILVA Objetivo: Qualificar profissionais liberais para a arte de confecção de telhados de madeira, com embasamento teórico e prático.

CURSO DE CAPACITAÇÃO DE MESTRE DE OBRAS Coordenador: PAULO CÉSAR HARDOIM Objetivo: A capacitação de mestres de obras, com embasamento teórico e prático dos conceitos e técnicas envolvidos em todas as etapas de construção civil.

CURSO DE ELETRICISTA BÁSICO INSTALAÇÕES DE BAIXA TENSÃO Coordenador: ROBERTO ALVES BRAGA JÚNIOR Objetivo: Formar profissionais qualificados para trabalhar na leitura e execução de projetos elétricos além da manutenção e modificação de instalações prontas.

CURSO DE INTRODUÇÃO À MICROINFORMÁTICA Coordenador: HEITOR AUGUSTUS XAVIER COSTA Objetivo: proporcionar a inclusão digital dos participantes do curso, de forma didática e sistêmica.

CURSO DE MANIPULAÇÃO DE ALIMENTOS - SEGURANÇA ALIMENTAR Coordenador: MARIA DELISETE MENDES ASSUNÇÃO Objetivo: Orientar e alertar os manipuladores de alimentos sobre os cuidados higiênico-sanitários que devem ter, com a finalidade de preparar, armazenar e a vender os alimentos de forma adequada, higiênica e segura.

CURSO DE INICIAÇÃO AO CULTIVO DE PLANTAS ORNAMENTAIS Coordenador: SILVÉRIO JOSÉ COELHO Objetivo: Formar indivíduos com conhecimento suficiente para desenvolver técnicas de propagação, cultivo, manejo e preparo das variedades de plantas ornamentais encontradas na região, além de preencher a falta de mão de obra especializada no setor e ajudar a comunidade com um curso de especialização.

CURSO DE MANEJO DE CAPRINOS Coordenador: MARIA DAS GRAÇAS CARVALHO MOURA E SILVA Objetivo: Orientar pequenos produtores quanto ao manejo básico de criar caprinos; utilizar e aprimorar técnicas já utilizadas por esses pequenos produtores.

CURSO DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO DE MÁQUINAS AGRÍCOLAS Coordenador: CARLOS EDUARDO SILVA VOLPATO Objetivo: Oferecer formação profissional na área manutenção e operação de máquinas agrícolas a jovens e adultos da comunidade rural de Lavras e região.

CURSO LANTERNAGEM E PINTURA AUTOMOTIVA Coordenador: NILSON SALVADOR Objetivo: preparar profissionais da comunidade para atuar em serviços de funilaria e pintura e forma a atender a demanda regional.

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA

37


A UFLA realiza uma série de serviços comunitários que contribuem para o desenvolvimento econômico, social e cultural da região. Alguns desses serviços realizados estão relacionados a seguir:

38

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA


Atendimento no hospital universitário N

o ano de 2010, foram 2.937 atendimentos. A relação dos atendimentos realizados, mensalmente ,é

apresentada no gráfico abaixo. Esse atendimento é uma possibilidade de interação com a universidade, de vivência profissional para docentes e discentes e é uma possibilidade de que muitos indivíduos da sociedade possam dar um tratamento digno aos seus animais de estimação.

MESES

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA

39


ANÁLISE DE SOLOS

JANEIRO FEVEREIRO MARÇO ABRIL

1.342 2.750 1.963 1.368 5.138

MAIO 4.385

JUNHO 3.637

JULHO AGOSTO

2.887 6.111

SETEMBRO OUTUBRO

3.482

NOVEMBRO

3.391

DEZEMBRO

40

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA

3.195


pré-universitário E

ssa é uma ação da PROEC/Prefeitura de Lavras que visa aumentar a chance de sucesso nos vestibulares de estudantes da rede pública que sejam pouco favorecidos financeiramente. O Pré-Universitário teve início em 2006, com aulas ministradas por bolsistas de extensão selecionados por ter aptidão para ensinar e com conhecimento na disciplina que irão ministrar suas aulas. Em 2010, inscreveram-se 159 estudantes. O sucesso do PréUniversitário é evidenciado por meio de várias aprovações de egressos do Pré-Uni no vestibular da UFLA e de outras instituições de ensino da região.

Eu falava para os professores do Pré-Uni: eu não vou desistir! Enquanto eu não entrar na UFLA eu não desisto!” Depoimento de Irani Leite dos Santos, ex-estudante do Pré-Uni que, aos 61 anos, realizou o sonho de ser graduanda em Letras pela UFLA.

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA

41


Museu de História Natural – MHN O Museu de História Natural retrata a evolução do planeta e dos seres vivos nele existente é o único Museu com esse acervo na região. Os visitantes do museu podem encontrar em suas instalações 42 vitrines verticais e 8 triangulares dispostas em duas salas e, ainda, o “museu vivo”, com três terrários, dois aquários e um aquaterrário contendo animais vivos da fauna local. Foram realizadas 2.040 visitas durante o ano de 2010.

PROJETO MUSEU PARA TODOS Projeto financiado pela Fapemig. Foram realizados vários eventos que serão relatados a seguir:

42

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA


Visitas guiadas ao acervo do MHN Essa atividade envolveu estudantes de algumas escolas do ensino médio do município de Lavras durante o período de férias escolares.

Atividades no Planetário do MHN A Dinâmica “Ciência para Jovens” também contou com uma das maiores atrações do Museu de História Natural da Universidade Federal de Lavras, seu planetário insuflável. Nele é possível simular o céu noturno de qualquer região do planeta terra, simular viagens espaciais, visualizar constelações, apresentar nosso sistema solar, seus planetas e vários fenômenos astronômicos. Durante o ano de 2010 o planetário recebeu diversas visitas de grupos escolares e não escolares, os quais puderam iniciar seus estudos em astronomia.

Ciclo de palestras: Temas em Ciência e Tecnologia O intuito da realização desta atividade é transformar o MHN em um local de difusão e popularização do conhecimento científico, fazendo com que a população da comunidade local reconheça essa função deste museu. O público alvo foi constituído de professores da rede pública/privada da educação básica, alunos das universidades da região e a comunidade em geral. A relação das palestras apresentadas em 2010 foi: “Genética e Sociedade” “2012 - A profecia Maia” “Saúde Urbana” “Realidade Virtual e Aumentada” “Ciência e Religião: Divórcio consumado?” “Oportunidades para a divulgação científica em tempos de mídia social” “Espaços Não-Formais de Educação em Ciências no contexto da formação de professores” “A importância social do cinema na formação docente”

“Ciência e Religião: Divórcio consumado?”Ciclo de Palestras no MHN.

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA

43


MHN ITINERANTE

O MHN itinerante realizou diversas atividades de divulgação de ensino de ciências, palestras, debates, experimentos didáticos foram levados do museu para as escolas, estreitando, assim, as relações entre os espaços formais e não formais de educação em nossa comunidade. Na Escola Estadual Benjamim Guimarães, no município de Bom Sucesso, foi realizado o evento “As águas vão rolar”. Nesse evento, foram discutidos temas relacionados a questões hídricas/meio ambiente e biodiversidade. Houve participação na Feira de Temática sobre Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente da Escola Estadual Cristiano de Souza. Neste evento, a equipe do MHN realizou sessões no planetário itinerante, permitindo que alunos daquela escola tivessem maior contato com astronomia e ciências naturais.

44

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA


Em 2010, foram realizados inúmeros eventos culturais por iniciativa da Coordenadoria de Cultura. Procurou-se ter a maior diversidade possível de eventos para atender a toda a comunidade.

CULTURA INDIANA Palestra de Meditação e dança Indiana 'Music of Joy’ (música da alegria). Este evento fez parte da Turnê 2010, 'Music of Joy’. Participaram das apresentações vários artistas entre eles Sandeep Bodhanker, bailarino clássico e cantor, PhD no estilo Kuchipudi de dança e especialista em canto karnatic pela Universidade SPSR Telegu. Com ele se apresentaram Eduardo Roscoe, pesquisador e estudante de percussão indiana, e Analuiza Torres, bailarina clássica, ambos da Academia Internacional de Artes e Música Clássica Indiana Shri P.K.Salve Kala Pratishthan em Vaitarna, Índia; Bruno Descaves, violinista profissional com vasta experiência internacional. Destaque também para a estudante da UFLA, Analuisa Torres, que brilhou junto com o grupo indiano.

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA

45


MENINAS CANTORAS DE LAVRAS Apresentação foi no salão de convenções e as meninas tiveram a oportunidade de apresentar varias canções. Elas mostraram o rápido progresso que conseguiram em curto espaço de tempo e já é uma realização que a cidade se orgulha.

ORQUESTRA SINFÔNICA DE SÃO JOÃO DEL REI A orquestra da Universidade de São João Del Rei fez uma bela apresentação no salão de convenções da UFLA, durante a Semana de Ciência, Tecnologia, Inovação e o Município.

APRESENTAÇÃO DE PIANO Pianista Carla Jean Seibert, Bacharelado em Espanhol e Ciências do Comportamento, 1992, Rice University, Houston, Texas, EUA. Mestrado em Música (Performance Musical - piano), 2010, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, Minas Gerais. Apresentou-se na Semana da Ciência, Tecnologia, Inovação e o Município, com o Recital Entrelaçado (recital de piano solo de obras de F. Couperin e Brahms em diálogo com projeções de obras de artes plásticas de Watteau, Watts, Klinger, Kasebier e outros), interpretando as obras musicais (Ordre No. 25 de F. Couperin e Intermezzos (Op. 118, Nos. 2 e 6, e Op. 119, Nos. 1 e 2) de Brahms).

46

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA


MÚSICA POPULAR BRASILEIRA DE MELHOR QUALIDADE Apresentação da banda Samboceis, constituída por alunos da UFLA, e que brindou o público no salão de convenções com várias músicas. O repertório foi de agrado de todos os que estavam presente. Mostrou sobretudo a versatilidade do grupo em atender à solicitação do público.

TEATRO DA JOCUM JOVENS COM UMA MISSÃO São jovens que utilizam o teatro para a evangelização. A apresentação foi na cantina central da UFLA. Houve uma boa integração com a comunidade acadêmica.

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA

47


CORAL MADRIGAL SCALA DE BELO HORIZONTE O Madrigal Scala, cujo maestro Álvaro Antônio Rodrigues, regente titular, é também o responsável pelo preparo vocal dos cantores. Em Lavras as apresentações ocorreram no auditório Lane Morton do Instituto Gammon e também na Igreja das Mercês. Quem assistiu teve a oportunidade de ouvir belas canções de um coral que se apresenta em todo o país.

EXPOSIÇÃO DO GREENPEACE BRASIL A Exposição da ONG trouxe imagens fortes que convidam os brasileiros a refletir, mas uma vez, sobre o futuro da Amazônia.

ESPETÁCULO PÓ DA TERRA/LOUCOS VARRIDOS TAL cia de teatro Este grupo da cidade de Oliveira se apresentou na praça Dr. Augusto Silva. O grupo conta com 120 integrantes, distribuídos entre bonecões gigantes, atores com máscaras cenográficas representando tipos populares, além da bateria de percursionista. A apresentação foi interativa com ampla participação do público que estava na manhã de domingo na praça.

48

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA


As aves sempre despertaram o fascínio do ser humano, desde tempos imemoriais; mitificaram Ícaro com suas asas de cera, representaram o poder nos tronos e coroas de reis e, ainda hoje, definem a boa ou a má sorte dos ingleses.

EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA DAS AVES DO SUL DE MINAS

O Brasil tem uma das mais diversas e belas avifaunas do planeta; o Sul de Minas, em particular, apresenta espécies de rara beleza, comuns à mata atlântica e ao cerrado. A redução das áreas de mata e cerrado tem expulsado a fauna para o meio urbano, acendendo um sinal de alerta quanto à possível extinção de espécies. Visitando o lago de Furnas, a zona rural, o Parque Zoológico Municipal e, mesmo as ruas de Alfenas em Minas Gerais, o olhar sensível do fotógrafo Kleber Silveira capturou imagens da avifauna do Sul de Minas. ''Avis Rara, Avis Cara'' é um ditado latino usado para identificar uma visita rara, porém, bem-vinda. Ao trazer esta exposição para a UFLA, queremos contribuir para o processo de conscientização ambiental, ressaltando o quanto a natureza nos é cara, no sentido de valor e estima, e alertando, também, para o fato de que a degradação ambiental pode tornar ''raras'' muitas espécies da fauna e flora. A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA

49


EXPOSIÇÃO DE OBRAS DE LITERATURA A iniciativa da exposição de obras de literatura é mostrar ao público acadêmico que o acervo da Biblioteca da UFLA é variado e não abrange somente livros técnicos e científicos. Na exposição, foram expostos livros dos escritores mais aclamados no mundo literário, desde clássicos, como José de Alencar, Machado de Assis, Clarice Lispector, Fernando Sabino, Manuel Bandeira, Carlos Drumond de Andrade, até os mais novos da categoria “best sellers”, como Paulo Coelho, Dan Brown, Khaled Hosseini, William P. Young, Sidney Sheldon e Daniele Steel, entre outros.

LUMINÁRIAS: ÁGUAS E SERRAS DO SUL DE MINAS Exposição fotográfica “Luminárias: águas e serras do Sul de Minas”, de Jean Morel. Ele é Engenheiro Florestal e doutorando pelo Departamento de Ciências Florestais da UFLA, É natural de Lavras. Dedica-se à fotografia da natureza e das paisagens de Luminárias. As fotografias expostas retratam a beleza exuberante da cidade de Luminárias. Jean Morel “acredita que a fotografia, devido à sua forte capacidade de expressar sentimentos, é um importante instrumento para despertar nas pessoas o verdadeiro sentido da natureza

50

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA


PROMOVENDO A A C E S S I B I L I D A D E PA R A P O R TA D O R E S D E DEFICIÊNCIA VISUAL A exposição apresentou mostra dos trabalhos desenvolvidos durante o curso para qualificação dos servidores da biblioteca, quanto ao atendimento e tratamento a usuários cegos e de baixa visão da UFLA. Segundo a Diretora da Biblioteca Vânia Natal de Oliveira, a qualificação dos servidores é o ponto mais positivo no contexto da acessibilidade no ambiente da biblioteca. Os servidores puderam ainda, experimentar situações que os cegos vivenciam no dia a dia e assim puderam perceber a realidade enfrentada na difícil locomoção. Segundo as instrutoras do curso “somente vivendo uma situação de cegueira para sentir o que os deficientes visuais passam”.

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA

51


HOMENAGEM AS MÃES A I Mostra Cultural em Homenagem às Mães, de Valéria Brasil e alunos do Atelier Criarte. Em 1979, Valéria Brasil concluiu seus estudos em Filosofia pela Unilavras. Nesta época, já participava de cursos de metodologia das artes plásticas e de pintura, devido ao seu grande interesse pelas artes. Residiu em Belo Horizonte e em Pouso Alegre, sempre desenvolvendo seu talento, participando de diversos cursos, com destaque especial à pintura a óleo sobre tela. Abaixo uma das obras de Valéria Brasil.

EXPOSIÇÃO DIA DA MATEMÁTICA A exposição teve por objetivo divulgar o Dia Nacional da Matemática e enfocou curiosidades dessa importante ciência.

FLORES E PAISAGENS EM TELA A exposição apresentou as obras de Cristina Duarte, graduanda da Universidade Federal de Lavras, do último período do curso de Engenharia Florestal. Foram expostas 10 obras que retratam flores, paisagens e arte abstrata.

52

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA


COMBATENDO A DENGUE

A Biblioteca da UFLA, em parceria com o setor de Vigilância Epidemiologia da Prefeitura de Lavras, fez uma exposição mostrando cuidados que a sociedade deve ter para reduzir os danos causados pelo mosquito Aedes aegypti.

CORAL VOZES DO CAMPUS

Em 2010 eles realizaram as seguintes apresentações: Ÿ Projeto Caça-Talentos na cantina central da UFLA Ÿ Evento Quando o inverno chegar no salão de

convenções Ÿ Mostra Cultural de Lavras na praça Dr. Augusto Ÿ Ÿ

O Coral Vozes do Campus conta hoje com 40 integrantes, entre servidores e estudantes da Universidade Federal de Lavras e, também, membros da comunidade de Lavras e região. Sua formação básica é coral misto a quatro vozes, sendo as femininas sopranos e contraltos, e masculinas tenores e baixos. O Coral tem feito apresentações em Lavras e em várias cidades do Estado.

Ÿ Ÿ Ÿ

Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ

Silva FIC - Festival Internacional de corais em Belo Horizonte FIC – Festival Internacional de Corais em Três Pontas IV Semana do Livro da Biblioteca da UFLA Visita do Sr. Ministro da Educação Fernando Haddad Evento "África, Brasil e CAIC. A educação abraçando a diversidade” e "LEITORES do MUNDO" no CAIC Concerto de Natal na igreja Nossa Senhora Auxiliadora Concerto de Natal na igreja São Sebastião Concerto de Natal da FAEPE Concerto de Natal promovido pela prefeitura de Lavras na praça Dr. Augusto Silva

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA

53


PROJETO CAÇA-TALENTOS O Projeto Caça-Talentos teve inicio no mês de abril de 2009, com o objetivo de oferecer a toda a comunidade universitária a oportunidade de desenvolver seus talentos. As apresentações ocorreram todas as terças-feiras, na Cantina Central da UFLA, no período de 12 às 13 horas.

Trio Ativamente +2 Grupo Tebebuias

Eliza Canga Leitões

Lauro Tsunami Renato

54

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA


Quarteto de Cordas

DJ Roger

Coral Vozes do Campus

Grupo Mistura Fina

Banda Velociraptor Daniel e Cristino

Grupo de Danรงa do Ventre A Extensรฃo e Cultura em 2010 - UFLA

55


Músicos da Banda do 8º BPM/MG Henrique e Pará

Banda Pacman

Banda Samboceis

Livia e Cia

56

Banda Alternativa A

Violeiro


GUT GRUPO UNIVERSITÁRIO DE TEATRO O Projeto Grupo Universitário de Teatro (GUT) teve início no ano de 2010, com o objetivo de possibilitar á comunidade universitária desenvolver os diversos aspectos culturais e de expressão nesta arte. Os ensaios são realizados no anfiteatro da PRAEC.

PROCAMPUS PROJETO CAPOEIRA NO CAMPUS GINGA UNIVERSITÁRIA O Projeto Capoeira no Campus (PROCAMPUS) teve início no mês de janeiro de 2009, com o objetivo de levar aos praticantes a independência, proporcionando-lhe alegria e estímulo. Os treinos são realizados no Centro de Integração Universitária (CIUNI). Em 2010, eles realizaram as seguintes apresentações:

ENCONTRO BERIMBAU, CAPOEIRA E CAMPO O grupo de capoeira da UFLA realizou um passeio ecológico denominado Berimbau Capoeira e Campo. Foi uma atividade de caráter físico e cultural, buscando o “reencontro” com as origens da arte da Capoeira. O objetivo foi um verdadeiro resgate ao passado por meio da história dos negros e da cultura dos escravos no Brasil, em meio às brincadeiras, palestras e cantigas ao som de instrumentos típicos.

COMEMORAÇÃO DO DIA NACIONAL DA CONSCIÊNCIA NEGRA Apresentação do grupo de capoeira da UFLA no evento “Um Toque de homenagem a Zumbi de Palmares”, homenagem ao dia da Consciência Negra com cantigas, brincadeiras, palestras, treinamentos simbólicos, apresentações ao som de instrumentos típicos. Atividade prática e teórica em que os participantes reviveram um pouco da história dos negros e da cultura dos escravos no Brasil.

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA

57


Centro Cultural da UFLA Este ano foi elaborado o projeto do Centro Cultural da UFLA. Essa obra será o marco importante no desenvolvimento cultural da Universidade e região. O espaço permitirá não só os ensaios de várias atividades culturais, como também apresentações de teatro, música, dança e outros eventos. Terá também uma sala de projeções de filmes. Devido à sua localização no campus histórico, o fácil acesso facilitará a participação dos estudantes, como também da comunidade lavrense.

58

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA


Museu Bi Moreira

A Extens達o e Cultura em 2010 - UFLA

59


O Museu Bi Moreira, inaugurado oficialmente em 1983, existe desde o final da década de 40 e originou-se de coleção particular do servidor da Universidade, Sílvio do Amaral Moreira, popularmente conhecido como Bi Moreira. Possui um acervo de mais de 5.000 peças que contam não só a história de Lavras e região, como também do país. Seu arquivo/ biblioteca de pesquisa guarda uma rara e valiosa hemeroteca (coleção de jornais), muito frequentada por alunos da cidade e região. Foram realizadas 2.199 visitas durante o ano de 2010.

60

A Extensão e Cultura em 2010 - UFLA

PROJETO DINAMIZAÇÃO DO MUSEU BI MOREIRA DA UFLA O objetivo geral é iniciar a implantação de uma estrutura museológica moderna para dinamizar o Museu Bi Moreira da Universidade, permitindo, assim, o esclarecimento de planos e ações que possibilitem credenciá-lo em definitivo como referencia para a região. Essa dinamização irá atender, inclusive, a uma regionalização desenhada pela Superintendência de Museus de Minas Gerais que estabelece Lavras como cidade polo nessa área, apta para a realização de cursos, encontros e treinamentos específicos.


A Extens達o e Cultura em 2010 - UFLA

61


Revista Extensão UFLA  

Extensão Universitária

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you