Page 1

RURAL SEMANAL 1910 a 2010

Informativo da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro ANO XIX - 2012

EDITORIAL Em busca da fonte Após um início de verão com chuvas torrenciais, principalmente em janeiro, e com cada dia de fevereiro extremamente quente, com temperaturas próximas dos 40 graus, estamos recebendo estudantes nesta segunda (5/3), para o início do 1° semestre, com a semana de integração dos novos estudantes dos cursos de graduação dos três campi universitários. Até 9/7, quando se encerrará o semestre letivo, ainda estaremos vivendo, com muita intensidade, as discussões de elaboração e aprovação do Plano de Desenvolvimento Institucional que apontarão os caminhos que a Rural deseja trilhar até 2016. A bagagem que cada ingressante traz – como fruto do esforço pessoal realizado para superar os obstáculos que precisam ser ultrapassados para alcançar a credencial de estudante de ensino superior de uma universidade pública – é essencial que seja utilizada, em toda a sua potencialidade, para que essa passagem de nível educacional aconteça com naturalidade, gerando todas as condições para o máximo aproveitamento das oportunidades que o ambiente e a vivência universitária oferecem. A estrutura multicampi que a UFRRJ vem consolidando – com as instalações do campus de Nova Iguaçu e o de Três Rios em espaços próprios, além de seus respectivos conjuntos de servidores docentes e técnicos – tem apontado a necessidade do exercício profundo de um diálogo na solução das questões inerentes a essa mudança estrutural. Resultados importantes desse diálogo já começam a dar os primeiros frutos institucionais, como os vários programas de pós-graduação com atuação de docentes dos três campi (aqui incluindo o de Seropédica), bem como os programas de tutorias (PET) e projetos de extensão universitária. Cabe destacar também as ações de pesquisadores do campus Leonel Miranda, em Campos de Goytacazes, nos programas de pós-graduação e projetos de pesquisa e extensão articulados dentro desse novo formato estrutural da UFRRJ. Essa nova ambiência é uma fonte crescente de geração de conhecimento, base do ensino universitário, criando novos projetos de pesquisa e extensão com a consequente expansão da capacidade de oferecer bolsas de iniciação científica, extensão, tutoria, monitoria e apoio técnico para estudantes com bom desempenho na graduação e, igualmente, bolsas de mestrado e doutorado para estudantes dos programas de pós. O quadro atual de docentes efetivos do ensino superior – com 1.025 professores, sendo 70% doutores e 27% mestres, dos quais 99% são contratados em dedicação exclusiva – atuando em conjunto com um quadro de 1.239 técnico-administrativos, é a base principal dessa fonte, na qual todos os estudantes dos 56 cursos de graduação e dos 25 programas de pós-graduação buscam o alimento com toda a fome de conhecimento que carregam em suas bagagens.

UFRRJ participa de projeto para desenvolver supercondutores A UFRRJ, em parceria com a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) , vai desenvolver uma nova tecnologia no país: os cabos supercondutores (CSCs) de alta temperatura para sistemas elétricos. O Projeto de Pesquisa & Desenvolvimento (P&D) – que também conta com a participação das empresas Taesa e TBE (do Grupo Cemig), e da Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista (CTEEP) – tem previsão para ser realizado em quatro anos, com um investimento total de R$ 13 milhões. O coordenador do projeto na Rural é o Prof. Marcelo Neves (Depto. de Física/ ICE), que destacou, em entrevista ao Diário do Comércio (MG), que a realização desse projeto poderá adiantar em 15 anos a tecnologia brasileira em energia. Além disso, a utilização dos CSCs traz benefícios como a redução das interrupções no fornecimento de energia e uma maior eficiência energética.

Rural dá boas-vindas a calouros e veteranos

Aulas inaugurais Campus Seropédica – Dia 5/3, às 8h30, no Auditório Gustavo Dutra (Gustavão), aula inaugural para os cursos de bacharelado do período integral: Administração, Agronomia, Arquitetura e Urbanismo, Ciências Econômicas, Eng. Agrícola e Ambiental, Eng. de Agrimensura e Cartográfica, Eng. de Alimentos, Eng. Florestal, Eng. de Materiais, Eng. Química, Farmácia, Geologia, Med. Veterinária, Sistemas de Informação e Zootecnia; às 14h, para os cursos de licenciatura e bacharelado dos períodos integral e vespertino: Ciências Agrícolas, Ciências Biológicas, Ciências Sociais, Economia Doméstica, Ed. Física, Física, Geografia, História (vespertino), Matemática e Química (integral); às 18h, para os cursos noturnos: Administração, Belas Artes, Direito, Filosofia, História (noturno), Letras - Português/ Literaturas, Letras - Português/Inglês/Literaturas, Pedagogia, Comunicação, Química (noturno), Hotelaria e Relações Internacionais. Campus Nova Iguaçu – Dia 5/3, às 18h, no Instituto Multidisciplinar (IM), em Nova Iguaçu. Campus Três Rios – Dia 6/3, às 19h, no andar térreo do InstitutoTrês Rios (ITR), em Três Rios.

Festa Calourosa Dia 7/3, às 17h, no campus Seropédica, e em 8/3, no IM/Nova Iguaçu, ocorre a Festa Calourosa, com apresentação de grupos musicais, grupo de capoeira Angolinha e barracas com comidas e bebidas não alcoólicas. Org.: Prograd e DCE-Rural

01

M A R Ç O

S

T

Q

Q

S

S

D

05

06

07

08

09

10

11

CALENDÁRIO ACADÊMICO a5/3 - Início do primeiro período letivo de 2012. a29/3 - Término do prazo para renovação do

trancamento de matrícula no Quiosque Alunos. a30/3 - Prazo final para cancelar a matrícula em uma ou mais disciplinas. a30/3 - Data final para solicitação de movimentação interna. a6/4 - Feriado nacional (Paixão). a21/4 - Feriado nacional (Tiradentes). a23/4 - Feriado estadual (São Jorge). a30/4 - Emenda entre o domingo e o feriado do Dia 1°. a1/5 - Feriado nacional (Dia do Trabalhador). a6/6 - Prazo final para trancamento de matrícula nos cursos de graduação no 1º período. a6/6 - Prazo final para solicitação de prorrogação do prazo e reintegração ao curso de graduação para ex-alunos para o 2° período. a7/6 - Feriado nacional (Corpus Christi). a8/6 e 9/6 - Emenda do feriado de Corpus Christi. a13/6 - Feriado municipal em Nova Iguaçu (Dia da Padroeira). a 9/7 - Término 1º período letivo de 2012. a10 a 16/7 - Provas optativas. a18/7 - Prazo final para divulgação das notas finais pelos departamentos. a11 a 20/7 - Prazo para lançamento das notas finais no Sistema Acadêmico pelos professores responsáveis por disciplinas. a23/7 - Início do recesso escolar. a6/8 - Início do segundo período letivo de 2012. Atividades Coletivas e Interdisciplinares: 12/4, 16/5 e 18/6. Veja na íntegra em www.ufrrj.br (‘Calendário’).

Professores da UFRRJ são contemplados com bolsas PQ O CNPq divulgou, em janeiro, a lista dos pesquisadores contemplados com Bolsas de Produtividade em Pesquisa (PQ). Quinze docentes da Rural foram contemplados com novas bolsas ou renovações. IA - Nelson Moura Brasil do Amaral Sobrinho e Roberto Oscar Pereyra Rossiello; IB - Francisco Gerson Araújo e Jairo Pinheiro da Silva; ICE - Áurea Echevarria Aznar Neves Lima, Marcio André Lopes Capri, Mario Geraldo de Carvalho e Sonia Regina de Souza; ICHS - John Wilkinson; IM - Alexandre Fortes e Célia Frazão Soares Linhares; IT - Marisa Fernandes Mendes; e IV - José Luis Fernando Luque Alejos, Miliane Moreira Soares de Souza e Vânia Rita Elias Pinheiro Bittencourt. Parabéns aos novos bolsistas PQ – professores Alexandre, Jairo, John, Márcio André, Marisa e Miliane – e aos demais, pelas bolsas renovadas!

8 de Março - Dia Internacional da Mulher ‘Toda mulher leva um sorriso no rosto e mil segredos no coração’. (Clarice Lispector)


Pág. 2 5 a 11/3/2012

RURAL SEMANAL

APQ3/Faperj contempla pesquisadoras da UFRRJ

CNJB certifica JB/UFRRJ

A Rural encaminhou ao DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), com cópia à ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) e ao Ministério dos Transportes, um ofício reiterando pedidos anteriores de providências em relação à segurança na rodovia BR 465. O documento (Ofício nº 108/12 - GR/UFRRJ) solicita “a colocação de fiscalização eletrônica no trecho entre a ponte que conduz ao bairro Mutirão (local de constantes acidentes graves) até o Colégio Técnico - CTUR, da UFRRJ”. O ofício alerta que, com o início das aulas nas escolas das redes pública e particular, há grande movimentação de estudantes que atravessam a pista para utilizar os transportes coletivos. Além da movimentação dos colégios da região, o reinício das aulas na UFRRJ representa um aumento na circulação de pedestres nas imediações da rodovia. O texto destaca ainda que, “após diversas solicitações e já tendo ocorrido acidentes gravíssimos, (...) a Administração da UFRRJ adquiriu asfalto para reposição de quebra-molas nos dois sentidos da rodovia – em frente ao Pórtico Principal e em frente aos Instituto de Educação e de Ciências Humanas e Sociais, da UFRRJ, e do Colégio Estadual Presidente Dutra. No entanto, entendemos que os deslocamentos de veículos ainda são feitos em velocidade excessiva e não foi pintada faixa de pedestres, no último trecho referido, conforme solicitado pela Administração da Universidade”.

A diretoria da Faperj divulgou, em dezembro do ano passado, o resultado da segunda edição do programa de Auxílio à Editoração (APQ 3). Foram homologados 67 novos títulos, propostos por pesquisadores de 17 instituições de ensino e pesquisa sediadas no estado. A Rural foi contemplada com as seguintes propostas: ‘Memórias do urbanismo na Cidade do Rio de Janeiro (1778/1878): estado, administração e práticas de poder’, da Profa. Lucia Helena Pereira da Silva; ‘Os Bakongo de Angola: etnicidade, religião e parentesco num bairro de Luanda’, da Profa. Luena Nascimento Nunes Pereira; ‘Crítica, método e escrita da história em João Capistrano de Abreu’, da Profa. Maria da Glória de Oliveira; ‘Laboratórios didáticos do Departamento de Engenharia Química: da teoria à prática’, da Profa. Marisa Fernandes Mendes; e ‘O velho vaqueano Capistrano de Abreu (1853-1927): memória, historiografia e escrita de si’, da Profa. Rebeca Gontijo Teixeira. Voltado a financiar a publicação de livros, manuais, números especiais (temáticos) de revistas e coletâneas científicas em qualquer tipo de suporte (papel, eletrônicos etc.), o APQ 3 também analisa solicitações para produção de vídeos, CDs e DVDs.

Rural faz depósito de pedido de patente no INPI

Diga não ao trote!

A UFRRJ, através do seu Núcleo de Inovação Tecnológica da Pró-Reitoria de Pesquisa e PósGraduação (NIT-Rural/PROPPG), realizou, em novembro de 2011, seu primeiro depósito de pedido de patente (em Medicina Veterinária) ao Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (INPI). Os docentes da Rural, Rita de Cássia Campbell M. Botteon e Paulo de Tarso L. Botteon, além do mestrando Diego Medeiros Lima (Med. Vet./UFRRJ), são os inventores do ‘Método de diagnóstico para determinar a sensibilidade antimicrobiana em leite de vacas com mastite e kit diagnóstico’. O pedido passará por uma série de trâmites dentro do INPI até que seja decidido pela expedição ou não da carta-patente. Trata-se de um passo importante para nossa universidade, uma vez que a patente é o instrumento de proteção mais utilizado na área de inovação tecnológica.

Rural Semanal

Uma construção coletiva da comunidade universitária

Os conceitos, opiniões, declarações, comunicados, resenhas e cartas são de total responsabilidade dos autores. Colabore enviando artigos, cartas e notas até terça-feira para ascom@ufrrj.br

Portaria nº 66, de 30/12/11 O diretor do Instituto de Ciêcias Exatas da UFRRJ, no uso das suas atribuições que lhe confere o Art. 33, item XVIII do Estatuto da UFRRJ, resolve prorrogar por 60 dias o prazo para a conclusão dos trabalhos da Comissão de Processo Administrativo Disciplinar, instituída pela Portaria 55, de 3/11/11, incumbida de apurar os fatos relatados no Processo 23083.008441/2011-43. João Batista Neves da Costa

Deliberação n° 9, de 1/2/12 O Conselho Universitário da UFRRJ, tendo em vista a decisão tomada em sua 275ª Reunião Ordinária (sessão II), realizada em 1/2/2012, e considerando o que consta no processo nº. 23083.000342/2012-02, resolve: I. proibir, terminantemente, a prática de qualquer tipo de trote estudantil no âmbito desta Universidade. II. revogar a Delib. nº 2, de 8/1/1994. Ricardo Motta Miranda, presidente

Rural na mídia Reitor da UFRRJ é entrevistado pelos jornais ‘O Globo’ e ‘Folha Dirigida’ A matéria ‘Pessoas não podem ser prejulgadas’, publicada no caderno ‘O País’ (O Globo, 23/12/11), trouxe uma entrevista especial com o Prof. Ricardo Motta Miranda, Reitor da UFRRJ e presidente do Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras (CRUB). Na Folha Dirigida (de 28/2 a 5/3/12), a matéria ‘Gestão de risco nas universidades’, publicada no caderno Educação, traz, entre outras, a opinião do professor Ricardo Miranda.

Nota de falecimento É com pesar que registramos o falecimento, em 3/1, do professor aposentado Charles Robbs (Depto. de Fitopatologia), e de Reinaldo Calixto de Campos (ex-professor do ICE), em 7/2. E dos servidores técnico-administrativos aposentados, Carlos Alberto Dutra (Imprensa Universitária), em 8/1; Isau Candido de Oliveira (PU), em 18/1; Wanda Mattos Lopes de Souza (PROPPG), em 27/1; e Aurélio Nascimento, em 11/2.

static.panoramio.com/photos/original/1850832.jpg

UFRRJ reitera pedido de providências visando à segurança na BR 465

UNIVERSIDADE E SOCIEDADE

Com imenso prazer, anunciamos que o Jardim Botânico da UFRRJ, vinculado à Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-graduação (PROPPG), foi enquadrado na Categoria C, conforme decisão da Comissão Nacional de Jardins Botânicos (CNJB). A CNJB tem por finalidade prestar apoio à Secretaria de Biodiversidade e Florestas do Ministério do Meio Ambiente, no acompanhamento e análise dos assuntos relativos a jardins botânicos. A certificação do JB/UFRRJ aconteceu durante a 6ª reunião da CNJB, realizada nos dias 27 e 28/2, em Porto Alegre/RS. A seguir, transcrevemos trecho da mensagem, encaminhada à Profa. Denise Braz, coordenadora do JB/UFRRJ: “Gostaríamos de parabenizá-la, bem como a sua equipe, pela nova conquista, e esperamos que o Jardim Botânico siga investindo esforços para cumprir sua missão de conservação. Atenciosamente, Luciana Oertel Lancellotti e Maria Lucia M. Nova da Costa (Sistema Nacional de Registro de Jardins Botânicos/Instituto de Pesquisa Jardim Botânico do Rio de Janeiro).” Pesquisa, conservação e lazer O Jardim Botânico da UFRRJ tem como principal missão contribuir para a conservação da flora, com ênfase nas espécies e biomas da Mata Atlântica ameaçados de extinção, através de ações de educação, pesquisa e lazer que sensibilizem as pessoas para o respeito à vida e à conservação da biodiversidade.

Do CAIC ao CTUR Com grande alegria, informamos os nomes e a classificação dos nove alunos do CAIC Paulo Dacorso Filho aprovados para o CTUR/2012. Curso Técnico em Hospedagem (com Concomitância Interna com o Ensino Médio) – 1º Lavinya Emily Andrade da Silva, 7º Rosilaine Lima da Silva, 10º Nathália Souza Santiago e 21º Thayná Theodoro da Silva; Curso Técnico em Meio Ambiente (Integrado com E. Médio) – 3º Caroline Deodata Nascimento Glória; Curso Técnico em Meio Ambiente (Concomitância Externa com o E. Médio) – 15º Pietra Poliana Amancio Irineu da Silva; Curso de Ensino Médio – 10º Izabella Calzolari Silva; Curso Técnico em Agroecologia (Concomitância Externa com o E. Médio) – 9º Sabrina Silva Barros; e Curso Técnico em Agroecologia (Integrado com E. Médio) – 53º Lucas da Silva de Souza Oliveira. Carmem Frade, diretora geral do CAIC


RURAL SEMANAL

UNIVERSIDADE

Professores da UFRRJ em ação Da publicação de artigos à participação em eventos internacionais

O professor Humberto Kzure-Cerquera (DAU/IT) participou do 8º Congreso Universidad 2012, que foi realizado em Havana, Cuba, entre os dias 12 e 17/2. O docente apresentou um trabalho acadêmico – na forma de artigo e painel – referente ao desenvolvimento do Plano Diretor Participativo (PDP) da UFRRJ. O trabalho contou com a coautoria do arquiteto e urbanista Gustavo Badolati Racca, egresso da Rural que desenvolveu atividades no PDP. A UFRRJ, ao decidir elaborar seu PDP, estabeleceu as dimensões físico-espacial, sociocultural, econômica e ambiental como pressupostos para a construção de seu ordenamento territorial, articulando-o à perspectiva sustentável. Nesse sentido, as reflexões contidas no PDP se inscrevem no campo do planejamento urbano e regional contemporâneo, que reconhece na interdisciplinaridade o suporte e os meios para a compreensão plural do território. O Plano, que conta com a participação da comunidade acadêmica, estruturou-se metodologicamente a partir de investigações sobre a configuração espacial da universidade em seus diferentes aspectos – geográficos, socioculturais, administrativos, de infraestrutura, entre outros – como ponto de partida para a definição de ações que favoreçam uma gestão territorial promotora de políticas sustentáveis.

Entrevista internacional A professora Lúcia Helena Cunha dos Anjos, do Curso de Pós-Graduação em Agronomia-Ciência do Solo (CPGA-CS/UFRRJ), concedeu entrevista, em 2011, ao boletim da União Internacional de Ciências do Solo (IUSS, na sigla em inglês). Lúcia e o professor Jock Churchman (Universidade de Adelaide, Austrália) foram os entrevistados da seção ‘Cinco questões para um cientista do solo’, onde responderam por que decidiram estudar Ciência do Solo e sobre o que esperam para o futuro da área, entre outras questões.

Holocausto O professor Luís Edmundo de Souza Moraes (Departamento de História/Instituto de Ciência Humanas e Sociais da UFRRJ) foi o brilhante conferencista no ‘Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto’, evento de grande repercussão organizado em Salvador/BA, no dia 29/1, pela Confederação Israelita do Brasil (Conib), em parceria com a Sociedade Israelita da Bahia (Sib). O encontro contou com a presença da presidente Dilma Rousseff, das ministras Luiza Bairros (Promoção da Igualdade Racial) e Maria do Rosário (Direitos Humanos), e do do governador da Bahia, Jaques Wagner, entre outras autoridades.. Em seu pronunciamento, a presidente Dilma se referiu ao conferencista por duas vezes: “Faço uma saudação especial ao professor Luís Edmundo, UFRRJ, pela excelente fala que nos proporcionou nesta noite.” E, mais adiante, disse: “Eu considero muito acertada a fala do professor, quando ele diz que não é só uma manifestação contrária ao acontecimento que ocorreu há 72 anos, mas sobretudo é uma manifestação contra todos os preconceitos e discriminações do mundo atual”. Veja o discurso na íntegra em www.youtube.com/ watch?v=NkZoOsqV0UY&feature=player_embedded

Palestra em Portugal Em janeiro deste ano, o professor da UFRRJ e ilustrador científico na área de botânica Paulo Ormindo proferiu a palestra ‘A Arte Botânica no Brasil’, no Anfiteatro do Departamento de Biologia (DBIO) da Universidade de Aveiro, em Portugal. Na ocasião, também inaugurou a exposição de seus trabalhos, intitulada ‘Aquarelas Botânicas’, no espaço ExpoDBIO. Ormindo é chefe do Departamento de Belas Artes da Rural e professor convidado no Programa de Ilustração Botânica da Escola Nacional de Botânica Tropical, do Instituto de Pesquisa do Jardim Botânico do Rio de Janeiro.

Acadêmico na França

Artigo

O professor Sergio Pereira Leite, da UFRRJ, foi eleito recentemente membro (Académicien) da Academia de Agricultura da França (Académie d’Agriculture de France), que reúne especialistas franceses e internacionais dedicados ao tema da questão agrária e do desenvolvimento rural. Esta conceituada instituição tem sua origem na Societé d’Agriculture de la Généralité de Paris, fundada em 1761 pelo rei Luís XV.

O professor Vladimir Schuindt Silva, do Departamento de Educação Física e Desportos da UFRRJ, é um dos autores do artigo ‘Prevalência e fatores associados ao excesso de peso em idosos brasileiros’, publicado no ano passado na Revista Brasileira de Atividade Física & Saúde, em novembro de 2011. O texto pode ser acessado no link www.sbafs.org.br/_artigos/473.pdf

Conferências no Oriente Médio Presidente do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea) e professor da UFRRJ/CPDA, Renato S. Maluf esteve, entre 11 e 14/2, na Jordânia e no Líbano, países do Oriente Médio, para falar sobre a experiência brasileira no campo da segurança alimentar e nutricional.

Banca no RS Nos dias 20, 21 e 22/3, o professor titular da UFRRJ e coordenador do PPGEA (Programa de Pós-Graduação em Educação Agrícola), Gabriel de Araújo Santos, vai participar como membro de banca examinadora de concurso público para professor titular da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Intercâmbio acadêmico Os estudantes em mobilidade pelo consórcio americano entre Ashland University, Georgetown College,UDESC e UFRRJ apresentam suas experiências de intercambistas no site oficial do consórcio. Veja em www.brazilianstudyabroad.com informações sobre os brasileiros e norte-americanos integrantes do projeto que prevê o intercâmbio entre cursos de licenciatura dos dois países. Em 2011, a UFRRJ recepcionou três estudantes norte-americanas que estão estudando no campus Nova Iguaçu, onde leciona a coordenadora do projeto na Rural, professora Márcia Denise Pletsch.

8/3 - Dia Internacional de Luta das Mulheres Mais de um século na luta por igualdade sempretops.com

Plano Diretor da UFRRJ é apresentado em Cuba

Pág. 3 5 a 11/3/2012

Na universidade, as expressões do machismo muitas vezes passam despercebidas. Porém, ao repararmos nossa vivência cotidiana, torna-se fácil evidenciar sua presença: a forma como são tratadas as mulheres nos cursos hegemonicamente masculinos; a desvalorização dos cursos majoritariamente femininos; a mercantilização de nossos corpos nos cartazes de calouradas e festas universitárias; (...) na linguagem que torna invisível as mulheres. Tudo isso é parte de um processo que organiza nossa sociedade, transformando as mulheres em ‘objetos’. Essas práticas passam a ser incorporadas ao nosso cotidiano e se naturalizam, tornando-se aceitável. Relembrando a história – O 8 de março é o Dia Internacional de Luta das Mulheres, fruto da mobilização de operárias no inicio do século passado. Sua principal referência histórica é a II Conferência Internacional das Mulheres Socialistas, no ano de 1910, em Copenhague, Dinamarca, onde a militante Clara Zetkin propôs uma resolução de instaurar oficialmente um Dia Internacional das Mulheres. Nessa resolução, não existia alusão ao dia 8 de março. Em 1921, durante a Conferência Internacional das Mulheres Comunistas, “uma camarada búlgara propõe o 8 de março como data oficial do dia internacional da mulher”, lembrando as operárias russas que deram início às mobilizações da Revolução de 1917 naquela data. A partir de 1922, o Dia Internacional da Mulher é celebrado oficialmente em 8 de março. Desde então, a data se reveste de importância simbólica em todas as partes do mundo, onde as mulheres vão às ruas lutar por seus direitos fundamentais reconhecidos ou acabar com a violência e as persistentes desigualdades de que são vítimas. Mulheres em luta – As mulheres representam 55% dos jovens presentes na universidade brasileira, o que faz com que prevaleça um discurso triunfalista, legitimado pelo ambiente universitário, de que as mulheres conquistaram seus direitos, atingiram a igualdade. Nosso desafio é evidenciar a existência do machismo e os mecanismos de manutenção da opressão das mulheres na sociedade. O fim do machismo só será possível através da ação das próprias mulheres. Assim, devemos ocupar os espaços públicos contribuindo para a transformação de uma sociedade igualitária. Não podemos aceitar a exclusão dos espaços de decisão e poder da sociedade. Neste 8 de março, convocamos todas as estudantes a ocuparem seus espaços: nas entidades estudantis, nos seus cursos, nos movimentos sociais. Por Jéssika Martins Ribeiro, estudante de Ciências Sociais, diretora do DCE-UFRRJ e militante da Marcha Mundial das Mulheres


Informes Gerais

Na estante O livro Funk -se quem quiser – no batidão negro da cidade carioca, da Profa. Adriana Carvalho Lopes (UFRRJ) foi destaque no Boletim Faperj (nº 368/2012). Editado com apoio do programa de Auxílo à Editoração (APQ 3), o trabalho é resultado da tese de doutorado da docente, em 2010. Confira em http://bit.ly/xWPS9X

A ancoragem cambial é um dos temas centrais do livro Regime Cambial e Desempenho Macroeconômico: A Experiência da Argentina, México e Brasil nos Anos 90 (Paco Editorial), de Marcelo Pereira Fernandes, especialista em Economia Política Nacional e Internacional, e professor do ICHS/UFRRJ . A obra aborda as graves crises na América Latina e Ásia nos anos 1990, que liquidaram a preferência pelo câmbio fixo. Todo regime cambial em moda é considerado bom até que uma situação muito difícil provoque sua ruptura e evidencie suas limitações. Na América Latina, houve diversas modas e o livro trata de uma delas, a ancoragem cambial. O Prof. Antônio Pereira Gaio Jr., do Instituto Três Rios da Rural, publicou o livro Arbitragem – 15 anos da Lei N. 9.307/96 (Ed. Del Rey), que aborda a natureza, historicidade e constitucionalidade da arbitragem no Brasil. Outros temas em destaque no livro são a responsabilidade civil do árbitro por erro na atividade decisória; juízo arbitral e ação de nulidade; sistema de solução de controvérsias no Mercosul; e convenção arbitral no Direito Brasileiro. Além de Gaio Júnior, a obra conta com a coordenação de Rodrigo Almeida Magalhães, da PUC-MG. (Colaboração de Aline Avellar, jornalista do ITR/UFRRJ)

Clipping da Rural

Informes do RU

O ‘Clipping da Rural’ é uma seleção de 1. A partir de 5/3 (segunda-feira), o Restaurante notícias na área de educação, ciência e Universitário voltará a atender nos seguintes tecnologia, além de referências à Rural horários: publicadas na mídia eletrônica. Confira Desjejum – de segunda a sexta, das 6h30 às em www.ufrrj.br/portal/modulo/home/ 8h; sábados e domingos, das 7h às 8h. clippins.php Almoço – de segunda a quinta, das 10h40 às 13h15; sextas, das 10h40 às 13h; sábados e Comunicado do DP domingos, das 11h às 12h. Jantar – de segunda a quinta, das 17h às Esclarecemos que a medida Provisória nº 556, de 23/12/2011, em seu art. 1º, que altera o art. 4º 19h15; e sextas, das 17h às 19h. Obs.: Atenção aos horários de sexta-feira, da Lei 10.887/2004, torna isento de desconto finais de semana e feriados (nos feriados se previdenciário o adicional de 1/3 de férias. Cumpre observar que o art. 7º da Medida Pro- repetem os horários de finais de semana). 2. No horário das refeições, só será permitida a visória estabelece que os efeitos desta medida entrada de alunos devidamente identificados com entram em vigor a partir de abril de 2012, cabendo a Secretaria de Recursos Humanos do Ministério a carteira de estudante da UFRRJ (ou, na falta da do Planejamento promover a adequação do sis- mesma, a grade de horário impressa com o nome do aluno, acompanhada de um documento oficial tema SIAPE. Walter Bragança, diretor do DP de identificação com foto). 3. Veteranos responsáveis pela recepção dos Colação de grau na Rural calouros podem deixar cópia da listagem dos A UFRRJ abriu o calendário de colação de grau de novos alunos, emitida pela coordenação do curso, 2012, em 3/3, no Anfiteatro Gustavo Dutra (‘Gus- a partir de 5/3, no RU. Assim, os calouros só precisam apresentar documento oficial com foto tavão’), campus Seropédica. Confira: Colaram grau no dia 3/3: às 10h - Eng. Química; na entrada, onde será conferido seu nome na 14h - Arquitetura e Urbanismo; 16h - Eng. Agrícola; e listagem entregue. 4. Por motivo de controle interno, bolsistas de 18h - Eng. de Agrimensura. Dia 10/3, às 10h Zootecnia; 14h - Geologia, 16h - Economia carência, bolsistas do RU, SERE e outros (Seropédica); e 18h - Pedagogia (Seropédica). Dia funcionários deverão utilizar somente o salão nº 1 17/3, às 10h - Administração (Nova Iguaçu); 14h - do RU (ao lado do novo anexo); aos alunos Economia (Nova Iguaçu); 16h - Turismo (Nova pagantes é facultativo utilizar qualquer um dos Iguaçu); e 18h - História (Nova Iguaçu). Dia 24/3, às salões (1 ou 2). 10h - Ciências Biológicas; 14h - Engenharia Florestal; e 16h - Administração (Seropédica integral). Dia 31/3, às 10h - Medicina Veterinária; 14h – Agronomia; 16h Segurança no campus Administração (Cederj); e 18h - Educação Física. Faça a sua parte para que não haja violência no campus. Qualquer ocorrência, comunique-se com a DGV: ramal 4645 e tel. 2682-1871. Tenha UFRRJ no Twitter sempre um documento de identidade, especialaAscom: @ufrrjbr mente o que ateste seu vínculo com a UFRRJ. aBiblioteca Central: @ufrrjbc aPró-Reitoria de Graduação: @PROGRAD_UFRRJ

Monitorias na Rural Se você é aluno da Rural e está pensando em ser monitor, confira os editais para seleção de monitoria 2012 em http://r1.ufrrj.br/graduacao As inscrições são feitas nos departamentos em que a disciplina pertencer, de acordo com as condições previstas nos respectivos editais.

Moradia estudantil (2012-I): confirmação de vagas Atenção! Neste semestre o período para cumprimento desta exigência vai de 5 (segunda-feira) a 23/3 (sexta-feira). O não comparecimento à Secretaria do SERE no prazo determinado implicará na perda ao direito à vaga automaticamente.

Ouvidoria na Rural A Rural quer ouvir você! Reclamações, elogios, críticas e sugestões, das 8 às 17h, na sala 131/P1, tel. 2682-2915 ou em www. ufrrj.br (fale conosco - ouvidoria).

Em 7/3, às 19h, no Gustavão, apresenta ‘Piaf Um Hino ao Amor’ (França/2007; gênero: biografia, drama, musical). Dir.: Olivier Dahan, com Marion Cotillard, Gerard Depardieu e grande elenco. Sinopse: O filme conta a trajetória da consagrada cantora Edith Piaf.

RURAL SEMANAL: Informativo da Reitoria da UFRRJ, fundado em 26/9/1994 Reitor: Ricardo Motta Miranda Vice-reitora: Ana Maria Dantas Soares Pró-Reitores de Assuntos Administrativos:

Rural Semanal Ano XIX número 01/2012 - 5 a 11/3/2012

Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

IMPRESSO

Pedro Paulo de Oliveira Silva Assuntos Financeiros: Eduardo Mendes Callado Assuntos Estudantis: Carlos Luiz Massard Graduação: Nidia Majerowicz Extensão: José Claudio Souza Alves Pesquisa e Pós-graduação: Aurea Echevarria Assessora de Informação e Comunicação: Teresinha Sena Pacielo Editor colaborador: Valdomiro Neves Lima Colaboradora: Aline Avellar (jornalista/Mtb06470MG) Redação/revisão/diagramação: João Henrique Oliveira (jornalista/Mtb24325-RJ) Distribuição: Aline da Silveira Figueroa Impressão: Imprensa Universitária Tiragem: 5000 Redação: Assessoria de Informação e Comunicação - BR 465 - Km7, Pavilhão Central, sala 131, CEP 23890-000 Seropédica/RJ. Tel.: (21) 2682-2915 e 2682-1080/1090; fax: (21)2682-1120. E-mail: ascom@ufrrj.br Portal: www.ufrrj.br ‘A exatidão dos dados dos eventos é de responsabilidade de seus organizadores’.

Rural Semanal 1 (5 a 11/3/2012)  

Informativo da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ).

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you