Issuu on Google+

Impresso Especial 9.912.204.730-DR/BSB

ASA-CD CORREIOS

Associação dos Servidores Aposentados e Pensionistas da Câmara dos Deputados Fundada em 5 de novembro de 1991

Ano 20, n.º 208

Brasília-DF

Novembro / 2010

ASA-CD - DEZENOVE ANOS DA FUNDAÇÃO A Associação, no dia 5 de novembro deste ano, comemora o 19.º aniversário de sua fundação, tendo demonstrado por antecipação que já atingiu a maioridade plena. A história nos conta que naquele início da década de noventa os assuntos de interesse dos aposentados e pensionistas eram acompanhados de maneira secundária por todos. Por incrível que pareça, nessa época não contávamos com o Sindicato para apoiar as nossas causas, pois ele se dedicava mais aos assuntos dos servidores da ativa e até de política partidária. O Sindilegis de hoje é outro, defende ativos e inativos. Resolvemos, então, reunir um bom grupo de funcionários aposentados com a finalidade de criar e organizar a nossa associação, a exemplo das já existentes em favor de outras categorias de servidores públicos dos demais Poderes. De imediato recebemos o apoio irrestrito da Administração da Câmara, principalmente do Diretor-Geral e dos Diretores Administrativo e de Pessoal, respectivamente os colegas Adelmar Silveira Sabino, José Wilson Barbosa Júnior e José Botelho Filho. As dificuldades no início eram grandes e, possivelmente, sem a efetiva ajuda deles a entidade não teria se materializado. Aqui fica demonstrada a nossa gratidão. Importante citar alguns colegas que participaram da Assembleia Geral de Fundação, presidida por Gentil Humberto Barbosa e realizada no dia 5 de novembro de 1991, no auditório da Coordenação de Concursos, que ficou lotado. Vários colegas já não VEJA MAIS

estão conosco, porém sua memória será sempre lembrada. O primeiro signatário foi o saudoso Jorge Odilon dos Anjos. Entre outros, assinaram também a Ata: Sandoval Ribeiro Silva, Adelio Gomes da Fonseca, Walter Caldas, Victor Hugo da Costa, Edmo Frossard Paixão, Antônio Neuber Ribas, Zilda Neves de Carvalho, Francisco Dutra Filho, Iran de Oliveira Leporace, Gilka Moysés Santos Baptista, Helena Lima de Souza, Marialba Mesquita da Fonseca, Roberto de Medeiros Guimarães, Josimira Ribeiro Alves, Roberto dos Santos Duarte, Jolimar Corrêa Pinto, Paolo Orlando Piacesi, Pedro Victor Mafra e Haydea Pires. A ASA-CD tem bom relacionamento com os órgãos da Câmara dos Deputados e acompanha com atenção a todas as reivindicações da classe. Administrou para a Câmara o Projeto Pró-adolescente; participou da organização da Legiscred e acompanha de perto a política desenvolvida pelo Sindilegis em favor dos servidores. A Associação, no intuito de melhor servir aos associados, tentou ampliar suas atividades, oferecendolhes um clube, para isso alugando as instalações da antiga ASCADE. Após vários anos de trabalho comprovouse que, de fato, o nosso associado não deseja ter um clube, mas dispor de uma boa entidade que represente a classe, principal objetivo de sua criação. Ultimamente a entidade tem se dedicado: à procura do equilíbrio financeiro de suas contas e à consolidação do seu patrimônio; à revisão NOSSA MENSAGEM Página 2 LITERATURA Páginas 3 e 4

BIBLIOTECA Página 5 SAÚDE Página 6

e reforma do Estatuto; ao incentivo cultural do associado, além da publicação do jornal Voz Ativa. Também está presente na acirrada e constante luta pela aprovação da PEC 555, que revoga a nossa contribuição previdenciária; na busca pelo pagamento da URV, por via administrativa; e pela correção do Plano de Carreira, a fim de que se revejam possíveis injustiças, especialmente com os colegas do Nível Médio. Com alegria nos congratulamos com todos os servidores aposentados e pensionistas da Câmara dos Deputados, pela instituição que temos e da qual nos orgulhamos, pelo meritório trabalho desenvolvido em favor de toda a classe, associados ou não.

PARABÉNS! COMEMORAÇÃO DO ANIVERSÁRIO JANTAR DANÇANTE

Local: Sede Av. L2 Sul - Quadra 610 No salão superior – Traje passeio Convites com lugares marcados: ASSOCIADOS E DEPENDENTES R$ 70,00 CONVIDADOS/NÃO ASSOCIADOS R$100,00 Reservem na nossa Secretaria. AGENDA SOCIAL Página 7 PARABÉNS Página 8


2

Agosto - 2010 Novembro - 2010

EXPEDIENTE ASSOCIAÇÃO DOS SERVIDORES APOSENTADOS E PENSIONISTAS DA CÂMARA DOS DEPUTADOS

NOSSA MENSAGEM COMO PROMETIDO: TRANSPARÊNCIA - III

Presidência Roberto de Medeiros Guimarães Vice-Presidência Sindulfo Chaves Filho Pedro Alves de Freitas Ogib Teixeira de Carvalho Filho Diretoria de Secretaria Josimira Ribeiro Alves Inez Rocha Mendlovitz Luzia de Almeida Kirjner Diretoria Financeira João Alencar Dantas Luis Carlos Boros Célia Maria de Oliveira Diretores Adjuntos Social Célia Maria de Oliveira Comunicação e Cultura Vili Santo Andersen Biblioteca Suelena Pinto Bandeira Conselho Fiscal Marcus Vinícius Borges Gomes Osmar Cyreno Pinheiro Maria de Fátima Lessa Magalhães Suplentes Marialba de Lima Mesquita Eudes Gomes de Oliveira Sebastião Augusto Machado VOZ ATIVA

O fim do exercício de 2010 se aproxima e esta Administração completou um ano e meio de gestão. Portanto, sente-se na obrigação de mais uma vez se dirigir aos associados e prestar contas das realizações do período. Este tem sido um compromisso do qual não nos furtaremos: o de manter a classe sempre bem informada. No aspecto econômico-financeiro, somente agora conseguimos alcançar a tão desejada situação superavitária. Isto depois de dedicado esforço com a tomada de medidas às vezes antipáticas. Como exemplo, a redução da mão de obra contratada e o fechamento total e/ou parcial de atividades dispendiosas e injustificadas, que na prática não interessavam aos associados, a par de proporcionarem lucros para estranhos. Em resumo, demonstramos os grandes números das contas e os correspondentes resultados dos três trimestres deste ano:

Jornalista Responsável Manoel Damasceno (Mtb 0519/DF) Colaboradores Paulo Luiz B. Serejo Inez Rocha Mendlovitz Diagramação Thiago Lima / Kaco Gráfica Editora Impressão KACO Gráfica & Editora Ltda. (61) 3386-7831 a.final@kacografica.com.br SEDE SOCIAL Gerência Keli de Oliveira Barreto SGAS 610 Conj. C. Mód. 70 Av. L2 Sul Brasília-DF - CEP 70200-690 Fones (61) 3244-6869 (PABX) 3244-3538 asacd@solar.com.br TIRAGEM 5.000 exemplares

TELEFONES ÚTEIS Câmara dos Deputados (61) 3216-0000 Coord. Inativos e Pensionistas 3216-7251 Pagamento de Pessoal 3216-7387 PRÓ-SAÚDE 3216-7968 Marcação de Consultas 3216-7999 Farmácia ASCADE Câmara 3216-9817 Plano de Saúde ASCADE 3216-9818 LEGISCRED 3216-9988

A disponibilidade financeira de hoje é de R$ 1.331.562,60; comparada à do início do ano − 1.º janeiro de 2010, de R$ 1.244.358,35 −, corresponde a um crescimento de 9,70%. A ASA-CD, o SINDILEGIS e a ASCADE − esta última proprietária do imóvel da nossa sede − estão em adiantadas tratativas para alteração do atual contrato de locação, o que reduzirá a nossa despesa, proporcionando uma melhor utilização de toda a área, ampliando-se o número de usuários com a presença dos filiados do Sindicato e mantendo-se o espaço ideal para o funcionamento da ASA-CD. Quanto ao trabalho político pela recuperação dos nossos direitos perdidos e pela melhoria das condições gerais dos aposentados e pensionistas,

a Associação sempre esteve presente nas campanhas, reuniões e sessões das Comissões da Câmara dos Deputados, sozinha ou junto a outras entidades congêneres. A nossa participação na luta pela PEC 555/2006 foi considerada, por outras entidades, como uma das mais efetivas e fortes para a sua aprovação na Comissão Especial. A cada dia outras tarefas e convites se acumulam. Atuaram como parceiros, entre outros, o SINDILEGIS, a ASCADE e o MOSAP.

.

Parece-nos que neste final de ano, um ano eleitoral, não teremos chance de a PEC ser levada ao Plenário da Casa, por conta do período atípico de difícil presença maciça dos parlamentares. Ainda, sabe-se que existem mais de uma quinzena de medidas provisórias para serem discutidas e votadas. Portanto, achamos que a batalha final será mesmo em 2011 e, esperançosos, já estamos nos preparando para ela. Ficaremos firmes na manutenção da Associação e esperamos continuar a receber a participação dos colegas, quer sugerindo ou criticando, . colaborando com o jornal Voz Ativa, oferecendo-se para ajudar em alguma tarefa e, por que não, convivendo conosco nos momentos de alegria, nos bailes dos sábados e domingos e nos chás-papo.

Roberto de Medeiros Guimarães

. Presidente e ex-Diretor da Contabilidade da Câmara dos Deputados


3

Agosto - 2010 Novembro - 2010

2010/132 ANO XII

Colaboradores Vili Santo Andersen (Coordenador) Anderson Braga Horta Mário Teles de Oliveira Diagramação Kaco Gráfica e Editora Endereço: SGA/Sul Q 610 Cj. C, Av. L/2 Brasília-DF CEP 70200-690 Fones (61) 3244-6869 / (PABX) 3244-5673

ATÉ BREVE, LUCIANA (Brasília: Thesaurus, 2010)

Finalmente veio a lume o livro do Jolimar. Aleluia! Sabíamos que ele era poeta e, por longo tempo, ficamos a nos perguntar: Cadê o livro? Cadê o livro? A 30 de julho último, na sede da Associação dos Servidores Aposentados e Pensionistas da Câmara dos Deputados, ele respondeu: O livro está aqui. Não importa que tenha surgido depois dos setenta anos do poeta, o tempo de poesia é toda a vida, no dizer da poetisa Maria Braga Horta, mãe do nosso poeta maior Anderson. Se é verdade que conviver com a poesia é uma forma de existir, no dizer de outro poeta – Viriato Gaspar – valeu a pena esperar. O livro Até Breve, Luciana, numa análise apenas textual, reúne poemas ordenados pelo poeta desde a juventude em Juiz de Fora até os dias atuais, vividos em Brasília. Uma antologia pessoal de proposições líricas próprias da mocidade e de temas políticos e sociais vivenciados em razão das atividades que exerceu no Poder Legislativo, ora defendendo a classe de servidores, ora assessorando deputados na condução de problemas nacionais. A tudo isso, oferecendo rima, cor e sonoridade poéticas. Olhando para as estrelas e tirando delas a luz para iluminar as pedras. Foi assim que esse poeta subtraiu da angústia das ruas e da aflição dos lares os versos líricos que agora decidiu preservar em livro. Justificou em versos que preferia ter nascido em Vênus só para ver a Terra azul e maravilhosa. Transcrevemos o primeiro poema que ilustra a coleção, dá nome ao livro e homenageia a filha falecida precocemente. Uma noite escura que o poeta consegue transformar numa bela manhã inundada de sol. ATÉ BREVE, LUCIANA Tu foste um sonho materializado, integral, perfeito: um facho de luz projetado em nossas vidas. Mal chegaste e foste irradiando tua graça, teus encantos, em cada gesto, em sorrisos e palavras... Quando um dia extinguiu-te a vida e nossas mãos não mais se tocaram, nem os olhos se encontraram, continuei a dizer-te certas coisas

que sempre deixara pra depois, em longos e comovidos monólogos que conduzem aos soluços e às lágrimas, com muitas perguntas sem respostas e a sensação forte da presença a alternar alegria e dor. E quando a saudade inunda o coração, contraditórias ideias me inundam a mente: enquanto a descrença material te diz “adeus!”, diz a crença espiritual (que me conforta): “Até breve, Luciana.”

VIAGENS EM GRUPO Uma atrativa possibilidade de viajar com pessoas que possuem os mesmos interesses e fazer novas amizades, contando com a assistência de um guia especializado desde o Brasil. Fone: (61) 3248-2419

E-mail: vianaturismo@vianaturismo.com.br

http://www.vianaturismo@vianaturismo.com.br


4

Agosto - 2010 Novembro - 2010

2 DE NOVEMBRO – DIA DE FINADOS – FERIADO NACIONAL BREVES DIVAGAÇÕES SOBRE A MORTE

É interessante notar que o Novo Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa, no seu verbete MORTE, consagra como sendo o ato de morrer o fim da vida animal ou vegetal. No entanto, o próprio homem, contrariando o encaminhamento linguístico, a fez popularmente representada por um esqueleto humano armado de uma foice ceifando a vida. Além disso, atribuiu ao fenômeno vários apelidos. Por exemplo: morte civil, morte cósmica, morte matada, morte morrida, morte violenta, morte natural, morte moral, morte... et cetera, et cetera. Até a estranha e bizarra “morte da bezerra”. Examinando um pouco mais o tema, surpreende-nos a extraordinária feição que os poetas têm pela morte (citando apenas três poetas de Brasília): – A morte participa também do mistério da vida (José Santiago Naud). – Não posso morrer agora. Há uma luz vermelha passeando entre o céu e a colina (João Carlos Taveira). – Será que a morte é o passaporte para a liberdade? (Amneres). Também senti-me inapelavelmente atraído pelo tema: – Se eu tiver de morrer um dia Te digo, Senhor, amém. Faz-me morrer sozinho, como um passarinho, sem levar comigo ninguém. – Chamam a morte de travessia. Então pergunto agora: por que fecham o caixão por fora? V.S.A.

OS MAIS BELOS SONETOS BRASILEIROS DO SÉCULO XIX CONTRASTE Antônio Tomás

Seleção de V. S. Andersen

Quando partimos no verdor dos anos, Da vida pela estrada florescente, As esperanças vão conosco à frente E vão ficando atrás os desenganos. Rindo e cantando, céleres e ufanos, Vamos marchando descuidadamente... Eis que chega a velhice, e de repente, Desfazendo ilusões, matando enganos! E é só então que vemos claramente Quanto a existência é rápida e falaz! E vemos que sucede exatamente O contrário dos tempos de rapaz: Os desenganos vão conosco à frente E as esperanças vão ficando atrás. ANTÔNIO TOMÁS nasceu a 14-9-1868, em Acaraú (CE). Foi padre e poeta. Morreu a 16-7-1941. Foi sepultado, conforme pedido, sem caixão, sem lápide, sem inscrição. Curiosamente, proibiu a divulgação de sua obra literária em livros. Errata Voz Ativa 207, outubro 2010, p. 4 Nota: Este soneto foi-nos enviado pelo Autor vinte dias antes de sua morte, ocorrida em Brasília, a 3 de março de 2010. É, possivelmente, a última manifestação literária do poeta. (O trecho em vermelho foi suprimido no último número.)

.


5

Agosto - 2010 Novembro - 2010

O MUNDO FANTÁSTICO DOS LIVROS Jorge Odilon dos Anjos, carioca, nascido a 16 julho de 1920, formado em Direito, advogado. Veio morar em Brasília em 1960. Foi nomeado servidor da Câmara dos Deputados em fevereiro de 1964. Lá, foi redator de anais e documentos parlamentares, bem como diretor do Departamento de Pessoal e diretor-geral substituto, numa carreira de, ao todo, cinquenta anos de serviço público, que lhe valeram merecida medalha de ouro. Ensaísta, contista, cronista, era escritor de genética literária forte: é sobrinho do ilustre Augusto dos Anjos. Desde 1991 nos agracia com obras como Acontecidos (1993), Novos Acontecidos (1993), Casos (1995) e Fatos e Versos (1996). Faleceu em 12 de abril de 2009. Trecho de “Não sou marinheiro” (em Casos, página 13): − Não grite comigo. NÃO SOU MARINHEIRO. O filho, presente na ocasião, achou graça e acrescentou: − Modere-se, pai. Você não está num convés e ela não é marinheiro. Álvaro acabou rindo. Gina lembrou muito bem: NÃO SOU MARINHEIRO. Casos (1995) Trecho de “Distribuição de Dólares” (em Novos Acontecidos, página 59): O que se viu foi o endinheirado paulista tirar do bolso um maço de dólar de valor elevado, dizendo com a língua pastosa: − Deixa isso comigo, vou “molhar a mão” da rapaziada... Imediatamente, a mulher perdendo o controle, esquecendo-se da pose, não se conteve: − Essas não; as notas de 1 e 5 estão no seu bolso. Você se enganou. Mas uma enrolada resposta se seguiu: Novos Acontecidos (1993)

− Dou o que quiser; não sou miserável. O dinheiro é meu. A mulher reagiu e conseguiu trocar o maço de notas, isso para a tristeza do pessoa.

BRASIL MÉTODO CORRETORA DE SEGUROS - 15 ANOS DE EXISTÊNCIA RESPEITO PELOS CLIENTES ASSOCIADOS DA ASA/CD

ATENÇÃO

Nos 15 anos de existência, a Brasil Método Corretora de Seguros trabalha com a ASA/CD há mais de 10 anos. Esta parceria se fortaleceu, com base no trabalho sério, com confiança e contínuas melhorias de ambas as partes, sempre na busca do melhor para o associado. Oferece os melhores seguros de vida, planos de saúde e odontológicos, extensivos à família, e cobertura para o seu patrimônio, com soluções adequadas para cada necessidade e interesse. Tudo na busca de simplificar sua vida e ampliar a sua satisfação, reduzindo custos, sem quaisquer ônus ou incidência de tributação.

UM PRESENTE PARA VOCÊ NESTE MÊS DE ANIVERSÁRIO No nosso aniversário você é quem ganha o presente. Em parceria com os cartões-convênio da Embratec Good Card., você poderá adquirir o cartão e terá comodidade ao fazer suas compras nos melhores estabelecimentos em todo o Brasil, tais como: redes de supermercados, postos de gasolina, cinemas, restaurantes, farmácias, uso em férias e viagens, e outros. São mais de 23 mil pontos de venda em todo o território nacional, podendo pagar via débito em conta corrente. Veja o site www.goodcard.com.br.

Solicite já o seu pelos telefones 0800 606 2626 Brasil Método 3274-1377 Gestor Serviços www.brasilmetodo.com.br

Atenção: Não receba pessoas que não são credenciadas pela ASA – CD ou pela Brasil Método Seguros, evite golpes. Em caso de dúvidas ligue imediatamente para nossa secretaria ou para a ASA.


6

Agosto - 2010 Novembro - 2010

COLUNA SAÚDE SINDROME METABÓLICA / DIABETES MELITO

Diabetes Melito: Principal causa de doença renal de estágio terminal no mundo ocidental. Na última edição do jornal Voz Ativa tratamos da Síndrome Metabólica / Dislipidemia, que é o item 3 da série de 5 capítulos dos componentes da Síndrome. Já discutimos os itens 1: Obesidade Visceral (Cintura Abdominal: mulheres < 80 e homens < 94) e seu adipoma, 2 e 3 – Dislipidemia (Triglicerídeos elevados > 50 mg/dl e HDL baixo < 50 mg/dl na mulher e < 40 mg/dl no homem). E agora vamos discutir o item 4: Diabetes Melito. O Diabetes Melito é um distúrbio metabólico caracterizado por hiperglicemia, por falta de insulina, falta de efeito de insulina ou ambas. Na atualidade são conhecidas 3 classificações gerais para o Diabetes Melito: 1 – Diabetes Melito tipo 1, insuficiência de insulina absoluta; tipo 2, resistência à insulina, com graus variáveis de defeitos secretórios de insulina e Diabetes tipo 3, gestacional, que se manifesta durante a gestação. Os tipos 1 e 2 são entidades separadas, por terem causas distintas. O Diabetes tipo 1 ocorre nas pessoas geneticamente susceptíveis a um evento desencadeante, autoimune, como, por exemplo, uma infecção viral e consequente formação de anticorpos que agridem o pâncreas e destroem as células beta produtoras de insulina. A consequência é a deficiência de insulina, quando mais de 90% das células beta foram destruídas , levando à hiperglicemia, lipólise estimulada e catabolismo proteico. Esse tipo de Diabetes ocorre em pacientes com menos de 30 anos de idade, é muito grave e muito característico pela sua prevalência nos iniciais anos da vida. Exige uma atitude médica agressiva com tratamento incluindo insulina. O Diabetes Melito tipo 2, objeto da nossa discussão, é uma doença crônica provocada por um ou mais dos seguintes fatores: produção comprometida de insulina por lesões crônicas das células beta, produção aumentada e inadequada de glicose hepática ou – o

que é mais importante e predominante – a insensibilidade dos receptores de insulina na periferia dos músculos esqueléticos e tecido adiposo sistêmico, que impedem a glicose de entrar na célula para produzir energia e ficar no sangue coexistindo com a hiperinsulinemia. A associação de HIPERGLICEMIA e HIPERINSULINEMIA no SANGUE é uma tragédia e resulta no Diabetes Melito tipo 2 e suas consequências nefastas para a qualidade de vida do indivíduo. Quero aqui lembrar que a regulação da glicemia sanguínea (glicose abaixo de 100 mg/dl) é bio-hormonal, ou seja, depende da insulina produzida pelas células beta do pâncreas e pelo glucagon produzido pelas células alfa do pâncreas. Por fim, o diabetes gestacional ocorre devido à intolerância de glicose durante a gestação em uma mulher que está grávida, cujo útero e placenta produzem hormônios que bloqueiam a penetração de glicose nas células. É uma entidade rara, mas ocorre. Descrevo aqui os sinais e sintomas do Diabetes Melito nos três tipos citados. O paciente sentirá poliúria e polidpsia, ou seja, urina muito e bebe muita água. Sente náuseas, anorexia e polifagia, enjoo com vômitos e fome incontrolável, come todo tipo de alimentos, sobretudo com açúcar. O emagrecimento com perda de peso de até 30% do indivíduo é uma constante. Além disso, o paciente apresenta cefaleia (dor de cabeça), fadiga (cansaço), letargia (moleza), níveis reduzidos de energia e consequentemente fator PT ou desempenho escolar ou profissional comprometido. O paciente pode igualmente apresentar alterações da visão, dormência e formigamento nos membros, câimbras musculares, irritabilidade e labilidade emocional.

Por fim, quero deixar claro que o critério de diagnósticos do paciente diabético, além dos citados, pode ser laboratorial, através dos seguintes parâmetros após a colheita de sangue e medida da glicemia: 1 – Glicemia < 100mg/dl: normal 2 – Glicemia entre 100 mg/dl e 140 mg/ dl: intolerância à glicose 3 – Glicemia acima de 140 mg/dl e acima de 200 mg/dl em duas medidas e / ou sobrecarga de 70g de glicose pré exame em jejum configura o diagnóstico de diabetes médico. Se você está em uma dessas 2 últimas situações, corra e vá atrás, porque a coisa está preta. E se você não cuidar e deixar o diabetes evoluir, você sofrerá as consequências das complicações a longo prazo da doença, que são:

1 – Complicações microvasculares do diabetes A – Retinopatia diabética / cegueira progressiva B – Neuropatia diabética / paralisia progressiva C – Nefropatia progressiva / insuficiência renal crônica/hemodiálise 2 – Complicações macrovasculares do diabetes A – Doença arterial obstrutiva periférica / gangrena B – Aneurisma da aorta / ruptura / morte C – Doença arterial coronária / infarto / insuficiência cardíaca / morte D – Doença arterial vascular cerebral / AVC / hemorrágico ou isquêmico. Encerro aqui este pequeno capítulo com um alerta: previna-se e cuide da sua Síndrome Metabólica para não ser um participante desse bloco médico sério. Até a próxima. Dr. José Luiz Veloso Barbosa Clínica Médica / Cardiologia e Nefrologia

Disfunção Autonômica


7

Agosto - 2010 Novembro - 2010

AGENDA SOCIAL FESTA DA PRIMAVERA A Domingueira Dançante do dia 17 de outubro último foi dedicada à Festa da Primavera. Tivemos uma frequência superior em relação as outras domingueiras. As damas, na sua maioria, trajavam vestidos coloridos e com motivos florais. O conjunto musical que abrilhantou a noite, Beto González e Júnior, apresentou um repertório de músicas românticas adequado ao momento.

No intervalo, ocorreu o concurso da Rainha da Primavera da ASA-CD/2010 com a participação das senhoras Maivê e Marie (1º e 2.º lugar respectivamente), Ilmar, Irma e Marilene. O concurso coordenado pelo presidente Roberto foi muito disputado e sob aplausos, tendo sido eleita a senhora Maivê, que recebeu a faixa e a coroa de flores da rainha de 2009, senhora Dirce.

DOMINGUEIRA DANÇANTE (Das 20 às 24 horas) PROGRAMAÇÃO 31/10 Roberto Baez 7/11 Márcia Ayalla 14/11 Beto González e Jr. 21/11 Vitrini Musical 28/11 Roberto Baez 5/12 Márcia Ayalla 12/12 Emerson Fortes

FOTOS DO BAILE DA PRIMAVERA ASA/CD 2010

Valsa das candidatas

Rainhas da Primavera

As candidatas: Ilmar, Maivê, Irma, Marilene e Marie.

30 Anos de Amizade Turma do Concurso Área de Pesquisa Legislativa 1978/80

Maivê, Rainha da Primavera 2010

Dirce, Rainha da Primavera 2009

CHÁ-PAPO - Novembro

Convidamos os colegas aposentados e pensionistas a participarem do próximo Chá-Papo, que acontecerá no dia 26, última sexta-feira de novembro. Como sempre, haverá o bingo com premiação de brindes, atividades culturais e artísticas como: declamação de poesias e apresentação musical de Valdir Carnaval, Sylvio Rômulo e Nestor Kirchner.

Convidamos vocês para uma missa em ação de graças seguida de um almoço festivo. Data: Domingo, 21 de novembro de 2010. Local: ASA/CD L2 Sul 610 Contatos: Inez: inezmendlovitz@globo.com Luzia: lukirjner@yahoo.com.br Fátima: (61) 3468 6869 Ildenir: (61) 8133 7657 Divulguem e confirmem presença!


8

Agosto - -2010 Novembro 2010

ANIVERSARIANTES

“Com o tempo, os nossos olhos se tornam mais brilhantes.”

NOVEMBRO 1º. – Carla Bernadette de Oliveira/ Dulcinéia Rosalino da Silva/ Francisco de Assis Meneses/ Hélvio Martins de Souza/ Paulo Brill/ Rosa Maria Vianna da Fonseca Saraiva/ Sandra Lúcia de Carvalho/ Scheila Mello Salgado de Carvalho.

15 – Aureni Moutinho Medeiros/ Carlos dos Santos Almeida/ Davi Ávila Menezes/ Dulce Laudelina Gomes da Silva/ Paulo Luiz Bastos Serejo.

2 – Cecília Sílvia Guedes Alcoforado/ Edia Dias Pinheiro/ Eunice Elena da Silva/ Maria Amália de Castro/ Zilda Rodrigues da Costa/ Neide de Almeida Machado.

16 – Aristeu Gonçalves de Melo/ Christiane Ribeiro Landin/ Fidélis Paulo Damião/ João Pedro Silvério/ Joaquim Vasconcellos Ferreira/ Joel Mário da Silva/ José Sandoval Muniz Sobrinho/ Manoel Araújo Fernandes/ Maria das Graças Dias/ Marinalva da Silva Porto.

3 – Darci Constantino/ José Lucena Bezerra/ Luiz Feitosa dos Santos/ Magda Rouede Bernardes/ Maria Emília Estelita.

17 – Anderson Braga Horta/ Dalca Tardin Moreira/ Gilberto de Oliveira Coutinho/ Margarida Barki/ Natalina Vitória Lago Ribeiro/ Yvonne Paes de Carvalho.

4 – Antônia Jesus dos Santos/ Jerônimo Juhei Muramoto Gonçalves/ Lígia Cardoso Minervino/ Lourdes Bomtempo de Mendonça/ Zulmira Santa Pinto Mandarino.

18 – Anna Elvira da Silva Simões/ Agnor Lincoln da Costa/ Heitor Duprat de Brito Pereira/ Marinaldo de Araújo Carvalho/ Miriam da Cunha Alves/ Vilma Cezarina Vieira Bilíbio.

5 – Amâncio Manoel Lopes/ Blavates Cruz Costa/ Christell Lilli Benda/ Domingas Maria da Conceição de Oliveira/ Irene Laurinda da Conceição/ Josefa Irani Gonçalves de Oliveira/ Luiz Antônio Batista Machado/ Manuelita Maria de Meneses/ Myrthes de Souza da Silva/ Odete Garcia Guerra/ Pedro Henrique da Silva/ Sônia Lacerda Fleury. 6 – Alice Pozzi Galderisi/ Ana Lúcia Dias Castro/ Carmen Ruth Bentes Leal/ Edílio Barberes. 7 – Elizabeth Garcia de Lima/ Heyderne José Pereira Coelho. 8 – Constante Caetano Turchiello/ Delsa de Freitas Gonçalves/ Edson Carlos Mota/ Percílio de Almeida Castro. 9 – Henrique Gualberto Muller/ Hercy Mattos Baby/ Luiz Fernando Garcia de Oliveira/ Margarida Maria Queiroz Oliveira Cabral/ Maria de Lourdes Barbosa/ Miriam dos Santos Medeiros/ Nelson Leite da Silva. 10 – Celestina Francisca Borba da Silva/ Ernesto Luiz Martins de Assis/ Maria Neusa de Oliveira Martins/ Teresinha de Jesus Versiani Pitangui/ Waldyr Oliveira Sanchez/ Zilá Dias.

19 – José Bandeira/ Marcelo Ribeiro e Silva. 20 – Fernando Marques/ Luzia Cláudia Serafim Três Loiola/ Maria Júlia Viana/ Maria Salomé Pereira da Silva. 21 – Antonila da França Cardoso/ Marlene da Silva Torquato. 22 – José Olegário Teodoro/ Maria da Salete Teixeira/ Zely Soares de Oliveira. 23 – Carmen Sílvia Pires Costa/ Clemente Marques da Silva/ Graci Liberato Gonçalves/ Henrique Deuripedes Froes/ Neuza Machado Raymundo/ Yvone Sério de Oliveira/ Neide Silva Mossri/ Mirian Teixeira Rodrigues. 24 – Anileda de Barros Baoni Pauluci/ José Bento/ Juracy Feitosa Rocha/ Maria Neily Pinto de Vasconcelos/ Nóris Martins de Faria. 25 – Hennalva Oliveira Brasileiro. 26 – Maria Aparecida de Araújo/ Mariza da Silva Mata.

11 – Alba Castro da Matta/ Lucilda Cruz Colares de Oliveira.

27 – Maria de Jesus Sousa Nogueira/ Maria de Lourdes de Macedo Bantin/ Solange Sérvio de Souza de Vasconcellos/ Vicente Pereira dos Santos/ Nayara Machado de Almeida/ Tércio Moreira Miranda.

12 – Ephigênia da Luz de Souza/ Fátima Peixoto de Lima/ Francisca Helena Nogueira de Sá Ramalho/ Heráclito da Rocha Santos Maciel/ José de Oliveira Maria/ Rita Martins Canhete.

28 – Francisca de Assis Abreu Rocha/ Geisa Maria Bezerra de Medeiros/ Maria Carolina Pereira Ferreira/ Maria Isabel Cota Mendes Neiva/ Nilton Menezes/ Symphrônio Renato de Almeida.

13 – Airton Porto Nunes/ Beatriz do Nascimento Pinto/ Darcy Maria Gasparetto Camargo/ Dinorah Fernandes Gióia Martins/ Francisco Neto de Sousa/ Luzia Maria de Jesus Brandão/ Nilo Sanches Lima/ Pedro Paulo Guimarães Ramalho/ Silvia Regina Santana Carvalho Prisco Viana.

29 – Éden Peçanha de Souza/ Eliane Alves de Matos/ Gumercindo Valetim/ Liulie Leite Lacerda/ Rosi Meri Costa Rodrigues/ Vivaldo de Sant’ Anna.

14 – Alíria Rodrigues Corrêa/ Carlos Alberto Ramos/ Maria Eloa Moreira da Silva Martins Pereira/ Marly Azevedo Ramos/ Zita da Silva de Oliveira.

30 – Hilda de Sena Corrêa Wiederhecker/ Maria da Consolação Costa Araújo Pereira/ Risoleta Couto Farias/ Vera Regina Ferreira.

DEZEMBRO 1º. – João Rodrigues Amorim/ Marcus Vinícius Borges Gomes/ Maria do Socorro Carvalho Barbosa Almeida Ramos/ Vicente de Paula Nascimento. 2 – Amália Helena Portella/ Francisca Américo Rodrigues/ Norma Vilma de Oliveira Facundo/ Ozimar Peixoto da Silva. 3 – Lúcia Elena de Paiva/ Robson dos Santos Silva. 4 – Alci Vieira de Melo Aguiar/ Francisca de Souza Tavares Gomes/ Joel Ferreira da Silva/ Mauro Diniz Brumana. 5 – Hugo de Aguiar Levy/ José de Arimatéa Melão/ José Gouveia Pereira/ Manoel Soares da Silva/ Maria das Dores Ferreira Rosa/ Siles Rezende de Araújo. 6 – Alcione Vieira Ângelo de Oliveira Cardoso/ Antônio Carlos Silva/ Edson Nery da Fonseca/ Enny Martins Ramalho/ Hélcia Maria Antunes/ Irene Blois Montes de Souza/Marialba de Lima Mesquita/ Marina Villalva/ Rosa Marta Gonçalves Batista/ Urias da Silva Lima. 7 – Conceição José Macedo/ Ester Almeida Valadares/ Gladys Cerveira de Sena/ Heitor Matte/ José Maria da Silva/ Saulo Pimentel/ Yolanda Mendes. 8 – Wilma Princivalli de Almeida Campos. 9 – Eduardo de Oliveira/ José Alberto Gonçalves da Motta/ Reginaldo Félix de Souza. 10 – Aloysio Niemeyer/ Antônio Carlos Costa Dias/ Cecília Lopes Pereira Borges/ Dagoberto Jácomo Manzan/ Francisco Tavares Oliveira/ José Aldemir Borges de Matos/ Lúcia Beatriz Barros Grosner/ Juliana Costa Menezes.

ERRATA Parabéns para Zorando Moreira de Oliveira, aniversariante em 22 de setembro.

NOVOS ASSOCIADOS BEM VINDO! Paulo Costa e Silva

FALECIMENTOS †28/9/2010 - Paulo de Souza Coelho †11/10/2010 - Antonio Elcio Alves dos Santos †15/10/2010 - João Resina Reina


Voz Ativa 208 nov 2010