Issuu on Google+

Brasília-DF

Ano 22, n.º 212

Abril - 2011

DIRETORIA REELEITA

Salão lotado para a Assembleia Geral Ordinária

Mesa da AGO (da esquerda): Elisa, Sylvio, Roberto e Inez

DIRETORIA Roberto de Medeiros Guimarães Sindulfo Chaves Filho Pedro Alves de Freitas Ogib Teixeira de Carvalho Filho Paulo Luiz Bastos Serejo Inez Rocha Mendlovitz Luzia de Almeida Pinto Kirjner João Alencar Dantas Luiz Antônio Batista Machado Osmário Luciano Martins

CONSELHO FISCAL Presidente 1.° Vice 2.° Vice 3.° Vice 1.° D. Secretaria 2.° D. Secretaria 3.° D. Secretaria 1.° D. Financeiro 2.° D. Financeiro 3.° D. Financeiro

Titulares Marcus Vinicius Borges Gomes Maria de Fátima Lessa Magalhães Osmar Cyreno Pinheiro Suplentes Marialba Lima Mesquita Eudes Gomes de Oliveira Sebastião Augusto Machado

90 ANOS DE ASCADE A Câmara dos Deputados prestou uma belíssima homenagem à Associação dos Servidores da Câmara dos Deputados – ASCADE, em sessão solene realizada em 28 de março, pelo transcurso de seus 90 anos. Na oportunidade, falaram parlamentares ligados à causa do servidor público, líderes de associações, de sindicatos, além de outras autoridades e de seus ex-presidentes, tendo os discursos relembrado o início de suas atividades. A ASCADE, fundada em 3 de março de 1921, no Rio de Janeiro, NOSSA MENSAGEM Página 2

SUPLEMENTO LITERÁRIO Páginas 3 e 4

como Caixa Auxiliar dos Funcionários da Portaria da Câmara dos Deputados, mudou-se para Brasília em 1959, hoje congregando cerca de 3 mil filiados. A cerimônia foi aberta pelo Deputado Mauro Benevides (PMDB-CE), lendo mensagem do Presidente Marco Maia (PT-RS), na qual parabenizava os servidores da Câmara, “que souberam construir uma associação forte”. O autor do requerimento da sessão solene, líder dos funcionários do Judiciário, eterno Presidente do SINBIBLIOTECA Página 5

ALERTA: GOLPE Página 6

DIJUS, Deputado Roberto Policarpo (PT-DF), presidiu a sessão. Fica assinalado na história da Câmara dos Deputados como o primeiro deputado suplente que assume e imediatamente preside uma sessão. Policarpo ressaltou o trabalho dos dirigentes da ASCADE, assim se pronunciando: “Trata-se de uma instituição que tem história, que deriva do trabalho continuado de muitos dirigentes. É nesse espaço institucional que os mais de três mil sócios podem estabelecer laços de solidariedade.” (Continua p. 6) COLUNA SOCIAL Página 7

ANIVERSARIANTES Página 8


VOZ ATIVA

2 EXPEDIENTE ASSOCIAÇÃO DOS SERVIDORES APOSENTADOS E PENSIONISTAS DA CÂMARA DOS DEPUTADOS Presidência Roberto de Medeiros Guimarães Vice Presidência Sindulfo Chaves Filho Pedro Alves de Freitas Ogib Teixeira de Carvalho Filho Diretoria de Secretaria 

Paulo Luiz Bastos Serejo Inez Rocha Mendlovitz Luzia de Almeida Kirjner Diretoria Financeira João Alencar Dantas Luiz Antônio Batista Machado Osmário Luciano Martins Conselho Fiscal Marcus Vinícius Borges Gomes Maria de Fátima Lessa Magalhães Osmar Cyreno Pinheiro Suplentes Marialba de Lima Mesquita Eudes Gomes de Oliveira Sebastião Augusto Machado Biblioteca Suelena Pinto Bandeira VOZ ATIVA Jornalista Responsável Manoel Damasceno (Mtb 0519/DF) Colaboradores Anderson Braga Horta Mário Teles de Oliveira Vili Santo Andersen Diagramação Tanívia Pinheiro Timbó (CRB1-DF 2.129) Impressão KACO Gráfica & Editora Ltda. (61) 3386-7831 a.final@kacografica.com.br SEDE SOCIAL Gerência Keli de Oliveira Barreto

Abril - 2011

NOSSA MENSAGEM ELEIÇÃO REALIZADA E AS CONTAS APROVADAS No dia 17 de março, realizamos a Assembleia Geral Ordinária destinada à apreciação da Prestação de Contas/2010 e da Proposta Orçamentária/2011. E, a seguir, a eleição da Diretoria e do Conselho Fiscal para o período 2011/2013. A sessão foi presidida pelo Presidente da Comissão Eleitoral, Sylvio Rômulo Guimarães de Andrade, e secretariada por Inez Rocha Mendlovitz. Com a presença de grande número de associados, a Assembleia transcorreu em ótimo ambiente de trabalho e de confraternização da classe. Falaram o Presidente, Roberto Guimarães, e o Presidente do Conselho Fiscal, Marcus Vinicius B. Gomes, que apresentaram as Contas e o Parecer do exercício de 2010, respectivamente, propondo a aprovação. Depois foi dada a palavra ao Diretor Financeiro, João Alencar Dantas, que apresentou a Proposta Orçamentária/2011. Após a discussão, foram aprovadas, por unanimidade. Passou-se ao último item da pauta, a eleição. Foi registrada uma única chapa, Chapa Consolidação, liderada por Roberto de Medeiros Guimarães e composta por quase todos os atuais membros. Foi apre-

sentada à Assembleia a proposta de a eleição ser “por aclamação”. Aprovada. E assim foi aclamada a Chapa Consolidação para dirigir a Associação por mais dois anos. O propósito da Diretoria e do Conselho Fiscal, que serão empossados no dia 1.º de abril, é continuar com o mesmo empenho na conquista de pleitos em favor dos aposentados e pensionistas, a manutenção dos atuais direitos e a revogação da cobrança da previdência – PEC 555/2006, revisão do plano de carreira, antecipação do pagamento da URV e atuar para o melhor entrosamento com todos os associados. Tudo isso, mantendo o melhor relacionamento da classe junto à Administração da Câmara dos Deputados, bem como com as demais entidades congêneres e com o Sindilegis.

Roberto de Medeiros Guimarães Presidente

MAIS IMAGENS DA ASSEMBLEIA (Continuação da p. 1)

gerenciaasa@solar.com.br SGAS 610 Conj. C. Mód. 70 Av. L2 Sul Brasília-DF - CEP 70200-690 Fones (61) 3244-3538 (PABX) 3244-6869 http://www.asacd.org.br TIRAGEM 3.000 exemplares

TELEFONES ÚTEIS Câmara dos Deputados (61) 3216-0000 Coord. Inativos e Pensionistas 3216-7251 Pagamento de Pessoal 3216-7387 PRÓ-SAÚDE 3216-7968 Marcação de Consultas 3216-7999 Centro de Informática/CD 3216-3636 Farmácia ASCADE Câmara 3216 9817 Plano de Saúde ASCADE 3216-9818 LEGISCRED 3216-9988

Acesse mais fotos em nosso site http://www.asacd.org.br, na seção de Eventos.


VOZ ATIVA

Abril - 2011

3

ANO XII

n.° 135

O DOCE CÁRCERE DAS RIMAS de Liônio Guerra (Brasília: Ideal, 2011)

Não é preciso ser crítico literário para falar da poesia de Liônio Guerra. Isto nos anima. Também não é preciso ser uma grande biblioteca para possuir no seu acervo um exemplar de O Doce Cárcere das Rimas: basta que seja especial como é a Biblioteca da ASA/CD, a biblioteca dos aposentados. Conhecendo, então, a trajetória terrestre de Liônio, parece-nos que Deus, de vez em quando, seleciona poetas da Terra e os leva precocemente para o reino dos céus, subtraindo-nos a graça de conviver com eles e com os seus poemas por tempo maior. Liônio tinha apenas 23 anos quando foi convocado para o convívio dos anjos no grande Olimpo dos serafins. Enquanto viveu não se preocupou em divulgar a sua poesia. Fazia versos como respirava. Deixou de respirar, deixou de fazê-los. Com

certeza continua fazendo, noutros espaços e para outras plateias, porque, nota-se claramente, não é uma poesia do corpo, da mente, é da alma e esta ainda vive, translúcida, a iluminar a eternidade. Fomos contemporâneos na Câmara dos Deputados por apenas pouco mais de um ano. Neste pequeno espaço do tempo não nos conhecemos. As colegas Uilza e Tasmânia dão-nos agora a sorte de conhecê-lo e também a oportunidade de desfrutar do encantamento dos seus versos. Aos que tiverem o ensejo de compulsar a obra O Doce Cárcere das Rimas (assim autografado no primeiro verso do soneto “Grilhões de Espumas!”) na Biblioteca da ASA/CD, por certo irão deleitarse e relembrar o nosso poeta maior Castro Alves. Tal a semelhança de estilo. Tal a sina do ofício de viver entre nós tão pouco tempo. Este

precioso exemplar vai enriquecer o nosso acervo e, sobretudo, preservar a memória de um poeta que não precisou de tempo, de vida longa, para revelar-se. Escolhemos para ilustrar este nosso comentário o soneto “És anjo! És deusa! És liberdade! És tudo!”, confessando o quanto foi difícil a tarefa de selecionar um, de tantos e tão belos... de muitas cores: azuis do céu, vermelhos de terra, de dourada luz... amarelos.

ÉS ANJO! ÉS DEUSA! ÉS LIBERDADE! ÉS TUDO! Ouve, Poesia, o vozerio agudo! É alma e peito que te ofertam cantos (Tantos louvores! Tantos risos! Tantos!...) Ouve, Poesia, o apostolado mudo! És ilusão constante em que me iludo; Tu és o alento milenar dos prantos; Refúgio de um sem-fim de desencantos, És anjo! És deusa! És liberdade! És tudo! Mesmo no caos do mais letal martírio, Se açulo a musa, em rútilo delírio, Persiste a vida e eu a viver persisto;

Liônio, aos 14 anos, no Rio de Janeiro.

Pois, em cada soneto meu, tristonho, Amiga, a rima inda me embala o sonho, Um verso amigo inda me diz que existo!

V. S. A.


44

VOZ ATIVA

Abril - 2011

CAMINHO DE MEUS ANDARES de Hilda Mendonça (São Paulo: Scortecci, 2010) A professora Hilda Mendonça da andados. Descreve a vida que vai Silva veio para Brasília em 1975 e por ela passando, tateando sonhos aqui, além de exercer as atividades pelas ruas de Passos, onde reside professorais, teve intensa participação atualmente; às vezes, recolhendo na vida literária da cidade: pertence cacos, remendando trapos, como ela à Academia Taguatinguense de mesma declara, poetando. “Deus é Letras, foi diversas vezes premiada o mesmo em qualquer lugar”, como em concursos e participou com diz, pois, então, que continue lá como destaque em várias coletâneas. Ao fazia aqui: a buscar o sol no cimo aposentar-se, retornou às montanhas do monte, a caminhar pelos luares, gerais, mas continuou a fazer cantando em moendas as coisas da versos. Brinda-nos agora com uma vida. E deixe Brasília sentir saudades. singular amostragem dos caminhos Quero cantar a vida com tanto ardor que todo andarilho pare para escutar bendizer o dia, a noite, o luar Não quero nada além de uma flor. (Versos do poema “Alento”, p. 68)

BREVE DEPOIMENTO DE UM POETA FRUSTRADO V. S. Andersen

Num dia desses de chuva resolvi escrever um poema na folha do meu caderno. Depois de algum tempo, a folha quedou-se em branco. O filho da governanta, de apenas dois anos de idade, percebendo o meu desapontamento, a minha tristeza, e até eu diria a minha infelicidade, apoderou-se violentamente da minha caixa de lápis de cor e investiu contra o papel, rabiscando-o de cima abaixo, colorindo-o de azul, verde e amarelo. Ao peremptório assalto não resisti. Foi o mais belo poema que eu próprio nunca escrevi.

OS MAIS BELOS SONETOS BRASILEIROS DO SÉCULO XIX CISNES Nota: Júlio Salusse nasceu em Júlio Salusse Bom Jardim (RJ), a 30/3/1872. E morreu no Rio de Janeiro (RJ) a 30/1/1948. Publicou Nevrose Azul A vida, manso lago azul algumas Vezes, algumas vezes mar fremente, (1894) e Sombras (1896). Tem sido para nós constantemente Um lago azul sem ondas, sem espumas. Sobre ele, quando, desfazendo as brumas Matinais, rompe um sol vermelho e quente, Nós dois vagamos indolentemente, Como dois cisnes de alvacentas plumas. Um dia um cisne morrerá por certo... Quando chegar esse momento incerto, No lago, onde talvez a água se tisne, Que o cisne vivo, cheio de saudade, Nunca mais cante, nem sozinho nade, Nem nade nunca ao lado de outro cisne...

V. S. A.


VOZ ATIVA

Abril - 2011

5

BIBLIOTECA DA ASA/CD O FANTÁSTICO MUNDO DOS LIVROS Equilibrista O encanto do topo é o oco onde sem vento

BASTOS, Cristina. Teia. Brasília: Varanda; Massao Ono, 2002. 88 p.

o óbvio corpo se sustenta ocupado em romper limites (página 56)

O grande círculo Somos quatro no circo ansiamos devolver o ingresso mas o palhaço pipoqueiro trapezista ensina, sentem assistam somos mestres em preencher vazios

CORAÇÕES AMIGOS OInstituto Corações Amigos é uma entidade beneficente particular, sem fins lucrativos, custeada unicamente por doações de voluntários e na qual seus integrantes não recebem qualquer tipo de remuneração. Para conhecer os nossos trabalhos, compareça ao próximo Chá-Papo ou acesse nosso site: http://coracoesamigos.org. br/

(página 58)

SEGURO DE VIDA COM ADESÃO ATÉ 85 ANOS !

Esta é a oportunidade que você desejava para aderir ao seguro de vida, com possibilidade de aderir com idade de até 85 anos. Os importantes diferenciais deste seguro de vida são: - Em caso de preexistência de doença você poderá participar do seguro de vida, com carência de 24 meses; - Não havendo doença preexistente, não há carência; - Livre escolha dos beneficiários do seu seguro de vida; - Débito em conta corrente no dia do seu pagamento. PLANO DE SAÚDE, ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA INTEGRAL, UTI VIDA, CONVÊNIO MEDICAMENTOS E OUTROS BENEFÍCIOS EXTENSIVOS AOS SEUS FILHOS, NETOS E DEMAIS FAMILIARES. LIGUE E SOLICITE UMA VISITA SEM COMPROMISSO

A partir de abril estaremos em contato com os associados de Brasília, Goiânia e Rio de Janeiro para divulgar os convênios e recadastramento (atualização de dados). Nossos orientadores autorizados são: Francisco das Chagas de Sousa, Sandro Neto de Sant’Anna, Sheila Rodrigues, Otto Henrique Drefahl, Lourimar Canuto Evangelista. Exija a credencial e documento de identidade. Não autorizamos nenhuma companhia seguradora ou autônomos a visitarem os associados sem que sejam devidamente credenciados pela ASA-CD e pela BRASIL MÉTODO.


VOZ ATIVA

6

Abril - 2011

GOLPE DO PECÚLIO - ALERTA A ASA-CD recomenda aos colegas, aposentados e pensionistas, todo cuidado e atenção para o recebimento de correspondência de entidades desconhecidas. Não temos qualquer vínculo com essas associações. Complementando, transcrevemos Nota Oficial da Diretoria de Inativos e Pensionistas da Câmara dos Deputados.

ATENÇÃO

Alertamos quanto ao fato de alguns aposentados e pensionistas estarem sendo contactados por uma associação desconhecida, denominada “Associação dos Servidores Médicos Pensionistas e Aposentados do Brasil”, que oferece planos de pecúlio, indenizações e outros benefícios, mediante cobrança antecipada de taxas ou custas judiciais e advocatícias. Ao que tudo indica, parece tratar-se de um golpe que, inclusive, será objeto de investigação da Polícia Legislativa. Diante disso, esclarecemos que a Câmara dos Deputados não tem nenhum vínculo com qualquer empresa, associação ou instituição que se diga responsável pelo pagamento de qualquer tipo de indenização, benefício ou pecúlio. Ressaltamos, ainda, a necessidade de estar sempre alerta quanto a esse tipo de assédio, verificando previamente a autenticidade dos contatos antes de qualquer decisão. CRISTINA CASCAES SABINO Diretora da Coordenação de Inativos e Pensionistas

90 ANOS DE ASCADE (Continuação da p. 1)

Presidente da ASA-CD, Roberto Guimarães, durante o discurso.

Nilton Paixão, Presidente do SINDILEGIS, ressaltou a parceria entre o sindicato e a associação: “A ASCADE está nos ajudando a concretizar um desejo: o de transformar o serviço público prestado na Câmara dos Deputados em modelo a ser seguido por todos.” Em seguida prestou uma especial homenagem à mulher: “A Ascade tem um passado de lutas e coragem evidentes. E continua semeando mudanças, ao eleger a primeira presidente da entidade que foi o primeiro fórum de defesa de servidores desta Casa.” A Presidente da ASCADE, Fátima Mosqueira, agradeceu o apoio recebido do SINDILEGIS: “Estamos caminhando com o SINDILEGIS e com a ASA-CD, representando com honra nossos servidores da Câmara,

Momento do Hino Nacional: Luiz Roberto Serejo, Nilton Paixão, Rogério Ventura, Dep. Mauro Benevides, Fátima Mosqueira e Roberto Guimarães proporcionando qualidade de vida e O Deputado Chico Lopes (PCdoBvalorizando a imagem do Legislati- -CE), defensor compromissado com vo.” a causa do servidor público, desAo se pronunciar, Roberto Guima- tacou que a sessão era, na verdade, rães, Presidente da ASA-CD, tam- uma homenagem aos servidores púbém enfatizou a construção de laços blicos. E, falando como tal, disse: de parceria entre as entidades e enal- “Ao longo dos anos, foram subtrainteceu a importância daqueles que já do nossos direitos, mas não entense foram e que construíram a ASCA- dem que nós somos os responsáveis DE, além dos que contribuíram para pelo serviço público prestado em sua formação e consolidação e, hoje, nosso país.” constituem honroso patrimônio dos Por fim, o ex-presidente Walter quadros da ASA-CD. Caldas tece considerações a respeiAo discursar, o Senador Rodrigo to da construção da sede urbana da Rollemberg disse: “Nada melhor Associação, enaltecendo o apoio reque uma entidade de 90 anos para cebido do então Diretor-Geral, Dr. demonstrar a força de uma organiza- Luciano Brandão, o mesmo fazendo ção social. A ASCADE está presente o ex-presidente Luiz Roberto Bastos em tudo que impacta na qualidade Serejo, a propósito da doação do terde vida do servidor da Câmara. Vida reno destinado à sede náutica. longa à ASCADE!.”


Abril - 2011

VOZ ATIVA

7

COLUNA SOCIAL CHÁ-PAPO Na última sexta-feira, 25 de março, realizamos mais uma reunião festiva e bastante descontraída. Como anunciado, nesse evento fez-se o lançamento do livro de poesias do ex-colega de Câmara dos Deputados, Liônio Brandão Guerra, cujo título é O DOCE CÁRCERE DAS RIMAS. Ele era irmão de Sulian e Uilza e primo de Tasmânia, associadas da ASA-CD. A presença maciça de associados, de parentes e amigos de Liônio, falecido em 1966, lotou o salão inferior da ASA-CD e SINDILEGIS. Aliás, o ambiente também estava lindamente decorado com motivos destinados a homenagear a Mulher. O Presidente Roberto fez a abertura do evento, dando a palavra a Uilza Guerra, que falou sobre o que

ele sempre representou para ela e para toda a família, o seu espírito jovial, alegre e descontraído e o poder que ele tinha de fazer amizades. Em seguida, Tasmânia Guerra leu um trecho da sua homenagem registrada no livro, agradeceu a presença de todos e, em especial, aos parentes e amigos que colaboraram para a realização desse trabalho. Depois, apresentou-se a colega Eni Fernandes, que recitou várias poesias, expressando com graça e emoção o sentimento desejado pelo autor. Falou, ainda, a amiga Solange Procópio, homenageando Liônio e demonstrando a grande amizade que ele deixou. Passando-se à segunda parte da reunião, Roberto fez uma singela homenagem às mulheres pela pas-

sagem do Dia da Mulher. Discorreu sobre a importância delas como símbolo da própria existência da vida, valorizando-as principalmente pelo fato de poderem ser MÃE, por darem à luz, alimentar, cuidar, ensinar e orientar para a vida e por tudo que representam para todos nós. Completou-se esta parte com a apresentação do colega Jolimar Correa, que recitou poesias de sua autoria, todas alusivas à data. Depois de muitos aplausos, cantamos o tradicional “Parabéns pra Você” de março, com um bom número de colegas que aniversariam nesse mês. Tudo ao som da sanfona da amiga Silvia, que depois deu andamento a uma alegre serenata. Foi uma festa de arromba.

Vista geral da sala.

Tasmânia e Uilza.

Amigos de Liônio.

Eni Fernandes declamando. Fotos: Jesus da Silva e Keli de Oliveira.

DOMINGUEIRA DANÇANTE E SERESTA-BAILE Os eventos de dança de salão Domingueira Dançante e Seresta-Baile, realizados no salão de baile do SINDILEGIS e da ASA-CD, continuam um sucesso, tanto pela frequência como pela qualidade dos conjuntos musicais que animam essas noites, agora sob a coordenação geral do músico Roberto Baez. A Seresta acontece nos sába-

dos, a partir das 21h30min, com o couvert artístico de R$12,50 para os associados do SINDILEGIS e ASA-CD, e de R$ 25,00 para os não associados. Já a Domingueira Dançante se realiza nos domingos, das 20h à 0h, com o couvert artístico de R$10,00, associados, e de R$20,00 não associados.

Luzia cantando, acompanhada de Silvia e Jesus.

Aniversariantes de março.


VOZ ATIVA

8

Abril - 2011

ANIVERSARIANTES ABRIL

1º – Gracinira Lopes da Silva/ Maria da Penha Silva Santos/ Nelson Joaquim de Oliveira/ Teresinha Aparecida de Resende/ Valkyria Priscila Gonzaga Santos. 2 – Dário Dias dos Reis/ Francisco Vieira Filho/ Leila Maria Tostes Segall/ Manoel Augusto Campelo Neto/ Maria das Graças Meirelles da Cunha. 3 – Antônio Joaquim Lopes/ Benedito Pires Teixeira. 4 – Dinah Viçozo Amaral/ José Carlos Frechiani/ Luiz Vasconcelos. 5 – João Assafin/ Luiz Carlos Borges. 6 – Sílvia Tereza Caiado/ Sylvia Oliveira de Carvalho. 7 – José Paixão dos Santos/ Luiz Gonzaga Teixeira Borba. 8 – Adilson Tavares da Silva/ Antônio César Pereira Amaral/ Ophelia Drumond Andrade Muller. 9 – Eliane Cassas do Amaral Travassos Vidigal/ Francisco Moreno Mohedano/ Geraldo Nogueira de Lima/ Hamilton Barbosa/ Maria da Glória Peres Torelly/ Temístoclis Lourenço de Castro. 10 – Antônio Carlos Santos Ribeiro/ Maria Rosinda Ramos da Silva. 11 – José Ralph Siqueira/ Maria das Dores Silva Paiva/ Maria das Graças Marques Sobrinho/ Maria Pereira de Araújo. 12 – Ana Filha de Carvalho/ Ana Teresa Lírio Pereira/ Ivan Roque Alves/ Josafa Cavalcante Lacerda/ Marcos Luiz Zia/ Sindulfo Chaves Filho/ Teresa Cristina Mendes de Mesquita. 13 – Ana Luiza Romariz/ Augusto Almachio Barreto da Rocha Filho/ Clóris Alves/ José Lourinaldo Guedes/ Waldemar de Souza Carvalho. 14 – Francisca Mércia Saraiva Lustosa/ Haydéa Pires. 15 – Eliane Figueira de Almeida/ José Jadir dos Santos/ Marly Vale Soares Silva/ Waldemar Villas Boas Filho. 16 – Rosa Maria Junqueira Giovannini. 17 – Andréa Maura Versiani de Miranda/ Eliana Ana Faini/ Julian Esteves Barbosa/ Leila Forte Burached/ Maria Eliza Leite Luduvice/ Maria Madalena do Nascimento Filha/ Thaysa de Alcântara Pinho/ Wilma Rojas Freitas. 18 – Agustinho Rodrigues de Mesqui-

ta/ Joel Guimarães de Oliveira/ Lília Fernandes Innecco/ Ney Vargas Barreto/ Raphael Castellano/ Salvador Inácio Gomes Guimarães. 19 – Adriana dos Santos Peixoto/ Telma Maria Soares. 20 – Antônio Jorge Gonçalves de Oliveira/ Carlos Pinto de Oliveira/ Gilvanise Sobral/ Izabel Carneiro Ribeiro Barros/ Lucília Kawamoto/ Maria do Socorro Paiva Carvalho Garcia/ Luiz Carlos Prestes de Alcântara/ Teresinha Maria da Costa. 21 – Ana Carla Rodrigues de Souza/ Astrea de Moraes e Castro/ Berenice Cecília Quintão/ Carmen Amélia Pereira D’Almeida Dias/ Flávio Bastos Ramos/ Iole Lazzarini/ Sebastião Augusto Machado/ Teresinha Dragaud Ribeiro Bezerra/ Vando Nazario de Oliveira. 22 – Aristeu Antônio Elsing/ Ogib Teixeira de Carvalho Filho/ Thereza Machado de Almeida/ Venita Francisco Soares/ Maria das Graças M dos Santos. 23 – Eneida Maria Leão de Carvalho/ Maria Georgete da Silva Santos/ Mirma de Souza Contaifer Sanche/ Tereza Cristina Rezende de Aguiar Attuch/ Vanderlane dos Santos Batista. 24 – Darcy Dias de Freitas/ Linório da Costa Machado/ Maria de Lourdes Malheiros da Rocha Pinto/ Maria de Lourdes Pereira Alves/ Raimunda Maria de Carvalho Azevedo/ Umberto Guimarães Neves. 25 – Braulina Cândida dos Anjos/ João Neto Batista Vale/ Margarida Maria Bevilacqua de Lisboa Vaz/ Marta Helena Lourenço Karh/ Oswaldo de Oliveira Teófilo/ Ruy Carlos Caporal. 26 – Fortunato de Souza Filho/ Maria Elza Maurícea Vasconcelos Guerra. 27 – Amélia Maria das Graças Sousa Nascimento/ Antônia Soares Campelo/ Augusto Henrique Nardelli Pinto. 28 – Ana Maria N Fraga/ Cícero Leonardo Nogueira Sobrinho/ Eduardo Prado/ José Maria de Andrade Cordova/ José Menezes de Moura/ Leoni Araújo Guimarães/ Maria Vilani Araújo Moura/ Naele Lawall Cravo. 29 – Haroldo de Moura Saldanha/ Ito Pedro de Carvalho/ José Bezerra Leite. 30 – Lourdinete Honório Piava Oliva.

MAIO

1º – Ana Paula Duarte de Carvalho/ Maria Geralda Orrico/ Raimunda de Brito Nunes/ Thaiz Schmidt dos Santos. 2 – Antônio Bandeira Costa/ Gustavo Volker Luedemann/ Haidee Del Bosco de Araújo/ Helaine Ferreira dos Santos/ Salvador Ribeiro Mayrinck. 3 – Amaury Coriolano da Silveira/ Antônio Brasil de Sousa/ Aracy de Almeida Couceiro/ Eurico Benjamim Mesquita Júnior/ João José de Castro/ José da Cruz Ribamar Silva/ Lourdes Xavier/ Maria do Socorro Costa Trindade/ Neuza Couto de Pontes/ Romilton da Cruz Pessanha Gomes. 4 – Gracinda Assucena de Vasconcellos/ Ivan Vilame/ José Rômulo Cordeiro/ Maria Analice Pereira Niemeyer/ Mariadyr Soares de Mello/ Raul Flores da Cunha Oliveira. 5 – Alvimar de Jesus Salazar Frota/ Alziro Silva Filho/ Eni Ribeiro Ikawa/ Inez Rocha Mendlovitz/ Iraídes Milhomem da Silva/ Jerônyma Luiz da Costa/ João Cavalcante Barros/ José Max de Menezes/ Josete Vidal de Campos/ Levy Machado/ Maria das Dores pereira dos Santos/ Mozart Vianna de Paiva 6 – Catharina Alzira dos Santos Barros/ Evódio Bernardino/ Lenise Barros Pinto/ Maria da Conceição dos Anjos/ Renata Loschi Bessa/ Sigrid Tapajós Távora.

ERRATA: Aniversário - 30 de março: João dos Reis NOVOS ASSOCIADOS. BEM-VINDOS! Efetivos: Sergio Soares de Oliveira

FALECIMENTOS (atualizados até 31/3/2011) José Arimatea Melão *5/12/1945 - †28/2/2011 Maria José da Silva Santos *25/4/1951 - †2/3/2011 Francisco de Paiva Borges *24/7/1928 - †9/3/2011 Oliveiros Salles *1/10/1936 - †22/2/2011 Fonte: Pecúlio/Câmara dos Deputados. Telefone: (61) 3216 7990 / 3216 7991


voz_ativa_212-abril-2011