Page 124

132

contemporaneidade. É assim a pesquisa que Avani Stein vem realizando desde 1995”. O trabalho da artista é mencionado como uma inovação no campo da arte, uma nova forma de perceber a arte e as possibilidades de ser apresentada. Na imagem realizada a partir da fotografia do paisagista Burle Marx, Avani acrescentou desenhos de flores e linhas que permitem a impressão de plantas, imagens alusivas à profissão do retratado. Os retratos chamaram bastante atenção, mas o que mais impressionou os alunos foram as imagens do trabalho de Célia Jaguaribe. Quando eu apresentei a primeira imagem de uma fotografia pintada da artista e comentei que o resultado final vira roupa, os alunos ficaram impressionados. A imagem que mais intrigou o grupo foi a representação de uma floresta na qual a iluminação foi criada a partir da pintura. Uma rede e a sombra de uma casa foram criados, impressionando os alunos. Os comentários foram os mais inusitados. Uma aluna questionou se a sombra da casa era real ou pintada sobre uma fotografia. Os colegas responderam que deveria ser uma pintura. Alguns argumentaram dizendo que a sombra projetada no chão estava muito inclinada e não poderia ser uma casa de verdade. A conversa foi bem produtiva, percebi que eles gostaram das imagens e ficaram intrigados com a ideia de imprimir uma fotopintura em roupa. Fizeram muitas perguntas, e durante todo o tempo de observação ficaram tentando imaginar como o trabalho foi realizado. Após as observações e questionamentos dos alunos finalizei este momento da aula comentando que as aulas de Artes não são apenas para pintar, desenhar e ganhar uma nota por tudo isto, são também para a gente aprender que é possível através de ideias simples porem inovadores descobrir uma fonte de renda, encontrar uma profissão, pensar em novas possibilidades de encarar o mundo através do conhecimento. Senti necessidade de fazer estas colocações, pois senti um apego muito grande da turma em realizar trabalhos somente se “valem nota”. Como a professora titular já havia mencionado aos alunos que a avaliação dos meus trabalhos não valeriam para a nota do trimestre, havia sentido uma certa desmotivação da turma, alguns alunos nem participavam mais das aulas. Enquanto eu argumentava a importância das aulas de Artes inclusive para a vida profissional de cada aluno, percebi que eles me olhavam atentamente. Considerando que esta etapa do EJA é conclusiva para o término do ensino fundamental, senti que meu comentário

Fotografia e arte na educação  

Trabalho de Curso apresentado por Nátia Pereira Vargas em dezembro de 2010

Advertisement