Page 1

PRaGaNa

AGLUTINAR



10 de julho a 11 de agosto de 2013


COMPÓSITOS: A MUDANÇA COMO ÚNICA CONSTÂNCIA

Maria do Carmo Nino

“Toda nossa cognição principia de sentimentos” Leonardo da Vinci

Diante da minha pergunta sobre o papel exercido pela música no seu processo de criação, o pintor Carlos Pragana apontou a poesia como sendo a principal deflagradora de sua imaginação. Por que então o contato com as colagens de papel pintado no seu ateliê havia me causado uma impressão tão fortemente musical? Lembrei-me logo de algo que havia lido nas palavras de um artista plástico britânico, James Edward MacDonald, sobre o fato do poema, obra temporal, representar para ele em mais alto grau o sentimento vital de um coração que bate, uma pulsação, ao passo que o quadro, seria a perfeição em espaço, concebido, construído, visto com uma percepção acurada. A grande música, emergiria assim, a partir da aliança entre estes dois ritmos.


5

Tempo e espaço, atuam ambos como ritmos condensados

em pintura o deixa ávido a recomeçar, reacende o desejo,

em uma composição simultaneamente musical, poética e

levado pela inspiração, esperando mais energia, vitalidade,

fundamentalmente plástica entre pintura e desenho: eis para

condenado a pintar hoje e sempre, e, principalmente,

mim o grande amálgama da obra de Pragana. Ao eleger a colagem

permanecendo irredutivelmente fiel a si mesmo.

como poesia à convicção ele parece fazer um testamento de fé sobre o reconhecimento do poder metafórico das operações

Compor, operação fundamental nesta mostra, é literalmente,

presentes neste processo em relação à própria ideia de

por junto. Mas o que mais aglutina o artista? Ao seguir os

sobrevivência humana, em meio a alegrias, infortúnios, e a

meandros tem-se a sensação que linhas, cores e formas em

necessária superação, o que nos atinge a todos.

seus diversos contrastes se autonomizam e surpreendem até mesmo o seu autor, parece que tudo é resgate de algo

Tudo se passa como se esta técnica fosse evocadora ela

já desenhado e estampado no passado e ao mesmo tempo

mesma deste status quo, afinal o ato inicial de pintar

torna-se incrivelmente novo, torna-se poesia. Os vários

o papel, rasgá-lo ou cortá-lo em fragmentos para em

processos oníricos de condensação, deslocamento, associação

seguida integrá-lo em uma totalidade concebida em líricas

e cenarização através de decupagens, superposições,

ordenações figuradas feitas expressamente para nos

palimpsestos, oscilando entre a horizontalidade e a

provocar subjetivamente, parece corroborar a condição da

verticalidade, ou um compósito entre elas, tem por objetivo fixar

nossa existência humana, situada pendularmente entre os

o dinamismo e a constância das linhas de força criadas pelas

pólos de construir / desconstruir. Estamos todos, sempre,

texturas, enfatizadas pela luz, e animam também nosso espírito

nos reinventando. Não por acaso, uma de suas exposições

e nossa imaginação. Ao invés de nos questionarmos sobre o

anteriores denominou-se “Desconstruções”, enquanto esta

que estas imagens significam, deveríamos nos concentrar a

mostra atual se coloca dialeticamente no lado oposto do

discernir sua verdade emocional e nos regozijarmos com a

“Aglutinar”. Toda esta experiência vivenciada positivamente

aquisição de saber que elas nos proporcionam.


6

SEM TÍTULO Mista 220 x 60 cm 2013


7


8

SEM TÍTULO Mista 180 x 45 cm 2013

SEM TÍTULO Mista 135 x 180 cm 2013


9

SEM TÍTULO Mista 180 x 45 cm 2013

SEM TÍTULO Mista 135 x 180 cm 2013


10

SEM TÍTULO Mista 220 x 60 cm 2013


11


12

SEM TÍTULO Mista 160 x 90 cm 2013


13

SEM TÍTULO Mista 160 x 90 cm 2013


14

SEM TÍTULO Mista 220 x 60 cm 2013


15


16

SEM TÍTULO Mista 90 x 90 cm 2013


17

SEM TÍTULO Mista 90 x 90 cm 2013


18

SEM TÍTULO Mista 90 x 90 cm 2013


19

SEM TÍTULO Mista 90 x 90 cm 2013


20

SEM TÍTULO Mista 90 x 90 cm 2013


21

SEM TÍTULO Mista 90 x 90 cm 2013


Artista

PRAGANA Curador

MARIA DO CARMO NINO Fotografia e Tratamendo de imagem

Robson Lemos Projeto Gráfico e Diagramação

PICK IMAGEM

www.pickimagem.com

Apoio:



Rua da Moeda, 140, Bairro do Recife Recife, PE, Cep 50030 - 040, Tel 81 3424 4431 www.artepluralgaleria.com.br


Millions discover their favorite reads on issuu every month.

Give your content the digital home it deserves. Get it to any device in seconds.