Page 1


21 de agosto Ă 29 de setembro de 2013


ENTRE 20 E 30 ESTUDOS SOBRE A ESPERA Schneider Carpeggiani

Amiga me envia e-mail em que tenta desenhar a forma exata como tem se sentido: dentro de uma sala de espera bege, com revistas já lidas descansando em seu colo, olhando fixamente para um bebedouro pela metade e que já vai tarde. Há uma TV inutilmente ligada ali do lado e uma atendente que jura desconhecer quando essa quarentena toda vai passar. Minha amiga se levanta, olha o relógio, tenta ver se está chovendo através da persiana, caminha de um lado para o outro e acaba voltando, estática, à posição inicial. O pior é que sabe que não está na expectativa de uma reviravolta específica ou de um resultado positivo/negativo. Algo dentro dela havia acionado a “sala bege” a habitar todos nós, que passa a funcionar quando acreditamos nas promessas de que vem chegando o verão, de que as férias são daqui a dois dias (“aguente firme”, avisa o refrão) e que a vida começa aos 40. Um oásis de tédio cercado por inúteis passatempos e contratempos por todos


os lados, como naqueles livros de Kafka, em

aliza um trabalho que confina seus personagens

que os personagens estão subalternos à con-

em cenários de expectativa, numa ansiedade tal

clusão de um trâmite: querem se livrar de um

que nem notam que, entre as 20 e 30 poses de

procedimento penal, confirmar uma nomeação

espera, acabaram por deixar em branco o que

ou apenas acordar de sonhos intranquilos. Fan-

havia no meio; saltaram logo para o final. E as-

tasias são sempre fantasias de uma conclusão,

sim como nós, muitas vezes, eles escamoteiam

mas conclusão de quê mesmo?

a ansiedade com ilusórias cores quentes (cor = ilusão de ótica) e semblantes distantes. Desa-

A imagem proposta pela minha amiga me faz

bitados, olham de lado ou nos atravessam com

pensar que a espera é uma artista meticulosa,

os olhos perdidos dos prisioneiros de calendários

perfeitamente geométrica em suas formas,

malucos, dos pagadores de promessas de previ-

que nos posiciona num lugar injusto dentro

sões astrológicas. Prever é aprisionar.

no nosso próprio espetáculo. Ao acionarmos a “sala bege”, somos engolidos por paisagens de

Haveria um motivo bastante legítimo para minha

expectativas, reduzidos a um terço do quadro,

amiga permanecer à espreita naquele consultório

ficamos ali do lado, para sempre fetais. Nesse

hipotético? Acreditar que a espera é filosofia, um

desenho, talvez a vida não comece nunca. E

passo que não precisamos dar. Enquanto a aten-

desconfio que há gente demais vivendo à espe-

dente decide a hora certa da minha amiga ser

ra de que a vida comece, sem reparar que ela já

atendida, a vida acontece, seja lá o que isso for.

vai pelo meio. Uma noite de reveillon eterna.

Tenho esperança que ela, mais cedo do que tarde, decida tirar as revistas já lidas do colo, esqueça o

Talvez Edson Menezes seja hoje um artista a

relógio, a TV ligada, a intuitiva chuva lá fora e que

nos alertar quanto ao perigo da “sala bege”. Re-

vá embora. Ainda dá tempo.


6

“Estudo/espera” Óleo sobre tela 50 x 70 cm


7

“Estudo/espera:)” Óleo sobre tela 38 x 58 cm


8

“Estudo/espera 23” Óleo sobre tela 120 x 100 cm


9

“Espera/estudo*” Óleo sobre tela 100 x 120 cm


10

“Estudo/espera!” Óleo sobre papel 64 x 50 cm


11

“Espera/estudo 21” Óleo sobre tela 57 x 70 cm


12

“Estudo/espera 20” Óleo sobre tela 40 x 200 cm


13


14

“Estudo/espera 12” Óleo sobre tela 45 x 27 cm

“Estudo/espera 24” Óleo sobre tela 47 x 36 cm


15

“Estudo/espera 15” Técnica mista sobre papel 30 x 27 cm

“Estudo/espera 27” Óleo sobre tela 90 x 38 cm


16 “Estudo/espera 19“ Técnica mista sobre papel 30 x 1 5 cm

“Estudo/espera 22” Carvão s/papel 24 x 29 cm

“Estudo/espera 1” Técnica mista sobre papel 20 x 24 cm


17

“Estudo/espera ?” Técnica mista sobre papel 29 x 18 cm

“Espera/estudo 13” Técnica mista sobre papel 32 x 22 cm


18

“Estudo/espera =” Técnica mista sobre papel 33 x 20 cm

“Estudo/espera 4” Técnica mista sobre papel 25 x 20 cm


19

“Estudo/espera 9” Técnica mista sobre papel 30 x 20 cm

“Estudo/espera 3” Técnica mista sobre papel 30 x 20 cm


20

“Estudo/espera 20” Técnica mista sobre papel 33 x 24 cm

“Espera/estudo 10” Técnica mista sobre papel 33 x 24 cm


21

“Estudo/espera 8” Técnica mista sobre papel 25 x 19 cm

“Estudo/espera 2” Técnica mista sobre papel 34 x 21 cm


Artista

EDSON MENEZES Curador

LAURINDO PONTES – ATENARTE Fotografias GUSTAVO BETTINI Tratamento de Imagem GUSTAVO BETTINI | Atelier de Impressão Projeto Gráfico e Diagramação PICK IMAGEM

Apoio:


Rua da Moeda, 140, Bairro do Recife Recife, PE, Cep 50030-040, Tel 81 3424 4431 www.artepluralgaleria.com.br

Profile for Arte Plural Galeria

Edson Menezes - Entre 20 e 30 Estudos Sobre a Espera  

21 de agosto a 29 setembro de 2013 Artista: Edson Menezes Fotografias: Gustavo Bettini Tratamento de imagens: Atelier de Impressão, Gus...

Edson Menezes - Entre 20 e 30 Estudos Sobre a Espera  

21 de agosto a 29 setembro de 2013 Artista: Edson Menezes Fotografias: Gustavo Bettini Tratamento de imagens: Atelier de Impressão, Gus...

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded