Page 1

Um oásis. Título meio clichê para falar de uma ONG que fica na Bahia. Mas oásis aqui, tem um significado um pouco mais profundo. Entre Trancoso e Caraíva, existe uma passagem, e nessa passagem um povoado: Itaporanga. Quem faz a vida ali é um povo que consegue sobreviver com aquilo que sobra dos recursos que estão distribuidos nos seus arredores. É difícil sobreviver num lugar onde muitos passam, poucos ficam e somente alguns (poucos) olham com atenção para a falta que se mostra por trás das casas coloridas. Itaporanga não tem praia, nem iluminação adequada, nem segurança. E também não tem ninguém que ensine as crianças a voltarem seus olhares para o que realmente importa; e muito longe de terem perspectiva de um dia serem mais do que seu arredor que é feito de lixo e pobreza, o tráfico faz sua vez de grande formador. Adolescentes morrem baleados, com muita frequencia. Crianças com dificuldade de aprendizagem e um baixo nível de ensino, vivem o hoje, já que não se sabe o que é reservado para amanhã. O IAI escolheu esse lugar para fazer moradia, e trabalhar na passagem da criança do mundo infantil para o mundo adolescente, fazendo ela crer que pode ser o agente transformador do seu entorno. Voltando ao Oásis, quando você atravessa o portão simples de madeira que está escrito "Deixe aqui sua preguiça", é possível adentrar um outro mundo. Um mundo construído com recursos do local, com muito cuidado e amor. A criança pinta seus sonhos em telas em branco, recorta e cola figuras para compor o mosaico da sua história e aprende com isso a ser um pouco mais cidadão, porque é olhado como tal. Cada um é chamado pelo nome, recebe um afago, tem seu sorriso registrado, e começa a sair da sua condição de passageiro para a condição daquele que tem uma história, para contar e onde é o personagem principal. Quem é capaz de criar uma narrativa de si mesmo, pode se situar no tempo e criar a partir disso, uma nova história. Se eu pudesse dizer o que faz o IAI eu diria que ele reconstrói personagens esquecidos, e a cada personagem reconstruído, a possibilidade de uma nova vida. Milene Mizuta Consultora do IAI


RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2017

QUEM SOMOS: O Instituto Arte Itaporanga ( IAI ), fundado em 2010, é uma organizacão social sem fins lucrativos, reconhecida pelo Ministério da Justiça como uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP). Nossa missão é promover o acesso à educação e cultura através da arte, oferecendo aulas de música, pintura, oficinas de artesanato e roda de leitura no contra turno escolar para crianças e adolescentes em vulnerabilidade social de Itaporanga, município de Porto Seguro - Bahia Atendemos 60 alunos entre 7 e 15 anos de idade, durante o ano de 2017, e tivemos uma lista de espera com mais de 30 crianças. Acreditamos que o estímulo artístico e cultural na infância e adolescência pode transformar o indivíduo de forma positiva, ajudando a formar um cidadão mais responsável e sensível.


EQUIPE DIRETORA PRESIDENTE: Vera Maria Ferreira Alves Ceschin VICE PRESIDENTE: Myriam Castello Branco DIRETOR FINANCEIRO: Luca Ferreira Alves Ceschin DIRETORA DE PROJETOS: Maria Beatriz F. Alves Ceschin CONSELHO FISCAL: Hiran Castello Branco Naia Ferreira Alves Ceschin Mauricio Ceschin COORDENADOR ADMINISTRATIVO: Claudio Vieira COORDENADOR PEDAGÓGICO: Andreia Correa MERENDERIRA: Silvanuza Pereira PROJETOS DESENVOLVIDOS EM 2017: 1) Projeto Ciranda de Valores 4ª edição – Parceria com a Prefeitura de Porto Seguro 2) Projeto Brincarte - Parceria com a Prefeitura de Porto Seguro 3) Roda de Leitura – Projeto contínuo do IAI 4) Iniciação Musical - Projeto contínuo do IAI 5) Projeto Lanches saudáveis - Projeto contínuo do IAI 6) Capacitação da equipe do IAI – 3 módulos em 2017


CIRANDA DE VALORES 2017: O objetivo principal do Projeto Ciranda de Valores é resgatar a importância dos valores humanos para uma convivência saudável entre educadores, alunos e pais do Instituto Arte Itaporanga e de maneira ampliada, contribuir para transformação social na comunidade de Itaporanga. O projeto surgiu da necessidade apresentada pelos próprios educadores do IAI de se trabalhar valores considerados relevantes para a melhoria da qualidade dos relacionamentos entre as crianças, suas famílias e a comunidade como um todo. Propusemos então, uma mediação dialógica acerca dos valores humanos que foram desenvolvidos por meio de atividades diárias dentro e também no entorno do IAI. Tanto os alunos quanto a comunidade foram envolvidos e convidados a refletir e desenvolver ações para uma boa convivência e modos gentis de se relacionar e solucionar conflitos e problemas. Já na sua 4ª edição, o Projeto Ciranda de Valores teve início em 2014 numa parceria com a Ong canadense “Monde par la Main – Give a hand, onde 5 artistas selecionados através de um edital e de um processo seletivo, estiveram em Itaporanga durante 2 meses cada um, desenvolvendo a sua técnica artística juntamente com um valor humano. Os valores escolhidos pela equipe do IAI para esta 1ª edição foram: amor, liberdade, respeito, honestidade, trabalho e amizade. Em 2015 iniciamos a 2ª edição do Ciranda de Valores e os valores trabalhados foram: gratidão, humildade, coragem, persistencia e esperança, com educadores convidados, selecionados através de um novo edital. O projeto foi uma parceria com a Prefeitura de Porto Seguro, através do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente. Em 2016 os valores escolhidos foram tolerância, confianca e generosidade, também através de uma parceria com a Prefeitura de Porto Seguro. Algumas mudanças ocorreram na estrutura do projeto em 2017: Um único educador foi o responsável pelo projeto durante todo o ano, participaram das atividades 60 alunos entre 7 e 15 anos, os valores trabalhados foram o valores do IAI, além de introduzirmos no nosso dia a dia, a consciência ambiental com o objetivo de transformar, num futuro próximo, nossos alunos em (re)criadores dos espaços de sua comunidade, junto aos seus familiares, além de agentes propagadores de transformação e manutenção da área de entorno. Com aulas diárias ( 2ª à 6ªf ) de 1hora de duração nos 2 períodos, manhã e tarde o projeto foi comandado pela educadora Jenifer Vaz durante os meses de abril a dezembro. Valores do IAI: * Valorização e respeito ao indivíduo e à comunidade * Desenvolvimento humano e social * Solidariedade e amizade nas relações * Liderança pelo exemplo * Amor pelo que faz * Fazer as coisas acontecerem de forma simples e prática * Gratidão todos os dias * Acreditar que a arte pode ser uma poderosa ferramenta de transformação social


CRONOGRAMA DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS EM 2017: Objetivo Geral: O objetivo principal do Projeto Ciranda de Valores 2017 foi trabalhar os valores do IAI de uma maneira lúdica e criativa, para uma convivência saudável entre educadores, alunos e pais além de conscientizar sobre a necessidade do cuidado com o meio ambiente e a sustentabilidade , contribuindo assim, para a transformação social na comunidade de Itaporanga. Objetivo Específico

1) Aulas Gratuitas para 60 crianças e adolescentes de Itaporanga.

Ação

Resultado esperado e alcançado

1) Alunos informados e conscientizados sobre o meio ambiente e a sustentabilidade da comunidade de Itaporanga através de diversas atividades lúdicas e artísticas e tendo 2) Aulas do Ciranda de Valores com 1 hora de duração como base os valores do IAI. cada para 4 turmas nos dois períodos manhã e 2) Trabalhamos os 5Rs (Repensar, tarde, com 15 vagas em cada turma; Reduzir, Recusar, Reutilizar e Reciclar), o (re)aproveitamento do lixo que produzimos, a responsabilidade de cada um neste processo e a sustentabilidade no dia a dia como ferramenta de aprendizado.

1) Abril: Festa de PASCOA para os Alunos Inscritos no IAI; 2) Abril: Festa do DIA DO INDIO para os alunos Inscritos 2) Organização de festas e atividades de no IAI; entretenimento além de eventos 3) Maio: Festa de DIA DAS MÃES para as mães dos abertos à comunidade de Itaporanga; alunos inscritos no IAI; 4) Junho: Semana do meio ambiente aberta para toda a Comunidade de Itaporanga; 5) Junho: Festa Junina aberta para toda a Comunidade de Itaporanga;

1) Resgate da cultura e valorização dos costumes locais; 2) Aumento da interação dos diversos agentes da comunidade; 3) Conscientização e vivência diária dos valores do IAI nas diversas atividades propostas 4) Estreitamento dos laços entre o IAI e as famílias dos nossos alunos; 5) Valorização e reconhecimento do


6) Agosto: Festa de DIA DOS PAIS para os pais dos trabalho desenvolvido pelos alunos; alunos inscritos no IAI; 6) Promoção de atividades culturais para toda a comunidade 7) Setembro: Desfile de 7 de Setembro em parceria com o Colégio Municipal de Itaporanga e a Escola da Aldeia Imbiriba do 8) Setembro: Festa da Primavera aberto para toda a Comunidade de Itaporanga; 9) Outubro: Festa do Dia das Crianças para os alunos inscritos no IAI; 10) Outubro: Festa do Saci para os alunos inscritos no IAI; 11) Dezembro: Gincana sustentável para os alunos inscritos no IAI; 12) Dezembro: Festa de Natal aberta para toda a Comunidade de Itaporanga; 13) Cine IAI: toda última 6ª feira do mês, cinema aberto a toda comunidade, após o horário das aulas.


PERFIL DOS NOSSOS ALUNOS E SUAS FAMÍLIAS:

FAIXA ETÁRIA

Sexo

60

35 30 25 20 15 10 5 0

50 40 30

2017

20 10

Feminino

0-6 anos 7-11 anos

0 0-6 anos

Masculino

7-11 anos 12-14 anos 15-17 anos 18-29 anos

12-14 anos

15-17 anos

18-29 anos

ETNIA 40 35 30 25 20 15 10 5 0

35 30 25 20 15 10 5 0

BRANCA NEGRA PARDA INDÍGENA

2017

1 salário 0-6 anos 7-11 anos 12-14 anos 15-17 anos 18-29 anos

Renda Familiar

2 salários

Acima de 2 salários


Bolsa Família 30 29 28

2017

27 26 Sim

Não

FREQUÊNCIA DOS ALUNOS NO PROJETO CIRANDA DE VALORES EM 2017: Obtivemos 88,05% de frequência nas aulas do Projeto Ciranda de Valores durante os meses de abril a dezembro/2017


PROJETO BRINCARTE: O objetivo do Projeto Brincarte foi de oferecer aulas com 1 hora de duração de dança afro brasileira e criatividade 1 x/semana nos 2 períodos, como uma mais uma opção cultural na grade curricular do IAI. Explorar a dança na cultura afro-brasileira no contexto do dia a dia contribuiu para que os alunos identificassem e vivenciassem aspectos da cultura popular que são parte da sua história e do lugar onde vivem. Descobrir e assumir suas origens é importante para que possam, a partir delas, criar e afirmar sua identidade de sujeito histórico e social. Nas oficinas de criatividade, o objetivo foi o de provocar/estimular a criatividade dos participantes; abordar herança cultural individual e coletiva no processo criativo; abordar originalidade e multiplicidade, o potencial criativo; refletir sobre o criar como ato intuitivo; mostrar a experiência pessoal como elemento revelador e o cotidiano como fonte de inspiração. Mostrar aos alunos que todos podem fazer arte, que não existe o bonito ou o feio, e sim a expressão de cada um. A maioria dos materiais utilizados nesta oficina foram materiais reciclados, coletados pelos próprios alunos pelas ruas de Itaporanga. Tal como na dança, a oficina de criatividade contribuiu para a auto expressão e auto conhecimento dos alunos, favorecendo a inclusão social e o respeito às diferenças. O projeto aconteceu no período de maio a dezembro/ 17 e foi coordenado pela educadora e artista Inajá Conceição. Objetivo Geral: O objetivo principal do Projeto Brincarte – Artes integradas é promover oficinas de dança afro brasileiras e oficinas de criatividade ( desenho/ pintura) para trabalhar a auto expressão, despertar a sensibilidade, o auto conhecimento, a criatividade e acima de tudo, despertar a identidade social para a construção da cidadania. Objetivo Específico 1) Oferecer Aulas Gratuitas de dança afro brasileira e criatividade para as crianças e adolescentes de Itaporanga. 2) Participar com atividades relacionadas a dança e criatividade de todas as festas, atividades de entretenimento e eventos abertos à comunidade de Itaporanga propostas pelo Projeto Ciranda de Valores

Ação

Resultado esperado e alcançado

1) Aulas de Dança afro brasileira para as 2 turmas nos períodos manhã e tarde, com 15 vagas em cada turma 1 vez por semana. 2) Aulas de Criatividade (desenho/pintura) para 2 turmas nos períodos manhã e tarde, com 15 vagas em cada turma 1 vez por semana

1) Alunos com percepção do corpo e capazes de se expressar pelo movimento, auto conhecimento e conhecimento da sua origem através da dança. 2) Despertar do potencial criativo de cada um, respeito às de diversas atividades artísticas e à experiência pessoal


FREQUÊNCIA NO PROJETO BRINCARTE: O projeto Brincarte superou as expectativas de vagas preenchidas, pois inicialmente abrimos 30 vagas para cada uma das 2 oficinas ( dança e criatividade ), mas trabalhamos com 65 alunos durante todo o ano. Obtivemos 84,04 % de frequência nas aulas de dança afro brasileira e 83,90% de frequência nas aulas de criatividade do Projeto Brincarte, durante os meses de maio a dezembro/2017 ESPETÁCULO ITINERANTE APRESENTADO PELOS ALUNOS NA FESTA DE ENCERRAMENTO DO ANO EM DEZEMBRO DE 2017:


RODA DE LEITURA O projeto surgiu da necessidade de criarmos uma atividade para as crianças menores ( 7 a 10 anos ) que permaneciam muito tempo no Instituto Arte Itaporanga além do tempo das suas aulas regulamentares e que quase não retiravam livros da nossa vasta biblioteca (mais de 3.000 livros), pois tinham muita dificuldade e tabu com a leitura. Porque então, não estimular a leitura destes alunos através da contação de histórias? A atividade opcional, iniciou em 2015 com um grupo pequeno de 7 alunos, realizada 2x/semana nos períodos manhã e tarde. Em pouco tempo tínhamos 30 alunos que participavam de livre e espontânea vontade. Em 2016 a Roda de Leitura começou a fazer parte da nossa grade regular de atividades e todos os nossos 60 alunos participam dela. Algumas crianças tinham muita dificuldade com a leitura e também para se expressar oralmente, por isso trabalhamos a contação usando outras ferramentas além do livro, como: livros só de imagens, baralhos de histórias, dado de palavras, dominó de figuras, charadas de livros, incentivandoas a um contato mais íntimo com as palavras e com os livros. Vimos, o desenvolvimento dessas crianças/adolescentes tanto no comportamento, como no vocabulário, na oralidade e principalmente na percepção de mundo. O interesse pela leitura aumentou, verificado pela retirada de livros que quase triplicou no ano de 2017. O projeto Roda de Leitura 2017 - “Brincando de contar histórias”, teve os próprios alunos como contadores de suas histórias. Os alunos foram buscar as suas lembranças e memórias, fizeram pesquisa com os familiares e trouxeram objetos de estimação de quando eram bem pequenos. Num primeiro momento, os próprios educadores contaram as suas histórias de vida, descontraindo e estimulando os alunos a fazerem o mesmo. A atividade foi um sucesso! As crianças ficaram tão empolgadas que criaram um mural e museu de lembranças, onde deixaram expostos fotos e objetos de suas lembranças. Depois que todas as crianças contaram suas histórias, convidamos alguns pais para fazerem o mesmo. O Projeto Roda de Leitura aconteceu no período de março a dezembro / 17 e foi coordenado pela nossa Coordenadora pedagógica Andreia Correa.


Objetivo Geral: O objetivo principal do Projeto Roda de Leitura – Brincando de contar histórias foi gerar confiança para que os alunos se expressassem em público e contassem a sua própria história. Objetivo Específico

Ação

1) Oferecer Roda de Leitura para as 60 crianças e adolescentes de Itaporanga. 2) Participar com atividades relacionadas a leitura e contação de histórias de todas as festas, atividades de entretenimento e eventos abertos à comunidade de Itaporanga propostas pelo Projeto Ciranda de Valores 3) Incentivar a retirada de livros e Dvds da nossa biblioteca e dvdteca

4) Aulas de Roda de Leitura para as 4 turmas nos dois períodos manhã e tarde, com 15 vagas em cada turma tendo como base os valores do IAI vivenciados diariamente, bem como noções de sustentabiblidade. 5) Desenvolver o Projeto “Brincando de contar histórias” trabalhando os valores do IAI, assim como consciência ambiental 6) Desenvolver atividades lúdicas e artísticas relacionadas com os temas propostos

Resultado esperado e alcançado 1) Criamos confiança para que os alunos compartilhassem suas historias com o grupo 2) Conhecimento da própria história e desenvolvimento do respeito para ouvir a história do outro 3) Houve melhoria do vocabulário, da oralidade, da criatividade e da expressão dos alunos 4) Maior interesse pela leitura; 5) Aumento expressivo na retirada de livros e dvds da biblioteca 6) Maior interesse pelas atividades artísticas desenvolvidas em classe e tendo como base os valores do IAI.

FREQUENCIA NA RODA DE LEITURA Obtivemos 89,40% de frequência nas aulas da Roda de Leitura durantes os meses de abril a dezembro/2017


COMPARATIVO DE RETIRADA DE LIVROS E DVDS DA NOSSA BIBLIOTECA EM 2015/2016/2017: 3000 2500 2000 Livros

1500

Dvds

1000 500 0 2015

FOTOS DA RODA LEITURA:

2016

2017


INICIAÇÃO MUSICAL O objetivo do projeto Iniciação Musical 2017 foi introduzir a música de maneira lúdica e divertida no universo das crianças. Perceber o universo sonoro, relacionar som e escrita, relacionar corpo, movimento, som e ritmo, percussão corporal,fixar os nomes das notas em sentido ascendentes e descendentes foram algumas das atividades desenvolvidas ao longo do ano nas aulas de música que aconteceram 2x/semana nos 2 períodos. Os alunos também tiveram a oportunidade de observar e classificar uma grande variedade de instrumentos musicais e foram estimulados e diferenciar os sons emitidos por cada um deles. As aulas de música já existem no IAI desde 2015, e os alunos que já sabem tocar alguns instrumentos, foram estimulados a ajudar os iniciantes, trabalhando a amizade, o respeito pelas diferenças e o trabalho em grupo. No 2º semestre, os alunos entraram em contato com a flauta doce, iniciaram o processo de digitação e leitura musical e apresentaram uma música no espetáculo de final de ano. O Projeto Iniciação Musical aconteceu no periodo de março a dezembro /17 e foi coordenado pelo educador social Sinean Chagas Lima Obtivemos 87,50% de frequência nas aulas Iniciação Musical durante os meses de abril a dezembro/2017


LANCHES SAUDÁVEIS Alimentação também é educação. Oferecer um lanche saudável e nutritivo aos nossos alunos sempre foi uma preocupação de nossa equipe. Desde o início das atividades do IAI, percebemos os maus hábitos alimentares dos nossos alunos: abuso de refrigerantes e salgadinhos industrializados, ingestão excessiva de açúcar na dieta, e quase nunca frutas e verduras. Sabemos que mudar hábitos e padrões de comportamento não é fácil para ninguém, mas ao longo dos últimos 5 anos, com muito esforço e dedicação, introduzimos várias receitas saudáveis no nosso dia a dia: patê de cenoura e berinjela, bolo de casca de banana sem açúcar, pizza de abobrinha, etc. Balas, chocolates, chicletes, e biscoitos são proibidos no IAI, salvo comemorações especiais, como Páscoa e aniversários do mês, onde nossa merendeira faz um delicioso bolo de cenoura com calda de chocolate. No IAI só servimos sucos de frutas naturais, com mínimo de açúcar, e estamos sempre buscando novas receitas para diversificar ainda mais o paladar das crianças. Os alunos são também convidados a doar frutas para os nossos sucos, pois muitas famílias tem árvores frutíferas em seus quintais e não usufruem delas. Sentem- se assim importantes e co-responsáveis pelos lanches que estão sendo oferecidos. O Projeto lanches saudáveis foi coordenado pela nossa Merendeira Silvanuza Pereira


CAPACITAÇÃO DA EQUIPE: Milene Mizuta é criadora da Inspire, do Líder de Si, é aconselhadora biográfica e publicitária formada pela Escola de Comunicação e Artes (ECA) da USP. Especializada em mídia impressa ela Cásper Líbero e em Captação de Recursos para o Terceiro Setor pela FGV, trabalhou com gerenciamento de equipes por mais de 10 anos, mas foi na Antroposofia que descobriu sua verdadeira paixão, aluna da Escola Livre de Estudos Biográficos de São Paulo fez a formação em Aconselhadores Biográficos, formou-se consultora interna pela Adigo, atua com desenvolvimento humano em grupos e organizações, trabalha com empreendedorismo social. O objetivo deste trabalho foi o de qualificar os profissionais do IAI para o apoio e condução de processos de mudança ou quaisquer outros que tenham como pressupostos o trabalho em equipe, o foco no cliente ( as crianças ) e novos paradigmas de gestão, calcados numa visão integrada do ser humano e de empresa. O programa desenvolvido para o IAI foi modular: 3 módulos / ano com de 3 dias de duração cada um e enfocou o desenvolvimento de habilidades interpessoais e de uma visão integrada da organização, enfatizando a importância do processo de autodesenvolvimento continuado dos participantes. O processo de aprendizado foi o de "aprender fazendo", trilhando o caminho da descoberta e não mais a simples transmissão de instruções e informações como nos treinamentos tradicionais.


NOSSOS PARCEIROS:

Relatório de atividades 2017  
Relatório de atividades 2017  
Advertisement