__MAIN_TEXT__

Page 1

Índice: Scoolovision…………………………….2 “O poder local”....……………….….….. 5 A Ética no Desporto ………….……..….6 A nossa escola …….….……..…....10/11 Joaninha Voavoa …………...…..….16/17 Assinatura de Protocolo ……………..19 Tecendo Memórias …….……..…...20/21 Sarau de Poesia ……………...……24/25 25 de abril ……….…………...……...26/27 Desporto Escolar …….…………..…....28 Número: 22| Mês: junho | ano: 2014 | Jornal Trimestral | Agrupamento de escolas de Arraiolos

EDITORIAL

O

papel fundamental da escola e da BE é, hoje em dia, o de desenvolver as

competências de organização da informação para a transformar em conhecimento, processo esse que é mediado pela linguagem em interação social. Considerando que há um novo paradigma da sociedade e da educação, há um “novo” paradigma de cidadão: ativo, autónomo, solidário, comprometido social e ecologicamente à escala global e com competências ao nível do processamento da informação. Este ano letivo, congratulamo-nos por ter finalmente concluído o portal e o catálogo concelhio. É óbvio que nunca estarão terminados e haverá sempre atualizações, mas finalmente estão acessíveis aos leitores através da rede digital. Desde sempre trabalhámos em parceria. Em 2006 foi redigido um protocolo que foi depois assinado pelos responsáveis das duas instituições, Município de Arraiolos e Escola Cunha Rivara, mais tarde Agrupamento de Escolas de Arraiolos. Esse protocolo está disponível na página dos documentos. O processo iniciou-se há já alguns anos. As bibliotecárias escolares, na altura duas, Graça Amante e Paula Gaspar e a coordenadora da Biblioteca Municipal, Carla Cândido, reuniram várias vezes para elaborar os documentos conjuntos, criar o logotipo e toda a estrutura da rede. O apoio do Município, através do Núcleo de Informática e Inovação, pelo técnico Paulo Caeiro e pela estagiária Carolina Pinto foi fantástico e decisivo para o términus deste processo. A RBE também apoiou com os seus técnicos que receberam os ficheiros ISO e uniram os três catálogos num só. Por último, não podemos esquecer o apoio incondicional da coordenadora interconcelhia Maria José Alves. Para terminar, não podemos deixar de referir que todo o trabalho efetuado e conseguido deve-se à equipa que trabalha para a biblioteca escolar com especial referência a quem atualiza a catalogação: Maria João Caetano, assistente operacional e Carlos Rosmaninho, professor. Um bem haja a todos! A PB e A equipa do ArrRivar

Redação e montagem: Agrupamento de Escolas de Arraiolos: Ângela Rodrigues e Paula Gaspar

Patrocínios:


2

Destaque

junho ‘14

SCHOOLOVISION

A

bram e vejam as belíssimas imagens de Arraiolos e um ótimo trabalho que representa tão bem o nosso Agrupamento. Parabéns aos envolvidos no projeto!!! Projeto eTwinning Schoolovision2014: Portugal –Arraiolos O blogue do projeto, com todas as entradas: http://schoolovision.eu/ Portugal: 5º lugar! "Está dentro de Ti"- "It's within You"... https://www.youtube.com/watch?v=G2sXcbXGzos E o Making of Schoolovision a não perder também… A vila de Arraiolos é linda...e com as filmagens aéreas do Paulo Vasques o vídeo deste ano ficou fabuloso! https://www.youtube.com/watch?v=v5LgEu_CO0k&feature=share Façam like e partilhem os dois vídeos!

PAIXÃO POR FUTEBOL

O

futebol é um estilo de vida…aquilo com que sonho todos os dias: relva, sol, frio, chuva e terra…

O treino… já o sol se escondeu e lá vou eu com a mochila às costas … Quando volto para casa, tento ainda de jantar… no treino magoei o joelho… chego a casa e diz a minha mãe : Limpa a mochila e sacode as chuteiras lá fora, no quintal. O que é que me dá motivação para a próxima época continuar no futebol ? Aos domingos gosto de dormir mais um pouco… dizem os outros… Nunca estamos juntos, diz a minha namorada… Tens que estudar dizem os meus pais…Ouvi isto, refleti e comecei a sorrir … Eles não imaginam o que o futebol significa para mim… A preocupação e ansiedade que não me deixa dormir uns dias e dias antes dos jogos … Bem sabem eles dos jogos em que sofro…que eu jogo com algumas dores e mau estar Bem sabem eles a euforia que sinto quando marco golos e os meus colegas me abraçam Com entusiasmo… Bem sabem eles das lesões das dores que sinto… Bem sabem eles o nervosismo que eu sinto, no balneário, quando sai a convocatória… Bem sabem eles o que sinto quando percebo que não fui convocado para o jogo… Bem sabem eles, a força e a motivação, quando me dão uma palmada nas costas quando executo um bom passe! Bem sabem eles do bater do meu coração quando o treinador anuncia o onze inicial… Bem sabem eles que o futebol é a minha vida…

Estonho 7ºA - docente Mónica Rebocho

2


Destaque

junho‘14

O

3

SCIENCE4YOU-ROTA 2020 grupo da Escola Cunha Rivara, em representação do distrito de Évora, na Final Nacional na Faculdade de Ciên-

cias de Lisboa. Participaram nesta final do Torneio Rota 2020, três equipas deste agrupamento: 1º ciclo: Miriam Paulo e Rita Lopes (1ºciclo); 2º ciclo: Ana Serôdio e Pedro Ganso (6ºA); 3º ciclo: Beatriz Oliveira e Inês Galveias (8ºA). Parabéns!

A docente Aurora de Sá

EXPO ANIMALIA

D

e 4 a 26 de janeiro, alguns animais selvagens visitaram Arraiolos. A Expo Animalia retratou-se numa exposição de uma coleção privada de animais dos quatro continentes. Por convite do Agrupamento de Escolas de Arraiolos e com o apoio da Camara Municipal de Arraiolos, a Expo Animalia destacou-se pela vertente educativa e a promoção dos valores naturais, privilegiando o contacto dos visitantes, e ainda pela desmistificação de medos aliados a estes animais de extraordinária beleza. Um lagarto de língua azul, uma cobra de 3 metros, aranhas felpudas e muitos outros animais fizeram parte desta mostra. Esta exposição foi divulgada na Rádio Campo Maior, Rádio Nova Antena, Rádio Elvas, Rádio Coração do Alentejo, Jornal Terra Alentejana, Diário Online e em muitos outros meios de comunicação. Esta iniciativa foi bastante acarinhada pela comunidade de Arraiolos, prova disso foi o número de visitantes: cerca de 750.

3


4

Destaque

junho ‘14

TEXTOS DE ALUNOS—7º B—Professora Paula Gaspar UM SORRISO O VERMELHO Vermelho é uma cor Vermelho é por vezes uma dor, Vermelho é por vezes amor. Vermelho é a cor do fogo Vermelho pode ser a cor preferida do Diogo. Vermelho pode ser o sentimento de raiva Vermelho pode ser a cor de um lápis Vermelho é a cor do coração.

Um sorriso é a felicidade no coração Um sorriso tem vários significados Felicidade, paixão Um sorriso é o contrário de tristeza Um sorriso é uma certeza Um sorriso equivale a mil palavras Daniela Rato 7º B

A MÚSICA A música para mim é como um oceano, porque o oceano às vezes faz barulhos muito graves e obras vezes é muito calmo e isso é como a música, porque a música tem momentos que são muito graves e outro que são muito agudos. Eu gosto da música porque quando estou feliz eu ouço músicas felizes e quando estou triste a música anima-me porque é só me por no ritmo que fico logo feliz. As minhas bandas favoritas são Red Hot Chilli Peppers, Dillaz, David Guetta e muito mais. Eu sei tocar guitarra, na guitarra fazer os acordes parece fácil, mas é muito difícil porque se precisa de fazer muito exercício com os dedos. Eu gosto de tocar quando chego da escola porque me divirto. Eu não tenho música preferida porque para mim as músicas que eu ouço são todas bonitas. A música também pode ser como o cavalo porque o cavalo anda rápido e lento e consoante a musica ela é rápida ou lenta. Eu toco guitarra na missa, divirto-me a tocar porque quando toco a missa passa mais rápida. Eu gosto muito da música.

Um sorriso tem de ser cm franqueza Um sorriso bonito só verdadeiro Um sorriso faz parte da natureza Um sorriso de um beijoqueiro Não é um sorriso verdadeiro Um sorriso equivale a mil palavras. Miguel domingos, 7º B

UM SONHO Uma vez sonhei E depressa acordei Ainda mais depressa me levantei Aos meus amigo logo contei Eu a contar E eles sem acreditar E eu a afirmar E eu a afirmar. Miguel Teles, 7º B

João Oliveira, 7ºB

O INVERNO OLHAR Vejo no teu olhar o reflexo da minha cara os teus olhos a brilhar e o sorriso na minha cara. Vejo no teu olhar o ódio e o amor dizes-me a cantar: sinto dor! Vejo no teu olhar esse sorriso encantado és aquele sonho terminado. Madalena Borralho, 7ºB

4

Os invernos são frios Dão-me calafrios Ha noite na minha cama Está tão frio parece um drama. Com a lareira a crepitar Eu ao pé dela As zonas frias da casa Eu tento evitar. O natal é no inverno no mês de dezembro O mês em que nasceu o menino jesus Tão adorado e aclamado E um mês de verão é setembro. Henrique Coelho, 7º B


Destaque

junho ‘14

5

O PODER LOCAL PÓS-25 DE ABRIL

N

o dia 13 de maio a turma do 6º B contou com a preciosa presença do Sr. Vereador e Vice-Presidente da Câmara Municipal de Arraiolos para dialogar sobre as instituições do poder local após a revolução do 25 de abril de 1974 e descrever a vida da população arraiolense antes da revolução. A aula começou com a comunicação, suportada por uma apresentação em PowerPoint, das alunas Madalena Maneta e Madalena Pimpão, sobre os órgãos de poder central, local e regional em Portugal após a Revolução do 25 de abril de 1974. De seguida os alunos colocaram variadíssimas questões ao Sr. Vereador sobre as suas funções, mas também sobre o poder local e o sistema educativo no período da ditadura. Foi uma aula bastante participada por todos e as intervenções do Sr. Vereador foram bastantes esclarecedoras. Um muito obrigada por tudo!

N

o dia 13 de maio o senhor Joaquim Páscoa participou numa aula de História e Geografia de Portugal da turma B do 6º ano. Ele é o Vice-Presidente da Câmara Municipal de Arraiolos e tem várias funções, entre elas a de substituir a Presidente quando ela não pode ou não está presente, a de tratar questões da educação, da ação social, entre outras. Na sua profissão gosta mais de tentar resolver os problemas das pessoas e de vir falar com os alunos às suas aulas. O que aprecia menos é ter que participar em muitas e longas reuniões. Também nos falou sobre a vida antes e após a Revolução do 25 de Abril. Por exemplo, contou-nos que, antes do 25 de Abril, as escolas tinham um muro a separar a sala dos rapazes da das raparigas; que os alunos tinham que se sentar todos direitos pois os professores eram muito exigentes. Por outro lado, havia poucos alunos a estudar, pois a maior parte das crianças e jovens já estava a trabalhar. Para concluir este assunto referiu que prefere a vida depois da revolução porque há mais liberdade e a vida é muito melhor. A aluna Sara Amaral, 6º B

N

o dia 13 de maio de 2014 contámos com a presença, na nossa sala de aula, do Sr. Vereador Joaquim Páscoa para nos explicar “A organização do poder político (central e local) pós-25 de Abril”. Dois membros da nossa turma (Maria Madalena Pimpão e Madalena Maneta) fizeram um trabalho sobre este tema, logo a visita não foi por acaso! A professora e nós construímos questões para colocar ao Sr. Vereador: muitas foram sobre as diferenças existentes na Escola antes e depois do 25 de Abril. A minha pergunta consistiu em saber se os vereadores trabalham a tempo inteiro na Câmara Municipal. Gostei bastante da parte em que o Sr. Vereador falou dos tempos antigos (antes do 25 de Abril) porque eu sempre gostei de histórias antigas. Considerei muito inteligente a pergunta de um colega: “Qual a percentagem de imigrantes antes e depois do 25 de Abril?”. Mas, como devem imaginar, não foi uma pergunta fácil de responder com exatidão. Espero que tenhamos mais visitas como esta! A aluna Cláudia Barreto, 6º B

5


6

Destaque

junho ‘14

ÉTICA NO DESPORTO ATIVIDADE NA BIBLIOTECA CUNHA RIVARA

ÉTICA NO DESPORTO

N

o âmbito da concretização do Plano Nacional de Ética no Desporto, a professora Teresa Santos, do

Departamento de Filosofia da Universidade de Évora, dinamizou, na Biblioteca da nossa Escola, com a participação dos alunos das turmas A e B do 12º ano, uma animada sessão sobre Ética no Desporto. Foram analisados, com recurso a pequenos filmes, casos práticos que permitiram aos alunos problematizar a dimensão ética, quer no desporto, quer na vida quotidiana. A sessão contou também com a presença dos professores António Monteiro e Luís Serra.

6


junho ‘14

Destaque

7

NOS 40 ANOS DE ABRIL

E

ste é um trabalho cooperativo. Cada aluno contribui-o com o seu trabalho e vontade . Disponível para alcançar a identidade do grupo ou o inatingível para ele. Conhecer a oportunidade de expor o seu trabalho num museu," ato sagrado". Ser merecedor dessa atenção. Possuir/ revelar as capacidades para o propósito. Agora e aqui, o momento em que se partilha a experiencia, o caminho. A arte é efémera. No entanto esta jornada pode não finalizar aqui. Se pretendermos, podemos voltar quando o desejo nos surgir. Juntarmo-nos nesta reconstrução. Esta é a comunidade que nos pertence. Neste mesmo tempo, respiramos um espaço próprio por nós adotado, como seres individualizados. Assim o desejo sempre. Professor Luis Silva

7


8

Destaque

OS

junho ‘14

abor das Palavras

Livro trabalhado pelos alunos:

( H ) ORTOGRAFIAS

SARAU DE POESIA  Pais e Filhos

 28 de maio 20:45 h

Prepara um poema com os teus pais sobre o tema

Biblioteca

O Sabor das Palavras

Cunha Rivara 8

e vem lê-lo!!!


Destaque

junho‘14

9

VISITA DE ESTUDO A MADRID

O

s alunos da turma B do nono ano, deslocaram-se numa visita de estudo a Madrid .

Esta visita tornou possível um pouco do conhecimento da cidade de Madrid, assim os alunos visitaram as principais avenidas da cidade, bem como o seu centro histórico, com destaque para a “Plaza Maior” e as ruas adjacentes. Visitaram também o Museu Raina Sofia , onde lhes foi possível observarem alguma arte contemporânea e a incomparável pintura de Picasso com a sua obra “Guernica”. Nesta viagem juntou-se também um dia de diversão no Warner Parque, onde os alunos puderam disfrutar de todas as suas diversões e que muita animação proporcionaram a todos. Todos os alunos tiveram um comportamento exemplar o que muito orgulhou os professores que os acompanharam Maria José Alcaravela , Maria João Conde e Bernardino Mira.

9


10

Destaque

junho ‘14

IMAGENS DA NOSSA ESCOLA - DIFERENTES PERSPETIVAS ESCOLA INTERVENCIONADA PELA PARQUE ESCOLAR

A

paisagem privilegiada a partir das janelas da Biblioteca Cunha Rivara — respetivamente do Cantinho da Meditação e da varanda com acesso a partir da sala de trabalho da equipa da BE.

Vista aérea

B

logue da Biblioteca: http://biblioblogarraiolos.blogspot.pt/

10


Destaque

junho ‘14

11

O Castelo de Arraiolos visto a partir do interior da nossa escola.

Fachada principal do edifĂ­cio.

A equipa do ArrRivar

11


12

Destaque

junho ‘14

CURSO VOCACIONAL - PROJETO “CULTURAS HIDROPÓNICAS E NÃO HIDROPÓNICAS”

O

s alunos da turma do Curso Vocacional realizaram, ao longo do mês de maio, um projeto “Culturas Hidropónicas

e não Hidropónicas” com a ajuda dos docentes das disciplinas de Português, Matemática, Ciências Sociais, Ciências Ambientais, Inglês, Práticas Administrativas, Artes e Ofícios e Produção agrícola. O projeto incluiu várias atividades: 1ª- Visita à horta do Lopes. 2ª- Realização de panfletos sobre a utilização, ao longo dos tempos, de joaninhas no combate a pragas. 3ª- Criação de logotipos. 4ª- Aplicação de conhecimentos matemáticos, nomeadamente aqueles que se referem aos capítulos dos lugares geométricos e sólidos geométricos.

VISITA À HORTA DO LOPES

N

os dias 7 e 14 de maio pelas 14:15 horas, nós, os

alunos da turma do vocacional, partimos da escola em direção à Horta do Lopes para visualizar a cultura hidropónica, na qual não se utiliza qualquer tipo de solo, apenas água com nutrientes.

Depois de visitada toda a estufa, o senhor Pedro Coutinho disponibilizou-se para mostrar onde se localizava a bomba principal e também os recipientes cilíndricos com os nutrientes.

De regresso à escola, parámos na Fonte da Pedra para descansar e beber água. Chegámos à escola, fomos buscar as nossas coisas e fomos para casa.

12


Destaque

junho ‘14

13

AULA DE MATEMÁTICA

U

tilizando os conhecimentos adquiridos na aula de matemática com base no módulo de Lugares Geométricos, foram construídos, em espaços verdes exteriores ao edifício escolar, vários lugares geométricos, a saber:

1º- Coroa Circular (é a zona limitada por duas circunferências no mesmo centro)

N

2º- Circunferência Circunscrita a um triângulo (circunferência que contém os vértices do triângulo)

AULAS DE PESQUISA SOBRE JOANINHAS as tardes dos dias 7 e 14 de maio fizemos pesquisas sobre joaninhas, a sua importância ao longo dos

tempos e a sua utilidade na luta biológica. Fizemos panfletos informativos acerca do mesmo. Também realizámos logotipos para o concurso dos logotipos do projeto “Joaninha voa voa” Aqui fica uma possível sugestão:

= Texto elaborado por alunos do Curso Vocacional sob a orientação da docente Sandra Quaresma

13


14

Destaque

junho ‘14

SAÍDA DE CAMPO DE ALUNOS DO NÚCLEO DE EDUCAÇÃO ESPECIAL Hoje fomos visitar a quinta onde vive o Ricardo. Fomos conhecer o “seu mundo”, onde os animais têm um lugar central. Vimos várias raças de cães, entre as quais Podengos, Rafeiros Alentejanos, Perdigueiros e Pastores Alemães. Observámos outros animais: cabras, coelhos e muitos mais. O Ricardo estava orgulhoso de ser o “protagonista” do passeio e mostrou-nos o seu lado responsável, protetor e orientador. É através destes pequenos passos alcançamos o que mais almejamos, a Inclusão de alunos com NEE, numa Escola para Todos. É isso que nos permite fazer a diferença e aceitar todos como eles são, sem juízos nem preconceitos, respondendo a cada um de um modo próprio e individual, salientando sempre os “seus Pontos Fortes”, para que, gradualmente, possamos atenuar as suas dificuldades, fazendo-os progredir e melhorar o seu desempenho e a sua performance académica.

A

Maio, 2014

VISITA DE ESTUDO AO JARDIM ZOOLÓGICO Escola deve ser o lugar privilegiado para oferecer aos alunos igualdade de oportunidades e, é apanágio

do Núcleo de Educação Especial atender às diferenças de cada um para promover a motivação e conduzir os alunos pelos diversos patamares do conhecimento. Para tal realizámos uma Visita de Estudo ao Jardim Zoológico, a qual partiu do interesse dos alunos pelos animais e pelos seus habitats. A Visita também teve por objetivo complementar as aprendizagens, relativamente ao Mundo Animal, bem como a logística que envolve uma saída, os horários e o cumprimento de uma série de regras fundamentais para vivermos em sociedade. Os alunos gostaram da atividade e participaram com entusiasmo.

2/06/2014 Professoras de Educação Especial

14


junho ‘14

Destaque

15

ARTICULAÇÃO DO NÚCLEO DE EDUCAÇÃO ESPECIAL COM O 1º CICLO

U

ma nova escola, com uma variedade de professores é sempre algo desejado e, simultaneamente, temido,

por crianças de nove e dez anos. Para tal, O Núcleo de Educação Especial organizou um Peddy Paper, que permitisse a estes alunos, através de um jogo, conhecer a nova escola e os vários locais ondem podem: marcar senhas para o almoço, carregar os cartões, comprar material, ter apoio, requisitar livros e realizar trabalhos. Então, com a ajuda da Professora Maria José Alcaravela e de 3 alunos por si indicados: o Carlos Gomes e a Teresa Maneta (12ºC) e a Maria Pereira (10ºB) organizámos grupos responsáveis por pequenas tarefas. Também o Professor Francisco Igreja e a Professora Susana Gomes estiveram presentes e, em conjunto, demos a conhecer a estes meninos a nova escola e parte da sua dinâmica. Os alunos realizaram as tarefas e correram pela escola sem quaisquer problemas com o novo espaço. O encontro culminou com a entrega de canetas (oferecidas pela Junta de freguesia de Arraiolos) e com um pequeno lanche na sala de convívio. Podemos dizer que foi o primeiro passo de uma longa caminhada que os alunos de 4º ano têm pela frente. De salientar que neste grupo estão incluídas crianças com NEE, as quais participaram ativamente. Núcleo de Educação Especial 5/06/2014

15


16

Destaque

junho‘14

COMO VAI O PROJETO JOANINHA VOAVOA?

O

projeto Joaninha Voavoa teve início no final do segundo período,

Já iniciámos a criação das joaninhas, tendo adquirido larvas que entretanto já cresceram, transformaram-se em pupas e joaninhas adultas que já puseram os primeiros ovos!!!!!...

Joaninha adulta

Ovos de joaninha

T

oda a comunidade educativa tem colaborado ativamente neste projeto e, várias atividades têm sido desenvolvidas por alunos dos primeiro e terceiro ciclos do ensino básico e por alunos do ensino secundário. Está neste momento a decorrer o concurso para a criação do logotipo do projeto, dirigido a todos os alunos de Agrupamento de Escolas de Arraiolos e, para o qual foi escolhido um júri constituído por representantes dos professores, dos alunos e dos pais. Os alunos do Curso Vocacional, têm realizado pesquisa bibliográfica sobre a espécie Adalia bipunctata, sobre a história da luta biológica; dietas alternativas aos afídeos (alimento preferencial da Adalia); foi feita a plantação de favas e de outros hortícolas que são frequentemente atacados por afídeos, de forma a termos alimento para as nossas joaninhas e estão a ser elaborados bordados e pinturas alusivas às joaninhas. A nível do ensino secundário temos a participação dos alunos do Curso Profissional de Técnico de Gestão do Ambiente, os quais têm desenvolvido nas disciplinas de Conservação da Natureza e de Projetos em Ambiente pesquisa bibliográfica sobre luta biológica e sobre a espécie Adalia bipunctata, tendo elaborados cartazes e folhetos de divulgação e sensibilização da comunidade para a luta biológica.

A fim de divulgar o projeto Joaninha Voavoa e as várias atividades desenvolvidas, foi criada uma página no facebook. E têm sido inúmeras as atividades em que os alunos do Curso Vocacional e do Curso Técnico de Gestão Ambiental têm sido envolvidos no âmbito deste projeto, a saber: 1. Visita à Horta do Lopes – nesta visita os alunos recolheram informações importantes relativamente às pragas que mais frequentemente atacam as culturas hidropónicas e quais os métodos utilizados para controlar essas pragas.

Alunos na estufa de hidroponia na Horta do Lopes 16


Destaque

junho‘14

17

3. Escola do Outeiro - no dia 28 de maio um grupo de alunos e de professores do Curso Vocacional deslocaram-se até à vinha localizada no Monte do Duque, próximo de Monsaraz, para se encontrarem com um grupo de catorze alunos do primeiro ciclo da Escola Básica do Outeiro, que estão a desenvolver o projeto À descoberta da vinha, projeto selecionado no concurso de ideias da 11ª edição do prémio Ilídio Pinho, Ciência na Escola. Nesta vinha foram libertadas 100 larvas e 10 adultos de Adalia bipunctata da nossa biofabricação. Esperemos que elas façam o seu trabalho e contribuam para a produção sustentável de um dos maiores tesouros do Alentejo. 2. Palestra sobre Luta Biológica: teve como orador o Professor Doutor Fernando Rei - entomologista na Universidade de Évora, que nos tem ajudado muito a nível científico na biofabricação de joaninhas.

4. No dia 3 de junho, os alunos do Curso Vocacional e do Curso de Técnico de Gestão Ambiental, visitaram o laboratório de Entomologia da Universidade de Évora, localizado no Pólo da Mitra, Herdade da Mitra, a fim de observar a criação de vários insetos de interesse agrícola.

Alunos no insectário no Laboratório de Entomologia da Universidade de Évora

Insectário

Pretendemos continuar, no próximo ano letivo, com a biofabricação de joaninhas e desenvolver atividades no âmbito deste projeto. As professoras Inês Pequito Sílvia Miranda Andrezo

17


18

Destaque

junho ‘14

VISITA DE ESTUDO AO ESTUÁRIO DO SADO E AO MOINHO DA MARÉ DA MOURISCA

N

o dia 5 de Maio de 2014, o 10ºc do Curso de Técnico de Gestão do Ambiente realizou uma visita de estudo ao Estuário do Sado e ao Moinho de Maré da Mourisca, no âmbito das disciplinas de Projetos em Ambiente, Conservação da Natureza e Ordenamento do Território, com as professoras acompanhantes Ana Fonseca e Cármen Caeiro. Encontrámo-nos na entrada da escola às 7:50h e saímos no autocarro da Câmara Municipal de Arraiolos às 8:15h. Chegámos ao porto de Setúbal às 9:45h, onde fomos recebidos por um dos dois guias que nos acompanhou. A visita iniciou: entramos para o barco que nos transportou por todo o Estuário do rio Sado, onde descansámos e convivemos até encontrarmos os golfinhos da espécie Roaz Corvineiro (Tursiops truncatus). Quando encontrámos os golfinhos Roazes foi maravilhoso, nadaram perto de nós (mesmo ao lado do barco), e pudemos marcar esse momento com algumas fotografias. A longa espera tinha valido a pena. No Estuário do Sado existem 27 golfinhos (11 machos e 16 fêmeas, entre as quais existem 4 crias). Eles alimentam-se de Tainha, Choco, Linguado e Polvo. Esta espécie animal pode atingir os 4 metros de comprimento e pesar cerca de 500kg. Depois de algumas horas no barco voltámos para o porto e seguimos para almoçar, no jardim Engenheiro Luís da Fonseca, em Setúbal Às 15:30h chegámos ao Moinho de Maré da Mourisca, uma guia explicou-nos algumas características daquele sítio e fomos até ao observatório de aves Conseguimos ver algumas espécies migratórias e outras residentes, tais como Pilritos (Calidris alpina), Pernilongo (Himantopus himantopus), Borrelho (Charadrius alexandrinus), entre outras. Foi interessante embora exigisse de nós silêncio absoluto, o que não é nada fácil. A hora da partida chegou, estávamos cansados mas satisfeitos com a experiência. Chegámos a Arraiolos às 18:20h. Consideramos que a visita foi muito interessante, porque pudemos observar várias espécies animais e vegetais no seu habitat e observámos o trabalho dos guias para informar/educar o público em geral sobre a Conservação da Natureza. Foi um dia inesquecível, com muito empenho e trabalho, mas também boa disposição e cooperação entre todos nós. Sem dúvida que nunca esqueceremos a maravilhosa sensação de ter por perto um animal tão especial como o golfinho. A nossa turma esteve muito bem, servindo esta visita para reforçar os laços que nos ligam. 10ºC Técnico de Gestão ambiental

18


junho ‘14

Destaque

19

ASSINATURA DO PROTOCOLO E INAUGURAÇÃO DO PORTAL E CATÁLOGO CONCELHIO — RBA

D

ia 20 de maio foi assinado o protocolo entre a Câmara Municipal e o Agrupamento de Escolas de Arraiolos. Inaugurámos assim, o portal e o catálogo concelhio. Estamos todos de parabéns. A Professora Bibliotecária

19


20

Destaque

junho ‘14

EXPOSIÇÃO TECENDO MEMÓRIAS 40 ANOS DE ABRIL E 45 ANOS DA ESCOLA CUNHA RIVARA

20


Destaque

junho ‘14

21

A comunidade aderiu e visitou a exposição e as novas instalações da escola Cunha Rivara.

ÀS PESSOAS QUE PASSARAM PELA ESCOLA A escola C+S já foi Grémio já teve telhados de amianto que voaram no ano da inauguração para espanto de toda a população. A escola C+S já foi demolida já esteve em contentores ergueu-se depois laranja e amarela e de outras cores mas dela… sempre ficaram funcionários, alunos e professores. A escola C+S É a escola do Sr. Clementino, do Sr. Luís Filipe, da professora Carmo, do padre Esteves, do professor Vieira, da D. Esbelinha, da D. Zezoca, do Sr. Manuel, da D. Maria Ana. A escola C+S vive durante toda a semana A escola é do João, é da Maria, é do Joaquim, é do António, é do José, é da Ana, é dos nossos netos, afilhados e vizinhos. Na escola nunca estamos sozinhos! A escola é nossa É da população É de todos quantos por aqui passaram, Dos que cá estão e dos que virão. A escola é da população. Parabéns à escola Bem-vindos à exposição! Graça Amante

21


22

Destaque

junho‘14

NOVIDADES NA BIBLIOTECA CUNHA RIVARA

WEINECK, Jürgen, 1941-

Manual do treino óptimo : teoria de treino na fisiologia da performance desportiva e do seu desenvolvimento no treino da criança e do adolescente / Jürgen Weineck ; trad. Jorge Telles de Menezes. - Lisboa : Instituto Piaget, D.L. 2005. - 797, [4] p. : il., fot. - (Horizonte Pedagógicos / dir. António Oliveira Cruz). - Tít. orig.: Optimales training

ISBN 972-771-792-6

Desporto / Educação Física / Treino

CDU 796.01

ACTIVIDADE FÍSICA, SAÚDE E LAZER

Actividade física, saúde e lazer : modelos de análise e intervenção / coord. Beatriz Oliveira Pereira [e] Graça Simões de Carvalho. - L boa : Lidel, cop. 2008. - 462, [6] p.

ISBN 978-972-757-502-2

Saúde / Educação física / Desporto / Actividade Física

CDU 796

ACTIVIDADE FÍSICA, SAÚDE E LAZER

Actividade física, saúde e lazer : a infância e estilos de vida saudável / coord. Beatriz Oliveira Pereira, Graça Simões de Carvalho. - L boa : Lidel, cop. 2006. - 192 p.

ISBN 978-972-757-423-0

Educação física / Desporto / Saúde / Hábitos saudáveis

CDU 796-053.2

22


Destaque

junho ‘14

23

SARAU DE POESIA—PAIS E FILHOS—O SABOR DAS PALAVRAS

EUGÉNIO DE ANDRADE: AS PALAVRAS São como um cristal, as palavras. Algumas, um punhal, um incêndio. Outras, orvalho apenas. Secretas vêm, cheias de memória. Inseguras navegam: barcos ou beijos, as águas estremecem. Desamparadas, inocentes, leves. Tecidas são de luz e são a noite. E mesmo pálidas verdes paraísos lembram ainda. Quem as escuta? Quem as recolhe, assim, cruéis, desfeitas, nas suas conchas puras?

D

ia 28 de maio, comunidade educativa, pais, filhos, avós, representantes da Câmara Municipal juntaram-se para receber o autor de (h)ortografias, António Saias e o seu convidado António Bonifácio. Os alunos trabalharam alguns textos desta obra nos momentos de Clube de leitura—AEC— Maria do Céu Morcela, Maria da Conceição Calçada e Graça Amante. Foi oferecido ao poeta um livro com os poemas escritos a partir do estudo efetuado. Foi um momento em que se ouviu poesia dita por crianças e por adultos. Foi um momento de simpática convivência entre todos os presentes e entre as diferentes instituições e funções. A equipa da Biblioteca agradece a todos os presentes o momento que só foi possível devido às parcerias existentes. A todos, Bem Hajam! A professora Bibliotecária

Texto declamado pelo David Antas e o pai Vitor Antas e escrito pelo pai.

APENAS PALAVRAS

Filho, sabe tão bem falar, falar-te de coisas só por falar, não é esse o meu feitio, sabes que não. Falo o que sinto e acredito, falo e transmito, palavras com sabor, com razão. Conversas que te ensinaram, palavras que te guiaram, escutaste-as, deste-lhe atenção, seguiste o exemplo, aprendeste a lição. Palavras, palavras que te digo, sons que mexeram contigo. Gestos da minha boca, foram lemas! Percebeste, eu sei que sim. Depressa ficaste homem, nem dei por ti. Agora és tu que falas, palavras, poemas, prozas com sentido. Umas que te ensinei, ficaram-te no ouvido, outras que trazes da rua, da escola, dos professores, de amigos ou de amores,

Pai, chegas a ter graça, não cresci, sou ainda uma criança. Por vezes já tenho as minhas razões, palavras que te digo, aprendi-as contigo, em conversas em sermões. Palavras, palavras com sabor, de paladar imenso, por vezes amargas de sabor intenso, mas que me alimentam. Fazem com que cresça, com que a razão apareça, as raízes fortalecem e no chão se cimentam. As palavras que ficaram no meu ouvido, conversas de ontem, fazem hoje sentido. Lembro-me delas a toda a hora, de algumas mais que outras. Por vezes pareciam loucas, mas então a falta que fazem agora. Palavras, palavras e mais palavras, tantas que oiço e penso que me consomem, palavras, palavras e mais palavras, fizeram-te a ti e vão fazer de mim um homem. 21MAI2014, Vitor Antas

23


24

Destaque

junho’ 14

LEITURA DOS ALUNOS

Nélia e Iara

Ana

Lourenço

Rodrigo

João

O avô Bizarro ajudou a neta Alice

O pai leu o poema e os filhos coreografaram. Um momento delicioso… Família Ferreira

Pai e filho a lerem o texto da página anterior. Leitura dialogada e muito sentida revelando as suas próprias vivências.

Em cima o autor que nos visitou e à direita o amigo que nos deleitou com poemas lindíssimos. 24


junho‘14

Destaque 25

No intervalo, degustámos as compotas feitas pelos alunos com a técnica da Câmara Isabel Bizarro, com as frutas escolares. Cada turma fez a sua. Estavam todas muito boas. Parabéns aos cozinheiros!!! Um momento de convívio entre todos os presentes muito agradável.

O público esteve sempre muito interessado nas leituras e nas palavras do autor e seu convidado, respetivamente António Saias e António Bonifácio.

Alguns alunos sabiam de cor poemas do livro (h)ortografias. O autor ficou muito contente. Obrigada às professoras, o seu trabalho esteve aqui bem evidente.

A docente Graça Amante também escreveu e leu um poema.

Os alunos de fora que não puderam estar presentes deixaram uma oferta ao autor. Um livro com poemas escritos por eles e ilustrados pelos respetivos autores.

A PB: Paula Gaspar

25


28

Destaque

junho ‘14

AS COMEMORAÇÕES DOS 40 ANOS DO 25 DE ABRIL NA BIBLIOTECA CUNHA RIVARA

N

o âmbito da disciplina de História e Geografia de Portugal, os alunos das turmas do 5º ano realizaram trabalhos em cartolina, os do 6º ano de escolaridade elaboraram apresentações em PowerPoint e aplicaram um inquérito a ex-Combatentes da Guerra Colonial (seus familiares) e a familiares, amigos ou vizinhos que viveram em Portugal antes do 25 de abril. Nas aulas de História do 3º ciclo, os alunos prepararam e posteriormente realizaram entrevistas a familiares e a conhecidos sobre a vida antes do 25 de abril e elaboraram apresentações em PowerPoint (9º ano, turma A). Todos estes materiais foram, consoante a sua natureza, expostos ou projetados na Biblioteca Cunha Rivara, entre os dias 24 e 30 de abril de 2014 . As Docentes Ângela Rodrigues, Conceição Calçada e Sandra Leitão

26


junho ‘14

Destaque

29

Projeção de trabalhos sobre “ A Revolução de Abril” ( 6ºs anos e 9º A)

P

ara além dos materiais produzidos pelos alunos antes da exposição, a comunidade educativa foi convidada para, numa folha de papel cenário exposta na Biblioteca, registar o significado do 25 de abril para si. Muitos aderiram a este desafio: alunos do 2º ciclo (todas as turmas de 6º ano), do 3º ciclo (8º, 9º, Curso Vocacional) e do Ensino Secundário (10º B). Surgiram palavras, frases, quadras e desenhos bastante interessantes!

27


30

Destaque

junho‘14

DESPORTO ESCOLAR – NOTÍCIAS DA NATAÇÃO

O

s alunos dos grupos equipa de Natação da nossa Escola estão de Parabéns. Durante a fase local, onde participaram todos os grupos equipas da região do Alentejo Central, os elementos Femininos e Masculinos das equipas de Natação do Agrupamento de Escolas de Arraiolos tiveram uma excelente prestação nos diferentes escalões. Este bom desempenho permitiu que 10 alunos fossem apurados para os Campeonatos Regionais do Desporto Escolar como representantes do distrito de Évora, tendo sido a escola com a segunda maior representação nas competições de natação que decorreram nos dias 2 e 3 de maio nas piscinas municipais de Santiago do Cacém. Os alunos que conseguiram este feito são: Grupo Feminino: Maria Pimpão (6º B), Laura Militão (6º C), Margarida Oliveira (10º A) e Letícia Vieira (11º A). A aluna Mariana Martins (10º A) também foi apurada para os Campeonatos Regionais, mas devido a uma lesão não pôde participar. Grupo Masculino: Miguel Casa Velha (10º A), Tomás Caras Novas (10º B), Gonçalo Ribeiro e Mário Macau (11º A) e David Antas (11º B). O noticiado anteriormente só por si seria um grande feito, mas este brilhante grupo conseguiu superar-se a si e às perspetivas mais otimistas ao conquistarem nas provas onde participaram 18 medalhas e ao verem os sete elementos juvenis selecionados para a equipa de Natação representativa da Direção de Serviço Região Alentejo para os Campeonatos Nacionais de Juvenis do Desporto Escolar que se realizam nos dias 16, 17 e 18 de maio em Lisboa. Alunos medalhados: Maria Pimpão (iniciada) - 3º lugar 100 Bruços Margarida Oliveira (juvenil) – 2º lugar 100 Bruços Letícia Vieira (juvenil) - 3º lugar 100 Costas, 3º lugar 100 Bruços David Antas (juvenil) - 2º lugar 50 Bruços, 2º lugar 100 Bruços, 2º lugar 4x50 livres, 3º lugar 4x25 Estilos Miguel Casa Velha (Juvenil) - 3º lugar 50 Bruços, 3º lugar 100 Bruços, 2º lugar 4x50 livres, 3º lugar 4x25 Estilos Gonçalo Ribeiro (juvenil) – 3º lugar 200 Estilos, 3º lugar 4x25 Estilos Tomás Casas Novas (juvenil) – 2º lugar 50 Costas, 2º lugar 4x50 livres, 3º lugar 4x25 Estilos Mário Macau (juvenil) – 2º lugar 4x50 Livres.

28


junho ‘14

Destaque

31

TEEN LIFE

N

owadays teens have lots of characteristics, some are positive and others are bad.

Our positive characteristics are our creativity, our wish to have crazy experiences, how much we love to sleep and lots of others, but for me these are the TOP three positive aspects. There are people who hate us because we are like we are. We love our teen life, we love to hang out, we love Facebook and listening to music, we enjoy adolescence as we can, but there is always a worried mom or dad blocking us because they say “ You have time to hang out but you don’t have time to study?” and that situation creates one of our negative aspects, that is the mood changes: we give a bad answer and we become angry and when we look at ourselves, we are without anything that gives us pleasure to do at home. Parents are very boring about one of the negative characteristics we have that is sleeping a lot. We are always sleepy by the morning and we aren’t able to study, so we sleep. At 10:00 am our moms are yelling at us to get up and help them, but we are so lazy that we fall asleep again and next time our parents open the window and with too much light we can´t fall asleep again. Some teens have a huge negative aspect that is the addiction to smoking and drugs, some are so addicted that they cannot focus and next they do stupid things. What most worries us is the way we look and the attempts we do to find love. Our “Looks” is what makes us special. Love is something that every teen needs and it is something that we give lots of importance to because it is something that makes us keep following our path.

Miguel Calhau 10ºA

A IMPORTÂNCIA DA LEITURA SERÁ A LEITURA IMPORTANTE NA CRIATIVIDADE? 29


30

Destaque

junho‘14

COMEMORAÇÃO DA PRIMAVERA

N

o dia 19 de março os alunos do 2º ciclo comemoraram a primavera com uma saída

de campo. Esta atividade teve a colaboração dos Bombeiros de Arraiolos e de alguns escuteiros do Agrupamento de Escuteiros 669 de Arraiolos. Aos Bombeiros de Arraiolos e aos escuteiros Rui de Carvalho, Duarte Súcia, Manuel Candeias e à chefe Isa Álvaro, o nosso agradecimento! Dias antes, a nossa escola recebeu uma chefe desse mesmo agrupamento, Paula Baldeira, que explicou quais as regras que se devem seguir quando se faz uma saída de campo. O nosso muito obrigado também a ela!

30


junho ‘14

Destaque

31

31


32

Destaque

junho ‘14

A escola do FUTURO????

E

m que sentido irá a Escola evoluir? Que mudanças podemos perspetivar? Qual o papel fundamental da Escola? As aulas serão adaptadas à nova realidade dos alunos? Será que a Escola conseguirá proporcionar a todos os jovens uma maior capacidade de interação social, de adquirir novas competências, novos conceitos e a saber lidar com um mundo em constante mudança? As aulas a que os alunos irão assistir serão online? Será a Escola capaz de alterar os comportamentos destrutivos para com o Planeta? A Escola, promotora do crescimento pessoal, social, cultural, lúdico, cívico e profissional, só o será quando valorizada por todos! Aurora de Sá

32


junho‘14

Destaque

33

33

Profile for Angela  Rodrigues

3ª edição jornal 2013 14  

Jornal escolar ArrRivar Agrupamento de Escolas de Arraiolos 2013-14 3ª edição

3ª edição jornal 2013 14  

Jornal escolar ArrRivar Agrupamento de Escolas de Arraiolos 2013-14 3ª edição

Profile for arrrivar
Advertisement