Page 1

A Ordem

Arquidiocese de Natal - Ano XL - N0 49

Natal-RN, 02 de dezembro de 2012 Exemplar avulso: R$ 1,00

Foto: Cacilda Medeiros

Diaconos celebram 15 anos de ordenação na Arquidiocese

O Diaconato Permanente, restaurado pelo Concílio VaƟcano II, na década de 60, só passou a exisƟr no Rio Grande do Norte em 1987 e, em Natal, em 1997. Quem restaurou o Diaconato no Estado foi Dom Heitor de Araújo Sales. Primeiro, na Diocese de Caicó, com a ordenação de José Bezerra de Araújo. Depois, em Natal, com a ordenação de Francisco Adilson e Francisco Teixeira. Matéria completa nas páginas 6 e 7.

A Ordem ED 49.indd 1

Foto: www.santoafonso.com

Dogma: uma verdade revelada São quatro os dogmas atribuídos a Nossa Senhora. Mas, o que são dogmas? Quem responde a esta e outras perguntas relacionadas a este assunto é o pároco da Paróquia de São João Batista, em Pendências, Padre Jailton da Silva Soares. PÁG. 9

Arquidiocese define prioridades para 2013 As prioridades e ações para o próximo ano foram definidas durante a Assembleia Pastoral Arquidiocesana, realizada dias 26 e 27 de novembro. PÁG. 12 Foto: Cacilda Medeiros

Foto: Luiza Gualberto

Arcebispo recebe medalha ao mérito Dom Jaime Vieira Rocha recebeu a medalha de honra ao mérito “policial Luiz Gonzaga”, no dia 23 de novembro. A comenda foi concedida pela Polícia Militar do Rio Grande do Norte. PÁG. 10

Foto: Cacilda Medeiros

Mirassol reinaugura Igreja Matriz A celebração acontecerá no próximo dia 4, às 19 h, presidida pelo Arcebispo, Dom Jaime Vieira Rocha, e concelebrada pelo pároco, Mons. Lucas BaƟsta. PÁG. 3

29/11/2012 10:14:48


2 - A Ordem Editorial

Faz 15 anos A Igreja é rica na diversidade de ministérios. Todos eles estão ordenados ou direcionados para o serviço aos fiéis. Quem assume um desses ministérios na Igreja deve estar consciente de que assume um serviço, e não um privilégio ou status. E quanto mais importantes for o cargo ou função correspondente ao ministério, maiores são a responsabilidade e o compromisso para com os fiéis. Os Ministérios Ordenados, então, ainda são mais exigentes, porque devivam do Sacramento da Ordem. O primeiro grau do Sacramento da Ordem é o Diaconato, que pode ser exercido de forma permanente, pelo Diácono Permanente, ou transitória, pelo que vai ser ordenado padre. O segundo grau é o Presbiterato (padre) e o terceiro é o Episcopado (bispo). O Diaconato Permanente surgiu na Igreja primiƟva, mas deixou de exisƟr por séculos. Somente na década de 60, o Concílio VaƟcano II o restaurou. No Rio Grande do Norte só foi restaurado em março de 1987, na Diocese de Caicó e, 10 anos depois, na Arquidiocese de Natal. No dia 29 de novembro fez 15 anos da ordenação dos Diáconos Francisco Adilson e Francisco Teixeira, em Natal. Parabéns!

02 de dezembro de 2012 Palavra do Arcebispo

A Ordem

EXPEDIENTE Dom Jaime Vieira Rocha

Tempo do Advento: espera daquele que vem Caríssimos fiéis e irmãos em Cristo, Começamos, hoje, um novo Ano Litúrgico. Na Igreja, o ano começa com o Primeiro Domingo do Advento e se conclui com a Solenidade de Cristo Rei, celebrada domingo passado. Neste domingo, o primeiro do novo tempo litúrgico, o Advento, se inicia para nós a caminhada de fé em Jesus Cristo, salvador da humanidade. Com a vinda de Jesus Cristo ao mundo inicia-se a nova criação, o novo tempo. O Filho de Deus, tornando-se filho do homem, isto é, humano, inaugura o tempo da relação definitiva de Deus com os homens e as mulheres. Ele se uniu a nós. Ao celebrarmos este acontecimento de salvação, somos convidados pela Igreja a viver a fé como relação interpessoal com o Deus de Jesus Cristo, seu Pai e nosso Pai. Por ser esta vinda do Filho de Deus celebrada no Natal, a Igreja começa sempre o novo ano litúrgico com a preparação para esta celebração. Advento quer dizer “o que está por vir”. Na Igreja, é a recordação da vinda do Redentor, do seu advento que já aconteceu. No ano litúrgico da Igreja não celebramos acontecimentos do passado, mas celebramos no mesmo acontecimento que significa a chegada, a entrada de Deus na história dos homens e das mulheres. De fato, não falamos de uma “segunda vinda”, como se ela fosse desconectada da “primeira”. Na realidade, trata-se de um único advento, que já aconteceu para nós, em Belém, quando o Filho de Deus, tornando-se o que nós somos, possibilitou-nos ser o que ele é. Isto é, o tempo do Advento nos recorda que já estamos no tempo de Deus e que, em cada celebração, mas não somente nela, festejamos, agradecemos e oferecemos nossa vida ao Deus que se ofereceu, entregando o seu Filho para nós (cf. Jo 3,16). No Natal nós celebramos Deus que se torna vida humana para que o homem torne-se participante da vida divina. Por isso, nós devemos entender: Ele veio e permanece para sempre conosco. Por esta sua vinda é que entramos no tempo de Deus, a eternidade se une ao tempo de tal modo que não existe mais separação, não existe mais um Deus distante e vingativo, o que aliás nunca existiu de verdade, apenas no coração de homens e mulheres que não souberam reconhecer o Deus vivo verdadeiro. No Advento nós celebramos Deus que entra para sempre na nossa história. Por isso, o tempo que iniciamos hoje, é tempo de renovação da fé. Por Deus ter vindo e vindo para nós, acontece a transformação do nosso coração. Deus está conosco. Por isso, o seu Advento torna-se nosso Advento, isto é, Ele veio para nós e quer que nós nos dirijamos a Ele. Advento é tempo da profecia. Meditaremos sobre a figura de João Batista, o profeta que anuncia o Messias, o consolador. No advento nós contemplaremos a Mãe do Messias, em quem se cumpre a profecia. Eis o que somos chamados a ser: profetas, não no estilo demagogo e charlatão de alguns, mas no sentido bíblico e cristão. Nós anunciamos não uma catástrofe, não uma condenação, não uma predestinação à perdição, mas uma boa noticia. E esta boa noticia quer dizer: Deus enviou seu Filho para nós.

Jornal Semanal da Arquidiocese de Natal Endereço: Pastoral da Comunicação Av. Floriano Peixoto,674 Tirol 59020-500 - Natal-RN pascom@arquidiocesedenatal. org.br

www.arquidiocesedenatal. org.br Twitter: @arqnatal Fone: (84) 3615-2800 Fax: (84) 3615-2800 Conselho Editorial: Pe. José Nazareno, Pe. Vicente Laurindo, Pe. Matias Soares, Pe. Edilson Nobre, Pe. Francisco das Chagas de Souza, Diác. José Bezerra, Vital Bezerra, Milton Dantas, Cacilda Medeiros, Ândreson Madson, Antônio Roberto e Luiza Gualberto. Edição, redação e diagramação: José Bezerra (DRT-RN 1210) / Cacilda Medeiros (DRT-RN 1248) / Luiza Gualberto (DRT-RN 0901752) Revisão: Milton Dantas (LP 3.501/RN) Colaboradores: Rede de Comunicadores da Arquidiocese de Natal Impressão: RN Econômico - Fone: (84) 3201-2630 Tiragem: 1.600 exemplares Assinaturas: Com as coordenações paroquiais da Pastoral da Comunicação ou na redação do Jornal, no Centro Pastoral Pio X - Av. Floriano Peixoto, 674 - Tirol - Natal/RN

Quer um fim de semana à beira mar e a preços promocionais? Está procurando espaço para realizar um evento? O Centro de Treinamento de Ponta Negra João Paulo II, em Natal, oferece preços promocionais. Agende! (84) 3641-3366 / 3641-3339 / 9813-9358 (TIM) /(84) 8817-8320 (OI) Ligue: 3615-2800 com Luzia Freitas ou Kécia Pereira

A Ordem ED 49.indd 2

29/11/2012 10:14:51


3 - A Ordem

Notícias

Acontece na próxima terça-feira (04), a reinauguração da matriz de Santo Afonso Maria de Ligório, no bairro Mirassol, em Natal. A programação fesƟva conta com celebração de missa solene, às 19h, que será presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha e concelebrada pelo pároco, Monsenhor Lucas BaƟsta. Antecedendo a reinauguração, outras aƟvidades serão desenvolvidas neste fim de semana, no centro pastoral da paróquia, como a celebração dos 250 anos de ordenação do bispo Santo Afonso, 50 anos do Concílio VaƟcano II, 30 anos da Paróquia de Santo Afonso, 20 anos do Catecismo da Igreja Católica e seis anos da chegada do monsenhor Lucas à paróquia. Ainda durante o período fesƟvo, haverá uma exposição com imagens, mostrando a

Foto: www.santoafonso.com

Mirassol reinaugura matriz de Santo Afonso

Igreja Matriz de Santo Afonso

história da matriz. Mesmo após a conclusão das obras de restauração, a paróquia conƟnua com a campanha do carnê fidelidade, em prol da reforma e ampliação da Igreja. Os interessados em aderir à campanha devem procurar a secretaria paroquial.

Mirassol receberá peregrinos estrangeiros A Paróquia de Santo Afonso, em Mirassol, Natal, está reunindo grupos de família para acolher alguns dos cerca de cinco mil jovens que estarão em Natal, no próxi-

Agenda do Arcebispo . 02/12 – 9h, celebração do Sacramento da Crisma, na Paróquia de Nossa Senhora de FáƟma, em Parnamirim. - 19h, celebração da Crisma, na Paróquia de Santo Antão Abade, São Bento do Norte. . 03/12 – 16h30, celebração da Crisma, na Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, em São Tomé. . 04/12 – 19h30, dedicação do altar da Igreja Matriz de Santo Afonso, em Mirassol, Natal. . 05/12 – 8h, Café com a imprensa, no Centro Pastoral Pio X – subsolo da Catedral. - 19h30, celebração da Crisma na Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, em Santo Antônio. . 06/12 – 19h, novenário da festa da padroeira do Morro da Conceição, em Recife (PE). . 07/12 – 9h, missa em ação de graças pelos 40 anos de uma turma de medicina, da UFRN. . 08/12 – 10h, Missa solene, no encerramento da festa de Nossa Senhora da Conceição, em Ceará-Mirim. - 17h, celebração da Crisma, no Colégio Imaculado Conceição – CIC, Natal

A Ordem ED 49.indd 3

mo ano, para a semana missionária, que antecede a Jornada Mundial da Juventude. Os interessados em contribuir, podem fazer o cadastro na secretaria paroquial.

Serra Caiada festeja padroeira A Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, em Serra Caiada, abriu os festejos em honra da padroeira, no úlƟmo dia 30. A programação acontece todos os dias, com caminhada penitencial, oİcio de Nossa Senhora, e celebração da santa missa. Além disso, após a novena, acontece a quermesse, com funcionamento de barracas, leilão, e também, na parte cultural, a festa contará com a realização da 2ª Cavalgada de Nossa Senhora. O encerramento acontece dia 08 de dezembro, com procissão pelas ruas da cidade, seguida de missa solene.

Paróquia celebra missão Anchieta A Paróquia do Bem Aventurado José de Anchieta, em Lagoa Nova, Natal, realiza a Missão Anchieta, dia 9 de dezembro, em honra do padroeiro. As homenagens acontecerão nas missas das 8h e das 17h, com a parƟcipação das pastorais, grupos, movimentos e serviços da paróquia.

02 de dezembro de 2012

Guamaré festeja Nossa Senhora da Conceição A Área Pastoral Nossa Senhora da Conceição, no município de Guamaré, está em festa. Desde a úlƟma quinta-feira (29), a comunidade celebra a padroeira. A festa traz como tema para este ano “Maria, primeiro sacrário de Fé e amor”, e a programação envolve a recitação do oİcio de Nossa Senhora, às 6h, e o tradicional novenário, às 19h30. No dia 8 de dezembro, encerram os festejos, e as aƟvidades iniciam com a alvorada e fogos, às 6h, e, às 16h, procissão e missa solene de encerramento.

São Rafael venera Virgem da Conceição A Comunidade de São Rafael festeja a padroeira, Nossa Senhora da Conceição, desde o úlƟmo dia 29. Este ano, a festa traz como tema “A porta da fé introduz na vida de comunhão com Deus”. Uma programação especial vem sendo desenvolvida durante o período, com recitação do oİcio de Nossa Senhora, às 12h; terço mariano, às 19h; e celebração da santa missa, às 19h30. Além disso, uma programação social também é realizada, com quermesse e apresentações culturais, após as celebrações. Os festejos encerram no dia 8 de dezembro, com missa solene, às 09h; 10h, celebração do Sacramento do BaƟsmo; às 12h, recitação do oİcio de Nossa Senhora; às 17h, missa e procissão de encerramento, e, fechando a programação, às 19h, será realizado o arreamento da bandeira.

Conjuntos celebra festa da padroeira A comunidade de Conjuntos, em Extremoz, inicia, no próximo dia 5, a festa em honra da padroeira, Nossa Senhora da Conceição. A abertura conta com hasteamento da bandeira, às 19h, seguida da celebração de missa. Nos demais dias, acontece missa, às 19h30. Além disso, será realizada uma programação cultural, com funcionamento de quermesse todas as noites. Encerrando os festejos, dia 8 de dezembro, haverá alvorada, com recitação do oİcio de Nossa Senhora e café parƟlhado, às 5h; e das 12h às 13h, exposição do Sanơssimo Sacramento. Às 18h, haverá procissão, seguida da missa solene.

29/11/2012 10:14:51


4 - A Ordem

A Igreja

88

02 de dezembro de 2012

Comentario Litúrgico Pe. Edilson Soares Nobre, Vigário Geral e Assistente EclesiásƟco da Pascom (1º Domingo do Avento) Jr 33, 14-16 / Sl 24 / Ts 3, 12-4,2 / Lc 21, 25-28.34-36)

Ficai atentos e orai a todo momento Caro(a) leitor(a)! Com o Advento estamos começando o Ano Litúrgico. Este tempo nos prepara para celebrarmos bem o Natal do Senhor. Ele é favorável e convidativo para a vigilância, a conversão e a adesão Àquele que vem para nos salvar e para nos libertar de toda situação de escravidão, de manipulação e de egoísmo. No Evangelho de hoje que é narrado por Lucas, Deus se comunica através de uma linguagem apocalíptica. Fala de céu, terra, mar, barulho das ondas, etc. Em meio a este contexto vem o Filho do Homem numa nuvem com grande poder e glória. Trata-se de uma linguagem que ultrapassa a realidade de uma catástrofe e nos revela uma verdade mais profunda: a vinda do Senhor com todo o seu esplendor que nos ilumina, que nos direciona e que nos revela o sentido pleno da

vida. É Deus que se manifesta e vem ao nosso encontro. É o Messias que vem com sua glória para instaurar o Reino do Pai em toda a sua plenitude. Neste Evangelho, Jesus apresenta aos apóstolos um critério para ler com esperança os fatos de dores e horrores que acompanham sempre a história humana. Vigilância é a palavra de ordem neste domingo. É preciso vigiar, estar atento e buscar o discernimento para saber o que é fundamental na vida e o que é desprezível. É preciso ter clareza do que é essencial e do que é fútil. Assim nos adverte o Senhor: “Tomai cuidado para que vossos corações não fiquem insensíveis por causa da gula, da embriaguez e das preocupações da vida e esse dia não caia de repente sobre vós” (Lc 21,34). Ao início do Advento estas palavras são uma advertência para não vivermos na mediocridade dos vícios que aniquilam a vida. Como estamos nos

preparando neste Advento? Fechando-nos em nosso mundo egoístico? Ou abrindo-nos às pessoas que nos circundam e que esperam de nós uma boa ação? Vivendo o nosso corre-corre da vida, sem tempo para Deus? Ou buscando a oração que nos permite entrar na intimidade do Senhor? Atenção! Se você se preocupa com a qualidade de vida, lembre-se de que a oração não é algo secundário; ao contrário, ela possibilita uma maior harmonia do homem e da mulher com Deus, com o próximo e consigo mesmo. “Portanto, ficai atentos e orai a todo momento, a fim de terdes força para escapar de tudo o que deve acontecer e para ficardes em pé diante do Filho do Homem” (Lc 21,36). Jesus nos adverte! É tempo de nos tornarmos mais cristãos. Mas nos apressemos porque o tempo não é eterno. Somos uma viagem em direção à eternidade que será o último dom da fantasia infinita de Deus.

Doutrina da Igreja

A Igreja no Catecismo da Igreja Católica (IV) A Igreja, por ser instituída por Cristo e manifestada pelo Espírito Santo, tende à consumação na glória, é peregrina, rumo à realização plena do Reino de Deus. Ela vive na expectativa da glória. Por isso, não podemos entender a realidade da Igreja sem que a vejamos dentro do Mistério santo de Deus: o mistério da Igreja. Ela é uma realidade ao mesmo tempo visível e espiritual. Não se poderá jamais compreender a Igreja sem “os olhos da fé”, isto é, a Igreja vive simultaneamente esta dupla dimensão: é uma sociedade provida de órgãos hierárquicos e Corpo Místico de Cristo, é uma assembleia visível e comunidade espiritual, é Igreja terrestre e Igreja enriquecida de bens celestes (CIC 771). A partir do entendimento dessa dupla dimensão é que se torna possível a compreensão e a consciência da Igreja como una, santa, católica e apostólica, como veremos depois. Por ser realidade visível e do-

A Ordem ED 49.indd 4

tada de bens celestes, por ser Corpo Místico de Cristo, a Igreja é mistério da união dos homens com Deus. Nela, na Igreja, se realiza a meta do desígnio de Deus: a relação dos homens com Deus. Através do “grande mistério” (Cf. Ef 5,32), da união esponsal de Cristo com a Igreja, ela vai realizando esta comunhão interpessoal como a finalidade que tudo comanda: “sua estrutura se ordena integralmente à santidade dos membros do corpo místico de Cristo” (CIC 773). Mas, esta santidade será sempre medida segundo o grande mistério, isto é, na resposta da Esposa com o dom do amor ao seu Esposo, Cristo Senhor. Neste sentido, justamente, o Catecismo apresenta a Mãe de Jesus como aquela que nos precede a todos na santidade que é o mistério da Igreja. Maria é a esposa sem mancha e sem ruga, que a Igreja deve imitar sempre (cf. CIC 773). Essa dimensão “marial” ou mariana da Igreja é afirmada pelo Catecismo, como a dimensão que antecede a dimensão

petrina, isto é, a do governo, a do ministério hierárquico, a do comando. É a santidade do Esposo divino que sustenta a Igreja. E tudo na Igreja conduz a esta santidade, que é sempre encontro com Deus, comunicação de sua santidade aos homens e às mulheres. “A Igreja é a comunidade sobrenatural dos indivíduos, únicos e insubstituíveis, na graça interna, na verdade e no amor de Cristo, na comunicação da vida íntima e trinitária de Deus aos homens, — eis o que há de mais íntimo e elevado nesta realidade múltipla da Igreja. É para servir a isso que todas as outras realidades necessariamente existem; é para isso que se ordenam e daqui recebem exclusivamente o seu sentido, seu direito e dignidade, na medida em que são de utilidade real como meios de realizar concretamente a comunidade no Espírito” (Karl Rahner, Missão e graça I, p. 108). Pe. Paulo Henrique da Silva Professor de Teologia da FAHS

29/11/2012 10:14:51


5 - A Ordem

Notícias

Acontece durante o período de 28 de novembro a 08 de dezembro, a festa de Nossa Senhora Mãe dos Homens, padroeira do município de João Câmara. O tema da festa deste ano é “Como em Maria, a nossa fé está no Deus único”, e a programação envolve o tradicional novenário, às 19h30, bem como, recitação do santo terço e oİcio de Nossa Senhora, todos os dias. A úlƟma novena, no dia 7 de dezembro, terá como pregador o arcebispo emérito da Arquidiocese de Natal, Dom MaƟas Patrício de Macêdo. O encerramento, no dia 8, contará com as seguintes aƟvidades: 5h – repicar de sinos e alvorada, 9h – missa solene, 12h – repicar de sino e pipocaço de Nossa Senhora, encerrando com procissão, missa e arriamento da bandeira, às 16 horas. Além da programação religiosa, a festa conta com aƟvidades culturais,

Foto: Cacilda Medeiros

João Câmara festeja padroeira

Pe. Edvan Lucena, administrador paroquial de João Câmara

com funcionamento de barracas e apresentações culturais.

mento da Crisma de 52 jovens da comunidade. Neste mesmo dia, a réplica da imagem de Santo Antão será benta por Dom Jaime. Na segunda-feira, a programação conta com missa solene, às 7h; 12h, queima de fogos, e, encerrando as aƟvidades, às 19h, haverá um momento celebraƟvo, na matriz e nas comunidades, com leitura da ata de criação e instalação da paróquia.

Dom Heitor encerra festa em Nova Cruz O arcebispo emérito da Arquidiocese de Natal, Dom Heitor Sales, será o presidente da celebração eucarísƟca de encerramento dos festejos em honra da padroeira do município de Nova Cruz, Imaculada Conceição, no próximo dia 08 de dezembro. A programação de encerramento inicia às 08h30, com a celebração do Sacramento da Primei-

ra EucarisƟa. Às 11h, inicia a adoração e bênção do Sanơssimo Sacramento, e às 12h, queima de fogos e repique dos sinos. A parƟr das 16h, tem início a procissão pelas ruas da cidade, encerrando com a missa solene, que será concelebrada pelos padres Francisco de Assis Inácio, pároco, e pelo padre Janilson de Macedo, vigário paroquial.

Paróquia encerra festejos de Santa Maria Mãe Acontece neste domingo (02), o encerramento dos festejos em honra de Santa Maria Mãe, padroeira do conjunto Santa Catarina, zona norte de Natal. A programação de encerramento conta com a celebração de missa solene. Desde

A Ordem ED 49.indd 5

Pastoral da Criança faz celebração da vida A Pastoral da Criança, da Paróquia do Beato André de Soveral, em Emaús, realiza, no próximo dia 8 de dezembro, a Celebração da Vida, na comunidade Jardim Aeroporto. A celebração acontece a parƟr das 17h, e será realizada na Escola Municipal Manoel Machado. Na oportunidade, também será realizada a confraternização natalina das crianças, com distribuição de brinquedos, além da realização de brincadeiras, encerrando com um jantar para os presentes.

São Bento do Norte realiza tríduo fesƟvo Para comemorar os 24 anos de criação e instalação, a Paróquia de Santo Antão Abade, em São Bento do Norte, realiza até esta segunda-feira (03), um tríduo fesƟvo, que marca também, a abertura do ano jubilar, em comemoração pelos 25 anos de criação da paróquia. A programação do tríduo neste domingo, conta com a visita do arcebispo metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, que vai celebrar o Sacra-

02 de dezembro de 2012

o úlƟmo dia 23 de novembro, a paróquia celebra a padroeira com o novenário, bem como, celebração da santa missa. Na parte cultural, quermesse, com funcionamento de barracas, bem como, a realização de um jantar de adesão.

Santa Luzia comemora 10 anos de criação A Paróquia de Santa Luzia, na comunidade Boa Esperança, em Natal, está comemorando dez anos de criação. Para celebrar a data, uma vasta programação está sendo realizada. Os festejos Ɵveram início no dia primeiro de dezembro, com procissão luminosa, saindo do bairro Nova Natal, às 18h30, seguida do hasteamento das bandeiras. Às 19h30, acontece a celebração da missa. Ao todo, serão 13 dias de comemorações, que tem como tema “Paróquia de Santa Luzia, 10 anos de criação fazendo história neste chão”. Durante os festejos, será realizado, todos os dias, celebração de missa, às 19h30, e, após, quermesse, bazar e pescaria. No dia 9 de dezembro, a paróquia promove um jantar de confraternização, com shows culturais.

Arcebispo se reunirá com a imprensa O Arcebispo Metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, agendou um café com a imprensa natalense, dia 5 de dezembro, às 8 horas, no Centro Pastoral Pio X - subsolo da Catedral Metropolitana. Na ocasião, Dom Jaime fará uma retrospecƟva das principais ações realizadas, na Arquidiocese de Natal, neste ano, assim como falará das perspecƟvas pastorais para 2013. Na oportunidade, o Arcebispo também agradecerá à imprensa pela divulgação das atividades realizadas na Arquidiocese.

29/11/2012 10:14:51


6 - A Ordem

02 de dezembro de 2012

Capa

Diáconos celebram 15 anos de ordenação na Arquidiocese

Primeiros Diáconos No Brasil, um dos primeiros diáconos permanentes foi Vitório Fontana, da paróquia de Bonfim, Porto Alegre-RS, ordenado em 1949, em Bogotá, Colômbia, pelo Papa Paulo VI. Ele faleceu no dia 24 de setembro deste ano, aos 96 anos, de causas naturais. Depois dele, outros diáconos foram ordenados, no Brasil, nas regiões Sul e Nordeste. No Nordeste 2, formado pelas dioceses do Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas, os primeiros foram ordenados em João PesSimpósio “50 anos do Concílio Vaticano II - as linhas mestras” Local: Auditório da Paulus Livraria - 80 vagas Data: dias 20/10, 27/10 e 10/11/2012 Horário: das 9h às 12h30 Taxa: R$ 15,00

Paulus Livraria Rua Cel. Cascudo, 333 - Cidade Alta - Natal - Fone: 3211-7514 natal@paulus.com.br

www.paulus.com.br

A Ordem ED 49.indd 6

José Maria Miranda de Oliveira, ainda em aƟvidade. Em novembro deste ano, ele completou 40 anos de ordenação.

Foto: Teotônio Roque

A restauração do Diaconato Permanente na Igreja Católica Apostólica aconteceu no Concílio VaƟcano II, com a ConsƟtuição DogmáƟca Lumen GenƟum: “um dos frutos do Concílio Ecumênico VaƟcano II foi o de querer resƟtuir o diaconado como um grau da hierarquia, próprio e permanente”(28). A regulamentação se deu com o Motu Próprio Sacrum Diaconatus Ordinem, do Papa Paulo VI, em 18 de junho de 1967. Depois da restauração, foram promulgadas as “Normas Fundamentais para a Formação dos Diáconos Permanentes” e o “Diretório do Ministério e da Vida dos Diáconos Permanentes”. Nesses documentos, a Igreja deixa claro que “a restauração do diaconato permanente numa nação não implica a obrigação da restauração em todas as dioceses. Compete exclusivamente ao bispo diocesano restaurá-lo ou não”.

Diaconato no RN

Dom Heitor, restaurador do Diaconato no RN

soa, Paraíba. Um deles é o Diác. Ladislau Nogueira de Lima, ordenado na Diocese de Campina Grande-PB, em 16 de dezembro de 1969. O Diác. Ladislau, nascido em 27 de junho de 1929, faleceu em 16 de março de 2010, víƟma de um tumor no cérebro. Outro é o Diác. Manoel Xavier de Araújo, ordenado em 11 de janeiro de 1970, hoje com 79 anos de idade. Outra diocese do Nordeste 2 que ordenou os primeiros diáconos foi a de Maceió, Alagoas. Lá, em 26 de novembro de 1972, foi ordenado o Diác.

Neste ano, o Diaconato Permanente celebra datas significaƟvas da restauração desse Ministério Ordenado, ocorrida na Diocese de Caicó e na Arquidiocese de Natal. São 25 anos da ordenação do primeiro Diácono do Rio Grande do Norte, na Diocese de Caicó, e 15 anos da dos dois primeiros, na Arquidiocese de Natal, ambas tendo como Bispo Ordenante o atual Arcebispo emérito, Dom Heitor de Araújo Sales. No dia 19 de março de 1987, Dom Heitor de Araújo Sales, então bispo de Caicó, ordenou o primeiro Diácono Permanente: José Bezerra de Araújo, da paróquia de São José, de Caicó, em celebração ocorrida na Catedral de Sant’Ana, padroeira daquela Diocese. No ano seguinte, mais dois diáconos foram ordenados: Pedro Rozendo, já falecido, e Antônio Gomes, ambos da paróquia de São SebasƟão, da cidade de Parelhas. Antônio Gomes, depois de ficar viúvo, foi ordenado Padre, pelo então Bispo de Caicó, Dom Jaime Vieira Rocha, hoje Arcebispo de Natal. Hoje, a Diocese de Caicó conta com 21 diáconos permanentes, atuando nas paróquias e comunidades. Ao assumir o cargo de Arcebispo da Arquidiocese de Natal, em 15 de dezembro de 1993, Dom Heitor de Araújo

Prepare-se! Em 2013 tem o 8º MuƟrão Brasileiro de Comunicação de 27/10 a 01/11 de 2013 em Natal Veja como será: www.muƟcom.com.br

O Rosário dos Arcanjos Um CD que oferece as pessoas um meio para entrarem em sintonia com Deus pela intercessão dos arcanjos. livnatal@paulinas.com.br Visite: www.paulinas.org.br R. João Pessoa, 220 Natal (84)3212-2184

29/11/2012 10:14:52


7 - A Ordem

Sales iniciou o trabalho para restaurar o Diaconado Permanente, na sede metropolitana. A restauração do Diaconato, na Arquidiocese, aconteceu no dia 29 de novembro de 1997, com a ordenação de dois diáconos: Francisco Adilson da Silva e Francisco das Chagas Teixeira de Araújo. No mês de novembro, eles completaram 15 anos de ordenação. O Diác. Adilson já exerceu a função de arƟculador da coordenação arquidiocesana de Pastoral, mas ficou afastado de aƟvidades da Arquidiocese, por algum tempo. Atualmente, auxilia o Pe. Antônio Murilo, no Vicariato para as InsƟtuições Sociais. “Tem sido mais de reflexão do que de ação concreta”, diz o Diác. Adilson, em carta encaminhada ao Clero, ao se referir aos 15 anos de ordenação diaconal. O Diác. Francisco Teixeira já foi o coordenador da Pastoral da Criança no Rio Grande do Norte. Atualmente é Assessor Jurídico da Arquidiocese de Natal e arƟculador do Serviço de Apoio aos Pro-

CLÍNICA DE RAIOS-X E ULTRA-SOM

as

Dr. Sérvulo Pereira Paulino Dr. Fernando José Vieira de Sousa EXAMES Radiologia Geral, Ultra-sonografias: Mamária, Pélvica, Abdominal, com Doppler Colorido, Transvaginal, Mamografia e Densiometria Óssea.

Horário: de 2ª a 6ª - das 7 às 11 h e das 13 às 17 h Av. Alexandrino de Alencar, 915 - Natal-RN

A Ordem ED 49.indd 7

jetos AlternaƟvos Comunitários. Para ele, os 15 anos da restauração do Diaconato na Arquidiocese representa “uma ousadia no senƟdo de fazer acontecer este ministério ordenado, ainda não totalmente assimilado pelos que fazem a Igreja”. Em nível pessoal, a ordenação diaconal, ocorrida há 15 anos, além de lhe ter possibilitado a graça do Sacramento, também é um reconhecimento a uma vocação já existente. “Para o candidato ao diaconato, é uma abertura e uma adesão ao chamado para servir à Igreja de forma radical e graƟficada”, diz Teixeira. Rememorando a caminhada de cristão, ele diz que há 36 anos está servindo a Igreja. “Nesse tempo, procurei oferecer o melhor daquilo que tenho em capacidade e apƟdão. Mas boa vontade, apenas, não basta. É preciso se capacitar para oferecer o melhor, técnica e profissionalmente”, conclui. Atualmente, a Arquidiocese de Natal conta com 68 diáconos permanentes, atuando em várias paróquias e comunidades. Alguns assumem funções em nível arquidiocesano: Haroldo Lima, na secretaria da Coordenação Arquidiocesana de Pastoral; João Manoel, no setor Arquivo, da Arquidiocese; José Bezerra, na coordenação da Pastoral da Comunicação; Amadeu Ferreira, na coordenação arquidiocesana da Pastoral Familiar; Francisco Teixeira, na Assessoria Jurídica da Arquidiocese e Edmar Conrado, na coordenação da Animação Bíblico-CatequéƟca.

torais, e também como profissional, prestando serviço remunerado ou voluntariamente. Entre as funções, na Igreja, podem ser relacionadas as seguintes: assisƟr o Bispo local ou os presbíteros nas cerimônias; proclamar o Evangelho; instruir e exortar o povo de Deus; conservar e administrar a EucarisƟa; administrar solenemente o BaƟsmo; assisƟr e abençoar o Matrimônio; realizar o rito funeral e da sepultura (exéquias); administrar os ritos sacramentais; atuar, preferencialmente, nas aƟvidades caritaƟvas; assisƟr a comunidade carente; dirigir as celebrações da palavra de Deus; e parƟcipar da administração diocesana ou paroquial. Na sua ação no seio da Igreja, ele deve atuar também junto aos leigos, na formação e suscitando o surgimento de novas lideranças, principalmente para a ação social. Foto: Cacilda Medeiros

Foto: José Bezerra

Diác. Adilson, 15 anos de ordenação diaconal

s

02 de dezembro de 2012

Capa

O que fazem os Diáconos Existem inúmeras aƟvidades que podem e devem ser desempenhadas pelos diáconos permanentes, dentro e fora da Igreja. Ele pode atuar na Igreja como diácono, tanto nas celebrações litúrgicas como na coordenação de serviços e pas-

Diác. Teixeira, 15 anos de ordenação diaconal

Colégio Nossa Senhora de FáƟma 60 anos educando com ciência e amor Educação Infantil, Fundamental I e II WWW.cnsfnatal.com.br cnsf@cnsfnatal.com.br Secretariacnsf@hotmail.com Av. Rodrigues Alves, 646 - Tirol - Natal Fone (84) 3222-2961/ 8121-3834 / 9197-9792

29/11/2012 10:14:52


8 - A Ordem

02 de dezembro de 2012

Geral

Primeira EucarisƟa (I)

Café da manhã

Churrascão do Segue-me

Cerca de 170 crianças da Paróquia de Nossa Senhora Mãe dos Homens, em João Câmara, celebra o Sacramento da Primeira EucarisƟa, neste domingo, 2 de dezembro. A celebração será realizada na Igreja Matriz, às 9h, e será presidida pelo padre Edvan Lucena.

A Paróquia de Santa Rita de Cássia dos Impossíveis, em Ponta Negra, Natal, realiza neste domingo (02), um café da manhã, em prol da reconstrução da Matriz. A aƟvidade acontece a parƟr das 8h, e os interessados em parƟcipar devem comprar a senha, no valor de 20 reais, e pode ser adquirida com a comissão organizadora.

A Equipe dirigente do Segue-me, da Paróquia de São Pedro Apóstolo, no Alecrim, Natal, promove um churrasco de confraternização, neste domingo, 2 de dezembro, às 10 horas, na casa paroquial. A senha custa cinco reais e pode ser adquirida no próprio local do evento.

Primeira EucarisƟa (II) A Paróquia de Santa Clara, no PiƟmbu, Natal, realiza, dia 08 de dezembro, a celebração do Sacramento da Primeira EucarisƟa, para crianças da comunidade paroquial. A solenidade será realizada na matriz, às 17h, e será presidida pelo pároco, padre Joaquim Ataíde.

Natal em Família

Festa na Granja A comunidade de Granja, em Lajes Pintadas, festeja a padroeira, Santa Luzia, de 4 a 13 de dezembro, com recitação do oİcio de Nossa Senhora, às 12h, e novena, às 19 horas. No encerramento, haverá missa e procissão, às 16 horas.

A paróquia de Santa Clara, no bairro Pitimbu, em Natal, inicia a partir desta segunda-feira (03), a novena “Natal em família”, nas casas da comunidade paroquial. Para a realização da atividade, a paróquia foi dividida em cinco setores.

Artigo

O Natal no Ano da Fé Desde outubro deste 2012 até novembro de 2013 celebraremos o “Ano da Fé”. Tal acontecimento deve-nos levar a conhecer mais profundamente a pessoa de nosso Salvador Jesus Cristo, porém o mundo não é mais o mesmo, as pessoas mudaram seus conceitos e as convicções tendem a ser, casa vez mais, relaƟvizadas, graças também ao fenômeno da divisão do crisƟanismo em milhares de igrejas e seitas, o que gera, proporcionalmente, uma mulƟplicidade de “rostos” de Cristo, conforme os gostos e conveniências de cada um. Mesmo assim, o período natalino é um dos mais belos do ano. São vários os moƟvos pelos quais tudo ganha mais cor, alegria, música e encanto. Por isto, é justo considerar o Natal e o Advento, que o prepara, como tempos da esperança. O observador atento, porém, percebe que faz algum tempo que algo vem mudando nesta época do ano. É uma mudança visível e, ao mesmo tempo, camuflada, quase subliminar. O Natal, como o próprio nome já o diz, é a comemoração do ACESSE: www.muticom.com.br CURTA: 8muticom SIGA: @8muticom ADICIONE AO MSN: muticom8@hotmail.com

A Ordem ED 49.indd 8

nascimento no mundo do Filho eterno do Pai, o Salvador da humanidade. Nesta “mudança de época”, como dizem os peritos da Sociologia e Filosofia, há uma tentaƟva de subsƟtuir ou eliminar em tudo a presença do Sagrado. A proposta é uma espécie de laicização em massa, com clara maƟz ateísta. Na verdade, uma espécie de neopaganismo reaparece com força em nossa sociedade. Vejamos que festas, como o “halloween “, ganham cada vez mais adeptos pelo mundo, inclusive nas escolas. Criou-se, ainda, a passeata dos “mortos vivos” para enaltecer ou colocar em evidência o mórbido como se fosse saudável e belo. As leis restringem cada vez mais qualquer apoio do Estado à cultura religiosa, inclusive aos seus sinais milenares (como o crucifixo), enquanto as manifestações contrárias à dignidade do ser humano, como a “marcha da maconha” e outras ganham permissão, apoio e financiamento. Não se trata de discurso de pessimista. É uma realidade: o Natal está sendo empobrecido em seu senƟdo profundo. Quando

vamos às lojas, aos shoppings e às reparƟções públicas, por exemplo, vemos tudo muito colorido e iluminado para festejar o “bom velhinho”, sinal mais do consumismo do que da bondade ou generosidade das pessoas. Acontece uma subsƟtuição dos ícones do Natal. Em lugar da manjedoura, um belo carro a ser comprado ou sorteado; em lugar da imagem do Menino Deus, um grande boneco do Papai Noel. Nada contra as promoções e incenƟvo dos comércios, porém cabe a pergunta: se os comerciantes são “cristãos” por que ofuscar aquele que dá senƟdo a todo clima de harmonia e paz, para o qual o Natal nos convida? Para superar tal crise há um caminho: recomeçar, voltar às origens para redescobrir, na Sagrada Escritura e na Tradição da Igreja, o que significa para o mundo ocidental “o Natal do Senhor”. Cabe-nos fazer ainda uma pergunta: neste “Ano da Fé” como viveremos o Natal?

CASA SAGRADA FAMÍLIA ARTIGOS RELIGIOSOS CATÓLICOS EM GERAL

Rua Cineasta Glauber Roca, 1757, Lagoa Nova - 59054-670 - Natal-RN Fones: 84-3213-0578 / 3082-8338 tangaraseguros@bol.com.br

AV. FLORIANO PEIXOTO, 381 - LOJA B - TIROL CEP 59020-500 NATAL/RN TELEFAX 84-3211-8646 Por trás da Catedral

Pe. José Lenilson de Morais Vigário Paroquial de S. José de Mipibu

Formando bons cristãos e honestos cidadãos COLÉGIO SALESIANO SÃO JOSÉ LARGO DOM BOSCO, 335 - RIBEIRA NATAL/RN - CEP 59012-530 FONES: (84) 3211-4220 / 1490 FAX: 3611-1027

29/11/2012 10:14:53


Foto: Cacilda Medeiros

9 - A Ordem

São quatro os dogmas atribuídos a Nossa Senhora: Maternidade divina da Virgem Maria, Virgindade perpétua, Imaculada Conceição da Virgem, e Assunção de Nossa Senhora. Mas, o que são dogmas? Quem responde a esta e outras perguntas relacionadas a este assunto é o pároco da Paróquia de São João BaƟsta, em Pendências, Padre Jailton Soares. A Ordem: O que são os dogmas de fé? Pe. Jailton: O termo “dogma” provém da língua grega, “dogma”, que significa “opinião” ou “decisão”. PaulaƟnamente, a Igreja, com o auxílio dos teólogos e pensadores cristãos, precisou e esclareceu o senƟdo de dogma. Na linguagem atual do Magistério e da Teologia, o “dogma” é uma doutrina na qual a Igreja: quer, com um juízo solene, mediante o magistério ordinário e universal, propõe de maneira definiƟva. É uma verdade revelada, de uma forma que obriga o povo cristão a crer em sua totalidade. Diz-nos o Catecismo da Igreja: “O Magistério da Igreja empenha plenamente a autoridade que recebeu de Cristo quando define dogmas, isto é, quando, uƟlizando uma forma que obriga o povo cristão a uma adesão irrevogável de fé, propõe verdades conƟdas na Revelação divina ou verdades que com estas têm uma conexão necessária” (Catecismo da Igreja Católica, 88). A Ordem: Quais são os dogmas relacionados à pessoa de Nossa Senhora? Pe. Jailton: São quatro os dogmas, aos

A Ordem ED 49.indd 9

Entrevista

02 de dezembro de 2012

Dogma: uma verdade revelada quais podemos chamar marianos: O primeiro deles é o dogma da Maternidade divina da Virgem Maria, proclamado em 431 por meio do Concílio de Éfeso. O segundo é o dogma da Virgindade perpétua da Virgem, reconhecida como tal no Concílio de Latrão, no ano de 649, mas solenemente, assim proclamado, no ano de 1555, com a CansƟtuição Cum Quorundam, de Paulo IV. O terceiro dogma proclamado, adornado pela mais alta esƟma e admiração de todo orbe católico, é o da Imaculada Conceição da Virgem proclamado pelo Beato Papa Pio IX, em 8 de dezembro de 1854. O quarto e úlƟmo dogma, até então proclamado, foi o da Assunção de Nossa Senhora, em 1º de novembro de 1950, pelo conhecido Pastor Angélico, o Papa Pio XII. A Ordem: O que significa dizer que a Mãe de Jesus foi Imaculada na conceição? Pe. Jailton: Significa dizer, conforme nos ensina a própria bula da proclamação dogmáƟca, que em previsão dos méritos de Cristo, a Virgem Sanơssima, desde o primeiro instante de sua concepção, foi preservada imune de toda mancha de pecado original. A proclamação de tal verdade não surgiu como novidade ou se deu de forma desconexa, mas foi o coroamento de todo um percurso de fé e piedade experimentado pelos cristãos desde muito remotas épocas, onde a Igreja soube ouvir a voz do Espírito, que fala e age através da razão erudita dos teólogos, mas também através da sabedoria dos simples, dos humildes, que desde séculos declaram Nossa Senhora, a Imaculada. A Ordem: Outro dogma atribuído a Maria é a “assunção ao céu”. O que dizer sobre este ơtulo? Pe. Jailton: Para entendermos bem tal dogma, que se nos mostra como corolário dos demais, é preciso perguntar: o que nos que dizer Deus com a Assunção de Maria em corpo e alma no céu? A resposta é que a potência da Ressurreição de Jesus (Fl 3, 10) está já no mundo e dando os seus primeiros frutos. Ora, a Virgem Assunta é o fruto mais excelente da vitória pascal de Cristo. A Ressurreição do Filho “puxa” a da Mãe. Nossa Senhora consƟtui as primícias do senhorio de Cristo sobre a morte. Ela é a primeira pessoa humana perfeitamente glorificada; nela o

agir de Deus não busca simplesmente o “necessário” , mas quer também responder ao “conveniente”. E era conveniente que, além do Elevado na glória (Jesus), Deus nos desse mais um sinal da verdade do nosso futuro? Sim, efeƟvamente era. Assim, a Virgem na glória dá mais segurança à esperança cristã. Com ela nós podemos gritar com mais força: “Ó morte, onde está a tua vitória?” (I Cor 15, 54). Desta feita a morte sofre duas derrotas sucessivas: a Ressurreição de Cristo, e depois, em virtude desta, a Assunção de Maria Sanơssima. A Ordem: Na Arquidiocese de Natal, mais de dez paróquias e áreas pastorais e diversas comunidades têm como padroeira, Nossa Senhora da Conceição. Que mensagem o senhor deixa para os fiéis dessas comunidades, para que bem celebrem essa festa? Pe. Jailton: A mensagem que deixo para os fiéis e devotos da Virgem da Conceição, especialmente aqueles que, como eu, têm a graça sem par de ser filhos de uma dessas paróquias, como a paróquia de Macau, de onde saí, é que antes de tudo se deixem encantar pela beleza da Imaculada, que é a beleza do ser humano na mais genuína originalidade, sem mácula alguma. E recordem, sobretudo, que por mais extraordinária que seja a graça que beneficiou a Virgem , não é ela senão o reflexo de uma vontade parƟcular de Deus para todos aqueles que criou à sua semelhança. A vontade de Deus, que é amor, não é seleƟva, existe para todos os que, sem exceção, querem acolhê-la. Toda obra tem um principio; Deus não derroga tal regra e coloca os esteios da Redenção na vida de uma criatura escolhida. A Imaculada surge como a primeira beneficiária da misericórdia divina a fim de que, de um lado, a salvação seja realizada e manifestada, e, de outro, que todo homem creia e espere na infinita bondade do Criador. A Sempre Virgem em sua Conceição é preservada da culpa para inaugurar um caminho novo e universal proposto a todos, como um farol que brilha num imenso mar que conduz a caridade redentora e livre de Deus que quer que todos sejam santos e irrepreensíveis, “imaculados”. Tal caridade o quer e faz porque é anterior e superior a todo mal que queira sujar a imagem e semelhança de Deus no ser humano.

29/11/2012 10:14:53


10 - A Ordem

02 de dezembro de 2012

Virou notícia

Dom Jaime recebeu a medalha das mãos da governadora, Rosalba Ciarlini

Nova Cruz faz sorteio entre assinantes de A Ordem A Pastoral da Comunicação da Paróquia da Imaculada Conceição, em Nova Cruz, realizou sorteio de uma camisa do jornal A Ordem, entre os assinantes que renovaram as assinaturas no mês de novembro. O sorteio aconteceu no úlƟmo domingo (26), durante a celebração da missa, e o ganhador foi Wed

tregou o Diploma Amigo da Polícia, a pessoas que colaboraram para o bom desempenho das aƟvidades policiais militares, de forma direta ou indireta.

que assim, possamos seguir no rumo certo para melhorar o nosso Estado”, ressaltou a governadora. Além da medalha, a PM en-

Cordeiro. Quem recebeu a premiação foi a esposa, Rosenilda Chaves. Na Paróquia de Nova Cruz há 138 assinantes do Jornal A Ordem. A assinatura coleƟva, por semestre, custa R$ 13,00, e, anual, custa R$ 25,00, por pessoa. Os interessantes devem procurar a equipe paroquial da Pascom.

Foto: Flávio Luiz

O arcebispo de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, recebeu a medalha de honra ao mérito policial Luiz Gonzaga, no úlƟmo dia 23 de novembro. A comenda foi concedida pela Polícia Militar do Rio Grande do Norte, em razão da comemoração dos 178 anos de criação da Força Armada Estadual. A medalha foi concedida aos membros da Polícia Militar, Forças Armadas, e aos cidadãos que se disƟnguiram por serviços prestados à corporação ou à Segurança Pública PoƟguar, seja no campo militar, cienơfico, social ou econômico. Dom Jaime recebeu a medalha das mãos da governadora do estado, Rosalba Ciarlini. Além do arcebispo de Natal, outras 29 autoridades foram agraciadas com a comenda. A solenidade foi realizada no auditório Morton Mariz, no Centro de Convenções de Natal. Em seu discurso, Rosalba Ciarlini destacou o governo arquidiocesano de Dom Jaime, lembrando do importante papel da Igreja Católica para a sociedade. “Precisamos da bênção do Bom Pastor, Dom Jaime, nosso arcebispo, para

Foto: Luiza Gualberto

Arcebispo recebe medalha ao mérito policial Luiz Gonzaga

Rosenilda exibe a camisa do Jornal

“Assino o Jornal A Ordem porque é muito interessante para a minha profissão. Uso-o como fonte de informações para meus alunos, principalmente a leitura da coluna Passatempo.” Maria de FáƟma Alves professora, Angicos

Ajude o Seminário de São Pedro através de doações na conta de energia.

Fone: (84) 3615-2819 Fax: (84)3615-2821 sspedro@seminario saopedro.org.br

A Ordem ED 49.indd 10

“Mantenho a minha assinatura do Jornal A Ordem para obter noơcias das diversas igrejas de nossa Arquidiocese e, principalmente, de minha Paróquia.” Maria de Lourdes Alves Monteiro, agente pastoral na Paróquia de Cristo Rei, Pirangi, Natal

Foto: Gilberto Ferreira

Foto: Valdi de Paula

Espaço do assinante

Ouça “Ritmo Pastoral”, aos sábados, às 7 horas Rádio Rural de Natal AM1090 http://blog.cancaonova.com/natal/

29/11/2012 10:14:53


11 - A Ordem Fique por dentro Pe. Antônio Gomes da Silva, ecônomo da Arquidiocese de Natal

Campanha da Evangelização 2012 Neste domingo, dia 04, tem início o Novo Ano Litúrgico, iniciando-se com o primeiro domingo do Advento, tempo de preparação para a chegada do Menino Jesus, Deus que se encarna para nos salvar. A Igreja no Brasil, nesse período, realiza a Campanha da Evangelização proporcionando a todos a possibilidade de uma parƟcipação aƟva na sua obra evangelizadora. Ressalta o texto da campanha que toda esta discussão não pode ser apenas teórica. Deve, na verdade, criar nova mentalidade e novo comportamento nos cristãos, e este é o principal objeƟvo da Campanha para a Evangelização que a CNBB realiza todos os anos. Assim, toda a Igreja deve animar a Campanha da Evangelização no senƟdo de despertar a corresponsabilidade de todos para a obra evangelizadora, de modo que as suas necessidades sejam assumidas solidariamente por todos os que pertencem à Igreja Católica. A Campanha para a Evangelização procura despertar em todos os cristãos a consciência de que, unidos a Cristo pela graça baƟsmal, parƟcipam da missão evangelizadora da Igreja. Este trabalho de conscienƟzação procura moƟvar todos os fiéis para a parƟcipação aƟva na missão evangelizadora da Igreja através de três caminhos: o testemunho, as ações pastorais específicas e a garanƟa de recursos materiais para o trabalho evangelizador.

Correio do clero

Parabéns Aniversário natalício: . 03/12 - Pe. Antônio José do Vale - Pároco da Paróquia de Nossa Senhora das Graças - Afonso Bezerra . 04/12 - Diác. Manoel Cícero Batista Paróquia de Santa Rita de Cássia - Santa Cruz . 05/12 - Pe. Edvan Araújo de Lucena Administrador da Paróquia de Nossa Senhora Mãe dos Homens - João Câmara . 05/12 - Pe. Gutemberg Simplício de Souza - Responsável pela Área Pastoral de Nossa Senhora da Conceição - Guamaré . 06/12 - Mons. Armando de Paiva - Pároco da Paróquia de Nossa Senhora dos Prazeres - Goianinha . 06/12 - Pe. Cláudio Luiz de Carvalho Pároco da Paróquia de São Francisco de Assis - Pedro Velho . 06/12 - Diác. Manoel Francisco Grangeiro - paróquia de São Francisco de Assis - Cidade Satélite, Natal Aniversário de ordenação:

Bianca Noivas e Noivos Decorações e eventos (84)3661-5876 8853-5788 9954-6693 biancanoivas@gmail. com Av. Tomás Landim, 2603. Igapó - Natal-RN biancanoivas.blogspote.

A Ordem ED 49.indd 11

02 de dezembro de 2012

Geral

Viva bem

Dicas de alimentação saudável para o verão . Consuma vegetais frescos, cozidos no vapor. . Coma alimentos grelhados (esses alimentos são de fácil digestão). . Dê preferência para as carnes brancas e sem gordura. . Inclua no seu cardápio alimentos funcionais, como abacate, tomate, maçã, uva, berinjela, gengibre, azeite, soja, castanha do Pará, linhaça, aveia e sardinha. Dra. Márcia Roque Braz de Araújo Nutricionista, Natal/RN

. 02/12 - Mons. Geraldo Ribeiro de Almeida - Pároco emérito da Paróquia de Nossa Senhora de Lourdes - Petrópolis, Natal . 05/12 - Diác. Almir Miranda . 06/12 - Pe. Luiz Teixeira de Almeida Capelão da Casa de Saúde São Lucas, Natal . 08/12 - Mons. Agnelo Dantas Barretto Pároco da Paróquia de Nossa Senhora da Apresentação - Cidade Alta, Natal . 08/12 - Mons. Armando de Paiva - Pároco da Paróquia de Nossa Senhora dos Prazeres - Goianinha . 08/12 - Mons. Francisco das Chagas Pereira Pinto - Pároco emérito da Paróquia de São José - Angicos . 08/12 - Côn. José Mário de Medeiros - Pároco da Paróquia do Bom Jesus das Dores - Ribeira, Natal . 08/12 - Pe. Vicente Laurindo de Araújo - Vigário Paroquial de São Pedro - Alecrim, Natal

hh Passa tempo

Conferência para um bêbado Um bêbado é detido pela Polícia, às 3 horas da madrugada. O policial pergunta: - Aonde você vai a esta hora da madrugada? O bêbado responde: - Eu vou a uma conferência sobre o abuso do álcool e seus efeitos letais para o organismo, o mau exemplo, as consequências nefastas para a família, bem como o problema que causa na economia familiar e a irresponsabilidade absoluta. O policial olha para o bêbado, sem acreditar no que estava ouvindo, e diz: - Sério?!? E quem vai dar essa conferência, a esta hora da madrugada? - Ora, a minha mulher, logo que eu chegar em casa.

ABASTECENDO NO POSTO, VOCÊ ESTÁ CONTRIBUINDO COM O “SEMINÁRIO DE SÃO PEDRO” - QUALIDADE MUNDIAL SHELL Rua Apodi, 520 - Tirol Vizinho ao Seminário de São Pedro

29/11/2012 10:14:54


12 - A Ordem

Notícias

02 de dezembro de 2012

Arcebispo publica Decreto sobre o Ano da Fé devido, comunguem sacramentalmente e orem segundo as intenções do Sumo Ponơfice”, destaca o Decreto. Bento XVI indicou que umas condições para o fiel receber a indulgência é visitar, em forma de peregrinação, uma Basílica Papal, uma catacumba cristã, uma igreja catedral, um lugar sagrado. Para isto, o Arcebispo, Dom Jaime, por meio do Decreto designou os seguintes lugares de peregrinação, no território da Arquidiocese de Natal: Catedral Metropolitana, na Cidade Alta; Matriz de Nossa Senhora da Apresentação, na Cidade Alta; Santuário de Nossa Senhora das Graças e Santa Teresinha, no Tirol; Matriz de Nossa Senhora de Lourdes, em Petrópolis, onde estão os restos mor-

Foto: José Bezerra

O Arcebispo de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, publicou um decreto sobre o Ano da Fé, datado de 21 de novembro de 2012, por ocasião do encerramento da festa da padroeira da Arquidiocese, Nossa Senhora da Apresentação. No início do texto, o Arcebispo lembra que os fiéis poderão alcançar a indulgência plenária, ao longo do Ano da Fé, que se estende de 11 de outubro de 2012 a 21 de novembro de 2013, proclamado pelo Papa Bento XVI. “Poderão alcançar a Indulgência plenária da pena temporal para os próprios pecados, concedida pela misericórdia de Deus, aplicável em sufrágio pelas almas dos fiéis defuntos, a todos os fiéis deveras arrependidos, que se confessem de modo

Dom Jaime publicou o Decreto por ocasião da missa de encerramento da festa de Nossa Senhora da Apresentação, dia 21 de novembro

tais do Padre João Maria; Santuário de Santos Reis, no bairro de Santos Reis; e o Santuário dos MárƟres, no bairro de Nazaré, todas em Natal. No interior, os lugares de romaria são: Santuário dos MárƟres, em Uruaçu, São Gonçalo do Amarante; Santuário Chama do Amor, Cunhaú, Canguaretama; Santuário de Santa Rita de Cássia, Santa Cruz; e Igreja Matriz do Bom Jesus dos Navegantes, em Touros, que será elevada à condição de Santuário, no próximo ano. Outra exigência do Santo Padre para que o fiel alcance a indulgência plenária é que parƟcipe, nos dias determinados pelo Ordinário do lugar, em qualquer lugar sagrado, de uma celebração eucarísƟca ou da liturgia das horas, acrescentando a Profissão de Fé, de forma legíƟma. Através do Decreto do Ano da Fé, Dom Jaime determinou as celebrações das seguintes datas, para os que parƟciparem possam alcançar a indulgência: 22 de fevereiro, festa da Cátedra de São Pedro; 31 de março, Páscoa do Senhor; 30 de maio, Corpus ChrisƟ; 30 de junho, solenidade de São Pedro e São Paulo; 16 de julho, morƟcínio de Cunhaú; 3 de outubro, ProtomárƟres do Brasil; 21 de novembro, festa de Nossa Senhora da Apresentação; 21 de novembro, encerramento do Ano da Fé; além do dia festa do padroeiro de cada paróquia. O Decreto, na íntegra, pode ser lido no site www.arquidiocesedenatal. org.br.

Urgências, prioridades, ações e calendário de eventos da Arquidiocese de Natal para 2013 foram definidas na Assembleia Pastoral Arquidiocesana, realizada nos dias 26 e 27 de novembro, no Centro Municipal de Referência em Educação Aluízio Alves, na Cidade da Esperança. Entre as ações propostas pelos coordenadores dos zonais, destacam-se: formação sobre o tema da Campanha da Fraternidade 2013; formação para coordenadores de pastorais; encontros sobre o Ano da Fé; Estudo do Catecismo da Igreja Católica, entre outras. Quanto às prioridades e urgências, destacam-se: trabalhar com os vários segmentos da Juventude; vivenciar

A Ordem ED 49.indd 12

Foto: Cacilda Medeiros

Arquidiocese define prioridades e ações para 2013

ParƟcipantes da Assembleia, realiza dias de 26 e 27 de novembro

o Ano da Fé; priorizar a Catequese e o processo catecumenal; implantação das pastorais Universitária e da Sobriedade; fortalecer a Pastoral Familiar onde já existe e implantar nas paróquias que ainda não tem; dar conƟnuidade ao pro-

cesso de setorização nas paróquias, entre outros. As propostas vão ser sistemaƟzadas pela coordenação de Pastoral e, posteriormente, publicadas como Plano Pastoral da Arquidiocese de Natal para 2013.

29/11/2012 10:14:54

A Ordem - edição 49  

Edição do dia 02 de dezembro de 2012.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you