Page 1

A Ordem

Arquidiocese de Natal - Ano XLI - N0 48

Natal-RN, 22 de dezembro de 2013

Exemplar avulso: R$ 1,00

Natal de Jesus Cristo suscita ações solidárias e carita vas Foto: arquivo Caravana Natal Feliz

Enquanto muitas pessoas percorrem os shoppings, procurando os presentes que vão dar e receber, outras nem celebram o Natal de Jesus, por estarem excluídas de qualquer possibilidade de ir às lojas ou a ambientes religiosos das festas natalinas. Outros grupos, formados por cristãos católicos, se mobilizam e percorrem lugares carentes para presentear, com alimentos, roupas e orações, os excluídos das comemorações natalinas. Assim fazem as caravanas Natal Feliz, Semeando o Amor e jovens e adultos de várias paróquias. Elas fazem campanhas, coletam man mentos e doam roupas, cestas básicas, material de higiene, brinquedos e livros a famílias necessitadas. Na foto, uma casa da zona rural do interior do Estado, visitada pela Caravana Natal Feliz. Matéria completa, páginas 6 e 7.

Casa de taipa (barro e madeira), visitada por integrantes da Caravana Natal Feliz, no inteior do Rio Grande do Norte (zona rural)

CF chama atenção para o Tráfico Humano A Campanha da Fraternidade 2014 será vivenciada na Arquidiocese de Natal por meio de ações e encontros que envolvem a sociedade civil organizada, como Polícia Federal, além de órgãos de proteção aos direitos humanos. Quem fala sobre o assunto, em entrevista, é o Padre João Nascimento. PÁG. 9

Confira os horários das missas do Natal nas paróquias da capital

CNBB e PUC oferecem curso sobre Pastoral da Cultura

::: PÁG. 3

::: PÁG. 3

Arquidiocese ganha novos diáconos Oito homens foram ordenados diáconos permanentes, no úl mo dia 14, na Catedral Metropolitana. Na ocasião, o arcebispo, Dom Jaime Vieira Rocha, ordenou também dois sacerdotes e um diácono transitório, pertencentes à Associação Filhos de Santana. PÁG. 11

Paróquia de São José de Mipibu realiza Natal Solidário ::: PÁG. 5

Paróquia realiza dedicação do altar da Igreja Matriz de Santa Rita ::: PÁG. 12


Ordem Editorial

Novo "nascimento" O período natalino parece transformar os ambientes comerciais em espaços mágicos. As lojas, árvores ar ficiais, prateleiras e outros lugares parecem “sorrir” para as pessoas ao exporem os produtos. Do outro lado, o consumidor em potencial, quase que em estado de hipnose sujes va, olha para as “úl mas novidades” do mercado de produtos os mais diversos. Diante dos apelos consumistas, muitas pessoas aderem à “úl ma novidade” do mercado. Celebrar o Natal do Menino Jesus não se resume aos presentes. Eles só têm sen do se agregarem o real sen do das celebrações natalinas: o nascimento para a novidade da vida que chega com o Menino Jesus. Jesus nasceu para trazer vida nova, salvação, solidariedade, é ca, jus ça, respeito, tolerância, fraternidade. “É preciso nascer de novo” (cf. Jo 3,3). Enquanto alguns se “hipno sam” com os “falsos sorrisos” consumistas, outros dedicam o tempo natalino, e até mais, para levar o Natal de Jesus a quem ainda não teve “direito” ao Natal. Estes outros, sim, estão nascendo de novo!

22 de dezembro de 2013 Palavra do Arcebispo Dom Jaime Vieira Rocha

Natal, renasce a alegria! Queridos irmãos e irmãs! Natal, o Poderoso se faz ternura, a eternidade entra no tempo, o Criador se faz criatura, Deus se faz homem, renasce a alegria para todos os homens e mulheres! Feliz Natal! Que estas palavras, desejadas do mais profundo de nosso coração, manifestem a nossa alegria de podermos juntos celebrar o acontecimento mais importante da história da humanidade: Deus veio habitar em nosso meio, o Filho de Deus tornou-se Homem, para que o homem se tornasse filho de Deus. Eis a fonte da alegria. Nós fomos criados, predes nados a sermos filhos de Deus por causa do Filho, Jesus Cristo. É uma alegria que nunca poderá ser destruída. De fato, a alegria da boa nova, Deus está conosco (EMANUEL), não se compara com nenhuma outra. Deus está conosco porque nos ama. Deus se manifesta no mundo, para comunicar ao homem e à mulher a sua vida. Todos são convocados a fazer parte da reunião, da assembleia, da comunidade dos que recebem a comunhão com Deus. É uma alegria eterna, como é eterno o nosso Deus que se manifesta na Criança de Belém. Homens e mulheres de boa vontade, mas também aqueles que estão feridos, chagados pela falta de esperança, desiludidos pelo engano daqueles que se passaram por amigos, desanimados ou cansados pelos fardos da vida. O Natal significa que Deus veio para junto de nós. Agora, ninguém está só. Nada e ninguém pode-nos rar esta presença amorosa, carinhosa e cheia de ternura de Deus. Em Jesus, Deus manifesta, torna presente, concreta a misericórdia infinita de Deus por cada homem e cada mulher. Aquele que já foi definido como o Totalmente Outro, Aquele que a filosofia já denominou o Eterno Distante, em Jesus, nascido em Belém, nascido de Maria por obra do Espírito Santo, se faz totalmente Próximo. E mais: Ele é mais ín mo a mim do que eu mesmo (Santo Agos nho). Feridas existenciais, chagas desesperadoras, desilusão e enganos paralisantes, cansaços desanimadores, tudo é destruído pelo infinito e indestru vel amor de Deus pela sua criatura. Ó mensagem digna de credito! Ó evangelho vivo! Ó missão reconfortante! Ó alegria imensa! Nós somos des natários de uma mensagem e de um evangelho cheios de alegria e paz. A nossa missão é a de nunca deixar um homem e uma mulher sem conhecer esta mensagem, este evangelho. A alegria de sabermos que o Salvador nasceu para nós, deve tornar-nos homens e mulheres confiantes, cheios de esperança, sempre prontos, sempre a caminho, homens e mulheres que não deixam que lhes roubem a esperança, a ternura, que não se cansam de querer Deus, presente em suas vidas.

Ordem

EXPEDIENTE Jornal Semanal da Arquidiocese de Natal Endereço: Pastoral da Comunicação Av. Floriano Peixoto,674 Tirol 59020-500 - Natal-RN pascom@arquidiocesedenatal. org.br

www.arquidiocesedenatal. org.br Twitter: @arqnatal Fone: (84) 3615-2800 Fax: (84) 3615-2800 Conselho Editorial: Pe. José Nazareno, Pe. Vicente Laurindo, Pe. Matias Soares, Pe. Edilson Nobre, Diác. José Bezerra, Vital Bezerra, Milton Dantas, Cacilda Medeiros, Luiza Gualberto e Pe. Francisco Fernandes. Edição, redação e diagramação: José Bezerra (DRT-RN 1210) / Cacilda Medeiros (DRT-RN 1248) / Luiza Gualberto (DRT-RN 0901752) Revisão: Milton Dantas (LP 3.501/RN) Pe. Francisco Fernandes Colaboradores: Rede de Comunicadores da Arquidiocese de Natal Impressão: RN Econômico - Fone: (84) 3201-2630 Tiragem: 1.600 exemplares Assinaturas: Com as coordenações paroquiais da Pastoral da Comunicação ou na redação do Jornal, no Centro Pastoral Pio X - Av. Floriano Peixoto, 674 - Tirol - Natal/RN

A Paróquia de Nossa Senhora da Apresentação, na Cidade Alta, Natal, dispõe de espaço para a realização de eventos. Trata-se do Centro Pastoral Dom Heitor Sales, que está situado na Rua da Conceição, 615, pertinho da antiga Catedral. Reservas pelos telefones: (84) 3615-2807 / 2808.


Ordem

Santo Antonio fará Assembleia Pastoral

Notícias

22 de dezembro de 2013

Horários de missas do Natal nas paróquias da capital

Foto: José Bezerra

A Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, no município Santo Antonio, realiza, no próximo domingo (29), assembleia pastoral para avaliação das atividades desenvolvidas este ano e planejamento das ações para 2014. O encontro acontece das 08h às 13h, no salão da Igreja de São Francisco, iniciando com celebração eucarística, às 07 horas O pároco, o padre José Adelson Rodrigues, vai coordenar os trabalhos, conduzindo um estudo sobre o documento 104, da CNBB, que aborda o tema “Paróquia: comunidade de comunidades”. A assembleia pastoral segue com a avaliação do ano de 2013 e planejamento de ações para o próximo ano.

Pe. Adelson Rodrigues, pároco

Agenda do Arcebispo 22/12 - 8h - Sagração do altar da Matriz de Santa Rita de Cássia - Ponta Negra, Natal - 19h – Celebração do Sacramento da Crisma, na Paróquia de Nossa Senhora da Penha da Penha - Monte Alegre 24/12 - 19h - Missa do Natal do Senhor, no anfiteatro do Campus da UFRN, em Natal - 21h - Missa do Natal do Senhor, na Catedral 28/12 - 19h - Novena da festa da Sagrada Família, nas Rocas, Natal

Igreja oferece curso sobre Pastoral da Cultura A Comissão Episcopal Pastoral para a Educação e Cultura, da CNBB, em parceria com a Universidade Católica de Minas Gerais, oferecem dois cursos sobre Pastoral da Cultura. O primeiro é de pós-graduação lato sensu à distância, com carga horária de 360 horas, que está com inscrições abertas até 24 de fevereiro de 2014, pelo site www.virtual.pucminas.br. Esta modalidade tem duração de 18 meses, com início em 17 de março. O outro curso, presencial e de curta duração, com 64 horas, é des nado a pessoas com ensino médio comple-

to. A intenção é preparar pessoas para a implantação da Pastoral da Cultura, nas dioceses. Para o presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Educação e Cultura da CNBB, dom Joaquim Mol, "hoje, percebemos que a cultura tem tudo a ver com o processo de transformação da vida da pessoa, do testemunho cristão dentro da comunidade, na sociedade. Afetado posi vamente pelos elementos e valores culturais, o indivíduo se torna uma pessoa melhor e ajuda a melhorar a sociedade. Fonte: site da CNBB


22 de dezembro de 2013

A Igreja

4 - A Ordem 88)

Comentário Litúrgico Pe. Edilson Soares Nobre, Vigário Geral e Assistente Eclesiás co da Pascom 4º Dom. do Advento - Is 7, 10-14 / Sl 23 / Rm 1, 1-7 / Mt 1, 18-24

Eis que a Virgem conceberá e dará à luz um filho Se tomarmos o evangelho de Mateus, partindo do início, nos damos conta de que ele se abre com uma longa genealogia. É como um álbum de família do Messias e é, evidentemente, um meio para compreender os gostos e as escolhas de Deus. Vincular a genealogia de Cristo a Davi significa dar um destaque à fidelidade de Deus, que manteve a promessa feita a Davi. Mateus quer nos dizer que tudo pode desabar, mas Deus permanece fiel e o que Ele promete se cumpre: custe o que custar. Este pensamento nos enche a alma de uma serenidade, que resiste a cada prova. Como é confortante poder contar sempre com fidelidade de Deus. Entre os personagens citados, Mateus recorda quatro mulheres não muito corretas: Tamar; Raab, uma prostituta cananeia; Rute, uma mulher pagã; por fim, “aquela que foi mulher de Urias”: esta, nem mesmo vem nominada, mas é a concubina de Davi.

Por que Mateus recorda tais personagens que não servem de exemplo para ninguém? Ele quer nos dizer que Deus cria a salvação dentro de um povo pecador. Misteriosamente, portanto, também os pecadores preparam os caminhos do Messias e tornam-se a gruta pobre onde Deus não refuta de nascer. A presença explícita destas quatro mulheres na ascendência do Messias é um convite à esperança, à confiança. A presença delas na árvore genealógica de Jesus é também um convite a não nos escandalizarmos nunca com o pecado. Enfim, Mateus narra o nascimento de Jesus. Já na primeira leitura, Isaías nos convida a não nos cansarmos de Deus com os nossos medos e as nossas incredulidades. Isaías diz: “Escutai casa de Davi! O Senhor mesmo vos dará um sinal. Eis: a virgem conceberá e dará à luz um filho, e o chamarão com o nome de Emanoel” (7,13-14). À Luz deste texto, Mateus narra o nascimento de Jesus. Ele sabe

que o sinal de Deus é sempre humilde. Sabe que a vinda do Messias não será triunfal. Será sem exibição, em uma condição legível somente através da fé. E Maria se encontrou envolvida neste estilo divino de fazer a história. Ela, no momento da concepção de Jesus, torna-se um problema para José. Mas permanece, porém, serena, porque crê. Também José deve superar a prova. E a supera porque é humilde. Cre e se insere na obra do Messias. Deus, como sempre, faz grandes coisas com os pequenos, com aqueles que não se deixam guiar pelo orgulho. Não esqueçamos nunca deste fundamental ensinamento. O Natal nos re-propõe as escolhas de Deus, o seu estilo, os seus caminhos. O Natal é um forte convite à conversão para que a nossa estrada seja iluminada por Cristo e torne-se uma nova Belém. Assim, sentiremos no coração uma alegria imensa e a segurança de que Deus se faz presente em nosso meio.

Doutrina da Igreja

O Sacramento da Penitência no Catecismo da Igreja Católica (III) O Catecismo da Igreja Católica apresenta as múltiplas formas da penitência na vida cristã: o jejum, a oração e a esmola, formas já presentes na Escritura e nos Padres da Igreja, a participação na Eucaristia, os tempos e os dias de penitência ao longo do ano litúrgico (quaresma, cada sexta-feira como memória da morte do Senhor), além do dinamismo da conversão e da penitência, descrito por Jesus na parábola do filho pródigo ou do pai misericordioso, onde vemos presentes os traços específicos do processo de conversão: abandono da casa paterna, arrependimento, decisão de voltar, o caminho de volta, o acolhimento do pai e a sua alegria, dando nova vida ao filho, simbolizada pela bela túnica, o anel e o banquete (cf. CIC 1439). Um processo que se expressa na celebração litúrgica do Sacramento da Penitência e da Reconciliação, que traz simultaneamente o perdão de Deus e a reconciliação com a Igreja.

Diante da objeção dos seus opositores de que só Deus perdoa os pecados, Jesus, por ser o Filho de Deus diz de si mesmo: o Filho do homem tem poder de perdoar pecados na terra (Mc 2,10) e transmite esse poder aos homens para que o exerçam em seu nome. De fato, Cristo deseja que a Igreja seja sinal e instrumento do perdão e da reconciliação. E confiou o exercício do poder de absolvição ao ministério apostólico, encarregado do ministério da reconciliação (2Cor 5,18). Isto é expresso também no fato de que Jesus não só perdoou os pecados, mas manifestou o efeito do perdão: a reintegração à comunidade do povo de Deus. Evidencia-se isto no fato de que Jesus admite os pecadores à sua mesa, e mais ainda, senta-se à mesa com os pecadores, exprimindo de modo estupendo ao mesmo tempo “o perdão de Deus e o retorno ao seio do Povo de Deus” (CIC 1443). O Catecismo apresenta a ex-

plicação de que o Sacramento da Penitência tem este duplo efeito, o perdão de Deus e a reconciliação com a Igreja, sustentando que o Senhor, conferindo aos apóstolos seu próprio poder de perdoar os pecados, também lhes dá a autoridade de reconciliar os pecadores com a Igreja. É a dimensão eclesial do sacramento, expressa pelas palavras de Cristo a Simão Pedro: “Eu te darei as chaves do Reino dos Céus, e o que ligares na terra será ligado nos céus, e o que desligares na terra será desligado nos céus” (Mt 16,19). A Igreja entende que “o múnus de ligar e desligar, que foi dado a Pedro, consta que também foi dado ao colégio dos apóstolos, unido ao seu chefe” (CIC 1444, citando LG 22). As palavras ligar e desligar significam que a reconciliação com a Igreja é inseparável da reconciliação com Deus (cf. CIC 1445). Pe. Paulo Henrique da Silva Professor da Faculdade Dom Heitor Sales


5 - A Ordem

Notícias

São José de Mipibu realiza Natal Solidário

Foto: arquivo pessoal Pe. Ma as

Os 11 setores missionários da paróquia de Sant’Ana e São Joaquim, de São José de Mipibu, celebram o

Equipe da Pascom com o Pe. Ma as

segundo Natal Solidário, neste domingo, 22 de dezembro. Em todos os setores, as famílias farão arrecadação de alimentos e roupas, para serem distribuídas com famílias carentes. Cada setor faz a arrecadação dos alimentos e roupas e distribui com as famílias do próprio setor. À noite, na Matriz de Sant’Ana e São Joaquim, o pároco, Padre Matias Soares, fará o lançamento da Equipe paroquial da Pastoral da Comunicação.

Santuário fará assembleia Acontece no próximo sábado (28), a assembleia pastoral da Paróquia do Santuário dos Már res de Cunhaú e Uruaçu, no bairro Nazaré, em Natal. O obje vo é avaliar as ações realizadas em 2013 e planejar o calendário de a vidades para o próximo ano, tendo

como norte, as Diretrizes Gerais para a Ação Evangelizadora da Igreja do Brasil (DGAE) – 2011/2015. A assembleia acontece das 08h às 12h, e vai contar com momento de oração, palestra, debate, avaliação e planejamento pastoral para 2014.

Fiéis preparam festa da Cidade da Esperança representantes das pastorais, movimentos e serviços da paróquia. Estão sendo definidos detalhes como novenário, missas e a vidades sociais e culturais. Uma novidade, para 2014, deverá ser a realização de um passeio ciclís co, na parte da manhã, no dia da procissão de encerramento da festa.

Foto: Nailson Veras

Integrantes do Conselho Pastoral da paróquia de Nossa Senhora da Esperança, na Cidade da Esperança, em Natal, iniciam os prepara vos para a celebração da 29ª festa da padroeira, que acontecerá de 31 de janeiro a 9 de fevereiro de 2014. O Conselho se reúne toda terça-feira, na Matriz, após a missa, com

22 de dezembro de 2013

Santuário promove confraternização A Paróquia do Santuário dos Már res de Cunhaú e Uruaçu, no bairro Nazaré, em Natal, promove na próxima sexta-feira (27), a confraternização de fim de ano com as pastorais, movimentos e serviços que integram a Paróquia. O evento vai acontecer após a celebração das 19h, no salão paroquial, e vai contar com música ao vivo, lanches e brincadeiras. Na mesma ocasião, também será antecipada a comemoração do aniversário natalício do pároco, o padre Francisco das Chagas de Souza.

Santo Antônio realiza micareta A paróquia de Santo Antônio, em Santo Antônio do Potengi, realiza o terceiro Maranatha, uma micareta católica, neste final de semana. A abertura foi na sexta-feira, dia 20, com missa, às 20 horas. No sábado, houve missa às 6h30 e programação durante todo o dia, com oficinas, palestras, gincana e terminou com um show louvor e bênção do San ssimo, às 18 horas. O evento termina neste domingo, 22, com três missas, pela manhã: às 5h30, às 9 horas e às 11 horas. Às 14 horas, haverá um arrastão pelas ruas da comunidade, concluindo o evento.

Pascom avalia e planeja ações

Reunião do Conselho Pastoral, em preparação à festa da padroeira

RCC elege nova coordenação Marcos Antônio e Jeone Fernandes são os novos coordenadores do Grupo de Oração Renascer, da Renovação Carismá ca, da Paróquia da Imaculada Conceição, em Nova Cruz. A escolha aconteceu no úl mo dia 16, durante reunião com os membros da

Renovação, na capela da Sagrada Família, no bairro Cidade do Sol. A posse acontecerá dia 4 de janeiro. Na ocasião, também serão anunciados os nomes dos novos coordenadores dos ministérios que compõem a Renovação Carismá ca, em Nova Cruz.

A equipe da Pastoral da Comunicação, da Paróquia da Imaculada Conceição, de Nova Cruz, se reúne neste domingo, 22, às 8 horas, no Centro Pastoral do Catolé. A finalidade é avaliar as ações realizadas em 2013 e elaborar um plano de ação para 2014. A reunião contará com a par cipação do Padre Francisco de Assis Inácio e do Padre Pedro Cunha, respec vamente pároco e vigário paroquial de Nova Cruz. No início da reunião, acontece um momento de oração, conduzido pela Irmã Juliana Pimentel. Segundo o coordenador paroquial, Flávio Luiz, o plano será feito com base no Plano Arquidiocesano da Pastoral, elaborado no úl mo mês de novembro.


6 - A Ordem

22 de dezembro de 2013

Capa

Natal de Jesus Cristo suscita ações solidárias e carita vas Neste período natalino, muitas pessoas se preocupam com os presentes de natal que vão ofertar e receber, com a degustação da ceia de natal, roupas adequadas e até os lugares das fes vidades. Outra boa parte se preocupa em ir às celebrações religiosas nas Igrejas, ou par cipar dos atos sociais. Ao mesmo tempo, as paróquias se ornamentam com os presépios e as árvores de Natal, criando o clima da celebração do Natal do Menino Jesus. Em meio a todos os prepara vos, ainda há gente que se preocupa com o “natal de quem não tem natal”. Na lista de preocupações, estão os moradores em situação de rua, os lavadores de carros e famílias pobres do interior do Estado muitas excluídas das celebrações do Natal do Senhor e dos presentes e ceias. Para que o Natal de Jesus na vida dessas pessoas também esteja presente, alguns grupos de cristãos organizam caravanas, fazem coleta de alimen-

tos, roupas e outros objetos, preparam celebrações, presentes e ceias para os festejos. Algumas a vidades extrapolam as fronteiras das paróquias e até da Arquidiocese de Natal.

Natal solidário O “Natal solidário por um mundo unido e sem exclusões” é realizado há 18 anos pela paróquia de Nossa Senhora da Apresentação, an ga Catedral, através da Pastoral da Comunicação. A ação tem três etapas: na primeira é feita a organização, realização da campanha de coleta das doações e o cadastramento das famílias e pessoas que serão beneficiadas. Na segunda etapa, a equipe faz a triagem e a seleção das famílias que irão receber as cestas básicas. “São priorizados os mais necessitados entre os necessitados”, esclarece Thaísa Vieira, coordenadora do Natal Solidário. A terceira etapa é a execução

da ação junto aos beneficiados, em três momentos. O primeiro é o encontro com os pastoradores de carro, que já aconteceu no úl mo dia 20 deste mês, na Igreja Matriz. Eles par ciparam de um momento de oração, diante do presépio de Natal, conduzido pelo pároco, Pe. Flávio Herculano, fizeram um lanche e receberam uma cesta básica. O segundo momento é com as famílias dos bairros do Passo da Pátria e do Areado. Acontecerá nesta segunda-feira, dia 23, às 19h30, na Matriz de Nossa Senhora da Apresentação, an ga Catedral. Após uma reflexão, é dada a bênção das famílias e das crianças, e são entregues os alimentos. O trabalho já beneficiou mais de três mil famílias, até agora. O terceiro será na noite do Natal, 24 de dezembro, às 22 horas. Esse momento se denomina de “ronda fraterna”. A equipe organizadora do Natal Solidário, cerca de 50 pessoas, se reúne na Matriz, par cipa da Missa do Natal, presidida pelo pároco emérito, Mons. Agnelo Dantas Barreto. Depois, eles saem pelas ruas dos bairros da Ribeira e do centro de Natal, procurando pessoas que dormem nas ruas. A eles, entregam um lanche e agasalhos.

Natal Feliz

Crianças e adultos em su ação de rua, no encontro com a Ronda Fraterna

Neste fim de semana, dias 21 e 22, integrantes da “Caravana Natal Feliz” estarão visitando famílias carentes de comunidades rurais do interior do Rio Grande do Norte, dentro do território da Diocese de Mossoró. Nestes dois dias, os caravaneiros distribuirão 910 cestas básicas, 820 redes de dormir, 820 imaAgendas Paulinas

Feliz Natal! "Desejamos aos nosso clientes, amigos e colaboradores um Natal de paz e alegria e que 2014 venha trazendo saúde e realizações" Rua Cel. Cascudo, 333 Cidade Alta - Natal Fone: (84) 3211-7514 natal@paulus.com.br - www.paulus.com.br

Ouça A voz do Pastor

Se você ainda não tem, ainda dá tempo de adquirir a sua!

Programa do Arcebispo

Dom Jaime Vieira Rocha, de segunda a sábado, às 7h, Rádio Rural de Natal AM 1090

promonatal@paulinas.com. Visite: www.paulinas.org.br R. João Pessoa, 220 Natal - (84)3212-2184


7 - A Ordem

Capa

Jovens do Ágape, de Boa Saúde, após a coleta de alimentos para famílias carentes

gens de Nossa Senhora, 588 brinquedos e lancheiras, 820 lençóis e toalhas, 820 kits de higiene e saúde, mil kits escolares e mais de 5.200 peças de roupas para presentear as pessoas visitadas. A “Caravana” nasceu em 1998, quando foi realizada ela primeira vez, por um grupo de 39 cristãos da paróquia de Nossa Senhora das Graças e Santa Teresinha, do Tirol, em Natal. Em 2011, foi transformada em “Associação Caravana Natal Feliz” e, hoje, já conta com 170 integrantes. A ins tuição hoje é um movimento cristão católico solidário, vinculado à paróquia de Santa Teresinha, e atua de forma con nua, durante o ano, com estudo bíblico, aprofundamento espiritual, a vidades que visam o exercício da humildade e do amor ao próximo. A a vidade ápice da Caravana é a visita às comunidades rurais, no final de cada ano, sempre no final de semana que antecede o Natal. Ao longo do ano, os caravaneiros realizam vários eventos, visando o cul vo espiritual e campanhas de coletas de produtos para as cestas básicas. A primeira a vidade de 2014 é a inscrição dos caravaneiros para o “Natal Feliz” do próximo ano. A inscrição acontecerá no período de 5 a 15 de janeiro de 2014, no

site: www.caravana.org.br.

Semeando Amor Um grupo de 215 jovens da paróquia de Nossa Senhora da Candelária, bairro de Candelária, em Natal, realiza a caravana Semeando o Amor, neste dias 21 e 22, nas cidades de Lajes e Afonso Bezerra. O trabalho é realizado há 7 anos. A meta do grupo, neste final de semana, é visitar cerca de 500 famílias dessas duas cidades. Cada família recebe uma cesta básica, formada com alimentos e materiais coletados durante campanha. “Além de alimentos, brinquedos e roupas, também levamos amor, esperança e caridade, e falamos do nascimento do Menino Jesus às famílias visitadas”, afirma Ana Cláudia, integrante da Equipe Dirigente.

22 de dezembro de 2013 do Arcebispo de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, que deu a bênção final e par cipou do almoço, servido na ocasião. O grupo Ágape, da comunidade de Nossa Senhora da Saúde, da cidade de Boa Saúde, também realiza Natal Solidário. Neste domingo, 22 de dezembro, foram entregues cestas básicas a famílias carentes. A paróquia de Nossa Senhora das Graças e Santa Teresinha, do Tirol, em Natal, realiza o Natal do Senhor Jesus, neste sábado, 21, às 19 horas, em frente à capela de São Judas Tadeu. A ação se des na a pessoas carentes do Parque Floresta, zona norte de Natal, Dinarte Mariz, no Guarapes e Leningrado, ambas no Planalto, zona oeste de Natal. Em Nova Cruz, a Renovação Carismá ca Católica da paróquia da Imaculada Conceição realizou o “Natal sem fome”, para famílias carentes da cidade. Na paróquia de São Pedro Apóstolo, do Alecrim, também foi feita campanha de coleta de alimentos. A distribuição foi feita com ins tuições que atendem a pessoas carentes, inclusive o Abrigo Juvino Barreto.

Outras ações Várias outras paróquias também realizam ações em favo de pessoas carentes, no período natalino. A de São João Ba sta, em Lagoa Seca, Natal, realizou o segundo Natal dos Irmãos em situação de rua, na manhã do dia 15 deste mês. A eles foram entregues roupas, lençóis e sandálias. Contou com a presença

"Natal Feliz", com idosas da zona rural COLÉGIO DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA 61 anos educando com ciência e amor

Dr. Sérvulo Pereira Paulino Dr. Fernando José Vieira de Sousa EXAMES Radiologia Geral, Ultra-sonografias: Mamária, Pélvica, Abdominal, com Doppler Colorido, Transvaginal, Mamografia e Densiometria Óssea.

Horário: de 2ª a 6ª - das 7 às 11 h e das 13 às 17 h Av. Alexandrino de Alencar, 915 - Natal-RN Fone: (084) 3213-1442

Educação Infantil, Fundamental I e II www.cnsfnatal.com.br cnsf.secretaria@hotmail.com financeiro@cnsfnatal.com.br Av. Rodrigues Alves, 646 – Tirol – Natal Fone (84) 3222-2961/ 8765-6214/ 9969-8910


8 - A Ordem

22 de dezembro de 2013

Geral

Missas na Matriz

Missa da misericórdia

Terço dos Homens

Em virtude das reformas na Igreja matriz da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, em Ceará-Mirim, estava programado que as missas aconteceriam no Colégio Santa Águeda, mas, o pároco, o padre Bianor Júnior, informou que mesmo com a reforma, será possível que as celebrações aconteçam normalmente na matriz. De acordo com padre, a equipe de obras está tomando as devidas precauções para que nenhum equipamento ou material interfira no andamento das a vidades.

A Paróquia de Santo Antônio, na comunidade Santo Antônio do Potengi, no município de São Gonçalo do Amarante, promove todo primeiro domingo de cada mês, a missa da misericórdia, na Igreja Matriz. A celebração acontece às 15 horas, seguida de adoração ao santíssimo sacramento. A paróquia é administrada pelos padres da Congregação dos Premonstratenses, tendo como pároco, o Padre Felipe Ânderson Caldas.

A Paróquia de São Pedro Apóstolo, no bairro Alecrim, em Natal, realiza toda sexta-feira, o terço dos homens. A oração acontece a par r das 19h e a par cipação é aberta a toda comunidade.

Expediente no Natal Não haverá expediente no Centro Administra vo e Pastoral da Arquidiocese de Natal (subsolo da Catedral), dias 24 e 25 de dezembro.

Artigo

Não tinha lugar para eles no Shopping “E deu à luz seu filho primogênito, e, envolvendo-o em faixas, reclinou-o num presépio; porque não havia lugar para eles na hospedaria”(Lucas 2,7). Incrível como o Filho de Deus quis fazer-se um de nós. Não apreendemos tão facilmente: o Deus excelso e supremo, altíssimo, o Deus Todo Poderoso fez-se homem. Humano como nós. Igual a nós em tudo, menos no pecado. Fez a sua kenosis. Rebaixou-se. Além disso, nasce não nos palácios do seu tempo, do seu país. Nasce não numa família abastada, mesmo sendo de linhagem real. Jesus Cristo nasce numa pobre família de Nazaré, na Galileia. Nasce pobre entre os pobres. E não pode nascer num lugar descente, digno... Mas num estábulo. Tal situação não aconteceu de forma casual. Jesus Cristo é o Emanuel; o Deus conosco. Ele quis e quer estar conosco. Mas estar, não somente de forma material. Estar não somente de forma humana, como quem está do lado de outra pessoa. Ele quer partilhar da nossa humanidade; quer ser um conosco, compartilhando das nossas esperanças, alegrias, vitórias, lágrimas e problemas. Ele quer ser um de nós. Em outra passagem Ele já nos ensinara: “Em verdade eu vos declaro: todas as vezes que fizestes isto a um destes meus irmãos mais pequeninos, foi a mim mesmo que o fizestes”. Ou: “Todas

ACESSE: www.muticom.com.br CURTA: 8muticom SIGA: @8muticom ADICIONE AO MSN: muticom8@hotmail.com

as vezes que deixastes de fazer isso a um destes pequeninos, foi a mim que o deixastes de fazer” (Mt. 25,40.45). Ele quer fazer parte da nossa história, do nosso tempo. Ele quer ser um de nós. O tão familiar texto bíblico citado no início do parágrafo anterior me faz lembrar as centenas e milhares de crianças, adultos e idosos do nosso tempo que não têm sequer direito a entrar e nem muito menos a comprar nos palácios do consumo dos tempos hodiernos, tão procurados neste período. Muitas vezes, vemos belíssimas ornamentações natalinas nos shoppings. Mas pouquíssimas se lembram do dono da festa: o menino Deus. Talvez, para a maioria de nós que podemos, torna-se algo até corriqueiro ir ao shopping, adquirir algum produto. Mas para muitos não o é. Jesus veio para os marginalizados do seu tempo. Foram eles que o acolheram. Isso me faz pensar. Como esses milhares de irmãos de rua, pobres, “descartáveis” da sociedade de hoje – como nos mostra a V Conferência de Aparecida – vão viver este tempo tão forte e intenso como o Natal? Hoje, cada vez mais, crescem os “moradores de rua”, os pedintes, os limpadores de pára-brisas etc... E o pior é que nos acostumamos com isso. O ser humano acostuma-se com toda a situação. Já vi várias ve-

Assista "Programa Missão de Cristo" aos sábados, às 10h15 da manhã SimTV - Canal 17 www.bandamissaodecristo.com.br

zes, em pleno dia, adultos e crianças dormindo nos canteiros das ruas, nas calçadas. Parece que, infelizmente, vamos nos habituando a essa realidade. Que pena! Sei que mudar tal situação não é algo fácil. A conjuntura social, política e econômica que gera tantas desigualdades em nosso país, traz consigo a globalização da pobreza e até da miséria para muitos. Mas, uma coisa sei que podemos fazer: não nos preocupemos somente com o presente, a roupa nova, o jantar... Não percamos tanto tempo nas filas dos shoppings. Sejamos uma luz a testemunhar a Luz verdadeira, que é Jesus Cristo, onde quer estejamos. Na família, trabalho, no ônibus... Um cartão, uma lembrança, um abraço, um prato de comida, um gesto de acolhimento... Não precisamos de muito para fazer alguém feliz, neste Natal. Sejamos agentes do evento Jesus Cristo para alguém que encontrarmos no relento da vida, neste Natal. Melhor ainda: sejamos Natal, para alguém que ainda não o descobriu, desistiu de fazê-lo, ou não tem como vivê-lo. O melhor presente é aquele que o Pai do céu nos quer dar: seu Filho Jesus Cristo, que quer renascer em nossos corações.

CASA SAGRADA FAMÍLIA ARTIGOS RELIGIOSOS CATÓLICOS EM GERAL AV. FLORIANO PEIXOTO, 381 - LOJA B - TIROL CEP 59020-500 NATAL/RN TELEFAX 84-3211-8646 P o r tr á s d a Ca t e d r a l

Pe. José Nazareno Vieira da Nóbrega Reitor do Seminário de São Pedro

Formando bons cristãos e honestos cidadãos COLÉGIO SALESIANO SÃO JOSÉ LARGO DOM BOSCO, 335 - RIBEIRA NATAL/RN - CEP 59012-530 FONES: (84) 3211-4220 / 1490 FAX: 3611-1027


9 - A Ordem

Entrevista

22 de dezembro de 2013

Campanha da Fraternidade chama atenção para o Tráfico Humano Foto: José Bezerra

“Fraternidade e Tráfico Humano”. Este será o tema da Campanha da Fraternidade 2014, que será vivenciada na Arquidiocese de Natal por meio de ações e encontros que envolvem a sociedade civil organizada, como Polícia Federal, além de órgãos de proteção aos direitos humanos. O jornal A Ordem desta semana conversou com o coordenador arquidiocesano de Campanhas, o Padre João Maria do Nascimento, que falou sobre a importância da temá ca e qual o posicionamento da Igreja Católica em relação ao foco da CF 2014. tráfico de pessoas, envolvendo a questão sexual de homens e mulheres, tráfico de crianças, tráfico de órgãos e o tráfico para o trabalho. Se você observar, são quatro as pontas dessa crueldade que o século XXI vive.

A Ordem - O tema da CF, em 2014 será “Fraternidade e Tráfico Humano”. Qual o significado desta temá ca? Padre João Nascimento: Essa temá ca para a Igreja do Brasil e arquidiocesana é de fundamental importância, porque o tráfico é um ponto, eu diria uma chaga social, em que a dignidade da pessoa humana é agredida. Então, a Igreja, neste ano de 2014, chama-nos a atenção para esse dado social, que muitas vezes está presente e passa despercebido em nossas mentes. A Ordem – De que forma este tema será deba do na Arquidiocese de Natal? Padre João Nascimento: O tema da Campanha da Fraternidade vai ser debado, envolvendo a sociedade civil organizada. Desde então, já estamos vivenciando o encontro arquidiocesano, que foi agora no úl mo dia 19, e nesta reunião esteve presente a Polícia Federal, os Direitos Humanos, tudo para mostrar os principais meios e modos de como o tráfico humano se procede em nossa Arquidiocese e no Brasil. Lembrando que esse tema traz presente na mente das pessoas, algo que foi visto há pouco tempo nos canais de televisão, no caso, uma telenovela, e essa telenovela só falou de um ponto, que foi o tráfico de pessoas; mais um pouquinho à frente falou sobre o tráfico de drogas, e depois falou sobre o tráfico sexual. Mas a gente tem que lembrar que o tráfico vai mais adiante, envolve mais pessoas e tem uma faceta, eu diria que quadrimensional, sendo o

A Ordem – Quando e como será o lançamento da Campanha da Fraternidade 2014, em nível de Arquidiocese? Padre João Nascimento: Na Arquidiocese, estamos preparando o lançamento para o dia 09 de março, às 09h, na Igreja matriz do Beato Ambrósio Francisco Ferro, no Planalto, onde queremos chamar toda a Arquidiocese de Natal para se fazer presente. E você poderia se perguntar, porque o Planalto? Porque nos anos de 1998, 1999, 2000 e 2001 aconteceram casos de desaparecimento de crianças, que ainda hoje con nua um pouco obscuro. As autoridades não têm resposta para tal fatalidade, de que se procedeu e para que se procedeu, e qual o final. Fica ainda essa interrogação e essa chaga aberta no coração das famílias. Antes, no dia 06 de março, nós teremos um momento em que o nosso arcebispo, Dom Jaime Vieira Rocha, fará um café com a imprensa, e aí a gente vai chamar a atenção dos meios de comunicação social para a vivência deste momento, do que é a campanha, para que a campanha e como a campanha vai acontecer em nossa Arquidiocese. A Ordem – Qual a importância da Igreja trabalhar o aspecto do tráfico humano? Padre João Nascimento: A Igreja trabalha esse aspecto e se lança nessa temá ca, até porque é bem interessante. É “Fraternidade e Tráfico Humano” e o lema “É para a liberdade que Cristo nos libertou”, que faz uma reflexão de Gálatas 5,1, tudo isso para mostrar que a pessoa humana está sendo violada; que a dignidade da pessoa humana está sendo colocada de escanteio, porque a primeira coisa que o tráfico faz é roubar

a dignidade. Se você olhar, por exemplo, um tráfico de questão sexual, quando homens ou mulheres são traficados para fora do país, a primeira coisa que fazem é rar o passaporte dessas pessoas; ou seja, fica alguém que não tem referência, não tem iden dade. Quem sou eu? Se você vai ao tráfico de trabalho, você vê a pessoa que foi levada numa propaganda enganosa, de que ela vai se dar bem na vida, e, quando ela chega lá, já está devendo três vezes mais do que aconteceu. Por exemplo, se a passagem custou R$ 150, ela já está devendo R$ 1.500, e nunca vai deixar de dever, porque a alimentação dela é superfaturada. Uma caixa de fósforo, por exemplo, que custa R$ 0,20, é vendida por R$ 2. Então, a preocupação da Igreja é justamente essa: aniquilar, diagnos car e denunciar tais a tudes, res tuindo a pessoa da dignidade que lhe foi roubada. A Ordem – Que gestos concretos a comissão de Campanhas da Arquidiocese de Natal espera alcançar por meio da temá ca da CF 2014? Padre João Nascimento: Nós temos consciência de que não podemos ser os salvadores da pátria. Isso é verdade! Lembremos bem que o tráfico de pessoas está dentro de um contexto de crime organizado, então temos que ter um pouco de cuidado, porque como é organizado, a gente não sabe até onde vai essa ponta do iceberg, que começa quando uma pessoa foi traficada. Tem todo um envolvimento. Mas, nós queremos chamar a atenção da sociedade para que juntos, a Igreja, a sociedade civil organizada, as pessoas de boa vontade, não tratem esse assunto como uma coisa de Igreja. É a Igreja que está indo de encontro às fragilidades da sociedade, e nós pensamos e sonhamos que a Igreja pode dar essa contribuição à sociedade, dizendo que é para a liberdade que Cristo nos libertou, realmente. É para sermos livres, termos o direito de ir e vir a qualquer lugar, e receber e ter a dignidade de pessoa.


10 - A Ordem

A comunidade Granja, no município de Lajes Pintadas, da Paróquia de Nossa Senhora de Lourdes, de Campo Redondo, festejou a padroeira, Santa Luzia, de 4 a 13 de dezembro. No encerramento, no dia 13, às 16h, houve missa solene, presidida pelo Padre Idalmo César.

Fraternidade comemora reconhecimento A Fraternidade Éfeso celebrou missa, em ação de graças, pelo primeiro aniversário do reconhecimento canônico da en dade, que se denomina "Associação Privada de Fiéis de Direito Diocesano", dia 19 de dezembro, às 19h30, na sede da ins tuição. A missa foi presidida pelo Pe. Dalmário Barbalho. Na ocasião, também houve a escolha de novos membros no postulantado da comunidade de aliança.

Emaús promoveu confraternização A Paróquia do Beato André de Soveral, de Emaús, realizou ontem, sábado (21), a confraternização natalina, com agentes de pastorais, movimentos e serviços da Paróquia. O encontro aconteceu no pá o da Igreja matriz e contou com celebração eucarís ca, presidida pelo pároco, o padre Abelardo Freitas.

Devotos par cipam de missa A Paróquia de Santo Antônio de Pádua, no Parque dos Coqueiros, Natal, celebrou a missa dos devotos de Santo Antônio, na Igreja matriz, no úl mo dia 13. A celebração acontece todos os meses, e a tradição é a entrega de alimentos a famílias carentes, com doações dos fiéis. Ajude o Seminário de São Pedro através de doações na conta de energia.

Fone: (84) 3615-2819 Fax: (84)3615-2821 campanha@seminario saopedro.org.br

Extremoz realizou encontro do dízimo A Pastoral do Dízimo da Paróquia de São Miguel Arcanjo, de Extremoz, realizou no úl mo domingo (15), um encontro paroquial para agentes de pastorais, movimentos e serviços. A reunião contou com a par cipação de mais de 80 pessoas. A equipe arquidiocesana do Dízimo

par cipou da formação, falando sobre a importância da espiritualidade do agente de pastoral e a importância da visita às famílias. O encontro encerrou com a celebração eucarís ca, presidida pelo administrador paroquial, o padre João Pedro Sobrinho Filho.

Foto: Ednaldo Guedes

Comunidade festejou Santa Luzia

22 de dezembro de 2013

Virou notícia

Encontro foi concluído com uma celebração eucarís ca

Taipu realiza Assembleia Pastoral A Paróquia de Nossa Senhora do Livramento, de Taipu, realizou no úl mo sábado (14), a assembleia pastoral paroquial. O encontro aconteceu na Escola Profa. Clo lde de Moura Lima, e reuniu agentes de pastorais, movimentos e servi-

ços da Paróquia. A programação contou com celebração eucarís ca, show louvor e palestra, encerrando com almoço de confraternização. Na oportunidade, foram avaliadas as a vidades de 2013 e planejadas as ações para o próximo ano.

Bom Pastor fez assembleia pastoral

Reciclázaro visita Ceará-Mirim

A Paróquia de Jesus Bom Pastor, no bairro Bom Pastor, em Natal, realizou no úl mo domingo (15), a 7ª assembleia pastoral paroquial, para a avaliação das ações realizadas em 2013 e planejamento das a vidades para 2014. O encontro teve início com a celebração eucarís ca, seguida de palestra, com assessoria do padre Paulo Henrique, coordenador do curso de Teologia, da Faculdade Dom Heitor Sales (FAHS). Mais de 60 agentes de pastorais, movimentos e serviços da paróquia par ciparam da assembleia.

O fundador da Reciclázaro, de São Paulo, Padre José Carlos, juntamente com outras pessoas da ins tuição, esteviveram em Ceará-Mirim, dias 11 e 12 de dezembro. Na ocasião, par ciparam de uma audiência envolvendo o Ministério Público e o Abrigo de Idosos São Vicente de Paulo, pertencente à Paróquia de Nossa Senhora da Conceição. Segundo Padre Bianor Júnior, será feita uma carta de intenção na perspec va de construir uma nova sede para o Abrigo, em parceria com a Reciclázaro.

Ouça "RITMO PASTORAL”, de segunda a sexta, às 13h30, e, aos sábados, às 7h Rádio Rural de Natal AM1090 http://blog.cancaonova.com/natal/

PACOTE PARA REVEILON

Centro de Treinamento de Ponta Negra João 30/12/2013 a 01/01/2014 (pernoite e café da m Apartamentos: single - R$ 300,00 / Duplo - R$ Triplo - R$ 465,00 / Quádruplo - R$ 570, Quíntuplo - R$ 630,00 Depósito de 50% do valor até 15/11 para con reserva Ligue: (84)3641-3366 / 3641-3339 / 9813-9358 / 8


II ) 00

r

320

11 - A Ordem

22 de dezembro de 2013

Geral

Fique por dentro

Correio do clero

Parabéns

Pe. Valdir Cândido de Morais

Aniversário natalício: . 25/12 - Diác. José Bezerra - Coordenação Arquidiocesana da Pastoral da Comunicação . 26/12 - Pe. José Sílvio de Brito - Pároco da Paróquia de Santa Maria Mãe - Conjunto Santa Catarina - Natal . 28/12 - Pe. Valdir Cândido de Morais - Pároco da Paróquia da Catedral Aniversário de ordenação: . 26/12 - Pe. Tomás Silveira Neto - Pároco da Paróquia do Beato Mateus Moreira - Cidade Verde - Parnamirim

Ecônomo da Arquidiocese de Natal

Férias cole vas

Arquidiocese ganha oito diáconos permanentes Edson Araújo, Emanoel Freitas, Eugênio Lima, Fabiano Ribeiro, Fábio Esteves, Jailton Fernandes, José Kléber e Ricardo Cabral foram ordenados diáconos permanentes, no úl mo dia 14, na Catedral Metropolitana. Na ocasião, o arcebispo, Dom Jaime Vieira Rocha, ordenou também dois sacerdotes e um diácono transitório, pertencentes à Associação Filhos de Santana. Foto: José Bezerra

As férias cole vas podem ser concedidas a todos os empregados de uma empresa ou de determinados estabelecimentos ou setores da empresa, ou seja, não há férias cole vas sem a abrangência de pelo menos um setor inteiro da empresa. O empregador deverá comunicar ao órgão local do Ministério do Trabalho e Emprego, com antecedência mínima de 15 dias, as datas de início e fim das férias, informando quais são os setores ou estabelecimentos da empresa que serão abrangidos pela medida. Em igual prazo, deverá enviar cópia da referida comunicação aos sindicatos representa vos da respec va categoria sindical. É dever do empregador, ainda, providenciar a afixação de aviso nos locais de trabalho a respeito das férias cole vas. Os empregados contratados há menos de 12 meses gozarão, na oportunidade, férias proporcionais, iniciando-se, então, novo período aquisi vo. Colaboração: Ivaneide Ferreira, CONTAB/

h Viva bem

Alimentação infan l As crianças, a cada dia, se distanciam da alimentação saudável e nutri va, preferindo alimentos industrializados que, muitas vezes, não possuem os nutrientes necessários para manter o funcionamento saudável do corpo. A obesidade infan l já é um problema de saúde pública. A alimentação errada compromete o crescimento e o desenvolvimento, provocando consequências permanentes. Na idade pré-escolar, portanto, na infância, os bons hábitos alimentares devem ser regra e con nuar na adolescência e idade adulta. A prevenção de algumas doenças degenera vas do adulto começa na infância.

* E-mail: economato@arquidiocesedenatal.org.br Bianca Noivas e Noivos Decorações e eventos (84)3661-5876 8853-5788 9954-6693 biancanoivas@gmail. com Av. Tomás Landim, 2603. Igapó - Natal-RN biancanoivas.blogspote.

Passa tempo

Dra. Márcia Roque Braz de Araújo Nutricionista, Natal/RN

O médico e o mecânico Um mecânico está desmontando o cabeçote de uma moto quando vê na oficina um cirurgião cardiologista muito conhecido. Ele está olhando o mecânico trabalhar. O mecânico para e pergunta: - Hei, doutor, posso lhe fazer uma pergunta? O cirurgião, um tanto surpreso, concorda e vai até a moto na qual o mecânico está trabalhando. O mecânico se levanta e começa: - Doutor, olhe este motor. Eu abro seu coração, tiro válvulas, conserto-as, ponho-as de volta e fecho novamente, e, quando eu termino, ele volta a trabalhar como se fosse novo. Como é então que eu ganho tão pouco e o senhor tanto, quando nosso trabalho é praticamente o mesmo? O cirurgião dá um sorriso, se inclina e fala baixinho ao mecânico: - Tente fazer isso com o motor funcionando!

ASSINE O JORNAL A ORDEM

ABASTECENDO NO POSTO, VOCÊ ESTÁ CONTRIBUINDO COM O “SEMINÁRIO DE SÃO PEDRO” - QUALIDADE MUNDIAL SHELL Rua Apodi, 520 - Tirol Vizinho ao Seminário de São Pedro

Procure a equipe da Pascom, em sua Paróquia, ou a coordenação arquidiocesana INFORMAÇÕES: pascom@arquidiocesedenatal.org.br (84) 3615-2800


12 - A Ordem

João Câmara faz assembleia

22 de dezembro de 2013

Paróquia realiza dedicação do altar Acontece neste domingo (22), a celebração da dedicação do novo altar da Igreja matriz de Santa Rita de Cássia dos Impossíveis, no bairro Ponta Negra, em Natal. A celebração inicia às 08h e será presidida pelo arcebispo metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha. Recentemente, a Igreja passou por reformas de infraestrutura. A Paróquia de Santa Rita de Cássia dos Impossíveis tem como pároco o Padre Alcimário Pereira da Silva.

Imagem do novo altar de Santa Rita

Teto de matriz recebe novos quadros Os quadros do Sagrado Coração de Jesus e Santa Águeda se juntaram ao da Imaculada Conceição, no teto da nave central da matriz de Nossa Senhora da Conceição, de Ceará-Mirim. Na úlma terça-feira (16), foi erguido o quadro do Sagrado Coração de Jesus, com auxílio dos membros do Apostolado da Oração. Na quarta foi a vez do quadro

de Santa Águeda, primeira padroeira da cidade, erguido com a ajuda das Irmãs Franciscanas, de Nossa Senhora do Bom Conselho, responsáveis pelo colégio de Santa Águeda, além dos alunos da escola. As obras são de autoria do ar sta cearamirinense, Júlio Siqueira, que também integra a Juventude Franciscana (JUFRA).

Foto: Zezinho

Foto: José Bezerra

A Paróquia de Nossa Senhora Mãe dos Homens, de João Câmara, está realizando desde ontem, sábado, a assembleia pastoral paroquial. A programação de sábado contou com uma palestra, enfocando o tema “A renovação das paróquias e da Igreja”, que teve como palestrante, o padre Edvaldo Brito, pároco de Touros. As a vidades seguem neste domingo (22), com momentos de oração, apresentação dos novos coordenadores de pastorais e movimentos, avaliação das ações de 2013 e planejamento do calendário pastoral para 2014. Os trabalhos estão sendo coordenados pelo pároco, o padre Fábio Pinheiro, e pelo vigário paroquial, o padre Gilvan Santos.

Notícias

Pe. Fábio Pinheiro, pároco

Santa Maria Mãe avalia e planeja Coordenadores de pastorais, movimentos e serviços, da Paróquia de Santa Maria Mãe, no Conjunto Santa Catarina, na zona norte de Natal, participam de assembleia pastoral, neste domingo, 22, das 8 às 17 horas. A assembleia, coordenada pelo Padre José Sílvio de Brito, acontece no Centro Pastoral da Paróquia São João Bosco, no Gramoré. Durante a reunião, será feita uma avaliação das ações desenvolvidas em 2013 e elaborado um plano para ser executado no próximo ano.

A par r de agora, a Matriz de Ceará-Mirim conta a imagem do Sagrado Coração de Jesus, no teto

Espírito Santo realiza Assembleia Pastoral A Área Pastoral de Nossa Senhora da Piedade, em Espírito Santo, realiza neste domingo (22), a assembleia pastoral paroquial, com a proposta de avaliar as a vidades realizadas em 2013 e traçar metas de ação para 2014. A reunião acontece das 09h às 15h, na Escola Esta-

dual Prof. João Maria Dias, e pretende reunir coordenadores de pastorais e movimentos, além de representantes das capelas que integram a Área Pastoral. Os trabalhos serão coordenados pelo responsável da Área Pastoral, o padre Marcelo Araújo.


A ordem 22 12 2013  
Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you