Issuu on Google+

A Ordem

Arquidiocese de Natal - Ano XLI - N0 20

Natal-RN, 19 de maio de 2013

Jovens dizem porque buscam o Sacramento do Matrimônio

Foto: Natália Melo

Exemplar avulso: R$ 1,00

Quais são as ações desenvolvidas pelo Serviço de Assistência Rural - SAR, da Arquidiocese de Natal? Quem responde a esta e outras perguntas é o presidente do órgão, Padre Robério Camilo da Silva. PÁG. 9

Dom Jaime ordena seis presbíteros Seis diáconos da Arquidiocese de Natal serão ordenados presbíteros, pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Jaime Vieira Rocha, dia 11 de junho, às 17h, na Catedral. PÁG. 3 Foto: Cacilda Medeiros

Ação do SAR provoca impactos e enfrenta desafios

Foto: José Bezerra

Adriano Israel e Raquel Rangel (foto, ao lado), residentes na cidade de Ceará-Mirim, celebraram o Sacramento do Matrimônio, dia 26 de janeiro deste ano. Para eles, o período de três anos e cinco meses de namoro e noivado foi de preparação para o Sacramento. “Durante todo o período do namoro buscamos desenvolver entre nós o hábito do diálogo e fomos aprimorando também momentos de oração, que fazíamos semanalmente. Era um momento ainda mais direcionado para ouvirmos o que Deus queria para nossas vidas e de par lha sobre o que cada um de nós pensávamos e ansiávamos”, contam. Assim como Adriano e Raquel, mesmo em meio à "modernidade", jovens casais se preparam e buscam a verdadeira a celebração do Sacramento do Matrimônio. Leia mais nas páginas 6 e 7.

Infância Missionária comemora 170 anos O Arcebispo, Dom Jaime Vieira Rocha, preside missa ação de graças pelos 170 anos da Infância Missionária, neste domingo, 19, às 11 horas, na Catedral Metropolitana de Natal. Desta celebração participam os grupos das paróquias de Natal e região metropolitana. PÁG. 12

Foto: Cacilda Medeiros

Da esq.: Diáconos Wilson, Pedro, Manoel, Joseilson, Inácio e Ney

A equipe de coordenação da Pastoral da Comunicação, na Arquidiocese de Natal, vem cumprindo um calendário de visitas às paróquias, desde o mês de março. Neste final de semana, três paróquias recebem visita da coordenação da Pascom. PÁG. 12 Foto: Aldo Costa

Coordenação da Pascom visita paróquias


Ordem Editorial

Princípio eterno Qual é a idade do ser humano, na face da terra? Não se tem uma resposta precisa. A narração bíblica diz que a criatura humana surgiu junto com as “coisas do mundo”, criadas por Deus, desde o “princípio”. Nas duas narrações da criação, no livro das origens, o homem e a mulher são “gerados” por Deus(cf Gn 1 e 2). É, também, do livro do Gênesis, que vem a origem do casamento, no sen do cristão: “... o homem deixa o seu pai e a sua mãe para se unir à sua mulher” (cf. Gn 2,24). Isso é próprio da sabedoria divina: a eternidade das “coisas criadas”. Os tempos passam, mas esse princípio da união dos gêneros permanece atual. Mudaram, com certeza, as formas, as prá cas, mas o princípio permanece: o homem e a mulher deixam as casas de seus respecvos familiares e cons tuem uma nova família. Hoje, começa com o “namoro”, prossegue com o “noivado” e avança com o “casamento”. No sen do cristão, essa união se dá pelo Sacramento do Matrimônio, com o “sim” consensual, livre e desimpedido de qualquer chantagem. Humens e mulheres con nuam “colaborando” com Deus na obra da criação.

19 de maio de 2013

Ordem

Palavra do Arcebispo

EXPEDIENTE Dom Jaime Vieira Rocha

Jornal Semanal da Arquidiocese de Natal

Pentecostes: o Espírito Santo e a unidade da Igreja Queridos irmãos e irmãs! No domingo de Pentecostes a Igreja celebra o envio do Espírito Santo aos discípulos e discípulas de Jesus. Cinquenta dias depois da Ressurreição, o Senhor Jesus, de junto do Pai ou o Pai por meio de Jesus envia o Espírito Santo, que fora prometido por Jesus durante a última ceia (cf. Jo 14,16s.26; 15,26; 16,13). O Espírito Santo tornará a missão de Jesus atual e presente na vida dos seus seguidores. Ele ficará sempre conosco. O Pai envia o Espírito para que permaneçamos com ele, para que vivamos unidos a Deus. É Ele quem faz possível que o ensinamento de Jesus, o Evangelho, seja conhecido e nunca esquecido. Também o Espírito Santo dará o testemunho de Jesus para que nós o sigamos, e o seu testemunho é verdadeiro, pois Ele é o Espírito da Verdade, e nos guiará em toda a verdade. Na fé da Igreja nós reconhecemos que o Espírito de Deus pairava sobre as águas, conforme Gn 1,2. A criação acontece por meio dele e do Filho, segundo a imagem do qual o homem e a mulher foram criados (Gn 1,26s). O Espírito Santo agiu nos patriarcas, nos juízes, nos sacerdotes, nos profetas, nos reis e será, sobretudo, no Messias que ele habitará. Jesus foi concebido por obra do Espírito Santo, nasceu da virgem Maria e no batismo de João recebeu o Espírito para proclamar a boa nova (cf. Lc 3,21-22 par. Cf. Lc 4,18-21, citação de Is 61,12). Jesus sempre agiu com o Espírito Santo, principalmente revelando que por meio dele expulsava os demônios, exultou no Espírito por causa da ação reveladora aos pequenos, mas sobretudo nos capítulos 13 a 16, do Evangelho de São João, apresenta a promessa do Espírito Santo aos seus seguidores, a fim de que permaneçam na unidade do chamado e do anúncio da salvação. Ele entrega o Espírito aos apóstolos no dia mesmo da Ressurreição (cf. Jo 20,19-23). E, no dia de Pentecostes, a efusão do Espírito Santo dá início à vida pública da Igreja com o anúncio de Pedro e a ação dos outros apóstolos, como podemos ver no livro dos Atos. A Igreja, por isso mesmo, chamada de “apostólica”, vive desta experiência da presença e da ação do Espírito Santo. É esta presença que torna possível a unidade da Igreja. Reconhecendo que o Espírito Santo é quem faz a unidade da Igreja, diferentemente do que ocorreu em Babel com a confusão das línguas, a Igreja, particularmente no hemisfério sul, celebra na semana da Festa da Ascenção até a Solenidade de Pentecostes, a Semana de oração pela unidade dos cristãos. O Espírito Santo, Aquele que suscita em nós a fé, é quem guia a Igreja para a sua unidade que deve resplandecer a unidade trinitária. Devido a acontecimentos históricos a Esposa de Cristo vive a chaga da desunião. Mas, em atenção e imitação do gesto de Cristo (cf. Jo 17) a Igreja não cessa de clamar ao Pai: que todos sejam um (=ut unum sint, Jo 17,11.22). Convoco a todos para que rezem sempre pela unidade dos cristãos. Procurem viver a fé de tal modo que ela não seja motivo de ódio ou desprezo aos irmãos e irmãs de outras igrejas e comunidades eclesiais. A fé em Cristo e nos mistério da Trindade Santa nos une, porque somente ela nos salva.

Endereço: Pastoral da Comunicação Av. Floriano Peixoto,674 Tirol 59020-500 - Natal-RN pascom@arquidiocesedenatal. org.br

www.arquidiocesedenatal. org.br Twitter: @arqnatal Fone: (84) 3615-2800 Fax: (84) 3615-2800 Conselho Editorial: Pe. José Nazareno, Pe. Vicente Laurindo, Pe. Matias Soares, Pe. Edilson Nobre, Diác. José Bezerra, Vital Bezerra, Milton Dantas, Cacilda Medeiros e Luiza Gualberto. Edição, redação e diagramação: José Bezerra (DRT-RN 1210) / Cacilda Medeiros (DRT-RN 1248) / Luiza Gualberto (DRT-RN 0901752) Revisão: Milton Dantas (LP 3.501/RN) Colaboradores: Rede de Comunicadores da Arquidiocese de Natal Impressão: RN Econômico - Fone: (84) 3201-2630 Tiragem: 1.600 exemplares Assinaturas: Com as coordenações paroquiais da Pastoral da Comunicação ou na redação do Jornal, no Centro Pastoral Pio X - Av. Floriano Peixoto, 674 - Tirol - Natal/RN

A CASA DO TERÇO TEM PARA VOCÊ *Mutirão de ESCUTA E ACONSELHAMNETO - toda 6ª feira

*MANHÃ COM MARIA, no úl mo domingo de maio *Exposição do San ssimo, diariamente, das 9 às 17h *AÇÃO SOCIAL - Áreas de Saúde e Jurídica Seja sócio colaborador - DEUS PROVÊ ATRAVÉS DE VOCÊ www.casadoterco.org - Fones: 3211-3975 / 88866510 Av. Rio Branco, 818 - Cidade Alta - Natal-RN


Ordem

Notícias

Dom Jaime ordena seis presbíteros Seis diáconos da Arquidiocese de Natal serão ordenados presbíteros, pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Jaime Vieira Rocha, dia 11 de junho, às 17h, na Catedral. Serão ordenados padres: Francisco Ney Lopes, Inácio Lopes Filho, Joseilson de Oliveira, Manoel Alaíde da Silva, Pedro da Cunha Júnior e Wilson Alves de Oliveira. Eles definiram local e data em que presidirão a primeira missa. Pe. Os seis diáconos que serão ordenados Padres. Francisco Ney presidirá no dia 14 de junho, Pe. Manoel Alaíde, dia 12 de junho, às às 19h, na Matriz do Divino Espírito Santo, 19h, na Igreja da Imaculada Conceição, em Vera Cruz; Pe. Inácio Lopes, dia 15, às Lagoa Salgada; Pe. Pedro Cunha, dia 17, às 18h, na Matriz de Nossa Senhora da Con- 19h, na Igreja de São José, em Angicos, e ceição, em Pau dos Ferros; Pe. Joseilson Oli- Pe. Wilson Alves, dia 18 de junho, às 19h, veira, dia 13, às 19h, na Igreja de São João na Igreja de Santa Luzia, Comunidade Bosco, no Gramoré, zona norte de Natal; Cobé, no município de Vera Cruz.

Missão vai a Monte Alegre A “Missão São João”, realizada mensalmente, no dia 24 de cada mês, por fiéis da paróquia de São João Ba sta, de Lagoa Seca, Natal, será realizada excepcionalmente no dia 25, neste mês. A missão constará de uma visita à Casa de Recuperação de Dependentes Químicos, no município de Monte Alegre. Os fiéis sairão da Igreja Matriz de São João, às 14h, com des no a Monte Alegre.

Agenda do Arcebispo 19/05 - 11h30, missa com a CRB Núcleo de Natal, na comunidade dos Filhos de Santana, Av. Prudente de Morais. 15h, Par cipação no Encontro de Pentecostes, na casa Rainha da Paz 19h, Missa de Pentecostes, na Catedral 20/05 - 11h, Almoço do Clero - Emaús (Após o almoço encontro com os padres até 5 anos de Ordenação) 21/05 - 09h, Atendimento - Cúria 19h, Reunião do Conselho Econômico 22/05 - 15h, Santa Cruz - Encerramento da Festa de Santa Rita de Cássia 23/05 - Viagem a Caicó para a Reunião da Província Eclesias ca do RN 24/05 - 10h, Visita ao Seminário de São Pedro 19h - no Bom Pastor, missa de Ordenção Diaconal do Ir. Antonio Eduardo 25/05 - 9h, encontro do II Zonal, em Mirassol 19h, Crisma, em Touros.

19 de maio de 2013

Tibau do Sul organiza festa do padroeiro O responsável pela Área Pastoral de Santo Antônio de Lisboa, de Tibau do Sul, Pe. Luiz Paulo, e os fiéis, iniciam os prepara vos para a festa do padroeiro, que será celebrada de primeiro a 13 de junho. Em recente reunião com os coordenadores de pastorais e movimentos da Área Pastoral, o Pe. Luiz Paulo definiu a maior parte das a vidades da fesa, inclusive o novenário, que contará com a presença de padres convidados. No dia 6, a novena será presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha.

Semana missionária marca aniversário sacerdotal Fiéis e agentes graças, às 19h30, na Mapastorais da paróquia triz de Nossa Senhora da de Nossa Senhora da Pureza. Pureza, da cidade de Segundo a arPureza, realizam uma culadora paroquial, Semana Missionária Lucimar Oliveira, os misVocacional, de 28 de sionários par ciparam maio a 01 de junho. de re ro de preparação, O evento está sendo neste sábado, dia 18 de organizado com o obmaio. Eles receberão je vo de celebrar os missionários de outras 10 anos de ordenação dioceses e paróquias sacerdotal do adminisdos Regionais Nordeste trador paroquial, Pe. I, II e III. “Eles vivenciaEdvaldo Alexandre de rão um tempo forte de Brito. O aniversário de Pe. Edvaldo, da paróquia de Pureza evangelização na paordenação ocorre exaróquia, com a vidades tamente no dia 01 de junho, o úl mo da prioritariamente direcionadas para as Semana Missionária Vocacional. Nes- crianças e os jovens de uma Igreja que se dia, haverá Liturgia das Horas, às 6 vive em estado permanente de missão”, horas; O cio da Imaculada Conceição, afirma o Administrador Paroquial, Pe. Edàs 12 horas; e missa solene em ação de valdo.

A vidades mobilizam fiéis de São José Três eventos mobilizam a Paróquia de Santana e São Joaquim, de São José de Mipibu, nestes dias. Neste domingo, 19, acontece a festa de Pentecostes. A par r das 14 horas, na Igreja Matriz, há louvor, pregação, formação e adoração ao San ssimo Sacramento. Às 19 horas, há celebração eucarís ca, que também será em ação de graças pelo aniversário natalício do pároco, Padre Ma as Soares. No próximo dia 25, será realizada uma carreata, saindo da Comuni-

dade Arenã, às 18h, com des no à Igreja Matriz, onde será celebrada missa. Logo após a missa, no Centro Social, haverá um jantar, organizado pela coordenação do Encontro de Casais com Cristo – ECC. Segundo o pároco, há mais de 60 anos, a Paróquia promove, anualmente, a procissão dos motoristas. Já, no dia 30, a Paróquia celebra Corpus Chris , com exposição do Sanssimo Sacramento, na Igreja Matriz, a par r das 7 horas. Às 17h, haverá missa e procissão pelas principais ruas da cidade.


4 - A Ordem

A Igreja

88

19 de maio de 2013

Comentário Litúrgico Pe. Edilson Soares Nobre, Vigário Geral e Assistente Eclesiás co da Pascom (solenidade de Pentecostes) At 2, 1-11 / Sl 103 / 1Cor 12, 3b-7.12-13 / Jo 20, 19-23

Recebei o Espírito Santo Imaginemos os Apóstolos naquele dia da Ascensão de Jesus. Ele desapareceu dos seus olhos e disse: “ide, pregai o meu Evangelho, ba zai... (Mt 28,19). Palavras decisivas e comando preciso. Mas aqueles pobres homens devem ter pensado: “E onde vamos? Quem acreditará em nossas palavras? Certamente, eles devem ter recordado estas palavras de Jesus: Não vos deixarei órfãos. Vos mandarei um Consolador que permanecerá convosco para sempre...”(Jo 14,18). Pensado nesta promessa, os Apóstolos se fecharam no cenáculo à espera da realização da promessa. Tiveram medo. Medo, porque já nham experimentado os próprios limites. De fato recordavam de ter fugido do Horto das Oliveiras e de ter deixado Jesus só. Medo, porque recordavam que

um deles o havia traído..., e o primeiro deles, Pedro, havia renegado o mestre por três vezes. Tinham medo! Por isso oravam no cenáculo. Finalmente, tornaram-se humildes, começaram a crer verdadeiramente que sem Jesus e sem o seu Espírito, não podiam fazer nada. Vem o Pentecostes! Improvisamente receberam o dom do Espírito de Jesus e ficaram plenos de consolação, tornaram-se corajosos, se sen ram destemidos para o anúncio da Verdade. Pedro, que um dia tremeu diante da pergunta de uma serva, agora fala publicamente na praça em Jerusalém e grita a sua fé: “Jesus, que vós o crucificaste, ressuscitou!” (At 2,23). Inicia a época do mar rio, a época do “sangue” doado pela fé. Mas, Pentecostes é um fato do passado ou é ainda possível? Um raciocínio simplíssimo: se a Igreja de Jesus

deve levar a Boa Nova a todos os povos e em todos os tempos, evidentemente a promessa de Jesus permanece válida em todas as épocas. Disse Jesus a seus Apóstolos: “Como o Pai me enviou, assim eu vos envio” (Jo 20,21). As palavras de Jesus valem todos os dias, em qualquer uma das situações em que vivermos. Somente o Espírito pode dar-nos a luz para entendermos a entrega de Cristo e pode fazer-nos sen r a alegria de viver para Ele. Jesus diz também: “recebam o Espírito Santo. A quem perdoardes os pecados, serão perdoados; a quem não lhes perdoardes, não serão perdoados”(Jo 20,22-23). Jesus não quer dizer que a sua Igreja há o poder quase caprichoso de perdoar quando e como quer. Também a Igreja está sob o juízo da Palavra e ela (a Igreja) sabe bem disso. Ele recorda contemporaneamente que a sua Igreja é feita de pecadores em con nua conversão.

Doutrina da Igreja

A Celebração da Fé no Catecismo da Igreja Católica (I) A Segunda Parte do Catecismo da Igreja Católica é denominada A Celebração do Mistério cristão. Ela tratará, após a apresentação da Profissão de Fé, da Liturgia e dos Sacramentos, que compreenderá as duas seções: a Economia sacramental e os sete Sacramentos da Igreja. Se na Primeira Parte o Catecismo tratou da Fé professada e seus desdobramentos, na Segunda Parte o Catecismo apresentará como a Fé professada �� celebrada na vida da Igreja, principalmente através dos Sacramentos. Na Liturgia a Igreja celebra o mistério pascal pelo qual Cristo realizou a obra da nossa salvação: obra de revelação do mistério de Deus, criador do mundo e do homem, que envia seu Filho, concebido por obra do Espírito Santo, e que através de sua vida, segundo o Espírito, e da paixão, morte e ressurreição instaura o Reino de Deus, que significa a salvação de todos os homens e mulheres. São Paulo denomina esta realidade de “mistério”, e os Padres da Igreja de “Eco-

nomia da Salvação”. Para estes escritores e santos dos primeiros séculos, a Igreja nasce do lado aberto de Cristo pela lança do soldado, de onde jorraram sangue e água, sinais do Ba smo e da Eucaris a, a fonte de vida da Igreja. Isto significa que toda a realidade da Igreja nasce como sacramento, isto é, a Igreja vive da ação do Espírito de Deus que a envolve em seu mistério de amor. Por isso, as realizações próprias da Igreja são os Sacramentos celebrados na Liturgia. Com efeito, a Liturgia, pela qual, principalmente no divino sacri cio da Eucaris a, “se exerce a obra de nossa redenção...” (CONCÍLIO VATICANO II, Cons tuição sobre a Liturgia, Sacrosanctum Concilium 2), leva os fiéis a viverem e darem testemunho de Cristo no mundo (CIC 1068). O Catecismo ressalta a definição de “liturgia” como “obra pública”, “serviço da parte do povo em favor do povo”. Mas, a tradição cristã enfa za que na Liturgia o povo de Deus toma parte na obra de Deus, e mais, por meio da Litur-

gia Cristo con nua em sua Igreja, com ela e por ela, a obra de nossa redenção (cf. CIC 1069). É significa vo que o Catecismo apresente como no Novo Testamento liturgia não signifique apenas celebração do culto divino, mas também o anúncio do Evangelho e a caridade em ato (CIC 1070). Nela, a Igreja se faz serva à imagem do seu Senhor: é par cipação no seu sacerdócio (culto) profé co (anúncio) e régio (serviço de caridade). Assim, magistralmente, afirmará o Concílio Va cano II: toda a celebração litúrgica, como obra de Cristo sacerdote e de seu corpo que é a Igreja, é ação sagrada por excelência, cuja eficácia, no mesmo tulo e grau, não é igualada por nenhuma outra ação da Igreja (SC 7). Na Segunda Parte o Catecismo desenvolverá esta doutrina de que a Liturgia é, em primeiro lugar, obra de Cristo em favor dos homens e das mulheres. Pe. Paulo Henrique da Silva - @pepaulonatal Professor de Teologia da Faculdade Dom Heitor Sales


5 - A Ordem

19 de maio de 2013

Notícias

Pastoral da Sobriedade oferece capacitação A Pastoral da Sobriedade, coordenada pelo Pe. Robério Camilo, realizará curso de capacitação de agentes pastorais, de 24 a 26, na Escola Estadual Jessé Pinto Freire, localizada na praça Cívica, em frente ao Palácio dos Esportes. O obje vo é capacitar novos agentes para atuarem na Pastoral da Sobriedade, visando a implantação desta pastoral

Pe. Robério, coord. da Pastoral da Sobriedade

nas paróquias. Para implantar a Pastoral, a paróquia precisa ter, no mínimo, quatro pessoas capacitadas. Os organizadores do curso estão disponibilizando 100 vagas e cada paróquia poderá enviar 4 pessoas. A inscrição pode ser feita até o primeiro dia do curso e custará R$ 50,00 por pessoa, para cobrir despesas com alimentação. A prioridade é para as paróquias que se inscreverem primeiro. Os nomes das pessoas deverão ser enviados para o e-mail: roberiocamilo@gmail.com ou comunicado por meio dos telefones: 9984-6460 e 9619-9672. A implantação da Pastoral da Sobriedade nas paróquias é uma das metas do Plano Pastoral da Arquidiocese de Natal, dentro da urgência "Igreja a serviço da vida plena para todos".

Juventude de Arez celebra Pentecostes A paróquia de São João Ba sta, da cidade de Arez, realiza o primeiro "Clamando Pentecostes", neste domingo, 19 de maio, a par r das 14h30, no Ginásio do colégio Clidenor Lima. O evento é organizado pelo setor Juventude, da paróquia, e terá três momentos: palestras, com louvor e adoração ao San ssimo Sacramento; Caminhada da Juventude, percorrendo as ruas da cidade, animada pela Banda Solidéo, até chegar a Matriz, onde serão rezados os mistérios gloriosos do Rosário; e missa, às 19h, na Matriz, encerrando as a vidades, presidida pelo pároco, Pe. Aerton Sales da Cunha. Na semana passada, de 8 a 12

Igreja Matriz de São João Ba sta, de Arez

de maio, a paróquia celebrou tríduo e ação de graças, pelos 255 anos de criação. Nesses dias, houve recitação do Rosário, exposição histórica sobre a vida da paróquia, procissão e missa.

Marianos celebram 450 anos A Congregação Mariana Nossa Senhora da Conceição e São Tarcísio, da Paróquia de São Pedro, no Alecrim, Natal, vive as comemorações alusivas aos 450 anos de fundação da Congregação, em nível mundial. Neste domingo, 19, às 6h30, na Igreja Matriz de São Pedro, a Congregação presta homenagem ao assistente eclesiás co, Padre Raimundo Lopes. Ele acompanha o grupo há 40 anos. Após a missa, haverá um momento de confraternização entre os integrantes da Congregação.

Beato Anchieta terá festa em Lagoa Nova A Paróquia do Bem Aventurado José de Anchieta, no bairro de Lagoa Nova, em Natal, definiu a programação da festa do padroeiro, que acontecerá dia primeiro a 9 de junho. O novenário será celebrado na Igreja Matriz e nos setores da Paróquia, com a peregrinação da imagem do padroeiro. A programação sócio-cultural será desenvolvida em frente à Igreja Matriz, com shows e barracas com venda de comidas regionais e artesanato. A Paróquia também recolhe relatos de graças alcançadas através da intercessão do Bem Aventurado José de Anchieta. As pessoas que alcançaram graças podem enviar o relato para a Secretaria Paroquial. Os relatos serão enviados à Comissão, na CNBB, responsável pelo processo de canonização do Beato.

Ponta Negra festeja Santa Rita de Cássia A comunidade do Conjunto Ponta Negra, zona sul de Natal, festeja a padroeira, Santa Rita de Cássia dos Impossíveis, no período de 17 a 26 de maio. Neste período, diariamente, às 6h, há reza de missa com laudes; às 12h, reza do O cio de Nossa Senhora; às 15h, coroa de Santa Rita; das 15 às 18h, atendimento de confissões, e, às 19h, novena. Neste domingo, 19, pela manhã, a missa é celebrada às 8 horas. Na programação sócio-cultural, neste domingo, 19, às 11h, no pá o da

Pe. Alcimário Pereira, pároco de Ponta Negra

Igreja Matriz, acontece feirinha de comidas picas; dia 23, às 20h, quermes-

se; dia 24, às 22h, show; dia 25, às 20h, quermesse; dia 26, às 8h, café da manhã com o Apostolado das Viúvas, no Centro Pastoral; e, no dia 29, às 21h, jantar de adesão, no Olimpo Recepções. Os festejos serão encerrados dia 26, com a seguinte programação: 8h, missa, presidida pelo Arcebispo, Dom Jaime Vieira Rocha; 9h, celebração do ba smo; 12h, reza do O cio de Nossa Senhora; às 15h, coroa de Santa Rita; às 17h, procissão, seguida de missa, presidida pelo pároco, Padre Alcimário Pereira.


6 - A Ordem

19 de maio de 2013

Capa

Jovens casais testemunham porque buscam o Sacramento do Matrimônio Até pouco tempo, o sonho da maioria das jovens era encontrar o príncipe encantando, idealizar como seria a celebração do casamento, na Igreja, vestido branco, véu, buquê, daminhas e, também, a festa. Hoje, nos tempos ‘modernos’, para muitos casais, quando se fala em casamento, a imagem que vem à mente é de um evento cheio de requinte, com muitos convidados, fotos, decorações luxuosas. Para a Igreja Católica, o casamento é muito mais que uma festa social. É um Sacramento. É o Sacramento do Matrimônio. “O pacto matrimonial, pelo qual o homem e a mulher constituem entre si a comunhão íntima de toda a vida, ordenado por sua índole natural ao bem dos cônjuges e à procriação e educação da prole, entre os batizados foi elevado por Cristo Senhor à dignidade de Sacramento”, afirma o Catecismo da Igreja Católica, nº 1601. Mesmo em meio às modernidades do mundo atual, ainda há jovens casais que veem a celebração do casamento como um Sacramento. É o caso de Adriano Israel e Raquel Rangel, residentes na cidade de Ceará-Mirim, cuja celebração do

Foto: Sandro Menezes

Mesmo em meio às modernidades do mundo atual, ainda há jovens casais que veem a celebração do casamento como um Sacramento

Amanda e Leonardo celebrarão o Sacramento do Matrimônio, dia 11 de outubro

matrimônio aconteceu dia 26 de janeiro deste ano. Para eles, o período de três anos e cinco meses de namoro e noivado foi de preparação para celebrarem o Sacramento do Matrimônio. “Durante todo o período do namoro buscamos desenvolver entre nós o hábito do diálogo e fomos aprimorando também momentos de oração, que fazíamos semanalmente. Era um momento ainda mais direcionado para ouvirmos o que Deus queria para nossas vidas

SEMINÁRIO Tema: 20 anos do Catecismo da Igreja Católica Facilitadores: Pe. José Lenilson de Morais e Pe. Paulo Henrique da Silva Data: 04, 11 e 18 de maio de 2013, às 9 Vagas: 80; Taxa: R$ 20,00. Local: Auditório da Livraria Paulus

Paulus Livraria Rua Cel. Cascudo, 333 - Cidade Alta - Natal - Fone: 3211-7514 natal@paulus.com.br

www.paulus.com.br

e de partilha sobre o que cada um de nós pensávamos e ansiávamos”, contam. Ao serem indagados sobre o que significou para eles celebrar, na Igreja Católica, o matrimônio, testemunham: “foi um momento para recebermos as bênçãos de Deus, diante da nossa Igreja, onde pudemos dizer sim à vocação para a qual Ele nos chamou”. Os dois são engajados nas pastorais da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, de Ceará-Mi-

Prepare-se! Em 2013 tem o 8º Mu rão Brasileiro de Comunicação de 27/10 a 01/11 de 2013 em Natal Veja como será: www.mu com.com.br

OFERECE

Formação Continuada para Catequis > A nova iniciação Cristã < Curso modular em 7 encontros de 8h cad Informe-se e participe: 3212-2184 promonatal@paulinas.com.br Visite: www.paulinas.org.br R. João Pessoa, 220 Natal - (84)3212-2184


rim. Adriano é agente da Pastoral da Comunicação e Raquel é assessora da Pastoral da Juventude. Para quem ainda está se preparando para o ‘grande dia’, os meses que antecedem são de expectativa. É o caso do farmacêutico, Leonardo Bezerra, e da estudante de direito, Amanda Alves, residentes em Natal. Eles namoram há apenas oito meses, mas têm a certeza de que querem se unir em matrimônio. A celebração já tem data marcada: 11 de outubro deste ano. Amanda explica que, apesar do curto tempo de namoro, mas eles se conhecem há muito tempo. Ela conta que, desde o início do namoro, o casal vem levando o relacionamento a sério. “No início, Leonardo não tinha o hábito de ir à Igreja e eu fui convidando-o para as missas, aos domingos. Assim, procuramos o pároco da Paróquia de Nossa Senhora da Candelária, Padre Júlio César, para nos orientar espiritualmente. E sempre estamos buscando orientações, junto ao padre”, diz Amanda. Para ela, celebrar, na Igreja, o Sacramento do Matrimônio, tem um significado especial: “nós vemos o casamento como um Sacramento. E é na celebração que vamos pedir a bênção de Deus para nossas vidas. Vamos casar, acreditando que nada vai nos separar. Queremos, realmente, construir uma família”.

Celebrar o Sacramento “O Sacramento do Matrimônio é uma ‘instituição’ divina que o Senhor Jesus restabeleceu na sua ordem inicial, conforme está escri-

19 de maio de 2013

Capa

to no Livro do Gênesis”, lembra o Coordenador da Comissão de Liturgia, na Arquidiocese de Natal, Padre Elielson Cassimiro de Almeida. A Introdução geral ao Ritual do Matrimônio destaca: “os cônjuges cristãos exprimem o mistério da unidade e do amor fecundo entre Cristo e a Igreja, e dele participam”. Segundo Padre Elielson, a celebração do Sacramento católico cristão não pode ser realizada como um ato meramente civil ou evento social. “Enquanto sacramento, o matrimônio é parte da celebração do mistério de Cristo, que deve ser realizado conforme a fé e as Pe. Elielson: "Enquanto sacramento, o matrimônio é normas da fé celebrada parte da celebração do mistério de Cristo, que deve ser pela Igreja”, reforça. realizado conforme a fé e as normas da fé celebrada O coordenador da pela Igreja" Comissão de Liturgia alerta que se do Matrimônio, são a liturgia da Padeve evitar o que deturpa a cele- lavra, o consentimento dos nubenbração do Sacramento. “Os cantos e tes, a bênção nupcial e a Sagrada as músicas devem ser escolhidos de Comunhão. “Observando estas indiacordo com o Rito do Matrimônio, cações, certamente as celebrações exprimindo a fé da Igreja. A decora- aparecerão mais belas e solenes, ção da Igreja deve expressar, conve- porque exprimirão o verdadeiro nientemente, a índole festiva da ce- sentido e importância do Matrimôlebração. A decoração não pode dar nio e não desviarão o foco do que a impressão de espetáculo, como o é principal: os noivos e a liturgia”, uso de certos recursos cenográficos, conclui Padre Elielson. que tirem a visibilidade da celebraQuem desejar conhecer, mais ção e dos locais sagrados – o altar, de perto, as orientações para o Sacrao ambão, a cadeira presidencial – e mento do Matrimônio, pode consuldistraiam os participantes”, explica. tar o Catecismo da Igreja Católica. Do Ela lembra que os elementos princi- número 1601 ao 1666, ele traz orienpais, na celebração do Sacramento tações acerca deste Sacramento. Foto: Cacilda Medeiros

7 - A Ordem

Colégio Nossa Senhora de Fá ma 60 anos educando com ciência e amor

Dr. Sérvulo Pereira Paulino Dr. Fernando José Vieira de Sousa EXAMES Radiologia Geral, Ultra-sonografias: Mamária, Pélvica, Abdominal, com Doppler Colorido, Transvaginal, Mamografia e Densiometria Óssea.

Horário: de 2ª a 6ª - das 7 às 11 h e das 13 às 17 h Av. Alexandrino de Alencar, 915 - Natal-RN

Educação Infantil, Fundamental I e II WWW.cnsfnatal.com.br cnsf@cnsfnatal.com.br Secretariacnsf@hotmail.com Av. Rodrigues Alves, 646 - Tirol - Natal Fone (84) 3222-2961/ 8121-3834 / 9197-9792


8 - A Ordem

19 de maio de 2013

Geral

Acólitos

Solidariedade

Iniciação Cristã

A Área Pastoral Santo Antônio de Lisboa, de Tibau do Sul, está inscrevendo meninos e meninas para atuarem como acólitos. A inscrição é feita na Secretaria da Área Pastoral. Os interessados devem ser ba zados e ter feito a 1ª Eucaris a.

A Pastoral da Solidariedade da Paróquia de N. Sra. da Esperança, Cidade da Esperança, Natal, realiza campanha de coleta de cobertores e agasalhos. O obje vo é distribuí-los com os moradores de rua. As doações podem ser entregues na Secretaria da Paróquia ou com os agentes da Pastoral, durante as missas da paróquia no final de semana.

A Paróquia de Nossa Senhora de Lourdes, em Petrópolis, Natal, abriu inscrições para a Iniciação Cristã de Adultos, para os Sacramentos do Ba smo, Primeira Eucaris a e Crisma. Os encontros terão início dia 22 próximo e acontecerão às quartas-feiras, das 19h30 às 21h30, na Igreja Matriz. Os interessados devem procurar a secretaria paroquial.

Mês mariano

Sorteio

Os missionários de rua, da paróquia da Catedral de N. Sra. da Apresentação, realizam a vidades marianas através dos setores, neste mês. Depois de percorrer os setores E, D e C, agora eles vão ao Setor B, reunindo-se na comunidade Maria Mater, dia 20; e ao Setor A, dia 27. As a vidades são realizadas às 19 horas.

O ECC da paróquia de São Sebas ão, do Alecrim, realizará sorteio de prêmios, dia 9 de junho, às 11 horas, no pá o da Matriz. A cartela para concorrer custa R$ 10,00, dando direito a concorrer a cinco prêmios. A renda do sorteio dos prêmios será des nada ao custeio do 19º Encontro de Casais com Cristo, da paróquia.

Pentecostes A Renovação Carismá ca Católica da Arquidiocese de Natal realiza Festa de Pentecostes, neste domingo, 19 de maio, das 8 às 16h, na Casa Rainha da Paz, Av. Alexandrino de Alencar, 590, Alecrim, Natal. Os pregadores serão os Padres Dalmário Barbalho, assistente da RCC na Arquidiocese, e um Padre da Arquidiocese de Fortaleza. A entrada é franca. Haverá louvor, adoração e missa. Informações, 3613-0034 e 8857-1500.

Artigo

O sen do de Pentecostes Durante cinquenta dias vivemos a alegria das celebrações do Tempo da Páscoa. Tempo que nos convidou, através da leitura dos Atos dos Apóstolos e do Apocalipse, a contemplar o início da Igreja em sua missão e a antever com esperança a Igreja triunfante na glória do Cordeiro. Terminando este tempo, somos convidados, mais uma vez, a coroar o nosso amadurecimento na fé construído na Páscoa e, assim, criarmos a força necessária para o tempo que se inicia – Tempo Comum – com a força do Espírito que é dado aos discípulos – e, com eles, a toda a humanidade – em Pentecostes. Quase sempre temos a tendência de ver Pentecostes – e apenas este momento – como o momento em que surge na História da Salvação o Espírito Santo. Porém, a nossa Profissão de Fé nos diz que nós cremos no Deus que é Uno e Trino: “um só Deus, em Pessoas três”. Partindo desta afirmação, con-

ACESSE: www.muticom.com.br CURTA: 8muticom SIGA: @8muticom ADICIONE AO MSN: muticom8@hotmail.com

cordaremos que cada obra – criadora, redentora ou santificadora – é obra não apenas de uma das Pessoas da Santíssima Trindade, mas sim obra de comunhão de todas elas. Assim, em Pentecostes não podemos contemplar apenas a Pessoa do Espírito Santo, mas precisamos dar um sentido Trinitário a esta festa, afinal o próprio Cristo nos disse que através do Espírito conheceríamos plenamente a face do Pai que é amor e comunica a vida. Como toda festa, Pentecostes é precedida por uma preparação de cada pessoa humana que vai vivenciá-la. Nesse sentido, Jesus Ressuscitado, em seu encontro com os discípulos, sopra sobre eles e diz: “Recebei o Espírito Santo” (Jo 20, 22). Não é apenas um ato de formalidade. É a retomada do mesmo ato criador – nas narinas do ser humano criado é soprado o hálito da vida – para fazer agora abrir as portas do lugar em que os discípulos se encontravam por medo dos

judeus e criarem a coragem de anunciar o Ressuscitado. Qual, portanto, é o verdadeiro sentido de Pentecostes? Não apenas se deve ver como o momento do dom de línguas e do entendimento por parte de todos. Mas é o grande momento da força do Espírito para modificar o coração angustiado pela separação provocada pela cruz na alegria que a Ressurreição produz. O ponto alto de Pentecostes é levar o nosso coração a criar coragem de transmitir a todos com quem nos relacionamos no dia a dia a graça de viver o amor de Deus e proclamar a Boa Nova: “O Reino de Deus já está no meio de nós!” Que a alegria de Pentecostes inunde o nosso coração e nos leve a sermos “discípulos missionários de Jesus Cristo para que nele nosso povo tenha vida!” Pe. Júlio César Souza Cavalcante, Pároco de N. Sra. da Candelária - Natal

CASA SAGRADA FAMÍLIA ARTIGOS RELIGIOSOS CATÓLICOS EM GERAL

Rua Cineasta Glauber Roca, 1757, Lagoa Nova - 59054-670 - Natal-RN Fones: 84-3213-0578 / 3082-8338 tangaraseguros@bol.com.br

AV. FLORIANO PEIXOTO, 381 - LOJA B - TIROL CEP 59020-500 NATAL/RN TELEFAX 84-3211-8646 P o r tr á s d a Ca t e d r a l

Formando bons cristãos e honestos cidadãos COLÉGIO SALESIANO SÃO JOSÉ LARGO DOM BOSCO, 335 - RIBEIRA NATAL/RN - CEP 59012-530 FONES: (84) 3211-4220 / 1490 FAX: 3611-1027


9 - A Ordem

Entrevista

19 de maio de 2013

Ação do SAR provoca impactos e enfrenta desafios O Serviço de Assistência Rural - SAR - realizou assembleia em que apresentou os relatórios contábeis e da ação que realiza em alguns municípios de três regiões do Estado. Resumidamente, o Presidente do órgão, Pe. Robério Camilo da Silva, apresenta os resultados e impactos conseguidos com a ação do SAR. A Ordem: Qual é a ação do SAR e em quais municípios é realizada? Pe. Robério: Atua no campo da formação e no Controle Social das Polí cas Sócias Públicas, com enfoque para orçamento democráco e par cipa vo. Atuamos em três regiões de abrangência da Arquidiocese (Agreste, Potengi e Trairi), nos municípios de Santo Antônio, Nova Cruz, São Pedro, São Paulo do Potengi, São Tomé e São José do Campestre. A Ordem: Em recente assembleia, o SAR apresentou um relatório das a vidades de 2012. Numa visão geral, quais os impactos dessa ação nos municípios em que o SAR atua? Pe. Robério: A par r dessa ação, 60 lideranças passaram a fiscalizar a implementação e execução das polí cas no seu respec vo município, diante do fato de os planos em execução, não estarem contemplando o que as normas requerem enquanto polí cas públicas, para torná-las eficientes, eficazes e terem efe vidades nas ações. Com o estudo das peças orçamentárias, lideranças conseguiram elaborar e apresentar 15 propostas de emendas, sendo 07 aprovadas nas seções das câmaras municipais. Com esta ação conseguiram influenciar diretamente na fiscalização do orçamento público dos municípios Santo Antônio e São Tomé. Com a intervenção dos fóruns nos municípios, acompanhando a atuação dos vereadores no controle social das polí cas públicas, têm qualificado a ação polí ca de algumas lideranças locais: Vereadores sensibilizados, apresentando e defendendo a aprovação das emendas ao orçamento público dos municípios, encaminhadas pelo Fórum Municipal de Polí cas Públicas; lideranças acompanhadas pelo projeto, filiadas a par do polí co, se candidataram na úl ma eleição, e 04 conseguiram se eleger, mudando a composição do corpo de vereadores nas câmaras municipais. Nos municípios, neste 1º ano de projeto, podemos iden ficar 10% das lideranças mul plicando

o processo forma vo das polí cas públicas municipais. No município de Santo Antônio, as lideranças mul plicaram o conteúdo nas associações Lajedo do Paiva e Gravatá, levando a ampliação do acesso às polí cas de Saúde e Agricultura para a comunidade. No município de Nova Cruz, as lideranças ar cularam um encontro de mobilização e sensibilização para envolver mais lideranças na ação do SAR. Em São Pedro, as lideranças trabalharam a conscien zação polí ca junto às lideranças da Associação Lagoa do Machado para uma melhor atuação e conquistas de projetos para a comunidade. A formação do SAR vem despertando em 27 lideranças comunitárias o interesse pelo estudo, a ponto de buscarem a formação acadêmica, mudando diretamente a realidade social das mesmas que passam até a assumir assessorias municipais, estaduais e cargos públicos. O número de conselheiros incidindo no controle social das polí cas públicas e dialogando com outras ins tuições que atuam nas regiões e no estado, tem contribuído significa vamente na atuação dos conselhos municipais: conselhos da Criança e Adolescente, saúde, Educação, Assistência Social, Fundo Municipal de Apoio às Associações Comunitárias,

Mulher Juventude, Idoso, Deficiente, Alimentação Escolar, Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação), Segurança Alimentar e Nutricional. Com o processo de conscien zação das 45 lideranças comunitárias e 17 gestores municipais, sobre orçamento par cipa vo, criou-se uma dinâmica de par cipação e construção social nos municípios que culminou com a elaboração de Projeto de Lei do Orçamento Par cipa vo – OP, Emenda à Lei Orgânica e a proposta do Regimento Interno do mesmo. Com o fortalecimento dos Fóruns Municipais de Polí cas Públicas tem melhorado a intervenção na atuação dos Territórios da Cidadania, iden ficando as demandas mais necessárias para os respec vos municípios e regiões do estado. A Ordem: Quais são os desafios do SAR em relação às Polí cas Públicas? Pe. Robério: Os conflitos polí cos par dários é um aspecto nega vo para o desenvolvimento do projeto no município, pois gera desistência na par cipação das lideranças, perseguição polí ca e impossibilita o andamento das ações. Para os gestores, os Conselhos são instrumentos necessários, mas perigosos, exigidos pela legislação em vigor, capazes de provocar a descentralização, a democra zação das informações sobre a gestão e a par cipação a va e cidadã da população. Na tenta va de driblarem a lei, encontram formas de montar conselhos manipulados ou de cooptar conselheiros representantes da sociedade civil organizada. Além desses, há outros desafios: garan r a con nuidade das ações, tendo em vista a construção da autonomia dos fóruns e uma futura atuação emancipada e forte dos mesmos, frente às realidades polí cas locais; enfrentar os sistemas de planejamento autoritário, onde as polí cas governamentais são feitas sem escutas, sem fazer as correções que se fazem necessárias e oportunas para realidade da população local; insuficiência de recursos humanos e financeiros para o mizar ainda mais as ações desenvolvidas e os resultados alcançados; envolvimento dos párocos dos municípios aonde o SAR atua, para fortalecer mais a luta e a credibilidade do trabalho.


10 - A Ordem

19 de maio de 2013

Virou notícia

Paróquias celebram Dia Mundial das Comunicações A equipe da Pastoral da Conceição, da Paróquia da Imaculada Conceição, de Nova Cruz, realizou encontro com comunicadores da cidade, no úl mo dia 11, no salão paroquial São Sebas ão. Na ocasião, houve uma reflexão sobre “Redes Sociais: portais de verdade e de fé; novos espaços de evangelização”, tema da mensagem do Papa emérito, Bento XVI, para o 47º Dia Mundial das Comunicações Sociais. Na Área Pastoral de Nossa Senhora da Piedade, em Espírito Santo, a Equipe da PASCOM fez uma homenagem às mães, através de fotografias, por oca-

sião do 47º Dia Mundial das Comunicações Sociais, celebrado no úl mo dia 12. “Durante as missas, na Igreja Matriz, sorteamos fotografias, com molduras, de mães com seus respec vos filhos. À noite, fizemos uma apresentação, em slides, de fotografias de mães da comunidade”, contou o coordenador local da Pascom, Assis Lima. A recém-implantada equipe da Pastoral da Comunicação, da Área Pastoral de Nossa Senhora dos Navegantes, em Rio do Fogo, celebrou o Dia Mundial das Comunicações Sociais, no úl mo dia

12, na Praia de Zumbi. Na ocasião, houve café da manhã e, à tarde, às 16h, missa, presidida pelo Padre Gerônimo Dantas. Já, a equipe da Pascom, da Área Pastoral de Nossa Senhora da Conceição, de Guamaré, celebrou a data, no sábado, dia 11. Houve missa e, no ofertório, a equipe par cipou da procissão, conduzindo objetos relacionados às comunicações. No Parque dos Coqueiros, zona norte de Natal, a equipe da PASCOM promoveu concurso fotográfico tendo a mãe como objeto, através do Facebook e debateu sobre o tema com agentes pastorais. Em Pirangi, também houve a missa da Comunicação e abordagem do tema.

Pastoral celebra hora santa e faz encontro

Equipe da Pascom da Paróquia da Imaculada Conceição, de Nova Cruz

Cáritas de João Câmara realiza caminhada

Paróquia volta a publicar jornal

A equipe de Caritas, da Paróquia de Nossa Senhora Mãe dos Homens, de João Câmara, em parceria com as escolas da comunidade, realizou uma caminhada, no úl mo dia 17, pelas ruas da cidade. No percurso, que saiu da Igreja Matriz, teve louvor e apresentações culturais.

A equipe da Pastoral da Comunicação, da Paróquia de Nossa Senhora Mãe dos Homens, de João Câmara, voltou a produzir o jornal impresso Mater Hominun. O conteúdo conta com no cias, espaço para a juventude, e textos escritos pelo Padre Edvan Lucena e pelo Monsenhor Luiz Lucena.

A Pastoral Vocacional, da Arquidiocese de Natal, celebrou Hora Santa Vocacional, na úl ma sexta-feira, 18, às 19 horas, na capela do Seminário de São Pedro, situado na Av. Campos Sales, no bairro do Tirol. A celebração contou com a par cipação de seminaristas, benfeitores do Seminário e vocacionados. Na ocasião, também houve celebração de novena em honra de Nossa Senhora. Já, no sábado, 18, das 8 às 15 horas, no Seminário, aconteceu o 3º Encontro Vocacional deste ano, com tema: “Maria, modelo de vida sacerdotal”. O encontro contou com assessoria da fundadora da Fraternidade Discípulos da Mãe de Deus, Mara Carvalho.

Espaço do assinante "Assino o jornal porque fico informada das a vidades das paróquias e da Arquidiocese, além de receber uma catequese especial do nosso Arcebispo e dos presbíteros". Amarylis Oliveira Vilela, aposentada, residente na Paróquia de Santa Rita de Cássia dos Impossíveis, em Ponta Negra, Natal. Ajude o Seminário de São Pedro através de doações na conta de energia.

Fone: (84) 3615-2819 Fax: (84)3615-2821 sspedro@seminario saopedro.org.br

"Eu assino o Jornal a Ordem porque gosto de ficar informada sobre tudo o que acontece nas paróquias da nossa Arquidiocese de Natal". Antônia da Silva Miranda, coordenadora de merenda escolar, 49 Anos, residente na Zona Rural do Município de Guamaré-RN.

Ouça "RITMO PASTORAL”, aos sábados, às 7h Rádio Rural de Natal AM1090 http://blog.cancaonova.com/natal/

Precisa de espaço para encontro, seminário, retiro à beira mar, na praia de Ponta Negra? Centro de Treinamento de Ponta Negra João Paulo II Agende: (84)3641-3366 / 3339 9813-9358 / 8817-8320


11 - A Ordem

19 de maio de 2013

Geral

Fique por dentro Pe. Antônio Gomes da Silva, ecônomo da Arquidiocese de Natal *

Coleta dos Lugares Santos 2013 (III) Paróquias da capital: N. Sra. Auxiliadora, Felipe Camarão, R$ 176,05; Beato André de Soveral, Emaús, R$ 500,00; São João Bosco, Gramoré, R$ 603,00; Beato José de Anchieta, Lagoa Nova II, R$ 563,85; São Camilo de Léllis, Lagoa Nova I, R$ 453,95; São João Ba sta, Lagoa Seca, R$ 644,05; Santo Afonso Maria de Ligório, Mirassol, R$ 1.300,90; Sagrado Coração de Jesus, Morro Branco, R$ 1.268,50; Santuário dos Már res, bairro de Nazaré, R$ 240,00; N. Sra. da Conceição, Nova Parnamirim, R$ 458,10; N. Sra. de Lourdes, Petrópolis, R$ 62,25; Cristo Rei, Pirangi, R$ 658,00; Santa Clara, Pi mbu, R$ 313,20; Beato Ambrósio Francisco Ferro, Planalto, R$ 225,00; Santa Rita de Cássia dos Impossíveis, Ponta Negra, R$ 718,00; São João Ba sta, Vila de Ponta Negra, R$ 120,10; N. Sra. de Fá ma, Parque das Dunas, R$ 420,25; N. Sra. do Perpétuo Socorro, Quintas, R$ 375,90; Bom Jesus das Dores, Ribeira, R$ 82,70; Sagrada Família, Rocas, R$ 266,00; São Francisco de Assis, Cidade Satélite, R$ 470,00; Santana, Soledade II, R$ 613,75; Santa Maria Mãe, Santa Catarina, R$ 675,70; N. Sra. das Graças e Santa Teresinha, Tirol, R$ 998,05. Outros: Convento Santo Antônio, Cidade Alta, R$ 378,00; Carmelo N. Sra. do Sorriso e Santa Teresinha, R$ 212,00.

Correio do clero

Parabéns Aniversário de nascimento: . 19/05 - Pe. Ma as Soares, pároco de São José de Mipibu, e Vigário Episcopal Sul . 22/05 - Mons. Agnelo Dantas Barre o, pároco de N. Sra. da Apresentação - Cidade Alta . 22/05 - Pe. José Charles da Silva, fsa, uso de ordem . 22/05 - Diác. Ivonilson José de Oliveira - paróquia de São João Bosco - Gramoré, Natal . 05/05 - Pe. Raimundo Renato da Rocha Ciría-

Dom Jaime ordenará diácono

Ir. Eduardo de Santana

O Irmão Eduardo de Santana e São Joaquim, da Congregação dos Pequenos Irmãos do San ssimo Sacramento, será ordenado diácono dia 24 de maio, às 19 horas, na Igreja Matriz de Jesus Bom Pastor, bairro Bom Pastor, em Natal. A celebração será presidida pelo Arcebispo, Dom Jaime Vieira Rocha. O religioso é natural de

Viva bem

Trocas inteligentes Leite integral X Leite desnatado Prefira o desnatado. Primeiro, porque ele está livre de gordura saturada e as artérias não vão correr perigo. Segundo, porque, ainda assim, o leite con nua supernutri vo. Para começar, seus teores de proteína são idên cos ao po integral; ao garan r sua dose diária de cálcio, não é só o esqueleto que ganha. O mineral ajuda a controlar a pressão e afasta a obesidade: estes são mais dois mo vos para o coração bater feliz.

* E-mail: economato@arquidiocesedenatal.org.br

Bianca Noivas e Noivos Decorações e eventos (84)3661-5876 8853-5788 9954-6693 biancanoivas@gmail. com Av. Tomás Landim, 2603. Igapó - Natal-RN biancanoivas.blogspote.

co, vigário paroquial de Pedro Velho e reponsável pela Área Pastoral de Montanhas . 24/05 - Pe. Adriano Henrique Costa, pároco de Santo Antão Abade - São Bento do Norte Aniversário de ordenação: . 19/05 - Pe. Gutemberg Simplício de Souza Responsável pela Área Pastoral Nossa Senhora da Conceição - Guamaré . 24/05 - Pe. Eder Jofre Marinho Araújo - uso de Ordem.

Dra. Márcia Roque Braz de Araújo Nutricionista, Natal/RN

São José de Mipibu. Cursou Filosofia no Seminário de São Pedro e Teologia em Salvador (BA). Na capital baiana, ele também cursou Administração de Empresas. Parte da formação religiosa foi realizada na Itália. Segundo o Irmão Eduardo, ele fará o estágio pastoral, em preparação ao sacerdócio, na Arquidiocese de Natal.

hh Passa tempo O professor do curso de Direito perguntou a um aluno: - Se você quiser dar a Epaminondas uma laranja, o que deverá dizer? - Aqui está, Epaminondas, uma laranja para você. - Não, não e não! Pense como um profissional do direito! - Tá! Eu, por meio desta, dou e concedo a você, Epaminondas de tal, CPF e RG nºs., estado civil tal, profissão tal, residente e domiciliado no endereço tal, e somente a você, a propriedade plena e exclusiva, inclusive bene cios futuros, direitos, reivindicações e outras dicações, tulos, obrigações e vantagens no que concerne à fruta denominada popularmente laranja, em questão, juntamente com sua casca, sumo, polpa e sementes, transferindo-lhe todos os direitos e vantagens necessários para espremer, morder, cortar, congelar, triturar, descascar com a u lização de quaisquer objetos e, de outra forma, comer, chupar, tomar ou, de qualquer forma, ingerir a referida laranja, ou cedê-la com ou sem casca, sumo, polpa ou sementes, e qualquer decisão contrária, passada ou futura (...), não se aplicando ao caso o disposto no Código de Direito do Consumidor. - Melhorou bastante. Mas não seja tão sucinto! (www.piadas.com.br)

ABASTECENDO NO POSTO, VOCÊ ESTÁ CONTRIBUINDO COM O “SEMINÁRIO DE SÃO PEDRO” - QUALIDADE MUNDIAL SHELL Rua Apodi, 520 - Tirol Vizinho ao Seminário de São Pedro


12 - A Ordem

19 de maio de 2013

Notícias

Infância Missionária comemora 170 anos Os 170 anos da Infância e Adolescência Missionária estão sendo comemorados em todo o mundo, neste domingo, 19 de maio. A obra foi fundada no dia 19 de maio de 1843, por Dom Carlos Forbin Janson. Na Arquidiocese de Natal, haverá celebrações em ação de graças em todas as paróquias que têm a Infância e Adolescência Missionária. Dom Jaime, Arcebispo Metropolitano de Natal Em Natal, há uma celebração na Catedral Metropolitana, às 11 horas, 50% das paróquias da Arquidiocese. "Espresidida pelo Arcebispo Metropolitano, tamos trabalhando para implantarmos a Dom Jaime Vieira Rocha. Desta celebra- Infância e Adolescência Missionária em ção par cipam os grupos das paróquias todas as paróquias da Arquidiocese", de Natal e região metropolitana. Atual- afirma o seminarista Marcondes Eduarmente, existem equipes da Infância e do Alexandre, atual coordenador da InAdolescência Missionária em cerca de fância Missionária, na Arquidiocese.

Coordenação da Pascom visita paróquias A equipe de coordenação da Pastoral da Comunicação, na Arquidiocese de Natal, vem cumprindo um calendário de visitas às paróquias, desde o mês de março. A finalidade é conhecer o trabalho desenvolvido pela Pascom, nas paróquias; preparar as equipes para celebrar os 15 anos da Pastoral da Comunicação, na Arquidiocese de Natal, e para par cipar do 8º Mu rão Brasileiro de Comunicação, que será sediado na capital po guar, no período de 27 de outubro a 01 de novembro deste ano. Ontem, dia 18, membros da coordenação arquidiocesana es veram nas paróquias de Santa Teresinha, em Tangará; Nossa Senhora da Conceição, Serra Caiada; e Santa Rita de Cássia, em Santa Cruz. Nestas três, o obje vo foi iniciar o processo de implantação da Pastoral da Comunicação.

No próximo dia 25, a visita será às equipes das paróquias de Nossa Senhora de Lourdes, de Ipanguaçu; São José, de Angicos; e de Nossa Senhora da Graças, de Afonso Bezerra. Neste mesmo dia, haverá um encontro de formação para os futuros agentes da Pascom da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, de São Rafael e Itajá. Já, no dia 26, a coordenação fará visitas às equipes da Pascom na Paróquia da Sagrada Família, nas Rocas, e de Santa Maria Mãe, no Conjunto Santa Catarina, ambas em Natal. Os 15 anos da Pastoral da Comunicação, na Arquidiocese de Natal, serão celebrados em junho próximo. Nos dias 14 e 15, a programação acontecerá nas paróquias; no dia 16, acontecerá um encontro arquidiocesano com os agentes da Pascom, no Ins tuto Maria Auxiliadora, em Natal. Foto: Aldo Costa

Pascom de Natal vai ao Maranhão A integrante da coordenação da Pastoral da Comunicação, na Arquidiocese de Natal, Cacilda Medeiros, par cipará de um encontro com coordenadores diocesanos da Pascom, do Regional Nordeste 5, que compreende o Estado do Maranhão. O encontro acontecerá de 24 a 26 deste mês, na cidade de Caxias (MA). Na ocasião, Cacilda falará para os par cipantes sobre a ‘Iden dade da Pascom’ e sobre ‘Como elaborar um Plano de Mídia’. Ela também aproveitará o encontro para divulgar o 8º Mu rão Brasileiro de Comunicação, que será sediado em Natal, de 27 de outubro a 01 de novembro deste ano.

Paróquias celebram Pentecostes A Paróquia da Imaculada Conceição, de Nova Cruz, celebra festa de Pentecostes, neste domingo, 19, a par r das 8 horas, na quadra de esportes do Colégio Nossa Senhora do Carmo. Durante o dia, haverá louvor, pregação, apresentações teatrais, adoração ao San ssimo Sacramento e missa. A entrada é franca. A programação será encerrada às 17h, com missa, que também marcará a despedida do vigário paroquial, Padre Janilson Macedo. Ele foi transferido para a Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, de São Rafael e Itajá. A vigília de Pentecostes, na paróquia de São João Ba sta, de Lagoa Seca, começou ontem, às 19 horas, com missa na Matriz e a renovação da Aliança, do Movimento da Mãe Peregrina. Depois da celebração, houve vigília, com adoração ao San ssimo Sacramento, prosseguindo até meia noite. Agentes de pastorais e movimentos par cipam da vigília.

Pastoral faz sorteio de um tablet

Equipe Arquidiocesana da Pascom, organizando as visitas às equipes paroquiais

A Pastoral de Eventos, da Paróquia de Santo Afonso Maria de Ligório, bairro de Mirassol, em Natal, promove o sorteio de um tablet, neste dia 19, após a missa das 8 horas, no Centro Pastoral. Quem quiser par cipar do sorteio deve adquirir o bilhete, no valor de cinco reais. Na ocasião, acontece um café da manhã, em homenagem às mães.


A Ordem