Page 91

“to provide that no such barbarous disorder be hereafter used, and to repair as much of the Said Monuments as conveniently may be. (BOULTING in FAWCETT ,1976. p.11)

No ano de 1620, em função das descobertas de pesquisas de Inigo Jones da Stonehenge, despertam os interesses para o período pré-histórico assim como pelos monumentos romanos.

Por outro lado, una década após, em 1630, as ameaças aos

monumentos antigos são, na sua maioria, resultado de negligência, desastres naturais, alterações e modificações nos edifícios em função da moda, não havendo mais qualquer ameaça de vandalismo contra esses edifícios. Já no ano de 1641, ocorre a deliberação da destruição determinada pelos Comuns, incentivando a destruição e a purificação simbólica do Catolicismo. In 1641 the house of Commons underwrote these acts of vandalism by ordering “Commissions to be sent into all Countries, for the Defacing, Demolition, and quite taking away of all Images, Altars or Table turned Altarwise, Crucifixes, superstitions Pictures, Monuments, and Relicts of idolatory, out of all Churches and Chapels” (BOULTING in FAWCETT,1976. p.13). Após essa onda de destruição, o interesse pelo antigo renasce e o século XVIII é marcado por uma surpresa: a ameaça à sobrevivência dos edifícios está relacionada direta e paradoxalmente ao grande interesse por antiguidades. A grande demanda e o tráfico são as maiores ameaças aos prédios antigos. E a atuação precisa da Society of Antiquaries of London41 se fez presente: In 1721 the Secretary of the Society of Antiquaries presented ‘a bill for Ten Shillings which he [had] paid by order of the Society for setting down two oak-posts to secure Walthan Cross from injury by Carriages’. (BOULTING in FAWCETT ,1976. p.13)

The Society for the Protection of Ancient Buildings (SPAB) é fundada no ano de 1877 por Willian Môris (1834-1896) e Philip Webb (1831-1915) e atua ainda hoje sob as

41

A organização precursora data de 1585 sob o nome de College Antiquaries – formado por um grupo de pessoas de Londres ou próximas à essa cidade, que tem encontros regulares para aumentar o conhecimento e

91

Revista ARQCHRONOS - Arquitetura em Patrimonio  

A criação da Revista ARQCHRONOS – arquitetura em patrimônio – é um pólo de troca e de ação crítica relacionado a área de Patrimônio Arquitet...

Advertisement