Page 72

quando se torna auditor no Conselho de Construções Gerais e, em 1840, é indicado para dirigir sua primeira intervenção de restauração, a Igreja de Vézalay. No ano de 1844, o seu projeto de restauração da Nôtre-Dame de Paris, em parceria com Lauss, é escolhido em um concurso público. Juntamente com Léon Vaudoyer e Léonce Reynaud, é nomeado em 1853, inspetor geral dos edifícios diocesanos. Em parceria com Merimée, 1849, publica um texto com instruções técnicas sobre intervenções em edifícios diocesanos – texto que exerce grande influência na formação e atuação de profissionais que trabalhavam em restauração, no seu tempo. Seus escritos Entretiens sur l’Architecture e o Dictionaire Raisonné de l’Architecture Française du XI au XVI siècle têm grande difusão, tanto na França quanto em outros países. No Dictionaire inaugura a teorização das intervenções do restauro. E sobre o interesse ao passado, complementa, nesse mesmo texto: O nosso tempo, e somente o nosso tempo, a partir dos séculos históricos assumiu, em relação ao passado, uma postura inusitada. Quis analisá-lo, compará-lo, classificá-lo e formular a sua verdadeira história, seguindo passo a passo a marcha, os progressos, as transformações da humanidade (VIOLLETLE-DUC, in DOURADO, 1996 p.8) É clara a influência que sua obra recebe dos escritos de Villet, como ele próprio atesta no texto. No verbete intitulado Restauração ele defende a importância que tantos os vestígios, quanto os demais documentos têm para qualquer trabalho de reparação: É essencial portanto, antes de qualquer trabalho de reparação, determinar precisamente a época e o caráter de cada parte, compor uma espécie de dossiê apoiado em documentos seguros, seja através de notas escritas, seja de levantamentos gráficos. (VIOLLET-LE-DUC, in DOURADO, 1996 p.16-17)

Ainda concorda, de certo modo, na restauração positivista, na medida em que afirma: Em circunstâncias análogas, o melhor a fazer é colocar-se no lugar do 72

Revista ARQCHRONOS - Arquitetura em Patrimonio  
Revista ARQCHRONOS - Arquitetura em Patrimonio  

A criação da Revista ARQCHRONOS – arquitetura em patrimônio – é um pólo de troca e de ação crítica relacionado a área de Patrimônio Arquitet...

Advertisement