Page 25

financiamento das políticas patrimoniais, quando operam nesses espaços conciliadores. Assim, esses questionamentos pertencem ao campo da ética e da política. O estudo, portanto, usou alguns elementos de uma base bibliográfica nos campos interdisciplinares da interface entre questões urbanas; política cultural; estratégicas comunicacionais e o campo da política de forma a levantar os conhecimentos e conceitos dessa temática, construindo um campo transversal do objeto “patrimônio”, atendendo ao caráter pluridisciplinar e multifacetado desse trabalho. Isto porque, da perspectiva adotada a análise do patrimônio condensa a complexidade das dimensões sociais, econômicas, culturais e artísticas, perpassada por múltiplas interfaces e combinações, no campo do econômico, existencial (social), político, cultural e do direito. No plano empírico, e em resposta a essas indagações iniciais, o trabalho buscará levantar alguns exemplos que podem contribuir para elucidar a inserção do patrimônio cultural e artístico como canal de comunicação, servindo às estratégias e formas de estruturação das dinâmicas contemporâneas, onde operam os interesses conflitivos e/ou convergentes entre os setores empresariais e governamentais, mas não se constitui, ainda, devido ao tempo, e à sua natureza exploratória, numa pesquisa empírica da análise dos discursos, ou fatual de processos referido a “estudos de caso”, ainda que estes possam ser levantados para exemplificar algumas dimensões da análise. Nesse sentido, é relevante registrar a dificuldade de levantamento de documentação e peças publicitárias: não foi encontrado acervo específico de campanhas completas (que contemplem todas as peças publicitárias, mídias usadas, ações, entre outros meios), quer sejam políticas ou empresarias, de qualquer ordem, nos arquivos públicos. Apenas o material impresso em jornais e revistas pode ser levantado, porque existe o arquivamento dessas mídias. Essa limitação determinou a restrição, nesta etapa, do material analisado apenas às notícias e propagandas impressas. Ao mesmo tempo, a ausência de peças e campanhas publicitárias demonstra a efemeridade e 25

Revista ARQCHRONOS - Arquitetura em Patrimonio  

A criação da Revista ARQCHRONOS – arquitetura em patrimônio – é um pólo de troca e de ação crítica relacionado a área de Patrimônio Arquitet...

Advertisement