Page 1

B10

Editor Marcos Navarro

SALVADOR TERÇA-FEIRA 25/1/2011

ÚLTIMAS

TEMPO REAL Acompanhe a atualização do noticiário no Portal www.atarde.com.br

ultimas@grupoatarde.com.br

ACORDO TV Al-Jazeera e jornal britânico The Guardian expõem documentos sobre negociações de paz com Israel

Autoridade Palestina repudia divulgação de documentos

DANIELA KRESCH Agência O Globo, Tel Aviv

Integrantes da Autoridade Nacional Palestina (ANP) reagiram com irritação e ceticismo à divulgação, pela TV a cabo al-Jazeera e pelo jornal britânico “The Guardian”, de 1.684 documentos que revelam detalhes secretos das negociações de paz com Israel e, entre eles, a disponibilidade do presidente Mahmoud Abbas em conceder aos israelenses quase toda Jerusalém Oriental e boa parte da Cidade Velha num eventual acordo de paz. Hoje, Abbas afirmou não ter nada a esconder. Segundo ele, houve má-fé e um mal-entendido na divulgação dos documentos — que para seus críticos, mostram a fraqueza da atual liderança palestina, disposta a fazer concessões demais em troca da paz com os vizinhos israelenses. “Houve uma confusão. Vi que eles apresentaram coisas como sendo palestinas, mas eram israelenses”, disse o presidente, dando a entender que as supostas concessões foram sugeridas por Israel. A onda de revelações foi

apelidada de “Al-Jazeera Leaks” pela proximidade e semelhança com o recente vazamento de informações pelo “site” WikiLeaks. Em reação, a Autoridade Palestina deflagrou um ataque sem precedentes contra a al-Jazeera e contra o governo do Qatar, que financia a rede de TV. O porta-voz da ANP, Yasser Abed Raboo, acusou a emissora de ter forjado os documentos, e o Emir do Qatar, xeque Hamas bin Khalifa al-Thani, de conivência. “Agradecermos ao Emir do Qatar por ter dado à al-Jazeera luz verde para começar essa campanha contra o presidente Abbas, porque ela não pode ser apenas de responsabilidade do diretor do canal. Abed

Governo do Qatar sofreu um ataque sem precedentes da Autoridade Palestina

Raboo pediu a criação de uma CPI para investigar se os documentos foram fabricados. Em Washington, o porta-voz do Departamento de Estado norte-americano, Philip Crowley, também expressou dúvidas, através de um “post” no Twitter, quanto à autenticidade dos documentos.

Bate-boca

Nervoso, o principal negociador palestino, Saeb Erekat — que teria oferecido aos israelenses, em 2008, “a maior Yerushalayim (Jerusalém, em hebraico) da História” — chegou a bater boca com um painel de convidados durante um programa na al-Jazeera, alegando que as revelações são um pacote de “mentiras e meias-verdades”. “Isso é um teatro! Quero saber quem vazou esses documentos para vocês!”, exigiu Erekat, negando ter oferecido partes de Jerusalém Oriental a Israel. Espelhando a revolta do governo contra a rede de TV do Qatar, dezenas de palestinos atacaram a filial da rede em Ramallah. Na Faixa de Gaza, o grupo islâmico Hamas apelidou o escândalo de “Watergate palestino”.

FRANCISCO PEÇANHA

Ex-ministro do STJ morre aos 72 anos em São Paulo Gildo Lima / Ag. A TARDE / 9.7.2004

ARIVALDO SILVA

Morreu ontem, aos 72 anos, o ex-ministro do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) Francisco Peçanha Martins. Baiano de Salvador, Peçanha, como era mais conhecido, lutava contra um câncer descoberto em julho do ano passado. Ele estava internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, depois de ter passado por outros centros de saúde em Brasília. O magistrado deixa a mulher, Clara Peçanha, dois filhos, Luciana e Álvaro, quatro netos e uma legião de amigos. O corpo de Peçanha será cremado hoje, no Cemitério Vila Alpina, em São Paulo, onde mora o seu filho. Colega do ministro da turma de direito na Universidade Federal da Bahia (Ufba) de 1960, o ministro-chefe da Controladoria Geral da União, Jorge Hage, conviveu mais de 50 anos com o jurista. “Para mim, essa perda não é só de um homem do direito, mas de um grande amigo. Jogamos muito futebol juntos”, lembra Hage.

Perfil

Peçanha Martins passou a integrar o STJ em fevereiro de 1991, pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Como representante do STJ, integrou o Tribunal Superior Eleitoral e foi corregedor da Justiça Eleitoral em 2004. Mestre em direito econômico pela Faculdade de Di-

LOTERIAS Quina / Concurso 2505

lllllll 25

38

39

52

53

Nenhum apostador fez 5 acertos e o prêmio acumulou em R$ 816.751,16; 161 apostadores fizeram a quadra e cada um vai receber R$ 1.805,21; 7.844 fizeram o terno e cada um vai receber R$ 52,93. A expectativa de prêmio para o concurso de hoje: R$ 1.300.000,00.

Francisco Peçanha Martins lutava contra um câncer

reito da Ufba, exerceu os cargos de oficial de gabinete do secretário de Interior e Justiça, diretor do Fórum Ruy Barbosa, consultor jurídico da Secretaria de Agricultura, dentre outras funções. Foi conselheiro da OAB/BA e advogou para a Petrobras, em 1962, no serviço jurídico (Sejur), até ocupar o cargo de ministro do Superior Tribunal de Justiça. Sócio há 40 anos do tradicional Bahia British Club (Clube Inglês), Peçanha colecionou admiradores. Para o professor de direito da Ufba Fernando Rocha, 73 anos, a alegria do amigo é a qualidade que será mais lembrada. “Ele se notabilizou pela sua felicidade. Peçanha transitou pela magistratura com muita dignidade”, disse.

UNIVERSO

Concurso reúne fotografias de fenômenos em planetas Divulgação

Lotofácil / Concurso 603

lllllll lllllll lllllll 02 04 05 06 08 10

12

13

15

16

19

20

21

22

23

Nove apostadores fizeram 9 acertos e cada um vai receber R$ 173.128,62; 1.056 apostadores (14 acertos / R$ 903,38); 25.773 apostadores (13 acertos / R$ 12,50); 261.450 apostadores (12 acertos / R$ 5,00); 1.219.712 apostadores (11 acertos / R$ 2,50). Confira os resultados no site www.caixa.gov.br e nas casas lotéricas

Receba o resultado das principais loterias em seu celular. Envie um SMS com o texto ATQUINA ou ATMEGA ou ATFED (Federal) para 50010. R$ 0,10+imp. por msg (2 a 6/ semana). Serviço disponível para as operadoras Oi, Vivo, TIM e Claro.

CURTAS Ex-presidiário é morto em Brotas Joselito Xavier dos Santos, 36 anos, foi assassinado no final da tarde de ontem com 11 tiros na cabeça, na Rua Padre Daniel, em Brotas. De acordo com informações da 6ª CP (Delegacia de Brotas), que investiga o crime, Joselito era ex-presidiário e havia cumprido pena por latrocínio (roubo seguido de morte). O ex-presidiário estava em liberdade há um ano. A suspeita da polícia é de que a vítima tinha dívidas com traficantes de drogas da região, que vieram cobrar e o assassinaram.

Mulher baleada morre no HGE Telescópios capturaram a beleza dos fenômenos

DA REDAÇÃO Com informações do G1

Imagens feitas por diversos observatórios e satélites da Nasa mostram com detalhes a beleza dos fenômenos naturais nos planetas e estrelas do sistema solar. Astrônomos do Royal Observatory em Greenwich, Londres, reuniram as fotos como uma coleção das melhores atrações turísticas do sistema solar. Esse "guia astronômico" do sistema solar foi usado pelo Royal Observatory para marcar o lançamento da edição 2011 de seu concurso fotográfico Astronomy Photographer of the Year, aberto a astrônomos amadores de todo o mundo.

Plutão rebaixado

No mês em que completa seis anos de descobrimento, o planeta-anão Éris e a sua participação no rebaixamento de Plutão à “série B planetária”, em 2006, continuam causando polêmica. Um grupo de astrônomos liderados por Bruno Sicardy, do Observatório de Paris, disse ter feito uma nova medição que comprovaria que Éris é menor do que Plutão. Por enquanto, eles não dizem o quão menor. A justificativa, disse Sicardy

em entrevista ao “New York Times”, é que eles estão poupando o material para um grande artigo na revista científica “Nature”. Embora a diferençanãodevapassardeum punhado de quilômetros, o anúncio já foi suficiente para animar o grupo que quer rever o status de ex-planeta de Plutão. O que se sabe é que a nova medição foi feita no ano passado, aproveitando o momento em que uma estrela passou por trás de Éris, permitindo a visibilidade do experimento. "Éris é claramente menor”, disse Alain Maury, que também observou o fenômeno no Observatório San Pedro de Atacama, Chile. Em 2005, quando foi localizado em um ponto distante do Sistema Solar, Éris trouxe um problema para os astrônomos.

Especialistas elegem as melhores “atrações turísticas” do sistema solar

Ises Monaliza Sá de Paula, 26 anos, morreu ontem no Hospital Geral do Estado (HGE) depois de passar por cirurgia para retirada de projéteis de arma de fogo. Ises foi baleada no abdômen no último domingo, na Rua das Flores, no Pelourinho, Centro Histórico. A Delegacia do Turista (Deltur) investiga a autoria do crime, mas nenhuma testemunha prestou esclarecimentos até o momento. Ises Monaliza morava no bairro de Santo Antônio Além do Carmo. Não se sabe o motivo do crime.

Ambulante detida por agressão Uma vendedora ambulante foi detida, na tarde de ontem, por ter agredido um agente da Secretaria Especial de Ordem Pública (Seop), em Copacabana, no Rio de Janeiro. Os agentes da secretaria realizaram uma operação, com apoio da Guarda Municipal, contra o comércio irregular ao longa da orla da Zona Sul. A mulher se irritou com a abordagem dos servidores e partiu para cima deles. Ela foi encaminhada para a 13ª DP (Ipanema), onde foi indiciada por lesão corporal.

Ex-ministro do STJ morre aos 72 anos em São Paulo  

Matéria publicada na página B10, do jornal A TARDE, do dia 25/1/2010. ARIVALDO SILVA Morreu ontem, aos 72 anos, o ex-ministro do Supremo Tri...