Page 1

Curitiba, agosto de 2011

XIII Assembleia Arco-íris em CTBA

Ed. 01 Ano 01

Unidade: Uma questão de soberania à Maçonaria Regular

O brilho colorido do Arco-Íris iluminou a capital paranaense nos dias 22, 23 e 24 de Julho durante a XIII Grande Assembléia do Paraná realizada no Círculo Militar em Curitiba. Por tratar-se de uma confraternização anual, trocas de experiências e discussões sobre ações para o próximo ano fizeram parte dos assuntos tratados Página 4

1ª sessão magna A ARLS Colunas da Harmonia nº 149 realizou sua primeira sessão magna no início de julho. A Loja, que recebeu sua carta constitutiva definitiva no mês de maio, elevou os irmãos Jaciel Gomes do Vale e Joaquim Nereo de Andrade Lemos. Página 10

Curso de formação maçônica da GLP Aproximadamente 700 Aprendizes e Companheiros devem participar do curso de aperfeiçoamento da Grande Loja do Paraná que ocorre até o início de agosto em todo o Estado. Página 7

Quer ser maçom? pergunte-me como! Estas são as frases que mais freqüentemente observamos em classificados de jornais e na internet na qual tentam vender “iniciações”. As potências espúrias espalham-se e não há aquele que já não tenha se deparado com tais tentativas. Por isso há necessidade dos reais maçons

delinearem os caminhos da verdade. Este é um dos pontos de vista compartilhado pelos Grão Mestres da Grande Loja do Paraná (GLP), Grande Oriente do Brasil (GOB) e Grande Oriente do Paraná (GOP), que estão pregando a unidade entre as três potências que convivem harmoniosamente.Página 3


2

VITRIOL

Cultura Maçônica

Editorial

por Francisco Pucci

Segundo a Análise Transacional, uma das correntes teóricas da Psicologia, o ser humano nasce O.K., isto é, natural, bom, com uma estrutura apta a responder de forma saudável aos estímulos do meio.

No processo de socialização, – que envolve todas as pressões e adestramentos que visam a transformar alguém em um "ser socialmente adaptado" - vamos sendo treinados para não confiarmos em nossas emoções, em nossos sentimentos, em nossas idéias, em nossos prazeres, e isso é de tal forma eficiente que acabamos por nos tornarmos indivíduos não – O.K., seja lá que nome venham a nos dar por isso: esquisitos, neuróticos, paranóicos e até mesmo loucos.

O Vitriol trata-se de um veículo de comunicação de distribuição gratuita dirigido à comunidade maçônica paranaense. Como tal terá enfoque jornalístico sobre os assuntos de interesse desta fraternidade, sempre pautado pela verdade e pelo interesse coletivo. Nosso objetivo é auxiliar na aproximação e no estreitamento dos laços de amizade entre os irmãos da Grande Loja do Paraná, Grande Oriente do Brasil e Grande Oriente do Paraná.

Um desses treinamentos que recebemos, o autor Claude Steiner classifica como Treinamento em Falta de Alegria. Nascemos, diz ele, felizes com nossos sentimentos e com nossos próprios corpos. Se fôssemos levados a crescer de forma saudável, provavelmente nos sentiríamos satisfeitos ao comer o suficiente, assim como nos sentimos saciados ao matar a sede com um pouco de água. Nos sentiríamos mal ao inalar a fumaça poluída do cigarro, assim como tiramos rápido a mão de uma superfície demasiadamente quente.

Nos colocamos à disposição dos irmãos que desejem contribuir com informações de suas Lojas para que seja mais completa nossa publicação.

O que vemos, contudo, em geral, é o contrário: as pessoas comem além do que lhes sacia; tossem e engasgam até ficarem dependentes da fumaça poluída do cigarro; entopem-se de alguns remédios para "sentirem-se bem" e de outros para "não se sentirem mal". Por que ocorre isso? Porque, responde STEINER, aprendemos a nos separar de nossos corpos, a não nos sentirmos "mal" na ligação com ele, a considerar o prazer uma coisa proibida, de tal forma que acabamos por necessitar desses artifícios para fazer contato conosco mesmos e vivermos alguns instantes de prazer.

Álvaro Dias Neto - Delta nº 124

Desde crianças nossa sexualidade é reprimida, mas bem antes dela todos os nossos sentidos já vêm sendo bloqueados. Aprendemos a ver a utilidade da rosa, não a vermos a penugem aveludada de suas pétalas ou as variações de seu vermelho vivo. Aprendemos a ouvir as palavras, não a entonação e esquecemos como se escutam melodias ou o som alegre e triste das vozes das pessoas. As crianças não podem ver a nudez, sentir raiva ou ter prazer em tocar seu próprio corpo ou o corpo de outra pessoa. Muitos de nós fomos obrigados a viver em desconforto, sem o direito de escolhermos nossas próprias roupas. Ou fomos proibidos de correr, trepar, rolar na grama, sujar-se na terra ou molhar-se na chuva. E somos treinados para que? Para nos adaptarmos à tensão e à dor. Com a doença não aprendemos como empregar a própria energia para combater a enfermidade, mas aprendemos a confiar nas drogas e a sentir o prazer que nos causam ao suspender a dor. O ser humano que vemos hoje, não é nem um pecador sem salvação e nem o resultado de um erro da educação ou um defeito de fabricação. Somos aquilo para o que fomos treinados. Somos o sucesso total de um treinamento bem feito.

E na Maçonaria, para que somos treinado?

Elaborado pelos jornalistas e irmãos: Ari Lemos - Colunas da Harmonia nº 149

Vitriol Comunicação Comunicação

Soluções

em

Vitriol Anagrama que provém da frase iniciática “Visita Interiorem Terrae, Rectificandoque, Invenies Occultum Lapidem”, ou seja, visita o interior da Terra e retificando-te encontrarás a pedra oculta. Trata-se de um símbolo universal da constante busca do homem para melhorar a si mesmo e a sociedade. Esta palavra, por assim dizer, coincide com um dos nosso objetivos que é o de trazer a informação para dar sustentação ao pensamento e à reflexão, daquele que busca o aperfeiçoamento.

Impresso na gráfica Helvética Tiragem: 5 000 Distribuição Gratuita Projeto Gráfico - Kelly Midori Ari Lemos DRT 5954


VITRIOL

3

Unidade: questão de soberania à Maçonaria Regular Pela Unidade As três potências já têm se organizado para desempenhar diversas ações. Na área social está sendo formatado um programa de doação de medula através dos Grandes Secretários de Ações Sociais e que segundo o irmão Iraci, GM da GLP, será mais do que um exemplo à sociedade, da força maçônica. “Temos que fazer a maçonaria cidadã, fazer com que nossos integrantes participem efetivamente das atividades necessárias para a sociedade”, disse.

Quer ser maçom? Pergunte-me como. Estas são as frases que mais freqüentemente observamos em classificados de jornais e na internet na qual tentam vender “iniciações”. As potências espúrias espalham-se e não há aquele que já não tenha se deparado com tais tentativas. Por isso há necessidade dos reais maçons delinearem os caminhos da verdade. Este é um dos pontos de vista compartilhado pelos Grão Mestres da Grande Loja do Paraná (GLP), Grande Oriente do Brasil (GOB) e Grande Oriente do Paraná (GOP), que estão pregando a unidade entre as três potências que convivem harmoniosamente. “Nós não somos os responsáveis pelo passado, mas somos pelo presente que fará o futuro da maçonaria paranaense”, enfatizou o Grão Mestre do GOB, irmão Dalmo Wilson Louzada, contando que há uma forte identificação entre os Grão Mestres das três obediências maçônicas e, em função disso, um trabalho em conjunto está sendo desenvolvido. “A nossa união fará que os pseudo maçons, que estão fazendo coisas totalmente contrárias aos nossos princípios desapareçam”, afirmou.

O irmão Iraci da Silva Borges, Grão Mestre

da GLP, explicou que esta união cada vez mais ajudará na distinção entre o bem e o mal. “Estamos aproximando as pessoas que têm a mesma origem e o mesmo propósito para assim identificarmos aqueles que são os inimigos da maçonaria, aqueles que querem dela usufruir e se aproveitar”, disse. Segundo o irmão Celso Girardello, Grão Mestre do GOP, a tarefa de frear as lojas espúrias não é simples, devido a facilidade de comunicação que temos hoje, mas ao ponto em que a sociedade souber identificar o que é a verdadeira maçonaria, esta questão será mais facilmente resolvida. “É muito fácil ludibriar o povo e, como este ainda não conhece muito da maçonaria, muitos são iludidos a entrar nessas lojas espúrias, pagando inclusive absurdos nas “iniciações” e deturpando nossa imagem”, disse. “Por isso não podemos nos esconder em nossos templos, temos que mostrar o que realmente somos, o que fazemos e não deixar que a sociedade apenas ache o que somos ou o que fazemos”, argumentou.

Para Iraci, ninguém precisa se esconder ou ter medo de dizer que é maçom. “Temos que fazer com que a maçonaria e os irmãos apareçam na sociedade com orgulho de serem maçons e que a sociedade tenha orgulho de saber que tem maçons trabalhando por ela”, explicou. De acordo com o irmão Celso, GM do GOP, são muitas as ações conjuntas realizadas em prol da sociedade, como o que pode ser visto no auxílio aos necessitados, atingidos pelas fortes enchentes do ano passado no litoral. Para Celso, outro ponto que certamente terá uma atenção especial no futuro está relacionado à cobrança da ética em nosso país, coibindo as impunidades, as falcatruas e desrespeitos aos cidadãos, atos que a cada dia são desmascarados, principalmente na política. “Estamos somando e com isso todos os irmãos e a sociedade saem ganhando, queremos fazer com que deste entrosamento e trabalho o Paraná seja uma referência dentro da ordem maçônica em nosso país”, ponderou o irmão Dalmo, GM do GOB.


4

VITRIOL

XIII Grande Assembleia Arco-íris em Curitiba O brilho colorido do Arco-Íris iluminou a capital paranaense nos dias 22, 23 e 24 de Julho durante a XIII Grande Assembléia do Paraná realizada no Círculo Militar em Curitiba. Por tratar-se de uma confraternização anual, trocas de experiências e discussões sobre ações para o próximo ano fizeram parte dos assuntos tratados no encontro. Gabriele Pereira, Grande Ilustre Preceptora do Paraná, lembrou da filantropia estadual realizada sempre antes de cada Grande Assembleia e que este ano auxiliou a Pastoral da Criança com arrecadação de alimentos. Para o irmão Gilson Eduardo Costin, presidente do Grande Conselho do Paraná, o evento não foi somente importante às Arco-Íris do Estado, mas para a Maçonaria como um todo. “O apoio da Maçonaria às entidades paramaçônica a engrandece ainda mais no Brasil. São nelas que os ensinamentos maçônicos são perpetuados”, afirmou. Meninas de 15 cidades participaram do evento, entre elas as paraguaias Assuncion e Ciudad Del Este. O irmão Eduardo Leal, presidente do Conselho Harmonia das Cores, de Curitiba, agradeceu a presença de todos os demais capítulos e enfatizou a formação moral e os princípios que a maçonaria ensina. A preceptora mãe do Conselho de Ciudad Del Este, Nidia Fernandes, retribuiu os agradecimentos lembrando que “somos uma grande família paramaçônica sem distinções de raças e nações, o que nos leva há grandes valores e caráter”. Além do brilhantismo da abertura oficial e da festa realizada no sábado a noite, na sede do GOP, que teve como tema “As Personalidades que Marcaram a História”, honrarias foram entregues como a Comenda Grandes Cruzes oferecida ao irmão Teles, de Cascavel, pelos serviços prestados a esta Ordem Paramaçônica. Esta é a maior homenagem que um maçom pode receber das Arco-Íris. O encerramento, no domingo, contou com a escolha da nova diretoria do Grande Conselho do Paraná e dos planejamentos para a próxima Grande Assembléia do Paraná que será em 2012 na cidade de Astorga.

Veja as demais imagens na Galeria de Fotos do nosso site


VITRIOL

5

Sede da GLP poderá ter Templo do rito de York 5ª Festa da Costela ao Fogo de Chão Os irmãos da ARLS Luz do Oriente II nº 13 estão organizando a 5ª Costela ao Fogo de Chão que ocorrerá no próximo dia 21, a partir das 12h, no Sítio Ecológico Scandolo, no oriente de Cambará. Os irmãos aguardam a fraternidade maçônica para os festejos. Mais informações em nosso site.

1º decênio de serviços

O Rito de York poderá ter um templo exclusivo a sua execução. Esta foi a promessa do sereníssimo Grão Mestre Iraci da Silva Borges durante a primeira sessão conjunta entre as AARRLLSS Liberdade nº 81 e Emiliano Perneta nº 119, que ocorreu nesta segunda (1) na Associação Filosófica Phoenix, em Curitiba. Segundo o irmão Iraci, a sede da GLP passará muito em breve por reformas e o espaço aonde hoje é utilizado por um auditório será transformado em Templo. “Atendendo aos pedidos de incentivo, eles contam com a palavra do grão mestrado de que se mais três Lojas forem criadas em Curitiba, destinadas ao rito, até o final deste ano a GLP fará em sua sede um Templo devidamente ornamentado para sua prática”, contou. O Venerável Mestre Cláudio José de Oliveira, da Liberdade nº 81, acredita que esta sessão ficará marcada na história da GLP. “Estamos muito felizes, pois este é um marco que certamente mostrará o crescimento que o rito de York poderá ter e tudo o que poderemos fazer pela maçonaria paranaense e pela GLP”, afirmou.

“O Grão Mestre nos deu a certeza de que estamos no caminho certo e demonstrou o apoio e retaguarda que temos por parte da GLP”, disse o irmão Alexandre Francisco do Nascimento, Venerável Mestre da Emiliano Perneta nº 119. As duas lojas são as únicas de Curitiba, da potência, a praticar o rito de York. Das 138 Lojas da GLP, apenas quatro o praticam, sendo que as demais estão em Cascavel. A sessão foi abrilhantada ainda por uma palestra do irmão Wilson de Oliveira, pertencente à Liberdade nº 81, sobre o rito na qual foram abordados temas como ornamentação do Templo, a história e origens do rito na Inglaterra, nos Estados Unidos e no Brasil, e a ordem de execução ritualística etc. As Lojas prestaram ainda uma homenagem ao irmão Iraci e aos irmãos Welington Manuel dos Santos e Silvio Kasnodzei, delegados dos 28º e 21º distritos. Participaram ainda da sessão cerca de 70 irmãos, diversos delegados, oficiais e administrativos da GLP.

Anuncie Conosco Coloque sua empresa ou prestação de serviço em contato com toda a fraternidade regular paranaense.

Anuncie no jornal e ganhe o anúncio no site. contato@vitriolcomunicacao.com.br

A ARLS Antônio Serur nº 114 realizou um Banquete Ritualístico para brindar aos 10 anos da fundação da oficina nesta última quarta-feira (27), no oriente de Curitiba. As festividades contaram com a presença do sereníssimo Grão Mestre da GLP Iraci da Silva Borges e dos past Grão Mestres João Carlos e Sidney Pinto e de 124 irmãos pertencentes a 12 Lojas.

Novos irmãos A Maçonaria Universal foi reforçada no domingo (17), no oriente de Engenheiro Beltrão, com o ingresso dos neófitos Jean Fernando Pontim e Lucas Lazarini aos quadros da ARLS Marechal Deodoro nº 47.

Novos Caminhos nº 118 em festa Os obreiros da ARLS Novos Caminhos nº118 comemoraram os nove anos de fundação de sua oficina com um Banquete Ritualístico nesta quarta-feira (13), no oriente de Curitiba. A sessão comemorativa presidida pelo Venerável Mestre Saint’clair Rabello e contou com a presença de 31 irmãos, entre integrantes do quadro, visitantes e autoridades da Grande Loja do Paraná.

Renascer comemora seus 5 primeiros anos

A ARLS Renascer nº 134 organizou um Banquete Ritualístico no dia 29 de junho para comemorar os cinco anos de fundação da oficina. Mais de 50 irmãos participaram das festividades e alinharam seus canhões.


6

VITRIOL Espaço paramacônico

Agenda Moto Clube Bodes do Asfaldo Facção Curitiba Irmãos motociclistas, neste mês de agosto convidamos a todos os simpatizantes das duas rodas para aquecerem seus motores e participarem conosco dos eventos e passeios do nosso motoclube. DIA 06 – Bonde* no 12º Paranaguámotos, que será realizados nos dias 05, 06 e 07 de agosto, em Paranaguá.

Parabéns a todos os integrantes do Bodes do Asfalto pela comemoração do 8º aniversário, que ocorreu neste dia 1º e agosto.

DIAS 19 e 20 - Abraçando o Brasil – Bonde* para Aparecida do Norte (SP), para encontrar com irmãos do Rio de Janeiro , São Paulo e demais Estados, na grande final do projeto que será realizado no dia do Maçon, 20 de agosto. O Abraçando o Brasil é o projeto que conta com a participação de todas as facções do Moto Clube no Brasil.

DIA 27 – Mc Dia Feliz – evento da rede de lanchonetes McDonalds, cuja receita da venda do Mc Lanche neste dia (das 10:00 às 18:00h) será revertida para o Hospital Erasto Gaertner e Casa de Apoio APACN (Associação Paranaense de Apoio à Criança com Neoplasia). Os irmãos interessados podem comprar antecipadamente seus tickets com os integrantes do Moto Clube, no valor de R$ 9,75. DIA 28 - Participaçao no DESFILE CíVICO MILITAR no bairro PINHEIRINHO - em Curitiba. Venha fazer poeira e participar desta Família Fraterna! Acesse o site www. bodesdoasfaltocuritiba.com.br e acompanhe a maior facção do Brasil! *Bonde = Viagem em Comboio

Pelas boas práticas da cidadania Desde dezembro de 2010, a associação Cidadão Alerta está trabalhando para difundir princípios de cidadania, ética, moral, democracia e direitos e deveres dos cidadãos. Ela é uma associação civil sem fins lucrativos nem vínculo político ou religioso que surgiu a partir de cidadãos comuns, preocupados com os vícios e as mazelas sociais que assolam o país. Segundo o presidente João Krainski Neto, “antes éramos apenas amigos que se reuniam para discutir, refletir e filosofar sobre as injustiças, as barbaridades que aconteciam no nosso país. Ano passado, tomamos uma atitude. Fundamos a associação para que outras pessoas pudessem contribuir para a criação de um projeto maior, de exercício de cidadania.” Assim surgiu o site www.cidadaoalerta. org.br, onde é possível encontrar notícias, leis, dados estatísticos, enfim todo tipo de

informação para que qualquer cidadão possa participar. A área de Direitos e Deveres, baseada na Constituição Federal de 1988 e na Declaração Universal dos Direitos Humanos, traz discussões importantes acerca dos direitos da criança, do consumidor, da mulher e dos idosos. O resgate ao Patriotismo, não só em tempos de Copa do Mundo e Olimpíadas, mas também no dia a dia do brasileiro trabalhador, que precisa de apoio para seguir sua jornada. Segundo o advogado Ivo Araújo, “com tanta correria, precisamos estar cotidianamente lembrando dos nossos princípios éticos e morais. Só assim viveremos numa sociedade mais justa e comprometida.” Dessa maneira, a Cidadão Alerta acredita que cada pessoa, empresa, político, mãe, estudante pode contribuir, em sua casa, na rua ou no escritório, para constituir um meio ambiente saudável, livre de guerra, de

violência, de desigualdade. E, para que estas ideias sejam colocadas em prática, a associação pretende lançar campanhas de conscientização e engajamento social, ações educativas em parceria com ONGs e instituições privadas. Porque juntos podemos melhorar o nosso país. Mostre que você é um Cidadão Alerta.

Ir.: Nalevaiko Ir.: Santini


VITRIOL

7

Aprendizes e Companheiros participam de curso da GLP Aproximadamente 700 Aprendizes e Companheiros participaram do curso de aperfeiçoamento da Grande Loja do Paraná, realizado em todo o Estado. Segundo o Grão Mestre Iraci da Silva Borges, o curso já é realizado há uma década, sendo repetido a cada dois anos e trata-se de uma excelente oportunidade para que os irmãos mais novos conheçam a administração da GLP, interajam com os Oficiais palestrantes e cultivem o sentimento de pertencimento. “Só se ama aquilo que se conhece, então queremos que eles conheçam a Grande Loja para que também a amem”, afirmou. O curso é dividido em quatro módulos: História da Maçonaria; Organização Administrativa da GLP e seus aspectos históricos; Justiça Maçônica; e Ética Maçônica. Após a apresentação de cada tema ocorre um debate no qual as dúvidas são esclarecidas.

Mais fotos na galeria do nosso site

Para o Companheiro Robinsom Bonilha, da ARLS Joel Pereira Lima nº 113, o curso é uma iniciativa válida. “Gostaria até que tivesse mais cursos para aprendermos, por exemplo, sobre os ritos praticados”, comentou. Átila Galvão, Companheiro da ARLS Luz da Verdade nº 94, destacou que a manhã foi proveitosa. “Obtivemos um maior entendimento sobre o assunto, com noções da administração e do que representamos às nossas lojas e à instituição”, explicou. Para o aprendiz Amauri Cesar Gonçalves, da ARLS Colunas da Harmonia nº 149, o curso foi muito bom, em especial o módulo que tratou sobre a ética.

Ir.: Ramos


8

VITRIOL

Bodes do Asfalto empossa nova administração Estadual O Moto Clube Bodes do Asfalto realizou a posse de sua coordenação estadual e de administrações municipais no último sábado (30), em São José dos Pinhais. A confraternização contou com a presença de aproximadamente 150 pessoas dos orientes de Curitiba, Cascavel, Francisco Beltrão, Ponta Grossa e do Litoral, entre irmãos, cunhadas e sobrinhos, com destaque ao irmão José Krainski Neto, Grão Mestre de Honra do Grande Oriente do Paraná. Foram empossados os irmãos Paulo Gaida, na coordenação estadual da entidade paramacônica; o irmão Juarez Cardoso, na direção da facção Curitiba; o irmão Claudio Porto Neto, na direção da facção Ponta Grossa; e o irmão Alberis Silvestrini, na direção da facção Litoral. Segundo o irmão Paulo Gaida, o Bodes do Asfalto trata-se do maior Moto Clube existente em nosso país contando com aproximadamente 4,6 mil irmãos associados espalhados pelos 27 estados da nação e 840 cidades. Ainda de acordo com ele, também há células do Moto Clube em 11 países. “O Bodes do Asfalto nasceu para dar suporte aos irmãos que gostam de motos e de viajar com elas”, explicou. Ainda em seu discurso, Paulo agradeceu aos irmãos componentes pela confiança depositada na chapa União. O irmão Juarez Cardoso externou sua emoção e contentamento em ser o novo dirigente da facção Curitiba. “É uma responsabilidade muito grande estar a frente da maior facção, do maior Moto Clube do Brasil”, disse. “É muito emocionante participar de um grupo como o Bodes do Asfalto uma vez que unimos a fraternidade e o nosso amor pelas motos, numa verdadeira família”, afirmou. Antes da posse foi ministrada uma palestra pelo irmão Jorge Morais Neto (Big Jorge), sobre segurança em duas rodas, na qual foram abordados temas como, por exemplo, os cuidados em se viajar em comboio e os sinais corporais utilizados para facilitar a comunicação durante os deslocamentos. Também ocorreu uma homenagem aos irmãos que se destacaram no Moto Clube,

com a entrega de broches especiais. Após toda a solenidade foi servido um almoço à família maçônica. O Bodes do Aslfalto foi criado em 2003 pelo irmão Edson Fernando Sobrinho e tem sua

Araucária entra no mapa da GLP Em uma concorrida cerimônia magna presidida pelo Grão Mestre Iraci da Silva Borges, da Grande Loja do Paraná (GLP), foi consagrado o novo templo da ARLS Cavaleiros do Iguaçu nº 139 na noite desta quinta-feira (28), no oriente de Araucária.

Loja, irmão José Augusto Alves Pinto (Zeco), a realização das sessões na capital muitas vezes se tornava um incomodo devido ao pesado trânsito que era necessário enfrentar. “Nos horários de pico levávamos mais de uma hora para chegar ao Templo”, contou.

Segundo Iraci, o sonho dos valorosos irmãos se transformou em realidade e se torna em um marco para a GLP. “Trata-se de uma data especial para a Grande Loja e para a Maçonaria Universal. Tínhamos o desejo de possuir uma Loja neste município e há alguns anos a fundamos e a fortalecemos em Curitiba e esse processo se dá por completo hoje, quando damos mais este passo para que todos os trabalhos desta oficina se realizem neste oriente”, disse. “É um momento especial para a maçonaria que vai poder mostrar o seu rosto em Araucária”, salientou.

O irmão José disse ainda que o fato da cidade contar com tamanha diversidade de templos e de não ter um dedicado à maçonaria e ao GADU entristecia os irmãos. “Agora poderemos, a partir de hoje, proporcionar o bem a mais cidadãos honrados de nossa cidade, dispostos a seguir conosco essa filosofia de vida magnífica”, frisou.

Fundada em abril de 2007, até então a Loja funcionou em Templos localizados em Curitiba. De acordo com o Venerável Mestre da

Comunicação interna Cobertura de eventos Conteúdo para sites Consultoria

Participaram da sessão mais de 60 irmãos, dentre delegados, oficiais da GLP e visitantes, depois da sagração ocorreu um ágape fraternal. As sessões da ARLS Cavaleiros do Iguaçu nº 139 serão realizadas nas segundasfeiras, a partir das 20h, em seu templo situado na rua Major Sezino Pereira de Souza, ao lado do Cartório de Registro de Imóveis.

Veja todas as fotos deste evento em nosso site

Assessoria de imprensa Soluções em Comunicação

sede nacional na Bahia, em Feira de Santana. A ideia de sua criação surgiu em conversas entre os irmãos integrantes da lista de discussão Atalaia, sendo planejada para apoiar os maçons motociclistas nas necessidades.

Anuncie conosco mande informações e fotos do evento de sua Loja www.vitriolcomunicacao.com.br contato@vitriolcomunicacao.com.br


VITRIOL

9

Espaço paramacônico

Conheça a Ordem Internacional Arco-íris A Ordem Internacional Arco-Íris é uma organização criada pela Maçonaria destinada às meninas de 12 a 20 anos com ou sem parentesco maçônico. Necessitando apenas de apadrinhamento de um maçom ativo, as meninas escolhidas podem ser de qualquer religião, desde que acreditem em Deus e que gostem de ajudar o próximo, moldando-se assim às pessoas amigas e educadas que se preocupam com o mundo. Fundada em Oklahoma pelo maçom do grau 33, Mark Sexsom, a partir de 06 de abril de 1922 as assembleias Arco-Íris foram criadas em várias jurisdições pelo mundo. Mesmo com a maior parte delas situada nos Estados Unidos, Assembleias Arco-Íris podem ser encontradas em vários países como Brasil, Alemanha, Austrália, Filipinas, Paraguai, Japão e Canadá. A Ordem enfatiza para as meninas sentimentos e responsabilidades como liderança, participação ativa na sua religião, patriotismo, cooperação com os seus semelhantes, amor ao lar, lealdade à família e serviços humanitários. As Meninas Arco-Íris participam de muitas atividades e fazem amizades duradouras. A primeira Assembléia da Ordem Internacional do Arco-Íris para Meninas criada na América Latina, ainda está ativa na cidade de CascavelPR. Chama-se Assembléia Caminho de Luz I, e foi fundada em 16 de Maio de 1992. Assim como na Ordem DeMolay, as ArcoÍris enfatizam sete virtudes, representando as sete cores do Arco-Íris. O Vermelho

representa o amor em casa e com a família. O Laranja representa a ativa participação na sua religião. O Amarelo é o respeito pela natureza. O Verde reflete a imortalidade da alma. O Azul traduz a lealdade principalmente para com as demais meninas da Ordem. O Anil significa o patriotismo com respeito ao país e à bandeira. O Violeta representa o serviço ao próximo, principal causa da Ordem e de outros membros maçônicos. O Branco simboliza a união de todas as cores do Arco-Íris.

Seja voluntário! Muitas vezes, ouvimos por meio da mídia, ou por outras pessoas sobre instituições não governamentais, que ajudam a população de alguma maneira. Contudo, você já parou para pensar a dificuldade de manter uma instituição? Ou mesmo que elas dependem da benevolência da população em geral, ou seja, pessoas como você e eu?! Agora vamos pensar nas instituições que se dedicam a garantir dignidade às pessoas, onde seu objetivo é proporcionar moradia, alimentação, lazer, oportunizar um futuro a pessoas que já não o tem!

Isso contando apenas com doações! Se você parar para pensar sua contribuição, mesmo que mínima, faz uma diferença exorbitante! É com gestos como esse, que garantimos um futuro para nossa nação, tirando do leito da infância desses jovens, o rancor do abandono, do desprezo e proporcionando a eles uma chance, tendo como base a benevolência e caridade. Será que tal exemplo não influenciará positivamente esses futuros cidadãos!? Tirando deles, ideais de violência e necessidade de criminalizar para conseguirem o que desejam!?

Isso tudo não cai do céu, só pode ser feito com o auxílio de outras pessoas, como eu e você! É difícil para você pagar suas contas mensais, não?! Pois bem, um lar de crianças órfãs tem de multiplicar essa conta por 50, 70, até 100 vezes, e mesmo assim garantindo o mínimo de dignidade e bem estar para essas crianças!

Pense nisso e verá que ajudando uma instituição você estará fazendo um bem a você, a outra pessoa e a sociedade de um modo geral! Você pode fazer a diferença no futuro de muitas pessoas! Seja um voluntário!!

Denis Maronka Rossi

Atualmente, a Grande Jurisdição do Paraná está em 13 cidades que apresentam Assembleias Arco-Íris: Cascavel, Londrina, Astorga, Paranavaí, Francisco Beltrão, Umuarama, Arapongas, Cruzeiro do Oeste, Toledo, Rolândia, Ponta Grossa, Foz do Iguaçu e Curitiba. As cidades de Guaraí e Araguaína, no Tocantins; em Belém, no Pará; e as cidades de Assuncion e Ciudad Del Este no Paraguai também têm Assembleias que fazem parte desta jurisdição.Em Curitiba, a Assembleia Harmonia das Cores, se reúne na Associação Phoenix, todos os sábados às 17 horas.


10

Oportunidade de negócios

VITRIOL

Colunas da Harmonia nº149 preside sua primeira sessão magna

A Maçonaria Interamericana terá uma Câmara de Comércio para atender aos irmãos, a criação de tal dispositivo ocorrerá durante o Congresso Maçônico da Bolívia, que ocorrerá de 12 a 14 de Agosto, em Santa Cruz de La Sierra. A chamada Câmara 3P ou três pontos é fruto da negociação entre os irmãos empresários do Brasil, Paraguai, Bolívia, Argentina e Uruguai, que foi discutida durante as Rodadas de Negócios 3P que o correram na Bolívia e Paraguai.

Um representante na vereança

O vereador Zé Maria protocolou pedido à Prefeitura, para que, em parceria com o Estado construam módulos policiais em todos os bairros de Curitiba. A sociedade solicita os módulos pois, segundo eles, com a medida há uma grande integração entre comunidade e polícia. A ação em conjunto minimiza situações de perigo, além de estimular a população a fiscalizar as ações que são pertinentes a cada bairro. Recebo diariamente diversos pedidos de líderes comunitários, de vários bairros de Curitiba, solicitando a volta dos módulos e eles qualificam a atuação dos policiais como fundamental na segurança das comunidades. Com isso se estabelece também um vínculo de extrema confiança no policial, que passa a se tornar um membro da comunidade”, explica o vereador.

A ARLS Colunas da Harmonia nº 149 realizou sua primeira sessão magna no início de julho. A Loja, que recebeu sua carta constitutiva definitiva no mês de maio, elevou os irmãos Jaciel Gomes do Vale e Joaquim Nereo de Andrade Lemos. A sessão presidida pelo Venerável Mestre Jackson Cesar Rodrigues contou com a presença do ilustre Delegado do Grão Mestre para o 25ª Distrito Maçônico da GLP, irmão

José Carlos Ohpis, e de irmãos das AARRLLSS Luzes de Sião nº 77 (do oriente da Lapa); Delta nº 124; Obreiros de Pinhais nº 95; Justiça e Liberdade nº 97; Luz da Verdade nº 94 e Scientia et Peo (GOP). A ARLS Colunas da Harmonia nº 149 tem obediência a Grande Loja do Paraná e reúnese no oriente de Curitiba, nas sextas-feiras a partir das 20hs, no templo situado na Rua Baltazar Carrasco dos Reis nº 1988.

Mande para o Vitriol as informações e fotos dos eventos de sua Loja www.vitriolcomunicacao.com.br contato@vitriolcomunicacao.com.br


VITRIOL

11

Espaço dos Grão Mestres

Celebrando a união As três potências maçônicas regulares já estão organizando a festa de final de ano em conjunto. Ocorrerá no dia 19 de novembro na chácara do Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba, localizada em São José dos Pinhais. Os Grão Mestres Dalmo Louzada (GOB) e Iraci da Silva Borges (GLP), acompanhados pelo irmão Alcion Silva – que representou

o irmão Celso Girardello (GOP), visitaram as instalações da chácara nesta terçafeira (2) e concluíram que o espaço é suficiente para reunir os cerca de 3 mil irmãos aguardados para as festividades. O espaço conta ainda com excelente infraestutura como campo de futebol, quadras poliesportivas, parquinho e demais dependências.

Beneficencia A ARLS Luz invisível nº 33, do oriente de Curitiba, marcou os 111 anos de sua fundação com uma série de eventos e beneficência. Além de um Banquete Ritualístico, almoço familiar e palestra, o ponto alto foi a campanha desenvolvida pelos irmãos para arrecadar roupas e alimentos que foram destinados à Grande Secretaria Adjunta de Ações Sociais da GLP. Os 1,2 mil quilos de alimentos não perecíveis

e as roupas foram repassados à Associação de Crianças Órfãs da Aids (ACOA), Associação Paranaense Alegria de Viver (APAVI) e Clube das Acácias Unidas – Casa Lar. A ARLS Apóstolo da Caridade nº21, do oriente de Curitiba, repassou 286 cobertores à Fundação de Ação Social (FAS) e ao Instituto Pró-Cidadania de Curitiba (IPCC) participando da campanha Doe Calor 2011.

São José recebe três novos irmãos

Iraci da Silva Borges, Grão Mestre da GLP Iniciamos o mês de agosto, aproximando-nos de completar, no próximo dia 19, cinco meses à frente da administração de nossa Grande Loja. Primeiro ciclo que se completará com o advento das comemorações do Dia do Maçom de 2011. Cabe-nos, a cada 20 de agosto, refletir sobre o nosso papel na Maçonaria, em nossas respectivas famílias, em nossas Comunidades, conscientizando-nos de nossos acertos, nossos erros e o balanço final de nossas ações, para concluir se atingimos o objetivo de termos sido melhores neste último ano, do que fomos nos anos anteriores, resultado de nosso auto-aperfeiçoamento. A considerar-se que, na Maçonaria, por seus princípios, a crítica deve ser individual e dirigida a auto-análise, não queremos externar considerações sobre atuação do Grão Mestrado e nem da Grande Loja do Paraná, mas queremos reiterar nossa disposição acerca do futuro de nossa Instituição, pela ação do Grão Mestrado. À evidência, continuamos convictos de que primordial para o engrandecimento da Maçonaria, principalmente da Paranaense, que estejamos bem definidos em nosso discernimento de distinguir aqueles que praticam a correta Maçonaria, salutar em sua disposição de respeitar e dignificar o Ser humano e seus valores. Com tal definição podemos reiterar o nosso propósito de elevarmos as relações Interpotenciais, principalmente em nosso Estado, ao mais puro exercício da Fraternidade, sustentado pelo alicerce do respeitoso e desinteressado AMOR. Continuamos convictos da necessidade de reforçarmos a presença da Grande Loja do Paraná no cenário da Maçonaria Internacional, principalmente no que atine às relações no âmbito da Maçonaria Interamericana, destacada a nossa presença e ação na CMI – Confederação Maçônica Interamericana, o que inclusive ocorrerá nos próximos dias, com nossa participação no “II Congreso Masónico Bolívia 2011”, cujo tema, de sua importância, abordará o caminho: DA MAÇONARIA ESPECULATIVA À MAÇONARIA EXECUTIVA”.

Irmãos de sete lojas se uniram para recepcionar e trazer à luz a três novos irmãos na noite de 1º de agosto em São José dos Pinhais. A Sessão Magna foi realizada em conjunto pelas Lojas Francisco de Paula Killian nº152 e Colunas do Afonso Pena nº 133 que iniciaram os neófitos Percílio Craveiro Benite, Miguel Marcílio de Oliveira

e Romualdo de Souza Filho. Além da presença do ilustre delegado do 29º distrito, irmão Expedito Barbosa Martins, a sessão contou com a presença de representantes das Lojas Delta º124, Barão do Cerro Azul º136, Giuseppe Garibaldi nº145, Dezenove de Novembro nº87, Integridade e Justiça (de São Paulo).

Por certo as discussões daquele Congresso se identificam com a postura que vimos adotando, no sentido de expormos a nossa Grande Loja do Paraná à Sociedade, mostrando QUEM SOMOS, DE ONDE VIEMOS E PARA ONDE QUEREMOS IR, sempre em prol do desenvolvimento de nossa Ordem e das Comunidades onde estamos inseridos.


12

VITRIOL

1ª Edição VITRIOL  

Vitriol - 1ª edição

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you