Issuu on Google+

#092 E ANO 09 / 2013 DISTRIBUIÇÃO GRATUITA LEITURA NÃO RECOMENDADA PARA MENORES DE 18 ANOS.

RELAXUME


VOID #007 NÃO PARA NÃO

VOID #027 BEM-VINDO...

VOID #028 LUGAR ERRADO

VOID #021 2 ANOS NA CARA

VOID #020 EGO SUM LUX MUNDI

VOID #013 ATOLA!

VOID #012 FURA BOLO VOID #019 XXX VOID #026 NUM GUENTA...

VOID #055 AGORA VAI!

VOID #056 FOTOS

VOID #062 MOCADO

VOID #063 EM PELO

VOID #069 MEIA NOVE

VOID #070 POIS FOI

VOID #076 SENGAYA

VOID #077 SABE MUITO

VOID #048 NA MOSCA

VOID #049 FORA DO GELO

VOID #041 É FOFREE

VOID #042 SHHHHH...

VOID #035 AQUI JAZ

VOID #034 FOTOS

VOID #033 TIRA O OLHO VOID #040 NO MUSEU VOID #054 HANN A AFMELI VOID #061 NÓIS QUE VOA VOID #068 NA LINHA VOID #075 TCHAN

VOID #047 CHUTA

VOID #014 DEBAIXO DO PANO

VOID #006 POA PORNÔ

VOID #005 FOFOCA

VOID #004 TAMANHO DE PÊNIS VOID #025 BODA DE PRATA VOID #032 3 ANOS NONSENSE VOID #039 YES VOID #046 AUTO-ESTRADA VOID #053 CAPAI QUE NÃO VOID #060 NADAAVER VOID #067 FOTOS VOID #074 NÃO COMPRE

Financeiro Camila Bonfada Revisora Iara M. Rosales Gonçalves Projeto Gráfico Lucas Correa Rafael Chaves

VOID #084 REINADO E ANO 09 / 2013 DISTRIBUIÇÃO GRATUITA LEITURA NÃO RECOMENDADA PARA MENORES DE 18 ANOS.

E ANO 09 / 2013 DISTRIBUIÇÃO GRATUITA LEITURA NÃO RECOMENDADA PARA MENORES DE 18 ANOS.

VOID #091 IMPEACHMENT

BUFA

VOID #089 ME LAMBE

VOID #088 ENTRECUT

VOID #087 FOTOS

Direção Gabriel Rezende Marco Arioli Pedro Hemb Rodrigo Santanna Vicente Perrone   Gerente Geral Helene Hermes   Gerente de Criação e Conteúdo João Francisco Hein   Editor Leandro Vignoli   Designer Henrique Lopes   Repórter Nicolas Sales   Analista de Contas Fernanda Ortiz   Analista de Marketing Rafael Triboli

A Void é uma empresa do Grupo Slash/Slash.

#091

#089

ME LAMBE

E ANO 08 / 2012 DISTRIBUIÇÃO GRATUITA LEITURA NÃO RECOMENDADA PARA MENORES DE 18 ANOS.

FOTO

VOID #086 ADIOS MAIAS

VOID #085 VIDA LOKA

EXPEDIENTE

03/07/12 15:12

#087

ADIOS MAIAS

VIDA LOKA

REINADO

VOID #092 BUFA

DANIEL CRAZY

E ANO 08 / 2012 DISTRIBUIÇÃO GRATUITA LEITURA NÃO RECOMENDADA PARA MENORES DE 18 ANOS.

BIXO

WELLS OX

AL006112-An VOID.indd 1

E ANO 08 / 2012 DISTRIBUIÇÃO GRATUITA LEITURA NÃO RECOMENDADA PARA MENORES DE 18 ANOS.

E ANO 08 / 2012 DISTRIBUIÇÃO GRATUITA LEITURA NÃO RECOMENDADA PARA MENORES DE 18 ANOS.

#084

E ANO 08 / 2012 DISTRIBUIÇÃO GRATUITA LEITURA NÃO RECOMENDADA PARA MENORES DE 18 ANOS.

E ANO 08 / 2012 DISTRIBUIÇÃO GRATUITA LEITURA NÃO RECOMENDADA PARA MENORES DE 18 ANOS.

ALÔ ALÔ

#086

#085

#083

#082

E ANO 08 / 2012 DISTRIBUIÇÃO GRATUITA LEITURA NÃO RECOMENDADA PARA MENORES DE 18 ANOS.

VOID #083 BIXO

#081

9X9

VOID #082 ALÔ ALÔ

VOID #080 PÉ SUJO

PÉ SUJO

VOID #081 9X9

E ANO 08 / 2012 DISTRIBUIÇÃO GRATUITA LEITURA NÃO RECOMENDADA PARA MENORES DE 18 ANOS.

VOID #079 MOTHER FUCKER

VOID #078 LAS CHICA PIRA

MOTHER FUCKER

SS FS OLLIE / FOTO: ALEX BRANDÃO

#080

E ANO 08 / 2012 DISTRIBUIÇÃO GRATUITA LEITURA NÃO RECOMENDADA PARA MENORES DE 18 ANOS.

VOID É DISTRIBUÍDA NO BANHEIRO DOS PRINCIPAIS BARES, LOJAS, GALERIAS E UNIVERSIDADES DE PORTO ALEGRE. CONFERE A LISTA COMPLETA EM WWW.AVOID.COM.BR

VOID #018 NA TELA

VOID #017 VIROU FUMAÇA VOID #024 NA PARCERIA VOID #031 SÓ OS MUCHO LOCO VOID #038 PODEROSERRIMA VOID #045 FOTOS VOID #052 POR TRÁS VOID #059 BABY BOOM VOID #066 FEZES VOID #073 AFIADA

#079

DISTRIBUIÇÃO_

VOID #011 SE DEU BEM HEIN?

VOID #003 2005... VOID #010 LARICA

VOID #009 DEBAIXO DO CHÃO VOID #037 NA CALADA VOID #044 NO OLHO VOID #051 DE LADO VOID #058 EU ACREDITO VOID #065 BAZINGA! VOID #072 OLHO DE GATO

VOID #036 NÃO TEM CAÔ VOID #043 É SÓ O COMEÇO VOID #050 LÉGUAS DAQUI VOID #057 MAU SUJEITO VOID #064 CORPO SINTÉTICO

FOTO DA CAPA: COLETIVO 7/9

VOID #071 SEMPRE

CAPA(S)

VOID #030 PESÔ

VOID #029 NINGUÉM SAI

VOID #023 NUNCA MORRE

VOID #022 QUE LOOOOOCO!

VOID #015 NO RIM

VOID #016 SOU DA TINGA E DAÍ?

VOID #008 É TUDO DA LEI

Essa edição vai concretizar a suspeita de muita gente de que geral só coça o saco por aqui. Estendemos as pernas num estofado, cruzamos os braços, e deixamos tudo na conta do projeto Relaxume. Mentira. Tivemos o nosso trabalho de limpar a boca de maionese e o de não deixar a ceva escorrer pelo beiço. Queríamos um guia (quase) definitivo do rango bom & barato dessa cidade, e não vimos melhor indicação do que essa gurizada que vive pelo prazer de se passar na manteiga. Ainda estamos fazendo a digestão da ediçâo. Espero que vocês consigam.

VOID #002 BAD TRIP

VOID #001 SEXO A TRÊS

SE PASSANDO NA MANTEIGA

Slash/Slash: Bar1 / Bar2 C688

TIRAGEM_

4

A REVISTA VOID É UMA PUBLICAÇÃO MENSAL COM DISTRIBUIÇÃO GRATUITA E TIRAGEM DE 10 MIL EXEMPLARES.

Complex EXE M/E/C/A/Festival TOW e Tow In Void


O nível de coxismo vem crescendo assustadoramente em nossa cidade. Não que tenhamos algo contra os coxinhas, até acreditamos que todos têm um pouco deles em si, só não queremos que esse movimento (ou seja o que for) tome conta. Seria como dar espaço para o lado negro da força. Nosso objetivo é, simplesmente, reiterar a importância do Relaxume. Querendo ou não, ele faz parte da humanidade: o Relaxume é o ser humano em estado bruto. Por isso criamos o Relaxume Guide. Esse manual pretende mostrar os lugares alternativos e obscuros de Porto Alegre para que tu possa fugir da habitual rota turística da cidade. Aqui tu vai descobrir por que o bairro São Geraldo é o melhor da capital, vai confirmar que o centro é uma mina de ouro e irá, por fim, aprender a valorizar cada pomba que sobrevoa a tua cabeça no dia a dia. Tu não vai pagar de coxa, dar bote errado, comprar ceva cara e frequentar lugar palha. Além disso, vai conhecer muita gente afudê e ter experiências do caralho indo pra onde muitos porto-alegrenses nunca foram. Não temos a pretensão de publicar um guia definitivo, longe disso. Sabemos que todos têm seus relaxumes preferidos - e o universo relaxume é vasto. A busca não acaba aqui. Aproveitem e não se esqueçam do Omeprazol. Equipe Relaxume Guide.

P.S.: Força, Mercado Público. O relaxume mais antigo de Porto Alegre.

Equipe Relaxume: Felipe Porto Giovani Groff Julio Mendez Pedro Menezes Rafael Barcellos Ricardo Barcelos Editora Relaxada: Ana Becker

relaxumeguide.tumblr.com


MATA LARICA

SÃO LUGARES COM O MELHOR CUSTOBENEFÍCIO PRA, TCHÃ-RÃ!, MATAR A LARICA. APENAS RANGO BARATO E MUITO JUSTO, PRA ACABAR COM A TUA FOME DE BARBADA.


PRAÇA XV

Fator importantíssimo é o selo de qualidade POMBA LIMPA TRILHO. Fica aqui a nossa dica suprema: pomba comendo o que cai no chão é certeza de rango de qualidade.

. A MANHA DA ARANHA . Não cai nas cantadas. Pesquisa bem o rango antes de escolher. . FOLCLORE (REZA A LENDA) . Dizem que o xis surgiu na época em que o Largo Glênio Peres tinha uma estação de bonde. Um motorneiro da linha Cidade Baixa, conhecido como Gringo, sentia falta de um rango na estação. Em um momento de muita fome acabou criando o xis. Meses depois, pediu demissão e abriu seu estabelecimento. Hoje o conglomerado Gringo é o maior da capital gaúcha.

relaxume guide /

O cachorro linguiça também merece destaque. A estrela da refeição é um agradável embutido adornado por talhos perpendiculares que acentuam o poder de

O ponto mais alto do complexo, no entanto, é o pessoal que trabalha lá. Galera tá sempre de bom humor e munida de pérolas geniais, o que deveria te fazer repensar um milhão de vezes a ideia de ir naquele barzinho da moda em que o garçom te olha com cara de quem tá fazendo um favor. Quando um indiozinho se aproximou para pedir dinheiro, um dos atendentes perguntou: “E uma enxada, tu não quer?”. Os diálogos são imperdíveis. A melhor da nossa visita foi “casal feliz tem desconto no xis”.

. O QUE PEDIR . Xis-bagunça e suco de coco - a dupla indomável.

x

Nossa escolha foi a lancheria Milks, porque é dela o rango top do momento: o X-Bagunça. Por míseros quatro reais e meio tu leva tudo que a chapa tem pra oferecer. A iguaria é de uma crocância de primeira qualidade. Menor que um xis normal, mas cumpridor de sua função social e alimentícia. Pra acompanhar, a dica é o suco de coco, um hit entre os frequentadores mais assíduos. De coloração duvidosa, mas com gosto de picolé de coco de verdade.

crocância a cada mordida. O combo todo leva um pouco de salada, que atribui um certo grau de coxinharia à receita, mas que proporciona alegria ao pombo. Por três pilas se tem uma refeição rápida e versátil, que pode ser apreciada com tempo nas mesas espalhadas em frente à banca, ou em pé, do outro lado, por aqueles dispostos a curtir o rango de maneira mais selvagem.

/ revistavoid

Este complexo, que engloba uma variedade gigantesca de lancherias e até uma banca de xerox/tabacaria, foi carinhosamente apelidado por nós de PRAÇA DE ALIMENTAÇÃO DO CENTRÃO. A coisa toda deve somar uns 20 estabelecimentos, todos com nomes e fachadas muito afudês. Os preços são tri acessíveis e os lanches relativamente variados. Tem cachorro-quente, pastel e coisarada. Em funcionamento desde os tempos dos bondes (que é muito mais antigo que a época das carroças), é garantia de diversão aliada a um rango justíssimo.

. POR QUE IR . O centro do centro tem várias opções de rango e preço camarada. A diversão tá inclusa.

. CHURRIO DE AMANHÃ . De buenas. . SERVIÇO . Praca XV De Novembro s/nº

7


CAMELÓDROMO / revistavoid x relaxume guide /

8

Desbravamos o Pop Center, também conhecido como camelódromo. Em meio a lojas onde tu encontra praticamente tudo o que existe no universo, inclusive – vejam só! - artigos de procedência duvidosa, nos deparamos com uma praça de alimentação digna de exploração. Com uma gama variada de restaurantes que servem desde churrasco grego até chivito, passando por pastel e x-burguer, a praça é bem ajeitadinha e cumpridora dos requisitos estruturais básicos. Na parte do rango ela deixa a desejar, visto que um total de dois estabelecimentos anunciavam não ter chivito. Pode ser mais relaxume que isso? Optamos pelo churrasco grego Shawarma do Brimo, conhecido na capital de tanto aparecer em meios de

divulgação (já tá beirando o mainstream). O rango é de buenas, mas nada fora do normal. A pasta de alho, considerada pelo pessoal do local como o toque especial, pode ser uma armadilha. Temos relatos preocupantes de efeitos colaterais. O pastel da lancheria Hora Certa poderia se chamar Escolha Errada, pelo simples fato de o pastel ser requentado no microondas. Pastel frio é melhor que isso. Nenhuma base e total desrespeito ao ritual pastelístico tradicional: sair fervilhando da banha direto para as mãos do cliente. Além disso, falta sustância no recheio, que também é meio seco. Para finalizar, temos que dizer que o pastel é massudo :(

. POR QUE IR . O ambiente do camelódromo por si só já vale a visita. . O QUE PEDIR . Sanduíche de mortadela . A MANHA DA ARANHA . Se tu curte uma aventura, te joga na pasta de alho do churrasquinho grego. . FOLCLORE (REZA A LENDA) . Por serem dissidentes da Praça XV, são vistos pelos chapeiros do centro como uma espécie de Gourmets do Relaxume. São os coxinhas do centrão. . CHURRIO DE AMANHÃ . 1/3 de rolo. . SERVIÇO . Praça Rui Barbosa, s/n° Acesso também pela Avenida Júlio de Castilhos, 235 - Terminal de Ônibus Praça Rui Barbosa


JOJÔ PASTÉIS

. FOLCLORE (REZA A LENDA) . Tiazinha, além de mestra na friturama, aconselhava espiritualmente um tal de Luiz Felipe na década de 90. . CHURRIO DE AMANHÃ . Nem vi. . SERVIÇO . Avenida Coronel Gastão Mazeron - Na frente do Estádio Olímpico - Rótula do Papa

relaxume guide /

Tarefa árdua é a escolha do pastel. Tem sabor em

O pastel demora pra ficar pronto, mas fomos honestamente avisados sobre os atrasos. Temos que ressaltar o atendimento SENSACIONAL dado pela tiazinha a todos os clientes. Sério: ela transborda alegria e profissionalismo.

. A MANHA DA ARANHA . Teleagendamento. Liga, faz o pedido e passa buscar depois.

x

A movimentação é intensa na volta da carrocinha. O público vai desde donos de carrões chinfrosos até os garotos da base do Grêmio, que aparecem devidamente acompanhados por suas respectivas aspirantes a mariachuteira, grandes apostadoras das promessas de craque. Há mesas e cadeiras pra galera que desejar comer in loco, mas a maioria do pessoal pede pra levar. Tem também uma tevê pra garantir o entretenimento. Ligada na novela, claro.

quantias. Entre salgados e doces, tu muda de ideia umas 23 vezes. O pastel, ele é apenas o MELHOR que já comemos em solo porto-alegrense. O guardanapo chega INTACTO, significando ZERO GORDURA. Totalmente sequinho, crocante e ESTURRICADO, zero vento. O recheio é feito na tarde, por isso tá sempre fresquinho. Devido aos – cerca de - 300 pasteis fechados, fritos e vendidos diariamente por ali, o óleo é trocado com uma frequência desejável.

/ revistavoid

Localizado nas imediações da Rótula do Papa, naquele canteirão em que acontece a feira próxima ao Olímpico, esse estabelecimento é um dos pilares de resistência da praça de alimentação que outrora existiu ali.

. O QUE PEDIR . Um salgado e um doce pra sobremesa. Te vira na escolha.

9


TCHÊ CHURRASCO / revistavoid x relaxume guide /

10

Outro estabelecimento localizado no complexo do Papa. Fica bem próximo ao Jojô Pastéis e oferece uma variedade de churrasquinhos formidável. A refeição consiste em um espetinho da melhor qualidade dentro de um pão tipo baguete, com tomate, alface e um molho FENOMENAL, que faz o Buger King passar vergonha e chorar no cantinho. Tem também o clássico churrasquinho de linguiça no baguete. Tudo é arquitetado e operacionalizado de forma ARTESANAL por uma família que esbanja perícia em todas as etapas do preparo. Pra gente ainda rolou um regalito: uma receita caseira de pão com alho, segredo familiar, que, olha, é de engraxar o bigode. Não custa tentar pedir.

O cliente mais famoso é o Fernando, ex-jogador do Grêmio e atual da seleção brasileira, que frequentava a carrocinha desde os tempos em que morava nos alojamentos do Olímpico – quero ver ele achar algo parecido na UCRÂNIA, onde foi ganhar seus petrodólares. Essa fidelidade é reflexo da qualidade do rango e do baita atendimento. Tchê Churrasco é coisa de primeira linha, de fundamento.

. O QUE PEDIR . Cachurraso ou entrevero. . A MANHA DA ARANHA . Ir na hora da novela das nove que tá mais vazio. . FOLCLORE (REZA A LENDA) . Paulo Paixão muitas vezes aconselhou os jogadores do Grêmio a comer o Churrasquinho no Baguete para que aumentassem a massa muscular. . CHURRIO DE AMANHÃ . No hay. O serviço é de fino trato. . SERVIÇO . Avenida Coronel Gastão Mazeron - Na frente do Estádio Olímpico - Rótula do Papa


BURACO QUENTE Mais um belo achado do bairro São Geraldo, que vem se destacando por conta de sua peculiar e ampla oferta gastronômica. Esta maravilha de estabelecimento está localizada ao lado de uma FUNILARIA (numa das esquinas da Pernambuco), o que demonstra boa parte da diversidade cultural do bairro.

buraco quente já tá de buenas pra matar a fome. Ah!, tem mostarda Ribs. Mais um ponto pro Buraco Quente. O ambiente é simples, mas muito honesto, limpo e ajeitadinho. Tu mete um rango olhando as notícias e interagindo com os demais clientes. O dono é uma figuraça. Um daqueles baita seres humanos que já vai batento papo logo de prima e, quando tu vê, já virou teu bróder. Nos contou das diversas tentativas de cópia do buraco quente reiterando que não se preocupa com essas histórias. Se até agora não conseguiram copiar, não conseguem mais.

. A MANHA DA ARANHA . Fazer a digestão na praça que tem ali perto, curtindo o melhor do futebol de intervalo das firmas. . FOLCLORE (REZA A LENDA) . Tudo começou quando um amigo pediu para ele cuidar do trailer do xis por uma noite e não voltou mais. Desesperado com o sumiço do amigo, acabou criando o Buraco Quente. . CHURRIO DE AMANHÃ . Tinha tudo pra ser pior. . SERVIÇO . R. Alm. Tamandaré, 891 / revistavoid

A casa oferece, além do tradicional xis, a iguaria que dá nome ao local, o BURACO QUENTE: simplesmente uma das maiores invenções da culinária MUNDIAL. A ideia consiste em pegar um pão de cachorro-quente, tirar todo o miolo e entupir de carne, frango, calabresa, coração e queijo magistralmente triturados e colocados na chapa. Um absurdo de recheio. O grand finale fica por conta do tampão, uma fatia de queijo que funciona tipo uma rolha e cobre o buraco do pão. O mais incrível é que a OBRA se mantém INTACTA até o final dos trabalhos. Meio

. O QUE PEDIR . Meio buraco quente de início, pra não queimar a largada.

x relaxume guide /

Comi meio e tô satisfeito por dois dias. Paulo Brito Narrador esportivo da RBS.

11


evoke.com.br


XIS

O XIS É UM PRATO TÍPICO DO NOSSO RIO GRANDE. É DE CONHECIMENTO DE TODOS QUE QUALQUER CIDADE GAÚCHA SE INTITULA A CAPITAL MUNDIAL DO XIS. NÓS FOMOS EM BUSCA DE XIS TRASHES, ROOTS E LENDÁRIOS PRA VER SE PORTO ALEGRE MERECE ESSE TÍTULO.


Um xis envelopado no queijo que eu nunca tinha visto. No que tange a xis é o que tem de melhor. É o D’Alessandro do xis. Diogo Carvalho Fundador e diretor do Destemperados.

XIS JÚLIO PARIS Outro ponto positivo é o atendimento. Muito bom. É só puxar um assunto com o seu Júlio que ele vai te contar umas boas histórias, revelar que utiliza 250kg de queijo em semana de movimento fraco e dizer que está no mesmo ponto há 11 anos e só sairá dali quando começarem as obras do metrô de Porto Alegre (nunca, né?). Ao final de tudo, ainda rola o aperto de mão mais engordurado do mundo (S2).

O xis do seu Júlio é uma obra de engenharia. As camadas são muito bem postas e, apesar da SUCULÊNCIA, não desandam nunca. Outro fator importantíssimo é o

. FOLCLORE (REZA A LENDA) . Diz que o recorde de queijo utilizado pelo seu Júlio foi de uma tonelada por semana. Ele está, inclusive, reivindicando o título junto ao Guinnes Book. Outro causo expressivo do local foi o de um cara que comeu dois xis-bacon em uma sentada. Ele nunca mais foi visto.

relaxume guide /

Sobre o xis, o que temos a dizer é que é SENSACIONAL. Quando tu enxerga a cobertura de queijo, a primeira coisa que tu pensa é: E CAGAR, QUANDO? Mas depois tu entende o porquê de todo aquele queijo ali. Além de dar um toque especial, ele tem uma função muito importante, a de barrar o churrio.

. A MANHA DA ARANHA . O xis já vem com o arrego da chapa. A manha já tá incluída no serviço.

x

ARREGO. Sempre rola uma calabresa/bacon/coração a mais no xis (em qualquer sabor), o que mostra a DIGNIDADE do local. A parada é tão boa que tu esquece de usar alegorias e adereços (leia-se ketchup e mostarda).

. O QUE PEDIR . Com qualquer xis tu vai estar MUITO bem servido. Se tu for frangote, pode pedir meio. / revistavoid

O ambiente desse xis é como manda a cartilha. É simples, decente e limpo, mas não é só isso. A família do seu Júlio é quem pilota a chapa - com maestria – e, por ser um ambiente familiar, existe lá uma regra cabal, escrita no cardápio: CERVEJA SÓ ACOMPANHADA DE LANCHE.

. POR QUE IR . O melhor xis com cobertura de queijo da cidade. O resto é cópia.

. CHURRIO DE AMANHÃ . Esquece de cagar por 2 dias, tranquilo. . SERVIÇO . Avenida Pernambuco, 1399 / Esquina com a Av. Cairú

15


. POR QUE IR . O único xis com borda da cidade (por mais que a borda não configure borda de verdade).

/ revistavoid x relaxume guide /

16

. O QUE PEDIR . Xis Big City. É a melhor escolha justamente porque não é prensado. . MANHA DA ARANHA . Jogar sinuca pra facilitar a digestão. . FOLCLORE (REZA A LENDA) . Se tu ganhar do garçom de capote na sinuca, o xis é por conta da casa. . CHURRIO DE AMANHÃ . Em 3, 2, 1... . SERVIÇO . Avenida Pernambuco, 2396 - Navegantes Navegantes - Porto Alegre / RS

CITY LANCHES A visita a este estabelecimento já vale pela localização: bairro São Geraldo. A região tornou-se, para nós, o grande paraíso gastronômico da capital. Podemos dizer sem medo que lá está o melhor do Relaxume. Ao entrar, tu percebe que tem uma mesa de SINUCA no fundo da sala. Tu pode jogar uma partida enquanto espera o xis ficar pronto ou despues, fazendo a digestã. BAITA GANHO, entretenimento garantido. Prestenção: sinuca, amigo, o esporte oficial do malaco. Mas a busca eterna é o seguinte: esse xis se denomina o ÚNICO XIS COM BORDA da cidade. Isso, tu leu direito. Xis-com-borda. Ficamos uns três dias pensando como seria a arquitetura e não chegamos a consenso algum. Quando chegamos ao local, nós entendemos por quê.

A curiosidade que tomava conta de nossos estômagos esmoreceu. Depois de escolhermos carinhosamente o sabor da borda, descobrimos que ela era nada além de um baita engodo. É uma tiraca de cheddar, catupiry, requeijão ou quatro queijos na beirada do xis, que se espalha quando ele é prensado e vira um “o que é aquilo?”. PROPAGANDA ENGANOSA. O xis é bem médio e o pão é meio seco. A ida vale pelo contexto todo, mesmo que tu corra o risco de encontrar meia cebola dentro do teu lanche. P.S.: Se tu sentar na rua, bem na calçada, te liga que o motoboy sai meio a la louca e tu pode ser atropelado/ tomar um cagaço indesejado.


SPEED LANCHES Quanto ao xis, alertamos para a obrigatoriedade de comer na mão grande, nada de prato e essas frescuradas.

Outro fator que marca a vida da pessoa é poder vislumbrar a chapa do Speed. Maior que qualquer entrevero, a mistura de óleo, coração, bacon, calabresa e afins é uma experiência única.

. FOLCLORE (REZA A LENDA) . Dizem que, por um período, o Speed teve um chapeiro anão. Ainda estamos buscando provas a respeito. Todas as testemunhas que reiteram a história estavam muito bêbadas. . CHURRIO DE AMANHÃ . Contém DanRegularis. . SERVIÇO . Rua General Lima e Silva, 427

relaxume guide /

O pão com gergelim, o arrego da chapa, a presença de batata-palha no interior do xis e a suculência aliada à crocância na medida exata são os diferenciais.

. A MANHA DA ARANHA . Te liga no saquinho do xis, que a chapa ferve e o plástico derrete.

x

A localização privilegiada pode ser um facilitador pra essa fama toda, já que o Speed é fincado na Times Square porto-alegrense (Lima e Silva com a República). Certeza de junção a qualquer hora. Além da boemia na noite, as

calçadas são muito bem frequentadas durante o dia. É de dar inveja ao Garota Verão. Chora muito SPFW.

. O QUE PEDIR . Xis-coração pra começar. / revistavoid

Talvez seja o xis mais clássico de Porto Alegre. Temos certeza de que o ser vivo que ainda não comeu um speedão não manja nada dessa parada chamada VIDA. A magia desse estabelecimento é tamanha que ele habita o imaginário de todas as pessoas que vão morar em outra cidade. É motivo de sonhos, pesadelos e medidas drásticas, como a tentativa de enviar um xis coração pelo correio (baseado em fatos reais). A abstinência de Speed é cruel. Por isso o Speed se tornou ponto turístico da cidade, obrigatório para todos que estão de passagem por aqui.

. POR QUE IR . Pra entender a magia da cidade através de um clássico (fazer poesia com o xis do Speed não é para qualquer um).

17


. POR QUE IR . Geralmente na correria do centro, o lugar te escolhe. . O QUE PEDIR . Sanduíche de hamburguer no pão. / revistavoid x relaxume guide /

18

. MANHA DA ARANHA . Acompanhamento Kaiser a R$3,70. . FOLCORE (REZA A LENDA) . Não é um lugar de se fazer muitas perguntas, o pessoal é bem diverso e pode ficar feia a coisa. Vai na manhosa. . CHURRIO DE AMANHÃ . Não vem a galope, mas vem. . SERVIÇO . Av Borges de Medeiros 740 bl A lj 6. Viaduto da Borges

LANCHERIA AMER Localizada em um dos lugares mais afudês e também mais mal explorados da cidade, a lancheria fica numa daquelas portinholas, embaixo de uma das escadarias, é a representação do Relaxume em estado bruto. Ao entrar, tu já é recepcionado por um aroma de fritura quase palpável. O lugar tem umas duas mesas, mas a atitude correta é comer no balcão. A nossa presença causou um certo incômodo num VELHO PALHA que estava almoçando ao nosso lado. Certamente o maior divertimento do dia dele foi encher o nosso saco por causa da câmera e das fotos. O seu Aílton, proprietário do estabelecimento, entretanto, foi super tranquilo e conversou de buenas com a gente. A casa oferece xis, sanduba, a lá minuta, PF e tal e coisa.

Como a nossa tarefa era apreciar o xis, mandamos ver num xis-calabresa que, somado ao refri, custa módicos sete pilas. O xis não é lá essas coisas, é demasiado engordurado. A calabresa, porém, era bem frita e o pão tinha um sabor levemente adocicado. Justo pelo preço e pelo que se propõe: matar a fome no menor tempo possível. Na saída, descobrimos o ouro do besouro, o sanduba de hamburguer no cacetinho. A carne era um guizado bem temperado, de buenas. Sanduíche na temperatura ambiente, para comer a qualquer hora do dia por R$ 2.


SHIBBY LANCHES

. MANHA DA ARANHA . Se for depois das 4:20, vai com uma parceria para rachar um xis doce.

. CHURRIO DE AMANHÃ . Não decepciona. . SERVIÇO . Otto Niemayer, 1910

relaxume guide /

. FOLCLORE (REZA A LENDA) . O prédio era o Consulado da Espanha até 1982. Ficou abandonado por décadas até que foi alugado para abertura do estabelecimento. Chegando lá, os locatários encontraram uma parede com o desenho do Laranjito. Assim está até hoje, mas com as devidas modificações.

x

Mas não fomos ao Shibby por motivos de avaliar o DESIGNER do estabelecimento, e sim porque lá existe XIS DOCE (chora kreps), uma das invenções mais maravilhosas no campo xizístico. Também comemos o tradicional xis-bacon, e é bom pra caralho. Não decepciona no recheio, sabor, tamanho e qualidade do pão.

Mas o ponto alto é o xis doce, nas versões: chocolate preto, branco, Romeu e Julieta e doce de leite. Tamanho ideal pra dividir e apreciar como sobremesa ou pra matar uma larica de intensidade média. O de chocolate é: pão, queijo e muito recheio, de bueníssima qualidade. Essa mistura do doce com o queijo e o pão torna-se muy valorosa e cumpridora. Lembra um pouco o sabor dos saudosos crepes vendidos no litoral norte. O lanche é doce afú, logo, torna-se um pouco enjoativo. Dica: pede o xis e dois litros de água. O Shibby libera o wi-fi e, para a busca ser completa e fazer menos sentido ainda, revelamos o nome da rede: Shibby_Mandela. Tentem fazer uma conexão disso tudo ou apenas LIDEM.

. O QUE PEDIR . Xis de chocolate preto.

/ revistavoid

Provavelmente o único xis a possuir um mascote. E não pensem que é qualquer mascote. Estamos falando do Laranjito (Copa da Espanha de 82) e pra ficar mais afudê , “vestiram” o dito com trajes mexicanos. Ainda descobrimos o porquê do nome Shibby, e nada mais fez sentido. É o nome do carro do filme Cara, cadê meu carro?. O brain mais afudê que já rolou no mundo. Quanto menos sentido, melhor.

. POR QUE IR . Vale pelo xis doce.

19


T H E

L O C AT I O N / L O S

A N G E L E S

B A L A N C E

R V C A . C O M

O F

O P P O S I T E S


D I S P O N Í V E L N A S L O J A S B I L L A B O N G E P R I N C I P A I S S U R F S H O P S D O B R A S I L . F A C E B O O K . C O M / R V C A B R A S I L

N A S


CACHORRO QUENTE

PRESENTE EM QUALQUER RUA, BAIRRO E ESQUINA DA CIDADE, ESSES DANADOS SALVAM AS NOSSAS VIDAS NA CORRERIA DO DIA A DIA OU NA MADRUGA. FOMOS, ENTテグ, EM BUSCA DO CUSCO MAIS GUAIPECA DESSA CIDADE.


DOG PONTO LIVRE Primeiramente, temos que contar uma história pra vocês. Há pouquíssimo tempo, o famoso e clássico Dog do Bagé deixou de existir. Parece que o Bagé faleceu. A notícia corrente é que a morte teria sido em virtude de um acerto de contas pela farinha especial que ele utilizava no cachorro-quente (não sabemos se o motivo foi esse mesmo. Não investigamos, mas deixa a lenda ser feliz). O que importa é que vocês JAMAIS verão repolho dentro de cachorro-quente (invenção do falecido) de novo. Quem assumiu as pick-ups foi um alemãozinho tri gente buena que trabalhou um ano e meio no Dog do Bonfa e agora se aventura como patrão no Ponto Livre. A carrocinha tem as cores de um táxi, com faixas refletivas inclusas, e funciona num horário EXEMPLAR: das 18h30min às 4h. Pra condizer com o horário, o alemãozinho vende café e energético. O Dog é uma grata e saborosíssima surpresa. O rapaz é um ninja no preparo, veloz como um guepardo louco da farinha do Bagé. O rango fica pronto em questão de segundos e tem uma engenharia sólida, que não desmancha por nada. No quesito ingredientes, é igual a todos os outros, mas, por algum motivo que a gente não sabe explicar, o sabor dele se destaca de uma maneira absurda. Talvez pela benção do falecido Bagé (ou pelas “substâncias” já mencionadas).

. POR QUE IR . Certamente é um dos melhores dogs da cidade. . MANHA DA ARANHA . Pede o combo da madrugada: dog de linguiça + café preto. . FOLCLORE (REZA A LENDA) . Dizem que o espírito do Bagé é visto nas redondezas. Há casos de pessoas que juram de pé junto ter escutado “com ou sem repolho?”. . CHURRIO DE AMANHÃ . Nossa produção não encontrou o milho do dia seguinte. . SERVIÇO . Esquina das ruas Mariante e Vasco da Gama, s/n

/ revistavoid

x

relaxume guide /

23


DOG DA REPÚBLICA Certamente essa carrocinha já salvou a tua vida várias vezes. Depois de um tragão violento ou naquela larica desgraçada, quando não tinha mais nenhum lugar aberto na cidade, ela tava lá. É bem verdade que muitos ainda não comeram o dog em sã consciência - e a gente fazia parte dessa estatística. Pra mudar essa história, fomos lá em um horário bem alternativo, também conhecido como meio-dia. Localizado na Time Square da capital, e como dito anteriormente, a circulação de mulheres bonitas não decepciona. Pode ser dia ou noite, o vai e vem é lindo. Só os trajes é que mudam. Ou não. Não sabemos se era por estarmos sóbrios ou se porque o rapaz da chapa não tem a mesma habilidade que o tiozinho da noite, mas nos decepcionamos um pouco com o dog. Tava muito fraco de engenharia. O djóvem jogou tudo dentro do pão sem critério algum. O plástico do cachorro já chegou todo sujo de molho e maionese. É como levar um gol aos 2 minutos de jogo, começar o jogo em desvantagem. Daí complica. Fora isso, o dog se apresentou muito cumpridor. O temperinho verde dá um ganho bem bacana, e faz do cachorro um dos mais saborosos da Cidade Baixa. Se tu é galo, pede um três salsichas e curte a explosão de sabor e sujeira. A experiência em estado alterado, vulgo alcoolizado, é mais positiva.

. POR QUE IR . O ambiente possui o Selo Pomba de Qualidade, que praticamente anula todas as possíveis questões negativas. . MANHA DA ARANHA . Dá uma de adestrador de pombas e ajuda a manter o local limpo. . FOLCLORE (REZA A LENDA) . Te liga no estoque de mantimentos do tiozinho. Sabe a Belina verde (?) estacionada na esquina? Chora vigilância sanitária! . CHURRIO DE AMANHÃ . Melhor que mamão com leite. . SERVIÇO . Rua da República, s/n. Esquina com a Lima e Silva.

24

/ revistavoid

x

relaxume guide /


DOG DO GRINGO Localizado aos pés de uma das escadarias do viaduto da Borges, o Dog do Gringo é uma das diversas empresas que pertencem à rede Do Gringo, oriunda da serra gaúcha. Por ser uma das 168 carrocinhas do centro, já recebe uma estrela de Relaxume. O estabelecimento possui um ponto forte e um ponto fraco bem definidos. O cardápio é simples e justo, com apenas duas opções. Só tem cachorro com salsicha ou com linguiça (sério?). Além de todos os tradicionais ingredientes de um cachorro-quente, o do Gringo tem, entre os condimentos, uma farofa misteriosa. Não conseguimos desvendar o que há na mistura, mas o papel dela é importantíssimo. Quando a farofa se junta à maionese, ao ketchup e à mostarda, uma argamassa se forma. Aí, quando o cachorro é prensado, essa argamassa vira algo que beira o cimento e revela o ponto positivo do Dog do Gringo: a engenharia. Acontece que uma carrocinha no centro sem pombas ao redor é: esquisito. O principal medidor de qualidade Relaxume, a pomba, não compareceu. Logo, algo não estava certo. Descobrimos o que era algumas horas depois. O Gringo voltou às nossas lembranças sem querer saber se foi salsicha ou linguiça. Tudo se foi de maneira rápida e dolorosa. Então, fica a nossa dica: vale a experiência, mas a gente não se responsabiliza por estabelecimentos sem pombas.

. POR QUE IR . Cachorro-quente + viaduto da Borges. . MANHA DA ARANHA . Separa umas moedas para usar o banheiro público do viaduto. . FOLCLORE (REZA A LENDA) . Há boatos que algum gaiato passou e deu a seguinte dica ao proprietário: “Vai na SEGUÉZIO, compra meia dúzia de pombas e adestra elas com milho e ervilha. Esse é o grande segredo pro teu negócio dar certo”. Logo depois, o velho homem desapareceu em meio à névoa. . CHURRIO DE AMANHÃ . Velozes e Furiosos. . SERVIÇO . No pé da escadaria do viaduto da Borges, esquina com a Jerôrimo Coelho.

/ revistavoid

x

relaxume guide /

25


CACHORRO DO BONFA Para muitos, aqui se encontra a melhor maionese do mundo. Para nós, isso não importa. O Cachorro do Bonfa está localizado em uma das regiões mais relaxumes de Porto Alegre. Em uma esquina da José Bonifácio, rua conhecida pelo brique e pelos gurizes, o estabelecimento é cercado por uma igreja e alguns restaurantes vegetarianos (excluídos do nosso guia, obviamente). Naquele ponto circulam, 24 horas por dia, pessoas que tiram sustento das redondezas, seres estranhos, bêbados e mendigos. O grande lance do Cachorro do Bonfa é o horário de atendimento. De segunda a quinta, ele fica aberto até às três da madrugada. Sextas, sábados, domingos e vésperas de feriado, até às seis da manhã. Dá pra fazer a festa tranquilo e depois bater um rango. E, se tu queimar a largada e perder o horário, a Lanchera abre às 6h e fica a alguns minutos dali. Outro ponto forte é o atendimento. O tiozinho, de nome Flávio, é sempre simpático e tem um bordão tipo Zorra Total na ponta da língua. Tu chega lá bêbado, o tiozinho olha pra ti e diz: “Fala, meu querido!”. Sempre temos a impressão de escutar a risada da plateia ao fundo. O lance é pedir o Calabresa Especial Duplo, que forra qualquer estômago. O perigo mora somente no quanto tu bebeu antes.

. POR QUE IR . Porque é o lugar que vai estar aberto a qualquer hora da noite. . MANHA DA ARANHA . Pra quem curte, ainda rola um “dickinthehand” pela José Comefácil. . FOLCLORE (REZA A LENDA) . O lugar é cercado por pombas, e dizem que elas são treinadas para deixar o lugar limpo. Qualquer coisa que cai no chão, elas comem. Tanto que o tiozinho nunca varreu o lugar. Criadas a milho, ervilha, batata palha e maionese, os bichos só não conseguem voar. . CHURRIO DE AMANHÃ . Moderado, mas com possibilidade de chuvas intensas se misturado ao álcool. . SERVIÇO . Rua Santa Teresinha, s/n° / Esquina com a José Bonifácio

26

/ revistavoid

x

relaxume guide /


KIKUSCO Primeiramente, esse estabelecimento merece o prêmio de melhor nome já concebido. Feito esse reconhecimento, vamos ao que interessa. Localizado no “Boulevard” da Conceição, bem embaixo do viaduto, o lugar é uma mão na roda, um salvador da pátria pra galera que espera o bus na madruga para a GPA. Além de oferecer um rango de muita qualidade, o Kikusco é um oásis de segurança em meio às adversidades do ambiente. O raio de atendimento do Kikusko é praticamente um campo de força. Ali nada acontece. É garantia de proteção a eventuais problemas com os mendigos e crackeiros que por ali passam. Quanto ao cachorro, o diferencial começa por ser prensado e volumoso. A engenharia e o sabor são condizentes com o espetáculo que o “Boulevard” proporciona – e rola confecção em tempo recorde pra quem tá atrasado pro bus. Além disso, o Alemão (sim, o cara do cachorro também atende por essa alcunha. Os Alemães predominam no Boulevard) é gente bueníssima, assim como os outros que trabalham no Kikusco. A família Kikusco é muito afudê. Antigamente rolava um combo composto de cachorro quente + refri + passagem de bus. Era a coisa mais sensacional do universo e custava R$7,50. Saudades :(

Ele tem uma coisa semelhante ao sabor agridoce, que é aquela coisa entre o calor e o frio. Carlinhos Carneiro

. POR QUE IR . A melhor opção de rango do charmoso Boulevard. . MANHA DA ARANHA . É pegar um cachorro e ir comendo no Central. Assim tu evita companhias indesejáveis ao teu lado. . FOLCLORE (REZA A LENDA) . Um de nossos integrantes, em um momento de chaira em nível mundial, penhorou um objeto de valor em troca do cachorro e da passagem do bus. . CHURRIO DE AMANHÃ . Chega tranquilito em Canoas. . SERVIÇO . Rua da Conceição, 391

Vocalista da banda Bidê ou Balde

/ revistavoid

x

relaxume guide /

27


SE PASSAR NA MANTEIGA

SÃO OS BOTECOS ROOTS QUE TÊM O MELHOR CUSTO-BENEFÍCIO (LEIA-SE CEVA BARATA E AMBIENTE RELAXUME), ONDE TU VAI PARA SENTAR E BEBER MUITO. SEJA SOZINHO, COM O PARCEIRO, COM A MINA OU COM O CUSCO. TU VAI PAGAR UM PREÇO JUSTO E AINDA ENCONTRAR PESSOAS DE TODOS OS TIPOS. SÓ GENTE DE VERDADE.


ROSSI BAR O Rossi Bar é, há 13 anos, uma das últimas pilastras do espiríto malaco y peleador. Um bastião do Relaxume na Cidade Baixa, que, a cada dia que passa, se torna mais coxinha e brega. O Rossi ostenta a TRÍPLICE COROA do Relaxume, que consiste em: ambiente, trilha sonora e preço justo. O ambiente é simplão (como deve ser), com uma decoração rock-tabaco-Elma Chips-álcool. O aparelho de som é antigão, daqueles que integram vitrola a player de cedê. Aí, tanto cedês quanto éle-pês ficam jogados por cima de umas caixas, entre garrafas dos mais variados tipos de bebidas. Na parte da rua, tem um ambiente livre pra fumar com mesas e cadeiras de plástico, tudo cercado por grades que te dão aquele ar de Charqueadas. Pra fechar com chave de ouro, o banheiro também é utilizado como depósito. MELHOR LOGÍSTICA POSSÍVEL. Destaque para o sorriso da patente. APRENDÃO bares frescos: é assim que se faz. A trilha sonora é composta apenas pelo bom e velho rock’n’roll. Ir para o Rossi é garantia de escutar os clássicos desse gênero musical. O público, no entanto, é

muito democrático. Vai gente de todas as tribos (ainda se fala tribo?). No quesito preço, o Rossi é JUSTÍSSIMO! A ceva é R$5,75 (Polar) e vem sempre trincando de gelada. Palmas para o atendimento do bar que conhece a linguagem universal da garrafa fora do isopor e repõe a ceva rapidão. Além das cevas, o Rossi tem umas cachaças que são o ouro. Um luxo. Praticamente um LICOR. Tem cachaça com pimenta, de alguma coisa com gengibre, guaco e por aí vai. Todas tri buenas, indicadíssimas pra dar um up no foguetaço por algo em torno de dois pilas. Pra acompanhar o trago, o Rossi dispõe de porções de batatafrita e pastel (dez por cinco pilas), que são as únicas comidas de boteco dignas e possíveis. O resto é frescura. Diz a letra de uma famosa música do cancioneiro da capital: “Há sempre um esquisito na porta de um bar”. No Rossi, esse cara é o Rossi. Ele é um dos maiores seres vivos em atividade na noite local. Também conhecido com Afonso, o Rossi é um ícone do Relaxume Style. Ostenta um rabo de cavalo imponente, te atende de pantufa e camisa rasgada, devidamente desabotoada até a fronteira do umbigo. Apenas muito garbo.

. FOLCLORE (REZA A LENDA) . Perto do bar fica o depósito do Rossi. É comum ver o cara saindo do bar e voltando alguns minutos depois, carregado de discos de vinil. Sempre rock do bom. Dizem que ele tem raridades guardadas ali (outros acreditam que ele é um discípulo do Vingador e mantém lá um dos portais que podem salvar Presto, Hank, Erick e sua turma). . SERVIÇO . Lima e Silva esquina com a Lopo Gonçalves

relaxume guide /

. MANHA DA ARANHA . Tu pode fazer um churrasco lá no Rossi de segunda a quarta, é só levar o carvão, o sal e a carne. Avisa o seu Rossi um dia antes que ele separa os espetos e o barril.

x

. O QUE PEDIR . A dupla matadora: ceva e pastel.

/ revistavoid

. POR QUE IR . Boteco roots, rock e ceva gelada.

31


ALTAS HORAS – BAR DA FARRAPOS Quem olha de longe pensa que é apenas mais um dos incontáveis bares da Avenida Farrapos. Mas não, o Altas Horas é um bar diferenciado. Primeiramente porque tem uma jukebox recheada com o que há de melhor do BREGA SOUNDS, que todos sabem ser a trilha oficial do Relaxume. Nesse mesmo aparelho, além das pérolas do cancioneiro popular, surgem vídeos muito aleatórios da NBA da década de 90. Dito isso, vocês podem imaginar que o ambiente segue a linha relaxume com a maior fidelidade possível.

trago, o bar oferece uma iguaria até então inédita em nossas andanças, o espetinho de OVO DE CODORNA. Além dessa maravilha de invenção, tem pasteis, enroladinhos e espetinhos de frango, que devem ser devidamente apreciados com os temperos caseiros oferecidos pelo simpático proprietário. Vale salientar que ele é muito mais afudê que o Serginho Groissmann e faz com que o nosso Altas Horas seja muito superior à cópia global - mesmo que essa comparação não faça nenhum sentido.

Num ambiente propício para a borracheira, a carta de trago do bar não tem muitas frescuras, o que é imprescindível para facilitar a vida de todo mundo. No campo cervejístico, tu pode optar pelo cara ou coroa ou escolher entre Polar e Skol. Mas o lance, mesmo, é se aventurar e pedir doses de conhaque e assemelhados. Além do preço bueníssimo, é especial pra dar aquela ativada no processo manteiguístico.

O público é bastante variado. Por estar em uma avenida movimentada, o bar tem muitos clientes que estão só de passagem. Há, porém, clientes fiéis devido à localização estratégica do bar: ao lado de uma casa de FACILIDADES. Diz o proprietário que é a partir das 23h que as moças do recinto ao lado frequentam o bar.

Pra quem tem que forrar o bucho antes ou durante o

O ápice do movimento é na madrugada. O bar fica aberto até as 5h da manhã, e lembramos que é permitido fumar no local.

/ revistavoid

. POR QUE IR . Tirar o cabaço de tomar o primeiro trago na Farrapos.

x relaxume guide /

. O QUE PEDIR . Ovo de codorna em conserva para dar aquele tchum afrodisíaco. . MANHA DA ARANHA . Se rolar aquela trova bem trovada nas moças depois das onze, pode rolar uma economia de uns bons de uns pilas. Só toma cuidado com o nível etílico, pois o gogó da pomba pode ser maior que o teu. . FOLCLORE (REZA A LENDA) . Foi ali que o Jô conheceu o Bátima Gordo, responsável por recrutar a meninas da festa à fantasia.

32

. SERVIÇO . Av. Farrapos, 1978


RESTAURANTE COQUEIROS Localizado no meio do fuzuê do centrão, na beirada do camelódromo (ponto estratégico, ao lado do terminal de bus da ZN), esse estabelecimento é o que podemos chamar de BALUARTE da diversão desenfreada. O único objetivo da noite é arrastar o pé, bater palminha ao lado da mesa e FLERTAR livremente.

Em se tratando de comes & bebes, o Galpão é o lugar ideal pra se passar na manteiga valendo e gastando muito pouco. O balde com três ampolas de Skol/Polar (garrafa 600ml) sai por 21 pilas. Se tu estiver numa magra fodida, ainda tem o balde de Kaiser a 15 barão. Pra acompanhar, qualquer salgado sai por 2 pilas e meio.

Ao chegar lá, tu, rapazote moderninho, vai te sentir um peixe fora d’água devido ao GARBO extremo que pauta o STYLE de todos os frequentadores do local. Camisa aberta, blazer, camiseta de time, gaudério a caráter e por aí vai. É uma MISCELÂNEA de estilos e cores que fazem a fauna e a flora desse lugar serem únicas - e ameaçadas de extinção. A trilha sonora, pra completar, é executada MAGISTRALMENTE ao vivo, apenas com os clássicos do sertanejo e da música brega. É certeza de muitas pérolas como “Boate azul”, “Você merece o Oscar da falsidade” e até uma versão de “Ô, Mila” adaptada ao estilo do ambiente. O repertório é sensacional e a galera não se encolhe, vai pra pista e risca o salão.

O atendimento é o melhor possível. Tem um garçom muito figuraça, o ESMERALDA (ESMÊ, para os íntimos), que é uma mistura de Biro-Biro, Tião Macalé e Vera Verão. Um baita ser humano. Outra preciosidade que tu encontra por lá são os drinks servidos em copo de ceva (bar que se garante tem só um tipo de copo). Volta e meia tu vê uma tiazinha tomando ceva de canudo (muita cancha) e o pessoal olhando a novela enquanto folheia a TITITI. Lá o palco é aberto e o fumo é liberado. Também há a galera que frequenta o Bar Marinheiros, que fica do outro lado da rua. Um bar de baixo calão, segundo os frequentadores do Galpão. O aprendizado que fica é: “Sempre vai ter alguém mais chinelo que tu”.

. POR QUE IR . Relaxume em estado bruto. Sair da tua zoninha de conforto e ver que a realidade é do caralho. . O QUE PEDIR . Balde de ceva e bolinho de aipim. . MANHA DA ARANHA . Ir na sexta e chegar cedo. Pegar uma mesa bem na frente e curtir a música ao vivo. Esteja pronto pra dançar as melhores do sertanejo e do brega music. . FOLCLORE (REZA A LENDA) . O frequentador mais assíduo está sempre todo de branco. calça, sapato, chapéu e blazer. Varia apenas a cor da camisa, que é vermelha ou azul. A fina flor da GALHARDIA. . SERVIÇO . Dr. Flores,143. Ao lado do camelódromo e do terminal de bus.

Na frente da parada de ônibus. Então sai daqui, pega o busão, vai pra casa, sem lei seca e sem incomodação. Alice Bastos Neves Apresentadora de telejornal


BAR DO ALEMÃO É um dos bares-âncora do já citado Boulevard da Conceição. Certamente é o estabelecimento que possui a maior estrutura e a maior diversidade quando o assunto é entretenimento. A mesa de sinuca é concorridíssima. As caçapas não têm descanso e rola até umas apostas valendo uns pilas. Em dias de jogo, as mesas próximas à tevê são o objeto de desejo dos frequentadores. A jukebox é operada pelas atendentes do bar, que cantarolam as músicas escolhidas. A playlist é uma incógnita eterna, um shuffle muito aleatório que vai de Madonna a Graforréia, passando por Bruno & Marrone. Há também a salinha da sorte, equipada com fliperamas para adultos. Quem pode sair cedo da firma tem o dever moral de ir até o Alemão, por motivos de: promoção de Skol a cinco dinheiros até às 19 horas. Mas como o Alemão é um bar democrático, tem promo pra quem chega mais tarde também. Três Antárticas sub-zero + 01 rica porção de fritas por apenas R$17,00 (melhor custo-benefício da galáxia). Outra barbada é o pastel, que é frito na hora e chega esfumaçante na mesa.

Quem sentar nas mesas da rua, certamente assistirá algumas aulas da “escola da vida”. Pedintes e vendedores vão te abordar e, se tu der corda, vão contar toda a história de vida deles. Tudo é sempre muito triste, e aí cabe a ti dar ou não corda, acreditar ou não, ajudar ou não. Dica: não dê corda, porque depois é difícil de mandar a persona embora. Os outros clientes são bem de buenas, assim como o Alemão, que é baita parceria. Além do ambiente amplo, o bar conta com sensor de luz no banheiro. Lidem com essa tecnologia. O bar não fecha. Nunca. Funciona 24h. Sempre. Sugerimos que se adote a cautela e a prudência como comportamento padrão, assim como deve ser feito em todo lugar com um bom fluxo de pessoas diferentes.

/ revistavoid

. POR QUE IR . Boulevard do Viaduto = maior conglomerado comercial, gastronômico e borrachístico.

x relaxume guide /

. O QUE PEDIR . O conhaque Osborne que o Alemão esconde. . MANHA DA ARANHA . Usufruir de toda a estrutura do Boulevard: rangar no Kikusco, ser saudável na fruteira 24h, se passar na manteiga no Alemão e, se esquecer o aniversário da pomba, passar na floricultura 24h também. O recorde mundial de permanência dentro de um bar foi batido no Alemão. Dizem que um morador de Sapucaia passou duas semanas e meia sobrevivendo à base de ovo de codorna e Glacial (obviamente depois de ter posto a firma no pau).

34

. SERVIÇO . Rua da Conceição, 403


CELEBRIDADES + AA Poucos sabem, mas o clássico Bar Celebridade está em processo de reformulação. Aquela coisa de SOB NOVA DIREÇÃO que tanto aflige os clientes antigos. Fiquem calmos amigos, por enquanto só o cardápio mudou. Talvez os atendentes também sofram com essas alterações, mas nada de mais. A batata-frita, que é patrimônio histórico do local, continua sensacional. Contudo, todavia e entretanto, por mais maravilhosa que seja a batata, tem o pulo do gato. No bar do lado, o AA, tem um pastel que é o ouro. Muito bom, mesmo. Cabe a vocês ter um pouco de jogo de cintura para beber num bar e pegar comida no outro (evoquem a venda casada). O fato de os bares serem separados pelos tipos de mesa e cadeiras não é culpa de vocês. É como o Paulo Nunes e o Jardel, um sabe cruzar e o outro cabecear. Fora o pastel, rola um a lá minuta bem cumpridor, xis, torrada e etecetera e tal.

Tomar uma ceva na calçada da Duque já tem todo o seu valor. Existem duas tevês que passam os jogos da dupla gre-nal, a ceva vem sempre trincando e, nas mesas do fundo, rola um General pros frequentadores mais assíduos. Sempre lembrando que o General é um dos jogos olímpicos de mesa de bar mais antigos da humanidade. O charme do local é justamente o público. A maioria é composta por uns tiozinhos que moram ali pelos altos da Duque. Às oito, o bar lota. Isso porque eles fogem de casa - e da velha - estrategicamente na hora da novela. No fundo do bar, onde está localizada a tevê, tem também uma estante cheia de livros. Se é só enfeite, não sabemos. Menção honrosa para o banheiro, que é cheirosão. Além disso, o porteiro é anão e tem uma tiazinha que toma dois litros de coca de canudinho. Os dois não são muito sociáveis, o que torna o ambiente um pouco assustador e surreal.

O Celebridade é mais pra se passar na manteiga, mesmo.

relaxume guide /

. MANHA DA ARANHA . Ao lado rola uma escadaria metida a besta, wannabe Santa Tereza, mas cumpridora no quesito 4:20 digestivo.

x

. O QUE PEDIR . Ceva no Celebridade e Pastel no AA. Não tem erro.

/ revistavoid

. POR QUE IR . Combo de rango e borracheira ao alcance de duas mãos.

. FOLCLORE (REZA A LENDA) . Os dois bares pertencem ao mesmo dono, que sofre de dupla personalidade. . SERVIÇO . Duque de Caxias 1563 | A&A - Duque de caxias 1559

35


DE BUENAS ÀS 4:20

SÃO LUGARES QUE TÊM UM CLIMA DO CARALHO E UM VISUAL MUITO AFUDÊ. SÃO PERFEITOS PRA DAR AQUELA MATEADA (COM A ERVA DE SUA PREFERÊNCIA), CONVERSAR, BOTAR AS IDEIAS EM DIA, DESOPILAR, RELAXAR, VIAJAR, PENSAR NA VIDA E COISA E TAL.


/ revistavoid x relaxume guide /

RETIRO/PRAIA DA PONTA GROSSA É um pico pouco conhecido, talvez pela distância e pela dificuldade de acesso. Fica lá pros lados da extrema Zona Sul. A aventura tem ingredientes bem específicos, mas não dá pra dizer que configura uma indiada – ACHO. Explicamos como chegar:

nos quesitos fauna e flora. Teias de aranha são o maior peligro, visto que não pechamos com nenhum tigre, jaguatirica, porco do mato, nem outros animais que habitam a MATA SELVAGEM GAÚCHA. Acreditamos, no entanto, que bugios habitem as redondezas.

Após muito rodar, tu chega no fim da rua, e aí já começa a ficar afudê. Segue a pezito por um caminho de chão batido, passa por uma placa onde se lê “Pasárgada” e fica ligado pra quando avistar uma escadaria à direita, no meio do mato. A escada te leva para um lugar que parece abrigar as ruínas de um templo, numa vibe meio Machu Picchu. Essa trilha te proporcionará surpresas

Depois de uns 15 minutos de pernada tu chega ao destino final e, meu, vai valer MUITO A PENA. O pico é sensacional. Tem pedras gigantes na beira do rio/lago/ lagoa/laguna/estuário. Uma baita vista, silêncio total, aquela coisa de paz, natureza e tal (abraço de novo, Armandinho!). Mas fica ligado que pode aparecer a GANG DO CAIAQUE. Na real eles não são uma gangue

de verdade, mas pareceram meio suspeitos. Daí tu usa a primeira lição do MANUAL DO MALACO e não dá bobeira: malandreia também que não dá nada. Também pode ter uns pescadores ali, mas é de buenas. Faz a tua, que tá tranquilo. Na hora de retornar à civilização, tu ainda pode fazer um pit-stop no clube de bocha das adjacências.

. ENDEREÇO . Larga teu carro na Rua Jacarandás, 182. Depois vai ter que caminhar.

39


/ revistavoid x relaxume guide /

CACHIMBO Certamente é um dos picos mais clássicos do Portinho. Está há décadas na vida dos porto-alegrenses, que têm objetivos distintos para frequentá-lo. Os mais jovens vão para matar uma aula, sem malícia. Os casais vão pra tomar um mate, pra um piquenique romântico ou só pra ficar dentro do carro, mesmo. A galera mais assídua é quem curte fazer a cabeça e ficar de buenas.

40

O lugar é conhecido como Praia do Cachimbo devido à estreita faixa de areia que há entre o rio e o muro e que, em algum dia – certamente há muito tempo – podia ser pisada. Hoje, a areia é tomada por lixo oriundo da prática PORCA E IMUNDA DO DESPACHO (que fique claro: nada

contra a macumba ou qualquer religião). É um depósito de frutas, pipoca e outras coisas que não se consegue identificar porque ficam lá jogadas por tanto tempo que apodrecem. O resultado disso é uma CARNIÇA horrenda, além de um mosquedo violentíssimo. De lambuja, alguns roedores completam o CHORUMAÇO. É uma mistura de desrespeito e falta de bom-senso do pessoal. Também dá pra dizer que rola um descaso da prefeitura de Porto Alegre, que abandona um lugar com um baita potencial turístico. Mas essa situação palha pra caralho não apaga as qualidades do lugar. Com uma baita vista pro Guaíba, o

luxo é sentar na mureta e ficar só escutando o barulho das “ondas”, numa vibe meio assim, ARMANDINHO (quem nunca imaginou pegar onda no Guaíba?). Dica: por ser uma rua sem saída e com pouca iluminação, se tu for lá à noite, fica ligado e não dá bobeira.

. ENDEREÇO . Avenida Guaíba, 8000.


/ revistavoid x relaxume guide /

ESCADARIA DA JOÃO MANOEL Localizada ali no centrão, perto do Palácio do Governo, entre a Duque e a Fernando Machado. Esse pico é do caralho e, como grande parte dos dessa região, cheio de prédios históricos de uma arquitetura muito massa em volta. A escadaria é oldschool. Quando tu pisa no primeiro degrau e olha pra cima já te depara com um grafite muito foda. Ela é dividida em três lances. O primeiro tem a parede com esse grafite, o segundo é logo acima e é o melhor lugar para aquela mateada. O terceiro dá pra rua. É um lugar onde tu não fica muito tempo por não haver espaço suficiente. Tem que sentar nos degraus, mas eles

estão de muito bom tamanho. Ninguém dos prédios ao redor se incomoda com a presença de pessoas ali. A busca fica por conta de uma pensão dos arredores, que exibe uma placa primorosa: “ALUGO QUARTO PARA MOÇOS, tratar com CACILDA”. Daí tu tá ali, sentado, de buenas, e te depara com ela, a Dona Cacilda, que tá no pátio reclamando do tempo. É uma figuraça, pelo visto, mas decidimos não puxar assunto com ela. Vai que ela oferecesse um quarto... Nossa dica é: sobe, dá um tempo pra recuperar o fôlego, descansa, dá uma conversada, enche o pulmão, solta o ar e sobe o restante.

. ENDEREÇO . Tu podes ir pela Rua João Manoel mesmo, ou pela Rua Coronel Fernando Machado ao lado do número 514.

41


/ revistavoid x relaxume guide /

AEROPORTO

42

Visitamos esse lugar clássico no dia em que ele mais fervilha: o domingão. É tradicional ver vários carros estacionados, galera com cadeira de praia, criança correndo, gente tirando foto/filmando o avião. Todo esse pessoal fica espalhado ao longo de uma parte da Avenida dos Estados, que é bem tranquila. Passam poucos carros, mas os que passam são uma atração imperdível. Pensa em uns Chevette tubarão, Kadett GSL, Fiat Tipo, Escort XR3... todos devidamente rebaixados, adesivados, tunados, trabalhados no neon e equipados com um sistema de som que vale mais que o carro. Mas não se preocupe: eles só passam por ali pra se concentrar na Paça do Laçador e partir rumo

a algum campeonato de som e/ou arrancada. Outra atração do lugar é um hangar com aviões abandonados. Se a galera do aeroporto fosse um pouco mais ligada, espalhava os aviões ali naquele gramado e teríamos um novo ponto turístico: o Cemitério de Aviões. Nossa dica é: evita os finais de semana. Vai num dia normal, finalzinho de tarde, senta no cordão da calçada ou na grama, curte o visual, o pôr-do-sol, o avião descendo e a fumaça subindo.

. ENDEREÇO . É, fácil. É no aeroporto.


HERITAGE OUTFIT


CLARITY KILLS DOUBT INNOVATION IS DRIVEN BY THE UNCONVENTIONAL. OAKLEY HDPOLARIZED™ LENSES. UNPARALLELED CLARITY. RYAN SHECKLER // POLARIZED TWOFACE™


Š2013 Oakley, Inc. | Facebook.com/OakleyBrasil


#PROJETORELAXUME Depois de tantos XIZES, maioneses suspeitas e tetos gastronômicos, é perfeitamente compreensível que você tenha engordado 87kg e sofrido um AVC básico. Tudo em prol da ciência, do jornalismo e da cura da ressaca, é claro. Pelo sim, pelo não, preparamos aqui um pequeno guia de exercícios ALTERNATIVOS para diminuir o estrago, que você poderá praticar no seu dia a dia, sem nem ter que ir até a academia. Pode me agradecer depois postando uma fotinho da sua barriga no Instagram. 1.Agachamento nos Banheiros da UFRGS “Once on your lips, forever on your hips.” Pra fazer valer o ditado, a banha que se transformar em bunda (do tipo não-gostosa) pode se transportar para o corpo das inimigas com o simples hábito de frequentar os banheiros da UFRGS. Lar de sujeirinhas™, doencinhas™ (sexualmente transmissíveis™ ou não), trabalhe seus glúteos e suas coxas no agachamento-pra-não-encostarna-privada.

LARISCA por larissa gargaro [+] defende o combo moda+zueira, é viciada em corrida e usa músicas do Chaves como ringtone há 3 anos.

46

2.Power Balance no D43 Também fortalecendo as pernas, mas usando a lei do abdominal “grude o umbigo nas costas”, essa vale pra qualquer ônibus do mundo em Porto Alegre. A cena você já conhece: de pé no busão, mochila com 5 livros de cálculo (um para cada vez que você rodou), área de 15cm (sendo otimista) para se fixar ao longo da viagem. O cArA se encolhe todo pra caber no espaço (aí entra a máxima de encolher a barriga) e dá aquela espichada no braço direito no apoio de cima. O real exercício, no entanto, acontece cada vez que o motorista dá aquela freada graciosa, obrigando o vivente a transformar suas pernas em máquinas de aço e Whey Protein para não desequilibrar e cair por cima de todo o proletariado gaúcho. 3.Mendigo Day Run Um pouco de aeróbico não machuca ninguém, então vamos ao que interessa. Baseada em fatos reais, a Mendigo Day Run já ocorreu, mas reza a lenda que pode ocorrer novamente – com você. Acompanhe meu pensamento: reserva ambiental da Redenção (a partir

de agora chamarei assim), 6h40AM, o sol nem nasceu ainda. Um frio desgraçado. Duas mulheres correm em um ritmo já acelerado, quando, do meio da selva, surge um mendigo sUpEr bOdY cOnScIoUs correndo totalmente NU atrás delas. Nem preciso dizer que, a partir deste momento, a corrida virou um sprint desesperado. Muitos xizes foram queimados. 4.Seja Estagiário O trabalho dignifica o homem, mas só a vida universitária ensina a tirar vodka com energético de pedra. No caso em questão – fitness -, tudo se trata de uma questão matemática: estagiário ganha pouco; logo, gasta pouco; logo, tem que comer pouco e usar cada vez menos transportes pagos. Isso mesmo, começa a ir caminhando para a PUC pra ver se não perde uns quilinhos a mais. 5.Vá transar Não que precise de uma desculpa para isso, mas já foi comprovado que sexo gasta calorias, então... vá transar. Geralmente é de graça.


Bruno Moncada Desenha desde moleque. Na adolescĂŞncia descobriu o graffiti. Decidiu que ia viver entre shapes e cores pro resto da vida. Estudou artes no Chile. JĂĄ morou em 5 paĂ­ses. Hoje em dia trabalha como designer e ilustrador freelancer pra clientes espalhados pelo mundo.

street art

50


Todo mês o coletivo de fotos mostra a sua visão de uma rua clássica de POA. Mas nesta edição, eles entraram no espírito Relaxume e fizeram um ensaio especial. Veja completo no site www.avoid.com.br.

SETE / NOVE por sete/nove [+] é foto, é vídeo, é arte, é cadilandragem, é #iscagram setenove.us

52


CARTA ABERTA Fala aí, pessoal da Lanchera. Tudo firme? Claro que deixamos vocês fora do guia de forma proposital. Porque vocês estão acima de qualquer lista quando o assunto é rango em Porto Alegre. Acima de qualquer lista, de qualquer assunto nesta cidade. Não é exagero dizer que são a representação da cara da valorosa. Quando os dicionários tiverem apenas imagens, a fachada da Lancheria do Parque virá no verbete Relaxume. Porque fazer a pinta se sentir em casa, imagino, deveria ser a meta nª1 de todo pico. E isso não tem a ver com estofado chiquetê, uma hostess te recepcionando como o George Clooney ou cogumelos marinados no prato. Casa é aquele lugar em que tu pode chegar a qualquer hora, sem cerimônia, e esquentar o rango caseiro da coroa. É quase o que vocês conseguem. Pode ser meio-dia, encarando o buffet de dez conto com todos os obrêro do universo, às 5 da tarde descolando o xis que ainda é almoço, na noite de sábado tomando ceva antes da baladinha hipster, o cafezão às 6 da matina depois da baladinha hipster ou aquele suco dos campeões após o COOPER na Redenção. Tudo parece uma reunião com os primos do interior, só faltando alguém te perguntar “e as namorada?”.

por ratazana void ilustração cria ideias

E quando o papo é o rango, nada deixa a desejar. O lance com cara de comida de mãe não é brinquedo, isso faz uma total diferença em relação à frescuragem de “não posso tirar a cebola porque o sanduíche já está pré-pronto” – e pra não ficar só em palavras, o editor aqui dessa revista zoada, que mora no mesmo prédio de uma cozinheira, já lhe agradeceu pessoalmente pela manha. Saibam que esse diferencial da customização é pura maestria, o cara mete no Xis aquilo que bem quiser, o que culmina no melhor dos mundos: mais bacon, menos ervilha.

www.criaideias.com.br

Com mais de 30 anos nas paletas de serviços bem prestados, não temos nada mais a dizer do que um baita obrigado. Que daqui 30 ou 50 anos, quando POA tiver apenas condomínios e estacionamentos, vocês sigam por aí. Ah, e nessa maré braba que tomou conta da cidade esse ano, um pedido final: revisem todos os malditos alvarás possíveis e não-possíveis.

54

Que exploda a Prefeitura e o Palácio antes da nossa Lanchera.

[+] é o estúdio de ilustração mais afudê de Porto Alegre.


CARLOS RIBEIRO

Foto: Loft312

Manobra: Bs Nollie Flip

converseallstar.com.br/skateboard

THE CONVERSE CVO LS / EML LS / SEA STAR LS CRPACK


VOID #092 - RELAXUME