O centro da minha vida

Page 1

O centro da minha vida Cláudio Norberto

1ª Edição Rio de Janeiro - 2013


CIP-BRASIL. CATALOGAÇÃO-NA-FONTE SINDICATO NACIONAL DOS EDITORES DE LIVROS, RJ S579c Silva, Cláudia Noberto Paiva da O centro da minha vida / Cláudia Noberto Paiva da Silva. - Rio de Janeiro : Ar Ed., 2013. 107 p. : 21 cm ISBN 978-85-65873-15-4 1. Vida espiritual. 2. Deus. 3. Ética cristã. I. Título. 13-1091.

CDD: 204.4 CDU: 2-4

19.02.13 22.02.13

042961

O conteúdo deste livro é de inteira responsabilidade do seu autor.

Ar Editora www.areditora.com.br contato@areditora.com.br


Sumário Introdução Onde me perdi?

7

Capítulo 1 Não há motivos para temer Cheiro ou perfume? Ele anseia por cada momento seu Pocessos naturais A escolha é sua! Mesmo assim ele continua rei. Veja bem o que você quer ser. Sinceridade é o primeiro passo Você se tornará um traficante ou um homem de deus? Você sozinho não é nada Viva o fruto do relacionamento com espirito santo contra o dia mau

13 13 15 16 17 17 18 18 20 22

Capítulo 2 O grande amor de Deus faz arder o meu coração Compreendê-lo O patrão O problema No passado

25 25 26 27 29

Capítulo 3 Qual o motivo de Deus ter se feito três? Intimidade e relacionamento A estratégia de satanás Como Deus resgatou o homem O perfeito O presente

35 35 37 39 40 43


Uma historia triste

52

Capítulo 4 Como banalizamos nossas vidas? Como procedemos diante de Deus? Somos morada de Deus O salvador é Jesus Cristo O que não é a igreja do senhor

55 55 58 63 64

Capítulo 5 Você é a igreja do senhor A multiplicação maldita A edificação O resgate pelo sangue

67 70 70 72

Capítulo 6 A noiva cumpre a vontade do noivo Rituais sem valores Simbolismos sem poder Orações repetitivas

73 73 75 75

Capítulo 7 A congregação do senhor Somos o quê? Qual é o nosso propósito de vida? O Reino de seu Pai

81 84 87 90

Capítulo 8 Como alcançar o reino de Deus O erro da Igreja Santidade: fruto de relacionamento Nós temos que ter bons relacionamentos com todos. Nossas idolatrias Onde me achei?

97 98 100 101 104 106

Agradecimentos

107


O centro da minha vida Clรกudio Norberto


O Centro da minha vida Clรกudio Norberto -6-


Introdução

Onde me perdi? “Naquele dia, quando soprava o vento suave da tarde, o homem e a sua mulher ouviram a voz do SENHOR Deus, que estava passeando pelo jardim. Então se esconderam dEle, no meio das árvores”. Às vezes penso em que momento eu me perdi, em que momento comecei a colocar máscaras e fingir ser algo que eu não sou. Em que momento comecei a andar sozinho? Em que momento saí do caminho? Quando criança, sentia-me transparente, é claro, eu era o que era e pronto. Tente se lembrar de quando você era criança: não havia acusação de ninguém, muito menos de sua consciência. Havia acusação, sim, de sua mãe: – “Você derrubou meu vaso! Você sujou a casa! Você não tomou banho antes de dormir”, e assim por diante. Você sabe do que estou falando! Porém toda essa acusação não tirava você da presença de Deus. Elas só tinham efeitos de repreensão, eram para você se tornar uma criança educada e comportada. Nossas maiores crises começam quando nós deixamos de ser crianças, e acreditamos que somos donos de nós mesmo, quando já pensamos que somos adultos. Comigo foi assim: quando deixei de ser criança, comecei a ser dono de mim mesmo, e quando fiquei dono de mim mesmo, escolhi não pertencer a Cristo Jesus. Quando nos damos conta, estamos vivendo uma vida razoável em meio às tantas alegrias e tristezas. Vivemos num mundo complexo, onde a maldade se sobressai à bondade, onde nos perdermos e chegamos -7-


O Centro da minha vida ao absurdo de confundirmos uma maldade como bondade. Precisamos buscar entendimento sobre nós mesmos, individualmente, analisarmos nossos pensamentos, nossos objetivos, nossos atos, para que, ao final de uma vida, possamos nos alegrar com nossos atos. A humanidade tem uma trilha. Precisamos saber o que já foi percorrido, onde estamos e o que nos resta trilhar. Existe uma verdade absoluta sobre esse caminho, seja ela uma verdade histórica, uma verdade cronológica criacionista ou evolutiva, ou as duas misturadas; não temos certeza, porém sabemos que existe. Sabemos também que um caminho, uma estrada é feita de pequenos grãos de areias. Sabemos também que não é preciso enxergá-los em sua singularidade para compreendermos a estrada. Precisamos nos apegar, de fato, aos aspectos importantes, relevantes para tentarmos nos localizar em meio a esse espaço e tempo em que vivemos. Existem várias teorias para explicar tudo isso, algumas muito inteligentes, diversas outras possíveis e diversas outras impossíveis, porém a melhor teoria é aquela que deixa de só ser teoria e se torna real através da prática, e se torna íntima – dessa ninguém consegue te convencer do contrário, pois dessa você viveu, está na sua carne, na sua alma, e gravada na sua memória e é vivenciada todos os dias. A teoria não anula a prática. A partir do momento que elas se completam, tornam-se significativas. É essa “teoria prática” que precisamos achar. Achar como um tesouro, e repartirmos de bom coração. Precisamos nos encontrar! Precisamos alcançar a verdade! Para alcançar a verdade, precisamos de experiências vividas. Precisamos deixar de lado nossos preconceitos, e às vezes até a base de toda uma vida. Precisamos chegar a uma conclusão, sem a interferência de ninguém. Ficarmos a sois com nosso criador e passarmos tudo a limpo. Convido você para esse mergulho. Mergulhe, mesmo que seja por curiosidade. A sua inteligência não vai deixar você ficar sem mais uma “teoria prática” do que esta, ao seu redor. Mergulhe para se aprofundar, para regar seu conhecimento, e te garanto que juntamente a tudo isso, virá também algo fora de seu controle, uma experiência maravilhosa. -8-


Cláudio Norberto A direção natural, o caminho que Deus preparou para percorrermos, não é o que acontece hoje em nossas vidas. Veja a passagem bíblica de Adão, crendo no criacionismo ou não, literalmente ou metaforicamente, veja que Deus nos gerou em Adão e, com este, tinha um encontro todos os dias, e Deus abençoou e disse:

“Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a terra e sujeitai-a; dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus, e sobre todo animal que rasteja pela terra” (Ge 1.28). Deus não disse: multiplicai-vos e sedes fecundos, e pecais e separai-vos de mim cada dia mais por toda a vossa geração. Ele queria o contrário, aumentar a cada dia a Sua intimidade com Adão, e assim quer fazer com cada geração. Porém caímos em pecado e em rebelião, nossas gerações têm se afastado ainda mais da Sua presença. Satanás continua com estratégias para afastar homens e mulheres, e você, da presença de Deus, e assim prejudicar toda a sua geração. Mesmo que você não creia na criação literalmente, creia metaforicamente, isso por enquanto é suficiente. A direção natural de nossos filhos seria com intimidade e relacionamento com o Pai, um caminho realmente perfeito, sem desvios ou acidentes. Hoje estamos na direção errada e colocando nossas gerações em caminhos de derrotas, porém temos livre acesso à presença do Pai, por Cristo Jesus, e podemos realmente voltar para a direção certa. Como? Com intimidade e relacionamento com o Pai, que traz arrependimento, respostas, perdão e que nos ensina a amar. Muitos se escandalizam com o fato de políticos usarem sua colocação privilegiada em favor próprio, com governos que não cumprem o mínimo de suas obrigações, com empresários e até nações que oprimem outras nações, trazendo a miséria, a mortandade infantil e o subdesenvolvimento e toda forma de flagelos sobre pessoas inocentes em troca de riquezas, dinheiro, status e poder. Nós, porém, que ficamos escandalizados com esses fatos, não nos surpreendemos com a nossa falta de esforço, nossos medos e consequentemente nossa falta de coragem de largarmos as máscaras, as mentiras, os poderes, os títulos, as nossas vontades carnais e soberbas em troca de trazer vida para nossas gerações, a fim de que nossos filhos e gerações venham a crescer na Presença do Pai e a ser moldados não pelo nosso caráter, mas pelo -9-


O Centro da minha vida caráter Daquele que é perfeito, que transforma nosso íntimo. Precisamos ser como aquela criança que você relembrou agora pouco, ser o que você é, e pronto! E sabe o que você é? Filho de Deus, a peça mais valiosa do Reino de Deus por Cristo Jesus, depois dEle, é claro. Você está pronto para ter intimidade e relacionamento com Ele, sem medo, sem culpa, sem barreiras, e todos os dias acordar com Ele ao seu lado, ir trabalhar com Ele ao seu lado, conversar, tirar dúvidas, fazer perguntas e receber respostas, e ao anoitecer ter a satisfação e a paz que Seu Espírito Santo lhe garante? Viver essa vida de intimidade e relacionamento é possível, e não há algo que possa ser mais prazeroso do que ser modificado, transformado e a cada instante ser mais parecido com Jesus Cristo, e precisamos pegar gosto disso. Não estou dizendo que não vamos errar; estou dizendo que depois de cada erro devemos ter uma atitude de correção. Algumas crianças acham detestável tomar banho antes de dormir, porém, quando seus pais as mandam e estas entram na água, querem ficar lá o resto da noite. Outras não gostam de estudar certas matérias da escola, é quando os pais, novamente entram em ação, e sentam ao lado delas para ensinar-lhes pacientemente. O resultado de uma boa nota satisfaz o empenho realizado, e daí por diante estudar se torna maravilhoso. Achamos a Presença de Deus de difícil acesso, e isso se torna chato devido a nossa falta de vontade, mas tente mais um pouco, persevere, depois que você pegar o jeito vai querer passar o dia inteiro lá dentro, e as consequências desse relacionamento vão ser como seguidas notas dez em sua vida. Certa vez, meu tio me disse que ganhou muito dinheiro, creio que ele queria ver a minha atitude nessa situação. Na realidade não tinha ganhado nada. Quando ouvi aquilo, que ele tinha ganhado muito dinheiro, a minha reação foi de alívio. Eu era apenas um menino, mas pensei: agora vou poder estudar nas melhores escolas, cursar faculdades em outros países, comprar um carrão quando fizer dezoito anos, essas coisas. O que mais gostei foi saber que tinha acesso a tudo, pensava assim: pessoas ricas não têm medo do futuro, não precisam se envergonhar de suas atitudes ou do modo de como se vestem, pois todos querem ser como eles. O que mais gostei foi sentir segurança para viver, saber que o futuro seria certamente muito bom. É claro que foi somente uma brincadeira, mas acabei acreditando. - 10 -


Cláudio Norberto O que hoje, de fato, me proporciona a certeza e a segurança de que posso viver um futuro maravilhoso não é o dinheiro, mas o que há dentro de mim, que é Jesus, que responde às minhas interrogações e que é a minha provisão. Foi Ele quem me fez sentir essa segurança quando não tinha nada, trabalho, profissão. Ele sim é o meu provedor. Aquele que me sustenta, que me traz a Paz, a sabedoria, que me faz andar pelo caminho do seu relacionamento. Meu futuro é servi-Lo até que Ele volte, para que eu possa encontrá-Lo. Viva sem máscaras, sem mistérios, viva com segurança em Cristo. Precisamos ser o que realmente somos, para que em cima dessa realidade exposta, nos transformemos em algo melhor, aprendendo a identificar as falhas e a valorizar os acertos. Precisamos de respostas para as perguntas: Quem somos? Para onde iremos? Já é muito fácil de respondermos... O que somos agora e o que faremos para melhorar isso? São perguntas que trazem dificuldades em nossas respostas, pois não são para o restante da humanidade responder, a responsabilidade dessas respostas é minha e sua. Precisamos primeiramente nos enxergar para entendermos a nós mesmos e como interferimos no mundo; se não, viveremos aos extremos, sem autoestima, como “donos de si”. Há opções que levam a uma vida só de reclames ou de orgulhos, e mesmo com o sucesso ou o fracasso aparente, nós precisamos crescer, saber que somos únicos e entender a importância de vivermos, de deixarmos um legado e algo precioso para novas gerações: um caráter, uma índole, uma postura de vida, que mesmo que não tenha iniciado corretamente foi se estruturando, se modificando ao ponto de se aperfeiçoar e chegar a um alvo exemplar e admirável. Gostaria de te apresentar alguém que é perfeito para fazer isso com sua vida, sem te pedir nada em troca, por puro prazer de se tornar O Centro da Sua Vida.

- 11 -


O Centro da minha vida Clรกudio Norberto - 12 -


Capítulo 1

Não há motivos para temer Cheiro ou perfume? Qual é o seu medo? Que acusações você tem contra você? Digo, em Cristo Jesus e usando de Suas palavras. que em verdade em verdade você sequer tem o direito de se acusar, porque ao fazer isso estará sendo contra a morte na Cruz do Calvário, não a morte de qualquer um, mas a morte Do Santo, pois Jesus morreu para que você fosse livre, livre de acusações, de medos, de máscaras, de rituais e manias, de tudo que pode tirá-lo da presença dEle. Veja o que Paulo disse em II Cor 2.14:

“Graças, porém, a Deus que em Cristo sempre nos conduz em triunfo, e, por meio de nós, manifesta em todo lugar a fragrância do seu conhecimento. Porque nós somos para com Deus o bom perfume de Cristo; tanto nos que são salvos, como nos que se perdem. Para com estes, cheiro de morte para morte; para com aqueles, aroma de vida para vida. Quem, porém, é suficiente para estas coisas? Porque nós não estamos, como tantos outros, mercandejando a palavra de Deus; antes em Cristo é que falamos na presença de Deus, com sinceridade e da parte do próprio Deus”. - 13 -


O Centro da minha vida Como diz o texto, Jesus sempre leva os homens em triunfo e diz que através de nós manifesta em todo lugar a fragrância de Seu conhecimento, e continua falando que todos nós somos o bom perfume de Cristo. Realmente, todos nós somos alcançados pela Cruz, tanto os que são salvos, como os que se perdem, tantos os que crêem, como os que não crêem. Toda a humanidade é o bom perfume de Cristo, pois Ele é e foi poderoso para morrer por todos, sem exceção, até antes de seus tataravôs até depois de seus tataranetos, todos são o bom perfume de Cristo, pois a morte dEle atingiu a todos. Contudo há pessoas que são o bom perfume de Cristo e se deixam ser cheiro de morte para morte, e existem pessoas que são o bom perfume de Cristo e se entregam para ser aroma de vida para vida. Você entendeu bem? Em certa ocasião, eu e minha família estávamos no Estado do Espírito Santo, e continuávamos no Espírito Santo. Eu conversava com um amigo, homem de Deus, quando ele me perguntou sobre esse texto: “O que o texto te fala?”. E eu respondi, porém ele explicou algo que não sabia, que quando os homens de Israel iam para guerra, uma forma de todos, suas esposas e sua cidade, saberem mais rapidamente se eles venceram ou perderam a guerra, até mais rápido do que por meio de mensageiros, era usar um certo tipo de incenso, de aroma, que era queimado para que todos, através do vento, soubessem o resultado da guerra. O de derrota, que era com cheiro de morte, para morte, e o de vitória, que era o de vida, o bom Perfume de Cristo, a vitória, a salvação de todo aquele povo. Quando eles sentiam o bom perfume que era queimado lá no local de batalha, sabiam que haviam vencido, seus filhos não seriam raptados como escravos, seus velhos não seriam mortos, e suas esposas teriam o marido de volta. Aquele aroma quebrava a inquietação e trazia a paz, a certeza de vitória, porém o mesmo aroma que era de vitória para o povo de Israel, era aroma de derrota para outros. O mesmo aroma de vitória de uns era cheiro de derrota, de morte, para outros. Hoje temos alternativas, podemos escolher o que seremos. Não é um ato mágico em que num instante você é um cheiro qualquer ou até um cheiro de morte e passa a ser o bom perfume de Cristo. É uma caminhada instigante, uma grande aventura. Deus até poderia fazer como um passo de mágica, Ele tem poder para isso, mas esse não é o Seu desejo. O mais importante para Ele é a sua conquista. É estar ao seu lado nos momentos - 14 -


Cláudio Norberto de derrota e de vitória, nos momentos em que Ele te aprova e te reprova; o que mais interessa para Jesus, o momento que Ele mais espera, é o dia a dia, é o relacionamento contínuo. O momento que mais interessa a Jesus é o relacionamento contínuo, a construção da intimidade no dia a dia.

Ele anseia por cada momento seu Ensinaram-nos que, ao pecarmos, somos abandonados, e nos tornamos sujos e imundos perante a Sua presença, pois Deus abomina o pecado. A consequência é de fato verdadeira: já somos sujos neste lugar, e perante o olhar de Deus sempre seremos pecadores. Desde o princípio, estamos sujos, e continuaremos sempre sujos, até sermos glorificados com a volta do Messias, por mais que sejamos santos. A comparação da nossa sujeira não é com nós mesmos, uns com outros, mas sim com o próprio Deus; nesse sentido, comparado com a Sua santidade, somos sujos sim, pois Ele é mais do que limpo. O que quero dizer é que se Deus fosse se afastar de nós porque pecamos, nunca sentiríamos nem um pouquinho da Sua Presença. Deus é totalmente santo, nós não. Nós somos falhos, nós erramos o alvo de várias formas, com pensamentos, atos e por não fazer a Sua vontade. Imagine um homem justo, íntegro, reto, que trabalha honestamente, cuida bem se sua família e que faz tudo direitinho. Por mais que ele seja “perfeito”, ele é sujeito ao erro, e, em comparação com Deus, ele não é perfeito. Constatamos essa afirmação com as respostas que damos a algumas perguntas, como: Você se acha perfeito? Nunca fez nada de errado em toda a Sua vida? Resposta 1: Não, já fiz algo de errado. Resposta 2: Sim, nunca errei. Nas duas respostas, constatamos a nossa falha. Na primeira, reconhecendo, na segunda, mentindo. - 15 -


O Centro da minha vida Hoje falo que Deus quer estar ao nosso lado quando pecamos, e permanece ao nosso lado, não para ser complacente com nossos erros, nem tão pouco se corromper com o pecado. Ele, o próprio Deus, fica ao nosso lado e faz questão de ficar nos olhando, para nos auxiliar, ajudar, nos levantar, nos advertir, nos convencer, tirar nossas dúvidas e, com esse amor, nos constranger a ter uma vida de gratidão que nos leva à intimidade e consequentemente a Sua Grande vontade, que é um relacionamento contínuo conosco. Deus não está interessado em ser carrasco. Ele quer ser Seu Pai, ser seu amigo íntimo, conselheiro e salvador. Não tenho dúvidas que Deus deseje que todos nós sejamos o bom perfume de Cristo. Seu grande amor e misericórdia nos dão a oportunidade de aprender mais dEle e com Ele. Assim como existem vários processos de retirar aromas de flores, Deus usa infinitos processos para retirar esses aromas de nossas vidas. Essa oportunidade é dada a todos, como prova do Seu amor por nós. Deus não maquinou as situações adversas para que nós venhamos a aprender mais; pelo contrário, o homem caminhou para um mundo onde, a cada dia que passa, devido aos erros dos próprios homens, essas situações adversas vêm se multiplicando. E é nessa hora que Deus age com a Sua provisão, aproveita qualquer que seja a situação vivenciada para nos ensinar e nos aproximar do Seu caráter. Deus está conosco em todo tempo, porém o homem passa a ouvi-Lo melhor, O busca mais, quando se encontra em situações adversas. Deus quer mudar essa rotina, quer intimidade conosco em situações boas e ruins, por isso usa da Sua misericórdia para nos auxiliar nos momentos difíceis.

Processos naturais A pressão e o aquecimento da vida cotidiana servem para separar o bom e o mau caráter. Os processos naturais ocorridos em nossas vidas servem de aprendizagem para o dia de amanhã. São poucas as pessoas que conseguem enxergar a mão de Deus e agradecê-Lo após passar por alguma situação adversa. Deus não planeja, não trama as situações ruins. Ele aproveita todas as ocasiões para criar intimidade conosco. Deus quer filtrar o que nós temos de melhor, e assim extrair como se extrai o perfume de uma flor. Ele aproveita realmente todas as situações para que nós venhamos a ser excelentes. - 16 -


Cláudio Norberto

A escolha é sua! Mesmo assim ele continua Rei. Convenhamos aqui que o homem carnal é aquele que não tem controle sobre sua própria vida, e assim vai desagradando a Deus, pois acaba sendo controlado por seus sentimentos e emoções de forma a prejudicar sua própria convivência com outras pessoas e com Deus. Convenhamos aqui também que o homem que tem domínio próprio, controle sobre as consequências de suas emoções e sentimentos, atinge um bom relacionamento com outras pessoas e com o próprio Deus, sendo conhecido como um homem espiritual. Jesus alcança com Seu amor desde o homem ateu e blasfemador contra o Seu nome, o assassino em massa, o malfeitor, o pedófilo, até a mais doce criança que acaba de nascer. Ele é poderoso, e o que fez na Cruz do Calvário não foi só grande, foi enorme. Mesmo que alguns não acreditem que Ele é Rei, Ele é Rei e pronto. Sua majestade é suprema e Suas obras reafirmam isso. Uma pessoa pode falar: “Eu não acredito nessa história de Jesus e não preciso que ninguém morra por mim, eu não acredito nisso de Deus virar homem santo para me salvar!”. Por essa pessoa, querendo ou não, crendo ou não, (novamente vou ter que repetir), Jesus morreu e pronto. Todos são o bom perfume de Cristo. Uns tornam-se cheiro de morte, outros se deixam transformar por Ele em aroma de vida para vida.

Veja bem o que você quer ser. Mercadejar significa, primeiro, ser mercador ou negociador, comerciar; segundo, negociar no sentido de vender, tirar algo em troca; terceiro, auferir proveito ou lucro ilícito; e, quarto, traficar. Agora vamos examinar novamente o que Paulo disse: “Porque nós não estamos, como tantos outros, mercadejando a palavra de Deus; antes em Cristo é que falamos na presença de Deus, com sinceridade e da parte do próprio Deus”. - 17 -


O Centro da minha vida Se não deixarmos Deus nos transformar em aroma de vida para vida, mesmo sendo crentes, passaremos a ser mercadejadores da palavra. Você gostaria de ser uma pessoa que usa a palavra de Deus para ganhar lucros ilícitos e tirar proveito de todos ao seu redor? Claro que não, é a resposta que acredito ouvir, pelo menos espero essa resposta. Mas tenho aprendido que temos realmente mais facilidade para ser do que não ser um mercadejador.

Sinceridade é o primeiro passo Precisamos compreender que esse é o primeiro passo em um relacionamento. Faz parte do respeito, que é a base do afeto e da demonstração da vontade de viver em cumplicidade. Sinceridade é o primeiro passo. Não sejamos cruéis com nós mesmo, nem sejamos displicentes também. Precisamos sempre pedir ao Espírito Santo que nosso coração se encha de sinceridade e que nos mostre o que realmente nos falta nos relacionamentos com Ele e com as demais pessoas. Existem pessoas que se culpam ao extremo, e existem pessoas que não se culpam em nada. A pessoa do Espírito Santo está acessível às nossas dúvidas, e nossas dúvidas são grandes oportunidades de afunilarmos esse relacionamento.

Você se tornará um traficante ou um homem de Deus? Vamos ver na palavra de Deus o que diz sobre mercadejar. Pela primeira definição, ser mercador ou negociador, comerciar, e pela segunda definição, negociar. Em Mateus 10.8, Jesus dá instrução aos doze enviados:

“Curai enfermos, ressuscitai mortos, purificai leprosos, expeli demônios; de graça recebeste, de graça dai”. Muitas vezes, orgulhosos, falamos: “Não vivo de ganhar dinheiro através - 18 -


Cláudio Norberto da pregação, faço isso do fundo do meu coração!”. Cuidado, meu irmão! Nosso Jesus não está se referindo só a isso, mas também às trocas mais valiosas que fazemos. Ele fala daqueles momentos que fazemos política com a palavra dEle, muitas vezes somente para agradar aqueles que estão ouvindo, para tentar mantê-los ao nosso lado, manipulando-os para receber elogios ou, pior, para depois nos ensoberbecermos. E isso não é o bastante, é claro que existe uma situação pior, aquela em que o comerciante erra totalmente, vendendo e consumindo alimento estragado. Ele se engana e crê estar certo, fala de algo não só para agradar os outros, como para agradar o seu próprio estilo de vida. Falamos de pessoas que pregam e não fazem o bem que falam, e também falamos de pessoas que pregam o erro e cometem o erro. A terceira e a quarta definição de Mercadejar, respectivamente, são lucro ilícito e traficar. Antes tenho que esclarecer algo: para homens e mulheres de Deus, não existe lucro ilícito, pois se é ilícito não é lucro, e sim prejuízo. Continuemos, então, em Marcos 14.10,11, que diz:

“E Judas Iscariotes, um dos doze, foi ter com os principais sacerdotes, para lhes entregar Jesus. Eles, ouvindo-o, alegraram-se e lhe prometeram dinheiro; nesse meio tempo, buscava ele uma boa ocasião para entregar”. Uma curiosidade: os traficantes de drogas fazem algo terrível, provocam mortes nos usuários e neles ao mesmo tempo. Hoje em dia chegam a provocar um verdadeiro caos em cidades, roubam vidas de jovens, velhos, ricos ou pobres. Na indústria do tráfico, morrem milhares por ano em todo o mundo, e esse mal é introduzido em todos os meios, em todas as comunidades. Só um homem espiritual consegue alcançar o Reino de Deus, homens carnais não alcançam nada, ficam à mercê do mundo. Vamos exemplificar para ficar mais fácil de compreendermos. Quando um homem busca Deus, sua vida melhora automaticamente. Hoje em nossas vidas, existem algumas coisas que as pessoas dizem trazer a felicidade, por exemplo: sucesso profissional, saúde, dinheiro e religião. Essa religião se refere à busca de Deus e como Deus nos transforma de homens carnais para espirituais. Não estou falando que outras coisas não podem te levar a ter um bom caráter, e também não estou falando que só existem homens crentes assim. Não falo de religião, falo de princípios. Em todos os lugares, - 19 -


O Centro da minha vida existem homens de princípios, que seguem os bons princípios de Deus. Assim como aconteceu com Judas ou com os traficantes do exemplo acima, acontece também com o homem centrado em si mesmo. Acredito que uma das grandes causas que afastam o homem de Deus em nossos dias, eu posso afirmar com convicção, é o medo. O medo não deixa o homem largar seu lado carnal para ser um homem moldado por Deus. A vida do homem é corrida, porque precisa se enquadrar no tempo; tem ciúmes, porque é inseguro; não dá carinho, porque o coração endurece; fala mal do irmão, porque se acha melhor; coloca máscaras, porque não quer se mostrar; é violento por ignorância. Tudo isso por causa do medo de ser aroma de Deus, de deixar o homem natural de lado, o homem que é o centro de sua vida. Pode deixar! Você não vai sentir falta dele! Deixe de ser você, e seja o que Deus quer que você seja. Deixe de viver para o mundo, para que Cristo viva em você. É muito melhor. É mais prazeroso! Você não vai se arrepender, aliás, vai sim, de tudo que fez antes de não ter tomado essa decisão. Pratique seu homem espiritual, e persevere até o final.

Você sozinho não é nada Eu sei que há momentos em nossas vidas que tudo acontece ao mesmo tempo: conta para pagar, aquele documento que tem que tirar com urgência, aquilo que tem comprar e não pode esperar, a prova que não pode mudar de data e você tem que estudar, a festinha da filhinha na escola que você tem que ir e comprar convites e roupinhas especiais, o aparelho que comprou e tem que trocar, o relatório que era para semana que vem e mudou de data para ontem, e isso tudo cai em cima de você de uma vez só. Calma... calma! Se você estiver ligado com o Espírito Santo, lutando dia a dia e vencendo sua carne, meditando na palavra de Deus de dia e de noite, isso com certeza vai te ajudar, porém, se você não estiver, vai ser um pouquinho difícil enxergar e perceber o que Deus quer de você no meio de toda essa confusão. - 20 -


Cláudio Norberto Em primeiro lugar, aproveite esse momento para ter vida com Deus. Analise seu estado de fraqueza para enxergar uma realidade: você sozinho não é nada! É interessante que a Palavra de Deus fala que um abismo abre outro abismo, e uma vida sem Deus já é um abismo. Então, aproveite o momento para perceber que, mesmo quando você se acha forte, você é fraco. Não acredita nisso? Se você é forte, então por que agora você é fraco? Uma fortaleza só é fortaleza quando ninguém consegue ultrapassá-la, depois disso é fraqueza, e não fortaleza. Então viva esse momento para assumir que, sem Cristo Jesus, você é muito fraco, quase um nada. O segundo momento requer de você tranquilidade, por isso, relaxe um pouco, agora mesmo, lentamente, onde você está. Mexa a cabeça para um lado, para o outro, balance suas pernas como se elas estivessem cansadas, não tenha vergonha. Inspire e expire fortemente, novamente, agora deixando o ar fazer barulho ao sair de sua boca. Muito bem! Agora você está preparado para ouvir. Ninguém pode colocar pressão em você, a cobrança e a pressão vêm de você mesmo. Está vendo?! Por isso que pedi para se preparar, não se preparou e agora também não acreditou em mim! (Observação: para aqueles que se prepararam e é claro que acreditaram, desconsiderar comentários; para o restante, vamos convencê-los). Seu patrão pergunta: “Que dia vai me entregar o relatório?”. A sua esposa fala: “Você precisa cooperar. Só eu que trabalho nessa casa?”. A sua filha pergunta: “Você se esqueceu de comprar meu caderno?”. Alguém toca a sirene, mas o equipamento quebrou, e tem que comprar outro agora! Outra pessoa avisa: “O seu documento venceu, é preciso renová-lo”. E você fica literalmente doido! Não! Claro que nãooo!!! Você responde: “Vou dar tudo de mim para te entregar o relatório o mais rápido possível”. Para esposa você fala carinhosamente: “Me ensina a fazer e me fala quando devo fazer, não precisa ficar nervosa”; para sua filha você responde: “Me liga para me lembrar”. E desliga a sirene, dizendo: “Vai funcionar ou vamos fazer o que tem que ser feito com ela quebrada”. O que estou tentando dizer é que você não pode guardar os problemas. Problemas são para serem resolvidos e ponto final, mas a tranqüilidade para resolvê-los vêm do Espírito Santo. Viva com segurança em Cristo e com Sua intimidade no seu dia a dia. - 21 -


O Centro da minha vida

Viva o fruto do relacionamento com Espirito Santo contra o dia mau Em Gálatas 5.22-26 diz que “o fruto do Espírito Santo é amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei. E os que são de Cristo Jesus crucificaram a carne, com as suas paixões e concupiscências. Se vivemos no Espírito, andemos também no Espírito”. Amor, alegria e paz. Você tem amor, alegria e paz para viver? Você tem esses elementos? Se não tiver amor, alegria e paz você não dará esses frutos do Espírito Santo, e consequentemente não resolverá as coisas com a ajuda dEle. Se você é uma árvore plantada por Deus, vivificada por Cristo e regada pelo Espírito Santo, você vai conceber esses frutos: amor, alegria e paz, pois esses três frutos recebemos gratuitamente de Deus. Lembre: amor, alegria e paz. Você é uma árvore plantada por deus, vivificada por cristo jesus, e regada pelo espiríto santo. Você deve ter tranquilidade para viver e resolver tudo com paz, alegria e amor. Amém. Isso é só o começo. A mensagem não pára por aqui, existe ainda a longanimidade, benignidade e bondade. Quando você começa a praticar, no seu dia a dia, o amor, a alegria e a paz, no seu trabalho, na hora de cobrar alguma coisa, na sua família, na hora de educar seus filhos ou ensinar e aprender com sua esposa, na sua comunidade religiosa com seus irmãos, tudo melhora. Viva a vida com amor, alegria e muita paz. Sem esses três elementos, não vá adiante, porque na realidade se você for adiante sem esses três frutos, você está indo para trás, se atrasando, então é preferível ficar parado. Ao viver com amor, alegria e paz como fruto do Espírito Santo em sua vida, o próprio Espírito Santo acrescenta longanimidade, benignidade e bondade, e logo depois você estará preparado para ser acrescentado, para viver em fidelidade, mansidão e domínio próprio, aprendendo a lidar com - 22 -


Cláudio Norberto seus próprios sentimentos e emoções. O fruto de um homem carnal é o medo, o fruto da pressão é a explosão de medos, síndromes e traumas, politicagens e manipulações para o seu bel prazer, doenças quase irreparáveis, e só há um meio para a cura: Jesus. Não tenha medo de ser um homem ou uma mulher de Deus, viva agora esses frutos. Peça ao Espírito Santo, agora, o amor, a alegria e a paz. Não perca seu tempo. Viva livre, sem medo, sem se envergonhar. Se errar, corrija, volte atrás e recomece. Seja “rico” do Espírito Santo, tenha liberdade para ser você mesmo.

- 23 -