Page 1

EDIÇÃO EDIÇÃO 119 123

Ano X – EDIÇÃO Nº 119 – Março 2017 – Santiago – RS – ASSEMBLÉIA DE DEUS – Presidida: Pr. Almarino M. da Costa – CNPJ Nº 14.332.612/0001 – 96 – Insc. Mun.: 986432 Ano X – EDIÇÃO Nº 123 – Julho 2017 – Santiago – RS – ASSEMBLÉIA DE DEUS – Presidida: Pr. Almarino M. da Costa – CNPJ Nº 14.332.612/0001 – 96 – Insc. Mun.: 986432

Jaguari Jaguari -- São São Vicente Vicente -- Mata Mata -- Capão Capão do do Cipó Cipó -- Nova Nova Esperança Esperança do do Sul Sul -- Unistalda Unistalda

Ano MARÇO 2016 Ano X X -- Nº Nº 119 123--JULHO 2017

Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto. Isaías 55:6


2

“ As pessoas estão perdendo as suas vidas, porque nós não estamos dispostos a doar as nossas.”

PALAVRA DO DIRETOR J. Franco - Diretor Arauto francoprof@gmail.com | francoprofe@yahoo.com.br | (55) 9674 7590 / 8131-9259

Então conheçamos, e prossigamos em conhecer ao Senhor; a sua saída, como a alva, é certa; e ele a nós virá como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra. Oséias 6:3 Estamos vivenciando tempos que a natureza esta gritando, enchentes, incêndios, secas prolongadas, as mais baixas temperaturas já havidas na história. Muitos são os sinais que algo esta por acontecer, o Povo de Deus sabe, é consciente que não tardará a vinda do Senhor Jesus, por mais que muito pouco se fala desta manifestação que mudará a história da humanidade, mas Ele o Senhor Jesus nos prometeu : Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar. E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também. João 14:2,3 – E aqueles que crêem na Palavra de Jesus sabem que Ele vai voltar buscar a sua Igreja; Santa, sem macula... Estejamos mais atentos com nossas decisões, nossas atitudes, por tenho certeza que o Grande dia do Senhor esta perto, mais perto do que imaginamos... Que venhamos estar preparados para subir com Ele, se caso você tem duvidas; consulte a Bíblia, Ela é o mapa para você ir ao céu. Seria muito horrível, ter vivido aqui nesta terra enganado, ou se enganando, sabendo o que deveria fazer, ou melhor, dizendo; tendo a certeza das coisas que não deveria ter feito, mas achando que nada vai passar, saiba que : Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará. Gálatas 6:7 – Não sei o que você tem plantado, mas ainda estas a tempo, de se tiver que mudar algo na sua vida, faça. E por último, você que é Pai, Mãe; ensine seus filhos a PALAVRA DE DEUS... Pois eles precisam saber que existe céu, mais existe inferno. Não existe uma terceira alternativa, outro caminho além destes dois. Talvez você que esta lendo esta pensando, esta é uma mensagem dura, mas não é um alerta. Vamos acordar : Por isso diz: Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecerá. Efésios 5:14 - É tempo de Buscar o Senhor de todo nosso coração, de toda nossa alma. Maranata “ Ora vem Senhor Jesus “

Cremos

JULHO/2017

1 - ) Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo ( Dt 6.4; Mt 28.19 e Mc 12.29); 2 - ) Na inspiração verbal da Bíblia Sagrada, única regra infalível de fé normativa para a vida e o caráter cristão (2 Tm 3.14-17); 3 - ) Na concepção virginal de Jesus, em sua morte vicária e expiatória, em sua ressurreição corporal dentre os mortos e sua ascensão vitoriosa aos céus (Is 7.14; Rm 8.34 e At 1.9); 4 - ) Na pecaminosidade do homem que o destituiu da glória de Deus, e que somente o arrependimento e a fé na Obra expiatória e redentora de Jesus Cristo é que pode restaurar a Deus ( Rm 3.23 e At 3.19); 5 - ) Na necessidade absoluta do novo nascimento pela fé em Cristo e pelo poder atuante do Espírito Santo e da Palavra de Deus, para tornar o homem digno do Reino dos Céus (Jo3.3-8); 6 - ) No perdão dos pecados, na salvação presente e perfeita e na eterna justificação da alma recebidos gratuitamente de Deus pela fé no sacrifício efetuado por Jesus Cristo em nosso favor (At 10.43; Rm 10.13; 3.24-26 e Hb 7.25;5.9); 7 - ) No batismo Bíblico efetuado por imersão do corpo inteiro uma só vez em águas, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, conforme determinou o Senhor Jesus Cristo (Mt 28.19; Rm 6.16 e Cl 2.12); 8 - ) Na necessidade e na possibilidade que temos de viver vida santa mediante a obra expiatória e redentora de Jesus no Calvário, através do poder regenerador, inspirador e santificador do Espírito Santo, que nos capacita a viver como fiéis testemunhas do poder de Cristo (Hb 9.14 e 1Pd 1.15); 9 - ) No batismo Bíblico no Espírito Santo que nos é dado por Deus mediante a intercessão de Cristo, com a evidência inicial de falar em outras línguas, conforme a sua vontade (At1.5; 2.4; 10.4446; 19.1-7); 10 - ) Na atualidade dos dons espirituais distribuídos pelo Espírito Santo à Igreja para sua edificação, conforme sua soberana vontade (1 Co 12.1-12); 11 - ) Na segunda vinda premilenial de Cristo, em duas fases distintas. Primeira – Invisível ao mundo, para arrebatar a sua Igreja fiel na terra, antes da Grande Tribulação; segunda – visível e corporal, com sua Igreja glorificada, para reinar sobre o mundo durante mil anos ( 1Ts 4.16,17; 1Co 15.51-54; Ap 20.4; Zc 14.5 e Jd 14); 12 - ) Que todos os cristãos comparecerão ante o Tribunal de Cristo, para receber a recompensa dos seus feitos em favor da causa de Cristo na terra (2Co 5.10); 13 – ) No Juízo vindouro que recompensará os fiéis e codenará os infiéis (Ap 20.11-15); 14 – ) E na vida eterna de gozo e felicidade para os fiéis e de tristeza e tormento para os infiéis.


JULHO/2017

“ O Amor suporta tudo, mas não aceita tudo, pois o que tudo se aceita, não é Amor, mas omissão.”

3

A Verdade Sobre o Arrebatamento

U

ma pesquisa recente da revista U.S. News & World Report descobriu que 61 por cento dos americanos acreditam que Jesus Cristo vai voltar à terra, e 44 por cento acreditam no Arrebatamento da Igreja.[1] O que é o Arrebatamento? Com tamanha certeza popular, por que há tanta confusão interpretativa a respeito desses acontecimentos? A doutrina do Arrebatamento pré-tribulacional é um ensino bíblico importante não apenas por oferecer percepções interessantes sobre o futuro, mas também porque oferece aos crentes motivação para a vida contemporânea. O Arrebatamento pré-tribulacional ensina que, antes do período de sete anos conhecido como Tribulação, todos os membros do corpo de Cristo (tanto os vivos quanto os mortos) serão arrebatados nos ares para o encontro com Jesus Cristo e depois serão levados ao céu. O ensino do Arrebatamento é mais claramente apresentado em 1 Tessalonicenses 4.13-18. Nessa passagem Paulo informa seus leitores de que os crentes que estiverem vivos por ocasião do Arrebatamento serão reunidos aos que morreram em Cristo antes deles. No versículo 17 a palavra “arrebatados” traduz a palavra grega harpazo, que significa “dominar por meio de força” ou “capturar”. Essa palavra é usada 14 vezes no Novo Testamento Grego de várias maneiras diferentes. Ocasionalmente o Novo Testamento usa harpazo com o sentido de “roubar”, “arrastar” ou “carregar para longe” (Mateus 12.29; João 10.12). Também pode ser usada com o sentido de “levar embora com uso de força” (João 6.15; 10.28-29; Atos 23.10; Judas 23). No entanto, para nossos propósitos, um terceiro uso é mais significativo. Diz respeito ao Espírito Santo levando alguém de um lugar para outro. Encontramos esse uso em quatro ocorrências (Atos 8.39; 2 Coríntios 12.2, 4; 1 Tessalonicenses 4.17; Apocalipse 12.5).[2] Esse último uso é ilustrado em Atos 8.39, quando Filipe, ao completar o batismo do oficial etíope, é “arrebatado” e divinamente transportado do deserto até a cidade costeira de Azoto. De modo semelhante, a Igreja será, num momento, levada da terra ao céu. Não deve-se estranhar, portanto, que um autor contemporâneo tenha chamado esse evento peculiar de “O Grande Seqüestro”.[...]

Por que a doutrina da iminência é significativa para o Arrebatamento?

O ensino neo-testamentário de que Cristo poderia voltar a qualquer momento e arrebatar a Sua Igreja sem sinais ou advertências prévios (i.e. iminência) é um argumento tão poderoso em favor do pré-tribula-

Thomas Ice e Timothy Demy

cionismo que se tornou uma das doutrinas mais ferozmente atacadas pelos oponentes da posição pré-tribulacionista. Eles percebem que, se o Novo Testamento de fato ensinar a iminência, um arrebatametno pré-tribulacional estará praticamente assegurado.

Definição de Iminência

Qual é a definição bíblica de iminência? O Dr. Renald Showers define e descreve iminência da seguinte maneira: 1.Um acontecimento iminente é aquele que está sempre “pairando acima de alguém, constantemente prestes a vir sobre ou a alcançar alguém; próximo quanto à sua ocorrência” (The Oxford English Dictionary, 1901, V. 66). Assim, a iminência traz consigo o sentido de que algo pode acontecer a qualquer momento. Outras coisaspodem acontecer antes do evento iminente, mas nada precisa acontecer antes que ele aconteça. Se alguma coisa precisa acontecer antes de determinado evento ocorrer, tal evento não é iminente. Em outras palavras, a necessidade de que algo ocorra antes destrói o conceito de iminência. 2.Uma vez que é impossível saber exatamente quando ocorrerá um evento iminente, não se pode contar com a passagem de determinado período de tempo antes que tal evento iminente ocorra. À luz disso, é preciso estar sempre preparado para que ele aconteça a qualquer momento. 3.Não se pode legitimamente estabelecer direta ou implicitamente uma data para sua ocorrência. Assim que alguém marca uma data para um evento iminente, destrói o conceito de iminência, porque ao fazer isso afirma que um determinado intervalo de tempo deve transcorrer antes que tal evento ocorra. Uma data específica para um evento é contrária ao conceito de que tal evento possa ocorrer a qualquer momento. 4.É impossível dizer legitimamente que um evento iminente vai acontecer em breve. A expressão “em breve” implica que tal evento precisa ocorrer “dentro de um tempo pequeno (depois de um ponto específico designado ou implícito)”. Em termos de contraste, um evento iminente pode ocorrer dentro de um pequeno intervalo de tempo, mas não precisa fazê-lo para ser iminente. Espero que você perceba, agora, que “iminente” não é igual a “em breve”.[3] O fato de que Jesus Cristo pode voltar a qualquer momento, mesmo que não necessariamente em breve, e sem a necessidade de qualquer sinal anterior à Sua vinda, requer o tipo de iminência ensinado pela posição pré-tribulacionista e é um forte apoio ao pré-tribulacionismo. Que passagens do Novo Testamento ensinam essa

verdade? Os versículos que afirmam a volta de Cristo a qualquer momento, sem aviso prévio, e aqueles que instruem os crentes a esperar e aguardar a vinda do Senhor ensinam a doutrina da iminência. Observem-se as seguintes passagens do Novo Testamento: •1 Coríntios 1.7 – “...aguardando vós a revelação de nosso Senhor Jesus Cristo”. •1 Coríntios 16.22 – “Maranata!” •Filipenses 3.20 – “Pois a nossa pátria está nos céus, de onde também aguardamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo”. •Filipenses 4.5 – “Perto está o Senhor”. •1 Tessalonicenses 1.10 – “e para aguardardes dos céus o Seu Filho...”. •1 Tessalonicenses 4.15-18 – “Ora, ainda vos declaramos, por palavra do Senhor, isto: nós, os vivos, os que ficarmos até à vinda do Senhor, de modo algum precederemos os que dormem. Porquanto o Senhor mesmo, dada a sua palavra de ordem, ouvida a voz do arcanjo, e ressoada a trombeta de Deus, descerá dos céus, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro; depois nós, os vivos, os que ficarmos, seremos arrebatados juntamente com eles, entre nuvens, para o encontro do Senhor nos ares, e assim estaremos para sempre com o Senhor. Consolai-vos, pois, uns aos outros com estas palavras”. •1 Tessalonicenses 5.6 – “Assim, pois, não durmamos como os demais; pelo contrário, vigiemos e sejamos sóbrios”. •1 Timóteo 6.14 – “que guardes o mandato imaculado, irrepreensível, até à manifestação de nosso Senhor Jesus Cristo”. •Tito 2.13 – “aguardando a bendita esperança e a manifestação da glória do nosso grande Deus e Salvador Cristo Jesus”. •Hebreus 9.28 – “assim também Cristo, tendo-se oferecido uma vez para sempre para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o aguardam para a salvação”. •Tiago 5.7-9 – “Sede, pois, irmãos, pacientes, até a vinda do Senhor... pois a vinda do Senhor está próxima... Eis que o Juiz está às portas”. •1 Pedro 1.13 – “Por isso,... sede sóbrios e esperai inteiramente na graça que vos está sendo trazida na revelação de Jesus Cristo”. •Judas 21 – “guardai-vos no amor de Deus, esperando a misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo, para a vida eterna”. •Apocalipse 3.11; 22.7, 12, 20 – “Eis que venho sem demora!” •Apocalipse 22.17, 20 – “O Espírito e a Noiva dizem: Vem. Aquele que ouve diga: Vem.


4

“ As pessoas estão perdendo as suas vidas, porque nós não estamos dispostos a doar as nossas.”

Curtas da URI

Manejos avançados para a produção de mel foi tema de curso

JULHO/2017

Curso de Ciência da Computação recolheu lixo eletrônico Curso realizou a ação pelo segundo ano consecutivo

Curso foi organizado pelo APL Apicultura Vale do Jaguari

Manejos avançados para a produção de mel foi tema de curso Curso foi organizado pelo APL Apicultura Vale do Jaguari Cerca de 55 pessoas participaram do curso no último dia 13, entre estas, apicultores (as), associações apícolas e entidades de municípios do Vale do Jaguari e outras cidades do Estado. O objetivo do curso, além de cumprir com o planejamento proposto no plano de trabalho do APL Apicultura Vale do Jaguari, foi atender uma demanda identificada e sugerida pelos apicultores do município e região. “O evento abordou temas relevantes

e de grande importância para o setor, para pequenas, médias e grandes propriedades e produtores”, disse Rafael Conterato, do APL. Foram prestadas informações e técnicas utilizadas na atividade apícola, com a finalidade de capacitar e qualificar os produtores para melhor gerir seus apiários na busca de melhores resultados de produção e rentabilidade. Das 13h às 15h, ocorreu uma atividade de campo realizada no Apiário da URI. Um novo curso ocorrerá na universidade de 26 a 29 de junho, com o tema manejo básico. Será das 8h às 17h, com inscrição gratuita.

No último dia 10, o curso de Ciência da Computação da URI Santiago realizou mais uma coleta de lixo eletrônico, na praça Moises Viana. Conforme a co-

ordenadora do curso, professora Carla Castanho, foi recolhido um grande volume de lixo o qual será destinado ao reaproveitamento.

Alunos e professores da Enfermagem em evento Seminário Internacional e Semana de Enfermagem aconteceram em Santa Maria, tendo a presença da URI Santiago

Acadêmicos de Farmácia estiveram em viagem técnica Visitas orientam acadêmicos quanto à futura área de atuação Dias cinco e seis de junho, os acadêmicos do 7º semestre do curso de Farmácia realizaram visitas técnicas para conhecer de perto algumas das diversas áreas de atuação do curso. Foram visitados as indústrias farmacêuticas Laboratório Wesp, produtor da Olina e a LifePharma, especializada na produção de soluções intravenosas para as terapias de nutrição parenteral, quimioterapia antineoplásica e outras formulações estéreis. Além disso, os acadêmicos conheceram os diferentes setores do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). Segundo a professora Amanda, a diversidade de áreas abrangida pela visita técnica, além de ajudar a aliar a teoria com a prática, poderá auxiliar a orientar os acadêmicos quanto à futura área de atuação na profissão farmacêutica. A viagem foi organizada pelos professores Amanda Gindri, Cadidja Coutinho, Ricardo Souto, Paula Bitencourt e Thaylise Parodi.

Os alunos e professores do curso de Enfermagem participaram do III Seminário Internacional tecendo redes na enfermagem e na saúde e X Semana de Enfermagem da Universidade Federal de Santa Maria, na cidade de Santa Maria- RS.

Alunos e professores da URI Santiago tiveram publicações no evento, que ocorreu de 24 a 26 de maio. O evento contou com palestrantes nacionais e internacionais, considerados referência nas temáticas do evento.


JULHO/2017

“ O Amor suporta tudo, mas não aceita tudo, pois o que tudo se aceita, não é Amor, mas omissão.”

Dia da independência

5

O que é a graça comum ?

Eu sou a videira, vós, os ramos. Quem permanece em mim, e eu, nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. — João 15:5

No nosso querido país o dia 7 de setembro é feriado nacional, no qual são acesas as churrasqueiras; as ruas ficam com pouco movimento; e as cidades e vilas têm bandeiras dependuradas nas janelas, piqueniques, e comemorações patrióticas. Tudo isso em memória do dia Em 7 de setembro de 1822 foi declarada a Independência do Brasil, com o Grito do Ipiranga proclamado por Dom Pedro às margens do riacho Ipiranga. Independência agrada a todas as idades. Ela significa “liberdade de controle, influência, apoio e ajuda dos outros”. Portanto, não surpreende que os adolescentes falem em conquistar a sua independência. Muitos adultos têm o objetivo de ser “independentes financeiramente”. E os idosos querem manter a sua independência. Se alguém alguma vez já

foi verdadeiramente independente é uma discussão para outro momento e lugar — mas parece bom. Almejar a independência política ou pessoal é uma coisa; atrever-se a buscar independência espiritual é problemático. Em vez disso, precisamos é reconhecer e aceitar nossa profunda dependência espiritual. Jesus disse: “Eu sou a videira, vós, os ramos. Quem permanece em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer” (João 15:5). Longe de ser autossuficientes, somos total e eternamente dependentes daquele que morreu para nos libertar. Todo dia é o nosso “Dia da Dependência”. Nossa maior força provém da dependência do nosso Deus forte. Pb. Franco

O que precisamos saber Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem nenhum… — Romanos 7:18 Na interpretação do hino Tal qual estou em inglês pelo cantor americano Fernando Ortega, ao fundo pode-se ouvir vagamente a voz de Billy Graham. Ele está relembrando de uma doença da qual pensava que estava morrendo. Ao meditar sobre seu passado, o pregador percebe como é pecador foi e o quanto ainda continua a precisar do perdão diário de Deus. Billy Graham estava colocando fim à ideia de que sem Deus estamos bem. Podemos nos sentir bem sobre nós mesmos, mas essa confiança deve vir do reconhecimento de que somos filhos de Deus muito amados (João 3:16), não que somos filhos muito bons (Romanos 7:18). O primeiro passo para se tornar uma pessoa verdadeiramente “boa”

como seguidor de Cristo, é parar de fingir que somos bons por nossa conta e pedir a Deus que nos torne tão bons quanto possamos ser. Falharemos muitas vezes, mas Ele continuará nos ajudando a crescer e mudar. Deus é fiel — em Seu tempo e à Sua maneira — e Ele fará a obra. Em seus últimos anos de vida, o autor do hino Preciosa a graça de Jesus, John Newton, sofreu com demência e lamentava a perda de memória. Mas ainda pôde confidenciar, “Lembro de duas coisas: sou um grande pecador e Jesus é um grande Salvador.” No que se refere à fé, essas são as únicas coisas que qualquer um precisa saber. A graça de Deus aceita é a paz de Deus experimentada. Pb. Franco

A graça comum talvez seja uma das doutrinas mais fascinantes e impressionantes mostradas na Bíblia Sagrada. Mas antes de sabermos com um pouco mais de detalhes seu significado, vamos definir as duas palavras que formam essa doutrina. “Graça” na Bíblia significa o movimento de Deus em favor do ser humano mesmo ele não sendo merecedor. A graça de Deus está amplamente ligada ao Seu amor quase que inexplicável. “Comum” aqui é algo que aponta para essa graça como sendo ampla ao ponto de atingir a todos. Nesse ponto é necessário alertar que essa graça comum não é a mesma coisa que a graça salvadora que vemos na Bíblia, que alcança o indivíduo e o leva a ser justificado por Jesus Cristo, que faz dele um salvo. Jesus trouxe uma palavra que exemplifica muito bem o significado da graça comum: “porque ele [Deus] faz nascer o seu sol sobre maus e bons e vir chuvas sobre justos e injustos.” (Mateus 5.45 – Acréscimo meu). O estado de pecado do ser humano o faz não merecedor de nenhuma bênção de Deus. Se Deus não derramasse sequer uma bênção sobre o ser humano não estaria sendo injusto e nem mau. Porém, observamos que não é assim que Deus age. Observamos claramente que Deus age com sua graça mesmo entre os maus como disse Jesus. Mas Deus faz muito mais do que fazer o sol nascer e a chuva cair para abençoar justos e injustos! A graça comum de Deus é muito amplamente derramada no mundo. Observe, por exemplo, que mesmo os maus têm talentos que podem ser usados em prol da sociedade. Observe quantos ateus cientistas, que sequer declaram

Deus como Senhor, têm inteligência e vida para trazer benesses à humanidade e a si mesmos. Observe que a terra, ano após anos, dá o seu fruto, traz riquezas, possibilidades de bem a todos. Observe como a graça comum de Deus permite que haja autoridades, justiça, ordem – ainda que imperfeita. Observe que muitos seres humanos conseguem viver uma vida com bons valores mesmo estando afastados de Cristo. Tudo isso e muito mais é o derramar da graça comum de Deus sobre a vida na terra. Não fosse essa graça comum de Deus, o ser humano sofreria de forma quase insuportável o poder das consequências devastadoras de seus pecados, que transformariam tudo em um caos. O mundo estaria em um caos maior do que o que vemos hoje. Por isso a Bíblia declara: “Pois do SENHOR é o reino, é ele quem GOVERNA as nações.” (Salmos 22.28). O governo de Deus, de forma justa, derrama essa graça comum sobre justos e injustos. É importante ressaltar que essa graça comum de Deus derramada sobre todos em nenhum momento invalida Sua justiça contra aqueles que o rejeitaram. Pois a Bíblia é clara quando mostra que Deus julgará toda a terra (Salmos 96.13). Essa graça apenas acentua a benignidade e amor de Deus diante de seres que mereceriam apenas o Seu desprezo e condenação. Isso é a graça! Mais uma coisa a salientar é que a graça comum não salva ninguém. A graça salvadora é que atua na regeneração da pessoa, a graça comum não. Porém, na vida dos eleitos de Deus essas duas “graças” atuam de certa forma em conjunto na vida do indivíduo.


6

“ As pessoas estão perdendo as suas vidas, porque nós não estamos dispostos a doar as nossas.”

Na presença de Deus encontramos ânimo para nossa vida! O mundo pode nos dar milhões de opções para que desanimemos, mas basta Deus ser o ânimo da nossa vida para ficarmos de pé, prosseguirmos e irmos adiante! “Jesus disse ao paralítico: ‘Coragem, filho, os teus pecados estão perdoados!” (Mateus 9, 2). Apresentaram a Jesus um paralítico deitado numa cama e o povo estava movido por uma grande fé e tamanha confiança por acreditar que Jesus poderia fazê-lo levantar e andar. Contudo, havia um drama que envolvia este paralítico: primeiramente porque ele estava desanimado, descrente, sem alento, sem gosto e sem sabor pela vida. E não é só o fato de não ter as pernas móveis para poder andar que o deixava assim. Conhecemos muito bem pessoas paralíticas, doentes e enfermas que, muitas vezes, são mais animadas do que muitos de nós que andamos, falamos, pulamos e corremos. No caso do paralítico do Evangelho havia uma paralisia interior, havia um desânimo e um descontentamento terrível com a vida. Por isso a primeira palavra de Jesus dirigida a ele não é: “levanta”, mas é “coragem”. Coragem quer dizer ânimo, ressuscitar a alma, tomar alento e gosto pela vida, porque pode ser que tenhamos duas pernas ótimas, mas se o nosso coração e a nossa alma estiverem paralisados e anêmicos, se a nossa alma perdeu o alento pela vida, continuamos tão paralíticos ou mais do que aquele homem . A Palavra de Deus é para nos encorajar e para nos levantar do desânimo que, muitas vezes, vem ao encontro da nossa alma por causa dos desalentos, das decepções, das amarguras e das frustrações encontradas por cada um de nós ao longo do caminho. Podemos perceber que, ao longo das estradas, existem muitos espinhos, mas a vida não é constituída somente de espinhos. Ela tem flores, tem folhas, mas nós nos detemos tantas vezes no que é espinhoso, no que nos machuca e no que nos paralisa e não no que nos levanta, nos dá ânimo e nos coloca de pé. O mundo pode nos dar milhões de opções para que desanimemos, mas basta Deus ser o ânimo da nossa vida para ficarmos de pé, para prosseguirmos e irmos adiante! Levanta-te! Anda! Ânimo! Coragem! Você que foi paralisado por algum motivo da vida que lhe tirou o ânimo de viver! E cada um de nós que sentimos em nossa alma a visita da tristeza não permitamos que ela more dentro de nós! Mandemos a tristeza para bem longe, que ela [tristeza] não faça moradia em nossa casa! Ela pode até nos visitar em certas ocasiões, mas ela não pode morar em nossa casa! A nossa alma, o nosso coração e a nossa vida pertencem a Deus e não podemos deixar que a tristeza paralise a nossa vida! Deus os abençoe!

Ev. Calistrato Bastos

Cleci P. Pinto

Ir. Maria de Avila

JULHO/2017

Olavo de Souza

Dc. Davi Mattos

Pr. João Monteiro e esposa


JULHO/2017

“ As pessoas estão perdendo as suas vidas, porque nós não estamos dispostos a doar as nossas.”

8ª Cruzada Evangelistica - PSE Bº São Vicente - Bº ITU - Sede

Culto Bº Ana Bonato

Culto São Vicente do Sul

Pr. Abrãao Silva

7


8

“ As pessoas estão perdendo as suas vidas, porque nós não estamos dispostos a doar as nossas.”

JULHO/2017

Renovando a Evangelização de casa em casa Evangelização domiciliar: Levando o Evangelho onde as pessoas estão.

Pr. Givanildo Vieira – Ministrando na Sede ! A evangelização de casa em casa continua a ser uma excelente estratégia evangelística. Obviamente, com a modificação do perfil das cidades, pode não ser a estratégia aplicável para os bairros com muitos prédios, ou residências de alto padrão. Porém, onde é cabível a evangelização de casa em casa deve ser renovada com criatividade e realizada com genuíno amor. A evangelização de casa em casa foi uma das estratégias mais frutíferas no crescimento da Igreja

Brasileira. Hoje, parou no tempo. Muitas das igrejas que ainda utilizam essa estratégia fazem como se fazia antigamente, mas, grande parte já não quer fazê-lo. Várias razões são apresentadas. Serem confundidas com outra denominação é um primeiro argumento contra a evangelização de casa em casa; Como se Cristo fosse aceitar nossa “dignidade” como desculpa para falta de evangelização. Bairros verticais, com muitos prédios inacessíveis,

Paranoia inversa No amor não existe medo; antes, o perfeito amor lança fora o medo. Ora, o medo produz tormento… 1 João 4:18 Lembro-me de assistir aos noticiários de televisão, quando se vivia como uma revolução violenta ocorrendo nas ruas das favelas do Rio de Janeiro. Os traficantes que tinham crescido no totalitarismo declararam, de repente: “Agiremos como se fôssemos livres”, tomando as ruas e encarando tanques de guerra. O contraste entre os rostos dos líderes nos prédios e as massas nas ruas mostrou quem estava realmente com medo e quem era realmente livre. Assistindo aos noticiários transmitidos da pela televisão, tive uma nova definição de fé: paranoia inversa. Uma pessoa verdadeiramente paranoica organiza a sua vida em torno de uma perspectiva comum de medo. Tudo que acontece alimenta esse medo. A fé age no sentido inverso. Uma pessoa de fé organiza sua vida em torno de uma perspectiva comum de confiança, não de medo. Apesar do caos aparente do momento presente, Deus reina. Independentemente de como eu possa me sentir, realmente sou importante para um Deus de amor. O que poderia acontecer se nós, no reino de Deus, realmente agíssemos como se as palavras do apóstolo João fossem literalmente verdadeiras: “…maior é aquele que está em vós do que aquele que está no mundo” (1 João 4:4). O que aconteceria se verdadeiramente começássemos a viver como se a oração mais repetida da cristandade tivesse realmente sido respondida — que a vontade de Deus seja feita assim na terra como no céu? Alimentar a sua fé ajuda a fazer morrer de fome os seus medos. Pb. Franco

a segurança residencial nas grandes cidades e uma população mas desconfiada, mais estressada, menos amável são outras razões apresentadas para não se fazer esse tipo de evangelização e nenhum outro. É mais provável que o egoísmo e o egocentrismo, que contaminou a fé dos novos crentes sejam a verdadeira razão por trás da diminuição da evangelização. Quando queremos, a evangelização de casa em casa pode ser muito interessante e efetiva.

Verdadeira lealdade Se tenho de gloriar-me, gloriar-me-ei no que diz respeito à minha fraqueza. 2 Coríntios 11:30 Segundo uma estimativa, mais de 14 trilhões de milhas de passageiros frequentes foram acumuladas por pessoas em todo o mundo. Tudo começou no início da década de 1980, quando as companhias aéreas começaram os primeiros programas de milhagem para incentivar os passageiros frequentes a lhes dar preferência em viagens de negócios, premiando-os pela fidelidade. As milhas acumuladas podiam ser trocadas por viagens, bens e serviços gratuitos; por isso, não demorou muito para as pessoas começarem a planejar suas viagens com base tanto na recompensa pessoal quanto no preço ou horário. O apóstolo Paulo era um ávido viajante do primeiro século, mas não pelas “milhas de fidelidade”. O objetivo dele era alcançar quantos conseguisse com as boas notícias do perdão e da vida eterna por meio da fé em Jesus. Quando alguns da cidade de Corinto questionaram a sua autoridade, ele escreveu uma carta descrevendo o preço que pagara para levar o evangelho aos outros: “…fui três vezes fustigado com varas; uma vez, apedrejado; em naufrágio, três vezes; uma noite e um dia passei na voragem do mar” (2 Coríntios 11:25). Deus deu a Paulo a graça e a resistência necessária para arriscar sua vida para contar às pessoas sobre Jesus sem pensar em recompensa pessoal. Quer recebamos perseguição ou elogio por nosso serviço ao Senhor, que o nosso objetivo seja sempre a fidelidade a Ele e a gratidão por Seu sacrifício de amor. A nossa lealdade a Jesus nasce do Seu amor por nós. Pb. Franco


JULHO/2017

“ O Amor suporta tudo, mas não aceita tudo, pois o que tudo se aceita, não é Amor, mas omissão.”

9

A Carta de um Ex-Ninguém Olá, bem vindo a carta de um ex-ninguém, acomode-se, escolha um lugar quieto, fique sozinho e leia com atenção, porque essa carta foi escrita para você “Zê Ninguém”, para você “Qualquer um”, para você que “Não faz a menor diferença”, para todos os “Insignificantes” e para todos que “Não servem pra nada”. Pois bem, meu nome é Ex-Ninguém e tenho um enorme prazer em te conhecer, vou te contar um pouco da minha história. Tudo começou a aproximadamente 19 anos atrás quando ainda estava no ventre de uma mulher, lá eu não tinha emoções, não tinha preocupações e muito menos problemas, lá eu estava protegido, e foi lá que eu ganhei meus primeiros nomes, no começo era chamado de Feto, mas eu tive um apelido nesse momento, muitos me chamavam de “Bebê”, mas foi quando alguém descobriu meus órgãos genitais que decidiram me chamar de “Macho”, apelidado de “Menino” porque é mais bonitinho, ali eu continuava sem saber de nada, muito menos quem eu era, afinal eu não tinha consciência nem da minha existência. Então começaram uma disputa de como iriam me chamar, qual nome eu teria, que sobrenome uniriam ao meu e até como meu nome seria escrito, e decidiram então me chamar de Ruan, foi quando nasci que me registraram com esse nome e com várias informações que pareciam me transformar em alguém, em um ser humano. Então eu fui crescendo aprendi a falar, a me comunicar com outras pessoas, aprendi o que era certo e o que era errado a luz da sociedade, fui inserido em uma cultura e uma comunidade a qual deveria ter que seguir e me adaptar. Então comecei a frequentar a escola para aprender diversas coisas que decidiram que era necessário que eu aprendesse, eu fui matriculado como “Mais Um”, e fui chamado de Aluno, ali eu recebi mais um novo nome ou um título como você desejar, eu me chamava o “Estudante Ruan”. Então uma busca começava a ser feita sobre o que ou quem eu queria ser no futuro, o que gostaria de fazer, em que eu queria trabalhar, mas afinal o que era trabalho? Eu nem sabia direito o que significava trabalhar, até que fui aprendendo que pra ser alguém inserido nessa sociedade eu precisava ter um trabalho, pois só assim eu conseguiria me encaixar, porque se assim eu não fizesse eu seria chamado de mendigo e moraria provavelmente nas ruas onde meu real nome seria esquecido e ninguém se importaria com minha existência. Então comecei a sonhar com diversas profissões, uma buscar por ser alguém, afinal tudo que ouvia é que se eu quisesse ser alguém na vida eu tinha que estudar e me formar em alguma universidade que me transformaria em um Profissional, mas um título que eu ganharia, esse era tipo o Next Level, o próximo nível depois de Estudante. Nesse trajeto, eu ganhei uma Identidade (RG) que numerava a minha existência e a que país eu pertencia, um CPF que me cadastrava como mais uma pessoa com direitos. Mas mesmo com tudo isso eu ainda era apenas um “Ninguém”, eu não tinha profissão, eu não tinha estilo, eu não tinha me relacionado portanto eu não poderia nem ser chamado de homem ainda. A todo momento eu era uma embalagem sem nenhum rótulo, mas existia um conteúdo dentro de mim, só que eu ainda não tinha o descoberto. Mas então outras embalagens, outras pessoas, começaram a dizer quem eu era, o que eu era, qual sonho eu deveria ter, como eu deveria viver. E me encheram de rótolos e mais rótolos, simplesmente vinham com suas mãos e colavam rótolos em mim, até que chegou o momento em que olhei para o espelho e havia tantos rótulos em mim que não havia mais nenhum espaço para que eu pudesse olhar para o conteúdo que tinha dentro dessa embalagem, não conseguia mais olhar para o que havia dentro de mim, e com todos aqueles rótulos eu comecei a tentar ser algumas coisas das que estavam coladas em minha embalagem. E então coloquei dentro de mim um pouco de cada, fiz uma mistura de todas as coisas que me eram rotuladas, fiz o que me mandavam, sonhei o que me impulsio-

navam, brinquei com os brinquedos que diziam que eram os melhores, estudei para ser um profissional da profissão onde eu teria mais prestigio e fama. Eu fiz tudo, mas não ainda eu não era ninguém. Eu era a conjunção de outros seres, eu era a força da vida corrompida pelos desejos de terceiros, eu era a dúvida, eu era a incerteza, eu não sabia por que estava no mundo e muito menos qual era a minha diferença nele. Eu só sabia o meu nome e qual título me davam, eu sabia o que preencher em fichas de universidades, eu sabia o que por no currículo, eu sabia o que minha forma física dizia que eu era. Uma embalagem, com diversos rótulos, mas com um conteúdo desconhecido, afinal ninguém queria provar de mim, ninguém estava interessado em saber qual era o sabor daquilo que havia dentro de mim, não se importavam com qual cheiro tinha, na verdade ninguém se importa com ninguém. Mas eu cheguei até aqui para dizer que eu encontrei alguém que quis olhar para mim, eu encontrei alguém que quis ver o que havia dentro da minha embalagem, alguém que não se importou com os rótulos que eu tinha por fora e nem com tudo que eu tinha consumido para tentar achar quem eu era, esse cara sabia o que tinha dentro de mim antes que eu me formasse no ventre da minha mãe. Ele já havia me conhecido antes de eu mesmo me conhecer, ele sabia cada detalhe do meu ser, cada detalhe. Ele me ajudou a trilhar um caminho de descoberta, ele me mostrou a verdade que me libertou para ser quem eu realmente era, porque era com essa pessoa real que Ele se importava. Ele não ligava para o que diziam, não ligava para as minhas falhas e o mal estado em que se encontrava a minha embalagem, mesmo amassada, mesmo suja, mesmo com diversos rótulos colados, ele decidiu me comprar, mas não como alguém compra uma posse, ele decidiu comprar minha liberdade, ele pagou com preço de sangue o direito de eu ser quem eu nasci para ser. Ele comprou meu direito de ser seu Filho, o direito de um plebeu se unir a realeza, de um escravo desse mundo corrompido encontrar a liberdade e ser adotado como filho do rei ganhando todo privilégio de príncipe. Eu não fiz nada para merecer, mas ele se importou comigo quando ninguém se importou, Ele me libertou e hoje eu não sou uma embalagem, eu sou a pura essência viva, eu sou o vento que sopra e ninguém sabe para onde vai nem de onde ele vem, eu sou a luz que emana no meio das trevas, eu sou o embaixador de um reino eterno, ha cara eu sou eterno. JESUS me fez livre dos rótolos, ele me fez livre dessa vida e dessa morte, cara ele me fez livre da própria religiosidade, me fez livre de todos os meios de escravidão, Jesus me fez ser EU, porque é em mim que Ele sempre esteve interessado é comigo que ele sempre quis um relacionamento. Hoje ele quer o mesmo com você, ou melhor ele quer algo totalmente diferente com você, porque você é único, porque você não é igual a mim, se você se sente um ninguém, se você se sente uma embalagem cheia de rótolos sem saber quem de fato é, eu te digo: SEJA LIVRE! Cristo comprou sua liberdade aceite, eu sei que muitos mesmo depois de terem o direito de liberdade preferem continuar cativos porque acham que cativos pelo menos tem alguma coisa e que a liberdade pode ser incerta, mas com Jesus nada é incerto, cara você pode ter muito mais, você pode ser livre pra ser quem você é em Cristo e Ele vai te aceitar dessa forma. Quando você entender a liberdade, você verá que o pecado de nada serve que a ganância de nada adiante e que as identidades criadas por esse mundo não são nada comparada a ser um Príncipe, um Filho, co-herdeiro de Cristo de toda a herança celestial. ACEITE A LIBERDADE, ACEITE A VIDA, ACEITE A VERDADE, ACEITE O CAMINHO, ACEITE JESUS. Atenciosamente um Ex-Ninguém Carta extraída www.consagrajovem.com.br


10

“ As pessoas estão perdendo as suas vidas, porque nós não estamos dispostos a doar as nossas.”

JULHO/2017

Pagina da Mulher Por Rosani Franco

Chore, mas continue caminhando! O título desta postagem é uma frase dita por uma secretária chamada Sandra às suas colegas de trabalho, quando tentavam se salvar de um incêndio ocorrido em edifício comercial no centro de Taubaté (SP), no dia 4 de fevereiro de 2.011. Ao se verem cercadas pelo fogo e pela fumaça tóxica, aquelas mulheres se desesperaram e, paralisadas, só gritavam e choravam muito. Num brado cheio de autoridade e determinação, Sandra disse àquelas mulheres que até podiam chorar, mas que continuassem caminhando. Foi o que fizeram e todas se salvaram. Este fato me fez refletir sobre as tantas e tantas vezes que, direta ou indiretamente, o Senhor Deus me disse a mesma coisa, quando estive em meio a tribulações terríveis. Quantas vezes só chorei, sem forças para lutar e prosseguir! Quantas vezes me vi cercada por “labaredas”, sem a menor visibilidade, sem saída nenhuma, mas em um dado momento a voz do Senhor me apontou o caminho, levantei os olhos, vi a saída e uma força sobre natural me fez reagir e dar a volta por cima! Muitas vezes Deus usa pessoas ao nosso redor pa-

ra nos transmitir o seu recado e devemos estar atentos a isto. Temos que diariamente pedir ao Senhor que nos dê o discernimento necessário para saber diferenciar o recado que vem dEle, porque o diabo nos assedia constantemente, trazendo palavras de derrota. Aquelas mulheres paralisadas e em desespero estavam sob o domínio do medo, uma sensação transmitida pelo diabo. Elas certamente morreriam ali, não fosse a intervenção de Deus, através de Sandra. Quando Deus fala, o diabo se cala, porque a voz do Senhor é forte e poderosa! Então hoje aqui eu quero fazer como fez Sandra: Digo a todas vocês, minhas leitoras que eu amo tanto: VOCÊS PODEM ATÉ CHORAR, MAS CONTINUEM CAMINHANDO! Não entreguem os pontos, não desistam da luta, descruzem os braços, não se autoflagelem e nem vivam de murmurações, porque pra tudo há uma saída sempre. Meditem na força que tem A VOZ DO SENHOR em SALMOS 29: “Dai ao Senhor, ó filhos dos poderosos, dai ao Se-

nhor glória e força. Dai ao Senhor a glória devida ao seu nome, adorai o Senhor na beleza da santidade. A voz do Senhor ouve-se sobre as suas águas; o Deus da glória troveja; o Senhor está sobre as muitas águas. A voz do Senhor é poderosa; a voz do Senhor é cheia de majestade. A voz do Senhor quebra os cedros; sim, o Senhor quebra os cedros do Líbano. Ele os faz saltar como um bezerro; ao Líbano e Siriom, como filhotes de bois selvagens. A voz do Senhor separa as labaredas do fogo. A voz do Senhor faz tremer o deserto; o Senhor faz tremer o deserto de Cades. A voz do Senhor faz parir as cervas, e descobre as brenhas; e no seu templo cada um fala da sua glória. O Senhor se assentou sobre o dilúvio; o Senhor se assenta como Rei, perpetuamente. O Senhor dará força ao seu povo; o Senhor abençoará o seu povo com paz.”

A mulher e a vontade de Deus

Tome uma atitude !

A mulher desempenha um papel importante na sociedade. Ela educa os filhos para serem homens de fé, cuida do marido, da casa, ajuda muitas vezes no sustento do lar, enfim, vive o dia-a-dia agitado de milhares de mulheres ao redor do mundo. Entretanto, não deve se esquecer de ser uma mãe atenciosa, uma esposa que preza e honra seu marido, uma mulher que dá bom testemunho mantendo limpa e em ordem sua casa, e que ainda consegue ir para o trabalho e executar bem suas tarefas. A Bíblia sempre exaltou a mulher que agia corretamente. Veja abaixo uma lista de valores que representam a vontade de Deus para a sua vida... Criação da mulher - Gênesis 2:21-23 Mulher mãe - Sl 113:9 e Gn 21:1-2 Mulher sábia - Pv 14:1 e 19:14 Mulher obediente - I Reis 17:10-16 Mulher fervorosa - Mt 9:19-22 Mulher virtuosa - Pv 12:4 e 31:30

Deus nos criou e nos salvou com um propósito: servir. Na criação, a mulher já servia ao seu esposo com alegria, pois foi Deus quem fez e isto é muito bom. É um ato digno e louvável. Aleluia! Por quê então, estar de repouso? Você pode estar se perguntando: Quando estamos de repouso? Estamos de repouso quando não priorizamos Jesus, o Reino de Deus, as pessoas necessitadas. Estamos tão ocupadas com nossos afazeres de casa, compras, modas, jóias, enfim, com prazeres e afazeres deste mundo, que não temos tempo de cuidar da nossa vida espiritual. Temos o caso de Marta e Maria citado em Lucas 10:38-40. Duas personagens distintas. As duas amavam Jesus e o serviam. Uma, preocupada com os afazeres da casa e a outra aos pés do Mestre, que escolheu a melhor parte. Ela estava ajuntando tesouros para os céus e Marta viu neste gesto algo inferior ao que ela fazia no momento. Geralmente uma pessoa como Marta, é ansiosa, muito preocupada e se atêm muito às coisas deste mundo e se tem vida espiritual, é muito pouco. Numa situação desta, veja com quem você se identifica e se precisa de mudanças. Estamos de repouso quando temos preocupação exagerada quanto à aparência exterior, esquecendo-se que em nós deve resplandecer a Luz, o caráter de Cristo. Estamos de repouso quando não nos comovemos com os gemidos das almas perdidas. Quando nos levantamos, então? • Quando ouvimos a voz do Senhor e nos levantamos para serví-Lo. • Quando clamamos pela salvação dos perdidos. • Quando lembramos que temos um papel importante para desempenharmos na sociedade, como mulheres cristãs. • Quando cooperamos com a obra missionária. • Quando estamos atentas à voz dos oprimidos, doentes, das crianças abandonadas... O que fazer então? Mãos a obra. Você é uma guerreira, líder por excelência e grande é a seara e poucos são os ceifeiros. O Senhor conta com você! Fote: http://mulhercrista.blogspot.com.br/


JULHO/2017

11

“ O Amor suporta tudo, mas não aceita tudo, pois o que tudo se aceita, não é Amor, mas omissão.”

Tal qual estou Inclinai os ouvidos e vinde a mim; ouvi, e a vossa alma viverá… Isaías 55:3

Minha mente se encheu de boas lembranças quando fui cultuar o nosso Deus. Começaram os louvores ;a banda anunciou a música que iriam cantar: Tal qual estou. Lembrei-me de como ao final dos sermões, meu pastor pedia às pessoas para irem à frente ao entoarmos esse hino, indicando que elas queriam receber o perdão de Cristo. Mas o líder daquele grupo comentou que gosta de pensar que, algum dia, quando morrer e for ao encontro do Senhor, cantará em agradecimento a Ele: “Tal qual estou eis-me, Senhor Pois o teu sangue remidor Verteste pelo pecador; Ó Salvador, me achego a Ti! (CC 266) Anos antes de escrever este hino, Charlotte Elliott perguntou a um pastor como poderia encontrar-se com o Senhor. Ele lhe respondeu: “Venha a Ele como você está.” Ela o fez e, mais tarde, durante um período desanimador de doença, escreveu esse hino sobre o dia em que foi a Cristo e Ele a perdoou dos seus pecados. O Senhor nos incentiva a buscá-lo em Sua Palavra: “Buscai o Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto” (Isaías 55:6). Ele chama os nossos corações: “Ah! Todos vós, os que tendes sede, vinde às águas […]. Inclinai os ouvidos e vinde a mim; ouvi, e a vossa alma viverá…” (vv.1,3). Graças à morte e ressurreição de Jesus, podemos ir a Ele agora mesmo e, um dia, iremos à eternidade para estar com Ele para sempre. Tal qual estou, me achego a ti! “…Aquele que tem sede venha, e quem quiser receba de graça a água da vida.” — Apocalipse 22:17 - Pb . Franco

Ele mudou minha vida Digam-no os remidos do Senhor, os que ele resgatou da mão do inimigo. Salmo 107:2 Após a morte em 2011 do pioneiro em computação, Steve Jobs, mais de um milhão de pessoas de todo o mundo postou tributos on-line a ele. O tema comum era como Jobs havia mudado suas vidas. Eles diziam que viviam de modo diferente devido às suas inovações criativas e queriam expressar sua admiração e tristeza. A tela de um tablet tinha a seguinte mensagem em letras grandes: “Estamos Triste.” A gratidão alimenta o nosso sentimento, que é exatamente o que o Salmo 107 descreve: “Digam-no os remidos do Senhor, os que ele resgatou da mão do inimigo” (v.2). O tema deste Salmo são pessoas em grandes lutas que foram libertas pelo Senhor. Algumas não tinham teto e passavam necessi-

dades (vv.4,5); algumas haviam se rebelado contra a Palavra de Deus (vv.10,11); outras estavam exaustas de tanto tentar e não conseguir resultados quando clamaram a Deus (vv.26,27). Todas foram resgatadas pelo Senhor. “Rendam graças ao Senhor por sua bondade e por suas maravilhas para com os filhos dos homens!” (vv.8,15,21,31).Quando consideramos a grandiosidade do amor de Deus, Sua misericórdia em enviar Jesus Cristo para morrer por nós e ressuscitar e que Ele nos libertou, não podemos deixar de louvá-lo e desejar falar a outros sobre como Ele transformou nossas vidas! Nossa gratidão a Deus pela salvação nos incentiva em nosso testemunho a outros. Pb. Franco

A FÉ CRISTÃ ? CRER PRA SABER

A fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem. Por isso estamos sempre de bom ânimo? Porque andamos por fé, e não por vista (Hebreus 11:1; 2 Coríntios 5:6-7).

Um pequeno grupo de crianças estava reunido para estudar a Bíblia. O professor desejava falar com eles sobre fé. Depois de ler o capítulo 11 de Hebreus, ele colocou a mão no bolso, pegou a chave de seu carro, e mostrou a mão fechada às crianças. - O que tem aqui na minha mão? Ninguém respondeu. Então lhes disse: “Aqui tem uma chave. E perguntou novamente: “Quem sabe o que está na minha mão?” Houve um momento de silêncio. Por fim, uma delas levantou a mão e respondeu: - Eu sei; tem uma chave aí. - Exatamente. Você soube porque acreditou no que eu disse. Parabéns O professor abriu a mão e todas as crianças viram a chave. Essa historinha

ilustra vários aspectos da fé. 1) Deus conhece o que não conhecemos; 2) Mediante Sua Palavra, Deus revela o que deseja que conheçamos; 3) A pessoa que confia em Deus acredita no que Ele diz, e em particular aceita os fatos que Ele revela; 4) Um dia a fé será transformada em vista, ou seja, o que hoje só conhecemos por meio da fé e ainda não vemos nos será plenamente mostrado. Crer ou não crer são escolhas. Mas nós escolhemos crer em tudo o que Deus declara acerca de Seu Filho Jesus Cristo: “E o testemunho é este: que Deus nos deu a vida eterna; e esta vida está em seu Filho” (1 João 5:11). Pb. Franco


Ano X- Nº 123 - JULHO 2017

Ano X– EDIÇÃO Nº 123 – Julho 2017 – Santiago – RS – ASSEMBLÉIA DE DEUS – Presidida: Pr. Almarino M. da Costa – CNPJ Nº 14.332.612/0001 – 96 – Insc. Mun.: 986432

Jaguari - São Vicente - Mata - Capão do Cipó - Nova Esperança do Sul - Unistalda

EDIÇÃO EDIÇÃO 119 123

Ano X – EDIÇÃO Nº 119 – Março 2017 – Santiago – RS – ASSEMBLÉIA DE DEUS – Presidida: Pr. Almarino M. da Costa – CNPJ Nº 14.332.612/0001 – 96 – Insc. Mun.: 986432 Ano X – EDIÇÃO Nº 123 – Julho 2017 – Santiago – RS – ASSEMBLÉIA DE DEUS – Presidida: Pr. Almarino M. da Costa – CNPJ Nº 14.332.612/0001 – 96 – Insc. Mun.: 986432

Jaguari Jaguari -- São São Vicente Vicente -- Mata Mata -- Capão Capão do do Cipó Cipó -- Nova Nova Esperança Esperança do do Sul Sul -- Unistalda Unistalda

Ano MARÇO 2016 Ano X X -- Nº Nº 119 123--JULHO 2017

Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto. Isaías 55:6

Acesse nosso site para ler a EDIÇÃO 123

Jornal arauto edição 123  

Edição Julho 2017

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you