Issuu on Google+

REDAÇÃO | (28) 99991 7726 ANÚNCIOS E ASSINATURAS (28) 3521 7726

CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM E REGIÃO SUL | ANO V EDIÇÃO 01552| DIÁRIO

SEXTA-FEIRA

6 DE JANEIRO DE 2017

REUNIÃO DEFINE FINANCIAMENTO PARA O EVANGÉLICO DE ITAPEMIRIM

P.4

A direção do hospital e as prefeituras de Itapemirim, Kennedy e Marataízes, cidades que mais usam a unidade, se reúnem hoje. O defict mensal do hospital chega a R$700 mil

Foto: Divulgação

CAPARAÓ VIRA DESTINO DE FÉRIAS NO VERÃO

Região deixa de ser apenas referência para o inverno e atrai cada vez mais visitantes interessados em fugir das praias lotadas e agitos do litoral P.6 e 7 Foto: Divulgação

É MAIS BARATO JOGAR FORA

Ladrões roubam R$ 32 mil de loja em Cachoeiro P.11 O dinheiro era para pagar o salário dos funcionários

DENÚNCIA DE MAUS TRATOS NO CDP DE CACHOEIRO P.11

P.5

Com preço do tomate em baixa, produtores capixabas dizem que não compensa pagar o valor do frete. Uma carga de 20 toneladas acabou virando comida de boi


2 OPINIÃO

SEXTA-FEIRA |6 DE JANEIRO DE 2017

FOLHEANDO

»» Marcos Freire »» marcosfolhadocaparao@gmail.com

DESASTRE ANUNCIADO O ano de 2017 começou com mais de 12,1 milhões de brasileiros desempregados, de acordo com a última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) ao final do ano passado. Tal número, entretanto, reflete apenas a quantidade de pessoas que estavam em busca de emprego nos últimos 30 dias antes da pesquisa, pelos critérios utilizados na estatística oficial, iniciada em 2012 durante o governo do PT. A metodologia da PNAD Contínua não considera como desempregados os que recebem o Bolsa Família ou o Seguro Desemprego, por considerar que esses beneficiários dos programas sociais do governo estão no grupo dos chamados “desalentados”. Pelo IBGE o grupo dos “desalentados” é aquele cujas pessoas perderam o emprego e desistiram de procurar uma nova colocação, mesmo que temporariamente. Outro absurdo é que o subemprego também não é computado, nem que a pessoa tenha trabalhado apenas um dia no mês, recebendo por isto uma ínfima quantia. É fácil de concluir, portanto, que os dados da PNAD Contínua não refletem a realidade,

pois se trata de uma metodologia que mascara, escancaradamente, o verdadeiro número de brasileiros que se encontram desempregados. O próprio IBGE reconhece que até o mês de outubro havia no Brasil pelo menos 22,7 milhões de pessoas em idade produtiva, mas que estavam sem trabalho ou subempregadas, devido à recessão que vem encolhendo há tempo a nossa economia. Segundo o Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (IPEA), os mais atingidos pelo desemprego são os jovens na faixa etária entre 14 e 24 anos. Nessa faixa etária o desemprego já ultrapassa a 28%. Outro grupo igualmente afetado é o dos trabalhadores com ensino médio incompleto, ao qual chega à casa dos 22%. E em todas as faixas etárias o desemprego deverá continuar subindo, pelo menos até o final do primeiro semestre deste ano, de acordo com previsão de renomados analistas. A equipe econômica do governo de transição do presidente Michel Temer (PMDB-SP) tem tomado as medidas possíveis, de modo a conter a sangria do crescimento dos gastos públicos e viabilizar a retomada do crescimento econômico. Contudo, não há mágica quando se tra-

CASO DE POLÍCIA ta de economia. Os resultados não são imediatos, principalmente quando se vivencia uma crise tão profunda, como a legada pelos governos petistas após 13 anos e alguns meses no poder. A crise atual é tão profunda e perversa para o trabalhador brasileiro que os salários médios reais no país vêm caindo, mês a mês, aceleradamente. No ano de 2015 a média dos salários reais caiu 3,7%, enquanto em 2016 a previsão é de 6,2% de queda, de acordo com estudos da Organização Internacional do Trabalho (OIT). A previsão para 2017 também não é em nada diferente, pois dificilmente haverá qualquer recuperação no valor real dos salários. Espera-se que desta crise fique o ensinamento básico de que nenhum governo deve gastar além do que arrecada. No passado recente a Lei de Responsabilidade Fiscal, introduzida na gestão do ministro da Fazenda Pedro Malan, durante o governo de Fernando Henrique Cardoso (PSDB-SP), foi um bom exemplo. Neste sentido, deveríamos continuar avançando, mas retrocedemos. E muito! O grande problema a ser evitado são os políticos populistas, que não sobrevivem sem a gastança e a demagogia.

EXPEDIENTE

GRUPO FOLHA DO CAPARAÓ DE COMUNICAÇÃO LTDA-ME | CNPJ: 10.916.216\0001-55 Rua Irmãos Fernandes, 59, Bairro Bela Vista, Cep: 29.560-000 - Guaçuí-ES Telefone: (28) 3553 0517 Rua Dona Joana, 25, 2º Pavimento, Bairro Centro, Cep: 29.300-120 - Cachoeiro de Itapemirim-ES Telefone: (28) 3521-7726 | (28) 3511 2611

DIRETORIA GERAL: Elias Carvalho Soares EDITOR GERAL: Lucia Bonino REPORTAGEM: Ana Gláucia Chuína, Edézio Peterle, Guilherme Gomes, Lucas Schuina e Taynara Barreto EMAIL: jornalismo.aquinoticias@gmail.com ASSISTENTE COMERCIAL: Débora Osório e Ludmylla De Moraes PROJETO GRÁFICO: Giliard Santos Silva Nogueira DIAGRAMAÇÃO: Celso Wallace

Tenho acompanhado o início do trabalho de algumas prefeituras da região do Caparaó e estou estarrecido com o que, para mim, no mínimo, para não ser grosso, é falta de cidadania, de hombridade, de decência, de vergonha na cara, mas na verdade, é crime, banditismo, safadeza mesmo... Em praticamente todas as prefeituras em que um grupo de oposição tomou o poder (há exceções), o grupo que está saindo simplesmente não deixou pedra sobre pedra. É a política da terra arrasada, do quanto pior melhor. Ora, num país em que o Ministério Público e a Justiça têm se mostrado tão combativos contra a corrupção, tais ações não podem ficar por isso mesmo. Existem verdadeiros casos de polícia de roubo da coisa pública, com pneus indo parar em carros particulares, combustível sendo vendido pela metade do preço e distribuição de abonos para servidores que estão saindo, para deixar o caixa no zero. A situação de veículos e máquinas nestes municípios em que bandidos agiram, é de calamidade pública. Tem lugar sem máquina para trabalhar, sem carro para andar, sem ônibus para transportar os alunos (e as aulas começam em

COLABORADORES: Alexandre Garcia, Ewerton Miranda Tréggia, Guilherme Gomes, Luciana Fernandes, Ricardo Lemos, Ruy Guedes, Wagner Medeiros Junior, Basílio Machado, Almir Forte, Ramom Barros.

CIRCULAÇÃO Anchieta, Atílio Vivácqua, Cachoeiro de Itapemirim, Castelo, Conceição do Castelo | Iconha, Itapemirim, Marataízes, Mimoso do Sul, Muqui, Piúma, Presidente Kennedy, Rio Novo do Sul, Vargem Alta, Venda Nova do Imigrante.

fevereiro), sem ambulância para transportar doentes. E as pessoas morrem se não são atendidas. Então, é caso de polícia ou não é? Será que no país em que temos um “super herói” no Poder Judiciário, tais fatos e atos podem ficar impunes, sem qualquer investigação? Será que o povo tem sempre que pagar a conta? Porque as máquinas e veículos – para citar só o setor de transportes – terão que ser consertadas ou, na pior das hipóteses, outras terão que ser compradas. E de onde vem o dinheiro, meus senhores? Do meu, do seu, do nosso bolso! Então, é preciso dar um basta para esse

descaso com a coisa pública. O que é do povo deve servir o povo e não a um grupinho de privilegiados que, quando perdem o poder, acham que podem fazer o que bem entendem com o que não é deles. Quem destrói o patrimônio público tem que pagar. A forma de pagar eu deixo por conta da Justiça. Mas que tem que pagar, ah, isso tem! E se não acharem os responsáveis diretos pelos atos, que os agentes políticos que estavam no poder respondam pelos atos de seus subordinados. Os gestores são os responsáveis. É o que diz a lei e a mesma deve ser cumprida, ou só serve para alguns?

As matérias assinadas e publicadas neste jornal, não traduzem a opinião do próprio jornal. A veracidade das informações publicitárias veiculadas é de responsabilidade de quem as patrocina (anunciante). A legislação não impõe ao órgão que veicula o anúncio (jornal) a obrigatoriedade de verificação e comprovação da fide lidade e correção destes anúncios. Fonte: STJ (Superior Tribunal de Justiça).

ACESSE:


CIDADES 3

SEXTA-FEIRA|6 DE JANEIRO DE 2017

UNIÃO DE PREFEITOS

CONSÓRCIO CAPARAÓ REALIZA ELEIÇÃO NA SEGUNDA

O Consórcio que reúne os 11 municípios da região vai escolher sua nova diretoria que deverá ter como presidente o prefeito de Ibatiba, Luciano Salgado Marcos Freire Região

Na próxima segunda-feira, o Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Sustentável da Região do Caparaó Capixaba vai reunir todos os prefeitos dos municípios consorciados para a realização da eleição de sua nova diretoria. A reunião vai acontecer às 14 horas, na sede do Consórcio Caparaó, em Patrimônio da Penha, Divino de São Lourenço. Em reunião anterior, com a concordância de todos os novos prefeitos presentes – que na ocasião ainda não tinham assumido, foi fechada uma chapa provisória, que deve ser ratificada na segunda. Sendo assim, deve ser confirma-

do como presidente, o prefeito de Ibatiba, Luciano Salgado – Pingo (PMDB), tendo como vice-presidente, o prefeito de São José do Calçado, José Carlos de Almeida. E em entrevista, na segunda-feira, na Rádio

CAMPEONATO DE FUTEBOL DO CAPARAÓ DEVE VOLTAR Mania FM, em Ibatiba, o prefeito do município, Luciano Salgado, falou sobre a importância do fortalecimento do Consórcio Caparaó para a região. Segundo ele, depois de muito diálogo, os demais prefeitos entenderam que podem confiar no seu trabalho à frente da organização, por onde já passaram,

pela presidência, dois outros ex-prefeitos de Ibatiba: Soniter Miranda Saraiva e Lindon Jonhson – atual vice-prefeito do município. Luciano lembrou que, recentemente, em entrevista coletiva, o governador Paulo Hartung destacou o fortalecimento do Consórcio para o desenvolvimento do Caparaó Capixaba, como foi destacado neste jornal e no portal aquinoticias. com. “Temos que nos unir e buscar desafios comuns, para achar alternativas, usando o Consórcio como um canal de ligação forte com os governos estadual e federal”, disse. “Além disso, precisamos restabelecer a colocação de lideranças, na ocupação

Foto: Marcos Freire

Luciano Salgado é o candidato a presidente na chapa de consenso na eleição da diretoria do Consórcio Caparaó.

de espaços políticos e administrativos, no Estado e no Brasil”, completou. Para Luciano, o Consórcio pode oferecer muitos benefícios para os municípios da região. “Podemos implantar um sistema de compra compartilhada”, colocou. “Imagine se fizermos compras de medicamentos para os 11 municípios, através do Consórcio? Os preços vão lá embaixo”, destacou. “Assim como podemos contratar serviços de engenharia de forma conjunta e, até mesmo, de duas a três equipes para cuidar do licenciamento ambiental, o que será melhor do que cada município montar uma equipe para cuidar disso”, acrescentou. ESPORTES Luciano adiantou que um dos objetivos, com a total concordância de todos os prefeitos, é voltar a desenvolver as atividades esportivas re-

gionais. “Pretendemos realizar o Campeonato de Futebol do Caparaó Capixaba, reunindo equipes de todos os municípios da região, masculino e feminino, com todas as categorias, desde crianças até adultos”, revelou. HARTUNG Em recente entrevista publicada neste jornal, o governador Paulo Hartung falou sobre investimentos que vão acontecer e estão acontecendo na região do Caparaó. Ele citou a Escola Viva, que já está em Muniz Freire e sendo implantada em Iúna e Guaçuí, onde também será instalado um Centro Regional de Especialidades (CRE). E também citou o Programa Águas e Paisagens, que foi liberado pela Justiça, no qual a Cesan vai implantar a coleta e tratamento de 100% do esgoto de Dores do Rio Preto, Irupi, Iúna e Ibatiba. Um investimento de milhões

de reais, numa parceria com o Banco Mundial. E para que o desenvolvimento da região aconteça, Hartung destacou justamente a retomada do Consórcio do Caparaó. “Eu acho que esse é um instrumento interessante, que joga uma luz para a região, que é uma região de grande potencial de turismo, de agroturismo”, disse. Ele entende que é preciso “fortalecer o trabalho em torno da marca Caparaó”. “E é por isso que eu acho o Consórcio importante, acho que isso aí é um gol de placa”, acrescentou. “Pode ser trabalhada melhor a marca Caparaó. É uma caixa d’água num mundo em que a água doce tem um valor inestimável e crescente. Você pode desenvolver produtos ali, além do café. Um produto ajuda a divulgar um local e um lugar tão bonito como aquele... Essa é a sugestão que eu dou”, finalizou.


4 CIDADES

SEXTA-FEIRA |6 DE JANEIRO DE 2017

CRISE NA SAÚDE

REUNIÃO DEFINE FINANCIAMENTO DO EVANGÉLICO DE ITAPEMIRIM

Prefeituras do litoral e diretoria do Hospital se reúnem hoje. Se não houver socorro dos municípios, o hospital Santa Helena pode fechar as portas Foto: maratimba.com Ilauro Oliveira Cachoeiro de Itapemirim

Um dia após o Hospital Evangélico de Cachoeiro de Itapemirim (Heci) anunciar que pode reduzir serviços e até mesmo fechar a unidade em Itapemirim, os municípios litorâneos que utilizam o hospital Santa Helena, em Itapemirim, vão se reunir na manhã de hoje, para tratar o assunto. As prefeituras de Marataízes, Itapemirim e Presidente Kennedy sentam com a diretoria da instituição numa reunião agenda para as 9h30 desta sexta-feira. Segundo Thiago Peçanha, que além de médico é vice-prefeito de Itapemirim, o financiamento da uni-

dade será discutido entre os três municípios, com a compreensão de que Marataízes e Itapemirim utilizam mais os serviços. “É evidente que esses dois municípios usam mais, mas vamos falar de valores somente após analisar os dados levantados pelo hospital”, disse por telefone. A unidade de Itapemirim tem um deficit mensal de R$ 700 mil, mesmo valor registrado no hospital de Cachoeiro. Enfrentando uma grave crise financeira, a diretoria do Hospital Evangélico de Cachoeiro de Itapemirim disse, na última quarta-feira, que a instituição pode reduzir serviços e até mesmo fechar a uni-

Em dificuldade financeira, o Evangélico, que administra o hospital Santa Helena, pode fecha a unidade

dade de Itapemirim até março. De acordo como HECI, 90% dos atendimentos do hospital são de pacientes do SUS. Entretanto, o valor repassado ao hospital, que é filantrópico, foi reduzido

em 5% de 2013 a 2016, sendo que os serviços aumentaram muito no mesmo período. Tam-

DEFICIT MENSAL DE R$ 700 MIL bém foi destacado que a tabela de valores dos serviços do SUS está

completamente defasada. Além do fechamento do hospital de Itapemirim, o Heci poderá reduzir o número de leitos de UTI em Cachoeiro e até mesmo interromper a coleta e o fornecimento de

NOVO MERCADO

Foto: Divulgação

Sicoob Credirochas abre agência em Muqui Redação Muqui

O Sicoob Credirochas inaugura na próxima terça-feira, sua primeira agência em Muqui. No primeiro ano de funcionamento, a expectativa é de obter a adesão de aproximadamente 500 associados. Segundo o presidente do Sicoob Credirochas,

Tales Pena Machado, no primeiro ano deverão ser captados cerca de R$ 5 milhões em depósitos (à vista e a prazo). A estimativa para as operações de crédito gira em torno do volume de R$ 10 milhões, incluindo os contratos voltados para o agronegócio. A agência, com 140

m² de área física e equipada com dois terminais de autoatendimento, está instalada no centro da cidade, num imóvel tombado pelo Patrimônio Histórico que foi restaurado e adaptado para a nova finalidade, com todas as características originais preservadas. Com operação no Es-

bolsas de sangue – um serviço que é de atribuição do Estado, mas cuja responsabilidade a entidade assume. É do Evangélico que sai o sangue e derivados, que abastecem hospitais da região Sul e também do Caparaó.

pírito Santo e no Rio de Janeiro, o Sicoob ES tem 205 mil associados. São oito as cooperativas filiadas:

Norte, Leste Capixaba, Centro-Serrano, Sul-Serrano, Sul, Sul-Litorâneo, Sicoob Credirochas e Sicoob

Credestiva. O sistema atua em todo o Brasil, com 2,5 mil unidades, e atende 3,4 milhões de associados.


CIDADES 5

SEXTA-FEIRA |6 DE JANEIRO DE 2017

PREJUÍZO

TOMATES NO PASTO REVELAM CRISE NA PRODUÇÃO DO FRUTO Com preço baixo, muitas vezes não compensando nem o valor do transporte, produtores amargam prejuízo. Em Ibitirama, uma carga virou comida de boi Marcos Freire/Edézio Peterle Região

Um fato isolado que ocorreu em Ibitirama, na região do Caparaó, chamou a atenção para a crise de um setor da agricultura: a produção de tomate. Na última segunda-feira, um produtor que possui plantação do fruto no município resolveu descartar 20 toneladas do produto, devido o baixo preço oferecido pela caixa: R$ 10,00. A informação do responsável pela plantação, é que para poder cumprir com os custos da produção, a caixa deveria ser vendida a R$ 30,00, no mínimo. Logo, com os gastos de mão de obra e transporte até a Ceasa, o preju-

ízo seria de R$ 20,00. O dono dos tomates descartados, Alexander Souza Ramalho disse que nem todo o tomate foi jogado fora, porque aproximadamente três toneladas foram doadas para asilos e hospitais da região, além de pessoas também pegarem o produto, que ainda serviu para alimentar o gado. Alexander não é produtor de Ibitirama. Ele realiza uma prática comum na região que é o de arrendar terras de outros produtores, para cultivar tomates, o que é feito com frequência por produtores da região Serrana do Estado. Por isso, a Secretaria Municipal de Agricultura de Ibitirama

PREJUÍZOS Por sua vez, produtores de tomate de Venda Nova do Imigrante estão amargando prejuízos na comercialização do produto, por dois motivos: o clima, que primeiro foi de muito sol e, logo após, muita chuva, o que prejudicou a qualidade do tomate na lavoura e, agora, o preço baixo pago pela caixa do fruto. Diante disso a única alternativa para o produtor é o descarte. É o que afirma o produtor de Venda Nova,

CACHOEIRINHA

R$ 2 milhões para obras de adutora em Jerônimo Monteiro Redação Jerônimo Monteiro

O superintendente estadual da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Nilton José de Andrade, esteve em Jerônimo Monteiro para uma vista técnica à comunidade do Panamá. O objetivo foi vistoriar a área de abastecimento de água da cidade e o início das obras de construção da adutora Cachoeirinha, visando a melhoria da captação e condução de

água para os reservatórios da cidade. O superintendente esteve na prefeitura e depois seguiu para o local da vistoria acompanhado pelo prefeito Sérgio Fonseca, pelo secretário de Obras e Serviços Urbanos, Luiz Gonzaga Ribeiro, e pelo secretário de Planejamento, André Luiz Maciel. A visita contou, ainda, com a participação do engenheiro agrônomo e parceiro do municí-

O prefeito Sérgio Fonseca e o superintendente Nilton José realizaram a vistoria acompanhados de uma comitiva

Fotos: Divulgação

não tinha qualquer informação sobre o ocorrido e nem tem cálculo se isso pode ser considerado perda para o setor agrícola do município.

pio, José Carlos Carvalho e seu irmão Djalma Carvalho. Nilton informou ao prefeito que já está disponível a primeira parcela do recurso de R$ 2 milhões, para a conclusão da licitação e início das obras. Segundo a Prefeitura, com a obra finalizada a obra, haverá uma significativa melhoria na qualidade da água distribuída às residências de Jerônimo Monteiro.

Por causa do preço baixo, carga foi descartada em Ibitirama

Vanderlei Cesconetti, 39 anos. “Aquilo ali é só o começo. Nossa safra sofreu com um período de sol muito forte e depois um período de chuva. Então, já houve um descarte muito grande devido à qualidade da mercadoria. Aliado a isso, o consumo do tomate está muito ruim e o preço muito baixo. Existe um

excesso da mercadoria, a nível de Brasil”, conta o produtor. EXPECTATIVAS Vanderlei colhe de 90 mil a 100 mil caixas de tomate por mês, em propriedades em 10 municípios capixabas, incluindo Ibitirama. Em algumas plantações, as condições climáticas causaram a

perda de 60% da lavoura. “No mês de dezembro, fechamos em 120 mil caixas e vendemos 80 mil. Em janeiro, devemos fechar em 120 mil também, devido ao volume que foi plantado. Se conseguirmos fechar, será em torno de 70 mil. Em dois meses, vamos perder, no mínimo, quase 100 mil caixas”, lamenta. Atualmente, o preço está causando o maior prejuízo. Segundo Cesconetti, a caixa de tomate está custando, hoje, de R$ 10,00 a R$ 15,00, sendo que o custo para a produção da mesma quantidade é de R$ 30,00. Não há expectativa de melhora no preço para os próximos meses.

ERRAMOS EM IBITIRAMA Na matéria veiculada na edição do dia 3, deste jornal, cometemos dois equívocos na redação do texto que trata sobre a posse do prefeito Reginaldo Simão de Souza (PMDB). Em primeiro lugar, o vice-prefeito Hisham

El Jurdi (PDT) não tomou posse naquele dia, porque havia passado por uma cirurgia de urgência e não pode comparecer. Ele tomará posse na próxima semana. E a sessão foi presidida, em seu início, pelo vereador Antonio Vilete

Barradas (PMDB) e não pelo vereador Juberto Antonio de Azevedo – Betim do Cici Madalena (PRB), já que o mesmo se encontra preso acusado de tráfico de drogas. Ele tem 15 dias para tomar posse, contando do dia 1º.


6 CIDADES

SEXTA-FEIRA|6 DE JANEIRO DE 2017

FÉRIAS

CAPARAÓ VIRA DESTINO DE TU

Com mais atrativos e divulgação, região deixa de ser apenas referência para o inverno e atrai cada vez mais Danielle Muruci Lucas Schuina Caparaó

A região do Caparaó, referência de lazer no inverno, agora se destaca também no verão. A demanda cresceu tanto que as reservas em hospedagens precisam ser feitas com antecedência, caso o turista queira garantir alguns momentos de tranquilidade em meio à Mata Atlântica. São várias as opções de pousadas, restaurantes e cafeterias para o turista se aconchegar aos pés do Pico da Bandeira, um dos mais altos do país. Além das lindas paisagens de montanhas, há diver-

sas cachoeiras e piscinas naturais, opções ideais para se refrescar nesses dias de verão. “O nosso forte sempre foi o inverno, mas a procura cresceu muito no verão nos últimos dois ou três anos. As redes sociais têm ajudado bastante com a divulgação da região, e as opções de estabelecimentos aumentaram. Muita gente também está querendo fugir do calor intenso”, comenta Cecilia Nakao, proprietária, há 12 anos, da pousada Villa Januária, em Pedra Menina, distrito de Dores do Rio Preto, onde também montou

um café há oito anos. A pousada está incrustada na Serra do Caparaó, a 1050m da altitude. A propriedade orgânica com 6 hectares de reflorestamento e fica a 8 quilômetros de distância da portaria capixaba do Parque Nacional do Caparaó. GASTRONOMIA A culinária local é uma atração à parte. Restaurantes com cardápios típicos do interior dividem espaço com estabelecimentos de culinária gourmet. Os cafés especiais do Caparaó, que vem se destacando em todo o país e têm atraído compradores do

exterior, podem ser degustados em charmosas cafeterias. “Aqui, nós servimos um café colonial e, à noite, oferecemos vários tipos de caldo, tudo incluso na diária. E deixamos para as pessoas se servirem à vontade. O movimento aumentou muito no verão deste ano, o pessoal está meio cansado de praias lotadas”, afirma Angela Righetti, que comanda a pousada Encanto da Serra com o marido, Severino Righetti, em Patrimônio da Penha, distrito de Divino de São Lourenço. O local é fruto do desejo do

casal por uma vida mais tranquila. Eles deixaram o caos da cidade e optaram por viver no campo

numa interação inspiradora com a natureza. Os valores de hospedagem nas pousadas

POUSADAS E RESTAURANTES Pousada e Restaurante da Consuelo Dores do Rio Preto, ES (28) 3559-1323

Jardim de Gaia

Pousada Beija Flor Patrimônio da Penha (Divino de São Lourenço, ES) (28) 3551-1913 / (28) 9883-5332 Pousada Encanto da Serra Patrimônio da Penha (Divino de São Lourenço, ES) (28) 99994-5861

Pousada Encanto da Serra

Pousada Vovozinho Guaçuí, ES (28) 3553-1204 Vila Januária Pedra Menina (Dores do Rio Preto, ES) (28) 99922-3027 Pousada Águas do Caparaó Dores do Rio Preto, ES (28) 99985-2844

Vila Januária

Casa Simples Dores do Rio Preto, ES (28) 99993-7733

Pousada Recanto das Águas Pedra Menina (Dores do Rio Preto, ES) (28) 999663845 - (28) 999918369

CAFÉS E RESTAURANTES Vila Januária Pedra Menina, (Dores do Rio Preto, ES) (28) 99922-3027

Restaurante e Pousada do Luiz Pedra Roxa (Ibitirama, ES) (28) 99974-5039 Pousada Vale das Quaresmeiras Dores do Rio Preto, ES (28) 99955-7227 WhatsApp (28) 99986-7893 (Vivo)

Jardim de Gaia

A Cafeteria Pedra Menina (Dores do Rio Preto, ES) Telefone: (28) 3559-3112 / (28) 99986-3744 Pousada Recanto das Águas

Portal Restaurante e Petiscaria Dores do Rio Preto, ES (27) 99970-6675

Vila Ja


CIDADES 7

SEXTA-FEIRA|6 DE JANEIRO DE 2017

URISTAS TAMBÉM NO VERÃO visitantes interessados em fugir das praias lotadas e agitos do litoral do Caparaó também são atrativos. As diárias variam de R$ 50,00 a R$ 300,00. Todas as pou-

anuária

sadas oferecem café da manhã incluso e algumas ainda inovam com mimos especiais. Fotos: Divulgação

PARA PASSAR O DIA Outra boa opção para quem quer curtir as belezas do Caparaó, mas com um pouco mais de privacidade, é o Jardim de Gaia. O estabelecimento, que fica na Serra do Caparaó, a 9 km de Patrimônio da Penha, em Divino de São Lourenço, tem uma área de 2 km² de

extensão, com quiosques, redário, bar próximo à cachoeira, trilhas, deque e mirante. “Temos todos os tipos de cachoeira aqui. E, nessa época do ano, a tendência é as cachoeiras da região ficarem muito lotadas, então oferecemos opções com maior tranquilida-

de”, afirma Urbano Barros Pereira, que administra o estabelecimento que é de propriedade de sua família. O Jardim de Gaia funciona apenas durante o verão. De segunda a sexta-feira, o estabelecimento só recebe grupos com agendamento.

Aos sábados e domingos, a entrada é livre para visitantes avulsos. Para entrar, é cobrado o valor de R$ 15,00, e também há tarifas específicas para outros serviços. O local também não oferece hospedagem. Para mais informações, acesse: jardimdegaia.com.br.


8 CIDADES

SEXTA-FEIRA|6 DE JANEIRO DE 2017

TURISMO

Foto: Leandro Fidelis

UNIÃO QUE DEU CERTO

“Esse movimento conjunto ganha força em infraestrutura, divulgação, projetos. Um dos nossos objetivos é fazer com o turista fique o máximo de tempo possível na região, para isso temos que ter os atrativos”.

Privilégio da natureza, Pedra Azul cresce se firma como polo turístico graças ao trabalho associado dos empreendedores da região Edézio Peterle Pedra Azul

O ano de 2016 é de comemoração para a Associação Turística de Pedra Azul e Região (ATPA) que celebrou 15 anos em prol do desenvolvimento do turismo da região do município de Domingos Martins. Formalizada em 2001 com o objetivo de unir forças para a divulgação dos empreendimentos, o grupo, hoje, é composto por 70 estabelecimentos de ramos variados voltados para o setor turístico. O presidente da ATPA, Jorge Uliana, participou desde o início dos trabalhos do grupo. “Já havia um movimento de união de alguns estabelecimentos turísticos antes de 2001. Porém, para nós irmos até os órgão públicos, ou até mesmo à iniciativa privada para buscar apoio, nós precisávamos nos

formalizar. A partir daí começamos a trabalhar mais organizadamente, criando projetos, agendas, estatuto, regimento interno e fomos ganhando força”, conta Jorge. No início, os empreendimentos associados à ATPA somavam 150 apartamentos de hospedagem, hoje esse número chega a 1.200. A quantidade de restaurantes também aumentou consideravelmente, saltou

FOCO É MANTER O TURISTA NA REGIÃO de três, para mais de 20 estabelecimentos, oferecendo opções da culinária alemã, portuguesa, italiana, dentre outras. “Esse ano mesmo, foram inaugurados mais seis restaurantes na região”, comemora Uliana. Com o passar dos

anos, a associação foi expandindo e novos empreendimentos foram sendo incorporados ao projeto. Vieram o turismo focado nos esporte de aventura, o agroturismo, atrativos naturais, o que beneficiou também o comércio local com o aumento do fluxo de turistas. A sede da ATPA fica na Casa do Turista, em Pedra Azul. A Associação trabalha em uma gestão compartilhada com o Montanhas Capixabas Convention & Visitors Bureau e a Associação Agroturismo do Espírito Santo (Agrotures). O local é referência para quem visita a região. Cerca de nove mil pessoas passam pela Casa do Turista mensalmente. Segundo Jorge Uliana, o maior marco do grupo nesses 15 anos, é a unidade dos empreendimentos. “Esse movi-

mento conjunto ganha força em infraestrutura, divulgação, projetos. Um dos nossos objetivos é fazer com o turista fique o máximo de tempo possível na região, para isso temos que ter os atrativos”. Para o futuro, a ATPA visa trabalhar cada com foco na estruturação da região para recepcio-

nar cada vez melhor os visitantes. Também está em pauta, a luta pela duplicação da BR 262, que hoje prejudica o retorno do turista para a Grande Vitória, principalmente nos domingos à tarde. “Daqui pra frente é trabalhar cada vez mais na estrutura turística da região, aumentar o

maior número de associados possível, fortalecer a nossa gestão compartilhada, além de incentivar o surgimento de novos atrativos. Nosso foco também é a participação e organização de eventos. E, claro, trabalhar sempre a unidade do grupo e da região”, finaliza o presidente.

Foto: Divulgação Casa do Turista, sede da ATPA, recebe cerca de nove mil visitante por mês

EXTRAVIO DOCUMENTO FISCAL KAROLINE APARECIDA DA SILVA CAMPOS ME, empresa situada Rua Getulio Vargas 275 São J do Calçado ES, IE 082.563.03.9, CNPJ 10.295.938/0001-30, comunica o extravio de 01 talão de N.F.V.C mod 2 série D nº 1701 a 1750, foi usadas as NF de nº 1701 a 1724, em branco de 1725 a 1750.


CIDADES 9

SEXTA-FEIRA|6 DE JANEIRO DE 2017

Guilherme Gomes Região

AQUItemROCK

A programação do fim de semana no litoral do Espírito Santo está repleta de atrações nacionais e shows regionais. Em Guarapari, se apresenta na Pedreira os cantores Wesley Safadão e o ex-vocalista do Chiclete com Banana, Bell Marques. A Multiplace Mais tem show com a Turma do Pagode, MC Koringa e Bonde do Tigrão hoje, amanhã as atrações são Marcelo D2 e Ludmilla. Para os amantes do rock n’ roll, a banda Muddy Brothers toca no Adega Rock Festival com Gil Mello, da banda Mango assumindo a guitarra na noite de sábado. No cinema de Marataízes, o destaque é o filme Rogue One:

Uma História Star Wars. O filme conta a história de Jyn Erso (Felicity Jones), ainda criança, que foi afastada de seu pai, Galen (Mads Mikkelsen), devido à exigência do diretor Krennic (Ben Mendelsohn) que ele trabalhasse na construção da arma mais poderosa do Império, a Estrela da Morte. Criada por Saw Gerrera (Forest Whitaker), ela teve que aprender a sobreviver por conta própria ao completar 16 anos. Já adulta, Jyn é resgatada da prisão pela Aliança Rebelde, que deseja ter acesso a uma mensagem enviada por seu pai a Gerrera. Com a promessa de liberdade ao término da missão, ela aceita trabalhar ao lado do capitão Cassian Andor (Diego Luna) e do robô K-2SO.

Bell Marques e Wesley Safadão se apresentam em Guarapari

Hoje – 6/1

Programação do Cinema do Sul do Estado

Praia de Marobá - Presidente Kennedy - 22h - Samuel & Banda - 23h30 - Banda Ginga Forrozear Pedreira Adventure Park - Guarapari - 21h Baile do Comandante - MC Maneirinho - MC Delano - Filipe Ret - MC TH - G15 - Modéstia Parte - MC Livinho - Class A - MC Pikachu - DJ Tubarão Green House - Piúma - 22h Balada Universitária - Bruninho & Davi - Henrique & Diego Multiplace Mais - Guarapari - 22h - Turma do Pagode - Bonde do Tigrão - MC Koringa Lua Azul - Guarapari - 22h30 - Gabriel Gava - DJ Robson Moreira

Amanhã - 7/1

Cine Ritz Sul

Sala 1 Moana - 3D 16h / 18h20 / 20h40 (Dublado)

Minha Mãe É Uma Peça 2 19h / 21h (Nacional)

Cine Ritz Perim Center Sala 1 Minha Mãe É Uma Peça 2 16h40 / 18h40 (Nacional) Sala 2 Moana - 3D 16h / 18h20 (Dublado)

Praia de Marobá - Presidente Kennedy - 23h - Banda Feijão Balanço Praia das Neves - Presidente Kennedy - 15h - Banda Agitaê Pedreira Adventure Park - Guarapari - 21h Encontro de Reis - Wesley Safadão - Bell Marques Multiplace Mais - Guarapari - 22h - Marcelo D2 - Ludmilla Adega Beer Pub - Guarapari - 21h Adega Rock Festival - Muddy Brothers Praça de Muquiçaba - Guarapari - 19h Desafio de pai e filho - Fênix Vs Kaxuéllo Boliche Disco Bar - Marataízes - 21h Polêmicos - Edição Sunset - MC Léo do ZB - MC Felipinho - MC Neizin - MC Mangaba

Sala 2 Sing: Quem Canta Seus Males Espanta 16h45 (Dublado) Todos pagam meia

MOANA

Cine Ritz Piúma Sala 1 Sing - Quem Canta Seus Males Espanta 16h10 (Dublado) Minha Mãe é uma Peça 2 18h10 / 19h50 / 21h30 (Nacional)

Minha Mãe É Uma Peça 2 20h40 (Nacional)

Cine Ritz Marataízes

Sala 3 Passageiros - 3D 16h50 / 19h (Dublado) 21h15 (Legendado)

Sala 1 Rogue One: Uma História Star Wars 17h (Dublado)

Minha Mãe é uma Peça 2 19h15 / 21h (Nacional)


10 CIDADES

SEXTA-FEIRA |6 DE JANEIRO DE 2017

NÃO DÁ PRA PERDER

TARTARUGAS MARINHAS SÃO ATRAÇÃO EM ANCHIETA Janeiro e fevereiro são os meses de pico de nascimento dos filhotes de tartarugas Redação Anchieta

Além de praias, parques fluviais e patrimônios históricos e religiosos, Anchieta têm outras opções de lazer para as férias de verão. Um programa que vem atraindo cada vez mais a atenção dos turistas é a visita ao Instituto de Pesquisa e Conservação Marinha (IPCMar), onde é possível conhecer de perto tartarugas e outros animais marinhos.

A VISITA AO INSTITUTO É GRATUITA Lá as pessoas podem conhecer filhotes de tartarugas marinhas em tanques especiais. De acordo com a presidente do instituto, Maria Ferreira, durante os meses de janeiro e fevereiro, que são os

Foto: Divulgação

meses de pico de nascimento dos filhotes de tartarugas, os visitantes podem acompanhar a soltura de filhotes no final do dia. “A abertura dos ninhos é realizada com monitoramento técnico e divulgamos horas antes de acontecer, por isso, os interessados devem acompanhar o nosso perfil no Facebook, pois é uma maneira que encontramos para ampliar a divulgação e mais pessoas terem acesso a esse belo fenômeno proporcionado pela natureza”, disse. O IPCMar também tem uma exposição com materiais biológicos, réplicas em tamanho original de ninhos e tartarugas marinhas e animais taxidermizados. No espaço, há ainda sala de educação

Os visitantes podem acompanhar a soltura dos filhotes de tartaruga

ambiental, onde os visitantes e a comunidade local têm acesso a

livros, revistas, jogos educativos e vídeos com a temática ambiental.

O IPCMar fica na praia de Guanabara e fica aberto de terça a

domingo, das 8 horas às 18 horas, a visita ao instituto é gratuita.

APROVEITE O VERÃO

VERÃO EM MARATAÍZES

Em Kennedy, shows vão agitar o primeiro findes do ano

Mutirão sustentável começa sábado

Redação Presidente Kennedy

Este primeiro final de semana do ano promete ser de agito nas praias de Marobá e Neves. Moradores e turistas poderão aproveitar uma vasta programação, que inclui de esportes a shows. E o que é melhor, de graça, já que todos os eventos são organizados pela prefeitura da cidade. A festa já começa nesta sexta-feira. Na praia de Marobá haverá show com Samuel e banda às 22horas, e show com a banda Ginga Forrozear às 23h30. No sábado, também em Marobá, quem se apresenta é a banda Feijão Balanço, às 23 horas. Na praia das Neves quem sobe ao palco é a banda Agitaê,

às 15 horas. A programação de verão continua no domingo. Os amantes do esporte poderão conferir em Marobá, às 8 horas, a Copa Beach Soccer das Comunidades/ Masculino (fechado). À tarde, a música fica por conta da banda Auge, ás 16 horas. Na praia das Neves, quem se apresenta, às 14 horas, é a banda Garotos Tradição.

Foto: Divulgação

PROGRAMAÇÃO SEXTA 22h – show com samuel e banda 23h30 – show com banda ginga forrozear SÁBADO Marobá 23h – show com banda feijão balanço Neves

15h – show com a banda agitaê DOMINGO Marobá 08h – copa beach soccer das comunidades/ maculino (fechado) 16h –show com banda auge Neves 14h – show com a banda garotos tradição

Redação Marataízes

Uma cidade mais limpa, é isso que a Prefeitura de Marataízes está buscando através de Mutirões Sustentáveis. Durante todos os sábados do mês de janeiro, em diferentes pontos turísticos da cidade, serão realizadas ações de recolhimento de lixo e educação ambiental. Os mutirões acontecerão através de uma parceria entre as secretarias de Meio Ambiente, Turismo e Serviços Urbanos. O primeiro mutirão

será na Ilha de Itaputera, neste sábado. Na Lagoa do Siri, a limpeza no dia 14 de janeiro. No dia 21 será a vez da Praia dos Cações. A última ação está marcada para o dia 28 de janeiro, em Boa Vista. Todos os mutirões vão começar às 8 horas e serão abertos a quem quiser participar. Independente da limpeza realizada pela Prefeitura, o Poder Executivo Municipal pede a colaboração da população e dos turistas para manter a cidade limpa.


SEGURANÇA 11

SEXTA-FEIRA|6 DE JANEIRO DE 2017

PRESÍDIO

PRAIA SEGURA

Parentes denunciam maus POLÍCIA REFORÇA tratos no CDP de Cachoeiro FISCALIZAÇÃO NAS ESTRADAS DO LITORAL Guilherme Gomes Vargem Alta

Ontem, mais de 350 veículos foram parados, num trecho entre Anchieta e Guarapari. O principal objetivo da blitz foi flagrar quem pega a direção depois de beber

Fotos: Divulgação

Foram aplicados 213 testes de alcoolemia e registrados 43 Autos de Infrações, resultando em 27 habilitações apreendidas ou por recusa de se submeter ao teste (23) ou por embriaguez (04) Redação Anchieta

A Delegacia de Delitos de Trânsito e o Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), com apoio da Polícia Rodoviária Federal, do Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) e do Grupo de Operações Táticas da Polícia Civil, realizaram uma blitz em Guarapari, na madrugada de ontem, com o objetivo de flagrar motoristas que pegaram a direção do veículo após ingerir bebidas alcoólicas. A ação, que teve início às 2horas e foi encerrada às 6horas, foi realizada em cinco pontos distribuídos entre Anchieta e Guarapari, com grande concentração no km 50, no posto da Rodosol, em Guarapari. O trabalho integrado, que contou com a participação de 70 pessoas envolvidas, abor-

dou 354 condutores, realizou 213 testes de alcoolemia e registrou 43 Autos de Infrações, resultando em 27 habilitações apreendidas ou por recusa de se submeter ao teste (23) ou por embriaguez (04) e, ainda, duas pessoas detidas com seis cartuchos de munição calibre 38. É importante destacar que, desde o dia primeiro de novembro de 2015, tanto a recusa quanto a embriaguez comprovada são consideradas infrações administrativas e acarretam multa de R$ 2.934,70 e suspensão do direito de dirigir por um ano. O delegado titular da Delegacia de Delitos de Trânsito, Alberto Roque Peres, avaliou que a operação integrada foi muito positiva. “Houve a percepção de uma sensível melhora na conscientização. Várias pessoas que foram

abordadas não se recusaram a fazer o teste e indicaram que eram motoristas da rodada. Havia muitos veículos também de taxi, uber e vans fazendo o transporte de pessoas que fizeram a ingestão de bebida alcoólica”, concluiu. Rodolfo Martins Moreira, 24 anos, morador de Cachoeiro de Itapemirim, foi um dos abordados e ressaltou a importância do trabalho realizado. “Eu acho importantíssimo. Eu vim com a minha família e combinamos antes quem seria o motorista da rodada, mas nem todo mundo pensa assim e, às vezes, causa algum acidente e a gente não precisa passar por isso, né? Se cada um se poupar um pouquinho, todo mundo consegue curtir legal o show e chegar a casa”, concluiu.

RECUPERADA

Moto de PM é encontrada na Rodovia 482 Guilherme Gomes Alegre

Após uma denúncia anônima, a Polícia Militar recuperou, ontem, a moto Honda Bros que havia sido

furtada da residência de uma soldado da Polícia Militar na madrugada da última terça-feira. A polícia teve a casa, que estava vazia, invadida enquanto

trabalhava. O veículo foi encontrado abandonado na Rodovia BR 482, Guaçuí x Dores do Rio Preto, zona rural próximo ao “Lixão”.

Parentes de presos procuraram a reportagem para denunciar maus tratos no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Cachoeiro de Itapemirim. Segundo os familiares, que pediram para não serem identificados, nove presos da ala ‘C’ estariam, há 15 dias, em uma cela onde só cabem duas pessoas, sendo agredidos e sem receber alimentação adequada. “Eles estão apanhando, estão sem comer e beber água simplesmente porque não que-

rem assumir algo que eles não fizeram. Nem visita eles estão podendo ter”, disse o parente de um preso. Uma mãe disse estar aflita por saber que seu filho está sendo agredido e passa fome no CDP. “Meu filho está lá, já errou, mas está pagando. Ele foi preso por falsidade ideológica e associação ao tráfico. Sou a favor da Justiça, mas não da violência”, contou. A Secretaria Estadual de Justiça (Sejus) informou, em nota, que já iniciou investigação para apurar os fatos e que condena

toda e qualquer forma ou ato de tortura e maus tratos contra os internos do sistema prisional ou qualquer outro cidadão. “Dando continuidade ao trabalho de reestruturação do sistema penitenciário do Espírito Santo, a Secretaria concentra seus esforços na humanização do sistema e também na ampliação de seus programas de tratamento penal. Todas as denúncias são investigadas pela Corregedoria da secretaria, que pode ser acionada pelo telefone (27) 3332-4703”, esclareceu a Sejus.

SALÁRIO DOS FUNCIONÁRIOS

Bandidos roubam R$ 32 mil de loja em Cachoeiro Guilherme Gomes Cachoeiro de Itapemirim

Uma loja de equipamentos agrícolas localizada na avenida Arístides Campos, no bairro Gilberto Machado, em Cachoeiro de Itapemirim foi alvo da ação de bandidos no final da manhã de ontem. De acordo com a polí-

cia, um funcionário da empresa retornava do banco com a quantia de R$ 32 mil, que seria utilizada para pagamento de salários, quando dois homens armados o abordaram, já no interior do estabelecimento. Além do dinheiro, os bandidos levaram pertences e celulares de

outros funcionários. A moto de um dos trabalhadores também foi roubada, mas acabou abandonada numa rua do bairro, depois de um acidente. A Polícia Militar montou vários cercos pela região, mas, até o fechamento da edição, ninguém foi preso.

PERIGO NA ESTRADA

Vaca é atropelada na BR-262 Edézio Peterle Marechal Floriano

Um Fiat Strada foi surpreendido por uma vaca no meio da Rodovia BR 262, no quilômetro 72, na localidade de Victor Hugo, em Marechal Floriano. O motorista não conseguiu desviar do animal. A colisão aconteceu às 5 horas da manhã de ontem. A vaca estava prenha e morreu com o impacto. A frente do veículo ficou destruída, mas nem o motorista e nem

os caronas sofreram ferimentos. O corpo do animal, que escapou

de uma propriedade próxima, foi retirado pelo dono.


12 CIDADES

SEXTA-FEIRA |6 DE JANEIRO DE 2017

OPORTUNIDADE

PRESIDENTE KENNEDY ABRE PROCESSO SELETIVO

Foto: Divulgação

Redação Presidente Kennedy

A Prefeitura de Presidente Kennedy abriu inscrições para Processo Seletivo Simplificado para Designação Temporária (DT) de profissionais da área Educação. São 261 vagas para diversos profissionais. O contrato é de até dois anos, a partir deste ano letivo. A seleção será constituída de avaliação de títulos e pontuação por tempo de serviço. A lista

SÃO 261 VAGAS EM VÁRIAS ÁREAS de classificação dos candidatos será divulgada até o dia 18 de janeiro. As vagas são para Profissionais do magistério habilitados, para funções de professor regente de classe, professor em função pedagógica (pedagogo), professor substituto, professor projeto, professor educação especial, psicólogo, fo-

noaudiólogo, assistente social, e com nível médio para: cuidador, auxiliar de professor, contador de história e

suporte técnico de sistema de informática. A vigência do contrato de trabalho será de 12 meses a partir de sua

assinatura, podendo ser prorrogado por igual período, conforme a necessidade da administração municipal.

As inscrições estão abertas até 11 de janeiro, e podem ser realizadas no horário de 9horas às 15h30, no auditório

da SEME 3, localizada à rua Átila Vivacqua Vieira, 256, centro de Presidente Kennedy, em frente à Igreja Católica.

PROJETO

Teste auditivo poderá ser obrigatório nas escolas Redação Web Ales Estado

Problemas auditivos e visuais estão entre os motivos que podem dificultar o processo de aprendizagem. Por isso, um projeto que tramita no Legislativo estadual torna obrigatória a avaliação das funções auditivas dos alunos da pré-escola, do ensino fundamental e do ensino médio das redes públicas de ensino. O Projeto de Lei 350/2016, do deputado Marcos Mansur, altera a Lei 4.979/1994, que determina a aplicação do Teste de Acuidade Visual (TAV) em alunos da pré-escola e do ensino fundamental das redes públicas de ensino,

Foto: Divulgação

ampliando a oferta de ação básica de saúde escolar, incluindo a obrigatoriedade do Teste de Acuidade Auditiva. A matéria ainda aumenta o público a ser contemplado com a avaliação, que inclui também a totalidade do ensino fundamental e do ensino médio. SAÚDE ESCOLAR O deputado expõe, na justificativa da matéria, que crianças com alguma deficiência têm mais dificuldade para completar as séries iniciais em país em desenvolvimento, como o Brasil. “Enquanto 60% dessas crianças completam essa etapa dos estudos nos países desenvolvidos, apenas

O teste já é aplicado em outros locais do país

45% (meninos) e 32% (meninas) completam o ensino primário nos

países em desenvolvimento”, cita. No teste de acuidade

auditiva, por meio de um exame chamado audiometria, é avalia-

do se há alguma anormalidade ou alteração na capacidade de ouvir.


Aqui Notícias Edição 1552