Page 1

REDAÇÃO | (28) 99991 7726 ANÚNCIOS E ASSINATURAS (28) 3521 7726

CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM E REGIÃO SUL | ANO V EDIÇÃO 01535| DIÁRIO

QUARTA-FEIRA

14 DE DEZEMBRO DE 2016 Foto: Guilherme Gomes

PAPAI NOEL ENTREGA PRESENTES PARA CRIANÇAS DE CACHOEIRO P.9

CONSUMIDORES APROVEITAM P.10 MUTIRÃO PARA NEGOCIAR DÍVIDAS Em um dos casos, um senhor viu a dívida cair de R$ 40 mil para R$1800, e parcelado

Foto: André Jordão

EMPRESÁRIOS DO SETOR DE CALCÁRIO QUEREM QUE SAMARCO VOLTE A OPERAR

Eles reclamam de um prejuízo de R$ 60 milhões desde que a empresa suspendeu as atividades, após a tragédia de Mariana P.9

Entre “risos e lágrimas”, Amanda P.4 é diplomada em Presidente Kennedy


2 OPINIÃO

QURTA-FEIRA|14 DE DEZEMBRO DE 2016

A ETERNA CAPITAL SECRETA

SEGURANÇA EM PRIMEIRO

Cachoeiro será eternamente a capital secreta. Infelizmente. E não é por falta de qualidade artística, muito pelo contrário, pois aqui existem artistas suficientes para tirar o município do anonimato e colocar o nome da cidade em um patamar de respeito no cenário cultural nacional. Mas por que não consegue? Porque tudo por aqui parece ser feito nas coxas ou por detrás dos panos. Exemplo claro disso é a Lei de Incentivo a Cultura Rubem Braga que acaba trazendo um efeito contrário do que é proposto. A opção por premiar sempre os mesmos artistas acaba desmotivando os outros que desistem de participar e mostrar o seu trabalho. O que há de errado nisso? Nada, são artistas de respeito e renomados no município e até fora do Estado, que não tem o que contestar das desenvolturas no meio cultural em que cada um está inserido, porém, porque não dar oportunidade ao novo, já que esta é a proposta? Como dizia outro cachoeirense, que também foi injustiçado e acabou com fama de “maldito”, Sérgio Sampaio, “lugar de poesia é na calçada”. Mas, como uma Lei que beneficia os artistas, acaba podando e desanimando

O Comandante do Exército acaba de afirmar, em entrevista ao Estadão, que teme a instabilidade. E explicou: “Quando falo em instabilidade, estou pensando no efeito na segurança pública, que é o que, pela Constituição, pode nos envolver diretamente. Porque o índice de criminalidade é absurdo.” Nas minhas férias em Portugal, as pessoas reagiam incrédulas quando eu dizia que somos assassinados à razão de 160 brasileiros por dia. Portugal tem 100 homicídios por ano 16 horas de Brasil - e a maioria por briga familiar. E os assaltos a mão armada são parte do nosso quotidiano. Sempre pensei que na raiz de tudo estaria a Educação. A formação que iria evitar a doença, o sub-emprego, o crime. O comandante da PM mineira me chamou a atenção para o fato de que as cidades da antiguidade começaram erguendo muralhas, porque reconheciam que sem segurança não há saúde, não há educação, não há paz, não há vida. Vejo que o Coronel Bianchini tem razão. E agora o General Villas-Boas diz que instabilidade é falta de segurança. E falta segurança para o cidadão porque falta tirar das ruas os que matam e

os que estão produzindo e movimentando o meio? Simples, determinadas escolhas repetitivas e infundadas. Basta olhas as justificativas dos trabalhos negados. Quase sempre as mesmas palavras para diferentes projetos. Música, dança, teatro, fotografia, cinema, literatura, artes plásticas, carnaval, artesanato e outras áreas. Tem gente produzindo, tem gente querendo produzir. Basta dar espaço, incentivar, orientar e aí terá bons resultados para a cultura da cidade. E vamos manter o velho hábito de só re-

conhecer o que é bom, depois que saí daqui? É dor de cotovelo? Acredito que sim, mas, quatro anos participando, procurando fazer sempre um orçamento mais enxuto para ser contemplado e acabar vendo no Diário Oficial do município que a maioria dos vencedores chega ao orçamento máximo, é de se estranhar e merece que seja feito um questionamento. Cachoeiro de Itapemirim algum dia deixará de ser a Capital Secreta? Seria ótimo, mas acredite, tem muita gente que gosta deste título... lamentável!

EXPEDIENTE

GRUPO FOLHA DO CAPARAÓ DE COMUNICAÇÃO LTDA-ME | CNPJ: 10.916.216\0001-55 Rua Irmãos Fernandes, 59, Bairro Bela Vista, Cep: 29.560-000 - Guaçuí-ES Telefone: (28) 3553 0517 Rua Dona Joana, 25, 2º Pavimento, Bairro Centro, Cep: 29.300-120 - Cachoeiro de Itapemirim-ES Telefone: (28) 3521-7726 | (28) 3511 2611

DIRETORIA GERAL: Elias Carvalho Soares EDITOR GERAL: Lucia Bonino REPORTAGEM: Ana Gláucia Chuína, Edézio Peterle, Guilherme Gomes, Lucas Schuina e Taynara Barreto EMAIL: jornalismo.aquinoticias@gmail.com ASSISTENTE COMERCIAL: Débora Osório, Alcino Júnior PROJETO GRÁFICO: Giliard Santos Silva Nogueira DIAGRAMAÇÃO: Celso Wallace

COLABORADORES: Alexandre Garcia, Ewerton Miranda Tréggia, Guilherme Gomes, Luciana Fernandes, Ricardo Lemos, Ruy Guedes, Wagner Medeiros Junior, Basílio Machado, Almir Forte, Ramom Barros.

CIRCULAÇÃO Anchieta, Atílio Vivácqua, Cachoeiro de Itapemirim, Castelo, Conceição do Castelo | Iconha, Itapemirim, Marataízes, Mimoso do Sul, Muqui, Piúma, Presidente Kennedy, Rio Novo do Sul, Vargem Alta, Venda Nova do Imigrante.

assaltam. Bandido na cadeia para de matar e assaltar. Segurança, então, deve vir em primeiro lugar. Mas as leis são lenientes, boazinhas para quem as descumprem. Talvez feitas assim de propósito por legisladores que, de consciência pesada, pensam que um dia podem ser alcançados pela lei, como agora, na Lava-jato. Assaltante é preso em flagrante, levado a um juiz em 24 horas, e depois é solto, consegue outra arma e volta a assaltar. Cerca de 90% dos homicídios não são elucidados e menos ainda recebem condenação, cerca de 5%. E das condenações, parte nem é executada e das executadas, ainda há a progressão da pena e em pouco tempo o homicida, o assaltante, está nas ruas, matando e assaltando de novo. A polícia judiciária, que investiga e faz o inquérito, não tem meios humanos e materiais para o gigantesco tra-

balho. A Polícia Federal está concentrada no combate à corrupção e nas fronteiras, em que é insuficiente; a Polícia Civil, nos seus encargos, a maior parte das vezes é limitada a agir como cartório, apenas registrando ocorrências. A Polícia Rodoviária se desdobra no roubo de cargas, contrabando e tráfico de armas e drogas. As guardas municipais fazem o que podem. O Ministério da Justiça, que de fato é o ministério da segurança, apenas enxuga gelo, com ações esporádicas, usando a Força Nacional, que em geral nem conhece o território e o ambiente para onde é levada a atuar. Se não mudarem as leis, construírem presídios e darem toda a estrutura policial - militar e civil - atribuições similares, tornando mais eficiente um vigoroso contingente, vai chegar o dia em que vão chamar as Forças Armadas. E não vai adiantar.

As matérias assinadas e publicadas neste jornal, não traduzem a opinião do próprio jornal. A veracidade das informações publicitárias veiculadas é de responsabilidade de quem as patrocina (anunciante). A legislação não impõe ao órgão que veicula o anúncio (jornal) a obrigatoriedade de verificação e comprovação da fide lidade e correção destes anúncios. Fonte: STJ (Superior Tribunal de Justiça).

ACESSE:


POLÍTICA 3

QUARTA-FEIRA|14 DE DEZEMBRO DE 2016

INVESTIMENTO NO ESPORTE

CAPIXABÃO 2017 TERÁ NOVO FORMATO As novidades foram anunciadas ontem, em solenidade no Palácio Anchieta, o Banestes será o banco patrocinador do Campeonato Redação Estado

O pontapé para o início da mais importante competição de futebol no Estado foi dado ontem, com o lançamento do Capixabão 2017, no Palácio Anchieta. No evento, o Banestes assinou o contrato de patrocínio do campeonato com a Federação de Futebol do Espírito Santo (FES) e os clubes. O Capixabão começa no dia 28 de janeiro, e o campeão garantirá as vagas para disputar a Copa do Brasil 2018 e da Série D do Campeonato Brasileiro 2018. A cerimônia de lançamento aconteceu no Palácio Anchieta, em Vitória, e contou com a participação do governador Paulo Hartung; do presidente do Banestes, Guilherme Dias; do presidente da FES, Gustavo Vieira; do secretário de Espor-

tes, Edilson Barboza; além de atletas das equipes e convidados. O governador destacou que, a cada ano, o Campeonato Capixaba está mais organizado. “Essa solenidade representa o lançamento de um evento que foi sucesso neste ano e, certamente, será também na próxima edição. Estamos avançando com alguns passos importantes no futebol capixaba. Temos uma Federação com um quadro jovem e capacitado. Além disto, temos o estádio Kléber Andrade, um equipamento público esportivo importante, para

NOVE CLUBES NA DISPUTA o qual lançaremos em breve um edital para concluir obras e realizar intervenções necessárias”, assinalou. Pelo sétimo ano con-

Foto: Leonardo Duarte/Secom-ES

A cerimônia de lançamento aconteceu no Palácio Anchieta, em Vitória, e contou com a participação do governador

secutivo, o Banestes é o banco oficial do futebol capixaba, patrocinando o evento via Federação. Nove clubes assinaram o contrato de patrocínio com o banco: Desportiva, São Mateus, Atlético de Itapemirim, Doze Futebol Clube, Esporte Clube Tupy, Linhares, Real Noroeste, Rio Branco e Vitória. O presidente do Banestes, Guilherme

CAPIXABÃO O Campeonato Capixaba de 2017 terá uma nova fórmula de disputa. Na primeira fase, os 10 times jogam entre si em turno único, os quatro melhores avançam para as semifinais e os dois últimos são rebaixados. Nas semifinais, que serão disputadas em mata-mata, o 1º enfrenta o 4º e o 2º pega o 3º. Com isso, o 1º e 2º lugares jogam com a vantagem da igualdade na soma

dos resultados e fazem o jogo da volta com o mando de campo. Nas finais, os vencedores das semifinais duelam em duas partidas. O time que tiver a melhor campanha na primeira fase tem o mando de campo no jogo de volta. Ao contrário das semifinais, nas finais não tem vantagem. Em caso de igualdade na soma dos resultados, o título será decidido nos pênaltis.

Na primeira fase, que será disputada em turno único, cinco times vão fazer cinco jogos com o mando de campo. Esses clubes (Desportiva, São Mateus, Linhares, Real Noroeste e Doze) foram definidos por meio de um sorteio. Os demais (Rio Branco, Vitória, Espírito Santo, Tupy e Atlético) vão fazer apenas quatro jogos com o mando, na primeira fase.

Dias, salientou a presença do banco nesse processo de modernização do futebol capixaba. “Há sete anos, participamos do esforço para realização do campeonato. Faz parte da política

do banco incentivar o esporte capixaba. Das 10 maiores empresas do Estado, o Banestes é o único a participar do Capixabão. E estamos felizes em continuar participando dessa história”, sa-

lientou Dias. O presidente da FES agradeceu o apoio do Banco. “Nosso muito obrigado. É importantíssimo o patrocínio do Banestes para o futebol capixaba”, frisou Vieira.


4 POLÍTICA

QUARTA-FEIRA|14 DE DEZEMBRO DE 2016

EMOÇÃO

“A DEMOCRACIA NÃO SE FAZ COM ÓDIO”, DISSE AMANDA AO SER DIPLOMADA A prefeita, reeleita em Presidente Kennedy, recebeu o diploma na tarde de ontem, juntamente com seu vice e nove vereadores Ilauro Oliveira Presidente Kennedy

Com um discurso comprometido com o futuro de Presidente Kennedy, a prefeita reeleita Amanda Quinta (PSDB), e seu vice-prefeito Dorlei Fontão (PSD), foram diplomados na tarde de ontem, no Fórum da cidade. A tucana relembrou sua trajetória como primeira mulher a comandar o município, prometeu mais desenvolvimento e, claro, foi às lágrimas quando lembrou da mãe, Liane Quinta. Amanda foi conciliadora em suas palavras. “A democracia não se faz com ódio e sim com esperança, o futuro se faz com trabalho e olhando pra frente. Então seguiremos com esperança e trabalho

e a certeza que dias melhores ainda virão, vamos abrir as portas para o futuro, oferecer oportunidades melhores para nossos jovens e adultos, vamos seguir com o compromisso de formar grandes lideranças que podemos nos orgulhar de Presidente Kennedy”, disse. Em uma cerimônia rápida, apenas para diplomados e parentes, como determinou o juiz Marcelo Noto, a prefeita agradeceu ao povo, aos partidos, aos amigos e aos familiares. Ela também enalteceu o trabalho da Justiça Eleitoral e se emocionou ao lembrar de sua mãe: “Detrês mulheres na Câmara

dico isso a ela, dona Liane Quinta, que me ensinou os valores da vida e que tenho certeza está olhando por mim”, disse entre lágrimas. Amanda prometeu se dedicar com coragem, fé, determinação e dedicação em prol do povo: “Não me faltaram coragem, fé, determinação e dedicação no nosso primeiro mandato. Garanto aos senhores e senhoras que também não me faltarão nesse segundo mandato. Ofereço a vocês a minha capacidade de lutar e de trabalhar pela nossa cidade e pelo nosso povo. E quero convocá-los para seguirem comigo nessa jornada”. Chamou a atenção durante a diplomação, o número de represen-

Foto: Divulgação

Amanda Quinta, o vice, Dorley, e os vareadores diplomados

tantes femininas que estarão na próxima legislatura. Dos noves vereadores, três são mulheres: Tânea Corrêa (PRP), a mais votada nas eleições, com 649 votos; Miriam de

Baldo (PTC), a segunda mais votada, com 640 votos; e Verinha da Saúde (PV), com 419 votos. Os demais vereadores diplomados foram: Bartolomeu (PR), com

602 votos; Timá (PP), com 586; Antonio Picute (PSDB), com 545; Thiago Viana (PTN), com 544; Daniel Gomes (PPS), com 471; e Preto (PTN), 317 votos.

CAPARAÓ

Candidatos eleitos de Irupi serão diplomados hoje Foto: divulgação

Amanda Quinta, o vice, Dorley, e os vareadores diplomados Marcos Freire Irupi

A 18º Zona Eleitoral da Comarca de Iúna

irá diplomar, nesta quarta-feira, os 11 candidatos eleitos nas Eleições Munici-

pais de 2016 em Irupi. A cerimônia de diplomação será realizada no auditório

da Câmara do município, a partir das 17 horas. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a Diplomação é o ato pelo qual a Justiça Eleitoral atesta que o candidato foi efetivamente eleito pelo povo e, por isso, está apto a tomar posse no cargo, sendo o último ato do processo eleitoral e torna os candidatos aptos a tomarem posse nos respectivos cargos aos quais foram eleitos. O diploma conferido pela Justiça Eleitoral é documento obrigatório para que os eleitos sejam empossados nos respectivos cargos.

ELEITOS DE IRUPI Prefeito Carlos Henrique Emerick Storck Vice-prefeito Leandro Purcino de Almeida Vereadores Júnior do Salão (PDT) Valmir da Saúde (PV) Romildo Afonso (PMDB) Deibson Pedron (PSC) Alessandro Alves (PSL) Delei (PROS) Filipe Mota (PTB) Pastor Vagner (PSDB) Darci Camilo (PMDB)


CIDADES 5

QUARTA-FEIRA|13 DE DEZEMBRO DE 2016

HORÁRIO ESPECIAL

COMÉRCIO AMPLIA HORÁRIO PARA AS COMPRAS DE NATAL De olho nas vendas de fim de ano, lojas de várias cidades do Caparaó irão ficar abertas por mais tempo, semana que vem Danielle Muruci Região

Com a correria de fim de ano, as Associações Comerciais estabelecem horários diferenciados para o funcionamento das lojas, a fim de facilitar as compras daqueles que também trabalham em horário comercial. Em Guaçuí, uma das principais referências em vendas na Região do Caparaó, o horário especial de Natal começa na próxima segunda-feira. De acordo com a ACISG, na segunda e na terça-feira, as lojas associadas à Acisg abrirão das 9 horas às 19 horas. De quarta à sexta-feira, as elas fecharão ainda mais tarde, às 21 horas. E, no sábado, véspera de Natal, o comércio funcionará das 9 horas às 19 horas. Em Alegre, durante

toda a semana que antecede o Natal as lojas também cumprirão um horário especial. Segundo a Associação Comercial da Cidade, segunda e terça o funcionamento do comércio será das 8 horas às 19 horas. De quarta a sexta as loja estarão abertas das 8 horas às 20 horas e, no dia 24 de dezembro, das 8 horas às 18 horas.

MAIS TEMPO PARA COMPRAS Já os moradores de Iúna terão horário diferenciado apenas às vésperas do Natal. De acordo com a Associação Comercial do município, as lojas ficarão abertas até mais tarde apenas no sábado e na sexta-feira. No dia 23, será possível fazer com-

pras até 20 horas e, na véspera do Natal até 18 horas. Para a pedagoga Gilda Amitti Glória, que trabalha o dia todo e, quando sai encontra a maior parte das lojas fechadas, o horário especial será bem útil. “Eu uso este horário diferenciado para fazer as compras de Natal”, conta. Outro que se diz satisfeito com as lojas abertas por mais tempo é o vendedor, Silvio José Nogueira Costa, “Este horário ajuda muito. É o tempo que nós dispomos para as compras de fim de ano”, disse. A loja em que ele trabalha não participará do horário especial de Natal por ser uma empresa de produtos agrícolas, desse modo, os funcionários poderão utilizar este tempo para comprar seus presentes. Foto: Danielle Muruci

Foto: Danielle Muruci

Em Guaçuí, lojas capricharam nas vitrines para atrair compradores neste Natal


6 ENTRETENIMENTO

QUARTA-FEIRA|14 DE DEZEMBRO DE 2016

Passatempo

Sudoku

Caça Palavras

Solução: Para jogar:

Preencha com números de 1 a 9 os quadrados pequenos, as linhas verticais e horizontais. Não repita.

Horóscopo Diário ÁRIES

20/03 20/04

Comunicação é o seu tema nesta Lua cheia em Gêmeos, o que inclui a sua opinião e expressão dentro dos assuntos relacionados a estudos, viagens, relações internacionais, justiça e sistema de crenças. Dialogue.

CÂNCER

21/06 21/07

Saúde em foco nesta Lua cheia, busque tratamentos para seus sintomas. Os próximos dias pedem mais contemplação antes de agir. Diminua o ritmo e a tensão. Conexão espiritual e resolução de dilemas pessoais.

LIBRA

23/09 22/10

Tempo de resoluções com a Lua cheia em Gêmeos, que sinaliza a necessidade de fazer uma escolha mais definitiva, seja uma questão de relacionamento, estudos, viagens ou justiça. Para onde sua vida está se encaminhando?

CAPRICÓRNIO 22/12 21/01 É o fim de uma questão na sua vida, seja de ordem íntima, afetiva, profissional ou financeira. Mais um momento em que o ciclo de começo, meio e fim é muito marcante. Aceite o que a vida está oferecendo.

TOURO

21/04 20/05

De dinheiro, você já pode estar cuidando desde ontem. Mas a Lua cheia em Gêmeos também lança um olhar para as questões da intimidade. É sobre a sexualidade, a confiança, a verdade e os recursos do casal.

LEÃO

22/07 22/08

Um amor pode florescer se ambos estiverem envolvidos na mesma proposta, assim como um projeto criativo. É uma Lua cheia para fazer planos para o futuro. No âmbito social, encontre suas afinidades, seu lugar.

ESCORPIÃO

23/10 21/11

Finanças em xeque podem ser fonte de preocupação, mas também de ganhos. Aproveite a oportunidade de renegociar e, quem sabe, minimizar uma dívida. Vale para os encontros amorosos: dá para firmar um pacto?

AQUÁRIO

21/01 18/02

A responsabilidade cobra seu preço, mas isso pode ser bom se tiver trabalhado pelos resultados e puder contar com seus bons relacionamentos. A Lua cheia em Gêmeos traz movimentação social e intelectual.

GÊMEOS

21/05 20/06

Você e suas necessidades estão no centro das emoções da Lua cheia em Gêmeos. Mas este é o clímax da lunação, que trata não apenas das suas realizações pessoais, mas do amadurecimento afetivo e do comprometimento.

VIRGEM

23/08 22/09

Alguma situação na vida privada ou sentimento dos últimos dias chega ao clímax nesta Lua cheia em Gêmeos. Mas ela também ocupa a área da carreira do seu mapa, e seu trabalho repercute. Foco nas metas.

SARGITÁRIO

22/11 21/12

A Lua cheia em Gêmeos é o clímax da sua lunação de aniversário ---e o que você está realizando? Tem atuação sobretudo em seus relacionamentos, nas parcerias que precisam de estabilidade, compromisso e confiança mútua.

PEIXES

19/02 19/03

Tecnicamente a Lua cheia em Gêmeos afeta o seu domínio doméstico e familiar, e a vida privada pede cuidado. Mas esta lunação trata da sua carreira, e hoje você pode obter resultados e lidar com metas de maneira realista.


CIDADES 7

QUARTA-FEIRA|14 DE DEZEMBRO DE 2016

PREJUÍZO DA CHUVA

BARREIRA INTERROMPE TRÁFEGO NO CAPARAÓ DURANTE HORAS

Os motoristas tiveram que ter paciência até que a pista fosse liberada. Por sorte nenhum carro passava na hora

Foto: Divulgação

Redação Cachoeiro de Itapemirim

A queda de uma barreira na madrugada de ontem, na Rodovia ES 484, próximo à Fazenda Alcantilado, em Guaçuí, interditou completamente um trecho da pista que liga o município a São José do Calçado e Bom Jesus do Norte. Nenhum carro passava na hora. Equipes da prefeitura de Guaçuí foram acionadas e logo co-

NOVOS DESLIZAMENTOS meçaram a trabalhar para liberar no local. Pessoas que viajam de ônibus e em carros

de passeio tiveram que ter paciência. No meio da manhã de ontem, já era possível trafegar em meia pista, no esquema de pare e siga. O trânsito foi normalizado no final da manhã. Na noite anterior, cerca de 12 horas antes, um outro deslizamento de terra já havia atingido o local. Segundo o diretor geral do Departamento de Estradas de Rodagens (DER-ES) do Espírito Santo, Enio Bergoli, um engenheiro de empresa contratada pelo órgão foi encaminhado ao local para fazer um laudo sobre as causas da queda da barreira

A queda da barreira interrompeu o trânsito na região. Foram dois deslizamentos em menos de 12 horas

e ver se há risco de novos deslizamentos

“Também será feito um levantamento so-

bre a real situação do local afetado e pro-

vidências a tomar”, disse.

COMUNICADO MSB MINERAÇÃO E SERVIÇOS LTDA. - ME, torna público que requereu da SEMMA de Itapemirim, através do protocolo nº 31.701/16, a Licença Municipal de Operação, para atividade de extração de areia, na localidade de Fazenda Comporta, Zona Rural, s/nº, município de Itapemirim, ES.

EDITAL DE PROCLAMAS CARTÓRIO DE REGISTRO CIVIL E NOTAS DE IUNA-ES Rua Galaor Rios, nº 42, Centro, Iuna-ES - CEP: 29.390-000 - Tel.: (28) 3545-1223 E-mail: cartoriodojefin@yahoo.com.br Site:www.cartoriodojefin.com.br Bel. JEFERSON MIRANDA Registrador Civil e Notário Belª. ÉVELLY SALVADOR MIRANDA Registradora Civil e Notária Substituta, Portaria 002/2015 EDITAL DE PROCLAMAS Faço saber que pretendem casar-se e apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1.525 do Código Civil Brasileiro: ALESSANDRO GONÇALVES AMORIM e BEATRIZ SILVA OLIVEIRA. ELE: nacionalidade brasileira, profissão lavrador, estado civil solteiro, de dezoito (18) anos de idade, natural de Iúna-ES, nascido aos 07 de julho de 1998, residente e domiciliado no Córrego Rio Pardinho, s/ nº, Área Rural, Iúna-ES, filho de JOSÉ CUSTÓDIO DE AMORIM e de OSANA DIAS GONÇALVES DE AMORIM. ELA: nacionalidade brasileira, profissão lavradeira, estado civil solteira, de dezesseis (16) anos de idade, natural de Iúna-ES, nascida aos 23 de fevereiro de 2000, residente e domiciliada no Córrego Rio Pardinho, s/ nº, Área Rural, Iúna-ES, filha de ENEIR NUNES DE OLIVEIRA e de DIANA MARIA DA SILVA. ROMENNIGNI RAFAEL DE LIMA e EVA CRISTINA LEOPOLDINO MUNIZ. ELE: nacionalidade brasileira, profissão auxiliar de serviços gerais, estado civil solteiro, de vinte e seis (26) anos de idade, natural de Iúna-ES, nascido aos 25 de abril de 1990, residente e domiciliado na Rua Projetada, s/ nº, Trindade, Iúna-ES, filho de JOSÉ LAURIANO RAFAEL e de MARIA MARCEDES LIMA RAFAEL. ELA: nacionalidade brasileira, profissão do lar, estado civil viúva, de quarenta e dois (42) anos de idade, natural de Cachoeiro de Itapemirim-ES, nascida aos 15 de dezembro de 1973, residente e domiciliada na Rua Projetada, s/ nº, Trindade, Iúna-ES, filha de ANTONIO LEOPOLDINO e de CEDRONILIA DUARTE LEOPOLDINO. MÁRCIO JOSÉ DA CUNHA e THAYANY SILVA DE CARVALHO. ELE: de nacionalidade brasileira, profissão vendedor, estado civil solteiro, de vinte e tres (23) anos de idade, natural de Iúna-ES, nascido aos 02 de abril de 1993, residente e domiciliado na Rua S. Cristóvão, nº 289, Quilombo, Iúna-ES, filho de CÉLIO NOGUEIRA DA CUNHA e de LUISA MÁRCIA DA SILVA CUNHA. ELA: nacionalidade brasileira, profissão vendedora, estado civil solteira, de vinte e um (21) anos de idade, natural de Alegre-ES, nascida aos 03 de dezembro de 1995, residente e domiciliada na Rua S. Cristóvão, nº 289, Quilombo, Iúna-ES, filha de JOSIMAR BARBOSA DE CARVALHO e de IVONETE SILVEIRA DA SILVA DE CARVALHO Se alguém souber de algum impedimento, acuse-o na forma da Lei. Iúna-ES, 14 de dezembro de 2016.

COMUNICADO PAULO SERGIO CESCHIM, CPF Nº 859.797.667-20, torna se público que REQUEREU a Secretária Municipal de Meio Ambiente – SEMMA a Licença de Instalação – LI e Licença de Operação - LO por meio do protocolo nº 20063/2015, para atividades (18.05) – Terraplanagem (corte e/ou aterro) localizada na Estrada Condurú x Cafundó, Zona Rural, Cachoeiro de Itapemirim – ES.


8 CIDADES

QUARTA-FEIRA |14 DE DEZEMBRO DE 2016

TRADIÇÃO

Fotos: Divulgação

ARTESANATO DAS MONTANHAS CAPIXABAS A PARTIR DE R$ 15

Cada vez mais amplo, o agronegócio de Venda Nova promete ser destaque na Sabores da Terra que acontece este fim de semana Redação Venda Nova do Imigrante

Feitos à mão, com madeira, fios, tecidos e outros elementos naturais, lindos objetos de artesãs de Venda Nova do Imigrante serão vendidos por a partir de R$ 15 na Feira Sabores da Terra, que acontece entre os próximos dias 16 e 18, na Praça do Papa, em Vitória. A tradicional Família Carnielli, conhecida por seus cafés, queijos e outros produtos alimentícios cultivados e vendidos em sua propriedade, na região Sul do Estado, também vai expor arte-

sanatos no evento deste ano. Inês Carnielli conta que os artigos confeccionados buscam valorizar os elementos típicos da região, como o café e a madeira de pinus, bem como a tradição da cultura italiana, que tem forte influência no município de muitos descendentes. “Vamos levar uma linda luminária feita com

DECORAÇÃO E UTILIDADES pêndulos de madeira e pequenos galhos do café Carnielli, além de um porta-chaves da

Festa da Polenta, que tem tradicionais elementos italianos como o caldeirão da polenta, entre outros belos artigos”, comenta Inês. Aproveitando o períodos de festividades de fim de ano, quem passar pela Feira poderá encontrar várias opções para presentear amigos e familiares como a tábua para corte do socol (R$ 35), que tem uma tampa fixa para proteger o alimento enquanto ele está sendo servido, e a luminária de café (R$ 100), entre outras peças feitas de madeira como jardi-

Luminária feita com pêndulos de madeira e galhos de café

neiras, porta-bebidas, suporte para vinho e taças, caixas e bandejas. Tapetes, enfeites para cortinas, toalhas e outros artigos confeccionados com tecidos e fios também estarão disponíveis.

SABORES DA TERRA A Feira Sabores da Terra é aberta ao público, com entrada gratuita, e acontece entre os dias 16 e 18 de dezem-

bro, na Praça do Papa, em Vitória. A realização do evento é da Agrotures, em parceria com o Sebrae-ES.

ASSOCIATIVISMO

Produtores do Caparaó se unem para plantar flores Redação Guaçuí

Foi oficialmente criada na última segunda-feira, a Associação dos Produtores de Flores e Plantas Ornamentais de Sul/Caparaó – SULCAFLOR. Integrado por produtores de Cachoeiro de Itapemirim, Alegre, Muniz Freire, Muqui e Guaçuí, o objetivo é ampliar o alcance para todo o Sul capixaba e Caparaó.

O evento contou com o apoio da prefeitura de Guaçuí por meio da Secretaria de Agricultura, em parceria com o Incaper e o Sebrae. Para promover a interação entre os membros do grupo, foi proposto que, uma vez por mês, um deles recebesse os demais em sua propriedade, apresentado a produção de flores. Após uma visita técnica ao HORTITEC em Holambra–SP, em

Foto: Prefeitura de Guaçuí/Luiz Ferreira

Com a formalização da Associação, a expectativa é que os produtores consigam disputar novas fatias do mercado

junho, foi proposto à formação de um grupo de floricultores do Sul do Estado em associação, que contou com o apoio imediato do SEBRAE. O associativismo foi apontado como alternativa para a viabilização das atividades desses produtores, já que, juntos, seria mais fácil a entrada dos produtores no mercado em melhores condições de concorrência.


CIDADES 9

QUARTA-FEIRA |14 DE DEZEMBRO DE 2016

ESPÍRITO DE NATAL

CRIANÇAS RECEBEM PRESENTES DO PAPAI NOEL DOS CORREIOS As crianças participaram da campanha de cartinhas dos Correios. Os presentes foram entregues ontem Guilherme Gomes Cachoeiro de Itapemirim

Sorrisos estampados nos rostos de aproximadamente 290 crianças da escola Emeb Zeni Pires Ferreira, no bairro Amaral, em Cachoeiro de Itapemirim, na tarde de ontem. Elas receberam presentes do Papai Noel arrecadados na campanha dos Correios de adoção das cartinhas. De acordo com a pedagoga Lia Marcia Soromenho, este é o terceiro ano consecutivo em que a escola participa da campanha. “Tentamos, todos os anos, ter um cuidado especial para que todas as

crianças que estudam na escola participem com os pais e familiares, para que elas sejam atendidas com o presente. Temos aproximadamente 290 crianças estudando aqui e, para nós, essa ação é de extrema importância para reforçar os elos familiares neste fim de ano”, completa Lia. A feição das crianças mudou completamente quando o Papai Noel chegou. A entrega foi feita de forma individual e, além do presente, cada criança recebeu um abraço do bom velhinho. A expectativa da surpresa do filho ao abrir o presente escolhido

Foto: Guilherme Gomes

Aproximadamente 290 presentes foram distribuídos para as crianças na escola

,é o que motiva Maria Jorgina, mãe de Samuel Francisco, de dois anos, a cultivar na criança o ensinamento de que o bom comportamento será

recompensado no fim do ano. “É uma ação muito importante, as crianças precisam continuar desenvolvendo este pensamento sobre o Natal.

As mães dos alunos acreditam que a campanha vem para reforçar o espírito natalino nas famílias durante as festividades de fim de ano

Meu filho estuda na creche há apenas três meses e já estou encantada com o acolhimento e atenção que ele tem recebido. Foi uma surpresa gratificante”, completa Maria Jorgina. A animação nos olhos do pequeno David, de quatro anos, não esconde o quanto estava feliz com o encontro com Papai Noel. A mãe do garoto, Taisa Falcão, conta que a empolgação já havia começado em casa. “Meu filho acordou hoje, falando que ia encontrar com o Papai Noel. Trazer esse resgate da

infância diante de um momento de crise e toda a dificuldade que o país se encontra é reacender a esperança nos pequenos”, disse Taisa. Luzinete Vargas, mãe de Hanaya, três anos, afirma que o ato é simples mas faz grande diferença para a criança que receberá o presente. “O Natal é uma época que deixa as pessoas mais sentimentais. Essa campanha é muito boa, pois, sem dúvidas, as crianças vão aceitar com muito amor cada presente escolhido”, finaliza Luzinete.

RETOMADA

Empresários de Cachoeiro querem operações da Samarco de volta Redação Região

Uma comitiva formada por políticos, empresário e jornalistas do Sul do Estado segue amanhã, para Mariana, em Mina Gerais. O grupo irá acompanhar uma audiência pública que vai debater o projeto de retomada das operações da Samarco. Um dos organizadores da comitiva é o secretário de Desenvolvimento Econômico de Cachoeiro, Ricardo Coelho.

Ele disse que o objetivo da ida do grupo a Mariana é “fazer barulho” apoiando a retomada das atividades da Samarco, em Anchieta. Desde novembro de 2015, quando as atividades da Samarco foram paralisadas por conta do rompimento da barragem em Mariana, até hoje, Cachoeiro acumula um prejuízo no setor de calcário mineral de cerca de R$ 60 milhões. O município era um dos maiores fornecedores

do produto para a mineradora. Para o Estado, a interrupção das atividades representa uma queda de 10% na receita. “A Samarco pretende jogar seus rejeitos em uma cava (mina desativada), onde não haveria riscos de novos desastres naturais como o que ocorreu no ano passado. Nossa intenção é fazer barulho pedindo o retorno das atividades da mineradora. Nesta quarta-feira acontece uma audiência pública

em Ouro Preto e amanhã em Mariana. Não será fácil, pois teremos que debater com grupos contrários à Samarco”, disse Ricardo Coelho. A cava de Alegria do Sul fica no município de Ouro Preto (MG). Para usá-la como depósito, a Samarco ainda precisa de autorização do governo mineiro. Além disso, para voltar a operar, a mineradora precisa da liberação de suas licenças ambientais, suspensas após a tragédia.

A Samarco planeja retomar as operações com 60% de sua capacidade. Segundo a mineradora, ainda há reservas de

2,867 bilhões de toneladas de minério no Complexo de Germano, do qual fazia parte a barragem de Mariana.


10 CIDADES

QUARTA-FEIRA |14 DE DEZEMBRO DE 2016

SAINDO DO SUFOCO

MUTIRÃO REDUZ DÍVIDAS EM MAIS DE 90%

Foi o que aconteceu com um senhor que viu uma dívida de R$ 40 mil cair para R$1.800,00. O mutirão vai até sexta-feira Lucas Schuina Cachoeiro de Itapemirim

Começou ontem, em Cachoeiro de Itapemirim o último Mutirão de Negociação de Dívidas do Estado. A expectativa é que, até sexta-feira cerca de 1.80 pessoas sejam atendidas. Podem participar moradores de Cachoeiro e municípios vizinhos. Já no primeiro dia, alguns consumidores conseguiram abatimentos de mais de 90% das dívidas. Segundo o Procon-ES, uma mulher desempregada conseguiu reduzir de R$ 15.464,13 para R$ 1.300, a dívida que tinha com uma financeira. O que ficou do débito foi parcelado em onze vezes. Em outro caso, um morador do bairro Monte Cristo conseguiu uma diminuição ainda maior: dos R$ 40.871,52 devidos,

ele precisará pagar apenas R$ 1.799,92, em 13 vezes. A diretora-presidente do Procon-ES, Denize Izaita, ressalta que cada caso é avaliado em sua particularidade. “A grande vantagem do mutirão é os consumidores poderem negociar suas dívidas diretamente com os credores. Não precisa de advogado, é só vir aqui com os documentos e conversar”, afirma. CONSULTORIA FINANCEIRA Além da possibilidade de renegociar dívidas, os consumidores podem pegar dicas de como organizar as finanças pessoais com um consultor financeiro que participa do mutirão. Ele também pode dizer se o acordo proposto é bom para a pessoa. “Podemos indicar melhores formas de ne-

AJUDA EM CASA

DÍVIDA EM CONTA

A aposentada Anna de Freitas, moradora do bairro Nossa Senhora da Penha foi até o mutirão para renegociar uma dívida com uma financeira e outra com a concessionária de água e esgoto de Cachoeiro. Em uma delas, conseguiu uma redução significativa do valor. Na outra, não conseguiu diminuir muito, mas, pelo menos, obteve um parcelamento mais extenso. “A minha filha está desempregada, tenho netos pequenos, e não tem como não ajudar. Mas agora vai ser mais fácil de pagar as prestações”, diz.

Sebastião Gomes, morador de Mimoso do Sul que trabalha com polimento de rochas ornamentais, diz que acabou acumulando dívida de uma conta no banco que ele nem estava mais utilizando. Conseguiu reduzir a dívida em 23% e um bom parcelamento. “Foi gerando juros e eu nem reparei. Mas, pelo menos consegui uma forma melhor de pagar”, comenta.

gociação das dívidas, avaliar se uma renegociação feita foi boa ou não. Às vezes, há dificuldade de comu-

Organizado pelo Procon, o mutirão também ensina como manter as finanças em dia

nicação entre o consumidor e o credor, e nós também podemos fazer essa ponte. E estamos aqui para orientar as pessoas a como se organizar, já que não adianta renegociar uma dívida para fazer outra lá na frente”, explica o economista do Conselho Regional de Economia (Corecon), Rodolfo Barroso Rainer.

5º MUTIRÃO DE NEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS Data: até 16 de dezembro Horário: 9 às 17 horas As senhas começam a ser distribuídas diariamente às 8 h. Local: Escola Municipal Zilma Coelho Pinto. Rua Carlos Fornazier, Ferroviários, Cachoeiro de Itapemirim. Empresas participantes: Banestes, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Bradesco, Dacasa, BMG, Claro e Odebrecht. (CDL, Acisci, Procon Cachoeiro e Corecon prestam apoio).


SEGURANÇA 11

QUARTA-FEIRA |14 DE DEZEMBRO DE 2016

ATRAÍDO PARA A MORTE

MORTE

HOMEM É CHAMADO PARA Homem é morto ENCONTRO E ACABA ASSASSINADO dentro de bar em Há cerca de 10 dias, a vítima ja havia sofrido uma agressão Redação Cachoeiro de Itapemirim

Gustavo Oliveira Pancini, 21 anos, levou seis tiros. De acordo com a polícia, por volta das 21h30, ele recebeu uma ligação e foi até uma escadaria no bairro Nossa Senhora da Penha, onde foi baleado. Ele chegou a ser socorrido para a Santa Casa de Misericórdia do município, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Ainda segundo a polícia, Gustavo, que trabalhava no setor de rochas ornamentais,

estava de licença por ter sofrido um acidente de moto há cerca de dez dias. Neste período, ele sofreu uma agressão a pauladas e chegou a levar dez pontos na cabeça. A Delegacia de Crimes Contra a Vida (DCCV) de Cachoeiro investiga o caso. A motivação do crime e a autoria são desconhecidas. Quem tiver qualquer informação que possa ajudar nas investigações pode ligar para o Disque-Denúncia 181. Não é preciso se identificar.

Foto: Divulgação

Danielle Muruci Ibatiba

Um crime chocou os moradores de Santa Clara, distrito de Ibatiba, na noite de segunda-feira. Testemunhas contaram à Polícia Militar que, por volta das 19 horas, a vítima, um homem de 41 anos, de iniciais J.M.M., estava num bar quando foi

Gustavo recebeu um telefonema momentos antes de ser morto

Menino morre atropelado por trator Um menino de 10 anos morreu na tarde de ontem, atropelado por um trator. Segundo a polícia, a criança, que estava no veículo,

se desequilibrou e caiu sendo atingido pelo veículo. De acordo com a Polícia Militar, o acidente aconteceu no Córrego Santa Maria de Cima, zona rural de Ibatiba. O me-

abordado pelo suspeito. Ele foi esfaqueado várias vezes pelas costas e também foi ferido no braço. Populares chamaram socorro mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Buscas foram feitas mas o suspeito não foi localizado.

DETETIVE

TRAGÉDIA

Danielle Muruci Ibatiba

Ibatiba

nino estava no trator junto com um familiar que fazia transporte de adubo. Ele teria se desequilibrado após o trator trepidar durante uma troca de marcha. A criança caiu e

uma das rodas passou sobre ela. O menino foi socorrido por familiares mas não resistiu aos ferimentos e chegou sem vida ao Pronto Atendimento de Ibatiba.

Vítima segue assaltante e “ajuda” na prisão Redação Cachoeiro de Itapemirim

Duas mulheres assaltadas na noite de segunda-feira, no bairro Paraíso, em Cachoeiro. O criminoso abordou as mulheres levando uma bolsa e os celulares das duas. Ele só não contava que seria seguido por uma das vítimas. A uma distância se-

gura, uma das mulheres seguiu o assaltante e chamou a polícia. O suspeito foi pego na companhia de uma mulher que estava com um dos celulares e a bolsa roubada. Com o suspeito, os policiais encontraram uma imitação de arma de fogo.

DETETIVE

CERCO

Homens roubam posto em Mimoso Adolescente é baleado na cabeça e acabam presos em Apiacá Redação Mimoso do Sul

Dois jovens de 22 anos, foram presos pela Polícia Militar, na noite de segunda-feira, em Apiacá, após assaltarem um posto de

combustíveis na Rodovia ES-297, em Ponte de Itabapoana, distrito de Mimoso do Sul. A polícia fez um cerco na região e conseguiu prender os suspeitos em Apiacá. Com

W.S.M. e G.S.J., os policiais recuperaram uma motocicleta CG Titan 150, prata, R$ 2.943,00 em espécie e 4.656,30 em cheques levados do posto, além de uma garrucha cali-

bre 38, cordões e celulares. Os detidos foram encaminhados a 7ª Delegacia Regional de Cachoeiro de Itapemirim, onde foram autuados em flagrante.

em Vargem Alta

Redação Vargem Alta

Um adolescente, de 17 anos, foi baleado na cabeça no final da tarde desta segunda-feira (12), no bairro Morro do Sal, em Vargem Alta. De acordo com informações policiais, por volta das 17h30, o adolescente foi baleado durante uma briga de gangues rivais que disputam o tráfico de drogas na região. A vítima foi socorrida para o Pronto Atendimento de Vargem Alta e

não corre risco de morte. Os suspeitos do crime fugiram sentido a Cachoeiro de Itapemirim e não foram localizados pela Polícia Militar. O caso é investigado pela Polícia Civil.


12 CIDADES

QUARTA-FEIRA|14 DE DEZEMBRO DE 2016

LITERATURA

ROMANCE SOBRE CAVALEIROS TEMPLÁRIOS É LANÇADO HOJE, NA CASA DOS BRAGA Explorando fatos históricos da Idade Média, “Monge Guerreiro”, livro do cachoeirense Romulo Felippe, apresenta elementos de fantasia e aventura Foto: Divulgação

Lucas Schuina Cachoeiro de Itapemirim

A Casa dos Braga, em Cachoeiro de Itapemirim, será palco, hoje, de aventuras e batalhas épicas – ao menos na medida do que a literatura é capaz de evocar. Isso porque o jornalista Romulo Felippe lançará no local o seu romance de estreia “Monge Guerreiro”, que explora fatos históricos da Europa medieval em meio a elementos de aventura e fantasia. O evento está marcado para as 19h, na antiga residência da família Braga. “Monge Guerreiro” tem como ponto de partida um fato histórico: no século 13, o então rei da França, Luís IX, adquiriu de Constantinopla duas relíquias consideradas sagradas: a Coroa de Espinhos e a Lança de Longinus, que teriam sido usados na crucificação de Jesus Cristo. Tendo isso como um ponto de partida, a narrativa de Romulo Felippe recria ficcionalmente as peripécias da viagem de transporte dessas relíquias, que, em sua estória, é feita pelos famosos Cavaleiros Templários. Dentre os mais de 80 personagens do livro, há seres mitológicos, como dragões e necromantes. O protagonista Bastian Neville, o “monge guerreiro” do título, tem como fiel escudeiro um unicórnio. Apesar dos elementos fantásticos, Romulo fez questão de amparar todo o seu romance em fatos históricos. “Naqueles anos havia uma forte crença na existência dessas criaturas através de registros e afins. Na visão do povo medieval, eram seres

Romulo Felippe durante o pré-lançamento de seu livro, em vitória

que personificavam o mal”, explica o autor. Radicado em Vitória há 10 anos, Romulo Fellipe começou a escrever para jornais de Cachoeiro com apenas 13 anos. Atualmente, é editor de duas revistas, uma delas de alcance nacional, e costuma viajar para o exterior pelo menos uma vez por ano, muitas vezes a trabalho. Ele aproveitou essas viagens para fazer pesquisas de campo para o seu livro, o que lhe tomou três anos. O escritor conta ter gastado mais um ano e meio fazendo pesquisas históricas em livros e mais cinco meses escrevendo. O livro já está disponível para venda e teve pré-lançamento no dia 30 de novembro em Vi-

tória, mas, para Romulo Fellipe, o evento de lançamento em Cachoeiro tem sabor especial. “Vou à cidade quase toda semana. Quando era garoto, morava no bairro Amarelo e frequentava muito a Casa dos Braga para pegar livros. Fui muito influenciado pela escrita de Rubem e Newton Braga”, afirma. O autor diz que o seu livro é indicado para leitores de 13 até 90 anos. “Há um mercado gigantesco para livros de fantasia histórica no Brasil. Eu participo de grupos nas redes sociais com milhares de membros e tenho, inclusive, um leitor de 80 anos que me deu um feedback muito bom sobre a obra”, finaliza Romulo.

SERVIÇO: Lançamento do livro “Monge Guerreiro” Autor: Romulo Felippe Quando: Hoje Horário: 19h Local: Casa dos Braga

Preço do livro: R$ 30,00 (nas lojas e na internet, o livro custa R$ 35,00) Site oficial: mongeguerreiro.com.br

Aqui Notícias Edição 1535  
Advertisement