Issuu on Google+

REDAÇÃO | (28) 99991 7726 ANÚNCIOS E ASSINATURAS (28) 3521 7726

CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM E REGIÃO SUL | ANO V EDIÇÃO 01527| DIÁRIO

SEXTA-FEIRA

2 DE DEZEMBRO DE 2016 Foto: Divulgação

VEREADORES ELEITOS DE ITAPEMIRIM SERÃO OS MAIS BEM PAGOS DO SUL DO ESTADO

P.4 Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Lavador de carros é perseguido e morto a tiros no meio da rua, em Cachoeiro P.13

Prefeitura de Castelo vai doar área para proteção de animais abandonados P.8


2 OPINIÃO

SEXTA-FEIRA|2 DE DEZEMBRO DE 2016

OU BRUTÍSSIMO?) De acordo com pesquisas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgada nesta semana, o Produto Interno Bruto brasileiro (PIB) foi menor em 2,9% no terceiro trimestre deste ano, quando comparado ao mesmo período do ano passado. Com relação ao acumulado do ano, ou seja, nos três primeiros trimestres, o PIB despencou 4,0% com relação ao mesmo período de 2015. Já nos últimos 12 meses a queda foi de 4,4%, que sintetiza um quadro de retração em todos os setores da economia. Segundo a agência de classificação de risco Austin Rating, o Brasil ocupa a última colocação de um grupo de 39 países que já divulgaram seus resultados oficiais relativos ao crescimento econômico no terceiro trimestre. Esse grupo de países soma 83% do PIB mundial. Deste modo, conseguimos apresentar desempenho ainda pior ao dos países que até há bem pouco tempo enfrentavam crises bastante robustas, tais como a Grécia, Espanha, Rússia e Ucrânia.

AVIÃO

A tendência de queda no PIB aponta para uma situação nada animadora também para o último trimestre. Fatalmente chegaremos a uma situação ainda pior, depois de dois anos seguidos de forte recessão. Um dos indicadores que permite tal avaliação é a taxa de investimentos, que no terceiro trimestre deste ano foi de 16,5% do PIB, contra 18,2% no mesmo trimestre do ano passado, o pior nível de investimento apurado pelo IBGE nos últimos 13 anos. Este quadro sombrio não resulta diretamente de qualquer crise externa, mas reflete de forma inexorável a falta de zelo dos nossos últimos governos com a política fiscal do país, pois gastamos muito além do que podíamos e agora temos que pagar a conta. Claro! Como a corda sempre rompe do lado do mais fraco, a classe mais penalizada é a dos trabalhadores, que ora enfrenta a realidade do desemprego. Para reverter o atual quadro, espera-se que ainda este mês o Senado Federal aprove, em segunda votação,

e o presidente Temer sancione, a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que limita o teto dos gastos públicos, mesmo com a oposição raivosa dos que levaram o Brasil à atual situação. Mas, outras medidas ainda serão necessárias, tão duras como a reforma da previdência, o que evidencia que levará um bom tempo para que o Brasil seja realinhado nos trilhos. Os obstáculos são muitos e envolvem os três poderes da República com suas mazelas, tal como o corporativismo. Todavia, o crescimento econômico sustentado e duradouro não prescinde de boas expectativas, de confiabilidade e de boas práticas políticas. Neste sentido, a desfiguração pela Câmara dos Deputados, na calada da noite, das 10 medidas propostas para combater a corrupção – que teve o aval com a assinatura de 2,0 milhões de brasileiros - é uma verdadeira bomba atômica no coração do Brasil. Sorte é que não temos inimigos externos. Nosso infortúnio encontra-se aqui mesmo: os nossos inimigos internos, com toda a sua prepotência, mesquinhez e ambição desmedida. Não por outro motivo é difícil consumar qualquer mudança, uma vez que o que é bom para eles sempre é péssimo para o Brasil, irremediavelmente.

EXPEDIENTE

GRUPO FOLHA DO CAPARAÓ DE COMUNICAÇÃO LTDA-ME | CNPJ: 10.916.216\0001-55 Rua Irmãos Fernandes, 59, Bairro Bela Vista, Cep: 29.560-000 - Guaçuí-ES Telefone: (28) 3553 0517 Rua Dona Joana, 25, 2º Pavimento, Bairro Centro, Cep: 29.300-120 - Cachoeiro de Itapemirim-ES Telefone: (28) 3521-7726 | (28) 3511 2611

DIRETORIA GERAL: Elias Carvalho Soares EDITOR GERAL: Lucia Bonino FOTOGRAFIA: Pâmela Koppe REPORTAGEM: Ana Gláucia Chuína, Edézio Peterle, Guilherme Gomes, Lucas Schuina, Skarlady Fernandes e Taynara Barreto EMAIL: jornalismo.aquinoticias@gmail.com ASSISTENTE COMERCIAL: Débora Osório, Alcino Júnior PROJETO GRÁFICO: Giliard Santos Silva Nogueira DIAGRAMAÇÃO: Celso Wallace

Na minha vida de menino ver um avião no céu era festa. Quase uma graça. Deitados de barriga pra cima a molecada tentava ver um risco de fumaça branca no azul. Quando isso acontecia a gente se transportava para as aeronaves feito deuses dominando a gravidade. Quando a esquadrilha da fumaça fez um show no aniversário da cidade os corações pequenos pularam e os olhos acendiam um brilho de espelho. Os meus preferidos eram os que jogavam milhares de panfletos de propaganda eleitoral. Eram monomotores e tinham nome e sobrenome: Teco-Teco. Na minha cabeça de menino os pilotos eram heróis por voar naquelas geringonças aladas. Não alimentava o sonho de pilotar. Voar não estava nos planos. Me encantava mais, junto com a releia de moleques, cruzar os terrenos baldios da cidade pequena e implicar com as meninas. Não sem fitar suas perninhas finas sem saber exatamente por quê. Quem voa naquilo é mesmo meio herói e também meio maluco. Só fui constatar isso em 2006, depois que o menino de calções enormes, feitos por minha mãe para durar e resistir ao crescimento abrupto dos filhos, já tinha quase sucumbido às imprecisões da memória. Eu tinha ido

COLABORADORES: Alexandre Garcia, Ewerton Miranda Tréggia, Guilherme Gomes, Luciana Fernandes, Ricardo Lemos, Ruy Guedes, Wagner Medeiros Junior, Basílio Machado, Almir Forte, Ramom Barros.

CIRCULAÇÃO Anchieta, Atílio Vivácqua, Cachoeiro de Itapemirim, Castelo, Conceição do Castelo | Iconha, Itapemirim, Marataízes, Mimoso do Sul, Muqui, Piúma, Presidente Kennedy, Rio Novo do Sul, Vargem Alta, Venda Nova do Imigrante.

a Roraima fazer um documentário nas grimpas da Amazônia Setentrional, divisa com a Venezuela, na aldeia Yanomami do Demini. Watorike, na língua nativa. Estávamos no aeroporto; eu, o diretor de fotografia Leonardo Gomes, meu amigo de muitas jornadas como essa, e Pedro Monteiro, fotógrafo e, pra minha sorte, meu filho. Impossível esconder a ansiedade de partir selva adentro. A ansiedade rapidamente se transformou em heroísmo e loucura quando um teco-teco de asa baixa pousou e constatamos ser nosso meio de transporte. Sem tempo para rezar e a impossibilidade de refugar, lotamos o bagageiro com os equipamentos e outras tralhas necessárias à expedição. O piloto, seu Luizinho, não tinha a menor pinta de herói, o que me levou a identificar nele o singelo perfil de maluco. Com o avião lotado e sua capacidade máxima de carga no talo partimos; primeiro através da interminável pista de asfalto, que teimava em manter no chão o liquidificador aéreo. Decolamos meio de lado pelo céu de um azul quase branco, rumo à Serra dos Ventos onde ficava a aldeia Demini. Rasgamos o azul por três horas sobre o verde sem fim e sem GPS. Luizinho ia pilotando somente cra-

vado na bússola. De vez em quando uma lufada de vento batiae o teco-teco revirava e batia. Vento sul em guardanapo de beira de praia. - chegamos, vou circular a Serra dos Ventos e aterrissar. Onde meu Deus¿ Aterrissar onde¿ E foi aí que vi um pequeno risco em meio à floresta, o que constatei ser nossa pista de pouso. Já não tinha mais medo, nem heroísmo. Apenas uma certeza habitava minhas veias, sinapses e humores: tudo que eu queria era estar ali naquele exato momento. Aterrissamos sem maiores problemas e muitos sacolejos. Em terra, já com os pés no chão, Luizinho contou que na aldeia de Toototobi, para onde inicialmente iríamos, a pista era bem mais curta e que pousar não era problema, mas que para decolar era necessário amarrar o avião num toco acelerar até máximo possível e dar o sinal para que cortassem a corda e assim o avião sair na velocidade necessária para subir em tempo de não espatifar nas árvores. Desde aquele instante amei a aldeia Demini. Há apenas duas horas de caminhada dali e com uma pista de pouso tão segura. Na próxima conto um pouco mais sobre essa aventura cinematográfica na terra dos Yanomami, onde, finalmente, aprendi a voar.

As matérias assinadas e publicadas neste jornal, não traduzem a opinião do próprio jornal. A veracidade das informações publicitárias veiculadas é de responsabilidade de quem as patrocina (anunciante). A legislação não impõe ao órgão que veicula o anúncio (jornal) a obrigatoriedade de verificação e comprovação da fide lidade e correção destes anúncios. Fonte: STJ (Superior Tribunal de Justiça).

ACESSE:


POLÍTICA 3

SEXTA-FEIRA|2 DE DEZEMBRO DE 2016

Senador Ricardo Ferraço entrega emendas ao juiz Sérgio Moro PLS 280 Na justificativa do texto, Ferraço afirma que, caso o PLS nº 280 seja aprovado na redação atual, a atividade de certas autoridades estará sujeita a interpretações Guilherme Gomes Nacional

O senador Ricardo Ferraço entregou ontem, ao juiz Sérgio Moro duas emendas ao Projeto de Lei do Senado (PLS) 280 por ele sugeridas (e já protocoladas), que impedem a criminalização das autoridades responsáveis por apurar crimes. Uma das emendas estabelece que a divergência de interpretação da lei penal ou processual penal, ou seja, quando uma decisão é revertida por haver diferença de entendimento entre magistrados, não configura crime de abuso de autoridade. Já a outra emenda retira do texto o artigo que pretendia criminalizar a atuação do Ministério Público

Fotos: Divulgação

no momento da apresentação de denúncias. Na justificativa do texto, Ferraço afirma que, caso o PLS nº 280 seja aprovado na redação atual, a atividade de certas autoridades, tais como juízes e promotores, estará sujeita à subjetividade interpretativa.

CRIMINALIZAÇÃO DE AUTORIDADES “A não aprovação desta emenda sujeitará autoridades judiciais, ministeriais e policiais à subjetividade interpretativa de quem vier a aplicar a Lei de Abuso de Autoridade. Essa subjetividade em demasia, contudo, não é

compatível com o Estado Democrático de Direito”, diz o texto.

PROJETO DE LEI

O PLS 280/2016, que define os crimes de abuso de autoridade, é de autoria do senador Renan Calheiros (PMDB-AL). O texto prevê que servidores públicos e membros do Judiciário e do Ministério Público possam ser punidos, por exemplo, caso sejam determinadas prisões “fora das hipóteses legais”, como ao submeter presos ao uso de algemas quando não há resistência à prisão, e fazer escutas sem autorização judicial, atingindo “terceiros não incluídos no processo judicial ou inquérito”.

O senador capixaba, entregou ao juiz Sérgio Mora, da Lava Jato, duas emendas ao PLS 280

SUSPENÇÃO

TC suspende edital de iluminação em Marataízes Redação Marataízes

O Tribunal de Contas do Estado (TCE), determinou, através de medida cautelar, que a prefeitura de Marataízes suspenda edital 14/2016, para

a contratação de uma empresa para o serviço de retirada, instalação e expansão da iluminação pública no município. Orçado em R$

15,1 milhões, o edital prevê a utilização de tecnologia de LED, na orla, patrimônios públicos, praças e jardins. Segundo o Tribunal, Fotos: Divulgação

O edital, de R$15,1 milhões, prevê a modernização da iluminação pública da cidade

a equipe de auditores do órgão apontou a falta de um documento técnico com, por exemplo, o detalhamento do projeto, a especificação,

cronograma da obra e plano de manutenção preventiva e corretiva. Em nota, a Prefeitura informou que não foi notificada ainda

pelo TCE. “A licitação está prevista para o dia 7 e poderá ser suspensa caso seja esse o pedido do Tribunal de Contas”, disse.


4 POLÍTICA

SEXTA-FEIRA|2 DE DEZEMBRO DE 2016

Salário dos vereadores de Itapemirim terá 25% de aumento em 2017 LEVANTAMENTO Parlamentares do município passarão a receber R$ 7.500, e se tornarão os mais bem pagos do Sul do Espírito Santo

Foto: Divulgação Lucas Schuina Itapemirim

Os vereadores eleitos de Itapemirim, município de 34.585 habitantes do litoral capixaba, receberão R$ 7.500, quando assumirem os cargos, no dia primeiro de janeiro. O valor representa um reajuste, para a legislatura 2017/2020, de 25% em relação aos R$ 6 mil, pagos atualmente. Isso tornará os parlamentares do município os mais bem pagos do Sul do Espírito Santo. Na região Sul, além de Itapemirim, apenas em Marataízes houve projeto para o reajuste do subsídio dos vereadores. Entretanto, os parlamentares voltaram atrás após protestos populares e veto do prefeito Jander Nunes Vidal (PSDB). A Lei Municipal 29 64/2016, que dispõe sobre o salário dos vereadores e também do prefeito, vice-prefeito e secretários de Itapemirim, é de autoria da Mesa Diretora da Câmara Municipal e entrou em vigor

no último dia 23.

RANKING Cachoeiro de Itapemirim, maior município da região com 210.325 habitantes, fica em segundo lugar no raking dos maiores salários de vereadores. Cada parlamentar da cidade ganha R$ 6.910 por mês. Além disso, o presidente da Câmara tem direito a

uma verba adicional de R$ 3 mil. Com uma população de 13.904 habitantes, Iconha é a terceira colocada no ranking de cidades do Sul em que os vereadores mais ga-

nham: R$ 5.747,38. No município, o salário do presidente da Câmara também é superior ao de seus colegas, R$ 6.012,70. Outro município do Sul do Estado em que

o presidente da Câmara ganha uma verba adicional é Atílio Vivácqua – R$ 500 a mais do que os outros vereadores, que ganham R$ 3.081,83. Os parlamentares do

município, de 11.335 habitantes ganham o menor salário do Sul do Estado. Nas demais cidades da região, não há diferença entre o subsídio de vereadores e presidentes.

DUAS SESSÕES POR MÊS EM MUQUI Ao contrário dos outros municípios do Sul do Espírito Santo, em Muqui os vereadores reali-

zam sessões ordinárias apenas duas vezes por mês. Os parlamentares, que recebem uma re-

muneração de R$ 4.500 mensais, se reúnem na primeira e na terceira quarta-feira do mês.

Itapemirim População estimada: 34.585 Número de vereadores: 12 Sessões por mês: 4 Salário atual: R$ 6.000 Salário 2017/2020: R$ 7.500 Salário do presidente: R$ 7.500

Presidente Kennedy População estimada: 11.396 Nº de vereadores: 9 Sessões por mês: 4 Salário atual: R$ 5.500 Salário 2017/2020: R$ 5.500 Salário do presidente: R$ 5.500

Castelo População estimada: 38.070 Nº de vereadores: 13 Sessões por mês: 4 Salário atual: R$ 4.900 Salário 2017/2020: R$ 4.900 Salário presidente: R$ 4.900

Muqui População estimada: 15.717 Nº de vereadores: 9 Sessões por mês: 2 Salário atual: R$ 4.500 Salário 2017/2020: R$ 4.500 Salário do presidente: R$ 4.500

Cachoeiro de Itapemirim População estimada: 210.325 Nº de vereadores: 19 Sessões por mês: 4 Salário atual: R$ 6.910 Salário 2017/2020: R$ 6.910 Salário do presidente : R$ 9.910

Marataízes População estimada: 38.301 Nº de vereadores: 13 Sessões por mês: 4 Salário atual: R$ 5.285,50 Salário 2017/2020: R$ 5.285,50 Salário do presidente: R$ 5.285,50

Piúma População estimada: 21.030 Número de vereadores: 11 Sessões por mês: 4 Salário atual: R$ 4.551,93 Salário 2017/2020: R$ 4.551,93 Salário presidente: R$ 4.551,93

Vargem Alta População estimada: R$ 21.396 Número de vereadores: 11 Sessões por mês: 4 Salário atual: R$ 4.400 Salário 2017/2020: R$ 4.400 Salário do presidente: R$ 4.400

Iconha População estimada: 13.904 Nº de vereadores: 9 Sessões por mês: 4 Salário atual: R$ 5.747,38 Salário 2017/2020: R$ 5.747,38 Salário do presidente: R$ 6.012,70

Anchieta População estimada: 28.091 Número de vereadores: 11 Sessões por mês: 4 Salário atual: 5.214,56 Salário 2017/2020: 5.214,56 Salário do presidente: 5.214,56

Mimoso do Sul População estimada: 27.369 Número de vereadores: 11 Sessões por mês: 4 Salário atual: R$ 4.526 Salário 2017/2020: R$ 4.526 Salário do presidente: R$ 4.526

Atílio Vivácqua População estimada: 11.335 Nº de vereadores: 9 Sessões por mês: 4 Salário atual: R$ 3.081,83 Salário 2017/2020: R$ 3.081,83 Salário do presidente: R$ 3.581,83


CIDADES 5

SEXTA-FEIRA|2 DE DEZEMBRO DE 2016

Advogados protestam, em Guaçuí, contra falta de juízes no Caparaó DEMORA Sem juízes suficientes nas comarcas, os processos se acumulam e quem sofre é a população Danielle Muruci Guaçuí

Advogados de todo o Caparaó participaram, ontem, em Guaçuí, de um protesto contra a falta de juízes titulares em cinco comarcas da região. Há um ano que a OAB solicita ao Tribunal de Justiça, a nomeação de mais Magistrados. No ato de desagravo de ontem, teve até bolo de aniversário. Presente, o presidente da OAB no Espírito Santo, Homero Mafra, foi irônico: “Já que a Justiça não dá o pão ao povo, a OAB distribui o bolo”. Em seu discurso, Homero Mafra destacou que o protesto era um ato de cidadania contra o abandono do judiciário na Região do Caparaó. Mafra fez questão de esclarecer que a OAB não está mirando contra a figura do magistrado, mas sim gritando por mais celeridade na justiça. “Sou filho de um magistrado e sei que o juiz precisa morar em sua comarca. Este ato não é contra os juízes, pelo contrário, é pelo aumento de efetivo. Inclusive, da juíza da 2ª Vara, só ouvi elogios. Estamos aqui pra dizer: contem com os advogados”, declarou. O presidente da Ordem disse ainda que o grande gargalo do

judiciário no Espírito Santo está na Justiça de primeiro grau. O presidente da subseção da OAB de Guaçuí, Luiz Bernard Sardenberg Moulin, disse que a Ordem está preocupada com a situação caótica em que se encontra a Justiça no interior do Estado. “Guaçuí é o caso mais crítico na região, onde, só na área civil, há um acumulo de quase oito mil processos. Bom Jesus do Norte está sem juiz efetivo há quase cinco anos. Hoje, a advocacia está aqui para se fazer presente. Assim como disse nosso presidente nacional da OAB, Claudio Lamachia durante a inauguração de nossa sede em Guaçuí, se a Justiça não está presente, a advocacia está”, afirmou.

10 MIL PROCESSOS EM GUAÇUÍ Luiz Bernard também frisou que os magistrados não eram o alvo do protesto. “Tenho certeza que os juízes substitutos também querem que isso se resolva. Assim, eles não precisaram mais ter que ficar na estrada, toda semana, para trabalhar em outros municípios”, completou. O advogado de Caste-

lo, Ricardo Machado, que é conselheiro da Ordem, fez questão de participar do protesto. “A situação do Caparaó é extremamente grave. Não podíamos deixar de prestigiar este evento”, disse. Durante todo o ato, um carro de som tocou o hino nacional brasileiro. Folders explicativos foram distribuídos para a população. Como ato simbólico, Luiz Bernard, com ajuda da secretária geral da Ordem, Érica Neves, apagou uma vela de um ano, desejando que ela fosse, no caso, a primeira e última. “Queremos ver esse problema resolvido o mais rápido possível”, disse. Em nota, o Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES), explicou que, no Poder Judiciário Estadual, o número de juízes é inferior ao número de unidades judiciárias, e que, por causa da crise da queda de arrecadação do caixa do Estado, não há previsão de nomeação de novos juízes. O TJES informou ainda, que a comarca de Guaçuí não é a única do Estado a não possui juiz titular, mas que há dois juízes respondendo por ela. “Infelizmente, a falta de magistrado atinge

Fotos: Danielle Muruci

Os advogados reclamam da falta de juízes em várias comarcas

as unidades de norte a sul do Espírito Santo. No caso de Guaçuí, há dois juízes na comarca: Valquíria Tavares Mattos, que é juíza substituta, mas está designada pelo Tribunal de Justiça para responder exclusivamente pela 2ª Vara de Guaçuí e Eduardo

Geraldo de Matos, que é titular em Cachoeiro de Itapemirim, mas também designado para responder pela 1ª Vara de Guaçuí”, diz a nota. Quanto ao acervo de processos na comarca de Guaçuí, o Tribunal informou que são pouco mais de 10 mil.

Segundo o TJES, as comarcas de Apiacá, Bom Jesus do Norte, Dores do Rio Preto e São José do Calçado, também são atendidas por juízes titulares de Cachoeiro de Itapemirim que foram designados para responder por elas.


6 ECONOMIA

SEXTA-FEIRA |2 DE DEZEMBRO DE 2016

Empresas capixabas que quiserem exportar terão qualificação gratuita OPORTUNIDADE A novidade vale para empresas de qualquer área ou tamanho. As interessadas serão

qualificadas para atender o mercado externo Redação Estado

As empresas capixabas contam com uma oportunidade única para levar seus produtos e serviços para o mundo. Trata-se do Programa de Qualificação para a Exportação (Peiex), lançado oficialmente na tarde de ontem, no Palácio Anchieta, em Vitória. O objetivo é preparar as organizações de qualquer porte para atuação no mercado internacional. Empresários e autoridades participaram do evento, que contou com a presença do presidente da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), o embaixador Roberto Jaguaribe.

CULTURA DO COMÉRCIO EXTERIOR O governador Paulo Hartung destacou a importância de se ampliar as atividades de comércio exterior. Hartung reconheceu que entre os principais desafios para isso está a capacidade de produzir e prestar serviços com qualidade e preço para competir nas cadeias globais. “Temos um Estado com uma história de desenvolvimento muito peculiar e tardio. Começamos um ciclo econômico com a plantação de café. Apenas recentemente nossa economia iniciou uma diversificação. Precisamos criar em nosso Estado uma cultura forte de comércio exterior para conquistar nosso lugar ao sol neste mundo integra-

do que vivenciamos”, destacou. O presidente da Apex-Brasil, embaixador Roberto Jaguaribe, lembrou suas origens familiares no Espírito Santo e reforçou a vocação capixaba para o comércio exterior, por conta dos arranjos produtivos locais e da logística do Estado. Jaguaribe citou o esforço que o Governo Federal vem fazendo para aquecer a economia e reverter a crise e que, para isso, o comércio exterior é uma grande oportunidade. Segundo ele, por meio do Peiex, o Espírito Santo pode ser um modelo de projetos na área de exportação. Durante o lançamento, houve a entrega de relatórios de participação no programa a quatro empresas capixabas. “Nosso desafio é ampliar a nossa participação no comércio exterior e só há uma forma: precisamos ser mais competitivos. Para isso, em uma economia globalizada, é preciso se qualificar. E essa é a proposta do Peiex, uma oportunidade única de gerar negócios, renda e empregos”, destacou o secretário de Estado de Desenvolvimento, José Eduardo Azevedo.

ORIENTAÇÃO GRATUITA

O Peiex é um programa desenvolvido pela Apex-Brasil. No Espírito Santo, ele é coordenado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento (Sedes) e pela Fun-

Fotos: divulgação

O Programa de Qualificação para a Exportação (Peiex) foi lançado oficialmente, ontem

dação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes). O programa também conta com a parceria do Sebrae, do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), da Fede-

ração das Indústrias do Estado do Espírito Santo (Findes), dos Correios e do Sindicato do Comércio de Exportação e Importação do Espírito Santo (Sindiex). As empresas cadastradas nos núcleos

regionais do programa recebem, gratuitamente, consultoria personalizada para o diagnóstico da capacidade de exportação e apoio na implantação de soluções para problemas técnico-gerenciais.

Desde que foi iniciado no Estado, em junho deste ano, cerca de 70 empresas se inscreveram no Peiex e outras 70 vagas estão disponíveis. Cerca de 140 empresas capixabas serão atendidas até 2018.


CIDADES 7

SEXTA-FEIRA |2 DE DEZEMBRO DE 2016

Alunos da Região Serrana são ouro na Olimpíada Brasileira de Matemática EDUCAÇÃO Dos nove estudantes capixabas que conseguiram medalhas de ouro, quatro são de Marechal Floriano Edézio Peterle Marechal Floriano

Alunos da rede pública da Região Serrana do Estado se destacaram na 12ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBEMEP-2016). Em cinco municípios, 41 estudantes de escolas municipais e estaduais ganharam medalha de ouro, prata ou bronze. Em Marechal Floriano foram 14 medalhas, sendo quatro de ouro. No total, foram 195 medalhistas em todo o Espírito Santo, sendo nove de ouro, 51 de prata e 132 de bronze. Em Domingos Martins, 15 alunos ganharam medalhas de prata e bronze; em Castelo e Venda Nova do Imigrante foram cinco em cada cidade. Já o município de Conceição do Castelo teve dois alunos premiados com o bronze. O único município da região que teve alunos medalhistas com ouro foi Marechal Floriano. Eles são de três escolas diferentes, duas ficam na zona rural do município e uma, na sede. Os premiados foram Henrique Brunolo Krohling e Laisa Gilles Guidi, da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Victório Bravim; Luiz Felipe Kama Alencar, da Emef Nicolau Krohling e Felipe José Carvalho, da

EEEFM Emilio Oscar Hulle. Além dos dois medalhistas de ouro, a Escola Victório Bravim, que fica no distrito de Araguaya, teve mais quatro alunos premiados, um com prata e três com bronze. A diretora, Liane Maria Bravim Catelan, salienta que a escola tem o papel de dar às pessoas a chance delas desenvolverem seu conhecimento. “Ficamos satisfeitos com esses resultados, pois mostram que os alunos estão desenvolvendo seus talentos. Isso traz satisfação para a escola, pois nosso principal objetivo é este: fazer com que os alunos desenvolvam seu potencial, seus talentos e atinjam resultados para a vida. As medalhas são importantíssimas para eles. Temos muitos alunos com potencial”, conta Liane. Segundo o secretário de Estado da Educação, Haroldo Rocha, o Governo tem visto a Educação como prioridade, motivando os estudantes a buscarem o conhecimento. “Valorizamos muito todo o esforço e apoio que as escolas desempenham para que os estudantes participem das edições da OBMEP. Esse evento é uma forma de chamar a atenção dos jovens para a impor-

Foto: Helena Calvi

Henrique (ouro), Laisa (ouro), Eduardo (bronze) e João Pedro (bronze), são alunos da EEEFM Victório Bravim, que fica no distrito de Araguaya, em Marechal Floriano

tância de se dedicarem aos estudos, possibilitando mais uma oportunidade de traçarem trajetórias acadêmicas ricas e diversificadas”, destacou. Neste ano, mais de 196 mil estudantes de 359 escolas estaduais do Espírito Santo participaram da 12ª OBMEP. O número de escolas participantes só vem aumentando. Em 2015, foram 333 escolas estaduais, já neste ano foram 359, um aumento de 7,8% na participação. Ao fim desta edição, 72 estudantes da rede estadual conquistaram uma medalha, superando a conquista em 2015, quando 62 foram medalhistas.

OBMEP 2016 A OBMEP é promovida pelos ministérios de Ciência, Tecnologia e Inovação e da Educa-

ção, e é uma realização do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA). Seu objetivo é estimular o estudo da matemática e revelar talentos na área.

Para incentivar a participação dos alunos, são distribuídos materiais didáticos, oferecidas bolsas de iniciação científica aos estudantes e reconhecimento

aos educadores, escolas e secretarias. A OBMEP também prepara, a cada ano, cerca de 30 medalhistas de ouro para competições internacionais.


8 CIDADES

SEXTA-FEIRA |2 DE DEZEMBRO DE 2016

Anchieta vai ter Mapa turístico

TURISMO Está em fase final a produção do Calendário de Eventos Religiosos de Anchieta e o Mapa Turístico do município. Redação Anchieta

Iniciativa do Santuário Nacional de São José de Anchieta, a criação do Mapa e de um calendário de eventos, vai atender toda a cidade que é um dos principais balneários do Estado. O Mapa trará informações sobre onde comer, onde dormir, o que comprar e o que fazer no município. “Para isso o Santuário disponibilizou uma arte o SEBRAE contribui com consultorias para qualificar e para ajustar esse mapa. Agora estamos buscando os empresários para que viabilizem economicamente o mapa. Aquele que tem

interesse em divulgar seu estabelecimento no mapa”, disse o consultor do Sebrae, Otto Schmiedt.

MAPA PARA GUIAR TURISTAS O diretor administrativo do Santuário, Igor Vetorazzi, informou que o Mapa Turístico deve ficar pronto ainda neste mês de dezembro. O Mapa está sendo feito com o apoio dos empresários que estão comprando cotas que darão o direito de aparecer no guia. “O objetivo do mapa é ajudar o turista que vem para o município

de Anchieta a se localizar. Seja na indicação de hotel, restaurante, qual a especialidade no restaurante, essas e outras informações estarão disponíveis no mapa, além dos atrativos turísticos e roteiros”, disse Igor. Já o calendário de eventos deve ser entregue até o final de janeiro. “O nosso calendário de eventos é um sonho de que todas as pessoas do município saibam o que acontece na cidade. Não só no cunho religioso, mas em outros eventos desenvolvidos no município. A partir desses eventos que já

Foto: Divulgação

Os projetos irão ajudar a aumentar o turismo no município

existem e estão sendo montados, as pessoas podem observar onde há lacunas e propor novos eventos, para que tenha estabilidade na visitação turística”, concluiu. Para a turismóloga da Secretaria Munici-

pal de Turismo, Balbina Fontes, o calendário vai agregar muito para que a própria comunidade tenha conhecimento dos eventos que acontecerão ao longo do ano. “O calendário ficará disponível online e

também será impresso, e ainda poderá ser adaptado para os empreendimentos. É para ficar na mesa e todos os dias, mês a mês a pessoa lembrar dos eventos que vão acontecer no município”, disse Balbina.

PROJETO

ONG que protege animais, pode ganhar sede própria Redação Castelo

A ONG Patas Carentes, que cuida de animais, em Castelo, está perto de ganhar uma sede própria para abrigar cães e gatos. A prefeitura da cidade já enviou para a Câmara um projeto que prevê a doação de uma área para a instituição. Segundo a presidente da ONG, Lara Bicalho, a “Patas Carentes” foi fundada e registrada no início de 2013. Em maio de 2014, foi reconhecida como instituição de utilidade pública, mas nunca recebeu recursos públicos.

Foto: Divulgação

Castelo não tem um Centro de Controle de Zoonoses. Cães e gatos abandonados da cidade são recolhidos e cuidados através da ONG

“Desde o início da ONG todos os animais resgatados vão para

as nossas casas ou para lares provisórios das voluntárias, pois

não temos local próprio para colocar os animais. Atualmente,

todos os lares estão lotados com cerca de 30 animais. Esse projeto de lei vai permitir que a municipalidade nos ceda um terreno para criarmos o nosso abrigo e a sede própria”, afirma Lara, ressaltando que a aprovação do projeto pelos vereadores, dará um novo fôlego na luta pelos animais. A receita atual da ONG é oriunda de doações, rifas e vendas realizadas em um bazar montado mensalmente na Praça Três Irmãos, no Centro. “Castelo não tem

uma política pública ambiental voltada para animais de rua, também não possui um centro de controle de zoonoses. Na verdade, fazemos um trabalho que ninguém faz, que basicamente é recolher animais de rua e destinar para um lar adotivo”, finaliza a presidente da ONG. O presidente da Câmara, José Dorigo (PMN), informou que o processo ainda deverá passar pelas comissões da Casa e não há data prevista para que ele entre na pauta de votação.


CIDADES 9

SEXTA-FEIRA |2 DE DEZEMBRO DE 2016

Educação sustentável

O projeto de geração de energia envolveu alunos e professores

BOA IDEIA Em Venda Nova, uma cooperativa educacional cuida da água e produz sua própria energia Edézio Peterle Venda Nova do Imigrante

Cooperação e sustentabilidade são a base do trabalho realizado com os alunos e associados da Cooperativa de Educação e Cultura de Venda Nova do Imigrante, a Coopeducar. Sempre voltada para as questões ambientais, a instituição se tornou autossuficiente em energia elétrica, produzindo eletricidade por meio de uma unidade geradora de energia fotovoltaica. Desde o início do ano, 28 painéis instalados no terceiro piso do prédio da escola fazem a captação da luz solar e a transformam em eletricidade. O projeto é pioneiro na região e já está garantindo uma

economia de cerca de R$ 1 mil mensais na conta da cooperativa. O valor cobrado pela concessionária só não é zerado devido aos valores de tributação, tarifa mínima e taxa de iluminação pública. A

ECONOMIA MONITORADA DE CASA produção da usina já chegou a 40 kWh (quilowatt-hora) em um único dia. A energia produzida é suficiente para a toda a demanda da cooperativa e um excedente ainda vai para a rede da concessionária. Essa “sobra” de energia é convertida em créditos. “Em dias chu-

vosos ou nublados que não há produção, utilizamos os créditos acumulados. O crédito deve ser usado em até cinco anos. O próprio sistema faz esse cálculo diariamente”, explica o diretor da Coopeducar, Adelso Viçosi, que está satisfeito com o projeto. Toda a produção de energia é registrada em um sistema online, tornando possível o acompanhamento dos números da produção. O programa pode ser acessado inclusive pelos pais dos alunos e pelos cooperados, no computador de casa, de forma gratuita. “Podemos monitorar a economia no dia, no mês e no ano. É pos-

sível contabilizar toda a produção. A eletricidade que produzimos hoje atende toda a escola com tranquilidade. Nas férias de janeiro, a produção será maior devido aos dias de verão. Como estaremos de férias, a energia produzida será levada para rede, aumentando de forma significativa nosso acumulado de créditos”, destaca Viçosi. Além da economia financeira, a produção de energia fotovoltaica é “limpa”, o que beneficia o meio ambiente diretamente. Em dez meses de funcionamento, a energia produzida pela cooperativa deixou a atmosfera livre de uma quantidade de gás carbônico equivalente à gerada por um carro, num percurso de 25 mil quilômetros. O investimento no projeto foi de, aproximadamente, R$ 55 mil, incluindo compra dos equipamentos e instalação. Alguns pais de alunos, cooperados, assumiram esse custo. Segundo as estimativas da diretoria, em cinco anos a economia na conta de energia vai compensar o valor investido.

“A Coopeducar foi pioneira na Região Serrana a implantar a produção de energia fotovoltaica. Enquanto escola, foi a primeira instituição de ensino no Espírito Santo a adotar essa forma de geração de eletricidade”, revela.

ÁGUA A questão ambiental sempre esteve presente nos projetos pedagógicos da escola. Com a crise hídrica, se tornou essencial. Uma das alternativas implementadas foi a captação da água da chuva por meio do telhado da quadra de esportes. A capacidade de armazenamento é de dois mil litros que são destinados à irrigação da horta da escola. Segundo o diretor, o sistema faz captação até da água do orvalho durante a madrugada. “No inverno choveu pouco, mas conseguimos captar em torno de 20 a 30 litros de água”, conta Adelso Viçosi. Outra atitude foi a utilização da água do poço artesiano da escola, que mesmo sendo inadequada para o consumo, foi dire-

cionada para às descargas dos banheiros. As torneiras dos lavatórios também foram alteradas, diminuindo a pressão da saída da água em 50%. Além disso, um grupo de alunos da Educação Infantil está com um projeto para recuperar uma nascente que abastece residências e o hospital da cidade. Os alunos estão visitando o terreno, plantando árvores e fazendo a manutenção e limpeza do local. As atividades são registradas e compartilhadas com os demais estudantes. Segundo o professor de Biologia e Química, Geraldo Siemon, os alunos tornam-se multiplicadores de atitudes sustentáveis. “Há uma mudança real de cada envolvido. Pensamos que o grande segredo da preservação ambiental está na atitude isolada de cada um, mas também na soma, tornando um todo muito maior. Podemos observar com muito mais frequência crianças e jovens tendo reações ecológicas do que um adulto que não teve essa oportunidade em sua formação”, avalia Siemon.


10 ENTRETENIMENTO

MALHAÇÃO GLOBO - 17H47 Jabá tenta levar o pai para casa. Nanda se preocupa com a demora de Rômulo. Ricardo afirma que incluirá Joana no testamento. Rômulo vence mais uma luta. Jabá se irrita quando Marlene defende Reinaldo. Rômulo volta para casa e Nanda desconfia do estado dele. Nanda conversa com Jorjão sobre Rômulo. Giovane tenta convencer Joana a acompanhá-lo à festa de Irene. Belloto orienta Jéssica. Bárbara percebe Gabriel olhando para Joana.

SEXTA-FEIRA|2 DE DEZEMBRO DE 2016

ROCK STORY / GLOBO 19H00 Júlia revela a Alex que o denunciou à polícia no aeroporto. Gordo avisa a Diana que trabalhará com Gui. Chiara fica insegura sobre sua apresentação de balé. Léo ameaça denunciar Néia. Alex fica revoltado com Júlia. Chiara avisa a Diana que não quer que Léo apareça em sua apresentação. Lázaro diz a Néia que tem uma ideia para acabar com o romance entre Léo e Diana. Gui fica encantado ao ouvir Zac, Tom e Wellington tocando. Júlia conta o plano que armou contra Alex para Lorena. Marisa se interessa por Nicolau. A pedido de Gui, Júlia tranquiliza Chiara. Diana se surpreende com o desabafo da filha depois da apresentação de balé.

FAMOSOS

Dani Sperle quer ‘causar’ no Carnaval: ‘Meu bumbum vai sacudir a Sapucaí’

SOL NASCENTE GLOBO - 18H00 Mario discute com Ralf. João Amaro coloca a arma que usou contra Massao em um dos vasos de planta na casa de Gaetano e Geppina. Milena reconhece João Amaro e Damasceno registra. Yumi volta para casa. Dora suspeita de que tenha deixado de gostar de Tiago. Júlia pergunta se Chica acredita que a explosão da traineira foi criminosa. Ralf agradece Vittorio pelo apoio a Lenita. Carolina leva para Mario uma lista com opções de nomes de bebê. Patrick incentiva Ralf a falar com Vittorio sobre Milena. Moreira convida a Arraial Pescados para participar de uma feira de produtos gourmet. Loretta tenta avisar Milena que está voltando para o Brasil.

Ainda faltam pouco mais de dois meses para começar oficialmente o Carnaval 2017, mas, para Dani Sperle , a hora é agora. A musa da escola de samba União da Ilha já está investindo pesado na malhação para turbinar, ainda mais, seu bumbum-sensação, 100% natural, como ela faz questão de frisar.

A LEI DO AMOR GLOBO - 21H00

Yara enfrenta Tião e ameaça chamar a polícia. Pedro questiona Fausto sobre as atitudes de Magnólia. Mileide avisa a Luciane sobre um quarto vago na pensão de Zuza. Fininho exige que Gustavo resgate a arma que deixou no posto. Suely pede a Misael que alugue a garagem de sua casa para Gustavo. Ciro ameaça Magnólia. Yara conta a Pedro sobre o estrago que Tião fez na galeria. Hércules culpa Magnólia por ter perdido Luciane. Magnólia aceita a proposta de Mileide para ajudar Hércules a vencer as eleições. Arlindo e Venturini demitem Pascoal. Salete conta a Flávia que Jéssica está com Tião.

MaisTelevisão

TODO PODEROSO

SOCIEDADE DOS POETAS MORTOS

SESSÃO DA TARDE- 15:12

CORUJÃO- 03:13

Depois de questionar Deus, um jornalista com bom emprego e uma bela namorada recebe poderes divinos e a missão de comandar o planeta por um dia.

Alunos de um colégio conservador reinauguram a Sociedade dos Poetas Mortos, confraria secreta da qual um professor participou, e desafiam a disciplina escolar.

Título Original: Bruce Almighty Elenco: Jim Carrey, Jennifer Aniston, Morgan Freeman, Philip Baker Hall Direção: Tom Shadyac Nacionalidade: Americana Gênero: Comédia

Título Original: Dead Poet’s Society Elenco: Josh Charles, Gale Hansen, Ethan Hawke, Dylan Kussman, Robert Sean Leonard, Robin Williams Direção: Peter Weir Nacionalidade: Americana Gênero: Drama


ENTRETENIMENTO 11

SEXTA-FEIRA|2 DE DEZEMBRO DE 2016

Passatempo

Sudoku

Caça Palavras

Solução: Para jogar:

Preencha com números de 1 a 9 os quadrados pequenos, as linhas verticais e horizontais. Não repita.

Horóscopo Diário ÁRIES

20/03 20/04

Você está numa fase de expansão e o impulso de renovação continua forte. Há pessoas para ajudar, e você pode receber orientações espirituais. Então não fique apenas sonhando: trabalhe sério pelas suas realizações.

CÂNCER

21/06 21/07

É um ótimo dia para cortar um hábito nocivo à sua saúde ou, quem sabe, começar ioga. Corpo e rotina agradecem a iniciativa libertadora. Em casa e no trabalho, também pode-se tomar medidas saneadoras.

LIBRA

23/09 22/10

O astral continua positivo para você testar novas possibilidades criativas. Parece que você tem apoio em casa e seus amores acreditam em você. Viagens e estudos podem fazer parte do panorama. Siga aprendendo.

CAPRICÓRNIO 22/12 21/01 A Lua em Capricórnio lhe envolve numa forte sensibilidade. Como seu nome é trabalho, talvez prefira se movimentar nesse sentido, já que o astral é próspero. Mas cuide do que for mais importante para você.

TOURO

21/04 20/05

Foco na meta mais imediata. É verdade que você está empreendendo um mergulho interior e ainda falta definição a longo prazo, mas o astral é favorável para produzir um projeto e capitalizar realizações futuras.

LEÃO

22/07 22/08

Agora que já imaginou e pensou o suficiente sobre seus potenciais ou um projeto em particular, que tal botar a mão na massa? O astral estimula a produtividade, e as pessoas estão esperando pela sua orientação.

ESCORPIÃO

23/10 21/11

Ainda tratando das finanças, o que era dúvida vai sendo esclarecido, e você pode negociar e mexer nos números com mais propriedade. Mas seja prudente. O astral é bom também para limpar a casa e as emoções.

AQUÁRIO

21/01 18/02

Fragilidade orgânica pode pedir que diminua o ritmo. Se estiver viajando, garanta aquela pausa para descanso --boas horas de sono resolvem. O importante é manter as ideias e a vontade direcionada às metas.

GÊMEOS

21/05 20/06

Com força de vontade você pode ir longe. O conhecimento e a imaginação fértil produzem maravilhas. Se até aqui já deu para você avaliar seus desejos, pode dar um passo seguro. Dissolva incertezas com movimento.

VIRGEM

23/08 22/09

Um dia mais favorável para trabalhar e fazer negócio. Você já pode estar mais atenta. Também vale investir em alguma atividade que promova bem-estar. Pensando em fazer um “detox” ou começar uma atividade física?

SARGITÁRIO

22/11 21/12

Hoje você está mais pragmática e pode canalizar inspirações mais produtivamente. Comunique-se, elabore conteúdo, faça seu networking, reúna as pessoas. Pode inclusive ganhar algum dinheiro nessa movimentação.

PEIXES

19/02 19/03

Hoje há um diálogo mais produtivo com as pessoas do seu trabalho, podendo converter as inspirações em ação. Não faça apostas de risco, mas naquilo que já estiver bem informado. Finanças favorecidas.


12 CLASSIFICADOS

COMUNICADO

“João Crisostomo Meireles”, torna público que requereu do IEMA, através do processo nº76284255, LP e LI para atividade de Loteamento Predominantemente Residencial no Bairro Quincas Machado, Mun. De Guaçuí - ES

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

Edital de Convocação de Assembleia Geral Extraordinária Sindical A Presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Bom Jesus do Norte e Apiacá do Estado do Espírito Santo –SINDSERV-ABC, CNPJ 07.808.703/0001-90, no uso de suas atribuições legais : Faz saber aos que pelo presente EDITAL, vir ou dele tomarem conhecimento, que o SINDSERV-ABC convoca todos os servidores públicos municipais de Bom Jesus do Norte e Apiacá, , sindicalizados ou não, para comparecerem na assembleia geral extraordinária a ser realizada na sede do SINDSERV-ABC, situado na rua Cândido Peralva, 213, centro, Bom Jesus do Norte, no dia 15 de dezembro de 2016, às 17h, em primeira convocação ou 17:30h em segunda convocação com a participação de qualquer número dos presentes associados, onde será decidido: qual sindicato as categorias presentes querem que os representem: SINDSERV-ABC (SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE BOM JESUS DO NORTE E APIACÀ ) ou SINDMOMMES (SINDICATO DOS MOTORISTAS E OPERADORES DE MÁQUINAS MUNICIPAIS DO ESPÍRITO SANTO) ou qualquer outro sindicato das categorias profissionais presentes. Também será decidido a filiação ou não do SINDSERV-ABC a FESPUMEES. Bom Jesus do Norte, 02 de dezembro de 2016. Drª Mirella Ferreira Crespo Presidente do SINDSERV

SEXTA-FEIRA |2 DE DEZEMBRO DE 2016


SEGURANÇA 13

SEXTA-FEIRA|2 DE DEZEMBRO DE 2016

Homem é assassinado no bairro Coronel Borges CACHOEIRO Segundo testemunhas, O crime aconteceu por volta das 10h30

Foto: Divulgação

Denaildo trabalhava no bairro, como lavador de carros. Ele tentou escapar, mas foi perseguido e baleado Ana Glaucia Chuína Cachoeiro

Denaildo Rodrigues Madeira Júnior, 30 anos, conhecido pelo apelido de “Juninho Madeira”, foi assassinado na manhã de ontem, no bairro Coronel Borges. Ele foi atingido por três disparos de arma de fogo

na rua Jair de Freitas, próximo à praça Jece Valadão. Segundo testemunhas, O crime aconteceu por volta das 10h30. Dois homem chegaram em uma moto de cor escura e atiraram pelo menos cinco disparos contra a

vítima. Juninho Madeira chegou a correr, mas caiu no chão ao ser atingido na cabeça. A vítima foi socorrida por populares para a Santa Casa de Cachoeiro, mas, segundo familiares, ele já chegou morto ao hos-

pital. Segundo moradores da região, Denaildo trabalhava no bairro como lavador de carros. Ainda não há informações sobre detidos. O crime será investigado pela polícia civil.

VIOLÊNCIA

Lavrador é baleado com o filho no colo em itapemirim Redação Itapemirim

Um lavrador, de 42 anos, foi baleado na tarde de ontem, dentro de um bar na localidade de Brejo Grande do Norte, em Itapemirim. De acordo com informações policiais, a vítima estava no comércio do irmão conversando, quando dois homens chegaram ao estabelecimento e anunciaram o assalto, eles roubaram o dinheiro do caixa do estabelecimento e tentaram levar a

moto do lavrador que estava com o filho no colo. Ele teria reagido, e acabou baleado nas costas. Com a confusão, os bandidos fugiram levando apenas o dinheiro do caixa. A vítima foi socorrida para o hospital de Presidente Kennedy. A unidade não informou o estado de saúde do lavrador. Buscas foram realizadas pela Polícia Militar, mas ninguém foi detido.

Foto: Pâmela Koppe


14 CULTURA

SEXTA-FEIRA |2 DE DEZEMBRO DE 2016

Festival Bora Caparaó é o primeiro a reunir música, arte, gastronomia e cinema NOVIDADE O festival, que será em Alegre, é o primeiro do gênero em toda a região do Caparaó Guilherme Gomes Alegre

Uma nova tendência vem surgindo no cenário. É a junção de vários segmentos culturais em um mesmo evento. Nos próximos dias 9 e 10 de dezembro, a cidade de Alegre será palco para essa miscelânea cultural. O primeiro Festival Multicultural Bora Caparaó vai reunir arte, música, gastronomia, sustentabilidade e cinema em um só lugar.

O EVENTO TEM ENTRADA FRANCA O Bora Caparaó é uma produção de dois jovens alegrenses que sonham com a difusão de diversas vertentes da cultura na região. Um dos organizadores, Zé Laurindo, ex-

plica que a região sofre de uma deficiência nesta área. “É muito triste você pensar que uma região com tamanha diversidade seja tão pobre nas iniciativas culturais. O Bando nasceu porque identificamos essa necessidade. Nosso objetivo é semear cultura, queremos que através destas iniciativas a região desperte para propagar este sonho”, disse Zé Laurindo. O festival, com entrada gratuita, acontecerá no Chácara Clube e terá a abertura dos portões na sexta-feira (9), a partir das 19 horas, e no sábado às 14 horas. Para incentivar novos artistas e bandas independentes do Sul do Estado, a organi-

Fotos: Divulgação

O “Bora Caparaó” terá cerveja artesanal, música, documentários, café e lanches gourmet no mesmo ambiente

zação optou pela escolha de artistas locais. Durante os dois

dias, a música fica por conta das bandas Polifonia, B-Melão,

Projeto Paralelo 80, Estado de Sítio, Gelo Nove, Soundvision e

um duelo de MC’s com membros do grupo Kaxuello.

DIVERSIDADE Uma das grandes novidades do Bora Caparaó serão os food trucks. Estará presente o Los Cabrones, de comida mexicana, o Road Truck, de hambúrguer gourmet e comidas de boteco, e o Akarui de comida japonesa e hambúrguer gourmet. As cervejas artesanais também foram convidadas para compor a praça de alimentação. Estarão lá Bière Moulin, Altezza e King Beer. A moda será representada pelos brechós “O Baile Todo”, “Baú da Hora” e “Amor de Bicho”, com toda a venda revertida para os serviços da ONG alegrense. A sétima arte será representada pelos curtas metragens “A Última Canção” de Taynara Barreto e Paulo Cezar Paraíso, “O Maestro em Si” e “Os Lados da Rua”, do diretor Diego Zon,

“Espírito São” de Léo Alves, idealizador do Festival de Cinema de Muqui (Fecin), “Sangue & Rosa” e o mini-documentário sobre os 40 anos do álbum “Tem Que Acontecer”, do compositor cachoeirense Sérgio Sampaio, produzido por Diego Scarparo. A programação conta, ainda, com exposições de A Cafeteria, com café gourmet, Tatu Do Bem, com seda e cachaça de gengibre. Haverá um setor voltado para arte e artesanato. Para o organizador ,Robertino Domingues, o evento é importante para atrair os olhos de todos para o município de Alegre e a região do Caparaó. “Vejo que Alegre é uma cidade com grande potencial de público para as atividades culturais inseridas no “Bora”. Além do povo

alegrense, o evento pretende atrair um público mais abrangente, como alunos, professores, funcionários e familiares da UFES, IFES e FAFIA e de municípios vizinhos. Tivemos a ideia de criar um evento para envolver todos os tipos de público e de família, fomentando um produto multicultural para quem tem essa ‘sede’ ”, finalizou Robertino. A organização pede que o público leve óleo de cozinha usado, para contribuir com o projeto de sabão feito a partir do material. Também haverá um ponto para recolhimento de brinquedos novos e usados para doação para crianças carentes. Para mais detalhes do Bora Caparaó acesse: https://www.facebook.com/ events/690969091059505/?active_tab=about.


CULTURA 15

SEXTA-FEIRA|2 DE DEZEMBRO DE 2016

Guilherme Gomes Região

AQUItemROCK

O final de semana chegou! Com ele, muita música, teatro e extensa programação de filmes nos cinemas do sul do Estado. Grande sucesso de público em todo o mundo, o filme “Animais Fantásticos e Onde Habitam” está em cartaz em todos os cinemas e conta a história do excêntrico magizoologista Newt Scamander (Eddie Redmayne), que chega à cidade de Nova York levando com muito zelo sua preciosa maleta, um objeto mágico onde ele carrega fantásticos animais do mundo da magia que coletou durante as suas viagens. Em meio à comunidade bruxa norte-america, que teme muito mais a exposição aos trouxas do que os ingleses, Newt precisará usar todas as suas habilidades e conhecimentos para capturar uma variedade de criaturas que acabam fugindo. No Arena Mix, em Cachoeiro de Itapemirim, o destaque fica para a galera que curte sertanejo universitário. É o Aquecimento Cachoeiro Rodeio Show, que contará com atrações de Eduardo Camilett, Alex Fender, João Fellipe & Rafael e a locução de Lucas Alves. Confira a programação completa do final de semana pelo sul do Estado!

Hoje - 2/12

Seven Club – Guarapari – 22h Aquecimento Festival de Verão 2017 - João Lucas & Marcelo - Taiana França

Cine Ritz Sul Sala 1 Anjos da Noite: Guerras de Sangue - 3D 17h20 / 19h10 / 21h (Dublado)

Todos pagam R$ 7

Panela da Barra – Marataízes – 22h - Banda Papo Cabeça

Sala 2 Trolls/16h

Doutor Estranho 20h40 (Dublado)

Pastelaria Mutantes – Cachoeiro de Itapemirim – 20h Reggae Rock - B-Melão - Capital Secreta

Cine Ritz Perim Center

Coração Sertanejo – Ibatiba – 22h - Gino & Geno - Marcos & Willian - DJ Rafael Belisário

Amanhã - 3/12 Bufalo Bill – Marechal Floriano – 22h Tudo Novo de Nova - Thiago Brava Arena Mix – Cachoeiro de Itapemirim – 22h 4ª Edição Rock de Patrão - DJ Pikeno - DJ Lutcho - DJ Patrick Barisielle - Américo NT Clube Águas Claras – Cachoeiro de Itapemirim – 12h - MC TH - O Rei Delas Panela da Barra – Marataízes – 22h - Bruno & Banda Reggae Nagô

Domingo – 4/12 Panela da Barra – Marataízes – 22h - Nanny Costa

Marcelo

Programação do Cinema do Sul do Estado

The One – Cachoeiro de Itapemirim – 22h Chopada Universitária - Jakin Soares - DJ Jonathan - DJ David Rocha

Arena Mix – Cachoeiro de Itapemirim – 22h Aquecimento Cachoeiro Rodeio Show - João Fellipe & Rafael - Pedro Otávio & Thiago - Alex Fender - Eder & Alan - Eduardo Camilett - Rayan Sart - Locutor Lucas Alves

&

João Lucas

Sala 1 Masha e o Urso 15h (Dublado) Somente sábado e domingo Todos pagam meia O Último Virgem 16h40 / 18h40 / 20h40 (Nacional)

Cine Ritz Piúma

Animais Fantásticos e Onde Habitam 18h (Dublado)

Sala 1 Animais Fantásticos e Onde Habitam - 3D 16h50 (Dublado) Jack Reacher: Sem Retorno 19h10 / 21h20 (Dublado)

Sala 2 Animais Fantásticos e Onde Habitam - 3D 18h15 (Dublado)

Trolls - 3D Somente sábado e domingo 15H15 (Dublado) Todos pagam R$ 8

Jack Reacher: Sem Retorno 15h45 / 21h (Dublado)

Anjos da Noite: Guerras de Sangue - 3D 17h15 / 19h15 (Dublado) 21h15 (Legendado)

Sala 3

Animais Fantásticos e Onde Habitam

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DO TEATRO RUBEM BRAGA Hoje e Amanhã 2 e 3/12 “O Circo” Produção: Academia Saúde e Bem Estar Espetáculo de Ballet Horário: 19h30 Classificação: Livre Ingresso: R$ 30 (Inteira) / R$ 15 (Meia)


16 CULTURA

SEXTA-FEIRA|2 DE DEZEMBRO DE 2016

Teatro aberto para a dança IMPERDÍVEL Durante todo mês de dezembro, serão 11 apresentações Redação Cachoeiro de Itapemirim

A partir de hoje até o fim do mês, o Teatro Rubem Braga, em Cachoeiro de Itapemirim, está com a agenda repleta de espetáculos de dança. São 11 apresentações ao todo, a maioria para o público infantil. Cinco companhias de dança são da cidade. Hoje e amanhã, às 19h30, a magia do universo circense será representada pelo balé da Academia Saúde & Bem-Estar, com o espetáculo “O Circo”. Já no próximo final de semana, nos dias 9, 10 e 11, às 20h30, o balé Denise Prates apresenta “Tchibum!”. O clássico “A Bela Adormecida” inspira o número homônimo preparado pelo Núcleo Cachoeirense de Dan-

Foto: Arquivo Pâmela Koppe

ça, que será apresentado nos dias 15 e 16 às 20 horas, e nos dias 17 e 18 às 18 horas. No dia 20, tem o Festival Anual de Dança organizado pela companhia Livre, a partir das 19h30. A série de apresentações de dança tem uma

breve pausa no dia 21, com a audição da Escola de Música Projeto Rei Davi, às 19h30. A última atração do ano é o espetáculo “Natal”, do Ballet Rita Pimentel. Os ingressos para todos os eventos podem ser adquiridos na bilheteria do teatro. Foto: Divulgação

Das 11 apresentações, cinco são de companhias locais


Aqui Notícias Edição 1527