Page 1

R$ 1,50 • QUINTA-FEIRA, 17 DE MAIO DE 2018

• ACESSE AQUINOTICIAS.COM • facebook.com/aquinoticiases • @aquinoticias ANO V | EDIÇÃO 1876 • CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM E REGIÃO SUL

• WANDERSON AMORIM • FRE LOUREIRO/SECOM

ITAPEMIRIM

CENTRO DE IMAGEM DO EVANGÉLICO LITORAL SUL É INAUGURADO • PÁG. 3 Repasse do Estado vai garantir exames para pacientes do SUS e, em breve, a oferta de novas cirurgias na unidade

CULTURA

RAÍZES DO BRASIL: LITERATURA INDÍGENA EM DEBATE NA BIENAL • PÁG. 7 Confira a programação do que vai rolar nesta quinta. Também tem discussão sobre mídias sociais

MARATAÍZES • PÁG. 6

IDOSO PASSA MAL ENQUANTO DIRIGIA E ATINGE UMA MOTO E TRÊS CARROS

PREFEITURA VAI OUVIR TC SOBRE LICITAÇÃO DE TÁXI EM CACHOEIRO Apesar do que diz a legislação municipal, serviço vem funcionando em forma de permissão.Há denúncias de pontos alugados e de táxis sendo passados de pai para filho. Mudança gera polêmica desde a administração anterior • PÁG. 4


2•

OPINIÃO

QUINTA-FEIRA, 17 DE MAIO DE 2018 • AQUINOTICIAS.COM

QUEM FAZ

LUCIANA FERNANDES

• DIRETORIA GERAL: Elias Carvalho Soares • DIRETOR DE JORNALISMO: Ilauro Oliveira • EDITOR GERAL: Lucia Bonino • EDITOR DE CRIAÇÃO E ARTE: Luan Ola • REPORTAGEM: Ana Gláucia Chuína,

Edézio Peterle, Guilherme Gomes, Lucia Bonino, Wanderson Amorim, Daniel Borges e Danielle Muruci • COMERCIAL: Alessandra Nascimento e Elaine Almeida • ASSISTENTE COMERCIAL: Ludmylla de Moraes • DIAGRAMAÇÃO: Celso Wallace e Marcelo Mothé • LOGÍSTICA: Robson Gardioli • COLABORADORES: Alexandre Garcia, Eder Oza, Luciana Fernandes, Wagner Medeiros Junior, Ramon Barros, Maiara Tófano, Igor Fonseca e Gustavo Mazioli

ENTRE LIVROS E HISTÓRIAS

BIENAL

FALE AQUI • PARA REDAÇÃO:

ligue: (28) 3521-7726 ou (28) 99991-7726 e-mail: jornalismo.aquinoticias@gmail.com

• PARA ANUNCIAR:

ligue: (28) 3511-2611 ou (28) 99955-9762 e-mail: atendimento.aquinoticias@gmail.com

PRA ONDE VAI • CIRCULAÇÃO: Alegre, Anchieta, Apiacá,

Atílio Vivácqua, Bom Jesus do Norte, Cachoeiro de Itapemirim, Castelo, Conceição do Castelo, Divino de São Lourenço, Dores do Rio Preto, Guaçuí, Ibatiba, Ibitirama, Iconha, Itapemirim, Irupi, Iúna, Jerônimo Monteiro, Marataízes, Mimoso do Sul, Muniz Freire, Muqui, Piúma, Presidente Kennedy, Rio Novo do Sul, São José do Calçado, Vargem Alta, Venda Nova do Imigrante.

GFC COMUNICAÇÕES EIRELI-ME

• MATRIZ: CNPJ: 10.916.216/0001-55,

Rua Irmãos Fernandes, 59, Bairro Bela Vista, CEP 29.560-000 - Guaçuí-ES • Telefone: (28) 3553 0517 GFC COMUNICAÇÕESEIRELI-ME

• FILIAL: CNPJ: 10.916.216/0002-36,

Rua Dona Joana, 25, 2º Pavimento, Bairro Centro, CEP 29.300-120 Cachoeiro de Itapemirim-ES Telefone: (28) 3521-7726 | (28) 3511 2611

As matérias assinadas e publicadas neste jornal, não traduzem a opinião do próprio jornal. A veracidade das informações publicitárias veiculadas é de responsabilidade de quem as patrocina (anunciante). A legislação não impõe ao órgão que veicula o anúncio (jornal) a obrigatoriedade de verificação e comprovação da fide lidade e correção destes anúncios. Fonte: STJ (Superior Tribunal de Justiça).

• CHARGE DO ZÉ

Quando eu sei que vão filmar um livro e transformar em filme me dá uma tristeza... É que a adaptação para o cinema nunca é tão interessante como o livro. Para ler é preciso usar a imaginação e quanto mais criatividade você tiver melhor a coisa fica. O leitor, independente de sua idade e de como é o livro, é transportado à história, ao cenário dela e os personagens surgem na sua imaginação. Em minha casa os livros eram um objeto comum e eu via meus pais (principalmente meu pai) lendo. Minha vó Anita lia até os classificados de qualquer jornal que lhe caía nas mãos. Eu fui habituada a ler, o dia em que comecei não parei mais... Das placas de rua, aos gibis, as revistas e finalmente aos livros, do tipo com e sem figuras. Tenho um orgulho gostoso de dizer que minha filha de onze anos também cultiva uma paixão pelos livros. Eu formei uma leitora e fico muito feliz! Eu afirmo que o hábito de gostar de ler pode ser ensinado sim (porque gostar de ler é completamente diferente de ler por necessidade). Ele é um processo, primeiro a gente começa dando livros a um bebê, desses que podem ser molhados e até mordidos e babados. Sem nenhuma palavra e com um monte de imagens, depois na medida em que ele vai crescendo mudam-se os li-

vros para os com figuras e textos, os com pouca figura e até chegar aos com muito texto e sem nenhuma figura. A dose vai sendo aumentada à medida que amadurecemos no gosto pela leitura. O importante a lembrar, ou melhor, o fundamental na formação de um leitor é que para gostar de ler essa criança veja também veja os adultos lendo. Não adianta dizer ao filho que ele precisa ler se em casa os pais nunca leem e só veem TV ou vivem grudados no celular. Fazer um pouco de tudo é importante, mas ler livros é imprescindível. É como dizem por aí “o exemplo arrasta”, então vamos dar bons exemplos aos nossos futuros leitores. Aproveite que estamos em dias de Bienal Rubem Braga - até este domingo dia 20 de maio - e vá a Praça de Fátima, na Beira Rio, em Cachoeiro. Compre pelo menos um livro, pode ser um destes super comentados pela mídia, é perfeitamente possível você se apaixonar por ele e pela leitura. Crianças são muito bem-vindas! A Bienal acontece, especialmente, para fazer delas apaixonadas leitoras. Luciana é publicitária, designer, artista plástica, artesã, imortal da Academia Cachoeirense de Letras – ACL, mãe da Laura, mulher do Leonardo e uma voraz leitora, metida à escritora.

A importância da obra de Rubem Braga para a formação de novos leitores deu o tom da conferência de abertura da 7ª Bienal Rubem Braga, realizada na noite de terça. O prefeito Victor Coelho abriu o evento lendo uma carta endereçada ao próprio Braga.

ALEGRE NA ANAMMA O secretário municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Alegre, Rodrigo Vargas, é o novo presidente da Associação Nacional dos Órgãos Municipais de Meio Ambiente – ANAMMA, no Espírito Santo. É a primeira vez que um representante do Caparaó assume o posto. Fundada em 1988, em Curitiba, a ANAMMA é uma entidade civil, sem fins lucrativos ou vínculos partidários, representativa do poder municipal na área ambiental e atua na implementação de políticas ambientais que venham a preservar os recursos naturais e melhorar a qualidade de vida dos cidadãos.

BOA AÇÃO Quem nunca esqueceu de levar as tampinhas do galão de 20 litros na hora de buscar água em alguma nascente ou mina? Em Guaçuí, uma boa alma deu solução ao problema. Na ‘Mina dos Meirelles’, próximo à Santa Casa, uma senhora colocou uma sacola com tampas disponíveis para os esquecidos conseguirem transportar seus galões com tranquilidade.


AQUINOTICIAS.COM • 17 DE MAIO DE 2018, QUINTA-FEIRA

POLÍTICA • 3

Centro de Imagem do Hospital Evangélico Litoral Sul é inaugurado • INVESTIMENTO NA SAÚDE. ESTADO GARANTIU REPASSE PARA ATENDIMENTO A PACIENTES DO SUS E TAMBÉM PARA CIRURGIAS GINECOLÓGICAS, UROLÓGICAS E ORTOPÉDICAS NA UNIDADE • FRED LOUREIRO/SECOM

REDAÇÃO DE ITAPEMIRIM

• CONTRATO COM O ESTADO vai garantir 95% dos atendimentos para pacientes do SUS

Foi inaugurado ontem, em Itapemirim, o Centro de Imagem do Hospital Evangélico Litoral Sul, que recebeu o nome do empresário Camilo Cola. Aproximadamente 95% dos atendimentos na unidade serão para pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). A oferta de exames será feita por meio de contrato entre a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) e o Hospital Evangélico de Itapemirim. Serão oferecidos exames por imagem

PREFEITURA DE ANCHIETA RECUPERA PARTE DA ORLA CENTRAL LEVADA PELA MARÉ •

REDAÇÃO DE ANCHIETA

A Prefeitura de Anchieta começou, ontem, uma intervenção para recuperação do muro e do calçadão de parte da orla da Praia Central, na Vila Samarco. Desde o último domingo, a força da maré vem destruindo o local. Ontem, homens e máquinas da própria Secretaria de Infraestrutura atuaram na recuperação de cerca de 100 metros do muro. De acordo com o engenheiro Sérgio de Castro, será feito no local um reforço estrutural na base do muro com tamponamento das fendas deixadas pela erosão provocada pelo avanço do mar. Segundo o titular da pasta, Flávio Sant’Anna,

• DIVULGAÇÃO/PMA

as obras devem terminar amanhã. “Depois de realizarmos esse reforço estrutural no muro, iremos fazer o recapeamento do calçadão, mas antes precisamos certificar que a maré irá recuar, a fim de não prejudicar o serviço”, explicou Sant’Anna.

• CASTELHANOS

A Prefeitura de Anchieta também está empenhada na construção do muro de contenção na Ponta dos Castelhanos. Como o custo da obra é elevado, o município buscou a parceria do Governo do Estado. “Já foi feito o projeto que está em análise para depois ser feita a licitação da obra. Concluída a análise e a licitação, os recursos serão creditados na conta da prefeitura para o

• SERÁ FEITO REFORÇO estrutural na base do muro com tamponamento das fendas deixadas pelo avanço do mar

início das obras”, explicou Flávio Sant’Anna. De acordo com a prefeitura, tudo indica que o convênio seja assinado na pró-

xima semana, para que a administração possa receber os recursos necessários e iniciar e, em seguida, licitar e realizar da obra.

raio-X, densitometria óssea, mamografia, tomografia, ultrassonografia e ressonância magnética. O governador Paulo Hartung destacou a importância de expandir a saúde para todo o Estado. “Esse Centro de Imagem é uma entrega de melhorias e avanços na área da saúde para cada cidadão de Itapemirim e cidades vizinhas”, disse Hartung.

• REPASSE

Hoje, a Sesa mantém contrato com a unidade e são repassados R$ 3,6 milhões por ano para consultas, exames e internação. “Em breve, vamos ampliar o quantitativo de cirurgias vasculares e oferecer cirurgias nas especialidades de ginecologia, urologia e ortopedia, no Hospital Evangélico de Itapemirim. Serão

ofertados 1.080 procedimentos cirúrgicos nessas quatro especialidades, com custo de aproximadamente R$ 1,5 milhão”, disse o secretário de Estado da Saúde, Ricardo de Oliveira. A oferta de cirurgias nessas especialidades vai beneficiar toda a população da região Sul. Hoje, os pacientes dessas três especialidades realizam consultas com um médico no Centro Regional de Especialidades (CRE) de Cachoeiro de Itapemirim, no Hospital Estadual São José do Calçado ou em um dos prestadores de serviço com os quais a Secretaria de Estado da Saúde mantém contrato. Mas, como a demanda é maior do que a oferta de serviços na região, quando precisam de cirurgia esses pacientes têm que ser encaminhados para a Grande Vitória.


4•

CIDADES

QUINTA-FEIRA, 17 DE MAIO DE 2018 • AQUINOTICIAS.COM

Prefeitura vai consultar TCE sobre licitação de táxi em Cachoeiro • NEGÓCIO DE FAMÍLIA. APESAR DO QUE DIZ A LEGISLAÇÃO MUNICIPAL, HÁ DENÚNCIAS DE CASOS DE PONTOS ALUGADOS E DO SERVIÇO SENDO PASSADO DE PAI PARA FILHO • WANDERSON AMORIM

WANDERSON AMORIM DE CACHOEIRO

A Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim vai consultar o Tribunal de Contas do Espírito Santo (TCE) sobre a lei que rege o serviço de táxi no país. O secretário de Desenvolvimento Urbano, Jonei Santos Petri, funcionários da secretaria e do gabinete do prefeito, além de taxistas, estiveram na sessão da Câmara na última terça. Em pauta estava a Lei Municipal nº 7.131, que trata do serviço de táxi na cidade e da possibilidade de licitação dessa modalidade de transporte.

Leonardo Machado da Silva, do gabinete do prefeito, explicou que o Executivo criou uma comissão multidisciplinar para estudar a Lei 7.131, que, segundo ele, não está sendo seguida dentro do determinado no texto. “Fizemos um estudo e verificamos que al-

guns ítens deverão ser alterados, mas optamos por manter a licitação. No entanto, ainda não existe serviço de táxi licitado em Cachoeiro, ferindo a lei aprovada. O que existe são permissões, que são concedidas anualmente e de maneira precaríssima”,

disse na tribuna do Legislativo. Ainda segundo Machado, a legislação sobre o assunto é conflituosa, já que existe decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) concedendo o serviço de táxi sob autorização, mas, ao mesmo tempo, o ju-

diciário estadual entende que o serviço precisa ser via licitação. O assunto é polêmico e vem gerando discussões desde a administração anterior, inclusive com manifestação de taxistas contrários a mudanças na lei. O município garante que não adotará nenhuma medidas antes de consultar o TCE. “Faremos carta consulta ao Tribunal de Contas para obter uma resposta quanto à licitação, e não faremos o processo enquanto não houver retorno. Também queremos criar uma regra de transição para os taxistas que herdaram a

permissão dos pais e para quem está com a troca do veículo atrasada, através de projeto de lei, que virá para a Câmara”, afirmou. O parágrafo 3º da Lei 7.131, diz que em nenhuma hipótese será autorizada a transferência da permissão a terceiros, mas, na cidade, há casos em que pontos de táxi são alugados e até mesmo vendidos. Sem revelar o valor, um taxista, que pediu para não ser identificado, afirma que paga aluguel mensal de um ponto, e que conhece pessoas que compraram o direito de uso do ponto, mas de forma ilegal.

EVAIR É ELEITO O DEPUTADO FEDERAL MAIS MUNICIPALISTA DO ESTADO • DIVULGAÇÃO

REDAÇÃO ESTADUAL

A Confederação Nacional dos Municípios entregou, ontem, ao deputado federal Evair de Melo (PP) o certificado de deputado mais municipalista do ES. A conquista de Evair é resultado de sua atividade parlamentar intensa em defesa dos municípios, com a

apresentação de propostas e apoio nas votações dos projetos importantes para agenda municipalista. Entre as propostas apresentadas está o projeto que desburocratiza a produção e venda de queijos e embutidos de origem animal produzidos por agroindústrias artesanais. Aprovado por unanimidade na Câmara e que está no Plenário do Senado.

Ele também atuou decisivamente na aprovação da lei que permite aos municípios a manutenção da folha de pessoal, movimentação financeira e outras atividades em cooperativas de crédito. “É uma alegria receber esse prêmio, mas também uma responsabilidade com os municípios brasileiros, principalmente do Espírito Santo, que precisam de

autonomia e independência para seguirem suas vidas. Sempre estarei a favor das cidades, pois são nelas que os cidadãos moram e têm seus primeiros atendimentos”, afirmou o parlamentar.

• RANKING

O levantamento para a escolha dos parlamentares municipalistas é feito pelo projeto “Observatório Polí-

tico”, da CNM, que identifica e classifica os deputados federais e senadores que atuam em consonância com os interesses dos municípios, levando em conta as votações de proposições de alta relevância para as cidades e as ações realizadas que impactem, de forma positiva ou negativa, no andamento ou no resultado dessas votações.


AQUINOTICIAS.COM • 17 DE MAIO DE 2018, QUINTA-FEIRA

CIDADES • 5

• PEDOFILIA. OS CASOS SÃO MAIS FREQUENTES DO QUE SE IMAGINA E MUITA GENTE AINDA SE CALA

“Faça Bonito” na luta contra o abuso sexual de crianças e adolescentes • INTERNET

REDAÇÃO ESTADUAL

No dia 18 de maio de 1973, no Espírito Santo, a menina Araceli Crespo, de apenas 8 anos, foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada. Araceli saiu de casa, no bairro de Fátima, na Serra, e seguiu para a Escola São Pedro, na Praia do Suá, em Vitória. Seis dias depois, seu corpo foi encontrado desfigurado e em avançado estado de decomposição em uma mata atrás do Hospital Infantil. Os agressores, jovens de classe média alta, nunca foram punidos. A partir de 2000, a data ficou instituída como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”. O “Caso Araceli”, como ficou conhecido, ocorreu há quase 40 anos, mas, infelizmente, situações absurdas como essa ainda se repetem. No Brasil, o Disque 100 e o aplicativo Proteja Brasil são os principais meios de denúncia dos crimes envol-

• HÁ 45 ANOS, Araceli Crespo, de apenas 8 anos, foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada vendo crianças e jovens. Apenas em 2017, mais de 22,3 mil denúncias de violência sexual na faixa etária de 0 a 18 anos foram recebidas pelo Disque 100 no país inteiro. Número, que as autoridades concordam é bem menor que o real.

• GUAÇUÍ

Está lá, no art. 70 do Estatuto da Criança e do

Adolescente: “É dever de todos prevenir a ocorrência de ameaça ou violação dos direitos da criança e do adolescente”. De acordo com a presidente do Conselho Municipal de Assistência Social e representante do Creas de Guaçuí, Ivane Alves Mendonça, este é um assunto sério e ninguém deve se calar. “As pessoas tendem a ficar mudas, cegas e

surdas diante dos casos de abuso sexual de crianças e adolescentes e não denunciam. Isso é crime de omissão”, afirmou Ivane. Já a presidente do Conselho Tutelar do município, Maria Emília Costa, revela um número preocupante. Apenas nos últimos quatro meses, foram registrados 12 casos de abuso sexual contra crianças e adolescentes, entre 7 e 13 anos de idade, no município. “Geralmente, as denúncias chegam pelos telefones e também pelo Pronto Socorro e Polícia Militar”, conta ela. As denúncias podem ser feitas de forma anônima pelos telefones 100 e 181, assim como para o plantão do Conselho Tutelar de Guaçuí (28) 99999-7208.

las ruas da cidade. A saída será da Praça João Acacinho. A partir do mesmo horário, em uma tenda montada na praça, profissionais estarão distribuirão material explicativo e dando orientações sobre o combate ao abuso sexual. O material traz, entre outras informações, o que é violência física, negligência, abuso sexual e violência sexual, além de sinais que podem indicar que uma criança ou jovem esteja sendo vítima de violência sexual.

• IBATIBA

Em Ibatiba, as ações contra a exploração e

• ABUSO E EXPLORAÇÃO SEXUAL O abuso sexual envolve contato sexual entre uma criança ou adolescente e um adulto ou pessoa significativamente mais velha e poderosa. As crianças, pelo seu estágio de desenvolvimento, não são capazes de entender o contato sexual ou resistir a ele, e podem ser psicológica ou socialmente dependentes do ofensor. O abuso acontece quando o adulto utiliza o corpo de uma criança ou adolescente para sua satisfação sexual. Já a exploração sexual é quando se paga para ter sexo com a pessoa de idade inferior a 18 anos. As duas situações são crimes de violência sexual.

• PASSEATA

Para marcar a data, o Centro de Referência de Assistência Social (Creas) e o Conselho Tutelar de Guaçuí programaram ações com o objetivo é chamar a atenção da sociedade para o problema. As atividades começam às 8h, com uma passeata pe-

o abuso sexual contra crianças e adolescentes já começaram. O tema vem sendo discutido nas escolas, envolvendo professores, diretores e pedagogos, além dos técnicos do Creas. Na quarta, foi feita uma blitz educativa na BR-262, em parceria com a Polícia Rodoviária Federal. Amanhã, das 8h às 17h, a mobilização será na Praça David Gomes, com a exposição de diversos materiais sobre o tema, inclusive, os trabalhos realizados em parceria com as escolas municipais.

MP ENTRA COM AÇÃO PARA AUMENTAR NÚMERO DE CIRURGIAS CARDÍACAS EM CACHOEIRO •

REDAÇÃO DE CACHOEIRO

O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), por meio da Promotoria de Justiça de Cachoeiro de Itapemirim, ajuizou uma Ação Civil Pública contra o Estado do Espírito Santo para apurar

suposta ilegalidade imposta pela Secretaria de Saúde do Espírito Santo (Sesa) na limitação da quantidade de cirurgias cardíacas e implantes de marcapasso. De acordo com o órgão, em 2009 foi firmado um convênio entre o Hospital Evangélico de Cachoeiro de Itapemirim (HECI) e a

Sesa. Atualmente, o acordo limita contratualmente o HECI a realizar apenas 25 cirurgias cardíacas e sete cirurgias de implante de marcapasso. Entretanto, o teto estabelecido tem reprimido a demanda de adultos e crianças na espera pelos procedimentos. A Superintendência Regional

de Saúde enviou um ofício à Subsecretaria de Estado da Assistência em Saúde (SSAS) solicitando a revisão do teto contratualizado ao reconhecer a necessidade de aumentar a oferta no Município. Apesar da prometida regionalização pela Secretaria Estadual de Saúde, até o momen-

to, não foram apresentadas propostas concretas para o aumento dos procedimentos cardíacos, mesmo sendo comprovada a existência de demanda reprimida. No entendimento do MP, a demora gera inevitável risco de morte aos pacientes. A ação requer que, em 10 dias, a Sesa se abste-

nha de criar ou manter qualquer limitação quantitativa para realização de cirurgias cardíacas e implantes de marcapasso ao HECI. Além disso, solicita que os procedimentos sejam disponibilizados a todos os pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) em que for constatada a necessidade do serviço.


6•

SEGURANÇA

QUINTA-FEIRA, 17 DE MAIO DE 2018 • AQUINOTICIAS.COM

Venda Nova ganhará duas novas delegacias • DIVULGAÇÃO

REDAÇÃO DE VENDA NOVA

O secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, Nylton Rodrigues, visita, amanhã, os municípios de Castelo, Mimoso do Sul e Venda Nova do Imigrante. Em Castelo e em Mimoso do Sul, o secretário, acompanhado do chefe da Polícia Civil, Guilherme Daré, vai vistoriar os terrenos onde serão construídas delegacias.

Já em Venda Nova do Imigrante, eles participarão da inauguração da

Delegacia Especializada de Atendimento e Proteção à Mulher (DEAM) e

IDOSO PASSA MAL AO VOLANTE E BATE EM CARROS ESTACIONADOS EM MARATAÍZES

da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) do município. A solenidade acontecerá a partir das 14h30, na sede da 11ª Delegacia de Regional da cidade. Também participam o superintendente de Polícia Regional Serrana, delegado Paulo Rogério e autoridade locais. A DHPP ficará sob a responsabilidade do delegado Luiz Carlos Claret Pascoal, e a DEAM será chefiada pela delegada Lorena Marques de Oliveira Robalo.

DUPLA É DETIDA COM DROGAS, ARMA E MUNIÇÕES •

WANDERSON AMORIM DE CACHOEIRO

Um jovem, de 23 anos, foi preso, e um adolescente, de 17 anos, apreendido pela Polícia Militar no início da noite de terça-feira, no “Beco da

eles encontraram um revólver calibre 38, 18 munições do mesmo calibre, 58 papelotes de cocaína e a quantia de R$ 220,00 em dinheiro. A dupla foi encaminhada para a 7ª Delegacia Regional para as medidas legais.

Zezé Motoca”, na “Favelinha”, no bairro Aeroporto, em Cachoeiro de Itapemirim, por tráfico de drogas. De acordo com a PM, durante patrulhamento a guarnição da Força Tática abordou os suspeitos e com

• DIVULGAÇÃO

• DIVULGAÇÃO

ANA GLAUCIA CHUINA DE MARATAÍZES

Um idoso de 69 anos passou mal enquanto dirigia e colidiu em três carros e também em uma moto que estavam estacionados na Barra de Itapemirim, em Marataízes. O acidente aconteceu na manhã de ontem e foi registrado em vídeo. De acordo com a Polícia Militar, o senhor seguia pelo centro comercial da cidade quando passou mal

e perdeu o controle do carro. Ele estava em companhia da esposa, de 67 anos. Familiares informaram aos militares que ele sofre de epilepsia e, provavelmente, pode ter tido uma crise. O casal teve ferimentos leves e foi encaminhado para o Pronto Socorro da Barra e, em seguida, transferido para o Hospital Evangélico de Itapemirim para a realização de exames.

CLASSIAQUI AVISO DO PREGÃO PRESENCIAL SRP - Nº 019/2018

O Município de Irupi/ ES, atendendo à solicitação da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos, torna público a realização do Pregão Presencial Registro de Preço visando futura contratação de empresa especializada na prestação de serviço

de manutenção de rede elétrica da Sede do Município e dos Distritos do Município de Irupi/ ES, com a consequente troca de luminárias, reatores, lâmpadas, relês, fotoelétricos, cabos, fios, conectores, bocais, tubos eletrodutos e postes, bem como se responsabilizando pela emissão

de relatório mensal indicando os materiais substituídos e onde foram realizados os serviços de manutenção da rede elétrica, conforme especificações e quantidades estimadas. Abertura: 05/06/2018 Horário: 13:00 horas Local: sede da Prefeitura, situada à Rua

Jalmas Gomes de Freitas, 151, Irupi – ES, Informações no endereço acima ou no e-mail cpl.irupi@ gmail.com e pelo site www.irupi.es.gov.br Elisângela Vieira Furtado Pregoeira – Decreto nº 012/2017

AVISO DO PREGÃO PRESENCIAL SRP - Nº 021/2018 O Município de Irupi/ ES, atendendo à solicitação da Secretaria Municipal de Saúde, torna público a realização do Pregão Presencial Registro de Preços visando à Contratação de empresa especializada no fornecimento de 01 (uma) ambulância tipo “A” zero Km, cor

Branca, ano de fabricação 2018, combustível diesel, potência mínima de 127 CV, retrovisores elétricos, tração dianteira, freios ABS, com ar condicionado na cabine do motorista, bem como ar condicionado no teto do ambiente do paciente; 01 (um) veículo sedan zero KM, com capaci-

O Município de Ibatiba - ES torna público para ciência dos interessados, que estará realizando o Processo Licitatório nº 010/2018 - Pregão Presencial nº 010/2018. Objeto: Contratação de empresa especializada para

prestação de serviços de locação de software, oferecendo os seguintes sistemas: gestão de recursos humanos, compras, licitação/pregão, patrimônio, almoxarifado, tributação, contabilidade, tesouraria, entre outros para atender às

com deficiência. Para concorrer, os candidatos devem ter ensino médio completo e enviar currículo para:oportunidade@flechabranca.com.br”

tura, situada à Rua Jalmas Gomes de Freitas, 151, Irupi – ES, Informações no endereço acima ou no e-mail cpl.irupi@ gmail.com e pelo site www.irupi.es.gov.br Elisângela Vieira Furtado Pregoeira – Decreto nº 012/2017

COMUNICADO

COMUNICADO “Através de seu programa de inclusão social “ABRINDO CAMINHOS”, a Viação Flecha Branca abre novamente oportunidade de emprego para pessoas

dade para transportar 05 (cinco) passageiros, com motor no mínimo de 1.4 litros e com kit completo (ar, vidro e direção hidráulica), em atendimento a solicitação da Secretaria Municipal de Saúde de Irupi/ES; Abertura: 07/06/2018 Horário: 13:00 horas Local: sede da Prefei-

necessidades desta municipalidade. Data: 04/06/2018 - Horário: 09:00 horas. O Edital poderá ser retirado diretamente no Setor de Licitações, no horário das 08h00min às 11h30min e de 12h30min às 17h00min, na Rua Sa-

lomão Fadlalah, 255, centro, Ibatiba ou solicitado através do e-mail: licitacaoibatiba2017@gmail.com Informações: Tel.: (28) 3543 – 1411 ou (28) 3543-1654, com Alúcio Guilherme Júnior – Presidente da CPL.


AQUINOTICIAS.COM • 17 DE MAIO DE 2018, QUINTA-FEIRA

Raízes do Brasil: literatura indígena em debate na Bienal

REDAÇÃO DE CACHOEIRO

“Raízes do Brasil – influência na formação da sociedade cultural brasileira”. Este é o tema de uma de um dos debates de hoje, da 7ª Bienal Rubem Braga. O título faz menção à obra clássica sobre história da cultura brasileira escrita por Sérgio Buarque de Hollanda, que, ao lado de Vinícius de Moraes e Candido Portinari, é um dos ilustres amigos de Rubem homenageados nesta edição. Na mesa, que será no Auditório Marco Antonio de Carvalho, a compositora Ana de Hollanda, ex-ministra da Cultura e filha de

Sérgio Buarque, debaterá com os escritores indígenas Daniel Munduruku (PA), pós-doutor em Literatura e autor de mais de 50 livros infantojuvenis e na área de Educação, e Cristino Wapichana, que tem quatro obras literárias no currículo. “A própria literatura é um instrumento muito novo para os indígenas, então é natural que haja desconhecimento. É comum, mesmo no universo acadêmico, as pessoas questionarem a nossa capacidade de escrever e de produzir. A expectativa é poder levar um pouco da literatura indígena para Cachoeiro e mostrar que nós existimos, nós somos capazes”, disse Daniel.

SESC - Processo da escrita criativa através do olhar Sala Negócio de Menino - 8h às 12h (faixa etária: a partir de 17 anos) Lançamento do livro “Carolina: uma biografia”, de Tom Farias (RJ) Auditório Newton Braga - 8h30

• DIVULGAÇÃO

Mesa: “conectado nas redes sociais - como se comportar” Auditório Marco Antonio de Carvalho - 9h às 14h Oficina de Marionetes “No céu de Rubem Braga” (ES) Sala Menino e o Tuim – 8h, 9h10, 10h20, 14h, 16h20, 17h30, 18h30 (faixa etária 7 a 12 anos) Teatro Tonny Babiski e “O Gato de Botas” (ES) Arena Zig Braga – 8h, 9h40 Lançamento dos livros “Anjos Existem” e “Sob a Luz da Aurora” - Sandra Muniz (ES) Auditório Newton Braga – 10h30 Turma do Frederico (ES) Arena Zig Braga – 9h, 10h40, 15h, 16h40

• O ESCRITOR indígena Daniel Munduruku é um dos participantes do debate Tanto Munduruku quanto Wapichana – sobrenomes que remetem às suas respectivas etnias – receberam prêmios importantes no Brasil e

Teatro Sara Passabom: “Experiências cênicas em contrapontos polifônicos” Sala trovões de antigamente – 8h30 às 11h30, 13h

no exterior. Ainda assim, lutam para que produções artísticas e culturais de autores de origem indígena ganhem maior reconhecimento.

Oficina de elaboração e gestão de projetos culturais - Formemus Auditório Newton Braga – 17h30 Teatro - grupo Gota, Pó e Poeira (ES): “A Roupa Nova do Imperador” Arena Zig Braga – 14h, 15h40 Fábio Coelho - “Aprendendo a arte de piar” Sala Trovões de Antigamente - 16h30 às 18h30

• REDES SOCIAIS EM DISCUSSÃO “Saudade é tentar trazer para o presente o passado que deveria ter sido futuro.” “O amor conserta a gente. A gente conserta o mundo.” Frases como essas conquistaram milhões de seguidores para os perfis do projeto “Um Cartão”, um dos fenômenos nas redes sociais no Brasil. Os posts são sempre fotos ou imagens de mensagens manuscritas em cartões pelo carioca Pedro (que não divulga o sobrenome), que participa hoje, da mesa de debate “Conectado nas redes sociais – como se comportar”, às 9h e às 14h. Ao seu lado estarão a palestrante e consultora Lígia Fascioni, a atriz, escritora e youtuber Kenia Maria e a escritora cachoeirense Simone Lacerda. Mesmo conectado nas redes sociais, Pedro é avesso à exposição de sua vida pessoal, evitando até mesmo fornecer informações mais detalhadas sobre sua trajetória. “Não

PROGRAMAÇÃO DE HOJE

Projeto “Mala Viajante: Leitura e o Mundo Fantástico” com alunos do Centro Universitário São Camilo Espaço projeto Pé-de-Livro - durante todo o dia

•SEM PRECONCEITO. O ASSUNTO FAZ MENÇÃO À OBRA DE SÉRGIO BUARQUE DE HOLLANDA, AMIGO DO CRONISTA E UM DOS HOMENAGEADOS DESTA EDIÇÃO •

CULTURA • 7

Lançamento do livro “Alexis, a Borboleta Amarela”, de C. Ashaka Auditório Newton Braga – 18h

existe uma divisão do que é cartão e do que sou eu. Eu sou os cartões”, justifica. Sobre a Bienal, a expectativa desse artista misterioso é a melhor possível. “Eu aprendo muito com as pessoas, eu gosto de ouvir as pessoas, de entender as histórias e isso me muda e é isso que eu espero da Bienal. Quando eu ouço alguma coisa de alguém eu sou menos Pedro pra ser mais da pessoa e isso é o que me permite me adaptar, me conhecer, saber onde eu preciso mudar e o que preciso fazer pra me encaixar melhor. Entender que o mundo é muito mais do que você o que você acha que ele é, é o que te faz parte de um grande todo”, destacou ele. “Sempre fui um cara que se permite muito às emoções da vida e as palavras sempre foram as minhas grandes companheiras”

Mesa Sérgio Buarque de Holanda: “Raízes do Brasil – Influência na Formação da Sociedade Cultural Brasileira” Auditório Marco Antonio de Carvalho – 19h Lançamento do livro “Crônicas de um Artista Inseguro”, de kledison Ramos (ES) Auditório Newton Braga - 19h30 (livre) Show Duda Felipe em “Chega de saudade, aonde anda você” Palco Sérgio Sampaio - 21h


8•

CULTURA

QUINTA-FEIRA, 17 DE MAIO DE 2018 • AQUINOTICIAS.COM

Faltam duas semanas para o 2º Festival de Inverno de Guaçuí • BORA LÁ. NENHUM DE NÓS, PAULO RICARDO E ED MOTTAESTÃO ENTRE AS ATRAÇÕES DESTE • FOTOS DIVULGAÇÃO

REDAÇÃO DE GUAÇUÍ

Está chegando a hora. Faltam apenas duas semanas para o início do 2º Festival de Inverno de Guaçuí (FIG), entre os dias 30 de maio e 3 de junho, no Parque de Exposições da cidade. Os destaques são os shows de Nenhum de Nós (31/5), Paulo Ricardo (1º/6) e Ed Motta (2/6). A expectativa para os cinco dias é da participação de 20 mil pessoas. O Festival abre a temporada de inverno em todo o Espírito Santo e promete rock, chorinho, samba raiz, MPB, blues, jazz e outros ritmos para animar o ambiente no clima típico do entorno do Parque Nacional do Caparaó. Os passaportes antecipados para as três noites com shows nacionais já estão à venda no terceiro lote no site da Blueticket (www. blueticket.com.br) e em lojas na região metropolitana e no Sul do Estado. Para acomodar até 10 mil pessoas por noite, são

6.200 m² de área coberta, com palco principal, Praça Gastronômica com 19 empreendimentos e Palco 360º, além da área Kids. O espaço terá decoração diferenciada, seguindo o estilo de grandes festivais. “Que a gente promova muitos encontros e reencontros no clima gostoso do Caparaó. Esse é nosso maior objetivo”, disse Elias Carvalho, um dos organizadores do FIG, que tem as melhores expectativas para o evento.

• ACESSO DE DIA

Com a proposta de interagir o público capixaba, mineiro e fluminense com os moradores de Guaçuí, a organização do Festival abre seu espaço para a diversão durante o dia sem a cobrança de ingresso. De quinta (31/5) a domingo (3/6), das 11h às 16h, a área de eventos é aberta ao público. O mesmo vale para a quarta-feira (30/5) da abertura, a partir das 19h, para a Noite Solidária com cultura italiana. Pede-se 1 kg de

alimento não-perecível para curtir uma noite com dança, música e mini tombo da polenta, numa parceria com a Associação Festa da Polenta (Afepol), de Venda Nova do Imigrante. Neste dia, a Praça Gastronômica começará a funcionar com comida libanesa, oriental, alemã e mexicana, além de frutos do mar, hot dog gourmet, churrasco, cervejas artesanais, cafés especiais e vinhos importados. Um dos organizadores do Festival de Inverno, John

Kennedy Alves, da Kankun Eventos, aposta no sucesso do espaço. “Temos uma enorme diversidade de restaurantes representando vários países ou regiões. Com uma gastronomia bem interessante, vai atrair muitos turistas para nossa região”, diz.

• HOSPEDAGEM

Donos de hotéis, pousadas e casas para alugar contam com as últimas vagas para receber visitantes para o 2º Festival de Inverno de

Guaçuí. No site do evento (www.festivalinvernoguacui.com.br), o link de imóveis para alugar conta com diferentes opções e continua cadastrando os locatários interessados em receber turistas. Toda negociação é feita entre locatário e locadores, e a organização do Festival não interfere nas decisões. Outras informações podem ser acessadas na Fanpage do Festival de Inverno no Facebook.

• ONDE COMPRAR INGRESSOS Além do site da Blueticket, comércios parceiros no Sul do Estado, na Grande Vitória e em Minas Gerais também comercializam os ingressos. Em Guaçuí, os pontos de venda são: escritório do Jornal Folha do Caparaó, Pousada Vovô Zinho, loja C&R Calçados, Bar do Seu Juquita, Boutique Rosa Vermelha, Bella Pizza, Baronesa Boutique e Caparaó Music. Já em Alegre, a opção é a filial da C&R Calçados de Alegre; enquanto em Cachoeiro de Itapemirim é possível adquirir os ingressos na sede do Jornal Aqui Notícias e na Loja Barezy (Shopping Sul). Na Grande Vitória, as opções são: Jaklayne Jóias de Cariacica, Serra, Vila Velha e Vitória e no Acesso Vip Vitória (Shopping Vitória). Já em Espera Feliz (MG), o ponto de venda é a C&R Calçados.

Aqui noticias Edição 1876  
Aqui noticias Edição 1876  
Advertisement