Page 1

R$ 1,50

• TERÇA-FEIRA, 16 DE ABRIL DE 2019

• ACESSE AQUINOTICIAS.COM • facebook.com/aquinoticiases • @aquinoticias ANO V | EDIÇÃO 2095 • CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM E REGIÃO SUL

• DIVULGAÇÃO

JERÔNIMO MONTEIRO PREFEITURA PUBLICA DECRETO DE REGULARIZAÇÃO DO DIREITO A INSALUBRIDADE • PÁG. 5 Medida visa dar suporte ao município para que, no futuro, não ocorram atrasos ou até mesmo a falta de pagamento para os servidores

Cachoeiro: ExpoSul Rural 2019 movimentou R$ 25 milhões em negócios • PÁG. 7

• FOTOS DIVULGAÇÃO

Internauta poderá votar no favorito a uma possível disputa pela Prefeitura no site www.aquinoticias.com até domingo, às 12h. O resultado será divulgado na próxima segunda

ENQUETE ELEIÇÕES 2020

• PÁG. 3

MUNIZ FREIRE PODE TER OITO PRÉ-CANDIDATOS A PREFEITO


2•

OPINIÃO

TERÇA-FEIRA, 16 DE ABRIL DE 2019 • AQUINOTICIAS.COM

DR. IGOR FONSECA

QUEM FAZ • DIRETORIA GERAL: Elias Carvalho Soares • EDITOR CHEFE: Wanderson Amorim • EDITOR DE CRIAÇÃO E ARTE: Luan Ola • REPORTAGEM: Ana Gláucia Chuína,

Edézio Peterle, Gilson Arão, Guilherme Gomes e Rafaela Thompson • COMERCIAL: Bárbara Soroldoni • ASSISTENTE COMERCIAL: Ludmylla de Moraes e Giovana Carvalho • ADMINSTRATIVO: Jennyfer Carvalho • LOGÍSTICA: Brunyer da Costa • COLABORADORES: Eder Oza, Luciana Fernandes, Wagner Medeiros Junior, Maiara Tófano, Igor Fonseca e Gustavo Mazioli

FALE AQUI • PARA REDAÇÃO:

ligue: (28) 3521-7726 ou (28) 99991-7726 e-mail: jornalismo.aquinoticias@gmail.com

• PARA ANUNCIAR:

ligue: (28) 3521-7726 WhatsApp - (28) 99908-1011 e-mail: publicidade@aquinoticias.com

PRA ONDE VAI • CIRCULAÇÃO: Alegre, Anchieta, Apiacá,

Atílio Vivácqua, Bom Jesus do Norte, Cachoeiro de Itapemirim, Castelo, Conceição do Castelo, Divino de São Lourenço, Dores do Rio Preto, Guaçuí, Guarapari, Ibatiba, Ibitirama, Iconha, Itapemirim, Irupi, Iúna, Jerônimo Monteiro, Marataízes, Mimoso do Sul, Muniz Freire, Muqui, Piúma, Presidente Kennedy, Rio Novo do Sul, São José do Calçado, Vargem Alta, Venda Nova do Imigrante.

GFC COMUNICAÇÕES EIRELI-ME

• MATRIZ: CNPJ: 10.916.216/0001-55 Rua Irmãos Fernandes, Nº 59 Bairro Bela Vista - CEP: 29.560-000 Guaçuí-ES • Telefone: (28) 3553 0517 GFC COMUNICAÇÕES EIRELI-ME

• FILIAL: CNPJ: 10.916.216/0002-36

Rua Dona Joana, Nº 25, 2º Pavimento Bairro Centro - CEP: 29.300-120 Cachoeiro de Itapemirim-ES • Telefones: (28) 3521-7726 | (28) 3511 2611

As matérias assinadas e publicadas neste jornal, não traduzem a opinião do próprio jornal. A veracidade das informações publicitárias veiculadas é de responsabilidade de quem as patrocina (anunciante). A legislação não impõe ao órgão que veicula o anúncio (jornal) a obrigatoriedade de verificação e comprovação da fide lidade e correção destes anúncios. Fonte: STJ (Superior Tribunal de Justiça).

• Sabe quando o cidadão vai a uma churrascaria sedento pra comer um rodízio? De igual forma, para acompanhar, a esposa e os filhos vão querer rodízio também! Certamente, só quem fez jus ao valor pago por aquela modalidade de alimentação, foi o pai, que comera demasiadamente e a essa altura do campeonato, deve está palitando os dentes e preocupado com a conta que virá indigesta! Na mesma esteira, está o individuo que possui boa relação comercial e bancária, quando busca crédito junto as Instituições Financeiras, nem sempre conseguindo taxas de juros e tarifas atrativas para viabilizar a concretização do negócio, impossibilitando-o de contrair um empréstimo ou financiamento por exemplo. A motivação para Bancos, varejistas, fintechs e financeiras negarem concessão de crédito com linhas aprazíveis ao bom pagador é o risco de calote dos maus pagadores. A vala é comum amigo! Estudos do Banco Central indicam que 25% da taxa de juros corresponde ao risco de inadimplência. As taxas de juros no comércio poderiam cair em até 20% para os clientes bom-pagadores, bem como, também, para os spreads bancários. Trocando em miúdos, independente se o cidadão encontra-se negativado junto aos órgãos de proteção ao crédito, ou, se tem honrado religiosamente em dia com suas contas, todos estarão nivelados por baixo, com Bancos e financeiras alegando juros altos, devido ao risco de calote generalizado. O Cadastro Positivo é um instrumento criado no ano de 2011, com escopo de listar os bons pagadores, contrapondo-se aos famosos cadastros negativos de Órgãos de Restrições ao Crédito. Ocorre que, para ser incluído neste Cadastro, o consumidor em dia com suas contas, deveria requisitar sua inclusão. Com o Projeto de Lei (PLP 54/2019) aprovado no Senado em 13 de março e sancionado sem vetos pelo Presidente Jair Bolsonaro no último dia 08, a questão será invertida. Bastando possuir um CPF válido e encontrar-se em dia com seus compromissos econômicos ante instituições que tenha contraído alguma

• CHARGE DO ZÉ

CADASTRO POSITIVO. O QUE É?

linha de crédito, que automaticamente já estará incluído na relação do Cadastro Positivo. Quem não quiser participar terá que pedir a retirada. Vale constar, que a regra passa valer 90 dias após a sanção. Até lá, a inclusão no cadastro permanece voluntária. As informações pertinentes ao Cadastro Positivo, serão fornecidas por Bancos, lojas, concessionárias de luz e telefone, dentre outras empresas com as quais os consumidores tenham relação financeira. São informações como compras realizadas, datas, prazos de pagamento, valor das parcelas e pontualidade com que foram pagas, além de dados cadastrais, como CPF, endereço e contatos. Quem fará a gestão do indigitado cadastro, serão os chamados birôs de crédito (Serasa, Boa Vista, SPC Brasil), sendo vedado por lei, a quebra de sigilo bancário do cidadão, o que vem gerando desconfiança dos críticos. As informações do consumidor compõem o que as gestoras de crédito (birôs) denominam de “score”, uma nota de zero a 1.000 que classifica o nível de pontualidade nos pagamentos de cada um. Quanto maior a nota, mais pontuais os pagamentos e maiores as chances de o consumidor conseguir empréstimos e pagar juros mais baixos. A bem da verdade, a expectativa é que com o Cadastro Positivo, a competição entre Bancos por perfis regulares, sejam constantes e passíveis de redução de juros a esta gama da sociedade, beneficiando-os, da mesma forma que negativa os inadimplentes. Sendo assim, para uma sociedade habituada com a listagem negativa de crédito, onde o “NADA CONSTA” era o máximo de idoneidade alcançada, um Cadastro Positivo com a finalidade de individualizar o perfil do consumidor, com condições creditícias mais favoráveis, deve ser no mínimo considerado por alguns e aclamado pelos que fruirão de seus benefícios! DR. IGOR FONSECA - Advogado Coordenador da Comissão de Direito do Consumidor da OAB Cachoeiro de Itapemirim. Pós-Graduado em Direito e Processo do Trabalho.

REFORMA GERAL DA ESCOLA DE SANTA MARIA “Antes ela era feia, agora temos que cuidar, ela me ensina a respeitar, viva minha escola sempre vou amar...”. Esse foi um trecho da poesia declamada por alunos da Escola Municipal Santa Maria, na zona rural de Ibatiba, para recepcionar as autoridades para a inauguração da reforma geral da unidade que aconteceu na última sexta-feira.

ZÉ TASSO Ainda sobre a ExpoSul Rural... Quem também visitou a redação multimídia do AQUINOTICIAS.COM foi o ex-deputado estadual Zé Tasso que também foi prefeito de Cachoeiro. Ele elogiou a estrutura da feira e fez uma análise da atual conjuntura política do Brasil. A entrevista está disponível em nosso portal!

O AGRO EM MOVIMENTO O prefeito Victor Coelho e Wesley Mendes mostraram como juntos, Prefeitura e Sindicato Rural, são capazes de fomentar o agronegócio Sul Capixaba se tornando referência para o Espírito Santo. A cada ano a ExpoSul tem crescido em todos os aspectos. Nesta edição o volume de negócios chega a R$ 25 milhões. Nada mal para tempos de crise!

NOVO DIRETOR-PRESIDENTE DO BANDES O governador Renato Casagrande deu posse ontem ao novo diretor-presidente do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), Maurício Cezar Duque, que integrará a Diretoria Executiva da instituição. A cerimônia foi realizada na sede do Bandes, no Centro de Vitória, e contou com a presença de diversas autoridades e empresários.


AQUINOTICIAS.COM • 16 DE ABRIL DE 2019, TERÇA-FEIRA

POLÍTICA • 3

Muniz Freire pode ter oito pré-candidatos a prefeito nas eleições de 2020 •

WANDERSON AMORIM DE MUNIZ FREIRE

Nesta semana, iniciamos mais uma enquete com nomes dos possíveis pré-candidatos a prefeito de Muniz Freire. O AQUINOTICIAS.COM já fez o levantamento nas cidades de Guaçuí e Castelo. Aparecem como possíveis candidatos Ezanilton Delson de Oliveira, o “Dr. Delson” (PSB); o ex-prefeito Paulo Fernando Mignone, o “Paulinho Mignone” (PSB); Zenilton Lopes (PSDB); Roberto Paulúcio (PP); Gesi Antônio, o “Dito” (PDT); Rodrigo Pope (PSDB); Tanea Favoreto (PPS) e o atual prefeito Dr. Carlinhos Bazzarella (PROS).

A enquete, iniciada nesta segunda-feira (15), faz a seguinte pergunta: Se as eleições fossem hoje, em qual desses possíveis pré-candidatos você votaria para prefeito de Muniz Freire? Ela estará disponível para votação até domingo (21), às 12h, no portal www.aquinoticias. com. O resultado será publicado na próxima segunda-feira, dia 22, na edição impressa e no portal. A enquete é uma simples coleta de opiniões de eleitores sem nenhum controle de amostra e sem a utilização de método científico para sua realização. Esse tipo de consulta depende apenas da participação espontânea do interessado.

• POSSÍVEIS PRÉ-CANDIDATOS

Ezanilton Delson de Oliveira (Dr. Delson - PSB)

Paulo Fernando Mignone (Paulinho Mignone - PSB);

Zenilton Lopes (PSDB);

Roberto Paulúcio (PP);

Gesi Antônio (DITO - PDT);

Rodrigo Pope (PSDB);

Tanea Favoreto (PPS)

Dr. Carlinhos Bazzarella (PROS)

“ESCOLA DO LEGISLATIVO AMPLIFICA A CÂMARA”, AFIRMA O PROFESSOR DAVID LÓSS • DIVULGAÇÃO

REDAÇÃO DE CACHOEIRO

O presidente da Câmara de Cachoeiro, Alexon Cipriano (PROS), recebeu ontem o professor David Lóss, que comandou a Casa no biênio 2009/2010

e dará nome à Escola do Legislativo, que será inaugurada nos próximos dias. Lóss é o idealizador da escola, criada oficialmente por resolução aprovada em 2009 pelos vereadores. Na presidência desde janeiro, Alexon tinha como

uma das metas prioritárias promover o funcionamento da escola, que, a seu convite, será dirigida pelo vereador Professor Diogo Lube (PDT). Ao ser oficialmente comunicado sobre a homenagem, o ex-presidente

afirmou sentir-se honrado por ter mais uma vez seu nome ligado à Educação. “Sempre acreditei que a Escola do Legislativo pode amplificar o papel da Câmara, oferecendo cursos, debates e formação sobre cidadania”, disse Lóss.


4•

POLÍTICA

TERÇA-FEIRA, 16 DE ABRIL DE 2019 • AQUINOTICIAS.COM

Candidato do partido de Bolsonaro, Raphael Fonseca, quer organizar a Administração Municipal de Irupi •

EDÉZIO PETERLE DE IRUPI

Estreante na política, Raphael Fonseca (PSL) é um dos candidatos a prefeito de Irupi. Empresário e com mais de 20 anos de experiência em administração no ramo de materiais de construção, o candidato decidiu participar das eleições para organizar o município. Fonseca acredita que sua experiência no setor privado será um ponto positivo no projeto de organização e reestruturação da Prefeitura de Irupi. Qual o maior desafio do município de Irupi? Organizá-lo! Nosso município, infelizmente, passa por um momento muito complicado. Uma situação muito difícil na sua administração. Quais são suas metas caso eleito? Praticamente, vamos ter apenas um ano de mandato. A nossa primeira meta é organizar a casa. Dar prioridades para nossos agricultores, atenção à nossa zona rural, e cuidar melhor de nossa saúde e educação. Também teremos projetos para envolver e motivar nossa juventude.

Qual foi o principal erro dos gestores que administraram a Prefeitura? Na verdade, no caso do último prefeito, o maior erro foi sua equipe de trabalho. Com um mandato mais curto, cerca de um ano, é possível fazer um bom governo? Minha prioridade para esse curto prazo, caso eu chegue a ser eleito, é organizar a casa. Queremos deixar a Prefeitura de Irupi em situação organizada para que os próximos gestores tenham condições de trabalhar.

Qual vai ser o papel da Câmara Municipal na sua administração? Eu espero que eles me deem apoio nessa mudança política que terá em Irupi. Caso eu seja eleito, minha intenção é esquecer essa “política velha”, em que um grupo de amigos governava a cidade segundo seus interesses pró-

prios, e começar um política nova. O que falta para nosso município é acabar com essa bagunça política que existe e adotar uma nova forma de fazer política no Governo Municipal. Qual a principal bandeira que define o candidato Raphael? Minha bandeira é foco na administração e acima de tudo com a participação popular. Tudo o que for feito a população será consultada e vai decidir junto a administração. Nossa in-

tenção é trazer o povo para participar da gestão conosco apontando as prioridades de serviços do nosso município. Como pretende se aproximar do Governo do Estado? Eu acredito que se a gente organizar a casa, montar bons projetos, traçar metas, e ter um bom planejamento de nossas ações, vamos ter uma boa parceria com o Governo do Estado. Se eleito, o primeiro projeto é ir até ao governador Renato Casagrande e discutir maneiras de ajudar nosso município. Essa é a primeira vez que concorre em uma eleição? É a primeira vez que participo de uma eleição, nunca fui político. Eu sou

empresário do ramo de materiais de construção, numa empresa que já tem 23 anos. A gestão pública vem sendo muito mal administrada e muito mal organizada. Eu acredito que com a gestão que faço na minha empresa poderei agregar muito ao setor público. E seu vice? Meu vice, o senhor Júlio Trança, também está concorrendo em uma eleição pela primeira vez. O irupiense tem hoje a oportunidade de ver uma política nova, ver alguém que possa ter capacidade de organizar a nossa cidade, de montar planejamento para que o município funcione. Com a experiência que meu vice tem na agricultura, vamos agregar muito à nossa gestão, visto que a agricultura é uma das bases econômicas de Irupi. Por que o candidato Raphael é a melhor opção para o eleitor de Irupi? Votar no Raphael, votar no número 17 é uma mudança para Irupi. É uma política nova, planejada, e que vai trazer bons frutos para nosso município. E quero dizer para todos: Irupi tem jeito sim!


AQUINOTICIAS.COM • 16 DE ABRIL DE 2019, TERÇA-FEIRA

CIDADES • 5

Prefeitura de Jerônimo Monteiro publica decreto de regularização do direito a insalubridade • DIVULGAÇÃO

REDAÇÃO DE JERÔNIMO MONTEIRO

Não é segredo a ninguém que Jerônimo Monteiro possui uma desajustada variação salarial entre os servidores municipais. Há casos de funcionários inscritos em cargos iguais, porém, o salário base de um é o dobro ou o triplo da remuneração do outro. Dentre as causas deste fato há um vasto histórico de processos e acordos realizados no passado quando, na intensão de “beneficiar” a um servidor, os ex-governantes autorizavam reajustes e favorecimentos a todos os demais colaboradores do mesmo cargo. A falta de adequação destas irregularidades tornou-se um problema grave para a Administração Municipal com impacto direto nos salários e benefícios dos próprios servidores, principalmente para os com menos tempo de efetivação. Uma das irregularidades herdadas foi observada ao iniciar a gestão, em 2017, quando o Governo Municipal averiguou que existiam cargos com adicionais de insalubridade, ordenados por mandatos anteriores, baseados

A fim de evitar qualquer irregularidade ou dano, o Governo Municipal instruiu que todo o processo de estudo para elaboração dos laudos fosse devidamente acompanhando por servidores do município e solicitou representante indicado pelo Sindicato dos Servidores Municipais de Jerônimo Monteiro.

• DECRETO DE REGULAMENTAÇÃO

em laudos ultrapassados ou sem os estudos necessários à época, alguns até em desacordo com a legislação vigente. A ocorrência foi reafirmada quando o Município passou a sofrer denúncias junto ao Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo (TCE), o qual, ainda em 2017, determinou a adequação do quadro de servidores obedecendo as progressão da lei. Além disso, constatou-se a necessidade do município se enquadrar na legislação referente ao E-Social, uma ferramenta do Governo Federal que consolida as obrigações trabalhistas e determina a indicação dos percentuais pagos aos ser-

vidores e a base utilizada para os pagamentos. Na última terça feira, dia 10, a Prefeitura publicou o Decreto Municipal 6.052/2019, que corrige o percentual dos direitos relativos à insalubridade dos cargos e funções dos servidores municipais. O Decreto é também uma medida necessária para atender a Lei de Responsabilidade Fiscal, a medida não é a única, mas necessitava ser tomada para regularizar o quadro de servidores ante o índice de comprometimento com pessoal na folha de pagamento do município, no intuito de não negativar o município, o que impediria o recebimento

de toda espécie de recursos para saúde, educação, desenvolvimento social, dentre outras áreas importantes para a população.

• ELABORAÇÃO DE ESTUDO

Para chegar aos resultados que definem a existência ou não de insalubridade para o servidor e o grau de 40% ou 20% de acordo com a atividade realizada em cada cargo, a Administração contratou, em 2018, via processo licitatório, uma empresa especializada na elaboração do estudo de cada função desenvolvida pelos servidores municipais e fornecimento de laudos referentes à medicina do trabalho.

Todos os laudos emitidos já se encontravam prontos desde o ano passado, contudo, ciente dos impactos que isso traria aos servidores, o Governo Municipal adiou a criação do decreto de regulamentação o quanto pode, contudo, mediante as exigências dos órgãos fiscalizadores e legislação vigente, a medida teve que ser efetivada.

“Há quem diz que o prefeito está cortando direitos dos funcionários e isso não é verdade. A atitude de corrigir foi uma decisão difícil, mas necessária, que além de nos ter sido imposta, serve para dar suporte ao município para que, no futuro, não ocorram atrasos ou até mesmo a falta de pagamentos para todos os servidores. Reconhecemos os impactos e nos preocupamos, pois cada servidor tem seus compromissos, porém, o futuro de Jerônimo Monteiro está em nossas mãos e na responsabilidade dos nossos atos”, explicou o prefeito Sérgio Fonseca. A decisão de corrigir os valores de insalubridade ou verificar quem não tem direito ao recebimento tornou-se ainda mais imprescindível quando, recentemente, também após denúncia, o Ministério Público do Trabalho determinou que a Prefeitura realizasse a formalização e utilização dos laudos emitidos pela empresa contratada em 2018, os quais, por zelo da Administração, já se encontravam concluídos, obrigando o Governo Municipal a elaborar o decreto de regulamentação.

INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DE CACHOEIRO DEVE VENDER IMÓVEIS AVALIADOS EM R$ 22 MILHÕES •

REDAÇÃO DE CACHOEIRO

Dois projetos de lei relacionados ao Instituto de Previdência do Município de Cachoeiro de Itapemirim (Ipaci) serão enviados este ano para a Câmara Municipal apreciar. Um deles trata da venda de imóveis da instituição e o outro pro-

põe alterações na estrutura e funcionamento do Conselho Previdenciário. Para tratar dos dois temas, o presidente da Casa, Alexon Cipriano (PROS), recebeu ontem a presidente executiva do Ipaci, Cleuzei Miranda Smarzaro Moreira, e o diretor jurídico do Instituto, Antônio Henrique Fraga Botelho.

Um dos projetos de lei autoriza o Ipaci a alienar os bens imóveis aportados pelo município, através do Plano de Custeio, ou seja, imóveis que foram repassados pela Prefeitura ao instituto em anos anteriores para o pagamento de dívidas previdenciárias. O Ipaci possui oito imóveis avaliados em R$ 22

milhões, e, com a venda, este valor seria incorporado ao fundo previdenciário, que hoje soma R$ 230 milhões. Já o segundo projeto de lei propõe alterações na estrutura e funcionamento do Conselho Previdenciário, necessárias para que o Ipaci possa fazer a adesão ao Pro-gestão, programa

de certificação dos regimes próprios de previdência no Brasil. Assim como o primeiro, o projeto de lei está sob análise da Procuradoria Municipal, e ainda não há data prevista para sua chegada à Câmara. Segundo Alexon, os projetos de lei relacionados à aposentadoria do funcionalismo sempre

têm forte impacto sobre a vida dos servidores, seus familiares e até mesmo sobre a economia municipal, e, neste caso, não será diferente. “Com certeza os vereadores vão analisá-los com toda cautela, para que não haja prejuízos a nenhuma das partes envolvidas”, diz o presidente.


6•

CIDADES

TERÇA-FEIRA, 16 DE ABRIL DE 2019 • AQUINOTICIAS.COM

Ponte provisória do Exército deve ficar pronta até quinta em Guaçuí • DIVULGAÇÃO

REDAÇÃO DE GUAÇUÍ

A prefeita de Guaçuí, Vera Costa, esteve na manhã de domingo na área onde está sendo montada a ponte provisória pelo 1° Batalhão de Engenharia de Combate Escola do Exército, no local conhecido com Ponte do Aésion, na BR482. A ponte está interditada desde de fevereiro por apresentar riscos em sua estrutura, e a instalação da ponte metálica visa liberar o tráfego no trecho, retirando-o do desvio que levou o trânsito para dentro dos bairros da cidade. A prefeita se encontrou com o comandante do Batalhão de Engenharia do Exército, tenente coronel Veiga, que está na operação em Guaçuí, além de representantes da

• PRAZOS

• VERA COSTA e sua equipe esteve no local acompanhado o trabalho do Exército empresa que presta serviços ao Dnit e o coordenador da Defesa Civil de Guaçuí, Joilson Wagner Costa.

“Agradecemos muito pelo trabalho que está sendo realizado e o município está à disposição para dar todo o

apoio necessário, como estamos fazendo desde o momento da interdição da ponte”, destacou Vera Costa.

As equipes das secretaria municipal de Obras, Infraestrutura e Serviços Públicos (Semoisp), de Agricultura, Pecuária

REDAÇÃO DE CACHOEIRO

Acontecerá amanhã a última edição do Fórum de Debate sobre o Acesso ao Tratamento ao Câncer. O evento será realizado no auditório do Hotel Bristol, em Cachoeiro de Itapemirim, a partir das 8h. Promovido pelo Hospital Evangélico de Cachoeiro (HECI), em parceria com o Grupo de Apoio aos Portadores de Câncer de Cachoeiro (GAPCCI), o evento se propõe a dis-

cutir, orientar e trabalhar soluções para que as leis sejam aplicadas e os pacientes cheguem mais precocemente aos diagnósticos e por consequência ao tratamento, aumentando as chances de cura. “Temos nos empenhado em estar junto aos pacientes e seus familiares no sentido de trabalhar soluções para que eles tenham acesso ao diagnóstico mais rápido, mas infelizmente existe um retardo no encaminhamento desses pacientes até o serviço de

tratamento”, comenta a médica oncologista Sabina Aleixo. No mês de março, o Fórum debateu o acesso ao tratamento de Câncer em Guaçuí e Castelo, tendo sempre casa cheia nas duas edições. Fechando as edições deste ano, o Fórum em Cachoeiro, tratará o papel das leis e sua Influência no cenário do câncer no Brasil. O evento contará com a participação especial da presidente da ONG Lado a Lado, Mar-

O tenente coronel Veiga disse que o prazo para finalizar a montagem da ponte depende muito das condições climáticas. “Se não chover, podemos dizer que a montagem estará terminada até esta quinta-feira”, afirmou. Depois que a ponte provisória for montada, uma equipe com 17 militares permanecerá em Guaçuí para fazer o controle do tráfego e garantir a proteção do equipamento.

• DIVULGAÇÃO

ÚLTIMA EDIÇÃO DO FÓRUM DE DEBATE SOBRE O ACESSO AO TRATAMENTO DE CÂNCER ACONTECE AMANHÃ •

e Abastecimento (Semag) e Defesa Civil Municipal atuaram em apoio ao Dnit, desde o bloqueio do tráfego pela ponte interditada, passando pela abertura e melhoria do desvio – que permitiu a não paralisação do trânsito – até a abertura e preparação da área onde os militares estão realizando a montagem da ponte.

lene Oliveira, que falará sobre a Importância das Associações de Pacientes no Combate ao Câncer,

ou seja, como o terceiro setor tem uma função muito importante nesse cenário de ajuda aos

hospitais e pacientes em busca das reivindicações de seus direitos ao tratamento.


AQUINOTICIAS.COM • 16 DE ABRIL DE 2019, TERÇA-FEIRA

AGRONEGÓCIO • 7

ExpoSul Rural 2019 movimentou R$ 25 milhões em negócios •

REDAÇÃO DE CACHOEIRO

A ExpoSul Rural 2019, realizada entre a última quarta-feira e domingo, no Parque de Exposições de Cachoeiro, proporcionou movimentação de aproximadamente R$ 25 milhões em negócios. O valor inclui negociações fechadas durante o evento e comercializações prospectadas, superando em 80% a expectativa inicial da Prefeitura de Cachoeiro e do Sindicato

Rural do município, organizadores da feira. A ExpoSul teve cinco dias de programação diversificada, atraindo cerca de 50 mil visitantes. Entre os 350 expositores estiveram instituições, prefeituras, empresas, produtores, cooperativas criadores e agricultores familiares. “O evento foi muito bom. Tive a oportunidade de fazer bons negócios, com muitas opções e reencontrei amigos”, comentou Nacif Honorio Alcure, criador de Ibatiba especializado em gado Guzerá NF.

As mais de 100 horas de capacitações contaram com três mil participantes, em atividades que incluíram desde minicursos de culinária e artesanato até palestra sobre mastite, um problema muito comum que afeta a produção de leite. Houve ainda a Tecno ExpoSul, espaço para startups e inovações no meio rural, Feira Escolar, reunindo estudantes e professores de 18 escolas da rede municipal de Cachoeiro, e Trilha Ecológica. Também não faltaram boas opções

• DIVULGAÇÃO

de entretenimento e cultura como a Fazendinha, a 1ª Exposição de Esportes de

CONTRATAÇÃO PCD / PESSOAS COM DEFICIÊNCIA Estamos com vagas para PCD´s, traga seu currículo e faça parte de nossa equipe. Avenida Jones dos Santos Neves, n° 428B, Fundos, Parque Laranjeiras, Cachoeiro de Itapemirim - ES ou envie seu currículo por e-email para rh@viacaorealita. com (28) 2101 - 1803, (28) 2101 - 1811

Aventura, apresentações de música e dança e uma praça de alimentação com de-

lícias gastronômicas especialmente preparadas por agroindústrias da região.


8•

ESPORTES

TERÇA-FEIRA, 16 DE ABRIL DE 2019 • AQUINOTICIAS.COM

Equipe sub 15 feminina de Anchieta é bicampeã da Copa Sul de Voleibol •

REDAÇÃO DE ANCHIETA

Aconteceu no final de semana a segunda etapa da Copa Sul de Voleibol. Os jogos ocorreram em Guarapari e contou com a participação de equipes dos municípios de Alfredo Chaves, Anchieta, Guarapari, Domingos Martins e Guaçuí. Os alunos do projeto Ação & Reação da Escola Municipal “Amarilis Fernandes Garcia”, de Anchieta, mais uma vez se destacaram. A equipe da categoria sub 15 feminino se tor-

nou bicampeão, após vitórias sobre a equipe de Alfredo Chaves e Guarapari com uma virada eletrizante no set desempate. Já no sub 15 masculino mais uma vez as duas equipes (Anchieta 01 e Anchieta 02) se encontraram na final, garantindo assim a primeira e a segunda colocação no campeonato. De acordo com o professor de educação física e treinador das equipes de Anchieta, Rômulo Viganor, ainda teve o segundo lugar com o masculino sub 17 que representou bem o município perden-

do para os donos da casa. No feminino sub 17, os jogos foram de altas defesas, ataques e muito volume de jogo. “Jogaram muito bem e só ficaram atrás das atuais campeãs e vice campeãs estaduais dos jogos escolares”, explica Rômulo. A Copa Sul é organizada por dirigentes técnicos e parceiros voluntários de projetos na região Sul do Estado. Cada etapa serve como preparação para os Jogos Escolares do ES que acontecerá em junho na cidade de Anchieta. “As etapas da Copa Sul são muito bacanas, o vô-

• DIVULGAÇÃO

lei no sul do estado é altamente competitivo e ao mesmo tempo de uma interação social gigante entre os atletas. Para nós organizadores, o especial é ver a

motivação dos alunos nos momentos dentro e fora de quadra, sempre com sorriso no rosto. A família está sempre presente nos jogos e isso nos motiva a entre-

laçar mais este vínculo entre os participantes, pois o esporte faz parte da nossa cultura universal”, comenta o treinador das equipes de Anchieta.

Profile for Aqui Notícias

Aqui Noticias Edição 2095  

Aqui Noticias Edição 2095  

Advertisement