Page 1

DOSSIER DE IMPRENSA

Év ra


HISTÓRIA aqueduto da água da prata

O Restaurante Aqueduto, remodelado por Carlos Relvas e Miguel Costa Pinto em 2011, sinaliza a renovação de uma parte da história de Évora que valoriza o que de mais original existe na cultura gastronómica da cidade que é Património Mundial da UNESCO. Aberto ao público desde Abril, o restaurante encontra-se entre as muralhas da zona histórica de Évora, na Rua do Cano, um dos mais antigos arruamentos da cidade medieval. O projecto de restauração, deve o seu nome ao Aqueduto da Água da Prata, que remonta ao século XV, altura em que o monumento funcionava como fonte de abastecimento da cidade para os populares. Os proprietários do Aqueduto restauraram o edifício solar do século XVI e recuperaram as principais marcas arquitectónicas.


CIDADE DE ÉVORA mais de 20 anos como património mundial da humanidade pela unesco

O Centro Histórico de Évora (CHE) foi classificado Património Mundial da Humanidade pela UNESCO em Novembro de 1986. A atribuição deste título internacional reflecte a preocupação das entidades competentes na protecção e salvaguarda do património e das suas marcas históricas. O Centro Histórico é o coração da cidade em torno do qual orbitam as actividades culturais, sociais e comerciais.


CONCEITO no restaurante coabitam 3 mundos, com 4 realidades

O Aqueduto parte de um conceito “taylor made”, num ambiente acolhedor, feito à medida e a pensar na “arte de bem receber”. Três salas com atmosferas e ambiências totalmente distintas, convidam a saborear a gastronomia alentejana pelas mãos da chef Belila Garcia Costa Pinto. Na primeira sala, logo à entrada, está um bar vocacionado para refeições ligeiras e petiscos, que é ideal para serões descontraídos, estando aqui disponibilizados 14 lugares. Na sala central há uma dualidade de atmosfera, com um tecto de abobadilha descoberta de um lado, e outro em cânula, ambos típicos do século XVI, sendo que a iluminação contemporânea contrasta com aquele de uma forma desafiante e harmoniosa. A amplitude deste espaço, com bastante luz natural,

torna esta opção a mais indicada para os almoços, com os seus 36 lugares. Na sala seguinte está a envolvente mais intimista, que nos leva a recuar no espaço, no tempo, e na disposição para o “slow food”, que é a temática sempre presente no Aqueduto. No meio de 16 enormes talhas de vinho do século XIX, mais propriamente de 1854, temos uma tradicional janela de proporções generosas, e com as suas ferragens de origem, com cerca de 500 anos. Neste espaço, que ressurgiu da antiga adega do solar, com cerca de 30 lugares é permitido fumar. Esta sala tem a particularidade de ser a mais requisitada para os jantares, podendo ser transformada em sala de reuniões, com todos os meios áudio visuais necessários, sempre que solicitado.


GASTRONOMIA passagem pelos sabores do aqueduto

O Aqueduto conta com um modo próprio de se expressar através da gastronomia alentejana tradicional, desde os deliciosos néctares até às suas suculentas iguarias, vincando a junção entre tradição e modernidade. Para a plena fruição de sabores de gastronomia portuguesa, as chefs Belila Garcia Costa Pinto e Nico Pinheiro de Almeida empregam todo o seu carinho, saber fazer e talento a explorar a riqueza dos sabores da cozinha alentejana. É ainda importante ter em conta a variada oferta de vinhos alentejanos para que melhor se saboreie e se aprecie as horas de passagem pelo Aqueduto.


ESPECIALIDADES DA CASA

Ovos mexidos com espargos

Peito de pato com frutos do bosque

Queijo Camembert gratinado com coentros

Arroz de pato à cozinha antiga

Creme de Tomate com ovo escalfado

Costeletas de borrego panado

Sopa de Rabo de Boi

Tornedó

Açorda de ovas com ovos mexidos

Coelho à tia Teresa

Sopa de cação

Migas de espargos com carne do alguidar

Filetes de polvo com arroz de coentros

Pézinhos de coentrada

Lascas de bacalhau assado em cama de pimentos

Alheira de caça

Bacalhau com broa

Gelados caseiros

Pataniscas de camarão

Mousse de limão com ovos-moles

Empada de farinheira e legumes

Xácara

Borreguinho de azeite


CONTACTOS Rua do Cano, 13-A, Évora Tel/Fax: 266 706 373 GPS: 38º34’29,57’’N 7º54’41,08’’ W info@aqueduto.net | www.aqueduto.net


Restaurante Aqueduto  

Dossier de Imprensa

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you