{' '} {' '}
Limited time offer
SAVE % on your upgrade.

Page 1

R

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria Santa Maria / RS / Brasil ANO 48 nº04 Abril - 2015

Eleições na Associação Página

07 As dicas de Robson Gonçalves Página

Os professores na Copa Imembuy 2015 Página

Esporte:

05

Relatório financeiro e balanço

APUSM:

Página

09

Os livros do professor Severino Página

Literatura:

Cinema:

14

15


02

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

Abril 2015

EDITORIAL

Os benefícios de uma competição saudável

V

por Gilson Brun (com adaptações)

ivemos numa sociedade altamente competitiva, que cobra das pessoas cada dia mais preparação e conhecimento. Apesar de as entidades fazerem parte desse contexto social, devem estar atentas e refletirem sobre o papel da competição no processo de gestão e de transferência da mesma. Desde os tempos mais primitivos, o homem traz consigo a necessidade de competir. O próprio instinto de sobrevivência fez com que ele se habituasse a enfrentar desafios. Sem isso a espécie humana poderia até ter desaparecido. Nas associações a competição também é importante, até porque, do contrário, ficaríamos apáticos diante das situações e necessidades de cada associado. O problema não é a competição em si, mas a maneira como se lida com ela. A disputa doentia estimulada por nossa sociedade, em que vencer está acima de tudo, tem um efeito destruidor. Geralmente, há uma supervalorização dos vencedores em detrimento dos vencidos e, como consequências, surgem o desestímulo e a discriminação. Devemos, como Entidade composta por educadores, ir contra essa cultura que só valoriza os vencedores, cuja velha máxima é “ser vice e ser último é a mesma coisa”. Temos que trabalhar com os nossos associados a ideia de

que não existiria vencedor se não houvesse os outros participantes, que o primeiro lugar só está lá porque existem o segundo e o terceiro. Com a competição têm-se vários benefícios: há mais sociabilização entre todos, bem como aprende-se a lidar com diversas situações. Vale a pena ainda ressaltar que eleições competitivas são uma excelente oportunidade para desenvolver valores como respeito, cooperação e solidariedade. Este período eleitoral nos inspirou a buscar o texto acima que ilustrasse o momento atual e nos faz pensar nos benefícios da competição. No momento da disputa os adversários eleitorais ficam em lados opostos, mas esta é uma situação momentânea. Após o resultado, é preciso que a rivalidade dê lugar à parceria porque é a colaboração e o somar de esforços que faz com que os planejamentos sejam concretizados. Como indivíduos e, também como entidades, somos movidos pelos objetivos e para que os alcancemos precisamos de determinação a fim de que possamos alcançar as metas traçadas. Se for possível permanecer na gestão, ficaremos honrados. Daremos continuidade ao trabalho que está sendo realizado. Conscientes de que ainda há muito a realizar pela Associação e em benefício de

seus associados. Sentimos orgulho do trabalho desenvolvido até aqui e gostaríamos de dar seguimento aos projetos e continuar os planos traçados. Caso a chapa de oposição vença, estamos convencidos de que desenvolverão também um bom trabalho, pois são igualmente competentes. Neste caso, nos colocamos à disposição para colaborarmos com a equipe contribuindo com o crescimento constante desta entidade e com o engrandecimento permanente da categoria dos professores universitários, buscando sempre melhorias relacionadas a convênios e outros serviços de qualidade. Encerro agradecendo pela oportunidade de termos atuado na gestão do biênio 2013/2015, e impulsionados pela confiança depositada, termos realizado grandes mudanças e bons projetos, já de conhecimento de todos que nos acompanharam nesta etapa. Aproveito a oportunidade para convocar a todos a expressarem sua opinião através do voto, dia 29/04/2015, das 9h às 20h. Dirijam-se a uma das 05 mesas disponibilizadas e votem, pela APUSM. A todos os associados: Participem! Abraço Tania Moura da Silva. Colaborou Ana Paula de Azevedo Dal Pozzolo.

Associação dos Professores Universitários de Santa Maria Fundada em 14/11/1967 Av. Nossa Senhora das Dores, 791 CEP: 97050-531 - Santa Maria/RS Fone/Fax: (55)3223 1975 ou (55) 32214856 - www.apusm.com.br E-mail: apusm@apusm.com.br DIRETORIA EXECUTIVA Presidente: Tania Moura da Silva Vice-Presidente Jesus Renato Galo Brunet 1º Vice-Presidente: Ony Lacerda da Siva 1º Secretário: Quintino Corrêa de Oliveira 2º Secretário: Darcila Dela Canal Castelan 1º Tesoureiro: Renato Ilo Londero 2º Tesoureiro: Luiz Antônio Rossi de Freitas CONSELHO DE CURADORES Titulares Ivan Henrique Vey Waldyr Pires da Rosa Etevaldo Vargas Porto Suplentes Antônio Motta Flores Antônio Roberto Bisogno JORNAL DA APUSM Informativo mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria - Fundado em 30/03/1971. Supervisão Geral Gaspar Miotto Jornalista Responsável Ricardo Ritzel MTB: 12773 Fone: (55) 3221-4856 Ramal 25 jornal@apusm.com.br

Confira no site da APUSM o vídeo sobre tudo que aconteceu no mês de março em homenagem às mulheres

Diagramação Rodrigo de Oliveira Fortes Tiragem 4.000 exemplares O Jornal da APUSM aceita a colaboração da Comunidade Universitária

Acompanhe as notícias pela página da APUSM ou pelo facebook. Para receber nossas notícias por e-mail, mantenha o seu cadastro atualizado.

* Caso queira atualizá-lo ou mandar alguma sugestão envie um e-mail para: jornal@apusm.com.br

Distribuição gratuita e dirigido aos associados


Abril 2015

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

03 Fotos arquivo APUSM

Curiosidades APUSM

Todas as sedes da Associação

Sede da Rua Barão do Triunfo William Moura

Sede Ed. Rio da Prata

O

local da primeira sede estava localizado na Rua Floriano Peixoto em um apartamento alugado no Edifício Rio da Prata. Já em 1984, durante a presidência de Ricardo Rossato, a sede da instituição mudou-se para um espaço mais amplo na rua Tuiuti, nº 2261. Neste novo local, além das clássicas e rotineiras reuniões, os professores aproveitavam para fazer seu ‘’happy hour`` depois das aulas, pois entre às 18h e 22h, ali funcionava um “barzinho” para os associados.

Foi somente depois de seis anos de sua fundação que a APUSM alcançou um de seus objetivos mais almejados: a sua sede própria. A Diretoria da sede Rua Barão do Triunfo

concretização dos esforços dos professores associados aconteceu no dia 9 de maio de 1975, junto com a posse do presidente o Pro-

fessor Eduardo Perceverano Peres Nogueira e sua diretoria. Finalmente os professores associados conseguiram ter a sua disposição um local apropriado, sem mais precisar de empréstimos e improvisados para suas reuniões. Já em 1992, a APUSM muda-se novamente. Só que agora para outra sede, também de sua propriedade, localizada na Rua Barão do Triunfo, nº 1170, em um terreno de 500m². Este endereço manteve-se até o final do ano de 2005, quando a APUSM finalmente se fixou na Avenida Dores.


04

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

Abril 2015

Crônicas

Mudanças

A procissão da vida

É

Celina Fleig Mayer* certo que a felicidade nunca está onde nós andamos. Se vamos para o campo, além dos mosquitos nos infernizarem (como se na cidade eles não existissem!), achamos falta da aglomeração de pessoas dos grandes ou médios centros. Aliás, por que será que todo mundo gosta de andar em bandos, grupos, ajuntamentos? Talvez, porque olhando tantos rostos, fica a impressão de que não se está sozinho, e as tristezas de uns se confundem com a alegria dos outros, e tudo vira um sentimento só. Quem deixa sua cidade para sempre, parece não encontrar a satisfação completa. Ah, eu não sabia, mas lá era meu lugar, se diz. Tinha as festas, a rua cheia de conhecidos. No entanto, se por alguma “sorte” do destino, consegue-se voltar de mala e cuia, tudo vai parecer sem graça, nunca mais será como antes.E descobre-se que onde a gente estava ficaram novos e bons amigos, parece até melhores do que estes daqui, que foram incapazes de demonstrar o interesse que esperávamos pelo nosso regresso. Toda mudança “de endereço” traz desconforto, muito além da adaptação física. É algo dentro de nós que não se ajeita logo, então a tendência é culpar a nova cidade, as ruas estranhas, o trânsito perigoso e a violência espreitando através de cada rosto desconhecido. Muito bem disse um escritor que “lá é um lugar que não existe”. Então não se pode colocar a felicidade nesse espaço. Numa ocasião tive uma auxiliar de casa, que residia no “interior do interior”, um vilarejo. Morava comigo e, apesar de competente, precisei mandá-la passear seguidamente em casa, pelo constante banzo que a acometia. Voltava feliz, satisfeita por alguns dias, depois “banzava” de novo. Então quis saber qual era o problema, se excesso de trabalho, algo que eu pudesse resolver. Não, disse ela, é que quando estou em casa quero estar aqui, se estou aqui, quero estar lá. Era um sinal de imaturidade que, geralmente, abala pessoas que não têm objetivos bem definidos. Não estudava, não fazia nada mais do que as lides domésticas. Descobri que ela gostava de acordeon. Logo achei um curso para motivá-la pela cidade e minha casa. Sempre colocamos a felicidade onde não estamos, quando esse sentimento deveria ser bem resolvido de dentro para fora de nós. E para nos consolar, podemos fazer uma lista dos prós e contra de uma troca de rua, cidade, país. Depois é só somar os pontos para ver que estamos em vantagem. Pode ser financeira, social, emocional. Precisamos acreditar que a vida nos empurra para o lugar certo, porque é hora de adquirir novas experiências.Quando fugimos das oportunidades de mudar, empacamos, ficamos na mesmice de sempre, não nos dando as chances de acertos ou até erros que enriqueceriam a nossa trajetória aqui na terra. *celmayer@terra.com

H

Máximo José Trevisan* á os que carregam o andor. São poucos, em geral muito poucos -- na igreja, nas entidades, na cidade onde vivemos. Esses poucos têm uma característica especial: são dotados de uma enorme teimosia, matéria-prima da sua persistência. Os não teimosos, diante das dificuldades, desistem antes do término da caminhada. Os ombros que carregam o peso do andor testemunham o quanto custa levar o santo até o final da procissão. Há quem diga que os poucos não somam os dedos de duas mãos, mas são jovens, homens e mulheres imprescindíveis ao progresso humano, assim como o sol é necessário ao nascer da manhã. Há uma segunda categoria de participantes da caminhada. Eles formam a grande maioria, a multidão dos devotos, dos associados, dos votantes. Qualificam-se como cidadãos portadores de título de eleitor, de atestado de batismo, de filiação às suas entidades. Andam nas ruas em procissão. Acompanham o santo. Negam-se, no entanto, por ação ou omissão, a levar o andor. Dão a marca à procissão. Eles a fazem pequena ou numerosa. São identificados como caminhantes, “multidão”, “grande massa”, “povo devoto”, seguidores de líderes políticos ou fãs de celebridades. Há uma terceira classe, a dos “peregrinos ficantes”. Não andam, nas ruas, com os caminhantes da procissão. Permanecem à margem, nas calçadas ou nas janelas das casas. São peregrinos que não peregrinam. Sabem da sua igreja, da sua entidade, da vida da sua cidade pelos jornais, tevês, rádios. Não são passivos, não. Gostam de reivindicar e de criticar, ciosos sempre dos seus direitos mais do que dos seus deveres. Apresentam-se ora como observadores, ora como analistas e críticos sociais. Falam de livros lendo as orelhas, comentam procissões e fatos sociais, políticos e econômicos, olhando as fotos nos jornais ou vendo tevê. Há, por fim, um quarto grupo. São poucos. Cultivam uma grande paixão e tudo fazem para satisfazê-la. Sonham e agem para estar no lugar do santo, em cima do andor. Querem ser vistos como beneméritos, mesmo tendo poucos méritos. Alguns são ocupantes de cargos públicos, outros estão nos parlamentos, nas estatais, nos sindicatos, nas grandes empresas, nas entidades de classe. Percebem-se como notáveis e importantes, credores da sociedade, mesmo usando verbas públicas e exercendo cargos bem pagos. Afinal, diante da procissão da vida que anda, quem somos? Onde estamos? Levando o andor? Apenas caminhando? Ou, quem sabe, só na calçada, observando, criticando, comentando? Ou, ainda, cultivando um sonho de um dia estar no lugar do santo?.. * maximotrevisan@uol.com.br – ExProfessor Titular da UFSM, membro da Academia Santa-Mariense de Letras (ASL).

NOTA DE ESCLARECIMENTO


Abril 2015

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

05

Futebol APUSM, uma goleada de saúde

A

marrar as chuteiras, reencontrar os amigos, entrar em campo e fazer gols. Essa tem sido a rotina de finais de semana dos 23 atletas que compõem a equipe de futebol da APUSM – Categoria 60 anos. Se os resultados nos gramados ainda não são satisfatórios, do ponto de vista da saúde e qualidade de vida, é sinônimo de golaço. O professor e incentivador do esporte, Clauton Machado destaca que o principal objetivo da formação da equipe de futebol da APUSM é a inserção da Associação na sociedade e a melhora da qualidade de vida do associado. Meta que vem cumprindo com seu papel. “Pessoas com mais de 60 anos, hoje estão tendo a oportunidade de exercitar-se com prazer e alegria melhorando assim sua qualidade de vida”. Machado ainda salienta que o nome da Associação vem ganhando destaque nos jornais, folhetins e colunas amadoras e esportivas da cidade e região. “As rádios comentam os jogos, os resultados, e com isto a marca da APUSM está sendo citada, isso é gratificante tanto para os atletas, mas principalmente para

Lorenzo Franchi

Foto arquivo pessoal Professor Clauton Machado

A APUSM F. C. é formada por, (de pé): Anão, Cavalheiro, Água, Timbica, Jaime, Lazzari, Chamaco, Cleber, Paulo e Nilson. Agachados: Washington, Pain, Clauton, Guerino, Abel, Edson e Paulinho.

a entidade”, ressalta. Outro atrativo que motiva os associados a compor a equipe são as confraternizações pós partidas. “Nossos jogos são sempre regados a muita conversa, risada e também, é claro, por um bom galeto e cerveja gelada”, revela o professor Cleber Biazus. O Departamento de Futebol da APUSM retoma suas atividades e volta a frequentar os campos de futebol santa-marienses para

CAMPO Fighera Gauchão-16:00h Aliado Internacional Gauchão II - 16:00 h

7ª Rodada - 25/04 FIGHERA .................................x ............... GAUCHÃO ...............................x ............... MENINO JESUS ........................x ............... BIOMEDICA .............................x ............... C GAÚCHO/OLIVEIRENSE .........x ...............

ALIADO FERROVIARIA IMEMBUY APUSM BOCA MALDITA

disputar a Copa Prefeito 2015 – Categoria 60 anos. As partida acontecem em dois quadros (duas rodadas) todos os finais de semana, tendo início às 14 horas e seu término por volta das 18 horas. Interessados em fazer parte da

equipe entrar em contato com o Professor Clauton Machado pelo telefone (55) 9104 2426 ou com a secretaria da Associação através do telefone (55 ) 3221 4856 . Importante deixar nome e telefone para contato.


06

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

Abril 2015

Convênio:

UFSM se une à Agência Espacial russa O Reitor e a cooperação científica entre Rússia e Brasil Como o senhor estima a situação atual da cooperação entre a Rússia e o Brasil na área científica? Reitor Paulo Burmann: Acho que no Brasil e na Rússia há duas situações não diria semelhantes, mas com algumas particularidades comuns. A necessidade de ambos os países é estabelecerem acordos internacionais na área científica, na área da educação. E nós estamos aproveitando o espaço que estamos tendo exatamente para construir uma nova estratégia de relações do Brasil com a Rússia, que é um grande parceiro, que tem se mostrado como um bom parceiro comercial do Brasil e certamente essas relações irão ser ampliadas no âmbito da pesquisa, da inovação, da educação como um todo. Quais são as áreas da pesquisa preferidas pelos russos no Brasil? Reitor Paulo Burmann: Segundo nós entendemos, os russos estão muito interessados nas áreas de desenvolvimento tecnológico, engenharia, telecomunicações, aeroespacial. E o Brasil, por coincidência, também tem interesses comuns nessas áreas. Outras áreas em que acho que temos um grande espaço para crescer, especialmente em cooperação, são a da saúde e a das ciências agrárias. A Rússia tem uma considerável tradição nestas áreas, e o Brasil também busca seu espaço no desenvolvimento científico e tecnológico nelas. O caminho é por aí, aprofundar as relações internacionais e buscar acordos que sejam bons para ambos os países. O senhor destacaria algum projeto existente? Reitor Paulo Burmann: Particularmente, a nossa Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), que está no Sul do Brasil, assinou há pouco tempo um acordo de cooperação em Brasília, na presença da presidente da República, Dilma Rousseff, e do presidente russo, Vladimir Putin, no que diz respeito à criação de uma estação de captação de sinais de satélite para o projeto Glonass. Além da UFSM, participam do projeto outras universidades brasileiras. No âmbito de convênios maiores, as universidades brasileiras têm bastante atuação nas áreas de engenharia, de matemática. A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), a Universidade Estadual de São Paulo (UNESP) já têm acordos de cooperação firmados com universidades russas. Fonte: Voz da Rússia

F

oi assinado no início de abril, no Rio de Janeiro, um convênio entre a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e a Agência Espacial Federal Russa, que prevê a instalação, na cidade, de um conjunto de antenas que formarão uma base de rastreamento do sistema de satélites russos Glonass. Trata-se de um equipamento de navegação por satélite que vem sendo desenvolvido pela Rússia desde 1976 e hoje já conta com 24 satélites em órbita, responsáveis pelo o fornecimento de dados de posicionamento (GPS). O convênio foi assinado pelo reitor da UFSM, Paulo Burmann, com representantes da agência russa, por ocasião do primeiro dia da Feira Internacional de Segurança Pública e Corporativa (LAAD Security), que acontece no Rio de Janeiro até o próximo dia 17. Durante a assinatura do convênio, também estiveram presentes o prefeito de Santa Maria, Cezar Schirmer, e o secretário Estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência

e Tecnologia, Fábio Branco. “Trata-se de um convênio que tem a participação do Centro de Ciências Rurais (CCS). Ainda não temos as cifras bem fechadas sobre o investimento que será feito. Isso será definido ao longo do processo. Mas é um importante passo nessa cooperação entre o Brasil e a Rússia”, disse o reitor Burmann. O sistema a ser implementado em Santa Maria fornecerá dados de comunicação para 26 países. O prefeito Cezar Schirmer também salientou a importância da parceria firmada pela UFSM com a Agência Espacial Russa. “Estamos num cenário de prospecção e para acompanhar a assinatura desse convênio que se soma a outras iniciativas na área de ciência, Tecnologia e Defesa.”, disse Schirmer. O prefeito tem boas lembranças da Feira Internacional de Segurança Pública e Corporativa. Em 2011, ao chegar nas dependências do RioCentro, Schirmer encontrou o estande da KMW, anunciando Santa Maria como cidade de sua nova sede.

O convênio foi assinado pelo reitor Paulo Burmann, com representantes da agência russa, na Feira Internacional de Segurança Pública e Corporativa (LAAD Security), que acontece no Rio de Janeiro

Programa mais caro após a Guerra Fria Com o fim da União Soviética e da Guerra Fria, o projeto Glonass ficou praticamente abandonado, porém durante os últimos anos, sob o governo de Vladimir Putin, a restauração do sistema foi feita com grande prioridade, sendo o Glonass hoje o programa mais caro financiado pela Agência Espacial Federal Russa, chegando a custar cerca de um terço de seu orçamento em 2010. Nanossatélite foi lançado de base russa No dia 19 de junho de 2014, às 16h11min (horário de Brasilia), a UFSM protagonizou um fato histórico: foi lançado o primeiro nanossatélite brasileiro a entrar em órbita. Da base localizada na cidade de Yasny, na Rússia, o foguete Dnepr levou para o espaço 37 nanossatélites, entre eles o NanoSatC-BR1, desenvolvido pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) em parceria com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). O NanoSatC-BR1, ou Nanossatélite Científico Brasileiro 1, partiu com missões científicas e tecnológicas. O dispositivo, que tem o formato de um cubo de 10 centímetros de aresta e no qual estão inseridas placas de circuitos eletrônicos, testa a resistência à radiação desses componentes eletrônicos e coleta dados para pesquisas científicas, principalmente sobre distúrbios na magnetosfera (o campo magnético do planeta). O Reitor Paulo Burmann destacou também, à época, que o sucesso no lançamento do nanossatélite é um argumento a mais para que se crie um polo aeroespacial em Santa Maria. Fonte: Fabrício Minussi - Jornal A Razão


Abril 2015

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

07

Eleições para o biênio 2015-2017 na APUSM

1 2 a a p p a a h h C C


08

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

Abril 2015

A

ssim como diz o ditado popular, a praça é do livro como céu é do avião . É a edição 2015 da maior festa literária santa-mariense. A cerimônia de abertura da Feira do Livro de Santa Maria está marcada para às 10 horas da manhã de sábado, 25 de abril. Estarão presentes a Patronesse Haydée Hostin Lima, o professor homenageado José Newton Marchiori e familiares do homenageado Vinicius Pitágoras Gomes, além de autoridades e representantes das instituições que compõem a Comissão Organizadora da Feira. A edição 2015 tem mais de 120 lançamentos agendados e a presença de mais de 300 escritores, incluindo quatro antologias com diversos autores. Este ano, destaque para os que participam do Encontro de Escritores do Mercosul. Os livros à venda estarão distribuídos por 37 barracas, tendo pela primeira vez um estande dedicado à literatura gaúcha e a participação

Feira 2015 abre no sábado, 25 de abril de 31 editoras universitárias no espaço da Editora da UFSM. A edição de 2014 teve um recorde de vendas: 67.090 exemplares. Serão 16 dias de funcionamento nos seguintes horários: de domingo a segunda, das 13h às 21h; sábados das 10h às 21h. Mais informações e notícias, além de detalhes da programação atualizada em: http://feiradolivrosm.com.br/feira15/ e na fanpage: https://www.facebook. com/feiradolivrosm. Quem quiser seguir a Feira no twitter é @ feiradolivrosm. A programação diária é a seguinte:

FEIRA DO LIVRO 2015 De 25 de abril a 10 de maio Patronesse: Haydée Hostin Lima Professor homenageado: José Newton Cardoso Marchiori Homenageado: Vinicius Pitágoras Gomes Horários: das 13h às 21h, exceto aos sábados, a partir das 10h 13h – abertura da Feira 14h às 16h30min - lançamentos ou sessão de autógrafos de livros infantis 14h30min (2ª a 6ª) – teatro infantil no palco da praça; 15h30min no final de semana e dia 1° de maio (Chili Comunicação) 15h30min às 16h30min – apresentação das escolas no palco da praça (8ª CRE e SMED), durante a semana 16h30min - contação de histórias no Espaço Criança (Cia Retalhos e Saca-Rolhas Teatro e Cia) 17h às 19h - lançamento ou sessão de autógrafos dos demais livros 19h - Livro Livre no palco da praça Carro biblioteca do SESI - aberto durante o horário de funcionamento da Feira

S

erão selecionadas pela comissão 5 (cinco) obras audiovisuais de curta-metragem, que preencherem os requisitos deste regulamento, para integrarem a Mostra Competitiva, cujas equipes serão premiadas com equipamentos eletrônicos, destinados pela Secretaria da Receita Federal do Brasil, um para cada integrante da equipe, inclusive o professor. Haverá também premiação para a coordenação do curso da universidade da obra selecionada em primeiro lugar, conforme discriminação a seguir: Na categoria estudante universitário

Primeiro Lugar: um notebook ACER (4 modelo E1471-6851 e 2 modelo E1-422-3419) - um videogame Sony Playstation 4; - dois joystick Sony Dualshock para PS4; - quatro jogos originais para PS4. Segundo Lugar: um videogame Sony Playstation 4; - dois joystick Sony Dualshock para PS4; - dois jogos originais para PS4; - uma câmera fotográfica Cânon EOS Rebel T3i; - um tablet Gênesis modelo GT-8220S; - um cartão de memória micro SD 16 GB; Terceiro Lugar: um notebook (3 ACER modelo E1430-4424, 2 ACER modelo E1-531-2802, 1 HP Pavilion Refurbished 2000 – 369wm); - uma câmera fotográfica ( 1 Fuji S4400, 2 Fuji S8400, 1Nikon P520, 1Sony HX300, 1Samsumg DV150F) Quarto Lugar: um tablet Gênesis modelo GT-8220S; - um cartão de memória micro SD 16 GB; - um aparelho GPS veiculares marca Foston (2 modelo FS-3D463DT; 2 modelo FS-3D710DT; 2 modelo FS-3D717DC; Quinto Lugar: um tablet Gênesis modelo GT-8220S; - um cartão de memória micro SD 16 GB;

Instituição de Ensino selecionada em primeiro lugar: - um notebook SONY VAIO HP 2000 – modelo 2b19wm; - uma FILMADORA CANON XIXIA HF-R 40; - dois tablet Gênesis modelo GT-8220S; - dois cartões memória micro SD 16 GB Na categoria professor Art. 16. Na categoria professor serão selecionadas pela comissão três obras audiovisuais de curta-metragem, que preencherem os requisitos deste regulamento, para integrarem a Mostra Competitiva, cujas equipes serão premiadas com equipamentos eletrônicos destinados pela Secretaria da Receita Federal

do Brasil, um para cada integrante da equipe. Haverá também premiação para a instituição definida na ficha de inscrição, conforme discriminação a seguir: Primeiro Lugar: - Dois NOTEBOOK SONY VAIO modelo SVE14135CXW - Um NOTEBOOK TOSHIBA SATELLITE modelo U845W-S410; Segundo Lugar: - Duas câmeras fotográficas Nikon modelo D5200; - Uma câmera fotográfica Nikon modelo D3200. Terceiro Lugar: - Um televisor tela plana de 7 polegadas marca BAK modelo TFT-7190TV;

- Um televisor tela plana de 7 polegadas marca MIDI Japan modelo MD-7440ISDBT; - Um televisor tela plana de 7 polegadas marca Napoli modelo TFT-TV7260; Instituição de Ensino selecionada em: - primeiro lugar: Data show - segundo lugar: Data Show - terceiro lugar: Câmera fotográfica Art. 17. A comissão de seleção e julgamento poderá atribuir menções honrosas e premiações especiais às obras inscritas no Concurso de Obra Audiovisual de Curta-Metragem.


Abril 2015

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

09

ESPECIAL: Balanço 2013/2015 e relatório da diretoria

A

Balanço Patrimonial - Gestão 2013/2015 ra da comissão social Darcila de la Canal Castelan. A presidente apresentou os balancetes econômicos e patrimoniais, as estratégias administrativas de sua gestão, e explicou também as decisões e soluções tomadas durante o exercício da presidência, assim como os resultados obtidos. Os cerca de 80 associados que compareceram à Assembleia Geral saíram satisfeitos com a condução da exposição do relatório de gestão da atual diretoria da APUSM e aprovaram, por unanimidade, as contas da atual gestão. “Fizemos o nosso melhor, pensamos no melhor para o nosso

Associação dos Professores Universitários de Santa Maria realizou uma Assembleia Geral Ordinária em sua sede social no último dia 15 de abril. O objetivo da atual diretoria foi apresentar, discutir e também, responder às indagações referentes ao Relatório de demonstrações financeiras relativas ao seu mandato. Formada a mesa sob a coordenação do vice-presidente da APUSM, professor Jesus Renato Brunet, a presidente da entidade, Tania Moura da Silva, o contador Robson da Rosa, o advogado Péricles Costa e também a direto-

Associado. Espero que todos tenham saído contentes e percebido que aqui estamos formando uma

APUSM PARA TODOS!”, ressaltou a atual presidente da Associação, Tânia Moura da Silva.

BALANÇO 2014


10

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

Abril 2015


Abril 2015

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

11

Realizações da administração REALIZAÇÕES NA ÁREA ADMINISTRATIVA (2º ano de atividade) Aumento da equipe técnica da associação com a contratação de uma secretaria, uma arquivista, dois estagiários e um jovem aprendiz; Continuidade na reorganização das salas de trabalho de acordo com sugestões da Auditoria Interna, visando a melhoria das condições de trabalho dos funcionários e no atendimento aos associados; Realização de obras em atendimento à legislação vigente, bem como visando sanar grandes infiltrações que ocorriam no prédio quando chovia, aliando também praticidade e conforto aos usuários; Tendo em vista o aumento de atividade da Fundação Moã, realocamos suas instalações em uma sala maior e com maior privacidade; Foto Assessoria APUSM

ATIVIDADES SÓCIO-CULTURAIS E ESPORTIVAS Exposições; Palestras; Lançamento de livros; Coquetéis Jantares em datas comemorativas Apresentações de dança Torneios de Xadrez regionais, estaduais e nacionais Coral – Dependências da Associação e em viagens pelo RS. Natal APUSM Time de Futebol APUSM Aluguel e taxas para utilização do salão – continuidade de valores reduzidos para os associados, bem como ampliação no número de empresas de gastronomia(9) para escolha do associado. Foto Assessoria APUSM

COMUNICAÇÃO APUSM Além da mudança de linha editorial do nosso Jornal, houve a necessidade de ampliar o número de páginas oferecidas; Atualização do site, visando cada vez mais, facilitar o acesso, por meio de senha, tanto das informações pessoais quanto das informações da Associação; Atualização do cadastro dos associados, propiciando um alcance maior de todas as comunicações da APUSM. E, com a modernização do sistema de informática, estamos conseguindo pela primeira vez enviar os cartões parabenizando pelo aniversário de nossos associados; Foto Assessoria APUSM

OPORTUNIDADES AOS ASSOCIADOS Convênio APUSM / UFSM por meio do Processo 23081.003355 /2015 – 98, tendo seus primeiros projetos com o Centro de Educação Física e Desportos e com o Curso de Fisioterapia para extensão e estágios; Está tramitando outro convênio com a UNIFRA para os Cursos de Fisioterapia e Terapia Ocupacional; Já estamos oferecendo atividades físicas para associados, seus dependentes e não associados, atualmente, às segundas e quartas-feiras das 9 as 10h e às terças e quintas-feiras das 18 as 19h, com aulas de Circuito Funcional; Também, dentro da parceria APUSM/Ex-alunos do Colégio Centenário estaremos em breve recebendo um Piano para ser usado no Hall de nossa associação; Por fim, estamos em tratativas junto a Prefeitura Municipal de Santa Maria que irá ceder à APUSM um cinema. Foto reprodução

Mais APUSM para todos


12

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

Abril 2015


Abril 2015

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

13

“Xiru Lautério Contra a Morte”: a saga continua... A nova aventura do Xiru será lançada durante a Feira do Livro de Santa Maria edição de 2015

Memória e Identidade / Byrata

O Xiru Lautério vem peleando com a morte desde que nasceu, mas seu primeiro confronto nas páginas de uma HQ ocorreu em

1986, quando XIRU LAUTÉRIO CONTRA A MORTE foi publicado em tiras diárias no Jornal A Razão.

Nesta aventura o Xiru Lautério, sofre um acidente incrível, calculem só, foi atropelado por um avião em pleno ar, quando voava sustentado pelas asas de uns mil corvos! Coisa de louco não? Com a queda o Xiru perde a memória, perdendo também as pilchas, restando-lhe apenas as bombachas em farrapos. Imaginem um gaúcho tradiPensem na situação. Um gaúcho despilchado e sem memória é um indivíduo sem identidade, não lhes parece? Pois foi o que aconteceu com o Xiru: aparentemente perdeu tudo, tornou-se um ninguém. Já perceberam em que situação ficou nosso personagem? Pois é... Por conta disso até recebi mensagens de alguns leitores, reclamando da situação em que coloquei o Xiru Lautério: - “algo desumano demais, até para um personagem de quadrinhos,” disseram. E o pior! O personagem na situação atual, dessa aventura, recebeu o apelido pouco honroso de “Recavém”, que é como se chama a parte traseira da carreta de bois aqui no Rio Grande do Sul. -”É muita judiaria para um personagem, mesmo que seja um herói dos quadrinhos”, também disseram... Bueno: Aqui está a continuação desta história, na qual tenho me empenhado, em busca da solução para

cional, daqueles que estão sempre vestidos com as pilchas completas: botas, esporas, bombacha, faixa e guaiaca na cintura, faca e tirador, camisa, colete, lenço colorado, chapéu e barbicacho e pra finalizar um vasto bigode e um sorriso largo na cara... Esse é o Xiru Lautério. Pois não é que esse gaudério me perde as pilchas e também a memória! que o Xiru reverta esse quadro e consiga sair são e salvo, de “Lombo liso”, como diz o gaúcho. Afinal é assim que funcionam os roteiros de aventuras em quadrinhos. O personagem fica numa situação cabeluda, lutando com unhas e dentes contra seus inimigos e diante das maiores adversidades, para depois sair vitorioso. Essa é a fórmula para fazer uma boa história de aventura. Nestas alturas algum dos leitores talvez esteja querendo saber como vai acabar essa história para que nosso personagem recupere seu nome, sua honra e sua identidade. Pois terão de aguardar mais um pouco, porque ainda não acaba aqui esta saga, ela será finalizada no próximo episódio, quando finalmente chegará o fim do combate entre o Xiru e a Morte, que tem estado sempre à espreita, tentando de todas as maneiras “pelar a coruja” do Xiru Lautério.

Nessa aventura o Xiru se “pega à bala” contra o gadanho fatídico da caveira velha e acaba caindo nas profundezas de um precipício, salvo, providencialmente pelo corpo de sua montaria, uma “égua

veia louca de buena” que não só lhe aparou a queda, mas ainda lhe serviu de alimento durante o longo período em que esteve preso sem possibilidades de sair das entranhas da Serra Geral.

Em 2013 foi publicada nova HQ do Xiru, intitulada XIRU LAUTÉRIO: TIGRE’ NÁGUA, UMA AVENTURA NO RIO JAGUARI, com a história que deu continuidade à saga. Esse episódio foi quadrinizado em

tiras, como a HQ anterior, mas ficaram guardadas, quase até o esquecimento para finalmente, por iniciativa do autor, serem recolhidas, organizadas e publicadas pela Editora Rio das Letras.


14

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

Abril 2015

Opinião:

Literatura: “Livros que li” Professor Aguinaldo Severino

“Primavera do cão”, Patrick Modiano, tradução de Maria de Fátima Oliva do Couto, Rio de Janeiro: editora Record, 1a. edição (2015)

Primavera do Cão

E

sse certamente é o mais compacto dos romances de Patrick Modiano que li. O sempre dúplice narrador de Modiano conta os fatos que lembram de um fotógrafo chamado Francis Jansen, que teria sido amigo de Robert Capa. O narrador convive com Jansen apenas os meses de uma primavera quente de meados dos anos 1960. O que aproxima os dois, narrador e personagem, é aquilo que podemos chamar de ambição literária (ou procedimento literário) de Modiano: o trabalho documental de registrar e catalogar informações para que as pessoas e as coisas não desapareçam sem deixar vestígios. Após ter sido casualmente convidado por Jansen para participar junto com uma namorada de uma sessão fotográfica, o narrador passa a frequentar o ateliê de Jansen e decide catalogar o disperso acervo fotográfico do sujeito. Jansen percebe que o rapaz, um aprendiz de escritor, talvez alcançasse em seus escritos aquilo que ele tinha como objetivo no ofício do fotógrafo, fundir-se à paisagem e tornar-se invisível (capturar a luz natural, dizia). Jansen e o narrador operam assim uma espécie de sinestesia vivida. Após os três meses de primavera Jensen embarca para seu exílio voluntário no México e desaparece, nunca mais dá notícias. Após trinta anos o narrador decide escrever um livro onde cataloga as últimas lembranças que tem daquele sujeito: um relacionamento amoroso conturbado; o fato do marido de uma amante sua talvez ter sido um agente nazista durante a guerra; a melancólica festa de sua despedida; um último passeio por Paris que fazem juntos; uma visita ao campo, onde ele reconhece a paisagem de algumas fotografias (que se perderam todas, certamente, só existem em sua memória). Por uma associação dos diabos lembrei-me de um livro de Javier Marías, “Negra espalda del tiempo”, em que um narrador conta a história de escritores que desaparecem, voluntariamente ou não, em lugares remotos, longe de casa. No caso de Marías ficamos sabendo as circunstancias da morte do escritor Wilfrid Ewart, no México, numa noite de ano novo; no caso de Modiano em “Primavera do cão” o narrador não se dá ao trabalho de inventar o futuro para seu personagem, preocupado que está apenas em seu passado. Interessante. [início - fim: 14/04/2015] “Primavera do cão”, Patrick Modiano, tradução de Maria de Fátima Oliva do Couto, Rio de Janeiro: editora Record, 1a. edição (2015), brochura 13,5x21 cm., 110 págs., ISBN: 978-85-0110306-2 [edição original: Chien de printemps (Paris: Editions du Seuil) 1993]


Abril 2015

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

15

Crítica cinematográfica

Com o cinema em sua casa Professor Robson Pereira Gonçalves

Magic in Moonligth

Algumas pessoas me perguntam sobre o quê e o porquê publicar filmes que eu estou curtindo. Está bem, mas para só uma explicação: é um voto de cumplicidade com alunos e amigos mais chegados que gostam de saber o que me interessa. “much ado about nothing”... Eis que nesse meses que fiquei afastado por doença, começo a colocar em dia as tais dicas. Uma delas é Woody Allen em seu mais recente “Magic in the moonlight”, que trata de um mágico conhecido e aplaudido, completamente cético, e sua relação com o sobrenatural, todavia sua relação com a psychic Sophie Baker, vai transformar suas crenças em devaneios cruéis - que bela e hilariante estória. O grande Woody ainda faz essas películas redentoras. No elenco, Colin Firth (o mágico Stanley Crawford) e, maravilhosa surpresa, Emma Stone (fazendo a vidente Sophie Baker). A vida nos causa surpresas e, por isso, ainda lembro do “O acaso e necessidade” de Jacques Monod, 1953, que me parece ajeitar as coisas para a compreensão do filme de Woody Allen. Enjoy!

May Old Lady

The disappereance of Eleanor Rigby

Love is Strange

Quando se tem em cena duas grandes intérpretes Maggie Smith e Kristin Scott Thomas, ao lado de Kevin Kline, já se pode apostar num trabalho bem feito. O filme, locado num velho e suntuoso apartamento em Paris, foca a herança, o tal apartamento, que Mathias Gold (Kline) recebe de seu pai. Seu objetivo é vender o mais rápido possível o imóvel e retornar para NYC, todavia se depara com duas inquilinas: Mathilde (Maggie Smith) e sua filha Chloé (Kristin), inglesas que vivem em Paris e que não abdicam do direito de permanecer no apartamento. Sob a guarda da lei francesa do inquilinato, Mathias se vê fragilizado no seu projeto de venda e, com isso, resolve também morar no imóvel. Quando este se aproxima mais de Chloé, Mathilde desvela uma rede complexa, labiríntica, de segredos que vai unir o trio em situações impensadas. Enjoy.

Este filme “The disappereance of Eleanor Rigby” não remete em nada à inspiradora Eleanor Rigby, canção dos Beatles de 1966. Trata-se de uma love story moderna, saiu agora em 2015, que discute a relação e a estranheza de um casal de jovens Eleanor (Jessica Chastain) e Conor (James McAvoy). O filme explora as vicissitudes individuais de cada um dos personagens em busca daquilo que os inspirou no passado: o amor e os afetos encerrados e a busca de uma honestidade pessoal para a relação. Jessica Chastain (tem o nome de Eleanor Rigby porque os pais se inspiraram na canção) está exuberante e, melhor, crível e verossímil, como sói acontece com grandes intérpretes. James McAvoy, inglês, justifica a fama interpretativa e se torna cada vez mais requisitado nos USA. No elenco ainda Viola Davis, William Hurt e Isabelle Huppert. Outro dado interessante é que o filme apresenta duas versões da estória, se quiserem das cenas mais marcantes, onde se pode perceber com mais nitidez as perspectivas dessas subjetividades, são marcadas pelos subtítulos “Him” e “Her”. Enjoy.

Depois de quase 40 anos de relação Ben e George, resolvem se casar - familiares presentes, filhos, exs e amigos. Eis que a vida começa a cobrar seu preço: George perde o emprego e vai morar com o filho e se relacionar com amigos mais novos e descolados. Meanwhile, Ben se refugia na casa do sobrinho, cuja mulher (Marisa Tomei) é uma crítica severa da relação e de como o casal de gays deve resolver sua vida. Para nós leitores e espectadores, por mais áspera e dolorosa que seja a relação, mais íntima se nos é em nossos afetos. O amor se nos estranha sempre, por isso tão cruel ele pode ser ou, se quiserem, desiludir. Magníficas interpretações de John Lithgow, Alfred Molina e Marisa Tomei. Enjoy.


16

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

Abril 2015


Abril 2015

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

17

Xadrez

O

Vale vaga na final do Brasileirão 2015 A competição faz parte da programação oficial do aniversário de emancipação política do Município, tem a promoção da APUSM e Prefeitura Municipal de Santa Maria, apoio da FGX, CBX, FIDE e sua realização tem a assinatura do Santa Maria Xadrez Clube. O Departamento de Xadrez da APUSM é uma iniciativa do ex presidente da Associação, Arlindo Mayer, que, além de promover aulas para associados e familiares na sede, concretizou um convênio da Associação com o SMXC e colocou a Associação na rota dos melhores enxadristas gaúchos e brasileiros. Confira ao lado: Torneio Aberto do Brasil de Xadrez – Aniversário de Santa Maria (23 e 24 de maio de 2015) Local: Associação dos Professores Universitários de Santa Maria, Av. N. Srª das Dores, 791, Santa Maria, RS. Objetivos: 1Comemorar, no meio enxadrístico, o aniversário da cidade de Santa Maria; 2Possibilitar uma confraternização entre os enxadristas de todas as gerações; 3Movimentar os rating FIDE e CBX; 4Oferecer vagas, pela classificação, às finais do Campeonato Gaúcho e dos Campeonatos Brasileiros de Xadrez Rápido e Blitz. Promoção: 1- Prefeitura Municipal de Santa Maria e 2- Associação dos Professores Universitários de Santa Maria Realização: 1- Santa Maria Xadrez Clube; 2- Diretor: Jorge Alberto D. Boabaid. Apoio: 1- Federação Internacional de Xadrez; 2- Confederação Brasileira de Xadrez; 3- Federação Gaúcha de Xadrez. Sistema de Competição: Suíço, em 7 rodadas. Tempo de Reflexão: 15 min + 5 seg ou 20 min K.O. (relógios analógicos). Inscrições: Antecipadas: pelos e-mails jorge.boabaid@ ig.com.br e professorxadrez@gmail.com, até as 24 hs do dia 21/05/15, quinta-feira, informando nome, data de nascimento, sexo, ID FIDE e/ou CBX(se tiver) e cidade. Taxa de Inscrição: 1- GM e MI – isentos; 2- FM, MN, Associados da APUSM, Sócios do SXMC, menores de 18 e maiores de 60 anos - R$30,00 (mais centavos); 3- Demais enxadristas- R$60,00 (mais centavos). 4- Depósitos/transferências para SMXC- CNPJ 20.322.062/0001-27, CEF, Ag. 0501 e CC 3707-7. Programação: Sábado – 23/05/15 13:30 hs- recepção aos participantes; 13:45 hs- abertura e congresso técnico; 14:00 hs- 1ª rodada; 15:00 hs- 2ª rodada; 16:00 hs- 3ª rodada; 17:00 hs- 4ª rodada; 18:00 hs- 5ª rodada. Domingo – 24/05/15 10:00 hs – 6ª rodada; 11:00hs – 7ª rodada. Premiação e encerramento- logo após o término da última rodada. Premiação (não cumulativa): R$ 7050,00 + troféus e medalhas. 1º L - 1300,00 + T 2º L - 900,00 + T 3º L - 700,00 + T 4º L - 600,00 + M 5º L - 500,00 + M 6º L - 400,00 + M 7º L - 300,00 + M 8º , 9º e 10º L - 200,00 (600,00) + M 11°, 12º, 13º, 14º e 15º L – 150,00 (750,00) + M 1º Sub 18 – 150,00 + M 2º Sub 18 – 100,00 +M 1º Fem – 150,00 + M 2º Fem - 100,00 + M 1° Vet (+60) – 150,00 +M 2º Vet (+60) – 100,00 + M 1º Sem rating- 150,00 + M 2° Sem rating- 100,00 + M Arbitragem: Árbitro FIDE Marcelo Konrath (ID FIDE 2121859 e ID CBX 107), AA Rodrigo Von Borovski e equipe. Hotel Oficial: Hotel Continental Santa Maria (*Tarifas com descontos especiais para enxadristas. Basta se identificar como participante da competição na hora da reserva.) “Email de reservas – reservas@continentalsantamaria.com.br

Torneio Aberto do Brasil de Xadrez – Aniversário de Santa Maria será realizado nos próximos dias 23 e 24 de maio no Salão Olho D’ Àgua, distribui mais de R$ 7 mil em prêmios e ainda garante vagas para final do Gauchão Absoluto e as finais do Brasileirão de Xadrez Blitz e Rápido deste ano. A organização estima em cerca de 100 enxadristas vindos das mais diversas cidades do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná venham a Santa Maria em busca da classificação para estes três importantes eventos esportivos brasileiros.


18

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

Abril 2015

M

Site da APUSM facilitando sua vida página em seu site na internet com informações como as planilhas com os balancetes dos meses anteriores, estatuto do associado e as movimentações dos valores de seus convênios. A fim de facilitar o domínio de sua página de associado no site, desenvolvemos um tutorial, para que você mesmo possa efetuar seu cadastro e consequentemente seu primeiro acesso sem dúvidas. Pass o

antendo a sua promessa de transparência, a direção da APUSM disponibiliza aos seus associados uma

Confira a baixo o modelo passo-a-passo: • Acesse o site pelo www.apusm.com.br • Após entrar no site da APUSM, você irá perceber que no canto superior direito da página inicial, encontra-se ao lado das notícias em destaque, o Painel do Associado. • Digite seu CPF/ CNPJ no espaço destinado e clique em [Clique aqui] • Feito isto, o site irá lhe encaminhar a uma nova página, a página de acesso ao sistema. • Digite novamente o CPF/CNPJ no espaço destinado e após clique em efetuar o cadastro. • No andamento do seu registro a página irá solicitar-lhe seu e-mail e demais dados. • Crie uma senha, e memorize-a. Será útil para demais acessos. • Após definidas senha e e-mail, estará concluido o cadastro inicial. • Após registrado e logado, o associado terá disponível para acesso as planilhas com os balancetes dos meses anteriores, estatuto do associado e as movimentações dos valores de seus convênios.

3

Confirme o seu nome que irá aparecer automaticamente nos dois espaços em amarelo na sua tela. Basta agora informar o seu endereço de E-MAIL e definir uma SENHA, lembrando que é de uso pessoal por conter informações particulares.

Acesso ao site APUSM. Para o primeiro acesso:

Pass Pass o

o

4

1

Finalmente você está no Painel do Associado. Confirme seu nome que irá aparecer automaticamente nos dois espaços em amarelo na sua tela. Neste espaço você navega com setas para cima e para baixo de acordo com a necessidade

Em seu primeiro acesso basta informar somente os números de seu CPF e clicar onde a seta laranja esta indicando. Você será direcionado para a próxima etapa do cadastro

É possível visualizar e mesmo salvar o estatuto atualizado, seu registro em cartório e os balancetes mensais, mais abaixo é possivel ver os débitos mensais do plano de saúde, mensalidade, seguro, telefonia e convênios.

Pass

o

2

Nesta etapa, é necessário buscar o Primeiro acesso, informando seu CPF e clicando em efetuar cadastro.

• Atenção: se os dados não estiverem condizentes, favor entrar em contato pelo telefone 55 3221 4856 / 3223 1975 / 3026-3565, ou se preferir, pelo e-mail apusm@apusm.com.br .


Abril 2015

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

19

Jurídico

Liminar impede redução dos proventos de aposentadoria indevidamente. Ao ser notificado pela Universidade de que o Tribunal de Contas da União (TCU) havia realizado nova análise de sua aposentadoria e que esta seria reduzida para proventos proporcionais, o servidor encaminhou pedido de reexame ao TCU, o qual possui efeito suspensivo sobre a decisão. O efeito suspensivo está previsto na Lei Orgânica do próprio Tribunal de Contas e, neste caso, torna-se imprescindível para o não cumprimento da decisão recorrida e o consequente prejuízo do servidor. Apesar disso, a Universidade realizou a alteração da aposentadoria de integral para proporcional sem o término do processo. Considerando a ilegalidade do ato da Universidade na alteração dos proventos, determinou-se o restabelecimento da integralidade da aposentadoria do servidor. Entendeu o magistrado que a redução nominal de salários, remuneração, proventos ou pensão, ainda que a título de reposição ao erário é, em princípio, inconstitucional e ilegal, conforme mansa e pacífica jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e do Supremo Tribunal Federal (STF). O processo ainda está em andamento e é passível de recurso.

D

ecisão administrativa havia cortado proventos para atender entendimento do TCU que modificou aposentadoria de integral para proporcional Servidor público federal ingressou com ação judicial contra Universidade, buscando

assegurar seu direito ao recebimento da sua aposentadoria integralmente, após esta ser reduzida para proventos proporcionais. Representado por Wagner Advogados Associados, o autor da ação obteve reconhecido, também, o direito a receber de volta os valores descontados

Conteúdo disponível no site WAA poderá ser acessado de forma simplificada pelos aplicativos O escritório Wagner Advogados Associados passa a disponibilizar aplicativos para os sistemas operacionais iOS e Android que poderão ser baixados em ipads, iPhones, smartphones e tablets. Reunindo os conteúdos disponíveis no site WAA, os apps foram

WAA lança aplicativos para facilitar o acesso dos clientes às informações criados para dar maior suporte na comunicação com os clientes. É possível fazer o download através da App Store (dispositivos Apple) e da Play Store (dispositivos de diversas marcas que possuem sistema Google), bem como acessando wagner.adv.br e clicando nos ícones para download disponíveis na página inicial do site, próximo ao rodapé. Os aplicativos

possibilitam o acesso rápido às atualizações com apenas um clique, facilitam a localização das sedes e disponibilizam as informações de contato por telefone e e-mail. Baixe o aplicativo para iOS apple.co/1Dsa0b4 Baixe o aplicativo para Androidbit.ly/1xrXn8w Fonte: Wagner Advogados Associados

O advogado e sócio do escritório Wagner Advogados Associados, Flávio Ramos realiza todas as quintas-feiras pela manhã, das 10h ao meio-dia, orientações jurídicas aos associados da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria (APUSM). Ramos é especializado nos assuntos relacionados a questões funcionais do servidor público como: carreira, vínculos do professor ao serviço público, entre outros. O escritório atua nesta área há cerca de 30 anos. Neste ano o escritório também está atendendo aos professores associados que possuem vínculos com instituições particulares. Assuntos relativos ao regime geral da previdência- INSS destes associados podem ser esclarecidos pelos advogados. Para isso, basta que o associado utilize este serviço nas quintas-feiras.


20

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

Abril 2015

Cidadania

A

Ação social: pensando em quem precisa

Associação Pró Dignidade da Vida é uma associação de direito privado, beneficente, filantrópica, recreativa, reconhecida como de Utilidade Pública pela Prefeitura Municipal de Santa Maria, e desenvolve um trabalho de inclusão social junto às vilas: Maringá, Diácono João Luiz Pozzobon, Paróquia Dores, Berleze e Zilda Arns. A sua sede está localizada na Avenida Dores 205, junto à Paróquia Nossa Sra das Dores Atualmente as ações da Associação são desenvolvidas junto ao Centro Social São Francisco, na rua Hilda Conceição Berleze nr. 255, Vila Maringá, possuindo 900m² (novecentos metros quadrados) de área construída. As pessoas beneficiadas pelo trabalho da Associação são crianças, jovens e adultos com alto índice de vulnerabilidade social, trabalhando valores, inclusão, cidadania, auto estima e valorização humana em sua totalidade para moradores de vilas acima citadas.

Para contato e doações: Marizete Teresinha Gabbi (55) 9159.4742 ou 3221.1811.

As pessoas beneficiadas pelo trabalho da Associação são crianças, jovens e adultos com alto índice de vulnerabilidade social

O que oferecemos: - Oficina de esportes – variando de 120 a 150 alunos (idade variada de 10 a 20 anos), três tardes na semana, com três turmas de idade diferente em cada tarde (um professor voluntário – o que é pouco) - Artesanato – público oscilante

de 08 a 15 mulheres, uma vez na semana (professoras voluntárias) - Teatro e técnica circense - com 15 crianças e adolescentes de 09 a 16 anos, duas vezes na semana (professor remunerado) - Pastoral da criança com número variável de crianças.

Empréstimos de espaço físico: - PSF da Prefeitura com aulas de ginástica, distribuição de medicação e encontro com diabéticos cadastrados e grupo de auto-ajuda psicológica. - Escola Municipal – Projeto mais educação, em alguns dias da semana, para crianças do turno inverso às aulas, palestras e atividades que necessitem de espaço físico maior. - O objetivo é ajudar e amparar a comunidade no que for necessário, dentro das possibilidades da Associação. Os projetos não possuem ajuda financeira de nenhum órgão público. Sobrevivemos graças ao espírito cristão e solidário de alguns amigos e paroquianos.


Abril 2015

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

21


22

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

Abril 2015

Conveniados da APUSM HOTÉIS SAÚDE

EMPRESAS DE BUFFET Babette Restaurante (55) 3027 1716 Focus Produtora (55) 3027 5027 Maffi Restaurante (55) 3222 2799 Nedel Eventos (55) 3026 6234 Norberto Da Cás (55) 3222 1981 Via Gastronômica (55) 3217 5337 Vira Cambota (55) 3026 3333 W Eventos (55) 9984 7608

Descontos de 18% nas compras à vista e 5% no crediário.

Contribuição de R$ 500,00 por título, para docente associado que esteja publicando livro.

*AUXÍLIO EDITORIAL

Beleza

Endereço: Ângelo Uglione, 1667, sala 101, térreo. Telefone (55) 3347.1113


Abril 2015

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

23

Conveniados da APUSM SERVIÇOS DIVERSOS

Tel: (55) 9122 3686

Tel: (55) 3015 5815 / atendimento@petlive.com.br

DESCONTO DE R$ 540,00 PARA ASSOCIADOS APUSM


24

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

Abril 2015

Profile for Apusm Santa Maria

Jornal APUSM edição Abril 2015  

Jornal APUSM edição Abril 2015  

Advertisement