__MAIN_TEXT__

Page 1

R

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria Santa Maria / RS / Brasil

ANO 48 nº06

Junho - 2015

Eventos para aquecer o seu inverno Página

Jantar:

Como foi e quem foi ao Cena Italiana Página

09

Memória:

A despedida do professor Basílio Netto Página

11

Convênios:

Futebol:

Equipe da APUSM na Copa A Razão Página

07

16

Conheça os novos parceiros da Associação Página

22


02

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

Junho 2015

EDITORIAL

C

Olhando para frente....

ompletos um mês da nova gestão da Associação, acreditamos ser importante utilizar este espaço em nosso jornal para fazer um breve, mas também importante relato, etapa por etapa, das ações que a Executiva, a diretoria e os departamentos estão desenvolvendo no sentido de melhor acolher os anseios plurais de nosso quadro de associados. O motivo é simples e o objetivo é amplo. A APUSM é para todos e a tarefa para atingir esta meta é árdua e laboriosa. Pois vamos a elas: Os convênios da Associação em benefício aos seus associados feitos com outras instituições e empresas são tratados como prioridade e estão sendo ampliados e melhorados constantemente por equipes designadas e supervisionadas diretamente pela nova gestão. Seguem as obras na Associação e não foram poucas. Começando com reforma geral que adaptou todo prédio às novas e rigorosas normas da legislação contra incêndios, e finalizando com a ampliação do Salão Panorâmico servido de moderno elevador para 10 pessoas. No meio de tudo, consertos que eliminaram totalmente goteiras e infiltrações que há muito incomodavam. Começou também neste final de junho a instalação de vidros divisórios no Salão Cultural, que além de proporcionar mais conforto com o isolamento do local, trará mais eficácia e economia para o sistema de ar condicionado. As próximas etapas são a colocação de uma cobertura para a nova entrada do prédio da Associação, a reforma do jardim e

do estacionamento superior e, a grande novidade: a abertura da Petiscaria Cultural no espaço da atual entrada da Associação, proporcionando mais uma área de lazer na sede da Avenida Dores. Abordando o Departamento Sócio Cultural, é necessário destacar o sucesso crescente das suas promoções, sempre com casa lotada e positiva repercussão em nossa sociedade. Como exemplo, dois encontros promovidos neste último mês: Brinner das Mães e Cena Italiana. Os dois com grande procura por convites, salões cheios, boa música, ótima gastronomia, encontros e reencontros e, depois, só elogios, já que tudo foi preparado com muito esmero e carinho para tudo dar certo. Portanto, confira a nossa programação na página 7 desta edição, desmarque outros compromissos e marque em sua agenda: evento é na APUSM. Nos esportes praticados na Associação, o futebol promete vitórias na Copa A Razão e a equipe Categoria 60 anos está se preparando com muita vontade e,

é claro, diversão para o certame. Todos os integrantes já se consideram goleadores da saúde com a prática esportiva, além de reencontrar colegas e levar o nome da APUSM para toda comunidade. No xadrez, para começar, fomos capa da Revista da Confederação Brasileira de Xadrez com a realização, em maio, do Torneio Aberto do Brasil - Aniversário de Santa Maria, que teve a participação de consagrados enxadristas nacionais e internacionais. Temos ainda uma programação repleta de torneios e competições até o final do ano, culminando com a realização da final do Campeonato Brasileiro, em novembro, além do nome de dois enxadristas da APUSM serem incluídos para participar do Campeonato Pan-americano de Xadrez 2015. Definitivamente entramos na rota dos grandes torneios e jogadores deste esporte. Enfim, passo a passo, ouvindo todos, aceitando sugestões e olhando para frente, estamos fazendo justiça ao nosso lema: “APUSM Para Todos”.

Associação dos Professores Universitários de Santa Maria Fundada em 14/11/1967 Av. Nossa Senhora das Dores, 791 CEP: 97050-531 - Santa Maria/RS Fone/Fax: (55)3223 1975 ou (55) 32214856 - www.apusm.com.br E-mail: apusm@apusm.com.br DIRETORIA EXECUTIVA Presidente: Tania Moura da Silva Vice-presidente: Eduardo Rizzatti 1º Vice-presidente: Darcila Castelan 1º Secretário: Martha Adaime 2º Secretário: Solange Fagan 1º Tesoureiro: Luiz Antônio Freitas 2º Tesoureiro: Gildo Meneghello CONSELHO DE CURADORES Titulares Waldyr Pires da Rosa Etevaldo Vargas Porto Julio Cesar Farret Suplentes Sirlei Dalla Lana Ronaldo Morales Pedro Romeu Bagioto JORNAL DA APUSM Informativo mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria - Fundado em 30/03/1971. Supervisão Geral

Quintino Corrêa de Oliveira Gaspar Miotto

Novos associados ERNANI DE LIMA NASCIMENTO (UFSM)

LEANDRO TIAGO SPEROTTO (IFF)

FABIO WEBER (IFF)

NARIELEN MOREIRA DE MORAIS (IFF)

IZAIRA TEREZINHA MARTINELLI DA SILVEIRA

WILBER FELICIANO CHAMBI TAPAHUASCO (UNIPAMPA)

JULIANA GOELZER (UFSM)

Acompanhe as notícias pela página da APUSM ou pelo facebook. Para receber nossas notícias por e-mail, mantenha o seu cadastro atualizado.

* Caso queira atualizá-lo ou mandar alguma sugestão envie um e-mail para: jornal@apusm.com.br

Jornalista Responsável Ricardo Ritzel MTB: 12773 Fone: (55) 3221-4856 Ramal 25 jornal@apusm.com.br Diagramação Rodrigo de Oliveira Fortes Tiragem 4.000 exemplares O Jornal da APUSM aceita a colaboração da Comunidade Universitária

Distribuição gratuita e dirigido aos associados


Junho 2015

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

03


04

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

Junho 2015

Crônicas

De pedidos e rezas

Lição de Pai

Celina Fleig Mayer*

A

lguém disse, sabiamente, que a maior graça que podemos alcançar é a de não sermos atendidos por Deus. Em matéria de pedidos chegamos quase a rezar pela nossa infelicidade, tal a falta de discernimento e o imediatismo dos nossos desejos. É comum ouvirmos as pessoas comentarem sobre seus sonhos de serem contempladas em sorteios, lotos, totó-bolas, etc. Se alguém perguntasse o que fariam com “tanto dinheiro”, o potencial felizardo certamente não apresentaria o mínimo projeto de mudança econômica viável. Gozar a vida, talvez fosse a resposta mais comum. Alguém sabe lá o que é gozar a vida para sempre? Quem sabe gozar a vida? No mínimo , o sorteado iria viver outros tipos de preocupações, muitas inclusive, que ele não saberia resolver. Então, só no risco de acertar o grande prêmio, já vamos praticando a esperança a cada semana... Em relação ao amor, como somos pedintes sem objetivos! Queremos alguém que nos complete, enquanto somos pessoas mal-resolvidas; pedimos o fim da nossa solidão, quando ainda não aprendemos a viver conosco. Em síntese: queremos que Deus nos mande um “encosto”, uma âncora, um salva-vidas, sem ter feito nada por merecer o amor de alguém, já que não temos o que dar em troca. Aí, se por descuido, o LÁ DE CIMA deixa que aconteça um encontro, uma paixão, já que somos donos de nossas vontades, em pouco tempo estaremos desiludidos. Não era a pessoa da nossa vida! Na verdade, ninguém é complemento de alguém, ou objeto direto do seu desejo, ou a causa indireta de qualquer

Máximo José Trevisan* busca de felicidade, analiticamente pensando... Tudo isso, sem questionar a nossa incompetência de “segurar” o conquistado. De pedidos e rezas o desemprego da época está saturando de clamores os santos e divindades. Por acaso aproveitamos os anos da nossa juventude para aprender uma profissão? Ou agimos como na fábula da cigarra e da formiga, deixando para o inverno do nosso tempo a busca de um quebra-galho para sobreviver? Como vamos competir numa época em que só os melhores vencem? Com que currículo vamos conseguir o milagre de um trabalho gratificante? Sorte nossa que o DIVINO não leva em conta o nosso pessimismo, nossa mania de pintar o mundo com cores escuras, criticar os jovens, culpar os meios de comunicação pelos males que afligem a sociedade. De vez em quando temos uma luz e descobrimos que o “serviço” tem que começar por nós mesmos. As nossas rezas podem, sim, produzir o milagre do entendimento, a clareza das nossas responsabilidades, e a certeza de que o céu ou o inferno tem início em nós mesmos. Um escritor já dizia, a respeito de queixas sobre tudo e todos, incluindo o “abandono” de Deus, apesar de nossas rezas: “quem não estiver satisfeito que tente mudar”. Se, em vez de pedirmos o que não temos, usássemos o que já ganhamos durante a vida, o que anda nos fazendo falta não seria tanto assim e, por certo, sem nos darmos conta, ser-nos-ia dado por acréscimo, (incluindo aí, por que não? uma mega-sena ou um grande-amor). *Jornalista

N

uma tarde de sol de inverno, ao buscar o verde e o calor que aquecem e animam, levei meus pais a Itaara. Na descida da serra, enquanto voltávamos calmamente a Santa Maria, em curva acentuada, passou veloz e perigosamente uma moto tripulada por um jovem, que logo desapareceu na estrada. Minha mãe não se conteve ao ver o perigo (a moto passou pertinho do carro): “Por que andar desse jeito? Não podia ir mais devagar? Depois o rapaz morre, e os pais choram a perda, desesperados.” Meu pai, com seus oitenta e tantos anos à época, silencioso no banco ao lado, diante da indignação e lamento da minha mãe, disse: “Minha velha, se tu tivesses a cabeça dele, farias a mesma coisa...” Guardei para sempre a sabedoria do meu velho pai, cabelos brancos e jeito quieto. Lembrei-me, então, de uma frase que havia lido: “O jovem diz o que pensa. O velho pensa o que diz”. A descoberta do segredo da empatia começa aí. Tentar colocar-se no lugar do outro, sentar na sua cadeira (ou tripular a sua moto), descobrir os seus valores e o mundo dos sentimentos parece ser o início para compreender o percebedor e a tradução que faz da realidade. O diálogo (quando possível) pressupõe esse exercício, esse fazer-se o outro, esse situar-se na sua perspectiva de mundo a partir dos conceitos, do conjunto de ideias, dos preconceitos, das angústias e ansiedades, dos amores e ódios do outro - o que está na frente, o interlocutor. Quando se quer ouvir a própria

voz, não se está considerando o outro. É possível o diálogo quando não se tem a intenção nem a perspectiva do próprio mudar? “Se tu tivesses a cabeça dele, farias a mesma coisa ...” Os radicais, os autoritários, os ditadores de esquerda e de direita - é fácil de ver - algumas vezes falam em mesa de negociação, mas negam, na prática, a essência do diálogo, que pressupõe o ver, o julgar, o sentir de maneira diversa sobre o mesmo tema. Descobrir as concepções do interlocutor, seja pessoa, grupo ou entidade de classe, tentar traduzir o mundo à maneira dele, cultivar a empatia e a simpatia (quase amor, como diria o poeta), aplainar os caminhos do diálogo, da compreensão, do andar e agir cooperativo, do identificar os problemas e retratá-los próximos da verdade é plantar solidariedade para colher frutos de concórdia e fraternidade, esperança de convivência humana sem guerras insuportáveis. Isto porque, se cada um ficar “na sua”, se cada um tentar só fazer a cabeça do outro, sem o desejo de refazer a própria cabeça e o próprio coração, haverá, por certo, um monólogo de surdos-mudos e não um diálogo. O meu velho e sábio pai me deu a lição de vida: enquanto não descobrir o outro, dificilmente entenderei o porquê do seu agir, do seu pensar, do seu sentir e do seu viver (Em tempo: meu pai, à época da crônica, tinha oitenta e alguns anos. Faleceu, em 2002, com 102 anos. Esta crônica é uma homenagem aos jovens e aos velhos de 2015). * maximotrevisan@uol.com.br. Advogado, escritor.


Junho 2015

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

05

Curtas e breves da Associação *Auxílio editorial – A Comissão Sociocultural da APUSM informa que docentes associados que estejam editando obra literária ou didática tem direito a um auxílio editorial da APUSM no valor de R$ 500,00. A iniciativa visa fomentar a produção cultural entre os professores associados.

*Agasalhe quem necessita - Segue a Campanha do Agasalho na sede da Associação. O baú colocado no hall de entrada da Secretaria fica até o próximo dia 16 de julho, quando todo material arrecadado será entregue a primeira-dama do Município, Fátima Schirmer, para distribuição entre a comunidade carente de Santa Maria. Pratique um bem. Agasalhe quem necessita.

*Carteira Unimed – O setor responsável pela administração de Planos de Saúde comunica que as novas carteiras da Unimed já estão à disposição aos associados na sede social, localizada na Av. Nossa Senhora das Dores, 791. Outras informações podem ser dadas pelos telefones 3023-4856 / 32231975 / 3026-3683 / 3026-3565 / 3221-4856 ou pelo e-mail apusm@ apusm.com.br. *Obras na sede I – Depois de ampliar o Salão Panorâmico, instalar um moderno elevador com capacidade para dez pessoas e adaptar a sede social a nova legislação anti-incêndio com a construção de uma escada externa à prova de fogo, seguem as obras na Associação capitaneadas pelo engenheiro Adarci Antoniazzi.

Baú da Campanha últimos dias para doar agasalhos na APUSM

*Obras na sede II – Nesta última semana foram colocados os vidros divisórios do Salão Cultural, que além de proporcionar mais conforto para os associados e convidados com o isolamento do local, trará mais eficácia e economia para o sistema de ar-condicionado.

*Obras na sede III – As próximas etapas, com estimativa de estarem prontas até outubro, são a colocação de uma cobertura para a nova entrada do prédio da Associação, a reforma do jardim e estacionamento superior e a construção da Petiscaria Cultural, que proporcio-

nará mais um agradável ponto de encontro na sede da APUSM. *Cinema I – Confirmada a edição 2015 da Mostra Internacional de Cinema de Santa Maria e segue a parceria de realização entre a APUSM, SMVC e CESMA. O evento acontece entre 1º e 4 de setembro, sendo os dois primeiros dias de exibição na APUSM e outros dois na CESMA. Desta vez o tema da Mostra é o criativo e premiado cinema argentino. *Cinema II – O Instituto Nacional de Cinema Argentino – INCA – selecionou e enviou para a mostra santa-mariense três títulos inéditos, tanto deste lado da fronteira quanto do outro. O quarto título confirmado é uma produção gaúcha, também ainda não exibida nos dois países. *Cinema III – Como já é tradição quando há cinema na APUSM, haverá debates e palestras com diretores, produtores e atores logo após a exibição das obras audiovisuais. Cinco profissionais do país vizinho já confirmaram presença.


06

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

Junho 2015

UFSM:

Nanossatélite completa um ano em órbita

H

á exatamente um ano, no dia 19 de junho de 2014, uma equipe de Santa Maria comemorava efusivamente uma conquista para a ciência aeroespacial do país, que acontecia a 14 mil quilômetros de distância, na base de lançamento de Yasny, na Rússia. Naquela data, entrou em órbita o NanoSatC-BR1, o primeiro nanossatélite brasileiro. Fruto de uma parceria do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) com a UFSM, o satélite em formato de cubo (com 10 centímetros de aresta) segue viajando a uma velocidade aproximada de 7,5 quilômetros por segundo, suficiente para dar uma volta completa no planeta a cada 90 minutos. A gravitação se dá na ionosfera, a uma distância média de 614 quilômetros da superfície terrestre. Um dos coordenadores do projeto NanoSatC (sigla para “nanossatélite científico”) é o pesquisador Nelson Schuch, que atua no Centro Regional Sul de Pesquisas Espaciais (CRS) do Inpe, localizado no campus sede da UFSM. Ele e sua equipe seguem monitorando os passos do satélite. Entretanto, de acordo com Schuch, as missões científicas e tecnológicas do artefato já haviam sido completadas com sucesso três meses após o seu lançamento no espaço. Pesando pouco menos de 1kg, o nanossatélite leva junto consigo três cargas úteis: um magnetômetro (integrando a missão científica), e dois circuitos

Foto divulgação UFSM

Projetado em Santa Maria o NanoSatC-BR1 foi lançado em 19 de junho de 2014, de uma base em Yasny, na Rússia

integrados (como parte da missão tecnológica). No caso da primeira missão, o objetivo era coletar dados do campo magnético terrestre, especialmente da Anomalia do Atlântico Sul, na qual se encontra boa parte do Brasil, incluindo Santa Maria. Com relação aos circuitos integrados (popularmente conhecidos como “chips”), um deles foi desenvolvido pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e o ou-

tro, pela Santa Maria Design House (SMDH), a qual é ligada a grupos de pesquisa da UFSM. Quanto ao chip santa-mariense, um dos objetivos de sua ida ao espaço era testar a resistência dos materiais de que é feito. Em posse das informações enviadas pelo nanossatélite, os desenvolvedores tiveram as suas hipóteses confirmadas: a parte do chip projetada para ter uma tolerância maior à radiação solar apresentou mais resistência que a parte vulnerável do circuito, o que atestou a fragilidade desta última. No momento, a equipe de pesquisadores da UFSM e do Inpe en-

volvidos no projeto busca aumentar a vida útil do NanoSatC-BR1, desligando as suas baterias. Isto porque elas não conseguem mais sustentar a carga gerada pelos painéis solares. É por isso que as antenas de rastreamento e controle do Inpe, localizadas em Santa Maria e São José dos Campos (SP), não estão mais recebendo informações do nanossatélite. Assim, a captação de dados só está sendo possível quando o satélite gravita sobre o hemisfério norte ou nas proximidades da linha do Equador, onde o seu sinal é sintonizado por radioamadores – com os quais o CRS entra em contato.

Nelson Schuch é um dos coordenadores do projeto

Viagem e projetos futuros – Os resultados obtidos com o lançamento do NanoSatC-BR1 serão apresentados de forma detalhada em Praga, na República Tcheca, durante a assembleia geral da União Internacional de Geodésia e Geofísica (IUGG), que ocorre de 22 de junho a 2 de julho. Na comitiva que parte neste sábado (20), Schuch estará acompanhado por Juliano Moro, bolsista de pós-doutorado do Inpe, e por dois alunos da UFSM: Thales Mânica, do curso de Engenharia Elétrica, e Pietro Moro, da Física. Após a assembleia da IUGG, eles partem para a cidade de Delft, na Holanda. Lá terão reuniões na sede da empresa Isis, fornece-

dora de plataformas para nanossatélites. A volta a Santa Maria está programada para 1º de julho. Além dos aspectos mais técnicos, durante a apresentação em Praga o NanoSatC também será abordado sob o prisma da formação acadêmica e profissional. Incluindo os custos de lançamento, os recursos investidos no nanossatélite foram de aproximadamente R$ 1 milhão, valor considerado relativamente baixo,

tendo em vista as altas somas de dinheiro geralmente associadas à indústria aeroespacial. Afora o custo material, este acabou sendo também um investimento em recursos humanos, já que possibilitou a alunos da UFSM um envolvimento intenso no projeto e a interação com pesquisadores reconhecidos nacional e internacionalmente em suas áreas de atuação. Os recursos humanos formados

e o know-how adquirido graças ao “BR1” serão aproveitados para o lançamento do NanoSatC-BR2, previsto para 2016 nos EUA. A equipe do Inpe de Santa Maria e a UFSM já estão trabalhando neste novo nanossatélite, cujo tamanho será o dobro do anterior. Desta vez o formato não será o de um cubo, mas o de um paralelepípedo (nas proporções 10x10x20, em centímetros). Outra novidade, é que o “BR2” terá dois magnetômetros, um interno e outro externo. Para um futuro próximo, dentro do mesmo projeto, está previsto ainda o lançamento dos nanossatélites “BR3” e “BR4”. Com informações de A Razão e UFSM.


Junho 2015

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

Agenda:

A

Eventos para aquecer o seu inverno

s baixas temperaturas deste inverno pedem uma gastronomia refinada, bebidas espirituosas e, é claro, muito calor humano. Pois tudo isto, e mais um pouco, você encontrará nos eventos que a APUSM está preparando especialmente para seus associados e convidados na estação mais fria do ano. A começar pelo Café dos Pioneiros, no próximo dia 9 de julho, que chega a sua segunda edição devido ao sucesso absoluto realizado no ano passado. Segue a agenda com o Curso de Gastronomia de Norberto Da Cás – Modulo Risoto, programado para o dia 15 de julho, às 19h (veja quadro ao lado), passa pela Degustação de Vinhos com palestra do enólogo e professor Carlos Daudt no dia 16 de julho, às 18h, e fecha o mês no dia 29, às

PROGRAMA-SE:

AGENDA APUSM 9/07 - Café Pioneiros 16/07 - Degustação de vinhos e produtos coloniais 08/08 - Feijoada Beneficente 16/10 - Jantar Dia dos Professores 11/12 - Noite Tropical

19h, com o Modulo Filés do Curso de Gastronomia do Chef Da Cás (veja quadro ao lado). Os valores do Curso de Gastronomia são: Módulo Risotos R$ 180,00 por pessoa; Módulo Filés R$ 200,00 por pessoa. No curso de risotos a uma previsão de, no máximo, 15 vagas; no curso de filés, no máximo, 12 vagas. Para o mês de agosto, também já temos a confirmação da realização da Feijoada Beneficente no dia 8, às 11h30min, no Salão Cultural da APUSM, mantendo a tradição dos eventos filantrópicos

da Associação. Para outras informações, reservas de convites ou dúvidas, basta entrar em contato com o Setor de Eventos da APUSM pelo e-mail evento@apusm.com.br ou pelos telefones 55) 3223-1975 / (55) 3221-4856. Você é nosso convidado!

07


08

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

Junho 2015

Jantar Musical lota Salão Cultural

Lorenzo Franchi

O

jantar do bife à milanesa já está consagrado como um sucesso de público e sabor. Enquanto o frio soava lá fora, dentro do Salão Cultural lotado, o calor afetivo proporcionado pelos integrantes e amigos do coral APUSM aqueciam os quase 300 convidados. O evento contou com o tradi-

cional cardápio de Vale Vêneto, o qual tem como característico o bife à milanesa, galeto, risoto e saladas variadas. A sobremesa foi regada a tortas de bolachas e mousses. A decoração, assim como todos os pratos do evento foram produzidas por pais, amigos e colaboradores do Coral. Fugindo da convencional numeração, as mesas foram nome-

Como não podia faltar, o tradicional cardápio de Vale Vêneto, o qual tem como característico o bife à milanesa, galeto, risoto e saladas variadas

adas com grandes sucessos da música nacional e internacional. Novidade que fez deste mais do que uma simples refeição com amigos, mas sim, um jantar musical e muito divertido. Para o presidente do Coral APUSM, Fernando Ludtke, o jantar mais uma vez foi um sucesso. Ele ainda completa “isso só nos credencia para promovermos mais

eventos deste cunho”. Após o jantar, o Coral fez uma breve apresentação, que foi seguida de um sorteio da rifa com brindes oferecidos por seus colaboradores. O jantar contou com o apoio da APUSM e de amigos do Coral. O valor arrecadado será investido em uma viagem no final do ano, e também na compra de melhores equipamentos.


09

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

Junho 2015

Una típica cena italiana Lorenzo Franchi

A

noite de 26 de junho ficará marcada na memória de quem foi ao jantar italiano da APUSM. O Salão Cultural da Associação dos Professores tingiu-se de verde, vermelho e branco e trouxe em sua decoração fotografias de pontos históricos da Itália. Vinhos, tábua de frios, cucas e pães abriram os paladares, enquanto a sopa de agnolini, risoto, lasanha, massas variadas e o tradicional bife à milanesa foram os pratos principais. Em seguida os presentes puderam se deliciar com um farto buffet de sobremesas: mousse e torta de bolacha de chocolate recheada com morangos, pudim e ambrosia. Uma delícia. O agente consular italiano de Santa Maria, Oscar Carlesso, destaca que a APUSM promoveu uma homenagem merecida a todos imigrantes e descentes. “Foi

um brilhante evento. Cardápio, música e decoração, todos atributos que engrandecem ainda mais o aniversário de 140 anos imigração italiana no Rio Grande do Sul”, ressalta. O professor universitário e vice-presidente da AISM, José Zanella, afirma que o motiva ver uma entidade como a APUSM integrada à comunidade e promovendo eventos de cunho cultural e social. O professor acrescenta que una cena italiana aguçou a cultura em todos os sentidos: no paladar, na decoração e na música. “Palmas à organização!”. Após a ceia houve um brinde em comemoração à vida. A animação musical que passou do ritmo da tarantela até sucessos nacionais, ficou a cargo do Trio Realce. Na saída, os convidados foram presenteados com manjericão, um tempero típico, que na Itália, devido à forma de suas folhas serem em coração, é consi-

derado também o símbolo do amor. Está de parabéns a Comissão de Eventos da APUSM, assim como os anfitriões da festa: Marlei Rodrigues e esposo, Clara Kurtz, Eduardo Rizzatti e esposa, Adarci Antoniazzi, Adão Fighera e esposa, José Zanella e esposa Ondina Alves Elma Trevisan e José Américo de Mello Filho, Lucimar Casagrande, Rainer Muller e esposa, Wagner Advogados Associados,

Bitotech Informática, Concessionária Uglione, OAB Santa Maria, W Eventos e AISM. Naquela noite, Tutti buona gente!


10

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

Junho 2015


Junho 2015

11

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

In Memoriam

S

As lembranças de um pioneiro

Foto Ricardo Ritzel/APUSM tínhamos um continomente uma pessoa podia con- fantástico de pessoas gente de 500 operátar com propriedade e com tan- muito motivadas. A rios trabalhando em tos detalhes todo o processo de motivação construiu Camobi e precisávaconstrução do campus da UFSM, em a UFSM”, recordou, mos de mais. Porém, Camobi, além de Mariano da Rocha: então, o professor não havia mão de José Basílio da Rocha Netto. Ele fa- José Basílio. obra suficiente na ciConfira abaixo leceu no último dia 3 de julho no dade. Santa Maria era Hospital de Caridade Astrogildo de os melhores trechos uma cidade pequena Azevedo. O professor e engenheiro de sua conversa com no inicio dos anos civil santa-mariense tinha 79 anos, era os jornalistas Gaspar 1960. Não houve dúMiotto e Ricardo viúvo e deixa dois filhos e três netas. A última entrevista deste pio- Ritzel. Está página é “Hoje, olhando para trás, foi vidas: fomos buscar neiro da UFSM foi para o Jornal da apenas uma peque- uma época de muito trabalho, trabalhadores nas ciAPUSM, em setembro de 2013, quan- na homenagem da mas foi tudo maravilhoso. E dades próximas. Aí do relembrou com muito bom humor APUSM a este as- com um grupo fantástico de passamos a ter mais de 800 pessoas direos primeiros tempos da universidade sociado e professor pessoas motivadas” tamente envolvidas federal, algumas vezes emocionado, pioneiro que tanto se outras nostálgico e sempre com a hu- dedicou e fez para construir, tijolo a nas obras da Cidade Universitária. E mais, começamos também a mildade daqueles que participaram de tijolo, o sonho de uma cidade. oferecer cursos de formação para todo corpo e alma de momentos importaneste pessoal. Se não era depois do exUm convite: voltar à Santa Maria tes de nossa história. “Formei-me em Porto Alegre e, pediente, era nos finais de semanas. E Basílio, como era carinhosamente conhecido por seus colegas, alunos e logo, já estava trabalhando na CIEN- com isso, pode-se dizer que, também, amigos, foi o primeiro diretor do Es- TEC. Mais ou menos um ano depois, propiciamos qualificação e uma mecritório de Obras da UFSM e esteve li- em 1962, recebi a visita do professor lhor renda para uma verdadeira mulgado diretamente à construção de toda Mariano da Rocha Filho. Ele me con- tidão de pedreiros, carpinteiros, pintoa Cidade Universitária, desde 1962 até vidou para trabalhar como engenheiro res e eletricistas de toda a região. Dava gosto de ver esse pessoal sua aposentadoria na metade da déca- nas construções da Cidade Universitária e, à noite, lecionar no curso de En- trabalhando. Comovia. Eles zelada de 1990. E, mais, fez isto em um tempo que genharia Civil. Entrei direto na cons- vam tanto pelo trabalho, estavam trução do campus. tão motivados que as nossas ferraSanta Maria era Não foi nada fácil. mentas e maquinários impressioapenas uma peO trabalho era navam pelo seu estado de conserquena cidade do imenso, exaustivo, vação, mesmo com uma utilização interior, com uma uma verdadeira acima do normal”. oferta reduzidís“pauleira” de 25 sima de materiais horas por dia, in- Trabalho, trabalho e mais trabalho de construção Teve um momento que nós cocluindo sábados e também com e domingos. Mas meçávamos uma obra já sabendo uma expressiva havia um diferen- que ela teria que estar pronta rapicarência de mão de obra especiali- Em 1972, o professor e engenheiro cial importante: damente para que o pessoal que iria zada para levantar Basílio Netto apresentou o prédio todos no grupo ser aprovado no vestibular daquele um conjunto de do Hospital Universitário para a co- estavam bastante ano fosse utilizar nas primeiras auedificações tão munidade santa-mariense. Foto ar- motivados. E isto las na universidade, no início do ano tornou aquela épo- seguinte. E isto foi feito. expressivas, com- quivo pessoal JBRN APUSM Por isso, alguns prédios levaram ca maravilhosa”. plexas e de forma tanto tempo para serem finalizados. tão rápida. A estratégia era a seguinte: comeSurge uma cidade nos “Hoje, olhando para trás, foi uma çamos a construir vários edifícios e campos de Camobi época de muito trabalho mesmo, mas “Em um determinado momento, fazíamos uma parte da construção foi tudo maravilhoso. E com um grupo

que seria utilizada por determinada turma. Depois, íamos fazer mais um setor de outro prédio, que seria a sala de aula de outra classe, de outro curso. E assim fomos indo, de sala em sala, de prédio em prédio. Os prédios mais complexos “Não há edificação igual à outra na universidade. Não foi como construir um complexo de prédios habitacionais, todos iguais, um ao lado do outro. Cada um desses prédios tinha a sua especificação, a sua utilização e a suas necessidades, conforme o curso que era destinado. E, se houve um prédio que tivemos que ter um cuidado todo especial na sua construção, foi o do Hospital Universitário. Ali tivemos que considerar tantas instalações especiais, tantos detalhes, que nenhum outro teve. E, ainda, foi uma obra volumosa, imensa. Outro que tivemos também bastante trabalho foi o do Planetário. Era uma obra com características especiais pela sua forma e necessitava de um determinado tempo para que o concreto usado secasse. Havia necessidade de tempo estável, com sol. Não é que, exatamente quando estávamos trabalhando nele tivemos um período de chuvas intensas em Santa Maria! Fizemos tudo de novo, várias vezes, até dar tudo certo”.

Hospital Universitário: “Junto com o planetário, o HUSM foi a construção mais complexa e cheia de detalhes do campus da UFSM”, enfatizou


12

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

Junho 2015

Crédito: Reprodução O Sul

Saúde

Dor pélvica, perda de apetite, dores abdominais e complicações intestinais estão entre os sintomas do câncer de ovário.

O

Câncer de ovário mata 50% das mulheres diagnosticadas

câncer de ovário é considerado um “mal silencioso”, pois os sintomas podem aparecer quando a doença já está em estágio avançado, tornando difícil seu tratamento. A OMS (Organização Mundial de Saúde) prevê que 250 mil novos casos surjam anualmente no mundo e a estimativa do Inca (Instituto Nacional de Câncer) alerta para 5.680 novos casos no Brasil. Mais comum em mulheres acima de 40 anos, a neoplasia ginecológica é considerada a mais letal: 140 mil mulheres morrem a cada ano – 50% dos casos diagnosticados.

De acordo com o oncologista Charles Pádua, 75% dos cânceres no ovário já estão em estágio avançado quando é feito o diagnóstico, por isso a taxa de mortalidade é alta. “Isso acontece pelo fato de o ovário ter espaço para crescimento e esse aumento de volume se dá de forma indolor. Entre o início da doença e o aparecimento dos sintomas podem se passar meses”, conta. Apesar de ser o tumor ginecológico mais difícil de ser diagnosticado e o de menor chance de cura, se descoberto precocemente pode ser retirado com cirurgia, sem que haja a necessidade de quimiotera-

pia e radioterapia. “Para que isso aconteça a mulher deve estar ciente dos sintomas que vão desde sangramento anormal, emagrecimento repentino, dor pélvica, perda de apetite, dores abdominais, complicações intestinais, aumento da frequência de urina, entre outros”, pontua o oncologista. Em quase todos os casos, a mulher com câncer de ovário precisa retirar todos os órgãos reprodutivos. Ocorre, portanto, uma menopausa precoce, com maior risco de osteoporose, redução da libido e perdas da eslasticidade da pele. Não existe causa específica para a

doença. Histórico familiar, reposição hormonal pós-menopausa, tabagismo e obesidade devem ser observados. Nos últimos tempos, o câncer de ovário ganhou destaque na mídia em razão da cirurgia preventiva realizada pela atriz americana Angelina Jolie, que retirou os ovários através de um procedimento denominado ooforectomia. A atriz descobriu por meio de um exame que era portadora da mutação genética BRCA1 e que tinha 50% de chances de desenvolver essa anomalia. No Brasil, o exame feito pela atriz custa entre 5 mil reais e 11 mil reais.


Junho 2015

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

13

Educação Ambiental na Casa Círculo Eventos

N

o dia 19 de junho de 2015, o Projeto Saúde da Água, desenvolvido pela Fundação MO’Ã, patrocinado pela Petrobras, por meio do Programa Petrobras Socioambiental, promoveu o segundo encontro do Curso de Formação em Educação Ambiental para professores e funcionários da rede de ensino de Itaara (RS). A ação foi realizada na Casa Círculo Eventos, geodésica construída dentro da lógica da Permacultura, em Santa Maria, envolvendo 80 participantes. O encontro foi ministrado pelos Professores Adriano Severo Figueiró e Carlos José Frozi, ambos com experiência em Educação Ambiental. O tema gerador do encontro foi a sustentabilidade, respaldada pela Agenda 21, e a educação ambiental através de práticas pedagógicas. A Cozinha Pedaço da Natureza, de Silveira Martins, ofereceu um cardápio vegetariano, baseado na agricultura orgânica, trazendo a sustentabilidade para o momento da refeição. A equipe da Fundação MO’Ã recebeu relatos de alguns participantes em relação ao evento, que com a devida autorização, transcrevemos: “Bem, em primeiro lugar, parabenizo toda a equipe pelo excelente trabalho realizado. Me senti muito bem acolhido por todos e todas no local do evento, ambiente muito agradável e alegre, mas com debates e discussões muito bem conceituadas e qualificadas, reflexões extremamente pertinentes para o mundo atual, pensamentos articulados com os problemas da atualidade global. Críticos e consistentes quanto às suas abordagens, falando sobre a água com profundas análises e conceitos a respeito das questões propostas. Proposição de uma visão de sociedade, busca de uma outra proposta educativa de superação a um modelo mundial

que se mostra insuficiente às con- síveis, que contribuirão para taldições concretas das populações vez um mundo um pouco melhor!” Cristina Arnout /Smed-Itaara planetárias, assim somente em uma outra proposta, que tenha “O Evento como centro de ocorrido no dia seus valores a 19/06/2015, na “Eu e a Professora Darhumanidade Casa Círculo, cila tivemos a oportunidade como coletividame impressiode participar, no dia 19 de de, priorizando a nou por diversas junho, do evento promovivida como valor situações ocordo pela Fundação MO’A, essencial e não ridas ao mesmo num lugar mágico, a Casa colocando a vida tempo: primeiro, Círculo Eventos, local muicomo lucro emio evento por si só to aconchegante e diferente nente aos mais foi de ótima dede todos que já havíamos poderosos. Trasenvoltura, caconhecido. Palestras marabalhando com as tivando a todos vilhosas que nos mostraram escolas, demonse fazendo com que basta conscientização trando total perque os presentes para fazermos um mundo cepção e atenção ficassem atentos cada vez melhor. Mas as para as ações às explanações; surpresas não pararam por articuladas com segundo, por coaí. Na hora do almoço, foa sociedade civil nhecer um ammos convidados a saborear com vistas a um biente criado no um cardápio vegetariano, mundo mais justo meio da natureproporcionado pela “Cozie humanitário!” za, que ao mesAscísio Reis nha Pedaço da Natureza” Pereira mo tempo é um que estava maravilhoso Pró-reitor Adjunto local sagrado e e muito, mas muito difede Extensão da aconchegante, rente. Parabéns a todos os UFSM demonstrando organizadores. Nota 10..... que com o empeEsperamos poder participar “Com certeza nho do HOMEM de outros.” o espaço disponipodemos convibilizado proporTania Moura da Silva ver sem “abacionou-me uma Presidente da APUSM far” a natureza; reflexão frente ao terceiro, pela compromisso e o demonstração quanto eu devo e posso contribuir com o “meio” em que vivo. Acho que os Professores que falaram conseguiram mexer com alguns valores deixados de lado por mim, devido à correria do dia a dia. O local foi uma escolha muito feliz do grupo! Quanto à alimentação é bastante coragem dos organizadores, mas se a proposta era de ousar, veio de encontro a esta. No geral, posso dizer que saí no final do dia acreditando que é possível mudanças em nossa vida, partindo de pequenas ações pos-

de que soluções de aproveitamento de resíduos existem, basta que os Governos tenham mais empenho e zelo com este segmento; e por fim, tivemos a experiência da produção de alimentos de forma saudável, natural e de baixo custo, congregando novamente meio ambiente com produção”. Adilson Catto Contador

“Tive a oportunidade de participar como convidada da OFICINA DE FORMAÇÃO EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL, na Casa Círculo Eventos, no Campestre do Menino Deus, na sexta feira, dia 19 de junho, evento este realizado pela Fundação MO’Ã, dentro do Projeto Saúde da Água. Parabéns a toda a equipe pela excelência na realização do encontro! Tudo estava de acordo: o local, as palestras - Prof. Adriano e Prof. Carlos Frozi, o almoço elaborado pela “Cozinha Pedaço da Natureza” com seus pratos gostosos e, é claro, a recepção calorosa de todos vocês! Me convidem para outras, que farei o possível para estar junto e partilhar de tantos conhecimentos importantes para a minha vida profissional e pessoal.” Mara Matiuzzi Kunzler Diretora da Art e Meio Propaganda.


14

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

Junho 2015

Artigo

Assistência a idosos: resgate de cidadania ou “ingerência generalista”? Eloisa Antunes Maciel*

E

m meio a meritórias iniciativas de resgate da cidadania de pessoas idosas, diversas (se não inúmeras) entidades têm envidado esforços e desenvolvido ações no sentido de alcançar esse justo objetivo, em se tratando de uma finalidade igualmente justa. E, note-se: se essas iniciativas forem fundamentadas em necessidades devidamente comprovadas através de procedimentos válidos e adequadamente instrumentalizados, sua implementação, seja qual for a dimensão e características assumidas, tenderá a resultar em ações efetivas e, por conseguinte, capazes de atingir efetivamente os alvos visados pelos objetivos estabelecidos com base nas necessidades que os tenham fundamentado. Daí o êxito de inúmeras iniciativas que, embora modestas e caracterizadas como “projeto – piloto” tem demonstrado sua eficácia, gerando novas expectativas e realimentando esperanças de numerosos integrantes da chamada Tercei-

ra Idade. Desnecessário se faz mencionar os nomes dessas entidades, uma vez que tendem a se reinventar e investir em novos paradigmas, sempre primando pelos princípios nos quais tenham estabelecido seus fundamentos e práticas subsequentes*. Voltando ao foco, ou seja, a ações destinadas à Terceira Idade, convém se atente para um viés nem sempre perceptível pelos sujeitos de uma população-alvo geral ou heterogênea, comumente localizados em comunidade urbano-rural onde uma única entidade, geralmente representante de algum credo confessional, incumbe-se de salvar os idosos da extinção, fazendo-o de modo generalista e sem critérios definidos ou, ao menos, claramente estabelecidos. Denotando desconhecer os reais fundamentos de sua ação, essa iniciativa tende a pecar pela afoiteza em reunir um maior número possível de cabeças num rebanho humano... Nessas situações, tão logo uma determinada equipe (?)

entrevista um idoso (a), um aviso é deixado a um segundo, e talvez a um terceiro parente: será o (a) próximo (a) sorteado (a)... (Convenha-se: Sorteio nada aleatório!)... Nessa fajuta inclusão, não interessa se o “velho” ou a “velha” seja uma pessoa que se mantém ativa, atualizada e saudável; se é capaz de bancar suas despesas pessoais - sociais ou se seu nível educacional lhe permite discernir acerca de questões sobre as quais os “enviados das alturas” creditam ter um domínio total, único e definitivo... A propósito, lembro que uma dessas “equipes” não conseguiu esconder o seu desapontamento ao realizar uma entrevista com o (fictício) Dr. X, escolhido ao mero acaso e nivelado por baixo na população em que se incluía – e cujo nome verdadeiro foi ocultado propositalmente do grupo de “enviados”. Interrogado se praticava exercícios físicos com a devida frequência e as necessárias precauções, Dr. X foi enfático, evidenciando uma das suas propositais esquisitices:

– Claro, minha gente: “abaixo aqui e entorto ali; encolho aqui e espicho ali; vergo pra frente e caio pra trás...” (Puxa! A essa altura os membros do grupo entrevistador se entreolhavam estupefatos!). E, para completar esse palavrório esquisito, o famoso Dr. X fez questão de ficar falando sozinho, pois o grupo de enviados se retirava em silêncio, sem sequer anunciar um próximo encontro... E ao retirar-se, um dos membros do grupo tomou a iniciativa de fazer um comentário maldoso e sem fundamento: – Velho louco... Deve ser “analfabeto de pai e mãe”... Certamente não sabe o que significa frequência e precaução na prática de exercícios físicos... De fato, ninguém do grupo tomou conhecimento da verdadeira identidade do douto sábio conhecido apenas como Dr. X... Ótimo para ele: não mais foi importunado por esse tipo de pseudo pesquisadores... *Professora aposentada da UFSM.


Junho 2015

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

15

Literatura:

Livros que li: “Sirenas en el campo de golf” Professor Aguinaldo Severino

As histórias incluem o cardápio típico das histórias policiais, com reviravoltas amalucadas

E

ncontrei esse pequeno livro na Feira do Livro de Santa Maria, graças a Don Miguel, o diligente proprietário da livraria Calle Corrientes. São onze contos policiais da respeitada Patricia Autora Patricia Highsmith Highsmith (autora de “O talentoso Sr. Ripley”). As histórias incluem o cardápio típico das histórias policiais: assassinatos, violência, segredos inconfessáveis, pitadas de psicologia selvagem, patologias bizarras, reviravoltas amalucadas que os fiéis leitores já antecipam desde as primeiras linhas. Gostei particularmente de “Donde está la acción”, no qual as vidas de um fotógrafo e uma garota se entrelaçam quando ele por acaso captura uma imagem dela durante um assalto; “La romántica”, sobre uma garota que não consegue se envolver com os homens de sua cidade; “Un tiro desde ninguna parte”, no qual um rapaz em férias no interior do México se envolve num problema policial e “El mes más cruel”, onde uma solitária professora de línguas no interior francês imagina poder se relacionar com os escritores que admira através de cartas. Os protagonistas das histórias são sempre desajustados, perdedores, solitários. As histórias são amargas, quase todas tristes, que não dão margem para a esperança ou remissão. São narrativas bem contadas e inventivas, das quais um sujeito só deveria se aproximar depois que já ter passado por sua boa cota de aborrecimentos (pois parecerão cruéis demais para um neófito da realidade deste mundo). *[início: 07/06/2015 - fim: 11/06/2015] “Sirenas en el campo de golf”, Patricia Highsmith, tradução de Márgara Averbach, Buenos Aires: Arte Gráfico Editorial Argentino (Grupo editorial Norma / Clarín), 1a. edição (2011), brochura 13x20 cm., 328 págs., ISBN: 978-987-07-1184-1 [edição original: Mermaids on the Golf Course (London: William Heinemann / The Random House Group) 1985]


16

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

Junho 2015

Futebol

Veteranos em campo na Copa A Razão Lorenzo Franchi

S

e os últimos resultados nos gramados não foram satisfatórios quanto ao quesito vitória, no ponto de vista da saúde e qualidade de vida foi uma goleada em final de campeonato. Após sua primeira experiência com a disputa da Copa Prefeito, no primeiro semestre de 2015, o Departamento de Futebol da APUSM quer manter o ritmo de suas atividades e voltar a frequentar os campos de futebol santa-marienses para disputar a Copa A Razão. O professor Clauton Machado, (que junto com Cleber Biazus são os organizadores do Departamento) destaca que o principal objetivo da formação da equipe é melhorar a qualidade de vida do associado, além de também inserir ainda mais a participação da Associação na comunidade. Metas que vêm sendo atingidas com sucesso. “Hoje as pessoas com mais de 60 anos estão tendo a oportunidade de exercitar-se com prazer e alegria, melhorando sua qualidade de vida sig-

nificativamente”, enfatizou Machado. O congresso técnico do campeonato com informações do regulamento atualizado, ocorre no dia 6 de julho, às 19h, no Lucão 3, próximo à Rodoviária. O início dos

jogos está previsto para a primeira semana de agosto e deve se estender até início de Dezembro. Interessados em fazer parte da equipe, favor entrar em contato com o Professor Clauton Machado pelo

telefone (55)9104-2426 ou com a secretaria da Associação através do telefone (55)3221-4856. Importante deixar nome e telefone para contato. Seja um campeão em saúde, venha jogar conosco!


Junho 2015

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

Xadrez

Confirmado torneio no dia 18 de julho

D

epois do sucesso da realização do Torneio Aberto do Brasil – Aniversário de Santa Maria, segue as atividades do Departamento de Xadrez, comandado pelo ex-presidente da Associação, professor Arlindo Mayer. E o primeiro evento programado é o Torneio de Inverno que será realizado durante toda à tarde do dia 18 de julho, no Salão Olho D’Água da sede da APUSM, localizada na Avenida Dores, 791. A competição é aberta para todos os interessados, associados ou não, e será disputada sob as regras da FIDE pelo sistema suíço em cinco rodadas de 20 minutos para cada enxadrista. A organização do certame promete prêmios surpresas para os participantes, além de troféu e medalhas para os melhores classificados. As inscrições serão homologadas no local, entre 13h e 14h, e a primeira rodada está agendada “britanicamente”

para iniciar às 14h30. Mais informações pelos telefones (55) 9994-1099 e (55)8139-8700. Pan-americano 2015 - A Confederação Brasileira de Xadrez já fez o convite e homologou as inscrições com a Federação Internacional de Xadrez (FIDE) de dois enxadristas do convênio APUSM/SMXC para participar do Campeonato Pan-americano de Xadrez Amador 2015 que será realizado na cidade de Sucre, Bolívia, entre os dias 19 e 26 de agosto. Jorge Boabaid, do Santa Maria Xadrez Clube, já confirmou sua presença na competição continental. Ricardo Ritzel, da APUSM, ainda depende de alguns detalhes para carimbar o passaporte. Universitário de SM – Também faltam apenas detalhes para confirmação da realização do Campeonato de Xadrez Universitário SM- 2015 na Associação. O torneio irá congregar, em setembro, professores e acadêmicos de todas as universidades e faculdades santa-marienses.

17


18

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

Junho 2015

Artes Plásticas e Poesia

Rostos expressivos de Clarissa Fabrício

S

em meio termo. Abusando de cores fortes, expressões humanas, feições da face e de personalidade que a bacharel em Artes Plásticas, Clarissa Fabrício, expôs por todo o mês de junho sete obras de sua última fase no hall da Secretaria da Associação dos Professores. As cores laranja, verde e as variações do vermelho são algumas das tonalidades que Clarissa destaca em suas pinturas de óleo sobre tela. A artista, que tem em sua essência a pintura, relata que o ser humano sempre lhe intrigou, sendo destaque em suas peças. “Gosto do ser humano. Parto de

uma observação e deixo transpor no imaginário o que as pessoas me remetem”, explica. Ela conta também que a mostra “Rostos” foi inspirada em análises e circunstâncias rotineiras presenciadas em salas de embarques de aeroportos, rodoviárias e também da vida da própria artista. Segundo a artista, “são projeções do que viu em outras pessoas”. Os artistas que também desejam expor na Associação, favor entrar em contato com a APUSM- Setor de Eventos, pelo e-mail eventos@apusm.com.br, ou pelo telefone (55) 3221 4856. (L.F)

O poeta imortal carrega seu jaguardarte pela vida

E segue instigante a poesia do cidadão matense e santa-mariense por adoção, Odemir Tex Jr. O poeta, conhecido carinhosamente por seus amigos como Tex, foi recentemente empossado como mais novo membro da Academia Santa-Mariense de Letras, ocupando a cadeira nº 36, cujo patrono é Raul Bopp, e agora publica com exclusividade para os leitores do Jornal da APUSM um trecho de sua última fase. Para quem ainda não conhece a sua obra, Tex conquistou mais de uma vintena de prestigiados e disputados prêmios literários em vários estados brasileiros. É coautor dos livros Santa Invasão Poética (poesia/2003), O Maquinista Daltônico (poesia/2007) e O Gol Iluminado (crônica/2008); autor de Esta Insólita Província, (poesia/ a publicar) e Para Uma Nova Didática do Olhar (Estrela Cartonera, poesia, 2013).

Pois que todo mundo carrega um jaguadarte pela vida Era correr como se o mundo puxasse a vida pela sola dos pés. - Foge do Jaguadarte! Garra que agarra, bocarra que urra!

Foto reprodução Facebook

Era cooptar os sentidos para lutar contra os ponteiros agudos da repetição. - Foge do Jaguadarte! Garra que agarra, bocarra que urra! E a vida é isso: um labirinto (!) que em cada descaminho abre uma saída para o absurdo. - Foge do Jaguadarte! Garra que agarra, bocarra que urra!

Odemir Tex Jr. O poeta, conhecido carinhosamente por seus amigos como Tex


Junho 2015

Cinema

19

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

Telão em casa

por Carlos Costabeber

Birdman

A teoria de tudo

Foxcatcher

Livre

Grande ganhador do Oscar deste ano, “Birdman” me Impressionou pela criatividade, e pelo magistral desempenho de Michael Keaton (no papel do ato Riggan Thomson). Rodado em um teatro na Broadway, o filme dirigido pelo mexicano Alejandro González é muito arrojado, ao criar um dilema existencialista para Thomson: o que é verdade e o que é teatro. Naturalmente imperdível

Vencedor do Oscar de Melhor Ator, o jovem Eddie Redmayne dá um show de interpretação, no papel do físico inglês Stephen Hawking. O filme retrata o drama do mais badalado cientista do mundo, que descobre aos 21 anos, uma grave doença degenerativa. O filme deixa as descobertas de Hawking em segundo plano, focando mais o lado pessoal, e a forte relação com a esposa Jane. Espetacular

John du Pont (1938-2010) foi um excêntrico e paranoico bilionário americano, que desejava ser o treinador da equipe americana de luta greco-romana. Para tanto montou em sua rica fazenda um centro de treinamento, e contratou atletas olímpicos como medalhista Mark Schultz – com quem tece um relacionamento tumultuado. Como era previsto, tudo acabou mal. Um filme verídico, e que teve 5 Indicações ao Oscar desse ano.

A atriz Reese Whiterspoon intrepreta a jovem Cheryl Strayed, que resolveu fazer uma trilha de 1.800 km, desde a fronteira do México até o Canadá, pela costa Oeste dos EUA. Mesmo sem experiência, ela saiu em busca de autoconhecimento, após perder a mãe, e também como forma de esquecer o passado de drogas e sexo promíscuo. O roteiro é simples, mas dignificante!

Corações de ferro

50 tons de cinza

Essa é a saga de uma guarnição de tanque (liderada por Brad Pitt), em ação no final da 2ª Guerra. Apesar dos eventuais exageros, o diretor dá um tom bem realista ao comportamento dos soldados americanos. É realmente uma superprodução, caprichada em todos os detalhes técnicos, com destaque para a batalha entre um blindado alemão (Tiger) e quatro (Sherman) americanos.

Sexo e marketing são poderosas armas de vendas! É o caso desse filme, badaladíssimo pelo sucesso da trilogia escrita pela inglesa EL Jarnes. Para mim, o filme não passa de um grande caça níqueis (acho que é a idade, mesmo). Não consegui chegar nem na metade, de tão ruim.

Para quem aprecia esse tipo de filme, é realmente imperdível.

Mas tem muita gente que está adorando! Gosto não se discute, né?

As duas faces de janeiro Ambientado na bela Grécia de 1962, o filme retrata um casal de turistas que acaba encontrando um guia americano. A partir disso, nasce uma relação estranha, uma vez que o marido havia aplicado golpes financeiros nos Estados Unidos. Elogiada pela critica, a produção realça aquele estilo de suspense e intriga do tipo “Casablanca”. Muito bom!


20

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

Junho 2015

Acesse o site da APUSM

A

rial, para que você mesmo possa efetuar seu cadastro e consequentemente seu primeiro acesso sem dúvidas.

fim de facilitar o domínio de sua página de associado no site, desenvolvemos um tuto-

Acesso ao site APUSM. Para o primeiro acesso: o

Pass

1

XXX Festival Internacional de Inverno da UFSM 26 Julho / 2 Agosto de 2015

Em seu primeiro acesso basta informar somente os números de seu CPF e clicar onde a seta laranja esta indicando. Você será direcionado para a próxima etapa do cadastro

o

2

o

3

o

4

Pass

Pass

Pass

XXX Semana Cultural Italiana de Vale Vêneto O Festival Internacional de Inverno da UFSM iniciou em 1986, tendo por objetivo favorecer o desenvolvimento e o aperfeiçoamento da atividade musical num ambiente de integração com a sociedade. Assim, diante do potencial turístico da região da Quarta Colônia de Imigração Italiana e do interesse da comunidade de Vale Vêneto em promover o resgate de suas origens surgiu uma parceria que até hoje se mantém. A comunidade de Vale Vêneto idealizou a Semana Cultural Italiana e desde então a Universidade Federal de Santa Maria, a comunidade de Vale Vêneto e a Prefeitura de São João do Polêsine têm sido parceiras na promoção dos

dois eventos, contando ainda com a colaboração da University of Georgia, Estados Unidos. Nesses 29 anos de existência, além de alunos brasileiros vindos de diferentes estados, o Festival teve também a participação de alunos da Argentina, Uruguai, Bolivia, Paraguai, Costa Rica, Estados Unidos e Alemanha, os quais tiveram a oportunidade de estudar com renomados professores. Neste mesmo período, mais de 40 universidades e conservatórios de música da Europa, Estados Unidos, Oriente Médio e América Latina estiveram representadas no Festival, através de seus professores que realizaram recitais e ministraram oficinas. Reprodulção Portal Bei

Programação Geral

É possível visualizar e mesmo salvar o estatuto atualizado, seu registro em cartório e os balancetes mensais, mais abaixo é possivel ver os débitos mensais do plano de saúde, mensalidade, seguro, telefonia e convênios.

• Atenção: se os dados não estiverem condizentes, favor entrar em contato pelo telefone 55 3221 4856 / 3223 1975 / 3026-3565, ou se preferir, pelo e-mail apusm@apusm.com.br .

08:30h – 11:00h: Oficinas de instrumento, canto, regência e educação musical 12:00h: Recital de alunos 13:00h: Almoço 14:30h – 16:00h: Oficinas de instrumento, canto, regência e educação musical 14:30h – 17:30h: Curso de formação de professores (quinta e sexta-feira) 16:30h – 18:30h: Ensaio da orquestra sinfônica e da orquestra de sopros 16:30h – 18:30h: Oficinas de musicalização infantil 19:00h: Recital dos professores do FIIUFSM 20:30h: Jantar *Após o jantar seguem as atividades da Semana Cultural Italiana, promovida pela Comunidade de Vale Vêneto.

Programação de Recitais e Concertos Entre os dias 26 de julho e 02 de agosto de 2015, professores e alunos do FIIUFSM apresentarão vários recitais em Vale Vêneto, Silveira Martins, Cachoeira do Sul e Santa Maria. Os recitais dos alunos serão às 12 horas e o dos professores às 19 horas, no salão do Centro Cultural Rainha dos Apóstolos. Recitais solo, de música de câmara, da orquestra sinfônica e da orquestra de sopros integram a programação (em breve maiores detalhes). CONTATO

Centro de Artes e Letras Departamento de Música - Prédio 40B Cidade Universitária - Bairro Camobi CEP 97105-900 - Santa Maria - RS +55 (55) 3220-8088 fiiufsm@gmail.com


Junho 2015

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

21

Jurídico

Servidora conquista insalubridade máxima

S

ervidora propôs ação judicial requerendo o pagamento do adicional de insalubridade no grau máximo (20% do vencimento básico) em razão do contato com substâncias químicas e agentes biológicos. Representada por Wagner Advogados Associados, ela conquistou o direito ao adicional no grau pleiteado, com efeitos financeiros desde quando ingressou no cargo. Ocupando o cargo de técnico de laboratório/área química, de início, a servidora nada recebia a título de insalubridade. Na sequência, passou a perceber o grau médio. Durante o processo judicial, foi realizada perícia no local de trabalho da servidora, oportunidade em que foi constatado manuseio de ácidos, bases, sais, óxidos e solventes, assim como o contato com agentes biológicos (tecidos, sangue e dejetos de animais que podem estar contaminados com doenças infectocontagiosas). Em vista disso, a perícia avaliou o grau de insalubri-

dade em grau máximo. Considerando que as atividades e o local de trabalho da servidora não sofreram alterações

desde o seu ingresso, a sentença determinou o pagamento do adicional de 20% no período de cinco anos que antecede o ajuizamento

Pensionistas têm direito a paridade com servidores da ativa

Os pensionistas de servidor aposentado, falecido após a promulgação da Emenda Constitucional 41/2003, têm direito à paridade com servidores da ativa para reajuste ou revisão de benefícios, desde que o servidor aposentado falecido se enquadre na regra de transição prevista no artigo 3º da EC 47/2005. Esta decisão foi divulgada pelo Supremo Tribunal Federal, que deu provimento parcial ao Recurso Extraordinário

603580 na sessão realizada dia 20 de maio de 2015. A decisão do STF se aplicará, ao menos, a 1.219 processos sobrestados em outras instâncias. Representados por Wagner Advogados Associados, tanto a Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (CONDSEF) como o Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (SINASEFE) atuaram na defesa

dos servidores. Para os ministros do STF, os pensionistas nesta situação tem direito à manutenção do valor integral dos proventos. Neste caso, deve ser aplicado o artigo 40, parágrafo 7º, inciso I, da Constituição Federal, que limita a pensão a 70% dos valores que excedam o teto de Regime Geral de Previdência Social. Fonte: Wagner Advogados Associados

da ação, acrescido de juros e correção monetária, com o abatimento dos valores já pagos a tal título. A decisão é passível de recurso.

O advogado e sócio do escritório Wagner Advogados Associados, Flávio Ramos realiza todas as quintas-feiras pela manhã, das 10h ao meio-dia, orientações jurídicas aos associados da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria (APUSM). Ramos é especializado nos assuntos relacionados a questões funcionais do servidor público como: carreira, vínculos do professor ao serviço público, entre outros. O escritório atua nesta área há cerca de 30 anos. Neste ano o escritório também está atendendo aos professores associados que possuem vínculos com instituições particulares. Assuntos relativos ao regime geral da previdência- INSS destes associados podem ser esclarecidos pelos advogados. Para isso, basta que o associado utilize este serviço nas quintas-feiras.


22

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

Junho 2015

Convênios novos:

S

APUSM tem mais parcerias para você

ão seis os novos parceiros que entraram em julho para o quadro de convênios da Associação. Agora, no total, já são vinte cinco empresas, instituições e profissionais liberais que concedem benefícios e descontos para o associado APUSM. Conheça-os abaixo (ver também na pagina 23 desta edição) Na área da Saúde, o fisioterapeuta Marcelo de Carvalho Pozza oferece pacotes especiais e pacotes combos com preços especiais para associados em fisioterapia traumática, ortopédica, reumatológica, respiratória, desportiva, assim como acupuntura. Ele dispõe ainda de Terapia Craniosacral, Mobilização Neural, Auriculoterapia, Eletroterapia, assim como a utilização de uma plataforma vibratória G-Vibe 800. O consultório fica na rua Quintino Bocaiuva, 272, sala 1, entre Silva Jardim e Daudt. O email para contato é mcpozza@hotmail.com e o telefone é (55)99893099. A Delínea – Pilates e Atividades Físicas é outra empresa recém conveniada com a Associação. Basta apresentar a carteira social na hora da sua inscrição para ter condições especiais de pagamento. Outro contrato firmado de convênio na área da Saúde é com

Carteira UNIMED Fique atento associado: Aos associados APUSM conveniados com a Unimed que possuem os planos de saúde: CR1A, CR1B, CR2A E CR2B. Favor vir até a sede social da associação, na av. nossa senhora das dores, 791 e efetuar a troca da sua carteirinha. Com a troca do código, mesmo as carteiras ainda válidas devem ser trocadas. O horário de funcionamento da Associação é de segunda à sexta feira, das 8h às 12h pela manhã e das 14h às 18h pela tarde. Para quaisquer outras dúvidas, você pode entrar em contato pelo telefone: (55)3221-4856, ou pelo email apusm@apusm.com.br Contamos com a sua cooperação! 2 mil associados ainda não retiraram sua nova carteira Unimed.

A Delínea – Pilates e Atividades Físicas é outra empresa recém conveniada com a Associação

Andrea Machado, psicóloga clínica e organizacional especializada em Gestão de Recursos Humanos e Orientação Vocacional. Atendimento a crianças, adolescentes, adultos e idosos. Se necessário, realiza atendimento domiciliar. Ela oferece 50% de desconto nas consultas e atendimentos para associados e dependentes. Também na Psicologia Clínica, o Consultório Psicológico de Juliana Martins propõe uma melhor

qualidade de vida ao associado com atendimentos semanais (com possiblidade de mais de uma sessão por semana) destinado ao público infantil, adolescente, adulto e adulto maduro. Ela oferece 30% de desconto no valor da consulta para todos os beneficiados da Associação. O endereço é na Alberto Pasqualine, 70, Torre Ribas, 6ª andar, sala 608. O telefone de contato é o (55) 9114 9919. No estudo de idiomas, a nova

parceira da Associação é a Up-Escola de Idiomas, que garante 10% de descontos em qualquer de seus cursos, além de disponibilizar bolsas de ensino para sorteio entre o quadro social. Outro convênio já confirmado é com o Centro Óptico, que proporciona 20% de descontos em compras à vista, 10% em compras parceladas e parcelamento em até 10 vezes em cartões de crédito. A empresa oferece também parceria com um oftalmologista, com o beneficiário pagando apenas R$ 70,00 pela consulta (agendadas na loja). As lojas do centro Óptico ficam em Camobi, na Avenida Prefeito Evandro Behr, 7035, sala 103, Fone: (55)3307-1337 (em frente à Caixa Econômica Federal), e na Tancredo Neves, no Centro Comercial T. Neves - Loja 21. Fone: (55)3032-2411. Em negociações adiantadas e com previsão da confirmação de convênio para os próximos dias, há ainda outros dois restaurantes em Santa Maria; cinco hotéis (dois em Santa Maria, dois em Porto Alegre e um em Curitiba); um consultório dentário, também em Santa Maria; uma camisaria santa-mariense; e uma escola de música também de nossa cidade.


Junho 2015

23

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

Conveniados da APUSM SAÚDE

* Condições especiais para conveniados APUSM. Identifique-se apresentando a sua carteira social.

EMPRESAS DE BUFFET Babette Restaurante (55) 3027 1716 Focus Produtora (55) 3027 5027 Maffi Restaurante (55) 3222 2799 Nedel Eventos (55) 3026 6234 Norberto Da Cás (55) 3222 1981 Via Gastronômica (55) 3217 5337 Vira Cambota (55) 3026 3333 W Eventos (55) 9984 7608

Beleza

Agafarma

Beleza Ville

Rua do Acampamento, 488, Centro Santa Maria/RS (55)3222.6509 Email: aga658@agafarma.com.br site: www.agafarma.com.br *Desc. especiais para associados APUSM (consulte)

Endereço: Ângelo Uglione, 1667, sala 101, térreo. Telefone (55) 3347.1113 *Desc. especiais para associados APUSM (consulte)

CENTRO CLÍNICO CAMOBI

Airton Cabeleireiros

R Faixa Camobi , 6885 Santa Maria, RS - Cep: 97000-001 Fone: (55) 3226-6571 10% a 20% de desconto para associados e familiares

Endereço: Rua dos Andradas, 1222. Telefone (55) 3026.3483 / (55) 3317.3050 site: www.airtoncabeleireiros.com *Desc. especiais para associados APUSM (consulte)

SERVIÇOS DIVERSOS Gaiger

Bellacasa Móveis

Endereço: Rua Doutor Bozano Salvador, 1293 - Nossa Senhora Medianeira, Santa Maria - RS, 97015-004 Telefone:(55) 3025-3533 Descontos de 18% nas compras à vista e 5% no crediário.

Lavagem Zero Grau

Loja Floriano Peixoto: Telefones: (55) 3221.2808 | 8117.4819 Loja Serafim Valandro: Telefones: (55) 3223.1679 | 8117 4846 Loja Royal Plaza: Telefones: (55) 3028.8807 | 9941.6902 E-mail: contato@lojasbellacasa.com.br Desconto de R$ 540,00 para associados APUSM

Av. Nossa Senhora das Dores, 623 Fone: (55)9998.2050 / 9902.4477 10% de desconto

Jornal A Razao

*Desc. especiais para associados APUSM (consulte)

HOTÉIS Dall´Onder Hotéis Grande Hotel Endereço: R. Herny Hugo Dreher, 197 - Planalto, Bento Gonçalves - RS, 95700-000 Telefone:(54) 3455-3555 site: www.dallondergrandehotel.com.br Vittoria Hotel Endereço: R. Treze de Maio, 800 - São Bento, Bento Gonçalves - RS, 95700-000 Telefone:(54) 3455-3000 site: www.dallondervittoria.com.br *Desc. especiais para associados APUSM (consulte)

Lar Residence Rua Demétrio, 601 Fone/Fax: (51) 3226.6126 Porto Alegre/RS Email: hotellar@hotellarresidence.com.br site: www.hotellarresidence.com.br *Desc. especiais para associados APUSM (consulte)

River’s Grill e Restaurante Rua Venancio Aires, 920 Santa Maria/RS fone: (55) 3347.2019 site: www.restauranterivers.com.br *Desc. de 10% para associados APUSM

Telefone: (55) 3220-2100 Endereço: Rua Serafim Valandro, 1284. CEP: 97015-630 E-mail: site@arazao.com.br Site: www.arazao.com.br Descontos de 20% na assinatura anual

Wagner Advogados Associados Pet Life atendimento@petlife.com.br Telefone: (55) 3015-5815 Endereço: Rua Andre Marques, 653, sala 501, Edificio Aquárius, Centro, Cep 97010-041 Santa Maria - RS *Desc. especiais para associados APUSM (consulte)

Curso de Inglês CNA Endereço: Rua Marechal Floriano Peixoto, 867 Santa Maria / Centro, RS, 97015-371 Telefone:(55) 3028-0050 *Desc. especiais para associados APUSM (consulte)

Rua Alberto Pasqualini, 70, 13º andar Santa Maria/RS fone: (55) 3026.3206 email: wagner@wagner.adv.br *Desc. especiais para associados APUSM

Sicredi Endereço: Rua Dr. Astrogildo de Azevedo, 354, Santa Maria - RS, 97015-150 Telefone:(55) 3026-0198 Site: www.sicredi.com.br *Condições especiais para associados APUSM

Hotel Continental Santa Maria

Wizard Escola de Idiomas

Superauto

Endereço: Rua Benjamin Constant, 1209 - Centro, Santa Maria - RS, 97050-023 Telefone:(55) 3028-7070 Site: www.continentalsantamaria.com.br/ *Desc. especiais para associados APUSM (consulte)

Endereço: R. Riachuelo, 99 - Centro, Santa Maria - RS, 97050-010 Telefone:(55) 3222-2293 Descontos de 20% em todos os idiomas para funcionários, dependentes e associados da APUSM

Endereço: Av. Nossa Sra. Medianeira, 1318, Santa Maria - RS, 97060-002 Telefone:(55) 3027-7974 site: www.fordsuperauto.com.br *Desc. especiais para associados APUSM (consulte)


24

Periódico mensal da Associação dos Professores Universitários de Santa Maria

Junho 2015

Profile for Apusm Santa Maria

Jornal APUSM edição Junho 2015  

Jornal APUSM edição Junho 2015  

Advertisement