Issuu on Google+

MARÇO DE 2012

A

CONTINELA ANUNCIANDO

O

REINO DOS DEUSES SANTOS

Com que tipo de cristão

suas ações o

identifica?


A

CONTINELA ANUNCIANDO O REINO DOS DEUSES SANTOS

®

Tiragem de cada número: 000.001 EM 001 IDIOMA

MARÇO DE 2012

O OBJETIVO DESTA REVISTA ELETRÔNICA*, A Continela, é honrar os Deuses santos – desde o Supremo Deus, o ‘Deus comandante dos demais Deuses’, Jeová, até o menor deles. (Sal 136:2) Assim como os vigias dos tempos bíblicos se postavam nas altas torres de ângulo, para dali monitorar os eventos, esta revista nos demonstra como enxergar as verdades bíblicas de um ângulo nunca antes observado. Consola e dá entendimento da verdade a todas as pessoas da atualidade – principiando pelas Testemunhas dos Deuses Santos – com as boas novas de que o Reino dos Deuses Santos em breve acabará com as mentiras e enganos religiosos e toda a maldade da terra, transformando-a num belo paraíso. Incentiva a fé em Jesus Cristo, um Deus santo que morreu para que possamos ter vida feliz e sem fim, sob o Reino do qual ele é o principal dos reis. (Is 9:6; Jo 1:1, 18; Fil 2:6) Esta revista, que é publicada ininterruptamente pela Associação das Testemunhas dos Deuses Santos desde 2012, não é política, (embora tenha autorização para abordar temas relacionados) adere às Escrituras Sagradas como autoridade, sem, no entanto, infringir sua “regra básica”, conforme 1Co 4:6. A menos que haja outra indicação, os textos citados são da moderna Tradução dos Deuses Santos das Escrituras Sagradas.

*Não será publicada em papel. Nenhuma árvore será derrubada. ‘Não arruinaremos a terra.’ –Re 11:18.

ASSUNTOS DE CAPA  

3 O que dizem as religiões sobre si mesmas? 4 As AÇÕES dos cristãos – no primeiro século e hoje.  4 – ‘Permaneçam na minha palavra’;  5 – Eles ‘permaneceram na Palavra’;  6 – ‘Permanecem na Palavra dos Deuses’ os atuais religionistas?;  10 – As crenças das Testemunhas de Jeová – pontos positivos;  11 – As crenças das Testemunhas de Jeová – pontos negativos;  19 – Os “apóstolos e anciãos” se diferenciavam dos demais cristãos?;  23 – Religiões Traidoras.

SEÇÕES REGULARES

- CONHECENDO O LIVRO DE ENOQUE – PARTE III

- BLOG: REFLEXÕES DE UMA TESTEMUNHA DE JEOVÁ


“A

S TESTEMUNHAS DE JEOVÁ não têm procurado iniciar novas doutrinas, uma nova forma de adoração, uma nova religião. Em vez disso, [nossa] história dos tempos atuais reflete [nosso] esforço consciente no sentido de ensinar o que está na Bíblia, a inspirada Palavra de Deus. Apontam[os] para ela como a base de todas as [nossas] crenças e de [nosso] modo de vida. Em vez de desenvolver[mos] crenças que reflitam as tendências permissivas do mundo atual, [nós temos] procurado harmonizar-[nos] cada vez mais de perto com os ensinamentos bíblicos e práticas do cristianismo do primeiro século.”* Estas palavras são deveras muito bonitas de se ler, mas o que importa mesmo é sabermos se o que diz o Corpo Governante das Testemunhas de Jeová aqui, também pratica. Isto se faz importante devido ao fato de que papas, bispos, pastores e várias outras autoridades religionistas, governantes de outros seguimentos cristãos, têm também dito algo parecido. Apesar disso, milhares de pessoas completamente frustradas têm abandonado suas religiões após constatarem que as ações delas são incompatíveis com o que falam e que, em vez de seguirem a Cristo, o Originador do cristianismo, se embrenham por outros caminhos totalmente estranhos! _____ *Capítulo 10, debaixo do subtítulo: “Crescimento no conhecimento exato da verdade” no livro Testemunhas de Jeová – Proclamadores do Reino de Deus, publicado por nós em 1993.

A CONTINELA ・ MARÇO DE 2012

3


F

oi dito que as ações falam mais alto que palavras, assim, o que realmente vem ao caso para que um determinado grupo religioso (bem como seus religionistas) seja verdadeiramente cristão são as ações destes, e não meras palavras. Até que ponto as ações dos grupos religiosos e de seus religionistas cristãos concordam com o que dizem e, ainda mais importante, com o que determinou o Cristo para que tais fossem vistos e identificados como cristãos verdadeiros? Será que praticam o verdadeiro cristianismo tanto quanto afirmam que o fazem? Afinal, o que dizem as ações – individuais e coletivas – sobre todos eles; sim, sobre todos nós, religiosos cristãos? Este inteiro artigo responderá esta pergunta. Todos os religionistas da atualidade têm motivos de sobra para serem cristãos que verdadeiramente escutam as orientações do Cristo, a quem afirmam seguir. Por quê? Porque homens e mulheres – cristãos do primeiro século – o fizeram. Alcançaram o padrão cristão exigido por Jesus para todos eles e fizeram isso mesmo tendo sido classificados como “homens indoutos e comuns”. (veja o quadro ao lado) Se esforçaram e conse4

A CONTINELA ・ MARÇO DE 2012

guiram fazer todos os ajustes necessários para que pudessem se enquadrar no tipo de discípulos desejável! Tornaram-se, de fato, cristãos plenamente ‘maduros, completamente equipados para a obra dos Deuses’. – 1Co 2:6; Fil 3:15; He 5:14; At 4:13; 2Ti 2:21; 3:17. Que ajustes e mudanças de atitudes tiveram de fazer? Como fizeram isso e quais os benefícios colhidos por agirem assim? Vejamos apenas um aspecto em que tiveram de mudar suas ações para tornarem-se ‘adoradores aceitáveis’ aos Deuses santos. – 2Co 5:9; 1Pe 2:5. ‘Permaneçam na minha palavra’ Jesus disse para seus discípulos: “Se vocês permanecerem firmes na minha pala-

“Indoutos e Comuns” Serem os discípulos chamados de “indoutos e comuns”, por adversários enciumados, de modo algum significava que eram uns ignorantes analfabetos. Antes, porém, significava que não haviam cursado teologia superior com os “superfinos apóstolos” religionários de seus dias – os rabinos. Veja 2Co 11:5, 6.


vra, verdadeiramente serão meus discípulos. E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará.” (João 8:31, 32 NVI). A “palavra” de Jesus é composta por seus ensinos, mandamentos e ordenanças, e estes vieram da parte dos seus Pais, os Deuses santos. Ele disse: “Os próprios Pais que me enviaram têm me dado um mandamento quanto a que dizer e a que falar.” – Jo 12:49; Mt 28:20; Mc 4:2; 2Pe 3:2. Os

seus dias. Esses líderes alegavam que ‘ensinavam oralmente’ a Lei de Moisés ao povo. Mas a verdade era que há muito haviam ‘invalidado as verdades da Palavra escrita dos Deuses santos por causa das tradições religionistas deles próprios’! – Mt 15:3; Mc 7:7, 8; At 18:25.

Eles ‘permaneceram na Palavra’

O resultado de todo este esforço e empenho espirituais foi que aqueles discípulos foram ricamente abençoados por agirem assim. Tornaram-se cristãos perfeitamente verdadeiros, ‘transbordando em compreensão espiritual’! A inteira congregação só se beneficiou com esta ação tomada desde o início. Tendo ‘rejeitado as

Assim, conforme os dias avançavam, os discípulos do Cristo ‘percorreram’ as Escrituras com o nobre objetivo de ‘pesquisar todas as coisas com exatidão’ e para que primeiros cristãos permaneceram na pudessem ‘continuar na palavra do SenPalavra dos Deuses hor’. Não demorou e eles abandonaram as santos – você faz “histórias falsas”, as “fábulas judaicas” e o mesmo? outros ensinos estranhos às Escrituras. Elogiaram alguns dos novos discípulos que se achegavam à congregação por estes terem uma “mentalidade mais nobre” que a costumeira. O que tornava a estes diferentes? Eles faziam um meticuloso estudo pessoal das Escrituras, ‘examinando cuidadosamente’ a elas para conferir se o que os apóstolos diziam era o mesmo que diziam os Deuses santos através da Palavra Deles, contida naqueles Escritos Sagrados. – Da 12:4; Lc 1:3, 4; At 17:11; 1Ti 4:7; Tit 1:14.

De início não foi nada fácil para aqueles primeiros discípulos entenderem e aplicarem essa regra de fé em suas vidas. Acontece que eles eram judeus e, como tais, estavam familiarizados apenas com as ‘palavras’ dos líderes religionistas de

A CONTINELA ・ MARÇO DE 2012

5


filosofias e o vão engano’, certamente esses cristãos atingiram a perfeição em ‘permanecer na Palavra de Jeová’ – e tudo isso em poucas décadas! Descobriram que muito do que os religionistas de seus dias acreditavam, defendiam e ensinavam, estava de ‘acordo com as tradições de homens e com as coisas elementares do mundo e não segundo o Cristo’. – Col 1:9, 10; 2:8; 2Pe 1:2, 5-8. Ao evitarem esse tipo de veneno – os erros religiosos – eles ‘apegaram-se firmemente à palavra fiel com respeito à sua arte de ensino, para que pudessem tanto exortar pelo ensino que é salutar como repreender os que a contradiziam’. Que atitude louvável! – Tit 1:9. ‘Permanecem na Palavra dos Deuses’ os atuais religionistas? Nunca na história da humanidade vieram à existência tantas religiões como aconteceu em nossos tempos, especialmente desde o século passado, o século 20. Quantos cristãos existem hoje? Se-

6

gundo o Atlas of Global Christianity (Atlas do Cristianismo Global) em 2010 havia quase 2,3 bilhões de cristãos no mundo todo. A mesma obra, porém, indica que todos esses pertencem a mais de 41 mil denominações religiosas diferentes — cada uma com suas próprias doutrinas e regras de conduta. Diante dessa profusão de religionistas “cristãos”, é compreensível que muitas pessoas fiquem confusas diante dessas estatísticas. Estranha quanto elas indiquem, o mais importante, no entanto, é sabermos se todos estes ‘permanecem na Palavra do Senhor Jesus’. Será que permanecem? Se fizermos essa pergunta a cada um deles, certamente responderão afirmativamente. Então, façamos uso de um método conhecido e obtenhamos respostas próprias. – 1Jo 4:1. O método da eliminação Identificar se todas estas religiões e seus religionários ‘permanecem na Palavra dos Deuses’ santos talvez pareça com procurar uma agulha num palheiro. Mas será preci-


so olhar palha por palha do palheiro? pessoal da Palavra dos Deuses; (11) Que se Não. Vamos usar o método da eliminanegam a ‘ensinar as pessoas a observar as ção. A própria Palavra de Jeová, a Bíblia, coisas que o Senhor ordenou’ . . .. é como um ímã que ajuda a idenA lista poderia conter mais tificar quem verdadeiramen“Todos coisas, mas por hora já baste ‘ouve e pratica as pala[os religionistas da ta. Já dá para vermos que vras’ do Cristo. — Mt Cristandade] se desviaram, apenas essas eliminam 7:24; Tg 1:25. muita gente! Afinal, todos são igualmente Assim, eliminemos quantas religiões orcorruptos; Não há quem de estarem permaneganizadas você concendo na Palavra dos hece hoje que estão lifaça o bem, nem Deuses santos as relivres de praticar alguma sequer um” giões e seus religionários das coisas dessa lista? A – Sal 14:3. que afirmam serem cristãos situação dos religionários de mas que (1) acreditam que temos hoje – excepcionalmente da uma alma imortal; (2) que existe um ininteira Cristandade – é parecida ao que ferno para torturar essas almas; (3) que descreveu o salmista, que disse: “Todos os Deuses são compostos de três Deuses [estes] se desviaram, todos são igualmente num só Deus – uma Trindade; (4) que é corruptos; Não há quem faça o bem, nem descaradamente um empreendimento sequer um” – Sal 14:3 TNM. para fins lucrativos, para que seus líderes vivam em luxo; (5) que evitam o nome dos Deuses santos, Jeová; (6) que praticam descaradamente as obras da carne; (7) que instruem seus membros a adorarem deuses que nada valem: de pedra, de madeira ou de barro; (8) que diz abertamente que existe um ‘novo testamento’, em substituição aos 67 livros inspirados da Bíblia; (9) que têm uma classe de privilegiados – uma classe clerical; (10) que impedem, policiam e punem seus membros por estes procurarem o entendimento bíblico através do seu estudo


Assim, caro leitor, se você se encontra filiado, ou congregado, a uma religião dita cristã, mas que claramente – por palavras e ações – pratica algum item da lista, então é hora de você rever seus conceitos sobre isso. Saiba que tal religião não é obediente ao Cristo. Todos os itens da lista são ‘desencaminhantes pronunciações inspiradas [por] demônios, [ensinos inventados, sustentados e propagados] por homens hipócritas’. – Ez 18:4; Je 19:5; 1Co 8:5, 6; Gál 1:8; 5:19-21; Sal 78:58; 83:18; Jl 2:28, 29; Mt 20:25, 26; 28:19, 20; 1Ti 4:1, 2. Quem escapa da lista? Os itens da lista, de 1 a 7 é reconhecidamente comum nas crenças defendidas pelas religiões da inteira Cristandade. O item 8 é uma particularidade exclusiva dos Mormons. Estes defendem a ideia de que a Bíblia fora tão ‘sabotada a ponto de o Senhor Jesus ter decidido aparecer a um jovem (J. Smith) e o instruir a formar uma nova igreja e um novo evangelho’. Sobre a Bíblia, dizem convictos: ‘acreditamos ser ela a Palavra dos Deuses tão certamente quanto acreditamos existir uma tradução bíblica confiável’. Em outras palavras, estão dizendo que não aceitam a Bíblia porque, como também dizem, ‘não existe nenhuma tradução correta’. Isto é um absurdo e um erro fatal, de modo que estes são declarada8

A CONTINELA ・ MARÇO DE 2012

mente cristãos ‘amaldiçoados’. – Gál 1:8. Os Adventistas do Sétimo Dia parecem estar mais à frente dos demais, mas fica só na aparência mesmo. Assim como os Batistas, que desde o início de sua existência quis identificar-se apenas como cristãos que conhecem o ensino do batismo cristão, estes existem somente em razão do sábado. Para os Adventistas, o ensino da ‘guarda de um sábado’ literal – que fazia parte das verdades ensinadas pelos Deuses santos aos Israelitas sob Moisés, mas que virou uma verdade ultrapassada após o Cristo – é tudo o que na Bíblia deles consta. Não sabem mais nada sobre outras verdades bíblicas e, o que é pior: preferem escutar uma profetiza à Palavra santa.* A Igreja Batista e suas muitas células tornou-se apenas uma Igreja da pesada – só rola rock’n’roll dentro de seus prédios. É uma ironia, mas podemos afirmar que estes nem mesmo se lembram mais do significado do batismo, uma vez que seus melhores membros religionistas atualmente já devem está completamente transtornados e surdos diante de tanta sonzeira nos miolos. As Igrejas Universal, da Graça dos Deuses e a Mundial, do “Apóstolo Valdomiro”, são apenas invenções dos demônios para estes se divertirem ali. Sobre _____ *Para uma consideração mais pormenorizada sobre esta igreja cristã, breve publicaremos sobre um blog de algum cristão dela.


as Pentecostais Os Deuses São Amor e as Igrejas Congregacionais nem se fala! São cristãos tão tapados espiritualmente que não conseguem nem mesmo distinguir um versículo bíblico de um verso de seus hinários. A Igreja Assembleia dos Deuses completou cem anos de existência a pouco tempo. Estes também estão indo pelas veredas do pecado da carne aos milhões. Perderam o dom das profecias e do entendimento bíblico há quase meio século! Só nos resta então examinarmos as Testemunhas de Jeová. Elas são, reconhecidamente, as mais zelosas e fervorosas na obra de Jeová, os Deuses santos. Nós mesmos, os redatores desta revista, somos todos Associados a Elas. Estaremos, portanto, examinando nossa própria religião.* Será mesmo que as Teste-

munhas de Jeová como organização estão permanecendo na Palavra de Jeová, como afirmam? Será que ‘a história moderna delas’, como diz o livro Proclamadores (ver página 3 desta revista) ‘reflete [mesmo] o esforço consciente no sentido de ensinarem o que está na Bíblia’? Será que ‘apontam [mesmo] para ela como a base de todas as suas crenças e de seu modo de vida’? Será que, ‘em vez de desenvolverem crenças procuram [mesmo] harmonizar-se cada vez mais de perto com os ensinamentos bíblicos e práticas do cristianismo do primeiro século’? Isso é o que veremos!

_____ *Aconselhamos a que cada cristão, individualmente, faça o mesmo com sua própria religião. Submeta-a à ”Palavra dos Deuses” e, caso descubra que esta se desviou, tome medidas para corrigir esse desvio, como nós da Associação Torre de Monitoramento de Bíblias e Tratados do Brasil.

A CONTINELA ・ MARÇO DE 2012

9


As crenças das Testemunhas de Jeová – pontos positivos Algumas das crenças positivas das Testemunhas de Jeová e que as faz assemelharem-se de perto com os primeiros cristãos:   

 

 

10

Aceitam e levam o nome divinos, Jeová; - Sal 83:18. Pregam de casa em casa as boas novas do Reino; - mt 24:14. São cristãos que vivem por espírito, evitando ao máximo as obras e mentalidade carnais; - Gál 5:19-25. São altamente organizadas e limpas (física, espiritual e moralmente); Evitam crenças não bíblicas tais como a imortalidade da alma, do inferno de fogo e uma trindade de Deuses; Alcançam o mundo inteiro com sua mensagem positiva de que em breve o Reino dos Deuses eliminará a maldade da terra, transformando-a num lugar belo para se viver; - Re 21:3, 4. As suas reuniões – das menores às grandiosas – são altamente instrutivas e espiritualmente edificantes; Amam-se umas as outras intensamente e de coração; - 1Pe 1:22. não se envolvem em guerras e outros conflitos armados insanos – nem mesmo tomam partido nas políticas humanas – e, por fim, - Jo 15:19. A CONTINELA ・ MARÇO DE 2012

Só elas fazem, como ordenou o Senhor, ‘discípulos de pessoas de todas as nações, ensinando-as’. – Mt 28:19, 20.

Bem, esses são os pontos positivos e que, verdadeiramente, as identificam de perto com os primeiros discípulos. Nestes aspectos, portanto, estão ‘permanecendo na Palavra dos Deuses’. Não obstante, se há pontos positivos, será que há os pontos negativos e que elas praticam? Ou será que a confiança que têm nos nossos Criadores é tão grande que abusam dela? De fato, as Testemunhas de Jeová têm abusado

O excesso de confiança já derrubou religionários de todas as épocas – dos israelitas do passado às seitas da Cristandade. Será que as Testemunhas de Jeová podem abusar dela? Não de acordo com a Bíblia! – Is 3:8-10.


da confiança nos Deuses santos quando, de modo irrepreensível, sistemático e constante, insistem em sustentar alguns dos seus ensinos ditos ‘verdadeiros’ mas que são apenas erros grosseiros. Acharem elas que os Deuses santos concordam com os erros é, sobretudo, excesso de confiança. Isso é também fatal! (Sal 40:4; Je 17:7; 1Co 10:12) Quais são os ensinos errados sustentados por elas? As crenças das Testemunhas de Jeová – pontos negativos Atente para a seguinte lista de crenças criadas, defendidas e divulgadas pelas Testemunhas de Jeová mas que não tem base bíblica: 

Deus criou o inteiro universo e tudo o que há nele: “os céus” de Gênesis 1:1; Mas o texto não diz isso. No contexto de Gênesis e de toda a Escritura Sagrada, “os céus” que foram criados está relacionado com os “céus” de nosso planeta. – Gên 1:8; 2:4. Deus criou o planeta Terra: “a terra” de Gênesis 1:1; Igualmente, o contexto associa essa “terra” criada não ao planeta, mas ao ‘solo seco’ do planeta quando as águas ascenderam para se ‘formar os céus’. – Gên 1:9. Só existe um Deus – todos os demais são anjos; Em quase todas as ocorrências, na inteira Bíblia, onde aparece o título “Deus”, é a palavra hebraica

’Elo‧hím. Essa palavra está no plural (no singular ficaria apenas `El) e, portanto, deveria ter sido traduzida como “Deuses”, em todas as traduções bíblicas. Ademais, só assim se explica o texto de Gên 1:26, onde diz, conforme a TNM*: “façamos o homem à nossa imagem, segundo a nossa semelhança”. O homem foi, portanto, feito à imagem e semelhança dos Deuses e não ‘à imagem e semelhança de apenas um Deus.’ Como prova disso, compare com o versículo seguinte (Gên 1:27) que, de acordo com a mesma tradução, diz: “E Deus [’Elo‧hím] passou a criar o homem à sua imagem, segundo a sua semelhança”. Desta forma não há concordância entre os dois versículos. _____ *TNM: Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas, publicado pelas Testemunhas de Jeová.

A CONTINELA ・ MARÇO DE 2012

11


Mas, se traduzirmos como nos originais hebraicos, aí sim, o sentido fica tão límpido como cristal! Veja: “E os Deuses passaram a criar o homem às suas imagens, segundo as suas semelhanças”. (TDS*) Deveras, o homem, ‘se tornou como um dos Deuses’ – Gên 3:22. O “princípio” de Gênesis 1:1 se deu a 13,7 e a 4,5 bilhões de anos atrás; Para o ungido Corpo governante das Testemunhas de Jeová não há o que

discutir. O “princípio”, afirmam, foi quando ‘Deus criou o universo e o planeta terra’. Mas isso teria se dado em duas datas tremendamente distantes uma da outra! Como conciliá-las? Segundo os cálculos científicos, o Universo teve início a 13,7 bilhões de anos, enquanto que o início de existência de nosso planeta gira em torno de 4,5 bilhões de anos! Isso significa que o espaço de tempo entre os dois eventos é de 9,2 bilhões de anos! Será que um evento – “o princípio” – teria se desen_____ * TDS: Tradução dos Deuses Santos das Escrituras Sagradas, publicada pelas Testemunhas dos Deuses Santos

12

A CONTINELA ・ MARÇO DE 2012

rolado em duas datas tremendamente distantes assim? Acreditar dessa forma é demasiadamente desarrazoado; irracional! – Tg 1:22; w03 15/7 p.22. A Bíblia, porém, de modo bem simples, descreve o “princípio” como sendo o mesmo período dos ‘seis dias criativos’ e que esses representam não mais que seis mil anos. Trata-se do período de criações aqui neste planeta – desde a ‘criação da luz’, no ‘primeiro dia criativo’, até a criação do homem,

O “princípio” é o mesmo que os ‘seis dias criativos’, garante-nos a Bíblia, Jesus e João. – Gênesis 1:1. no ‘sexto dia criativo’. Jesus e seu discípulo mais amado, João, também concordaram com esse raciocínio. Eles mencionaram sobre os dias de Adão e sobre o tempo em que um dos Deuses


poderoso – Gadrel – pecou por trapacear Eva. Isso aconteceu no final do ‘sexto dia criativo’ mas que, para eles, esse tempo correspondia ao mesmo período chamado de o “princípio”. Jesus, que esteve “no princípio”, certamente sabe mais que qualquer ungido humano de hoje qual a verdade acerca dessas e de outras coisas! – Gên 3:1-7; Mt 19:4, 8; Mc 10:6; Jo 1:1; 1Jo 3:8. Adão e Eva foram criados “perfeitos”, pecaram e, por isso foram para a Geenna – a destruição eterna. Não serão ressuscitados jamais!; Esses dois ensinos equivocados e maldosos foram desmascarados de modo definitivo. O novo entendimento sobre a questão da perfeição, destinação e retorno de Adão e Eva foram devidamente registrados nos números anteriores desta revista (janeiro e fevereiro de 2012) – solicite já a sua! O espírito santo estava ‘flutuando’, se ‘movendo’ por cima das águas “no princípio”. Foi através dele que Deus criou tudo. Esse ensino enganoso de modo algum é exclusividade das Testemunhas de Jeová. Praticamente todas as religiões cristãs estão mentalmente em escuridão com respeito ao que, verdadeiramente, ‘flutuava’, ou ‘movia-se’, por cima das águas escuras deste planeta durante todo o “princípio”. Essa revista, também, no número passado, lançou luz espiritual sobre es-

se assunto. Assim, de modo maravilhoso e revelador, trouxe ao conhecimento humano a mais nova verdade, em substituição àquelas verdades – agora ultrapassadas e sem sentido. O que ‘movia-se’ por cima das águas, portanto, não era o espírito santo dos Deuses, mas uma imensa aeronave espacial-aquática e que esta trouxe milhões de Deuses à superfície para ‘trabalharem’ aqui, no que se tornou o maior canteiro de obras já registrado. – Sal 8:3, 6; 19:1; 102:25; He 1:10.

O “espírito” (Hebr.: werú‧ahh) que “movia-se” ou “flutava” por cima da “superfície das águas” era uma imensa aeronave espacialaquática. Gên 1:2. A CONTINELA ・ MARÇO DE 2012

13


O livro de Enoque é ‘apócrifo’ e não inspirado. Devemos evita-lo; Líderes ébrios e corruptos espiritualmente da Igreja Católica Apostólica Romana dos tempos medievais, estando reunidos num Concílio deles – o Concílio de Trento (1545-63) – definiram um conjunto de livros bíblicos e o classificaram de “canônicos”. Deixaram livros sagrados de fora desse Cânon e os classificaram como livros “ocultos” (do grego “a‧pó‧kry‧fos”). Entre esses livros encontrava-se o Livro de Enoque. Mas para cristãos maduros espiritualmente, como Judas, por exemplo, o livro de Enoque era perfeitamente canônico e sagrado. Ele o estudava, lia e até citou Enoque em sua carta. (Ju 14, 15; Eno 2:1) Quem hoje é mais ungido

14

que Judas, um dos primeiros discípulos e também meio irmão do Senhor Jesus? – Mt 13:55; Gál 1:19; Ju 1. Portanto, nós, da Associação das Testemunhas dos Deuses Santos, examinamos o livro e o canonizamos. Ele é agora tão Sagrado quanto os demais 66 livros que compunham a Bíblia. Agora ela é composta de 67 livros canônicos. Tire proveito desse mais novo livro sagrado! – Ro 15:4; 2Pe 1:20, 21.  Jefté é um excelente exemplo de fé e de um pai amoroso; É uma afronta a nossa inteligência uma religião que se diz cristã mas que defenda um patife como Jefté. Ele, na verdade, matou sua filha inocente no fogo, achando que, com isso, estava ‘prestando adoração aos Deuses’. (Jo 16:2) Jefté estava bem familiarizado com o pedido aparentemente estranho de Jeová a Abraão, que ele ‘oferecesse seu filho Isaque como oferta queimada’. (Gên 22:1, 2) Ademais, Jefté também intencionava vingar-se de um dos meioirmãos seu por estes o terem odiado e o expulsado da casa de seu pai, GileaHouve um de. (Jz 11:2) De modo que “Jefté fez tempo em que os conum voto a Jeová e disse: ‘Se tu, temporâneos de Enoque ‘não sem falta, me entregares os filsabiam onde ele estava’. Mas ele hos de Amom na mão, então estava ‘escondido, engajado com os terá de dar-se que aquele que [Deuses] santos e com as Sentinelas’. sair, quem sair da porta da Eles chamaram Enoque de “o escriminha casa ao meu encontro, ba” – o “escriba da retidão” e o quando eu voltar em paz dos instruíram a escrever um livro – Eno 12:1-5.


Jefté chora por ter levado uma vida de extrema frustração – Juízes 11:1-12:7.

filhos de Amom, terá de tornar-se então de Jeová, e eu terei de oferecer a tal como oferta queimada’.” – Jz 11:30, 31. Pergunte-se: O que Abraão entendeu por ‘oferecer Isaque como oferta queimada’? Certamente Abraão enassim, tornar-se ele um tendeu bem o pedido de Jeová. Por is‘pai da fé’. Mas aconteso ele tomou seu filho único e o levou ce que sua história em ao monte Moriá, juntou galhos secos, nada lembrava a do gigante homem amarrou o rapaz sobre eles, pegou seu de fé, Abraão. Pra início de conversa, facão mas, quando o levantou para dá esse patife não estava sendo testado o golfe fatal, foi interrompido por por Jeová, então, longe de tornar-se Jeová. Era apenas um teste de obeum homem de fé, tornou-se um assasdiência e Abraão, sem o saber, foi sino cruel. Ele fora, portanto, um filho aprovado nele. Tornou-se um homem da puta frustrado por não ter consede fé e o “pai de todos os que tem fé”. guido vingar-se de seu irmão – He 11:17; Ro 4:11. mau, mas, em vez disso, Assim como ter matado sua próAbraão entendeu perfeitapria filha com seu mente o que Jeová havia lhe pedivoto maldito. E do – que Lhe ‘oferecesse Isaque como uma vez que o oferta queimada’. Igualmente, devemos havia feito, entender o que exatamente aconteceu não viu outra àquela moça inocente – à filha do patife saída senão Jefté. Ele a ‘ofereceu no fogo’. Religionistas ‘cumprir seu que ensinam mentiras sobre isso não voto’ infame estão permanecendo na Palavra. contra sangue – Gên 22:1, 2; Jz 11:30, inocente – o de sua 34, 31, 39. própria e única filha. – Jz 11:39.  Tiago relatou sobre uma ‘doença espiritual’ – Tg 5:13-20; É outra mentira Assim, este patife, Jefté, talvez quide origem puramente religionista. Tiasesse agradar a Jeová ao pé da letra e, go, longe de ter sequer imaginado tal A CONTINELA ・ MARÇO DE 2012

15


Jesus, bem como os cristãos do primeiro século, visitavam os doentes e oravam a Jeová, suplicando-Lhe que a doença abandonasse o adoentado. Jesus nunca falou sobre doença espiritual. Ele “curava a muitos” dos que padeciam de doenças reais e não de doenças mitológicas. Tiago, portanto, nada sabia sobre essa suposta doença espiritual inventada por cristãos que hoje se negam a cumprir a Palavra dos Deuses. doença, escreveu meramente sobre a – Mc 3:10. única doença que conhecia: a doença física mesmo. Não é preciso apresentar provas em favor dessa simples questão. As próprias palavras de Tiago ta, então devemos saber que eles, ao elucidam por completo a ela! Leia Tiavirem de seu planeta de origem para go capítulo 5, versículos do 13 ao 20 e cá, chegaram aqui num tempo muito tente achar a tal doença espiritual ali. futuro aos período dos dinossauros e É claro que não a achará!* até do neandertal. Certamente esses A evolução é um ensino de demôpré-homens que pintaram as milhares nios; O ensino da evolução da vida não é um ensino bíblico. Mas tampouco ela fala contra ele. Então, como saber se este ensino é verdadeiro ou de demônios, como apontam as Testemunhas de Jeová e outros religionistas? Há motivos de sobra para irmos em apoio dele. O contexto bíblico o defende e o coloca dentro das maiores probabilidades. Como assim? Raciocine conosco: Se o “princípio” Podemos se deu entre 12 e 6 mil anos atrás e deduzir claramente que este evento marcou o início da que os Deuses aqui chegaram após o fim do mundo Neandertal. presença dos Deuses aqui neste plane_____ *Esse assunto foi belamente explicado no blog Estudo Pessoal de uma Testemunha de Jeová, clique aqui.

16

A CONTINELA ・ MARÇO DE 2012

Logo as evidências contextuais apontam para a evolução da vida como um fato brilhante!


de cavernas mundo afora desapareceram da vida sem que tivessem qualquer contato com os Deuses! Esta revista, no número anterior, explanou sobre ‘um fim do mundo do qual não lembramos’. Foi o fim do mundo Neandertal e que, somente após esse fato é que os Deuses aqui chegaram. É fato que, durante os 4,5 bilhões de anos de existência deste planeta, a vida apareceu e desapareceu por várias vezes. A evolução da vida, portanto, tem deixado suas marcas bem evidentes neste planeta e Jesus sabia disso. – Jo 16:12. Uma classe de privilegiados (Classe Clerical) entre os cristãos é algo inadmissível aos Deuses santos. Esta afirmativa é biblicamente comprovada. Jesus enfatizou isso aos seus discípulos mais próximos (aqueles que formariam os doze apóstolos) nas seguintes palavras: “Sabeis que os governantes das nações dominam sobre elas e que os grandes homens exercem autoridade sobre elas. Não é assim entre vós; mas, quem quiser tornar-se grande entre vós tem de ser o vosso ministro, e quem quiser ser o primeiro entre vós tem de ser o vosso escravo. Assim como o Filho do homem não veio para que se lhe ministrasse, mas para ministrar.” – Mt 20:25-28 TNM.

Se os cristãos não tiveram uma classe de ‘dominadores’ e de ‘autoritários’ entre si e é também fato que as Testemunhas de Jeová pregam contra uma classe de clérigos, então por que inserimos esse assunto entre os pontos negativos das crenças delas? Porque chegamos à conclusão de que, sobre nós, testemunhas leigas, há uma classe dominante; autoritária; uma classe clerical; um “Corpo de Governante”.

Corpo Dominante – privilegiado – das Testemunhas de Jeová.

Este “Corpo” é hoje composto por menos de dez homens. Ora, o próprio nome já diz tudo: se são ‘governantes’, então também ‘dominam’ e “exercem autoridade” sobre as demais testemunhas. Conforme vimos, Jesus falou claramente contra a existência de um ‘corpo governante’ ‘punidores’ sobre os demais cristãos. – Mt 20:24-28; At 4:5, 8, 21. O que o Corpo Governante faz? O que faz o Corpo de Governantes com as Testemunhas de Jeová leigas? Alistamos aqui algumas das coisas que A CONTINELA ・ MARÇO DE 2012

17


eles fazem conosco e que não gostamos nem um pouco: (1) Diferenciamse dos demais cristãos, chamando-os de “membros da ‘grande multidão’”, (os dominados) enquanto que eles são membros do “pequeno rebanho” (os dominadores); (2) Só eles se intitulam de “ungidos” – logo se consideram mais privilegiados que os demais; (3) Só eles podem pesquisar e entender a Bíblia, enquanto que os da “grande multidão” de leigos só podem marcar respostas nas publicações, fornecidas já com o resultado das pesquisas deles. Caso se descubra que o entendimento encontrado nessa pesquisa que fazem não concorde com a Bíblia, não é permitida a discordância. Isso se dá devido a outro fato ligado a tudo isso: (4) Eles se autoproclamaram o ‘único canal de comunicação entre Deuses e homens’; (5) Só eles podem ‘comer do pão e beber do vinho’, representativos do ‘corpo e do sangue do Senhor’, uma vez que só eles são cristãos ungidos, enquanto que os dominados só podem tocar nos emblemas, ‘com todo o respeito’, claro. E, por fim, (6) policiam esses membros da grande multidão no mundo inteiro através de Anciãos (Superintendentes) e Servos Ministeriais bem treinados na arte de aplicar punições – das mais leves às temidas desassociações – aos que não concordam com o domínio. 18

A CONTINELA ・ MARÇO DE 2012

‘Se alguém cometer um pecado, ele é um doente espiritual. Então chamem os anciãos e estes aplicarão uma vacina (uma punição), e o doente ficará bom. Se não melhorar, levem-no à Sala B e o interroguem. Então, tendo manifestada uma doença espiritual crônica, dê-lhe a vacina letal (expulsem-no da congregação). Avise a todos os demais que este fulano não é mais cristão’ – Assim dita o Corpo dos Governantes. A bíblia, porém, aponta para outro caminho – 1Jo 2:1, 2.

Apóstolos e anciãos Pergunte-se: Jesus praticaria isso com seus discípulos? Fará isso algum dia? É claro que não! Então para que a existência de um Corpo de Governantes entre os cristãos? ‘É apenas uma cópia do “corpo governante” do primeiro século’, alguém poderá apontar. Não, não é. Isso tudo é muito diferente. Ora, mas por que não? Porque uma


coisa é uma coisa, e outra coisa é outra coisa. Entendeu? Explicamos: A congregação de Jerusalém foi a primeira das congregações cristãs formada. Ali ficavam os “apóstolos e anciãos” que tomavam a dianteira na obra de fazer discípulos. Eles não foram chamados de “corpo governante”. Se assim fosse, seriam prontamente corrigidos por Cristo, que ‘esteve com eles todos os dias, até à terminação do sistema judaico’, em 70 EC. (Mt 28:20) Ora, terem sido chamados de Corpo de Governantes, conforme já vimos em Mt 20:25-28, indicaria que não apren-

Havia necessidade de um corpo de homens cristãos que tomaria a dianteira na obra de fazer discípulos e este eram os “apóstolos e anciãos”. Foi o próprio Senhor Jesus quem os escolheu e lhes deu orientações sobre o que nunca jamais deveriam fazer, como, por exemplo, serem considerados maiores ou mais santos que os demais. E eles realmente demonstraram, por palavras e ações, que permaneceriam na Palavra de seu Senhor, conforme Mateus 20:24-28.

deram ou que não estavam dispostos a permanecerem na palavra de seu Senhor! Assim, não é verdade que existia um Corpo de Governantes entre os primeiros cristãos, como talvez se possa apontar hoje. – 1Co 4:6. É verdade que é necessário que haja um grupo central de cristãos que possa tomar e a liderança – ou dianteira – na obra de fazer discípulos. Os apóstolos e anciãos em Jerusalém eram esse corpo central. Não obstante, pensavam e agiam eles como pensa e age hoje o Corpo de Governantes das Testemunhas de Jeová? Praticavam as coisas negativas alistadas na página anterior, conforme são atribuídas ao Corpo de Governantes das Testemunhas de Jeová? Veremos! Os “apóstolos e anciãos” se diferenciavam dos demais cristãos? De acordo com Cristo, todos os cristãos deveriam ser iguais, não havendo distinção entre eles. Uma distinção de classes era proibida. Os apóstolos e anciãos entenderam muito bem que ‘não seria assim entre eles, como com os governantes das nações’. Sabiam que estes ‘seriam reduzidos a nada’. Então, nunca ‘dominaram sobre a herança dos Deuses’. – Mt 20:25, 26; 23:8; 1Co 2:6; 1Pe 5:3. A palavra “apóstolo”, basicamente, significa “enviado”. Todos os cristãos eram, no pleno sentido da palavra, “aA CONTINELA ・ MARÇO DE 2012

19


póstolos”, e não apenas o corpo central. A palavra “ancião” vem da palavra hebraica za‧qén e da grega pre‧sbý‧te ‧ ros, e ambas significam “homem mais idoso (velho)” ou “ancião”. Só os da congregação em Jerusalém eram ‘homens mais idosos’? Certamente que não. Assim, aquele corpo cristão não portava nenhum título especial, diferenciando-se dos demais cristãos, não importando em qual das muitas congregações serviam; como fazem hoje os do Corpo Governante das Testemunhas de Jeová. – At 6:4. Os “apóstolos e anciãos” – eram os únicos ungidos? Não, eles também não se consideravam os únicos ungidos – e de fato não eram! O espírito santo ‘chegou sobre todos’ os cristãos, habilitando-os a serem ‘testemunhas dos Deuses’ santos. – Lc 24:48; At 1;8; 4:32, 33; 5:32; Re 17:6; Is 43:10, 12. João disse: “vós tendes uma unção do santo; todos vós tendes conhecimento”. – 1Jo 2:20, 27. Jeová disse: “Não toqueis nos meus ungidos”. Quem eram eles? Eram todos os israelitas, e não apenas os sacerdotes levitas. Para Jeová, todos os cristãos eram os ‘seus ungidos’. – 1Cr 16:22; Sal 105:15. Quem eram “os chamados, e escolhidos, e fiéis”? Não eram apenas os apóstolos e anciãos de Jerusalém – Re 20

A CONTINELA ・ MARÇO DE 2012

Jesus disse para que “todos” se reunissem naquela sala de sobrado, e não apenas os doze apóstolos. Haviam mulheres e até mesmo crianças presentes! Sobre ‘todos eles’ pousaram línguas de fogo e não apenas sobre os doze. ‘Todos foram ungidos’ com espírito santo em igual medida. É bíblico entendermos hoje que todos nós cristãos, somos, aos olhos de Jesus e de seus Pais, os Deuses santos, ‘todos ungidos’. – At 2:1-4, 17; Jl 2:28, 29.

17:14. Paulo, um ex-perseguidor do cristianismo, mas que foi ‘chamado e escolhido’ por Cristo, tornando-se também um ‘apóstolo ungido’, declarou: “Benditos sejam os Deuses e Pais de nosso Senhor Jesus Cristo, pois eles nos têm abençoado com toda bênção espiritual nos domínios celestiais em união com Cristo, assim como nos têm escolhido em união com ele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e sem mácula diante dele em amor. Pois eles nos predeterminaram para a adoção como filhos para eles mesmos, por intermédio de Jesus Cristo, segundo o


beneplácito da vontade deles, em louvor da gloriosa benignidade imerecida deles, que eles nos concederam bondosamente por meio do Filho amado. Mediante ele temos o livramento por meio de resgate, por intermédio do sangue desse, sim, o perdão de nossos erros, segundo as riquezas da benignidade imerecida deles”. Sim, é fato: todos os cristãos receberam bênçãos e tratamentos em igual medida, não havendo nada que os diferenciasse dos demais – Ef 1:3-7 – compare com At 10:47; 11:15; 15:9; Eno 1:1; 38:2. Os apóstolos e anciãos também não era o único canal de comunicação entre os Deuses e os homens. Veja o caso de “um certo discípulo de nome Ananias”. Jesus falou diretamente com ele e o comunicou sobre uma tarefa. Este homem nunca esteve com os apostolos e anciãos de Jerusalém, mas por ter sido um “discípulo”, era, aos olhos do Senhor, um habilitado canal de comunicação entre Deuses e homens! – At 9:10-16. Paulo, mesmo não tendo sido ‘testemunha da ressurreição do cristo’ – logo não era um dos “apóstolos e anciãos” de Jerusalém – “pôs as suas mãos” sobre doze discípulos em Éfeso e estes também foram batizados com espírito santo. – At 1:22; 8:1-7; 19:1-7. Estêvão, também. Este fiel discípulo de Cristo esteve diante do Corpo Go-

Aqueles membros autojustos do Corpo Governante religionista Judeu não podiam acreditar no que viam! Um mero leigo, desconhecido e ‘sem instrução superior’, agindo e falando como se fosse ‘um canal de comunicação entre os Deuses e os homens – como se fosse um deles’! Mas Estêvão, pelo ‘espírito com que falava’, deixou claro que ele era, de fato, exatamente isso – um canal de comunicação entre os Deuses e homens. Não por ele ser um membro daquele Corpo, mas por ele ser um cristão. Aqueles homens, então, decidiram eliminar Estêvão. – At 6:10; 4:5, 8.

vernante religionista judaico e, com coragem cristã, demonstrou que era um ‘canal de comunicação entre os Deuses e os homens’. Aqueles autojustos governantes, que se achavam esse único canal de comunicação entre os Deuses e os homens – homens estes A CONTINELA ・ MARÇO DE 2012

21


que estavam sob a ‘governança’ deles. Estes homens maus decretaram que Estêvão devia morrer e, movidos por pura inveja, eles mesmos o mataram. – At 6:8-7:60; 4:5, 8. É verdade que hoje os do Corpo Governante das Testemunhas de Jeová não matam os cristãos que, igual a Estêvão, demonstre também que é um canal de comunicação entre Deuses e homens. Mas se o cristão for um dos membros leigos sob sua governança, não hesitam, mas o matam espiritualmente através de uma desassociação. Assim, não é válida a afirmativa de que o atual CG das TJ se diga o único canal de comunicação usado pelos Deuses, em imitação aos “apóstolos e anciãos” cristãos da Jerusalém do primeiro século. – Ec 7:16; Ro 14:10. Só os “apóstolos e anciãos” pesquisavam a Bíblia? É verdade que o corpo de apóstolos e anciãos de Jerusalém decidiram por se dedicarem mais especificamente “à oração e ao ministério da palavra”. (At 6:2-4) Mas isso de modo algum indicava que eles é que tinham o monopólio do que os cristãos deviam ou não acreditar; do que era verdade ou do que era mentira. Todos os cristãos tinham ao seu alcance fácil, cópias dos Livros Sagra22

A CONTINELA ・ MARÇO DE 2012

dos. Eles liam-nas, estudavam-nas e, por intermédio de um estreito intercâmbio de comunicação, existente entre todos eles, chegavam à verdade. O “espírito dos Deuses santos” era o principal “ajudador”, em substituição ao ausente Instrutor, Jesus. Jo 14:15-31; Da 4:8, 9; 12:4; Jl 2:28, 29; At 2:17. Isso de modo algum indica que se deve eliminar o Corpo de governantes de entre as Testemunhas de Jeová, mas que eles devem abrir mão imediatamente das suas declarações insensatas. – Veja: Testemunhas de Jeová – Proclamadores do Reino de Deus, p. 626 e w00 1/9, p. 13, par. 10. Só os “apóstolos e anciãos” participavam dos emblemas? Não, todos os cristãos participavam por comer do pão e beber do vinho representativos do corpo e do sangue do Senhor Jesus. Na sua última ceia “Jesus tomou um pão, . . . partiu-o, e, . . . disse: ‘Tomai, comei. Isto significa meu corpo’. Tomou também um copo, e, . . . [disse]: ‘Bebei dele, todos vós’.” (Mt 26:26, 27) Quem eram “todos vós”? não eram só os 11 apóstolos, mas todos os cristãos – daquele tempo e de hoje! Assim, mesmo que haja alguns que têm a esperança celestial e outros terrestres, ambos os grupos se


beneficiam dessas esperanças graças ao “sacrifício propiciatório” do mesmo Senhor, o Cristo. E, exatamente por isso, como forma de se demonstrar gratidão, todos os cristãos devem participar da comemoração da morte Dele, comendo o pão e bebendo do vinho emblemáticos. – Ef 5:1, 2; 1Jo 2:2. Os “apóstolos e anciãos” policiavam os demais cristãos? Não. Os requisitos para qualquer liderança foi bem explicados por Pedro. Ele, qual membro do corpo central dos “apóstolos e anciãos” de Jerusalém, sabia exatamente como tratar os concristãos, afinal, aprendeu direitinho de seu Mestre! Ele disse que os anciãos devem ‘pastorear o rebanho dos Deuses espontaneamente, com anelo, não como dominadores (governantes) deles’, pois ‘são a herança dos Deuses’. Somos valiosos para Eles! Afinal, foi com o seu precioso ‘sangue que Jesus nos comprou’! Como cristãos – com esperança celestial ou terrestre – somos as ungidas ‘ovelhinhas de Jesus’! Quando um ancião faz o que Pedro recomenda a eles, portanto, está ‘amando o Senhor’. – 1Jo 5:2, 3; Jo 21:15-19; At 20:28. Assim longe de estes homens policiarem as outras ovelhas para puní-las com algum tipo de ‘ajuste’, eles têm de nos ‘pastorear’. E pastorear não é o

mesmo que prejudicar-nos e dominar-nos, punindo-nos injustamente. – At 5:40. Religiões Traidoras Assim, após este extensivo, mas explícito, exame das ações das religiões – mesmo da nossa própria – e dos seus religionários, podemos concluir que, quando tais praticam as coisas negativas – não-bíblicas – explanadas aqui, eles todos são “traidores, teimosos, enfunados de orgulho, . . . tendo uma forma de [religionismo], mostrandose, porém, falsos para com o [poder dela]”. O que, como cristãos individuais, devemos fazer então? “Destes [religionistas], afastate”, completa o texto – 2Ti 3:4, 5 TNM.

“Sabeis que os governantes das nações dominam sobre elas e que os grandes homens exercem autoridade sobre elas. Não é assim entre vós; mas, quem quiser tornar-se grande entre vós tem de ser o vosso ministro, e quem quiser ser o primeiro entre vós tem de ser o vosso escravo”. – Mt 20:25-27.


Pedro negou Cristo por três vezes, conforme todos nós sabemos. Mas a traição dele, além de ter sido motivada por uma ignorância passageira, misturada a sentimentos de medo diante do perigo iminente de morte que lhe rodeava, foi algo pequeno, comparado às traições cometidas por todos os religionistas atuais. Ademais, como também sabemos muito bem, Pedro, minutos após se dá conta de seu erro, “saiu e chorou amargamente” – um gesto de extremo arrependimento. Ele foi prontamente perdoado! – Mt 27:69-75; Jl 2:13. Será que os religionistas atuais – especialmente os da dianteira da nossa religião, o Corpo dos Governantes das Testemunhas de Jeová, teriam coragem e temor dos Deuses o bastante para, também, chorarem amargamente diante Deles, como fez Pedro? O tempo transcorrido indica que não. Mas para os Deuses santos, sempre há um ‘tempo certo’! Vamos aguardar e vê. – Ec 3:1, 4. A situação atual deles é exatamente como profetizou Isaías: “Quanto ao meu povo, seus feitores AGEM com severidade [. . .]. Ó meu povo, os que te encaminham fazem-te vaguear, e confundiram o caminho das tuas veredas”. – Is 3:12.

24

A CONTINELA ・ MARÇO DE 2012

Jesus jamais pensou em aplicar algum tipo de punição em seu discípulo Pedro, por este o ter negado – mesmo que três vezes! Então, porque religionistas de hoje só resolvem os problemas assim, punindo com desassociações desumanas as ovelhas que nem são deles?


SUA LEITURA E ESTUDO DA BÍBLIA

O

APÓSTOLO CRISTÃO PAULO foi um homem privilegiado em muitos sentidos. Por ter sido um perseguidor ferrenho do cristianismo, não merecia nada de bom da parte dos Deuses santos. Mas não era isso o que Eles pensavam! Paulo foi escolhido e ungido como cristão para um propósito especial, motivo pelo qual só pôde ser grato. (1Ti 1:12,13; At 9:15; 1Co 15:9) Ele foi também privilegiado por ter sido o escritor de mais livros, ou cartas, das Escrituras Gregas cristãs do que qualquer outro. Para isso, ele também foi privilegiado por ainda outra particularidade: recebeu visões sobrenaturais (2Co 12:1-5) e por intermédio do espírito dos Deuses santos, operante nele, falava numerosas línguas estrangeiras. – 1Co 14:18; Da 4:8, 9. Em que mais Paulo fora privilegiado? Analise as seguintes palavras inspiradas, escritas por ele: “Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nas regiões celestiais em Cristo. Porque Deus nos escolheu nele antes da criação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis em sua presença” – Ef 1:3, 4 NVI. Não era a toa que Paulo fora o cristão que mais escreveu livros! Tudo era o re-

sultado de muita leitura! Quando ele declarou que os Deuses escolheram os cristãos desde “antes da fundação do mundo”, (TNM) certamente é porque ele deve ter sabido disso por ter lido e pesquisado algum documento de antes do grande Dilúvio, em 2370 AEC.* - Veja também Col 1:26.

O livro de Enoque estava disponível livremente no primeiro século.

Assim, o cristão Judas de modo algum foi o único cristão a ler, pesquisar e citar o livro sagrado do profeta antediluviano, Enoque. (Ju 14, 15; Eno 2:1) Paulo, inclusive, _____ *O também apóstolo, Pedro, usou palavras bem similares às de Paulo. Teria ele também uma cópia do livro de Enoque em sua biblioteca? É provável! – Veja 1Pe 1:20.

A CONTINELA ・ MARÇO DE 2012

25


mencionou ‘bênçãos’ divinas em suas palavras, exatamente como descreveu Enoque. – Eno 1:1-4. Enoque proferiu essas ‘bênçãos’ sobre visionados “escolhidos”. Estes eram, primariamente, a família de seu bisneto Noé, que escapou da morte no Dilúvio. Também mencionou, como vimos no número passado desta revista, os “escolhidos” Israelitas, sob Moisés. Agora, tanto para Judas quanto para Paulo, Enoque ‘ouviu’, ‘viu’ e até ‘conversou com os Deuses’ sobre eles próprios – os cristãos! Deveras, o agora canonizado livro de Enoque constitui uma caixinha de surpresas espirituais! Era um livro bastante lido e estudado, não só por Paulo e Judas, mas por todos os descendentes de Noé, após o dilúvio, passando pelos patriarcas, pelos israelitas sob Moisés e indo até os tempos cristãos! Não há uma data específica, mas é provável que o livro foi ‘ocultado’ da vista dos leitores após o advento da Igreja de Roma. Após isso ele ‘sumiu’ de vez! Então, em 1947 o reencontraram – intacto e completo – entre os Rolos do Mar Morto. Hoje ele está novamente entre nós. Naqueles achados, inclusive, as cópias do Livro de Enoque eram maioria. Por que será? Assim, nunca mais permita que lhe tirem o Livro! Antes, 26

A CONTINELA ・ MARÇO DE 2012

você deve agora é imitar os fiéis cristãos, por ler, pesquisar e, muito mais necessário, aceitar o Livro de Enoque. Enoque prosseguiu dizendo: “Todos estarão temerosos e as Sentinelas estarão aterrorizadas. Grande temor e tremor se apoderarão delas, mesmo aos confins da terra. As alturas das montanhas serão abaladas, e os altos montes serão abatidos, derretidos como o favo de mel na chama de fogo. A terra será imersa e todas as coisas [vivas] que nela estão perecerão; enquanto [que] o julgamento virá sobre todos, mesmo sobre todos os justos: Mas a estes será dada paz: Eles preservarão os [seus] escolhidos e para com eles exercitarão clemência. Então todos pertencerão aos Deuses. Serão felizes e abençoados, e o esplendor das Divindades os iluminará”. – Enoque 1:5-8.

Fragmento do Livro de Enoque – possivelmente pertenceu a Judas ou a Paulo.


Após julgamento: o fim do mundo O que Enoque relata aqui é algo básico em todos os julgamentos dos Deuses. Ao determinarem o fim de um mundo, eles sempre executam um julgamento justo antes. Neste julgamento as pessoas são separadas, quer para o lado direito, de favor, quer para o esquerdo, do desfavor, Deles. – Ro 2:5; Mt 25:31-33; Jo 5:30. Enoque descreveu primariamente o iminente julgamento e subsequente fim do seu mundo, que aconteceu através do grande Dilúvio, em 2370 AEC. As águas daquele cataclismo afogou ‘tudo em que o fôlego da vida estava ativo em suas narinas’ – salvo os que se encontravam na arca, os “escolhidos” para a sobrevivência. – Gên 6:8, 13; 7:1, 22. Suas profecias, no entanto, foram aplicadas a julgamentos futuros, de acordo com a inspiração do leitor de Enoque. (Êx 19:18; Sal 68:8; 104:32; Jos 10:25; 1Sa 2:10; Is 20:5) Inclusive nós hoje podemos corretamente aplica-las às pessoas que se encaminham para o julgamento e fim do mundo de agora. Este, como sabemos, será o maior de

todos. Já estamos vivendo nos “últimos dias” antes dele. Será um fim como ‘nunca ocorreu antes e nem ocorrerá de novo’. – Jl 2:28; At 2:17; Mt 24:21. Sabemos muito bem que todas as profecias foram escritas para a “instrução” e “consolo”. (Ro 15:4, 5) Os cristãos primitivos certamente possuíam cópias deste fascinante livro de profecias, vindo de um profeta que “andou com os Deuses’, no mundo anterior ao deles. (Gên 5:24) É por isso que eles se sentiram a vontade para aplicar as profecias de Enoque ao iminente fim do mundo judaico de seus dias, que culminou em 70 EC, quando Roma devastou toda a palestina. – He 11:5; Ju 14, 15. Até mesmo o Senhor Jesus, aparentemente, citou Enoque! – Compare a fraseologia de Mt 12:36 com Ju 15. Quem deve teme Nos dias do profetizar de Enoque, as “Sentinelas” (“anjos”; “vigilantes” – Da 4:17) constituía o grupo de pecadores que mais tinha motivos para estar ‘temeroso’ e ‘aterroriJudas, Pedro, Paulo e, muito possivelmente, Jesus, tinham Enoque e suas profecias bem em mente. – o que você fará? A CONTINELA ・ MARÇO DE 2012

27


zado’. Afinal, elas tinham pleno conhecimento dos males que causaram à humanidade e do pecado que cometeram contra Jeová, os Deuses santos. – Eno 13:5, 6. Estes “vigilantes” haviam sido enviados à terra há pelo menos uns 100 anos antes do início do profetizar de Enoque, sim, ‘nos tempos de Jarede’*, seu pai. Foram enviados a trabalhos; numa missão espe_____ * Esta informação é-nos dada através do Livro dos Jubileus. O livro está sob exame por parte da Organização de Jeová neste exato momento. – Jubileus 4:15.

Centenas de Deuses pousaram em terra nos tempos de Jarede. A missão deles era bem

especial: Serviriam quais “vigilantes”, ou “sentinelas”, para os humanos. 28

A CONTINELA ・ MARÇO DE 2012

cial: ‘vigiar, instruir e proteger os humanos’ até o termino do sétimo dia de mil anos após Adão. Enoque nos informa que havia hierarquia entre eles. De fato, eles eram organizados. Mas, devido ao livre arbítrio que tinham, essa organização era através de um regime sistêmico e não mecanicista. Assim, todos estavam sob o comando de dois Deuses: Samyasa e Azazyel. – Eno 7:9; 8:1. Veja Levítico 16:8, 9. O cerne da questão era: cumpririam sua missão fielmente? Ou se desviariam dela? Enoque registrou que, certo dia, todos estes anjos (Sentinelas ou Vigilantes – Deuses) se reuniram no topo de um monte alto para, ali, entrarem num ‘juramento entre si’. Decidiram abandonar sua missão e condição de Deuses para que pudessem obterem esposas humanas. Eles ‘abandonariam sua condição original’ de Deuses para viverem como homens e, assim, constituírem famílias aqui na terra. Eles desejaram sexualmente essas “filhas dos homens” e, após se “amarrarem mutuamente através de um juramento” sigiloso, ‘tomaram como esposas todas as mulheres


que escolheram’. – Gên 6:2, 4; Eno 7:1-8; Ju 6; 1Pe 3:20. Um mundo contaminado pela impiedade Enoque também relatou sobre os efeitos da ação desses anjos Sentinelas sobre a humanidade. Conforme veremos em pormenores em estudos posteriores, os pecados desses anjos – as Sentinelas – não se limitou a apenas sexo. Eles também ensinaram coisas horríveis – ímpias – àquela humanidade. Agindo assim, eles ‘alteraram todo aquele mundo’. – Eno 8:1. Veremos que o Deus-Líder responsável por esse tipo de perversidade foi Azazyel. Este Deus e seus muitos anjos subordinados, ao ensinarem artes marciais; táticas de guerra, a fabricação e uso de apetrechos para assassinatos, dentre outras coisas vis, agravou ainda mais a situação do mau que se infestou na terra. Gên 6:5; tg 3:15, 16. Também veremos mais à frente que,

os filhinhos que as mulheres deram à luz a todos esses anjos-sentinelas, eram muito estranhos. A mistura de ADN alienígena com terráqueos através do sexo produziu uma raça híbrida de gigantes ferozes e sem coração – eram seres totalmente desprovidos da compaixão; da piedade ou de quaisquer outros sentimentos atraentes. Até hoje se sabe da má fama que tinham esses “poderosos” semiDeuses. – Gên 6:4. Os justos pertencem aos Deuses Após Enoque discorrer sobre o julgamento que sobreveio às pessoas e aos Deuses pecadores em seus dias, concluiu essa sentença por garantir que “todos os [justos] pertencerão aos Deuses.” Foi assim com Noé e sua família; com os cristãos do primeiro século, que escaparam da matança dos romanos em 70 EC, e certamente será assim com todos nós hoje, se, também, desenvolvermos fé em nosso Senhor Jesus Cristo, frente às provações. – Jo 11:25, 26. Por tirarmos proveito da pesquisa do livro bíblico de Enoque e dos demais livros restantes de todas as Escrituras Sagradas, estaremos nos prontificando a sermos “bem sucedidos em escapar de todas [as] coisas que estão destinadas a ocorrer, e em ficar em pé diante do Filho do homem.”. – Lu 21:36.

A CONTINELA ・ MARÇO DE 2012

29


EXAMINANDO UM BLOG RELIGIOSO

A reflexão é algo prazeroso

“Seja prazenteira a minha reflexão sobre [os Deuses]. Eu, da minha parte, me alegrarei em Jeová.” – Salmo 104:34.

ao ser humano, sempre foi assim! Assim como o tempero está para os alimentos, a reflexão está para uma mente sadia e irradiante. Desta forma podemos dizer que o irmão JBrother – o proprietário do blog: Reflexões de uma Testemunha de Jeová – acertou em cheio ao abrir e manter seu blog, disponibilizando ali suas reflexões sadias em benefício de todos os seus leitores, em todo o mundo. Todos os cristãos deveriam imitar a nobre atitude desse irmão reflexivo – sempre. O salmista disse: “Seja prazenteira a minha reflexão sobre [os Deuses santos] . 30

A CONTINELA ・ MARÇO DE 2012

Eu, da minha parte, me alegrarei em Jeová”. (Salmo 104:34) Refletir é o mesmo que meditar. E meditar e refletir é um pouco mais que simplesmente lembrar de algo ou de alguém, embora que geralmente a meditação segue ao ato de lembrar. Por exemplo, o salmista disse: “Quando me lembro de ti no meu leito, Medito em ti durante as vigílias da noite.” (Salmo 63:6; também 119:55) Assim, embora que o simples ato de lembrar-se de alguém ou de algo seja natural, este pode condu-


zir à meditação; às reflexões mais profundas e prazerosas sobre os Deuses. Isto traz imensa e satisfatória alegria no coração! Mas quem é JBrother? Ele se identifica como uma das Testemunhas de Jeová e dá os detalhes de seus privilégios exercidos entre elas. (veja o perfil dele na página anterior) Embora que haja os que achem essa sua atitude de postar suas reflexões ao público estranha para uma TJ,* ela é louvável – é tão nobre quanto a atitude exercida pelos bereanos do primeiro século. (Atos 17:11) Ademais, a própria Bíblia indica que o cristão, ao refletir, e que ‘faz uso de suas faculdades de raciocínios, é odiado’. (Provérbio 14:17; Compare com Romanos 12:1). Dessa forma, o irmão já sabe que alguns o tratariam com hostilidade. Mas o irmão é esperto e não se deixará ser pego pelos anciãos, como aconteceu ao pobre irmão Sebastião Ramos de Oliveira, no Ceará. Este último, ao decidir postar suas reflexões na internet, esqueceu do perigo que isso lhe acarretaria. Assim, ancião raivosos, obedecendo ao Corpo dos Governantes, prenderam o irmão na sala B para interrogatórios e julgamento. Aplicaram nele a ‘pena capi_____ * refletir” e “meditar” entre as Testemunhas de Jeová só é aconselhável e permitido quando fazer isso estiver de acordo com o que dita o Corpo de Governantes sobre o que significa

tal’ e ele foi desmembrado da Associação. Quão triste tem sido tudo isso ao irmão! Sobre o que reflete o irmão? O blogue do irmão existe desde 2008, quando ele postou uma das suas primeiras reflexões, sobre uma casa adquirida pelo irmão do Corpo dos Governantes, J. F. Rutherford e que se deu o nome de BethSarim. ‘Mas aquela casa’, conta a única publicação que a cita, ‘não fora construída com o dinheiro da Sociedade’. Ademais, o irmãos Rutherford estava só com um pulmão e o coitado havia pego uma pneumonia das brabas enquanto preso injustamente e, também, o médico recomendou que ele morasse naquela casa’. Portanto, nada demais, não é mesmo? - yb76, p. 194. Bem, se um de nós, leigos, pegarmos uma pneumonia dessas, tenha a certeza de que o irmão pode usufruir também desse mesmo privilégio. É só enviar uma solicitação aos irmãos do CG. Há de fato, muitas outras reflexões disponíveis no blogue do irmão. De modo que vale a pena ir até lá e conferir. Lamentável mesmo é o aparente fato de que o irmão tenha parado de postar. Terá ele parado de refletir? Esperamos que não mesmo!

meditar e refletir.

A CONTINELA ・ MARÇO DE 2012

31


Seja uma Testemunha dos Deuses Santos você também. Agora que já recebeu e leu sua revista A Continela, repasse-a a quantos contatos de e-mails você tiver em seus contatos. Fazendo assim tenha a certeza de que você estará contribuindo com a expansão da verdade.

ENTRE EM CONTATO CONOSCO:

www.acontinela.blogspot.com

acontinela@gmail.com


Ct3p mar12 - A Continela - Anunciando o Reino dos Deuses Santos