Page 1

Especialidade de Mordomia Olá meu querido desbravador, preparado para mais uma rotina de especialidades? Pois é, muitas coisas vamos aprender juntos com a especialidade de mordomia. Não pense que é um assunto chato que só fala de dízimos e ofertas, mas de uma totalidade de coisas que fazem parte da vida cristã como um todo. Mordomia não é um assunto que só adultos tratam, os jovens se conhecessem o assunto teriam suas vidas mais bem planejadas e aprenderiam o real valor do dinheiro, seus dons e tempo. Espero que vocês aprendem tudo o que for interessante nesta especialidade que foi feita com muito carinho. Khelven Klay – Líder Leituras Recomendadas Páginas 111 a 130; pág. 14, 1º e 2º parágrafos; pág. 66, 1º parágrafo de Conselhos Sobre Mordomia. Mas afinal o que é mordomia? Mordomia significa que somos despenseiros de Deus, responsáveis a Ele pelo uso apropriado do tempo e das oportunidades, capacidades e posses, e das bênçãos da Terra e seus recursos, que Ele colocou sob o nosso cuidado. Reconhecemos o direito de propriedade da parte de Deus por meio de fiel serviço a Ele e a nossos semelhantes, e devolvendo os dízimos e dando ofertas para a proclamação de Seu evangelho e para a manutenção e o crescimento de Sua Igreja. A mordomia é um privilégio que Deus nos concede para desenvolvimento no amor e para vitória sobre o egoísmo e a cobiça. O mordomo se regozija nas bênçãos que advêm aos outros como resultado de sua fidelidade. – Crenças Fundamentais, 20. Na Bíblia, o termo mordomo se refere a um oficial que administra, ou mesmo controla, os negócios de uma mansão. Nenhum detalhe escapa de seus olhos. Desde arrumar a mesa, preparar os alimentos, pagar as contas, cuidar dos jardins ou educar as crianças; tudo ele resolve para o seu “senhor”.


Como a igreja lida com o dinheiro? Mas diante disso tudo, você pode me perguntar, para onde vão os dízimos e as ofertas? Veja abaixo: Todas as ofertas que você dedica a Deus no culto, na escola sabatina, ou através de pactos, Oferta de Aniversário, Gratidão, Oferta de inversão e Votos, tem a seguinte distribuição: 10% – Projetos Missionários: Rádio Mundial, Flagelados, Temperança, Sacrificio, Sociedade Bíblica do Brasil e Projetos Associação/Missão;

10 % – Prejetos de desenvolvimento: da Associação/Missão (Igrejas/Terrenos em lugares novos); 20% Vai para o Fundo Mundial das Missões;

60% – Igreja local: Despesas Administrativas, Zeladoria, Limpeza, Ornamentação, Secretaria, Diaconato, Tesouraria, Escola sabatina infantis/adultos, Ministério Pessoal, Desbravadores/Aventureiros, Jovens Adventistas, Assistência Social, Saúde e temperança, Mordomia Cristã, Ministérios da Família, Ministério da mulher, Música, Comunicação, Som e Imagem, Imprevistos e outras;

Desta maneira são atendidas todas as necessidades básicas da Igreja Adventista Local e Mundial. “Mostrar um espírito liberal, abnegado para com o êxito das missões estrangeiras (Mundial), é um meio seguro de fazer avançar a obra missionária na pátria (local); pois a prosperidade da obra nacional depende grandemente, abaixo de Deus, da influência refleza da obra evangélica feita nos países afastados. è trabalhando para prover ás necessidades de outros, que colocamos nossa alma em contato com a Fonte de todo o poder… è seu ( de Deus ) desígnio que, em todo lar, em toda igreja, e em todos os centros da obra, se manifeste um espírito de liberalidade no enviar auxílio aos campos estrangeiros… “OE, 465 e 466. ” O dinheiro de Deus deve ser usado não apenas em nossa vizinhança imediata, mas nos países e ilhas longínquos. Se seu povo não se unir nesta obra, Deus seguramente retirará o poder que não é devidamente utilizado.” 7T, 215.


1 – Individual e Voluntária: ” Cada um oferecerá… ” Deut. 16:17, 2 – Regular e Planejada: ” No primeiro dia da semana cada um de vós ponha de parte, em casa,…”. I Cor. 16:2.

“…e preparassem de

antemão a vossa dádiva já anunciada.” I Cor. 9:5, 3 - Proporcional: ” Cada um oferecerá na proporção…” Deut. 16:17. “… conforme a sua prosperidade…” I Cor. 16:2. 4 – Como Ato de Adoração e Gratidão: ” Tributai ao Senhor a glória devida ao Seu nome; trazei oferendas, e entrai nos seus átrios. ” Sal. 96:8.

1. Fazer um relatório respondendo as seguintes perguntas através dos versículos bíblicos. Descobrir os princípios bíblicos da mordomia, respondendo as seguintes perguntas:                

O que I Coríntios 6:19, 20 diz sobre a mordomia do corpo? O que Mateus 25:15 tem a dizer sobre a mordomia dos talentos? O que Colossenses 4:5 diz sobre a mordomia do tempo? O que João 3:16 nos diz sobre o que Deus deu ao homem? O que Salmos 24:1 nos diz sobre aquele que é dono da terra? O que Gênesis 1:26 tem a dizer sobre que é o mordomo sobre a terra? O que Provérbios 3:9 declara sobre quem é sempre o primeiro? Como sabemos que dízimo significa um décimo? Gênesis 28:22. A quem Levítico 27:30 diz pertencer o dízimo? Como Malaquias 3:8 diz que Deus é roubado? O que I Coríntios 9:13, 14 declara sobre o uso dos dízimos? Como sabemos que o dízimo é diferente das ofertas? Malaquias 3:8. O que I Coríntios 16:12 diz sobre como devemos dar nossas ofertas? O que Mateus 6:20 tem a dizer onde devemos guardar nossos tesouros? O que II Coríntios 9:7 diz a respeito sobre onde devemos guardar nossos tesouros? Que bênção foi prometida em Malaquias 3:10?


Quando você dizima, você tem que preencher um comprovante que vem junto com o envelope como é exibido abaixo:

O que é o pacto? A bíblia afirma que devo dar 10% do que ganho? A palavra DÍZIMO quer dizer 10%, ou dez de cada cem. Significa a entrega de 10% dos 100% que Deus nos dá. O DÍZIMO é a devolução, contribuição, ato de amor e gesto de partilha. Lembrando que nós não pagamos o Dízimo; nós devolvemos o Dízimo, já que tudo o que somos e temos pertence a Deus.

Como se calcula a porcentagem dos seguintes dízimos: a) b) c) d) e)

65,00 250,00 100,00 785,00 450,00

Como se calcula a porcentagem de um pacto de 5% sobre os seguintes valores para ser retirado o dízimo: a) 65,00 b) 100,00 c) 75,00


Você e a mordomia do tempo

Deus tem um plano eterno que inclui os propósitos e atividades de toda pessoa na terra. A mordomia do tempo requer que saibamos aproveitar bem a vida que temos, vivendo para Deus, com temor, sabedoria e paciência. Para nós a vida terrena é medida pelo tempo de vida por aqui, isto é, como, onde, quando, de que maneira gastamos nosso tempo. Com certeza DEUS nos deu um tempo, e devemos fazer o máximo possível para que este seja suficiente e muitas almas possam ser salvas através de nossa pregação, vida, atos e atitudes. Precisamos administrar o tempo que Deus nos dá, Sl 31.15; At 17.26. Todo o tempo que JESUS tinha disponível estava sempre usando-o no serviço de DEUS. É nossa responsabilidade administrar o tempo que é de DEUS e para ELE deve ser dedicado. É maneira de mostrar sabedoria ao mundo através de nossas atividades. Sendo que devemos ter ciência de que o tempo é um presente de Deus para nós.

a) É utilizar o tempo para coisas que não edificam e farão diferença negativa em nosso relacionamento com DEUS. b) Desperdiçar o tempo com coisas fúteis, 2 Tm 2.16; Tg 5.6-11; Ef 4.29. O tempo não volta. Cada minuto perdido é tempo desperdiçado e irrecuperável. “Cada minuto de vida nunca é mais, é sempre menos”.

a) Planeje seu tempo. “Tudo tem seu tempo determinado”, Ec 3.1. Sempre que alguém aprende a planejar seu tempo, este alguém se destaca na obra de DEUS e no poder de DEUS. b) Cultive a pontualidade. “Não sejais vagarosos no cuidado”, Rm 12.11. A


pontualidade indica caráter, compromisso com DEUS e valorização do outro que está à espera. c) Procure remir o tempo. Não significa diminuí-lo, nem aumentá-lo. Medir o tempo e encaixar cada atividade dentro de seu devido tempo.

Pelo que você leu agora você deve fazer um quadro sobre a forma como gasta seu tempo durante um fim de semana, e um dia da semana. Neste quadro, faça uma estatística de quanto tempo você passa nas seguintes atividades:                  

emprego tempo com a família devoção pessoal culto na igreja culto em família coisas divertidas leitura televisão refeições sono necessidades pessoais aulas na escola trabalhos escolares fora do horário de aulas viagens aula de música prática de música (prática de instrumento, por exemplo) tarefas domésticas compras

Para cada um dos três dias não deixe de ter um total de 24 horas anotadas. Depois de completar o quadro, discutir em grupo e ver qual responsabilidade você tem com a mordomia do seu tempo.


Você e o dinheiro – hora da matemática Você já se deparou que as vezes gasta muito além do que pode, ou que você não tem quase nada quando se compara com seus amigos? Você vai descobrir muitas palavras que já ouviu e quem sabe, você não saiba quais são as respostas. É hora de pegar sua calculadora porque chegou a hora de trabalhar: Hoje a gente têm dinheiro, mas nem tanto, adoramos tudo que é moderno e altamente tecnológico, estiloso e que possa gerar status com os amigos. Quem não gosta dessas coisas? Isso é fato, é o que o mercado e pesquisas tem mostrado. As vezes uma simples saidinha com os amigos ou com a namorada(o) gastamos aquilo que não esperávamos. De vez em quando algum garoto reclama que a namorada, sempre tão moderninha e independente, esquece sorrindo os avanços feministas na hora de dividir a conta do passeio. E esse é só um dos problemas. O dinheiro pode atrapalhar o amor, roendo, devagarinho, o romantismo das melhores relações. De todas as intimidades que um casal compartilha a que envolve dinheiro provoca as maiores discussões, causa os maiores ressentimentos e cria as piores confusões. E olha que do namoro até o casamento falar sobre dinheiro com o parceiro(a) não vai ficando mais fácil. Ao contrário, se o casal não se cuida e presta atenção de verdade à situação, o meio-de-campo vai ficando cada vez mais e mais embolado. Até o dia em que, infelizmente, o divórcio bate à porta. Falar sobre grana, com clareza e desde o início do namoro, é sempre o meu conselho. Não há razão para se deixar enredar em confusões financeiras por vergonha boba de tocar no assunto. Com jeito, com charme, abra o jogo. Mas, antes de conversar com o grande amor da sua vida, pense sobre como você mesmo lida com esse assunto. Conhecendo suas próprias inseguranças e preconceitos sobre a relação amor/ grana vai ser muito mais fácil entender o ponto de vista de seu parceiro(a). Algumas perguntas que podem lhe ajudar a ajustar o foco nesse assuntinho problemático:


1 Quem costuma pagar a conta na hora de sair ? 2 Como vocês chegaram a esse acordo? Vocês conversaram sobre isso? 3 Você se sente confortável com a idéia de falar sobre dividir as despesas com seu namorado(a)? 4 Você se sente confortável dividindo as despesas com amigos do mesmo sexo? 5 Você realmente acha justo a menina rachar a conta? 6 Acha justo o menino sempre morrer com a conta? 7 Quem você acha que entende mais de dinheiro: homem ou mulher? Por quê? 8 Quem entende mais de grana em sua família: seu pai ou sua mãe? Por quê? 9 Do ponto de vista financeiro, você gostaria de ter um casamento semelhante ao de seus pais? Por quê?

Por isso, propor dividir os gastos, na medida das possibilidades de cada um dos parceiros, não pode continuar sendo visto como grosseria, como muita gente, disfarçadamente, ainda pensa. Dividir as contas deve ser compreendido como novo modelo para as relações baseadas no bom senso, respeito mútuo e construção de uma intimidade inteligente. Aprendendo a fazer um orçamento Como poupar dinheiro Gastar dinheiro, além de divertido, exige responsabilidades. Uma maneira de controlar seus gastos é fazendo um orçamento. E o que é um orçamento? É só um plano para administrar a sua grana. Quando a gente segue um orçamento fica muito mais fácil comprar as coisas que a gente precisa e aquelas que a gente quer. E, de quebra, sabendo exatamente quanto você gasta, fica muito mais fácil descobrir a melhor hora de descolar um extra com os pais. Além de preparar você, é claro, para ser um administrador prá lá de competente no uso da sua grana.

Fazer um dos seguintes itens:  Se tiver um emprego ou mesada, faça um relatório de como gasta seu dinheiro durante um mês.  Se não estiver na categoria acima, faça uma lista de como gastaria um salário/mesada de R$ 50,00 por mês nas categorias seguir:


roupas entretenimento itens pessoais presentes material escolar dízimos e ofertas comer fora transporte Apartir de seu relatório, determine que porcentagem de seus ganhos é gasta em cada item. (aula prática de porcentagem) O que é a linguagem financeira que é difícil entender Conta corrente: É um estilo de conta onde o cliente poderá realizar empréstimos, utilizar limite (caso seja conta com cheque especial), pedir cartões de crédito e ter algumas operações que somente o tipo de conta corrente lhe permite fazer. Poupança: É uma conta que você abre no Banco e coloca o seu dinheiro lá para correr juros. Cartão de crédito é uma forma de pagamento eletrônica. O cartão de crédito pode ser usado como meio de pagamento para comprar um bem ou contratar um serviço. O titular recebe mensalmente no endereço indicado a fatura para pagamento e pode escolher pagar o total cobrado, somente o mínimo ou algum valor intermediário, postergando o pagamento do restante para o mês seguinte mediante cobrança de juros. Toda conta de cartão de crédito possui um limite de compras definido pelo banco emissor. As compras efetuadas reduzem o limite disponível até que, quando insuficiente, novas compras são negadas. O pagamento da fatura libera o limite para ser usado novamente. Existem os de Crédito e os de débito. cheque é uma ordem de pagamento à vista expedida contra um banco sobre fundos depositados na conta do emitente para pagamento ao beneficiário do cheque.

No site como adaptar este jogo ao ensino da especialidade para seus desbravadores


Você e seus talentos Suas qualidades pessoais. Leia ( Mateus, 25 :14 a 30 ). E responda as seguintes questões: Alguns de nós são mais úteis do que outros? Na parábola dos talentos, o patrão deu cinco talentos para um homem, dois talentos para outro, e um talento para um terceiro funcionário. Essa divisão foi justa? Sabemos que comparar os talentos das pessoas é como comparar maçãs e laranjas. Afinal, quem pode dizer que o talento de uma pessoa na música é mais ou menos importante que o talento de outra pessoa na organização? Mas há ainda outro ponto que a história salienta: uma pessoa pode ser muito mais talentosa na música que outra, O que Deus acha disso? Compare Mateus 25:21 com o verso 23. Reflexão Por que você acha que o homem dos dois talentos recebeu o mesmo elogio que o homem dos cinco talentos, as mesmíssimas palavras? Veja: Se os cinco talentos estivessem de um lado de uma balança, e as expectativas do patrão para aqueles cinco talentos estivessem do outro, a balança ficaria equilibrada. O potencial daqueles cinco talentos foi alcançado. O potencial dos dois talentos também foi alcançado. As duas balanças se equilibraram. Reflexão Se pensarmos nos talentos em termos de habilidades, que talentos Deus deu a você? A questão importante não é quantos talentos você tem, mas se você os está usando. Sua balança chega a um equilíbrio? As histórias que Jesus contou, muitas vezes, nos deixam de cabelo em pé. Estamos acostumados a pensar que a quantidade de habilidades é importante. Mas, na história dos talentos, Ele nos lembra de que o que realmente importa é quão capazes somos de usar nossas habilidades. A história de Dorcas é surpreendente. Leia Atos 9:36-42 e mencione algumas habilidades que a Bíblia diz que essa mulher tinha.


Estamos vivendo, inquestionavelmente, numa época de materialismo. Hoje em dia, a tecnologia e a moda mudam mais rápido do que nunca. Não demoram muito para se tornarem obsoletas. Estamos mais suscetíveis que qualquer geração anterior a perder o contato com um mundo em constantes mudanças. O shopping é o lugar aonde se vai para procurar os lançamentos, e todos sabem que é preciso dinheiro para manter-se atualizado. Mas a ênfase que a nossa geração coloca no dinheiro pode criar problemas. Leia I Timóteo 6:6-10. Quão importante é o papel do dinheiro em sua vida? É muito importante? Que importância você acha que deveria ter? A perspectiva de Deus sobre a utilidade é única. Ele não está interessado na quantidade de talentos ou no tamanho ou tipo de ofertas que Lhe oferecemos; outras qualidades são muito mais importantes para Ele. Ele Se importa se estamos sendo tão úteis quanto poderíamos ser. Um dos maiores fatores do sucesso profissional de cada pessoa é permitir que Deus atue em nossa vida, pois Ele conhece muito melhor as nossas vocações do que nós mesmos as conhecemos. Sendo assim, podemos garantir nosso sucesso desde as mais simples atitudes às mais complexas.Quem ainda não teve um chamado de Deus? Isso é difícil responder, pois em nosso dia-a-dia sempre temos boas oportunidades para manifestar o verdadeiro cristianismo.

Relacione três talentos ou habilidades que você tem, tais como mecânica, jardinagem, pintura ou desenho, música, costura, escrever, falar, ensinar, etc. Escolha um destes três talentos e faça um projeto para ajudar a desenvolvê-lo mais ainda. Seu projeto deve seguir as seguintes diretrizes:    

O projeto deve ser um benefício ou testemunho para outros. O projeto deve ser um esforço novo, que não tenha sido realizado antes. Passar pelo menos cinco horas no planejamento e implementação do projeto. Fazer um relatório escrito ou oral do projeto e apresentá-lo a seu conselheiro.

Especialidade de Mordomia  

Especialidade de Mordomia Páginas 111 a 130; pág. 14, 1º e 2º parágrafos; pág. 66, 1º parágrafo de Conselhos Sobre Mordomia. Mas afinal o qu...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you