Page 1

Presépio com Rosto

ADVENTO 2019 Proposta de Oração


Começou o Advento... é tempo de preparar o caminho para o nascimento do Menino Jesus no dia de Natal. Durante estas semanas de Advento, somos convidados a promover um tempo de oração mais profunda e a aproximarmos o nosso coração do Presépio. Se quisermos aceitar este convite, seremos desafiados a seguir um caminho de amor, especialmente junto da nossa família, da nossa escola e da nossa comunidade. Façamos este novo caminho até ao Presépio onde cada um de nós é chamado a reconhecer o seu ROSTO.

Proposta de oração realizada por Pais Delegados de Pastoral com a Coordenação de Pastoral do Externato Marista de Lisboa.

2


1º Domingo de Advento 1 de dezembro de 2019 Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo S. Mateus (Mt. 24, 37 - 44) Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: "Como aconteceu no tempo de Noé, assim vai acontecer quando o Filho do Homem vier. De facto, naqueles dias antes do dilúvio, as pessoas comiam e bebiam e casavam-se, até ao dia em que Noé entrou na arca. Não se aperceberam de nada, até que veio o dilúvio e os levou a todos. Quando o Filho do Homem vier, acontecerá a mesma coisa. Nessa altura, duas pessoas andarão a trabalhar no campo: uma será levada e outra deixada. Estarão duas mulheres a moer trigo: uma será levada e outra deixada. Estejam alerta! Porque não sabem em que dia o Senhor há-de vir. Lembrem-se disto: se o dono da casa soubesse a que horas vinha o ladrão, ficava de guarda e não deixava que lhe assaltassem a casa. Portanto, estejam também preparados, porque o Filho do Homem virá quando menos o esperam.”

Desafio para a semana: VIGIA! Fica atento/a e vigia (vela) para, no teu coração, encontrares espaço para receber e reconhecer Jesus a vir ter contigo.

Reflexão: Neste Natal, vou procurar contribuir para criar um ambiente de paz e entreajuda, começando pela minha família, pela minha escola, pelo meu local de trabalho. Às vezes, o meu egoísmo não me ajuda a conseguir ter uma família unida e a construir ambientes de paz. Tenho de conseguir perdoar e ultrapassar o orgulho que muitas vezes me impede de assumir os meus erros e pedir desculpa. 3


Proposta de dinâmica individual e familiar: Ao longo desta semana, vou olhar para o meu próprio rosto (para o meu coração…) para perceber melhor quem sou eu e como cheguei até esta fase da minha vida. .Perceber o que me afasta de Deus e de que quero pedir perdão neste Advento. Lê o evangelho em família e partilha um pouco do que refletiste sobre ti próprio. Apresenta-te à tua família como se ela não te conhecesse. Para ser mais fácil, porque não usar um post-it onde escreves as palavras-chave da tua apresentação?

Construção do presépio com rosto: Enfeita uma rolha com uma fotografia tua e/ou da tua família (podes fazer mais do que uma rolha). Traz para a escola e coloca a rolha no presépio com rosto da escola, mostrando que tens vontade de fazer um caminho de mudança interior neste Advento. Podes encontrar este presépio em frente à sala de professores, na entrada do corredor do 3º Ciclo.

4


2º Domingo de Advento 8 de dezembro de 2019 Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo S. Lucas (Lc. 1, 26 - 38) Quando Isabel já estava grávida de 6 meses, Deus mandou o anjo Gabriel a Nazaré, na província da Galileia, para falar com uma jovem chamada Maria, que estava noiva de José, descendente do rei David. O anjo aproximou-se dela e disse-lhe: "Eu te saúdo, ó escolhida de Deus. O Senhor está contigo." Maria ficou perturbada com estas palavras e perguntava a si própria o que queria dizer aquela saudação. Então o anjo continuou: "Não tenhas medo, Maria, pois foste abençoada por Deus. Ficarás grávida e terás um filho, a quem vais pôr o nome de Jesus. Ele será grande e será chamado o Filho do Deus altíssimo. O Senhor Deus lhe dará o trono do seu antepassado David. Governará para sempre os descendentes de Jacob e o seu reinado não terá fim." Maria perguntou então ao anjo: "Como é que isso pode ser, se não conheço homem?" Mas o anjo respondeu-lhe: "O Espírito Santo descerá sobre ti e o poder do Deus altíssimo te cobrirá como uma nuvem. Por isso o que vai nascer é santo e será chamado Filho de Deus. Também a tua parente Isabel vai ter um filho, apesar da sua muita idade. Dizia-se que não podia ter filhos, mas já está no sexto mês aquela a quem chamavam estéril. É que para Deus não há nada impossível." Maria disse então: "Servirei o Senhor como ele quiser. Seja como tu dizes." E o anjo retirou-se.

Desafio para a semana: ACOLHE! Mesmo sem perceber o que se passa à minha volta, consiga eu, a exemplo de Maria, acolher (envolver) Jesus que quer nascer na minha vida.

Reflexão: Há tantos momentos em que, por não estarmos atentos aos outros, perdemos oportunidade de realizar pequenos “milagres” E COM ISSO LEVAR A ALEGRIA AOS OUTROS. Que o Menino Jesus nos ajude a estar atentos a estes momentos e nos permita ser os raios de sol que enchem a terra de luz.

5


Proposta de dinâmica individual e familiar: Olha à tua volta e identifica uma situação em que podes intervir de forma solidária: uma recolha de alimentos, de brinquedos ou de livros, uma pessoa sem-abrigo que precisa de roupa para se aquecer, um colega na escola que precisa de ajuda, um vizinho que está a passar por dificuldades, um idoso que precisa de companhia... Discute-a em família e decidam o que vão fazer, quem vai participar, que ações concretas vão realizar e quando vão começar.

Construção do presépio com rosto: Todos os anos a escola dinamiza uma campanha para ajudar a Comunidade Vida e Paz. Este ano foi-nos pedido o desafio de angariar donativos têxteis direcionados ao género masculino (meias, cuecas/boxer, cachecol, luvas, gorro). Traz para a escola e coloca a tua contribuição solidária e/ou a da tua família nas caixas respetivas que estão colocadas no Bar do Externato. Assim, estarás a proporcionar àqueles que necessitam um Natal um pouco melhor. Coloca no presépio com rosto ao pé da sala de professores, outra rolha (ou qualquer outro material que seja reutilizado) decorada com palavras que associes a solidariedade e fraternidade ou com uma imagem que represente a ideia que queres passar.

6


3º Domingo de Advento 15 de dezembro de 2019 Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo S. Mateus (Mt. 11, 2 - 11) Quando João Baptista, que estava na prisão, ouviu falar das obras de Cristo, enviou-lhe alguns dos seus discípulos com esta pergunta: "És tu aquele que há-de vir, ou devemos esperar outro?" Jesus deu-lhes esta resposta: "Vão contar a João aquilo que vêem e ouvem: os cegos vêem, os coxos andam, os que têm lepra são curados, os surdos ouvem, os mortos são ressuscitados e aos pobres é anunciada a Boa Nova. E feliz aquele que não se escandalizar comigo." Depois de os discípulos de João se terem ido embora, Jesus começou a falar a respeito dele ao povo: "Que é que foram ver no deserto? Uma cana abanada pelo vento? Que é que lá foram ver? Um homem bem vestido? Bem sabem que os homens que andam bem vestidos se encontram nos palácios reais. Mas, afinal, que é que lá foram ver? Um profeta? Sim! E digo-vos ainda: ele é mais do que um profeta. Pois é aquele de quem as Escrituras dizem: Enviarei o meu mensageiro à tua frente para te preparar o caminho. E fiquem sabendo isto: entre os homens não houve ninguém maior do que João Baptista. No entanto, o mais pequeno no Reino dos céus é maior do que ele.

Desafio para a semana: TESTEMUNHA! Em cada dia, junto das pessoas com quem estou, quero testemunhar (confirmar), como João Baptista fez, que Jesus é uma pessoa concreta que veio fazer o bem.

Reflexão: Como é que eu dou testemunho da minha fé aos outros? Envergonho-me e não falo? Vivo fechado em mim mesmo? Ou professo a minha fé, por palavras e gestos, desacomodando-me e mobilizando-me em prol dos outros? Lembro-me das pessoas que me transmitiram a fé: o padre, o catequista, o meu professor, a minha mãe ou o meu pai, o meu irmão ou irmã, o meu avô ou a 7


minha avó, os meus padrinhos, um amigo ou amiga… e agradeço ao Senhor pelas pessoas que me deram a conhecer Jesus. Neste Natal, procurarei transformar a minha vida e a vida dos que se cruzam comigo, conhecidos ou desconhecidos. Tentarei dar o que sou e o que tenho. Quero oferecer o meu tempo, a minha alegria, o meu perdão, a minha escuta, o meu exemplo. Tenho o dever de transmitir a fé aos outros, dando a conhecer a vida de Jesus e os ensinamentos que me deixou e pondo-os em prática no meu dia-a-dia.

Proposta de dinâmica individual e familiar: Na correria do dia-a-dia, vivemos muitas vezes afastados dos que partilham a vida contigo. Olha para a tua família e vê quem precisa mais de ti e faz algo que lhe agrade. Dedica um pouco do teu tempo a essa(s) pessoa(s), com atitudes, com presença ou com palavras. Envia-lhe(s) um SMS a deixar uma palavra amiga ou uma mensagem com um pedido de desculpas, dá-lhe(s) um abraço ou um beijinho ou faz-lhe(s) os elogios que merece, convida para almoçar ou para outras sugestões de “encontro”. E pensa que esta não deve ser apenas uma tarefa do Advento, mas uma missão para a vida inteira.

Construção do presépio com rosto: Escreve num papel, numa rolha ou noutro material à tua escolha o nome da pessoa ou pessoas em quem pensaste com carinho esta semana ou a quem queres dedicar um tempo especial. Junta os nomes escritos pela tua família e coloca-os no presépio da escola. Sem te anunciares, tornarás visível a expressão da tua atitude.

8


4º Domingo de Advento 22 de dezembro de 2019 Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo S. Mateus (Mt. 1, 18-24) Quanto a Jesus Cristo, a sua origem foi assim: Maria, sua mãe, tinha o casamento tratado com José; mas, antes de se casarem, achou-se grávida pelo poder do Espírito Santo. José, seu noivo, homem justo, não a queria acusar publicamente. Por isso pensou deixá-la sem dizer nada. Andava ele a pensar nisto, quando lhe apareceu num sonho um anjo de Deus e lhe disse: "José, descendente de David, não tenhas medo de casar com Maria, pois o que nela se gerou foi pelo poder do Espírito Santo. Ela vai dar a luz um filho, e tu vais pôr-lhe o nome de Jesus (Salvador), pois ele salvará o seu povo dos pecados." Tudo isto aconteceu para se cumprir o que o Senhor tinha dito pelo profeta: "A virgem ficara grávida e dará a luz um filho que se há-de chamar Emanuel". Quando José acordou, fez como o anjo lhe tinha mandado: recebeu Maria por esposa.

Desafio para a semana: CONFIA! Confiar (acreditar) e deixar-me conduzir pelo olhar de Deus, tentando olhar para as pessoas com o olhar bondoso de Deus.

Reflexão: O Papa Francisco confiou a humanidade a Maria: “Nossa Senhora, Virgem do Advento, nos ajude a não nos considerarmos proprietários da nossa vida, a não opormos resistência quando o Senhor vem para a mudar, mas a estar preparados para nos deixarmos visitar por Ele, hóspede esperado e agradável mesmo se transtorna os nossos planos". O melhor presente que podemos oferecer neste Natal é o presente que o próprio Deus nos oferece no Natal: Jesus e a sua salvação. Deus quer servir-se de cada um de nós, como se serviu de Maria, para levar a salvação aos nossos contemporâneos e conterrâneos. Que este tempo que nos aproxima do Natal nos dê a oportunidade de refletirmos, com um pouco mais de seriedade e

9


profundidade, de quem precisamos ir ao encontro, com quem precisamos nos encontrar neste tempo, com quem precisamos ser a presença amorosa de Deus.

Proposta de dinâmica individual e familiar: Pensa no caminho que fizeste nestas semanas do Advento. Olhaste para ti próprio, concretizaste ações perante os mais necessitados, envolveste-te mais com a tua família e agora tens um caminho novo para continuar a percorrer… Qual o compromisso que vais assumir para continuar esta mudança? Para além do teu compromisso individual, discute com a tua família qual o compromisso que querem assumir em conjunto.

Construção do presépio: No presépio da tua casa, coloca os compromissos de todos aqueles que quiseram viver contigo este Advento. O presépio - da escola e de casa - onde colocámos o nosso rosto e o da nossa família, onde deixámos as nossas dádivas, onde pusemos o nome daqueles que trazemos no coração e o nosso compromisso de vida nova representa-nos a todos, como parte integrante deste espaço lindo e magnífico que é a terra, em situações de mudança, quer interior, quer em relação aos outros e ao mundo. Neste presépio está o sentido da vida. O Menino Jesus que olha por nós e acompanha os nossos passos neste caminho de mudança que pode fazer a diferença no mundo.

10


Natal 25 de dezembro de 2019 Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo S. Lucas (Lc 2, 1-14) Naqueles dias, saiu um decreto de César Augusto, para ser recenseada toda a terra. Este primeiro recenseamento efectuou-se quando Quirino era governador da Síria. Todos se foram recensear, cada um à sua cidade. José subiu também da Galileia, da cidade de Nazaré, à Judeia, à cidade de David, chamada Belém, por ser da casa e da descendência de David, a fim de se recensear com Maria, sua esposa, que estava para ser mãe. Enquanto ali se encontravam, chegou o dia de ela dar à luz e teve o seu Filho primogénito. Envolveu-O em panos e deitou-O numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na hospedaria. Havia naquela região uns pastores que viviam nos campos e guardavam de noite os rebanhos. O Anjo do Senhor aproximou-se deles e a glória do Senhor cercou-os de luz; e eles tiveram grande medo. Disse-lhes o Anjo: «Não temais, porque vos anuncio uma grande alegria para todo o povo: nasceu-vos hoje, na cidade de David, um Salvador, que é Cristo Senhor. Isto vos servirá de sinal: encontrareis um Menino recém-nascido, envolto em panos e deitado numa manjedoura». Imediatamente juntou-se ao Anjo uma multidão do exército celeste, que louvava a Deus, dizendo: «Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens por Ele amados».

Desafio: VIDA! Nasce Deus na nossa vida, que me dá VIDA, que me ilumina e que me ensina a AMAR. Que eu possa hoje e sempre, alimentar esta vida em mim através da oração e da fraternidade e, ao mesmo tempo, ser fonte de Vida para os outros.

11


Que segredo tem o Natal? Pergunto-me Senhor, que segredo tem o Natal? Há um milagre que acontece dentro de nós, só pode ser um milagre, pois é como se a vida se reacendesse. Contemplando o presépio, percebo que este é um milagre humaníssimo que Deus suscita aos nossos olhos. Ele amou-nos tanto que nos deu o Seu próprio Filho. O segredo do Natal assenta sobre este dom absoluto, que nos faz perceber que só somos na medida em que nos damos. E que a vida renasce, como dádiva, na ponta dos dedos, no ohar, nas palavras. Tolentino Mendonça

Que sejamos nós AGORA rosto deste presépio no dia a dia. Um Santo Natal! 12

Profile for apm-ext.marista-lisboa

EML_ADVENTO 2019_PRESÉPIO COM ROSTO  

EML_ADVENTO 2019_PRESÉPIO COM ROSTO  

Advertisement