Issuu on Google+

Preâmbulo

Em principio o código de ética possui como finalidade orientar os integrantes da referida instituição a melhor convivência possível, visando o bem estar do colaborador. Pretendemos realçar um ambiente agradável de tranquilidade e conforto, os quais sejam admirados perante terceiros, uma vez que, o código de ética possa atingir colaboradores estabelecendo uma reputação positiva de segurança, honestidade e atendimento ao público.

Objetivo

Com o intuito de estabelecer formas harmoniosas internas em uma empresa, buscamos idealizar um código de ética para colaboradores que buscam íntegros de sua moral conceitos sociais, para que desta forma possam estabelecer valores adquiridos e inseri-los em seu campo de ação.


Visando que nossos idealizados possam reconhecer outro como a si mesmo, com um objetivo em comum de o bem estar de um todo- a empresa. Almejamos que nossos leitores ao tÊrmino desta leitura, ampliem sua capacidade de discernir por seus atos e açþes.


Deveres

Art. 1º - São deveres dos colaboradores da instituição:

I O colaborador deve respeitar as opiniões alheias, a fim de perceber o melhor momento para discernir. II Deve se ouvir primeiramente a todos buscando compreender maneira reflexiva os pensamentos se seus produtores. III Deve-se buscar e incentivar seus colaboradores a fim de concluir o melhor para a empresa. IV Deve-se ser justo, propondo sempre a igualdade entre todos, seja esta racial, social, sexual, etc. V Reportar quaisquer assuntos que possam ser prejudiciais. VI Deve-se a prestação qualificada de serviço; realizando suas funções de forma coerente. VII Respeitar a conduta profissional como horário e a responsabilidade no ambiente de trabalho.


VIII Transmitir uma reputação de bom atendimento perante todos os públicos para a empresa. IX Obter um olhar plano, visando agregar mercado e sociedade.


Direitos

Art. 2º - São direitos dos colaboradores da instituição:

I Aos direitos trabalhistas (13º salário, registro, carteira de trabalho, entre outros). II Ter o direito de exercer sua profissão independentemente da religião, raça, classe social, nacionalidade, sexo ou qualquer natureza discriminatória. III Boas condições de trabalho. IV Autorias sobre sua produção.


Restrições

Art. 3º - É restrito ao colaborador da instituição:

I Utilizar-se de conversas alheias, que possam resultar em intrigas. II Excluir de companheiros.

forma

III Exaltar-se em seu independente do motivo.

intencional campo

ou

ode

não

trabalho

IV A realização de furto de quaisquer bens. V Auxiliar terceiros em vagas profissionais ou promoções, cuja possua outros interessados, independente de sua especialização. VI Afastar-se de suas responsabilidades sem razão fundamentada e sem aviso prévio. VII Revelar assuntos secreto-sigilosos próprio da instituição.


Colaborador

Art. 4º - São expectativas de colaboradores:

I Buscar e manter metas. II

Reconhecer

seus

superiores,

colegas

e

sociedade. III Contribuir à sociedade. IV Equilibrar a vida pessoal com a profissional. V Buscar especializações. VI Se competente com suas tarefas, realizando-as de forma clara, objetiva e responsável. VII Identificar-se com sua especialização. VIII Relacionar-se com todos; Colaborar em ações em grupo buscando atingir bons resultados.


código de ética