Issuu on Google+


Índice Boas vindas.......................................................................................................................03

Entrevista com o presidente do INEP..........................................................04 Dicas gerais - Preparando-se para a prova................................................08 Dicas para produzir um bom texto na redação do ENEM...................11


Querido aluno da Rede Adventista, Região Paulista Central Estamos às portas de um momento de extrema importância na vida acadêmica dos alunos do Ensino Médio – o ENEM. Por isso, empenhamonos no preparo deste material que, além de dicas interessantes em relação ao exame, contém ainda uma entrevista com o presidente do INEP, professor Reynaldo Fernandes, com informações esclarecedoras sobre o assunto. Tendo em vista o seu sucesso no ENEM 2009, a mantenedora tem orientado os professores a usarem todos os recursos que estiverem ao seu alcance. Além disso, oramos para que Deus o ilumine nos dias de prova. Um grande abraço, Departamento de Educação da Associação Paulista Central.

03


Entrevista com o presidente do órgão responsável pela realização do ENEM 2009 O professor Reynaldo Fernandes, presidente do INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas) - órgão responsável pela realização do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) - concedeu uma entrevista à equipe da Agência Sul-Americana de Notícias Adventistas (ASN) para falar sobre a prova e sobre a proteção do direito de guarda do sábado. O ENEM será realizado, em 2009, nos dias 3 e 4 de outubro, sábado e domingo, mas os adventistas do sétimo dia farão a prova após o horário do pôr-do-sol. ASN - O que é o ENEM e quando foi criado? Reynaldo - É um exame de final de Ensino Médio que nasceu com a ideia de avaliar os alunos, e dar-lhes uma auto-referência. O exame foi crescendo e hoje já é usado como principal elemento para ingresso nas Universidades. 70% dos alunos que fazem ENEM alegam que o principal objetivo é tentar uma vaga na Universidade. ASN - O ENEM adquiriu uma importância maior a partir deste ano? O que mudou? Reynaldo - Na verdade, estamos reforçando uma característica que o ENEM ganhou com o tempo. O Brasil é o único país do mundo que tem diversos vestibulares. Agora, a ideia é centralizar esse processo no ENEM. Fizemos uma mudança no exame para atender as exigências das Universidades e fazer com que ele seja mais representativo do Ensino Médio. Com o tempo ele será o principal elemento para seleção em qualquer instituição de ensino superior, seja ela pública ou privada. ASN - Por que fazer o ENEM 2009? Reynaldo - Ele é fundamental. Seiscentas instituições já usavam o ENEM para seleção de alunos antes da mudança. Agora as federais aderiram

04


ao exame e pelo menos 20 federais vão usar só o ENEM para seleção. Outras, com mais algum item agregado, mas praticamente todas vão usar o ENEM como um dos seus parâmetros para seleção. Portanto, para os que pretendem ingressar em uma boa Universidade, o ENEM se tornou praticamente obrigatório. ASN - Quem pode fazer a prova do ENEM? Reynaldo - Todos os concluintes do Ensino Médio e também aqueles que já o concluíram há algum tempo e querem voltar a estudar.

ASN - Qual a providência que o INEP/MEC tomou para atender os candidatos que têm o sábado como um dia especial de culto? Reynaldo - Aqueles que declaram a necessidade de guardar o sábado não farão uma prova diferente, mas o grande diferencial é que eles irão para um local especial e, após o pôr-do-sol, farão a prova. O direito de guarda do sábado estará preservado. É importante que, no momento da inscrição, todos os guardadores do sábado façam essa observação em sua ficha. ASN - Explique melhor esse processo de identificação do guardador do sábado na ficha de inscrição. Reynaldo - Na inscrição, há um campo relacionado com necessidades especiais que, aliás, são várias, pois temos diversas situações especiais. Neste campo, os guardadores do sábado devem assinalar a necessidade que eles têm. ASN - E quem já fez a inscrição e não marcou esta opção? Reynaldo - Para estes a orientação é a seguinte: ao entrar no site há dois campos para inscrição. Um deles refere-se ao acompanhamento da inscrição. É neste campo que o interessado deve ingressar e fazer a alteração, informando assim ao INEP a necessidade de começar a prova após o pôr-do-sol. Obs: Se esse procedimento não der certo entre em contato com o site oficial do INEP: faleconosco@inep.gov.br e exponha o seu caso.

05


ASN – Em que horário todos os candidatos, inclusive os guardadores do sábado, devem se apresentar nos locais de exame? Reynaldo - Exatamente uma hora antes do horário de início do exame. A prova está marcada para começar às 13 horas, portanto, o aluno deve chegar pontualmente às 12 horas. Este horário funcionará para todos, inclusive os guardadores do sábado, que ficarão em uma sala especial durante o período da tarde. ASN - Qual será o tempo de duração das provas? Reynaldo - Até 4 horas e meia no sábado, e cinco horas e meia no domingo. ASN - Quando sairão os resultados do ENEM 2009? Reynaldo - Os resultados serão liberados no começo de dezembro, porém, sem a nota da redação. Os resultados da redação virão um mês após, já que se trata de uma correção mais demorada. ASN - Uma pessoa que não conseguir um bom resultado no ENEM 2009 terá outras chances? Reynaldo - Vamos começar a ter provas mais sistemáticas do ENEM. Ele é comparado ao longo do tempo. Se o aluno não foi tão bem, ele pode fazer uma outra prova em outra oportunidade. A ideia é que o último exame que o estudante realizou seja utilizado para seleção. ASN - Um recado final para todos os jovens envolvidos com o ENEM. Reynaldo - Geralmente a ansiedade é grande nessa fase da vida. O importante é que o aluno procure ficar tranquilo, lembrando que se ele está bem preparado para participar de um processo seletivo, seja no sistema antigo ou no novo, ele irá alcançar um bom resultado.

06


Para não esquecer • O Enem 2009 será aplicado da seguinte maneira: no dia 03/10/2009 (sábado): das 13h às 17h30 ¬ Prova I: Ciências da Natureza e suas Tecnologias; e Ciências Humanas e suas Tecnologias. no dia 04/10/2009 (domingo): das 13h às 18h30 ¬ Prova II: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Redação; e Matemática e suas Tecnologias. • O novo exame será composto por testes em quatro áreas de conhecimento: linguagens, códigos e suas tecnologias (incluindo redação); ciências humanas e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias e matemáticas e suas tecnologias. Cada grupo de testes será composto por 45 itens de múltipla escolha, aplicados em dois dias. A redação deverá ser feita em língua portuguesa e estruturada na forma de texto em prosa do tipo dissertativo-argumentativo, a partir de um tema de ordem social, científica, cultural ou política. • Os portões de acesso aos locais de prova serão abertos às 12h e fechados às 12h55, horário de Brasília-DF. As provas serão aplicadas às 13h, em todo o território nacional. • É recomendável que o inscrito compareça ao local de realização da prova com antecedência de uma hora. Será necessário apresentar original ou cópia devidamente autenticada de documento de identificação, Cartão de Confirmação de Inscrição, folha de respostas do questionário socioeconômico, caneta esferográfica de tinta preta, lápis preto nº 2 e borracha macia. Por motivo de segurança, não será permitido aos participantes se ausentarem da sala de provas antes de decorridas duas horas do início do exame. Os participantes só poderão sair com o caderno.

07


Dicas gerais – Preparando-se para a prova a. Para não perder a hora e aparecer chorando no jornal do dia seguinte com o portão da escola fechado atrás de você, conheça o local da prova antes. “De preferência no final de semana anterior, para saber o percurso e encarar o mesmo trânsito do dia da prova”, aconselha o professor Mateus Prado. A dica vale também para os alunos que farão a prova após o pôrdo-sol do sábado;

b. Não estude até o último minuto antes da prova. Tire pelo menos um dia para relaxar. Vá à igreja, a um parque, caminhe, saia com os amigos e procure dormir mais cedo do que o normal na noite anterior à prova;

c.

Preparar-se corretamente para o ENEM também inclui manter uma alimentação adequada, especialmente na véspera da prova. Especialistas em nutrição afirmam que é preciso ficar atento à alimentação para evitar a ingestão de comidas gordurosas, que aumentam a sonolência e tiram a concentração. “O vestibulando deve evitar alimentos carregados de gordura como uma feijoada ou uma rodada de pizza. Arroz, feijão, bife e salada são perfeitos. Se o aluno come uma feijoada, por exemplo, a tendência é que ele fique com sonolência excessiva por causa da sobrecarga metabólica”, explicou Daniela Oliveira Magro, nutricionista e professora do departamento de medicina preventiva da Unicamp. Ficar em jejum no dia da prova também é altamente prejudicial para o candidato. Segundo os especialistas, engana-se o candidato que pensa que ficar sem comer pode evitar algum mal-estar. “O jejum é prejudicial, pois favorece a hipoglicemia [concentração baixa de açúcar no sangue] e, portanto, dificulta o raciocínio. A fome tira a concentração”, disse o professor Durval Ribas Filho, presidente da Associação Brasileira de Nutrologia.

08


“No dia da prova o café da manhã deve ser farto, rico em frutas, sucos e carboidratos complexos [de preferência pão integral]”, complementa Ribas Filho.

d. Leve uma garrafinha d’água e uma barra de cereal, pois alimentarse durante o exame também é importante. Não leve comida. Marmita não combina com o Enem. Procure não levar salgadinho com aquelas embalagens barulhentas, o que irrita profundamente quem está fazendo a prova do seu lado. A ingestão de chocolate também é recomendada, mas com cautela. “O chocolate é um alimento com alto teor de gordura, mas dá energia. Além disso, é comprovado cientificamente que ele diminui a ansiedade. Mas o candidato não deve abusar. O ideal é comer uma barra de 30g ou 40g no máximo”, explicou Daniela Magro, nutricionista e professora do departamento de medicina preventiva da Unicamp.

e. Evite ouvir músicas muito agitadas na véspera e no dia da prova. Fazer prova com a adrenalina lá em cima não dá, não é mesmo?

f. A leitura diária de jornais e revistas é muito importante, pois o ENEM pede um grande nível de conhecimentos gerais. “O que aparece bastante, também, é a interpretação de tabelas, gráficos e imagens”, indica a coordenadora pedagógica Alessandra Venturi. Então, já fique sabendo que Obama e a crise econômica devem cair na prova!

g. Não esqueça, o ENEM dá situações-problema para que você resolva. E em uma questão podem ser cobrados, ao mesmo tempo, conhecimentos de biologia e química, por exemplo. Então, nada melhor do que ver as provas anteriores, ou então simulados que enfoquem esse tipo de situação;

h. Não fique relendo demais as questões, por dois motivos: Pode sobrar pouco tempo para a redação, ou então seu cérebro pode dar um nó e

09


você pode duvidar da resposta de uma questão simples. “Leu? Entendeu? Responda e passe pra próxima”, disse Dayane Pereira da Silva, que cursa Direito com bolsa do PROUNI, programa que usa a nota do ENEM como ranking;

i.

“Comecei a prova pela redação e demorei em torno de 2h30 para terminá-la. Infelizmente fui obrigado a chutar 15 questões devido ao tempo limitado de prova”, afirmou Matheus Bennermann dos Santos, aprovado em medicina em Caxias do Sul, numa Universidade particular que utiliza a nota do ENEM. Para não correr o mesmo risco que o Matheus, comece pelas questões objetivas;

j.

Por fim, passe as questões objetivas para o gabarito com atenção. Afinal, não adianta acertar na prova e errar no gabarito.

10


Dicas para produzir um bom texto na redação do ENEM 1.

Treino é o segredo de Júlia Avelar, aluna do Curso de Letras que no ano passado tirou a maior nota em redação na Universidade Federal de Minas Gerais. Segundo ela, no mês anterior ao vestibular, chegou a fazer entre 13 e 15 redações;

2.

Ler muito, sobre temas gerais e atuais, também garantem ao candidato informações atualizadas de possíveis temas propostos pelo ENEM;

3.

Ler com atenção o tema proposto, e reler, se for preciso. Somente depois de entender o enunciado enumere várias ideias sobre o assunto e, a partir daí, comece a desenvolver a escrita do texto. Segundo o professor especialista em Língua Portuguesa, Pasquale, “o enunciado é fundamental, porque se o aluno não fizer o que pede a proposta, a nota é zero. Portanto, é preciso entender o que pede o tema, e ele muitas vezes é dado de maneira subjetiva, com metáforas, com textos, com poemas, figuras, de modo que é fundamental entender o que o enunciado pede;

4.

Não encher linguiça em hipótese alguma. Segundo Pasquale, inventar frases pensando que o examinador não irá atrás, é o maior engano. O examinador está treinado para verificar frases inventadas;

5. A conclusão, assim como a introdução, deve ser curta. No máximo 6 linhas, aconselham os professores e, no final, deve-se reforçar a ideia defendida no texto;

6. É preciso cuidar para não cometer os erros gramaticais mais comuns: concordar o verbo com o sujeito, regência, a grafia, e o uso correto dos elementos de “costura” no texto.

11



Dicas para o ENEM 2009