Issuu on Google+

1


Nome: FREIRA DA MADEIRA - PTERODROMA MADEIRA Identificação: No mar distingue-se das outras espécies que ocorrem no arquipélago da Madeira, pela forma como voa, por ter um grande contraste entre a parte superior do corpo (escura) e a inferior (branca) e por ter a parte interna das asas escura. Habitat: Ave marinha que nidifica de uma forma dispersa nas zonas de montanha do maciço montanhoso central. O ninho é escavado no solo pelo que a existência de áreas não erosionadas é vital para a sobrevivência da espécie. Estado de Conservação: Esta é uma ave extremamente ameaçada (a nível mundial).

2


Nome: Alma Negra – Bulweria bulwerii

Identificação: É uma ave que em voo pode ser identificada pela sua cor escura, grande envergadura das asas proporcionalmente ao corpo e por estas serem contiguadas. Habitat: É uma ave marinha que se identifica em pequenas ilhas, ilhéus e falésias costeiras. O ninho pode ser construído em cavidades existentes nas rochas, buracos no solo e por debaixo de grandes pedras. Estado de conservação: Esta espécie apresenta um estatuto de conservação vulnerável e dependente da conservação.

3


Nome: Cagarra – diomedea borealis

Identificação: É a ave marinha com maior porte deste arquipélago e pode ser identificada pelo seu voo rápido e planado. Habitat: É uma ave pelágica que nidifica em pequenas ilhas, ilhéus e falésias costeiras. Os seus ninhos podem ser construídos em cavidades existentes nas rochas, buracos no solo e por baixo de grandes pedras. Estado de Conservação: A cagarra tem um estado de conservação vulnerável e dependente da conservação.

4


Nome: Rola – Stretopelia tutur

Identificação: Esta espécie ocorre preferencialmente em habitats mistos onde a cobertura arbórea alterna com zonas abertas com vegetação rasteira e/ou com cultivos. Pode ainda ocorrer em zonas humanizadas. Habitat: Esta ave assemelha-se a um pombo, apresentado no entanto, uma forma mais pequena e delicada. Em voo é bastante visível a extremidade da cauda branca. Estado de conservação: Não existe informação sobre o estado de conservação desta espécie.

´

5


Nome: Lavandeira-Motacilla cinérea schmitzi

Identificação: Esta ave pode ser identificada com base no seu peito amarelo e pelo facto da cauda estar continuamente a fazer movimentos muitos rápidos quando pousada. Em voo distingue-se pelo tipo de voo muito ondulado regra geral acompanhado por um chamamento agudo e metálico. Habitat: Ocupa diferentes tipos de habitat, sendo um aspecto fundamental a existência de zonas de água, tais como leitos ribeiros e levados pode ser encontrada desde a beira-mar até as catas mas altas da ilha. Estado de conservação: A lavandeira apresenta um estado de conservação seguro.

6


Nome: Roque de castro - Oceanodroma castra

Identificação: É uma ave marinha de pequeno porte, escura e com uma mancha na parte posterior do dorso. Habitat: O roque de castro nidifica em pequenas ilhas, ilhéus e falésias costeiras. O seu ninho, cujas dimensões tornam muito difícil acesso, é feito em pequenas gretas, fissuras das rochas e de pedras. Estado de conservação: O roque de castro apresenta um estatuto de conservação vulnerável e dependente de gestão.

7


Nome: Andorinha-do-mar- Apus pallidos brehmorum

Identificação: A sua identificação é fácil tendo em conta o perfil habitual que as andorinhas apresentação. Distingue-se andorinha da serra pela mancha que apresenta na garganta e por ter uma coloração menos homogénea. A diferenciação destas duas espécies apresenta algumas dificuldades. Habitat: O habitat preferido das andorinhas do mar é os ilhéus e as falésias costeiras. Contudo, pode ocorrer em habitats mais variados do interior, como zonas de montanha, rurais e subornas. Estado de conservação: Apresenta um estado de conservação seguro.

8


Nome: Andorinha da serra-Apus unicolor

Identificação: A sua identificação é aparentemente fácil por se tratar de uma ave, com a silhueta típica das andorinhas. Contudo, pode-se confundir com a andorinha-do-mar. Apresenta um corpo uniformemente escuro e o voo rápido bastante característico. Habitat: A andorinha da serra ocorre ao longo de distintos habitats, desde que estes proporcionem a possibilidade de se alimentarem de insectos enquanto voam. Estado de conservação: Esta ave apresenta um estado de conservação seguro.

9


Nome: Perdiz

Identificação: Pode ser identificada pela sua forma arredondada e pelo padrão geral da sua plumagem, onde se destaca as listas nos flancos. As patas vermelhas constituem outra característica.

Habitat: Esta ave procura zonas com arbustos pouco densos ou dispostos em mosaicos com zonas abertas entre eles.

Conservação: A perdiz nidifica na ilha da Madeira e Porto Santo onde é uma ave pouco abundante. A sua tendência populacional natural é ocultada pelo facto de ser uma espécie cinegética e alvo de reintroduções anuais.

10


Nome: Fura Bardos

Identificação: Distingue-se das outras duas rapinas diurnas do arquipélago da Madeira por ter um porte intermédio, as asas arredondadas e relativamente curtas. Distingue-se do francelho por apresentar uma coloração acinzentada.

Habitat: Ocupa fundamentalmente áreas florestadas, indígenas e exóticas, onde pode voar a coberto de vegetação. Raramente é visto pairando sobre terreno aberto.

Conservação: O fura bardos ocorre unicamente na ilha da Madeira onde se distribui ao longo da toda a ilha, um pouco por todos os locais onde o seu habitat está presente. É provável que se trate de uma ave abundante, apesar de raramente ser observada.

11


Nome: Pintainho

Identificação: Nos mares do arquipélago da Madeira poderá ser confundida com o Patagarro, puffinus puffinus, da qual se distingue pelo facto da plumagem preta da cabeça não descer abaixo dos olhos. No pintainho os olhos surgem na zona clara da face.

Habitat: Ave marinha que nidifica nas falésias de pequenas ilhas e ilhéus.

Conservação: No arquipélago da Madeira nidifica nas ilhas da Madeira, Porto Santo, Desertas e Selvagens. É pouco abundante em todas elas excepto nas selvagens, onde é abundante e apresenta uma população superior a 2050 pares (Oliveira e Moniz, 1995). A única tendência populacional conhecida é a das selvagens onde aparentemente está estável.

12


Nome: Patagarro

Identificação: Nos mares do arquipélago da Madeira poderá ser confundida com o Pintainho, P.assimilis, da qual se distingue pelo facto da plumagem preta da cabeça descer até abaixo dos olhos. No pintainho, as penas que rodeiam os olhos são já brancos.

Habitat: Ave marinha que nidifica ao longo de vales profundos, regra geral com vegetação, que se estendem até zonas consideravelmente afastadas da costa. Os seus ninhos poderão atingir cotas na ordem dos 700 metros de altitude (Câmara, 1997).

Conservação: No arquipélago da Madeira só nidifica na ilha da Madeira, onde é uma ave pouco abundante. A julgar pelo decrescimento verificado no tamanho das “jangadas”, observadas em algumas zonas do sul da ilha, esta ave apresenta uma tendência populacional negativa (câmara com. Pess.).

13


- OLIVEIRA, Paulo - “A Conservação e Gestão das Aves do Arquipélago da Madeira”. Secretaria Regional de Agricultura, Florestas e Pescas: Parque Natural da Madeira, 1999. - Imagens seleccionadas no motor de busca “Google” (ano de 2011).

Autoria: Laura Marques, n.º 8 Lisete Carvalho, n.º 9 Marcelo Jesus, n.º 11 Vânia Fernandes, n.º 18 Paulo Casique, n.º 22

14


Aves do Arquipelago da Madeira