Issuu on Google+

PESQUISADOR: ODETE DOURADO. TÍTULO DA PESQUISA: A freguesia da Sé da Bahia: arquiteturas e dinâmicas sociais. 18891930. SITUAÇÃO: pesquisa em andamento. RESUMO: A pesquisa ainda em desenvolvimento tem como objetivo estudar a Freguesia da Sé em Salvador enquanto cenário privilegiado da vida social, política e econômica da cidade durante a Primeira República quando a antiga urbe vem a se tornar o centro efetivo da Salvador moderna. Assistem-se então nesse período a uma rápida e intensa metamorfose dessa área da cidade – ruas, praças e edifícios- propiciados pelos novos modos de vida e serviços essencialmente modernos. Assim, interessam à presente investigação não só as arquiteturas que informam e conformam o espaço urbano nas suas permanências e transformações ou mesmo as intervenções ou planos propostos por ações governamentais, mais também investigar como os agentes sociais se apropriam desses equipamentos, muitas vezes modificando-os revelando assim como em um caleidoscópio os reflexos e variações tencionais no tempo, que acabam por configurar a cidade real, pulsante de vida. A pesquisa busca priorizar as fontes arquivistas em geral, sem naturalmente esquecer a literatura clássica sobre o assunto incluindo ai aquelas de cunho sociológico e antropológico. Interessa-se pela iconografia referente à área em estudo – plantas da cidade, projetos propostos para a área no período, projetos das edificações, fotografia, desenhos, etc. – bem como os códigos de posturas e obras municipais, relatórios e falas dos presidentes da província, almanaques, revistas e jornais da época, etc. Por razões de método os trabalhos diretamente relacionados à pesquisa e tornados públicos entre 2010/11 foram centrados na Praça Castro Alves, reservando-se o próximo ano para elaborações relativas à Praça Tomé de Souza e Terreiro de Jesus. Assim, em 2011 foi publicado o seguinte capítulo de livro: - Dourado, Odete. Do lamento dos "cantos" à mundanidade deslavada. Salvador, 18501930. In: GAMA, Hugo; NASCIMENTO, Jaime. (Org.). A Urbanização de Salvador em três tempos: Colônia, Império e República. Textos Críticos de História Urbana. i ed. Salvador: Instituto Geográfico e Histórico da Bahia, 2011, v. II, p. 197-238. Além do mais, no período compreendido entre 2010/11 foram apresentados e publicados em anais dos seguintes seminários e congresso, os trabalhos: - DOURADO, Odete. A Praça Castro Alves no ocaso do Império; Salvador, 1850-1889 In: II SEMINÁRIO INTERNACIONAL URBICENTROS’II, 2011, Maceió. Anais. Maceió: Universidade Federal de Alagoas, 2011. - DOURADO, Odete. A Praça Castro Alves. In: II COLÓQUIO INTERNACIONAL DESENHO, REGISTRO E MEMÓRIA VISUAL, 2010, Feira de Santana. Anais. Feira de Santana: Universidade Estadual de Feira de Santana, 2010. - II Seminário A urbanização de Salvador em três tempos: Colônia, Império e República. A Praça Castro Alves: a praça do povo. 2010. (Apresentação de trabalho) - Seminário de Pesquisa PPG-AU 2010. (Apresentação da pesquisa)



RESUNO PESQUISA_Odete Dourado