Issuu on Google+

JORNAL

www.jornalinformante.com.br

@PaperInformante

INFORMANTE

Farroupilha Ano V - Edição 229 29 de junho de 2012 R$ 2,00

COMPROMISSO COM A CIDADE

Matéria Especial

Últimas convenções para majoritária e proporcional Páginas 2 e 3 e Editorial

Política

Inside

Reflexão sobre o lixo Thaís Zimmer Martins

Tarso palestra e defende Arranjos Produtivos Locais Página 8 e Editorial

Literatura

Ex-colunista, Marcos Kirst integra livro de crônicas Inside, página 3

Esporte

Penharol, trinca histórica no Intermunicipal do Caí Página 13

Marinês Fátima Larentis, diretora da Escola Nossa Senhora de Caravaggio, Carla Furlan Tamiosso, presidente da Rotaract Nova Vicenza, aluna Milena Silocchi, vencedora do projeto “Consciência Limpa”, e a professora de Ciências Anelice Tosin Ferronatto na entrega da premiação - Capa


2 | Sexta-feira, 29 de junho de 2012

Compromisso com a cidade

Matéria EspEcial

Eleição majoritária definida

Claiton e Pedroso tiveram candidaturas aprovadas por frente oposicionista, Glacir concorrerá com chapa pura e Baretta e Bobi são os nomes da situação

C

Definidos: Claiton e Pedroso integram a frente oposicionista composta por cinco partidos e que realizou convenção conjunta

Terceira via: Glacir também concorre e define vice sábado

Baretta concorre à reeleição e terá o vereador Bobi como seu vice: dupla deve ser anunciada na manhã deste sábado

Fotos: Arquivo Jornal Informante

omo era de se esperar, na convenção das oposições, ocorrida no último domingo, o grupo formado pelo PDT, PT, PSB, PCdoB e DEM confirmou seus candidatos ao Executivo. O pedetista Claiton Gonçalves, como cabeça de chapa, e o peessebista Pedro Pedroso, como vice, são os indicados à eleição majoritária. As demais definições ocorrem neste sábado. Pela manhã acontecem as convenções de PMDB e PP, que devem homologar, respectivamente, o nome de Ademir Baretta a prefeito novamente e de Nilton Bozzetti, o Bobi, a vice. O bloco situacionista é formado ainda pelo PSDB, PR, PRB, PTB, PPS e PSL. O oposicionista PV também realiza convenção no sábado. Glacir Gomes destaca que irá concorrer na majoritária e definirá seu vice no encontro.


Sexta-feira, 29 de junho de 2012 | 3

Compromisso com a cidade

Matéria EspEcial

Com muitos nomes e sem o PTB, parceiro de 2008 que migrou para a situação, o PDT concorre sozinho na disputa ao Legislativo

O PSB, que em 2008 esteve coligado com o PPS, outro a migrar para a situação, fechou acordo com o Democratas

O PCdoB renovou o acordo com o PT, como em 2004 e 2008

O DEM deixou a situação e se coliga com o PSB

O PMDB realiza convenção em seu Diretório, no sábado pela manhã, e deve fechar uma parceria dupla, com o PRB (parceiro também em 2008) e com o PPS

Bloco da situação

A próxima legislatura terá um incremento expressivo no número de vereadores. Ele saltará de 10 para 15 e, muito por conta disso, as definições para a eleição proporcional se arrastaram e muitas ainda sequer ocorreram de forma oficial. Este sábado registra as últimas convenções, mas ao que tudo indica, os acertos já estão alinhavados, faltando tão somente a homologação dos mesmos. Da eleição de 2008 ocorreram poucas mudanças. A maior parte das siglas repetiu as parcerias realizadas há quatro anos, outras de uma data ainda maior. Como a disputa tende a ser a mais equilibrada da história política da cidade, os cuidados com os acordos entre as siglas foram redobrados. O aumento de cadeiras na Casa Legislativa Lidovino Antônio Fanton deve provocar um número recorde de candidatos e um único voto pode fazer a diferença. No último domingo, cinco dos seis partidos que integram a oposição (PDT, PT, PSB, PCdoB e DEM) realizaram suas convenções e, além de selarem os candidatos à majoritária, definiram também os acertos à proporcional. Do lado oposicionista, o PV é o último a realizar encontro, que ocorre neste sábado. Já pelo lado da situação, o PSDB foi o primeiro a se reunir, ainda no domingo pela manhã. Dois partidos, o PTB e o PR realizaram encontro na quinta à noite, após o fechamento desta edição. As demais cinco siglas (PMDB, PP, PPS, PRB e PSL) fazem suas convenções neste sábado, embora os acordos já estejam sedimentados. Confira ao lado mais definições sobre o cenário eleitoral farroupilhense na corrida à Câmara de Vereadores.

Bloco da oposição

Últimos ajustes na proporcional

Sem o DEM, parceiro de 2008, o PSDB se coligou com o PTB

Parceiro do PMDB em 2008, o PRB repete o acordo, que também conta com o PPS

O PT manteve a parceria com o PCdoB, a mesma que ocorreu nos dois últimos pleitos municipais

Sem acordo com as demais siglas que integram a oposição, o PV concorrerá por conta própria

O PP tem convenção na Câmara de Vereadores, neste sábado, e selará novo acordo com o PR, assim como ocorreu na última eleição municipal

O PTB deixou a oposição e fechou acordo com os tucanos

O PR renovou o acerto com o PP, assim como havia feito há quatro anos

O PPS integra uma coligação com o PMDB e o PRB

Sigla caçula, fundada no final de 2011, o PSL não pode indicar candidato, mas apoia a situação


4 | Sexta-feira, 29 de junho de 2012

Editoriais

ExpEdiEntE rEdação - redacao@jornalinformante.com.br Elisa rossi KEMMEr elisa@jornalinformante.com.br raMon cardoso ramon@jornalinformante.com.br thaís ZiMMEr Martins thais@jornalinformante.com.br vitória lovat vitoria@jornalinformante.com.br coMErcial - comercial@jornalinformante.com.br Fabiano gaspErin gasperin@jornalinformante.com.br lucas MoraEs FErrEira lucas@jornalinformante.com.br valéria vEttoraZZi valeria@jornalinformante.com.br vandErlEi bortoncEllo vande@jornalinformante.com.br artEs - artes@jornalinformante.com.br bruno gaspErin bruno@jornalinformante.com.br MarcElo bortagaray MEllo marcelo@jornalinformante.com.br assinaturas - assinaturas@jornalinformante.com.br MarcEla Kuhn marcela@jornalinformante.com.br assinatura anual: r$ 95,00 assinatura sEMEstral: r$ 50,00 FinancEiro - financeiro@jornalinformante.com.br KEli dE alMEida MaciEl keli@jornalinformante.com.br logística - logistica@jornalinformante.com.br luiZ carlos dE andradE luiz@jornalinformante.com.br Editorias EconoMia: economia@jornalinformante.com.br cidadE: cidade@jornalinformante.com.br política: politica@jornalinformante.com.br Educação: educacao@jornalinformante.com.br sEgurança: seguranca@jornalinformante.com.br EsportE: esporte@jornalinformante.com.br insidE: inside@jornalinformante.com.br social: social@jornalinformante.com.br sEçõEs EspEciais boca-dE-urna: bocadeurna@jornalinformante.com.br prEliMinar: preliminar@jornalinformante.com.br sétiMa artE: setimaarte@jornalinformante.com.br tElEFonEs (54) 3401-3200 / (54) 3401-3201 (54) 3401-3202 / (54) 3401-3203 EndErEço rua dr. JaiME roMEu rösslEr, 348, bairro planalto colunistas arMando Wartha crônicas da rEdação Flávio lopEs lauro Edson da cás

bEnaMi spilKi Fabrício oliboni laura cristina nardi callEgari

FEchaMEnto coMErcial Quarta, às 12h tiragEM 4.000 ExEMplarEs

ÍndicE

edItorIal

Matéria EspEcial .................................páginas 2 E 3 Editoriais E opinião..............................página 4 EconoMia .............................................página 6 cidadE .................................................página 7 política ...............................................página 8 Educação.............................................páginas 9 E 10 sEgurança ...........................................página 11 EsportE ...............................................páginas 12 a 15

InsIde

Compromisso com a cidade

EspEcial...............................................capa Flávio lopEs ........................................página 2 Música .................................................páginas 2 E 7 cinEMas ...............................................página 2 litEratura ...........................................página 3 arMando Wartha .................................página 3 social..................................................páginas 4 E 5 crônicas da rEdação ..........................página 6 priMEiro parágraFo .............................página 6 lauro Edson da cás ...........................página 7 horóscopo ..........................................página 7 sétiMa artE .........................................contracapa 44ª Francal .........................................4 páginas saúdE, bElEZa & Estética ....................4 páginas classiFicados ......................................8 páginas 7ª FEsta do vinho novo .......................12 páginas

Momento de definições As eleições municipais se aproximam e as últimas convenções para o pleito acontecem neste sábado. Ao longo dos últimos meses, os partidos se movimentaram em busca de acordos, parcerias, acertos para a disputa municipal. O atraso na definição ocorreu muito mais por conta da eleição proporcional do que na majoritária. Embora também tenha ocorrido uma série de rumores quanto à corrida ao Executivo, as definições ficaram dentro do que se esperava. Até mesmo na eleição proporcional não ocorreram surpresas. O cenário ficou dentro de uma lógica, mas as discussões foram maiores por conta do aumento no número de vagas na Casa Legislativa Lidovino Antônio Fanton, já que a próxima legislatura prevê o ingresso de 15 vereadores.

Independente de quem venha a fechar parceria com este ou aquele, os partidos necessitam ter consciência que uma coligação com determinada sigla terá um efeito muito pequeno diante de um candidato preparado ou de uma nominata forte. Isso, sim, pode fazer a diferença em um pleito tão equilibrado quanto o que estamos prestes a presenciar. Ao final de sábado saberemos quem serão os candidatos, tanto ao Executivo quanto ao Legislativo, os nossos representantes pelos próximos quatro anos. Que os 14 partidos farroupilhenses envolvidos com a eleição estejam conscientes e alinhados aos interesses da cidade e que a população, dentro das propostas apresentadas, saiba escolher a que venha a atender da melhor forma a comunidade. Veja encaminhamentos da eleição na Matéria Especial, páginas 2 e 3.

As demandas em ações Uma reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), do governo do Estado, aconteceu em Farroupilha na quinta, junto com o Cardápio Empresarial da Câmara da Indústria, Comércio e Serviços. O encontro contou com a presença do governador Tarso Genro, que apresentou, por meio do secretário executivo do Conselho, Marcelo Danéris, ações que foram desenvolvidas dentro da Câmara Temática de Desenvolvimento da Serra. Embora a aproximação com as demandas das comunidades seja válida, a operacionalização das ações, transformando as necessidades em atitudes práticas, é um trabalho dos mais complicados, especialmente quando essas demandas são muito superiores à real capacidade do Estado em atendê-las, o que pode acabar gerando um esvaziamento da pauta. Tarso ouviu da comunidade farroupilhense uma série de reivindicações e o objetivo do encontro era exatamente este, de debater as reais situações de dificuldade, não somente do município, mas da Serra como um todo. Praticamente todos os setores que se

manifestaram no Restaurante Parque dos Pinheiros tinham algo a solicitar ou reivindicar ao governo do Estado. Cabe a ele, a partir de agora, verificar quais necessidades podem ser atendidas e qual seu impacto e importância dentro da cadeia produtiva gaúcha. O principal objetivo do Conselho parece ser realmente este, o de mapear as demandas das localidades. Visualizando os problemas de forma mais próxima, as chances de se implementarem políticas precisas na solução dos impasses são maiores. Mas é sempre uma questão delicada. Afinal de contas, a sociedade, ao eleger o governo, confiou nele a resolução de suas necessidades. Embora muito tenha se discutido e pouco avançado no encontro ocorrido na quinta, a esperança é que pelo menos as demandas mais urgentes da Serra, que ficaram bem definidas, tenham uma atenção especial. O setor produtivo da região esteve representado e realmente deseja que algo seja feito no atendimento das pautas mais prementes. Confira matéria na Editoria de Política, página 8.

opinião

A mentira e os mentirosos Sirlei Cardoso Masiero * Não há como não ficar surpresa e essa converter-se em estupefação e, após, seguir-se um misto de náusea e raiva ao ver como a “mentira” está inerente aos políticos e, agora, está chegando aos jogadores de futebol. “Uma mentira é um insulto àquele que ouve e o deixa numa posição inferior aos olhos daquele que fala”, já falava o escritor russo Anton Tchekhov há mais de um século. A mentira está tão banalizada que os mentirosos, ao mentir descaradamente, desejam que todos os brasileiros acreditem que a mentira é a pura verdade. O que me deixa desalentada é que a maioria dos brasileiros desavisados, mal informados, descuidados, analfabetos, confiam cegamente nas mentiras. Há tempos, quando das calamidades em Santa Catarina, no final de 2008, o presidente da época divulgou na imprensa a distribuição de R$ milhões para socorrer os catarinenses flagelados. A maioria acreditou nestas primeiras palavras e elas ficaram impregnadas como uma verdade absoluta e o presidente foi considerado um salvador. Mas pasmem que, até hoje, existem pessoas que não receberam a ajuda tão divulgada. Os políticos (e nesse espaço não cabe todos os no-

mes dos corruptos) mentem tão descaradamente, sem nenhum pudor, mesmo tendo vídeos que afirmam aos nossos olhos o contrário. Telefonemas gravados, vídeos, testemunhas, etc. Mesmo assim, com a cara mais deslavada, mentem... mentem... mentem e falam contra a própria consciência. A quem eles querem convencer? O direito a defesa de qualquer réu é a mentira ou a prova? A mentira dita através dos meios de comunicação nos humilha, nos envergonha e rouba a dignidade de quem não quer ver. A mentira está agora contaminando os brasileiros. Já saiu da esfera política e chegou aos meios futebolísticos. O que foi a entrevista recente do Ronaldinho (não vou escrever gaúcho após o nome dele) dizendo que ele é um esportista cumpridor de seus deveres? “Se desconfiarmos que alguém mente, finjamos crença: ele há de tornar-se ousado, mentirá com mais vigor, sendo desmascarado”, destacava o filósofo alemão Artur Schopenhauer, no princípio do século XIX. Se políticos corruptos pararem de dizer mentiras, eu paro de dizer verdades a respeito deles. A justiça deveria punir criminalmente as pessoas que usam a mentira comprovada para a sua defesa. * Empresária


Sexta-feira, 29 de junho de 2012 | 5

Compromisso com a cidade

O direito à isenção de ICMS na aquisição de veículo para portadores de deficiência Mathias Felipe Gewehr *

A

regra referente à isenção de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) é prevista na legislação do Estado do Rio Grande do Sul através da Lei 8.115/85, estabelecendo, em seu artigo 4º, quais as pessoas que fazem jus a referido benefício legal. O encaminhamento deste benefício é realizado via administrativa, juntamente ao órgão da Receita Estadual do lugar onde o benefício for postulado e segue as regras previstas internamente pelo órgão da receita. A referida legislação estadual estabelece que, para a concessão do benefício, o titular do direito a ser postulado junto à Receita Estadual deve ser o próprio condutor de veículo automotor, já que há necessidade do veículo ser adaptado às suas necessidades. Sob este argumento, a Receita Estadual tem reiteradamente indeferido inúmeros pedidos de benefícios referentes à isenção de ICMS, já que a grande maioria dos potenciais beneficiários (titulares de direito público subjetivo) não teriam quaisquer condições de dirigir, mesmo que adaptando as suas necessidades a determinado veículo automotor. Nesse sentido, verifica-se que toda e qualquer pessoa que seja portadora de deficiência, seja ela de origem mental ou física, possui o direito de ter concedido em seu favor a isenção de ICMS para a aquisição de veículo automotor. A legislação estadual, no entanto, dispõe que seria obrigatória a apresentação de Carteira Nacional de Habilitação (CNH) da pessoa requerente do benefício de isenção, para que esta viesse a fazer jus de postular o benefício, além

da apresentação de laudo médico público atestando a redução da capacidade física, motora ou psíquica. No entanto, um extenso rol de potenciais beneficiários da isenção do ICMS não possui CNH e nem mesmo detém condições de dirigir veículos automotores, o que não significa dizer que não podem fazer jus ao pedido de isenção do imposto. É de ser referido que todos aqueles que possuam deficiência física ou mental, de qualquer natureza, possuem o direito de ser concedido a seu favor a isenção do ICMS para a aquisição de veículo automotor, devendo requerê-lo administrativamente junto ao órgão da Fazenda Estadual, mediante procedimento administrativo. Ocorre que, mesmo sendo o beneficiário detentor de todos os requisitos legais à concessão do benefício de isenção, a Receita Estadual tem indeferido reiterados pedidos daquelas pessoas portadoras de deficiência que não puderem dirigir veículo automotor mesmo que adaptado, incorrendo em mitigação ao direito assegurado da igualdade e da dignidade do postulante. Nesse sentido, poderão todos aqueles que forem portadores de alguma deficiência, mesmo que não possam ou não consigam, pelo tipo de deficiência que forem portadores, requerer o benefício de isenção de ICMS junto à Receita Estadual, devendo ingressar judicialmente contra o Fisco quando do indeferimento de tais pedidos, porquanto possuem o direito líquido e certo de se beneficiarem com a isenção referida. * Advogado (OAB/RS 54.294)


6 | Sexta-feira, 29 de junho de 2012

Economia

Compromisso com a cidade economia@jornalinformante.com.br

Espumantes da cidade na França Basso e Perini representados no Festival Internacional de Publicidade de Cannes Fotos: Divulgação

A Vinícola Basso optou pelo envio do Monte Paschoal Brut Rosé

Entre as opções apresentadas pela Perini, estava o Brut Charmat

F

arroupilha marcou presença no 59º Festival Internacional de Publicidade de Cannes, ocorrido na França, na última semana. As vinícolas Basso e Perini foram indicadas pelo o Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) para estar presentes nos coquetéis do lounge da Associação Brasileira das Produtoras de Audiovisual (Apro). O Ibravin, em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), levou ainda outros quatro nomes do Rio Grande do Sul: Casa Valduga, Don Giovanni, Garibaldi e Salton. Finalizado no sábado, o evento contou com cerca de 10 mil profissionais das áreas de comunicação. “Sendo a nossa terceira participação, podemos expandir a venda externa, conhecendo melhor a demanda dos Países”, comenta Maria Angélica Rech, coordenadora de importação e exporta-

ção da Basso. Ela ressalta que a França ainda não é um mercado acessado pela empresa, diferentemente de outros vizinhos europeus. O empresário Benildo Perini, proprietário da Vinícola Perini, ressaltou a importância da ação capitaneada pelo Ibravin. Com a primeira participação em Cannes, ele destacou que a meta, além de expansão da marca no mercado nacional, é também alcançar projeção em eventos internacionais. “Não coloquei a Vinícola para ficar restrita a Santos Anjos. Aos poucos estamos consolidando nosso nome”, comentou Benildo. Caixas dos espumantes Brut Charmat e Moscatel foram enviadas à praia francesa. Uma remessa especial do Brut Champenoise, considerado um dos 10 melhores espumantes do País pela revista Playboy no ano passado, foi distribuída aos premiados do Festival.

Finanças

Empresas reunidas no Congresso Movergs

Na próxima quinta ocorre mais uma edição do encontro da Associação das Indústrias de Móveis do Rio Grande do Sul (Movergs). O XXII Congresso Movergs reúne os associados e empresas do ramo moveleiro no Salão Carmenère do Dall’Onder Grande Hotel, em Bento Gonçalves, das 8h às 16h30min. Quem ministra as palestras é o doutor em Direito Clóvis de Barros Filho, o sócio-diretor do Instituto de Estudos e Marketing Industrial (IEMI) Marcelo Villin Prado e o sócio-diretor da empresa Tendências Consultoria Integrada e ex-ministro da Fazenda Gustavo Loyola. Durante o evento haverá a entrega do Prêmio Excelência Movergs.


Sexta-feira, 29 de junho de 2012 | 7

Compromisso com a cidade

Cidade

cidade@jornalinformante.com.br

Parceria firmada

3ª Conferência Municipal do Meio Ambiente vai ser realizada em conjunto com o ILADES Divulgação

A

edição da Conferência Municipal do Meio Ambiente de Farroupilha deste ano promete inovações e melhorias. O Conselho Municipal do Meio Ambiente (Comam) firmou uma parceria com o Instituto Latino Americano de Desenvolvimento Econômico Sustentável (ILADES), no dia 21. O intuito é uma melhor organização do evento, que está agendado para os dias 27 e 28 de setembro. Com o tema central “Educação Ambiental”, os dois órgãos assinaram um Termo de Cooperação Técnica para a realização em conjunto, oferecendo melhor qualidade e possibilidade de investimento. A parceria prevê também manter o foco na divulgação para que haja um maior envolvimento com a comunidade. O ILADES, dentre estas iniciativas, realiza outras ações com abrangência no Rio Grande do Sul. Entre elas, seminários em Porto Alegre que buscam mais comprometimento dos municípios do Estado com o Meio Ambiente e workshops, que são ministrados por palestrantes nacionais e internacionais. A

Marcino Fernandes Rodrigues Júnior, presidente do ILADES, no dia 21

proposta é aplicar essa mesma qualidade para a realização da Conferência em Farroupilha. “A parceria foi firmada, agora é hora de debater o que pode ser feito. Temos até setembro para alinhavar os detalhes de acordo com o tema escolhido e a ideia é fazer com que os dois dias da conferência sejam de extrema importância para a cidade”, coloca Marcelo Piccoli, secretário do Meio Ambiente licenciado e

um dos idealizadores da união entre Comam e ILADES. Em 2011, a programação contou com dois dias de palestras e oficinas sobre o tema “Lixo e Ambiente Sustentável”. Realizado no Centro de Ensino Superior de Farroupilha (CESF), o encontro recebeu, além dos profissionais da área, grupos de teatro para ensinar, de forma descontraída, a importância da questão com as crianças das escolas da cidade.

Esquina

Novas frentes nos Rotarys da cidade

Um novo ano rotário começa na próxima semana. Com a troca de período no dia 1º de julho, acontece a mudança de presidente. Às 20h de terça, o atual responsável pelo Rotary Club Farroupilha, Cristiano Lamb, passa o cargo para Gustavo Flath. A cerimônia será realizada no Restaurante Parque dos Pinheiros. Na quinta, no Restaurante Julius, o atual responsável pelo Rotary Club Farroupilha Nova Vicenza, Rodrigo Valentini, deixa a função para Flori César Peccin.

Vários cachorrinhos estão precisando de novos lares. São três fêmeas e um macho de aproximadamente 60 dias. Eles são de porte médio para grande, de pelagem curta e sem raça definida. Os mascotes estão desverminados. Interessados em adotá-los podem entrar em contato com Altemir pelo fone 8123.0408.

Divulgação

Alguém quer nos adotar?


8 | Sexta-feira, 29 de junho de 2012

Compromisso com a cidade

Política

Boca-de-Urna

bocadeurna@jornalinformante.com.br

Pelo bom senso

Servilismo partidário

Com a confirmação do vereador Nilton Bozzetti, o Bobi, a vice pelo PP, é possível imaginar um cenário de maior subserviência do partido? Não que os progressistas tivessem outro nome para indicar além de Fabiano Feltrin. Na verdade, não tinham ninguém. Mas a situação agrada muito mais ao PMDB, que tem um egresso do partido como vice, e ao PP que depende da coligação.

Teoria e prática

Os encontros do Conselhão do governo do Estado tem uma boa utilidade na aproximação de uma realidade particular, mas sua operacionalização não é uma tarefa fácil. O Executivo estadual, claro, não dispõe de recursos para implementar todas as necessidades. Pelo menos tem condição de avaliar as mais imperiosas. Na quinta, muitas delas foram apresentadas. Algumas por Josecarla Signor. Vice do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Farroupilha, ela é a nova integrante do fórum de discussão criado por Tarso.

UTI Estado/União

A negativa do Ministério da Saúde em instalar uma UTI Neonatal na cidade é, para o deputado Fontana, um quadro totalmente reversível. Ele manteve contato com o secretário estadual da Saúde Ciro Simoni e acredita que o envolvimento do Estado possa alterar a situação de momento. Ela esbarra em falta de recursos. O investimento, não só de implantação como especialmente de manutenção, é muito alto.

Certo, sem pedágio

Dentro da lógica

As discussões se arrastaram por meses, mas o cenário eleitoral farroupilhense, que terá definições finais neste sábado, ficou dentro do esperado. Tanto na eleição à majoritária quanto à proporcional, não ocorreram surpresas.

Governador participou de Cardápio Empresarial promovido pela Câmara da Indústria, Comércio e Serviços farroupilhense

E

m reunião itinerante do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), Tarso Genro esteve em Farroupilha na quinta, atendendo convite da Câmara da Indústria, Comércio e Serviços (CICS) da cidade. No encontro ocorrido no Restaurante do Parque dos Pinheiros, o governador apresentou relatório da Câmara Temática de Desenvolvimento da Região da Serra, que busca o fortalecimento das cadeias de produção a partir dos chamados Arranjos Produtivos Locais (APL). Marcelo Danéris, secretário executivo do CDES coordenou os trabalhos e iniciou a explanação apresentando dados da Câmara Temática da Serra. Na sequência, a palavra foi dada aos representantes dos APLs presentes na região como o de Moda Têxtil e Confecção, Moveleiro, Metal-Mecânico e Vitivinícola. Após as manifestações, o presidente da CICS, Gervásio Silvestrin falou em nome da classe empresarial. Apresentando dados objetivos, o empresário mostrou a precária situação da malha rodoviária e os prejuízos ocasionados ao setor produtivo farroupilhense e de toda a Serra. A questão foi pormenorizada e praticamente monopolizou uma minuta de reivindicações entregue a Tarso, que também conteve solicitações quanto a pedágios, equalização das tarifas de energia elétrica e segurança pública. O prefeito Ademir Baretta destacou que o município é parceiro do Estado em muitas questões, teceu elogios à postura do governador quanto ao encerramento das atividades da praça de pedágio local, mas também realizou cobranças. “Gostaríamos que o governo do Estado retomasse algumas obras, como a dos trechos entre Farroupilha e Alto Feliz e do Caminhos de Pedra. Faltam investimentos nas rodovias e na área de saneamento. Temos um contrato assinado com a Corsan que não aplicou recurso algum no setor”, enumerou

Debate aberto: demandas de diversos setores foram repassadas a Tarso

Baretta. Tarso foi o último a falar, encerrando os debates do encontro. Ele reconheceu as demandas e comentou que elas devem ser atendidas a partir da recuperação da capacidade de investimento do Estado. “Com ações pontuais estamos devolvendo ao Rio Grande do Sul a condição de investir. Buscamos recursos junto ao BNDES, BID e Banco Mundial, renegociamos a dívida com a União e vamos recuperando as reais funções do Estado”, salientou. Tarso ressaltou que a Serra é um símbolo da base do desenvolvimento gaúcho e que dará atenção especial às necessidades apresentadas. “Sabemos que os pleitos são pertinentes. Esses diálogos com a sociedade são importantes por isso. Nosso trabalho consiste em hierarquizar essas obras e, com base nisso, buscar operacionalizar a realização dessas demandas”, finalizou o governador.

Patram interdita loteamento Na quarta pela manhã, um loteamento localizado no 4º Distrito foi interditado pela Patrulha Ambiental (Patram). A presença do órgão foi solicitada pelo Ministério Público (MP) após uma denúncia anônima feita por e-mail de que o terreno não poderia receber obras por tratar-se de uma Área de Preservação Permanente (APP), como restou comprovado. O município havia autorizado, por meio da Secretaria do Meio Ambiente, a licença para a construção de lotes habitacionais. Segundo a promotora Jeanine Mocellin, a competência para permissão de trabalhos no local é somente da

Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam). A obra foi autorizada por um servidor da pasta envolvido em um esquema de liberação de licenças ambientais em troca de pagamentos de valores indevidos, revelado pelo MP na semana passada. Jeanine destacou ainda que foi o próprio Executivo que definiu a área como APP, em 2006, quando o atual prefeito ocupava a titularidade da pasta, conjunta com a Saúde. “O curioso é que o município teve uma solicitação de licenciamento em outubro de 2006 e, à época, o pedido foi negado e o loteador foi corretamente orientado a solicitar a licença junto à Fepam. Agora, a

licença foi autorizada sem qualquer mudança na área”, explica a promotora. Ela informou que uma audiência está marcada no Juizado Especial Criminal e que, dependendo do relatório apresentado pela Patram, o loteamento pode sofrer interdição judicial e até mesmo recuperação do eventual dano ambiental causado. “Desconheço o assunto. Apenas tomei conhecimento pelo que foi noticiado. Essa é uma questão privada, que está sendo discutida pelo empreendedor. Não é um loteamento do município”, ressaltou Baretta. O MP deve chamar o Executivo a prestar esclarecimentos sobre a liberação.

Legenda

Ramon Cardoso

Não gostaria sequer de entrar no assunto, mas como o município sofreu nas mãos da Convias, o tema pedágio voltou à pauta e Tarso reafirmou o compromisso com o fechamento da praça local e um novo modelo de pedagiamento, com retorno do investimento. Para Fontana, o fato permitirá ao DAER cuidar das reais demandas das rodovias estaduais. Só em Farroupilha, elas são muitas.

Tarso apresenta relatório e recebe reivindicações Ramon Cardoso

A prefeitura agiu com o bom senso que faltou ao Judiciário, que negou o pedido feito pelo Ministério Público de afastamento dos servidores envolvidos em denúncias de liberação de licenças ambientais, feitas em troca de pagamentos indevidos. Um dos envolvidos, que era cargo em comissão, pediu exoneração e os dois servidores de provimento efetivo foram preventivamente afastados pelo Executivo, que instaurou um processo administrativo disciplinar para apuração de responsabilidades. Fez bem. O caso é muito grave, a ponto de colocar em xeque qualquer ação similar da prefeitura, mesmo que ela seja legal.

politica@jornalinformante.com.br

Cidade deve receber R$ 24 milhões de investimento em saneamento No município representando a Câmara Federal na reunião do CDES, o deputado Henrique Fontanta (PT) visitou a Redação do Jornal Informante na quinta à tarde e informou que o município deve receber do Estado um investimento em saneamento de R$ 24 milhões. Os primeiros R$ 4,5 milhões serão anunciados pelo governador Tarso nesta sexta, em Bento Gonçalves, no processo de interiorização do governo, e estão destinados para a rede de coleta de esgoto dos bairros Medianeira, Nova Vicenza e São Roque. Fontana ressaltou que o governo obteve junto à União recursos na ordem de R$ 2,8 bilhões para a área.

Vereador Márcio Güilden, Fontana e seu tio, o médico Júlio Sfredo


Sexta-feira, 29 de junho de 2012 | 9

Compromisso com a cidade

Educação

educacao@jornalinformante.com.br

Escolhendo o melhor rumo

A primeira Semana de Valorização da Vida, organizada pelo programa de reforço escolar aos estudantes de Farroupilha, termina nesta sexta auditório da UCS de Farroupilha é palco da primeira edição da Semana de Valorização da Vida. Com início na segunda, o programa de correção de fluxo escolar Rumo Certo promove uma série de palestras para os participantes do projeto. Com o tema que leva o nome da iniciativa, os professores e palestrantes têm como objetivo o incentivo ao cuidado com o desenvolvimento dos adolescentes. Segurança, saúde, sexualidade, convivência e respeito são temas que integram a programação discutidos durante as cinco manhãs. Os assuntos tem como objetivo educar os alunos além da sala de aula, para tratar, inclusive, de temas mais delicados, como as drogas. A idade dos participantes varia de 13 a 17 anos. No total são 210 jovens, distribuídos em oito turmas do reforço. “Não estamos tratando de assuntos negativos, não há uma propagação sobre a violência no geral. Estamos enfatizando melhores formas de se relacionar, conviver e enfrentar os obstáculos do dia a dia”, ressalta a professora e coordenadora do programa, Marli Bortolini. Ela relata que não queria tratar de apenas um assunto em específico, mas sim abranger todas as temáticas existentes na rotina dos alunos. “Queremos passar apenas coisas boas para eles, que deve-se viver com segurança, qualidade e bem estar”, coloca. E ela afirma que, devido ao sucesso, uma 2ª edição da semana pode ser planejada para os próximos meses. “A aceitação foi muito satisfatória, percebemos que o interesse deles é grande com cada um dos assuntos”, finaliza. Na terça à noite, Luis Fernando Becker, capitão do 36º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Farroupilha, palestrou para os pais sobre a imposição de limites na educação dos filhos, para que a conscientização seja geral.

Vitória Lovat

O

Na quarta foi a vez da segurança no trânsito, com a presença dos integrantes da Polícia Rodoviária Estadual de Farroupilha

Você conhece o programa Rumo Certo?

Abrangendo os alunos das escolas das redes municipais e estaduais de ensino, o projeto busca a correção das distorções dos estudantes com dificuldade de aprendizagem. Os alunos com atraso escolar trabalham conteúdos de duas séries simultaneamente, para que, ao serem aprovados na escola, sejam inseridos na turma correspondente à sua idade. São mais de 28 instituições de ensino participantes. A metodologia é definida pela Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Desportos (SMECD).


10 | Sexta-feira, 29 de junho de 2012

Compromisso com a cidade

Educação

educacao@jornalinformante.com.br

Dois dias dedicados às palavras Feira do Livro do Colégio Lourdes será realizada na semana que vem com programação que inclui visita de escritores, venda de obras e apresentações de alunos s crianças se encantam pelos desenhos e pela expectativa da história. Os adolescentes se envolvem com os personagens e com o desfecho de suas vidas. Cada faixa etária estabelece um modo de ver os livros, mas o objetivo do Colégio Nossa Senhora de Lourdes (CNSL) é englobar todos: despertar o gosto pela leitura e fazer com que os estudantes descubram como ela ajuda o ser humano a crescer, melhorar a interpretação e traduzir a vida. É por isso que a Feira do Livro é realizada, anualmente. Na quinta e sexta da próxima semana, o educandário é voltado para a 19ª edição do evento, que tem como tema “Literatura Faz Bem à Saúde”. Diferentemente dos outros anos, a Feira será realizada juntamente com a Mostra Literária do turno da tarde (da Educação Infantil ao 6º ano do Ensino Fundamental). As crianças estarão expondo as suas produções. Para a Feira, apresentações teatral e musical, além da visita de escritores, foram selecionadas para a programação. As livrarias Paraná, Nichetti, Maneco e Paulus também irão comercializar obras. Há dois meses, professores decidiram, juntamente

com a coordenação do CNSL, que livros os estudantes iriam trabalhar. Depois, Ensino Fundamental e Médio leram os exemplares escolhidos, analisaram as obras em diferentes ângulos e realizaram várias atividades. Estas ações finalizam na Feira do Livro. Os autores dos livros escolhidos estarão no Colégio para um bate-papo. As conversas serão fechadas, mas alunos de instituições externas poderão participar de outras atrações. “Duas delas são apresentações dos educandos do CNSL. Uma é o teatro ‘O Tesouro da Emília’, da 6ª série, e a outra é a ‘Música Sustentável’, da 8ª série. São trabalhos desenvolvidos no ano passado que ficaram muito bons e decidimos abrir para um público maior”, conta a irmã Neusa Spagnol, coordenadora pedagógica do turno da tarde. As escolas que pretendem visitar a Feira podem agendar horário pelo fone 3906-8000. “Queremos que, desta forma, todos encontrem novas realidades, pois os benefícios são muito ricos, como cognitivo, cultural e educativo”, ressalta a irmã. O evento é um projeto da biblioteca do Colégio e a entrada é franca.

Thaís Zimmer Martins

A

Estudantes do 3º ano do Ensino Fundamental leram a obra “A Bengala Mágica da Tia Zuraide”, do escritor Kalunga

Livros escolhidos

Programação da 19ª Feira

Educação Infantil I e II: “O Elefante Trombinha – Convivendo com os Amigos”, de Lelene; Educação Infantil III: “O Elefante Trombinha”, de Lelene; 1º ano: “Que Amor de Bruxinha”, de Kalunga; 2º ano: “O Sapo Inglês e a Sapa Espanhola”, de Kalunga; 3º ano: “A Bengala Mágica da Tia Zuraide”, de Kalunga; 4º ano: “A Cuca Lelé”, de Kalunga; 5º ano: “Quero-Quero”, de Kalunga; 6º ano: “A Turma do Meet”, de Annie Müller; 6ª série: “A Turma do Meet Ligados pela Música”, de Annie Muller; 7ª série: “A Turma do Meet – Em Busca da Oitava Estrela”, de Annie Muller; 8ª série e 1º ano do Ensino Médio: “O Mundo é o que é”, de Gilmar Marcílio; 2º ano do Médio: “A Vida sem Manchete”, de Gilmar Marcílio; 3º ano do Médio: “Querer sem Medida”, de Gilmar Marcílio.

Quinta 8h: solenidade de abertura 8h30min: teatro “O Tesouro da Emília”, obra adaptada de Monteiro Lobato 8h30min às 11h55min: bate-papo com o escritor Gilmar Marcílio 14h: bate-papo com a escritora Marilene Rosa Ramos (Lelene) 9h às 12h e das 13h às 18h: visita aos estandes das livrarias e Mostra Literária Sexta, dia 6 9h: bate-papo com a escritora Annie Müller 9h: apresentação artística “Música Sustentável” 14h: bate-papo com o autor Kalunga 16h: teatro “O Tesouro da Emília” 9h às 12h e das 13h às 18h: visita aos estandes


Sexta-feira, 29 de junho de 2012 | 11

Compromisso com a cidade

Segurança

seguranca@jornalinformante.com.br

Casa noturna deve permanecer fechada Tribunal de Justiça, por pedido do Ministério Público, já havia determinado a interdição do local, porém o estabelecimento voltou a funcionar mesmo sem permissão pós mandato expedido pelo Poder Judiciário, uma ação conjunta, entre a Brigada Militar (BM), Polícia Civil e oficiais de justiça, fechou uma casa noturna da cidade. O estabelecimento, localizado à margem da RS-122, já estava impedido de funcionar por determinação anterior, que foi deferida pelo Tribunal de Justiça (TJ). A boate voltou a funcionar mesmo sem permissão. De acordo com o capitão do 36º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Farroupilha e comandante do policiamento da cidade, Luis Fernando Becker, na casa foram apreendidos notebooks, dos quais não foi provada a procedência, uma faca, uma balança de precisão, cartuchos intactos, resquícios de papelotes de cocaína e uma pistola 765 da República Tcheca. A arma estrangeira pertencia ao proprietário do estabelecimento, que foi preso por porte ilegal de arma. Um outro carro, que estava chegando ao local, foi revistado e em seu porta-malas foi encontrada uma espingarda calibre 36. O dono da arma de caça também foi preso por porte ilegal. Ambos foram liberados e irão responder o inquérito em liberdade. Durante a ação, todos os presentes no local foram revistados. Conforme o capitão, o armamento encontrado no local demonstra que o funcionamento da casa noturna é impróprio. A ação teve início na noite da última sexta, por volta das 22h, e se estendeu durante a madrugada de sábado. Um relatório detalhado, sobre o que foi visto no local,

será encaminhado ao judiciário, para que o juiz Mário Romano Maggioni tome uma decisão sobre o funcionamento da boate. Segundo o magistrado, ele recebeu, do Ministério Público (MP), o pedido para que local fosse interditado, porém, em seu entendimento, como ele trabalha com casos de infância e juventude, não era de sua competência fechar a casa pelas justificativas apresentadas. Então, o MP enviou o pedido para o Tribunal de Justiça (TJ), que autorizou a interdição e como o estabelecimento voltou a funcionar sem permissão, foi determinado o seu fechamento novamente. Para o juiz, a decisão preliminar é de que o local continue fechado, mas a justiça ainda aguarda o julgamento do caso para uma resolução final. De acordo com a promotora Cláudia Formolo Hendler Balbinot, o pedido de fechamento foi feito ainda no final do ano passado, quando uma menor, proveniente de outro Estado, era mantida em cárcere na boate. “Ela conseguiu fugir e foi acolhida pela Polícia Rodoviária Estadual (PRE) que a encaminhou ao MP. A partir disso fiz o pedido para que a casa não funcionasse mais, que não foi aceito por Maggioni. Encaminhei um recurso para o TJ, que determinou o fechamento em abril. A partir da informação do descumprimento da ordem judicial, o local foi interditado novamente”, declarou Cláudia. Além da presença de menores, a promotora aponta o tráfico de drogas e o não cumprimento dos requisitos neces-

Obituário 22 de junho João Lucas de Machado Candido, 2 meses. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 23 de junho José Lovat, 59 anos. Sepultamento no Cemitério Municipal de Nova Roma do Sul. 24 de junho Paulo Giacomo Zucco, 81 anos. Sepultamento no cemitério do bairro Nova Vicenza. 25 de junho Lucas da Fonseca dos Santos, 20 anos. Sepultamento no cemitério da comunidade de Forqueta; Joana Inês Sebben, 49 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal; Thereza Deimomi Salvador, 92 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 27 de junho Imario José Moroni, 76 anos. Sepultamento no cemitério da comunidade de Linha 47 (2º Distrito); Ester Carine dos Santos Silveira, 2 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal.

sários para a obtenção do alvará de funcionamento como irregularidades da boate. Conforme Cláudia, o proprietário do estabelecimento ainda está preso, mas por crimes cometidos em Flores da Cunha, onde ele também já teve uma casa noturna. O estabelecimento não pode mais funcionar. A preocupação do MP é em como fazer a fiscalização para que a ordem seja cumprida.

Divulgação

A

Diversos materiais foram apreendidos na ação policial, incluindo uma pistola da República Tcheca


12 | Sexta-feira, 29 de junho de 2012

EsportE

SERC Brasil projeta 2013 Com o encerramento das atividades do ano, a Sociedade Esportiva, Recreativa e Cultural (SERC) Brasil foca as atenções na próxima temporada. O mandato do presidente Flávio Daniel Cortiana encerra em dezembro, mas existe a possibilidade de antecipação da eleição para um melhor planejamento de 2013. Flávio não descarta a continuidade de seu trabalho à frente do clube, mas fez algumas ressalvas. "O Brasil precisa de receita. Havendo essa garantia, o clube tem condições de continuar, independente de quem assuma a presidência", destacou. O empresário também ressaltou a importância do trabalho desenvolvido ao longo da última meia década. "Foi difícil resgatar o prestígio e o respeito do Brasil. Conseguimos com muito esforço. Isso não pode ser desperdiçado. A nova gestão tem que estar atenta a esse aspecto. Além da receita, é fundamental que ela tenha compromisso e responsabilidade com o que foi construído", frisou. Conversas já estão sendo mantidas entre direção e Conselho Deliberativo, tentando estabelecer um caminho para o futuro do clube. Flávio também não escondeu sua frustração com a temporada, encerrada de forma precoce. "Foi nosso pior desempenho. Ficamos muito abaixo das nossas expectativas. Nos últimos anos, era comum o Brasil estar entre os finalistas. Não tivemos um investimento tão alto quanto o de outras temporadas, mas também realizamos campanhas melhores com orçamento mais baixo. Por isso, fico frustrado", finalizou o presidente.

Compromisso com a cidade esporte@jornalinformante.com.br

Mau início, ótimo final João e Márcio Campos tiveram um final de semana de fortes emoções em Interlagos, perderam a liderança do Mercedes-Benz Grand Challenge no sábado, mas recuperaram em grande estilo na prova dominical

A

3ª etapa do Mercedes-Benz Grand Challenge (MBGC) chegou a seu circuito mais nobre. No José Carlos Pace (Interlagos), em São Paulo, porém, a disputa exigiu mais que habilidade dos pilotos, exigiu muito equilíbrio emocional. Um final de semana não recomendado para cardíacos, definitivamente. No sábado, João Campos saiu em 2º. Já na largada assumiu a ponta e manteve até a nona volta, quando foi ultrapassado por Cesare Marrucci e Betão Fonseca. Na disputa com ele pela 2ª colocação, houve o toque, Campos caiu para 3º saiu da pista e, ao retornar, envolveu-se em um acidente com José Fernando Amorim Júnior, que vinha em 4º. O farroupilhense finalizou a prova em 15º, somando 1 ponto. Com o carro danificado pelo acidente, a equipe Sicredi Racing trabalhou sábado noite adentro para deixá-lo em condições para Márcio no domingo. Não era o único problema. Com o 8º lugar de Rodrigo Miguel, companheiro de Fernando Júnior, este passou à liderança: 79 contra 78 pontos dos Campos e 76 de Marrucci. Mas tudo mudou na disputa dominical. Já pela manhã, no warm up, Márcio fez o melhor tempo, o que aumentava a confiança em uma boa corrida, já que largava na 15ª posição. Com uma impressionante prova de recuperação, ele foi ganhando posições até ultrapassar Júnior na 13ª volta, conquistar a vitória e devolver a liderança do

Fernanda Freixosa

desempenho como prova de descarte”, lembrou João. A disputa em Jacarepaguá marca a metade do campeonato, onde é permitido suprimir a pior performance das oito corridas iniciais. Liderança perdida no sábado acabou retomada em grande estilo no domingo

No alto do pódio: com brilhante performance, Márcio Campos vence no domingo e retoma a liderança para a equipe Sicredi Racing

MBGC à equipe Sicredi. “O sábado foi frustrante, mas no final das contas tivemos um saldo positivo, pois ainda mantemos a liderança. O Márcio foi brilhante no domingo. Uma prova memorável. Se formos bem no Rio de Janeiro, podemos utilizar esse mau

“Fiquei sem freio no meio da corrida, saí da pista uma vez, mas fui muito feliz ao conseguir encaixar as ultrapassagens. Foi uma vitória marcante. A equipe fez um excelente trabalho, até mesmo no aspecto emocional, de dar força para a corrida de domingo. Isso me motivou bastante”, revelou Márcio que, no ano passado, alcançou feito similar em Curitiba ao largar em último e vencer uma etapa. A 4ª etapa acontece nos dias 21 e 22, no Autódromo Internacional Nelson Piquet (Jacarepaguá), na Capital fluminense. Os farroupilhenses competem com o carro 31, da Sicredi Racing, que tem o apoio das seguradoras parceiras da Corretora de Seguros Sicredi, a Icatu e a Mapfre. Confira abaixo a classificação dos cinco primeiros do MBGC após três etapas disputadas.

Classificação do MBGC

1º) João Campos e Márcio Campos: 98 pontos 2º) Fernando Júnior e Rodrigo Miguel: 96 pontos 3º) Cesare Marrucci: 87 pontos 4º) Neto de Nigris: 73 pontos 5º) Léo de Nigris: 58 pontos


Sexta-feira, 29 de junho de 2012 | 13

Compromisso com a cidade

EsportE

esporte@jornalinformante.com.br

São Luiz/Amizade perto da final Equipe derrota o Farrapos fora de casa na abertura da semifinal e está próxima de assegurar vaga na decisão do Sênior contra Serrano ou Canarinho, que empataram Fotos: Ramon Cardoso

Liga de Futebol de Campo

O

alto investimento feito pelo São Luiz/Amizade para o Sênior começa a ser justificado. A equipe, vice no ano passado, tem como meta conquistar a competição neste ano. Um passo importante para o triunfo foi dado no último sábado, na abertura da fase semifinal. Jogando no estádio Ângelo Venzon Neto, o time do 3º Distrito obteve uma expressiva vitória que o deixa muito próximo de assegurar lugar na decisão. O 2 a 0 permite ao São Luiz/Amizade até perder por um gol de diferença neste sábado, em seus domínios, que ainda assim avançará à grande final da disputa. No outro braço semifinal, o equilíbrio é maior. Atuando em casa, o Canarinho nivelou a partida diante do Serrano, time de melhor campanha da 1ª fase, e o empate sem gols transfere a definição do classificado para o estádio Vicente Farinon, na Linha Julieta. Quem vencer garante vaga na final e nova igualdade, por qualquer placar, força a decisão do classificado na disputa de pênaltis.

Serrano (rubro-verde) e Canarinho não mexeram no placar no Medianeira, já o São Luiz/Amizade (azul e branco) conquistou importante vitória na casa do Farrapos

Campeonato Municipal Sênior (semifinais – 2º jogo)

Serrano

Time base Perso Radar Baggio Geleia Nego Mauro Sandro Clairton Rogerinho Urtigão Chuli Técnico César Rodrigues

Canarinho

Time base Samuel Cabecinha Gilmar Leandro Carlos Sérgio Chaiane Sidicaio Fernando Fábio Renato Teixeira Técnico Sérgio Vedana

Local/Data/Hora: Estádio Vicente Farinon (Linha Julieta), sábado, às 15h

São Luiz/Amizade Time base Resimini Elinho Vilmar Marciano Nelinho Orion Xande Ed Reginaldo Adriano Grafite Técnico Alcindo Fedrigo

Farrapos

Time base Giovani Adriano Marquinhos Zezo Carlão Odair Nilson Flavinho Juca Liminha Claudinho Técnico Vili David Júnior

Local/Data/Hora: Linha São Luiz (3º Distrito), sábado, às 15h

Penharol faz trinca inédita no Intermunicipal

Campeão no Veteranos, o Penharol, de Linha Caravaggeto, foi a campo no último domingo, na segunda e decisiva partida da final do Intermunicipal de Futebol do Vale do Caí disposto a fazer história. Atuando em casa, a equipe buscava a conquista também no Aspirante e Principal. O duelo contra o Municipal de Montenegro abriu os traba-

lhos da tarde. Após o empate sem gols no primeiro duelo da final, ocorrida na Feliz, as equipes voltaram a ficar na igualdade, desta vez em um gol, que acabou levando a definição do campeão para os pênaltis. A primeira série acabou em 4 a 4. Nas alternadas, igualdade até a 15ª cobrança. Até ela, o Municipal teve a chance de decidir a disputa, mas acertou

três vezes a trave. Na série, Roberson converteu para o Penharol e o goleiro Felipe defendeu a cobrança, garantindo o título do Aspirante para o time de Caravaggeto. No duelo de fundo, contra o São Roque da Feliz, a equipe farroupilhense precisava da vitória, já que havia sido derrotada no primeiro embate por 2 a 1. Com gols de Felipe, Biro-Biro

e Tiago Sachet, o Penharol venceu por 3 a 1. No entanto, como o saldo de gols não serve como critério de desempate, nova cobrança de tiros livres diretos. Com a trave ao lado do Penharol, três cobranças do São Roque pararam nela e apenas uma nas redes do goleiro Loivo, que ainda defendeu uma cobrança. Mesmo desperdiçando duas cobranças, o time

da casa nem precisou realizar a última, vencendo por 2 a 1 e conquistando o título também na categoria Principal. O Intermunicipal reuniu times de Farroupilha, Alto Feliz, Estância Velha, Feliz, Montenegro, Pareci Novo, São Sebastião do Caí, Tupandi e Vale Real. Em 17 edições, foi a primeira vez que uma equipe venceu as três divisões em uma mesma temporada.


14 | Sexta-feira, 29 de junho de 2012

Compromisso com a cidade

EsportE

Preliminar

preliminar@jornalinformante.com.br

Futuro incerto

Hora de definição

O final de semana promete ser muito movimentado no esporte farroupilhense. Tudo começa no sábado, quando serão definidos os finalistas do Sênior. O São Luiz/Amizade tem ótima vantagem. Já a do Serrano é de atuar no estádio Vicente Farinon, onde é praticamente imbatível. Mesmo assim, a tarefa do Canarinho diante do bicampeão invicto do Sênior é menos inglória que a do Farrapos, que precisa reverter o prejuízo sofrido em seus domínios no 3º Distrito. Já no domingo, a rodada decisiva da Facções aponta os dois semifinalistas do Grupo A na briga direta entre São Roque, Caramujo Rasta e Kinder. Por fim, ao entardecer será conhecido o campeão da estreante Copa Farroupilha.

Susto e retomada

Em dois anos de Mercedes-Benz Grand Challenge, pela primeira vez a família Campos perdeu a liderança da disputa. Foi na prova de sábado, após acidente com João. Porém, o prejuízo foi de apenas um dia. No domingo, Márcio, mesmo largando em 15º, teve grande performance, venceu e recolocou os farroupilhenses em 1º.

Penharol histórico

Não teve pra ninguém, o Penharol atropelou no Intermunicipal do Vale do Caí. Em 17 anos de competição, pela primeira vez um time vence no Veterano, Aspirante e Principal, as duas últimas conquistas nos pênaltis. Linha Caravaggeto foi pequena para o tamanho da festa.

Indefinições no Grupo A Três times brigam por duas vagas, enquanto no Grupo B classificados e oponentes na semifinal já são conhecidos Ramon Cardoso

É impossível, neste momento, planejar o que pode acontecer com o Brasil em 2013. Existe um desgaste, natural e compreensível, do presidente Flávio Cortiana. O mandatário fez um trabalho louvável de resgate e revitalização do clube, porém, há necessidade imperiosa de um maior envolvimento, não somente comunitário mas, sobretudo, financeiro. Um dos empecilhos para a falta de investimento era a situação da entidade, hoje com contas em dia. Como ressaltou Flávio, não há motivo para não se apostar no Brasil. O futuro é nebuloso porque a classe empresarial, historicamente, não investe na área. Há, portanto, um justificado temor por parte de quem gosta do Brasil que o trabalho não tenha continuidade. Seria um desperdício. Os próximos meses são decisivos.

esporte@jornalinformante.com.br

8ª Copa das Facções

A

3ª e penúltima rodada classificatória da 8ª Copa das Facções precipitou muitas definições. No Grupo B, por exemplo, que passou a contar com apenas três times após a desistência do UFF/Vasco, os habilitados à semifinal já são conhecidos. No A, um está eliminado e os outros três brigam pelas duas vagas restantes. A rodada do domingo iniciou com a vitória da Plastinobre/Mauter/Posto Farrapos por 2 a 0 sobre o Stadium Futebol Society/Chapeação Campeol, que encerrou sua participação e, com os demais resultados da tarde, acabou eliminado. Na sequência, no melhor jogo do dia, Caramujo Rasta e Galera do Barraco ficaram no 2 a 2, placar que deixou as duas equipes como vice-líderes de suas chaves. A partida de encerramento registrou a primeira vitória do Kinder/MV Gessos, que aplicou 3 a 0 na Fox Lavagem/Padaria Apreciata/Beijo Frio/Posto Vila Nova que, eliminado com três derrotas, classificou a Galera do Barraco e a Plastinobre no B (que se enfrentam na semi, já que o duelo é dentro de cada grupo), restando definir apenas quem fica em 1º e 2º. O São Roque, que folgou na rodada, segue como líder da A e dificilmente deve perder o posto, já que encara a Fox Lavagem. Um empate já garante o time na semifinal. O vice Caramujo também só depende de si. Com vitória simples avança. Se empatar, torce por igualdade do Kinder, 3º colocado. Este precisa vencer e torcer por pelo menos um empate do Caramujo para obter a classificação. A rodada final acontece neste domingo, a partir das 14h. Confira os duelos e a pontuação das equipes ao lado. A Copa das Facções acontece no Centro Esportivo Fantin e é organizada pelo Serviço Social do Comércio (Sesc) de Farroupilha. A 8ª edição da disputa tem patrocínio da Hermelu Esportes e da Penalty.

Caramujo Rasta (de azul) ficou no 2 a 2 com a Galera do Barraco no melhor jogo da 3ª rodada

4ª rodada

x Mauter/Plastinobre

Caramujo Rasta

x

x

Galera do Barraco Kinder/MV Gessos Fox Lavagem

Domingo, às 14h

Domingo, às 15h

São Roque

Domingo, às 16h

Classificação Copa das Facções (Grupo A) Time

P

J

V

E

D

SG

1)

São Roque

6

2

2

0

0

2

2)

Caramujo Rasta 4

2

1

1

0

1

3)

Kinder

3

2

1

0

1

2

4)

Stadium

3

3

1

0

2

-9

Classificação Copa das Facções (Grupo B) Time

P

J

V

E

D

SG

1)

Plastinobre

6

3

2

0

1

2

2)

Galera do Barraco 4

3

1

1

1

7

3)

Fox Lavagem

3

0

0

3

-5

0

Legenda: P (pontos), J (jogos), V (vitórias), E (empates), D (derrotas) e SG (saldo de gols)


Sexta-feira, 29 de junho de 2012 | 15

Compromisso com a cidade

EsportE

esporte@jornalinformante.com.br

Cinquentenário em vantagem

Equipe mantém boa fase, chega à quarta vitória consecutiva, tira invencibilidade do São Luiz/Amizade e precisa de um empate para ficar com título da Copa Farroupilha Fotos: Ramon Cardoso

São Luiz/Amizade conta com fator casa para reverter vantagem e ficar com o caneco da Copa

Cinquentenário fez bom uso do mando de campo no primeiro duelo e joga por dois resultados

Copa Farroupilha (final – 2º jogo)

Liga de Futebol de Campo

A

pós um começo de Copa Farroupilha com duas derrotas e a lanterna da competição, o Cinquentenário não teve mais nenhum revés no estreante torneio da Liga Farroupilhense de Futebol de Campo (LFFC). Mais que isso, venceu todas as quatro partidas que disputou. As três na classificatória ajudaram a equipe a assegurar a vaga na decisão. A última ocorreu no domingo, na primeira partida da final, que garantiu ao Cinquen-

São Luiz/Amizade

Time base Batavo Maicon Leonardo Juliano Boca Cassiano Estrela Cristianinho Douglas Adalberto Adílio Técnico Adair Galli

Cinquentenário

Time base Giovani Paulo Moisés Claiton Jones Duca Adílson Vágner Pink Sena Jacaré Cristian Técnico Xirú

Local/Data/Hora: Linha São Luiz (3º Distrito), domingo, às 15h

tenário a vantagem de jogar pelo empate, neste domingo, para ficar com o caneco da inédita competição. A equipe aproveitou o fator local para pressionar o visitante desde o início. Incisiva durante a maior parte do duelo, conquistou a vitória por 2 a 1, tirando a invencibilidade do oponente. Mais, obrigou o time do 3º Distrito a uma vitória por pelo menos dois gols de diferença se quiser conquistar a Copa Farroupilha. A partida decisiva acontece às 15h, com o mando do São Luiz/Amizade. Como não há o critério do gol qualificado (que tem um valor maior quando marcado fora de casa), a vitória do mandante por um de diferença leva a definição do campeão para a disputa de penalidades máximas.


Festa do Vinho Novo

Primeiro Parágrafo e Sétima Arte

É hora de brindar A sociedade distópica de Orwell Imagens: Reprodução

Divulgação

7ª edição do evento inicia nesta sexta e deve levar 100 No livro “1984”, o escritor cria um regime totalitário, vivido pelo personagem Winston Smith, obra que posteriormente foi mil visitantes a Forqueta até o dia 15 - Caderno Especial adaptada para a telona e conferiu, literalmente, vida à história que carrega aspectos reais - Inside, página 6 e contracapa Política

Esporte

Loteamento interditado pela Patram Finalistas, semifinalistas e campeão Patrulha Ambiental paralisa trabalhos em empreendimento do 4º Distrito, que teria licença indevida concedida pela prefeitura ao estar sendo realizado em uma Área de Preservação Permanente. Ministério Público aguarda relatório para apurar responsabilidades - Página 8

No sábado, Campeonato Municipal Sênior define os times que farão a decisão e, no domingo, Copa das Facções conhece os quatro que avançam à 2ª fase e, por fim, Copa Farroupilha, a equipe que levantará o troféu da estreante competição - Páginas 13 a 15


www.jornalinformante.com.br

JORNAL

44ª Francal

INFORMANTE COMPROMISSO COM A CIDADE

Parte integrante da Edição 229 do Jornal Informante. Não pode ser vendido separadamente 29 de junho de 2012 Fotos: Fabiano Gasperin

Tradicional para as empresas do setor coureiro-calçadista, a Francal reúne nesta edição mais de 2 mil empresas expositoras. O evento acontece pela 44ª vez, em São Paulo, e é destaque no mercado de feiras de negócios, sendo considerada uma das maiores da América Latina. A área de 250 mil m² nos pavilhões do Anhembi recebe visitantes de vários Estados e Países. Entre os estandes, cinco são farroupilhenses. A Cony Artefatos de Couro, Grendene, Italeoni Calçados, Terra & Água e Tonin estão represen-

tando o município no evento nacional. As linhas e novidades para a primavera/verão estão focadas, principalmente, na variedade de cores. Tons mais fortes são aplicados em calçados e acessórios, como malas, bolsas e carteiras. O Jornal Informante esteve na Francal, durante a semana, acompanhando a participação das empresas farroupilhenses que apostam na Feira para o crescimento e solidificação da marca. Confira, no interior deste especial, as fotos do evento na Capital paulista, que encerra nesta sexta.


Fotos: Fabiano Gasperin

Confira as presenรงas farroupilhense


es que ditaram moda na 44ÂŞ Francal Fotos: Fabiano Gasperin


Farroupilha, 29 de junho de 2012

Deficientes físicos buscam direitos Neste sábado, ocorre uma reunião que busca a criação de uma associação que represente todos os farroupilhense que possuam dificuldades motoras Divulgação

“M

uito se fala em acessibilidade, mas pouco se vê na rua”, afirma a fisioterapeuta Roberta Bernardi. É com o intuito de melhorar situações como essa que ocorre, neste sábado, às 10h, na Secretaria de Assistência Social e Cidadania, uma reunião para definir a criação de uma associação dos deficientes físicos de Farroupilha. A iniciativa partiu de uma mãe, que tem uma filha cadeirante. Ela convive com a falta de estrutura que o município apresenta para os portadores de necessidades especiais. Roberta se dispôs a ajudar na criação e realizar trabalho voluntário na associação. Conforme a profissional, o objetivo é que, com uma representação jurídica, quem apresente alguma deficiência física possa ter mais força para batalhar por seus direitos. “Queremos que essas pessoas tenham uma qualidade de vida maior e que a acessibilidade seja melhorada”, relata a fisioterapeuta. Segundo ela, os

Melhorar a qualidade de vida dos portadores de necessidades especiais está entre os objetivos da entidade

dados de quantos farroupilhenses estão nessa situação não estão atualizados. “Aparentemente, hoje em dia não há mais preconceito contra os portadores de necessidades especiais, mas muitas famílias ainda os

escondem em casa”, cita, exemplificando uma realidade que precisa ser mudada. “Qualquer dificuldade motora física é considerada uma deficiência, mas não é somente quem possua alguma carac-

terística assim que poderá participar. Os familiares e quem convive com eles também podem ingressar no grupo”, esclarece Roberta. De acordo com ela, há a intenção de que a diretoria seja formada ape-

nas por quem possua alguma necessidade física especial. Dessa maneira, quem não trabalha e, muitas vezes, é escondido em casa pela família, poderá ocupar-se de algo, lutando pelos seus direitos. Mesmo com o projeto em fase inicial, já há algumas definições de como deve funcionar a entidade. A ideia é de que sejam buscadas parcerias, com profissionais da saúde, órgãos públicos e até mesmo com outros grupos, que tenham os mesmo objetivos. A associação deverá se manter com as anuidades dos associados e festas beneficentes que venham a ser promovidas. Roberta afirma que resolveu lutar pela causa para poder ajudar e orientar esses cidadãos. Para ela, a sociedade precisa ser melhor preparada para receber e amparar essas pessoas. Além dela, o fisioterapeuta neurológico Carlos Bach também ingressará na causa como voluntário. A reunião é aberta para toda a população.


Farroupilha, 29 de junho de 2012

Depilação a laser (L intensa pulsada? T Equipe Espaço da Beleza *

O

inverno é a melhor época para fazer a depilação a laser, para no verão poder sair por aí com a depilação em dia. Entre os métodos mais conhecidos está o laser e a luz pulsada. Ambas as tecnologias agem seletivamente no pelo, sem lesar a pele. São, geralmente, bem tolerados, mas alguns pacientes necessitam de anestesia em creme. Também são considerados seguros, mas existe o risco de ter complicações, por isso o tratamento deve ser feito por profissional habilitado. Para entender melhor, o laser é um feixe de luz altamente concentrado. A luz emitida é absorvida pelo pigmento localizado na raiz do pelo (melanina), numa fração de segundos, tempo suficiente para atingir a raiz, impedindo seu crescimento. Quanto mais escuro e mais grosso o pelo, melhor é o resultado do tratamento, independente da região do corpo a ser depilada. Pelos brancos e penugem não respondem bem ao tratamento. Existem alguns locais do corpo onde o laser é mais frequentemente feito e que conta com algumas características. A depilação a laser na mulher geralmente ocorre na virilha, axilas, ½ perna, perna toda, buço, queixo e face e na chamada Linha Alba (região do umbigo). Por sua vez, a depilação a laser masculina acontece na barba e pescoço, costas e ombros, tórax e abdômen e nas pernas. Cabe ressaltar que é possível fazer a depilação em qualquer região do corpo que tenha pelos pretos. O tratamento é indicado para quem tem foliculite (pelos encravados) ou tem pelos pretos em locais indesejados. Esclareça dúvidas frequentes. 1) Como o laser atua na depilação? Ao redor da raiz do pelo existe o bulbo, que é responsável pela produção de um novo pelo. Quando o pelo é arrancado com cera, a raiz dele é retirada, porém o bulbo permanece intacto. Portanto, o bulbo consegue produzir um novo pelo. A luz concentrada (o laser) é absorvida pela cor preta da raiz do pelo. A raiz absorve esta energia e chega a 60ºC, destruindo consigo o bulbo. O bulbo que é destruído não produz novos pelos.

antes

antes

2) Laser e Luz Intensa Pulsada Não. Enquanto o laser é uma Lu trabalha em apenas um comprimen sa Pulsada é uma luz difusa que tr de onda. Portanto, na prática, o lase melhor nos diversos tratamentos d disso, o laser é um tratamento mais 3) Então, a depilação a laser é Aqueles bulbos que foram destru tretanto, todas as pessoas têm ca Mulheres produzem cerca de 10 a anos e homens cerca de 15 a 30%.


Farroupilha, 29 de junho de 2012

Light Sheer) ou luz Tire suas dúvidas Fotos: Divulgação

depois

depois

são a mesma coisa? uz extremamente concentrada, que nto de onda (específico), a Luz Intenrabalha em todos os comprimentos er penetra mais e tem um resultado do que a Luz Intensa Pulsada. Além s seguro. uma depilação definitiva? uídos não produzem mais pelos. Enapacidade de produzir novos pelos. 20% de bulbos e pelos novos em 2 Pessoas com distúrbios hormonais

podem produzir pelos mais precocemente. Portanto, preferimos não usar o termo depilação definitiva e, sim, depilação progressiva. 4) A aplicação é dolorida? Sim. Como é necessária a temperatura do bulbo chegar a 60ºC para destruir o pelo, isto provoca uma sensação de desconforto, leve choque ou leve queimadura. Geralmente quem tolera fazer cera também tolera bem o laser. Aparelhos que prometem não ser doloridos geralmente não conseguem chegar com uma temperatura de 60ºC no bulbo e, portanto, apenas inibem o crescimento do pelo, sem destruir o bulbo e evitar a nova ocorrência do problema. 5) Posso fazer cera ou usar pinça entre uma e outra sessão? Não. O recomendado é não usar pinça nem cera, pois o uso destes métodos retira a raiz do pelo de dentro do bulbo. Para destruir o bulbo e não nascer mais pelos é necessário que a raiz esteja dentro do bulbo. O uso destas técnicas faz com que o resultado do laser diminua e sejam necessárias mais sessões. 6) É possível fazer o laser em todo o tipo de pele? É possível fazer o laser em todo o tipo de pele, porém, quanto mais clara a pele maior é a intensidade do laser e mais segura vai ser a sessão. Ou seja, é necessário um menor número de sessões em peles claras e mais sessões em peles morenas ou negras. 7) Quantas sessões são necessárias em média? Existe diferença de resultado entre homens e mulheres? E entre peles brancas, morenas e negras? Para mulheres brancas geralmente são necessárias 6 sessões para se eliminar de 90 a 100% dos pelos pretos. Para mulheres morenas geralmente são necessárias 6 sessões para se eliminar de 70 a 90% dos pelos pretos. Para mulheres negras ou bronzeadas são necessárias 6 sessões para se eliminar de 50 a 70% dos pelos pretos. Para homens brancos são necessárias de 8 a 10 sessões para se eliminar 90% dos pelos pretos. Para homens morenos são necessárias de 8 a 10 sessões para se eliminar de 70 a 90% dos pelos pretos. Para homens negros ou bronzeados são necessárias de 8 a 10 sessões para se eliminar de 50 a 70% dos pelos pretos. Segue na contracapa


Farroupilha, 29 de junho de 2012

Depilação a laser (Light Sheer) 8) É muito comum a depilação em homens (depilação masculina)? Hoje em dia, nos maiores centros estéticos, cerca de 50% da procura de depilação a laser são de homens. 9) Se eu tiver poucos pêlos é possível eliminar em apenas uma sessão? Não. Todos nós (tendo muito ou pouco pelo) temos pelos em diferentes fases de crescimento. É necessário que a raiz do pelo esteja bem dentro do bulbo para conseguir destruí-lo. A maioria dos pelos está com a raiz fora do bulbo e, por isso, conseguimos destruir, em média, cerca de 20% dos pelos pretos por sessão. 10) É possível tomar sol durante as sessões? Em nossa estética nós não fizemos o laser em pele bronzeada, pois aumenta muito o risco de queimadura e diminui muito o resultado. Se a(o) paciente vier bronzeada(o) nós preferimos esperar perder o bronzeado para reiniciar o laser. Após, terminada a última sessão, é possível se bronzear normalmente. 11) É possível destruir penugem ou pelos brancos com laser? Não é possível. Nenhum laser é capaz de destruir pelos brancos ou penugem. É necessário que na raiz do pelo haja pigmento (melanina) preto. É a cor preta que absorve a energia da luz concentrada do laser, fazendo com que o bulbo seja destruído. Sem o pigmento, não existe destruição. Se você precisa fazer depilação e ainda não se decidiu em fazer laser, temos a opção de cera quente com anestésico redutora de pelos, para regiões menores e mais sensíveis.

O Espaço da Beleza Centro Estético, esta localizado em Farroupilha, na Independência, 555, Centro da cidade, e oferece a você a melhor e mais moderna técnica de redução definitiva de pelos, e ainda a opção de depilação com cera quente anestésica redutora de pelos, tudo para facilitar sua vida, dando a você maior liberdade para fazer o que quiser com o seu tempo. A depilação a laser é, atualmente, um dos tratamentos mais buscados na Medicina Estética. O equipamento usado no Espaço da Beleza para depilação é o Laser Light Sheer. * Espaço da Beleza Centro Estético www.spabeleza.com.br Fone 3268-5511


Inside

Farroupilha, 29 de junho de 2012

inside@jornalinformante.com.br

Pensando sobre os eletrônicos Concurso “Consciência Limpa”, do Rotaract Club Nova Vicenza, escolheu o lixo digital como tema deste ano e aluna Milena Silocchi teve desenho e redação premiados

N

aís Th Zim rM me ins art

ão apenas ilustrar e escrever sobre o meio ambiente, mas refletir. O “Consciência Limpa”, projeto do Rotaract Club Nova Vicenza, chegou à 4ª edição neste ano. Dentro do tema “Lixo Tecnológico”, a entidade recebeu 11 trabalhos. O desenho e a redação que foram selecionados são da mesma estudante, Milena Silocchi, da Escola Nossa Senhora de Caravaggio. Na tarde de quinta, a menina recebeu a premiação. Três escolas do município foram convidadas a participar. Porém, duas acabaram não aderindo ao projeto por questões particulares: a Ângelo Chiele e a Nova Sardenha, mas confirmaram participação no próximo ano. A Nossa Senhora de Caravaggio foi a que instigou o envolvimento dos alunos na questão. O Rotaract entregou o regulamento em abril. Nestes dois últimos meses, os trabalhos foram produzidos pelos estudantes e, em seguida, avaliados pelos integrantes do Club. O desenho escolhido é o de Milena, do 7º ano. Ela fez um logotipo para o tema do “Consciência Limpa” e um slogan. O texto premiado também foi o da aluna (veja trabalhos ao lado). Na tarde de quinta, a instituição de ensino recebeu a visita de Carla Furlan Tamiosso, presidente da entidade. A coordenadora entregou certificado e duas mudas de planta para a vencedora. “Foi muito significativo desenvolver o projeto, e o retorno dos trabalhos foi dentro do que esperávamos. Oportunizar espaços onde os estudantes possam colocar suas ideias e sentimentos é algo muito gratificante”, afirma Carla. Ela explica que o tema Lixo Tecnológico foi escolhido por ser de comum vivência de todas as pessoas. “É uma forma de oportunizar os estudantes a repensar o destino que vão dar aos objetos que utilizam e que estão ligados ao cotidiano”, explica.

Desenho e redação vencedores desta edição do “Consciência Limpa” são da aluna Milena

Lixo Tecnológico * “Lixo Tecnológico” ou “Lixo Eletrônico” é tudo o que é proveniente de equipamentos eletrodomésticos, incluindo celulares, computadores, impressoras e afins. Milhares de aparelhos são diariamente fabricados, pois a tecnologia avança rapidamente, fazendo o consumidor substituir seus aparelhos usados por outros mais modernos. O destino correto para esse resíduo não é o aterro ou lixão, pois ele contém materiais tóxicos que, se não forem descartados devidamente, podem prejudicar a saúde e o mundo. Descartar esse tipo de lixo não é tão simples. O essencial é o consumidor eliminar o lixo adequadamente, fazendo uma boa pesquisa para certificar-se que o descarte é correto e que não prejudica a natureza. Para diminuir uma boa porcentagem desse lixo, devemos ter consciência e usar criatividade produzindo coisas novas como enfeites, brinquedos e utensílios. O ideal mesmo é entregá-lo aos postos de coleta, que darão o destino adequado ao mesmo. O alerta sobre os perigos desse lixo, ter a consciência em colocá-lo no seu devido lugar e, é claro, evitar o excesso de consumo, contribuem para a sustentabilidade do planeta. * Milena Silocchi, aluna do 7º ano da Escola Nossa Senhora de Caravaggio


2 | Sexta-feira, 29 de junho de 2012

Flávio Lopes

Inside

Música

flaviolopes1978@ibest.com.br

No capítulo 22 do livro de Mateus no Novo Testamento, Jesus Cristo é experimentado pelos herodianos que o perguntaram se lhe parecia lícito pagar impostos a César – como eram chamados os imperadores romanos da época. Percebendo a armadilha, Jesus lhes solicitou uma moeda do tributo; então lhes perguntou de quem era a efígie cunhada na moeda. Eles responderam: de César. Então ele lhes disse: Dai pois a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus. Com isso, Jesus aconselhava a não misturar o sagrado com os assuntos mundanos. Já no Evangelho Segundo o Espiritismo, Alan Kardec vai além quando diz: "Esse princípio é uma consequência daquele que manda agir com os outros como quereríamos que os outros agissem conosco. Condena todo prejuízo moral e material causado aos outros, toda violação dos seus interesses, e prescreve o respeito aos direitos de cada um, como cada um deseja ver os seus respeitados. Estende-se ao cumprimento dos deveres contraídos para com a família, a sociedade, a autoridade, bem como para os indivíduos". Essa frase bíblica tornou-se ditado popular, usado quando queremos dizer que cada um deve receber o crédito que merece; mas nem sempre isso acontece. Em nosso dia a dia, esse ensinamento é desrespeitado habitualmente. Nem sempre os créditos são dados aos seus respectivos responsáveis ou criadores. A pirataria anda à solta e todos os tipos de trabalhos e criações são expropriados sem nenhum retorno ou créditos a quem lhe é devido. No campo das ideias, também presenciamos muita apropriação indébita. Quem ainda não foi vítima ao ver uma ideia sua ser exposta por outra pessoa como se fosse dela? No trabalho e no ambiente das empresas, isso acontece muito. Estamos em mais um ano de eleições e, sinceramente, apesar de vivermos num País cristão, parece que poucos políticos conhecem os ensinamentos de Cristo. Eles os ignoram categoricamente. Quando? Quando falam em obras, todos são os criadores e fizeram tudo sozinhos. "Olha só, isso aqui fui eu que fiz, lutei sozinho, foi realização minha, eu sou o responsável". Quando as realizações são parcerias entre governos de partidos opositores, então, as evidências dessa postura egoísta, desrespeitosa e antiética são muito claras. Até mesmo placas informativas são rapidamente retiradas para que os créditos não sejam divulgados ou utilizados por opositores. Em outras palavras, em ano de eleição, todos são os "pais da criança". Obras boas todos reivindicam a autoria e não a dividem com os opositores em momento algum, porém, as falcatruas e mancadas políticas são totalmente órfãs. Ninguém reivindica a paternidade ou a autoria. E a corrupção então? Essa só existe no dicionário alheio. Nossa esperança é que, com a educação e a informação estando ao alcance de um número infinitamente maior de pessoas a cada momento, em breve, não será possível esconder a autoria e a responsabilidade de todas as ações políticas, sejam elas boas ou más. Quando a educação e a informação estiverem ao alcance da maioria absoluta das pessoas, acontecerá uma seleção natural que vai eliminar do cenário os maus políticos que desprezam e zombam da inteligência da população, com mentiras e propagandas enganosas divulgadas e difundidas, inclusive, usando o dinheiro público para tal. Mas enquanto aguardamos esta seleção natural, nós somos responsáveis por divulgarmos e expandirmos essas informações, mostrando a todos a verdade sobre os fatos, para que esse ensinamento bíblico, "Dai a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus", não seja ignorado por pessoas viciadas em contar vantagem e em gabar-se em ano de eleição, até mesmo por aquilo que não foi feito por eles, ou somente por eles. * Líder de Equipe de Produção

F

Sábado é tri(o)

azendo releituras das décadas de 50 a 80, Rafa Schuler Trio toca no República, neste sábado. Com a proposta de músicas dançantes, os três artistas não vão deixar ninguém parado. O que é só o começo, já que eles, em parceria com o bar, pretendem estender o número de apresentações formando um projeto de show sequenciais. Schuler, que toca guitarra e assume os vocais, sobe ao palco acompanhado do baterista Mateus Bicca e do baixista Lucas Male Cechini. Além dos quase dois anos de banda e os projetos diversificados em que atuam, eles também trabalham como professores na área. Influenciados pelos clássicos AC/DC, Stray Cats, Elvis Presley e Ray Charles, a noite de sábado é de rockabilly. “As expectativas para a noite são as melhores, a casa é linda e tem tudo para ser ótimo. Esperamos conseguir conquistar o público para que voltem ao bar, assim como estamos planejando”, comenta Schuler. Ele propõe ao público uma volta sequencial do Trio, para que se forme uma união

Marielen Balldissera

Dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus

Compromisso com a cidade

Cechini, Schuler e Bicca: fazendo o clássico rockabilly no República Beer

da banda e da casa noturna. “A ideia é fazer uma programação com shows constantes, duas ou três vezes por mês, com a iniciativa de fazer um som mais antigo. Mas o projeto

ainda está amadurecendo, vamos ter mais resultados a partir deste primeiro show”, destaca. As próximas apresentações já estão agendadas para os dias 12 e 26 do próximo mês.

Serviço

O que: Rafa Schuler Trio Quando: neste sábado, a partir das 22h Onde: República Beer (República, 445) Quanto: R$ 10,00

Cinemas GNC Caxias (Shopping Iguatemi, RST-453, quilômetro 3,5) GNC 1: Sombras da Noite – às 14h15min, 16h40min, 19h10min e 21h40min GNC 2: A Era do Gelo 4 (dublado) – às 13h, 15h, 17h, 19h e 21h GNC 3: E aí, Comeu? – às 14h e 18h45 GNC 3: Prometheus – às 16h10min e 21h15min GNC 4: A Era do Gelo 4 (dublado e em 3d) – às 13h20min, 15h40min, 17h50min, 20h e 22h GNC 5: Madagascar 3: Os Procurados (dublado e em 3d) – às 13h10min, 15h15min, 17h40min e 19h45min GNC 5: Prometheus (em 3d) – às 21h50min GNC 6: Madagascar 3: Os Procurados (dublado) – às 13h30min, 15h30min e 17h30min GNC 6: Para Sempre – às 19h30min e 21h30min Ingressos: sexta, sábado, domingo e feriados: R$ 14,00; meia entrada, menores de 12 anos e sênior (a partir dos 60 anos): R$ 7,00; Movie Club Preferencial: R$ 12,00 e Clube do Assinante RBS R$ 10,50. Segunda, quarta e quinta (exceto feriados): R$ 12,00; meia entrada, menores de 12 anos, sênior e Clube do Assinante RBS: R$ 6,00 e Movie Club Preferencial: R$ 10,00. Terças (exceto feriados): ingresso único: R$ 7,00.

Centro Municipal de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho (Luiz Antunes, 312) As Neves do Kilimanjaro – sexta às 19h30min e sábado e domingo às 20h Ingressos: R$ 5,00 e R$ 2,00 (estudante e sênior)

Alterações na programação ou nos valores dos ingressos são de responsabilidade das salas


Sexta-feira, 29 de junho de 2012 |

Inside

Compromisso com a cidade

Literatura

Armando Wartha

A crônica em faces

armandowartha@yahoo.com

Crime x Democracia

Livro “Tetraedro” será lançado na próxima quinta, no Aristos London House, em Caxias do Sul Imagem: Reprodução

Q

uatro escritores e quatro estilos diferentes de um único tipo de texto compõem o livro que será lançado na noite da próxima quinta. A obra denominada “Tetraedro” possibilita aos leitores 48 crônicas de Lúcio Humberto Saretta, Marcos Fernando Kirst, Tiago Sozo Marcon e Uili Bergamin. Às 19h30min, no Aristos London House, localizado no térreo do Clube Juvenil, os exemplares serão oficialmente lançados. Haverá sessão de autógrafos e coquetel. De acordo com Kirst, ex-colunista do Jornal Informante, o “Tetraedro” também será lançado na Feira do Livro de Caxias do Sul, em Porto Alegre e em algumas cidades da região. O projeto surgiu no começo do ano passado. Bergamin, que foi patrono da Feira do Livro do Colégio Nossa Senhora de Lourdes (CNSL) no último ano, releu as suas crônicas publicadas em jornais. Para que outro tipo de leitor pudesse ter acesso ao material, ele propôs a ideia para o trio. Como todos possuem uma trajetória literária, muitos textos foram resgatados de antigas publicações e poucos são inéditos. “São quatro visões diferentes sobre a crônica”, define Kirst. Cada escritor selecionou 12 textos. Saretta destaca o esporte, Kirst retrata o dia a dia por meio de personagens fixos, Marcon fala sobre cotidiano e Bergamin apresenta o discurso filosófico e de discussão. “O livro é interessante até para se trabalhar em sala de aula, sobre os estilos deste gênero”, acrescenta. Marcon também é autor da foto de capa, que foi premiada na Bienal Brasileira de Arte Fotográfica em 2008. Para finalizar o livro, o escritor Luís Augusto Fischer assina o prefácio. Além da comercialização de “Tetraedro” na noite de lançamento, a R$ 25,00, os leitores poderão adquiri-lo por meio do site www.maneco.com.br. A página é da livraria do Maneco, editora que custeou o projeto, mas não há prazo de quando a obra estará disponível.

Obra é uma compilação de diferentes estilos de crônicas

Serviço

O que: lançamento do livro “Tetraedro”, dos escritores Lúcio Humberto Saretta, Marcos Fernando Kirst, Tiago Sozo Marcon e Uili Bergamin Quando: próxima quinta, a partir das 19h30min Onde: Aristos London House, térreo do Clube Juvenil (Av. Júlio de Castilhos, 1.677) Quanto: entrada gratuita

Vivemos diariamente, no Brasil, um aparente jogo de futebol entre o Crime e a Democracia (com todo respeito ao verdadeiro jogo de futebol). Sim, alguém haverá de dizer que sempre foi assim, que esse duelo sempre existiu desde que a democracia foi instalada e sempre existirá. Este alguém está correto. Contudo, é bom frisar que este jogo acabava, na maioria das vezes, em vitória da Democracia ou em um empate. Raras eram as vitórias do Crime. Mas nas últimas décadas, o Crime não só está vencendo como está vencendo de goleada. O motivo? Talvez a escalação das duas equipes nos dê a resposta a essa intrigante pergunta. Diz uma máxima do futebol que todo bom time começa por um bom goleiro. Sendo assim, o Crime escala a Impunidade como seu número 1 e capitão. Aliás, as grandes vitórias do Crime têm, como melhor jogador, não por acaso, a Impunidade. Defende tudo! Desarmamento e Tráfico de Drogas fazem as laterais ou alas. Para fazer o vai e vem. Sabe como é, futebol moderno é outra coisa! No miolo da zaga atuam Suborno e Corrupção. Dois jogadores de peso, preparados para desbancar qualquer contra-ataque honesto. Na frente dos zagueiros, o Crime fixa Vista Grossa para dar cobertura a Superfaturamento, pela esquerda, e Propina, pela direita. Quando um sobe o outro fica. A defesa tem que estar bem protegida... Já o ataque é normalmente formado por Desvio de Verba, jogando aberto pela esquerda, contudo, voltando se necessário, e Sexta Básica pela direita. Este mais plantado. Curiosidade: Sexta Básica já fez gols contra o crime, mas hoje lhe presta serviços imensuráveis... Como centroavante goleador, o Crime se serve da força física e misteriosa da Intimidação. Este jogador tem o poder de paralisar o adversário. Não cito os reserva por se tratar de farinha do mesmo saco. Mesmo colocando sua força máxima, a Democracia não consegue fazer frente ao super time do Crime. Igualdade foi e é, ainda, o melhor goleiro e capitão do time. É muito bom em baixo das traves, mas na saída tem se mostrado diferente... A defesa da Democracia é formada por três zagueiros: Respeito, Tolerância e Compreensão. Mesmo com todo este naipe, tem tomado muitos gols pelas costas. Ou seja, os alas Legitimidade e Transparência sobem e não voltam quando perdem a bola. Aliás, Transparência só joga bem em partida amistosa, quando é pra valer parece desaparecer em campo... Lealdade e Ética tentam, sem resultado, fechar o meio de campo. São aterrados pela volúpia do adversário em fúria. Legislativo, voltando para recompor o meio, e Executivo, fazendo dupla com Judiciário, somam as últimas esperanças da Democracia para reverter o placar. Desacreditando em todo este poderio de fogo, é possível ouvir da torcida, aqui e ali, algumas vaias, principalmente quando o Executivo (centroavante) toca mal a bola. Cá entre nós, tem errado até pênalti... Diante destas escalações, em quem você apostaria para ser o vencedor do jogo de hoje? Meu palpite, sem pretender com isso influenciar na aposta do amigo leitor, é de 10 a 0 para o Crime. Sem ajuda do juiz, logicamente... Pensem nisso! * Escritor

3


Valéria Vettorazzi valeria@jornalinformante.com.br

O

Sucesso

Nicolas Dalzochio

vídeo postado no YouTube pelo perfil de Nova Milano no último dia 13, “Coisas que a Serra Fala” já passou das 160 mil visualizações nesta semana. O curta foi produzido com

o objetivo de mostrar aspectos da cultura italiana de uma forma divertida e tem gerado muitos comentários entre pessoas de todas idades. Parabéns aos guris que produziram o vídeo: Gabriel Ferro-

Letícia de Oliveira e Claudia Ramos marcaram presença no Boteco do Chá, na sexta

natto (Binho), Marcos Gervazoni, Marlon Casali, Rodrigo Troitiño e Vinni Biazzus. Você pode acessá-lo pelo site www.youtube.com digitando seu nome.

Para dançar O República Beer promove a 2ª edição da festa eletrônica The Basement. Quem comanda as pick-ups são os DJ’s Fer Oliveira, Caio Busetti e Junior Secco. A entrada custa R$ 10,00 para elas e R$ 15,00 para eles.

No Boteco O Boteco do Chá tem programação completa para o final da

Mateus De Carli e Patrícia Lazzari na Festa Junina do Fafá, que aconteceu no sábado

semana. Na sexta, quem invade o palco é o tradicional grupo de pagode Puracazuah. A festa conta com desconto nos litros de bebida a noite toda e a participação do DJ Fran Azevedo. Os ingressos antecipados custam R$ 10,00 o feminino e R$ 15,00 o masculino e você encontra nas lojas Empório do Calçado e Horanto Tango. Na hora, a entrada custa R$ 15,00 para elas e R$ 25,00 para eles. No sábado, o evento é o show da banda The Hawks Country Band e é em prol do projeto Dentistas do Bem. Mais informações sobre este evento na página 7 do Inside.

Rock’n Roll O mês de julho no The Cavern é de muito rock de bom gosto. No dia 7 a banda High Voltage faz tributo a AC/DC no palco do bar. Os ingressos custam R$ 10,00 antecipados e R$ 20,00 na hora. No dia 21 quem faz a festa são os grandes da banda Acústicos & Valvulados. Inspirados no rock clássico dos anos 50, 60 e 70 a noite promete ser de muita diversão. Os ingressos do 1º lote custam R$ 20,00. Você encontra as entradas antecipadas na DM Escola de Música, Akústica Musical e loja Autunno no Impperia Shopping.

Cores da Alemanha As preparações para a festa Colours, que acontece no dia 13 de julho, no Havana Café, já começaram. A atração principal desta edição é o DJ alemão Phonique. Considerado um dos mestres dos clubs em Berlim promete fazer o chão da casa tremer com seus sets.

Os amigos Carlos Eduardo Finimundi, Rochele Bampi, Elisa Colombo, Elias Figueroa, Renan Gaspe e Rafaella de Cesero curtindo a viagem realizada para Punta Cana, na República Dominicana


Arquivo Pessoal

Marlon Maioli, Alessandro Guarese, Alex Finimundi e Thiago Sinhor, os aniversariantes da semana que comemoraram a data no último sábado, entre amigos, no The Cavern Valéria Vettorazzi

Arquivo Pessoal

erin

Cristian Guzzo

Daniel Rufatto

Rafael Colloda e Aline Cantarelli estiveram presentes no jantar de confraternização do Núcleo de Jovens Empreendedores da CICS

Agraciado na terça com o título de Cidadão Emérito de Farroupilha, na Câmara de Vereadores, Guerino Antônio Pasquale foi prestigiado pelo amigo Clóvis Tartarotti, ex-prefeito farroupilhense


6 | Sexta-feira, 29 de junho de 2012

Crônicas da Redação Ramon Cardoso

ramon@jornalinformante.com.br

O valioso pós de Meninos não Choram Tive o privilégio de participar, na última sexta à noite, do CineFórum organizado pela Elo-Psi (Psicólogos Associados de Farroupilha). Quando atendi, com muito atraso admito, o pedido para entregar uma lista de possíveis longas para o evento, a presidente Viviane Crocoli Balbinot disparou. “Tu comentas um filme conosco?”. Fiquei sem saber o que dizer. Por todo envolvimento com a entidade, que vai muito além do CineFórum, me senti obrigado a aceitar o convite, mas fiz uma ressalva: “Depende da obra”. Listei algumas que são muito pertinentes para a discussão no campo da Psicologia, mas que não aprecio ou que não me achava em condição de contribuir. Porém, a escolha de “Meninos não Choram” foi muito oportuna e topei o desafio. Tomei alguns cuidados. O outro convidado era o psicólogo clínico Carlos Marcírio Naumann Machado que, fora o fato de ser um especialista nas áreas de discussão do filme, ainda por cima trabalhava com Cinema. Tomei precauções. A Marilisa Almeida, vice da Elo-Psi e que seria a mediadora, havia destacado o Carlos para falar primeiro. Ou seja, corria o risco de não ter nada a dizer. Bati o pé. Argumentei, justifiquei e, por fim, falei que se a ordem não fosse invertida cobraria o dobro do ‘cachê’. Fui atendido. Na verdade não teria muito problema se ocorresse o contrário. Sairia com o bolso mais cheio, claro, mas as abordagens foram diferentes. Pena que o tempo para debate foi curto. O filme é riquíssimo e permite inúmeras abordagens com seus complexos personagens e a interação dos presentes (que cabe não somente o agradecimento como também o reconhecimento) contribuiu de forma decisiva para avançarmos a discussão ao máximo que esta poderia chegar. Ela não parou por aí. Teve sequência no Restaurante Antonielle. Como o convite foi aberto, azar de quem não foi. Muito prazeroso dividir a mesa com o Carlos, sua esposa e também psicóloga Elisabeth, com o casal de médicos Luís Geraldo Melo e Adriana Melo, cinéfilos com os quais pude compartilhar impressões e dividir opiniões sobre uma área tão apaixonante como o Cinema, e com a cúpula da Elo-Psi, a presidente Viviane, a vice Marilisa, a secretária Rejane Comin e a tesoureira Aline Cantarelli. Não foi somente o ótimo filme de Kimberly Peirce que entrou em pauta. Foram outras obras e outros temas, de família a trabalho, de comportamento à cultura. Enfim. Uma das questões levantadas e que foi motivo de preocupação comum, foi a dificuldade em se realizar eventos do gênero. Acho Farroupilha uma cidade culturalmente pobre. Tinha outra visão até colocar o Jornal Informante, mas hoje percebo isso como uma triste realidade. Não há espaço para discorrer sobre o tema que fica de gaveta para uma Crônica futura. Meu desencanto foi um pouco amenizado quando Carlos e Elisabeth revelaram que isso acontecia também em Caxias do Sul, onde moravam, e Porto Alegre, local onde estão radicados. Infelizmente, parece que vivemos um processo de empobrecimento cultural coletivo. Só para finalizar, voltando ao CineFórum. Destaquei na matéria da sexta passada, pré-evento, que seria uma noite de aprendizado. Acertei na previsão e com folga.

Inside

Compromisso com a cidade

xxxxxxx Parágrafo Primeiro

Uma distopia real Proibido em vários Países quando foi lançado, o clássico “1984” retrata o dia a dia de um regime totalitário, criado pelo escritor George Orwell a partir da vida íntima do protagonista Winston Smith Imagem: Reprodução

Thaís Zimmer Martins thais@jornalinformante.com.br

A

s primeiras páginas, das mais de 400, parecem narrar um pesadelo. E a sequência do livro “1984” não só confirma a impressão como vai além. Ao finalizar a leitura, a certeza não é de fechar a obra e esquecer o sonho ruim, mas de estar nele. O leitor é despertado para uma realidade que poucos têm noção, mesmo que a história usada como exemplo possa parecer distópica. Imagine que, na sua casa, há um aparelho que te vigia, dia e noite. Agora pense que você é obrigado a trabalhar quantas horas o Estado determinar. Vá ainda mais adiante: imagine que não é permitido sentir ou expressar pensamentos próprios. E ainda: não pode haver desejo sexual, porque, na concepção do governo, o sexo é apenas um meio de reprodução. Não deve existir amor, exceto pelo sistema. Em “1984” esse sistema totalitário é, teoricamente, comandado por uma figura política conhecida como “Grande Irmão” e quem vive este drama é Winston Smith. O escritor George Orwell, autor também de “A Revolução dos Bichos”, criou a história em 1949 pensando em como o mundo estaria na época que dá nome à obra. O mundo é dividido em três grandes blocos, sendo que um deles é a Oceania, onde a narrativa se desenvolve. Quem controla o sistema são os membros do Partido Interno. A classe secundária é a dos membros do Partido Externo. E, por último, em meio à pobreza e à margem da sociedade, existe o proletariado. “Guerra é Paz, Liberdade é

Ficha Técnica 1984

Autor: George Orwell Tradução: Heloisa Jahn e Alexandre Hubner Gênero: Ficção Literatura Estrangeira Ano de publicação: 1949 Editora: Companhia das Letras Páginas: 416 Preço médio: R$ 30,00 Escravidão, Ignorância é Força”. Este é o lema que rege a Oceania. Smith tem cerca de 40 anos, é do Partido Externo e trabalha para o Ministério da Verdade. A função dele é reescrever artigos para jornais para que as notícias se mantenham de acordo com a linha política necessária. As informações são mudadas diariamente. Smith reformula frases, altera datas e chega a eliminar artigos inteiros. Se o jornal escreve que uma pessoa sumiu, imediatamente é colocado que ela nunca existiu. A verdade não é apenas escondida. Ela é inventada. Torna-se impossível saber o que realmente aconteceu em certo momento no tempo, pois tanto o presente como o passado são habilmente

controlados em seus mínimos detalhes. Tudo se modifica a qualquer momento. E todos acreditam que o modificado sempre foi daquela maneira. O dicionário vai ficando cada vez menor. Palavras e seções inteiras são suprimidas. A chamada Novilíngua é a língua oficial. Portanto, o leitor é testemunha de uma sociedade presa a um presente perpétuo, conjugada a um futuro do pretérito constante. Sociedade esta que, podendo ser estranha e distópica em 1949, já não é tão estranha hoje. É interessante observar que esta esquizofrenia social, esta desrealização temporal que ocorre na sociedade fictícia de Orwell, atualmente já é realidade, diagnosticada desde 1970 por estudiosos das humanidades e pela Teoria Crítica. Sendo assim, o que antes era ficção, atualmente já é, pelo menos neste ponto, comprovadamente, fato. Entre uma função e outra, Smith tenta descobrir como era o mundo da sua infância. Todo o dia o governo lembra como o presente é melhor, que a quantidade de comida aumentou, que a qualidade de vida é maior. A desconfiança, que sempre existiu no personagem, vai aumentando. Até que ele conhece Júlia. Ela também é do Partido Externo. Os dois mantêm uma relação afetiva juntos, sempre com cuidado para não serem descobertos. Ao conhecer O’Brien, Smith se agarra ainda mais às esperanças de que poderá haver alguma maneira de escapar da prisão física e mental criada pelo Partido, mesmo sem saber como. Mas a possibilidade pode não passar de uma ilusão. Leia a resenha do filme na seção Sétima Arte, na contracapa do Inside.


Inside

Compromisso com a cidade

Sexta-feira, 29 de junho de 2012

Música

Lauro Edson Da Cás

Solidariedade no Boteco Divulgação

N

este sábado é a solidariedade que irá embalar o Boteco do Chá. A banda The Hawks fará show beneficente para arrecadar fundos para o projeto Dentistas do Bem. Os músicos vão embalar a noite ao estilo Honky Tonk. Termo que era utilizado, na década de 30, para designar uma espécie de bar norte-americano. Como o tempo ele se tornou um estilo musical. É esse clima country que será revivido. The Hawks é formada por Chico Canziani, o Frank, na voz e violão, Duda Rufatto no baixo, Fabrício Lovato (Pancho) na bateria e Márcio Lovato (Lobão) na guitarra, além do novo integrante do grupo, Samuel Cândido (Samuka) na sanfona. O valor do ingresso fica em R$ 20,00 e o show inicia às 22h. O projeto Dentistas do Bem conta com voluntários espalhados por todo o Brasil, além de Países da América Latina e Portugal. Os pacientes são selecionados por grau de necessidade, o que é determinado por uma triagem realizada em escolas da rede pública e em instituições sociais. A atividade é formada por cirurgiões dentistas voluntários. Esses profissionais atendem, em seu próprio consultório, crianças e jovens de baixa renda entre 11 e 17 anos, proporcionando-lhes tratamento odontológico gratuito, até que completem 18 anos.

Chico, Duda, Fabrício e Márcio realizam o show em benefício de uma justa causa na noite deste sábado

Serviço O que: show beneficente com The Hawks Quando: neste sábado, às 22h Onde: Boteco do Chá (Rômolo Noro, 555) Quanto: os ingressos custam R$ 20,00 e podem ser adquiridos pelo fone (54) 3261-3535 ou na hora

Horóscopo Áries - 21/03 a 20/04

Lua e Saturno em Libra evocam a necessidade de maturidade nos relacionamentos. Pode haver importantes resoluções em alianças, acordos e parcerias. Coloque na balança. Acontecimentos que sinalizam que você não tem controle sobre tudo. Saiba fluir.

Touro - 21/04 a 20/05

Semana interessante para tomar decisões relacionadas ao trabalho, taurino. Poderá perceber os fatores emocionais que influem na saúde. Falta de equilíbrio é acusada no corpo. Depois de muito tempo avaliando e refletindo pode agora tomar decisões mais maduras.

Gêmeos - 21/05 a 20/06

Importante momento de conscientização e de decisões emocionais, geminiano. Maior certeza do que quer afetivamente e também no que envolve filhos ou crianças. Podem surgir inseguranças. Desapego é essencial. Há coisas acima do seu controle.

Câncer - 21/06 a 20/07

Poderá tomar uma importantíssima decisão relativa a imóveis e ao local de moradia. Em foco os relacionamentos e alianças, com as responsabilidades neles envolvidas, canceriano. Evite repetir velhos padrões, baseados em apegos. Renovação nas relações ocorre.

|7

Leão - 21/07 a 20/08

Tende agora a ter uma visão mais madura de seus compromissos e responsabilidades. Esta semana está evocada a necessidade de conciliar, mas sem fugir de conflitos, leonino. O ensinamento atual é aprender com o passado, sem ficar preso a ele, nativo de Leão.

Vírgem - 21/08 a 20/09

Ênfase nos acordos que envolvem questões emocionais e financeiras, virginiano. Possibilidade de confrontos envolvendo amigos ou amor, se há tentativa de controle. Situações que envolvem outras pessoas podem ativar insegurança. Aprendizado de auto-suficiência.

Líbra - 21/09 a 20/10

Maturidade e autonomia indicadas pela conjunção de Lua e Saturno em seu signo. Desafios envolvendo harmonização entre questões pessoais e profissionais. Desapego é fundamental. Tende agora a sentir mais confiança e segurança em si. Isso faz diferença, libriano.

Escorpião - 21/10 a 20/11

Reflita sobre como tem agido em seus relacionamentos. Semana de se interiorizar. Agora pode ter uma percepção mais clara do porquê de certas repetições em suas relações. Relacionamentos podem evocar questões de controle e manipulação, cuidado, escorpiano.

Sagitário - 21/11 a 20/12

Importantes questões envolvendo família, emoções e superação de inseguranças. Observe a ligação existente entre questões financeiras e emocionais. Carências a transcender. Semana importante para contratos e acordos, com consciência das atribuições de cada pessoa.

Capricórnio - 21/12 a 20/01

Momento que ressalta a possibilidade de acordos em questões profissionais. Contratos podem ser firmados. Cada pessoa envolvida deve se comprometer com suas responsabilidades. Situações delicadas nos relacionamentos pedem mudança de atitude, desapego e transformação.

Aquário - 21/01 a 20/02

Fase importante para se conscientizar da ligação entre corpo e emoções, aquariano. Saúde e trabalho estão em foco. Muitas coisas precisam ser deixadas para trás, eliminadas. Foco em resoluções de acordo com os seus ideais, mas que levem em consideração as pessoas.

Peixes - 21/02 a 20/03

Questões delicadas envolvendo amor e amizade. Cuidado com carência e manipulação. Foco em acordos e contratos financeiros. Transformações e consciência das dificuldades. A percepção de insatisfações pode estimular mudanças necessárias à evolução, pisciano.

ldacas@hotmail.com

Saudamos os bombeiros! Proponho, neste instante, sairmos das tantas notícias, debates e problemáticas que nos envolvem diariamente (seja local ou mundialmente!). Hoje (e nesta semana, especialmente), torna-se válido recordar daqueles que são conhecidos como ‘os protetores da vida’. Eles são os profissionais que estão preparados para proteger, resgatar e cuidar da vida humana nas mais diferentes ocorrências e emergências que podem ocorrer. Saudamos, então, os bombeiros, que no dia 2 de julho, comemoram seu dia. É interessante perceber, antes de tudo, que a nossa vida é mísera, pois somos frágeis. Somos indefesos. Somos incompletos. Talvez, seja a hora, também, de refletirmos sobre a nossa condição de sermos seres finitos e limitados (ok, muitos se consideram super-homens, totalmente superiores e capazes de resolver qualquer situação!). Debates à parte, voltamos àqueles que são verdadeiros heróis (muitos até chamam de heróis aqueles que compunham uma tal de casa vigiada 24 horas, lembram!?). Pois bem, os verdadeiros heróis, definitivamente, são estas pessoas treinadas para desempenharem inúmeras funções e atribuições, desde a prevenção à vida, até o resgate da vida quando necessário e/ou em toda e qualquer situação em que forem chamados, indiferentemente do dia, da hora ou se está chovendo ou se está fazendo calor. Somos agraciados pela presença ativa e efetiva destes salvaguardas. Ora, não pretendemos fazer apologias e nem usar qualquer retórica para dizer o quanto eles são especiais. Talvez, para quem nunca sentiu a presença deles, ou mesmo para quem nunca precisou do auxílio ou do próprio trabalho desta turma que não escolhe hora ou atividade, não sabe o quanto eles representam ou significam. Já para aqueles que tiveram o auxílio, a ajuda, a presença capaz e dignificante dos bombeiros, talvez estes saibam muito mais, ou pelo menos, os veem diferentes. Claro, o pedido maior e o desejo de todos é que ninguém precise passar por nenhum infortúnio durante a vida. Todos torcem para que ninguém passe por dificuldade ou por quaisquer outras situações que envolvam a vida, propriamente dita. Por isso, precisamos considerar o trabalho destes homens que lutam para defender toda a vida alheia a eles, bem como, proteger toda a riqueza ou o patrimônio de pessoas que são totalmente desconhecidas para eles. O que não dizer dos infinitos acidentes que eles precisam socorrer pelas rodovias que perpassam pelo nosso município, por exemplo, que são famílias ou pessoas sem vínculo algum com a cidade? Fica evidente, que por serem humanos, são passíveis de erros e acertos, também. Entretanto, estão a nos salvar. Como é interessante isso: estão a nos salvar! Será que somos tão melhores que não precisamos de ajuda de ninguém?! Sem entrar no mérito, estes bombeiros (como é o caso, também, de tantos outros servidores públicos), não ganham o que eles deveriam ganhar. Enfim, saudamos os bombeiros. Saudamos a preocupação e o carisma destes que nos socorrem, destes que não tem hora e nem dia para cumprir seu juramento e, por conseguinte, a sua missão. Valeu meu irmão, valeu meus irmãos da grande família dos bombeiros. Coragem e perseverança na missão nobríssima de salvaguardar a vida! * Mestre em Letras, Cultura e Regionalidade


Sétima Arte

1984

Ficha Técnica Título original: Nineteen Eighty-Four Título traduzido: 1984 Direção: Michael Radford Roteiro: Jonathan Gems Gênero: Drama Duração: 113 minutos País: Inglaterra Ano de produção: 1984 Estúdio: Umbrella-Rosenblum Films Production Distribuição: Lume Filmes Nota: 8

Futuro do pretérito ou presente? Longa “1984”, inspirado no livro de George Orwell, narra em mínimos detalhes a angústia e o drama de quem vive em uma sociedade altamente vigiada Divulgação

Thaís Zimmer Martins thais@jornalinformante.com.br

M

esmo que o livro “1984” (leia resenha na seção Primeiro Parágrafo, página 6 do Inside) se torne real com a fluidez da leitura, ver os personagens na tela possibilita uma noção muito mais aguçada da história. A trama não apenas se admite como um pesadelo real, mas visualmente é ainda pior do que o limite que a obra escrita impõe ao leitor. Se por um lado o livro de George Orwell é rico em detalhes, o filme dirigido por Michael Radford mostra os pormenores que o leitor deixa escapar. Com eles, a realidade é absolutamente evidente. O corpo magro, as olheiras e os lábios secos e selados são as características externas de Winston Smith (John Hurt). No momento em que começa a primeira cena do homem escrevendo em seu diário, as características internas se revelam iguais. Com cuidado para não fazer qualquer ruído, o personagem central vai colocando lentamente cada palavra no papel, sabendo as chances de ser morto por gravar seus pensamentos na folha branca. Se o livro deixa o leitor angustiado só de saber a cautela que Smith tem de ter até para escrever, o filme é ainda mais crítico quanto a isso. A tetela (que é como se fosse uma televisão

Júlia (Suzanna Hamilton) e Smith (John Hurt) com os tradicionais macacões azul do Partido Externo em 1984

que, além da tela, tem uma câmera) está em todos os lugares e em todas as casas dos membros do Partido Interno e Externo. Ela é um instrumento usado pelo regime totalitário para controlar a população. A máquina frequentemente reproduz notícias, obviamente falsas, sobre o excelente governo. Leituras de confissões, por ditos traidores, e enforcamentos também são vistos pelo povo. O cinza das paredes e o azul escuro dos uniformes comple-

tam o cenário. Mas é a imagem constante do “Grande Irmão”, um homem branco, com sobrancelhas grossas e curvadas e um bigode, que deixa as cenas pesadas. Não seguindo a mesma ordem da obra impressa, a história deixa evidente a alienação das pessoas. A constante alteração dos fatos no jornal também é destaque no filme, principalmente em relação à guerra. A Oceania, onde a trama se desenrola, sempre esteve em

conflito com um dos outros continentes, a Eurásia e a Lestásia. “A guerra não é para ser vencida, mas sim contínua. A guerra serve para manter a estrutura da sociedade intacta”. Este e outros ensinamentos vão sendo adquiridos por Smith conforme ele vai lendo o livro proibido, feito por uma organização ilegal chamada de Irmandade. A obra lhe é entregue quando conhece O’Brien (Richard Burton). O livro conta o significado verdadeiro do

lema “Guerra é Paz, Liberdade é Escravidão e Ignorância é Força”. Ele também diz que a sociedade hierárquica só é possível na base da pobreza e ignorância, ensinamento que não pode ser encaixado nos dias atuais como distopia. Depois de conhecer Júlia (Suzanna Hamilton) e O’Brien, mesmo no meio do horror, da falta de cores vivas, dos olhos oprimidos e manipulados, Smith ainda guarda uma esperança. A possibilidade também é admitida pelo livro. Ele diz que se há esperança, ela reside nos proletários, ainda que eles não tenham noção da força que possuem. Com o passar dos dias, o personagem principal vai entendendo que a sua própria sanidade é vista aos olhos do sistema como delírio, como loucura. E o objetivo do Grande Irmão é utilizar a dor física, levando dias ou anos para convencer as pessoas de que não existem “indivíduos”, mas “sujeitos”. É inevitável a comparação do filme com o mundo atual. Não por este último aspecto, mas pelo modelo subentendido: a inconsciência, ainda que no filme o medo também possa ser um fator. A meta é tornar o povo ignorante, lentamente, para que ele aceite todo o tido de informação e a considere única e verdadeira. E a boca seca de Smith, do começo ao fim do filme, deixa desta forma também a do espectador.


Veículos RANGER XLT 4X2 C. DUPLA 2001 BRANCA .........38.500,00 ZAFIRA CD 2004 BRANCA ....................................32.000,00 RANGER 12E C. DUPLA 1999 VERMELHA ...........26.500,00 FIESTA SEDAN 1.6 FLEX 2005 PRATA ..................24.500,00

NISSAN FRONTIER SEL 4X4 2008 PRETO................ 88.000,00 CITROEN C4 VERMELHO 2011 ................................ 55.000,00 MEGANE 2.0 COMPLETO 2009 PRETO ................... 43.000,00 COROLLA XEI AUTOMATICO VERDE 2000 ................ 22.000.00

GRAN VITARA 2.0 W 4X4 2000 AZUL .....................22.500,00

FIORINO FURGÃO 2004 BRANCA .............................. 19.000,00

BMW 325 I REGINO 1995 PRATA ..........................21.500,00

DUCATO FURGÃO BRANCA 2006 DIESEL ................. 54.800,00

BLAZER DLX 4.3 C/ GNV 1997 BRANCA ................20.500,00

UNO WAY 2P 2010 BRANCO ...................................... 22.500,00

CLIO RN 1.0 16V 2003 PRATA ................................18.700,00

FOCUS GHIA CHAMPAGNE 2001 .............................. 23.500,00

CELTA 5 POTAS VHC 2003 VERMELHA .................17.000,00

FIESTA GL 2000 PRATA .............................................. 16.000,00

KADETT GL MPFI 1998 VERMELHA .......................13.500,00

FIESTA SEDAN 2005 PRATA ....................................... 23.500,00

GOLF GL 1.8 1997 VERDE ......................................12.500,00 GOL GIII 1.0 16V 2000 PRATA .................................12.000,00 TEMPRA IE 8V 1996 CINZA .................................... 11.800,00 KADETT GSI MPFI 1995 VERMELHA ..................... 11.500,00 UNO MILLE SX 1997 PRETA ................................... 11.500,00 KADETT GSI MPFI 1994 VERMELHA .....................10.800,00 SANTANA SPORT S/TROCA 1993 BRANCA ......... 10.700,00 ESCORT 2.0I XR3 1993 PRATA ............................. 10.200,00 CHEVETTE RELÍQUIA 1976 AZUL .......................... 8.500,00

VECTRA CD 1997 PRATA ............................................ 19.500,00 MERIVA MAX 2005 COMPLETA VERDE ..................... 32.800,00 PRISMA JOY 1.4 2007 COMPLETO -VIDRO ............... 24.800,00 CHEROKEE LIMITED 5.8 4X4 1997 BORDO ............ 25.300,00 FOX 1.0 2P 04 COMP. -VIDRO FLEX DOURADO ........ 23.800,00 BORA 2.0 C/TETO 2009 PRETO ............................... 42.500,00 BORA 2.0 AUTOMATIC C/TETO 2008 BORDO .......... 40.000,00 GOL GL 1.6 1996 BRANCO ....................................... 12.900,00

KADETT GL 1994 VERMELHA ................................. 8.500,00

GOL 1995 1.6 AZUL ................................................... 11.500,00

UNO CS 1.3 1990 BEGE ........................................... 6.500,00

GOL 2003 1.0 8V 4P BRANCO .................................. 18.800,00

CHEVETTE SLE 1989 VERDE ................................. 6.000,00

GOLF 1.6 GASOLINA 2001 DOURADO ...................... 25.000,00

Motos

SPACE FOX COMPLETA FLEX 2009 PRATA ............... 35.000,00

CBX 250 TWISTER 2008 CINZA .............................. 7.800,00

HONDA CBR 600 S 1999 PRETA............................... 24.900,00

C100 BIZ ES 2001 AZUL ........................................... 2.500,00

PEUGEOT 307 2007 PRATA .................................... 33.000,00 SW4 SRV 3.0 PRATA 2010 ....................................... 149.800,00

Blazer DLX compl. + GNV preta S10 2.2 branca + dir GNV cabine simples Corsa Hatch 1.4 2P branco Corsa Hatch 1.0 completo -Ar branco Corsa Hatch 2P 1.0 prata Cosa Sedan 1.0 Modelo novo c/Dir prata Pick-up Corsa 1.6 branca Montana 1.4 c/ Dir branca Ducato Furgão branco Fiorino Furgão branca Fiorino Pick Up 1.5 branca Escort SW completo prata C3 GLX 1.4 completo preto RAV 4 completa altomatica prata Civic LX completo prata/preto Ecosport completa 1.6 prata Gol G3 1.6 MI confortline completo -AR cinza Gol 1.0 4P bordô bolinha Gol G3 power 1.6 4p prata Gol G3 1.0 4p vermelho Gol G3 1.0 4p prata Gol G4 1.0 4P c/Dir prata Kombi passageiro teto alto branca Fox 1.0 4p c/Dir branco Honda Civic SI completo vermelho KA 1.0 imagem azul DH Ka GL 1.0 motor rocam prata Fiesta Hatch 1.0 completo vermelho/prata Focus hatch completo verde água F1000 pick-up preta Parati Cl 1.8 branco Parati 1.6 G4 completa -AR branca Santana 1.8 completo azul Palio Weekend 1.5 completa -AR Bordô Palio Fire 1.0 4p c/direção branco Palio Weekend Adventure completa prata Palio Weekend 1.5 Vermelha Palio Weekend 1.3 ELX completa prata Palio ELX 1.4 4P completo -ar prata Palio 1.6 2p completo -AR Kadett GL completo -AR cinza Kangoo passageiro prata Escort sw glx completa prata Gran Besta GS azul 16 lugares Saveiro G3 1.8 Comp -ar preta 02 veCtra GL CompLeto - ar branCo 98 Uno ex 1.0 4p Cinza GoL 1.0 doUrado 95 LoGUS GLi verde 95 Santana branCo 91 Santana qUantUm verde GaSoLina 88 GoL 1.6 ap branCo 88

98 96 96 05 94 04 01 10 01 03 94 97/98 11 05 99 05 00 99 03 00 04 06 00 05 08 99 06 03/08 01 91 95 07 00 97 03 06 97 03 08 96 95/96 04 97/98 R$ 35.000 r$ 16.900 r$ 14.900 r$ 10.500 r$ 8.900 r$ 8.900 r$ 4.900 r$ 4.900 r$ 4.900


Estamos recrutando divulgadores (as) para divulgação externa em Farroupilha. Remuneração compatível + vale transporte. Interessados entregar currículo pessoalmente na rua Cel. Pena de Moraes, 680 - Sala 2. Compro carros novos ou usados financiados ou não. Interessados Ligar (54) 9974.0749. VENDO TELHADO COMPLETO 9 x 22M com telha e madeiramento, R$ 7.200,00. Contato pelo fone (54) 9139.6003 (54) 9941.1196. Compro terreno de cooperativa, mesmo que esteja em atraso. Interessados ligar para (54) 9925.2068. Vendo Pólo Hatch 1.6 completo, prata, flex 2008, valor R$ 36.500,00. Interessados tratar pelo fone (54) 3268-6504. Assine o Jornal Informante e receba na comodidade da sua casa ou empresa o “Melhor Semanário do Rio Grande do Sul”. Economia, Cidade, Educação, Política, Segurança, Esporte, Cultura, Lazer, Saúde, Entretenimento, Classificados, Cadernos Especiais e tudo que um Jornal 100% colorido pode lhe oferecer. Ligue (54) 3401-3200 e assine.


Vende-se Pizzaria montada com clientela formada há 12 anos, localização priveligiada. Interessados ligar para o fone (54) 3268-1501.

SPORTAGE LX 2.0 142CV 2009 PRATA .................51.000,00 TOYOTA HILUX SW4 3.0 1998 VERDE .................38.000,00 MEGANE GRAND TOUR 2.0 2007 PRETA .............37.000,00 MITSUBISHI PAJERO TR4 2005 VERMELHO ......35.000,00 FORD FOCUS 1.6 FLEX 2008 PRATA ...................29.800,00

Compro terreno no Centro, bairro São Luiz ou proximidades. Pagamento à vista. Interessados ligar (54) 8419.3972.

MITSUBISHI PAJERO GLS V6 1999 BRANCA ......29.000,00 SAVEIRO SUPER SURF 2004 PRATA ....................24.500,00 FIAT SIENA 1.0 ELX FLEX 2006 PRATA ................21.800,00 GM S 10 DE LUXE 1998 PRATA .............................19.800,00 FORD MONDEO GUIA V 6 1999 AZUL ..................19.500,00 GM CELTA SPIRIT 2005 PRATA .............................18.000,00 HONDA CRF 450 X 2007 VERMELHA ...................18.000,00

Compro apto de 3 dormitórios, garagem, sacada e churrasqueira no Centro. Enviar características e fotos para factorysul@gmail.com.

FORD FIESTA 2003 PRATA ....................................18.000,00 FIAT UNO MILLE ECONOMY 2009 BRANCA ........18.000,00 VOLKSWAGEN GOLF GLX 2.0 MI 1997 PRETA ....16.800,00 GM CORSA SEDAN WIND 1.0 2001 CINZA ...........16.500,00 GM CORSA SUPER 1999 BRANCA ...................... 15.000,00 FORD FIESTA STREET 2005 BRANCA ................ 15.000,00 FIAT FIORINO IE 2001 BRANCA ........................... 14.800,00

Venha conhecer uma proposta inovadora de negócio que permite grande posssibilidade de ganhos e crescimento. Interessados ligar para (54) 9972.1315. Tratar com Elisete.

HONDA CBR 450 1992 AZUL ....................................... 9.800,00 YAMAHA VIRAGO XV 250 2000 PRATA ........................ 9.500,00 HONDA TWISTER CBX 250 2008 AMARELA ............... 8.000,00 HONDA TORNADO/XR 250 2002 AZUL ....................... 5.500,00 HONDA CG 150 TITAN ES 2008 CINZA ........................ 4.900,00 HONDA CG TITAN 150 ES 2008 VERMELHA ................ 4.800,00 HONDA BIZ 125 ES 2008 PRETA .................................. 4.500,00 KASINSKI CRUISE 125 2003 PRETA ............................ 4.500,00 YAMAHA XTZ 125 E 2005 BRANCA .............................. 4.500,00 YAMAHA YBR 125 2008 PRETA .................................... 4.300,00 YAMAHA YBR 125K 2007 VERMELHA ......................... 4.000,00 YAMAHA NEO 115 2008 AMARELA .............................. 3.900,00 SUNDOWN SUNDOWM STX 200 2008 PRETA ............. 3.800,00 YAMAHA YBR 125 2006 VERDE ................................... 3.800,00 YAMAHA YBR 125 K 2006 VERMELHA ........................ 3.700,00 HONDA CG 125 FAN 2007 PRETA ................................. 3.500,00 YAMAHA YAMAHA YBR 125K 2004 PRATA ................. 3.500,00 YAMAHA YBR 125 E 2005 VERMELHA ........................ 3.500,00 YAMAHA YBR 125 ED 2003 VERMELHA ...................... 3.500,00 YAMAHA YBR 125 ED 2004 PRETA .............................. 3.500,00 YAMAHA YBR/125 E 2004 ROXA ................................. 3.200,00 YAMAHA YAMAHA TDM 225 2001 PRATA .................. 3.000,00 SUNDOWN SUNDOWN WEB 100 2008 PRATA ........... 2.900,00 SUNDOWN WEB 100 2007 PRATA ............................... 2.900,00 SUNDOWN SUNDOWN MAX 125 SE 2007 PRATA ...... 2.800,00 YAMAHA YBR 125E 2003 BEGE .................................. 2.800,00 YAMAHA YBR 125E 2001 VERMELHA ........................ 2.800,00 HONDA XL 250 1985 PRETA ........................................ 2.700,00 SUNDOWN/HUNTER 125E 2007 VERMELHA .............. 2.300,00 HONDA CBX 150 AERO 1992 VERMELHA .................. 2.200,00 YAMAHA YBR 125K 2002 PRETA ................................ 1.200,00 HONDA CB 300R 2010 PRETA...................................Aconsultar

FORD KA GL 2003 BRANCA ................................. 14.500,00 GM VECTRA GLS 1996 BRANCA ......................... 12.500,00 FORD ESCORT GL 16V H 2000 BRANCA ............ 12.000,00 VOLKSWAGEN SANTANA GLS 1992 PRATA ....... 11.500,00 HONDA 150 TITAN KS 2008 CINZA ........................ 3.500,00 TRITON 3.2 D AUT. 2010 BRANCA .......................A consultar

GOLF SPORT 1.6 SUSPENÇÃO 2003 PRATA ........29.900,00 D-10 DIESEL RARIDADE 1982 BEGE ....................28.000,00 CORSA HATCH 1.0 2008 VERMELHO ....................23.900,00 GOL 1.0 TREND G4 RODAS 15 2008 PRETO .......22.900,00 GM CORSA SEDAN 1.0 RODAS 18 2001 AZUL ...20.900,00 PALIO CELEB COMPL 2008 BRANCO ...................20.900,00 FORD CORCEL 4 P 1969 VERDE ..........................18.000,00 FIAT VECTRA GLS 1998 CINZA .............................17.900,00 GM CORSA 4P+DH +IPVA 2001 PRATA ................16.900,00 GOLF GTI 1995 VERMELHO ....................................16.900,00 GOL GIII 1.0 8V 4 PORTAS 2001 PRATA ................15.900,00 GM CORSA SEDAN 1.0 2001 BRANCO ................14.900,00 FIAT PALIO WEEKWND 1.5 8V 1998 CINZA ..........14.500,00 SAVEIRO CLI 1.6 MI 1997 BRANCA .......................14.500,00 GOL GTS 1.8 RARIDADE 1993 PRATA ...................13.900,00 PALIO 1.6 16V NOVO 1997 VERMELHO ................13.900,00 VOYAGE TURBO *SEG DONO* 1984 BRANCO ....13.900,00 VOLKSWAGEN GOL CLI 1.8 1996 VERDE ............10.900,00 GM KADETT GL 1.8 RODAS 14 1996 BORDO ......10.900,00 GM KADETT IPANEMA GL 1996 BORDO ..............10.900,00 SANTANA GLSI 2000 1993 AZUL MET ....................10.900,00 GM KADETT GL 1.8 1995 BORDO ...........................9.900,00 GM VECTRA CD 2.0 REPASSE 1994 BRANCO ......9.900,00 FIAT TEMPRA 2.0 IMPECAVEL 1996 BORDO ........ 9.500,00 VOLKSWAGEN GOL GL 1.8 1992 AZUL ................. 8.500,00 FIAT UNO 1.5 IE 1993 PRATA ................................. 8.300,00 FUSCA 1300 RARIDADE 1979 AZUL ....................... 7.900,00 VOLKSWAGEN GOL CL 1.8 AP 1994 BRANCO ..... 7.900,00 KOMBI 9 LUGARES 1987 BRANCA .......................... 7.900,00 HONDA CBX 250 TWISTER 2008 AMARELO ......... 7.500,00 APOLLO GL 1.8 AP REPASSE 1990 BEGE ............. 3.900,00 TRCICLO BIZ C-100 C/PARTIDA 2002 PRETA ........ 3.500,00 FORD ESCORT GL 1.6 1989 CINZA ....................... 2.000,00 RODAS 15 ORIGINAL DA BMW 328I 1996 ............. 1.500,00 VESPA XP 200 1986 VERMELHA ................................ 650,00 FORD FORD/CARGO 1722 2008 PRATA ..............Aconsultar


Vende-se Camionete Peugeot 504D, 1995, LAO 8167, diesel, motor refeito, ótimo estado. Interessados ligar (54) 3268-2071. Vendo Mondeo CLX 1997 na cor prata. Super inteiro. Financiamos em até 36 vezes. Interessados ligar no fone (54) 3035-4445. Vendo Gol 1.0 8V, ano 2003. Placa ILH 1511 em bom estado. Ar quente, limpador traseiro, desembaçador, travas e alarme. IPVA 2012 pago. Valor R$ 19.000,00. Interessados ligar (54) 9156.1703, com Loureço. Vendo caminhão Ford, cargo 1521, ano 2003, acompanha baú de 9m, com chapa de ferro no assoalho, climatizador, marcha reduzida e direção hidráulica. IPVA PAGO. Interessados ligar (54) 3268-1062 ou (54) 9951.3583. Vendo Santana Exclusive, ano 97, na cor verde, completa e em ótimo estado. No valor de R$: 14.300,00, estudo troca. Interessados ligar para (54) 9955-2711


Vende-se CHEVETTE SLE 1989, cor VERDE, valor R$ 5.900,00. Fone (54) 3268-1825. Vende-se FIESTA 1.0 4P, COMPLETO, GASOLINA, 2003, PRATA, valor R$ 22.500,00. Fone (54) 32686504. Vende-se NISSAN FRONTIER SEL, 4X4, 2008, PRETO, valor a consultar. Fone (54) 3268-6504. Vende-se GOLF, 1.6, GASOLINA, 2001, DOURADO. Valor R$ 25.000,00. Fone: (54) 3268-6504. Vendo Corsa 98 sedan, branco, 2째 dono, seguro pago/IPVA. Interessados ligar no fone 9164.5513, com Zucco. Vendo S10, cabine dupla 4x4, completa a diesel, 2004, R$ 51.000,00. Interessados tratar pelo fone (54) 2628-2867. Vendo Saveiro, ano 2010 GS, C/S, na cor preta. No valor de R$: 32.500,00, estudo troca. Interessados ligar para (54) 9955-2711. Vendo Gol 1.0, ano 2007, 8 V, com ar quente, na cor branca. No valor de R$: 16.500,00, estudo troca. Interessados ligar para (54) 99552711.


Vende-se apto no Residencial Farroupilha com 2 quartos, sala, cozinha, área de serviços e banheiro. Vaga de estacionamento. Interessados ligar (54) 9902.7508. Vendo excelente terreno em Canto da Praia, Itapema/SC, com maravilhosa vista para toda Itapema e Meia Praia, com 376,58m² e viabilidade para construção de térreo mais 2 pavimentos. Aceito terreno em Farroupilha como parte do pgto. R$ 250.000,00. Direito com proprietário. F: (54) 9978.7647. Barbada! Vende-se chácara de 27000m², na Vila Jansen. Estrada principal, com água e luz. Ao lado do loteamento Mangoni. Interessados ligar (54) 9972.0841. Alugo apto de 3 domitórios, 1 com suíte, banheiro social, sala, com 2 ambientes, cozinha, área de serviços, com churrasqueira, garagem e elevador no centro da cidade. R$ 950,00. Interessados ligar (54) 9170.4329 ou 3261-2525.


www.jornalinformante.com.br

JORNAL

INFORMANTE

7ª Festa do Vinho Novo

COMPROMISSO COM A CIDADE

Eloíse Arman, Suélen Colombo, Leonora Perotti Frizzo e Natielen Chiappin Tegner recepcionam os visitantes da 7ª edição da Festa a partir desta sexta até o próximo dia 15

Opinião

Soberanas reforçam o convite para participação no tradicional evento Páginas 2 e 3

Projeção

Presidente Felipe Slomp Giron espera mais de 100 mil visitantes em Forqueta Páginas 4 e 5

Programação

Confira toda as atrações previstas para a nova edição da Festa do Vinho Novo Páginas 6 e 7

Bastidores

O apoio da prefeitura de Caxias do Sul e a campanha feita pela Ditta Pubblicità Páginas 8 e 9

Comunidade

A preparação e o envolvimento das localidades nos Desfiles Temáticos Páginas 10 e 11

29 de junho de 2012 Amanda Vanazzi

Um brinde ao Vinho Novo

Parte integrante da Edição 229 do Jornal Informante. Não pode ser vendido separadamente


Editorial

opinião

Raízes Festa do Vinho Novo, a preservadas celebração de uma história Festas que valorizam a história e tem seu foco voltado à preservação das raízes são raras. Na cidade, temos o Encontro das Tradições Italianas (Entrai), que acontece em Nova Milano, Berço da Imigração Italiana no Rio Grande do Sul. Outra comunidade fortemente identificada com a cultura da terra é Forqueta que tem, na Festa do Vinho Novo, o exemplo mais representativo desse respeito ao passado. Nesta sexta, a 7ª edição do evento tem início. Ele preserva suas raízes em diversas frentes. A escolha das soberanas, por exemplo, é feita entre jovens que residem em Forqueta ou em uma das 14 localidades que pertencem à paróquia, divisão religiosa feita no passado que segue preservada. Os presidentes do evento assumem a posição por terem uma ligação histórica com a festa. O atual, Felipe Slomp Giron, tem a palavra Forqueta em seu endereço de e-mail. Isso sem falar na participação comunitária, base para o sucesso da Festa do Vinho Novo, presente no trabalho voluntário feito nos bastidores e na preparação dos Desfiles Temáticos, um dos pontos altos do tradicional evento forquetense, que celebra, neste ano, mais de uma década. São inúmeras ações isoladas mas que, ao terem um propósito comum, auxiliam na criação de uma identidade particular e que ajuda, não somente a manter, como a perpetuar um legado. Um pouco disso está presente neste Caderno. Assim como já havia ocorrido em 2010, o Jornal Informante preparou um material especial para a Festa do Vinho Novo. Ele começa ao lado, com artigo e matéria com as soberanas, passa pela preparação e entrevista com o presidente, programação, apoio da prefeitura de Caxias do Sul e campanha feita pela Ditta Pubblicità e é encerrado com os desfiles. É apenas um resumo do que você pode conferir em Forqueta a partir deste final de semana. Até o dia 15, como diz o lema da festividade, a comunidade vizinha recebe os visitantes com muitos “vinhos para brindar e histórias para emocionar”.

Suélen Colombo, Leonara Perotti Frizzo, Eloíse Arman e Natielen Chiappin Tegner * Muitas ideias surgiram ao longo de anos, mas nada havia se concretizado, surgiu então, em 2001, a Festa do Vinho Novo! Foi a partir de uma ideia do pároco da época, padre Darci Bortolini, um visionário nato. Juntamente com o apoio de líderes da comunidade, conseguiu unir e preservar os valores herdados dos nossos antepassados. Os idealizadores visavam promover Forqueta e os pequenos produtores das comunidades e, mais do que tudo isso, valorizar e divulgar nossa identidade cultural e o nosso produto maior: o vinho. Por meio de um costume cultural universal, a bênção da colheita e dos produtos, a Festa do Vinho Novo celebra as conquistas, o resultado do trabalho e a união da comunidade. Para muitos visitantes, a Festa do Vinho Novo proporciona conhecer a cultura da imigração italiana, seus costumes, fé, trabalho e suas características. Para nós, moradores de Forqueta, a festa é um momento de recordar suas raízes e se orgulhar do seu trabalho. A comunidade trabalha unida para que todos se sintam acolhidos. Forqueta é composta por 14 capelas e são estas que fazem a festa acontecer de verdade. Sem o apoio e a dedicação destas pessoas, certamente a Festa do Vinho Novo não teria a mesma proporção e seu sucesso seria conquistado lentamente. Hoje temos uma festa consolidada e reconhecida. Nos orgulha saber que Forqueta é a maior produtora de uvas e vinhos da região de Caxias do Sul e que sedia a segunda maior festa do município. Nesta 7ª edição, completando 10 anos de festa com o tema “Vinhos para brindar, histórias para emocionar”, homenageamos o trabalho e a dedicação de toda a comunidade. Além, é claro, de enfatizar o nosso produto maior, o vinho. Hoje os nossos produtores so-

frem grandes problemas quanto à produção e venda de seus produtos. Este está cada vez mais desvalorizado e a Festa vem com esse intuito: proporcionar ao produtor meios de auxiliar sua viabilização econômica. Além das diversas variedades de vinho, nossos visitantes poderão desfrutar de uma farta gastronomia, shows, desfiles temáticos e a visitação da feira agroindustrial. Este ano, a festa traz novidades, como a entrada gratuita às exposições, apenas pedimos a colaboração de todos para que tragam um quilo de alimento não perecível, que será doado a duas entidades beneficentes: Lar da Velhice São Francisco de Assis e o Resgate de Misericórdia. Mais novidades são o 1º Festival de Teatro, o 1º Festival de Danças Folclóricas e a 1ª Mostra Fotográfica, que conta com os fotógrafos Joelson Goulart, Daniela De Rocco e Sedenir Taufer. Representar a Festa do Vinho Novo 2012 é muito mais do que possuir o título de rainha, princesa ou campanhola, é a oportunidade que temos de representar uma comunidade que se caracteriza pelo trabalho, pela simplicidade e pelo acolhimento. É uma forma de divulgar e valorizar nossas riquezas: a cultura, o turismo, a gastronomia e os vinhos. É um desafio e um grande orgulho podermos contribuir para a história de Forqueta e da Festa do Vinho Novo. Agradecemos a todos que colaboraram para o crescimento e o reconhecimento desta festa durante seus 10 anos, graças a estas pessoas que hoje realizamos a 7ª edição. E de forma especial, agradecemos ao Jornal Informante por nos dar esta oportunidade de expressar nossos sentimentos e deixamos aqui o convite a todos, para que participem conosco da Festa do Vinho Novo 2012, de 30 de junho a 15 de julho, em Forqueta. Aguardamos vocês, um abraço! * Rainha, princesas e campanhola da 7ª edição da Festa do Vinho Novo

C

Ariel

A

religio mas Vinho restri tão f regiã event uma Qu diu a filho, estud sino S solve intere do Va uma atraç “In tema dele, como

Pr senvo da e ao im brinc Está como brasi Ariels um b do S ser co


erra Daniela De Rocco

idade

Na visita à Redação do Jornal Informante, rainha e princesas da 7ª Festa do Vinho Novo revelaram que desejo de integrar a corte remete à infância

O

envolvimento comunitário da Festa do Vinho Novo é tanto que a maioria das jovens que reside em Forqueta e arredores partilha de um desejo comum: integrar a corte do tradicional evento. Com a rainha Suélen Colombo e as princesas Eloíse Arman e Leonara Perotti Frizzo não foi diferente, como revelaram em visita à Redação do Jornal Informante, sexta passada. “É um orgulho representar a Festa que vimos crescer e aprendemos a respeitar e amar. É uma forma de valorizarmos nossa história e a comunidade”, ressalta Suélen que, ainda criança, lembra da sua participação na 1ª edição do evento, em 2001, quando auxiliou na distribuição do material publicitário. O contato das princesas também vem de longa data e a sensação é de realização de um sonho. “Toda menina, quando vê uma rainha ou princesa, tem o desejo de um dia integrar uma corte. É um sonho que virou realidade e temos que aproveitá-lo da melhor forma. Estamos tra-

balhando para que tudo dê certo e o evento seja um sucesso”, ressaltou Leonora, comentando que suas expectativas, em relação à Festa do Vinho Novo, estão sendo superadas. “Os visitantes podem esperar animação, alegria, cultura, gastronomia e muitas novidades. Enfim, um momento para se divertir. É gratificante poder representar o evento e ser recebida por todos, de crianças a idosos. Nosso desejo é que a Festa comece logo”, salientou Eloíse. Tanto ela como suas colegas de reinado podem ficar sossegadas. Restam poucas horas para a 7ª edição da celebração. Eloíse, Suélen e Leonora: trio eleito em novembro de 2011 visitou Redação na última sexta e trabalhou intensamente na divulgação da 7ª Festa do Vinho Novo nas semanas que antecederam o evento

Ramon Cardoso

O sonho de Suélen, Eloíse e Leonora

o


À espera de 100 mil visitantes Entrada franca e novidades na programação são apostas da comissão organizadora para quebra do recorde de público na Festa do Vinho Novo

Fotos: Valéria Vettorazzi

P

A

partir desta sexta, a 7ª edição da Festa do Vinho Novo tem início, com a solenidade de abertura oficial dos festejos que se estendem até o dia 15, sempre nos finais de semana. As novidades implementadas neste ano elevam a expectativa de público da comissão organizadora para mais de 100 mil pessoas. O evento não terá cobrança de ingresso, apenas a solicitação de doação de um quilo de alimento não perecível, que será revertido para entidades beneficentes. O fato, por si só, deve gerar um incremento expressivo de público, mas a incorporação de atrações artísticas e culturais à programação também é uma das apostas dos organizadores para o aumento dos visitantes (confira atrações nas páginas centrais).

Quase tudo pronto: estrutura recebia ajustes finais na quinta à tarde

Benvenuti: entrada principal para o evento está devidamente adornada

O apelo, contudo, vai muito além da gratuidade ou das inovações desta edição. Celebrando mais de uma década, a Festa do Vinho Novo promove um resgate histórico dos eventos passados e tem uma temática oportuna para o momento:

A

“Vinhos para Brindar, Histórias para Emocionar”. Enfim, não faltam motivos para uma visita a Forqueta nos próximos três finais de semana. Uma festa que, a cada nova edição, sedimenta ainda mais a identidade comum da Serra. O Museu da Uva e do Vinho é uma das atrações: cultura preservada

cia da camp event come a prod riais tema Comu Novo, histór há ma Du public à me iam a grama ediçã riais p gundo Ditta, entre sua e envol agênc


De ideólogo a presidente Envolvido com a Festa do Vinho Novo quando ela ainda era apenas um projeto, Felipe Slomp Giron projeta 7ª edição com recorde de visitantes

stória Luiz Chaves

terra

pelo az em Festa ão da es Vissim, entos rio de

Ramon Cardoso

F

oi em 2000, juntamente com o padre Darci Bortolini, que Felipe Slomp Giron idealizou um evento que se tornou um dos exemplos mais bem acabados de festa comunitária. Em 2001, surgia a Festa do Vinho Novo. Felipe foi vice-presidente das duas primeiras edições e coordenador na terceira, mas em todas esteve envolvido. Ou seja, assumir a presidência era uma situação natural. Para a festa, que tem abertura oficial nesta sexta e se estende pelos próximos três finais de semana, a comissão organizadora espera um público de 100 mil visitantes. Diferente de edições anteriores, não há cobrança de ingresso, apenas a solicitação para doação de um quilo de alimento não perecível, o que deve aumentar a visitação. Abaixo, Felipe fala um pouco mais sobre o evento, desde o convite para assumir a presidência até as novidades da edição deste ano. Jornal Informante: Como surgiu o convite para presidir a Festa? Felipe Slomp Giron: Na verdade não foi um convite, mas uma indicação traduzida na vontade declarada de fazer com que Forqueta fosse reconhecida por sua cultura. Fiquei muito orgulhoso por ter essa

À frente do evento: Felipe preside atração que inicia nesta sexta e movimenta Forqueta até o próximo dia 15

possibilidade. É uma forma de me dedicar ainda mais à comunidade. E é justamente a dedicação de todos que faz a Festa ser o que é hoje. Informante: Como é presidir um evento que, se não é o único, é um dos poucos e raros que envolve de forma tão intensa a preservação da cultura e da história e a participação comunitária? Felipe: É motivo de satisfa-

ção. Um momento em que se consegue juntar a teoria e a prática. A mobilização das localidades tem sido muito boa desde a época em que a diretoria foi escolhida. Ela só aumentou a cada novo evento que antecedeu a Festa. Informante: Quais são as novidades para a edição deste ano? Felipe: A principal é a entrada, que é franca. Contudo, soli-

citamos a doação de um quilo de alimento não perecível, que será doado para dois locais: o Lar da Velhice São Francisco de Assis e a Casa Resgate da Misericórdia. Na parte gastro-

Serviço

nômica teremos o Colacion (a primeira refeição do dia do colono italiano, feita após o início do trabalho no campo, um café da manhã reforçado) onde se paga um ingresso e há culinária típica e vinho à vontade. Também teremos um restaurante servindo comida típica da região, além do pão colonial feito na hora, bem como a polenta, seja ela brustolada, frita ou mole. Na parte cultural, contaremos com o 1º Festival de Dança e o 1º Festival de Teatro. Informante: Por fim, presidente, faça um convite aos farroupilhenses. Felipe: Forqueta é dividida em 14 capelas e quatro delas fazem parte de Farroupilha. A festa não é só de Caxias do Sul, mas sim dos dois municípios, que têm a mesma história alicerçada nos três pilares fundamentais que sedimentaram estas duas comunidades: a fé, a família e o trabalho. Caros amigos farroupilhenses, contamos com vocês em nosso evento. Venham se divertir e lembrar o passado.

O que: 7ª Festa do Vinho Novo Quando: de sábado até o próximo dia 15, nos finais de semana Onde: Forqueta Quanto: entrada franca, com solicitação de doação de um quilo de alimento não perecível (venda junto à entrada do evento)


Aproveite todas as atrações

A Festa do Vinho Novo, na verdade, já começou. Na quinta pela manhã ocorreu o seminário “Viabilidade Econômica da que a 7ª edição da celebração tem início com a solenidade oficial e, a par tir deste sábado, com a aber tura para o pú Primeiro final de semana Sábado Palco Principal 10h: Abertura das Exposições 11h30min: Grupo Coração Italiano 12h30min: Due Amicci 14h: Grupo Irmãos Ramos 16h30min: Grupo de Danças Famiglia Trentina 17h: Grupo de Filó Felice Personne 18h30min: Pertille – Il talian messaggero della felicita 20h: Tenor Giovanni Marquezeli 22h: Encerramento das Exposições Palco Alternativo 14h: Fábio Soares (nativista) 15h30min: Anderson Oliveira e Tatiele Bueno (tradicionalista) 17h: Hellhunter (heavy metal) 18h30min: Os Pilantras (pop rock acústico) 20h: Malucos Mimordão (pop rock) Coreto 14h30min: Patrícia Viana 16h: Grupo Coração Italiano 17h30min: Due Amicci 19h: Coral São Carlos 20h: Grupo de Filó Felice Personne

Domingo Palco Principal 8h30min: 1ª Trilha do Vinho 10h: Abertura das Exposições 11h: Grupo Coração Italiano 12h: Coral Big Encanto 13h: Elvio Pizzi e Grupo 14h45min: Desfile Temático 16h30min: Dança Folclórica Famiglia Trentina 17h30min: Orquestra de Sopros de Caxias do Sul 18h30min: Dança Folclórica Italiana Fare Amicci 19h30min: Tenor Dirceu Pastori 21h: Encerramento das Exposições Palco Alternativo 14h: Zé da Mata e Alcides Machado (sertanejo) 16h: Grupo Irmãos Ramos (gaúcha) 17h30min: Mentes Poluídas (rock) 19h: Lacross (pop rock) Coreto 14h: Coro Infanto Juvenil do Programa Florescer 16h: Grupo Coração Italiano 17h30min: Grupo de Filó Felice Personne 18h30min: Coral São Carlos 20h: Elvio Pizzi e Grupo

Segundo final de semana Sábado, dia 7 Palco Principal 10h: Abertura das Exposições 11h30min: Due Amicci 12h30min: Coral Anima D’Itália 14h: Grupo da Amizade 15h30min: Elvio Pizzi e Grupo 16h30min: Grupo Irmãos Ramos 19h: Grupo de Filó Felice Personne 20h: Valmor Marasca 20h30min: 24ª Noite Italiana (ingressos pelo 3206-1055) 22h: Encerramento das Exposições Palco Alternativo 14h: Grupo Canteriando (nativista) 15h30min: C3PO (rock) 17h: Banda Azul de Metileno (rock) 18h30min: Banda Mindgarden (rock) 20h: Os Retocáveis (rock) Coreto 14h30min: Coral Anima D’Itália 16h: Grupo da Amizade 17h30min: Due Amicci 19h: Grupo Coração Italiano 20h: Grupo de Filó Felice Personne


da 7ª Festa do Vinho Novo

a Produção de Uvas Americanas”, no Salão Paroquial de Forqueta, mas é a par tir desta sexta à noite, no mesmo local, úblico. Confira as muitas atrações que devem agitar a localidade caxiense durante os próximos três finais de semana Domingo, dia 8 Palco Principal 9h: Missa Italiana 9h: Encontro de Carros Antigos 10h: Abertura das Exposições 11h30min: Coral Stella Alpina 12h30min: Due Amicci 13h30min: Grupo da Amizade 14h45min: Desfile Temático 16h30min: Grupo de Filó Felice Personne 18h: Inês Rizzardo 19h30min: Ragazzi dei Monti 21h: Encerramento das Exposições Palco Alternativo 14h: Zé da Mata e Alcides Machado (sertanejo) 16h: Grupo Irmãos Ramos (gaúcha) 17h30min: Banda Álgida (rock alternativo) 19h: Os Pilantras (pop rock acústico) Coreto 14h: Coral Stella Alpina 16h: Grupo da Amizade 17h30min: Grupo Coração Italiano 18h30min: Grupo de Filó Felice Personne 19h30min: Due Amicci

Terceiro final de semana Sábado, dia 14 Palco Principal 10h: Abertura das Exposições 11h30min: Grupo Coração Italiano 12h30min: Due Amicci 13h30min: Coral Stella Alpina 14h30min: Grupo de Filó Felice Personne 16h: Dança Folclórica Famiglia Trentina 16h30min: Banda Municipal Cinquentenário 18h: Italianíssimo 19h30min: Lilian e Carina 20h30min: Zo Scarpon 22h: Encerramento das Exposições Palco Alternativo 14h: Tom Pastel (rock) 15h30min: Red Light Rock (rock) 17h: Murdera (rock) 18h30min: Banda Grandfúria (rock) 20h: Lacross (pop rock) Coreto 14h30min: Due Amicci 16h: Coral Stella Alpina 17h30min: Grupo Coração Italiano 18h30min: Coral Adulto da Unimed 19h30min: Coral São Carlos

Domingo, dia 15 Palco Principal 10h: Abertura das Exposições 11h: Grupo Coração Italiano 12h: Everson Casagrande 13h: Olimpíadas Coloniais 13h: Grupo da Amizade 14h45min: Desfile Temático 16h30min: Grupo Felicità 17h30min: Banda São Pedro 18h30min: Grupo de Danças Caminho de Pedras 19h30min: Encerramento da Festa do Vinho Novo 20h: Grupo de Filó Felice Personne Palco Alternativo 14h: Zé da Mata e Alcides Machado (sertanejo) 16h: Malucos Mimordão (pop rock) 17h: Rutera (reggae) 18h: Os Retocáveis (rock) Coreto 14h: Grupo Coração Italiano 16h: Grupo da Amizade 17h30min: Everson Casagrande 18h30min: Elvio Pizzi e Grupo

Atividades paralelas Durante todo o evento 1ª Mostra Fotográfica da Festa do Vinho Novo de Forqueta, com os fotógrafos Sedenir Taufer, Joelson Goulart e Daniela De Rocco Sábado e domingo, dias 7 e 8 Espetáculo Vida Sempre: A Cultura Roda nas Estradas

Ponto de Cultura Costurando Sonhos 1º Festival de Danças de Forqueta (sexta, dia 6) 18h30min: Grupo Famiglia Trentina 19h30min: Grupo I Piccini di Milano 20h30min: Grupo da Associação Cultural Germânica de Caxias do Sul “Alles Gut” 21h30min: Escola de Flamenco La Cueva

Ponto de Cultura Costurando Sonhos 1º Festival de Teatro de Forqueta Dias 11 a 13, às 19h30min Quarta, dia 11: Memórias de uma Solteirona Quinta, dia 12: Felinícias Sexta, dia 13: Romeu & Julieta


Prefeitura de Caxias do Sul, apoio certo e indispensável

E

F

Executivo caxiense é um parceiro fundamental da Festa do Vinho Novo e, ao respaldar a atividade, reforça seu compromisso em preservar a própria história or mais importante que seja, uma celebração como a Festa do Vinho Novo não se faz somente com participação comunitária. Claro que esse resgate histórico é alicerçado no envolvimento das localidades, mas o respaldo do poder público também é imprescindível para o êxito do evento. A prefeitura de Caxias do Sul sempre foi uma parceira vital para que a festa alcançasse seus objetivos e neste ano não foi diferente. O Executivo caxiense novamente apoiou a iniciativa de diversas formas e tem uma participação decisiva na consolidação da Festa do Vinho Novo como uma das mais representativas do Estado em termos de representação cultural. Abaixo, o prefeito José Ivo Sartori, o secretário de Cultura e Turismo João Tonus e o subprefeito de Forqueta Orlando Rizzi falam um pouco sobre a nova edição do evento. Envolvidos diretamente com a Festa do Vinho Novo, o trio ressalta a importância da preservação da história e de um traço de identidade comum de toda a Serra Gaúcha.

Luiz Chaves

P

O trio Tonus, Sartori e Rizzi: auxílio e carinho especial por uma celebração que preserva e resgata as tradições da terra

“A Festa do Vinho Novo muito nos orgulha, por ser fruto do trabalho, da história e da cultura da comunidade do interior de Caxias do Sul. Ela acontece na região da nossa querida Forqueta, lugar onde Cultura e Turismo andam juntos, seja por sua gente hospitaleira e farta gastronomia, seja pelo Ponto de Cultura Costurando Sonhos ou pela beleza de sua Rainha e Princesas. A Festa do Vinho Novo resgata a identidade da nossa gente e mostra o que nosso povo tem de melhor”, José Ivo Sartori, prefeito de Caxias do Sul

“Ao chegar à 7ª edição da Festa do Vinho Novo é muito importante ressaltar que Forqueta é a maior produtora de uva de Caxias do Sul, e um dos resultados disso é a produção do vinho. Por isso, a cada dois anos acontece a Festa do Vinho, que representa não só Forqueta e as 14 comunidades que a compõem, mas também Caxias do Sul e Farroupilha, pelo ponto em que o distrito está localizado”, Orlando Rizzi, subprefeito de Forqueta

“A Festa do Vinho Novo se destaca pelo importante contexto que Caxias do Sul faz em promoção da uva e do vinho. Depois da Festa da Uva esta é a segunda maior celebração da cidade, seguida pelo Concurso dos Melhores Vinhos e Semana do Vinho, tornando-se, assim, um marco consagrado nessa série de eventos específicos da área”, João Tonus, secretário de Cultura e Turismo

ni, qu lizou um d acaba ria. Em Vinho siden ções mas e Ou se era um Pa tura esten finais organ de 10 de ed cobra a sol um q recíve a visi um p desde presid ediçã Jo surgiu a Fes Fe verda mas na vo com nheci muito


s

Ditta, a parceira de sempre

ttorazzi

rvada

P

ela 5ª edição consecutiva, a Ditta Pubblicità é a agência da Festa do Vinho Novo. A campanha publicitária para o evento que inicia nesta sexta começou no final de 2011, com a produção dos primeiros materiais de divulgação a partir do tema definido pela Comissão Comunitária da Festa do Vinho Novo, que propôs o resgate da história da celebração, iniciada há mais de uma década. Durante o ano, outras peças publicitárias foram produzidas, à medida que novas definições iam acontecendo, como a programação e as atrações da 7ª edição. Um dos últimos materiais produzidos foi o vídeo. Segundo Rony Lemos, diretor da Ditta, foram cerca de 20 dias entre a concepção do roteiro até sua execução. Um trabalho que envolveu praticamente toda a agência, além de equipes con-

Fotos: Ditta Pubblicità

tarde

Agência trabalha com a Festa do Vinho Novo desde a 3ª edição, em 2004, e foi responsável pela produção da campanha publicitária do evento

Laura Colombo e Luigi Bampi estrelam VT oficial, que teve a comunidade de São Roque como locação: igreja da localidade foi um dos cenários

tratadas para suporte de produção de áudio e vídeo. Mais de 20 profissionais estiveram envolvidos na atividade. O número aumenta se for levado em conta os moradores

das comunidades que compõem Forqueta, que participaram das gravações, em especial a localidade de São Roque, que serviu de locação para as filmagens. Para Lemos, o propósito

de resgate histórico foi plenamente contemplado no vídeo. “O enredo do filme fala disso. Um avô recorda de sua infância ao lado do pai na produção do vinho. Ele revive suas lembranças

ao levar a própria neta para buscar o vinho novo que será servido em um grande filó”, explica o publicitário. Confira VT oficial e making of das gravações no site www.festadovinhonovo.com.br.


O

Base do envolvimento comunitário Desfiles Temáticos, uma tradição desde a 1ª edição da Festa do Vinho Novo, mobiliza comunidades e mostra um traço de herança comum da Serra os anos em que ocorre a Festa do Vinho Novo, os meses que antecedem o evento são de intensa mobilização em Forqueta e nas 14 comunidades que pertencem à paróquia. As localidades se envolvem de muitas formas com a festa, porém, nenhuma atividade exige uma participação tão efetiva quanto à preparação para os Desfiles Temáticos. Assim como a campanha publicitária, o desfile é baseado na temática da 7ª edição, ou seja, “Vinhos para Brindar, Histórias para Emocionar”, alusivo aos mais de 10 anos de celebração do Vinho Novo. Coordenadora da atividade desde a 1ª edição, em 2001, Jacira Dulce Onsi tem trabalhado de forma intensa para abordar o tema de forma apropriada e mostrar a trajetória cultural da região. “Contaremos, através da originalidade apresentada pelas comunidades, a história da nossa gente e o empenho para a manutenção de nossa identidade cultural. Elementos como a chegada dos primeiros imigrantes a uma terra íngreme, as primeiras conquistas, a religiosidade, os encontros festivos, a solidariedade e a hospitalidade estarão

presentes”, adianta Jacira. A atração inicia com as histórias para emocionar, que tem o objetivo de promover um resgate do passado e segue com os vinhos para brindar, onde a culinária e a gastronomia típicas são destaque. A atividade é finalizada com o apogeu econômico de Forqueta e localidades vizinhas. Uma década da festa também será lembrada com a presença, além da corte atual, de rainhas, princesas e campanholas de edições passadas. “Outro apelo histórico importante é o gastronômico. As comunidades, além do vinho, distribuem aos visitantes grostolis, pães, polenta brustolada com queijo, pinhão e pão com figada e uvada durante todo o trajeto, mostrando um pouco de nossos costumes e hospitalidade”, observa Jacira. A temática geral foi dividida em diversos aspectos, trabalhados de forma isolada pelas comunidades. Bacharel em Letras e nascida na comunidade de São Vigílio da 2ª Légua, a coordenadora ressaltou que o desfile foi planejado no início do ano e passou a ter suas ações intensificadas com as comunidades a partir de abril.

Daniela De Rocco

N

O

Ode ao vinho novo: bebida que dá nome à festa é sempre um destaque na tradicional atividade

As localidades

Forqueta (sede) Menino Deus Nossa Senhora da Salete Nossa Senhora das Graças Nossa Senhora do Loreto Resgate de Misericórdia Santo Antônio do Cerro da Glória

Santos Anjos São Cristóvão São José da Linha Feijó São João São Martinho São Roque São Valentim São Vigílio

e N reside sejo c to. Co Eloíse ferent Jorna “É mos c É uma comu ça, le event ção d cesas é de r “T prince corte. que a


a

cresseus mos a Jornal essar odos, Novo a.

Arielson Colombo aborda a temática desde 2004 e seus personagens, tradicionais do Vale Trentino, são presença indispensável nos Desfiles Temáticos

A

dificuldade na chegada dos primeiros imigrantes, o trabalho, a religiosidade, a gastronomia são temas comuns nos desfiles da Festa do Vinho Novo, mas a tradição não fica restrita aos costumes básicos que estão fortemente ligados à história da região. Desde 2004, na 3ª edição do evento, o folclore passou a representar uma temática diferente. Quando Ari Antônio Colombo presidiu a comunidade de Santos Anjos, seu filho, Arielson Colombo, à época um estudante de Turismo do Centro de Ensino Superior de Farroupilha (CESF), resolveu inovar e aliar o conhecimento ao interesse que possuía sobre o folclore do Vale Trentino, incorporando-o como uma nova frente de ação na grande atração da festa forquetense. “Iniciei com o Sanguanel, que até foi tema da minha monografia e, a partir dele, desenvolvei novos personagens, como o casal Salvão e Bergostana, e

Arielson: trabalho consolidado com o folclore e resgate de um passado mergulhado no ostracismo

o Bilmón, um sábio andarilho que será introduzido neste ano, todos típicos do folclore do Vale Trentino”, ressaltou Arielson (veja mais abaixo), comentan-

do que essa cultura era muito forte com os primeiros imigrantes e se perdeu ao longo dos anos. Ou seja, a ideia central é de resgate, que tem muito a ver com

a temática da 7ª edição. Arielson, além de ser bacharel em Turismo, conta com uma especialização em Gestão de Patrimônio Cultural e trabalha como mediador cultural no Museu Bruno Segalla. Na confecção das máscaras e demais adornos para o desfile, ele conta com o auxílio do artista plástico Gélson Soares, de São Marcos, e há cerca de dois meses utiliza suas horas de folga para aprofundar a pesquisa e preparar a parte folclórica do desfile, mais cênica que as demais. “O pessoal está mais acostumado com o cotidiano retratado, como culinária, religião, trabalho. Claro que não é muito fácil trabalhar com folclore, mas aos poucos, com uma base teórica, é possível demonstrar a importância do tema e a comunidade foi bem receptiva aos personagens”, revelou Arielson, que ultima detalhes para levar o folclore trentino para os desfiles dominicais. Fotos: Ramon Cardoso

venda valoriar ao mica. ossos tronofeira como mos a de alidades sis e o º Fescas e grafos fer. muito sa ou esenbalho, ma de o tue um ria de

Culinária, fé, trabalho e... folclore

Sanguanel

Primeiro personagem desenvolvido para o desfile, ainda em 2004. Ele é voltado ao imaginário infantil e adora brincadeiras e travessuras. Está para o folclore trentino como o Saci Pererê para o brasileiro. Fascinado por ele, Arielson desenvolveu inclusive um blog, o “Quem tem medo do Sanguanel?”, onde pode ser conhecida sua história.

Salvão

Bergostana

Bilmón

Casado com Bergostana é Novo integrante da turma, é Esposa de Salvão é consideum caçador com muitas habili- rada uma bruxa do bem, com um senhor andarilho, muito sádades, que passou a fazer parte amplos conhecimentos em er- bio e sempre pronto a fornecer do desfile na edição passada. bons conselhos. vas medicinais.


U V

E eN 7ª ed

Opin

Sob par

Proje

Pre mai

Prog

Con a no

Bast

O ap ea

Com

Ap loc


Edição 229 do Jornal Informante