Page 1

A G RU PA M E N TO D E E SC OL A S D E P E NA F IE L S U DE ST E

G A Z ETA D O E ST U DA N T E

Janeiro de 2013 A no I V

N úm e r o 1

EDITORI AL NESTA EDIÇÃO:

Entrevista com...

1

Assinatura dos protocolos dos planos de transição para a vida ativa

4

Manifesto para a Biblioteca Escolar

5

Plano Nacional de Leitura

8

S. Martinho

10

Concurso de abóboras de Halloween

12

Feira do Livro

13

Clubes Escolares

14

Visitas de estudo

16

Parlamento dos Jovens

21

O Natal na escola

22

Diverte-te Connosco

24

A tua escola tem muito para te oferecer: • Participa mais ativamente e vive a tua escola; • Inscreve-te nos clubes e projetos em funcionamento; • Participa nas atividades que os teus professores te vão sugerindo; • Interessa-te por tudo o que se passa à tua volta; • A escola é tua!

Agora que se aproxima esta breve pausa da quadra natalícia, em nome pessoal e em nome da direcção do agrupamento, desejo a todos boas festas, saudando por este meio toda a comunidade escolar. Refletindo sobre o momento, é num período globalmente difícil da nossa comunidade que se confronta diariamente com situações sociais e económica adversas que a união, a solidariedade e a cooperação institucionais vão cumprindo as suas missões e ajudando as várias iniciativas e ações educativas previstas no nosso plano anual de atividades, tais como aquelas que complementam o nosso currículo local que visam o alargamento de conhecimentos, de experiências e de expectativas. Deste modo, para o presente ano, para além de perspetivarmos visitas de estudo ao estrangeiro, a Paris, a Bruxelas e aos Açores aos nossos alunos do 4º, 8º e 9º anos de escolaridade, também promovemos e alargamos o número de ações do projeto solidário «De Mãos Dadas», o qual tem sido apoiado regular e entusiasticamente por todos os membros da comunidade escolar que tem depositado e confiado os seus donativos e bens alimentares, distribuindo-os com equidade e justiça aos alunos e famílias mais carenciadas. Assim, numa lógica de promoção da fraternidade, para que continuemos a dar resposta às necessidades que nos são colocadas diariamente, estamos muito gratos às instituições, de natureza cultural ou social, do nosso território educativo, destacando positivamente

o envolvimento e as respostas das juntas de freguesia de Cabeça Santa, Rio de Moinhos, Boelhe, Peroselo, Luzim, Vila Cova e Abragão. Deste modo e cada vez mais próximos pela interação comunicativa e no âmbito do plano tecnológico do agrupamento, apresentamos recentemente uma nova página web com o seguinte endereço: http://agpenafielsudeste.ccems.pt, sendo a mesma um instrumento fundamental, o qual trará com certeza mais informação geral sobre a oferta educativa (Cursos de Educação e Formação de Jovens), os documentos estruturantes, as turmas, os resultados escolares ao longo do ano, a informação do GIAE on-line para que os encarregados de educação consultem os movimentos dos cartões magnéticos dos alunos, entre outras funções similares. Neste contexto, a concretização do projeto educativo de escola, brevemente em avaliação final, cimenta os princípios, os valores e as metas, refletidas no plano de melhoria da escola (PME) em parceria com a autarquia e a Universidade Lusíada, colocando-nos, a todos, novos compromissos e desafios na procura de soluções e de novas estratégias, gizando aumentar as competências dos nossos alunos e alargar os seus horizontes pessoais e profissionais.

Festas Felizes e um Próspero Ano Novo 2013 O Diretor do Agrupamento de Escolas de Penafiel Sudeste, Jorge Pimentel


Pá g in a 2

A no I V

ENTREVISTA

N úm e r o 1

COM…

Um ano de portas abertas... A Coordenadora do Centro Escolar de Cabeça Santa, mais conhecida por “Rosarinho”, recebeu a equipa do jornal A Gazeta do Estudante no passado dia 3 de dezembro, dando a conhecer este centro escolar com um ano de existência. por 8 assistentes operacionais e 3 funcionárias dos POC. A todos tenho a agradecer o seu empenho e dedicação.

Gazeta: Quando foi inaugurada o Centro Escolar de Cabeça Santa e que população serve? Rosário: Este centro escolar foi inaugurado a 23 de outubro de 2011 pelo senhor Presidente da Câmara Municipal, Dr. Alberto Santos, e serve a população estudantil da freguesia de Cabeça Santa. Neste centro escolar foram agrupadas as escolas do Assento1, Assento2, Assento 3 e o Jardim de Infância de Comunha. G: Quando alunos frequentam o centro escolar? R: No nosso centro escolar frequentam cerca de 139 alunos, distribuídos da seguinte forma: 40 alunos no préescolar e 99 no primeiro ciclo.

G: E o pessoal docente e não docente… R: Trabalham aqui 13 docentes (5 professores do 1º ciclo, 2 educadoras de infância, 1 professor do apoio educativo, 1 professor do ensino especial e 4 professores das AEC). O Pessoal não docente é constituído

G: Pode descrever como é o centro? R: Este centro escolar possui sete salas de atividades: cinco salas de aula do primeiro ciclo e duas de atividades do pré-escolar . Para além das salas de aula, este espaço possui um laboratório, onde realizamos sessões experimentais, 2 refeitórios onde são servidas as refeições do pré-escolar e 1º ciclo, cozinha completamente apetrechada para a dimensão deste centro escolar, 2 balneários e diversos WC, 1 sala da componente de apoio à família, 1 sala de atendimento aos encarregados de educação, 1 sala de professores. Para além deste espaço, o centro escolar possui uma biblioteca, pertencente à rede das bibliotecas escolares, a qual tem a pretensão de ser aberta à comunidade educativa. As instalações do antigo Jardim de Infância estão incluídas no recinto do centro escolar e foram adaptadas para as atividades de enriquecimento curricular, promovendo um melhor desempenho destas atividades. No espaço exterior existe um campo de futebol e um parque infantil, bem como espaço livre para as brincadeiras de exterior. Apenas tenho a lamentar a inexistência de um espaço coberto, quer para os dias quer de chuva, quer de intenso calor, uma vez que as árvores foram cortadas. G: Como qualquer centro escolar, este também dinamiza projetos, quais? R: Projetos, sim, temos vários projetos: uns dinamizados no âmbito das ciências experimentais, «João e as ciências», a «Experiência do mês» e a «Horta Pedagógica»; os blogues “O Reguila” e “Mala de Sonhos”, este último em estreita ligação com a biblioteca do Agrupamento e a página do facebook “O Reguila”.

G: E outras atividades? R: Para além destes projetos, os nossos alunos/crianças participam em outras atividades, como por exemplo, ações de sensibilização sobre segurança rodoviária e as Jornadas da Matemática, articulação entre os ciclos e interjardins, visitas de estudo, atividades de interação com a comunidade educativa. G – Não podíamos deixar de perguntar pelo Plano Nacional de Leitura. É implementado no centro? Como? R: Claro que sim! O Plano Nacional de Leitura ganha corpo quando os nossos alunos participam ou dinamizam atividades de promoção da leitura. Participámos

nas seguintes atividades: Primeiro Espantalho Enamorado, Concurso de Poesia, «João e os Livros», Hora do Conto, Bibliopaper, Ação de Sensibilização sobre Higiene Oral, «Natal à Janela», Leitura em família, «Eu também quero ler», Palavras com História, entre tantas outras que surgem ao longo do ano letivo, surgidas dos interesses das crianças. Não posso deixar de elogiar o trabalho levado a cabo pelas educadoras e professores dentro e fora


A g r up a m e n to d e E s c o l a s d e P e n a f i e l S u d e s te

ENTREVISTA

Pá g in a 3

COM...

da sala de aula na promoção da leitura e ainda da professora Fátima Jardim, coordenadora da biblioteca. Destaco também os docentes da escola sede que organizam e implementam uma série de iniciativas em torno da leitura, envolvendo toda a comunidade educativa, promovendo o sentido de pertença a uma comunidade. Uma palavra também para os Encarregados de Educação que sempre revelam uma participação ativa nas diferentes

por sala, representantes dos Encarregados de Educação, com os quais é habitual uma reunião para dar conhecimento do PAA, e outros documentos e assuntos. Essas reuniões permitem-me a mim, como coordenadora, estabelecer o feedback de assuntos a melhorar ou a manter. Neste ano letivo, tenho a agradecer aos pais/encarregados de educação a participação ativa nas diferentes atividades realizadas neste período, a saber: Feira de Outono, na construção do Espantalho Enamorado, no Concurso de Poesia, na manutenção da Horta, na Celebração do Dia da Alimentação, Dia da música, entre outras.

atividades e eventos que decorrem ao longo do ano letivo.

G: E com a junta de freguesia? R: A Junta de Freguesia mantém connosco uma parceria muito profícua, isto é, transporta os alunos para o centro escolar e paga os almoços dos alunos carenciados. Para além de estar disponível em momentos mais festivos como o Natal, a junta de freguesia mantemse disponível também para transportar as crianças sempre que solicita-

G: Qual a relação que estabelecem com os encarregados de educação? R: A relação dos encarregados de educação com a escola é muito importante e sem eles muitas das atividades não teriam sido o sucesso que foram. Sendo esta relação importante para o sucesso académico das crianças e do bom funcionamento do Centro Escolar, existem,

do pelo Jardim de Infância, o que desde já tenho a agradecer. O Centro Escolar de Cabeça Santa é um exemplo de empreendedorismo no Agrupamento de Escolas de Penafiel Sudeste. Para descobrir o que por lá se faz, consultar o blogue e o

facebook é o primeiro passo. Eis as páginas web: blogspot.com O Reguila e facebook O Reguila. Equipa da GE


Pá g in a 4

A no I V

ASSIN ATUR A

DOS

Os nossos alunos de educação especial assinaram os planos de transição para a vida ativa, na nossa escola, no dia 23 de outubro. Nesta cerimónia estiveram presentes, os membros da direção do Agrupamento, encarregados de educação, respetivos diretores de turma, coordenadora e docentes da educação especial, representantes das empresas locais, assistentes operacionais e os alunos. Após um longo percurso escolar, estes alunos irão iniciar um novo processo

PROTOCOLOS DOS PLANOS DE TRANSIÇÃO PAR A A VID A ATIVA

de formação, um estágio em contexto de trabalho em diversas empresas da região, assim como na nossa escola. Assim, podemos contar com as seguintes empresas/espaços: Estufas de Luzim, Bombeiros Voluntários de Entre-os-Rios, Padaria Flor do Tâmega – Rio de Moinhos, Jardim de Infância de Assento, Cabeça Santa, portariam, cantina e reprografia Escola Sede. Esta formação é muito importante para a integração dos

O

nossos alunos e sabemos que eles vão dar o seu melhor! Equipa da GE - 5º F

RECONHECIMENTO...

quer a nível do seu desempenho académico, Quadro de Excelência. Foram este ano 93 alunos agraciados com uma pequena lembrança e um diploma. O dia 28 de setembro, dia Nacional do Diploma vem congratular os nossos melhores alunos quer a nível das suas atitudes através do Quadro de Valor

N úm e r o 1

Também o clube de Música contribuiu com os seus pequenos artistas para abrilhantar este momento especial.

sário da nossa escola. Haverá melhor forma de celebrar o aniversário de uma escola do que ver premiados os seus alunos? Parabéns e votos de um bom ano escolar para todos aqueles que integram o Quadro de Valor e o Quadro de Excelência!

Equipa da GE

Este dia foi comemorado no 11ª aniver-

EXPOSIÇÃO

DOS TR AB ALHOS RE AL IZAD OS PELOS ALUNOS D A EDUCAÇ ÃO ESPECIAL

Entre os dias 14 de setembro e 23 de outubro, a D. Lurdes Santos e a D. Maria José Neves (que se encontravam em formação como técnicas de ação educativa) estiveram a trabalhar com os alunos do ensino especial na Biblioteca Escolar. Elaboraram vários trabalhos de expressão plástica, desde t-shirts estampadas, porta-chaves,

pintainhos e galinhas, assim como, bonecas, flores, entre outros… Com estes trabalhos, foi criada uma bonita exposição nos passados dias 22 e 23 de outubro. Juntamente com estes trabalhos, uma apresentação em slide show, com as fotografias dos alunos a executá-los, foi mostrada aos visitantes. Durante a exposição, contámos com a presença das seguintes individualidades: o Sr. Diretor do Instituto de Emprego e Formação Profissional de Penafiel, Dr. Sousa Pinto, da direção do nosso Agrupamento de Escolas de Penafiel Sudeste, o Sr. Diretor Professor Jorge Pimentel e a professora Célia Durães, da Educação Especial a professora Zélia Nunes, a professora Célia Queirós de Educação Física e o professor Sérgio Rocha de

Educação Musical. Claro que ainda estiveram presentes a professora bibliotecária Polete Carvalho e a D. Fernanda, tal como os pais e os alunos da educação especial. Os nossos alunos cantaram ainda uma música, ao som da guitarra tão bem tocada pelo professor Sérgio Rocha. Este evento terminou com um pequeno lanche para todos os presentes. Equipa da BE


A g r up a m e n to d e E s c o l a s d e P e n a f i e l S u d e s te

MANIFESTO

Pá g in a 5

BIBLIOTEC A ES COL AR

P AR A A

A biblioteca escolar proporciona informação e ideias fundamentais para sermos bem sucedidos na sociedade atual, baseada na informação e no conhecimento. A biblioteca escolar desenvolve nos alunos competências para a aprendizagem ao longo da vida e estimula a imaginação, permitindo-lhes tornarem-se cidadãos responsáveis.

PENSAMENTOS...

Manifesto IFLA/UNESCO para a Biblioteca Escolar, novembro de 1999 Equipa da GE - 5º F

UM CONTO

DE

“O homem que não lê não tem mais mérito que o homem que não sabe ler.”

“BRUXAS”N A BIBLIOTECA

Os alunos do Jardim de Infância de Assento estiveram na biblioteca da escola sede e ouviram um conto de “bruxas”, no passado dia 30 de outubro, na biblioteca da nossa escola.

Mark Twain

Esta atividade decorreu no âmbito da semana do Halloween. Os alunos estiveram todos muito atentos ao desenrolar do conto como podemos comprovar na fotografia!

“Aquele a quem a palavra não educar, também o pau não educará.”

Equipa da GE - 5º F

Sócrates

FORMAÇÃO

DE

UTILIZADORES BE

No dia 11 de setembro, na aula de Português, nós, tal como todas as turmas de 5º ano, fizemos uma visita à biblioteca da escola. À chegada, fomos recebidos pela professora bibliotecária, a professora Polete de Carvalho e pela assistente operacional, a Dona Fernanda Campos. Começámos por ver um PowerPoint de apresentação da biblioteca e do seu funcionamento. Primeiro aprendemos as regras a cumprir neste espaço: como devemos entrar, sair e como devemos estar. Devemos, essencialmente,

permanecer em silêncio, não comer nem beber ,nem deitar lixo para o chão. Falámos também das normas de funcionamento, tais como: fazer o registo à entrada, colocar os livros utilizados no carrinho de depósito e requisitar os livros. Depois, falámos da organização da biblioteca: o espaço multimédia, de leitura, de jogos, de estudo e onde podemos fazer os trabalhos de casa. Aprendemos também que os livros estão organizados por temas em diferentes estantes. Por fim, a professora Polete leu-nos uma história, a fábula “O velho, o rapaz e o burro.” Eu gostei muito, foi muito divertido!

Bruno Luís - 5ºE

“O homem sem educação, por mais alto que o coloquem, fica sempre um subalterno.” Ramalho Ortigão

“A Biblioteca é nossa amiga”


Pá g in a 6

A no I V

BIBLIOTECA

EM

N úm e r o 1

MOVIMENTO...

de trabalhos relacionados com os descobrimentos. A exposição esteve patente na biblioteca desde o dia 25 de outubro até dia 9 de novembro.

No âmbito da disciplina de História, orientados pelo professor Jorge Araújo, os alunos do oitavo ano, das turmas B, C e D dinamizaram uma exposição

Miguel Silva, Bruno Luís e José Miguel - 5ºE

DIA INTERN ACION AL

O dia Internacional da Biblioteca Escolar é celebrado todos os anos em outubro. Este ano, 22 de outubro, foi o dia decidido pelo gabinete das redes

DA

BIBLIOTEC A ESCOL AR

das bibliotecas escolares. Para celebrar esta data, a IASL (International Association School Librarianship) propôs o tema: “Bibliotecas escolares uma chave para o passado, o presente e o futuro” . De 22 de outubro a 8 de novembro, as turmas do 5º ano participaram num “Bibliopaper” na biblioteca. Para nós esta atividade foi muito interessante, para os meninos que entraram agora participarem mais na Biblioteca e mostrarem interesse pelos livros.

MÊS INTERNACIONAL

DA

Foi uma bela experiência de aprendizagem. Quem organizou esta atividade foi a equipa da biblioteca no âmbito do dia das Bibliotecas Escolares. Durante uma hora tivemos a oportunidade de aprender : a pesquisar palavras no dicionário; identificar os elementos para textuais dos livros; redigir uma recomendação sobre um livro e a saber identificar a localização de um livro a partir da sinalética existente. Mariana Cruz e Rita Teixeira - 5ºE

BIBLIOTECA ESCOLAR

Para comemorar o MÊS INTERNACIONAL DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES , a nossa biblioteca realizou várias atividades: formação de utilizadores "À descoberta da biblioteca escolar" e elaboração da sinalética de organização da biblioteca. Durante os meses de outubro e novembro, alunos de diversas turmas foram recriando as imagens de autores como Alice Vieira, Almeida Garrett, Fernando Pessoa e Luís de Camões aplicando a técnica de EVA (Espuma Vinílica Acetinada), trabalho muito minucioso que completará a sinalética das várias zonas da biblioteca. Destacam-se ainda os alunos de 5ºano pela sua colaboração nesta atividade. Para veres estas e outras notícias, visita o blogue da biblioteca: http://www.bibliotecapenafielsudeste.blogspot.pt/ A equipa da GE -5ºE e 6ºA


A g r up a m e n to d e E s c o l a s d e P e n a f i e l S u d e s te

Pá g in a 7

HORA

DO

CONTO zou a hora do conto para a turma do Jardim de Infância do Assento - Cabeça Santa , no dia 16 de novembro. A história escolhida foi “ O Senhor Ano e as 4 Estações” . Esta leitura foi acompanhada pela visualização de imagens em PowerPoint, de forma a incentivar as crianças a entrar no mundo real ou no "mundo do faz de conta”. A história possibilitou a exploração da temática, as estações do ano. Todos os meninos e meninas participaram e gostaram desta iniciativa. Esperemos que se repita!

E porque a leitura enriquece o vocabulário e leva à criatividade, a coordenadora da BE da escolas sede do agrupamento reali-

EDUC AÇÃO

Equipa da BE

P AR A A

SAÚDE

A Biblioteca aliou-se ao PRESSE (Programa Regional de Educação Sexual em Saúde escolar) e ao PES (Projeto de Educação para a Saúde), para lembrar o “Dia Mundial de Luta Contra a SIDA”. Assim, nos dias 2 e 3 de dezembro, as turmas do terceiro ciclo foram convidadas para assistir ao filme “Philadelphia”, de 1993, com os atores Tom Hanks e Denzel Washington. Equipa da BE

EXPERIÊNCIAS … As professoras Sara Gomes, de Ciências Naturais, e Alice Fernandes, de Físico Química, aceitaram o desafio da coordenadora da Biblioteca Escolar e vieram até cá simular vulcões explosivos e efusivos. A turma envolvida, 7º D, pode aplicar os conhecimentos das aulas teóricas, aproveitando o ambiente acolhedor da Biblioteca Escolar que, por ser diferente do habitual, avivou o interesse de todos. Numa fase inicial, os alunos puderam ler o protocolo experi-

DIA

DA

mental e, no final da atividade, visualizaram um pequeno filme sobre a experiência que tinham acabado de realizar. Todos os envolvidos referiram ter sido muito interessante este momento de enriquecimento das aprendizagens.

Equipa da BE

MÚSICA

O dia da Música (1 de outubro) foi celebrado no Centro Escolar de Cabeça Santa com entusiasmo e alegria, em dois momentos distintos, durante a manhã com o Professor Sérgio, e durante a tarde com alguns elementos do Rancho Folclórico de Cabeça Santa. Equipa da GE


Pá g in a 8

A no I V

N úm e r o 1

PNL “2012/2013” LENDA DE S.MARTINHO Na semana de 5 a 8 de novembro, os alunos da turma A do nono ano levaram a lenda de S.Martinho às salas do 5ºano.

teatro de sombras. De seguida foi entregue um pictograma que cada turma resolveu com o seu professor.

Sara Queirós e César Carvalho 6ºA

A atividade foi promovida pelo Plano Nacional de Leitura e consistiu na leitura expressiva de uma adaptação em quadras da Lenda de S. Martinho acompanhada de um

O Livro: Uma Aventura no Verão Autoras: Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada Motivo: Fiquei a gostar deste livro depois de começar a ver a série de televisão. Para recordar a série para sempre, decidi comprar alguns livros desta coleção. Este é de todos o melhor!

MEU

LIVRO PREFERIDO

É...

Livro: Pato Donald Autor: Walt Disney Motivo: É muito divertido, tem muitas imagens e pouco texto. Não nos cansamos a ler este livro! André Ferreira - 9º D

Livro: O homem do inverno nuclear Autor: Terry Deary Motivo: Trata-se de um livro que envolve mistério e ação, aventura. Também envolve ficção científica que é algo que eu adoro num livro. Nunca se sabe o que pode acontecer. Rui Sousa - 9º E

Eduardo Costa - 9º F

Livro: Diário de Anne Frank Autora: Anne Frank Motivo: Quando o li pela primeira vez, senti várias emoções e tristeza pelos acontecimentos vivenciados pela protagonista da história.

Livro: Uma aventura debaixo da terra Autoras: Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada Motivo: Quando li o livro, parecia que estava a viver a aventura como se fosse o sexto elemento da história.

Ana Margarida Guimarães - 9º C

José Daniel Santos - 9º C

Livro: O Recruta Autor: Robert Muchamore Motivo: Adoro este livro, porque foi oferecido pelos meus pais no Natal. É um livro cheio de aventura e emoção. Gosto muito deste escritor que escreve para jovens da minha idade. Quando começo a ler este livro, é difícil parar! Ana Rita Rocha - 9º E


A g r up a m e n to d e E s c o l a s d e P e n a f i e l S u d e s te

Pá g in a 9

CONCURSOS - CLUBE CHERUB / NATAL Com o patrocínio da Porto Editora, dinamizámos , à semelhança dos anos anteriores, na aula de Português o “Concurso Cherub” que consistiu na leitura prévia do volume “República Popular” última publicação da coleção Cherub, e posterior resposta a um questionário de escolha múltipla. O concurso contou com a participação de 26 alunos do 9ºano. Todos os participantes receberam um Certificado de Participação, oferta da Porto Editora. Os vencedores receberam ainda um livro e uma t-shirt da mesma coleção.

EM

VERSO

NATAL EM VERSO

1º LUGAR – 5ºANO ELISABETE SOARES, Nº5 - 5ºE BRUNA COSTA, Nº5 - 5ºD LARA RIBEIRO, Nº14 - 5ºD

1º LUGAR – 9ºANO

Prof. Ana Vilela e Isabel Bóia

VENCEDORES 1ºLUGAR

CLÁUDIA BRITES, Nº6 - 9ºB SANDRA SOUSA

Sónia Ribeiro, nº28 - 9ºB

Juliana Lopes, nº19 - 9ºB 3ºLUGAR PARABÉNS AOS VENCEDORES

Feliz Natal Chegou o Pai Natal E nós todos contentes Vamos receber os tão esperados presentes Vamos comemorar E de tanta alegria gritar. Neste dia tão feliz, nasceu o menino Jesus Nosso salvador do mundo Que nos vem alegrar com a sua luz O Natal está a chegar. Gostamos do Natal Temos a família para nos receber Muito amor e carinho É que vamos querer. O Pai Natal vem aí Com muitos presentes para dar Gostamos de o ter aqui Para com eles nos agradar. A todos desejo O melhor dos natais Damos e recebemos Vamos ter prendas brutais.

Um estábulo Foi o abrigo encontrado A manjedoura, era o berço Com Maria e José ao seu lado.

Pastores foram ver o que iluminava O que brilhava em Belém Num abrigo muito humilde Parecia não estar lá ninguém.

A Noite Feliz

O Natal

Batatas e bacalhau Come-se pelo Natal E o menino Jesus É a personagem principal

O Pai Natal está a chegar Por ele vou esperar Pois uma prenda me vai dar E com ela vou brincar.

Rabanadas e bolo-rei Para toda a família farei Ver a neve lá fora a cair E o menino Jesus no presépio a sorrir

É Natal, é Natal Os sinos a tocar E eu toda aperaltada Para contigo ir dançar.

Enquanto pela meia-noite esperamos A árvore todos enfeitamos Com bolas azuis e vermelhas E a estrela para o topo levamos

No dia de Natal A família se vai juntar Lá fora está a nevar E as crianças a brincar.

O Pai Natal vai chegar À meia-noite sem se atrasar Com os presentes às costas Um presente a cada um vai dar

Bruna Costa, nº5 e Lara Ribeiro, nº 14 - 5ºD

No dia 25 ao acordar Vou à igreja festejar O nascimento do Deus menino Que veio para nos salvar Sandra Sousa

Elisabete Soares, nº 5 - 5ºE

Seus pais Um lugar procuravam Tudo estava cheio Abrigo não encontravam.

Muitos viram a estrela Que coisa seria Brilhava tão fortemente Naquela noite fria que até parecia dia.

2º LUGAR

Rute Varziela, nº22 - 9ºB

… Numa noite fria As estrelas brilhavam com muita luz Uma em especial Anunciava que ia nascer Jesus.

Foi uma grande vontade Que levou todos a ver Aquele lindo menino Que acabara de nascer. Do Oriente vieram Três reis magos para o ver Vieram de Camelo Com presentes para lhe oferecer. Belchior trouxe o incenso Ouro lhe deu Gaspar Baltazar trazia a Mirra E o menino foram louvar. Jesus, é rei de um reino De paz e alegria, não de guerra Rei do amor Reina no céu e na terra. E assim, há mais de dois mil anos Na mão de uma criança Nasceu uma nova fé Trouxe ela paz, amor e esperança. Cláudia Brites, nº6 - 9ºB


Pá g in a 10

A no I V

FEIRA

DE

No dia 9 de novembro, pelas 10 horas, o Clube de Danças, com danças urbanas e aeróbicas, ditou a abertura de mais uma edição da Feira de S.Martinho.

S.M AR TINHO

NA

ESCOLA SEDE

Os encarregados de educação e os familiares dos alunos vieram visitar a nossa feirinha de S. Martinho, onde cada turma estava representada por uma barraquinha. Em cada barraquinha apareciam produtos de vários géneros e qualidade. A qualidade dos produtos era elevada porque eram produtos caseiros e originais trazidos das nossas casas. Em algumas barracas todos os produtos foram vendidos até às 11 horas, o que vem provar que os produtos eram de ótima qualidade e que os preços estavam em

EIS

N úm e r o 1

conta. Neste dia, na escola, não faltaram visitantes, a tradicional castanha assada e a castanha assada no forno para todos, a carne grelhada na hora, o pão com chouriço, os legumes e as frutas fresquíssimos, a música pela mão dos nossos alunos, o rigor do traje tradicional e os jogos tradicionais. Foi um dia muito divertido! Marina Coelho, Júlia Ferreira e Inês Leite - 8ºF

ALGUMS MOMENTOS ...

… os visitantes, … a carne grelhada na hora,

… o pão com chouriço,

… os legumes e as frutas fresquíssimos,

… o rigor do traje tradicional,

… a música pela mão das nossas alunas,

...a tradicional castanha assada,

… os jogos tradicionais, … e os mais atuais.


A g r up a m e n to d e E s c o l a s d e P e n a f i e l S u d e s te

COMO

FOI O NOSSO

Pá g in a 11

S. MARTINHO

EM

PENAFIEL!!!

Alegria, diversão e bom gosto não faltaram!... Carolina Rodrigues

Os Jardins de Infância de Cans e de Lomar, integrados no Projeto de Amizade e vivenciando as tradições concelhias do Município de Penafiel e, ainda, contextualizando os saberes populares locais, não faltaram aos afamados divertimentos do S. Martinho, saboreando as tão apetecíveis farturas quentinhas, acompanhadas de um rico suminho Glu! Glu!

FEIRINHA

E

M AGU STO

DE

S.MARTINHO

EM

LUZIM

A feirinha de S. Martinho da nossa escola realizou-se no dia 25 de novembro, da parte da tarde, onde amigos e familiares se reuniram para contribuírem com a sua ajuda. Todas as mães levaram para a escola algo para vender: bolos, produtos hortícolas, nozes, amendoins, broa, fruta, etc. Algumas mães também resolveram fazer alguns petiscos. Umas fizeram bifanas, outras, pães com chouriço e alguns grelhados, que, acompanhados por um bom copo de vinho ou cerveja e sumos, tiveram bastante sucesso, como

tudo o resto. Não podendo esquecer o fenómeno da feirinha, que era uma galinha com três patas. Houve bastantes curiosos para visitar esta e assim angariar algum dinheiro. Nós, alunos, com a ajuda dos professores, embelezámos uma tela para que os nossos pais a comprassem e assim ficassem a conhecer a nossa arte para o desenho e pintura. Também se fizeram rifas para sortear um presunto e um cabaz variado. Ao fim da tarde houve um pequeno jogo da malha, onde foi sorteado um coelho.

Eu gostei desta parte, e juntamente com alguns amigos, no final ainda atirámos as malhas. Foi um dia muito divertido para mim e para todos os meus colegas.

O magusto da minha escola realizou-se na sexta-feira, dia 9 de novembro. Primeiro tivemos uma manhã de aulas na sala. Depois, com a nossa ajuda, as cozinheiras, dona Fátima e dona Margarida fizeram uma grande fogueira, no recreio da escola. De seguida meteram lá as castanhas para assar. Enquanto elas assavam, dançámos e cantámos à roda

da fogueira. Quando as castanhas já estavam assadas, fomos todos para dentro da escola. O professor e a professora fizeram cartuchos e meteram lá as castanhas para cada aluno. Depois de comermos as castanhas, fomos comer qualquer coisa e a seguir tivemos recreio. Fomos todos jogar futebol no campo de jogos da escola.

Depois fomos para a sala de aula da minha turma e vimos vídeos de animação e fartámo-nos de rir. O dia do magusto da nossa escola foi um dia diferente de todos os outros. Eu gostei muito.

Tiago Moreira, 4º ano, turma 2-L

Daniel Ferreira, 4º ano, turma 2-L


Pá g in a 12

A no I V

A No dia 11 de novembro, comemora-se o Dia de São Martinho, nomeadamente com castanhas assadas, vinho e água-pé. O provérbio é esclarecedor: “dia de São Martinho, lume, castanhas e vinho”. Porém, nem todas as pessoas conhecem a Lenda de São Martinho que, como todas as lendas, é uma narrativa breve que se transmite de geração em geração, tem na base algo de real e localiza-se no

tempo e no espaço. As lendas são, com efeito, uma simbiose entre o real e o sobrenatural. E na classificação tripartida das lendas, a Lenda de São

CONCURSO

LENDA DE

S. MARTINHO

Martinho é considerada por hagiográfica, já que diz respeito a Santos. Segundo reza a lenda, num dia frio e tempestuoso de outono, um valoroso soldado romano, de nome Martinho, percorria o seu caminho montado no seu cavalo, no ano de 338, às portas de Amiens (França), quando deparou com um mendigo cheio de fome e frio. O soldado, conhecido pela sua generosidade, sem hesitar tirou a sua capa (clâmide) e com a espada cortou-a ao meio, cobrindo o mendigo com uma das partes para este se agasalhar. Mais adiante, encontrou outro pobre homem cheio de frio e ofereceu-lhe a outra metade. Sem capa, Martinho continuou a sua viagem ao frio e ao vento quando, de repente, como por milagre, o céu se abriu, afastando a tempestade. Os raios de sol começaram a aquecer a terra e o bom tempo prolongou-se por cerca de três dias.

Este concurso foi dinamizado pelo Departamento de Línguas da nossa

esses dias de um sol radioso que inunda a terra de luz e de calor, a que se passou a chamar "verão de S. Martinho", para que não se apague na memória dos homens a bondade praticada pelo Santo.

http://www.junior.te.pt/servlets/Rua? P=HBiblioteca&ID=36 http://www.infopedia.pt/$lenda-de-s.-martinho

(adaptado pelos alunos do 5º F,

Desde essa altura, todos os anos, por volta do dia 11 de novembro, surgem

DE AB ÓBOR AS DE

equipa da GE)

HALLO WEEN

escola, no âmbito da disciplina de Inglês e aberto a todos os alunos dos 2º e 3º ciclos.

Os alunos do Agrupamento de Escolas de Penafiel Sudeste, na semana de 29 a 31 de outubro participaram num concurso de abóboras de Halloween.

N úm e r o 1

A exposição dos trabalhos ocorreu no hall de entrada da escola E.B. 2,3 de Penafiel Sudeste, tendo este espaço sido decorado pelos alunos do Curso de Edução e Formação - Jardinagem e Espaços Verdes. Estes alunos prepararam o espaço com uma pequena horta, onde pudemos encontrar, além das inúmeras aboboras decoradas, exemplos de couve roxa, alho francês, couve- flor, alecrim, alfazema brócolos, beringela, amores-perfeitos… e uma enorme... teia de aranha! Participaram mais de 70 “abóboras”!

Catarina Ferreira, nº 5; Daniela Moreira, nº 6; Filipa Sousa, nº 9; Iara silva, nº10; David Mendes, nº 7 (alunos da turma F, 5º ano) Equipa GE - 5º F

Alunas Vencedoras 1º lugar: abóbora nº 49 (Ana e Bárbara, 5º C) 2º lugar: abóbora nº 45 (Mariana e Andreia, 5º E) 3º lugar: abóbora nº 39 (Beatriz e Fátima, 5º D)


A g r up a m e n to d e E s c o l a s d e P e n a f i e l S u d e s te

FEIRA

DO

Pá g in a 13

LIVRO

A nossa escola sede realizou uma feira do livro na última semana do mês de novembro. Os alunos tiveram a oportunidade de viver algumas experiências com escritores e um ilustrador, que muito contribuíram para a formação construtiva, artística e crítica dos nossos alunos.

Antunes ou José Saramago, mas considerase realizado ao escrever. Para ele, ser escritor, não é uma pessoa que escreveu 2 ou3 livros, é sim uma pessoa que tem uma vasta quantidade de obras. Durante toda a sessão, foi abordado com perguntas de vários alunos que se encontravam presentes no acontecimento às quais ele respondeu de forma muito agradável e se mostrou uma pessoa muito simpática. O escritor... No decorrer da Feira do Livro, desfrutámos da presença de vários escritores no qual se incluía Mário João Alves. Este não se considera ainda um escritor como António Lobo

A

VISITA DO

No passado dia 30 de novembro de 2012 veio à nossa escola um cantor chamado Tio Óscar que cantou algumas músicas do seu CD, tais como: Arca de Noé, A cegonha, Planeta, Tudo ao contrário... Ele é o tio que faz músicas infantis para to-

Júlia Ferreira, Silvana Alvo e Magda Moreira - 8ºF

TIO ÓSCAR dos os meninos cantarem e dançarem, mas, as suas músicas também têm uma mensagem. Estiveram presentes na biblioteca, alunos dos Jardins de infância do Centro Escolar de Cabeça Santa e Rio de Moinhos e as turmas do 5ºE, 5ºF, 6ºA e 8ºA. Foi muito divertido porque com o Tio Óscar ninguém se aborrece.

Bruno Luís e Pedro Rodrigues - 5ºE

O LIVRO O livro é de fundamental importância para o desenvolvimento das sociedades e para o crescimento intelectual do indivíduo. Durante muito tempo permitiu ao ser humano registar os factos importantes da sua História e transmiti-los às futuras gerações, atuando como vetor do conhecimento. É notável o avanço intelectual que o ser humano teve após a invenção da escrita. Foi a partir dela que ele pôde registar e compartilhar as suas descobertas, dando origem ao que chamamos de livro. O livro impresso, relativamente aos digitais, continua a ser o mais importante, completo e abrangente meio para a difusão de conhecimento com conteúdo didático, científico e literatura, que contribui para um país mais competitivo e com melhores condições de conseguir o verdadeiro progresso. Equipa da GE - 5º F


Pá g in a 14

A no I V

N úm e r o 1

OS CLUBES DIA EUROPEU

No dia 26 de Setembro comemora-se o Dia Europeu das Línguas. A nossa escola, pelas mãos do Clube de Línguas, do Clube Europeu e pelos docentes do Departamento de Línguas, também fez questão de assinalar

“OS

DAS

este dia. Como podes ver nas fotografias acima, na entrada da escola estava um pouco dos países europeus. Também a sala de professores foi visitada pela palavra “ Obrigado” em 23 línguas.

Equipa da GE

CONSTRUTORES”

Dramatização “O 1º de dezembro de 1640” O clube “Os construtores” no seguimento de projeto iniciado no ano letivo 2010/2011 apresentou no dia 14 de Dezembro à comunidade educativa a dramatização “O 21ºde Dezembro de 1640. Para a consecução do evento, os atores e atrizes, todos pertencentes à turma C do 6ºano, trabalharam arduamente durante 12 sessões onde o empenho, a responsabilidade mas também a ludicidade marcaram o ritmo das atividades. Prof. Ana Paula Félix

CLUBE

No passado dia 14 de dezembro, a nossa escola terminou em festa o primeiro período e o clube de teatro asso-

DE

O Clube de Línguas desenvolveu e promoveu várias atividades ao longo deste primeiro período letivo. Desde jogos interativos, à pesquisa de informações sobre personalidades, ao visionamento de filmes e celebração de datas festivas, várias foram as possibilidades dos alunos inscritos no clube demonstrarem as suas aptidões. Os alunos deram «asas à imaginação» aquando da comemoração do Halloween e do Natal. Também não quiseram esquecer de sugerir um livro, um filme e uma música a todos os alunos da escola. Para terminar em beleza, o Clube de Línguas dinamizou o Karaoke no último dia de au-

CLUBE “Os três coelhinhos”

LÍNGUAS

DE

LÍNGUAS las, onde muitos alunos encheram a sala 24 para ouvir os dotes vocais dos corajosos participantes. Para o próximo período aguardam-se surpresas… Prof. Natália Amorim

TE ATRO

ciou-se com uma pequena peça – “Os três coelhinhos”. A peça é uma adaptação da literatura oral, da responsabilidade da coordenadora do clube, a docente Marília Martins, com uma nova roupagem, abordando a questão dos perigos da internet e das redes socias. Tratou-se de um pequeno espetáculo em que o clube apresentou a sua versatilidade, não só pela presença em palco de atores, mas também de fantoches e ainda de momentos musicais.

Apesar do pouco tempo disponibilizado para a execução do cenário e dos fantoches, bem como para os ensaios dos atores, a apresentação correu bem e teve uma receção muito positiva por parte do público presente. O anfiteatro encheu-se, duas vezes, para ouvir e ver os nossos atores – alguns estreantes, outros que já colaboram com o clube de teatro desde que este deu os seus primeiros passos, há quatro anos. Prof. Marília Martins


A g r up a m e n to d e E s c o l a s d e P e n a f i e l S u d e s te

TORNEIO

DE

Pá g in a 15

BASQUETEBOL 3X3 - 6º

ANO

No dia 21 de novembro de 2012, realizou-se o Torneio de Basquetebol 3x3 Compal Air nas Escolas com as turmas dos 6.º anos, no pavilhão da escola. A competição, organizada pelo grupo disciplinar de Educação Física e pelo Clube do Desporto Escolar, contou com 14 equipas masculinas e com 8 equipas femininas. Os jogos decorreram durante toda a manhã e os participantes revelaram empenho e entusiasmo nos seus passes, dribles e lançamentos. “They  this game!!!”

Clube Desporto Escolar

Classificação Equipas Femininas 1.º

2.º

3.º

6.ºF – “Big Girls”

6.ºD – “MLSD”

6.ºC – “The Swaggie Girls”

BRUNA NUNES ROSANA CUNHA SARA SOARES TÂNIA MOREIRA

DIANA ANDRADE LUANA ROCHA MARIANA FONSECA VANESSA SOFIA GOMES

CATARINA ALMEIDA CLÁUDIA BARBOSA DIANA MELO JOANA SOUSA

Classificação Equipas Masculinas 1.º

2.º

3.º

6.ºC - “Mata-Esfola”

6.ºA – “Rebeldes”

6.ºE – “Os Incríveis”

MARCO MOREIRA MIGUEL QUEIRÓS NUNO SOARES RAFAEL SILVA

CÉSAR CARVALHO DIOGO PEREIRA PEDRO RIBEIRO RICARDO SILVA

ANDRÉ AGUIAR FILIPE SOUSA JORGE BRITES PEDRO PINTO

CLUBE

DO

PATRIMÓNIO “OS SENTINELAS”

O Clube do Património ao longo do 1º período desenvolveu uma série de atividades, nomeadamente, “à descoberta do Património”, em que é afixado na escola um pormenor de um monumento local, tendo os alunos que o identificar. Salienta-se aqui o facto dos alunos aderirem regularmente a esta iniciativa. As “saídas de campo” são também um momento que os alunos muito apreciam, já que têm a oportunidade de saírem da escola, conhecerem e contactarem com o Patrimó-

nio local envolvente. O sentido de salvaguarda da nossa “herança paterna” é o espírito que se incute e que esteja sempre presente nos nossos alunos. Clube do Património


Pá g in a 16

VISITA

A no I V DE

ESTUDO

AO

“8º FESTIV AL INTERN ACION AL Os alunos dos cursos de educação e formação de Jardinagem e Espaços Verdes e os do curso de Cantaria Artística fizeram uma visita de estudo ao “8º Festival Internacional de Jardins” no dia 12 de outubro, em Ponte de Lima.

DE

J ARDINS ”

do ido ao encontro das temáticas abordadas. Os alunos ao longo da visita mostraram interesse e gostaram bastante de contactar com realidades relacionadas com os cursos em questão.

Esta visita surge em articulação entre os dois cursos de educação e formação da nossa escola, ten-

VISITA

À ESTUF A DE HORTÍCOL AS DE

Outra visita de estudo realizada pelos alunos do curso de Jardinagem e Espaços Verdes foi à estufa de hortícolas de Peroselo, do Sr. Rui Lopes da Rocha, com vista a desenvolver e aprofundar competências das disciplinas da componente tecnológica (Manutenção de Jardins e Relvados, Infraestruturas Básicas e Paisagísticas de Jardins e Instalação de Jardins e Relvados), visto no final do ano estar contemplada a formação em contexto de trabalho durante seis sema-

AGRICULTURA A agricultura biológica é um sistema agrícola que procura fornecer ao consumidor alimentos frescos, saborosos e autênticos e ao mesmo tempo respeitar o ambiente. A agricultura atual é diferente da agricultura biológica. Sendo a primeira uma das atividades com grandes responsabilidades na poluição do ambiente. Tal facto deve-se essencialmente à aplicação de adubos químicos e de pesticidas sintéti-

N úm e r o 1

Equipa da GE - 5º F

PEROSELO

nas, em possíveis locais como este que foi visitado nos dias 26 de outubro e 2 de novembro. O Fruto destas visitas, além da experiência e contacto com a realidade do muindo do trabalho foi a redação de um artigo sobre a agricultura biológica, que pode ser lido já a seguir!

Equipa da GE - 5º F

BIOLÓGICA…MODA OU

NECESSIDADE?

cos. Já a agricultura biológica significa cultivar sem poluir. É uma atividade ecológica, em que não polui as águas nem os solos, limita a erosão, preserva a fauna e a flora espontânea e não ameaça a saúde dos consumidores. Daí que os princípios que estão na base da agricultura biológica são: -Minimizar o impacto humano sobre o ambiente com menos intervenções possíveis; -Rotação das culturas, como um pré requisito para o uso eficiente dos seus recursos locais; -Limite muito restrito ao uso de pesticidas e fertilizantes sintéticos, antibióticos, aditivos alimentares, etc. -Proibição absoluta do uso de organismos geneticamente modificados; -Aproveitamento dos recursos locais, tal como o uso

de estrume animal como fertilizante ou alimentar animais com produtos da própria exploração; -Escolha de espécies vegetais e animais resistentes a doenças e adaptadas às condições locais; -Criação de animais em liberdade e ao ar livre fornecendo-lhes alimentos produzidos segundo o modo de produção biológico.

Curso de Jardinagem e Espaços Verdes


A g r up a m e n to d e E s c o l a s d e P e n a f i e l S u d e s te

VISITA

Pá g in a 17

DE ESTUDO DE

9º ANO

No fim da peça, passou-se a outro momento sempre agradável, o almoço no Mar Shopping. Alguns alunos aproveitarem para fazer compras nas lojas deste Centro Comercial.

No passado dia 22 de novembro, os alunos do 9º ano e CEF I da Escola Básica de Penafiel Sudeste fizeram uma visita de estudo de Português e de FísicoQuímica. Durante a manhã, as turmas foram ver a peça Auto da Barca do Inferno, da autoria de Gil Vicente, dramatizada pela companhia de teatro Arte d´ Encantar, no Auditório do Centro Social Padre Ramos, em Lavra. Duas alunas da nossa escola tiveram oportunidade de participar como figurantes na dramatização da peça de teatro, mais concretamente, na cena da Alcoviteira. Os próprios atores interagiram bastante com o público. Estes momentos foram hilariantes e inesquecíveis para quem os viveu.

Da parte da tarde, as turmas dividiram-se em três grupos: o autocarro do 9º D foi ao Aeroporto Francisco Sá Carneiro, o autocarro do 9ºE e CEF I foi ao Porto de Leixões e à LIPOR, enquanto que os autocarros que levaram o 9º A, 9º B, 9º C e 9º F foram ao Pavilhão da Água. Dos comentários ouvidos no final da visita de estudo, ficou a sensação de que os alunos gostavam de repetir a experiência. Ricardo Cosme, Fernando Soares, Leandro Ferreira e André Ferreira - 9ºD

Opiniões… Gostei muito de ir ao Teatro e ao Aeroporto. Adorei a cena do Parvo, pois feznos rir muito. Gostaria de voltar a assistir a esta peça de teatro. (Susana Camilo, nº 26, 9º D) Na minha opinião, a visita de estudo do dia 22 de novembro foi muito importante,

JARDIM

pois ao assistir à peça de teatro Auto da Barca do Inferno conseguimos um maior rendimento nas aulas de Português. Ao visitar o Pavilhão da Água aprendemos mais sobre o ciclo da água, com um pequeno vídeo que visualizámos. De seguida, observámos diversas experiências com água, entre elas, aprendemos como funcionam as barragens. Achei esta viagem muito interessante, divertida e produtiva. (Andreia Ferreira, nº 4, 9º B) Acho que, de manhã, no teatro, foi muito engraçado, principalmente, a parte do Parvo. Também gostei de andar a passear no Centro Comercial, durante a hora do almoço. De tarde, achei que foi interessante. (Mateus Silva, nº 17, 9º F)

Adorei a visita de estudo. Já tinha ido ver a peça de teatro, no ano anterior, mas este ano gostei, principalmente, de ir ao aeroporto. (Emanuel Barbosa, nº 12, 9º D)

DE BAIRROS NO COLISEU

Todos os anos, pela altura do Natal, as crianças são conquistadas pelo mais antigo espetáculo do mundo. O Circo! E porque o Circo é um espetáculo que torna mais mágico o Natal, as crianças do Jardim de infância de Bairros deslocaram-se ao Coliseu do Porto, onde puderam assistir a um espetáculo renovado e cheio de surpresas, onde a aposta em números de grande qualidade, internacionalmente reconhecidos, foram inteiramente legitimados por todos aqueles que o presenciaram. Todos aplaudiram os acrobatas, malabaristas, ilusionistas, trapezistas, os animais e, claro, os indispensáveis palhaços. Foi sem dúvida uma manhã inesquecível, que fez bater mais forte o coraçãozito de todas as crianças permitindo acreditar sonhando que a bom caminho está a chegar o tão desejado Natal. JI de Bairros


Pá g in a 18

A no I V

C ANS

SEMPRE EM AÇ ÃO P ARCERI A

FAMÍLIA /JARDIM

sucesso das aprendizagens das crianças.

A cooperação dos encarregados de educação nas atividades letivas criam expetativas, momentos de interação e inteira felicidade às crianças, suscitando o desenvolvimento de experiências significativas no seio do grupo, incrementando valores, afetos, pedras basilares para o

A cooperação dos pais/encarregados de educação realizada a partir de casa, de acordo com os trabalhos que se vão desenvolvendo no Jardim, são bastante enriquecedores para alicerçar os laços entre educandos e seus familiares, bem como solidificam as aprendizagens suscitadas em contexto sala de atividades. Os seguintes cartazes demonstram, apenas alguns dos trabalhos realizados pelas crianças e seus familiares, em

DE

N úm e r o 1

INFÂNCIA

casa, dando seguimento aos saberes populares tratados na turma dois, pelo S. Martinho. Vários trabalhos têm sido desenvolvidos, em conjunto, intersalas de atividades do Jardim de infância de Cans, no espírito de interajuda e de equipa, nomeadamente trabalhos natalícios. E, contando, ainda, com a fantástica colaboração dos pais/encarregados de educação! Criatividade e imaginação não faltaram! Jardim de Infância Cans

SEGUR ANÇ A RODOVÁRIA No dia 12 de outubro realizámos uma atividade promovida pela GNR, no âmbito da Escola Segura. Os agentes entre outras coisas, alertaram os cuidados a ter na viagem de automóvel (uso de cadeira,

cinto de segurança, velocidade estipulada para circular dentro de uma localidade e essencialmente perto da escola). Para esta atividade foram escolhidas duas crianças de cada turma pelos amigos da respetiva turma, para com a ajuda dos GNR, intervir e prevenir os automobilistas que circulavam na estrada junto ao nosso Centro Escolar. Até a carrinha da Junta de Freguesia, pais e professores tiveram uma paragem STOP, para se verificar se conduziam

GREEN CORK Pelo terceiro ano consecutivo o Jardim de Infância e a Eb1 de Bairros participam no Projeto do Green Cork. Este projeto tem como objetivo sensibilizar as comunidades escolares, familiares e

EM

com cuidado. Estão todos de parabéns, conduzem adequadamente! Centro Escolar de Cabeça Santa

BOELHE

amigos para a reciclagem de rolhas de cortiça e para o apoio à reflorestação de Portugal. As verbas angariadas através da recolha das rolhas de cortiça permitem adquirir as árvores autóctones que serão plantadas através de iniciativas apoiadas pelo projeto Floresta Comum. O tema central deste ano do Green Cork Escolas 2012/2013 é “A água e o Sobreiro, que relação há?”. Entre as diversas atividades propostas pelo projeto, o Jardim e a Eb1 da Bairros inscreveramse na “Recolha de rolhas de cortiça”, na “confeção do Rolhinhas”, no concurso “Presépio de Natal de Cortiça e ainda no

“Arquitetar com cortiça”. No que concerne à confeção do Rolhinhas gostaríamos de referir que alcançámos um honroso 3º lugar, tendo conseguido envolver toda a comunidade educativa neste evento. Neste natal arquitetamos as nossas prendas com rolhas e realizámos o presépio que irá a concurso. Até final do ano continuaremos a recolher as rolhas de cortiça para colaborar na reflorestação das nossas florestas.

Jardim de Infância e EB1 de Bairros


A g r up a m e n to d e E s c o l a s d e P e n a f i e l S u d e s te

Pá g in a 19

ENCONTRO DO DEP AR T AMENTO D A EDUC AÇÃO PRÉ-ESCOL AR AGRUP AMENTO DE ESCOL AS DE PENAF IEL SUDESTE O Encontro Interjardins de infância do Agrupamento Penafiel Sudeste, intitulado “João e os jogos”, no âmbito da Educação para a Saúde e alicerçando as relações humanas e o valor da amizade, intra “Família Departamental” brilhou, mais uma vez, com o seu empenho, dedicação e entusiasmo, oferecendo diversas situações lúdicas e de aprendizagem às crianças que compõem este Departamento. As educadoras de infância com o seu poder inovador e entusiasta, desenvolveram uma grande diversificação de atividades de psicomotricidade ampla, decorrendo vários momentos de expressão de coordenação motora, dando ênfase às danças e à ginástica rítmica, com os seus respetivos grupos, de forma a enriquecer, exclusivamente, o grande grupo da Educação Pré-escolar. Na mesma atividade fez-se sentir, ainda, a cooperação de alguns professores das Atividades de Enriquecimento Extra Curricular (AEC). Em guisa de fecho, a grande sessão de expressão de movimento corporal do citado Departamento foi vivenciado com muita intensidade e dinamismo, em especial articulação, com a professora Andreia Nogueira, docente das AEC.

EM

ACÇÃO…

No dia 28 de novembro o Jardim de Infância de Cans, juntamente com os amigos do Jardim de Infância de Bairros, vivenciaram uma experiência que envolveu a temática da saúde oral, com a temática “Como cuidar dos

meus dentinhos”, contando com a boa vontade da Dr.ª Cecília que se disponibilizou em encontrar-se com todas as crianças destes Jardins de Infância e, numa sessão posterior, com os alunos do 1.º

DO

Momentos únicos e irrepetíveis!!!!...foram testemunhados pelo Sr. Subdiretor, do Agrupamento de Escolas Penafiel Sudeste, Dr. António Sorte, alguns pais/encarregados de educação, auxiliares da ação educativa e todos os recursos humanos quantos foram necessários para levar a bom porto este evento de caráter lúdico e educativo. Em nome do presente Departamento agradeço a contribuição de todos os elementos envolvidos na grandiosa atividade que se efetuou, hoje, no gimnodesportivo de Rio de Moinhos.

S AÚDE OR AL / “JOÃO

A Coordenadora da Educação Pré-escolar do AEPS Carolina Rodrigues

E OS

Ciclo da Escola Básica de Cans. Ambos interagiram, também, no âmbito da temática “João e os amigos”, fazendo novas amizades, trocando surpresas entre eles, vivendo momentos emocionantes e de aprendizagem conjunta. Antecipadamente, o Jardim de Infância de Cans preparou a receção dos amigos fazendo pipocas e, com a colaboração de algumas mães da turma 2 de Cans, dando seguimento ao ciclo do pão. As crianças tiveram oportunidade de vivenciar a transformação dos respetivos ingredientes nos pãezinhos de chouriço, tão deliciosos, que todas as crianças envolvidas nesta fabulosa interação, puderam saborear. E, por falar em higiene oral, como forma de solidificar os saberes adquiridos e, depois da bela degustação das pipocas e dos pães com chouriço, todos recordaram a lavagem dos dentes, com a oferta dos amigos de Bairros de uma escova de dentes. Afinal

AMIGOS”

as surpresas são sempre agradáveis e bem vindas! Também o Jardim de Infância/EB1 de Cabeça Santa usufruiu de uma sessão de esclarecimento ao nível da higiene oral, orientada pela Dr.ª Cecília, no dia 29 de novembro de 2012.

JI Cans


Pá g in a 20

A no I V

N úm e r o 1

P AR AR ?!.... J AM AIS! tante no PAA, do Departamento da Educação Pré-escolar, a magia natalícia fezse sentir e houve momentos de surpresas agradáveis, troca de correspondência e alguns presentinhos pelo meio. Momentos comoventes e de aprendizagem conjunta, desde as crianças aos adultos foram sentidos com intensidade. No dia 3 de dezembro de 2012, os Jardim de infância que compõem o Departamento da Educação Pré-escolar do Agrupamento Penafiel Sudeste, tiveram a oportunidade de, mais uma vez, interagirem, criando laços afetivos, partilhando saberes, desenvolvendo valores, como o respeito, regras de civis-

sentes, neste dia! Cada turma deste estabelecimento de educação preparou, carinhosamente, uma oferta para as suas estimadas visitas! Cartões diversos com votos de boas festas, trabalhados pelas crianças, não faltaram!!.. Após a apresentação de todos os números previamente preparados, chegou o momento de lanche-convívio e de partilha, onde um bolo, grande e saboroso, com o apoio do presidente da Junta de Freguesia de Rio de Moinhos, acalentou todas as crianças dos Jardins de infância, envolvidos nesta maravilhosa interação. A alegria reinou nos rostos de todos!.

A socialização das crianças fez repercutir-se na socialização profissional dos docentes e de todos os elementos envolvidos no evento. O Jardim de infância de Cans, mais uma vez, preparou a receção de outros amigos que iriam chegar! O Jardim de infância de Áspero e o Jardim de infância de Assento tornaram-se premo, desenvolvendo atividades lúdicopedagógicas, onde cada Jardim de infância preparou atividades-surpresas que foram apresentadas aos respetivos grupos, vivenciando a temática “João e os amigos”, num espírito de solidariedade e de companheirismo. Enquadrando-se nesta grande temática, cons-

PLANO

Departamento da Educação Pré-escolar do Agrupamento Penafiel Sudeste

DE MELHORIA DE DE ESCOLAS DE

ESCOL A D O AGRUP AMENTO PENAFIEL SUDESTE

sede. O Professor António Sorte fez a apresentação da sessão aos presentes, salientando a importância do plano para a concretização de todo um sucesso educativo. Tendo em conta a apresentação do Plano de Melhoria de Escola do Agrupamento de Escolas de Penafiel Sudeste, foi realizada uma sessão para todos os docentes do Agrupamento que decorreu no dia 13 de dezembro de 2012, pelas 18h30m no anfiteatro da escola

docentes os pormenores do plano de melhoria, e no final houve ainda tempo para debate de algumas questões mais relevantes.

A sessão contou com a presença das técnicas do Observatório de Melhoria e Eficácia de Escola da Universidade Lusíada do Porto, que afloraram questões do foro técnico e científico relativas ao tema exibido. A Professora Deolinda Soares expôs aos

Equipa da GE


A g r up a m e n to d e E s c o l a s d e P e n a f i e l S u d e s te

Pá g in a 21

JOVENS DEPUT AD OS “Ultrapassar a crise” é o tema em debate no Parlamento dos Jovens 2013. O programa Parlamento dos Jovens é uma iniciativa institucional da Assembleia da República que conta o apoio do Ministério da Educação e Ciência e outros organismos. O programa tem como principal objetivo estimular o gosto pela participação cívica e política dos nossos jovens. A nossa escola, inscreveu-se este ano pela primeira vez e conta com a inscrição de 70 deputados, distribuídos por sete listas , sendo eles alunos das várias turmas de 9ºano. No dia 26 de novembro, realizou-se o primeiro debate que contou com a presença dos senhores presidentes de Junta de Freguesia de Rio de Moinhos, Cabeça Santa e o senhor Diretor do Agrupamento. No dia 10 de dezembro, realizou-se o segundo debate que foi presidido pela senhora deputada Dra. Maria José Castelo Branco.

ETWINNING

We are class B from 9th grade. We are participating in eTwinning project with schools from Poland and Greece. It is called “Let’s show our countries” and it is about our school, where we live and beautiful places in our country. In this project, we are going to talk with our foreign friends, take pictures and describe them, make some videos…

Os debates versaram questões acerca da austeridade, do corte da despesa pública, da fiscalização da atividade económica, da importância da agricultura, entre outras. Destaca-se o civismo praticado pelos jovens deputados e o conteúdo das suas intervenções. Destaque também para o trabalho realizado pela professora Madalena Carneiro e pelos alunos do CEF de Jardinagem na decoração do anfiteatro. Equipa Parlamento dos Jovens

PROJECT Para saber mais, consulta: http://www.etwinning.net/pt/pub/index.htm Turma 9º B

We hope to show our partners that our country is a beautiful place to visit and we are sure that we are going to have fun.

PROJETO ITEC No ano letivo 2011/2012, a turma A do 8º ano, correspondente ao 9º A no presente ano letivo, participou no projeto ITEC. Este projeto consistiu na realização de trabalhos envolvendo diferentes tecnologias e metodologias, no âmbito da disciplina de Físico-Química, e visando construir e testar em grande escala, cenários de aprendizagem na sala de aula do futuro, reconhecendo as realidades do ritmo do processo da reforma educativa. A turma foi acompanhada pelo docente Daniel Costa, que enalteceu o empenho e o excelente trabalho desenvolvido pelos alunos e que pode ser consultado no blogue do projeto: (http://www.itecpenafielsudeste.blogspot.pt/).

Os alunos participantes receberam, pela mão do Diretor do Agrupamento, Jorge Pimentel, os diplomas de participação.

Turma 9º A


Pá g in a 22

A no I V

O NATAL

NA

BIBLIOTECA

O ambiente da Biblioteca Escolar está natalício! Durante a semana de 10 a 14 de dezembro, os alunos que a frequentam têm ajudado a decorar este espaço, fazendo desenhos para serem colocados nas janelas e construindo uma grande árvore de Natal com pacotes de leite reciclados. Espalhadas pela Biblioteca estão várias janelas elaboradas pelos alunos com os mais variados materiais, no âmbito da atividade “Natal à Janela”, da equipa do Plano Nacional de Leitura em articulação com as disciplinas de

pinheiro com materiais reciclados no âmbito das disciplinas de Ciências Naturais, Cidadania e Mundo Atual e Instalação de Jardins e Relvados . Durante a última semana de aulas, decorreu o “Ciclo de Cinema de Natal”, pelo qual passaram muitas turmas. Com tudo isto, a equipa da Biblioteca Escolar pretende desejar a todos um Natal muito Feliz!

Português, EV e ET. Também o CEF de jardinagem colaborou na decoração de um

Equipa da BE

PRESÉPIO “ATIVO” zadora do “Clube Ciênci@tiva” juntamente com os alunos, construíram um presépio muito original na biblioteca. Nele podem ser vistos vários materiais habituais nos laboratórios de Físico-Química transformados em Reis Magos e Menino Jesus, mostrando que cada coisa pode ser muito mais do que aquilo que nos parece à primeira vista. O presépio está em exposição até ao final do primeiro período. Durante o mês de dezembro, a professora Eugénia Silva, de Físico-Química, dinami-

Equipa da BE

“NAT AL À semelhança do ano letivo anterior, a equipa do PNL propôs a atividade “Natal à Janela”. Com esta atividade propusemo-nos despertar o espírito natalício e de cooperação entre todos os alunos e docentes do Agrupamento. Este ano, seguindo a linha de orientação dada, reciclagem de materiais, e contando na escola sede com a colaboração dos docentes de Educação Visual, conseguiu-se uma janela mais rica, com maior originalidade e criatividade. A equipa agradece e deseja a todos um feliz Natal e um próspero Ano Novo. Equipa do PNL

N úm e r o 1

À

J ANEL A”


A g r up a m e n to d e E s c o l a s d e P e n a f i e l S u d e s te

Pá g in a 23

“SINGING AROUND” / “CH ANTER

ET

ENCH AN TER”

NA

NATAL ESCOLA SEDE

7º ficaram surpresos, mas, ao mesmo tempo, muito agradados por os colegas maiores se terem lembrado deles na altura de Natal. Entretanto, os professores ouviram e convidaram este coro a cantar também na sala dos professores, ficando todos agradavelmente surpreendidos com a atuação. Turma 9º B Docentes Deolinda Soares e Ester Pires.

A turma B do 9º ano foi cantar às salas de todos os sétimos anos na última semana de Natal. A canção escolhida pelas suas professoras de Inglês e Francês foi “Santa Claus is coming to town”, juntamente com “Père Noel arrive ce soir”. Ao cantarem em Inglês e Francês, os alunos de 9º mostraram aos seus colegas de 7º como se podem divertir enquanto aprendem línguas estrangeiras. Os alunos de

TEMPO

DE

As últimas semanas de aulas foram uma azáfama na escola sede, já que a comemoração da quadra natalícia se avizinhava e por isso foi tempo de decorações. Todos contribuíram para embelezar a nossa escola, desde os assistentes operacionais e administrativos, aos alunos e professores. Deixamos aqui uma pequena mostra fotográfica dos trabalhos e atividades realizadas nesta época tão especial, onde a amizade, a tolerân-

NATAL cia, reflexão, esperança, amor… são “palavras” que merecem a mais elevada consideração! Não podemos deixar de destacar, porque muito merecem, os nossos meninos e meninas especiais, pela apresentação de uma fabulosa encenação natalícia acompanhada de música e muita alegria! Equipa da GE

ESTE … e a finalizar o 1º período, o lanche de Natal com a comunidade escolar.

E S PA C O É TEU,

PUBLICA AQUI!


A g r up a m e n to d e E s c o l a s d e P e n a f i e l S u d e s te

Pá g in a 24

DIVERTE-TE CONNOSCO

Título:

ANEDOTAS

GAZETA DO ESTUDANTE

Um homem entra na farmácia e pergunta: - Tem óculos? - Para o Sol? - Não, para mim!

Um sujeito pergunta a outro: - O que é que quer dizer "pourquoi"? - Porquê. - Por nada, só para saber...

Procura na seguinte sopa de letras os Agentes de Proteção Civil M A T E U S A M I

I

Y Q F A N Q B F B Y C

G H G E G H S O R

I

E B M O B E N

A T Q U G D T F C Q E J

E D X R D D C

Telefone: 255 617 440

A F W Q A Z D G Y F G B O N G Ç Q A X M W H K Y R F T Q D I

T B

T Y I

PSP GNR

M J

D T G V L

I

E C W A R L

F M C Y D K W S V R G N G V R E M E P A Z D W F C

A D M K K J M K J A J

F O V W L

A E X E R C

I

I

D C B E U R Z

T O W J

H P S P Z Z G H P R R C J

A J

U A S N Y S H A U V S L

L P J

I

N B F

O H O P A U L

J

X L

Bombeiros

D Z F E A R E U R E I

O S

I

INEM

V E

Exército

C R Z X

B E K D O M Z S B Ç S E E N R

C G G K S E U P F Z I

Palavras

O H A F A O H N L

R V K J

I

I

H K P U A V N A B B A N E Q E X

I

Propriedade: Agrupamento de Escolas de Penafiel Sudeste Rua do Cruzeiro das Lampreias, nº 551 4575-144 Cabeça Santa - Penafiel

I

Fax: 255 617 441 Site: http://agpenafielsudeste.ccems.pt email: dir.agpenafielsudeste@gmail.com

Força aérea

U U

I

V R M Guardas Florestais T G T R C Z

D P S P G L

A M S

A H H B S T O W D T

I

X

P X G U N G D A S F G O R E D T A

I

S

Polícia Marítima

Direção/Coordenação: Deolinda Ferreira Eduardo Naia Renato Magalhães

Clube da Proteção Civil - Elaborado por Mateus Silva

DESCOBRE

AS

7

DIFERENÇAS

Redação: Professores e alunos que frequentam o clube do Jornal (Turmas 5º E, 5º F, 6º A, 8º F) Colaboração: Alunos e Professores do Agrupamento Design e Organização Gráfica: Deolinda Ferreira Renato Magalhães Periodicidade: Semestral Tiragem: 1000 exemplares 0,50 Gazetas

A Gazeta do Estudante tem como obje tivo dar a conhecer a toda a comunidade escolar, as atividades, eventos e demais situações vividas no Agrupamento de Escolas de Penafiel Sudeste. Esperamos que tenham apreciado os trabalhos!

Envia-nos os teus trabalhos para o nosso e-mail gazetadoestudante.pnsud@gmail.com

Jornal  

Jornal Agrupamento de Escolas de Penafiel Sudeste

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you