Page 1

Redação: Rua Esposende,50 - Jd. Triana - CEP:02226-001 - Tels: 99688-3563 / 9 8233-9679 - Jornalista: Antonio Sérgio Tasso - Julho/2017

Alckmin entrega 76 viaturas Mortes de ciclistas na capital para reforço da frota da Polícia paulista aumentam em 75% Foto: Ciete Silvério

Foto:Alexandre Carvalho

A entrega das viaturas aconteceu no dia 19 (Quarta-feira) no Palácio dos Bandeirantes

Os dados dos acidentes é da Associação dos Ciclistas Urbanos de São Paulo

O governador recebeu quarta-feira, 19/07, da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) 76 novas viaturas para reforçar as frotas dos Institutos Médico-Legais (IML) e de Criminalística (IC) do Estado de São Paulo. Os carros, que foram adquiridos por R$ 6,1 mi-

O número de mortes em acidentes de trânsito envolvendo ciclistas aumentou 75% no primeiro semestre deste ano na comparação com o mesmo período do ano passado, na capital paulista, passando de 12 para 21. Os dados são uma compilação da Associação dos Ciclistas

lhões e atenderão unidades da Capital, Grande São Paulo e interior do Estado. “Estamos entregando viaturas zero quilômetros que serão distribuídas para capital, litoral e interior”, comentou Alckmin, destacando também os policiais em formação. “Aqui do lado, na Acadepol te-

Lei que garante prioridade a idosos maiores de 80 anos

mos 112 policiais em formação para trabalharem na Polícia Técnico-Científica, sendo 57 médicos legistas e 55 peritos. Outros 708 novos policiais, 71 delegados, 171 investigadores, 466 escrivães e 903 para Polícia Militar. ” Veja mais detalhes dessa entrega das viaturas na Pág.5

Como proteger os Pets de doenças no inverno?

Urbanos de São Paulo (Ciclocidade) com base nas estatísticas do Infosiga – Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, ligado ao governo do estado. De acordo com o diretor da Ciclocidade, Daniel Guth, o aumento do número de mortes é o resultado de alguns fa-

tores combinados, como falta de fiscalização de carros e ônibus,descontinuidade das políticas cicloviárias, aumento dos limites de velocidade nas marginais e falta de campanhas de conscientização sobre direção segura, além da falta de capacitação de motoristas de ônibus e taxistas.Veja mais na Pág.5

Pedido Bom garante o remédio pelo melhor preço

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Nova lei beneficia idosos a partir dos 80 anos

Manter a vacinação em dia é fundamental para evitar doenças

Aplicativo gratuito permite encontrar e receber remédios

O Diário Oficial da União publicou na sua edição de quinta-feira (13/07) a lei sancionada pelo presidente Michel Temer que altera o Estatuto do Idoso. Com a alteração, os maiores de 80 anos sempre terão suas necessidades atendidas com preferência em relação aos demais idosos. “Em todos os atendimentos de saúde, os maiores de 80 anos terão preferência especial sobre os demais

O frio chegou e junto com ele as baixas temperaturas que acabam tornando o ambiente propício ao aparecimento de doenças típicas da estação. Segundo a Dra. Carla Janeiro Coiro, parceira da COMAC (Comissão de Animais de Companhia do SINDAN - Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Saúde Animal), “assim como os humanos, os animais de

Com as agendas cada vez mais encurtadas, a sociedade atual tem optado por soluções que otimizem ao máximo o seu tempo. De olho nessa praticidade, o Pedido Bom, aplicativo gratuito que pode ser utilizado por qualquer pessoa , até mesmo por idosos não familiarizados com a tecnologia , é a mais nova ferramenta de compra de remédios de maneira rápida, segura e eficiente. O app evita

idosos, exceto em caso de emergência”, diz um trecho da Lei 13.466. De acordo com o Estatuto do Idoso, são consideradas idosas pessoas a partir de 60 anos. O projeto saiu do Senado no dia 21 de junho e seguiu para sanção presidencial. A relatora do projeto foi a senadora Regina Souza (PTPI). “Entre os idosos, existe um segmento mais vulnerável”, afirmou Regina na ocasião. Pág.2

estimação precisam de alguns cuidados especiais nessas épocas do ano, afim de minimizar possíveis quedas de imunidade, que podem ser a porta de entrada para a ocorrência de doenças respiratórias, principalmente aquelas de caráter infeccioso e particulares de cada espécie. Traqueobronquite infecciosa, semelhante a gripe em humanos, é uma doença altamente contagiosa entre cães. Veja na Pág.3

que o paciente tenha que se deslocar para buscar remédios ou pesquisar em diferentes farmácias. Com o Pedido Bom, é possível digitar, falar, tirar foto do código de barras ou até mesmo da receita médica. Em poucos minutos, o usuário recebe, pelo celular, propostas de farmácias cadastradas da região com o preço mais baixo, a entrega mais rápida e a farmácia melhor avaliada.Pág.3


Página:2

Imprensa da Zona Norte

Moda & Beleza Claudete Camacho

Cidade de São Paulo ganha lixeiras novas e resistentes

Julho/2017

Lei que garante prioridade a idosos maiores de 80 anos

Foto:Heloisa Ballarini

Foto: Divulgação

Algumas lixeiras do novo modelo podem ser monitoradas

Nova lei beneficia idosos a partir dos 80 anos

A cidade de São Paulo começou a receber lixeiras de metal, mais resistentes do que as anteriores de plástico. No total, 1.908 unidades dos novos modelos já foram instaladas em diferentes regiões durante as ações dos programas Cidade Linda, que parte da região central em direção à periferia da cidade, e Calçada Nova, que parte dos extremos em direção ao Centro. Das unidades instaladas, 1.196 lixeiras são do modelo “Tulipa”, que começou a ser utilizado em fevereiro deste ano. Feitas de ferro com tratamento anticorrosivo, essas papeleiras possuem capacidade para receber até 100 litros de resíduos e são presas no chão. As outras 712 são do modelo conhecido como “Robocop”. Feitas de ferro, possuem capacidade de armazenar 50 litros de resíduos e são fixadas nos postes. Elas também possuem uma caixa de metal para apagar cigarros. Essas novas lixeiras complementam as papeleiras de plástico, que já existiam na cidad e . O s n o v o s modelos são mais modernos e resistentes. Com a diminuição dos atos de vandalismo e deterioração, a Prefeitura pretende também economizar o dinheiro dos contribuintes. Os novos modelos foram doados pelas empresas Soma e Inova, responsáveis pela varrição

O Diário Oficial da União publicou na sua edição de quinta-feira (13/ 07) a lei sancionada pelo presidente Michel Temer que altera o Estatuto do Idoso. Com a alteração, os maiores de 80 anos sempre terão suas necessidades atendidas com preferência em relação aos demais idosos. “Em todos os atendimentos de saúde, os maiores de 80 anos terão preferência especial sobre os demais idosos, exceto em caso de emergência”, diz um trecho da Lei 13.466. De acordo com o Estatuto do Idoso, são consideradas idosas pessoas a partir de 60 anos. O projeto saiu do Senado no dia 21 de junho e seguiu

Novidades e tendências das mais afamadas grifes Oficina Fashion Claudete Camacho Editora de Moda Produtora de Eventos email:claudete@sistema.net Tel:3751-6107

DeMillus lingerie para inverno É consenso que o inverno é a estação mais elegante do ano. É quando o estilo de cada uma fica mais marcante e evidente. Com a underwear não poderia ser diferente. A DeMillus, marca de lingerie mais tradicional do país, lança linha exclusiva para a estação. Fashion e confeccionada em tecido jeans super elástico e aderente, de poliamida, poliéster e elastano, a linha Danube é composta de top, biquíni e um prático body que compõe bem o visual com saias, calças e shorts de alfaiataria. O top Danube é todo forrado, sem aro, sem espuma e sem fecho. Os tamanhos vão do 42 ao 46; o preço sugerido é R$ 35. O biquíni, com elástico acetinado largo nas laterais, vai do P ao G; o preço sugerido é R$ 19. Fazendo jus ao status de peça que caiu nas graças das mulheres, o body Danube é leve e confortável, sem compressão. Não tem aro nem espuma nos bojos, para que possa ser usado com o sutiã

da preferência de cada uma, e vem com fecho entre as pernas. Os tamanhos vão do 42 ao 50; o preço sugerido é R$ 63 (como oferta de lançamento, o preço cai para R$ 55). Dica: ao vestir o body, faço-o pelos pés, em vez de pela cabeça. Ele entra mais facilmente e suspende os seios.

Lingerie sensual e diferente Para quem quer dar uma apimentada na relação investir em uma lingerie diferente e especial pode fazer toda a diferença para sair da rotina. E porque não presentear a sua namorada com esse mimo? Assim, o presente é duplo e os dois podem aproveitar uma noite romântica. A dica é prestar atenção no tamanho que a parceira usa, e, também no estilo para que ela se sinta confortável usando as peças. A Arsiè Lingerie possui modelos super sensuais e que não deixam o conforto de lado, assim não tem como errar na escolha, e uma dica geral é que os modelos de renda com aplicações de jóias ou detalhes em dourado são os mais procurados nessa época do ano. Para quem tem uma namorada super romântica, o conjunto com saia da Arsiè vai deixá-la ainda mais encantadora. A Arsiè possui modelos para ambos os gostos, com muita elegân-

cia e sensualidade para acertar no presente para aquelas mais clássicas e que não abrem mão da sofisticação. Para dar um UP nessa noite, óleos de massagem são bem vindos. As fragrâncias de jasmim, gengibre, baunilha, canela e cravo são afrodisíacas e podem contribuir para o momento ficar ainda mais perfeito.

na capital. Os novos modelos não estavam contemplados no contrato vigente com as empresas e foram doados sem custos ao governo municipal. Conforme o contrato, as empresas precisam repor mensalmente 20% das papeleiras na cidade, seja por vandalismo ou higienização. Não há um valor específico para a manutenção das papeleiras, pois a tarifa mensal paga a essas empresas já contempla esse serviço. De acordo com a AMLURB (Autoridade Municipal de Limpeza Urbana), na época em que o contrato foi firmado com as empresas de varrição, entre 2011 e 2012, foram instaladas 150 mil papeleiras. Somente neste ano, foram repostas, por mês, 4.402 papeleiras, sendo mais da metade devido a depredações, pichações, queima, aplicação de propagandas irregulares e demais tipos de vandalismos. Georreferenciamento Algumas lixeiras do novo modelo podem ser monitoradas por sistemas de coordenadas geográfic a s , p o r possuírem QR Code ou um chip acoplado que permite, por meio de um aplicativo de celular, acompanhar informações em tempo real sobre o estado de limpeza, manutenção, necessidade de substituição e vandalismo. Esses registros são armazenados no sistema da empresa e podem ser acessados a qualquer momento para identificar a necessidade de eventuais manutenções, limpezas e higienizações.

para sanção presidencial. A relatora do projeto foi a senadora Regina Souza (PT-PI). “Entre os idosos, existe um segmento mais vulnerável”, afirmou Regina na ocasião. “Como a lei diz que é a partir dos 60, todo mundo chega e usa a prioridade, sem observar se atrás tem uma pessoa com mais de 80 anos.” Regina Souza ressaltou ainda que, em contendas judiciais, é ainda mais importante a preferência para os octogenários porque “não adianta atender ao direito depois que a pessoa morre”. Para a senadora, os precatórios são o principal ponto em que pessoas acima de 80 anos devem ter prioridade.


Página:3

Imprensa da Zona Norte

Proteja-se das doenças pelas baixas temperaturas

Como proteger os Pets de doenças no inverno?

Julho/2017

Pedido Bom garante o remédio necessário pelo melhor preço

Foto: Divulgação

Divulgação

Divulgação

No inverno, nosso organismo acaba ficando suscetível

Manter a vacinação em dia é fundamental para evitas doenças

O aplicativo evita que o paciente tenha que se deslocar

É muito comum que com a chegada do Inverno e das baixas temperaturas, aumentem os casos de gripes, resfriados e doenças respiratórias, as famosas “ites”. Por isso, devemos estar atentos e prevenilas. Para facilitar a tarefa, o Dr. Aier Adriano Costa, coordenador da equipe médica do Docway, explica como essas doenças atacam nosso organismo e separou algumas dicas para amenizar os problemas causados nesta época do ano. A primeira coisa a saber, é que nosso organismo costuma combater sozinho essas doenças, eliminando-a do nosso corpo em cinco ou sete dias. “Nosso organismo está programado para isso. Na grande maioria dos casos ele mesmo elimina o vírus. Claro, devemos tomar cuidados básicos como beber bastante água para manter a hidratação, ter uma alimentação adequada e repousar bastante”, explica o médico. Agora, se após esse período a pessoa apresentar os mesmos sintomas, podendo ser agravados por secreções amareladas ou esverdeadas no nariz e no ouvido ou pontos de inflamação e pus na garganta, é melhor procurar um médico. “Com a chegada do Inverno, nosso organismo acaba ficando suscetível a essas doenças. Nosso sistema respiratório é basicamente mucosa com cílios, que tem a função de eliminar possíveis invasores. Com o frio, e s s e s pelinhos sofrem, e vírus e bactérias entram com mais facilidade no nosso corpo”, complementa. Segundo Dr. Aier, é bom evitar lugares fechados e sem ventilação, já que eles concentram um número maior de micro-organismos, aumentando as chances de contágio. Por isso, não importa o local, seja ônibus, casa ou escritório, mesmo com as temperaturas mais baixas é importante que haja ventilação. “Ao chegar em casa, lave o nariz com soro fisiológico. Ele ajuda a limpar a poluição das vias respiratórias e eliminar possí-

O frio chegou e junto com ele as baixas temperaturas que acabam tornando o ambiente propício ao aparecimento de doenças típicas da estação. Segundo a Dra. Carla Janeiro Coiro, parceira da COMAC (Comissão de Animais de Companhia do SINDAN - Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Saúde Animal), “assim como os humanos, os animais de estimação precisam de alguns cuidados especiais nessas épocas do ano, afim de minimizar possíveis quedas de imunidade, que podem ser a porta de entrada para a ocorrência de doenças respiratórias, principalmente aquelas de caráter infeccioso e particulares de cada espécie. “ Traqueobronquite infecciosa (tosse dos canis ou gripe canina): semelhante a gripe em humanos, é uma doença altamente contagiosa entre cães, de ocorrência típica nas épocas de frio e em locais com grande aglomeração de animais. É causada por um ou mais agentes, dentre eles dois tipos de vírus e uma bactéria que se alojam nas vias aéreas dos animais. O principal sintoma observado é a tosse seca, podendo ocorrer secreção nasal, febre, falta de apetite, e a melhor forma de conferir proteção aos animais é por meio da vacinação específica para a doença. Cinomose: causada pelo vírus da cinomose canina (VCC), acontece geralmente com quadros de alterações do trato respiratório, podendo evoluir para manifestações gastrointestinais e neurológicas. As baixas temperaturas propiciam a maior sobrevivência e dispersão do vírus no ambiente, por isso é essencial manter a vacinação anual (V8 ou V10) em dia. Rinotraqueíte e Calicivirose felina (Complexo Respiratório Felino): fazem parte do chamado Complexo Respiratório Felino e apresentam maior incidência em locais com alta densidade de animais ou nas estações mais fri-

Com as agendas cada vez mais encurtadas, a sociedade atual tem optado por soluções que otimizem ao máximo o seu tempo. De olho nessa praticidade, o Pedido Bom, aplicativo gratuito que pode ser utilizado por qualquer pessoa , até mesmo por idosos não familiarizados com a tecnologia , é a mais nova ferramenta de compra de remédios de maneira rápida, segura e eficiente. O app evita que o paciente tenha que se deslocar para buscar remédios ou pesquisar em diferentes farmácias. Com o Pedido Bom, é possível digitar, falar, tirar foto do código de barras ou até mesmo da receita médica. Em poucos minutos, o usuário recebe, pelo celular, propostas de farmácias cadastradas da região com o preço mais baixo, a entrega mais rápida e a farmácia melhor avaliada. O usuário precisa apenas escolher o que for mais conveniente para confirmar o pedido e a farmácia selecionada enviará os medicamentos ao endereço informado. Outra função do aplicativo é o lembrete, que avisa o dia

veis invasores que causaram as doenças. Se o ar estiver seco, use um umidificador de ar ou uma toalha úmida no ambiente. Beba muita água, pois ela ajuda a prevenir as infecções”. Para prevenção da gripe, existe ainda a possibilidade de vacina. Idosos com mais de 65 anos, grávidas e crianças com idade entre 6 meses e 2 anos devem ser vacinadas. O médico lembra ainda que esse método de prevenção não é aconselhável a pessoas com alergia a albumina, proteína encontrada no ovo e usada em sua fabricação. “O Inverno tende a trazer mais doenças, mas medidas simples podem ajudar no combate. Seja uma gripe ou resfriado, ou até mesmo uma rinite ou sinusite, tais cuidados ajudam no dia a dia do paciente”, finaliza. Dados mundiais: Segundo estima a Organização Mundial de Saúde (OMS), mais de 1,2 bilhão de pessoas tem risco elevado de contrair a gripe e suas complicações. Desse total, 385 milhões são idosos acima de 65 anos, 700 milhões de crianças e adultos com doenças crônicas e outros 140 milhões de crianças. Estudos demostraram que a vacina, no caso da gripe, pode reduzir em até 75% a mortalidade global. Quanto aos idosos que residem em lares especiais, a imunização pode diminuir em até 60% o risco de pneumonia e 68% o risco de internação. Vale lembrar que em 95% dos casos a gripe é causada por vírus, e apenas 5% por bactéria. Em determinado casos, a infecção por vírus pode acabar facilitando a infecção por bactéria, já que por conta da infecção há uma redução das defesas. Segundo Dr. Aier Adriano Costa, a vacina não causa gripe nos pacientes imunizados, mas leva de quatro a oito semanas para ter eficácia plena, por isso a pessoa que tomou a vacina pode chegar a ficar doente nesse período. Para conhecer todos os detalhes sobre o Docway, que está disponível para os sistemas Android e iOS, site www.docway.co.

as, pelo contato muito próximo e facilidade de disseminação. Os sintomas observados são: secreção nasal e ocular, febre, espirros, apatia, ceratoconjuntivite (rinotraqueíte), úlceras na mucosa oral (calicivirose). A maneira mais eficaz de proteção se dá vacinação específica para gatos, conhecida como tríplice (V3), quádrupla (V4) ou quíntupla (V5), que além desses agentes englobam outros de importância para a espécie. Outras enfermidades como a asma e a pneumonia, de ocorrência tanto em animais quanto em humanos, podem aparecer com maior frequência ou severidade do quadro clínico durante o inverno, pela queda brusca da temperatura. “Os quadros de asma são geralmente desencadeados por alérgenos ou fatores irritantes no ambiente como fumaça de cigarro e carro, poeira, pólen, aerossóis de vários tipos (sprays domésticos, perfumes), sendo os gatos ainda mais susceptíveis que os cães. Para os casos de pneumonia, podemos citar as infecções bacterianas, virais, fúngicas, por protozoários ou mesmo decorrentes de outras doenças que levam a queda de imunidade do animal”, completa a Dra. Carla. Cuidados preventivos Além de manter a vacinação em dia, é importante lembrar de algumas ações que podem minimizar a exposição do animal, dentre elas, conservar a higiene do ambiente, evitar ou diminuir a frequência de banhos, principalmente em animais muito jovens ou idosos. Recomenda-se usar roupas nos pets com pouca pelagem e sempre que sair para um passeio, escolher as horas mais quentes do dia para evitar o vento e a friagem. Manter um estado nutricional adequado por meio de alimentação de qualidade influi diretamente na condição corporal e no estado imunológico do animal.

e horário para tomar os remédios específicos, além de alertar sobre um medicamento que está para acabar. Em apenas três meses de operação, o Pedido Bom já conta com mais de 200 farmácias cadastradas na cidade de São Paulo. “Ainda temos muito a fazer e aprender, mas temos o que mais importa: a execução eficiente e a preocupação com o cliente”, explica Jorge Geras, diretor de Marketing da Pedido Bom. O Pedido Bom surgiu para resolver uma grande necessidade do mercado. Com diferentes olhares, um executivo, um médico e um programador perceberam que não era suficiente apenas a entrega em casa ou somente a comparação de preços. Com este desafio em mente, decidiram criar uma solução completa. O appPedido Bom pode ser encontrado nas lojas Apple Store e Google Play, tendo inclusive avaliação média máxima, de cinco estrelas. Pode ser acessado também pelo site https:// www.pedidobom.com.


Página:4

Imprensa da Zona Norte

Procon fiscaliza cobrança de bagagens nos principais aeroportos do país

Julho/2017

Injeção mensal contra HIV pode substituir tratamento diário Foto: Divulgação

Homem Aranha, De Volta ao Lar

Para alguns passageiros, as regras não são bem claras

Atualmente, portadores do HIV tomam um comprimido por dia

Os órgãos de defesa do consumidor fazem hoje (28) fiscalização nos principais aeroportos do país para saber se as companhias aéreas estão respeitando os direitos dos passageiros. O objetivo é verificar como está sendo feita a cobrança pela bagagem, que entrou em vigor no dia 14 de março. A norma fixou um aumento da franquia de bagagem de mão, de 5 para 10 quilos. O passageiro que estiver com uma bagagem de mão superior a esse peso poderá ter de despachar e pagar pelo volume. De acordo com a diretora-geral do Procon-DF, Ivone Machado, a fiscalização é para saber se as companhias estão informando os passageiros corretamente. “As pessoas estão pagando para despachar suas bagagens separadamente, o que aumenta efetivamente o valor (da passagem). A ação é para ver se eles estão sendo informados do valor real”. Quando a norma entrou em vigor, o governo informou que a cobrança pelas bagagens poderá significar redução no valor das passagens. No entanto, na ocasião, as companhias informaram que esse efeito deve ser sentido no longo prazo, não no curto prazo. Segundo a diretora do Procon, não foi detectada redução no preço dos bilhetes em decorrência da cobrança.A fiscalização visa também apurar como está o atendimento para os passageiros preferenciais. Em parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e o Ministério Público, a iniciativa teve como ponto de partida os aeroportos de São Paulo, após terem sido constatados que algumas normas não estão sendo cumpridas, como tempo excessivo no atendimento preferencial. "Quando você adquire a passagem antecipadamente, você paga até 50% menos do valor se deixar para pagar na hora. É claro que é ainda muito cedo para se falar em redução [ no preço da passagem], mas estamos

Uma injeção mensal de antirretroviral, em vez de um comprimido por dia, pode ser suficiente para os portadores do vírus da imunodeficiência humana (HIV) manterem a infecção sob controle. É o que indica um estudo divulgado no dia (24/07) na nona edição da Conferência de Investigação sobre o HIV, organizada pela Sociedade Internacional contra a Aids. A informação é da EFE.O trabalho, apresentado em Paris pelo cientista da Universidade da Carolina do Norte (EUA) Joseph Eron, sugere que os portadores em estado de supressão viral respondem bem às injeções, sejam as administradas a cada quatro semanas ou as tomadas a cada oito. Atualmente, os portadores do HIV devem tomar um comprimido por dia para que o vírus seja indetectável e não seja transmitido, ainda que não seja possível

acompanhando atentamente essa questão e verificando se, eventualmente, o consumidor virá a ser beneficiado por essa nova resolução”, disse o promotor de Justiça de Defesa do Consumidor do MPDFT, Paulo Roberto Binicheski. Segundo o promotor, além da franquia de bagagem, estão sendo avaliados os horários de voos e a gratuidade na correção de nome ou sobrenome do passageiro. “A questão primordial é o direito à informação, que permite que o consumidor conheça seus direitos. Hoje, o que estamos fazendo é uma chamada para a importância de se difundir a resolução, pouco conhecida até pelas próprias companhias”, complementou. Ele citou, que por exemplo, o passageiro pode usar o bilhete de retorno comprado antecipadamente mesmo nos casos em que não utilizou o de ida. Nessa situação, basta informar a companhia e chegar no horário de embarque previsto. No aeroporto internacional de Brasília, uma equipe de quatro agentes do Procon faz a fsicalização desde as 10h. Em São Paulo, a operação deve durar cerca de oito horas, sendo finalizada às 16h. Para alguns passageiros, as regras referentes à bagagem não são claras. A professora Adriana Serafim, que viaja de avião em média duas vezes por ano, diz que ainda tem dúvidas. “Como consumidora, eu não consultei a resolução, porque a linguagem é bem complicada. E, por outro lado, não recebi da companhia a regra clara”. Adriana conta que, ao embarcar para Brasília, um funcionário mostrava uma caixa, simulando o volume de bagagem de mão permitido sem cobrança. “O despachado eu não paguei, mas vim com essa preocupação de trazer pouquinha coisa, uma mala menor, para não acontecer o mesmo ocorrido com a minha sogra, que pagou R$ 83. Ela não esperava”, relatou.

Imprensa da Zona Norte Empresa Jornalística Antonio Sérgio Tasso - ME Grupo de Jornais: Notícias SP e Imprensa da Zona Norte

Edição: Julho/2017 Rua Esposende,50 Jd. Triana - CEP:03554-080 Jornalista responsável: Antonio Sérgio Tasso - Mtb: 34156 Colaboradores: Claudete Camacho (Moda) Tels: (11) 9-9688-3563 / 2743-8811 / 3569-7397 email:imprensazonanorte@gmail.com www.imprensazonanorte.com.br

eliminá-lo completamente. “Para alguns soropositivos, um tratamento injetável de longa duração pode ser mais cômodo e menos estigmatizante do que o atual, o que poderia aumentar a taxa de continuidade”, defendem os autores do teste, que já foi experimentado em centenas de pessoas. De acordo com o vicepresidente da conferência, Jean-François Delfraissy, a devida continuidade do tratamento é fundamental, já que quando interrompida pode provocar aumento da resistência do vírus aos medicamentos, o que é extremamente preocupante. Segundo dados divulgados na última semana pelo Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (Unaids), 19,5 milhões das 36,7 milhões de pessoas que têm o vírus do HIV no mundo têm acesso ao tratamento.

Depois de atuar ao lado dos Vingadores, chegou a hora do pequeno Peter Parker (Tom Holland) voltar para casa e para a sua vida, já não mais tão normal. Lutando diariamente contra pequenos crimes nas redondezas, ele pen-

sa ter encontrado a missão de sua vida quando o terrível vilão Abutre (Michael Keaton) surge amedrontando a cidade. O problema é que a tarefa não será tão fácil como ele imaginava. Em cartaz nos melhores cinemas.

Em Ritmo de Fuga

Sinopse: O jovem Baby (Ansel Elgort) tem uma mania curiosa: precisa ouvir músicas o tempo todo para silenciar o zumbido que perturba seus ouvidos desde um acidente na infância. Excelente motorista, ele é o piloto de fuga

oficial dos assaltos de Doc (Kevin Spacey), mas não vê a hora de deixar o cargo, principalmente depois que se vê apaixonado pela garçonete Debora (Lily James). Em breve nos melhores cinemas da cidade.

Loucos e Perigosos

Steve Ford (Bruce Willis) é um investigador privado com base em L.A, mas não fora, cujo mundo profissional e pessoal colide depois que seu cachorro amoroso Buddy é roubado por uma gangue notória. Uma série de circunstâncias loucas o acham fazendo a candidatura da gangue,enquanto

é perseguido por dois irmãos vingativos samoano, capangas de um agiota, e alguns outros personagens obscuros. Eles dizem que um cão é o melhor amigo do homem, e Steve mostra o quão longe um homem vai para se reunir com ele.Em breve nos melhores cinemas da cidade.


Página:5

Imprensa da Zona Norte

Polícia Técnico-Científica ganha reforço de 76 novas viaturas

Julho/2017

Mortes de ciclistas na capital paulista aumentam 75% no primeiro semestre

Fotos: Ciete Silvério

Falta de atenção no trânsito causam os acidentes Governador Geraldo Alckmin entregando as chaves das viaturas

O valor investido nas compras até agora foi de R$ 30 milhões

O Estado de São Paulo passa a contar com uma nova frota de viaturas para reforçar o efetivo do Instituto de Criminalística (IC), do Instituto Médico Legal (IML) e da Superintendência da Polícia Técnico-Científica (SPTC). A entrega dos veículos aconteceu nesta quarta-feira (19) na Superintendência e foi acompanhada pelo governador Geraldo Alckmin. São 76 novos carros da marca Citroen/ Aircross. Do total de via-

a cerimônia de entrega. Alckmin recebeu os veículos da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) e repassou as 76 viaturas para reforçar as frotas da polícia técnico científica do Estado. Os carros custaram R$ 6,1 milhões e atenderão unidades da Capital, Grande São Paulo e interior do Estado. O Governo do Estado investe no reforço dos recursos materiais e humanos das polícias. Desde 2011, além da entrega de hoje (19), fo-

turas adquiridas, 58 serão destinadas ao IC, 16 ao IML e duas à sede da SPTC.“A Polícia TécnicoCientífico é um fator importantíssimo para desvendar e esclarecer os crimes. É o trabalho da polícia científica que permite ao Poder Judiciário fazer justiça. Também permite inocentar quem é inocente e punir quem é culpado. Nós temos a melhor polícia do Brasil, inclusive a melhor Polícia Técnico-Científica”, disse Alckmin durante

ram destinadas 411 viaturas somente para a Polícia Técnico-Científica. O valor investido nas compras até agora foi de R$ 30 milhões. Neste ano, as equipes da SPTC receberam 114 novos agentes, entre médicos legistas, peritos, auxiliares de necropsia e fotógrafos técnico-periciais. E estão em formação na academia mais 112 futuros policiais técnico-científicos. O efetivo será distribuído às unidades do Estado de São Paulo após a formatura.

Aumento dos combustíveis já tem reflexos pelo país e até na inflação Em boa parte do Brasil milhões de motoristas já começaram a pagar na quarta-feira (30) um preço mais alto para abastecer com gasolina e diesel. Em alguns estados a gasolina vai ficar até 50 centavos mais cara e teve posto que aproveitou para subir também o preço do etanol. SÃO PAULO:Em São Paulo, o sindicato que representa os donos de postos de combustíveis disse que as distribuidoras já estão vendendo gasolina e diesel mais caros para os postos.No caso do litro da gasolina, o aumento está entre 17 e 20 centavos. Esse é o valor que vai ser repassado pro consumidor na bomba. Alguns postos que têm estoques podem manter o preço antigo por mais alguns dias, mas, na maioria, abastecer já está mais caro. Em um posto, por exemplo, o preço ainda não subiu. Mas em outros lugares o motorista já está pagando mais caro. GOIÁS: Em Goiás, o sindicato dos revendedores ainda não sabe de quanto vai ser o aumento, mas alguns donos de postos falaram que devem repassar o mesmo reajuste das distribuidoras, que

foi de 30 centavos. Só que em um posto de Goiânia, a gasolina comum subiu 40 centavos mais cara na quarta-feira (30). Passou de R$ 3,19 para R$ 3,59. Eles também aproveitaram para aumentar o etanol que ficou 60 centavos mais caro. Passou de R$ 1,99 para R$ 2,59.MATO GROSSO Em Mato Grosso, a gasolina e o diesel só vão subir a partir do dia 1º de outubro. Na quarta (30), a gasolina estava custando em média R$ 3,30 e deve chegar até R$ 3,45. Por isso, está valendo muito a pena abastecer com o etanol, que é o mais barato do Brasil em MT. O preço médio, segundo a ANP (Agência Nacional do Petróleo), é de R$ 1,89 por litro, mas tem posto que cobra R$ 1,69. Chega ao ponto de encontrar etanol pela metade do preço da gasolina. SANTA CATARINA: Em Florianópolis, os motoristas vão perceber os aumentos do diesel e da gasolina na medida em que os novos estoques chegarem. O preço pode subir até 20%, de acordo com o sindicato dos postos. Na quarta-feira (30), o litro da gasolina variava entre

O aumento dos combustíveis gera inflação

R$2,97 e R$ 3,30. Com o novo valor, deve ficar entre R$ 3,60 e R$ 3,80. E para pegar a gasolina e o etanol pelo preço antigo, já tem muita gente fazendo fila nos postos de combustíveis. BAHIA: Em Salvador, o aumento dos combustíveis ainda não foi repassado para o consumidor final. Em um posto da capital baiana, o preço da gasolina está custando R$ 3,04, mas, segundo o sindicato dos donos de postos de combustíveis, a gasolina e o diesel vão subir nos próximos dias, só não se sabe ainda de quanto será esse reajuste. Por causa dis-

so, motoristas fizeram filas nos postos pra aproveitar antes que o preço aumente. PARÁ: Em Belém vários postos reajustaram na quarta-feira (30) o preço dos combustíveis. Em um deles a gasolina aumentou 3% e passou de R$ 3,49 para R$ 3,59. Já o diesel subiu 1,5% e foi de R$ 3,19 para R$ 3,24. Segundo o Dieese, esse aumento dos combustíveis também vai afetar o comércio e a indústria locais por causa do valor do frete, que na região amazônica costuma ser mais alto devido às longas distâncias dos centros de produção.

O número de mortes em acidentes de trânsito envolvendo ciclistas aumentou 75% no primeiro semestre deste ano na comparação com o mesmo período do ano passado, na capital paulista, passando de 12 para 21. Os dados são uma compilação da Associação dos Ciclistas Urbanos de São Paulo (Ciclocidade) com base nas estatísticas do Infosiga – Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, ligado ao governo do estado. De acordo com o diretor da Ciclocidade, Daniel Guth, o aumento do número de mortes é o resultado de alguns fatores combinados, como falta de fiscalização de carros e ônibus, descontinuidade das políticas cicloviárias, aumento dos limites de velocidade nas marginais e falta de campanhas de conscientização sobre direção segura, além da falta de capacitação de motoristas de ônibus e taxistas. “O primeiro [elemento] é uma redução e o afrouxamento na fiscalização de condutores de automóveis e ônibus. A redução [do número] de multas, da fiscalização, tem impacto direto na segurança viária e, portanto, nos números que estamos vendo aí. O segundo elemento é a descontinuidade das políticas cicloviárias: falta de manutenção e de conexões e a não discussão sobre expansão cicloviária, [que] produzem também o resultado de mortes de ciclistas”, disse Guth. Ele considerou um retrocesso a interrupção das políticas cicloviárias, que estão sendo desenvolvidas desde a década de 70. “Políticas cicloviárias salvam vidas, são fundamentais, não só para que novas pessoas passem a usar bicicleta como meio de transporte, mas para que aqueles que já circulam, circulem com conforto e segurança. A descontinuidade dessas políticas, como a gente está vendo, produz parte desse cenário catastrófico.” Segundo Guth, a descontinuidade das políticas parte de uma posição oficial da prefeitura, que afirma que não colocará "nenhum centavo de recursos públicos para expansão cicloviária". Para Guth, Isso está claro no plano de metas apresentado na semana passada: "na rubrica sobre aumento de uso de bicicleta na cidade não tem nenhum recurso associado. Os únicos recursos que estão lá são privados, relativos ao programa de bicicletas compartilhadas”.

O diretor da Ciclocidade disse que o aumento dos limites de velocidade nas marginais teve efeito negativo sobre os motoristas. “Isso reverbera para a cidade toda, não só pela importância dessas vias [marginais] para a cidade de São Paulo, mas também porque motoristas que circulam por elas, circulam na cidade toda. [Isso] induz motoristas às altas velocidades, a um comportamento nocivo relativo à condução.” Guth destacou que campanhas de comunicação sobre convívio, respeito, redução de velocidade e prioridade de pedestres, ciclistas e transporte público coletivo podem ajudar na educação no trânsito e, consequentemente, na redução do número de mortes. Ele lembrou que a prefeitura não tem produzido nenhuma política nesse sentido e criticou o slogan do prefeito João Doria – Acelera, São Paulo. “O slogan induz condutores de automóveis às altas velocidades, para acelerar, para ter um comportamento de ronco de motor, é uma lógica bastante perversa.” Guth citou ainda a necessidade de capacitação dos motoristas que operam algum sistema de transporte público na cidade – ônibus e táxis ou qualquer outro que venha a ser regulamentado pela prefeitura. “A ausência de treinamento e capacitação vinculados a alvarás ou a licenças de operação por parte de concessionárias, por exemplo, também produz um trânsito muito mais agressivo, muito mais violento.” Além disso, muitas vezes, os motoristas de ônibus não estão preparados para conduzir um veículo tão grande, causando pelo menos um terço das mortes de ciclistas na cidade, ressaltou. Nota da prefeitura: A prefeitura disse, em nota, que os números oficiais da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), que levam em consideração as análises de boletins de ocorrência, ainda não foram divulgados. “Com relação à segurança no trânsito, a SMT [Secretaria Municipal de Transportes] adotou uma série de medidas, tais como o programa Pedestre Seguro, que busca ampliar em no mínimo 20% o tempo de travessia; o 100% Pedestre, que intensificou a fiscalização e orientação nas faixas de pedestres", diz a nota.


Pรกgina:6

Imprensa da Zona Norte

Julho/2017

Imprensa da Zona Norte  

Jornal Imprensa da Zona Norte -Edição de Julho de 2017 - Jornalista responsável: Antonio Sérgio Tasso - Mtb: 34.156.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you