Page 1

Política

Movimento Social 02 3º Congresso da Central Estadual dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB-RS)

Nos dias 23 e 24 de maio no auditório da FETAG-RS em POA, ocorreu o 3º Congresso Estadual da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB-RS), cujo tema foi: “Avançar nas Mudanças com Valorização do Trabalho”. Juntamente com as várias delegações que prestigiaram o evento, o SINTRAHTUR, nas pessoas do presidente da entidade, Sr. Jair Ubirajara da Silva e dos diretores Hermes Cabral, Otávio Suckow e Raquel Tumelero, participoram dos debates, discursos e palestras para aprovação da Reforma Estatutária, do Plano de Lutas e a forma de escolha dos 154 delegados que participarão do 3º Congresso Nacional da CTB, entre 22 a 24 de agosto, em São Paulo.O momento mais importante do congresso aconteceu na sexta-feira (24/05) quando, por aclamação dos 300 delegados de todo o Estado, o atual presidente, Guiomar Vidor, foi reeleito para mais quatro anos de mandato à frente da CTB-RS. Nesses cinco anos de existência, a CTB-RS foi a Central que mais cresceu no Estado, tendo atualmente mais de 130 sindicatos filiados, entre eles o Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Caxias do Sul - com uma base de mais de 60 mil trabalhadores e o Sindicato dos Trabalhadores em Turismo e Hospitalidade o SINTRAHTUR - com uma base de 9 mil trabalhadores. Ainda também filiados à Central, algumas das principais Federações Gaúchas, como a Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul (FETAG), a Federação dos Empregados no Comércio de Bens e de Serviços do RS (FECOSUL) e a Federação dos Trabalhadores em Serviços, Asseio e Conservação (FEAAC). Guiomar Vidor, emocionado com a sua recondução à presidência da CTB-RS, ao lado dos 51 integrantes da nova direção, falou aos representantes sindicais: “A partir dessa reeleição, nós vamos consolidar a CTB e dar passos ainda maiores, com o objetivo de ser cada vez mais, uma Central Sindical unitária, democrática, classista e de luta. Porque uma Central com essas características e esse elo sólido de unidade dos trabalhadores do campo e da cidade é que resulta no sucesso da CTB no Rio Grande do Sul. E isso não é resultado de uma diretoria, nem será a construção dessa nova direção que terá o papel de destaque, mas sim a responsabilidade coletiva de todos os companheiros e companheiras nesse Congresso”.Agradeceu de forma enfática a todos que compareceram contribuindo com importantes participações, servindo para que renovar as convicções nas bandeiras que levaram à fundação da CTB. Agradeceu também pela confiança dedicada na pessoa dele e também na diretoria eleita, comprometendo-se em honrar, juntamente com essa diretoria o mandato que a eles foi confiado. Assessoria de Comunicação SINTRAHTURRP - Flavileiri S. Mota CONRERP 3207 / 4ª REGIÃO

Informativo dos Movimentos Sociais É uma publicação Atittude Comunicações Ltda. Fones: (54) 8415 0550 e 9135 1077 E-mail atittudejornal@gmail.com Facebook: Jornal atittude - Twitter: @jornalatittude Cordenadora: Elisandra Machiel da Cunha Rádio Conexão 10 www.conexao10.com.br : Luiz Carlos Fagundes, Luiz Carlos da Silva, Oseias e Viana

Trabalhadores dos hospitais filantrópicos da Serra Gaúcha terão reajuste de 10% Trabalhadores dos hospitais filantrópicos da Serra Gaúcha terão reajuste de 10% nos salários, a partir do mês de abril, referente ao dissídio coletivo 2013 da categoria. A assembleia que aprovou o reajuste ocorreu na noite desta segunda-feira (29), na sede do Sindisaúde. Pela proposta da classe patronal, os trabalhadores receberão 7,22% em abril e o restante no mês de julho. Com o reajuste, os pisos salariais ficam com os seguintes valores: técnicos de enfermagem, R$ 1.127,50; auxiliares de enfermagem, 990,00; atendentes, R$ 879,19, serviços gerais, R$ 837,35. O acordo foi assinado entre as diretorias do Sindisaúde (Sindicato dos Trabalhadores da Saúde) e do Sindicato dos Hospitais Beneficentes, Religiosos e Filantrópicos do Rio Grande do Sul (SINDIBERF). Estiveram presentes na assinatura do acordo o presidente do Sindisaúde, Danilo Teixeira, o secretário geral da CNTS, Valdirlei Castagna, o presidente do SINDIBERF, Francisco Ferrer e representantes do Hospital Pompeia, de Caxias do Sul. O presidente do SINDIBERF destacou a importância do acordo, salientando que o documento é fruto do entendimento e do avanço no processo de discussões entre as partes. Para o secretário geral da CNTS, Valdirlei Castagna, o fato de existir a abertura de um canal de negociação é muito importante para a categoria. Observou, porém, que os trabalhadores têm um longo caminho a percorrer em relação a valores monetários. O presidente do Sindisaúde, Danilo Teixeira, disse que houve crescimento nas relações entre os representantes dos dois sindicatos e quem ganha com a valorização do diálogo são os trabalhadores. “Temos que dar um passo por vez, sempre com o objetivo o bem das pessoas que trabalham e as que são atendidas nos hospitais”, destacou o dirigente.

07 Assis aborda fim do fator com ministro do trabalho na conferência da OIT em Genebra

O deputado federal Assis Melo (PCdoB-RS) abordou um tema instigante para a classe trabalhadora na 102ª Conferência da Organização Internacional do Trabalho (OIT), que está ocorrendo em Genebra, na Suíça: a necessidade de uma solução para o famigerado fator previdenciário. Assis é o único parlamentar da bancada do Estado do Rio Grande do Sul a integrar a comitiva que viajou na última quinta-feira para Genebra, representando a Câmara dos Deputados por meio da Comissão do Trabalho, da qual o comunista é membro titular. O parlamentar se mostrou satisfeito com o nível dos debates, mas ponderou que é preciso avançar nas mudanças. Sindicalista licenciado da presidência do Sindicato dos Metalúrgicos de Caxias do Sul e Região e dirigente nacional da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Assis tem aproveitado a estada na Europa para trocar ideias com ministro do Trabalho e Emprego do Brasil, Manoel Dias, sobre temas que precisam avançar no governo Dilma Rousseff para ampliar os direitos sociais dos trabalhadores. Um dos temas desse diálogo foi o de buscar uma solução para o fator previdenciário, que hoje retira direitos dos trabalhadores, reduzindo salários, quando esses vão buscar a aposentadoria. O parlamentar cumprimentou o ministro pelas suas posições no Dia do Trabalhador, em 1º de maio de deste ano, quando Dias manifestou-se favorável à extinção do fator previdenciário. “Os temas da agenda dos trabalhadores têm sido muito positivos na conferência da OIT, mas precisamos levar para a prática no Brasil muitas dessas discussões, que dialogam diretamente com as necessidades de quem produz a riqueza deste país e ajudam fortemente no desenvolvimento da nação e na busca da soberania”, reforçou Assis. Na foto, Assis sentado ao lado do ministro do Trabalho, Manoel Dias.

Cento e trinta pessoas participaram da reunião de criação do Fórum Permanente de Segurança e Saúde no Trabalho de Caxias do Sul, realizada no dia 19 de junho, na Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC). O objetivo do grupo é reunir instituições e entidades para discutir e propor soluções que reduzam o número de acidentes e doenças do trabalho. A região sofre com os altos índices do problema. Levantamento da 6ª Vara do Trabalho da cidade apontou que tramitam por mês entre 100 a 150 processos por acidente de trabalho. "Todos poderão trazer experiências e soluções, que gerarão resultados práticos. O Fórum tem tudo para ser ativo e não apenas de discussão. Aos poucos, a chaga do número elevado de acidentes de trabalho poderá ser sanada", afirmou o procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Sul (MPT-RS), Ivan Sérgio Camargo dos Santos, que integra o grupo.O procurador do Trabalho Ricardo Garcia, que também participou da reunião, lembrou que o momento é de reconstrução do país e que diminuir o número de acidentes deve estar entre as posturas a serem revistas. "Todos os anos, o Brasil joga pelo esgoto R$ 160 bilhões. A cada ano, 80 mil trabalhadores deixam de trabalhar devidos a esses problemas. A sociedade está reivindicando ao poder público, que tem o dever de cobrar ações de prevenção. É viável a união de trabalhadores e empregadores neste sentido". O procurador sugeriu, ainda, a realizada de um seminário sobre o tema no dia 26 de julho, com a participação dos integrantes do fórum e de toda a sociedade. Além dos procuradores do Trabalho, participaram do evento o superintendente regional do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), Heron de Oliveira, o gestor regional do Programa Trabalho Seguro, do Tribunal Superior do Trabalho (TST), desembargador do Trabalho Raul Zoratto Sanvicente, o presidente da CIC de Caxias do Sul, Carlos Heinen, a diretora da Vigilância em Saúde da Secretária Municipal de Saúde, a médica Maria Ignez Estades Bertelli, e o vereador Henrique Fermiano da Silva, do PC do B.

Jaison Barbosa propõe ampliação do policiamento comunitário

Parlamentar quer que os bairros São Ciro, Mariland e Século XX passem a integrar o projeto do governo do Estado. Na sessão ordinária desta quinta-feira (13/06), o vereador Jaison Barbosa/PDT relatou sobre sua participação em evento do governo do Estado e da prefeitura, na manhã desta quinta-feira (13/06), em Caxias do Sul. Quatro novos núcleos de policiamento comunitário foram entregues à comunidade. A solenidade, com a presença do secretário estadual de Segurança, Airton Michels, foi realizada no bairro

Diretores Sociais: Conrado Hake Todas as matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seu autores

Todos os trabalhos realizado na edição do Informativo e na Rádio Conexão 10 Web é de contribuição espontânea e sem remuneração.

Criado fórum de segurança e saúde do trabalho em Caxias do Sul

Lavagem

Cruzeiro e teve entrega de novas viaturas e apresentação dos policiais que vão trabalhar nos núcleos. Jaison aproveitou a cerimônia para repassar ao secretário Michels um documento, de autoria de três associações de moradores, pedindo a implantação de núcleos também nos bairros São Ciro, Mariland e Século XX. "O secretário acenou com a possibilidade de ampliação, por isso aproveitamos a oportunidade para fazer essa solicitação", frisou. O pedetista avaliou que esse modelo de policiamento adotado pelo governo gaúcho mostra que é possível sonhar com a busca de melhorias na área de segurança pública.

Vereador Neri, O Carteiro e o secretário de Habitação, Renato Oliveira buscam solução para a iluminação No dia (20/06), o vereador Neri, O Carteiro, juntamente com o Sr. Aldenir dos Santos Gomes, estiveram reunidos com o secretário da Habitação Renato Oliveira buscando dar início ao processo para que posteriormente a RGE possa fazer análise para instalação definitiva da iluminação pública no final da Avenida Sirius, no loteamento Jardim dos Reis. Cabe ressaltar que o vereador e o Sr. Aldenir, foram muito bem atendidos pelo secretário, que mostrou dedicação, competência e muita vontade de trabalhar.

02 e 07  

Clica abaixo e leia Jornal atittude mês de junho

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you