Issuu on Google+

2013

Rev. Antonio Cesimar Ferreira


IGREJA METODISTA Sermão: Rev. Antonio Cesimar Ferreira – pastorcesimar@hotmail.com

SÉRIE: PAIXÃO CONTAGIANTE 1 Estar apaixonado por Deus é uma experiência muito próxima ao de se apaixonar por alguém. Uma das principais características da paixão é o desejo de se estar com a pessoa amada. Isso é algo muito forte e quando isso não é possível, ficamos pensando ou sonhando com ela o tempo todo. O sujeito apaixonado anseia intensamente passar tempo com o objeto de sua paixão. Quem está apaixonado por Deus quer passar tempo com ele. Em linguagem bíblica, aquele que tem paixão por Deus dedica-se intensamente a buscá-lo até o encontrar. Seria isso possível? De acordo com a Bíblia Sagrada, sim.

Isaías 55.6 declara: Busquem o Senhor enquanto é possível achá-lo. Clamem por ele enquanto está perto. Duas coisas muito importantes podemos aprender com este verso:

1. Buscar a Deus é real e possível É possível buscar a Deus e achá-lo, afirma o profeta. Ele está perto para ouvir o clamor dos seres humanos, pois ele está acessível. Buscar a Deus é algo que requer fé, já que sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem se aproxima de Deus precisa crer que ele existe e que recompensa aqueles que o buscam, Hebreus 11.6. Nada melhor do que crer que o Senhor está perto e que podemos achá-lo. Por que Deus está perto e se deixa encontrar? Porque ele é apaixonado pelo ser humano e deseja estar com ele. Antes de nos apaixonarmos por Deus, ele já estava apaixonado por nós. A iniciativa da conquista foi dele. Nós amamos porque ele nos amou primeiro, é o que se lê em 1 João 4.19. Deus é quem está nos buscando e não nós a ele. Gênesis 3.8-9 narra como o homem e a mulher se esconderam da presença do Senhor. No entanto, ele lhes perguntou e continua a perguntar-nos hoje: “Onde está você?”. Tiago responde a essa questão ao escrever: Aproximem-se de Deus, e ele se aproximará de vocês. O Pai deseja esse encontro e já deu o primeiro passo.

2. Buscar a Deus é uma oportunidade passageira Por duas vezes Isaías 55.6 apresenta a palavra “enquanto”. Busquem ao Senhor enquanto é possível achá-lo. Clamem por ele enquanto está perto. Qual a mensagem contida nessa palavra? Chegará um tempo em que buscarão ao Senhor, mas não será encontrado; “Cada Metodista um/a missionário/a cada lar uma igreja”

2


IGREJA METODISTA Sermão: Rev. Antonio Cesimar Ferreira – pastorcesimar@hotmail.com clamarão por ele, mas ele não estará por perto para ouvir. Hoje é possível buscar a Deus, pois ele está acessível. Mas essa oportunidade passará. Quando será isso? Não há como definir esse tempo, em termos de calendário. O que podemos afirmar com certeza é que a oportunidade para se buscar a Deus findará quando o Senhor Jesus voltar a Terra. Vigiem, porque vocês não sabem em que dia virá o seu Senhor. Mas entendam isto: se o dono da casa soubesse a que hora da noite o ladrão viria, ele ficaria de guarda e não deixaria que a sua casa fosse arrombada. Assim, vocês também precisam estar preparados, porque o Filho do homem virá numa hora em que vocês menos esperam, nos adverte Jesus, em Mateus 24.42-44. A oportunidade para buscar a Deus irá passar repentinamente. Por isso, não podemos perdê-la, deixando-a para depois, adiando-a para amanhã. O tempo para buscarmos ao Senhor e o encontrarmos é hoje. Ele está à nossa procura agora. Hoje, se vocês ouvirem a sua voz, não endureçam o coração, nos alerta Hebreus 3.7.

3. Buscar a Deus pede sinceridade e intensidade Jeremias declara que devemos buscar a Deus de todo o coração. Coração aponta para sinceridade; todo, para intensidade. Ame o Senhor o seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento, disse Jesus em Mateus 22.37. Davi buscava a Deus com toda a intensidade do seu coração: Como a corça anseia por águas correntes, a minha alma anseia por ti, ó Deus. A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo. Quando poderei entrar para apresentar-me a Deus? Salmo 42.1-2.

Se você entendeu quais as condições de buscar a Deus, vamos orar agora e buscar a presença graciosa de Deus.

“Cada Metodista um/a missionário/a cada lar uma igreja”

3


IGREJA METODISTA Sermão: Rev. Antonio Cesimar Ferreira – pastorcesimar@hotmail.com

SÉRIE: PAIXÃO CONTAGIANTE 2

JEREMIAS 29.12-14: Vocês clamarão a mim, virão orar a mim, e eu os ouvirei. Vocês me procurarão e me acharão quando me procurarem de todo o coração. Eu me deixarei ser encontrado por vocês, declara o Senhor. Antes de tudo, esse texto reafirma a ideia de que Deus está acessível e quer ser encontrado. Entretanto, ele estabelece condições para isso.

1. BUSCAR A DEUS PEDE SINCERIDADE E INTENSIDADE Jeremias declara que devemos buscar a Deus de todo o coração. Coração aponta para sinceridade; todo, para intensidade. Ame o Senhor o seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento, disse Jesus em Mateus 22.37. Davi buscava a Deus com toda a intensidade do seu coração: Como a corça anseia por águas correntes, a minha alma anseia por ti, ó Deus. A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo. Quando poderei entrar para apresentar-me a Deus? Salmo 42.1-2.

2. BUSCAR A DEUS PEDE PERSEVERANÇA “Quando”, no texto de Jeremias, transmite a ideia de que se pode procurar a Deus e não encontrá-lo de imediato, o que confere a condição da perseverança a essa busca. Jesus confirma isso, ao dizer: Suponham que um de vocês tenha um amigo e que recorra a ele à meia-noite e diga: ‘Amigo, empreste-me três pães, porque um amigo meu chegou de viagem, e não tenho nada para lhe oferecer’. E o que estiver dentro responda: ‘Não me incomode. A porta já está fechada, e eu e meus filhos já estamos deitados. Não posso me levantar e lhe dar o que me pede’. Eu lhes digo: Embora ele não se levante para dar-lhe o pão por ser seu amigo, por causa da importunação se levantará e lhe dará tudo o que precisar. Por isso lhes digo: Peçam, e lhes será dado; busquem, e encontrarão; batam, e a porta lhes será aberta. Pois todo o que pede, recebe; o que busca, encontra; e àquele que bate, a porta será aberta, Lucas 11.5-10. Buscar a Deus pede a perseverança em pedir até receber, bater até que a porta seja aberta.

“Cada Metodista um/a missionário/a cada lar uma igreja”

4


IGREJA METODISTA Sermão: Rev. Antonio Cesimar Ferreira – pastorcesimar@hotmail.com

SÉRIE: PAIXÃO CONTAGIANTE 3

2 CRÔNICAS 7.14: Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar e orar, buscar a minha face e se afastar dos seus maus caminhos, dos céus o ouvirei, perdoarei o seu pecado e curarei a sua terra.

1. BUSCAR A DEUS PEDE HUMILDADE Nesse texto de 2 Crônicas, a primeira condição apresentada pelo próprio Senhor para aquele que o busca e querer encontrá-lo com humildade: se o meu povo se humilhar, dos céus eu ouvirei. A Bíblia nos ensina: Deus se opõe aos orgulhosos, mas concede graça aos humildes, Tiago 4.6. A busca a Deus pede humildade.

2. BUSCAR A DEUS PEDE DEDICAÇÃO À ORAÇÃO A segunda condição é a oração: se o meu povo orar, dos céus eu ouvirei. A orientação de Paulo em Colossenses 4.2 é: Dediquem-se à oração, E também em 1 Tessalonicenses 5.17: Orem continuamente. Buscar a Deus pede dedicação contínua à oração.

3. BUSCAR A DEUS PEDE ARREPENDIMENTO A terceira condição é o arrependimento: se o meu povo se afastar dos seus maus caminhos, dos céus eu ouvirei. O pecado é uma barreira entre nós e Deus. Isso pode frustrar nossa busca. Isaías 59.1-2 declara: Vejam! O braço do Senhor não está tão encolhido que não possa salvar, e o se ouvido tão surdo que não possa ouvir. Mas as suas maldades separaram vocês do seu Deus; os seus pecados esconderam de vocês o rosto dele, e por isso ele não os ouvirá. Assim, para buscarmos a Deus e o encontrarmos, precisamos nos arrepender de nossos pecados, reconhecendo, confessando e deixando-os.

Se você entendeu quais as condições de buscar a Deus, vamos orar agora e buscar a presença graciosa de Deus.

“Cada Metodista um/a missionário/a cada lar uma igreja”

5


IGREJA METODISTA Sermão: Rev. Antonio Cesimar Ferreira – pastorcesimar@hotmail.com

SÉRIE: PAIXÃO CONTAGIANTE 4 A paixão por Deus é o grande incentivo para sermos santos. Quem tem os meus mandamentos e lhes obedece, esse é o que me ama. (...) Se alguém me ama, obedecerá à minha palavra, disse Jesus em João 14.21,23. Contudo, o que é santidade, de maneira concreta? Qual o perfil de uma pessoa santa? A Bíblia responde a essa pergunta em Romanos 8.28-29: Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito. Aqueles que de antemão conheceu também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos.

1. SANTIDADE É SER COMO JESUS Os que amam a Deus se tornam conformes à imagem de seu Filho, escreveu Paulo aos Romanos. Assim, santidade é algo concreto e tem um perfil definido. Ser santo é ser como Jesus. Agir com santidade é agir como Jesus agiria. O apóstolo Pedro também escreve sobre isso em sua primeira epístola: Para isso vocês foram chamados, pois também Cristo sofreu no lugar de vocês, deixando-lhes exemplo, para que sigam os seus passos, 1 Pedro 2.21. Ser santo é seguir os passos de Jesus. O escritor Charles Sheldon incentiva todos aqueles que estão buscando santidade a se perguntar antes de qualquer ação: “Em meus passos, o que faria Jesus?”. Essa pergunta deu nome ao seu livro e recentemente se transformou em filme.

2. SANTIDADE É PROPÓSITO DE DEUS PARA SEUS FILHOS “Chamados”, “propósito” e “predestinou” são termos usados para declarar que Deus chamou os seus filhos para serem santos, estabelecendo a santidade como um dos propósitos para a vida deles. O que isso quer dizer? Propósito é sinônimo de destino. Mas para onde? Para quê? O propósito está relacionado ao sentido da vida. Assim, se santidade é propósito do Pai para seus filhos, a vida de um filho de Deus só terá sentido se for santa. Um filho de Deus só terá uma vida cheia de significado se estiver caminhando em direção à santidade. Sem santidade a vida perde o seu sentido e fica vazia.

3. SANTIDADE É ALGO BOM Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, escreveu Paulo.

“Cada Metodista um/a missionário/a cada lar uma igreja”

6


IGREJA METODISTA Sermão: Rev. Antonio Cesimar Ferreira – pastorcesimar@hotmail.com A palavra “bem”, de acordo com o texto, é para que aqueles que o amam sejam conformes à imagem de seu Filho. “Bem” diz respeito à santidade. Assim, santidade é um bem que Deus tem para seus filhos; é algo bom. Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus, declara Paulo, em Romanos 12.2. A vontade de Deus é sinônimo de santidade, é boa agradável e perfeita. E ao contrário do que o mundo diz, ser santo é algo bom, agradável e perfeito. Uma vida boa, agradável e perfeita se encontra na santidade e não na libertinagem e no pecado. Pecado atrai maldição, que gera sofrimento. Santidade atrai bênção, que gera felicidade. Para finalizar, vamos ler e analisar mais um texto do apóstolo Paulo que trata de santidade: Habitarei com eles e entre eles andarei; serei o seu Deus, e eles serão o meu povo. Portanto, saiam do meio deles e separem-se, diz o Senhor. Não toquem em coisas impuras e eu os receberei e lhes serei Pai e vocês serão meus filhos e minhas filhas, diz o Senhor TodoPoderoso. Amados, visto que temos essas promessas, purifiquemo-nos de tudo o que contamina o corpo e o espírito, aperfeiçoando a santidade no temor de Deus, 2 Coríntios 6.1617; 7.1. Primeiramente, o texto confirma o conceito de santidade que apresentamos há pouco. Nele, o próprio Senhor diz: Saiam do meio deles e separam-se. Não toquem em coisas impuras. Santidade, então, é separar-se do que é impuro. Há ainda outros três aspectos sobre a santidade que podem ser destacados...(Continua)

“Cada Metodista um/a missionário/a cada lar uma igreja”

7


IGREJA METODISTA Sermão: Rev. Antonio Cesimar Ferreira – pastorcesimar@hotmail.com

SÉRIE: PAIXÃO CONTAGIANTE 5 Santidade é bom! Habitarei com eles e entre eles andarei; serei o seu Deus, e eles serão o meu povo. Portanto, saiam do meio deles e separem-se, diz o Senhor. Não toquem em coisas impuras e eu os receberei e lhes serei Pai e vocês serão meus filhos e minhas filhas, diz o Senhor Todo-Poderoso. Amados, visto que temos essas promessas, purifiquemo-nos de tudo o que contamina o corpo e o espírito, aperfeiçoando a santidade no temor de Deus. (2 Coríntios 6.16-17; 7.1.)

1. Santidade é integral, ou seja, do corpo e do espírito. Purifiquemo-nos de tudo o que contamina o corpo e o espírito. Santidade não diz respeito apenas ao que é espiritual. O pecado não afeta apenas o nosso espírito. A santidade também diz respeito ao corpo. Gênesis 2.7 declara que o Senhor criou o ser humano com parte material, o pó da terra, e imaterial, o fôlego de vida. Ele não despreza o corpo em favor do espírito nem vice-versa. Seu desejo é que nós tenhamos uma santidade integral, que envolva o corpo, a alma e o espírito.

2. Santidade se desenvolve em um processo Purifiquemo-nos de tudo o que contamina o corpo e o espírito, aperfeiçoando a santidade. Santidade é algo que não se adquire em um único momento, em um estalar de dedos. Ela se desenvolve em um processo, é aperfeiçoada à medida que perseveramos em deixar o pecado e obedecer a Deus. Não devemos cultivar expectativas erradas quanto à santidade, esperando alcançá-la de uma vez por todas em uma reunião ou por meio de uma oração. Ela não é instantânea. A santidade é uma estrada que se percorre com perseverança.

3. Santidade se dá pelo temor a Deus Purifiquemo-nos de tudo o que contamina o corpo e o espírito, aperfeiçoando a santidade no temor de Deus. Para sermos santos devemos temer a Deus. O que é temor? Não é medo. Seria incoerente se o fosse. Como amor e medo podem conviver? A Bíblia responde: No amor não há medo; ao contrário o perfeito amor expulsa o medo, porque o medo supõe castigo. Aquele que tem medo não está aperfeiçoado no amor, 1 João 4.18. O temor a Deus não nos motiva à santidade colocando em nós medo do castigo divino caso pecarmos. “Cada Metodista um/a missionário/a cada lar uma igreja”

8


IGREJA METODISTA Sermão: Rev. Antonio Cesimar Ferreira – pastorcesimar@hotmail.com Definitivamente, não! O temor a Deus nos leva à santidade alertando-nos das trágicas consequências do nosso pecado e nos apontando o melhor caminho a seguir. O temor do Senhor é o princípio do conhecimento, ensina o Livro de Provérbios. O temor do Senhor nos capacita a fazer boas escolhas.

“Cada Metodista um/a missionário/a cada lar uma igreja”

9


IGREJA METODISTA Sermão: Rev. Antonio Cesimar Ferreira – pastorcesimar@hotmail.com

SÉRIE: PAIXÃO CONTAGIANTE 6 Paixão Pelos Perdidos! Se temos paixão por Deus ou queremos ser apaixonados por ele, temos de ser tocados pelo que lhe toca o coração. O Pai não é insensível e indiferente à humanidade perdida e seus problemas. Quando ele a vê é tocado em suas emoções. João 11.33-35 declara que Jesus agitou-se no espírito, ficou perturbado e finalmente chorou ao ver que o seu amigo Lázaro estava morto. Um grande clamor de Deus foi registrado pelo profeta Isaías, ao compadecer-se pelo perdido povo de Israel: Então ouvi a voz do Senhor conclamando: Quem enviarei? Quem irá por nós? Isaías 6.8.

1. Paixão pelos perdidos está no coração de Deus A história da ressurreição de Lázaro e o clamor divino ouvido pelo profeta Isaías nos mostram que o coração de Deus está cheio de amor e paixão pelos perdidos. Jesus, ao ver as multidões, teve compaixão delas, porque estavam aflitas e desamparadas, como ovelhas sem pastor, Mateus 9.36. Ele também disse aos seus discípulos: A colheita é grande, mas os trabalhadores são poucos. Peçam, pois, ao Senhor da colheita que envie trabalhadores para a sua colheita, Mateus 9.37-38. Jesus compara as multidões de perdidos a um grande campo pronto para a colheita. Entretanto, são poucos os trabalhadores. São poucos os que se dispõem a ir às grandes multidões de perdidos para lhes oferecer a paz e a segurança do evangelho. O número de trabalhadores é insuficiente para tanta demanda. Em Romanos 10.14-15 o apóstolo Paulo faz uma série de questionamentos ao tratar desse mesmo tema: Como, pois, invocarão aquele em quem não creram? E como crerão naquele de quem não ouviram falar? E como ouvirão, se não houver quem pregue? E como pregarão, se não forem enviados? O que responder a tão inquietantes perguntas?

2. Paixão pelos perdidos pede prontidão para ir Quando o Senhor perguntou, Quem enviarei? Quem irá por nós? Isaías respondeu, Eis-me aqui. Envia-me, Isaías 6.8. Isaías, homem de Deus, tinha paixão pelo Senhor e por isso, paixão pelos perdidos. Ele se apresentou prontamente como resposta ao chamado do Senhor. Se estivesse com Paulo quando ele fez aquela série de perguntas, Isaías certamente teria respondido: Eis-me aqui. Envia-me. Eu irei. Paixão pelos perdidos não é apenas um sentimento no coração, mas também uma disposição para agir. “Cada Metodista um/a missionário/a cada lar uma igreja”

10


IGREJA METODISTA Sermão: Rev. Antonio Cesimar Ferreira – pastorcesimar@hotmail.com

SÉRIE: PAIXÃO CONTAGIANTE 7 ABRA SUA BÍBLIA E DESBLOQUEAR O SEU POTENCIAL - JOÃO 8:31-32

Verdade seja dita, você não pode sequer imaginar o seu pleno potencial. Apenas o seu Criador pode. Somente Deus, o único que fez você, sabe tudo o que são capazes de ser. Seus pais, seu cônjuge, seus amigos, seu chefe - eles só obter um vislumbre de seu potencial. Só Deus sabe o que você é realmente capaz de fazer. Você usa uma fração tão pequena de seu cérebro. Você não precisa de mais inteligência. Você precisa usar mais a inteligência que você já tem! A maioria das pessoas vivem para a aprovação dos outros. Eles passam todo o seu tempo se preocupando com o que os outros pensam deles. Estas pessoas até lançam palavras e declarações sobre você e sobre o seu potencial. E muitas vezes você vira um refém destas declarações!!! Mas, acontece que só Deus sabe o que você é realmente capaz de fazer. Você tem que falar com o seu Criador para isso. Só ele sabe o que ele pode fazer através de sua vida. E só ele pode desbloquear esse potencial. Como ele faz isso? O Senhor nos liberta através da sua Palavra. Jesus disse isso em João 8:31-32: "Vocês são verdadeiramente meus discípulos, se você permanecer fiel a meus ensinamentos. E você vai saber a verdade, e a verdade vos libertará "(NTLH). A Palavra de Deus vai desbloquear tudo o que foi feito para fazer e ser. Através dele, você vai ser capaz de fazer coisas que você nunca imaginou ser possível.

Como você faz isso?  Aprender a Palavra de Deus. Deus não irá desbloquear o seu potencial até que você realmente abra a Palavra e aprenda. Você não vai desbloquear o potencial por osmose. Você vai começar a fazê-lo, aprendendo o que a Bíblia diz.  Aceitar a Palavra de Deus. A Bíblia tem de ser a autoridade em sua vida. Você pode não gostar do que você está lendo, mas, se você quer o melhor de Deus para sua vida, você precisa aceitar o que ela diz como a autoridade final para a forma como você vive.  Obedecer a Palavra de Deus. Você não pode simplesmente aprender a Palavra de Deus e aceitar a Palavra de Deus. Você tem que fazer o que a Bíblia ensina.

“Cada Metodista um/a missionário/a cada lar uma igreja”

11


IGREJA METODISTA Sermão: Rev. Antonio Cesimar Ferreira – pastorcesimar@hotmail.com Você foi feito para muito mais do que você jamais imaginou. A Bíblia nos diz em 1 Coríntios 2:9: "O que Deus tem planejado para pessoas que o amam é mais do que olhos viram nem ouvidos ouviram. Ele nunca sequer entrou em nossas mentes! "(CEV)

Então abra a Palavra de Deus, e prepare-se para fazer o que só Deus pode imaginar.

“Cada Metodista um/a missionário/a cada lar uma igreja”

12


IGREJA METODISTA Sermão: Rev. Antonio Cesimar Ferreira – pastorcesimar@hotmail.com

Deus sempre termina o que começou... Um princípio que a ressurreição nos ensina é que Deus sempre terminar o que começou. Pois quem despreza o dia dos humildes começos, esse alegrar-se-á vendo o prumo na mão de Zorobabel.” (Zacarias 4.10)

Não importa quão escuro que parece, não importa quanto tempo tem passado, não importa quantas pessoas estão tentando empurrá-lo para baixo, se você vai ficar em pé, Deus sempre te levará de sexta ao domingo. Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós? (Romanos 8:31)

Você vai ver o seu dia de avanço, pois Deus vai completar o que Ele começou. Tendo por certo isto mesmo, que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até ao dia de Jesus Cristo; (Filipenses 1:6)

Se você está passando por um período complicado, lembre-se que o dia da ressurreição, o "domingo", está a caminho! E já chegou!!! Jesus ressuscitou!!!!

Manter de pé, continuar acreditando, porque logo você vai se levantar e abraçar a vitória que Ele tem para você.

“Cada Metodista um/a missionário/a cada lar uma igreja”

13


IGREJA METODISTA Sermão: Rev. Antonio Cesimar Ferreira – pastorcesimar@hotmail.com

BIOGRAFIA Rev. Antonio Cesimar Ferreira, brasileiro, casado, nascido em Natal/RN, bacharel em teologia pela UNIVERSIDADE METODISTA EM SÃO PAULO, pastor da IGREJA METODISTA no nordeste (REMNE), já pastoreou as seguintes igrejas: Igreja Metodista em Vicente de Carvalho/SP, Igreja Metodista em Tucuruvi/SP, Igreja Metodista em Santos Dumont/SE, Igreja Metodista em São Luís/MA e na Igreja Metodista em Mossoró/RN.

“Cada Metodista um/a missionário/a cada lar uma igreja”

14


Série Paixão Contagiante