Issuu on Google+


O que diz a legislação Existem superdotados? Quem são? Como identificar ? Por que investir no aluno com altas habilidades? Políticas Educacionais Escola x Altas Habilidades


O que diz a legislação - A SEESP - MEC (BRASIL, 2007), afirma através da Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva que: “A educação especial passa a constituir a proposta pedagógica da escola, definindo como seu público alvo os alunos com deficiência, transtornos globais de desenvolvimento e altas habilidades / superdotação” (p. 13)


O atendimento ao aluno com altas habilidades está fundamentado e amparado pelos seguintes documentos: • Declaração Universal dos Direitos Humanos garante a educação para todos; • A Constituição da República Federativa do Brasil, em seu artigo 208, assegura acesso aos níveis mais elevados do ensino. • A LDB promulgada em 1996, em seu artigo 9º.


Existem superdotados? As inteligências são potenciais naturais, algo que não se pode ver ou contar. A herança genética se ativa ou não em função dos valores de uma cultura, das oportunidades disponíveis e das decisões tomadas pelo sujeito e por todas as pessoas ao seu redor. Segundo Howard Gardner, à medida que uma capacidade é valorizada por uma cultura, ela passa a ser uma inteligência, pois ela será sempre uma interação entre as inclinações biológicas e as oportunidades de aprendizagem que existem em dada cultura.


É mais fácil reconhecer do que identificar Antigo conceito Indivíduos que se saem bem em testes de inteligência ou que apresentam um desempenho intelectual superior (QI). Outras denominações Talentoso, gênio, precoce, prodígio, inteligência superior, alto QI, rápido para aprender, excepcional. Novo conceito Aqueles que apresentam grande facilidade de aprendizagem, levando-os a dominar rapidamente conceitos, procedimentos e atividades.


Quem são ? Alunos com Altas Habilidades / Superdotação são aqueles que apresentam notável desempenho e elevada potencialidade em qualquer dos seguintes aspectos, isolados ou combinados:     

Capacidade intelectual geral Aptidão acadêmica específica Pensamento criador ou produtivo Capacidade de liderança Talento especial para artes e capacidade psicomotora

( SEESP/MEC,1994 )


Como identificar ? O professor em sala de aula pode identificar algumas características, que são peculiares aos alunos com Altas Habilidades / Superdotação, sendo evidenciadas ou não ao mesmo tempo, tais como:

ÁREA: ALTAS HABILIDADES/ SUPERDOTAÇÃO


Características das AH / S  Intensidade, profundidade e frequência na execução de atividades;  Seletividade quanto as atividades de seu interesse;  Habilidades específicas com alto desempenho em uma ou várias áreas, como artes plásticas, musicais, cênicas e psicomotora;  Forma original em resolver e lidar com problemas ou na formulação de respostas;

ÁREA: ALTAS HABILIDADES/ SUPERDOTAÇÃO


 Desenvolvimento qualitativamente atividades escolares;

elevado

 Curiosidade intelectual e atitude inquisitiva, investigação de como e o porque das coisas;

nas com

 Facilidade na aprendizagem, caracterizada por apropriação rápida de conceitos e conteúdos;  Resistência em aceitar perdas e em seguir regras;  Maturidade e rigidez na auto avaliação;

ÁREA: ALTAS HABILIDADES/ SUPERDOTAÇÃO


 Expressão clara e coerente do pensamento;  Vocabulário elevado;  Senso de humor perspicaz;  Impaciência com atividades rotineiras e repetitivas;  Negligência com o que considera superficial.  Uso de persuasão ao expor suas idéias e pontos de vista;  Perfeccionista nas atividades por ele selecionados.

ÁREA: ALTAS HABILIDADES/ SUPERDOTAÇÃO


Alguns mitos sobre AH / S  Apresenta recursos intelectuais inatos, sendo portanto privilegiado, não necessitando de atendimento educacional especializado;  Domina todas as áreas do conhecimento, tira nota 10 (dez) em tudo; É gênio, sabe tudo, sendo considerado um fenômeno raro;  Provêm de contextos socioeconômicos elevado;  Deve frequentar Escola Especial;  Sempre usa óculos com lentes grossas;  Visto como nerds. ÁREA: ALTAS HABILIDADES/ SUPERDOTAÇÃO


Por que investir na educação de alunos com altas habilidades? Para as crianças com necessidades específicas que se encontram nos extremos- tanto aquelas com deficiências, quanto as com altas habilidades- o compromisso com a individualização de sua educação tem sido hesitante e incompleto através da nossa história. Não possibilitar que crianças com deficiências desenvolvam o seu potencial é uma tragédia pessoal tanto para elas quanto para suas famílias; já o fracasso em ajudar crianças com altas habilidades a desenvolver seu potencial é uma tragédia para a sociedade. James Gallagher (1994)


Políticas Educacionais Classe Comum - além do currículo previsto para série de frequência do aluno, poderá ser realizado enriquecimento e/ou aprofundamento curricular e, quando necessário, a aceleração para conclusão de escolaridade em menor tempo. • Enriquecimento curricular - necessidade do aluno previsto pela Legislação Oficial. • Aceleração de Estudos - previsto pela legislação oficial e sua efetivação se dá via trâmites legais.

ÁREA: ALTAS HABILIDADES/ SUPERDOTAÇÃO


Enriquecimento curricular O enriquecimento curricular pode se dar quanto:  O aprofundamento dos conteúdos curriculares;  A diversidade nas ações pedagógicas no contexto de aprendizagem;  O favorecimento das atividades extracurriculares.

ÁREA: ALTAS HABILIDADES/ SUPERDOTAÇÃO


Aceleração A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Brasil, 1996) prevê a “aceleração para concluir em menor tempo o programa escolar para superdotados”, a ser realizada mediante a avaliação de conhecimentos na própria escola e documentada em registros administrativos.

ÁREA: ALTAS HABILIDADES/ SUPERDOTAÇÃO


Sala de Recursos Multifuncionais SRM - Educação Básica – é um serviço de apoio especializado de natureza pedagógica, que suplementa o atendimento educacional realizado nas classes comuns do ensino fundamental, em contraturno. AEE

(INSTRUÇÃO Nº 016/08 SUED/SEED)

ÁREA: ALTAS HABILIDADES/ SUPERDOTAÇÃO


Núcleo de Atividades de Altas Habilidades / Superdotação

ÁREA: ALTAS HABILIDADES/ SUPERDOTAÇÃO


ÁREA: ALTAS HABILIDADES/ SUPERDOTAÇÃO


Estudos estatísticos indicam que aproximadamente 3 a 5% da população apresentam potencial acima da média.

Por que não conseguimos encontrar esse público na escola ?


Somente o desempenho acadĂŞmico nĂŁo garante o sucesso na vida


Desafios

INTERNOS:

EXTERNOS:

-Percepção extraordinária -Alto envolvimento -Supersensibilidade -Interesse existencial e espiritual -Perfeccionismo -Desigualdade nos níveis de competência -Cultura escolar -Expectativas -Relações com seus pares -Depressão -Relação familiar


Sinais de Alerta -Isolamento -Problemas de rendimento escolar -Perfeccionismo extremo -Excessiva preocupação com a aparência -Abuso de substâncias químicas -Interesse por violência -Atitudes rígidas ou compulsivas -Fuga para a fantasia -Preocupação com a morte

-Não gosta da escola -Procura desculpas para faltar -Diz que não gosta da professora (tarefas) -”Cria” doenças -Problemas de auto-estima -Regride em domínios (físicos intelectuais) -Altera comportamento -Problemas alimentares -Problemas de sono


JOHN KENNEDY Famoso presidente dos EUA - recebia em seus boletins constantes observações de “baixo rendimento”, dificuldades em soletrar.

WALT DISNEY Cineasta, produtor, criador de personagens de desenhos animados, fundador do parque temático Disneylândia - despedido pelo editor de um jornal porque “não tinha boas idéias e rabiscava demais”.

ÁREA: ALTAS HABILIDADES/ SUPERDOTAÇÃO


ALBERT EINSTEIN Criador da teoria da relatividade - tinha dificuldades de ler e soletrar. Foi reprovado em matemática.

ISAAC NEWTON Descobriu o cálculo, desenvolveu a teoria da gravitação universal, originou as três leis do movimento - tirava notas baixas na escola

ÁREA: ALTAS HABILIDADES/ SUPERDOTAÇÃO


DR. ROBERT JARVICK Inventou o coração artificial foi rejeitado por 15 escolas americanas de medicina. BEETHOVEN Famoso pianista e compositor. Foi considerado por seu professor de música “sem esperança como compositor ”.

ÁREA: ALTAS HABILIDADES/ SUPERDOTAÇÃO


THOMAS EDISON Inventor da lâmpada elétrica, a locomotiva elétrica, o fonógrafo (hoje gravador), o telégrafo e o projetor de cinema. Era pouco assíduo e desinteressado. Abandonou a escola e só teve três meses de educação formal. Foi alfabetizado pela mãe. Seu professor o considerava um garoto confuso da cabeça, que não conseguia aprender. Era agitado e perguntador. Tinha os cabelos eternamente despenteados e se recusava a decorar as lições, como faziam todos os alunos, e ainda por cima ouvia mal.

ÁREA: ALTAS HABILIDADES/ SUPERDOTAÇÃO


As pessoas que marcaram a história por suas contribuições ao conhecimento e à cultura não são lembradas pelas notas que obtiveram na escola ou pela quantidade de informações que conseguiam memorizar, mas sim pela qualidade de suas produções criativas, expressas em concertos,

ensaios,

científicas, etc.

filmes,

descobertas

Renzulli & Reis, 1985

ÁREA: ALTAS HABILIDADES/ SUPERDOTAÇÃO


Bibliografia

• Criatividade e educação de superdotados -Eunice Soriano. •A construção de Práticas Educacionais para Alunos com Altas Habilidades/Superdotados – MEC •Estruturas da mente: A teoria das Inteligências Múltiplas –Gardner, H(1995) •Criatividade e educação de superdotados – Alencar, E. M. L. S (2001) •Práticas Educacionais de Atendimento ao Aluno com Altas Habilidades/Superdotação – Maria Lúcia Sabatella


Muito Obrigada !

Estrada do Arraial, 4744 - Casa Amarela Fone: 3355-6904 Blog: www.naahsrecife2011.blogspot.com


NAAH/S - Unidade do Professor