Issuu on Google+

Microsoft

Jornal do 4º Ano a EMEB ¨Prof Luiz Carlos Batista de moura¨

Passeio da Memória

Praça Prudente de Moraes

Igreja Matriz Nossa Senhora da Candelária

Águas da Memória

Conhecendo o Chafariz Nesta edição Nascentes A água encanada 2 Pesquisa Lençol Freático 3 Notícias da Mídia 4

Dia 10-03-2014 nós alunos do 4º ano A participamos do Passeio da Memória , onde visitamos alguns pontos históricos e do patrimônio público. Dentre os pontos visitados nos chamou a atenção o antigo Chafariz, uma nascente que durante anos forneceu água para a cidade de Indaiatuba, num período em que não havia água encanada. Escolhemos esse tema para pesquisar e publicar em nosso jornal.


JORNAL DO 4º ANO A

Página 2

Nascentes do Município Até 1915 somente algumas poucas bicas estavam disponíveis para abastecimento de água para a comunidade. Os locais eram visitados diariamente pelos moradores que baldeavam a água para suas casas. Para o funcionamento desses chafarizes, torneiras

embutidas num pilar de cimento, a Prefeitura utilizou a nascente da estação e o mais famoso de todos o Chafariz, até hoje preservado na praça Elis Regina.

Título do artigo interno

A população também se utilizava das cisternas, dos poços nos quintais para o abastecimento domiciliar. Pesquisa feita pela aluna Aline

A Prefeitura canalizava a água para um reservatório e este distribuía em torneiras espalhadas pela cidade. Este sistema começou a mudar em 1937, com a construção da Represa do Coppini, localizada no Bairro Tombadouro. A represa, que abastece a cidade até hoje ainda conta com suas nascentes preservadas, aliás uma água tão pura que na época da construção era bombeada sem qualquer tratamento até a caixa d água, para a distribuição a população.

Torneira Pública

Legenda da imagem ou do elemento gráfico.


Página 3

VOLUME 1, EDIÇÃO 1

Pesquisa O que é o Lençol Freático?

Desenho feito pelo aluno Eber e pesquisa dos alunos: Bianca, Karina, Aline, Mirele, Aghata, Bhrenda e Vinicius.

Lençol Freático é um lençol de água subterrâneo formado pela infiltração da água das chuvas no solo e que ocupa seus poros e as fendas de rochas. Essa água infiltra-se no solo até atingir uma camada de material impermeável. A vegetação influi no lençol freático pois é ela que permite que a água das chuvas escorra lentamente pela superfície do solo evitando a erosão e faz com que a temperatura se mantenha relativamente baixa, evitando a evaporação muito rápida, o que prejudicaria a infiltração. Os reservatórios subterrâneos geralmente tem uma água bastante limpa devido a filtração natural que ela sofre ao escorrer pelo solo poroso.

Utilização e proteção das águas subterrâneas As águas subterrâneas através dos lençóis freáticos constituem uma importante fonte para a obtenção de água, é muito utilizada em regiões muito áridas onde há uma grande escassez de chuvas. Sendo o lençol freático uma boa opção de abastecimento devido a grande quantidade de água que pode ser armazenada no solo, a proteção deste recurso é uma grande preocupação os ecologistas, geógrafos biogeógrafos, pelo fato de que, os lençóis freáticos incorporam todo o liquido que vem da superfície do solo. Diversas práticas humanas oferecem risco de contaminação dos lençóis, como: pulverizações agrícolas, o extrativismo mineral e as atividades industriais e da construção civil.


Notícias da mídia Nave russa Soyuz é lançada rumo a ISS com três tripulantes Dois cosmonautas russos e um astronauta americano partiram rumo á Estação espacial internacional (ISS) na tarde desta terça-feira (25) a bordo da nave russa Soyuz TMA-12m.A previsão é que eles cheguem ao destino após uma jornada de 6 horas. Os engenheiros de voo Alexander Skvortsov, Oleg Artemyev e Steve Swanson devem chegar ao destino pouco depois da meia-noite (Horário de Brasília). A Expedição 39,liderada pelo comandante da ISS Koichi Wakata, partiu do cosmódromo de Baikamur, no Cazaquistão. Wakata passou ao comando da estação este mês, tornando-se o primeiro comandante japonês.

Notícias pesquisadas pelas alunas Giovanna e Helen

Forças armadas ocupam área estratégica O governador Sergio Cabral pediu ao ministro da justiça a garantir da ordem em uma operação militar conduzida pelas forças armadas no Complexo da Maré. O ministro José Eduardo Cardoso disse que os militares vão permanecer na região o tempo que for necessário. Mas por medido de segurança e estratégia, não revelou quando a ocupação começa nem quantos homens serão utilizados. O que nós podemos garantir para a população do Rio é que essa entrada não tem mais saída. Nesse primeiro momento, com as forças federais e em seguida ,com as unidades de Policia pacificadora ;declara Sergio Cabral, governador do Rio de Janeiro.


Jornal do 4ºAno A