Page 1

Design para Inovação Social

AMARÍLIS DIAS | 60030 ÂNGELA SANTOS | 59605

CATARINA MOUTA | 50079 EMANUEL OLIVEIRA | 60817 GONÇALO FERREIRA | 61441 MICHAL MARKO | 74806


CONTEXTUALIZAÇÃO EMPRESA:

Fase I

Fase II

Proposta


FASE I

Um movimento de apoio família-a-família.


CONTEXTO

+ PROJECTO

Todas as famílias estão sujeitas a enfrentar situações de dificuldade. Quando a estas dificuldades se junta a inexistência de uma rede de suporte familiar e de amigos de confiança, existe uma forte probabilidade de surgir uma crise familiar.

O objetivo é criar um movimento de voluntários que permita a famílias que se encontrem isoladas e a passar por momentos de crise o estabelecimento de uma rede de suporte permanente que aumente capacidade de lidar com problemas no futuro.

- in http://2014.ideiasdeorigemportuguesa.org/ideias/52


MATRIZ MOTIVACIONAL E DE BENEFÍCIOS oferece a...

MENTORES/GESTORES

INSTITUIÇÕES

FAMÍLIAS EM CRISE

FAMÍLIA2

DESIGNERS

MENTORES/GESTORES

Emprego; experiência de gestão de projetos em inovação social

Alternativa para ajudar famílias isoladas

Mediação entre a família em crise/família 2; controlo da qualidade/segurança do serviço

Formação adequada; coordenação dos diversos papéis; mediação com famílias em crise

Emprego; material/dados a trabalhar

INSTITUIÇÕES

Apoio multidisciplinar; divulgação do projeto

Maior capacidade de resposta a problemas sociais (isolamento)

Meio de acreditação do projeto Família 2; divulgação do projeto

Meio de acreditação do projeto Família 2; divulgação do projeto

Espaço de exposição e divulgação dos elementos gráficos

FAMÍLIAS EM CRISE

Pertinência para a continuidade do projeto; “material” para aplicar o conceito

N/A

Oportunidade na criação de uma rede Realização pessoal; laços afetivos de suporte e resolução de problemas com pessoas dentro da mesma área geográfica

N/A

FAMÍLIA2

“Mão de obra”; viabilização para a sustentabilidade do projeto; feedback relativamente às famílias em crise

Alternativa para ajudar famílias isoladas

Rede de suporte de apoio ao isola- Realização pessoal; laços afetivos mento e a situações problemáticas com pessoas dentro da mesma área (assistência a filhos, alimentação...) geográfica

Testemunhos

DESIGNERS

Melhoria da estratégia do projeto na criação de um serviço com mais valor

N/A

Simplificação no contacto com a associação; adequação da comunicação ao público-alvo

Simplificação no contacto com a associação; adequação da comunicação ao público-alvo

Emprego


FAMÍLIA 2

BLUEPRINT

Contacto com Instituições para identificar famílias em crise

Contacto com a família para compreender quais as suas dificuldades

INSTITUIÇÕES Polícia, igreja, hospitais (entre outros)

COMUNIDADE FAMÍLIA 2

DESIGNER

Formação e recrutamento de voluntários (Voluntários, profissionais e membros da sociedade)

Divulgação do projeto através de uma apresentação geral às Instituições, e cartazes publicitários para divulgar na comunidade de forma a angariar voluntários

Re-integram o projeto como voluntários

IRMÃOS 2 orientação e acompanhamento família, estabelece relações próximas a longo-prazo com a família

PADRINHOS 2

PAIS 2

partilha bens ecessários (ferramentas, móveis)

recebem fihos da outra família (máximo: 1 mês)

Cada família é ajudada consoante a sua necessidade

FAMÍLIAS EM CRISE famílias em situações difíceis: desemprego, hospitalização


FASE II

BABYSITTING 4 GOOD Babysitting solidรกrio de mulheres para mulheres.


CONTEXTO

+ PROJECTO

Muitas mães de famílias desfavorecidas sentem elevados níveis de stress por enfrentarem continuadamente problemas socioeconómicos. Para além disto, muitas destas mães estão numa situação de isolamento social.

A solução passa por lhes proporcionar tempo para descansar através de um serviço de “Babysitting Solidário”, assumindo 4 horas por mês deste serviço. Este voluntariado será efetuado por mulheres com experiência de Babysitting e será oferecido a um preço simbólico revertido a favor da Associação.


MATRIZ MOTIVACIONAL E DE BENEFÍCIOS oferece a...

BABYSITTING4GOOD

PAIS

FILHOS

VOLUNTÁRIOS

DESIGNER

BABYSITTING4GOOD

Associação que gere a cresche comunitária

Averiguação e aprovação da situação familiar

Serviço que os coloca aos cuidados dum adulto enquanto os pais trabalham

Recebem formação nesta área e ocupam o seu tempo livre

Oportunidade de projecção do seu trabalho

PAIS

Espaço físico para albergar o serviço

Pais sem suporte financeiro e familiar, oferecendo o espaço físico particular

Possibilidade de ficar num sítio seguro onde fazer actividades

--

--

FILHOS

Recursos humanos para o projecto avançar

--

Usufruem do serviço

Ocupação, companhia e oportunidade de realização pessoal filantrópica

VOLUNTÁRIOS

Recursos humanos para o projecto avançar

Cuidam dos filhos enquanto os pais vão trabalhar

Prestam vigilância, planeiam actividades

Oferecem os serviços de forma voluntária

DESIGNER

Comunicação, identidade e estratégia para chegar ao máximo número de pessoas

Material comunicacional para que tomem conhecimento do projecto

--

--

--

--

Grupo que ajuda na comunicação do projecto e no desenvolvimento da estratégia do serviço


BABYSIT4G

BLUEPRINT

Contacto com a família para apurar qual o plano mais adequado

COMUNIDADE BABYSIT4G

Contacto com Instituições para identificar famílias em necessidade

INSTITUIÇÕES Polícia, igreja, hospitais (entre outros)

DESIGNER

Identificam & Seleccionam

Divulgação do projeto através de uma apresentação geral às Instituições, e cartazes publicitários para divulgar na comunidade de forma a angariar voluntários

PSICÓLOGOS & FORMADORES

Re-integram o projeto como voluntários

Formam & Integram

FAMÍLIAS EM NECESSIDADE pais com emprego pós-laboral, sem mais alternativas

CRIANÇAS

VOLUNTÁRIOS pessoas com premissas filantrópicas

CASA PARTICULAR Espaço físico privado


Projeto de uma creche comunitรกria pรณs-laboral paga em serviรงos.


CONTEXTO

+ PROJECTO

Muitos pais com horário laboral nocturno não dispõe de familiares próximos nos quais podem deixar as suas crianças. As alternativas são inexistentes ou dispendiosas.

O projeto Cresce+ pretende preencher esta lacuna ao oferecer uma creche comunitária local, pós-laboral, na qual as crianças podem ser deixadas em segurança a troco de serviços prestados para a manutenção do espaço por parte dos pais.


STAKEHOLDERS MENTORES

BENEFICIÁRIOS

ESTUDANTES DESEMPREGADOS REFORMADOS

PAIS + FILHOS

INSTITUIÇÕES CENTRO DE EMPREGO INSTITUIÇÕES DE ENSINO JUNTAS DE FREGUESIA


MATRIZ MOTIVACIONAL E DE BENEFÍCIOS CRESCE+

PAIS

CRESCE+

Associação que gere a creche comunitária

Serviço e espaço onde pode deixar o filho tranquilamente

PAIS

Recursos humanos para o projecto avançar

Pais com horário pós-laboral e não têm suporte financeiro e familiar

Possibilidade de ficar num sítio seguro onde fazer actividades

--

--

--

--

--

--

FILHOS

Recursos humanos para o projecto avançar

--

Usufruem do serviço e do espaço

Ocupação e companhia

Ocupação e companhia

Ocupação e motivação para estar no projecto

--

--

--

DESEMPREGADOS

Recursos humanos para o projecto avançar

Cuidam dos seus filhos enquanto os Realizam actividades e prestam Companhia, convívio e troca de Formação nesta área; cuidam das pais vão trabalhar cuidados necessários experiências crianças; local onde ocupar o tempo livre

Mentores: orientação e troca de experiências

--

--

--

REFORMADOS

Recursos humanos para o projecto avançar

Cuidam dos seus filhos enquanto os Realizam actividades e prestam pais vão trabalhar cuidados necessários

Companhia, convívio e troca de Ocupação do tempo livre, experiência Mentores: orientação e troca de de convívio com outra geração: “Avós” experiências experiências

--

--

--

--

Prestígio

--

Local onde podem reencaminhar os desempregados

--

--

ESTUDANTES

FILHOS

DESEMPREGADOS

Local seguro onde podem Recebem formação nesta área e brincar e fazer actividades ocupam o seu tempo livre enquanto os pais estão a trabalhar

Recursos humanos para o Cuidam dos seus filhos enquanto os Realizam actividades e prestam projecto avançar; dão prestígio ao pais vão trabalhar cuidados necessários projecto

REFORMADOS

ESTUDANTES

DESIGNER

oferece a...

CENTRO DE EMPREGO

INSTITUIÇÕES DE ENSINO

Protocolo: espaço para os Possibilidade de ocuparem Experiência na área que estudam; Protocolo: espaço de formação para estudantes colocarem em prática o seu tempo e relacionar-se com certificado para CV onde enviar os desempregados o que aprenderam outras gerações

Companhia, convívio e troca de experiências

Companhia, convívio entre outra geração e troca de experiências

Alunos na área de Educação Básica; poêm em prática o que aprenderam; recebem certificado

CENTRO DE EMPREGO

Massa crítica: recursos humanos; trazem prestígio ao projecto

--

--

Formação na Associação: ocupação dos desempregados

--

--

INSTITUIÇÕES DE ENSINO

Massa crítica: recursos humanos; trazem prestígio ao projecto

--

--

--

--

--

DESIGNER

Material do comunicação, e ajuda na estratégia do projecto

--

--

Formação na Associação: ocupação dos desempregados

--

--

Oportunidade: local onde os Instituto Superior de Ensino que estudantes colocam em prática a recolhe alunos para “estagiar” na teoria do curso associação Local onde podem reencaminhar os desempregados

--

Material para poderem realizar suportes de comunicação

--

Grupo que ajuda na comunicação do projecto e no desenvolvimento da estratégia do serviço


PAIS + FILHOS USUFRUEM DO SERVIÇO

RELAÇÕES & INTERACÇÕES SOCIAIS

IDENTIFICAM & PRESTAM SERVIÇOS

APROXIMAÇÃO DA VIZINHANÇA

MENTORES SELECCIONAM & FORMAM


PROTOCOLO

ASSOCIAÇÃO - SEDE -

INSTITUIÇÃO (CRECHE)

PROTOCOLO

Seleccionam consoante as especialidades: quais as potencialidades que podem trazer ao projecto

CENTRO DE EMPREGO

Oferece certificado para currículo

Oferece certificado para currículo

Formação

Formação

DESEMPREGADOS

ESTUDANTES

INSTALAÇÕES FÍSICAS

INSTITUIÇÃO DE ENSINO

Pagamento: prestam serviços para manutenção dos espaços da cresche

Turnos 2 a 3 dias por semana

VOLUNTÁRIOS

PAIS

FILHOS

REFORMADO Turnos 2 a 3 dias por semana

BLUEPRINT FLUXOS INFORMAÇÃO & FINANCEIROS

Existe contacto: Cuidam das crianças

Trabalho em horário pós-laboral

DESIGNER

HORÁRIO PÓS-LABORAL Horário 18h - 22h Fins de semana

ACTIVIDADES Línguas Artes Música

Comunicação de todo o projecto: Flyers Vídeo promocional Cartazes


BACK & FRONT OFFICE ESTRATÉGIAS DE COMUNICAÇÃO & USER JOURNEY

FASE I ASSOCIAÇÃO ‘MÃE’ Protocolo + Formação

DESIGNERS

Protocolo

BACK FRONT

CRECHES

FOLHETO +

CARTAZ

Visualização

PAIS

Contacto

+

VÍDEO Internet (Facebook,...) Espaços públicos Creches

Perceber a situação da família

CRESCE+ (FILIAL)

CENTRO DE EMPREGO

INSTITUIÇÕES DE ENSINO

Desempregados

Estudantes


BACK & FRONT OFFICE ESTRATÉGIAS DE COMUNICAÇÃO & USER JOURNEY ORGANIZAÇÃO

FASE II Definição da acção a realizar

Conclusão da situação particular

— DEFINIÇÃO DE TURNOS — PREPARAÇÃO DE REFEIÇÕES — PLANEAMENTO DE ATIVIDADES

BACK

PAIS

CRESCE+ (FILIAL)

ESTUDANTES

MANUTENÇÃO DO ESPAÇO

DESEMPREGADOS

FRONT


COMUNICAÇÃO MONITORES

INSTITUIÇÕES DE ENSINO

JUNTA DE FREGUESIA

CENTRO DE EMPREGO

RUAS (MUPIS)


CRIAÇÃO DE EMPREGO FORMAÇÃO PARA ESTUDANTES OCUPAÇÃO PARA REFORMADOS FORMAÇÃO & TRABALHO PARA DESEMPREGADOS


CRIANÇA FELIZ, PAIS FELIZES

AMARÍLIS DIAS | 60030 ÂNGELA SANTOS | 59605

CATARINA MOUTA | 50079 EMANUEL OLIVEIRA | 60817 GONÇALO FERREIRA | 61441 MICHAL MARKO | 74806

Apresentação final  

Design para Inovação Social_Creche comunitária_UA 2014

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you